__MAIN_TEXT__

Page 1

O JORNAL DA REGIÃO DO SÃO FRANCISCO Criado em 18/02/2004 • Fundador: Antônio Galdino Paulo Afonso-BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 Ano XVI • Número 198

"Até aqui nos ajudou o Senhor" (I Sm 7:12)

Aponte seu celular para o QR Code

Prefeito e vice-prefeito de Paulo Afonso são empossados de forma remota O prefeito de Paulo Afonso, Luiz de Deus e o vice-prefeito Marcondes Francisco, foram empossados pela Câmara Municipal de Paulo Afonso, de forma remota, na Sessão realizada no dia 1º de janeiro de 2021, depois das 20 horas. Antes, no meio da tarde, a partir das 15 horas, os vereadores eleitos em 15 de novembro e diplomados pela Justiça Eleitoral em 16 de dezembro, foram empossados presencialmente em sessão presidida pelo vereador mais idoso da Câmara, Pedro Macário Neto.

Depois de empossados, os vereadores elegeram a mesa diretora da Câmara para o biênio 2021/2022, tendo sido eleita por unanimidade a chapa formada pelos vereadores Pedro Macário Neto como presidente, José Abel Souza (Zé de Abel) como vice-presidente, Leda Ma. Rocha Araújo Chaves (irmã Leda) como 1ª Secretária e Paulo Gomes de Queiroz Jr (Paulo Tatu) como 2º Secretário. O Deputado Federal Mário Negromonte Jr. participou da solenidade. Página 3

Prefeitos, vices-prefeitos e vereadores de Paulo Afonso e Glória diplomados em Sessão Remota O prefeito Luiz de Deus e o vice prefeito Marcondes Francisco e os vereadores de Paulo Afonso e os suplentes assim como o prefeito David de Souza Cavalcante, o vice-prefeito José Nilson Sá Oliveira e os vereadores de Glória e os suplentes foram diplomados em sessão online da Justiça Eleitoral presidida pelo Juiz Eleitoral da 84ª Zona, Dr. Martinho Ferraz da Nóbrega. A sessão foi realizada de forma online a partir da Câmara Municipal de Paulo Afonso no dia 16 de dezembro de 2021. Todos os anos o aniversário de Jesus Cristo é comemorado em Página 4

Natal Social Itinerante leva diversão e esperança para as comunidades

Página 6

8 de Dezembro. Há 42 anos nascia a Rádio Cultura de Paulo Afonso Página 13

Eleito prefeito pela terceira vez, Emanuel Rodrigues abraça novamente o Município de Rodelas Página 5

todo o mundo cristão no mês de dezembro, reconhecido por todos como o mês do seu nascimento, no dia 25. A tradição é mantida há séculos. As ruas das cidades e lugarejos se enchem de luzes, cores, brilho e o comércio se aproveita desse clima para vender ilusões.

Página 8


A2

Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

EDITORIAL

Água para seis localidades da zona rural – apenas 5 milhões

Gratidão, Fé, Amor, Es pe ran ça... Neste ano atípico, bissexto, de 2020, cheio de restrições e de muitas perdas de gente querida, recebi e compartilhei com outros uma imagem de uma árvore de Natal formada por palavras que têm, cada uma delas, uma força especial... Se há FÉ, certamente o que era impossível pode acontecer. A FÉ move montanhas. Certamente não aquela cordilheira altíssima, inacessível, intransponível, mas montanhas de problemas, de dúvidas, de preocupações, de ansiedades. A PAZ nos leva a descansar o espírito como se estivéssemos às margens de um riacho de águas límpidas num lugar paradisíaco. O AMOR é a essência da vida. “Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. Eu posso conhecer os mistérios, a ciência, ter toda a fé, distribuir os meus bens aos pobres, mas se não tiver amor, eu não sou nada. Se permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor. A UNIÃO é a fortaleza que nos mantém vivos e laboriosos. Sem a união seremos frágeis e facilmente derrotados. Um galho seco é facilmente quebrado. Experimentem quebrar um molho desses galhos... SONHOS é a expectativa de ver acontecer, mais adiante o que esperamos de bom para a nossa vida. É o prêmio da caminhada intensa. ALEGRIA é externar ao mundo a felicidade que temos dentro de nós. É sorrir com a beleza da vida, com os encantos que os olhos descobrem ao longo da caminhada... A GRATIDÃO é a palavra mágica que abre os caminhos, os sorrisos, ao reconhecer quão abençoado fomos pelos caminhos da vida. Quando se é grato, tem-se a alma leve e faz feliz a quem agradecemos seja alguém, seja Deus na forma como você o tem, vê e conhece. Até Jesus mostrou como é importante agradecer. Lembram quando Ele, Jesus, curou os dez leprosos e só um deles voltou para agradecer? E era um estrangeiro... O Mestre lhe disse: “Não foram purificados todos os dez? Onde estão os outros nove? Não se achou nenhum que voltasse e desse louvor a Deus, a não ser este estrangeiro?” Então ele lhe disse: “Levante-se e vá; a sua fé o salvou”. Ainda que o Amor seja a essência da vida e o maior de todos os sentimentos, AMOR, FÉ, PAZ, UNIÃO, SONHOS, ALEGRIA, em certos momentos, se deixam enfraquecer pelas tribulações da vida... E há a necessidade de reanima-los, de fazê-los voltar à sua pujança, para que retomem suas forças e nos levem a tocar com segurança os próximos passos da nossa caminhada...

EXPEDIENTE

Poetas brasileiros nos mostram que a vida é luta, sempre, como já nos dizia o Gonçalves Dias: Não chores, meu filho; Não chores, que a vida É luta renhida: Viver é lutar. A vida é combate, Que os fracos abate, Que os fortes, os bravos Só pode exaltar. Outro poeta, Mário Quintana diz que, do 12º andar de um edifício chamado Ano Velho, no último segundo de sua existência, salta no vazio um ser especial que acompanhou a muitos durante todos os dias do ano que acaba e miraculosamente, apresenta-se, viva, inteira e brilhante, na calçada, no primeiro momento de um Ano Novo que chega... E a todos, ela, essa menininha em seus trajes verdes, se apresenta: o meu nome é ES PE RAN ÇA. O poeta Dedé Monteiro conseguiu, de forma magistral, contar a história do valor da ESPERANÇA ao fazer o soneto As Quatro Velas, mostrando quão poderosa é essa palavra, a ponto de quando as chamas de cada uma se apagam pela força dos ventos e das tempestades, eis que aparece, vigorosa, entusiasmada a ESPERANÇA para fazer renascer o ânimo, a disposição de erguer-se das quedas e continuar lutando, e caminhando na direção do futuro, do amanhã, rumo ao pico da montanha mais alta... AS QUATRO VELAS Dedé Monteiro

A terceira sussurra, já sem cor: “Estou triste também, eu sou o AMOR… Mas perdi o fulgor como vocês…” Foi a vez da ESPERANÇA – a quarta vela: “Não desiste ninguém, que a vida é bela! E acendeu novamente as outras três! Que o ano de 2021 seja para todos norteado pela FÉ, a busca pela PAZ, intensamente, o desfrutar do AMOR imenso, a permanente UNIÃO, um renascer de muitos SONHOS, sorrisos e ares de ALEGRIA e sempre, sempre, lembrar que a GRATIDÃO é o maior presente que alguém pode receber de você. E, sempre que o desânimo, o cansaço, a insegurança, aparecerem, desperta a ESPERANÇA e toca a caminhada... A tua FÉ mostrará que há, sim, luz no fim do túnel escuro... Feliz 2021!!! Professor Galdino Jornal Folha Sertaneja

Acesse nosso site: www.folhasertaneja.com.br

Diagramação Admilson Gomes Fotos Antônio Galdino, pa4.com.br, Gabriela Rodrigues, Edivaldo Nascimento e Patrícia Gomes

Colaboradores desta edição Francisco Nery, Niedja Torquato, Euclides Batista Filho, Rodolfo Mello e Valdomiro Nascimento Impressão GrafMarques

Os textos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo da responsabilidade dos seus autores.

Francisco Nery Júnior Membro efetivo da ALPA Cadeira 18

imbecil. Mas como não se sentir quando constata que seis localidades de gente (trata-se de gente!) ficaram privadas da água bem ao alcance das mãos por anos a fio quando apenas cinco milhões, que por outro lado são gastos em campanhas, projetos e roubalheiras fúteis, não foram disponibilizados? Onde as prioridades do orçamento? Onde o amor ao próximo? Onde a sensibilidade para se colocar perto e marchar junto com gente de bem que só quer uma pouca d’água para produzir? O horror de dinheiro que foi gasto (dinheiro arrancado do nosso bolso) nestas últimas eleições que mais serviram para a propagação da Covid-19 com ajuntamentos, beijos e abraços seria suficiente para levar água para todo o Nordeste sofrido e espoliado. Sugerimos, lá pra cima, no início da pandemia, neste site, o adiamento das malfadadas eleições. Fomos desprezados. Fizeram-se de ouvidos moucos. Pregamos no deserto. Alguns, infelizmente, estão a pagar o preço da incúria ou do descaso. O resto o leitor acrescenta.

Triatletas de Paulo Afonso em destaque no OXe Triatlon

A segunda, em soluços desiguais: “Sou a FÉ! Mas é triste a minha empresa: Nem de Deus se respeita a Realeza… Sou supérflua, meu fogo se desfaz…”

Secretário de Redação Ricardo da Costa

O JORNAL DA REGIÃO DO SÃO FRANCISCO

Está no site. O deputado Mário Júnior agiliza reuniões com figurões da República para viabilizar as obras que permitirão a chegada da água do São Francisco a seis localidades da zona rural. Que Deus o abençoe e recompense. Se o sertanejo é um forte – e [ele] é! –, que tenha água! Falamos de água. Somos na maior parte água! Bebemos água! Só produzimos com água... que está ali no rio, bem pertinho do produtor – ávido por ela! Uma das razões para o senador Antônio Carlos Magalhães ter sido contra a chamada transposição do rio São Francisco – como a maioria dos experts - é o fato de o rio cortar a Bahia, de sul a norte, e pessoas e gado morrerem de fome e sede a pouca distância do leito do rio. A observação, constatação, ou o que o valha é: por apenas (A P E N A S) 5 milhões de reais, seis localidades terão água para trabalhar e produzir (um outro projeto subsequente contemplará mais dez localidades). Os campesinos virarão cidadãos com letra maiúscula. Produzirão! Tornar-se-ão brasileiros fortes parte de um país que quer ir pra frente. Corroborarão o desenvolvimento. Não precisam de esmola. Precisam de água para, repetindo, trabalhar e produzir. O pensador, por vezes, cai num poço de incerteza e se sente um

Quatro velas ardiam sobre a mesa, E falavam da vida e tudo o mais. A primeira, tristonha: “Eu sou a PAZ, Mas o mundo não quer me ver acesa…”

Diretor Antônio Galdino

Rua da Concórdia, 555-B - Gal. Dutra - Chesf Tel/fax: (75) 3282.0046 - CEP: 48607-240 Paulo Afonso - Bahia E-mail: professor.gal@gmail.com

E não acataram a nossa sugestão de adiar as eleições

“A semente foi plantada e a colheita de bons frutos já começou”, Com essa frase Kleber Nascimento externa satisfação em ver muitas pessoas incentivadas por ele a praticar o Triatlon. A equipe KNS comandada pelo professor e triatleta Kleber Nascimento Santos fez bonito em Maceió nesse sábado, 20/12, no Oxe Triatlon. Os 13 atletas se destacaram em diversas categorias da referida prova, foram vários pódios, foram eles:

- Categoria Mini Sprint Júlio Gabriel - 1 º colocado Erison Mergulhão - 2 º colocado Madson - 4 º colocado João - Luiz 5° colocado Sprint Eduardo - 2 º colocado Flávio Souza - 2 º colocado Kleber Junior - 3 º colocado Prova Superação Sterdley Ainda participaram da prova com ótimo desempenho os atletas Marciel, Leleco, Biorne, Gabriel e Iansey. “Me sinto orgulhoso em fazer parte dessa conquista, espero que agora o nosso esporte seja visto de outra forma. Aproveito para agradecer o apoio para essa prova da Prefeitura de Paulo Afonso, CPA, Vereador Jean Roubert, à imprensa todo meu respeito e gratidão vocês que expandem nossas conquistas através dos veículos de comunicação. E mais: nossas famílias e todos que torcem pelo esporte. Niedja Torquato


Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

A3

to, o vereador mais idoso da Câmara, Pedro Macário Neto, presidiu a Sessão Solene de posse dos 15 vereadores que irão legislar na 16ª Legislatura da Câmara Municipal de Paulo Afonso que compreende o período de 1º de janeiro de 2021 a 31 de dezembro de 2024. Neste ato, foram empossados os 15 vereadores, sendo nove deles reeleitos e outros seis novos, na eleição de 15 de novembro. Entre os novos só o vereador Paulo Tatu, que era suplente em outra legislatura, teve uma rápida passagem pela Câmara. Foram empossados os vereadores reeleitos: Pedro Macário(DEM), Bero do Jardim Aeroporto(DEM), Jean Roubert(PSD), Leco(PSD),

Marconi Daniel (PODE), Zé de Abel(PSC), Zezinho do INPS(PP), Irmã Leda(PDT), Bero do Jardim Bahia(PSB). E os seis novos vereadores também eleitos em 15 de novembro: Paulo Tatu(PP), Jailson Oliveira (DEM), Valmir Rocha (PCdoB),

Foto: Gabriela Rodrigues - Assessora especial da CMPA

Vereadores elegem Pedro Macário para a presidência da Câmara, por unanimidade

Empossados, os vereadores passaram a votar para a composição da mesa da Câmara. Foi apresentada apenas uma chapa formada por Pedro Macário Neto – DEM (presidente), Zé de Abel – PSC - (vice-presidente), Irmã Leda – PDT - (1ª secretária) e Paulo Tatu – PP – 2º secretário. E esta chapa foi aprovada e eleita pela unanimidade dos 15 vereadores. Ao ser empossado, o vereador Pedro Macário Neto chega ao seu 7º mandato como vereador e à presidência da Câmara Municipal de Paulo Afonso pela terceira vez. No discurso de cada um dos vereadores, as mensagens focaram o agradecimento aos eleitores, aos familiares e aos amigos. Vários deles, especialmente os que ocupam o plenário da Câmara pela primeira vez, viveram momentos de grande emoção ao falaram de sua vida pessoal, da sua luta,

dos seus projetos e dos seus sonhos para o futuro. Evinha, que há anos administra uma ONG – Anjos Negros – que presta grande serviço a pessoas carentes de Paulo Afonso homenageou algumas mulheres como representantes das muitas a que sua ONG assiste. Valmir Rocha lembrou sua longa vida de empresário, comerciante e disse da necessidade que vê de Paulo Afonso ter indústrias para gerar emprego e renda. Keko do Benone, falou da sua vida humilde e se emocionou ao falar da sua mãe que lutou a vida toda, vivendo de reciclagens para sustentar a família. Foi muito elogiado pelo Deputado Mário Júnior que se disse tocado pela sua fala e que podia contar com ele. Jean Roubert, Leco e vários outros falaram da importância do Turismo. Um discurso importante e repetido que precisa sair para a prática, embora,

como lembrou também Mário Júnior, de fato, temos muito para ser uma referência nacional como município turístico. Lembramos que Paulo Afonso, anos atrás, já foi colocado pelo Ministério do Turismo, entre os 115 destinos turísticos do Brasil. Mas tem faltado apoios e gestão eficiente. Acabando a pandemia é a oportunidade de buscar essa referência nacional. O Deputado Mário Júnior lembrou de sua luta em benefício de Paulo Afonso. Falou da sua alegria pela união que foi celebrada com Luiz de Deus, acabando uma desavença familiar que já durava 35 anos, listou inúmeras ações que vem desenvolvendo em benefício de Paulo Afonso, terra onde nasceu, no Hospital da Chesf, para o qual está buscando vários benefícios e reafirmou o seu desejo de, através dessa união de forças com o prefeito eleito Luiz de Deus, procurar fazer muito mais por Paulo Afonso. O presidente Pedro Macário concluiu os trabalhos desta sessão de posse dos vereadores e de eleição da mesa diretora apenas agradecendo. Foi só elogios àqueles que, por unanimidade o elegeram para a presidência da Câmara, cargo que ocupa pela terceira vez.

Gilmário Marinho (PODE), Keko do Benone (AVANTE) e Evinha Oliveira (SOLIDARIEDADE). Com essa composição, a Câmara Municipal de Paulo Afonso voltar ter duas mulheres vereadoras - Irmã Leda e Evinha Oliveira,

fato que não acontecia há muitos anos. Partidariamente, a Câmara de Paulo Afonso ficou assim representada: Três vereadores do DEM (Pedro Macário, Bero do Jardim Aeroporto e Jailson Oliveira), dois vereadores do PP (Paulo Tatu e Zezinho do INPS), dois vereadores do PODEMOS (Marconi Daniel e Gilmário Marinho), dois vereadores do PSD (Jean Roubert e Leco), um vereador do PSC (Zé de Abel), um vereador do PSB (Bero do Jardim Bahia), uma vereadora do PDT (Irmã Leda), uma vereadora do SOLIDARIEDADE (Evinha Oliveira), um vereador do PCdoB (Valmir Rocha) e um vereador do AVANTE (Keko do Benone).

Onze(11) dos atuais vereadores foram eleitos por partidos que apoiaram a chapa do candidato eleito Luiz de Deus: Pedro Macário, Bero do Jardim Aeroporto e Jailson Oliveira, do DEM, Jean Roubert e Leco do PSD, Zezinho do INPS e Paulo Tatu, do PROGRESSISTAS, Zé de Abel, do PSC, Irmã Leda do PDT, Valmir Rocha do PCdoB e Keko do Benone do AVANTE. Quatro(4) vereadores foram eleitos em partidos que faziam oposição à chapa eleita com Luiz de Deus e Marcondes Francisco: Marconi Daniel e Gilmário Marinho, do PODEMOS, Bero do Jardim Bahia, do PSB e Evinha Oliveira, do SOLIDARIEDADE.

Prefeito Luiz de Deus e vice-prefeito Marcondes Francisco são empossados pela Câmara Municipal de Paulo Afonso

Concluídas estas partes a Câmara passou a realizar a sessão de posse do prefeito eleito Luiz Barbosa de Deus e do vice-prefeito Marcondes Francisco dos Santos que foi vereador por 8 legislaturas consecutivas. A solenidade, iniciada perto das 20 horas e 30 minutos com a execução do hino nacional brasileiro foi breve. Nela, de forma remota, após a execução do hino nacional, o prefeito Luiz de Deus leu o seu juramento de posse, sendo empossado pelo presidente da Câmara, Vereador Pedro Macário Neto. Essa foi a primeira imagem do prefeito Luiz de Deus depois que ele viajou para São Paulo para tratamento da Covid. A sua aparência boa levou muitas pessoas que acompanhavam a transmissão deixarem mensagens

de entusiasmo e de contentamento pelo seu retorno. As informações sobre de onde estava sendo feita a transmissão deste ato não foram passadas aos ouvintes. Havia especulações que o prefeito estaria falando de sua casa em Paulo Afonso ou de sua fazenda, em Sergipe ou ainda do hospital de São Paulo onde estaria em recuperação dos males da Covid. Em seguida foi a vez do vice-prefeito Marcondes Francisco ler o seu juramen-

to de posse e ser empossado pelo presidente da Câmara. O prefeito Luiz de Deus não fez nenhum discurso. Quem falou em nome dos eleitos foi o vice-prefeito Marcondes Francisco que disse da sua alegria de compor esta gestão municipal ao lado do Dr, Luiz de Deus, com quem começou na política em 1988 quando foi eleito vereador pela primeira vez. Embora a transmissão fosse muito comprometida com muitas falhas de imagem e de áudio, deu para ouvir a sua mensagem de compromisso de se doar para honrar a votação que foi dada para a sua eleição e do prefeito e que tudo faria para apoiar a gestão em benefício de todos os moradores população de Paulo Afonso. A Câmara Municipal de Paulo Afonso entra em recesso e os vereadores retornam para a Sessão de Abertura dos trabalhos legislativos de 2021 em 15 de fevereiro. Fotos: Gabriela Rodrigues - Assessora especial da CMPA

O primeiro dia do ano foi de muito trabalho para os 15 vereadores e funcionários da Câmara Municipal quando participaram de sessões seguidas realizadas pelo Poder Legislativos das 15 horas até às 21 horas para atender aos vários eventos programados para esse dia 1º de janeiro de 2021. Em face das exigências dos decretos que restringem a aglomeração de pessoas as sessões foram todas online e delas apenas participaram os vereadores e só até três pessoas, seus familiares, tiveram acesso aos gabinetes. Os funcionários da Câmara foram os estritamente necessários para a realização dessas atividades do Poder Legislativo Municipal. Em um primeiro momen-

Foto: Gabriela Rodrigues - Assessora especial da CMPA

Prefeito, vice-prefeito e vereadores tomam posse em sessão remota da Câmara Municipal de Paulo Afonso


A4

Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

Justiça Eleitoral realiza diplomação dos eleitos de Paulo Afonso e Glória em solenidade online na Câmara Municipal de Paulo Afonso

A Câmara Municipal de Paulo Afonso cedeu as instalações do seu plenário e o sistema que utiliza para a realização de suas sessões remotas para que a Justiça Eleitoral da 84ª Zona Eleitoral sediada na Comarca de Paulo Afonso, reunindo os municípios de Paulo Afonso e Glória, ali realizasse a solenidade, de forma remota, da diplomação dos prefeitos e vice-prefeitos destes municípios. A solenidade foi realizada no dia 16 de dezembro a partir das 10 horas e foi presidida pelo Juiz Eleitoral da 84ª Zona – Dr. Martinho Ferraz da Nóbrega, tendo com cerimonialista Ewerton Freire Tavares, da Justiça Eleitoral de Paulo Afonso. Em seu breve pronunciamento na abertura deste evento o Dr. Martinho Ferraz disse que “A Justiça Eleitoral é um dos pilares da nossa democracia e cumpriu o seu papel constitucional promovendo o equilibro do pleito e todos os mecanismos necessários para que os eleitores manifestassem a sua vontade na cabine indevassável das urnas. Sistema seguro da votação e apuração já comprovado em histórico das eleições, sendo o nosso Brasil um exemplo para o mundo. Este evento formal da diplomação faz parte do ritual das eleições e das leis vigentes em nosso país. Queríamos estar podendo fazer esta solenidade de forma presencial mas achamos por bem optar pelo meio digital da forma como nos foi oportunizada pelo egrégio Tribunal Regional Eleitoral da Bahia com o fito de evitar aglomerações preservando a todos nós da pandemia que assola o nosso país.” A mesa foi formada pelo Dr. Martinho Ferraz da Nóbrega, presidente da 1ª junta apuradora da 84ª Zona Eleitoral, Dr. Carlos Augusto Machado de Brito, Promotor de Justiça da 84ª Zona Eleitoral, Dr. Moacir da Silva Nascimento Júnior, Promotor de Justiça da Zona 181, Vereador Pedro Macário Neto, presidente da Câmara Municipal de Paulo Afonso, o representante do Tenente Coronel Clodoaldo Furtado Filho, comandante da 1ª Cia de Infantaria do Exército brasileiro, o Tenente Coronel André Luiz Cam-

pos, comandante do 20º BPM, a Dra. Mirella Santana Matos Ventura, coordenadora da 18ª CORPIN, Dra. Maria do Socorro Rolim, presidente da OAB/Paulo Afonso. De seu gabinete em Brasília, onde estava acompanhado do Prefeito reeleito de Glória, David Cavalcante, o Deputado Federal Mário Júnior conclamou a todos os eleitos para o trabalho em benefício dos municípios de Paulo Afonso e Glória e se colocou à disposição para apoiar os novos gestores dos poderes Executivo e Legislativo desses municípios em clima de união. “Esse é o momento de desmontarmos os palanques eleitorais e trabalharmos juntos para o desenvolvimento desses nossos municípios de Paulo Afonso e Gloria. Deixo o meu abraço ao querido prefeito Dr. Luiz Barbosa de Deus que, acometido do coronavírus mas que vem se recuperando a cada dia e tenho certeza que vai se recuperar ainda mais porque Paulo Afonso precisa do Sr, Dr. Luiz e pode contar comigo que estaremos trabalhando juntos em benefício desse nosso município. Abraço também o vice-prefeito, Marcondes Francisco e José Nilson, vice-prefeito de Glória. Concluo deixando essa frase do grande jurista baiano, senador, Ministro da República, Rui Barbosa e que cada um tome isso para si, como um mantra exercício dos cargos nos quais são diplomados nesta solenidade. Que cada uma tenha consigo esse ensinamento de Rui Barbosa, que a gente deve pautar o nosso trabalho “com a Lei, pela Lei e dentro da Lei porque fora dela não há salvação”. Quero desejar a vocês um excelente mandato na Câmara, na Prefeitura de Paulo Afonso e de Glória para que juntos a gente possa contribuir e ajudar as pessoas que precisam. Contem aqui com a gente

em Brasília. Estou aqui com o Prefeito David Cavalcante na busca de recursos para Glória e também para Paulo Afonso. Que a gente possa ter dias melhores e que em 2021 que a gente possa caminhar pelas ruas, que tenha geração de empregos, ter renda no nosso município e na nossa região, e voltar à nossa vida normal. Que essa vacina venha realmente para trazer isso e que Deus possa nos iluminar em todo momento, nos dar força para enfrentarmos todos os desafios e vencer”. Foram diplomados os vereadores eleitos e os suplentes de cada partido e os prefeitos e vice prefeitos de Glória e de Paulo Afonso. Do município de Glória, foram diplomados os vereadores e suplentes: Do PROGRESSISTAS Fabiano Sá de Oliveira – 1126 votos Gilmar Pereira Araújo -795 votos Paulo Gomes de Oliveira – 676 votos Antônio Marcos Oliveira da Costa– 624 votos Edmilson Afonso da Silva – 616 votos José Roberto dos Santos – 490 votos Carlos Nascimento Melo- 375 votos Miguel Campos Júnio – 360 votos 1º Supente - Gilmar Leite Brás–352 votos Do PT Valério José de Souza – 508 votos 1º Suplente - Lucinaldo Aleixo da Silva– 166 votos Do PODEMOS Rita Maria de Oliveira Pereira– 421 votos 1º Suplente - Ivanildo Gomes da Silva– 121votos Do PSD José Carlos Moreira – 340 votos 1º Suplente - Manuel Hilário André– 225 votos Foram diplomados o prefeito e o vice-prefeito de Paulo Afonso, eleitos pela PP: Vice Prefeito - José Nilson Sá Oliveira, com 5.860 votos Prefeito - David de Souza Cavalcante, com 5.860 votos Do município de Paulo Afonso, foram diplomados: Do DEM Pedro Macário Neto– 1.717 votos Jailson Silva Oliveira– 1.443 votos Albério Carlos Caetano da Silva – 1.175 votos 1º Suplente - Ivaldo Sales Nascimento – 1.046 votos Do PODEMOS Marconi Daniel Melo Alencar2.459 votos Gilmário Soares Silva785 votos 1º Suplente - Paulo Roberto Rodrigues dos Santos 636 votos Do PROGRESSISTAS Paulo Gomes de Queiroz Jr–1.779 votos José Gomes de Araújo– 1.355 votos 1º Suplente - José Carlos Coelho 1.221 votos

Av. Landulfo Alves, 276 | Centro | Paulo Afonso-BA Tel.: (75) 3281.3030 | E-mail: ferrageiropa@ferrageiro.com.br

Do PSD Jean Roubert Felix Netto – 1.084 votos Alexandro Fabiano da Silva - 977 votos 1º Suplente - Maria Madalena Bezerra Barbosa 562 votos Do PSC Jose Abel Souza– 2.385 votos 1º Suplente - Mario Francisco dos Santos 501 votos Do PDT Leda Ma. Rocha Araújo Chaves – 1.306 votos 1º Suplente - Regivaldo Coriolano da Silva– 765 votos Do PSB Albério Faustino Farias – 1.243 votos 1º Suplente - Rubens Valentim dos Santos- 582 votos Do PCdoB Valmir Araujo da Rocha –1.072 votos 1º Suplente - Antonio Geraldo Gonçalves – 537 Do SOLIDARIEDADE Evanilda Gonçalves de Oliveira 729 votos 1º Suplente - Ercio Chaves de Souza - 691 votos Do AVANTE Ueliton da Silva – 558 votos 1º Suplente Aroldo Ferreira da Silva Jr- 468 votos Foram diplomados o prefeito e o vice-prefeito de Paulo Afonso, eleitos pela Coligação – Juntos somos mais Paulo Afonso, formada pelos partidos: PSC, PSD, DEM, PDT, AVANTE, REPUBLICANOS e PCdoB: Vice Prefeito - Marcondes Francisco dos Santos, com 23.015 votos Prefeito - Luiz Barbosa de Deus, com 23.015 votos.

Casa O Ferrageiro nasceu em Santana do Ipanema/AL em 1922 e desde os anos de 1970 sua filial de Paulo Afonso ajuda este município a crescer.

Em seu pronunciamento o Prefeito reeleito de Glória, David Cavalcante, falou em nome de todos os eleitos de Glória. “Parabéns ao povo que é para isso que estamos aqui. A política é o instrumento de fazer o bem e a gente tem que levar isso a séria e fazer, com muita responsabilidade a política de fazer o bem para que o povo, principalmente os menos favorecidos. Aproveito para parabenizar o prefeito eleito de Paulo Afonso, Dr. Luiz de Deus e o vice-prefeito Marcondes Francisco e, em nome do vereador Pedro Macário, presidente da Câmara de Paulo Afonso saudar todos os vereadores eleitos de Paulo Afonso”. O vereador Marcondes Francisco dos Santos, vice-prefeito eleito de Paulo Afonso falou em nome de todos os eleitos do município de Paulo Afonso: “Essa é a nona vez que recebo da Justiça Eleitoral esse diploma: oito vezes como vereador e agora como vice-prefeito eleito de Paulo Afonso, o que me deixa orgulhoso e envaidecido pela confiança que vem sendo depositada pelos eleitores de Paulo Afonso, minha terra natal. A solenidade de diplomação dos eleitos nesta eleição está sendo diferente por dois motivos: a sua realização de forma virtual por conta da pandemia e a ausência do prefeito de Paulo Afonso, Dr. Luiz Barbosa de Deus, que foi reeleito e que, em razão da Covid, encontra-se em tratamento e, por recomendação médica, para evitar emoção mais forte, e todos nós sabemos o quanto Dr. Luiz de Deus é emotivo, iria com certeza emocionar-se com essa solenidade, o que poderia afetar a sua recuperação”.


Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

A5

Eleito prefeito pela terceira vez, Emanuel Rodrigues abraça novamente o Município de Rodelas

A história de vida de Emanuel Rodrigues mostra que ele nasceu predestinado a trazer benefícios para a população do município de Rodelas que o acolheu há muitos anos atrás. Ele nasceu em Paulo Afonso/BA, e ao dar rumo à sua vida profissional decidiu fazer o curso de Agronomia e durante 14 anos atuou na Codevasf preparando projetos de irrigação para municípios do semiárido como Rodelas, que faz parte do Polígono das Secas. Foi um dos fundadores do PT em Abaré e no ano de 2008 foi eleito Prefeito de Rodelas pela coligação PCdoB/PT. Nessa sua primeira experiência como gestor municipal fez um excelente trabalho trazendo casas populares, pavimentação de ruas, saneamento básico, reforma de praças, implantação do CRAS, melhoria na Ação Social, Saúde e Educação, criou Escolas de Ensino Infantil, Biblioteca, Creche, entre outras realizações, sendo este seu primeiro mandato 2009/2012, muito marcante para a vida da população de Rodelas o que o credenciou, de forma natural, para ser reeleito em 2012 para o mandato de 2013/2016. As suas qualidades como gestor municipal foram vistas também por outros colegas prefeitos que logo no início do seu segundo mandato, em 21 de janeiro de 2013, o elegeram como Presidente da APSB – Associação dos Prefeitos do Sertão Baiano para o biênio 2013/14.

Dois dias depois, em 23 de janeiro de 2013 foi eleito como um dos Membros Titulares da nova Diretoria da UPB – União dos Municípios da Bahia, também para o biênio 2013/2014 e nessas instituições – APSB e UPB – foi incansável lutador defendendo projetos importantes que trariam muitos benefícios para os municípios do Sertão Baiano e de forma especial para Rodelas. Dentre esses projetos estavam: reformar a BA210, melhorar a segurança nas estradas, conseguir obras para convivência com a seca, através de parcerias com o Governo Estadual, o Governo Federal e Empresas Privadas, construção de um Hospital Regional para melhor atender a população de nossa Região. Muito atuante nessas duas grandes e importantes instituições, Emanuel, como prefeito de Rodelas sempre buscou o melhor para esse município e as suas realizações, que se contam às dezenas em cada área, foram muito marcantes para os moradores rodelenses. Dentre as ações na área da Educação, dentre muitas ações de sua gestão, destacaram-se a construção da creche municipal e da Escola Eufrosina Soares de Almeida, e duas outras escolas e quadra poliesportiva que deixou em construção. Reformou e ampliou a maioria de outras escolas, com climatização, construiu

Posse do Prefeito Emanuel Rodrigues no 1º mandato (01/01/2009) – Emanuel Rodrigues e esposa Wilma Almeida

laboratórios de informática, biblioteca climatizada. Quatro novos ônibus escolares foram colocados para atender aos estudantes. Teve um olhar diferenciado para os professores implantando o plano de cargos, salários e carreira para eles e viabilizou treinamento para os profissionais de educação no IFBA em Paulo Afonso. Os estudantes de Rodelas que frequentam aulas em Belém do São Francisco e Feira de Santana foram beneficiados com casa de apoio e transporte. Na área da Saúde a realização de mais de 1.000 cirurgias de catarata e o atendimento a mais de 1.000 pessoas pelo mutirão do Glaucoma foram marcas fortes de sua gestão. Também trouxe 6 ambulâncias para o município, reformou e climatizou salas do Hospital e investiu na compra de equipamentos (04 desfibriladores, 02 eletrocardiogramas, cadeira de dentista, aparelhos para laboratório, e outros). O prefeito Emanuel sempre teve um carinho especial para com as mulheres grávidas que receberam kits da Prefeitura e com os idosos. Para estes, além de investir em educador físico para acompanha-los, construiu, com recursos próprios, a academia da terceira idade e o município ganhou dois novos PSF, teve outro reformado, recebeu o SAMU e os moradores viram implantado o regime de plantão

Posse do Prefeito Emanuel Rodrigues no 2º mandato (01/01/2013) – Emanuel Rodrigues e esposa Wilma Almeida

com mais de 6 médicos trabalhando na cidade. Na área da Assistência Social, além de criar o CRAS e deixar outro em construção, o prefeito e sua equipe acompanharam de perto os problemas da população mais carente a quem foram entregues mensalmente 600 cestas básicas, distribui-se 1.000 sopas semanais e leite, além de doar 700 terrenos para esses moradores mais necessitados. Para os moradores da zona rural foram doados 200 títulos de terra, mais de 150 ligações elétricas, construídos 3 poços artesianos e energizados outros cinco poços, doação de 3 tratores, distribuição de água para as fazendas e recuperação de aguadas, além de doar 70 hectares de terras para o MST. Cerca de 500 casas populares foram construídas em Rodelas durante as suas gestões. Trouxe 6 máquinas para a cidade, cuja entrada e vários bairros foram iluminados. Reforma de praças, calçamento de muitas ruas, abertura de várias estradas vicinais, são algumas de muitas outras marcas de sua gestão. Os desportistas reconhecem o seu trabalho com a reforma do Estádio Municipal, a distribuição de material esportivos, apoio aos campeonatos de futsal e de campo e a criação da escolinha de futsal e de futebol. Todos sabem da sua luta para a permanência da polícia da caatinga, as novas viaturas para a polícia e criação do Ponto de Apoio da PM Em suas gestões, Emanuel implantou o maior carnaval de rua com grande estrutura para o porte de Rodelas e valorizou ainda mais a festa de São João. Emanuel, enquanto gestor foi o que mais fez por Rodelas, por dois mandatos consecutivos lutou por sua gente e trouxe obras que duram até hoje. Por que foi considerado o melhor prefeito de Rodelas?

Posse do Prefeito Emanuel Rodrigues no 3º mandato (01/01/2020) – Emanuel Rodrigues e esposa Wilma Almeida

PREFEITO DESTAQUE

Emanuel Rodrigues recebeu Prêmio da Unicef por dois mandatos consecutivos Em sua gestão Emanuel deixou Rodelas com o melhor IDEB e IDH da região norte baiana. Rodelas ficou entre as melhores 60 cidades da Bahia que melhor investiu em Educação, Saúde e Social. Fonte: Jornal Folha de São Paulo. Emanuel foi membro da UPB e Presidente do Consórcio e Associação de Prefeitos da Bahia. Por esse trabalho e o reconhecimento da população de Rodelas, Emanuel Rodrigues foi eleito pela terceira vez para ser o prefeito deste município e não é de se estranhar que ele tenha apresentado uma lista de ações como propostas do seu novo governo com mais de 130 itens. São 29 propostas na área da Saúde, 22 na área da Educação, 22 na área da Agricultura, 22 na área de Obras e Infraestrutura, 18 na área de Esporte, Cultura e Lazer, e 18 outras nas áreas de Assistência Social e Administração. E muitas outras ações podem ainda aparecer para a melhoria da qualidade de vida dos moradores de Rodelas. No dia da posse de Emanuel Rodrigues para o seu terceiro mandato notava-se claramente a sua felicidade de poder servir ao povo rodelense mais uma vez e isso parece que contagiou a todos. Sua esposa, Wilma Almeida Soares Ferreira, a 1ª Dama de Rodelas, emocionada, agradeceu “a Deus e todo o Povo de Rodelas pelos votos de confiança em Emanuel Rodrigues, para continuar cuidando da tão querida e amada Rodelas”.

O vice-prefeito de Rodelas, Aluísio Almeida, falou que vai “andar junto com o Prefeito Emanuel Rodrigues, para que Rodelas siga rumo ao desenvolvimento, cada vez mais. - Agradeço a felicidade de estar na minha terra natal e fazer parte do Governo de Emanuel Rodrigues; - Agradeço a todos. A Deus, a Família, aos Amigos e ao Município de Rodelas que me proporcionaram essa grande felicidade de poder trabalhar, junto com Emanuel Rodrigues, para o bem de Rodelas.” Em seu emocionado discurso, ao ser empossado prefeito de Rodelas pela terceira vez, Emanuel Rodrigues começou “agradecendo a Deus por esta sua caminhada e ao povo de Rodelas (Agrovilas, Aldeias Indígenas, Sem Terra, Centro, Bairros), a quem prometo honrar todos os compromissos feitos a esse povo amado, durante a Campanha. Vou sim, cuidar das pessoas carentes, para que todos tenham uma vida melhor. Vou, sim, me dedicar às crianças, aos adolescentes, aos adultos, aos idosos, aos moradores de Rodelas, como já tive oportunidade de fazer quando esse povo me conduziu a este cargo em duas oportunidades. Vou, sim, realizar todos os Projetos anunciados na Campanha e se Deus quiser, muito mais ainda. Vou fortalecer todas as Secretarias do meu Governo e continuar contando a História deste Município lindo e amado chamado Rodelas que tanto amo! Muito obrigado a todos!”. (Com informações de Valdomiro Nascimento)

Emanuel Rodrigues, discursa ao ser empossado pela terceira vez como Prefeito de Rodelas/BA- 01/01/2020

Vice-prefeito Aluísio Almeida, discursa na posse em 01 de janeiro de 2020

1ª Dama de Rodelas, Wilma Almeida, discursa na posse de Emanuel Rodrigues em 01 de janeiro de 2020


A6

Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

Natal Social Itinerante leva diversão e esperança para as comunidades O modelo adotado este ano é conseqüência da pandemia do novo coronavírus, que não permite aglomerações receberá a programação. Quero destacar também que estamos confeccionando vários brindes para presentear nossas crianças, tendo nossos coordenadores do Cras e suas equipes visitando os lares para fazer entrega”, disse. A secretária de Desenvolvimento Social, Cíntia Rosena, falou sobre esse momento diferenciado. “Estamos vivenciando um ano atípico, enfrentando essa pandemia da Covid 19, porém mesmo passando por esse momento de restrições, principalmente para eventos com aglomerações, vamos A partir desta sexta-feira (18), a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) realiza o Natal Social Itinerante nas comunidades. O modelo adotado este ano é conseqüência da pandemia do novo coronavírus, que não permite aglomerações e não poderá acontecer na tradicional Praça das Mangueiras. A programação conta com desfiles de carros personalizados com as presen-

ças do Papai Noel e da Mamãe Noel, além de músicas e mensagens alusivas a este momento especial do ano. A atividade percorre os bairros Centenário, BTN, Prainha, Barroca e adjacências dessas localidades, além do povoado Malhada Grande. De acordo com a coordenadora da Proteção Social Especial, Hannah Natássia, a programação teve a aprovação do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS),

seguindo todos os protocolos de prevenção. “Não iremos realizar aquela programação na Praça das Mangueiras como nos anos anteriores para evitar as aglomerações por conta da Covid-19. Entretanto, a nossa secretária de Desenvolvimento Social, Cíntia Rosena, com aval do prefeito Luiz de Deus, apresentou o projeto do Natal Social Itinerante que percorrerá as ruas da cidade com o brilho encantador do Natal”.

levar a magia e o encanto do espírito Natalino para nossa população. Seguiremos todas as normas recomendadas pelo Ministério da Saúde, no que diz respeito aos protocolos de prevenção. Serão momentos especiais levando a esperança de dias melhores”, enfatiza. A ação da Prefeitura alcançou as áreas de abrangência do CRAS nas comunidades do Bairro Centenário (18/12), BTN I e BTN II (19/12), da Prainha (22/12) e da Barroca (23/12), além do Povoado Malhada Grande, onde o evento aconteceu no domingo, dia 20/12. Ascom/PMPA

Ela explica os critérios para as localidades escolhidas. “Estaremos com itinerários nos bairros Centenário, Prainha, Barroca, BTN 1 e BTN 3 onde se concentram nossos demandantes assistidos pelos nossos Centros de Referências de Assistências Sociais (Cras), além de suas áreas de abrangências. Na área rural a comunidade Malhada Grande, onde nós temos o Serviço de Convivência, também

NOSSA GRATIDÃO A TODOS QUE ACREDITARAM EM NOSSO PROJETO PARA PAULO AFONSO. JUNTOS TRABALHAREMOS AINDA MAIS POR NOSSA CIDADE!


Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

A7

Afonso como de utilidade pública, lei sancionada pelo Prefeito Luiz Barbosa de Deus no dia 12 de dezembro de 2018. No ano de 2019, na presidência do Vereador Pedro Macário Neto, a Academia de Letras de Paulo Afonso foi autorizada a utilizar o plenário desta Câmara Municipal para a realização de vários eventos como o lançamento de livros, posse de novos membros da ALPA, posse da nova diretoria da ALPA e eventos como homenagem da ALPA às mulheres de Paulo Afonso. Nesses anos, tanto a Academia de Letras, como membros da ALPA foram homenageados com Moções de Aplausos e de Reconhecimento pelas ações realizadas em benefício da cultura literária de Paulo Afonso, incentivo de estudantes da rede pública à leitura e à escrita com o Projeto O Escritor vai à Escola, realizado pela Academia de Letras em Paulo Afonso.

Um dos homenageados foi o professor Edvaldo Francisco dos Santos, Cadeira Nº 30, que recebeu Moção de Aplausos do Poder Legislativo de Paulo Afonso pela conclusão do Doutorado em Educação na Universidade Federal de Pernambuco, pela defesa da tese sobre as Escolas da Chesf em Paulo Afonso, de 1949 ao ano 2000. Em 5 de outubro de 2020, a Câmara de Paulo Afonso aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei do Poder Executivo Municipal que cria o Memorial Abel Barbosa que será organizado e administrado pela Academia de Letras de Paulo Afonso, junto com a Prefeitura Municipal, no prédio que foi a primeira prefeitura de Paulo Afonso, conhecido como Espaço Cultural Raso da Catarina. Este projeto, hoje Lei Municipal 1.455, foi sancionada pelo Prefeito Luiz Barbosa

de Deus em 27 de Outubro de 2020 e também autoriza que a Academia de Letras de Paulo Afonso seja instalada nesse prédio, justamente para poder administrar o Memorial Abel Barbosa que homenageia este cidadão responsável principal da emancipação política de Paulo Afonso e também membro fundador desta Academia de Letras. O presidente da ALPA teve a oportunidade de apresentar, durante esta sessão, essa decisão da diretoria e, em sua fala desejou uma gestão profícua para cada um dos que conseguiram se reeleger, assim como para os novos vereadores que tomam posse no início do ano de 2021 para a legislatura que vai até o ano de 2024. O presidente da Câmara, vereador Pedro Macário Neto, sintetizou o sentimento de alegria de todos os que fazem a CMPA, a sua alegria pessoal por esse reconhecimento da ALPA e disse ter “certeza que a nova direção desta Casa Legislativa e todos os vereadores saberão acolher instituições como a ALPA que muito representa para a exaltação da Cultura Literária de Paulo Afonso e para a preservação da história e da memória de nossa Paulo Afonso. Nós é que somos muito gratos a você, Professor Galdino e a todos que fazem a ALPA por essa sensibilidade e reconhecimento do nosso trabalho. Leve a cada membro da ALPA o nosso

fraterno abraço e os votos de pleno sucesso de cada um em particular de desta grande instituição cultural, a Academia de Letras de Paulo Afonso.” As ações da Câmara Municipal de Paulo Afonso em benefício da Academia de Letras sempre contaram, em todos os momentos, com a interação eficiente da vice-presidente da ALPA, a acadêmica Maria Gorette Moreira, Cadeira Nº 19, que é a Secretária Executiva do Poder Legislativo de Paulo Afonso. No momento em que foram entregues as Moções de Reconhecimento e Gratidão

à Câmara Municipal de Paulo Afonso e aos vereadores da 15ª Legislatura (2017/2020), também foram entregues a todos os vereadores os livros que trazem artigos, textos e poesias de escritores da ALPA e convidados e foram publicados no ano de 2020: 1ª Antologia de Poetas de Paulo Afonso, Rio São Francisco em Prosa e Versos e o livro anual da ALPA, chamado de Revista da Academia de Letras de Paulo Afonso - Nº 02 – Ano 2020. Foram homenageados todos os vereadores de Paulo Afonso em 2020.

Agradecimento da ALPA à Chesf A Academia de Letras de Paulo Afonso também sempre contou com o apoio da Chesf, através do seu gestor regional de Paulo Afonso. A ALPA decidiu entregar também ao Dr. Mário Jorge... uma Moção de Reconhecimento e Gratidão pela cessão das instalações do Memorial Chesf de Paulo Afonso para a realização de eventos diversos desta Academia. Esse apoio da Chesf vem de muitos anos, pois foi ali que foram realizadas as três

Bienais do Livro de Paulo Afonso, promovidas pelo jornal Folha Sertaneja e pela ALPA nos anos de 2014, 2016 e 2018. A homenagem foi prestada pelo presidente da ALPA, Professor Antônio Galdino da Silva, junto com o Professor Edvaldo Nascimento, no escritório da Chesf em Paulo Afonso. Foto: Edivaldo Nascimento

Na penúltima Sessão Ordinária desta 15ª Legislatura realizada de forma remota pela Câmara Municipal de Paulo Afonso – CMPA - na segunda-feira, dia 14 de Dezembro, a Academia de Letras de Paulo Afonso – ALPA – esteve presente, representada pelo seu presidente Antônio Galdino da Silva e pela vice-presidente Maria Gorette Moreira que entregaram aos vereadores Moção de Reconhecimento e Gratidão pelo apoio desta Câmara Municipal às ações e eventos da ALPA e pela aprovação de Projetos de Leis e Resoluções de apoio à esta Academia de Letras. Em várias ocasiões, nesta legislatura, a Câmara Municipal de Paulo Afonso apoiou a ALPA. Em 25 de outubro de 2018, a Câmara, por iniciativa do Vereador Jean Roubert, também membro da ALPA, cadeira Nº 25, entregou os títulos de Cidadãs de Paulo Afonso às acadêmicas, professoras Maria Socorro de Mendonça Gomes, nascida em Icó/CE mas moradora de Paulo Afonso desde os 4 anos de idade e é agora cearense/pauloafonsina e Jovelina Maria Ramalho da Silva, nascida no Rio de Janeiro e moradora de Paulo Afonso há 50 anos. Agora é carioca/pauloafonsina. Ainda em 2018, também por iniciativa do Vereador Jean Roubert, foi aprovada por unanimidade a Lei Municipal Nº 1.397 de reconhecimento da Academia de Letras de Paulo

Foto: Gabriela Rodrigues - Assessora especial da CMPA

ALPA entrega Moções de Reconhecimento e Gratidão e livros aos vereadores de Paulo Afonso e ao Administrador da Chesf

“Livros à mão cheia e manda o povo pensar!” (Castro Alves)

Alunos da rede municipal participam de 1ª Antologia poética lançada pela Academia de Letras de Paulo Afonso

Como diz o poeta, vamos colocar livros nas mãos do povo, levar as crianças e adolescentes à prática da leitura e da escrita. Ao completar 15 anos de sua criação, a Academia de Letras de Paulo Afonso – ALPA - produziu a 1ª Antologia de Poetas de Paulo Afonso, com o apoio da Prefeitura de Paulo Afonso e de poetas e poetisas pauloafonsinos. Nela estão 55 participantes, sendo 13 poetas da ALPA, 17 outros poetas de Paulo Afonso que não são membros da ALPA e muitos deles moram em outros municípios e estados brasileiros e 25 jovens poetas que estão em projetos de incentivo à leitura e à escrita em Paulo Afonso, que são os projetos

Aventureiros da Leitura, Leitura: Luz do Aprender e Leitura e Descoberta: Viaje nessa Ideia que têm suas raízes e são desenvolvidos em escolas da rede municipal de ensino de Paulo Afonso. Como explicou o presidente da ALPA, professor e escritor Antônio Galdino “Essa 1ª Antologia teve como objetivo marcar essa importante data – 15 anos de criação da ALPA - e reunir alguns poetas e poetisas de Paulo Afonso, muitos morando em outros lugares e também oferecer a oportunidade ao jovens poetas, estudantes de Paulo Afonso, a maioria deles de escolas da rede municipal de ensino a divulgarem suas produções com o aval da Academia de Letras de Paulo Afonso. Acredito ser este um grande incentivo da ALPA para que todos continuem criando suas poesias, produzindo seus textos e lendo muito”. No dia 30 de novembro Lúcia Nascimento, e as alunas Ayra Silva, Deborah Beatriz e Stefany Lohane, representando os demais participantes do projeto Aventureiros da Leitura, receberam os seus exemplares desta 1ª Antologia entregues pelo presidente da ALPA, Antônio

Galdino da Silva e pela vice-presidente, Gorette Moreira. Sobre esse momento especial para os jovens escritores, a coordenadora do Projeto Aventureiros da Leitura, Lúcia Nascimento, escreveu em sua página no Facebook. “É com grande alegria que no último dia 30 de novembro de 2020, junto com três Aventureiras da Leitura Ayra Silva, da Escola Municipal Manoel Nascimento Neto, Deborah Beatriz e Stefany Lohane do SESC LER. tivemos a honra de receber das mãos do presidente da ALPA Antonio Silva Galdino e da vice-presidente Maria Gorette Moreira exemplares da 1ª Antologia de Poetas de Paulo Afonso. É gratificante ter o privilégio de participar de uma obra tão importante pra cultura de nossa cidade. Estou muito feliz, honrada e orgulhosa dos Aventureiros da Leitura. Mais uma grande conquistas de Aventureiros da Leitura, alunos das Escolas Municipais Manoel Nascimento Neto, Rivadalva de Carvalho, Raimundo Toledo, e também do Sesc Ler e do Colégio Estadual Wilson Pereira.” No dia 02 de dezembro a ALPA, através do seu presidente, entregou ao Professor Edson Barreto, poeta e tam-

bém membro da ALPA, os exemplares das estudantes Cleonara Émile, Lívia Vidal, Maria Eduarda e Ranyelly Santos, do projeto Leitura e Descoberta – Viaje nessa Ideia, coordenado pela Secretaria Municipal de Educação, onde Edson Barreto trabalha e outros 70 exemplares desta 1ª Antologia, destinados às bibliotecas das escolas da rede municipal de ensino de Paulo Afonso. Sobre essa Antologia, assim se expressou a Secretaria Municipal de Educação de Paulo Afonso em sua página do Instagram: “A Academia de Letras de Paulo Afonso (Alpa) está presenteando a sociedade pauloafonsina, na comemoração de seus 15 anos de existência, completados no dia 20 de novembro deste ano, com a 1ª Antologia de Poetas de Paulo Afonso. Escritores já renomados na Capital da Energia

e diversos outros talentos das artes fazem parte desse rico acervo literário. E como é de se esperar, quando o assunto é produção textual e talento, a Rede Municipal de Ensino está presente no livro com seus alunos das Escolas Municipais Manoel de Almeida, João Bosco Ribeiro, Manoel Nascimento, São Vicente de Paulo, Raimundo Toledo e Rivadalva de Carvalho. Sem dúvida, algo para ler e se encantar com esses estudantes que trazem a magia de transformar palavras em artes poéticas e que participam dos projetos Leitura e Descoberta: Viaje nessa Ideia, Aventureiros da Leitura, e Leitura: Luz do Aprender. A Secretaria Municipal de Educação, professora Elza Brito, encaminhará essa esplêndida obra literária, que tem a parceria da Academia de Letras de Paulo Afonso

com a Prefeitura Municipal, para as bibliotecas das escolas da rede com a finalidade de que os poemas sejam apreciados e trabalhados no cotidiano do ensino e aprendizagem.” No dia 11 de dezembro a Professora Maria do Carmo (Carmem), coordenadora do Projeto Leitura: Luz do Aprender e os alunos participantes desta 1ª Antologia de Poetas de Paulo Afonso – Alana Mirela, Camila Góis, as gêmeas Heloísa e Isadora Santos e Jéssica Christina, de 12 anos, que veio com o seu pai, Raul Alves, receberam os seus exemplares. Carmem falou: “Esse é um momento de alegria para nós professores e para cada uma destas adolescentes, ao verem os seus trabalhos, seu talento, suas poesias em uma Antologia produzida pela Academia de Letras de Paulo Afonso”.


A8

Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

"E a Luz Brilhou!" Todos os anos o aniversário de Jesus Cristo é comemorado em todo o mundo cristão no mês de dezembro, reconhecido por todos como o mês do seu nascimento, no dia 25, embora existam contestações científicas sobre a data. A tradição é mantida há séculos. As ruas das cidades e lugarejos se enchem de luzes, cores, brilho e o comércio se aproveita desse clima para vender ilusões. Nos templos, igrejas, escolas, nas praças de muitos lugares pelo mundo a fora

Este ano, outro grande espetáculo foi organizado, reunindo, entre atores e atrizes amadores, crianças, músicos, coral, quase 70 pessoas e o foco central foi Jesus Cristo, a luz do mundo, mas os organizadores mostraram, de forma inspirada as várias formas de luz que estão à nossa volta e povoam a nossa imaginação, especialmente a imaginação das crianças como as duas personagens da encenação de 2020, duas meninas, Ana Clara e Maria da Luz. O delicado trabalho, envolvendo tanta gente, exigiu muitos dias de ensaios puxados sob a direção de Elisângela Alves, mas o resultado não poderia ser mais brilhante, quando se deu uma aula de história sobre Paulo Afonso, leve, rica, e se mostrou, de forma maravilhosa a importância e o valor de todas essas luzes e a necessidade de todos buscarem a maior e mais brilhante de todas elas, a luz do amor de Jesus para as suas vidas. Elisângela Alves, diretora desse espetáculo, conta como desenvolveu esta história que tem o título de E a Luz Brilhou! "E a Luz Brilhou!", procurou associar a história da cidade de Paulo Afonso e o verda-

cantatas magníficas exaltam o Senhor da Glória, Jesus Cristo, a Luz do Mundo! Em dezembro de 2019, a Comunidade das Nações de Paulo Afonso apresentou um espetáculo musical de Natal chamado EU CREIO que atraiu grande público, lotando as dependências do antigo Cine Coliseu durante a sua apresentação. A Comunidade das Nações é uma igreja evangélica que nasceu em Brasília-DF, local onde funciona sua sede, há pouco mais de 15 anos. Seu idealizador e

fundador é o bispo JB Carvalho, esposo da bispa Dirce Carvalho. Hoje, a Comunidade das Nações conta com cerca de 25 campus espalhados em 9 estados do Brasil e mais 3 nos Estados Unidos. Em Paulo Afonso, a Comunidade das Nações iniciou suas atividades com uma pequena célula, em janeiro de 2019, sob a liderança do casal Alessandro e Ana Paula Araújo que são os seus pastores e está instalada no prédio onde funcionou por muitos anos o Cine Coliseu.

deiro sentido do Natal, a partir de um ponto comum: A Luz que surgiu a partir de ambas. A trama se desenvolveu a partir da história de duas meninas distintas, as quais almejavam por Luz. Uma sendo filha de um engenheiro da Chesf, morando no acampamento e tendo toda luz que precisava, tinha um problema de saúde que a impedia de tomar sol e ela desejava poder desfrutar da luz do sol sem agravar seu problema de saúde. A outra, por ser filha de um operário e morando na Vila Poty, desejava ter os benefícios da luz elétrica, mesmo não lhe faltando a luz radiante de um dia de sol. No entanto, um surpreendente encontro revelou qual a verdadeira Luz que elas precisavam. Na opinião do pastor Alessandro Araújo o espetáculo ficou marcado pela oportunidade de comunicar o evangelho através das artes, pela dedicação de todos os envolvidos na realização do mesmo, pela emocionante história apresentada com muita excelência e, sobretudo, pela sensível e poderosa presença de Deus durante os dois dias de apresentação. O Cine Coliseu, onde funciona a Comunidade das Nações e

onde foi apresentado o espetáculo tem 600 lugares mas, por conta da pandemia do coronavírus e as restrições impostas por decretos que limitam o ajuntamento de pessoas, apenas 200 pessoas, um terço da capacidade do lugar, puderam assisti-lo em cada um dos dois dias. Quem teve a oportunidade de assistir a apresentação e os musicais a ele integrados, nos dias 25 e 26 de dezembro, encantou-se com a sua beleza e pelo resgate de histórias de pioneiros e da vida do início de Paulo Afonso que este espetáculo mostrou e fortalecidos na sua fé pela mensagem de esperança que foram mostradas nas músicas, nas interpretações dos atores amadores e na palavra final da Pastora Ana Paula Araújo. Ali se falou da luta de Abel Barbosa para derrubar o muro que separava a Vila Poty do Acampamento da Chesf. Os guardas da Chesf impedindo Abel de entrar no Acampamento e correndo atrás das crianças que pulavam o muro para apanhar mangas. Uma canção chamada Basta!, criada especialmente para este espetáculo (Letra de Elisângela, melodia de Carlos e arranjos de Elisama e Isis) é a fala de Abel Barbosa e diz nos seus versos: Eu não sei se me ouvirão, Eu sou um homem como outro qualquer, Na minha força nada posso fazer. Mas não desistirei até os muros caídos ver Até ver esse povo que amo livre ser. Porque esse muro a nos separar? Essa é nossa gente, é o nosso lugar!

Vamos declarar: Basta! Essa luta e toda a história da Luz de Paulo Afonso, desde a ideia de Delmiro Gouveia até a inauguração da 1ª Usina da Chesf, pelo presidente Café Filho, em 15 de janeiro de 1955, é mostrada ressaltando-se a importância de cada personagem: Delmiro Gouveia, Apolônio Sales, presidente Getúlio Vargas, presidente Eurico Gaspar Dutra e presidente Café Filho, que inaugurou a Usina cantada por Luiz Gonzaga: “Ouco a usina feliz mensageira Dizendo na força da cachoeira O Brasil vai, o Brasil vai...” O espetáculo "E a Luz Brilhou!" também mostrou que, nesse mesmo ano de 1955, alguns meses depois da inauguração da Chesf, em 7 de abril, outra luz brilhou quando Gilberto Oliveira e João Cartonilho criaram a Escola Evangélica Antônio Balbino levando a luz do saber às crianças carentes da Vila Poty. Para isso, poucos talvez saibam, D. Wilma Oliveira, esposa do chesfiano Gilberto Oliveira, recusou um emprego oferecido para ela na Chesf para se dedicar a estas crianças desta Escola pioneira na Vila Poty. E para isso contou com a colaboração da Professora Lindinalva Cabral que dirigiu a Escola em seu primeiro ano (a partir do segundo ano, esta escola passou a ser dirigida pelo Pastor Onésimo Nascimento da 1ª Igreja Batista de Paulo Afonso) e da Professora Adeilda Xavier e outros voluntários... A Escola Evangélica Antônio Balbino cresceu tanto e tão rapidamente que chegou a ter salas de aulas em três luga-

res diferentes ao mesmo tempo e foi preciso criar o Centro Evangélico de Recuperação Social, para apoiá-la e daí nasceu o Ginásio, depois Colégio Sete de Setembro. As agitadas crianças que representavam esses alunos na encenação de “E a Luz Brilhou”, fizeram nascer esse diálogo entre D. Wilma e a Professora Lindinalva Cabral. Disse Lindinalva – D. Wilma, alguma coisa me diz que essas crianças vão “pintar o Sete”... Respondeu D. Wilma – Eu também tive esse mesmo pensamento, Lindinalva... Em Julho de 1964 nascia o Ginásio Sete de Setembro. Esses dois acontecimentos de 1955 – a inauguração da Chesf em janeiro e a criação da Escola Evangélica Antônio Balbino em abril, me trouxe à memória que pessoas evangélicas estavam à frente desses fatos pioneiros de Paulo Afonso. Mera coincidência? A Usina de Paulo Afonso, foi inaugurada em 15 de janeiro de 1955 pelo presidente da República, João Café Filho, que era nordestino do Rio Grande do Norte e membro da Igreja Presbiteriana do Brasil. A Escola Evangélica Antônio Balbino, foi criada em 7 de abril de 1955, por Gilberto Oliveira, fundador da Igreja de Cristo Pentecostal do Brasil de Paulo Afonso e pelo pastor João Cartonilho da Igreja Assembleia de Deus, da Praça Libanesa. No que ainda se refere à história de Paulo Afonso, não foi esquecido o gesto de Abel Barbosa que transformou o lugar onde era o muro da

Chesf em uma rua comercial e residencial, fato mostrado, de forma impactante em uma cena do espetáculo. "E a Luz Brilhou!" Fala da luz do saber da escolinha, das usinas da Chesf, das luzes do Natal, das ruas iluminadas, a luz da estrela de Belém, para se mostrar a importância e o grande brilho da verdadeira luz do mundo, Jesus Cristo, no dia do seu nascimento, para se cumprir a profecia de Isaías que disse, 700 anos antes do nascimento de Jesus: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz!” (Isaías 9:6) O vídeo de "E a Luz Brilhou!" está no final dessa matéria. Assista e, pode fazer um comentário e espalhar essa boa notícia por aí, compartilhando com os teus contatos.

13 – RECEPÇÃO: Rose, Regis, Pollyana, Cris, Átisa, Rafael

14 – DIREÇÃO GERAL: Elisângela Alves

Quem atuou em “E a Luz Brilhou”? 1- IDEALIZADORES DE UM SONHO: Delmiro Gouveia – Valquírio; Apolonio Sales – Pastor Sílvio Pero; Getúlio Vargas – Janderson; Presidente Dutra – José Mauro; Presidente Café Filho – Dárcio. 2- NARRADORA: Ana Paula Barbosa 3. FAMILIA DO ENGENHEIRO: Engenheiro Charles – Dr. Juliano; Eleonor esposa do engenheiro – Elba; Ana Clara – Samara.

4. QUEDA DO MURO: Abel Barbosa – Dr. Emanuel; Escoteiro – Marcelo. 5. FAMILIA DO OPERARIO: Operário Raphael – Manoel; Creuza, esposa do operário - Denise; Maria da Luz – Júlia. 6. CAIXEIRA VIAJANTE: Rayane 7. ESCOLA EVANGÉLICA ANTONIO BALBINO: Sr. Gilberto Oliveira – Dr. Emanuel; Dona Wilma Oliveira – Ana Maria; Professora Lindi-

nalva Cabral – Angélica. Crianças, alunos da Escola Antônio Balbino - Rafael, Levi, Olga, Ester, Malu, Isadora, Isaque e Isabela. 8. GRUPO DE DANÇA: Gilvanira, Fabiana, Joelma, Joselma, Rafhael, Rosemery, Rose, Rafaela, Marcelo, Denise. 9 – CORAL: Maestrina: Elisama Islley; Sopranos: Eliada Islley, Carolina Freitas e Alícia Martins. Contraltos: Fabiana Ângelo, Priscila Giovana e Suelen

Stefanie. Tenores: Franciele Rodrigues, Carlos Santos e Kaio Machado 10 – INSTRUMENTAL: Alberth Diego – bateria, Kaio Machado – contrabaixo, Isis Martins – teclado, Franklin Fabian – guitarra, Carlos Santos – teclado e Alícia Martins - violão 11 – APOIO INTERNO: Rafaela, Rosa, Tamires, Vinícius e Luna 12 - PROJEÇÃO: Tarsila.


Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

A9

Paulo Afonso é capa da revista italiana “Connessione” Recebi, online, a Revista Connessione que me causou um misto de surpresa e de alegria ao ver, na sua capa, a imagem belíssima da nossa Ponte Metálica D. Pedro II. Esse foi o primeiro impacto. Do visual, do contemplativo... E depois o pensamento se abriu ao perceber que esta revista, online, estava apresentando para o mundo essa beleza que é nossa e, assim como outras muitas belezas e formas diferenciadas de cultura, já poderiam estar merecendo os olhares de muita gente, em todo o mundo. Esse primeiro impacto me permitiu viajar no tempo e chegar aos anos de 1980 quando, ainda engatinhando, no fim do governo militar, nos empenhamos com o total apoio do Prefeito Abel Barbosa para que as belas imagens de Paulo Afonso pudessem também correr o mundo, o que aconteceu na revista bilingue Caminhos da Bahia, produzida pela Bahiatursa na gestão do saudoso Paulo Gaudenzi... O outro impacto grande foi ver a beleza desse monumento, a Ponte D. Pedro II, estar na companhia do Coliseu de Roma, um projeto de Vespasiano que levou dez anos para ser construído, sendo inaugurado no ano 80 d.C. e suas ruinas continuam recebendo milhões

de visitantes todos os anos numa prova inconteste que a História, a Cultura de um povo, merecem a atenção de todas as gerações ao longo dos séculos e, por isso, precisam ser preservadas, valorizadas, primeiro pelos gestores do lugar onde elas estão e sua imagem precisa ser espalhada por todo o mundo para ser também aplaudida, valorizada, reconhecida e visitada por outros povos, ao longo dos séculos. Impactado com a belíssima capa desta revista, produzida por uma brasileira/italiana Andrea Longo, moradora da Itália, que atuou por um tempo como locutora de rádio Net e, por isso conheceu o pauloafonsino José Nilton Alcântara, conhecido de todos nós como Negrito que começou a criar, em 2010 o seu projeto de RadioNet chamado SELIGANAMÚSICA, cuja rádio foi inaugurada no dia 15 de dezembro de 2015. Andrea Longo também foi locutora da radionet SELIGANAMÚSICA e buscou a parceria do Nilton Alcântara para criar a sua própria emissora na internet. Dessa parceria nasceu a “Radio Connessione”, sediada na Itália. Em Setembro de 2020, Andrea, em conversa com Negrito, disse do seu desejo de criar uma Revista Online e, em dezembro, mês do

quinto aniversário da Rádio SELIGANAMÚSICA, a revista que leva o mesmo nome da “Radio Connessione” invade o mundo. Exultei ao ver que esta Revista “Connessione”, como textos em português e italiano, apresenta uma variedade de conteúdos voltados para a cultura, com foco na música nas suas muitas vertentes e outros temas em textos e imagens produzidos por autores de vários países.

Na apresentação desta revista, diz a sua editora: “A Revista “Connessione” tem suas páginas escritas por pessoas de diversos lugares como: Brasil, Japão, Itália, França, com o objetivo de fazer a união entre as pessoas de vários países e mostrar a cultura e a vivência de cada uma delas. Em nossa primeira edição a capa vem homenageando duas construções que são verdadeiras obras de arte de suas cidades.

Na parte de cima observamos a Ponte Metálica Dom Pe¬dro II, construída na década de 50. É uma maravilha da engenharia, toda em metal, encravada no belo “canyon” do Velho Chico de Paulo Afonso - Ba, na divisa com o Estado de Alagoas. Embaixo podemos ver o Coliseu, também conhecido como Anfiteatro Flaviano. É um anfiteatro oval localizado no centro da cidade de Roma, capital da Itália. Construído com tijolos revestidos de argamassa e areia e originalmente cobertos com travertino. É o maior an¬fiteatro já construído e está situado a leste do Fórum Romano. Endereço: Piazza del Colosseo, 1, 00184 Roma RM, Itália. Início da construção: 70 d.C. Inauguração: 80 d.C. Altura: 48 m. Arquiteto: Vespasiano.” Sobre Paulo Afonso, a Revista “Connessione” traz um texto de Nilton Alcântara baseado em informações do site da Prefeitura Municipal, a reprodução de um artigo de Isabela Mouradian Amatucci, sobre a Associação Folclórica Os Cangaceiros de Lampião”, nas páginas 20 e 21, além da programação da Radio Seliganamusica, nas páginas 25 e 26. Mas as 40 páginas da Revista “Connessione” permitem uma agradável viagem pelo mundo, vendo, lendo his-

tórias sobre música, gastronomia, costumes, jeito de viver e questionamentos tais como: “O Natal será o mesmo?” Como pauloafonsino, escritor, jornalista abro o coração para dizer, parabéns a Andrea Longo, pela iniciativa que, de forma pessoal me trouxe um alento: saber que não estou só ao reconhecer as belezas de Paulo Afonso e seu potencial cultural e turístico. Talvez agora, outros passem a enxergar melhor os tesouros desta terra e a eles passe a dar o devido valor. Parabéns a Nilton Alcântara, Negrito, por ajudar a criar esse caminho para Andrea Longo. Como presidente da Academia de Letras de Paulo Afonso, não só apresento os aplausos por esta iniciativa brilhante como estarei recomendando a todos os membros desta Academia, assim como o faço aos internautas ligados nesse site www.folhasertaneja.com.br, a leitura desta revista e pedindo aos escritores, cronistas que também contribuam com textos para as próximas edições desta Revista “Connessione”. Antônio Galdino da Silva Paulo Afonso, BA. 10 de dezembro de 2020 ET: Apenas mais um detalhe, importante, sobre a Ponte Metálica D. Pedro II. Ela foi construída com ferros vindos da França, do mesmo tipo dos utilizados para a construção da Torre Eiffel de Paris. (Antônio Galdino)

Pedro Barbosa Sobrinho, “Soldado de Cristo”, comemora 100 anos de idade

Dia 2 de dezembro, o Sr. Pedro Barbosa Sobrinho, alagoano de Pariconha, completou 100 anos de idade, comemorado no seio da família, de forma simples em face dos riscos que o Covid traz a todos. Vale a pena o registro desta grande bênção que o fazemos apoiado em mensagem postada por uma das noras, no Instagram e pelo belo texto biográfico publicado pelo saudoso Euclides Batista. A ele a nossa homenagem pessoal, extensiva a todos os familiares Sobre ele assim escreveu sua nora Magna Marisa: “Hoje, 02/12, o dia amanheceu mais lindo, ensolarado e maravilhoso, pois é o dia deste homem íntegro, servo do Deus Altíssimo e

de um caráter admirável. 100 anos que Deus permite viver entre nós. Mas o presente quem ganha somos nós. Só tenho a agradecer ao Senhor Jesus por viver perto do senhor, seu Pedro. Obrigado por ser esse avô, sogro e bisavô que admiramos. “Dá forças ao cansado e multiplica o poder ao que não tem vigor, mas o que esperam no Senhor renovam as suas forças.” Felicidades. Aniversário é uma dádiva de Deus essa data 100 anos. O Senhor o abençoe lhe dê saúde!” Quando o Sr. Pedro Barbosa completou 83 anos, um dos grandes amigos da família, que infelizmente já nos deixou, o querido e saudoso Euclides Batista Filho registrou aquele mo-

mento em um texto que, no mesmo mês de Dezembro daquele ano, 2003, foi publicado no seu livro Nós Fizemos Paulo Afonso. Ao ver a história dos 100 anos do Sr. Pedro Barbosa, Manoel Rozendo Filho, resgatou boas lembranças dos tempos em que o seu pai, Manoel Rozendo dos Santos, que nasceu em Itacuruba/PE e também ingressou na Polícia baiana, ficando conhecido na região como Sargento Bilé conviveu e foi amigo de farda do Sargento Pedro Barbosa na Polícia Militar. O filho Manoel nos apresenta uma foto raríssima dos dois militares tomando banho de sol dentro do quartel da polícia em Glória. O Sargento Bilé, casou-se com D. Iracy Cavalcante da Silva que era da Volta do Moxotó/PE. O casal teve 13 filhos. Pedro Barbosa e sua esposa D. Ivanilda tiveram 11 filhos. D. Ivanilda faleceu em 1997 e o Sargento Bilé faleceu no ano seguinte, 1998. O sub-tenente Pedro Barbosa recebeu a graça de completar 100 anos de vida no dia 2 de dezembro de 2020. Sobre o cidadão Pedro Barbosa Sobrinho, assim escreveu Euclides Batista Filho em Dezembro de 2003.

Pedro Barbosa Sobrinho, Soldado de Cristo!

O policial militar Pedro Barbosa Sobrinho nasceu na vizinha cidade de Pariconha, Alagoas, em 02/12/1920. Como primeiro emprego, trabalhou na Fábrica da Pedra, de Delmiro Gouveia. Em 1946, com 26 anos, ingressou na Polícia Militar do Estado da Bahia. Aposentou-se em 1977, como sub-tenente, após 31 anos de excelentes serviços prestados ao povo pauloafonsino. Toda uma vida pelo interior baiano defendendo a lei e a ordem, combatendo o crime e os criminosos, arriscando a vida, longe da família amada, distante do lar querido. Meses e anos no desconforto da caatinga hostil, em nome de legalidade e da paz. Disciplinado, bravo soldado da Bahia, do Brasil e especialmente de Jesus Cristo. Imparcial, mas sensato. Incorruptível, pregado do Evangelho a toda criatura, da lei ou fora-da-lei. Irrepreensível soldado, cabo, sargento, delegado. Líder coerente, avesso a toda e qualquer indisciplina. Sua arma, a Bíblia Sagrada. Sua proteção, a graça divina.

Na retaguarda, cuidando dos filhos que Deus lhe dava Dona Ivanilda, esposa abnegada, guerreira valente. Onze filhos: Paurílio, Consuelo, Cordélia, Miriam, Melquezedeck, Marcos, Paulo Sérgio, Meire Rute, Gamaliel, Moisés e Pedro Filho. Todos criados na observância e na prática da Lei de Deus, na segurança de um lar cristão. Uma linda família, presente do Pai Eterno. As noras: Marília, Cleusa, Gleide, Magna, Jussara e Eunice. O genro Medrado. Vinte e quatro netos, por enquanto: Patrícia, Marísia, Mariane, Raquel, Rafael, Rebeca, Thays, Íris, Cnthya, Benjamim, Cíntia, Maria, Daniel, Isaac, Artur, Thiago, Felipe, Gabriela, Mateus, Zaíra, Vinícius, Ítalo, Louise e Lucas. Profetas, evangelistas, apóstolos e discípulos. No dia 02 de dezembro de 2003, nos reunimos todos no seu abençoado lar, quando festejamos o seu 83º ano de profícua vida. Todos nós, membros da família biológica e da família cristã. Na oportunidade

louvamos, adoramos e agradecemos ao Dono da Vida em ação de graças por tão grande dádiva, mais de 30.000 dias de vida a serviço de Deus, da pátria e da humanidade. Parabéns, irmão Pedro. A Igreja Batista Central de Paulo Afonso e toda a comunidade evangélica da cidade lhe abraçam e lhe agradecem rogando ao Deus Altíssimo que o conserve conosco durante muitos anos mais. Deus lhe abençoe. Euclides Batista Filho Dezembro/2003

Nota da Redação: Euclides Batista Filho faleceu no dia 15 de Fevereiro de 2015, aos 69 anos de idade, de infarto fulminante, em sua casa, depois de participar ativamente do culto realizado pela Igreja Batista Central no Acampamento da Igreja, em Glória/BA, no domingo de carnaval. Prof. Antônio Galdino 18/12/2020


10 A

Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

TC Clodoaldo Farias substitui o TC Rogério Cardoso no comando da 1ª Cia. de Infantaria de Paulo Afonso

“Cada vitória alcançada nestes dois anos, credito ao trabalho em conjunto. Compartilho com vocês a minha felicidade por completar esta importante fase de minha carreira. Conheci no dia-a-dia o valor do soldado do SERTÃO brasileiro, ambientado com a caatinga, que independentemente do sol inclemente deste vasto bioma, esteve sempre pronto para cumprir a missão, atitude herdada dos nossos companheiros da reserva e reformados que deixaram seu legado quando por aqui passaram”. Em sua despedida, o TC Cardoso, que realizou muitas reuniões com os vários segmentos da comunidade pauloafonsina, lembrou de agradecer a cada um: “Destaco a forte parceria com a Prefeitura Municipal, na gestão do Prefeito LUIZ BARBOSA DE DEUS, por meio de suas secretarias. Ressalto também o apoio da Câmara Municipal, do Poder Judiciário, da Infraero, das associações Rotary Club, Lions Clube e Maçonaria e dos órgãos de Imprensa”.

Lembrou das ações cívico-sociais realizadas durante a sua gestão, da interação com as instituições de ensino e das crianças da Casa da Criança 1: “De forma destacada menciono a CASA DA CRIANÇA 01, com o qual temos a honra de sermos o padrinho e desta forma poder contribuir com os jovens que se encontram em uma certa vulnerabilidade social e lhes apresentar uma oportunidade de futuro melhor”. Agradeceu o estreito relacionamento com a Chesf, “Razão de ser da 1ª Companhia de Infantaria, que foi criada em 29 de abril de 1954 com a nobre missão de garantir a segurança da geração de energia nas usinas Luiz Gonzaga, Complexo de Paulo Afonso e Xingó.” E falou com emoção e uma ponta de saudade da cidade que o acolheu e à sua família há 2 anos atrás: “A nossa linda PAULO AFONSO, que me acolheu tão bem, como a minha família, o meu eterno agradecimento. Convivi dia-a-dia

com um povo alegre e batalhador, formado por pessoas maravilhosas. Conheci o “Velho Chico”, com sua majestosa cachoeira, a histórica usina Angiquinho de Delmiro Gouveia e o impressionante cânion com a sua imponente ponte metálica D. Pedro II. Deslumbrei-me com a cidade das Caraibeiras e com o Raso da Catarina, terra de Lampião. Como não sentir falta de tantas belezas? Será impossível e ouse dizer duas particularidades para PAULO AFONSO: considero-me pauloafonsino com orgulho e em breve retornarei meus irmãos!” E assegurou ao novo comandante Tenente Coronel Clodoaldo que, daqui a dois anos, quando também passará o comando da 1ª Cia. de Infantaria para o seu substituto, sentirá o que ele, TC Cardoso está sentindo agora: “Ao Sr TC CLODOALDO e sua digníssima esposa Sra JULIANA MARIA e o jovem EDUARDO, desejo muito sucesso e felicidades na nossa PAULO AFONSO. Saibam que o sentimento de aperto no coração será melhor compreendido por vocês daqui a algum tempo! Aproveitem ao máximo cada segundo desta abençoada guarnição e saibam que estão num oásis no meio do sertão!” Ao final de sua fala, o TC Cardoso fez uma homenagem à sua irmã, recentemente falecida: “Por fim, faço uma especial homenagem à minha querida irmã KARINA CARDOSO que neste momento se encon-

tra no plano espiritual. Irmã! Foi graças ao seu exemplo de luta pela vida que me deste a oportunidade de compreender o quanto é válido cada momento e segundo da vida! Você me ensinou durante a sua batalha contra o câncer de compreender que nem momentos de tempestades devemos baixar a cabeça, e sim olhar SEMPRE com o viés do otimismo e alegria, como também saber dizer OBRIGADO SENHOR MEUS DEUS por mais um dia! E foi com este ensinamento que procurei apresentar aos meus subordinados o real significado da palavra GRATIDÃO! Sinto a sua presença e sei o quanto estás alegre de ver seu irmão encerrando mais um ciclo! Obrigado por tudo que fizeste e sei que ainda faz muito por mim irmã! DEUS te abençoe!”. O Tenente Coronel Cardoso concluiu a sua mensagem de despedida do comando da 1ª Cia de Infantaria como os versos de Milton Nascimento: -E assim, chegar e partir são os dois lados da mesma viagem.

O trem que chega é o mesmo da partida. A hora do encontro é também despedida_. Sim, há um tempo para plantar e um tempo para colher, um tempo para chegar e um tempo para partir. Assim, eis que chega o momento da despedida. Na profissão das armas, as substituições são importantes e necessárias, e têm o mesmo efeito do sangue que corre em nosso organismo: OXIGENAR e REVITALIZAR. Sou grato pela consideração e pela amizade de todos, que não mediram esforços para contribuir com o meu comando. Fica minha eterna GRATIDÃO, pedindo a DEUS que continue nos protegendo e nos dando saúde, abençoando esta maravilhosa cidade de Paulo Afonso, e para que o ano que ora se inicia possa ser repleto de novas conquistas pessoais e profissionais. Companhia: Pátria!

Fotos: 1ª Companhia de Infantaria

Paulo Afonso (BA) – No dia 7 de dezembro, foi realizada a solenidade de Passagem de Comando da 1ª Companhia de Infantaria (1ª CIA INF), do Coronel Marcos Rogerio Cardoso da Silva para o Tenente Coronel Clodoaldo Farias Furtado Filho. O evento contou com a presença do Comandante da 6ª Região Militar (6ª RM), General de Divisão João Batista Bezerra Leonel Filho e também prestigiaram a cerimônia familiares dos comandantes substituído, substituto e representantes da imprensa local. Devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19, o evento foi realizado para um público restrito. Na primeira etapa, ocorreu a solenidade militar, que foi transmitida pelo canal do YouTube e no Instagram (@1ciainf_exercito). Em seguida, foi inaugurado o retrato do comandante sucedido na Galeria de Antigos Comandantes. (1ª Cia de Infantaria) O jornal Folha Sertaneja teve acesso ao belo discurso de despedida do Tenente Coronel Cardoso, no qual tomou como foco a palavra GRATIDÃO, para se referir a cada um dos seus superiores hierárquicos, aos seus sub-comandantes em Paulo Afonso e a pessoas e instituições com as quais conviveu nos dois anos em que esteve à frente do comando da 1ª Companhia de Infantaria sediada em Paulo Afonso, Estado da Bahia e destacou a garra do soldado sertanejo desta guarnição militar:

Jornal Folha Sertaneja: Foto: Patrícia Gomes

Mais um ano de edições encadernadas

Um dos grandes incentivadores do jornal Folha Sertaneja é o pauloafonsino Edvaldo Nascimento que desde pequeno mora na cidade de Delmiro Gouveia onde é

professor da rede Municipal e Estadual e já foi vereador daquele município por três mandatos consecutivos. O Professor Edvaldo, como é conhecido, é mem-

bro da Academia de Letras de Paulo Afonso e também do Instituto Histórico de Alagoas pelo reconhecimento do seu intenso trabalho de pesquisa sobre a

região, como foco em Delmiro Gouveia que hoje dá nome a este município e em 1913 inaugurou a primeira Usina Hidrelétrica do Nordeste, a Usina Angiquinho e se projetou internacionalmente como grande industrial e um revolucionário na introdução, além da energia hidroelétrica, também dos transportes e no desenvolvimento regional. Delmiro Gouveia, segundo o Professor Edvaldo, “implementou uma verdadeira revolução nos costumes da região, abrindo escolas, cinema, criando a Vila Operária”. A pesquisa intensa sobra a vida e a obra de Delmiro Gouveia levou o Professor Edvaldo Nascimento a defender, com sucesso, uma tese de mestrado onde mostra a importância de Delmiro Gouveia para a educação na Vila da Pedra, hoje Delmiro Gouveia. Esta tese resultou

no livro “Delmiro Gouveia e a Educação na Pedra” que ganhou inclusive uma edição do Senado Federal em 2014. Em 2019 o Professor Edvaldo Nascimento voou mais alto e procurou conhecer bem a história da educação em Paulo Afonso, sua cidade natal, e focou os seus estudos nas Escolas criadas pela Chesf a partir do ano de 1949, e sobre elas defendeu sua tese de Doutorado em Educação, concluída em Setembro de 2019 na Universidade Federal de Pernambuco. Apaixonado pelas publicações da região, o Professor Edvaldo conseguiu que o governo do Estado de Alagoas reunisse o precioso acervo do Jornal Folha da Pedra, publicado no início do século passado em uma luxuosa encadernação.

O nosso modesto jornal Folha Sertaneja também, mensário criado em 2004, tem merecido também esse cuidado do Professor Edvaldo que tem encadernado todos os seus exemplares em vários volumes. Em 2020, os cuidados com a pandemia e o envolvimento do Professor Edvaldo na campanha política em Maceió, ajudando outros candidatos, fizeram com que a edição encadernada do jornal Folha Sertaneja do ano de 2019 só chegasse, por suas mãos, à nossa redação, no início do mês de Dezembro. Em Janeiro de 2021, ele assegura, já receberemos a edição encadernada dos jornais de 2020. Muito agradecemos ao Professor Doutor Edvaldo Nascimento por esse carinho de todos os anos. Antônio Galdino da Silva Diretor do jornal Folha Sertaneja


Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

A11


12 A

Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

8 de Dezembro. Há 42 anos nascia a Rádio Cultura de Paulo Afonso

Foram anos de muita pesquisa, muitas viagens para conhecer como funcionavam emissoras de rádio na região nordestina. E muitos sonhos do seu idealizador, Antônio José Diniz, até então um bem sucedido empresário da área de venda de revistas através da sua Distribuidora Sedução. Mas o sonho de ter uma rádio e depois uma televisão, sempre acompanhou cada passo da vida do empresário nascido em Afogado da Ingazeira, no alto sertão de Pernambuco mas morador de Paulo Afonso desde o final da década de 1940 quando seu pai, José Vitorino Diniz deixou o trabalho de motorista da Fábrica Peixe, de Pesqueira para vir trabalhar na grande obra que a Chesf fazia nesta região – a construção da Usina Hidrelétrica de Paulo Afonso. E o seu pai, tinha muito orgulho de ter sido pioneiro da Chesf e, mais que isso, o primeiro koeringueiro a colocar a primeira carrada de pedras no processo de fechamento do rio São Francisco para a construção da Barragem Delmiro Gouveia. Antônio Diniz também levou pela vida afora a marca de pioneiro, desta vez, na construção de um projeto radiofônico oficial, regularizado, as Rádios Cultura de Paulo Afonso – AM e FM, em um tempo em que a comunicação radiofônica da cidade era feita pela Rádio Poty, que funcionava sem

Faleceu no início da manhã deste domingo, 6 de dezembro, a Sra. Beatriz Matos de Carvalho, mãe do vereador e presidente da Câmara Municipal de Paulo Afonso, Pedro Macário Neto. Ainda muito lúcida, D. Beatriz estava com 99 anos, morava em Paulo Afonso mas toda a sua grande família tem origem na cidade de Antas/BA. O corpo de D. Beatriz está sendo velado no SAF da Avenida Apolônio Sales de onde o féretro sairá para o cemitério Padre Lourenço Tori, de Paulo Afonso, onde será sepultada. Em face desse triste acontecimento, a Câmara Municipal de Paulo Afonso adiou a sua sessão ordinária desta segunda-feira, dia 7 de dezembro para a quinta-feira, dia 10. O falecimento de D. Betriz tem consternado

a autorização necessária do Departamento Nacional de Telecomunicações da época, o DENTEL, embora tenha prestado relevantes serviços à comunidade pauloafonsina. Diniz, como muitos outros, começou a sua vivência com a radiodifusão ali, na pequena Rádio Poty de Paulo Afonso, criada por Antonio Bernardo, Raimundo, Benedito e Mário Santos e depois administrada por Roque Leonardo Barbosa, e foi a escola de muitos radialistas... Depois de cumprir todas as exigências do Ministério da Comunicações, veio a concessão das rádios. Outro tempo imenso para organizar tudo e colocar a emissora no ar. Luta intensa em um tempo em que tudo era rigorosamente observado pelo governo militar instalado no

a muitos da comunidade de Paulo Afonso e muitas mensagens de pesar estão sendo postadas nas redes sociais. Da Academia de Letras de Paulo Afonso: Em nome da Academia de Letras de Paulo Afonso apresento ao vereador Pedro Macário Neto, presidente da Câmara Municipal de Paulo Afonso os votos de pesar pelo falecimento de sua mãe, aos 99 anos, nesta data. Que o Espírito Santo console e traga paz a ele e a todos os familiares nesse momento de tristeza e de dor. Antônio Galdino da Silva - Presidente da ALPA. Da ASCOPA, CDL e SINPA: Em nome da ASCOPA, CDL e SINPA , APRESENTAMOS ao Vereador Presidente da Câmara Pedro Macário Neto , os mais sinceros votos de pesar , pelo falecimento de

Brasil. Tudo precisava estar bem certo porque havia olhos em todas as paredes, em todos os lugares... Numa euforia incontida, uma alegria de menino que ganha o brinquedo que sempre sonhara, Antônio José Diniz passou todo o dia fazendo rodar a música Paulo Afonso, de Luiz Gonzaga e Zé Dantas, para marcar bem de um saía esse som que invadiu grande região do Nordeste. Na época, outro grande pioneiro da Chesf e entusiasta pelo desenvolvimento de Paulo Afonso, Sr. Nicolson Chaves compartilhou da alegria intensa de Diniz e disse em alto e bom som: “Diniz, você deu voz a Paulo Afonso!”. Grande verdade! A Paulo Afonso das usinas hidrelétricas cantadas por Luiz Gonzaga, uma cidade que tinha

apenas 20 anos de vida, tinha o seu nome e seus feitos e malfeitos espalhados por grande região do Nordeste. Católico, seguindo os costumes cristãos, decidiu inaugurar as Rádios Cultura de Paulo Afonso – AM e FM no dia 08 de dezembro, Dia de Nossa Senhora da Conceição e, nesse dia 8 de dezembro de 1978, há exatos 42 anos, o primeiro bispo diocesano de Paulo

Afonso, D. Jackson Berenguer Prado, deu uma bênção especial inaugurando a Rádio Cultura de Paulo Afonso que continua por todo esse tempo, quase meio século de vida, levando a voz de Paulo Afonso e dos pauloafonsinos e visitantes a longas distâncias, sendo sempre bem recebida nas casas modestas, nos leitos dos hospitais, na carona de carros... Agora, associada à internet, a “voz de Paulo Afonso”, através da Rádio Cultura, se espalha pelo mundo a fora. Dia destes, eu que estive nessa história da Rádio Cultura desse a sua concepção, voltei aos seus estúdios, a convite de Soraya Diniz e de Dinizinho, filhos de Antônio Diniz, para falar da história e das memórias da cidade e de seu povo, quando recebemos uma ligação do Professor Francisco Nery. Ele estava na França, em viagem de estudos e nos dizia como é bom estar tão longe e poder ouvir o som da terra onde se mora, se vive... Em julho de 2019, Antônio José Diniz nos deixou, mas o seu sonho continua

vivo e é levado adiante por seus filhos Soraya e Dinizinho, a esposa Saúde, que hoje, certamente, sentem a falta de Diniz, ele próprio conduzindo uma programação especial, abrindo os microfones para o povo deixar seus recados e levando a voz de Paulo Afonso pelo mundo a fora...em todos os lugares onde a internet chegar. Parabéns à Rádio Cultura de Paulo Afonso por esta bela caminhada de mais de quarenta anos deste sonho dos anos de 1970. Que ela continue vencendo os anos, quem sabe os séculos, levando a voz de Paulo Afonso através das novas gerações, sempre!!! Grande abraço a todos os comunicadores que deram vida a este sonho ainda no século passado, há 42 anos e aos que hoje mantêm vivo o sonho de Antônio José Diniz de ser voz forte dos muitos que não têm voz e precisam dizer ao mundo: eu sou gente e eu estou aqui! Deus me deu a alegria de estar na Rádio Cultura de Paulo Afonso, durante o dia em que os acordes da canção de Luiz Gonzaga – Paulo Afonso - invadia os espaços em 8 de dezembro de 1978. Vida longa à Rádio Cultura de Paulo Afonso e sempre viva a memória do seu fundador, Antônio José Diniz! Antônio Galdino da Silva Diretor do jornal Folha Sertaneja Presidente da Academia de Letras de Paulo Afonso

Faleceu, aos 99 anos, Morre “Eli da Gente”, aos 36 anos em Paulo Afonso D. Beatriz Matos Eliane Nunes, conhecida como Eli da Gente, Era mãe do vereador Pedro Macário Neto, presidente da Câmara de Paulo Afonso

sua mãe, aos 99 anos .Que o Divino Espírito Santo, console familiares e amigos nesse momento de tristeza e de dor! Gorette Moreira – Presidente da ASCOPA. Dos funcionários da Câmara Municipal de Paulo Afonso:

Os funcionários da Câmara Municipal de Paulo Afonso, apresentam ao Presidente da Câmara, Vereador Pedro Macário Neto, votos de profundo pesar pelo falecimento de sua mãe, aos 99 anos de idade . Sentimentos aos familiares e amigos.

era Assistente Social da Prefeitura e foi candidata a vereadora nas últimas eleições.

A Assistente Social, Eliane do Nascimento Nunes, 36 anos, que foi candidata a vereadora nas últimas eleições pelo partido Avante, morreu na noite deste domingo, 6/12, em Paulo Afonso (BA). Embora a informação diga que ela faleceu na UPA, em comentário publicado nas redes sociais, Fabrícia, uma tia do seu esposo diz que “ela não morreu na UPA, e l a

passou mal em casa e chegou a óbito ali mesmo em sua residência e ainda não sabemos ao certo a causa de sua morte, a suspeita foi de infarto”. Ela não estava bem de saúde há alguns dias, e chegou a ser medicada no HNAS – Hospital Nair Alves de Souza e HMPA – Hospital Municipal de Paulo Afonso. “Eli da Gente”, como era conhecida, foi candidata a vereadora pelo grupo do prefeito Luiz de Deus (PSD) e obteve 214 votos no dia 15 de novembro. Com o resultado, ela não conseguiu se eleger. Eliane era servidora da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso. (com site pa4.com.br)


Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

A13

Site da Folha Sertaneja:

1.000 notícias, 1.359.370 acessos em 2020

No início do ano de 2021, o site www.folhasertaneja.com.br publicou a matéria de Nº 1.000 para agradecer aos internautas e aos colaboradores pelos números alcançados por esse site. É que, no ano de 2020 o site conseguiu que as suas matérias sobre assuntos gerais, locais e regionais, educação e cultura,

política, perdas de gente querida, artigos e crônicas dos colunistas Professores Francisco Nery e Antônio Galdino merecessem a atenção de muita gente e o site teve exatos 1 milhão, 359 mil, 370 acessos neste ano de 2020. Temos afirmado sempre que nas nossas atividades, “até aqui nos ajudou o Senhor” (Sm. 7;12) e é isso

que reafirmamos agora. Somos muito gratos a Deus por esse carinho de tantos internautas e a cada um de vocês que têm acessado o nosso site, comentado os conteúdos que ali estão, agradecidos até por algum texto que os tenha tocado e esperamos tê-los novamente e sempre conosco apoiando essa nossa difícil caminhada.

É o momento dos empresários pensarem em investir em publicidade, publicando seus anúncios também no nosso site. Bem que precisamos de uma forcinha... Também agradecemos aos colaboradores e patrocinadores pela história de vida do jornal Folha Sertaneja, edição impressa mensal, cuja primeira edição foi em 18 de fevereiro de 2004 e chega, nesta edição de dezembro de 2020 à sua edição Nº 198. Em janeiro, será a edição 199 e a sua edição de aniversário de 17 anos será a número 200, em fevereiro de 2021. Muito agradecidos como estamos prometemos manter o nosso tra-

balho sempre nessa linha, registrando com imparcialidade, ética e respeito a história de Paulo Afonso dos nossos dias, resgatando a história e a memória de tempos atrás, defendendo o rio São Francisco, destacando a cultura como um todo e a cultura literária de forma especial tanto nas nossas páginas eletrônicas como na edição impressa mensal. Manteremos também sempre a busca da melhor qualidade editorial e gráfica da edição impressa e

do site e a ética e o respeito no trato dos assuntos apresentados nas nossas publicações. Não é fácil produzir 1.000 notícias online e manter viva uma edição impressa há 17 anos ou 200 meses... Só nos resta agradecer, muito, por essas conquistas! Muito obrigado Senhor! Muito obrigado a todos vocês!!! Antônio Galdino da Silva Diretor/Editor do site e jornal Folha Sertaneja


14 A

Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

Morre no Recife, o Engenheiro Fred

Ele foi chefe do SPOM/ DRGP-Chesf, professor, vereador, presidente da Câmara e Prefeito de Paulo Afonso Com muita tristeza no coração, nos solidarizamos com a dor da esposa Marta e dos filhos Rodrigo, Rodolfo e Rafaela e dos netos, a quem abraçamos à distância, para comunicar a todos o falecimento do nosso querido Dr. Fred, de tantas histórias lindas de trabalho e de amor pela Chesf e por Paulo Afonso. A manhã do domingo, 20 de dezembro, traz para a comunidade de Paulo Afonso a triste notícia do falecimento, no Recife, do Engenheiro Frederico Fausto Agostinho de Melo que durante muitos anos foi chefe do Serviço de Manutenção do Acampamento da Chesf, conhecido como SPOM e da Divisão de Serviços Gerais – DRGP da Chesf em Paulo Afonso. Fred, como era conhecido, foi também vereador em Paulo Afonso em duas legislaturas de 1º de Fevereiro de 1977 a 31 de dezembro de 1982 e de 1º de janeiro de 1983 a 31 de dezembro de 1988. Na legislatura de 1977 a 1982, foi eleito para presidente da Câmara Municipal

de Paulo Afonso e, como não havia o cargo de vice-prefeito, assumiu a Prefeitura de Paulo Afonso no período de 4 de abril de 1979 a 4 de agosto de 1979. A eleição do vereador Frederico Fausto para a presidência da Câmara, o que, automaticamente o levava para o cargo de prefeito de Paulo, aconteceu de forma muito emotiva para o vereador Fred. Para a sua eleição, substituindo o vereador Metódio Magalhães na presidência da Câmara, Fred dependia do voto do vereador João Bosco Ribeiro que estava hospitalizado no Hospital Nair Alves de Souza. Mas, mesmo inter-

nado, o vereador João Bosco demonstrou interesse de votar no amigo e foi levado do Hospital para a Câmara, acompanhado de médico e enfermeira a ali votou, dando a vitória ao colega Fred e retornou ao hospital, vindo a falecer 5 dias depois. Ao assumir a Prefeitura de Paulo Afonso, Frederico Fausto decidiu homenagear o colega vereador João Bosco e nos seus quatro meses de gestão construiu a Escola Municipal Vereador João Bosco Ribeiro que passou por grande reforma recentemente e se tornou escola modelo da gestão municipal de Paulo Afonso. Em 4 de agosto de 1979, o prefeito Frederico Fausto Agostinho de Melo passou o cargo de Prefeito a Abel Barbosa e Silva, nomeado pelo governo militar por indicação do governador Antônio Carlos Magalhães. Fred voltou à Câmara Municipal de Paulo Afonso onde concluiu o seu mandato e foi reeleito para a legislatura de 1983/1988. Frederico Fausto atuou como Professor no Colégio Sete de Setembro e no Colégio Benjamim Sodré, mantido pela Loja Maçôni-

ca União do São Francisco, quando ali funcionou o Curso Técnico de Desenho Arquitetônico. Ele faleceu na manhã do domingo, 20 de dezembro, no Hospital Esperança, no Recife onde se recuperava de uma cirurgia da coluna e pegou uma infecção hospitalar. O seu corpo foi sepultado ao lado dos seus pais, no Cemitério dos Ingleses, no Recife, onde ele nasceu. Nós todos, os ex-colegas chesfianos, dentre eles Eron, Joseilda que, muito emocionada lembra que começou a trabalhar na Chesf por seu apoio e por muitos anos foi sua secretária em todos os órgãos da Chesf chefiados por ele. Fred tinha o dom de acolher as pessoas e entre estes estão os ex-chesfianos, professores Antônio Galdino, Francisco Nery, Ivus Leal e Isac Batista, também de saudosa memória que, num momento de redução e depois encerramento de atividades na área da educação, mantida pela Chesf em suas várias escolas, foram por ele recebidos como colegas de trabalho quando dirigiu o Centro de Formação Profissional de Paulo Afonso, o CFPPA. A notícia de sua morte foi recebida com muita tristeza por muitos por ser muito querido por onde passou e as redes sociais trouxeram centenas de mensagens de tristeza e de dor pela sua partida todas rogando que o Espírito Santo esteja com cada um dos familiares, a esposa Marta, os filhos Rodrigo, Rodolfo e Rafaela, netos e todos os familiares e amigos trazendo o consolo e paz para continuarmos a nossa caminhada até o dia do querer de Deus.

Morre um homem de Deus Estamos tristes. Morre um homem de Deus. Esta me parece a melhor definição para o doutor Frederico Fausto Agostinho de Mello. Fomos surpreendidos com a notícia da sua morte hoje na cidade do Recife. Fred nasceu de novo – carece assim nascer. Sem a morte, jamais a lagarta medonha e peçonhenta se transformará na borboleta linda e esvoaçante. Importa a transformação. E Fred insistentemente disso dava testemunho. Testemunhava da sua transformação. Acreditou nela e,

transformado, bradava aos quatro ventos o poder de Deus.

Lembro, uma vez no SPOM, eu com uma gripe persistente e Fred a declarar que se eu tomasse cachaça (sic), já estaria bom (sic). Apenas sorri sabendo-o predestinado para o Reino dos Céus. Eu estava certo que seria questão de tempo. Sorri também sabendo das suas melhores intenções para com os seus subordinados baseado nas suas ações dignas de um ser do bem. Recentemente eu o encontrei. Lembrei-lhe do episódio acrescentando que estava bastante certo que agora um novo homem, ja-

mais ele me daria aquele conselho. E tudo ficou encerrado com um terno sorriso de concordância da sua parte. No título, chamei-o de homem de Deus. Agora acrescento homem do bem. Foi ele quem me acolheu no SPOM carregando-me consigo para o CFPPA três anos depois. A postura e as ações de Fred me autorizam classificá-lo no rol dos homens de bem. Minha eterna gratidão. Resta seguir os seus passos aprimorando e testemunhando cada vez mais o que ele muito bem soube entender, assimilar e testemunhar: “Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, nós somos os mais infelizes dos homens”. Francisco Nery Júnior

Aos Amigos e Familiares: Agradeço imensamente as mensagens de carinho e palavras que nos confortaram neste momento tão difícil... amigos e familiares…. vocês são fundamentais, permanecerão em nossos corações! A perda do nosso amado pai, marido e amigo, Frederico Fausto Agostinho de Mello, foi, e será, para sempre, uma perda irreparável, inesquecível. Foi com ele meus primeiros passos, meus primeiros conselhos recebidos, ouvidos e praticados, a primeira reprimenda, a proteção… foi com ele que aprendi a ética, a moralidade, a essência da bondade, do amor pelos animais, do respeito pela vida humana… da busca incessante pela justiça dos homens. Meu pai me ensinou a ser quem sou, me mostrou os caminhos com a sua reconhecida sabedoria e inteligência privilegiadas, um grande mestre, para mim… O melhor deles! Disseminou a música entre os filhos, era um exímio músico, pianista, violonista, engenheiro civil como poucos, professor querido e amado por todos os seus alunos. É a minha grande referência! Chegou na cidade de Paulo Afonso em 1970, onde veio para atuar como engenheiro na Chesf, onde permaneceu até a data de sua partida… foram exatos 50 anos dedicados a Paulo Afonso, seja por seu exercício político, seja por suas obras, ou mesmo por suas ações sociais, contribuiu, sobremaneira, para o seu desenvolvimento, sendo acolhido com muito amor pela cidade, recebeu o título de cidadão Paulo Afonsino, deixando o seu imenso legado para sempre nesta amada Paulo Afonso! Um grande patriota, tinha o sonho de ver o Brasil se transformando numa grande nação, com menos

desigualdades, onde não houvesse tanto sofrimento do povo. Sempre foi um defensor dos mais carentes, com eles se identificava, nunca se furtou de estender a mão para quem o procurasse. O ciclo da vida se encerrou para ele de forma inesperada, a esperança por uma melhora de sua qualidade de vida foi substituída por uma grande batalha pela sua vida, findando por sua partida para os braços do Senhor, lutou, lutou, lutou, foi guerreiro, mas o Céu ansiava por sua chegada, assim foi! Queridos, Meu pai não está morto, sua vida está em mim, nas suas descendências e, está, mais do que nunca, neste exato momento, nos braços do nosso senhor Deus, pois era um filho amado, assim cremos! Deixo, por fim, uma letra de uma música de que ele muito gostava e que reflete de alguma forma o momento por nós vivido: “Tua presença é uma gota de orvalho que o sol evapora É um eterno partir, um eterno ir embora É a ilusão de um momento que nunca retorna Tua presença que eu procuro encontrar junto às outras pessoas No modo de rir, num olhar em um jeito Cada coisa que eu faço me lembra de você Tua presença está na tua ausência que me acompanha Que me enlouquece tão completamente Que as vezes me esqueço que estou só Tua presença é a lágrima secando no meu rosto É o meu olhar perdido na distância É o nada mais que resta sem você” Rodolfo Mello (Filho de Dr. Fred)


Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

A15

Equipe da Sedes participa da entrega do Selo Unicef. Paulo Afonso é Município Aprovado pela quarta vez Equipe visitou também a Casa do Estudante de Paulo Afonso em Salvador

A promoção de igualdade e avanços nas áreas de saúde, educação, proteção e participação social foram reconhecidas na manhã desta terça-feira (15), durante a solenidade oficial de entrega do certificado do Selo UNICEF Município Aprovado – Edição 2017-2020, em Salvador. Esta é a quarta vez que Paulo Afonso recebe o reconhecimento. Estiveram presentes a Secretária de Desenvolvimento Social, Cíntia Rosena; a Articuladora do Selo Unicef, Ana Rúbia; a Presidente do CMDCA, Cecilma Regina e

a Mobilizadora dos Adolescentes, Luciana Moura.

Prova dissertativa do concurso público será em 31 de janeiro de 2021 A Prefeitura de Paulo Afonso, por intermédio da Consulpam, empresa gestora do certame, comunica o adiamento da prova dissertativa do concurso público municipal que estava previsto para o 13 de dezembro. Com o novo calendário, a aplicação da prova será realizada no dia 31 de janeiro de 2021. A decisão tomada em conjunto visa combater a disseminação da Covid-19 no município. De acordo com o aditivo nº007/2020, devido à mudança da data da prova, a Consulpam e a comissão organizadora irão elaborar um novo cronograma com as datas das próximas etapas do concurso. O documento ainda destaca que os demais

itens do Edital 001/2020 permanecem inalterados. O concurso prevê 452 vagas, onde 232 são destinadas para nível superior, 139 para nível técnico e 81 para nível médio. Destas, 369 são destinadas à ampla concorrência e 83 para pessoas com deficiência (PCD), como previsto na Lei nº 1.364/17. Ascom/PMPA

Contas de 2019 da Prefeitura de Paulo Afonso são aprovadas pelo TCM

A responsabilidade da atual gestão em ações que promovem o desenvolvimento de Paulo Afonso com o emprego de verbas públicas refletiu na sessão do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM). O órgão, especializado na análise de contas públicas dos municípios que compõem o estado, aprovou as contas da Prefeitura relativas ao exercício de 2019. A aprovação é fruto do cumprimento das obrigações constitucionais e legais que devem ser observadas pelos

municípios brasileiros, na aplicação de recursos financeiros, durante o ano de 2019. O controlador municipal, Kleylson Siqueira, diz que a aprovação é o resultado de um trabalho sério e do compromisso da gestão em usar o dinheiro público em obras e serviços essenciais para garantir o bem-estar da população. “A aprovação das contas da Prefeitura de Paulo Afonso do ano de 2019 é uma prova do compromisso que o atual gestor tem com a aplicação dos recursos públicos, cumprindo os índices exigidos por leis, com educação, saúde, pagamentos e outras despesas. Por esse resultado, estão de parabéns todos os servidores da administração, que fazem com que os recursos arrecadados cheguem à população em forma de serviços e geração de empregos”, finaliza o controlador. Ascom/PMPA

“A certificação de Paulo Afonso pelo Unicef é

uma grande conquista e mostra que estamos comprometidos em promover o bem-estar social da população, garantindo todas as qualidades para o desenvolvimento de nossas crianças e adolescentes. Agradeço a minha equipe e todos que participaram para que nosso município obtivesse mais esta conquista”, disse a secretária de Desenvolvimento, Cintia Rosena. A equipe da Sedes aproveitou a estada na capital e realizou na segunda-feira (14), uma visita a Casa

do Estudante, localizada na Rua Odilon Santos, no Bairro Rio Vermelho. O objetivo da visita é garantir a continuidade e qualidade do serviço que é ofertado pela Prefeitura. O local foi implantado no primeiro governo Luiz de Deus, em 1992, com o objetivo de proporcionar às pessoas em situação de vulnerabilidade econômica a oportunidade de estudar em Salvador. Para morar lá, é necessário comprovação de matrícula em cursos de graduação, técnico ou pós-graduação.

Selo UNICEF A partir de um diagnóstico e de dados levantados pelo Unicef, os municípios que se inscrevem passam a conhecer melhor sua realidade e as políticas voltadas para infância e adolescência. Com dados concretos e participação popular, o município tem condições de rever suas políticas e repensar estratégias de forma a alcançar os objetivos buscados, que estão relacionados aos objetivos de desenvolvimento do milênio. Ascom/PMPA

Seduc realiza campanha para evitar evasão escolar das aulas online Entre as medidas para evitar a proliferação da contaminação pelo coronavírus durante a pandemia, está a suspensão das aulas presenciais na rede municipal de ensino. Para que os alunos continuassem com o aprendizado, a Secretaria de Educação disponibiliza aulas online para toda a rede. Apesar de todo o esforço da equipe, com acompanhamento pedagógico e disponibilização do material imprenso para os estudantes que não têm como ter acesso às aulas digitais, a Seduc tem percebido uma evasão dos mesmos. A realidade, que é vivenciada não só em Paulo Afonso, mas em todo o país, fez o governo federal lançar a campanha de resgate desses alunos, para que voltem às aulas, por meio da plataforma Busca Ativa Escolar. Em Paulo Afonso, os profissionais da educação têm procurado os familiares para conscientização da importância de fazer com que os alunos não percam as atividades e aulas. A Superintende de Planejamento e Acompanhamento Pedagógico, Maria Ângela, destacou essa busca aos alunos que por um motivo ou outro não estão acompanhan-

do essa nova metodologia de ensino. "Estamos fortalecendo ações visando diminuir o aumento da evasão escolar durante este período. Mesmo com as aulas ocorrendo mediadas por tecnologia, as equipes pedagógicas identificam os alunos que não estão acompanhando as aulas para que possa ser feito um primeiro contato virtual. Caso o aluno não responda, a coordenadora da unidade vai até a casa do estudante", disse. Os profissionais envolvidos nesta busca conseguem identificar as dificuldades dos alunos, como destacou a Supervisora do Ensino

Fundamental Anos Iniciais, Alessandra Teixeira. "Por meio desta busca ativa, identificamos qual a dificuldade do aluno, levamos os materiais impressos e ajudamos a acessar os canais de comunicação da escola". A supervisora ainda reforçou - "Nas nossas visitas estabelecemos a comunicação com as famílias. Sentimos que existe uma surpresa nos lares, além da emoção em ver que a escola tem uma preocupação em saber o que acontece na vida e na casa deles”, relatou. A secretária de Educação, Elza Brito, enfatizou esse momento de superação

dos profissionais e reforçou a importância das famílias nesse momento. "Por conta dessa pandemia, tem sido um ano de muita superação para todos os profissionais da Educação. Parabenizamos a todos pela dedicação e criatividade neste momento. Estamos criando estratégias para resgatar esse aluno que está afastado, bem como seus familiares que também são importantes nesse contexto. É um momento em que pais e mães, ou responsáveis, devem estar ainda mais inseridos junto a esse processo educacional e motivá-los nesse sentido”, ressalta. “Quero destacar que o ano letivo não está perdido, mesmo sem as aulas presenciais, então as famílias que os alunos se encontram afastados procurem as escolas em que estão matriculados, as atividades de 2020 só terminam em março de 2021, ou seja, os alunos ainda podem avançar nas suas aprendizagens. Essa regularização é muito importante e nossas escolas estão realizando várias ações nesse sentido. Toda criança tem direito a educação e estamos priorizando isso nesse período diferenciado de forma intensa", finaliza a secretária. ASCOM/PMPA

CFO reconhece município como destaque na implantação e efetivação das políticas públicas de saúde bucal No grupo populacional de municípios do país entre 100.001 a 500.000 habitantes, Paulo Afonso obteve o 11º lugar As ações realizadas pela Prefeitura de Paulo Afonso, por meio da Secretaria de Saúde, para o tratamento bucal da comunidade foi reconhecido como destaque pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO).

A certificação foi concedida em virtude do reconhecimento da participação no “Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal”, no exercício de 2019. No grupo populacional de municípios do país entre 100.001 a 500.000 habitantes, Paulo Afonso obteve o 11º lugar.

Por meio do Ofício nº 451/2020/CFO, o órgão agradeceu e parabenizou a Prefeitura do Município de Paulo Afonso, na pessoa prefeito Luiz Barbosa de Deus, pelo destaque na implantação e efetivação das políticas públicas de saúde bucal.


16 A

Paulo Afonso - BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 • Ano XVI • Número 198

Profile for Jornal Folha Sertaneja

JORNAL FOLHA SERTANEJA - EDICAÇÃO DEZEMBRO Ano XVI • Número 198  

Criado em 18/02/2004 • Fundador: Antônio Galdino Paulo Afonso-BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 Ano XVI • Número 198

JORNAL FOLHA SERTANEJA - EDICAÇÃO DEZEMBRO Ano XVI • Número 198  

Criado em 18/02/2004 • Fundador: Antônio Galdino Paulo Afonso-BA • Edição Dezembro • 05 de Janeiro de 2021 Ano XVI • Número 198

Advertisement