Page 1

Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Ano 13 - Edição 887 - R$ 2,00 Fone: (44) 3018-2015 - Site: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

Prefeitura vistoria empresas de moto-táxi A ação é articulada como um passo para a regulamentação da atividade

Andye Iore

A Prefeitura de Cianorte prepara uma vistoria nas empresas de moto-táxi da cidade. A ação é articulada como um passo para a regulamentação da atividade e não somente para punir supostas irregularidades. E é bem recebida no meio, já que tanto a Câmara de Vereadores como os próprios motociclistas (ver box) aprovam. “Estamos levantando informações sobre as empresas e organizando os procedimentos para essa fiscalização”, comentou o agente fiscal da prefeitura Wilians Roberto de Lima. A vistoria deve ser feita com acompanhamento dos vereadores, já que Lima disse que a prefeitura consultará o Legislativo antes. “Eu acho que já passou da hora de nós fazermos isso”, adiantou o presidente da Câmara, Adaílson Costa “Dadá”. “Isso é bom para a segurança dos passageiros e para a própria categoria que vai trabalhar com suas garantias legais”. Pág. 09

Regulamentação de moto-táxi aborda aspectos sociais, de segurança, higiene e documentação

Cianorte ganha nova loja de móveis e eletrodomésticos

Foi inaugurada na semana passada a loja Madoy, que oferece ampla

AN_REV_PERSO_42x28cm.pdf

1

10/10/12

19:12

linha de móveis e eletrodomésticos. A nova opção para Cianorte e região

fica na avenida Goiás, 761, bem no centro da cidade. Pág. 05

Curso sobre Teologia abre inscrições em Cianorte

O Centro de Estudos Teológicos em Cianorte informa que abriu as inscrições para o curso de pós-graduação e capacitação em “Teologia – Fé e vida”. As inscrições podem ser feitas até o dia 27 de janeiro. A aula inaugural será no dia 28, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Cianorte (Acic). As aulas da nova turma Segundo o padre e professor do curso Audinei Carreira da Silva. “Temos uma boa base e o curso é reconhecido pelo MEC”, comenta Padre Audinei. Pág. 06

Leão do Vale estréia hoje no Paranaense

A última semana do Cianorte Futebol Clube antes da estréia no Paranaense 2014, contra o Paraná Clube - hoje, a partir das 19h30 - pode ser resumida em dois capítulos. No primeiro o time foi notícia nacional depois que a assessoria jurídica conseguiu liminar em primeira instância contra a CBF obrigando a instituição máxima do futebol a incluir time no Brasileirão da Série C em 2014. No outro, relativo a estréia é que Bagé treinou forte durante a semana a parte técnica e tática. Pág. 11

Estação do Ofício é opção para capacitação

Atuando em Cianorte, a Estação do Ofício é uma opção para quem busca por capacitação profissional. Os cursos são oferecidos gratuitamente pela entidade através da Prefeitura Municipal e de parcerias com SESI, SENAI, SENAC e SENAT. Em 2013 a Estação do Ofício qualificou 814 novos profissionais, divididos em 88 turmas de 19 cursos. Segundo a Diretora da entidade, Juliana de Fátima Carandina, de um ano para outro a Estação do Ofício busca trocar os cursos oferecidos. Pág. 12

General Lee reabre sob nova direção

Pág. 07


Ed. nยบ 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com


Ed. nº 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

Bongiorno é presenteado com festa surpresa

O prefeito de Cianorte, Claudemir Bongiorno, comemorou seu aniversário de 57 anos no último final de semana e foi surpreendido com duas festas de amigos, familiares e servidores da prefeitura. A primeira foi na sexta-feira (10) na prefeitura e a segunda no sábado (11) na churrasqueira do Cianorte Clube. O almoço de sábado foi bem animado com churrasco, bolo de aniversário e música ao vivo com samba, tudo organizado por funcionários e amigos. “Foi uma festa muito gostosa e é bom receber esse carinho todo”, comentou Bongiorno. “Vemos que criamos aos poucos uma grande afinidade pelo nosso trabalho na prefeitura”. Claudemir Romero Bongiorno nasceu a 10 de janeiro de 1957, em Nova Esperança (PR).


Ed. nยบ 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com


Ed. nº 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

Cianorte ganha nova loja de móveis e eletrodomésticos

Foi inaugurada na semana passada a loja Madoy, que oferece ampla linha de móveis e eletrodomésticos. A nova opção para Cianorte e região fica na avenida Goiás, 761, bem no centro da cidade. “Temos boas opções para os clientes com produtos variados e ótimos preços”, co-

menta o proprietário Onísio Pereira Godói, 55 anos. A Madoy abriu sua primeira loja na cidade ampliando os negócios da família que já são sucesso nos segmentos de perfumaria e transportes. A loja no centro de Cianorte trabalha com móveis em geral desde a linha popular

até sofisticada, passando por produtos para decoração, arranjos, eletrodomésticos, presentes para casamento, entre outros. A loja atende de segunda a sexta-feira das 8h30 às 18h e aos sábados das 8h30 às 12h. O telefone é (44) 3631-5837.


Ed. nº 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

Curso sobre Teologia abre inscrições em Cianorte

“Essa será nossa segunda turma”, comenta o padre e professor do curso Audinei Carreira da Silva

O Centro de Estudos Teológicos em Cianorte informa que abriu as inscrições para o curso de pós-graduação e capacitação em “Teologia – Fé e vida”. As inscrições podem ser feitas até o dia 27 de janeiro. A aula inaugural será no dia 28, na sede da Associação Comercial e Empresarial de Cianorte (Acic). As aulas da nova turma começam no dia 4 de fevereiro. “Essa será nossa segunda turma”, comenta o padre e professor do curso Audinei Carreira da Silva. “Temos uma boa base e o curso é reconhecido pelo MEC [Ministério da Educação]”. O curso tem duração de dois anos. A primeira turma começou no ano passado e está na metade do curso com 96 alunos. O Centro fez

uma apresentação do curso para a comunidade na última sexta-feira (17) à noite. Os interessados na pós-graduação devem ter ensino superior completo e para capacitação devem ter o Ensino Fundamental completo. As aulas acontecem à noite na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, uma vez por semana. A turma que está em andamento tem aulas na quinta-feira e a turma nova será na terça-feira. E há mais seis aulas em finais de semana ao decorrer do ano. O curso de Teologia do Centro de Estudos Teológicos tem reconhecimento do MEC pela faculdades do centro do Paraná de Pitanga. Mais informações pelo telefone: (44) 3619-1456.

COMUNICADO IMPORTANTE

Caso você tenha em sua casa TELEFONE FIXO DA OPERADORA “OI”, saiba que em suas faturas podem estar sendo cobradas TAXAS INDEVIDAS, cabendo ação judical para que os valores sejam devolvidos, mais uma INDENIZAÇÃO POR DANO MORAL pela cobrança abusiva. Para maiores informações procure a Rua Uberaba nº 271, esquina com Rua Sorocaba, Zona 04, Cianorte - Paraná, ou ligue (44) 3631-7664. BUSQUE SEUS DIREIROS DE CONSUMIDOR Anteciosamente Paulo Pina Assessoria


Ed. nº 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

General Lee reabre sob nova direção

Uma das melhores opções da noite cianortense foi reinaugurada no último final de semana. O bar General Lee reabriu sob nova direção e prepara novidades na agenda. “Estamos animados em poder oferecer opções de lazer e cultura para Cianorte”, comentou o só-

cio-proprietário Fábio Abreu. “Já estamos agendando shows e ótimos eventos para o bar”. A reinauguração aconteceu no último sábado (11) com apresentações do grupo de samba de raiz Kerekexê e o roqueiro Chico Estrada. O bar também atenderá

a clientela sertaneja com a Quintaneja, toda quinta-feira, e um repertório de qualidade todos os sábados com música ao vivo. A direção informa que trabalhará como uma opção cultural sem excluir ou privilegiaralgum gênero musical. Além da agenda musical, o bar tam-

bém destaca o chopp sempre bem gelado e uma ampla opção de porções no cardápio. O bar General Lee fica na avenida Brasil, 324, bem no centro de Cianorte. O bar atende de terça-feira ao sábado, das 18h até o começo da madrugada.


Ed. nº 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

cheios de felicidade

Essa, sem dúvida alguma, é a sensação do jovem casal Franciely Milani Alvares Celestino e Leonardo Celestino que recentemente se uniram em matrimônio. A alegria dos pais Jaime Ximenes Alvares e Sandra Milani Alvares (noiva) e Faustino Celestino e Santina Delize.

Assoprando velinhas neste domingo, Tania Mafra Fernandes, recebe todo o carinho de seus familiares e amigos. Em especial do esposo Wanderley Fernandes, secretário de Indústria e Comércio. Parabéns Tania! Que sua vida seja pontilhada de grandes e felizes momentos!

Quem completou idade nova no último dia 12 de janeiro foi Mariana Biacca Marçal, que recebeu muito carinho de seus pais Elias Vieira Marçal e Leda Biacca Marçal, além dos tradicionais “Parabéns” de familiares e amigos


Ed. nº 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

Prefeitura vistoria empresas de moto-táxi A ação é articulada como um passo para a regulamentação da atividade

Andye Iore Da Redação

A Prefeitura de Cianorte prepara uma vistoria nas empresas de moto-táxi da cidade. A ação é articulada como um passo para a regulamentação da atividade e não somente para punir supostas irregularidades. E é bem recebida no meio, já que tanto a Câmara de Vereadores como os próprios motociclistas (ver box) aprovam. “Estamos levantando in-

formações sobre as empresas e organizando os procedimentos para essa fiscalização”, comentou o agente fiscal da prefeitura Wilians Roberto de Lima. A vistoria deve ser feita com acompanhamento dos vereadores, já que Lima disse que a prefeitura consultará o Legislativo antes. “Eu acho que já passou da hora de nós fazermos isso”, adiantou o presidente da Câmara, Adaílson Costa “Dadá”. “Isso é bom para a se-

MOTO-TÁXI

5 empresas 50 moto-taxistas R$ 5 corrida (mínimo) gurança dos passageiros e para a própria categoria que vai trabalhar com suas garantias legais”. Dadá comenta que em 2010 houve conversa sobre o segmento, mas que

não foi feito nenhum projeto no Legislativo para a regulamentação de moto-táxi em Cianorte. A Folha de Cianorte apurou que há cinco empresas de moto-táxi com

Moto-taxistas querem reunião para debater sobre a regulamentação tos, endereços e documentos dos funcionários e diz nunca ter tido nenhum tipo de problema. Ele se preocupa que a prefeitura exija normas desnecessárias, como altas taxas. O que inviabilizaria a profissão. E também a pintura das motocicletas. Ele explica que os motociclistas tem o hábito de trocar de moto com frequência e o veículo com pintura modificada ou adesivada reduziria o valor em caso de venda ou troca. No caso, ele defende que poderia identificar as motos usadas no transporte com uma capa no tanque. Os moto-taxistas não fazem só transporte de passageiros. Devair

Oliveira revela que eles são contratados para transportar documentos e até fazem corridas intermunicipais prestando serviços para empresas da região. Além, é claro, da geração de empregos. Ele defende as empresas com pontos fixos que, mesmo sem regulamentação, são garantias para os usuários porque há respeito a velocidade e sinalização de trânsito nas corridas. “Se a pessoa pega um moto-táxi aqui, sabe quem foi, para onde foi, e isso evita questões de assaltos, como pode acontecer se pegar uma corrida de onde não tem ponto”, alerta Oliveira. (AndyeIore) Andye Iore

O proprietário do Moto-Táxi Central, Devair de Oliveira Moisés, se mostra a favor da regulamentação desde que seja feita com a participação da categoria e reuniões prévias para se debater os procedimentos. “Isso é o nosso ganha pão. Não podemos fazer nada de errado no trabalho”, comenta o moto-taxista que trabalha há 14 anos na atividade. “Sempre contratamos pessoas de responsabilidade e precisamos ter sempre credibilidade com os passageiros”. Devair Oliveira chegou a ter 17 moto-taxistas em sua empresa. Ele mantém um registro com fo-

sedes fixas na cidade, reunindo aproximadamente 50 motociclistas. A média de custo mínimo da viagem é de R$ 5 e o valor da corrida varia conforme a distância e destino. Um serviço de transporte sem regulamentação coloca em risco as garantias do passageiro em caso de acidente e também tem aspectos de segurança. Já a prefeitura tem interesse em enquadrar as empresas dentro dos procedimentos de relações comer-

ciais como cobrança de taxas para o funcionamento de qualquer atividade. O que também dá garantias de que o serviço será prestado com higiene, segurança e dentro de todo padrão social e comercial. Tanto a Câmara de Vereadores como a prefeitura de Cianorte estão cientes da questão social do segmento e estão dispostos a cuidar da questão com sensatez sem que haja prejuízos ou danos aos envolvidos.

Publicidade ilegal polui a cidade

Pouca gente se dá conta ao andar por Cianorte. Mas a cidade tem uma lei sobre posturas e procedimentos relacionados às vias e aspectos paisagísticos como painéis, calçadas, placas, fachadas, anúncios, entre outras situações. Não precisa andar muito para ver que há poluição visual e que a imagem da cidade não é respeitada. Um dos casos identificados pela reportagem da Folha de Cianorte é a poluição visual feita pela publicidade das empresas de moto-táxi. Algumas exageram e pintam os números de telefone na calçada. Outras fazem a tradicional colagem de panfletos nos telefones públicos. A irregularidade está caracterizada nos artigos 190, 192 e 197, do Capítulo XIII, da Lei Municipal 2.749/2006. Entre as especificações estão “Não será permitida a colocação de anúncios ou cartazes quando:de alguma forma, prejudiquem os aspectos paisagísticos da cidade, seus panoramas naturais, monumentos típicos históricos e tradicionais”. Sem contar que a lei ainda estipula que qualquer divulgação dessa natureza precisa ter licença da prefeitura. O desrespeito é passível de remoção da publicidade e pagamento de multa. Entre os 230 artigos da lei 2.749/2006, as penalizações em multas variam entre R$ 10,34 e R$ 703,60, conforme a infração. As empresas de moto-táxi consultadas pela reportagem que fazem a publicidade irregular alegam desconhecer a lei municipal e avisam que vão evitar o ato daqui para frente. (AndyeIore)

Copel doa R$ 1,2 milhão ao Hospital do Câncer de Londrina Agência Estadual A Copel oficializou, na manhã desta sexta-feira (17), a entrega de uma doação no valor de R$ 1,2 milhão ao Hospital do Câncer de Londrina. O dinheiro será destinado à reforma de 836,65 metros quadrados da área ambulatorial do hospital e à aquisição de equipamentos médico-assistenciais e de informática, o que permitirá aumentar a capacidade de atendimento ambulatorial, centro cirúrgico, UTI e unidades de internação da instituição. O presidente da Copel, Lindolfo Zimmer, afirma que a doação dos recursos está alinhada aos princípios de sustentabilidade da Companhia: “É nosso compromisso auxiliar o desenvolvimento social das

comunidades em que atuamos”, afirmou. A cerimônia foi realizada no Hospital do Câncer, e contou com a presença do diretor da instituição, Rubens Martins, da gestora de Ações Estratégicas e Projetos, Mara Rossival Fernandes, do administrador geral Edmilson Garcia e da representante da Secretaria Municipal de Saúde, Fátima Tomimatsu. Pela Copel, participaram o diretor de Marketing, Paulo César Krauss, e o gerente regional de Serviços, Aparecido Alberto Tomazeli. A gestora do hospital, Mara Rossival Fernandes, agradeceu a doação, feita por meio do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon). “A Copel já é uma parceira antiga, e nós só temos a

A Copel oficializou, na manhã desta sexta-feira (17), a entrega de uma doação no valor de R$ 1,2 milhão ao Hospital do Câncer de Londrina

agradecer este novo apoio que é dado ao Hospital do Câncer”, comentou, destacando que hoje a instituição é uma das maiores do Brasil em volume de atendimento. “Somos referência para mais de 200 municípios e atendemos cerca de 16 mil pacientes”.

Quem quiser colaborar com o Hospital do Câncer de Londrina pode programar doações mensais de qualquer valor, através da conta de luz. A definição da quantia e autorização do débito devem ser feitas junto à própria instituição, pelo telefone 3343-3300

Andye Iore

A categoria garante que base fixa é segurança para o passageiro e se preocupa com exigências

A publicidade exagerada é irregular e em alguns casos pode ser comparada com pichação


Ed. nº 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

Cuidado com os Acidentes

AS SAÚVAS ATACAM

Lembro-me quando era criança que meus pais saíram do Estado de São Paulo e vieram para o Paraná para se verem livres da praga dos cafeeiros que eram as saúvas. Como é que uma pequena formiga pode mover imigrantes de um estado para outro? Que força extraordinária tem elas e que perigo representam? Pois, com medo das saúvas que tomaram conta do noroeste de São Paulo, na década de 50 muitos agricultores vieram para o Paraná em busca de terras férteis que estivessem livres daquela praga. De lá para cá pouco ouvi falar de saúvas. Por isto mesmo me assustei quando em visita ao cemitério de Cianorte dei-me conta de um grande formigueiro, saindo de dentro de um túmulo antigo e da construção de um enorme sauveiro, que tomava uma área de mais de 3 metros. Fiquei espantada com tanta voracidade das saúvas que subiam num pé de pinheiro e estavam, simplesmente, acabando com ele; sem contar o pé de bungavile (primavera) que comeram todas as folhas e os galhos começaram a secar. Tudo isto em pouco tempo, em menos de duas semanas elas conseguiram tomar conta do pedaço e reinam absolutas. As saúvas são umas formigas muito abundantes em regiões tropicais. Elas cortam pedaços de folhas, muito maiores do que elas e carregam para dentro dos ninhos. Lá, com estas folhas, elas criam fungos que constituem o seu alimento exclusivo. Elas não comem as folhas, mas os fungos que se formam a partir das folhas. As folhas são apenas o substrato para cultivar o fungo mutualista Estas rápidas cortadeiras são chamadas de cabeçudas, porque tem uma cabeça muito grande em relação ao resto do corpo e possuem umas pernas bem compridas, andam rapidamente e é até interessante ficar observando a agilidade que transportam as folhas cortadas para dentro dos ninhos. São também chamadas de formiga carregadeira, com muita justiça, pois, são fortes o suficiente para carregar peso muito superior ao seu peso. Além disso, é conhecida como lavradeira, picadeira, formiga da mandioca, formiga de roça, roceira, caiapó. Mas mesmo com esta variedade de nomes são facilmente identificadas pelo tamanho e pela rapidez que agem. Quando elas içam vôo, graças a deus, podem ser alimento dos pardais, andorinhas e sabiás. E quando o sauveiro não está bem protegido são atacadas pelos tatus e insetos predadores. No Nordeste brasileiro, no mercado São José em Recife, as tanajuras são iguarias para serem degustadas. Credo! Comer formiga... Antes tê-las por cima, mas depois de morta!

Essa época do ano de férias escolares as crianças tem umtempo disponível maior que o habitual, e isso as levam a procura por mais entretenimento. Os clubes estão mais movimentados, a casa dos amiguinhos, além das viagens com a família. De certa forma a busca pelas crianças por mais brincadeiras e a ansiedade e felicidade pela liberdade pode gerar certo risco a integridade delas, visto que a intensidade pela diversão aumenta, afinal estudos mostram que nessa época os acidentes com crianças aumenta. É nessa época do ano também que a maioria dos adultos sai de férias, e junto com tantos atrativos das comemorações, as bebidas alcoólicas também fazem parte, e nessa empolgação a quantidade normalmente aumenta, como também a quantidade de carros nas estradas que saem para viajar. Com isso o número de acidentes aumenta: sejam eles leves, moderados ou até fatais. Em odontologia nessa época do ano também percebemos um aumento dos acidentes da face. Um dos acidentes graves é a avulsão dentária, termo usado para se referir a um dente que foi “arrancado” por completo do alvéolo. Independente da forma, todos estão sujeitos a acidentes, e um dos fatores importantes é termos conhecimentos básicos de medidas que podemos tomar para diminuir os problemas futuros. Assim, dedicamos essa matéria a esclarecimentos preventivos em caso de acidentes em que haja um dente avulsionado: 1 - Segurar o dente pela coroa, jamais pela raiz; 2 -Se o dente estiver sujo, enxaguar em água fria corrente ou em soro fisiológico; 3 - Jamais use qualquer tipo de agente de limpeza; e não escove a raiz; 4 - Limpar a boca, somente com água, antes de reimplantar o dente; 5 - Recoloque o dente em posição na arcada e mantenha-o com leve pressão enquanto o paciente é trazido o mais rápido possívela um dentista. Porém, se o dentenão for reimplantado no momento do acidente, sãofundamentais alguns cuidados: Manter o dente úmido durante o transporte, de preferência na boca do paciente. Caso não seja possível, deixar imerso em algum meio líquido como, por exemplo, leite, soro fisiológico, saliva ou água gelada, e procurar o dentista imediatamente. Colaboração: Dr. Wagner Destéfano Cirurgião Dentista - CRO 10637

Izaura Aparecida Tomaroli Varella Advogada e Professora - e-mail: izauravarella@uol.com.br

Porto de Paranaguá se prepara para receber e escoar a nova safra

Agência Estadual A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) já se prepara para garantir tranquilidade no escoamento da nova safra 2013/2014, que deverá alcançar volume recorde. Os preparativos envolvem, além de atenção e controle do fluxo de caminhões nas vias de acesso, também o monitoramento no mar, em relação ao número de navios que já começam a se posicionar para receber a soja, a partir deste mês. De acordo com o superintendente dos portos do Paraná, Luiz Henrique Dividino, durante todo o ano de 2013 o Porto de Paranaguá recebeu mais de 388 mil caminhões carregados de grãos - soja, milho e farelo. O número de veículos foi quase 10% maior que a registrado em 2012. “Mesmo tendo aumentado o fluxo de caminhões nas rodovias de acesso ao Porto de Paranaguá e, consequentemente, nas vias internas que levam aos terminais, conseguimos manter o controle e a organização aos quais nos propusemos no início do ano. Em 2014, com a safra que se aproxima, queremos, além de continuar mantendo o trânsito ordenado, manter a cidade mais limpa”, afirma. Segundo Dividino, a importância de cuidar da

limpeza das vias de acesso é um dos itens que será abordado da nova campanha de escoamento da safra 2013/2014, que está sendo delineada junto com os terminais que operam no Porto de Paranaguá. Além deste tema, o novo plano trata do aperfeiçoamento dos procedimentos logísticos das operações dos graneis sólidos de exportação. MONITORAMENTO Atualmente, dos 56 navios que aguardam para atracar nos Portos do Paraná, 27 estão para carregar grãos (26 deles no Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá). Porém, a maioria das embarcações aguarda a soja e ainda não tem carga plena. Enquanto a soja, que é o principal grão de exportação nesta época do ano, não chega de maneira consistente, a manutenção do complexo está sendo concluída. “Estamos monitorando a programação dos navios, principalmente para verificar o andamento das regras de operação que entraram em vigor no dia 1º de janeiro”, diz Dividino. Ele explica que o último berço do complexo está ainda em fase final de manutenção. “Enquanto isso, mantemos diálogo com os operadores. Já temos três reuniões pré-agendadas

O POVO TEM A FORÇA DA MUDANÇA

A força invisível do povo passou a ser uma constante realidade no Brasil, após as manifestações de junho de 2013. O povo premido e indignado pelo descaso e a falta de políticas públicas, passou a ocupar as ruas, demonstrando sua força, sua cara, a exemplo do que ocorre em outros países, mundo afora. Ocupar as ruas é o mínimo de direito, garantia constitucional, todavia, diante do atual cenário, em que vivemos certamente a povo deverá ocupar outros locais e espaços, pois as ruas serão pequenas e curtas para a demonstração de força e indignação. Exigir mudança no atual modelo político, econômico, social e muitos aspectos da vida em sociedade de interesse comum (meio ambiente, paz, segurança, direitos individuais,...), é um direito, mesmo que não haja liderança e nem formalização, nem articulador, nem pautas, nem partido político, nem representação da sociedade organizada, demonstração de mobilidade e força do povo surgindo nas ruas em inúmeras cidades do Brasil (exceção de vândalos e marginais que aproveitam essas movimentações para seu agir criminoso, extrapolando limites de respeito dos espaços públicos e das pessoas). Vale a pena, produz resultados e demonstração que “não somos tão passivos” como muitos entendem. Vivemos numa sociedade dividida, de um lado a sociedade de ficção (autoridades, classe política e poderes constituídos) amparados em privilégios, onde tudo parece estar bom (sensação), dentro da legalidade, sob controle. Do outro lado, existe a sociedade real, onde está o povo, a população, o pequeno comerciante, o agricultor, o profissional liberal, o assalariado, o funcionário público, operário, o industriário, enfim, o povo indignado, oprimido e explorado, num sentido amplo da realidade, onde se faz o “remendo” para as ocasiões de tragédias, abandonados ao próprio destino, porque falta gestão pública eficiente, transparente, sem demagogia. Não é exagero, é realidade, pois existem problemas crônicos anos a anos sem solução, como as enchentes e deslizamentos (existem outros) que ocorrem em vários estados da federação, na virada do ano. Mais, a violência extrema, sem controle, que vem ocorrendo, como no caso do Maranhão, onde foi incendiado a menor Ana Clara, 6 anos, inocente, queimada viva por bandidos no terceiro dia de 2014. É óbvio que outros Estados da federação, vivem terminantemente sob um ambiente violento, embora maquiado por estatísticas governamentais, onde a população não exerce o direito de ir e vir plenamente, são tutelados por ambientes marginais, onde o Estado não intervém, pois nega os direitos mínimos de cidadania. Não se pode mais fingir que o Brasil vive em tempo de paz, diante da omissão completa do Estado, apesar de políticas públicas, para aniquilar a desigualdade social. É legitimo o exercício do direito de se manifestar nas ruas, com moderação, equilíbrio, respeitando limites, em busca de direitos mínimos de cidadania (transporte público eficiente, saúde e educação de qualidades, segurança, bem estar, habitação, emprego, direitos sociais diversos). Em junho de 2013, a “panela de pressão” já estava prestes a explodir e os aumentos das passagens do transporte coletivo em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, e em outras capitais e cidades, foram apenas o gatilho para que o povo fosse as ruas em todo o Brasil. Neste ano de 2014, já iniciou-se em São Paulo, movimento denominado “rolezinho” em “shoppings”, convocados pelas redes sociais e a tendência é aumentar em 2014, já que é ano eleitoral e copa do mundo, e a mídia nacional e internacional está ligada no Brasil. O povo voltou da anestesia, descobriu sua força e poder, portanto, manifestações em ruas, será uma realidade constante daqui para frente. Espera-se que respeitem o limite de “ir e vir” de cada cidadão, regra básica de convivência na sociedade.

Altimar Pasin de Godoy. Advogado. Mestre em Direito.

SENAR-PR e Detran oferece cursos na região Juliano Secolo Cianorte

Os Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) se preparam para garantir tranquilidade no escoamento da nova safra, que deverá alcançar volume recorde

com a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais”, conclui o superintendente.

16 MILHÕES DE TONELADAS De acordo com o Departamento de Economia Rural da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, o Brasil deve colher e, 2013/2014 uma safra de 90,33 milhões de toneladas de soja - quase 11% a mais que o volume colhido na safra anterior. Desse total, mais da metade é destinada à exportação. O Paraná, segundo Estado produtor do país, depois do Mato Grosso, deve colher cerca de 16,5 milhões de toneladas do produto, destinando aproximadamente a mesma porcentagem do país para o comércio exterior. Como o Paraná é o principal Estado de origem

dos grãos exportados pelo Porto de Paranaguá, a estimativa dos operadores portuários é que o volume de soja exportado este ano se aproxime a 10 milhões de toneladas. “Temos potencial para esse crescimento. Temos condições plenas de continuar e até passar do índice de 20% de crescimento no volume de soja exportado”, comenta o gerente da Interalli, Washington Viana. “Com esses ajustes e adequações dos níveis de produtividade muito interessantes, aplicados pela Appa, estamos caminhando para isso. Em janeiro, teremos uma antecipação da chegada da soja, em fevereiro os volumes do produto chegando em Paranaguá devem ser grandes. Este ano, devemos seguir num ritmo intenso na movimentação até outubro”, afirma ele.

Neste mês de janeiro o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-PR) em parceria com o Departamento de Trânsito do Paraná (DETRAN) estão realizando em alguns municípios da região cursos para condutores de veículos de transporte rodoviário coletivo de passageiros (ônibus) e condutores de veículos emergenciais. Segundo o SENAR o curso de condutores de veículos de transporte rodoviário coletivo de passageiros tem o objetivo de mostrar aos participantes a importância da condução dos veículos com eficácia, responsabilidade e segurança. O público alvo do curso são trabalhadores e produtores rurais e conta com carga horária de 40 horas. Durante as aulas será abordado o seguinte conteúdo: Direção Defensi-

va; Primeiros Socorros; Meio Ambiente e cidadania; e, Legislação de trânsito. Esse curso será oferecido em Cidade Gaúcha entre os dias 27 e 31 na Sala do Produtor. Em Tapejara o evento foi realizado nos últimos dias 13 e 14 na CANAPAR - Associação dos Plantadores de Cana do Paraná. Também visando abordar a necessidade de se dirigir com eficácia, responsabilidade e segurança, o curso de condutores de veículos emergenciais será ofertado entre os dias 20 e 24 em São Tomé. O curso, voltado para produtores e trabalhadores rurais também tem carga horária de 40 horas e será ministrado na Usina de Açúcar Santa Terezinha tratando o seguinte conteúdo: Legislação de trânsito; Direção defensiva; Noções de primeiros socorros, respeito ao meio ambiente e convívio social no trânsito; Relacionamento interpessoal.


Ed. nº 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

Cianorte estréia HOJE no cAMPEONATO Paranaense 2014 Paulo Tertulino Redação A última semana do Cianorte Futebol Clube antes da estréia no Paranaense 2014, contra o Paraná Clube neste domingo, a partir das 19h30, pode ser resumida em dois capítulos. No primeiro o time foi notícia nacional depois que a assessoria jurídica conseguiu liminar em primeira instância contra a CBF obrigando a instituição máxima do futebol a incluir o Leão do Vale no Brasileirão da Série C em 2014. O outro capítulo é mais agradável para o torcedor. O técnico Bagé treinou forte durante a semana a parte técnica e tática. “Acredito que o grupo tem as condições mínimas para fazer uma boa estréia”, aposta. Será este o time base? O momento é de especulação. Enquanto a assessoria de imprensa infor-

O técnico Bagé treinou forte durante a semana a parte técnica e tática.

ma que o time que entrará jogando só seria definido após o coletivo apronto na manhã de sábado, um conceituado jornal da capital listou as prováveis forma-

ções bases que entrarão jogando nesta primeira rodada do Paranaense. Com relação ao Leão do Vale, o jornal arrisca que quem sairá jogando em

Curitiba serão os seguintes jogadores - Jailson, Lima, Marcão, Betão e Ganzer; Jovani, Davi, Edu Amparo e Thiago Santos; Elton e Marquinhos Cambolhota.

Justiça, é gratuito e será ministrado pela Escola Nacional de Defesa do Consumidor (ENDC), via interne. O acesso ao conteúdo ministrado será por meio de login e senha que serão encaminhados ao e-mail informado pelo aluno após a confirmação da inscrição. Para maiores informações: cursoprocon@procon.pr.gov.br

processos de aprendizagem, independentemente das limitações geográficas, representando uma inovação e ampliação dos instrumentos de capacitação da Escola Nacional de Defesa do Consumidor. Este é o décimo-primeiro curso promovido pela ENDC com linguagem adaptada ao público jovem. Os módulos apresentam temas variados, como saúde e higiene, ensino particular, internet e redes sociais, educação financeira, consumo sustentável, entre outros. A finalidade é capacitar os jovens para que pos-

sam tomar decisões mais conscientes nas situações diárias de consumo. As aulas irão de 6 de março a 24 de abril, e haverá um tutor para orientação em todo o período do curso. A carga horária é de 60 horas/aula, com direito a certificado, que será disponibilizado na internet para impressão, após a conclusão do curso. Todos os Procons do país participam deste projeto de educação à distância, que tem como objetivo ampliar o conhecimento sobre direitos na relação de consumo e fomentar a cidadania.

cavel). Alguns kits incluem ainda eletrocardiógrafos para a realização de exames de coração. O prefeito de Rio Azul, Silvio Paulo Girardi, disse que o Telessaúde vai melhorar a capacidade de diagnóstico de doenças, pois os profissionais das unidades terão a possibilidade de debater casos clínicos com especialistas de Curitiba. “Esses dois kits que estamos recebendo com certeza farão a diferença no atendimento a nossa população”, declarou.

do ano passado e serão entregues ainda neste primeiro semestre. O secretário anunciou ainda a liberação de mais R$ 192 mil para a conclusão das obras de reforma da sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde. O espaço é referência para região Centro-Sul e oferece consultas e exames em diversas especialidades. De acordo com o prefeito de Imbituva e presidente do Consórcio, Bertoldo Rover, a obra foi iniciada em 2013 e precisava de mais recursos para ser concluída. “São melhorias em acessibilidade, rede elétrica, pintura e outros ajustes que vão permitir que concentremos os serviços em um único espaço”, disse. Na primeira fase da obra, o Governo do Estado investiu cerca de R$ 450 mil.

Procon abre inscrições ao curso virtual para o jovem consumidor

Agência Estadual As inscrições para o Curso de Direitos do Consumidor, promovido pelo Procon-PR, e destinado a jovens, começam nesta segunda-feira (20). Os interessados têm até o dia 24 de janeiro para se inscreverem, lembrando que são 100 vagas. A inscrição é feita diretamente pelo link “Curso para Jovem Consumidor”, no portal do Procon-PR - www.procon. pr.gov.br. O curso, que integra o projeto “O Consumidor Educação: Curso Virtual para o Jovem Consumidor”, do Ministério da

CURSO Segundo a coordenadora do Procon-PR, Claudia Silvano, o curso é virtual e tem como objetivo viabilizar o acesso aos

Governo implanta telessaúde e garante novos investimentos na região de Irati

Agência Estadual O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, esteve em Irati na manhã desta sexta-feira (17) e anunciou uma série de ações para melhorar o atendimento na região. Quatro municípios que aderiram ao programa Telessaúde receberam equipamentos de conexão de imagem e som, que permitem aos médicos e demais profissionais das unidades de saúde receberem consultoria ou terem uma segunda opinião de especialistas. Além disso, o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Centro Sul do Paraná receberá novos recursos para obras de reforma em sua sede. Segundo Caputo Neto, a região esteve por muito tempo esquecida pelo Governo do Estado e nos últimos três anos está re-

cebendo a atenção que merece, com o maior volume de investimentos já realizados na história.

TELESSAÚDE Os equipamentos do Telessaúde serão instalados em unidades básicas de Inácio Martins, Irati, Rebouças e Rio Azul. Os computadores, webcams, câmeras digitais, headphones e microfones permitem o acesso dos profissionais de saúde ao serviço de consultoria técnica ou segunda opinião prestado pela Universidade Federal do Paraná. A UFPR é uma das quatro universidades que participam do programa disponibilizando especialistas para apoiar os médicos que atendem nos municípios. As outras são as universidades estaduais de Maringá (UEM), Londrina (UEL) e Unioeste (Cas-

NOVOS INVESTIMENTOS Durante a solenidade de entrega dos equipamentos, Caputo Neto anunciou a aquisição de três ambulâncias de remoção para os municípios de Irati, Rio Azul e Mallet. Os veículos foram adquiridos no final

rua guararapes, 493


Ed. nº 887 - Domingo e Segunda-feira, 19 e 20 de Janeiro de 2014 - Fone: (44) 3018-2015 - Website: http://folhadecianorte.com - E-mail: folhadecianorte@gmail.com

Estação do Ofício é opção para capacitação profissional em Cianorte Durante o ano de 2013 mais de 800 profissionais foram formados pela entidade

Juliano Secolo Redação Atuando em Cianorte desde 1999, a Estação do Ofício é uma opção para as pessoas que buscam por capacitação profissional nas mais diversas áreas. Os cursos são oferecidos gratuitamente pela entidade através da Prefeitura Municipal e de parcerias com SESI, SENAI, SENAC e SENAT. Em 2013 a Estação do Ofício qualificou 814 novos profissionais, divididos em 88 turmas de 19 cursos. Segundo a Diretora da entidade, Juliana de Fátima Carandina, de um ano para outro a Estação do Ofício tenta modificar os cursos oferecidos. “Todos os anos procuramos implantar novos cursos, entretanto, mantemos na grade os mais procurados como os da área de costura e beleza.”, explica. Para oferecer mais diversidade e mais vagas os cursos da Estação do Ofícios são ministrados nos períodos matutino, vespertino e noturno. Segundo Juliana, na Estação do Ofício também existe uma lista de espera para cursos que ainda não são oferecidos pelo órgão. “Algumas pessoas vem até a Estação do Ofício em busca de cursos que não temos, então fazemos uma lista de espera e quando temos interessados suficientes para abrir a turma

tentamos disponibilizar o mesmo e ligamos para os cadastrados na lista informando.”, ressalta. CURSOS Entre os cursos oferecidos em 2013, os do setor estético estiveram entre mais procurados. Das 88 turmas formadas em 2013, 60 foram no setor estético, somando 538 profissionais formados. O recordista foi o curso de Maquiagem com 31 turmas e 249 alunos formados, o segundo mais procurado foi o de Depilação que em 10 turmas qualificou 105 profissionais. Com 83 formandos o curso de Sobrancelha teve 09 turmas. Ainda na área da beleza, foram realizados os cursos de Assistente de Cabeleireiro (01 turma com 14 formandos) e Cabeleireiro – Projovem com 02 turmas totalizando 40 novos profissionais. Outros cursos bastante procurados em 2013 foram: Flores em EVA (06 Turmas / 45 formandos); Informática Básica (05 Turmas / 35 alunos); Costura Industrial (05 Turmas / 30 alunos); Auxiliar Administrativo (03 Turmas / 40 formandos). Os cursos de Confeiteiro; Eletricista, Eletricista – Projovem e Pedreiro tiveram 01 turma cada com 20 profissionais qualificados. Também com 01 Turma foram realizados os cursos: Flores em Tecido e Solda-

Segundo a Diretora da Estação do Ofício de Cianorte, Juliana de Fátima Carandina, em 2013 foram qualificados 814 novos profissionais em diversas áreas

dor (com 12 profissionais qualificados em cada); Aprendiz de Supermercado (19 formandos); Modelagem Industrial (14 formandos); e Mecânico de Máquina de Costura (09 formandos); No final de 2013 foram iniciadas turmas nos Cursos de Transporte Escolar; Soldador, Costura e Cabeleireiro, este último com duas turmas - uma no período da manhã e outra a tarde – sendo que os alunos destas turmas deverão concluir o curso este ano. ENCAMINHAMENTO AO MERCADO DE TRABALHO Mais do que oferecer a qualificação profissional, a

Estação do Ofício também é uma porta para o mercado de trabalho. “Como temos parceria com a Agência do Trabalhador e com algumas empresas de Cianorte, muitas vezes intermediamos a entrada de nossos alunos no mercado de trabalho, após o término do curso.”, ressalta Juliana. PRÓPRIO NEGÓCIO Além de buscar uma vaga no mercado de trabalho, muitos alunos procuram a Estação do Ofício para se qualificar e abrir o próprio negócio. Isso ocorre principalmente com os cursos a área de beleza. “Muitos alunos que fazem os cursos na área

Prefeito de Ivatuba conhece projetos de dança de Cianorte e Jussara Juliano Secolo Cianorte

Nesta terça-feira (14) o professor Valter Almeida que coordena os grupos de Dança Puro Agito, Dança Marujo e D’Mjô Orignal em Cianorte e Extravasa em Jussara esteve em Ivatuba participando de uma reunião com o prefeito Dr. Robson Ramos onde apresentou projetos de danças para aquele município. Durante o encontro Valter explicou ao prefeito os benefícios da dança que em geral permite combater o estresse e controlar a ansiedade,

pois toda a concentração é focada nos movimentos que devem ser realizados. “Levamos o projeto para implantar um grupo de dança em Ivatuba, pois já temos o apoio da Prefeitura, falta apenas definir alguns detalhes para colocá-lo em prática.”, explica Valter. Vale ressaltar que os grupos de dança coordenados pelo professor Valter participaram, com cerca de 100 pessoas, da abertura da 1ª Semana da Saúde de Ivatuba, realizada em outubro de 2013, com apresentações de danças estilos livres e “street”.

Agência Brasil Em sua primeira viagem oficial a Belo Horizonte este ano, a presidenta Dilma Rousseff defendeu a parceria entre os governos federal, estadual e municipal. A dirigente também criticou a distribuição de recursos públicos de acordo com preferências partidárias ou pessoais. “Isso era antidemocrático. Essa evolução para esse federalismo cooperativo é uma marca dos últimos anos. Eu tenho muito orgulho de ter tido um comportamento à frente da Presidência da República, de manter esse comportamento republicano, em que se olha a importância dos estados e dos municípios”, disse. “Mesmo que uma série de atribuições seja de estados e municípios, é uma visão absolutamente incorreta pensar, como se pensou no passado, que o governo fe-

deral e a União poderiam ter uma atitude tipo Pôncio Pilatos, de lavar as mãos diante do problema”, ressaltou. “Temos de responder a todos que nos elegeram e também aos que não votaram em nós”, completou. A presidenta também citou avanços do país nos últimos anos, principalmente na área social, e condenou práticas adotadas em gestões anteriores. “Temos estabilidade institucional, somos um país que cumpre contratos e, sobretudo, somos país que amadureceu. Um país em que o povo não aceita processos tradicionais em que recursos públicos eram vistos como propriedade dos governantes”, criticou. A presidenta esteve na capital mineira nesta sexta-feira (17) para anunciar a liberação de R$ 2,55 bilhões em recursos federais para obras de mobilidade urbana em Belo Horizonte e na re-

da beleza querem abrir seu próprio negócio, tanto que algumas proprietárias de salões da cidade nos procuraram em busca de profissionais para trabalharem e não conseguiram preencher as vagas, pois a maioria dos alunos do curso queriam trabalhar por conta própria.”, conta Juliana. No caso dos alunos que apresentam o desejo de iniciar sua própria empresa, a Estação do Ofício tem procurado orientar para que os mesmos sejam formalizados, como por exemplo, através do Microempreendedor Individual, porém muitos acabam mesmo trabalhando na informalidade.

INSCRIÇÕES ABERTAS De acordo com Juliana além da conclusão das turmas iniciadas no final de 2013, a Estação do Ofício já tem fechadas uma turma de Cabeleireiro e uma de Modelagem para o período noturno, com as aulas iniciando no próximo dia 10 de fevereiro. Três cursos (Mecânico de Máquina de Costura; Auxiliar Administrativo e Atendente de Farmácia) estão com inscrições abertas. Todos os cursos são gratuitos e contam com lanche e transporte. Segundo a diretora da Estação do Oficio, as vagas inicialmente são oferecida para as pessoas atendidas pela Assistência Social através do CRAS e CREAS e as vagas restantes são abertas à população em Geral. Os interessados em se inscreverem em algum dos cursos devem comparecer na Estação do Ofício com cópia do RG, CPF e comprovante de residência. De acordo com Juliana, em alguns dos cursos são exigidos outros documentos como, por exemplo, comprovante de escolaridade. Maiores informações sobre os cursos e inscrições podem ser obtidas na sede da Estação do Ofício, localizada na Rua Capixingui, n°75, no Cianortinho; ou pelo telefone 3629-4786.

Recursos para agricultura

Prefeito Robson recebendo o professor Valter Almeida

Na última terça-feira (14), o prefeito de Ivatuba Robson Ramos recebeu em seu gabinete o Deputado Federal Luiz Nishimori, que realizou a entrega de recursos destinados para a aquisição de implementos agrícolas para o município.

Dilma defende parceria entre governos Número de inscritos e distribuição republicana de recursos no ProUni supera o do ano passado gião metropolitana. Um total de R$ 1,28 bilhão virá do Orçamento Geral da União e R$ 1,27 bilhão de financiamento público com juros subsidiados, sendo esses recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. Segundo a presidenta, o governo federal já investiu em todo o país, durante seu governo, cerca de R$ 140 bilhões em obras desse tipo. No PAC 2 estão previstos, além da obra de expansão do metrô da capital – anunciada pela presidenta em 2012, com a construção das linhas 2 (Calafate/Barreiro) e 3 (Savassi/Lagoinha) –, ações que contemplarão oito cidades da região metropolitana de Belo Horizonte. Serão construídos 11 terminais de ônibus nas cidades vizinhas à capital, sendo dois em Santa Luzia, Contagem e Ribeirão das Neves, e um equipamento desse tipo em Vespasiano, Sabará,

Ibirité e Sarzedo. Outra obra incluída no programa é a criação do corredor exclusivo no Boulevard Arrudas e obras de melhoria no Complexo Viário da Lagoinha. No mesmo evento, o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, assinou contrato de financiamento para obras de mobilidade com a Caixa Econômica Federal e outros dois para obras de contenção de encostas, ações de drenagem e pavimentação de vias, todas elas parte do PAC. Segundo o Ministério das Cidades, os investimentos em Minas Gerais por meio das obras contempladas no PAC Mobilidade alcançam R$ 5,41 bilhões, sendo R$ 1,2 bilhão do Orçamento da União, R$ 2,4 bilhões de financiamento público, R$ 1,2 bilhão de participação do setor privado e R$ 600 milhões de contrapartida do estado e do município.

Agência Brasil O Programa Universidade para Todos (ProUni) registrou, até as 11h de sexta-feira (17), 1.084.501 candidatos inscritos. Faltando algumas horas para o encerramento das inscrições, o total registrado já supera o número de inscritos na primeira edição do ano passado: 1.032.873 de estudantes. O prazo para concorrer a uma bolsa de estudos do programa termina às 23h59 desta sexta-feira. O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em instituições particulares de educação superior. Na primeira edição do ano, o programa oferece 131.636 bolsas integrais e 59.989 parciais. Os cursos com maior oferta de vagas são administração (21.252), pedagogia (14.773), direito (13.794) e ciências contábeis (10.883). O estado

de São Paulo é o que tem o maior número de vagas disponíveis no ProUni, 64,3 mil, seguido de Minas Gerais, com 19,5 mil, e Paraná, com 16,5 mil. As bolsas integrais do ProUni são para estudantes com renda bruta familiar, por pessoa, até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais destinam-se aos candidatos com renda bruta familiar até três salários mínimos por pessoa. O bolsista parcial poderá usar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para custear o restante da mensalidade. A primeira chamada dos candidatos pré-selecionados será divulgada na próxima segunda-feira (20) e a segunda. no dia 3 de fevereiro. Os que não forem pré-selecionados em nenhuma das duas chamadas podem participar da lista de espera, a partir do dia 13 de fevereiro.


Folha Regional de Cianorte - Edição 887  

Edição 887 da Folha Regional de Cianorte com circulação nos dias 19 e 20 de janeiro

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you