__MAIN_TEXT__

Page 1

QUINTA-FEIRA, 03 de dezembro de 2020 • Ano 41 • N° 1997• R$ 2,50 - Santo Antônio da Patrulha/RS

DAIÇON PROMETE TRANSIÇÃO

PACÍFICA À MASSULO

FEIRA DO LIVRO 10ª Feira Municipal do Livro de Santo Antônio da Patrulha aconteceu de maneira virtual, transmitida pela página no Facebook da Prefeitura Municipal Págs. 6 e 7

LUTO População lamenta triste despedida ao pediatra Dr. Silvano Marques Pág. 9

Prefeito eleito Rodrigo Massulo reuniu-se com o atual gestor municipal a fim de discutir a transição dos governos. Daiçon colocou a prefeitura à disposição e instituiu uma Comissão de Transição

Pág. 5


2 ‑ Folha Patrulhense -

OPINIÃO

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

Editorial Nesta edição estamos divulgando, como sempre, vários assuntos que estarão chamando a atenção de você, leitor. Mas sem sombra de dúvidas, o mais importante e que merece especial atenção, é o relacionado com o aumento dos casos do novo Coronavírus. O Rio Grande do Sul ficou totalmente sob o domínio da bandeira vermelha, porque está comprovada a gravidade da situação. E o que mais chama a atenção é que tentam culpar governos, quando a bem da verdade, os grandes culpados somos todos nós. Isso porque, houve um afrouxamento nos cuidados, e isso podemos ver diariamente nas ruas da cidade. São pessoas não dando qualquer importância ao que está acontecendo, circulando sem máscaras, não tendo o menor cuidado quanto à aglomerações. E quando vão se dar conta da insensatez que estão cometendo, é tarde: o vírus atinge de forma impiedosa a todos, sejam crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos. Não se concede que pessoas não tenham o necessário cuidado, porque no momento em que a pessoa contrai o vírus, está colocando em risco toda a sua família e as demais pessoas que estão próximas. E o que dói é ver os comerciantes sendo sacrificados, como se fossem eles os culpados pelo que está acontecendo. Como afirmou um empresário indignado com o que se pretendia implantar, ele desafia as autoridades sanitárias a provar que é dentro das lojas que está contido o vírus, quando todos sabem que ele está circulando livremente e, por ser invisível, não há como detectar onde ele está presente. Que o comércio não seja ainda mais sacrificado porque então isso vai, sim, representar um verdadeiro caos na nossa já tão combalida economia. E ao invés de procurar os culpados pelo aumento dos casos, que sejamos sensatos e procuremos cumprir a nossa parte, porque só assim, a situação voltará ao controle, porque, se continuar como está, fatalmente entraremos na bandeira preta. É só esperar para ver, infelizmente.

Espaço do Leitor

Parcerias comerciais com a China Na onda do Coronavírus, a Covid-19 e as rusgas diplomáticas entre o Deputado Federal Eduardo Bolsonaro e a Embaixada da China, o certo é que o gigante asiático aumenta sua presença na economia brasileira. Ano após ano, o capital chinês vai sendo investido em diversos setores da produção e dos serviços no Brasil. Em alguns casos, de forma acelerada. Na energia elétrica, por exemplo, a gigante State Grid é a principal acionista da CPFL Energia. A empresa, no Brasil, tem sob sua responsabilidade a presença em 15 estados, com mais de USD 15 bilhões investidos no país. E isso pode ser o início de grandes oportunidades de negócios para os brasileiros. No Rio Grande do Sul, por exemplo, a CPFL detém o controle da RGE Sul, a empresa privada que distribui energia na maior parte do estado. Cidades com produção industrial importante, como Caxias do Sul, Canoas, São Leopoldo e Novo Hamburgo estão sob o guarda-chuva da mão chinesa

Redação, Administração e Distribuição Gráfica Editora Santo Antônio da Patrulha Ltda. CNPJ: 93.523.157/0001-82 N° do Reg. Esp. 4053/179 Livro B n° 8 Fls. 76 Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores

Av. Paulo Maciel de Moraes, 277 Santo Antônio da Patrulha/RS CEP: 95500-000 Fone: (51) 3662.1777

na distribuição da energia elétrica. E isso tem sido bom. Não há, nos últimos anos, grandes problemas como instabilidade na oferta de serviço, dificuldades no restabelecimento de quedas eventuais, entre outros problemas ligados ao setor. Os chineses estão presentes em diversos setores da economia brasileira. E isso é fundamental para quem quer aumentar suas oportunidades de negócios no Brasil. No setor bancário, os chineses hoje já estão presentes no Brasil com, pelo menos, cinco grandes bancos do país asiático. Banco Industrial e Comercial da China (ICBC), Bank of China, Haitong, China Construction Bank (CCB) e Bank of Communications (BoCom) já têm operações consolidadas no Brasil. A maior parte destas operações são financiamentos de exportação e importação e fomento a obras de infraestrutura. Sua presença no bolo total de ativos bancários no Brasil ainda é pequena, não chegando a 1%. O apetite por investimentos da parte dos chineses não fica restrito aos países emergentes, como Brasil, Argentina,

Site: www.2mnoticias.com.br

E-mails: redacao@folhapatrulhense.com.br comercialfolhapatrulhense@gmail.com

Filiado à ADJORI Representado pelo Grupo de Diários

Grécia, Geórgia e México, entre outros. Os Estados Unidos, berço do capitalismo moderno e ainda hoje a maior economia do mundo, registra várias compras de participações em empresas nacionais feitas com o capital chinês. São vários exemplos, alguns emblemáticos, de empresas norte-americanas que tiveram seu controle, ou participação minoritária relevante, transferidos para firmas chinesas. General Eletric, AMC Cinemas, Waldorf Astoria Hotel, GM, Tesla, Spotify, Microsoft, WeWork, Uber, Warner Music, entre tantas outras, são exemplos de marcas americanas que têm investidores chineses. Os americanos, sem levar a política aos negócios, estão tendo ótima relações comerciais com os chineses e vice-versa. Os brasileiros também podem. E podem muito mais do que uma relação onde haja simplesmente exportação de commodities agrícolas e minerais e importação de manufaturados. Há um campo enorme de possibilidades entre as economias dos dois países. Miguelito Medeiros

Diretor-presidente: Moacir Oliveira Menezes Jornalista Responsável: Hermógenes Silveira (MTb 3121) Diagramação: Tamara Madeira Secretária e Revisora: Tamara Madeira Composição, montagem e diagramação próprias em laser, arte-final e fotolito

O conteúdo das publicidades é de responsabilidade dos próprios anunciantes

Periodicidade: Semanal (quintas-feiras) | Circulação: Santo Antônio da Patrulha | Colaboração: Antônio Gomes, Hélio B. Braga, Humberto Lauro Ramos, Nara G. Massulo | Preços cm/coluna: Capa: R$ 45,00 Contracapa: R$ 35,00 - Pág. Indet.: R$ 25,00


CURTAS

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

Patrulhenses participam de Convenção com Bispo Abner Ferreira espiritual tem conduzido milhares de vidas a Cristo. A convenção também contou com a presença dos Pastores: Samuel Gonçalves (Cabo Frio-RJ), Antônio Paulo Antunes (Amazonas-RJ) e Sósteni Silva (Bangu-RJ), além do Presidente CONEMAD-RS, Pastor Isaque Saletti dos Santos, e do Presidente do Campo de Canoas e Vice-presidente da Convenção Estadual, Pastor Jerônimo Luiz, entre outras autoridades eclesiásticas. FOTO: DIVULGAÇÃO

O

Pastor Dirigente Paulo Martins, Presbítero Jacson Rangel, Secretário Rafael Barcela, Vice-líder dos Gideões, o Cooperador Joaquim Martins e o membro Gean Veiga representaram Santo Antônio da Patrulha no Culto de Abertura da Convenção Estadual dos Ministros Evangélicos das Assembleias de Deus Ministério de Madureira do Rio Grande do Sul, na sexta-feira, dia 27 de novembro, na cidade de Parobé. A CONEMAD, dentro de sua programação teve a participação especial do Bispo Abner Ferreira, filho do Bispo Primaz das Assembleias de Deus Ministério de Madureira e Presidente Vitalício da Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil. O Bispo Abner Ferreira tem sido uma grande benção para a Igreja no Brasil, se dedicando a sempre fazer o bem e levar a mensagem redentora de Cristo. Seu exemplo de fé, mensagem bíblica, e de líder

► CONSAGRAÇÕES No domingo, dia 29 de novembro, aconteceu as consagrações com o encerramento dos trabalhos convencionais. A Diaconisa Kelly Aparecida de Carvalho Valentim Martins, da Igreja Madureira de Santo Antônio da Patrulha foi consagrada Missionária.

Kelly Martins veio da cidade de Volta Redonda-RJ para a cidade de Santo Antônio da Patrulha no ano de 2004 e, há 16 anos ao lado do esposo vem trabalhando de igual para igual, exercendo com exímio a tarefa da obra do Senhor. O Pastor Dirigente local, Paulo Martins, que também é 2º Vice-presidente do Campo de Canoas foi consagrado na convenção como Vice-presidente da Secretaria Estadual de Missões no Rio Grande do Sul. Texto e foto: Assessoria de Comunicação @adpatrulha

Rotary inicia projeto Bomba Amiga

Após tratativas, levantamentos, ajustes, o Rotary Club de Santo Antônio inicia no próximo dia 16, a implantação de um projeto que contará com o auxílio da sociedade para dotar as forças de segurança pública com recursos extras para a sua manutenção operacional. O “Bomba Amiga”, sendo trabalhado pela instituição há mais de dois anos, em contatos com donos de postos de combustíveis, responsáveis pelas forças de segurança pública e pesquisas para a sua implantação, o qual, destina R$ 0,01 (um centavo) do preço final do combustível ao Rotary Club para sua administração, Brigada Militar, Polícia Civil e Corpo de

bombeiros além de um fundo para compra de equipamentos para as três instituições decidido em comum acordo das suas necessidades. O controle contábil, de litragem do combustível será feito mensalmente por comissão própria do Rotary Club de Santo Antônio da Patrulha e auditado pelos comandantes da Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e o Delegado da Polícia Civil, com ampla divulgação nos meios de comunicação locais. Os postos de combustíveis participantes estarão devidamente identificados com banners, cartazes, faixas e flayers convidando os usuários a abastecerem seus veículos nestes locais, com amplas campanhas nas emissoras de rádio, jornais, páginas em redes sociais e pelos próprios frentistas que serão treinados para essa finalidade. O Rotary Club de Santo Antônio, ciente das necessidades prementes da nossa comunidade, espera que tanto consumidores como os proprietários de postos de combustíveis entendam o alcance social deste projeto que beneficiará a todos os patrulhenses, e que nossa segurança pública terá melhores condições de realizar seu trabalho como sempre fez, com dedicação e eficiência.

‑ Folha Patrulhense ‑ 3

SEMED promove reunião com agricultores sobre merenda escolar A Secretaria Municipal da Educação realizará a primeira reunião com fornecedores interessados e o setor de alimentação escolar da rede municipal. Conforme a secretária da pasta, Dalva Maria Provenzi de Carli, o encontro acontece com o objetivo de adquirir exclusivamente alimentos de origem da agricultura familiar, bem como atender as normas do FNDE nº 26 de 17/06/2013 e a da Lei 8.666/93 de 21/06/1993. A reunião acontecerá hoje, dia 03, às 9h, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Na ocasião, será discutida pesquisa relacionada ao valor dos produtos e serão feitos esclarecimentos sobre o edital e a logística de entrega e distribuição dos alimentos.

Presidente da ACISAP/CDL se reúne com representantes das entidades do Litoral Norte para tomar medidas em defesa dos setores do comércio e serviços Na tarde do dia 24/11, a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Santo Antônio da Patrulha – ACISAP e Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL esteve representada por seu Presidente, Marcione dos Santos Gomes, em reunião online juntamente com os empresários e representantes das Entidades de Classe do Litoral Norte para o levantamento de demandas de extrema importância no que diz respeito ao combate e agravamento da pandemia em nossa região, principalmente, pela chegada do verão. Na ocasião foram discutidas e estruturadas as demandas por meio de um projeto. A validação de tais demandas foi feita com a participação de diversas entidades, Governo do Estado e Prefeituras do Litoral Norte. O projeto foi então entregue na manhã do dia 25/11, pelo Deputado Gabriel Souza para a Secretária Estadual de Saúde, Arita Bergmann. O Presidente da ACISAP/CDL segue firme na representatividade de seus associados, buscando alternativas de prevenção para que a temporada de verão seja segura, e para que o comércio siga aberto prosperando, gerando renda e trabalho para a cidade de Santo Antônio da Patrulha. Busca-se o desenvolvimento consciente e, por isso, estão pressionando os poderes públicos para que haja recursos e estrutura de saúde e segurança para esse verão de pandemia no Litoral Norte.


4 ‑ Folha Patrulhense -

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

Patrulhense viveu 11 anos na Mongólia com a família e hoje reside nos EUA FOTO: DIVULGAÇÃO

A

Folha Patrulhense conversa nesta edição com um patrulhense que residiu durante onze anos na Mongólia. Elbert Kuhn, natural da localidade de Fazenda Passos, ainda pertencente a Santo Antônio, morou com sua esposa naquele país, que tem uma cultura, costumes, condições climáticas e hábitos totalmente diferentes do Ocidente. Estando próximo à fronteira com a Sibéria, a Mongólia é lendária por ter sido a terra natal do famoso Gengis Khan. Pertencente à Igreja Adventista, Elbert passou por uma dura experiência quanto ao clima, mas se adaptou de tal maneira àquele país, que, mesmo não mais estando lá residindo, tem contatos frequentes com mongóis, tendo inclusive, dois filhos de criação, o que, tanto ele, como sua esposa, consideram uma bênção divina. Eis um pouco da fascinante história vivida por este casal com aquele povo nômade e que hoje reside nos EUA: FOLHA PATRULHENSE: Elbert: O que te motivou a ir residir na Mongólia, país diametralmente oposto a tudo o que vive no Ocidente? ELBERT KUHN: O que me levou a sair para fora do país, foi um convite da organização em que trabalho para que eu fosse em 2003 coordenar alguns projetos humanitários e organizar a nossa estrutura de educação de projetos na Mongólia. Não tinha pessoalmente projeto de sair do Brasil, pois trabalhava em Porto Alegre, mas o convite inesperado da organização

me levou em 2003 a ir, com minha esposa para aquele país. Ficamos onze anos emulam Bator, a capital da Mongólia em dois períodos assim divididos: o primeiro, de 2003 a 2009 e o segundo, de 2011 até final de 2015. Foi um programa de convite minha organização adventista para elaborar projeto de educação e também estabelecer as estruturas de um projeto humanitário que foi muito grande na Mongólia. FOLHA: Saiste de um país, onde já tens hábitos enraizados e de repente vocês entram em outro, onde tudo é completamente diferente. Certamente isso representa o choque cultural. Como foi a adaptação? ELBERT: Foi um período interessante. Conhecia a Mongólia de estudar na escola a história do grande Gengis Kan e tinha na minha cabeça a história de um país nômade mas, sem outra informação. A Mongólia é basicamente habitada por nômades espalhados por todo o país, cuidando especialmente de gado, ovelhas, cabritos e cavalos. Eles têm 30 vezes mais animais do que pessoas no país. Vivem em tendas redondas que são facilmente montadas e desmontadas para terem mobilidade de andarem com os animais para que no verão tenham pasto abundante e para que no inverno os animais passem abrigados do frio. A Mongólia é o 17º maior país do mundo em extensão territorial e um dos países com clima mais hostil e desafiador que se possa imaginar. Há o deserto de Gobi, parte dele na Mongólia, sendo que durante 6 a 7 meses do ano o país tem temperaturas que vão desde 20 graus abaixo de zero até, em alguns lugares, chegando a mais de 50 graus negativos. É um país em termos climáticos extremamente hostil por ficar próximo à Sibéria com ventos gelados. O local onde se situa a capital é muito frio e essa sensação

é extremamente desafiadora. A cultura é diferente porque é um país tradicionalmente budista, e por isso mesmo, as pessoas cultivam a paz, aquela sensação boa de receber bem a todos. Eles são muito hospitaleiros e gostam de conversar bastante. Os mongóis durante muitos anos viveram dessa forma: nômades, sem tanta pressa, sem muito estresse, vivendo seu dia a dia. Durante os anos 1920 mais ou menos durante o período do forte do comunismo, a Rússia não só invadiu vários países do leste europeu, mas também a Mongólia fazendo com que a maioria dos monges fosse presa, muitos sendo mortos, aniquilando-se a tradição bonita e religiosa do país, sendo que o comunismo se estabeleceu de uma forma sem religião. Até 1990 a Mongólia esteve debaixo do domínio russo e hoje ela oscila muito entre dois costumes: fisicamente são asiáticos, mas culturalmente têm muitas coisas da Rússia em função de todos os anos de domínio russo. Em 1990 com a queda do comunismo, as tropas foram retiradas da Mongólia e ao serem retiradas não apenas a Mongólia ficou sem governo, como sem dinheiro, e sem comida. Pessoas basicamente tinham pão, sal e carne até que lentamente a organização foi sendo restabelecida, mas levou muitos anos até que conseguissem se adaptar à nova realidade sem governo e por muitos anos, eles ficaram num limbo, com os mais velhos com pensamento comunista e os mais jovens querendo ares da liberdade do ocidente, e isso foi por muitos anos uma disputa ideológica dentro do país, mas nunca a ponto de existir guerra civil, ou enfrentamento físico entre grupos, porque o mongol é muito pacífico. E foi nesse período que o primeiro indivíduo da nossa organização foi para lá e algum tempo depois faleceu de câncer no estômago. E logo em seguida, chegamos no período de transição do comunismo para a democracia. Em 2003 ainda existiam muitas restrições no sentido de falta de alimentos, porque os mongóis não produzem

nada de verduras e frutas, sendo um país basicamente se alimentando de muita carne e também é um país que tem um alto índice de consumo de gordura. Se você imaginar os esquimós verão que a gordura traz aquecimento ao corpo. E esses hábitos fazem com que a combinação da expectativa de vida seja bastante curta. Porque consomem muita gordura, muito cigarro e a bebida, sendo o segundo país do mundo com maior consumo de álcool e tudo isso em relação com o frio. Isso faz com que pessoas sofram muito e a causa de morte é relacionada com esses hábitos. É um pouco da cultura do país. FOLHA: O que mais chamou a atenção na Mongólia? Elbert: Uma das coisas que mais me chamou a atenção além do frio, e a de ser um país extremamente natural preservando a beleza natural. Viaja-se pela Mongólia que é o 17º maior do mundo vislumbrando cenários incríveis ainda não destruídos pelo desenvolvimento. Lembro que viajando para diferentes lugares você tem desertos, montanhas, lagos, o rosto expressivo do mongol, temos os nômades, a capital que é bastante interessante. Temos a cultura dos monges budistas, temos os xamanistas com suas culturas. É um país ainda virgem. Ao viajar pela Mongólia, parava na imensidão do país para ficar desfrutando as belezas da região. Por alguns aspectos ela lembra a localidade de Monjolo, pois há um pouco do estilo gaúcho: cavalos e animais, essa relação bonita do campo. Não tem as plantações, mas existe uma relação muito próximas aos animais e por isso, me adaptei muito rápido, pois vim da Fazenda Passos, onde cresci tirando leite de vaca, andando a cavalo e tendo uma vida campeira. Já o idioma é extremamente difícil. Consegui entender e compreender muita coisa, mas na função em que estava, o inglês era o cotidiano. Algumas coisas que chamaram atenção: a pureza em que vivem naturalmente, sem estradas. Para me fazer entender, procurei falar utilizando coisas que eles têm conhecimento, como

ENTREVISTA

sítios, animais e assim via-se o sorriso estampando-se em seus rostos. E até hoje tenho uma relação muito chegada a eles a ponto de considerar a Mongólia, meu segundo país. FOLHA: Como é a receptividade do povo mongol? ELBERT: Os mongóis são um povo nômade, mas extremamente receptivo. A reciprocidade e a hospitalidade são muito grandes porque, para eles, hoje posso precisar de você e amanhã pode ser o contrário. Essa receptividade manifesta-se, inclusive, na maneira como eles recebem o visitante que pode parar o carro na frente da tenda, que eles abrem a porta e vem nos receber, oferecendo comida, um copo de vodca como uma saudação. Além disso, há um costume que eles usam com os visitantes: um vidro cheio de tabaco que é aberto, a pessoa cheira e fecha. Minha esposa e eu ficamos em um apartamento muito tranquilo, porque é um país onde as pessoas se sentem completamente seguras. Eles apreciam muito o Brasil e mostram conhecimento sobre futebol, a Amazônia, e por serem pessoas liadas ao campo, curtem os grandes rios e grandes florestas. Outros aspectos que chamam a atenção para eles quando se fala no Brasil, são as praias, o carnaval e outras atrações. FOLHA: Um fato muito importante em suas vidas: os filhos adotivos. Nos fale como isso aconteceu para ti e tua esposa. ELBERT: Outra coisa que nos marcou: não tínhamos filhos, mas através de uma pessoa que trabalhava conosco, conhecemos um garoto a quem dávamos roupas, calçados e ajuda para comida. Como ele ia e vinha à nossa casa, com o tempo conhecemos sua irmãzinha e essa relação aumentou. Hoje eles têm 11 e 13 anos e são nossos filhos adotivos. Esse foi o maior presente que recebi, durante nosso trabalho de levar a oportunidade de estudo a centenas de jovens e crianças, conhecimentos de agricultura e de estufa. Nossas duas crianças são os dois anjos que Deus colocou em nossas vidas.


POLÍTICA

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

- Folha Patrulhense ‑ 5

Prefeito eleito conversa com atual gestor

►►BANDEIRA DO MUNICÍPIO

Rodrigo Massulo lembrou ter dito ao final desta eleição e repetiu para Daiçon: "Nós precisamos baixar as bandeiras partidárias e hastear a bandeira do Município. Só com união venceremos as adversidades deste momento difícil. Obrigado, Prefeito!"

FOTO: DIVULGAÇÃO

O

prefeito eleito Rodrigo Gomes Massulo teve o seu primeiro encontro com o atual prefeito Daiçon Maciel da Silva. O evento foi na tarde de sexta-feira (27/11). "Tratamos dos próximos passos da transição de governo, que oficialmente se iniciará nesta semana, e falamos sobre os desafios da vida pública", afirmou Rodrigo que conversou com Daiçon em seu gabinete. Afirmou o mandatário eleito que "Daiçon, como sempre, foi muito gentil e colocou a Prefeitura à disposição do futuro governo. Deixei claro a ele meu respeito pela sua pessoa, frisando que a Prefeitura estará de portas abertas a ele e sempre pronta para receber sua ajuda".

►►COMISSÃO DA TRANSIÇÃO Na ocasião, Daiçon disse que nomeará uma comissão através de Decreto para tratar da transição e fornecer todas as informações necessárias aos futuros gestores. O prefeito disse que este é um procedimento muito importante, pois, segundo ele, a Administração Pública não pode parar com a troca de governantes. No encontro, Daiçon entregou a Rodrigo Massulo uma lista com os principais assuntos da

Daiçon Maciel da Silva e Rodrigo Massulo

Administração cujas decisões dependem do futuro governo. ►►AGENDA Para esta semana, a agenda do prefeito eleito incluiu a sua participação na sessão de segunda-

-feira do Legislativo Municipal e visita ao Presidente da Assembleia cuja pauta foi educação e saúde Ao longo da semana, ele conversa com lideranças para definição do secretariado e reuniões pontuais de transição.

Entrevista de Daiçon tem tom de despedida FOTO: DIVULGAÇÃO

O

prefeito Daiçon Maciel da Silva conversa com a reportagem da Folha Patrulhense, fazendo uma espécie de balanço sintetizado do seu governo. A entrevista, uma das mais curtas de sua trajetória política, tem tom de despedida. Fica a cargo do leitor, uma avaliação. FOLHA PATRULHENSE: Como o sr. recebeu o resultado do pleito deste ano? PREFEITO DAIÇON MACIEL DA SILVA: Com surpresa e tristeza. Não tenho dúvidas de que o Ferulinho era o melhor candidato, com experiência comprovada e formação para ocupar o cargo. No entanto, a maioria dos eleitores não entendeu desta forma e este resultado é um processo natural em qualquer pleito eleitoral. FOLHA: Seus candidatos à majoritária não conseguiram se eleger. A que o sr. atribui isso? PREFEITO: Acredito que o fato de MDB concorrer com chapa pura dificultou bastante o processo. Tivemos o apoio do PDT e do DEM e somente PDT e MDB contavam com candidatos a vereadores. Além disso, a pandemia prejudicou candidatos da situação, pois medidas necessárias para preservação da vida, infelizmente geraram revolta em muitas pessoas. FOLHA: Como vai ser a transição daqui para a frente? PREFEITO: A mais produtiva

e harmônica possível. Estamos muito próximos do fim do ano e isso exige muita transparência e orientação nas tratativas com os futuros gestores. Nomeei uma comissão para tratar da transição. Já estive reunido com o prefeito eleito, Rodrigo Massulo, para transmitir algumas informações que julgo mais urgentes. FOLHA: E o último período de governo, como deverá ser, já que estamos menos de um mês da posse dos seus substitutos nos cargos de prefeito e vice? PREFEITO: O final de um mandato sempre será de muito trabalho, fechamento de contas, rescisões de contratos, pois vou exonerar todos os cargos de confiança ainda dentro deste exercício. FOLHA: Em que situação o sr. está deixando o município? PREFEITO: Com as finanças em dia, com muitas obras em andamento que ficarão para o próximo gestor inaugurar, como

a pavimentação de um trecho na Av. Afonso Porto Emerim. Além disso, deixaremos projetos prontos em carteira para captação de recursos, o que já adianta muito o trabalho da gestão. Não tivemos a mesma sorte quando ingressamos em 2017. Tivemos que começar do zero e ainda assim, conseguimos realizar tantas obras importantes. Foram mais de 20 km no asfalto e no interior, pela primeira vez, a Prefeitura levou asfalto na área rural, como é o caso da Rota da Rapadura, revitalizamos nossos principais pontos turísticos, adquirimos maquinário, compramos dois imóveis para deixar de gastar com aluguéis, implantamos um novo centro de saúde mental, com médicos e psicólogos. Deixaremos um hospital funcionando com plantão clínico e pediátrico, cirurgias, exames como tomografia e outros, essa, em minha opinião é a nossa principal conquista. O cumprimento de nossa meta número 1 de governo, anunciada ainda durante a campanha eleitoral de 2016, quando a nossa principal casa de saúde estava quase fechando. Deixamos o Município com uma Unidade Sentinela para atendimento exclusivo de casos suspeitos de Covid-19, com três médicos, enfermeiros e farmácia. Infelizmente, já com capacidade esgotada, pois o número de casos vem aumentando assustadoramente em todo o país. Mas o im-

portante é que criamos este espaço em tempo recorde. FOLHA: O que mais gostaria de acrescentar. PREFEITO: Encerro meu mandato com a consciência tranquila. Não fui um prefeito que tentou agradar a todos, mas sim, que tentou fazer o melhor para todos. Trabalhar para a coletividade, pensando nos interesses de todos e não particulares sempre foi o norte que procurei seguir. Não estou aqui para criticar o passado, devemos olhar para o futuro, mas ser transparente é mostrar o que se fez e o que se enfrentou. Quero agradecer a minha equipe, secretários, diretores, assessores, enfim, aos servidores municipais que se dedicaram e trabalharam pelo bem de nossa cidade, que atenderam nossa população como ela merece. Agradeço a imprensa de um modo geral, a Folhinha que nos ajudou a levar a informação para nossa comunidade nesses últimos anos. Em especial, agradeço a minha família que sempre esteve ao meu lado me apoiando e a população, que confiou no nosso trabalho. Desejo sucesso ao novo gestor, prefeito eleito Rodrigo Massulo para que o mandato 2021-2024 seja de muitas realizações para que o município continue avançando em suas políticas públicas em benefício da nossa querida população.


6 ‑ Folha Patrulhense -

POLÍTICA/CULTURA

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

Ezequiel Peixoto fala sobre sua eleição para a Câmara de Vereadores FOTO: DIVULGAÇÃO

C

oncorrendo a uma vaga na Câmara de Vereadores de Santo Antônio pelo PP (Progressistas), o advogado Ezequiel Peixoto é mais uma das novas vozes no Legislativo Municipal a partir de primeiro de janeiro. Ele conversa com a reportagem da Folha Patrulhense sobre sua eleição. FOLHA PATRULHENSE: Como você recebeu esta expressiva votação? VEREADOR EZEQUIEL PEIXOTO: Fiquei muito feliz com a votação, agradeço primeiramente a Deus, a minha família e amigos, fica minha gratidão as 770

pessoas que acreditaram e confiaram seu voto em mim. Agradeço de coração a todos que estavam comigo! FOLHA: A que você atribui essa votação expressiva, já que é tua estreia em candidaturas? Ou já concorreste anteriormente? VEREADOR EZEQUIEL: Minha campanha foi limpa e propositiva, sem ataques, com propostas e compromisso de fazer um mandato diferente, atuante, participativo, com muito diálogo e disposição para buscar inovações, melhorias, a resolução das demandas e a qualidade dos serviços em todas as áreas, com muito respeito ao dinheiro público. Primeira vez que concorro. FOLHA: Em que se baseou a sua campanha? VEREADOR EZEQUIEL: Fiz campanha na Rua, perto das pessoas e com Propostas, e principalmente com muito diálogo com as pessoas, visitei os quatro cantos do município. Na nova política, com respeito ao dinheiro público, pelo investimento prioritário nas áreas

essenciais da Saúde, Educação e Segurança‍, pela desburocratização e eficiência dos serviços públicos, por uma sociedade que incentiva o empreendedorismo e promove o bem-estar social com oportunidades para todos do nosso município. FOLHA: Foi uma eleição atípica em função de dois motivos: pandemia e a proibição de coligações na proporcional. Isso dificultou a tua campanha? VEREADOR EZEQUIEL: Tivemos que nos adaptar, Com certeza, a pandemia foi um fator atípico nessa eleição. Mesmo assim consegui estar na rua os 45 dias, claro com todos os cuidados necessários. Sobre o fim das Coligações eu particularmente apoio, acredito que fortalece os partidos políticos. FOLHA: Você é um advogado, tens uma dedicação para com as pessoas da Terceira Idade. Isso te favoreceu? VEREADOR EZEQUIEL: Acredito que sim, por já ter um trabalho prestado em nosso município. Como advogado e presidente do Conselho Municipal do

Idoso, Conselheiro do Lar Oscar Vargas, entre outras entidades como voluntário. FOLHA: O que espera do novo governo municipal? VEREADOR EZEQUIEL: A perspectiva é a melhor possível, fiz campanha junto com Massulo e Gaúcho, eu acredito no plano de governo que eles apresentaram. Na certeza de que farão um ótimo trabalho! FOLHA: O que mais gostarias de acrescentar? VEREADOR EZEQUIEL: Quero AGRADECER aos 770 votos! Agradecer por todo apoio e carinho recebido nas visitas e nas redes sociais. Agradecer minha base, minha família, e pelos ensinamentos e valores sólidos que norteiam e nortearão sempre a minha atuação. Quero agradecer toda força e apoio que tive do nosso Prefeito Massulo e nosso Vice Gaúcho. Desejar sucesso na caminhada. Quero e vou retribuir, com muito trabalho, todo carinho e apoio que recebi. MUITO OBRIGADO, SANTO ANTÔNIO DA PATRULHA!

Incentivadores de Leitura se destacam na 10ª Feira do Livro

►►HÁBITO DA LEITURA Conforme a coordenadora do projeto, a servidora da Secretaria Municipal da Educa-

ção, Angelita Borges, os Incentivadores de Leitura motivam alunos e professores ao hábito da leitura, da pesquisa e da escrita, através de atividades como contação de histórias, teatro de fantoches, encontro com escritores, entre outras práticas. Segundo ela, ainda tem o intuito de utilizar a leitura como recurso pedagógico, contribuindo com a aprendizagem dos alunos. ►►TRAJETÓRIA DO PROJETO A secretária da Educação, Dalva Maria Provenzi de Carli lembrou a trajetória do projeto, que já existe há muitos anos. Ela diz que é a realização de um sonho, o qual tem muito orgulho de ter participado e destacou a capacidade dos professores de se reinventarem neste momento de pandemia, man-

FOTO: DIVULGAÇÃO

A

programação do dia 27 de novembro, na Feira Municipal do Livro de Santo Antônio da Patrulha contou com um destaque para o projeto Incentivadores de Leitura de Santo Antônio da Patrulha. “Uma homenagem e reconhecimento público aos 31 professores que integram esta proposta tão linda de plantar nos estudantes, desde pequeninos o gosto pela leitura e pela escrita”, justificou o prefeito Daiçon Maciel da Silva, que também é o Patrono nesta edição. Na ocasião, o público pode conferir oficinas de contação de histórias e um pouco mais sobre o funcionamento do projeto.

tendo o contato e o trabalho com os alunos com sucesso, com vídeos e outras ferramentas à distância. ►►ELOGIO A escritora homenageada, Dilce Eclai de Vargas Gil Vicente, parabenizou a prefeitura e a cada incentivador por

desenvolver este projeto tão importante para a formação de uma sociedade melhor. Ao encerramento, os Incentivadores homenagearam o Patrono Daiçon e a Escritora Homenageada, Dilce, pelo trabalho que realizam no município em prol da educação e da cultura.


CULTURA

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

Léia Cassol lança o livro "Era uma vez em Santo Antônio da Patrulha" FOTOS: DIVULGAÇÃO

Último dia de Feira do Livro contou com lançamento de livros e participação do Grêmio Literário Patrulhense

N

Escritora Léia Cassol lançando seu livro

A

10ª Feira Municipal do Livro, este ano promovida de forma virtual em função da pandemia, alcançou inteiro sucesso. O evento que é uma realização da Prefeitura de Santo Antônio da Patrulha, através da Secretaria da Educação e da Cultura, Turismo e Esportes, comissão organizadora composta por representantes do Grêmio Literário Patrulhense, Polo Universitário Santo Antônio, escolas municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental, e pelo pesquisador Jaime Müller, terminou solidificando um conceito de que temos bons autores que começam a ter o necessário reconhecimento, não apenas por parte da população, como dos visitantes. Realizada de 24 a 28 de novembro, a Feira aconteceu em um formato virtual em função da pandemia, com transmissão ao vivo na página da Prefeitura no Facebook, @prefsSAP, que permanecem à disposição. A Feira, que teve como patrono o prefeito Daiçon Maciel da Silva e como professora homenageada, Dilce Eclai de Vargas Gil Vicente, mais uma vez deu um grande exemplo de que a nossa Cultura está sendo valorizada e, consequentemente, reconhecida.

Patrono Daiçon e escritor Odilon Ramos

►►LÉIA CASSOL Depois das emoções vividas na segunda noite da 10ª Feira Municipal do Livro com o recital poético, que contou com a participação de Odilon Ramos e do Grêmio Literário Patrulhense, houve um verdadeiro resgate sobre a história de Santo Antônio da Patrulha. ►►ERA UMA VEZ EM SANTO ANTÕNIO A terceira noite de feira virtual, realizada quinta-feira, trouxe um projeto que irá marcar o aprendizado sobre o Município nas escolas patrulhenses. O lançamento do livro "Era uma vez em Santo Antônio da Patrulha", da escritora Léia Cassol emocionou a todos pela originalidade e graça com que a história dos 260 anos da terra da rapadura, que é feita de sonhos, foi contada com ilustrações de Vanessa Alexandre. As informações técnicas são baseadas nas pesquisas do patrulhense Jaime Nestor Müller, também conhecido como repórter da história. ►►260 ANOS DE HISTÓRIA O livro conta a história de Fernanda, que foi passear na casa dos avós em Santo Antônio da Patrulha, e as primeiras linhas da obra remetem para a cidade que fica entre a serra, a capital e o mar: “No mundo, há muitas cidadezinhas encantadoras, mas só

conheço uma que é feita de sonhos... A parte mais antiga fica no alto de uma colina, preservando traços coloridos e a alegria dos primeiros colonizadores açorianos”. Além da ficção, a obra também traz trechos informativos, com dados sobre a cidade, como localização, número de habitantes, entre outras. ►►APRENDER SOBRE NOSSA HISTÓRIA A secretária da Educação, Dalva Maria Provenzi de Carli falou que “este projeto vem de um grande desejo de levar aos alunos patrulhenses a vontade de aprender sobre a nossa história. Deixar registrado algo que seja útil e marque a vida das pessoas”. Ela agradeceu a comissão organizadora, destacando o trabalho da servidora da SEMED, Angelita Borges, o apoio do Seu Jaime e ao prefeito Daiçon Maciel da Silva por acreditar na importância da proposta. O prefeito Daiçon agradeceu ao grande presente que o Município recebeu naquela noite. Agradeceu a todos envolvidos e cumprimentou a escritora por seu brilhantismo e capacidade de emocionar tanto com seu trabalho. Os exemplares serão distribuídos em todas as escolas patrulhenses e também será disponibilizado no formato digital.

AVISO DE LEILÃO PÚBLICO N°. 024/2020 - O Prefeito Municipal de Santo Antônio da Patrulha/RS, Sr. Daiçon Maciel da Silva, torna público que no dia 21 de dezembro de 2020, às 14 horas, no pátio do Parque Rodoviário desta Prefeitura Municipal, será realizado LEILÃO de bens móveis inservíveis de propriedade deste Município, conforme discriminação e avaliação anexas ao Edital de nº. 024/2020, que estará à disposição no site www.santoantoniodapatrulha.rs.gov.br. Os bens estarão expostos à visitação pública no pátio do Parque Rodoviário desta Prefeitura Municipal, sito a Rua Senador Alberto Pasqualini, s/nº, Bairro Marumbi, a partir do dia 04/12/2020 de segunda à sexta-feira, no horário de expediente das 8h às 12h e das 13h às 17h. Informações pelos fones: (51) 3662-8428. Santo Antônio da Patrulha, 02 de dezembro de 2020. DAIÇON MACIEL DA SILVA - Prefeito Municipal

- Folha Patrulhense ‑ 7

o último sábado (28/11) ocorreu o dia de encerramento da 10ª Feira Municipal do Livro de Santo Antônio da Patrulha. O evento que durou quatro dias, foi realizado de forma totalmente virtual através da página facebook.com/prefsSAP e ainda se encontra disponível para o público. Durante o sábado houve três momentos de extrema importância para a literatura patrulhense, contando com a participação do Patrono da Feira Municipal do Livro desse ano, o Prefeito Daiçon Maciel da Silva, e a Escritora Homenageada, a professora Dilce Eclai de Vargas Gil Vicente. Primeiramente ocorreu o lançamento do livro “Anais Semana Acadêmica 2020”, que tem como organizadoras, a Coordenadora do Polo Universitário Santo Antônio, Professora Dilce Eclai de Vargas Gil Vicente e a integrante da equipe do Polo Universitário, Franciele Krumenauer Vieira. Na roda de conversa sobre o livro também estiveram presentes os escritores Edenilson dos Santos Costa e Milena Silva Messagi, que comentaram sobre os alguns artigos presentes na obra. A participação do Grêmio Literário Patrulhense também marcou o dia, com seus representantes Sandreli Bandeira e demais membros da comissão organizadora do livro “Suas Excelências, Os Personagens”. O lançamento ainda contou com apresentação teatral sobre algumas das figuras conhecidas do cotidiano patrulhense, que são homenageadas no 3º volume da obra. O lançamento foi feito de forma inovadora, conduzido pelo ator Alexandre Malta, contando com a trilha sonora do músico patrulhense Manchinha. Destaque especial neste momento para o Dr. Nicanor, escritor homenageado nesta edição. Encerrando o dia, a Presidente do Grêmio Literário Patrulhense, Ana Clara Maciel e a Historiadora Vera Lucia Maciel Barroso realizaram o lançamento do livro “XXXI Antologia Poética Patrulhense – Poesia na Praça”. Ambas contaram um pouco sobre cada edição lançada nesses 31 anos de Poesia na Praça, lembrando o evento Arte na Praça. Realizado na década de 80, na Praça da Matriz no bairro Cidade Alta, apresentava varais com poesias e acabou sendo o principal impulso para o surgimento da Antologia. A Escritora Homenageada da 10ª edição da Feira, Dilce Eclai de Vargas Gil Vicente, se despediu do público, agradecendo a oportunidade. “Foi uma experiência incrível que tive a oportunidade de viver, muito obrigada por me permitirem viver esse momento tão intenso e de tantas emoções e homenagens”. Já o Patrono e Prefeito Daiçon Maciel da Silva diz que “foram quatro dias de muita honraria, com todos os convidados que puderam comparecer nesses quatro dias de Feira do Livro, ter sido lembrado pelos patrulhenses e ser escolhido como Patrono deste ano foi uma grande emoção. Tenho muito orgulho de ter instituído a Feira do Livro em nosso Município há 10 anos e agradeço aos prefeitos anteriores que deram continuidade ao evento e espero que os futuros gestores sigam com a nossa Feira", disse


8 ‑ Folha Patrulhense -

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

TURISMO

Patrulhense preside Associação de Turismo do Litoral Norte Gaúcho FOTOS: DIVULGAÇÃO

O

Reunião de trabalho da Associação de Turismo do Litoral Norte Gaúcho

Jornalista patrulhense Flávio Albano Holmer Rosa, há vários anos radicado em Tramandaí, tem se constituído num entusiasta do desenvolvimento turístico do Litoral Norte. Tendo ocupado cargos importantes no segmento ao qual se dedica, Flávio preside hoje merecidamente pelo trabalho que realiza, a ATL-Norte (Associação de Turismo do Litoral Norte Gaúcho). Residindo atualmente em Nova Tramandaí ele continua sendo um apaixonado pela causa que abraçou. A Folha mostra à comunidade um pouco de sua realização. FOLHA PATRULHENSE: Qual a atividade que estás exercendo no Turismo e o que isso representa para ti, que sempre esteve voltado para as causas de divulgação do Litoral Norte. FLÁVIO ALBANO HOLMER ROSA: Atualmente sou Presidente da ATL-Norte, Associação de Turismo do Litoral Norte Gaúcho, entidade criada em 2019, atendendo a determinação da Resolução n° 139/xxxx, do Ministério do Turismo, que a torna um órgão oficial junto a Secretaria Estadual de Turismo, a Confederação Nacional dos Municípios e ao próprio Ministério do Turismo. Como Presidente da ATL-Norte fui indicado membro titular do Conselho Estadual de Turismo – SEDETUR, e após convidado a compor o grupo de Gestores do Turismo

da CNN-Brasília, formado por Gestores Públicos e convidados. FOLHA: Qual a tua linha de trabalho à frente da entidade? FLÁVIO: A Região Litoral Norte compreende 21 municípios de Torres a Mostardas, mesclada entre grandes centros como: Osório, Torres, Capão da Canoa/Xangri-la, Tramandaí/Imbé, Cidreira/Balneário Quintão; a pequenos municípios como Caraá e os municípios da encosta da serra ao longo da BR101, isto faz com que tenhamos um mesmo olhar, mas com ações diferentes. A ATL-Norte como instituição tem a responsabilidade de reunir os municípios como seus filiados para que possa interagir como órgão que atue não só no desenvolvimento turístico, mas também econômico e assim estruturar a dinâmica do turismo. Somente as cidades associadas podem receber recursos tanto Nacional quanto Estadual para projetos na área turística, recursos estes proporcionais a classificação do município numa escala de A a E. Sendo assim, a ação da ATL-Norte orienta e colabora na formação dos Conselhos, departamentos e Secretarias do Turismo, para que todos estejam aptos a apresentarem projetos visando a realização de eventos e criação da estrutura turística da região. FOLHA: Qual o nosso potencial turístico? E com relação à tua terra natal, julgas que o Tu-

rismo está sendo bem explorado, ou falta muita coisa até alcançarmos esse objetivo? FLÁVIO: Quanto a Santo Antônio da Patrulha eu sempre acreditei no imenso potencial turístico, uma cidade centro geográfico de uma população de mais de 4 milhões de habitantes, servido por excelentes rodovias e com uma diversificada segmentação turística, apenas administrada de forma desordenada, não existe um planejamento para ações de médio, curto e longo prazo. Nós na ATL-Norte temos planejamento elaborado pelo COREDE do Litoral para ser desenvolvido até 2025. Este planejamento é flexível, podendo ser alterado, tendo suas diretrizes substituídas ou acrescentadas. Voltando a Santo Antônio da Patrulha vejo que a atual administração executou um bom trabalho em relação a estrutura de atrativos, com restauração e modernização do Centro Histórico, mas ao mesmo tempo deslocando os eventos para outros bairros da cidade, não havendo uma interação entre o turista e o atrativo. Este desencontro, faz com que haja um desestímulo nos investimentos na área de serviços que o turista necessita, como: bares, lojas de artesanato, pontos de venda de produtos típicos como cachaça, rapadura e o próprio sonho. Tem que haver um sincronismo entre ambos. FOLHA: Qual a linha turística mais importante que julgas merecer uma atenção especial? FLÁVIO: Quanto a classificação turística, é inadmissível que apesar do desenvolvimento que a cidade alcança ela esteja na colocação D. Embora tenham ótimos hotéis e restaurantes, falta um planejamento e atualização, por parte da administração da cidade, sobre as normas

que atualmente regem o do Sul vem conseguindo turismo no Brasil. bons resultados, somos Na realidade, em tese, o segundo estado em tunão existe uma segmenrismo de negócios e contação mais importante, ela gressos, seguimento que dependendo das caractepouco aparece na mídia rísticas e vocação de cada mas deixa ótimos resultamunicípio, ou seja, deve dos econômicos. ser feito um inventário tuFOLHA: O que mais rístico e então partir para gostarias de acrescentar. o planejamento, sempre FLÁVIO: As regiões observando o que pode vir serranas, Hortênsias e em curto prazo e que pode Uva e Vinho, continuam servir de suporte para o liderando o fluxo turístico projeto seguinte, e assim no nosso estado. Mas, nosucessivamente. vos polos estão começanPor exemplo, agora do a chamar a atenção do temos a Rota da Rapacentro do país, como por dura asfaltada, mas para exemplo a Rota das Misque ela apresente bons sões, com a cidade de São resultados, deve merecer Miguel das Missões, único atenção dos moradores patrimônio histórico muncom ajardinamento, limdial no estado reconhecipeza ao longo da rododo pela UNESCO. Com o via e, especialmente, que espetáculo diário de Som nos finais de semana as e Luz e bons hotéis, São fábricas tenham ponto Miguel das Missões se torde venda para oferecer a na um novo destino interpossibilidade de compra nacional. do produto ao turista. E Outras regiões que esobviamente a divulgação. tão buscando seu espaço Acredito que o prefeito são: Costa Doce, com eleito, Rodrigo Massulo, polo principal na cidade vai dar uma atenção difede Pelotas; Região dos renciada ao turismo, tenVales, destacando-se a do em vista que é a única cidade de Santa Cruz do atividade que pode gerar Sul, e; a Fronteira Oesrenda para a população te, com seus FreeShops. de toda a cidade, e não Em breve iremos ouvir só para hotéis e restaubastante das cidades de rantes, como a maioria Soledade e Ametista do dos leigos vem o resultaSul, nas regiões de Alto do do turismo. da Serra do Botucarai e FOLHA: Como o BraRota Águas e Pedras, sil vê hoje o turismo gaúrespectivamente, com cho? É apenas Gramado seu turismo voltado para como foco principal, ou o comércio das pedras há outros pontos que se semipreciosas. destacam Brasil afora? FLÁVIO: Atualmente o Rio Grande do Sul, como todo o país, está passando, apesar da pandemia, uma nova fase através da política da regionalização, mas nós enfrentamos mais dificuldades por sermos o estado com as maiores taxas de impostos do país. Porém, mesmo assim, Presidente da Associação, Flávio Rosa o Rio Grande


OBITUÁRIO

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

Tristeza e lágrimas na despedida de Silvano

Silvano deixa mensagem em bloco de notas e pede para filha divulgar

FOTO: DIVULGAÇÃO

eles seguiram o cortejo fúnebre com o carro da Funerária Catelli até o entroncamento da Rua Capitão José Machado da Silva, a Rua do Jockey Clube, com a ERS-474, a mesma rodovia que Silvano tanto utilizava nos fins de semana, pedalando sua inseparável bicicleta, muitas vezes acompanhado de sua esposa, Ângela Kátia. De lá, o corpo seguiu pela freeway até o Crematório Metropolitano, onde foi cremado. As cinzas provavelmente serão jogadas no trajeto tantas vezes por ele percorrido nas maratonas ciclísticas.

A

comunidade patrulhense e regional se despediu de maneira triste e emocionada, não conseguindo conter as lágrimas, quando o caixão com o corpo do grande médico Silvano Fonte Marques, cidadão exemplar, deixou a Câmara de Vereadores ao meio dia de segunda-feira (30/11), sendo saudado com uma salva de palmas e pela homenagem emocionante prestada pelo seu amado grupo SAPedal, com quem ele conviveu durante muito tempo. E como amigos inseparáveis,

A filha do médico Silvano, Lívia, divulgou uma mensagem atribuída ao pai, que deixou em seu bloco de notas antes de morrer e que é dirigida a todos: "Se eu morrer encaminhem ao grupo HSVP Meus amigos e colegas, se estiverem lendo isso aqui é porque morri! Gostaria de deixar um carinhoso abraço a todos, sempre fui tratado com respeito por vocês. Aproveitem a vida nas pequenas coisas do dia, aí a gente é feliz. Não esperem 25 anos prá fazer uma Eco Abdominal. Isso mata! Façam antes! Valeuuuu, gente, demorem a subir. Viver é muito bom!"

► QUEM ERA SILVANO Com 57 anos de idade, natural de Dom Pedrito, Silvano Fonte Marques nasceu em 23 de março de 1963, sendo casado com a também pediatra dra. Ângela Kátia Bottin Marques. Silvano deixa três filhos: Laura, do relacionamento anterior, Gabriel e Lívia do casamento com Kátia. Ele deixa também uma neta, Sara, de um ano de idade. Diagnosticado com câncer há dois anos e meio, ele sempre foi uma pessoa que buscou lutar contra a doença, porém, foi por ela vencido. Silvano trabalhou como médico concursado durante 23 anos na Prefeitura Municipal, além de ter consultório particular com sua esposa na Cidade Alta. Silvano Marques atuou também como chargista da Folha Patrulhense, além de ter mantido uma coluna semanal durante muito tempo em nosso Jornal, sob o pseudônimo Antônio Maria de Assis, escrevendo contos sempre de grande aceitação popular. O conhecido médico era também escritor tendo publicado alguns livros. Pessoa simples e bastante popular, sua morte causou muita comoção na comunidade.

Internet de verdade

‑ Folha Patrulhense ‑ 9

INB agora é parte do grupo Vero

Confira os nossos novos planos! Leia o QrCode com o seu telefone e conheça!

0800 654 3210

www.inbtelecom.com.br

inbtelecom


SAÚDE

10 ‑ Folha Patrulhense - Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

Teste anti-HIV pode ser feito nas unidades de Saúde do Município Em primeiro deste mês transcorreu o Dia Mundial de Combate ao HIV, uma doença silenciosa que na maioria dos casos demora a apresentar sinais. Ter o HIV não é a mesma coisa que ter AIDS. Há muitos soropositivos que vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença. Mas podem transmitir o vírus a outras pessoas pelas relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento de seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação, quando não tomam as devidas medidas de prevenção. Por isso, é sempre importante fazer o teste e se proteger em todas as situações. ►►CUIDADOS

Conhecer o quanto antes a sorologia positiva para o HIV aumenta muito a expectativa de vida de uma pessoa que vive com o vírus. Quem se testa com regularidade, busca tratamento no tempo certo e segue as recomendações da equipe de saúde ganha muito em qualidade de vida. Por isso, se você passou por uma situação de risco, como ter feito sexo desprotegido ou compartilhado seringas, faça o teste anti-HIV. O diagnóstico da infecção pelo HIV é feito a partir da coleta de sangue ou por fluido oral. No Brasil, temos os exames laboratoriais e os testes rápidos, que detectam os anticorpos contra o HIV em cerca de 30 minutos. Esses testes são realizados gratuitamente pelo SUS, nas unidades de Saúde do Município, de forma totalmente anônima, preservando a identidade do paciente.

Santo Antônio registra mais 199 novos casos de Covid-19 em uma semana

A

Secretaria Municipal da Saúde, através da Vigilância em Saúde, comunicou terça-feira (01), que foram registrados 51 novos casos da COVID-19 no município. Há 221 casos suspeitos através de coleta e aguardando o resultado. Os testes realizados somam 4326, destes 1900 por testagem rápida e 2426 para coleta laboratorial. Os casos confirmados somam 1396, sendo que destes, 813 foram exames feitos pelo Laboratório do Estado, 327 foram através de testagem rápida e 127 de coleta laboratorial particular. Destes, 1102 pacientes já

estão curados. Temos 11 pessoas internadas em leitos clínicos, 01 em Porto Alegre e 10 no HSAP. E 04 pessoas internadas em UTIs, 02 em Porto Alegre, 01 na cidade de Garibaldi e 01 em Osório. Desde a última atualização feita pela Folha Patrulhense semanalmente, foram registrados 199 novos casos entre terça-feira (24/11) e anteontem (01). No dia 30 de novembro, também foram registrados 2 óbitos com resultado positivo para Covid-19. Um homem de 80 anos, que estava internado no HSAP e o outro caso, uma mulher de

79 anos, totalizando 36 óbitos pela doença no município.

Médico alerta para situação dramática provocada pelo aumento de Covid-19 no Litoral Norte

FOTO: GOOGLE

Vivemos uma situação delicada e que teve um agravamento em consequência dos últimos feriados e eventos políticos desde o dia 2 de novembro, até após o período eleitoral, fazendo com que a média de doentes diários, que em outubro era de 81 casos, passasse a 164 casos diários no mês de novembro”. A afirmação é do médico Joaquim Dellamora Mello, responsável técnico pelo Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia. De acordo com ele, pode-se perceber que é uma situação que começa a ficar fora do controle. “Temos que destacar que a única forma que existe para que esses números voltem ao controle e a curva sofra um achatamento, é de que a população entenda que o método eficaz é o distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização das mãos, porque o vírus só consegue contaminar pelo contato através do nariz, olhos e boca”. ►►AUTOCONTAMINAÇÃO Explica o dr. Joaquim que a própria pessoa se autocontamina ao tocar em uma superfície onde há o vírus que pode permanecer viável para contaminar por até cinco a sete dias, podendo produzir as condições necessárias para que o vírus desenvolva a doença no seu organismo. Após o micro-organismo se instalar, o que existe é apenas um tratamento de suporte para melhorar a função respiratória do paciente, a fim de que a pessoa possa respirar melhor, mas efetivamente uma terapêutica eficaz ainda não foi encontrada, por se tratar de uma virose contra a qual ainda não existe remédio. “É preci-

so que a população entenda a gravidade e a importância dessas medidas que estão sendo transmitidas de maneira contínua há nove meses e que agora, meio que caiu no senso comum, pelo fato das pessoas manifestarem cansaço pelo longo confinamento, reagiram fazendo uma negação de todas as recomendações como se a doença pudesse estar controlada, o que infelizmente não é verdade, nem real, porque as pessoas continuam adoecendo e morrendo por causa dessa doença”, alerta. ►►COLAPSO Acrescenta o dr. Joaquim Dellamora Mello que especialmente na região do Litoral Norte, o que se observa é que o sistema de atendimento médico está muito próximo do colapso “e, se não conseguirmos conscientizar a população, em pouco tempo – infelizmente não teremos como dar conta de atender os doentes, porque a velocidade com que a doença cresce, é muito maior do que a das pessoas que melhoram e têm alta. E por esse motivo, por causa de internações longas, isso inviabiliza a possibilidade de recebermos e cuidar de novos pacientes”. ►►MORTES O médico revela que, em novembro, Santo Antônio apresentou uma média diária de 1,9 pessoas morrendo especificamente de Covid. “O que temos observado é que esse número aumentou 81%. Se olharmos essa curva, podemos identificar o comportamento da doença, e isso mostra um futuro muito preocupante. Se não houver conscientização, teremos grandes problemas e muitas dificuldades

Dr. Joaquim Dellamora Mello para dar conta do atendimento”.

►►LEITOS CLÍNICOS

Revela o dr. Joaquim Dellamora que normalmente o Hospital Santo Antônio da Patrulha tinha uma média de 6 a 8 pacientes, mas na terça-feira da semana passada esse número chegou a 42 internações. “No momento há quatro pacientes com ventilação mecânica. Não temos UTI e não conseguimos transferir pela impossibilidade de os hospitais receberem novos pacientes. Na segunda-feira (30/11), conseguimos transferir uma paciente de 39 anos para Tramandaí após muita pressão. E naquele momento havia na sua frente, 36 pessoas necessitando de um leito de UTI”.

►►APELO

Finalizando, o médico responsável técnico pelo Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia reforça o pedido a todos para que respeitem o distanciamento social, a utilização de máscaras e a higienização das mãos, única maneira eficaz de se evitar o contágio, porque quando surgir a vacina, não será possível imunizar 212 milhões de brasileiros de um momento para outro, sendo necessário um tempo mais longo e isso vai representar um número maior de novos doentes e de óbitos.


GERAL

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020 - Folha Patrulhense ‑ 11

Primeira audiência de médico que é acusado pela morte de adolescente na freeway vai ser em março do ano que vem FOTO: DIVULGAÇÃO

A

Bárbara e seu pai

matéria é de autoria do jornalista Vitor Rosa, do Grupo RBS e foi publicada em Gaúcha ZH. Estamos divulgando uma síntese da reportagem que aconteceu no dia 3 de março de 2019. A primeira audiência marcada pelo Juiz Felipe Roberto Palopoli acontecerá exatamente no dia em que se completarão dois anos do acidente e que aconteceu na freeway em Santo Antônio da Patrulha. Eis tópicos da matéria de Vitor Rosa: “Após um ano, oito meses e 23 dias, a Justiça marcou a primeira audiência sobre a colisão provocada por um médico bêbado e que resultou na morte de Bárbara Andrielle Mendes de Moraes, 15 anos, na freeway, em Santo Antônio da Patrulha. A moto em que ela estava, viajando com um amigo da família ao lado da moto

ocupada pelos pais dela, foi atingida em cheio e arrastada por 74 metros uma BMW X5 conduzida por Leandro Toledo de Oliveira. Serão ouvidas 16 testemunhas em Osório, Tramandaí, Gravataí, Montenegro, Santo Antônio da Patrulha e Porto Alegre, todas por videoconferência. Outras duas, moradoras de outros Estados, serão ouvidas em outras datas. O juiz Felipe Roberto Palopoli marcou os depoimentos para acontecerem no exato dia em que o caso completará dois anos, em 3 de março de 2021. Na decisão, o magistrado também nega o pedido do médico de voltar a ter sua carteira nacional de habilitação (CNH), além de não autorizar a revogação de medidas cautelares, como a proibição de se ausentar da comarca onde reside. Em julho deste ano, os

três policiais rodoviários federais que atenderam a ocorrência, não submeteram o médico ao bafômetro e só comunicaram o caso à Polícia Civil 85 horas depois, pagaram multa em uma transação penal oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) e se livraram da ação na Justiça. Eles respondiam por prevaricação, quando um agente público retarda, deixa de praticar ou pratica indevidamente sua função para satisfazer interesse ou sentimento pessoal. Em 19 de junho de 2019, a Justiça de Santo Antônio da Patrulha tornou o médico réu por homicídio doloso eventual — quando se assume o risco de matar — duplamente qualificado e outras três tentativas de homicídio. Segundo a denúncia, "bêbado e em alta velocidade", o acusado atingiu duas motocicletas na BR290, a freeway, no dia 3 de março de 2019, causando a morte de Bárbara. A batida do carro do médico com as duas motos também feriu o pai, a mãe e um amigo da família da adolescente, que viajavam juntos e foram arremessados com a força da colisão. A mãe da vítima quebrou os ossos de uma das pernas e até hoje não conseguiu voltar ao trabalho.

Com um cartão de R$ 2,50, apostador patrulhense ganha mais de 680 mil reais Um apostador patrulhense, até agora desconhecido e que fez uma aposta simples de R$ 2,50 no concurso 2.092 da Lotofácil, é o feliz ganhador do prêmio de R$ 683.727,57 realizado no dia 26 de novembro último em São Paulo. Ele fez a aposta no Magro Loterias que se localiza na Cel. Victor Villa Verde. Até esta terça-feira (01) ele ainda não havia comparecido para retirar o prêmio a que fez juz. A curiosidade é bastante grande, especialmente pelo fato de ter sido uma aposta simples feita por ele. Reni Machado afirma que é a primeira vez que alguém em sua loja leva um prêmio tão expressivo. Com o ganhador patrulhense, outros três apostadores, sendo mais um gaúcho de Porto Alegre, outro de Papagaios (MG) e um quarto de Macaé (RJ), receberão, cada um, a mesma quantia. ►OS ► NÚMEROS SORTEADOS Os números sorteados em São Paulo foram estes: 01 - 02 - 03 - 05 - 07 - 09 - 11 - 13 - 15 - 17 18 - 19 - 20 - 22 - 25 ►PREMIAÇÃO: ► 15 acertos: 4 apostas ganhadoras, R$ 683.726,57 14 acertos: 749 apostas ganhadoras, R$ 446,14 13 acertos: 21.396 apostas ganhadoras, R$ 25 12 acertos: 196.339 apostas ganhadoras, R$ 10 11 acertos: 821.513 apostas ganhadoras, R$ 5 *Apostas de Porto Alegre (RS), Santo Antônio da Patrulha (RS), Papagaios (MG) e Macaé (RJ)

LEILÃO EXTRAJUDICIAL DE IMÓVEIS 1º Leilão dia 14/12/2020 - 2º Leilão dia 16/12/2020, ambos às 15 hs.

02 IMÓVEIS LOCALIZADOS EM RIO GRANDE DO SUL: TRAMANDAÍ, SANTO ANTONIO DA PATRULHA.

Fernando Gonçalves Costa, Leiloeiro Público Oficial e Rural, inscrito na JCDF sob o nº 10/99, comunica a todos quanto ao presente edital virem ou dele conhecimento tiverem que devidamente autorizado pela CAIXA CONSÓRCIOS S/A ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS, inscrita no CNPJ sob nº 05.349.595/0001-09, com sede em Brasília - DF, promoverá a venda em Leilão Público com base no artigo 27 da Lei 9.514/97 e da Lei 21.981/1932, nas seguintes condições: 1º Leilão no dia 14 de dezembro de 2020, às 15 hs; 2º Leilão no dia 16 de dezembro de 2020, às 15 hs; Local do Leilão: Escritório do leiloeiro, no SOF/Norte Qd. 01, Conj. “A”, Lote 08, Brasília-DF. Imóveis objeto do Leilão: LOTE 07 - TRAMANDAÍ / RIO GRANDE DO SUL: Apartamento nº 216 localizado no Bloco D do Edifício Galeria do Comércio, à Avenida Emancipação, Tramandaí/RS, com a área privativa de 54,85m2, área de participação e participação de uso comum, ou seja, 10,58m2 e área total de 65,43m2 correspondendo-lhe no terreno a fração ideal de 65,43/3.387,88, parte ideal a ser deduzida de 2.908,72/3.387,88. Matrícula 9.695 do Registro de Imóveis de Tramandaí/RS. Grupo 509 Cota 214. Valor mínimo no 1º Leilão R$ 140.000,00 (cento e quarenta mil reais); Valor mínimo no 2º Leilão R$ 194.119,01 (cento e noventa e quatro mil, cento e dezenove reais e um centavos); LOTE 08 - SANTO ANTONIO DA PATRULHA / RIO GRANDE DO SUL: Terreno urbano com área de 300,00 m2 e construção não averbada, localizado no lote 10 da Quadra A, Rua Otávio Luiz da Silveira, Loteamento Lomba da Páscoa, Bairro Várzea, Santo Antônio da Patrulha/RS. Matrícula 10.735 do Registro de Imóveis da Comarca de Santo Antônio da Patrulha/RS. Grupo 427 Cota 221. Valor mínimo no 1º Leilão R$ 142.000,00 (cento e quarenta e dois mil reais); Valor mínimo no 2º Leilão R$ 49.219,06 (quarenta e nove mil, duzentos e dezenove reais e seis centavos); Ficam os devedores desde logo intimados através deste edital, caso não sejam localizados. Condições de pagamento: à vista mais a comissão do Leiloeiro de 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação. Informações: (61) 3465-2203 / 3465-2542 ou contato@multleiloes.com. Fernando Gonçalves Costa - Leiloeiro Público Oficial Rural

Edital completo, fotos e Leilão on-line:

www.multleiloes.com

Instagram: @multleiloes


SEGURANÇA PÚBLICA

12 ‑ Folha Patrulhense ‑ Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020

FOTO: DIVULGAÇÃO

U

ma mulher morreu atropelada na quinta-feira (26/11), na Rua Sete de Setembro, altura do número 586. Segundo o sargento Dornelles, do Corpo de Bombeiros Militar que prestou o socorro inicial, a vítima, identificada como Maria Lúcia Cônsul tinha 40 anos e era natural de Santo Antônio da Patrulha. Conforme o soldado Dornelles do CBM-SAP que prestou o socorro inicial, a vítima chegou a ser conduzida ao Hospital Santo Antônio da Patrulha da Santa Casa de Misericórdia, mas não resistiu aos ferimentos sofridos. A Brigada Militar atendeu a ocorrência. Colaborou Odília Machado

Homem é preso por descumprir medida protetiva e por posse de arma em Caraá

U

m homem morreu afogado no domingo (29/11), por volta do meio dia, na praia da Lagoa dos Barros. Identificado como sendo Eder Lima da Fontoura (41), ele era natural de Gravataí e fora passar o domingo com familiares naquele local. Eder entrou na água juntamente com um sobrinho, pelo que o Corpo de Bombeiros Militar foi informado, levando consigo um colchão de ar. Em certo ponto da margem o artefato virou, impulsionado pelas ondas, fazendo O corpo do banhista Eder Lima da Fontoura foi encontrado com que tio e sobrinho se desequicerca de seis horas após o seu desaparecimento librassem. De acordo com o que familiares informaram aos bombei► PRAIA ros, Eder não sabia nadar e desapareceu nas Com a chegada do verão e o aumento da águas. Já o menino foi salvo à tempo por um temperatura começa a haver procura pelas banhista que estava próximo. praias, inclusive domésticas e, mesmo com O CBM-SAP foi mobilizado para tentar locaa pandemia, muitos se deslocam para estes lizar o banhista, tendo utilizado um bote próprio pontos. Por isso é importante todo o cuidado e apesar das tentativas, não conseguiram loquando alguém quiser entrar na água porque, calizar o afogado. sendo necessário acionar o se não houver salva-vidas no local, o risco de Grupo de Buscas e Salvamentos do CBM, que acidentes sempre existe. com o Setor de Mergulho começou a procurar Como é normal, neste verão mais uma vez o corpo do banhista que foi localizado entre os bombeiros estarão, tão logo inicie a tem18h30min e 19 horas ainda de domingo. porada, com equipes de salvamento no local, A Perícia foi acionada e após o trabalho inicomo já aconteceu em anos anteriores. cial, o corpo foi removido ao PML.

Casal que morreu na freeway era de Gramado C

onforme noticiamos na edição anterior, um grave acidente ocorreu na freeway km 10, pouco antes do meio dia de quarta-feira (25/11). De acordo com o que informou o portal O Diário, Vinícius Zorzanello (43) e Adriana Zorzanello (41), eram membros de família tradicional de Gramado, detentora da marca Chocofest e promotora de diversos eventos no Estado. O casal viajava seguidamente para o Litoral porque pretendia abrir uma filial do seu Restaurante Toro em Atlântida. Como noticiamos na edição anterior, além de Vinícius e Adriana, também morreu o motorista do caminhão, que era de Criciúma e que transportava uma carga de botijões de gás. A colisão foi frontal e os três morreram na hora, além do cachorro da família de Gramado.

Ligue e anuncie

3662.1777

FOTO: DIVULGAÇÃO

A

Brigada Militar, em apoio ao Conselho Tutelar, prendeu um homem por descumprir medida protetiva de urgência e posse irregular de arma de fogo, na noite de quinta-feira passada (26/11), em Caraá. Os policiais militares foram até a residência devido ao Conselho Tutelar ter recebido diversas denúncias que o homem estaria descumprindo medida protetiva, sendo encontrado na residência de sua ex-companheira. Conforme denúncias, o indivíduo teria irregularmente em sua residência uma arma de fogo. Foi realizado averiguação e localizada uma espingarda calibre 16 e 19 munições. O homem foi preso e apresentado na Delegacia de Polícia.

Banhista morre afogado na Lagoa dos Barros

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Mulher morre atropelada na Rua Sete de Setembro

Adriana e Vinícius Zorzanello


COLABORADORES

Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020 - Folha Patrulhense ‑ 13


14 ‑ Folha Patrulhense ‑ Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020 EDITAIS DE CASAMENTO

EDITAL DE CASAMENTO

Bel. Édison Renato Kirsten, Registrador do Registro Civil e Especiais de Santo Antônio da Patrulha/RS, situado na Rua Cel. Vicente Gomes, nº 415., Santo Antônio da Patrulha/RS, horário de atendimento das 9h às 11,30h e das 13,30h às 17h.

Cartório de Caraá - Comarca de Santo Antônio da Patrulha, Rua Inácio Rabelo dos Santos, 14, Centro, Caraá, RS. Marcus Vinícius Pospichil Knevitz, Registrador Designado, faz saber que pretendem se casar:

Faz saber que pretendem se casar: Edital número 6870 - PAULO CESAR D'AVILA PORTAL, filho de Paulo Gil Portal e Maria D'Avila Portal e MARIA REGINA FERREIRA, filha de Heitor Dias Ferreira e Leonésis Vicente Ferreira. Se alguém souber de algum impedimento oponha-o na forma da Lei. Santo Antônio da Patrulha/RS, 30 de novembro de 2020. BEL. ÉDISON RENATO KIRSTEN Registrador

Edital nº 1640: JOÃO DE OLIVEIRA, filho de Ibraim Manoel de Oliveira e Anita Bonfante de Oliveira DANIELE APARECIDA DE OLIVEIRA, filha de Carlos Roberto de Oliveira e Catarina Andrade Velho de Oliveira. Edital nº 1641: PAULO CESAR PARODI, filho de Waldomiro Parodi e Leontina Parodi SIDELMA MARTINS DE FRAGA, filha de Arlindo Martins de Fraga e Delair Teresinha Martins de Fraga Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei.

EXPEDIENTE: Rodrigo Massulo, Dirceu Machado, Valtair Andrade e André Selistre PP – Solicitam para que a Secretaria Municipal de Obras, Trânsito e Segurança promova a roçada na localidade de Côlonia Soares (Cafundó); Adelino Stecanela MDB – Solicita para que sejam remetidas a esta Casa Legislativa, no prazo legal de 30(trinta) dias, informações sobre para onde estão sendo levados os moradores de rua que estão em nosso município, principalmente os que ficam na Praça Aristides Brito, em frente à empresa Masal; Manoel Adam MDB - Encaminha a Secretaria Geral de Governo, Planejamento e Gestão, Natália Costa, para que seja promovido o projeto de regularização fundiária, iniciando nas ruas Alcebíades S. Antunes, Pedro G. de Oliveira, Emiliano Gil Portal, e Teobaldo Delfin de Oliveira até encontro com a Rua Jacó Bier Filho, no Bairro Cohab e Vila Rica; Samuel Souza PTB - Encaminha a Ilma. Senhora Raquel Porcher, Presidente do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao COVID-19, solicitando uma análise e reestudo a respeito da viabilidade de reabertura de academias e quadras esportivas; Eronita Andrade e João Luís Moreira PTB – Encaminharam a Ilma. Senhora Raquel Porcher, Presidente do Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao COVID-19, solicitando que estudem a possibilidade de reabertura da hidroterapia; Jorge Eloy de Oliveira PTB – Solicita para que a Secretaria Municipal de Obras, Trânsito e Segurança, realize uma revisão geral, bem como os consertos necessários em todas as luminárias das localidades de Catanduva Grande e Pinheirinhos. ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 30.11/2020: PL Nº 141/20 que Autoriza o Poder Executivo a proceder à extinção da AGASA - Cia de Desenvolvimento Econômico e Social, com a transferência do respectivo patrimô-

ASSOCIAÇÃO RECREATIVA MIRAGUAIENSE DE CATANDUVINHA ASSEMBLEIA GERAL CONVOCAÇÃO Convocamos todos os associados para a Assembleia Geral, a realizar-se no dia 15 de dezembro de 2020, tendo como local sua sede em Catanduvinha, obedecendo a seguinte Ordem do Dia: 1ª Chamada às 19 horas. 2ª Chamada às 19h30min, para deliberar: 1 - Eleição da Nova Diretoria 2020/2021. 2 - Prestação de Contas. Sua presença é muito importante.

Caraá, 01 de dezembro de 2020

Catanduvinha, 30 de novembro de 2020

Marcus Vinícius Pospichil Knevitz Registrador Designado

Alair Fernandes da Rosa Silva Presidente

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PATRULHA 42ª REUNIÃO ORDINÁRIA EM 30.11.2020

PUBLICAÇÕES LEGAIS

nio ao Município de SAP/RS; PL Nº 142/20 que Autoriza o Poder Executivo a proceder à extinção da Fundação Educacional Agrícola de SAP - FEASA, com a transferência do respectivo patrimônio ao Município; PL Nº 143/20 que Abre Crédito Especial por Redução Orçamentária, no Orçamento Municipal, no valor de R$ 7.000,00 - Ação Indireta AGASA; PL Nº 144/20 que Abre Crédito Especial por Excesso de Arrecadação, no Orçamento Municipal, no valor de R$ 5.000,00 - Obrigações Patronais AGASA; PL Nº 145/20 que Abre Crédito Especial por Excesso de Arrecadação, no Orçamento Municipal, no valor de R$ 15.000,00 - Serviços de Terceiros AGASA; PL Nº 159/20 que Dispõe sobre a concessão de subsídio financeiro às empresas de transporte público coletivo de passageiros, em virtude da calamidade pública devido à epidemia causada pelo novo Coronavírus (COVID-19). PROJETOS EM TRAMITAÇÃO: PL Nº 55/20 Autoriza contratação temporária de Instrutores; PL Nº 73/20 Autoriza contratação temporária de 01 Instrutor de Artes, 01 Instrutor de Esportes e 01 Instrutor de Música; PL Nº 119/20 Obriga a manutenção de equipe de bombeiros profissionais civis nos estabelecimentos que especifica; PL Nº 154/20 Estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício financeiro de 2021; PL’S Nº 102/20, Nº 128/20 e Nº 134/20 Denominações as Estradas nesta cidade; PL’S Nº 117/20, Nº 118/20 e Nº 121/20 Denominações as Ruas nesta Cidade; PL Nº 124/20 Dispõe sobre a criação do programa troco solidário no município de SAP; PL Nº 125/20 Dispõe sobre a obrigatoriedade de hipermercados, supermercados, atacados e similares, no âmbito do município de SAP, possuírem carrinhos de compra adaptados para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida; PL Nº 135/20 Dá denominação a uma Praça nesta Cidade; PL Nº 158/20 Altera dispositivos da Lei Municipal nº 3.015, de 29 de dezembro de 1995, que Cria o Conselho Municipal de Meio ambiente e Saneamento Básico, com alterações posteriores; PL Nº 160/20 Altera dispositivos da Lei Municipal n° 8.556, de 26 de

LEGISLATIVO INFORMA "Doe Orgãos, Doe Sangue: Salve Vidas!" "Crack: a pedra da morte!" agosto de 2020, que Dispõe sobre o serviço de transporte motorizado privado e remunerado de passageiros na categoria aplicações de internet no Município de SAP; PL Nº 162/20 Altera dispositivos na Lei nº 6.477, de 21 de março de 2012, que dispõe sobre o quadro de cargos e funções públicas do Poder Legislativo de SAP, estabelece o plano de carreira dos servidores, com alterações posteriores, em especial Lei nº 8.096/18; PL Nº 163/20 Abre Crédito Suplementar por Redução Orçamentária ,no Orçamento Municipal, no valor de R$ 924.493,94. Custeio atenção básica; PL Nº 164/20 Abre Crédito Especial por Excesso de Arrecadação , no Orçamento Municipal, no valor de R$ 468.146,70 SEMSA; PL Nº 165/20 Abre Crédito Especial por Excesso de Arrecadação , no Orçamento Municipal, no valor de R$ 10.060,69 SEMSA; PL Nº 166/20 Abre Crédito Especial por Excesso de Arrecadação , no Orçamento Municipal, no valor de R$ 72.100,00 SEMSA; PL Nº 167/20 Abre Crédito Especial por Excesso de Arrecadação , no Orçamento Municipal, no valor de R$ 22.162,53 SEMSA; PL Nº 168/20 Abre Crédito Especial por Excesso de Arrecadação , no Orçamento Municipal, no valor de R$ 121.348,01 SEMSA; PL Nº 169/20 Abre Crédito Especial por Excesso de Arrecadação , no Orçamento Municipal, no valor de R$ 96.510,18 SEMSA; PL Nº 170/20 Abre Crédito Especial por Auxílio/Convênio, no Orçamento Municipal, no valor de R$ 315.656,25 SEMCTE; PLC Nº04/20 Altera dispositivo da Lei nº 4.746, de 30 de setembro de 2005, que Institui o Código de Vigilância em Saúde; PLC Nº05/20 Altera dispositivo da Lei nº 2.674, de 04 de agosto de 1993, que Dispõe sobre o código de Posturas do Município; PDL’S Nº10/20, Nº11/20, Nº12/20, Nº13/20 e Nº14/20 Concedem Títulos de Cidadania Patrulhense. Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Patrulha, Avenida Borges de Medeiros, 602, Cidade Alta. Telefone: 3662.3555.


Quinta-feira, 03 de dezembro de 2020 ‑ Folha Patrulhense ‑ 15

De olho no esporte 384 VEZES RENATO: Homenagem ao recordista

Prof. Antônio Gomes

A data da provável saída do patrulhense Rodrigo Caetano do Inter Diretor-executivo não foi procurado pelos candidatos à presidência para tratar da prorrogação do contrato até o final do Campeonato Brasileiro

Treinador superou a marca anterior, que era do técnico Oswaldo Rolla

uma placa das mãos de Romildo Bolzan. "Estou muito feliz por quebrar essa marca. Agradeço especialmente ao presidente, ao doutor Preis (Adalberto, integrante do Conselho de Administração), ao torcedor e ao meu grupo, se estou aqui é por causa deles. Espero continuar quebrando mais recordes".

para o clube, pois ele só deverá ficar até a 27° rodada do Campeonato Brasileiro, quando o Inter enfrenta o Bahia, em Salvador, no dia 27 de dezembro. Uma semana depois, no dia 3 de janeiro, o compromisso será contra o Ceará, em Fortaleza. Neste jogo, o clube já deverá ter um novo executivo. Se a notícia for confirmada, o que é a tendência, o Inter perderá um profissional extremamente capacitado, e que durante esses dois anos e oito meses teve três propostas (uma delas do Palmeiras) para deixar o Beira-Rio. Recusou todas para cumprir o contrato. Quem vencer a eleição do dia 15 de dezembro (Alessandro Barcellos ou José Aquino Flôres de Camargo), terá que agir rápido para contratar o substituto para assumir já no início de 2021. FOTOS: GOOGLE

Antes de a bola rolar na Arena o técnico Renato Portaluppi foi homenageado pelo clube. O presidente Romildo Bolzan Júnior entregou uma camisa alusiva aos 384 jogos do treinador no comando do Grêmio. Agora, ele é o recordista em toda a história do Tricolor, superando Oswaldo Rolla, o "Foguinho". Renato também recebeu

Rodrigo Caetano não deverá seguir no Inter em 2021. O contrato dele termina no dia 31 de dezembro, e ele não foi procurado por nenhum dos dois candidatos à presidência do clube para tratar da prorrogação do vínculo até o final do Campeonato Brasileiro, em fevereiro de 2021. Nos bastidores, já se sabe que outros nomes foram sondados para a função para a próxima temporada. O diretor executivo chegou ao clube em maio de 2018, e teve participação importante no planejamento e contratações realizadas neste período, além de ser uma figura fundamental nas ações do departamento de futebol. Pelo calendário de jogos alterados por causa da pandemia, a saída de Rodrigo Caetano poderá gerar uma situação de dificuldade

Grêmio x Guaraní-PAR: Hoje às 21h30min Partida é válida pela volta das oitavas de final da Libertadores O Grêmio recebe o Guaraní hoje (3), às 21h30min, na Arena, em jogo válido pela volta das oitavas de final da Libertadores. Confira os detalhes da partida: ► Transmissão • GZH acompanha o jogo em tempo real. • Siga a narração torce-

dora em GZH (App Store e Google Play). Saiba como selecionar seu time clicando aqui. • A Rádio Gaúcha abre a jornada às 20h45min. • O Pré-Jornada começa às 18h50min • Depois da partida, o Balanço Final traz a repercussão do confronto

Inter x Boca Juniors Adiado por conta da morte de Diego Maradona, o jogo de ida das oitavas de final da Libertadores entre Inter e Boca Juniors, no Beira-Rio, aconteceu ontem às 21h30min. A partida de volta ocorre na quarta-feira que vem (09) às 21h30, na Bombonera, em Buenos Aires.

Prof. Antônio Gomes tem um programa na Rádio Itapuí, Panorama Esportivo, aos sábados, das 13h às 14h.


Folha Patrulhense, 03 de dezembro de 2020

Profile for Folha Patrulhense

Edição_03122020  

Edição_03122020  

Advertisement