Page 1

Região Metropolitana de Joinville | Ano 4 - Nº 128 | 05 de Dezembro de 2018

2ª Caminhada Internacional na Natureza

Pedro Antônio Pereira

Esporte Karatecas conquistam medalhas em competição estadual PÁG INA 3

Geral Conferência discutiu direitos das crianças e adolescentes na cidade PÁG INA 8

Educação Aluna de Schroeder lança livro em evento escolar PÁG INA 9

O evento faz parte de um calendário internacional e em São Francisco do Sul foi coordenado pelo IFC PÁGINA 6


OPINIÃO 2

05/12/2018

Crônica

FONE: (47) 3447-7757 E-MAIL: Sinearaquari@gmail.com

Confira as vagas de emprego divulgadas nesta semana O Sistema Nacional de Empregos de Araquari (Sine), que está vinculado a Secretaria de Desenvolvimento, divulgou nesta segunda-feira, 03 de dezembro, as vagas de emprego. Para se candidatar a uma dessas vagas é preciso comparecer ao Sine, que fica no Centro Comercial Ancoradouro, localizado na Rua Coronel Almeida, salas 14 e 15, das 8h às 12h e das 13h às 17h, com RG, CPF e Carteira de Trabalho. Confira as vagas: Costureira Cozinheira Agente de prevenção Serviços gerais Operador de motoniveladora Aux. de produção Soldador Caldeireiro Torneiro Convencional Operador de Acabamento Vazador Tec. De manutenção de rede de gás natural Motorista Operador de muck Aux.Administrativo Monitor de informática Professor de inglês Pizzaiolo Passador de carnes Garçom Churrasqueiro Fresador Convencional Desenhista Projetista Caldeireiro Aux. de Caldeireiro Eletricista Predial

Expediente Diretor Geral: Antônio Eduardo Pereira Contatos: direcao.folha@gmail.com Diagramação: Pedro Antônio Pereira Facebook: www.facebook.com/FMJoinville Instagram: @Grupo_folha_metropolitana WhatsApp: (47) 9 9711-1487 Artigos assinados são de responsabilidade do respectivo autor(a), não refletindo necessariamente a opinião do Jornal Folha Metropolinata

VITÓRIA VITORIAFLORES.ESCRITORA@GMAIL.COM Olá amigas, no meu último texto eu estava tão ansiosa em escrever pra vocês que nem me apresentei... Vamos lá: O meu nome é Vitória, sou uma jovem senhora de trinta e poucos anos, mãe, esposa, trabalhadora de fora e de dentro de casa (eu gostaria de inserir um emoji aqui rsrs) e nas horas vagas eu gosto de escrever sobre as coisas que ficam "martelando na minha cabeça" e são essas inquietações que eu resolvi dividir com vocês, quem sabe a gente se ajuda. Por pensar muito nas questões que envolvem o universo feminino e do nosso papel na sociedade a coluna, dedicada a mim nesse espaço se chama Mulher S/A, mas nada impede que os homens também a leiam ok!

Balanço de Fim de Ano

O

ano está chegando ao fim e nessa hora a gente olha pelo retrovisor e pensa bem em tudo o que foi bom ou ruim, no que fez e principalmente no que deixou de fazer, eu penso muito nisso e sempre tem alguma coisa que ficou pra trás! A gente não consegue voltar no tempo e ele está correndo mais rápido do que a gente, pelo menos eu tenho essa impressão, mas pra mim isso não é ruim e sabe o que eu penso a respeito do Tempo? Que a gente pode ser amigo do tempo ou inimigo... E eu escolhi fazer dele um amigo, ou um aliado, se preferirem. Al g u m as pes s o as no fim do ano me dizem o seguinte: "Nossa como o tem-

po passa rápido. Estou ficando velha!" Eu olho, respiro fundo, penso e respondo: " Pois eu estou cada vez mais nova!" Brincadeiras à par te, isso depende muito da referência que você tem no que diz respeito a ser velho... E eu acho que esse parâmetro já mudou bastante! Mas acredito também isso está muito ligado a auto estima, esse é um assunto muito especial a ser tratado, auto estima, basicamente, é a forma como você se vê, isso é apenas com você, portanto é importante você se observar e perceber o quanto é maravilhosa e melhorar no que não é... Todas nós temos defeitos, fato! Mas tem coisas boas e ruins que a gente

consegue perceber, então co m e ce p o r v a l o r i z a r a s boas e corrigir e aprimorar as ruins, assim o primeiro passo estará sendo dado! Uma outra dica para não chegar ao fim do ano com essa sensação de culpa: sua, do tempo, da idade, e de tudo o mais que a gente põe como impedimento na vida é o planejamento... Experimente traçar metas para o próximo ano, e cumpri-las é claro! Um abraço bem fraterno de fim de ano e um Ano Novo cheio de boas resoluções pra nós! A gente se fala em 2019, ou se você preferir pode me mandar um e-mail vitoriaflores.escritora@ gmail.com.


3

ESPORTE

05/12/2018

Projeto de Karatê entrega 17 faixas aos alunos do Araquari Campeã

N

a última quarta-feira, 28, aconteceu a segunda entrega das faixas de Karatê para 17 alunos que fazem parte do projeto Araquari Campeã, onde recebem aulas gratuitas da modalidade esportiva, por meio da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer. A primeira entrega do ano ocorreu no mês de setembro. Os alunos graduados terão sua certificação junto a uma entidade oficial que é a Federação Catarinense de Ka-

ratê, que é filiada a Confederação Brasileira de Karatê e ao Comitê Olímpico Brasileiro. Participaram da entrega os alunos do professor Ricardo Alexandre de Oliveira Paz e da professora Uara Maria dos Santos. Oito alunos receberam as faixas amarelas, dois a laranja, seis a azul, uma a verde e um a roxa. Confira os alunos que trocaram de faixa: Amarela: Augusto Salles; Carlos Daniel Schneider

Aguiar; Cauan Miranda; Cecilia Freitas Freire; Davi Gambeta; Guilherme Machado da SIlva; Luiza Thalia Sinestri Junckes; Vinicius Dias Novak. Laranja: Eduardo Cristofolini; Gabriel Vinícius Martins de Melo. Azul: Caroline Aparecida Meirelles da Silva;

rães;

José Rodrigues GuimaRafael Pinnot Batista; Renata Borba; Rian Ritchelly Melo;

Ruan Carlos da Silva. Verde: Gabriela de Souza. Roxa: Yuri Gabriel dos Santos. Fotos: PMA

Karatecas conquistam medalhas em competição Catarinense Equipe de Araquari chega a final Campeonato Catarinense das Escolinhas de Futebol Neste domingo encer- Waltrick e Ricardo Oliveira categoria kumite

rou as competições de Karatê da Olesc 2018. Araquari ficou com o quinto lugar geral masculino e o sétimo no feminino. No total, o município ficou com cinco medalhas de bronze e duas de prata. O karatê de Santa Catarina se consolida como a segunda força esportiva do país. Participaram da competição masculina 27 municípios e 23 na categoria feminina. Araquari ficou a frente de municípios maiores como Florianópolis, Criciúma e Chapecó. Os atletas são 25alunos ANÚNCIO_CDVA_ X 18.pdf dos professores Cristiano

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Paz e fazem parte do projeto Araquari Campeã, onde recebem aulas gratuitas da modalidade esportiva, por meio da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer. Atletas que conquistaram medalhas: Prata; Maria Eduarda Loreno,

1

27/09/2018

16:28

Vinícius Nunes, categoria kumite Bronze; Nicolle Ortiz, categoria kumite e kata Gerson Augusto Ioris Gustavo Machado dos Santos Felipe Oliveira da Rosa

As equipes do sub 13 de futebol de campo, do projeto “Araquari Campeã” chegaram a final do Campeonato Catarinense das Escolinhas de Futebol. A equipe do sub 15 vai disputar a medalha de bronze. No projeto “Araquari

Campeã”, os alunos recebem aulas gratuitas da modalidade esportiva. As aulas são fornecidas pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer. As datas das disputas do 1º e 3º lugar ainda não foram definidas.


05/12/2018

4


5

05/12/2018


MEIO AMBIENTE

05/12/2018

6

Caminhada interncional na natureza acontece dia 15 de Dezembro U

ma ótima opção de lazer para contemplar as belezas naturais e culturais da cidade histórica. A 2ª Caminhada Internacional na Natureza - Circuito Cultural de São Francisco do Sul acontece no dia 15 de dezembro, às 8h, com saída do Terminal Turístico Valter Gama Lobo. O trajeto, com extensão de cerca de 11 km, inicia no Centro Histórico, passando pelo casario colonial e orla da Babitonga. Na sequência, a caminhada passa pela área portuária, seguindo até o Bairro Paulas, onde retorna ao Centro Histórico até o ponto de partida. A previsão de chegada é às 14h. O evento faz parte de um calendário internacional de caminhadas, coordenado nacionalmente pela ONG Anda Brasil. Em São Francisco do Sul, a promoção é do Instituto Federal Catarinense (IFC Campus São Francisco do Sul) em parceria com a Prefeitura. As Caminhadas Inter-

nacionais na Natureza são um espor te popular não co mpet it ivo, em q u e o s caminhantes têm a oportunidade de conhecer e contemplar a paisagem e interagir com a população local. Ao final do percurso, o caminhante receberá uma caderneta internacional com um carimbo do Circuito realizado. A caderneta possui espaço para 10 carimbos e é gratuita. O caminhante poderá participar dos demais circuitos de SC, do Brasil e de diversos outros países em busca de mais carimbos. Inscrições e mais informações no link: http://saochico.caminhadas.info/ Cuidados importantes para os par ticipantes do Circuito Cultural São Francisco do Sul: *Alongue-se! O alongamento é necessário antes da caminhada e também após, tanto os membros inferiores quanto os superiores. Isso pode evitar lesões. * H i d ra te s e u co r p o ! Beba bastante água para hidratar, antes, durante e de-

pois da caminhada. * Co m a p o u c o a n t e s da caminhada! Comer muito pode dar uma sensação de mal-estar e, até mesmo,

prejudicar o exercício físico, trazendo outras complicações. *M antenha a postura adequada! É importante

permanecer ereto, olhando para frente e com o abdome contraído. * Us e tê n i s e ro u p a s adequadas!

Pedro Antônio Pereira


7

05/12/2018

Rede municipal de ensino abre processo de rematrícula Divulgação

Escola Ponto Alto

E

ntre os dias 22 a 31 de outubro, os pais dos alunos da rede municipal de ensino de Araquari devem comparecer às escolas ou Centros de Educação Infantil (CEIs) de seus filhos para o processo de rematrícula. Já a matrícula dos novos estudantes ocorre do dia 5 até 23 de novembro. As prioridades das vagas disponíveis

serão das crianças 0 a 3 anos que já estão na lista de espera. Os documentos necessários para as novas matrículas são: certidão de nascimento, carteira de vacinação atualizada, cartão SUS, comprovante de residência e declaração de trabalho dos pais (somente para alunos da educação infantil). O processo da rematrí-

cula e novas matrículas devem ser feitos na escola ou CEI mais próxima da casa da criança. Se por motivos de falta de vaga os pais não conseguirem matricular o aluno na escola mais próxima, eles devem procurar outra instituição de ensino que possua vaga. Mais informações: 34477758.


GERAL

05/12/2018

8

Conferência discute direitos das crianças e dos adolescentes A

raquari recebeu a 11ª edição da Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente em novembro. A conferência tinha como intuito aprovar três propostas em cada um dos cinco eixos de discussão. O tema deste ano era a proteção integral, diversidade e enfrentamento às violências.O evento recebeu cerca de 140 pessoas. Adriana Zanqueta Wilbert Ito foi a palestrante. Ministrou uma palestra com o tema “Proteção Integral, Di-

versidade e Enfrentamento às Violências”. Adriana é graduada em serviço social pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC), é especialista em Gestão de Pessoas e mestra em serviço social, atuou como professora do curso de serviço social na UNIPLAC. A conferência elegeu quatro delegados titulares e quatro suplentes para representar o município na Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, em 2019, em Florianópolis. Como representante gover-

namental no CMDCA, a titular é Elizete Garcia da Silva e Elisangela da Conceição Pereira como suplente. Antonio Eduardo Pereira e Mariza Vazquez são os delegados, titular e suplente, representantes da sociedade civil do CMDCA. Como representante dos movimentos sociais, Pedro Egídio Leites de Alexandre é o titular e Fernanda Bezerra Costa Leonel, suplente. E por fim, os representantes adolescentes são Nicole Faust Felipe e Camila Chaves Vosgerau.

P ror ro g a d a a c ons u lt a à m i nut a d o P l an o D i re t or E n c e r r a m e n t o d o s g r u p o s d a melhor idade aconteceu no dia 30

Quem quiser fazer a consulta pública a minuta da proposta de Projeto de Lei Complementar referente ao processo de revisão do Plano Diretor da cidade, agora terá um tempo maior. O prazo foi prorrogado pelo prefeito Clenilton Carlos Pereira, nesta sexta-feira, 30 de novembro em edital. A consulta estaria disponível de 1º a 30 de novembro e o novo praz estendeu a data para 31 de janeiro de 2019. Os documentos da consulta pública serão disponibilizados por meio de uma via impressa, que ficará disponível na Secretaria de Planejamento da Prefeitura de Araquari e outra em meio digital

disponibilizado no sítio virtual institucional da prefeitura (www.araquari.sc.gov.br). Os interessados poderão apresentar comentários, sugestões, questionamentos e propostas de alteração da minuta por escrito, em formulário padrão disponibilizado, com a identificação, contato e assinatura do autor. Os for-

mulários deverão ser protocolizados de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, durante o período estipulado, exceto no recesso administrativo que acontece de 21 de dezembro a 4 de janeiro de 2019, na Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, localizada na Rua Bom Jesus, nº 225, Centro.

O evento, que aconteceu no Salão Paroquial, no Centro, foi organizado pela Secretaria de Assistência Social. O evento contou com a participação dos 12 grupos da melhor idade do município. E também com a presen-

ça do rei e rainha da melhor idade, que foram eleitos em outubro. A atração para animar o público presente foi a banda Gilberto Show. Ocorreu também um sorteio de brindes e um café da tarde gratuito.


9

EDUCAÇÃO

05/12/2018

Projeto de educação especial incentiva leitura e criatividade; aluna de Schroeder lança livro durante evento em escola Por Maiara Maduro

C

om apenas nove anos, uma estudante, entre os 450 da Escola Municipal Professor Emílio da Silva, localizada no Centro de Schroeder, contou a história sobre o sonho de ser cantora nas páginas de seu primeiro livro. Aluna do 3º ano, Heloísa Vitória Kuster, é autora da obra “Heloísa quer ser uma cantora”. O lançamento movimentou a unidade escolar, que é uma das

nove do Município, na tarde da quarta-feira, 28. A obra, que faz parte do projeto “Continhos da Heloísa”, idealizado pela professora auxiliar Agatha Winter Rodrigues, nasceu com o objetivo de incentivá-la a leitura e, também, a expressar seus sonhos e vontades. A menina tem deficiência intelectual com atraso no desenvolvimento psicomotor e baixa visão, devido ao nascimen-

Fotos: Agatha Winter Rodrigues

to prematuro. “Foi depois de várias leituras de diversos livros, poemas, textos e várias histórias que ela já havia inventado que Heloisa resolver criar a história onde conta o seu próprio sonho”, comenta Agatha. De acordo com a professora, o livro de 12 páginas foi viabilizado por meio de parcerias, como da Gráfica Guaramirim que imprimiu exemplares sem custo. Além disso, a obra tem a ilustração assinada pelo artista plástico e professor de artes, Tarsis Flôr. Para ele, o convite foi uma honra por se tratar de uma ideia centrada na educação especial. “A Heloísa é uma garota fantástica e, como toda criança, cheia de imaginação. Durante o processo artístico, confesso que eu viajei pelas passagens da história, imaginando e dublando os personagens”, comenta.

Ainda de acordo com Agatha, o projeto iniciou no momento em que observou a paixão de Heloísa pelos livros. “Logo após a leitura de livros infantis, pedia a ela para inventar a própria história, começando pelo título, um começo, meio e fim”, conta. A história é motivo de

orgulho para a mãe da menina, Regina Kuster. “Minha filha melhorou muito em relação a comunicação. Estou muito orgulhosa, esse trabalho fez com que a Heloísa se desenvolvesse mais na fala, na leitura. Estou feliz em ver que minha filha gosta de ir à escola”, finaliza

Edição 128  
Edição 128  
Advertisement