Page 1

Região Metropolitana de Joinville | Ano 4 - Nº 105 | 10 de Maio de 2018

Meio Ambiente Projeto da Estação de Tratamento de Esgoto é apresentado em São Chico PÁGINA 2

Educação

Comércio de flores aquecido para o Dia das Mães FM

Em ritmo impressionante mais uma creche é entregue à população em Araquari PÁG INA 6

Ponto de Vista

Espaço de convivência Pedro Paulo na Enseada foi demolido no último sábado PÁG INA 7

Pausa para o Café

Vereador de Joinville acusa a prefeitura por ocupação irregular no Morro do Amaral PÁG INA 8

M c r d s

8

Em Araquari, HD Floricultura e Paisagismo comemora sete anos d e f u n d a ç ã o c o m l o j a c h e i a e e m n o v o e s p a ç o PÁ G I N A S 4 e 5


MEIO AMBIENTE 2

10/05/2018

Projeto da Estação de Tratamento de Esgoto de São Francisco do Sul é apresentado a líderes comunitários FONE: (47) 3447-7757 E-MAIL: Sinearaquari@gmail.com

Confira as vagas de emprego divulgadas nesta semana O Sistema Nacional de Empregos de Araquari (Sine) que está vinculado a Secretaria de Desenvolvimento, divulgou nesta semana, 36 vagas de emprego. Para se candidatar a uma dessas vagas é CVA preciso comparecer ao Sine, que fica ao lado da Prefeitura, das 8h às 12h e das 13h às 17h, com RG, CPF e Carteira de Trabalho. Confira as vagas: Serviços gerais – 1 vaga Auxiliar de produção – 1 vaga Motorista (D) - 1 vaga Operador de máquina de prensa – 1 vaga Auxiliar administrativo – 1 vaga Pintor industrial – 1 vaga Eletricista – 1 vaga Costureira – 2 vagas Operador de torno CNC – 3 vagas Operador de máquina (Macharia) – 1 vaga Programador de máquina CNC – 1 vaga Operador de acabamento – 1 vaga Operador de empilhadeira – 1 vaga Analista comercial – 1 vaga Comprador – 1 vaga Modelador – 1 vaga Auxiliar de forneiro – 1 vaga Borracheiro e geometria – 1 vaga Auxiliar administrativo – 1 vaga Fresador – 2 vagas Assistente de vendas – 1 vaga Motorista (E)- 1 vaga Motorista 4x2 – 1 vaga Operador de máquina II – 1 vaga Fresador convencional II – 1 vaga Torneiro convencional – 1 vaga Ajustador ferramenteiro II – 1 vaga Zeladora - 1 vaga Assistente de pré-venda - 1 vaga Assistente de logística - 1 vaga Vendedor - 1 vaga Bordador - 1 vaga

ASFS

A

Águas de São Francisco do Sul apresentou, na manhã desta quarta-feira, 9 de maio, o projeto de instalação do Sistema de Esgotamento Sanitário dos Balneários para lideranças comunitárias do município. A concessionária acaba de obter do Instituto de Meio Ambiente a Licença Ambiental Prévia (LAP) para a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) que vai ficar localizada no bairro Majorca. O projeto segue agora p a ra a co m p l e m e nt a ç ã o dos estudos ambientais e finalização dos projetos para o btenç ão da Licenç a de Instalação. A reunião contou com a presença da Associação de Moradores do Majorca, Associação de Moradores do Ubatuba (AMU), Associação Comunitária da Enseada do Acaraí (ACEA) e Associação Movimento Ecológico Carijós (AMECA). Nesta quinta-feira, o projeto será apresentado na Câmara de Vereadores, durante a sessão ordinária. Segundo a diretora executiva da Águas de São Francisco do Sul, Thais Galina, o licenciamento preliminar é fundamental para a implantação do tão esperado sistema de coleta e tratamento de esgoto do município. “Após a obtenção da LAP, a Águas de São Francisco do Sul deve encaminhar nos próximos

dias ao órgão ambiental todas as informações técnicas para a obtenção da licença de instalação, necessária para o início das obras”, detalha. .A expectativa é que em aproximadamente 60 dias, a concessionária consiga cumprir todas as condicionantes para obter a licença de instalação necessária para início das obras. Com a implantação do sistema, todo o volume de esgoto in natura que hoje é despejado nos rios, praias e outros locais, terão a destinação correta. A concepção do sistema total para São Francisco do Sul abrange quatro estações: a do Majorca, para tratar da região das praias; uma para tratar da região central; uma para o Ervino; e outra para a Vila da Glória.

Tecnologia A estação do Majorca será construída com o que existe de melhor em tecnologia para o tratamento de esgoto. O local terá uma cortina arbórea para isolar a região e está em estudo a transformação em uma área de convivência pública. Ou seja, terá uma contrapartida ambiental e social na área de instalação dos equipamentos. O investimento total para a implantação do sistema de esgoto em São Francisco do Sul é de aproximadamente R$ 105 milhões. Os recursos serão divididos de forma a contemplar os quatro sistemas independentes. A dimensão de cada sistema varia de acordo com a capacidade.


GERAL 10/05/2018

3

S e r v i ç o d e c o l e t a s e l e t i v a d e l i x o c om e ç a a operar na próxima segunda-feira, 11

A

partir da próxima segunda-feira, 11, a Única Soluções Ambientais, vencedora da licitação para coleta seletiva de lixo em Araquari, começa a operar na cidade. Inicialmente, a empresa vai disponibilizar três caminhões, 20 caçambas, um caminhão munck e 25 funcionários. O serviço será gratuito e vai atender todos os bairros do município. O contrato, com prazo de 5 anos, custará cerca de R$ 72 mil por ano, valor quase cinco vezes menor do que era gasto com o serviço na gestão anterior, que era de aproximadamente R$ 332 mil anual. Além disso, em vez de um caminhão, serão colocados dois caminhões a mais para atender o município. De acordo com Graziele Schneider, sócia-administradora da empresa, uma das novidades é que, além do serviço de coleta, as caçambas estacionárias serão grafitadas pe-

los irmãos Feitosa, talentosos artistas paulistanos que vêm ganhando espaço no cenário artístico regional e nacional com suas técnicas de grafite. “Os moradores poderão conferir a apresentação dos gêmeos no dia 7 de setembro, durante o desfile cívico que será realizado no centro de Araquari”, conta. Outra iniciativa será a criação da rede de PEVs (Pontos de Coletas Voluntárias). Nestes locais, identificados com maior concentração de casas e empresas, serão instaladas as caçambas. Os serviços ainda incluem o transbordo do lixo até a Central de Triagem de Resíduos Sólidos, que fica no bairro Jacu. O serviço vai funcionar de segunda a sábado, das 8h ao meio-dia e das 13h às 17h30, com uma média 50 localidades que serão atendidas por semana. Clique aqui e baixe o cronograma de aten-

dimento da coleta seletiva nos bairros.

Localidades atendidas: Segunda e quinta-feira Itinga, Manoel Maria, Santo Antônio, São Benedito, Machado Oliveira, Leodines, Elmar Hostin, São José, Elizabeth, Parati, Miquelute, Centro, Volta Redonda, Barrancos, Carolina, Benevenutti, Gustavo, Raul Gern, Mário Dunzer, São Benedito, Jardim Colina, Egon, Santa Maria, Vicente, Santa Mônica, Linguado, Areias Pequenas, Inferninho. Terça e sexta-feira Bom Jesus, Cerro Azul, Godri, Porto Grande, Airton, Thomaz, Machados, Colégio Agrícola, Ponto Alto, Corveta, Comunidade São Paulo, Morro do Jacu, Leonides. Quarta e sábado Guamiranga, R ainha, Itapocu, Barra do Itapocu, Morro Grande e Canudo.

Araquari tem representantes no Mini e Baby Miss SC 2017 Araquari conquista premiações no Festival de Dança de Florianópolis PMA

Divulgação


DIA DAS MÃES

10/05/2018

4

HD Floricultura e Paisagismo: há sete anos florindo o Dia das Mães

Data promete aquecer o comércio de flores; novo espaço, mais amplo e moderno, atrai clientes e a expectativa é de aumento em 25% nas vendas Por Redação FM

Fotos: FM

E n d e re ç o : B R - 2 8 0 , nº 1 1 5 0 , Po r to G r a n d e , A r a q u a r i . Te l e f o n e p a r a e n c o m e n d a s : (47 ) 3 4 5 2 -3 1 70

E

las cheiram bem, são coloridas, alegram o ambiente e, é claro, quem as recebe. Pode até ser senso c omum, mas as flores são um dos presentes mais esperados entre as mulheres e, principalmente, as mães. Neste ano, os catarinenses devem gastar em média R$ 164 para comprar um presente para elas, de acordo com a Pesquisa de Intenção de Compras, realizada pela Fecomércio SC. Com esse valor é possível

comprar uma das mais sofisticadas flores vendidas na loja de flores e plantas, localizada no bairro Porto Grande, em Araquari, e ainda sobrará R$ 65. Isso por que, quem quiser agradar as mães com flores, podem investir em opções de vasos que variam de R$ 3 a R$ 99. A loja, inaugurada há sete anos, possui mais de 300 espécies, entre flores e plantas. Para o próximo dia 13 , as mais pedidas, de acordo com os

proprietários, Claudio e Graziela Debacker, são as orquídeas, begônia e cíclame. Neste ano, as rosas importadas continuam fazendo parte da lista de flores oferecidas no local, além das cestas de café da manhã e outros produtos, como ursos e peças de decoração.

A maioria das espécies e variedades de flores disponíveis na loja são oriundas de Holambra, no Estado de São Paulo. Dias antes da data mais esperada do ano, o casal viaja mais de 650 quilômetros para buscar a encomenda. “Mãe é sagrado né?”, brinca Claudio

ao falar do motivo dessa ser a principal data comemorativa. “Seja um vasinho mais simples ou uma orquídea, mais sofisticada, todo filho sempre dá um jeitinho de presentear a mãe e nós ficamos satisfeitos em fazer parte desse momento”, completa.

Recentemente a HD foi reformada e ampliada. A floricultura está em um espaço mais amplo, moderno e climatizado. A entrada ganhou nova fachada e o setor de jardins foi reestruturado


5

DIA DAS MÃES

Variedades

de

orquídeas

10/05/2018

são

as

opções

mais

sofisticadas

para

presentear

as

mães.

Aposta em Araquari e trabalho duro é a fórmula do sucesso da HD Há 18 anos, sentada na varanda da casa da então futura sogra, Grazi como é mais conhecida, teve o que pode-se chamar de premonição. O casal lembra com carinho que ao olhar ao terreno ao lado, a jovem comentou que ali seria o local ideal para uma floricultura. Pouco mais de 10 anos depois, eles desembarcaram na cidade com um sonho na bagagem e muitas flores que começaram a comercializar. Era o início da HD Floricultura e Paisagismo. O trabalho com plantas faz parte da família da Grazi. Ela conta que o pai era produtor de mudas de eucalipto e foi assim que eles iniciaram na função na cidade de Piçarras. Em Araquari, o casal, juntos há 20 anos, iniciou com viveiro de mudas

e ao longo dos anos os serviços de jardinagem e de floricultura foram se estabelecendo. Atualmente, além do casal, a empresa conta com mais oito trabalhadores. “ N ó s p re z a m o s p e l o

bom atendimento. Hoje temos muitos clientes de outras cidades e nos orgulhamos disso, de atender bem, de oferecer bons produtos e, ainda, de fazer amizades”, comenta Grazi.


EDUCAÇÃO

10/05/2018

6

Inaugura hoje nova creche no Itinga

H

oje a Prefeitura de Araquari entrega a comunidade do loteamento São Benedito, no Itinga, um novo Centro de Educação Infantil. O CEI Heley de Abreu Silva Batista iniciou as atividades e já atende 78 crianças de quatro meses a cinco anos de idade, distribuídas em turmas de berçário, maternal e jardim. As matrículas seguem abertas para preenchimento de vagas para as turmas de jardim e pré-escola. O novo CEI foi construído com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e da Prefeitura de Araquari. Ao todo, foram investidos cerca de R$ 850 mil, sendo R$ 305 mil de recursos próprios. O prédio está localizado em um terreno ao lado da Escola Municipal

Fotos: PMA

São Benedito e a estrutura é composta por cinco salas de aula, uma cozinha, uma sala de professores, um refeitório, um lactário, uma secretaria, uma lavanderia e um pátio aberto. Com esta inauguração, Araquari passa a ter 18 CEIs, sendo que o último foi inau-

gurado no início de março, no Centro. A unidade educacional leva o nome de uma professora que ganhou notoriedade ao morrer após salvar 25 crianças em um incêndio em uma creche na cidade de Janaúba, em Minas Gerais, no dia 5 de outubro do ano passado.

E s t u d a nt e d e A r a q u a r i é u m a d a s r e p r e s e nt a nt e s eleitas de SC para conferência nacional A aluna Lilian Ramos, da Escola de Educação Básica Titolívio Venâncio Rosa, localizado no Itapocu, em Araquari, está entre os 19 representantes eleitos na etapa estadual da 5ª Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente para representar o Estado em Brasília. O evento, realizado em Laguna, nesta terça e quarta-feira, 7 e 8, contou com a participação de 122 delegados (alunos), representantes de instituições das modalidades de ensino regular, educação quilombola, indígena e de assentamento rural, eleitos nas conferências regionais. Na etapa regional, realizada em abril, que reuniu 85 unidades de ensino da região, Lilian, de 12 anos, que frequenta o 7º ano do

ensino fundamental, defendeu ao lado da colega do 8º ano, Ana Carolina Gonçalves Padilha, 13, o projeto intitulado “Sob as Águas do Rio Itapocu: histórias, memórias e identidade". O trabalho foi

desenvolvido na instituição, sob coordenação das professoras Adriana Antonieta Hess Campos e Daniela Cristina Borba. A próxima etapa da conferência é em Brasília, nos dias 15 a 19 de junho.

Inscrições abertas para o 1º Festival de Dança Escolar de Araquari A ideia partiu da equipe da Fundação Municipal de Cultura e já tem muita gente envolvida, apoiando a iniciativa, como a equipe da Secretaria da Educação e da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer. O evento já tem data: 15 de junho. E deve acontecer no Ginásio Municipal Jornalista Moacyr Iguatemy da Silveira, localizado na Rua Antônio Carlos Sprotte – no Centro. A previsão é de que inicie às 9 horas e siga até as 17 horas. As inscrições seguem abertas até o dia 25 de maio e podem ser feitas diretamente na Casa da Cultura Theodoro Martins Xavier, localizada na Rua Bom Jesus, 225, no Centro ou pelo email: fmcasadecultura@yahoo.com.br. “O objetivo do evento é

fomentar e movimentar a prática da dança na cidade, por meio das escolas e Centros de Educação Infantil. Para isso, os professores de educação física das instituições de ensino da rede municipal, também receberam uma capacitação, onde foram repassadas informações sobre composição de figurino, criação de coreografias e mesmo, a parte teórica de história da dança para que auxiliem os alunos”, explica Sueli Hreisemnou de Oliveira, presidente da Fundação Cultural. As inscrições são gratuitas. Cada unidade escolar pode participar com até 10 coreografias, dentro das modalidades: jazz, danças populares, danças urbanas e estilo livre. Já as categorias podem ser formadas por grupos "mis-

tos", compostos pelo público feminino e masculino, separados pela faixa etária: mirim, onde participam crianças de 4 a 6 anos; pré-infantil, com a participação de crianças de 7 a 9 anos; infantil, com a participação de crianças de 10 a 12 anos; infantojuvenil com a participação de adolescentes de 13 a 15 anos e juvenil para adolescentes acima de 15 anos. Informações: (47) 3453 0086 O quê: 1º Festival de Dança Escolar de Araquari Quando: Inscrições até 25 de maio, na Casa da Cultura Rua Bom Jesus - 225, Centro Realização: 15 de junho, no Ginásio Municipal Jornalista Moacyr Iguatemy da Silveira


7 PONTO DE VISTA

E R A M

O

10/05/2018

FAVA S

C O N TA D A S !

lá,

Exatamente no dia 1º de abril fiz uma postagem no meu Blog sobre a Orla da Praia da Enseada, fiz comentários pontuais como esse de hoje que será o tema desta postagem! ADEUS ESPAÇO PEDRO PAULO! Promessa dita… promessa cumprida! Não lembro em ne nhum momento a Prefeitura de São Francisco do Sul fazer uma pesquisa ou questionamento junto à comunidade da Enseada sobre a Orla da Praia, muito menos o que p e n s ava m o s m o ra d o re s sobre a retirada do Espaço Pedro Paulo, local que funcionava desde 1984 dirigido pelo seu proprietário Sr. Pedro Paulo Constantino. Conversei com o Sr. Pedro Paulo, em desabafo que fez no vídeo para o meu Blog podemos verificar que os muitos que ele ajudou neste tempo de funcionamento, as entidades que ele autorizou por anos a utilizarem o espaço com a realização de muitos bingos beneficentes, um salão de baile modesto, mais gratuito para quem quisesse dançar sem pagar entrada, um palco para que fosse utilizado, inclusive em épocas eleitorais

para inúmeros candidatos fazerem pequenas reuniões, sim, um simples local que poderia ser melhorado, adaptado, ficando a gosto do município, moradores e turistas. O que me deixou espantada foi que simplesmente em uma tarde de SÁBADO, que sempre haviam os Bingos, estavam muitos homens demolindo aos olhos dos transeuntes que passeavam pela orla da praia o Espaço PEDRO PAULO.

Achei uma ação descabida e desnecessária, se era uma determinação judicial, da Prefeitura que até fosse realizada, mais jamais aos olhos dos nossos visitantes e num dia de passeio. Além de nem ouvirem a opinião popular dos moradores da Enseada, pude observar de perto os olhares e comentários de alguns que passeavam e diziam: “devem estar reformando”, mais não, estavam demolindo em pleno final de semana um local que muitos gostavam. Considerei falta de respeito com o Sr. Pedro Paulo Constantino que ali estava acompanhando a demolição com os olhos marejados e sem poder nada fazer. Naquele mesmo momento o nde es tava o co r rendo a demolição, num local próximo dali observei que acontecia um Bingo Beneficente, tudo bem, mais as mesmas Entidades que por anos utilizaram o espaço do Pedro Paulo, poderiam neste SÁBADO estarem ali, juntos com o proprietário que sempre apoiou todas, cedendo o local, para apoiá-

-lo, demonstrando solidariedade, inclusive fazendo uma manifestação de repúdio a ação cometida, mas qual o que, só, e triste estava seu Pedro,olhando anos de vida e trabalho sendo demolidos e a solidão estava a seu lado. Muitos empregos ali também foram ceifados. Li nas Redes Sociais coisas como: estão acabando com a nossa Enseada, não temos Banco, não temos segurança, não temos ruas bem cuidadas, e não teremos mais o Espaço Pedro Paulo, pelo que perguntei nem será feito nada no local.

Como ficaremos??? Entendo que as mudanças para melhor devam sempre acontecer, mais de forma que não sejam tão agressivas e derradeiras, a sugestão de um modelo novo de Pedro Paulo sugeri na minha outra postagem e reforço aqui, se quisessem nossos turistas bem felizes, manteriam ele aberto até o último momento, após retirar todos outros empreendimentos da orla da praia, e com certeza no final verificariam que o Espaço Pedro Paulo seria um local necessário para a alegria de todos, inclusive com o apoio da própria Prefeitura. Mais …. Quem administra de forma desmedida e sem consultar seu patrão que são os que lhes deram o VOTO não pararia para tomar uma atitude lúdica como esta, é mais fácil ir deixando nossa Orla da Praia cada vez mais feia e sem nenhum atrativo turístico! Fi c a a q ui m e u d e s a gravo e meu ponto de vista a respeito desta ação que realmente me deixou mais e mais decepcionada com o que podemos chamar de Gestão Política Pública. AH! Só uma pergunta? Aonde estariam os nossos Edis nessa hora? Nem quero resposta! Até a próxima.

MARIAH BRASIL


Pausa para o Café

10/05/2018 Rodrigo Coelho

M

ais uma vez ele utilizou apenas R$ 148,64 dos R$ 3 mil que mensalmente a Câmara de Vereadores disponibiliza para cada Gabinete Parlamentar. Ao longo desse 1 ano e quase 6 meses de mandato como Vereador de Joinville, economizou mais de R$ 40 mil. Todo valor que “sobra” na CVJ retorna à Prefeitu-

8 Fotos: CVA

ra de Joinville, que determina como pretende utilizar a verba. Infelizmente, não há amparo legal para escolhermos o destino dessa sobra, como por exemplo...utilizá-lo na APAE, que há tempos necessita de recursos para continuar o trabalho de excelência que oferta para 600 pessoas com deficiência intelectual e múltipla.

Capela Mortuária dos Balneários Amanhã (11), a nova capela mortuária de São Francisco do Sul será entregue. O

espaço, que está localizado na Estrada Geral do Forte, próximo a Unidade de Pronto

Atendimento (UPA), será para atender a população dos Balneários.

Vereador Odir Nunes culpa a PMJ Na Audiência Pública da Comissão de Urbanismo, realizada na noite de terça-feira (08/05) no bairro Morro do Amaral o vereador Odir Nunes(PSDB), afirmou que o maior culpado pela ocupação irregularidade é o Poder Executivo. “Nós fizemos de tudo para ajudar, com audiências e reuniões e cobranças e nada foi feito após a Lei 7208/2012”, disse o parlamentar. Odir informou após a audiência que pretende entrar com uma ação no Ministério Público para denunciar a situação. “É preciso criar condições

Sid do Itinga

Expediente Diretor Geral: Antônio Eduardo Pereira Contatos: direcao.folha@gmail.com Diagramação: Pedro Antônio Pereira Site: www.folhametropolitana.com.br Facebook: www.facebook.com/FMJoinville Instagram: @Grupo_folha_metropolitana WhatsApp: (47) 9 9711-1487 Artigos assinados são de responsabilidade do respectivo autor(a), não refletindo necessariamente a opinião do Jornal Folha Metropolinata

O JEC - Joinville Esporte Clube, demonstrou interesse em implantar uma escolinha de futebol no Itinga e no centro de Araquari com o apoio dos vereadores e da Prefeitura, no encontro, o Presidente do legislativo araquariense comentou que esse é o papel do vereador, garantir que as políticas públicas estejam cada vez mais próximas dos interesses dos cidadãos araquarienses.

Edinho da Casa

Na sessão desta semana na CV de São Chico, o Presidente Edinho, fez seu pronunciamento indignado com o SUMIÇO de 50 mil reais que foram destinados para a compra de tubos para a comunidade do Majorca, onde segundo ele, o valor foi aprovado, destinado e o caixa desta operação na Prefeitura esta zerado... e agora José? Foi tudo pelo cano, ou pelo tubo?

de moradia (regularização fundiária), mobilidade (melhorar os acessos), saúde, educação, segurança e infraestrutura. Há anos acompanho os movimentos junto com as lideranças, brigamos e batalhamos por estas melhorias”, concluiu Odir. No entanto, na audiência a população informou que a lei não vem sendo cumprida e que tudo a começar pelo acesso, é precário na região que cresce a cada ano. Pelo cadastro da Secretaria da Saúde a região tem hoje cerca de dois mil habitantes.

Os presentes reclamaram a ausência da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, que foi convidada para a audiência.


9

10/05/2018

Edição 105  
Edição 105  
Advertisement