Folha Metropolitana ed 201

Page 8

8

|

Terça-feira, 10 de abril de 2018

2

OPINIÃO

Sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

editorial

HBC SAÚDE LTDA Depois de um ano de gestão 05.011.316/0001-00já é possível julgar um prefeito

retrato do leitor

Caro leitor, envie sua foto para esta seção:

94021-9397 ou redacao@folhametro.com.br LuCAS DANTAS

Ao término de 2017, terá completado um ano de gestão dos novos prefeitos. É interessante olhar para trás para entender o que foi prometido e o que está sendo entregue. A esta altura, diferentemente do primeiro mês ou dos primeiros 100 dias, já é Relatório da Administração possível distinguir com mais clareza a palavra da ação, o planejado do inusitado, a política de uns da política para todos. Fato é que, enquanto é apenas um produto preparado por especialistas Evolução dos principais indicadores estabelecidos pela ANS, para o mercado de saúde suplementar, vericamos Prezados Senhores, A administração do HBC Saúde Ltda, submete à apreciação de V.Sas. as demonstrações contábeis e consultoresonde de marketing político para ser vendido às massas, o candidato parece muito mais atraente, diferente dos demais, recuperação signicativa da operadora entre os exercícios 2017 e 2016: relativas ao exercício ndo em 31 de dezembro de 2017, acompanhadas do Relatório dos Auditores Independentes. do tipo que vale a pena investir o voto. No entanto, muitas vezes, Desempenho operacional e econômico-nanceiro. Encerramos o exercício de 2017 com cerca de 27.685 (vinte e sete mil, quando chega aonde almejou chegar, a diferença entre o discurso seiscentos e oitenta e cinco) beneciários (20.094 em 2016), um aumento de carteira de cerca de 37,78%. O aumento da e a prática pode ser letal. A partir daí, são simplescarteira observada nos exercícios, reete a maior atuação comercial da operadora junto a população em sua área de atuação, É preciso trabalhar mente prefeitos, que terão de maior conança da população local com os serviços assistenciais oferecidos e a recuperação gradual da economia observada arduamente para conseguir encarar os problemas adminisEpílogo – Que a alegria trazida pelo Natal sirva de inspiração para todo o ano de 2018, que já está chegando em 2017, na contramão da crise econômica que assolou o país no exercício 2016, que teve impacto negativo na massa de entregar, ao final de quatro trativos de uma imensa cidade, beneciários de saúde suplementar das operadoras em todo o Brasil. A receita operacional bruta, contabilmente anos, uma cidade melhor como é o caso de Guarulhos, do que aquela recebida vidas, projetos, sonhos e esperanças com seus parceiros e colaborepresentada pelas Contraprestações Emitidas de Assistência à Saúde, obteve crescimento de 22,0% em 2017 (1,0% Ponto passaram e continuam passando pe- anote radores mais próximos, e, com 2016), passando de R$ 41,7 milhões em 2016 para R$ 50,8 milhões em 2017. A sinistralidade em 2017, medida pela relação las minhas mãos e de vários colegas n Por conta das festas raras exceções, ver sua populade Vista de final de ano, as entre os eventos indenizáveis líquidos (custo dos serviços médicos hospitalares) e as contraprestações efetivas, reduziu ridade cair junto ao eleitorado. NestaPerspectivas arena quase hostil, de profissão. Cada processopara encerra para ogestores exercício seguinte Dentre as várias perspectivas almejadas pela administração, o próximo exercício agências de atendimento têm de se tornar políticos, jovens têm de ganhar experiência e é LEANDRO JORGE o problema de uma existência, sendo presencial da EDP São cerca de 5,6%, apresentando-se em 77,6% - 2017 (82,2% - 2016), apresentando-se, abaixo da média de mercado para o temos como metas ao principais aBITTENCOURT manutenção com perspectivas de crescimento paraPaulo o exercício terão expediente CANOda carteira de beneciários preciso trabalhar arduamente para conseguir entregar, final a independência funcional não um segmento e modalidade. Nessa medição, destacamos a Provisão de Eventos a Liquidar para o SUS, cujos débitos encontramdiferenciado. Durante Juiz decom Direito eincremento titular da Vara de no departamento comercial da Operadora; estabilização do 2018, através de novas vendas, índice de de quatro anos, uma cidade melhor do que aquela que recebeu. privilégio, mas uma garantia aos ci- o dia 25, não haverá Violência Doméstica e Familiar se em sua maior parte, inscritos em Renanciamentos e Parcelamentos. A Provisão de Eventos Ocorridos e não Avisados contra a Mulher, de Guarulhos Este é, na verdade, o grande teste, do tipo queem separa mais aceitáveis expediente presencial. dadãos ede à própria democracia de quemanutenção sinistralidade patamares de mercado que favoreçam as margens resultados da Operadora; de O atendimento será um prefeito daqueles que entram para a história da cidade fazer justiça é a mais delicada das ta(Peona), constituída em garantia para os Eventos Ocorridos e ainda não Avisados, calculada de acordo com a RN – Resolução despesas administrativas; redução do atual impacto da PEONA sobre os Ativos Garantidores, através de eventuais estudos retomado no dia 26. pela porta da frente. Com um ano comandando as ações, fica A trilogia de refas humanas. Judicar é, por deveras, No dia 1º de janeiro, Normativa nº 209/2009 e suas alterações posteriores, encerrou o exercício 2017 no montante total de R$ 4,3 milhões (R$ 3,5 apresentação de metodologia atuarial própria baseada nos riscos estressante. da operadora; acompanhamento mensalnãodos níveis haverá expediente mais difícil produzir desculpas oupara culpar gestões passadas, O juiz dos dias atuais não um bom juiz milhões - 2016). Referido aumento de 21,8%, reete o aumento das operações vericadas nos últimos 12 meses, face ao O atendimento exigidos Próprios e Ativos Garantidores; geração lucros contínuos mensais, comojurídiforma depresencial. incremento como é praxe no País. A essa altura, já cabedeseRecursos perguntar em Mínimos deve apenas dominar a ciência será retomado no dia 2. aumento se sua carteira de beneciários. O Índice de Liquidez Circulante – ILC, em 2017 foi de 1,04 (1,01 - 2016), Depois de eestudar muito e dos pas-serviços que o chefe do poder Executivo municipal contribuiu para ca, deve agir com sensibilidade in- O quiosque de Guarulhos, ao Patrimônio Líquido, aléma de investimentos aprimoramentos assistenciais prestados aosebeneciários. no Poupa Tempo, terá o sar num concurso público com 23 melhoria dos serviços básicos voltados à população ou para teligência emocional, mormente para apresentando-se positivamente e nos mesmos patamares nos dois exercícios. Referido indicador demonstra a capacidade de - Agradecemos aosdebeneciários, responsáveis desenvolvimento, parceiros seguinte funcionamento: anos idade, hoje meprincipais vejo prestes a que se pelo a elaboração de políticas públicasAgradecimentos associadas à educação, insiranosso de corpo e alma nessa aos o expediente retornará na pagamento das obrigações de curto prazo da Empresa. O Resultado Líquido das Operações de Assistência à Saúde em 2017 nos mais. honram completar pela sua preferência, aos nossos colaboradores e prossionalismo e as 20 anos como magistrado. saúde, moradia, saneamento básico,comerciais, segurança que e outras vocação de pela servirdedicação e não ser servido. terça-feira, 26, às 12h. foi de R$ 10,6 milhões (R$ 8,6 milhões - 2016), representando 20,9% em relação às Receitas de Contraprestações daquele Naquela época, havia diversos cargos Ao final de 2016, a maior parte deste povo sonhou com dias atividades autoridades ligadas às nossas pela conança em nós depositada.Apesar de todas as dificuldades Não haverá atendimento melhores a partir do nome que emergiu das urnas. Agora, públicos com remunerações melho- é uma grande missão. Poucas coisas na sexta-feira, 29 e no exercício e um aumento de 23,2% em relação ao resultado de 2016. O Resultado Líquido do exercício (Lucro Líquido), apesar Guarulhos, 31 de dezembro de 2017. A Diretoria. sábado, 30, retornando às portas de 2018, quando tudo está se encerrando, o sonho res e trabalhos bem mais singelos. podem ser mais honrosas do que di- na terça-feira, 2, às de ter diminuído em 2017, quando comparado a 2016, o resultado foi um lucro de R$ 337 mil (R$ 1.405 milhões - 2016). permanece de que, com as escolhas que vêm sendo feitas, seja E com o conhecimento acumulado zer o justo e reprovar a maldade e a 12h. Mais informações e atendimento online 10. as Tributos e contribuições para provas do concurso, não seria possível construir uma cidade melhor. mesquinharia humana. Não somos reconhecimento, a mensuração e a divulgação das contingências ativas e passivas e Balanço Patrimonial no site www.edponline. deuses, mas exercemos o sacerdócio com.br 31/12/2016 obrigações legais são efetuados, de acordo com o Pronunciamento Técnico CPC nº 27Pagamentos de Aluguel (-) HBC SAÚDE LTDA do direito na mesa sagrada31/12/2017 da JustiPagamentos de Promoção/Publicidade (-) (37.068) Poucas coisas podem ser mais 682-Terminal Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes, aprovado pela Resolução do Imposto de Renda Pessoa Jurídica -IRPJ QUADRO I - BALANÇO PATRIMONIAL DOS EXERCÍCIOS FINDOS Outros Pagamentos Operacionais (-) (3.639.469) (4.979.731) ça. Tampouco heróis, mas nos49.217 preo- n A linha 296.188Alzira EM 31 DE DEZEMBRO DE 2017 E 2016 honrosas do que dizer o justo e reprovar cupamos com a sociedade e assumi- Pimentas/Vila Caixa Liquido das Atividades Operacionais 2.621.249 159.677 Conselho Federal de Contabilidade – CFC nº 1.180/09. I- Ativos contingentes: Não são Contrib uição Social s/o Lucro Líquido -CSLL passou115.268 a atender o Atividades de Investimento 26.358 ( Em Reais ) CNPJ: 44.193.423/0001-40 aOutros maldade mesquinharia humana (-) Pagamentos de Aquisição de Ativo Imobilizado - Outros (189.892) (1.522.790) Especialidades mos uma carga pesada, com todos Centro de58.647 TributoseeaContribuições 113.826 Sede, Redação eAdministração Publicidade: Rua Ipê, 144 - Jardim Guarulhos - Guarulhos - da SP situação (189.892) (1.522.790) Caixa Liquido das Atividades de Investimentos reconhecidos contabilmente, exceto quando a possui total controle de Guarulhos Retenções de Imposto e Contribuições os riscos e privações. Quanto168.507 mais a Médicas177.349 CEP: 07090-130 - Fones: (11) 2475-7800 / (11) 4965-9430 ATIVO Jardim Cumbica, Atividades de Financiamento ou quando há garantias reaisPresidente: ou decisões judiciais favoráveis, sobre as quais não cabem mais tão difícil conseguir posição finan- sociedade nos conhece, naquilo que (Cemeg) Paschoal Thomeu (in memoriam) no CEU Cumbica (Rua (+) Recebimento de Juros de Aplicações Financeiras 74 Diretora-Presidente: Roseli Thomeu – roseli.thomeu@metronews.com.br 31/12/2017 31/12/2016 NE 357.908 647.450 (+) Resgate de Aplicações Financeiras 5.872.035 7.865.155 recursos, caracterizando o ganho como praticamente certo e pela conrmação da capacidade ceiramente confortável num grande somos – e não apenas na imagem Atalaia do Norte). O Diretor Administrativo e Executivo: Daniel Thomeu – daniel@metronews.com.br (-) Pagamentos de Amortização de Empréstimos/Financiamentos/Leasing (69.222) Diretora Administrativa e Financeira: Nadir de Matos Araujo – nadir.matos@folhametro.com.br 11. Débitos diversos que fazem de nós –, a tendência é itinerário, no sentido (-) Aplicações Financeiras (7.528.304) (5.861.194) Jurídica: Eliana Santos – eliana.thomeu@metronews.com.br 14.008.790 11.210.395 de sua recuperação por Diretora recebimento ou Thomeu compensação com outro exigível. Os ativos e lucrativo escritório de advocacia. Ativo Circulante Jardim Cumbica, foi (-) Outros Pagamentos das Atividades de Financiamento (198.330) (157.678) Diretor Comercial: Antonio Juliani – antonio.juliani@metronews.com.br Mas a vocação falou mais alto. aumentar o respeito. O século XXI é acrescido das seguintes 4 12.619 612.035 Disponível Gerência Comercial e Suporte: Marcelo Moraes – marcelo.moraes@metronews.com.br 31/12/2017 31/12/2016 Caixa Liquido das Atividades de Financiamento (1.854.600) 1.777.135 contingentes cuja expectativa de êxito é provável são divulgados em notas explicativas, o século dos juízes, mesmo havendo vias: Rua Maria Ricci Digo isso, pois, ser juiz é mais do que Gerência Comercial e Marketing: André Lopes – andre.coml@metronews.com.br 13.996.171 10.598.360 Realizável Rua Roldão de Acréscimo (Decréscimo) Líquido No Caixa E Equivalentes De Caixa 576.757 414.023 Editor-Chefe: Oldair de Oliveira – oldair.red@metronews.com.br um ataque midiático infundado, ob- Perrota,303.692 profissão. contingentes: quando aplicável; II - Passivos São constituídos levando em conta: a opinião exercer Aplicações Financeiras 5 11.689.768 9.139.602 Obrigaçõesuma c/ Pessoal a Pagar Significa abra308.980 Oliveira Carvalho, Avenida Editor: Wellington Alves – walves.redacao@folhametro.com.br 11.689.768 9.139.602 Aplicações Garantidoras de Provisões Técnicas Poder Venturosa,96.108 çar umaa pagar carreira com uma missão pe- jetivando a desconstrução do107.125 de Reportagem: Alfredo Henrique – alfredo.red@folhametro.com.br Salários Avenida dos assessores jurídicos, aChefe natureza das ações, a similaridade com processos anteriores, HBC SAÚDE LTDA Editor de Arte: Ricardo Leocadio – ricardoleocadio@metronews.com.br 1.164.427 495.104 Créditos de Operações c/ Planos de Assist à Saúde Atalaia do Norte (Cemeg), Judiciário. Óbvio! Incomodamos os culiar, ou seja, julgar seus semelhanFérias a Pagar 201.855 207.584 QUADRO IV - DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO DOS EXERCÍCIOS FINDOS EM Fotos: Lucas Dantas – Redação: redacao@folhametro.com.br – Comercial: comercial@folhametro.com.br complexidade e posicionamento de nossos Tribunais, sempre que a perda for avaliada como tes, distribuindo justiça sem violar a poderosos. Daí a necessidade de mo- Rua Porto Velho, Rua 1.164.427 495.104 6 Contraprestação Pecuniária a Receber EM 31 DE DEZEMBRO DE 2017 E 2016 Distribuição: circulacao@folhametro.com.br – Recursos Humanos: rh@folhametro.com.br (Em Reais) Tarauacá e Rua São Paulo Noticiário: Reportagem local e Agência Estado. Filiado a: APJ Associação Paulista de Jornais 764.623 7 1.102.542 Créditos Tributários e Previdenciários Outros Débitosque a Pagar 415.934 256.24 1 provável o que ocasionaria uma provável saída de recursos para a liquidação das obrigações e segurança deração, equilíbrio e prudência. Esta de Oliveira. o Direito promete. Em janeiro, a Representantes Comerciais em Brasília e Rio de Janeiro: Pereira de Souza & Cia. Ltda. de Benf.ede de terceiros 35.934 39.433 199.030 Bens e Títulos a Receber As notas explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis. Fones: (61) forem 3226-6601mensuráveis / (21) 2544-3070 linha 70235.934 também deverá A história várias pessoas, suas é a trilogia de um bom magistrado. quando os montantes envolvidos com suciente segurança. Os passivos Depósitos Ativo não circulante Realizável a Longo Prazo Depósitos Judiciais e Fiscais Imobilizado Imóveis de Uso Próprio Imóveis Não Hospitalares / Odontológicos Imobilizado de Uso Próprio Não Hospitalares / Odontológicos

8

8.211.949 213.920 213.920 7.998.029 7.998.029 7.998.029 -

6.409

22.220.739

19.499.219

Outras Imobilizações Total do Ativo

8.288.824 81.868 81.868 8.206.956 8.125.813 8.125.813 74.734 74.734

As notas explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis.

PASSIVO NE Passivo Circulante Provisões Técnicas de Operações de Asssit à Saúde Provisão de Contraprestações não Ganha Provisão de Eventos/ Sinistros a Liquidar ao SUS Provisão de Eventos/ Sinistros a Liquidar Provisão de Eventos/ Sinistros Ocorridos e Não Avisados Débitos de Oper. Assist. à Saúde Tributos e Contribuições a Recolher Tributos e Contribuições Empréstimos e Financiamentos a Pagar Débitos Diversos Passivo não circulante Provisões Provisões para Ações Judiciais Patrimônio Líquido Capital Social Reservas de Lucro Lucros / Prejuízos Acumulados Total do Passivo e Patrimônio Líquido

9

10

11 12 13

31/12/2017

31/12/2016

13.435.685 12.145.413 2.365.333 2.884.939 2.579.283 4.315.858

11.051.254 9.711.004 1.810.201 2.423.501 1.934.690 3.542.612

197.695 357.908 357.908

123.661 647.450 647.450

9.756 724.913 14.144 14.144 14.144 8.770.910 7.575.000 1.195.910

9.207 559.932 14.144 14.144 14.144 8.433.822 7.575.000 858.822

22.220.739

19.499.219

HBC SAÚDE LTDA QUADRO II - DEMOSTRAÇÃO DOS RESULTADOS DOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2017 E 2016 (Em Reais)

31/12/2017

31/12/2016

Receita de Contraprestações Efetivas

50.032.361

42.884.023

Contraprestações Líquidas (-) Tributos Diretos de Oper. com Planos de Assist.

50.774.802 (742.441)

41.677.784 1.206.239

Eventos Indenizáveis Líquidos

(39.408.215)

(34.257.048)

Eventos Conhecidos ou Avisados - Outros Prestadores Var. da Prov. de Eventos Ocorridos e Não Avisados

(38.634.968) (773.247)

(34.219.929) (37.119)

(=) Resultado Das Operações Com Planos De Assist.

10.624.146

8.626.975

Outras Receitas Operacionais Outras Despesas Provisão para Perdas de Crédito

9.408 (2.603.891) (160.682)

161.532 (1.532.814) (304.838)

(=) Resultado Bruto

7.868.980

6.950.854

(1.304.295) (7.563.510)

(231.696) (6.403.399)

Resultado Operacional

(998.825)

315.759

Resultado Financeiro Receita Financeira Despesa Financeira

1.131.009 1.238.047 (107.038)

1.253.624 1.408.610 (154.985)

Resultado Patrimonial Receita Patrimonial Despesa Patrimonial

280.479 280.479 -

247.507 247.507 -

Resultado antes dos impostos

412.663

1.816.891

(-) Imposto de Renda (-) Contribuição Social

(49.217) (26.358)

(296.188) (115.268)

Lucro Líquido do exercício

337.089

1.405.436

(-) Despesas Comercialização (-) Despesas Administrativas

As notas explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis. HBC SAÚDE LTDA QUADRO III - DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA DIRETO DOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2017 E 2016 (Em Reais) Atividades Operacionais Recebimentos de Plano Saúde (+) Outros Recebimentos Operacionais (+) Pagamentos a Fornecedores/Prestadores de Serviço de Saúde (-) Pagamentos de Comissões (-) Pagamentos de Pessoal (-) Pagamentos de Tributos (-)

31/12/2017 51.159.740 476.372 (37.520.360) (1.649.011) (2.047.527) (3.499.770) (621.659)

31/12/2016 42.517.132 2.844.654 (33.669.785) (1.286.148) (1.622.673) (3.124.047) (519.725)

Adiantamento p/ Aum. de capital

Capital Social

Saldos Em 31 De Dezembro De 2015

7.575.000

Aumento de Capital Lucro / Prejuízo do Exercício Saldos Em 31 De Dezembro De 2016

7.575.000

-

Lucro / Prejuízo do Exercício Saldos Em 31 De Dezembro De 2017

Prejuízos Acumulados

-

-

-

7.575.000

-

Impressão: FolhaGráfica

Total

(546.615) -

7.028.385 -

1.405.436 858.821

1.405.436 8.433.821

337.089 1.195.910

337.089 8.770.910

HBC SAÚDE LTDA. Notas Explicativas às Demonstrações Contábeis em 31 de dezembro de 2017 e 2016. (Em Reais) 1. Contexto operacional HBC SAÚDE LTDA tem por objetivo a prestação de serviços médicohospitalares através da promoção de planos de medicina de grupo por convênios e a comercialização de planos de assistência médica hospitalar. 2. Apresentação das demonstrações contábeis As demonstrações contábeis foram elaboradas e apresentadas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, com base nas disposições contidas na Lei das Sociedades por Ações – Lei n° 6.404/1976, sendo adotadas em 31 de dezembro de 2008 as alterações introduzidas pela Lei n° 11.638/2007 e Medida Provisória n° 449/2008, (convertida pela Lei 11.941/2009), bem como as normas da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS e pronunciamentos do Comitê de Pronunciamentos Contábeis – CPC aprovadas pela ANS. 3. Resumo das principais práticas contábeis a. Apuração do Resultado O resultado é apurado pelo regime de competência e inclui os rendimentos, os encargos e as variações monetárias ou cambiais a índices ou taxas ociais até a data das demonstrações nanceiras. As receitas com créditos de operação com planos de assistência à saúde e seus respectivos custos de comercialização são apropriados no resultado no mês de emissão do faturamento. b. Caixa e equivalentes de caixa Caixa e equivalentes de caixa são representados pela disponibilidade em moeda nacional, que são utilizados pela Empresa para gerenciamento de seus compromissos de curto prazo. c. Créditos de operações com planos de assistência à saúde São registrados e mantidos no balanço pelo valor nominal dos títulos representativos desses créditos, em contrapartida à conta de contraprestação efetivas de operações de assistência à saúde, provenientes de contratos vigentes na data do balanço e pelos valores a receber referente a ressarcimentos de eventos. A Empresa constituiu provisão para riscos de crédito com base na totalidade das parcelas devida por beneciários que tenham pelo menos uma parcela em atraso, considerando os prêmios vencidos há mais de 60 (sessenta) dias para operações com plano de assistência individual e 90 (noventa) dias para as operações com plano de assistência coletiva. d.Demais ativos Os demais ativos são demonstrados pelo valor de custo, acrescido, quando aplicável, dos rendimentos e das variações monetárias auferidas. e. Imobilizado Os itens do imobilizado são avaliados pelo custo histórico de aquisição, líquido das respectivas depreciações acumuladas, calculadas pelo método linear, de acordo com a vida útil econômica estimada dos bens e pelas perdas por impairment, quando aplicável. f. Intangível Corresponde aos direitos adquiridos registrados pelo custo de aquisição, deduzido da amortização acumulada e pelas perdas por impairment, quando aplicável. A amortização é calculada sobre o custo de aquisição do ativo apurado pelo método linear, de acordo com a vida útil econômica estimada desse intangível, sendo reconhecido no resultado. g. Provisões técnicas de operações de assistência à saúde I-Provisão de Eventos a Liquidar: São registrados com base na data de emissão das notas scais pelos prestadores de serviços, em contrapartida às contas de resultado de Eventos Indenizáveis Líquidos. – II Provisão para Eventos Ocorridos e Não Avisados – PEONA: Apurada de acordo com os preceitos estabelecidos na Resolução Normativa 160/2007, alterada pela RN 209 da ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar. – III Provisão para Ressarcimento SUS: Registrado pelo montante devido das obrigações de Provisão de Eventos a Liquidar de Ressarcimento ao Sistema Único de Saúde – SUS, de acordo com os preceitos estabelecidos pela Instrução Normativa – IN n° 03, de 20 de outubro de 2010, emitida pela Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS. h. Demais passivos São demonstrados por valores conhecidos ou calculáveis, acrescidos, quando aplicável, dos correspondentes encargos e variações monetárias incorridos até a data de balanço. Foram constituídas provisões para imposto de renda, à alíquota de 15% sobre o lucro tributável, acrescida de adicional de 10% sobre o lucro tributável excedente a R$ 240.000 para o exercício, e para contribuição social, à alíquota de 9%, nos termos da legislação em vigor. i. Ativos e passivos contingentes e obrigações legais-scais e previdenciárias O

artigos e de colunas assinados são de responsabilidade de seus autores. contingentes classicados Oscomo perdas possíveis não são reconhecidos contabilmente, WhatsApp da redação: 94021-9397 e www.folhametro.com.br devendo ser apenas divulgados em notas explicativas, quando individualmente relevantes os classicados como remotos não requerem provisão e divulgação; III- Obrigações legais, scais e previdenciárias: Decorrem de processos judiciais relacionados a obrigações tributárias, cujo objeto de contestação é sua legalidade ou constitucionalidade, que, independentemente da avaliação acerca da probabilidade de sucesso, têm os seus montantes reconhecidos integralmente nas demonstrações contábeis. j. Reconhecimento da receita A receita compreende o valor justo da contraprestação recebida ou a receber pela comercialização dos serviços prestados no curso normal das atividades. As contraprestações são apropriadas ao resultado quando da emissão das respectivas faturas e apropriados, em bases lineares no período de cobertura do risco. A receita nanceira é reconhecida conforme o prazo decorrido usando o método de taxa efetiva de juros.

4.

Disponível

Caixa Bancos

31/12/2017 117 12.503

31/12/2016 117

12.619

612.035

Fornecedores

100.000

Outros débitos pagar dos livros Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06): Dez Anos de Vigência. Avanços e Retrocessos, 280.000 LEandro Cano é acoautor Sob o Ponto de Vista da Prática Forense e da Justiça Restaurativa e O Tribunal do Júri na Visão do Juiz, do Promotor e do724.913 Advogado.

12. Ativos e passivos contingentes e obrigações legais – scais e previdenciárias a. Ativos contingentes A Empresa não tem ativos contingentes, que sejam relevantes, passiveis de registros contábeis ou de divulgação. b. Obrigações scais e previdenciárias e Contingências Cíveis A Empresa conquistou judicialmente a legitimidade e constitucionalidade de alguns tributos e contribuições, os quais estavam no exercício anterior totalmente provisionados, conforme demonstrado a seguir: Provisão p/Ações Tributárias Provisão p/ ações Cíveis (Perda Provável)

6.

Créditos com Operação de Planos de Saúde

Faturas - PJ Mensalidades - PF (-) Prov. P/Perdas sobre créditos PJ (-) Prov. P/Perdas sobre créditos PF

7.

Créditos tributários e previdenciários

Imposto de Renda Contribuição Social sobre Lucro Líquido-CSLL Impostos sobre Serviços - ISS

8.

Imobilizado

Não Hospitalares/Odontológicos Terrenos Edicações Instalações Máquinas e equipamentos Equip.Proc. Eletrônico de Dados Hardware Móveis e utensílios Outras Imobilizações Depreciação acumulada

31/12/2017

31/12/2016

6.295.265 3.795.937 2.499.329 5.394.503 2.292.939 3.101.563 11.689.768

5.631.493 3.321.084 2.310.409 3.508.110 3.372.101 136.008 9.139.602

31/12/2017

31/12/2016

71.9595 1.409.479 (232.498) (584.513)

245.706 905.727 (81.161) (575.168)

1.164.427

495.104

31/12/2017

31/12/2016

203.471 55.682 843.389

346.821 75.742 342.061

1.102.542

764.623

31/12/2017

31/12/2016

Descrição

7.575.000 858.822 8.433.822

31/12/2017

31/12/2016

Capital Base

8.145.639

7.908.388

(x) Fator K

10,32%

ITEM

10,32%

= Capital Mínimo (100%)

840.630

816.146

A*B=C D

(X) Percentual de Constituição

C*D=E

= Patrimônio Mínimo Ajustado – Exigido

100%

100%

840.630

816.146

Patrimônio Mínimo Ajustado – Realizado

8.770.910

8.433.821

Excesso de PMA

7.930.280

7.617.675

DESCRIÇÃO

31/12/2017

31/12/2016

Contraprestações Líquidas –Preço Pré Estabelecido

50.774.802

41.680.491

Eventos Indenizáveis Líquidos –Preço Pré Estabelecido

34.323.309

30.068.695

Valor I - 20% x (A + 0,50.C)

10.154.960

8.336.098

– 33% x (B + 0,50.D)

11.326.692

9.922.669

Margem de Solvência - (Maior entre Valor I e II)

11.326.692

9.922.669

F F -E=G

(*) Conforme Nota n° 144 /2012/CODIF/GEDIF/GGRE/DIOPE/ANS de 21/09/2012, folhas 4 e 5. b.

Margem de Solvência

Valor II

– MS

(*) Regra de Escalonamento Mensal (Art. 7º RN/ANS n° 209/2009)

63,1%

55,8%

Margem de Solvência - Exigida

7.151.673

5.532.881

Patrimônio Mínimo Ajustado – Realizado

8.770.910

8.433.821

Suciência de Patrimônio Líquido Ajustado

1.619.237

2.900.940

31/12/2016

Provisão de Prêmios/Contraprestações

2.365.333

1.810.201

Provisões de Eventos a Liquidar Provisão de Eventos a Liquidar - SUS Provisão Eventos a Liquidar -Outros Prest. Serv.

5.464.222 2.884.939 2.579.283

4.358.191 2.423.501 1.934.690

(D1)

Provisão para Eventos Ocorridos e Não Avisados

4.315.858

3.542.612

(D3)

9.711.004

7.575.000 1.195.910 8.770.910

31/12/2016

B

31/12/2017

12.145.413

31/12/2017

A

5.323.168 1.000.000 4.499.098 1.250 77.362 231.390 168.715 6.409 (661.057) 5.323.168

Provisões Técnicas

31/12/2016 1.691.978 14.144 1.706.122

O Capital Social em 31 de dezembro de 2017, está representado por 7.575.000 (sete milhões e quinhentos e setenta e cinco mil) quotas, com valor nominal de R$ 1,00 (Hum real) cada, perfazendo o montante de R$ 7.575.000 (sete milhões e quinhentos e setenta e cinco mil), totalmente integralizados em moeda corrente nacional. 14. Cálculo do Patrimônio Mínimo Ajustado e Margem de Solvência. a. Patrimônio Mínimo Ajustado –PMA

8.206.956 2.500.000 6.099.098 1.250 77.362 231.390 168.715 6.409 (877.268) 8.206.956

9.

31/12/2017 14.144 14.144

Existem processos em discussão que, com base na avaliação dos assessores jurídicos e seguindo critérios denidos pela Administração, são consideradas de risco de perda possível, que, portanto, não são provisionadas. Em 2017 a empresa reverteu valor contingenciado de ISS conforme expectativa e posição jurídica atrelada ao processo.

13. Patrimônio líquido Os equivalentes de caixa são mantidos com a nalidade de atender a compromissos de caixa de curto prazo e não para investimento ou outros ns, sendo que as Empresas consideram Capital Social equivalentes de caixa os valores que são realizáveis e conversíveis imediatamente em caixa. Lucros / Prejuízos acumulados 5. Aplicações Aplicações Vinculadas às Provisões Técnicas Itau Institucional Saude Rf Fi Safra - Ans Rf Aplicaçõe Títulos de Renda Fixa - Privados- Banco Safra Outras aplicações

220.307alterado ter o itinerário - opção para ser mais uma aos usuários do Cemeg. 559.932

15. Ativos Garantidores Apurada de acordo com os preceitos estabelecidos na Resolução Normativa – RN de n° 329/375 da ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar e suas alterações. A Seguir demonstramos o cálculo dos ativos garantidores em 31/12/2017. ITEM

DESCRIÇÃO

(A) (B)

PEONA - Provisão de Eventos Ocorridos e Não Avidados PESL - Abaixo de 60 dias

(C)

PESL - Acima de 60 dias

(D)

PESL - SUS

(D2)

dez/17 4.315.858 2.579.283 0 1.720.798 146.343 1.574.455 0 5.890.313 8.615.939

ABI X %HC (IA - RN 375/2015) Débitos Pendentes Débitos Parcelados (RN 329 - Liberado de Vínculo e Lastro)

I = (A+C+D2)

TOTAL A SER VINCULADO

II = (A+B+C+D)

TOTAL A SER LASTREADO

Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Contábeis. III

ATIVOS GARANTIDORES VINCULADOS Aplicações Financeiras Vinculadas às Provisões Técnicas

IV

ATIVOS GARANTIDORES CONTABILIZADOS Aplicações Financeiras Vinculadas e Não Vinculadas

(III - I)

Suciência/ de Ativos Garantidores Vinculados

(IV - II)

Suciência de Ativos Garantidores Contabilizados

6.295.265 6.295.265 1 1.689.768 1 1.689.768 404.952 3.073.829

16. Eventos Indenizáveis. A distribuição dos saldos do quadro auxiliar de Eventos de Assistência Médico-Hospitalar, do Documento de Informações Periódicas – DIOPS referente aos planos individuais/familiares rmados posteriormente à Lei nº 9.656/1998, com cobertura médico-hospitalar e modalidade de preço pré-estabelecido de 2017, está assim distribuído:

Cobertura Assistencial com Preço Pré - Estabelecido - Carteira de Planos Individuais/Familiares pós Lei Consulta Médica Rede Própria Rede Contratada TOTAL

1.074.526

Terapias

Exames 547.641

550.651

1.443.320

1.625.177

1.990.961

-

Internações

Outros Atendimentos

Demais Despesas

TOTAL -

5.063.422

178.419

4.229

2.186.829

179.528

4.229

7.250.251

3.440.147

1.109

6.259

3.952

6.259

3.444.099

17. Eventos subsequentes Até a data da elaboração e preparação destas Demonstrações Contábeis, não foram constatadas e nem é de conhecimento da Administração da entidade, a deagração ou existência de nenhum evento subsequente que eventualmente pudesse gerar quaisquer impactos econômicos e nanceiros de mudanças signicativas nestas demonstrações contábeis.

Aos Sócios, Diretores e Administradores do, HBC SAÚDE LTDA - Guarulhos – SP Opinião Examinamos as demonstrações nanceiras do HBC Saúde LTDA. (Operadora), que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2017 e as respectivas demonstrações do resultado, das mutações do patrimônio líquido e dos uxos de caixa para o exercício ndo naquela data, bem como as correspondentes notas explicativas, incluindo o resumo das principais políticas contábeis. Em nossa opinião, as demonstrações nanceiras acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e nanceira da HBC Saúde LTDA., em 31 de dezembro de 2017, o desempenho de

suas operações e os seus uxos de caixa para o exercício ndo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, aplicáveis às entidades supervisionadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS. Base para opinião - Nossa auditoria foi conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Nossas responsabilidades, em conformidade com tais normas, estão descritas na seção a seguir, intitulada “Responsabilidades do auditor pela auditoria das demonstrações contábeis”. Somos independentes em relação à Operadora, de acordo com os princípios éticos relevantes previstos no Código de Ética Prossional do Contador e nas normas prossionais emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade, e cumprimos com as demais responsabilidades éticas de acordo com essas normas. Acreditamos que a evidência de CONTINUA