Page 4

4

cidade

Sábado, 25 de Janeiro de 2014

Lucas Dantas

Sem sinalização - Moradores afirmam que crimes acontecem no momento em que veículos chegam à ponte

Assaltos são atribuídos a ponte interditada Deisy De Assis - Segundo

a população da Vila Any, a incidência de assaltos nas imediações da ponte que dá acesso ao Itaim Paulista, Capital, tem aumentado. O fato tem sido atribuído à interdição e à falta de sinalização informando sobre o bloqueio. A Prefeitura alega que o trecho recebe rondas da Guarda Civil Municipal (GCM). A Polícia Militar diz que o policiamento se adequará à nova realidade de crime. Os moradores afirmam que motoristas e motociclistas estão sendo roubados. “No caso dos carros, os assaltantes aproveitam o momento em que a pessoa faz

a manobra para retornar e roubam celular e o que a pessoa tiver de mais valor”, conta o ajudante de máquina Paulo de Souza. Já os motociclistas têm a moto levada no momento em que reduzem a velocidade ou descem da moto para passar na ponte. Souza argumenta que a ausência de sinalização de trânsito informando sobre a interdição é um dos principais agravantes, já que os motoristas só descobrem o bloqueio próximo à ponte. A Secretaria de Transportes e Trânsito (STT) informou que fará uma vistoria para instalação de

placas onde se fizer necessário. Quanto à segurança, a Secretaria para Assuntos de Segurança Pública esclarece que a região é atendida por rondas da Inspetoria Regional Leste da GCM. Também procurada, a Polícia Militar informou que vai otimizar o policiamento para adequar o combate a esta nova realidade de crimes.

Prefeitura alega que o trecho tem rondas da GCM

Proposta de intervenção ainda está em análise O acesso, que liga a Rua Amaro Alves do Rosário, na Vila Any, e a Avenida Brás da Rocha Cardoso, no Itaim Paulista, Capital, está bloqueado há aproximadamente três meses. Desde que a interdição

ocorreu, por conta de um trecho da ponte ter cedido e trazer riscos, o imbróglio entre as prefeituras de Guarulhos e São Paulo e o Governo do Estado tem gerado polêmica entre os usuários do acesso.

Após jogo de empurra, a Prefeitura de Guarulhos apresentou relatório para obras e orçamento na casa dos R$ 5 milhões. A proposta está em análise na Casa Civil estadual, a qual não informou prazo para resposta.

Folha Metropolitana 25/01/2014  

Folha Metropolitana - o jornal de Guarulhos

Folha Metropolitana 25/01/2014  

Folha Metropolitana - o jornal de Guarulhos

Advertisement