Page 1

Treze de Maio

30 de Janeiro de 2013

-

-

Ano 1 - Nº 17

Queda nas vendas de janeiro afeta comércio de Treze de Maio “População não valoriza o comércio local prejudicando a economia e o desenvolvimento da cidade”, afirmam comerciantes

Página 8

POLÍTICA

Vereador eleito Zilberto Redivo fala da expectativa para 2013 no legislativo trezemaiense Página 06

ESPORTE

Enduro da Lua Cheia completa 25 anos: pilotos percorrem 55 km de trilha em Treze de Maio Página 11


2

Política

30 de Janeiro de 2013

Já estamos terminando o mês de Janeiro de 2013 e também está chegando ao final a temporada de verão, bem mais curta que outros anos, já que o carnaval será na primeira quinzena de fevereiro. À volta as aulas serão logo a seguir, ou seja, já na segunda quinzena de fevereiro a rotina volta ao normal. Ai eu me pergunto, com uma temporada tão curta, vale a pena o investimento em uma casa na praia?!!! Prefeito Keke em seu primeiro mês de mandato, sem novidades, administrando em "banho Maria". Recebeu a casa em ordem, vai se organizando sem alardes. Ainda não nomeou seu secretariado, embora já estejam praticamente definidos, e ao que tudo indica ficará da seguinte forma: • Secretaria de Administração e Finanças - Ailton G. de Pieri - PP • Secretaria de Saúde - Lucinei de Pieri - PP • Secretaria de Transportes e Obras - Antonio Frasson - PP • Secretaria de Educação e Esportes - Mariléia Burato de Pieri Bressan • Secretaria de Agricultura - Albertino Viel - PSDB. A única novidade é a presença do vereador eleito pelo PP, Antonio Frasson, como Secretário de Transportes e Obras, cargo que em princípio deveria ser do PSDB. Os demais são os mesmos da administração anterior. Na câmara de vereadores as funções deverão ficar assim distribuídas: • Presidente - Vereador Rosinei de Pieri Nogaredo - PSDB • Diretor - Nilton Crozetta - PSDB • Secretário - Fabrizio Bez Fontana - PP • Assessor Jurídico - Valcirio Rezin da Silva Junior - PP • Assessor da câmara - Jorge C. Nandi - PSD. Aqui as novidades foram a entrada do Nilton Crozetta como diretor e a presença do suplente de vereador Jorge C. Nandi como assessor, cargo este que não era ocupado na administração anterior. Com estes encaminhamentos, abri-se a possibilidade de rodízio dos suplentes de vereador, Demá - PP, Vitalo - PP, Menudo - PP e Rogério Soratto - PSDB, já que o vereador eleito Vanio Ghisi deverá ser assessor jurídico da Prefeitura. Nas demais funções de segundo escalão não deverão ter muitas novidades. O que toda esta costura representa cabe ao eleitor avaliar. Desejamos a todos sucesso e que desempenhem com responsabilidade a função que o Prefeito está designando e confiando. Lembrando que todos estão aí, eleitos ou indicados para trabalhar na melhoria da qualidade de vida das pessoas. Queremos parabenizar o Ezequiel, jogador do Criciúma e filho do Prefeito, e desejar muito sucesso neste grande e honroso desafio de jogar no futebol europeu, mas precisamente no Braga de Portugal. Junto com ele sempre acompanha o nome de Treze de Maio e é assim que nossa cidade vai se tornando mais conhecida, com coisas positivas.

CLASSIFICADOS Folha Maggio CNPJ: 15.575.739/0001-07 Endereço: Rua João Fragnani, nº 93, Centro Treze de Maio/SC - CEP: 88710-000 Telefone: (48) 3625-0920 Editora Chefe: Lysiê O. dos Santos / lysi-jc@hotmail.com Diagramação: Fábio Julio Gonçalves / 9637-6952 - fabiocriartes@gmail.com Departamento Comercial: Maria Aparecida O. dos Santos aparecidaos@hotmail.com Fotografia: Thamara O. dos Santos - thamara-jc@hotmail.com Colaboradores: Gilmar Recchia, Erica Borges, Daniela Teodoro, Paula Fregnani, Stela Guarezi, Valerio Nandi Gráfica: Click Artes - Fone (48) 3438-1950 / e-mail: clickartesgraf@gmail.com Tiragem: 1000 exemplares Acesse o nosso site: folhamaggio.com.br

Vende-se Buffet para sorvetes (balcão em inox, refrigerado, 4 portas com entrada para 2 freezer, estufa para casquinhas, 3 cubas para caldas quentes e 18 cubas para coberturas). Tratar fone: 48-36250920


30 de Janeiro de 2013

Geral

3

Torcedor agredido e roubado em estádio de futebol será indenizado A Justiça do Rio de Janeiro condenou a Suderj e o Clube de Regatas do Flamengo a indenizarem em R$ 11. 700, 00, por danos morais e materiais, o flamenguista R.S.N.. Ele foi ao estádio do Maracanã assistir a uma partida entre Flamengo e Atlético Mineiro, em 2007, e, no término do jogo, ao se dirigir ao portão de saída, foi abordado por um grupo de torcedores do time rubro-negro, agredido e teve seus pertences - a camisa, o casaco, um aparelho de MP3 Player, além da importância de R$120,00 - roubados. Em virtude das agressões, ele perdeu dois dentes, trincou outros e teve a função mastigadora comprometida por um período.

Quase a metade do preço do material escolar é imposto


4

Saúde

30 de Janeiro de 2013

AS COMPLICAÇÕES DA "MENTE"

São cada vez mais comuns, os distúrbios mentais que atingem grande parte da população. Nesta edição você aprenderá a se cuidar e deixá-las bem longe. Os distúrbios mentais acometem, em algum momento da vida, ao menos 20% da população mundial. A estimativa é que mais de 450 milhões de pessoas sofrem de distúrbios mentais no mundo, sendo 05 milhões somente no Brasil.

Confira como se manifesta algumas doenças: DEPRESSÃO: Sentimento de tristeza intensa, profunda e persistente, desproporcional ao acontecimento. DISTÚRBIO DE ANSIEDADE GENERALIZADO: nervosismo e preocupação intensos, duradouros e frequentes, com permanências de pelo menos seis meses.

ESQUIZOFRENIA: perda de contato com a realidade, alucinações, delírios, alteração de desempenhos e motivação diminuída.

DISTÚRBIO DO PÂNICO: ansiedade extrema, com sintomas físicos como dor no peito, falta de ar, agitação, suor intenso e palpitações. As doenças psiquiátricas mais comuns na população são a depressão e os transtornos de ansiedade. Hoje a depressão é o segundo maior problema de saúde pública, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde. Pensando nisso, o que fazer para diminuir ou acabar com essa tendência? A "Psicologia Positiva" diria que, pelas rotinas do nosso dia-a-dia, não sentimos frequentemente as emoções positivas em nossa vida. E por conta disso, a maioria das pessoas vive infeliz e podem desencadear algum distúrbio mental. Sentimentos e emoções positivas: promover a saúde mental e prevenir os transtornos da mente é possível quando evitamos emoções desagradáveis como ódio, medo, inveja, raiva, frustração, pessimismo, tristeza, impaciência, pessimismo, desesperança, etc., e passamos a nos centralizar em sentimentos prazerosos. Condutas preventivas: segue abaixo algumas atividades simples, mas de efeito marcante que podem ser de grande benefício para todas as pessoas, principalmente para aquelas que desejam prevenir os distúrbios mentais. Leia cada uma delas e retenha as que, para você, proporcionará satisfação duradoura: Seja otimista: quando alguma coisa sair errado, pense nas possíveis soluções, não apenas em dados desesperadores que impeçam a superação do assunto. Procure se animar e tente novamente. Quanto às coisas boas, sinta-se feliz e seja grato. Fortaleça sua autoestima: ao se sentir inferior, você está diminuindo suas defesas contra as doenças mentais. Desenvolva o hábito de, a cada dia, nutrir mais segurança naquilo que faz. Observe seus pontos fortes, e pense em suas conquistas. Anote os pontos fortes em um papel e mantenha-o com você. Leiao de vez enquanto e procure realizar coisas úteis, nas quais possa usar sua capacidade e dons. Procure apoio: as quedas e recaídas de natureza

TRANSTORNO BIPOLAR: episódios de depressão alternados com episódios de exaltação e euforia. mental mais comum surgem com os efeitos contrários ao que esperamos. Da mesma forma, a recuperação acontece pela intervenção pessoal, quer seja profissional ou simplesmente de alguém que fortaleça e ajude o necessitado. Cultive o melhor relacionamento possível. Mantenha-se ativo: dedique tempo necessário ao seu trabalho e depois, no horário do descanso, procure fazer outra atividade que lhe traga satisfação, ou seja, exercícios físicos, passear com a família ou com os amigos, evitando ficar em casa sem fazer nada. Enfrente a culpa: se você tem algum sentimento de culpa, procure agir rápido, pois esse sentimento é perigoso para a saúde mental. Se você fez ou falou algo que magoou outra pessoa, peça desculpa/perdão com sinceridade e humildade. Às vezes a pessoa ofendida não aceita as desculpas e nesse caso, peça auxílio a Deus, pois Ele amenizará seus sintomas. Cuide da sua saúde física: a saúde metal e a física mantém uma relação muito íntima. Se você sofrer mal-estar físico, isso terá influencia sobre o bem-estar mental. Por isso: esteja atenta a sua dieta; faça exercícios físicos; cuide do descanso noturno; evite substancias químicas; etc. Seja humanitário: participe de algum plano de apoio ou promova algum projeto de melhoria para o seu bairro e/ou cidade. Faça tudo com alegria e gratidão. Mantenha atitude confiante: esta é uma das medidas mais proveitosas para conservar a saúde mental. Não seja pessimista quanto ao futuro. Relembre o passado, concentrando-se no que aconteceu de bom e não de ruim. Afaste os pensamentos de desastre,

desgraças e calamidades. Prefira ambientes naturais: os transtornos mentais encontram sua base de desenvolvimento em ambientes urbanos, enquanto a saúde integral se desenvolve em meio à natureza. Se a pressão do trabalho impede que você viva fora da cidade, leve, então a natureza á sua casa através de plantas, flores, um animal de estimação, etc. Inclua em sua vida o aspecto espiritual: a dimensão espiritual pode ser fortalecida por meio de música, meditação, reflexão na vida, contudo, a espiritualidade mais completa é alcançada através da experiência religiosa na qual, pela fé, se admite a existência de Deus. Cada dia mais, estudos científicos apontam os benefícios da oração, pois as pessoas se sentem próximas de Deus, sentindo também maior tranqüilidade e paz mental. No início de cada dia, assuma o propósito de evitar emoções negativas. Escolha duas ou três emoções positivas (entre as que você mais necessita) e procure, sempre que possível, se alimentar delas.

"O seu dia será aquilo que procurares fazer dele". Primeiramente um BOM DIA a todos os leitores. Faça você também o mesmo, deseje bom dia, boa tarde, boa noite, um ótimo dia, um ótimo trabalho, etc., aos seus colegas e familiares e SEJA FELIZ! Um ótimo início de ano para todos.


30 de Janeiro de 2013

Afinal o que é pecado? Há caminho, que ao homem parece direito, mas o seu fim são os caminhos da morte. (Prov. 16.25). Como saber o caminho certo? Vejamos a luz das escrituras sagradas textos sobre esta indagação: ...Um homem, doutor da lei, interrogou a Jesus para experimentálo, dizendo: Mestre, qual é o grande mandamento na lei? E Jesus disselhe: amará o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas. (Mateus 22:35-40). Vejamos então o que diz a Lei em êxodo 20.1-17 a respeito dos mandamentos:

Os Mandamentos 1 - Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim. 2 - Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos. 3 - Não tomará o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão. 4 - Lembra-te do dia do sábado, para santificá-lo. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o Senhor o dia do sábado, e o santificou. 5 - Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá. 6 - Não matarás. 7 - Não adulterarás.

8 - Não furtarás. 9 - Não dirás falso testemunho contra o teu próximo. 10 - Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo. Vimos que Jesus resumiu os mandamentos em dois: 1º Amar a Deus sobre todas as coisas e o 2º Amar o próximo como a si mesmo. Esta é a Lei de Deus. Pecado é a desobediência as Leis de Deus é uma violação ao que Deus estabeleceu. O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna por Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos 6.23 Deus ama o pecador, mas não aceita o pecado. O pecado nos conduz para a morte, mas Jesus nos resgata para a vida, a Vida Eterna. O maior pecado, é aquele que pelo exercício do livre arbítrio, recusa a aceitar a Jesus Cristo, como o Salvador de sua vida. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna (João 3.16). Há também os pecados da carne (contra si mesmo): Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia (Condulta ultrajante, pensamentos ou atos totalmente imorais que induzem a sexualidade.), Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias (Discussão ou contenda com palavras duras), emulações (Competição, rivalidade), iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.

Gálatas 5:19-26 E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele. Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou. 1 João 2:1-6. Agora que você já sabe o que é pecado, se aproxime de Deus, e ele se aproximará de você. Tiago 4.8. Abra a porta do seu coração e deixe Cristo entrar. Apocalipse 3.20 Deus abençoe você e sua família!

Geral

5

ONZE DETIDOS NUMA MEGAOPERAÇÃO DA POLICIA CIVIL NO BALNEÁRIO CAMACHO: Foi realizada uma megaoperação da Polícia Civil no Balneário Camacho, onde foram apreendidas: uma pistola Taurus calibre 380 com numeração raspada, dois carregadores de munições, um revólver calibre 22, uma espingarda calibre 32, 25 munições intactas, torrões de maconha com 160 gramas, meio quilo de cocaína, balança de precisão digital, 17 comprimidos para disfunção erétil conhecido por Pramil sem comprovante fiscal ou receita médica, R$ 10.231,00 em cédulas de diversos valores, vários pássaros silvestres sem cadastro no IBAMA. Doze pessoas foram detidas, sendo que dez, com idades entre 20 e 55 anos foram encaminhadas ao Presídio de Tubarão, indiciadas por vários crimes, principalmente tráfico de drogas, associação ao tráfico, posse ilegal de armas e munições e crime ambiental. As investigações sobre o tráfico de drogas em balneários de Jaguaruna começaram em razão de frequentes denúncias feita à Polícia Civil. O delito tornouse mais constante nesta temporada de verão, principalmente no Balneario Camacho. Dez mandados de busca e apreensão em dez pontos diferentes foram cumpridos, além de dois mandados de prisão preventiva. A megaoperação contou com apoio de policiais de Jaguaruna, Treze de Maio, Sangão, Criciuma, Araraguá, Orleans, Braço do Norte, São Ludgero, Laguna, bem como apoio do helicóptero da Policia Civil, coordenada pelo delegado João Adolpho Fleury Castilho. A Policia Ambiental de Laguna também esteve presente catalogando os animais apreendidos. USUÁRIOS DE DROGAS SÃO DETIDOS NO BALNEARIO CAMACHO: Policiais civis de Jaguaruna passavam pela rodovia Claudino Abel Botega, quando perceberam ao lado da ponte do Camacho, dois sujeitos em atitude suspeita, os quais, ao perceberem a aproximação da policia, dispensaram algo sob a ponte, sendo que ao ser averiguado, verificou-se que era uma bucha de MACONHA acondicionada em um recipiente plástico. Ao serem interrogados, RDS, 21 anos e JBS, 16 anos, entregaram mais uma bucha de “MACONHA” que estava guardada numa casa nas proximidades onde eles estavam parando. Constatou-se ainda que a mãe do adolescente havia registrado o seu desaparecimento, ele que reside na rua Dario Farinelli de Medeiros, em Tubarão. Os dois foram conduzidos para a delegacia, onde a droga foi apreendida e foram tomadas as demais medidas previstas na legislação. ARROMBADOR DE RESIDENCIAS E HOMICIDA É PRESO EM FLAGRANTE NO SANGÃO: Nesta 3ª feira, por volta das 15:00 horas três indivíduos que estavam num veículo GM/Corsa azul escuro, placa MBT-1802, com registro de furto, arrombaram uma residência na localidade de Morro Azul, município de Sangão, levando cerca de R$ 200,00 e outros objetos. Ao receber a informação na delegacia, imediatamente policiais de Treze de Maio, Sangão e Jaguaruna realizaram um cerco, vez que os acusados embrenharam-se num extenso matagal, abandonando o veículo após colidirem com uma camionete. Na ignição do veiculo furtado foi encontrado uma chave confeccionada artesanalmente, conhecida por “Micha”. Um dos acusados foi preso em meio ao matagal, identificado por RFL, 20 anos, o qual possui passagens policiais por assalto, furto e inclusive homicídio na cidade de Criciúma, quando, há cerca de um ano, ele matou com sete tiros um homem naquela cidade, utilizando uma pistola calibre 380. Há três semanas ele havia saído do Presídio Santa Augusta de Criciúma. Os dois sujeitos que ainda estão sendo procurados já foram identificados e também possuem passagens policiais na cidade de Criciúma. O veículo foi restituído para vitima, quanto preso foi encaminhado ao Presídio de Tubarão, após as formalidades legais. ADOLESCENTE ASSASSINO É APREENDIDO: Policiais do setor de investigação da comarca de Jaguaruna investigavam o tráfico de drogas na região, quando foi abordado, com apoio da policia rodoviária federal, um taxi na rodovia BR 101, KM 351, na localidade de Costa da Lagoa, o qual trafegava na direção sul do estado. No interior do veículo foram abordados dois adolescentes, sendo que foi encontrado com LFJ, 17 anos, uma bucha de MACONHA e, em poder de JAOJ, 15 anos foi encontrado a quantia de R$ 750,00 em diversas cédulas, quantia esta que não foi explicada a procedência, sendo constatado ainda que este adolescente tinha mandado de apreensão por assassinar um homem a tiros no ano passado na cidade de Criciúma. Eles foram encaminhados à delegacia, onde a droga foi apreendida, sendo tomadas as medidas legais cabíveis. O JAOJ, que possui várias passagens policiais, considerado de alta periculosidade, foi encaminhado ao CASEP de Criciúma.


6

Geral

30 de Janeiro de 2013

Vereador eleito Zilberto Redivo fala da expectativa para 2013 no legislativo trezemaiense Iniciando uma nova etapa em sua vida, Zilberto Redivo (PMDB), eleito com 307 votos, conquistando o título de vereador mais votado pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro em Treze de Maio, assume pela primeira vez uma cadeira no legislativo e será um dos nove representantes na Câmara Municipal de Treze de Maio. Zilberto é natural de Treze de Maio e representa a comunidade de São Sebastião, onde acumulou mais de 140 votos só do local, o que foi uma votação expressiva que há muitos anos não se conquista-

va na comunidade. O vereador afirma que durante o período eleitoral aprendeu muitas coisas e somou experiências. “Pra mim foi muito bom ter participado, conheci novos amigos, aprendi bastante, e também percebi que aqueles que se diziam amigos, na hora do voto não foram. Tivemos alegrias e decepções”, declara. O peemedebista é um dos quatro vereadores eleitos que farão oposição na Câmara. “Os vereadores do PMDB estão unidos para representar o partido. Vamos fazer oposição sim, mas inteligente, pois brigas não levam a nada. Não

sou a favor de discussões sem necessidade. Temos que trabalhar pelo melhor para a nossa cidade”, ressalta. Desde cedo trabalha na agricultura, e no legislativo pretende lutar pelos interesses da classe. “A agricultura tem que melhorar muito. Na Câmara vou lutar para defender os agricultores que necessitam de mais incentivo do Governo”, enfatiza. Consciente das necessidades da população, Zilberto participa de reuniões com a comunidade para conhecer as principais reivindicações a serem apresentadas nas sessões da Câmara. “Quero trabalhar com a comunidade e já foi marcada uma reunião para trocarmos ideias e conhecermos os principais problemas que precisam ser resolvidos”, diz. Para as primeiras sessões, o vereador pretende apresentar requerimentos e projetos voltados a agricultura e reivindicar soluções para a linha de transporte até Tubarão. “Muitos já estão nos procurando para que se faça alguma coisa pra resolver o problema do ônibus que só está passando aos sábados. Aqueles que não possuem condução própria estão indignados com este im-

passe”. Apesar da pouca experiência na função, o agricultor já trabalha em busca de apoio com o Governo do Estado através dos deputados. “Já estive em contato com o deputado Edinho Bez e com a deputada Ada De Luca, que se comprometeram em apoiar o município”, afirma. O vereador ressaltou que pretende também manter um bom relacionamento com o Poder Executivo que tem Clesio Bardini De Biasi (PP) no cargo de Prefeito. “Acredito que o Keke possa fazer um bom trabalho. Quero ser um apoiador dos projetos bons para Treze de Maio e quando for necessário, em situações que entendo se-

rem negativas à população também saberei ser contrário”. Quanto a sua eleição, ele acredita que tenho sido fruto de um trabalho árduo somado ao apoio de amigos da sua comunidade e demais eleitores no período de campanha. “Fiquei muito contente com o resultado, principalmente pelo grande número de votos que recebi da minha comunidade e de todos que me apoiaram”. Zilberto conta que inicialmente não possuía intenção de se candidatar. Seu nome foi indicado e a pedido de amigos e lideranças partidárias aceitou o posto. “Fiquei bem surpreso com a indicação, mas também fiquei feliz com o apoio de

todos principalmente da minha comunidade e quero lutar pelo bem de todos”. De acordo com sua esposa, Clarice Dela Vedova Redivo, quando teve conhecimento da indicação ficou surpresa e relutante, mas aos poucos aceitou a ideia e apoiou o marido. “Pra mim também foi uma surpresa, no começo resiste, com medo, mas depois aceitei e apoiei em todo o tempo”, relata. Filiado a mais de oito anos ao PMDB sempre acompanhou a política. “A minha família sempre foi do PMDB, meu saudoso pai era muito partidário e teria muito orgulho se estivesse participado desta campanha e visto minha conquista”, conta.

gência são adequadas e vistosas? As áreas externas de fuga são apropriadas? Os patrocinadores sabem dos riscos ao avalizarem estes eventos? Os bombeiros tem poder de

policia para evitar estes desastres? Enfim, a desgraça que abala Santa Maria pode se repetir por aqui? Vai conferir, ninguém sabe!

As lições da tragédia gaúcha Por: Moacir Pereira A tragédia de Santa Maria, que enluta o povo gaúcho e todo o Brasil, mereceu uma cobertura ampla de todos os meios de comunicação aqui e no exterior. Não faltaram manifestações de solidariedade, oferta de ajuda e votos de pesar de autoridades e políticos. Nos próximos dias, surgirão discursos políticos nos parlamentos,

uns sinceramente pesarosos, outros explorando a dor alheia para colher dividendos políticos. Certamente não faltarão – como em tragédias anteriores – propostas exigindo mudanças drásticas na legislação. O tempo, contudo, costuma ser veloz como um raio. E, salvo equívoco, o sofrimento vivido hoje pelos familiares e amigos das vítimas, ficará com aqueles que hoje choram a perda de

seus entes queridos. É espantoso constatar a sucessão de omissões a envolver o triste ocorrido. Licenças caducas, inexistência de saídas de emergência, falta de segurança, ganância, etc. A policia gaúcha haverá de identificar irracionalidades e omissão criminosas. Como as licenças são prerrogativas dos municípios que esta catástrofe sirva de lição para os prefeitos re-

cém empossados. Que fiscalizem com rigor estas casas noturnas e todos os espaços coletivos, deles exigindo o cumprimento efetivo e rigoroso de todas as normas de segurança preventiva. Aqui mesmo as dúvidas: As licenças estão em dia? As casas tem guardas de proteção a incêndio? Os extintores estão vencidos? As saídas de emer-


30 de Janeiro de 2013

Geral

7

Governador lança pacote de obras no Sul do Estado O governo do Estado está encerrando janeiro com o lançamento do maior pacote de obras de infraestrutura de Santa Catarina. Raimundo Colombo tem percorrido todas as regiões, entregando ordens de serviço ou fazendo o lançamento de editais para obras de pavimentação de novas estradas ou restauração de rodovias já existentes. Segundo o secretário Valdir Cobalchini (Infraestrutura), a agenda dos próximos dias inclui o Planalto Norte, com as pavimentações entre Volta Grande e Rio Negrinho, e a ligação Planalto Norte com o Vale, entre Itaiópolis e Doutor Pedrinho, além das restaurações no Meio-Oeste, entre Fraiburgo, Videira, Tanagará e Joaçaba. No total, passam de 500 quilômetros de obras, com mais de R$ 600 milhões de investimentos. O roteiro prossegue em fevereiro, com a ordem de serviço para a duplicação da avenida Santos Dumont, em Joinville, o lançamento do edital para duplicação da Antonio Heill, entre Itajaí e Brusque, e a restauração da rodovia entre Tijucas e Nova Trento, sem falar na ordem de serviço para o novo acesso entre a BR 101 e Criciúma.

Com essa segunda etapa, o valor dos investimentos chega a R$ 1 bilhão. São recursos financiados pelo BNDES, BID e Corporação Andina de Fomento (CAF). No sul, a principal obra é a pavimentação de 32 quilômetros na rodovia SC-370, entre Grão Pará e Urubici, no trecho da Serra do Corvo Branco. Em solenidade na localidade de Aurê, em Grão Pará, o governador lançou o edital para contratação da empresa que vai pavimentar essa rodovia. A obra está orçada em R$ 70 milhões com recursos financiados por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES. Na última semana, a Ministra-Chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e o Superintendente do DNIT em Santa Catarina, João José dos Santos lançaram em Laguna, a ordem de serviço da transposição do Morro do Formigão, na BR101 Sul, em Tubarão. O ato contou com a participação dos deputados e prefeitos da região e aconteceu durante a Assembleia Geral Extraordinária da Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel). O deputado Joares Ponticelli (PP) manifestou, em nome dos

colegas que integram a bancada do Sul, a necessidade de se concluir a duplicação da BR-101 no trecho Sul. "O Morro do Formigão é um gargalo da duplicação e a transposição é importante para resolver o problema. Com o aeroporto de Jaguaruna operando, o porto de Imbituba funcionando a todo vapor e a rodovia duplicada teremos melhores condições para o desenvolvimento do Sul de Santa Catarina", disse o parlamentar.

A obra no Morro do Formigão inclui um túnel de 450 metros de extensão e os acessos ao mesmo. A obra, integrante do Programa de Aceleração do Crescimento - PAC foi licitada pelo Regime Diferenciado de Contratação, sendo o consórcio Jdantas/ Novatecna o vencedor do certame. O prazo de execução é de 720 dias, no qual serão investidos R$ 56.740 milhões. No dia 2 de abril ocorrerá a sessão pública para análise das

propostas de preços, utilizando o modo de disputa aberto. Na sessão serão recebidos os envelopes com as propostas e, verificandose a conformidade das mesmas com os termos do edital, terá início a fase de lances verbais. Na sequência, as participantes apresentarão as propostas técnicas que serão analisadas pela Comissão Licitatória posteriormente. A vencedora será a que obtiver a melhor nota de avaliação nas duas propostas.

Vitorassi concede cinco bolsas de estudos para a escola técnica agrícola de Pedras Grandes Na última segunda-feira (14/01), estiveram na Cooperativa Regional Sul de Eletrificação Rural-COORSEL, participando de uma reunião juntamente com o presidente Vitorassi, o prefeito de Pedras Grandes Antonio Felipe Sobrinho, o presidente da câmara de vereadores Izaltino Masiero e uma liderança do município, Adelfo Felipe Filho. O motivo do encontro foi o de buscar parceria e apoio para a Escola Técnica Agrícola de Azambuja. Para Vitorassi, este é um

projeto de grande importância para o município de Pedras Grandes e região e por este motivo, estará prestando apoio através de cinco bolsas de estudos. “A escola traz novas oportunidades aos jovens, principalmente aos filhos de agricultores que queiram se especializar na área agrícola. A forma de aplicação do curso é fantástica, pois permite ao aluno o manejo direto com a terra durante o dia e a noite na parte técnica através das aulas, sem ter que deixar sua família”, conclui Vitorassi.


8

Geral

30 de Janeiro de 2013

Queda nas vendas de janeiro afeta comércio de Treze de Maio Início de ano, férias, praia, viagens. A temporada de verão é produtiva para uns e preocupante para outros. No mês de janeiro, Treze de Maio assim como tantas outras cidades, parecem verdadeiros “desertos” urbanos, e um dos setores que mais sofre é o comércio. A procura reduzida fica explicita quando se transita nas ruas e lojas da cidade. A explicação mais comum se dá aos gastos excessivos que as pessoas têm no final do ano, são os presentes de Natal, festas de Ano Novo dentre outros fatores que fazem com que o janeiro se torne o mês que o caixa vai à zero. Muitas empresas adotam medidas para tornar menos impactante esta falta de consumidores. É quando a criatividade fica em alta, tudo para chamar a atenção do cliente na tentativa de fazê-lo comprar. São promoções, facilidades no crediário, investimento pesado em mídia. Segundo a empresária Rosimeri M. De Pieri Gonçalves, proprietária de uma das lojas de vestuário mais conceituadas no município há 11 anos, todos os anos acontece à mesma coisa. Em janeiro e fevereiro ocorre uma baixa nas vendas. “É sempre a mesma coisa, no início do ano sentimos bastante a queda nas vendas e nos recebimentos. Temos que apelar para promoções para passar esses meses de baixa”, revela Rosimeri. Ela afirma que até uns cinco anos atrás o ramo varejista estava em alta, mas com a crise econômica e outros fatores está cada vez mais difícil se manter no mercado. “Os primeiros meses são ru-

ins, em março com a páscoa e as novidades da meia estação acontece um aumento nas vendas, mas cada período oscila”, explica. Além da queda nas vendas, o comércio local sofre com a concorrência do comércio de Tubarão e região. “É bem complicado disputar com Tubarão,

pois as pessoas vão passear e aproveitam para ver novas opções, principalmente no dia D, sem falar nas sacoleiras que levam o produto até a casa do cliente, o que acaba prejudicando

quem tem um estabelecimento próprio e paga encargos e salários aos funcionários”, diz. A inadimplência crescente também afeta o comércio, baixando os lucros. “É bem difícil, está cada vez pior a inadimplência, mas

tentamos negociar com o cliente, damos prazos e mesmo assim preferem comprar a vista em outro lugar”, reclama. A empresária Vilma Bardini que atua no ramo dos calçados desde 1985 em Treze de Maio, também sente a baixa nas vendas nos primeiros meses do ano e procura se prevenir. “As despesas são iguais como todos os meses. As vendas caem no início do ano, então procuro guardar um valor já no fim do ano para me precaver e conseguir passar o mês de janeiro. O que salva são as promoções”,

declara. Ela concorda que a concorrência de Tubarão afeta o comércio local. “As pessoas procuram opções em Tubarão, mas o nosso preço é melhor e estamos sempre trazendo novidades. O problema é que o município é pequeno e com baixo poder aquisitivo e mesmo assim procuram outros locais para consumir”, conta. O empresário que atua no setor alimentício há 18 anos, Gilmar De Pieri, afirma que nos mercados a queda nas vendas também acontece cerca de 30% com a saída da população às praias. “Em janeiro as vendas baixam, não porque as pessoas deixam de comprar, como nos outros setores, mas porque grande parte dos clientes não fica na cidade nestes meses. Trabalhamos com ofertas para manter o mercado, e em fevereiro com a volta as aulas, as coisas melhoram”, enfatiza.

De acordo com o empresário, deveria ter um maior incentivo ao comércio local. Ele sugere que as autoridades invistam em atrativos para que a população fique na cidade. “Temos que ter mais apoio das autoridades municipais para fortalecer a cidade. Empresários poderiam investir em novas opções de lazer e o governo poderia melhorar o acesso para atrair turistas. Treze de Maio precisa de mudanças, dá pra fazer muito mais”, comenta. Já a empresária Vilma Bardini afirma que em datas festivas acontecem atrativos e mesmo assim não há um expressivo aumento nas vendas. “Os shows são importantes, no final do ano sempre acontecem, mas a população não valoriza nem os atrativos que são oferecidos gratuitamente”, observa. Uma das opções apontadas pelos comerciantes seria investir em atrativos para crianças em épocas comemorativas. “Se houvesse opções de lazer para crianças em certas épocas do ano a família participa e acabam consumindo”, diz. Os comerciantes enfatizam que a população não valoriza o comércio local prejudicando a economia e o desenvolvimento da cidade. “As pessoas não dão valor ao que é oferecido na própria cidade, preferem gastar combustível e as vezes adquirem o mesmo produto oferecido aqui. Como vamos crescer desta maneira”, refletem os lojistas. “Pagamos os impostos, contribuímos com a economia municipal e não recebe-

mos o apoio necessário. Não temos turistas, nem atrativos para aumentar as vendas como acontece nos municípios vizinhos. Algo precisa ser feito”. De acordo com o Sebrae (Serviço de Apoio à Pequenas e Médias Empresas) as vendas caem em janeiro e fevereiro pelos seguintes motivos: - Quem tinha que comprar, acabou fazendo isso em dezembro devido às festas natalinas e também aproveitou seu décimo terceiro para colocar seu guarda roupa em dia e guardar um pouco para as férias em janeiro; - Por outro lado janeiro é o mês de maior gasto familiar: somam-se aos custos diretos da casa, a matrícula escolar, material e uniforme e IPTU e IPVA. Essas despesas fazem com que as compras de outros produtos sejam consideradas como supérfluos nesse momento, e, portanto, são barradas; - O mês de fevereiro entra no mesmo barco, pois as compras de janeiro têm que ser pagas. Por exemplo, o IPVA é parcelado em três meses. Outra razão, muitas famílias voltaram de férias e não receberão o salário do mês, já que as férias são pagas antecipadamente; - Por último, o Carnaval. Infelizmente, as coisas no Brasil só começam a tomar seus rumos depois desse período, só então começamos a caminhar! É por isso que as lojas aproveitam esse período para fazer liquidações e queima de estoque, assim têm alguma atratividade.


30 de Janeiro de 2013

CAIA NA FOLIA! O Carnaval esta chegando! E, para você se preparar para a festa mais animada do Brasil, segue as dicas das fantasias para arrasar...

Social

9

Cores vibrantes, como laranja, rosa e verde, os maxi acessórios, brincos e colares. Flores e franjas em fantasias super descoladas trazem de volta a melindrosa, personagem dos anos 20. Roupas confortáveis em primeiro lugar, a idéia é estar bonita mais ao mesmo tempo confortável...

COURO MODA Apostas da maior feira de Couro do Brasil Na Couromoda para o Inverno 2013 só deu ele! A grande tendência no segmento de bolsas e calçados não é um modelo em especial, nem uma textura, mas sim uma cor: o vermelho. O tom irá mesmo dominar a temporada, principalmente nos acessórios. Apesar de vibrante, o vermelho também é clássico, sendo ótimo para fazer combinações em looks com jeans.

EVENTOS... "O Pai orgulhoso Giovane Tonon homenageia sua filha Laura Tonon pelos seus últimos semestres no curso de Medicina Veterinária pela UNIBAVE de Orleans, no curso que tem 5 anos de duração Laura já está na 7 ª fase. Giovane lembra com orgulho da filha desde quando iniciou sua vida escolar aqui na cidade de Treze de Maio, e logo mais terá um titulo muito honrado. Parabéns Laura e muito sucesso!"

"O engenheiro elétrico da Coorsel Helton Stang Weber e sua namorada Franciane foram fazer um cruzeiro em Salvador Bahia, na ocasião rodeados de amigos queridos ela recebeu uma surpresa: um lindo e romântico pedido de noivado em alto-mar. Ao casal desejamos muitas felicidades!!!"

"A fofa Manuella M. Dela Bruna vai completar seu primeiro aniversário no dia 14 de fevereiro. Seus pais Gilvani e Mayara e os dindos estão ansiosos esperando pela data... Desde já desejamos á esta pequena muita saúde, felicidades e paz!" Parabéns...

Quem também vai comemorar mais um ano de vida é o simpático Deyvid Baesso no dia 14/02. Recebe a homenagem de seus pais Denis e Renata e da sua tia Suzete. Felicidades!

Parabéns à Ana Carolina que comemorou seus 15 anos no dia 11 de Janeiro de 2013, seus pais Carlinhos e Sirlei lhe desejam muitas felicidades amor e paz nessa nova fase de sua vida... Parabéns!


10

Cultura

30 de Janeiro de 2013

EM FOCO

HISTORIA E CULTURA TREZEMAIENSE LOCALIDADE: VILA MARIA ENTREVISTADA: SENHORA SANTINA MOLON Coluna Cultural: Conte-nos como ocorreu a colonização e a origem do nome desta localidade? Senhora Santina: Como em todas as localidades do nosso município, aqui não foi diferente. No início foi muito trabalhoso, pois nesta localidade não havia estrada, o que havia era capoeira, mato. As pessoas só andavam a pé, de carro de boi ou a cavalo. Por aqui não havia hospital, quando era preciso, nós íamos para Tubarão de "aranha com cavalo cangado", o que demorava muito para chegar até lá. O primeiro morador da "Vila Francisco Morrona", antes conhecido por este nome, foi Pedrinha Molon. Entre os italianos que vieram de navio para morar aqui vieram meus parentes, como o tio de meu pai Pierino. Eles escolheram este local porque viram que aqui era mais fácil de morar por ser um lugar plano e com isto seria mais fácil de cortar os matos e fazer a roça para sobreviver. Eles plantavam rama de mandioca e batatinha. Passaram muito trabalho e necessidade. Mais para frente construíram uma fecularia. Ali eles faziam e torravam a farinha de mandioca para comer. Quando iam para a roça plantar, a fome era muita, e não tinham quase nada para comer. Então, na roça, tiravam galhos das árvores para realizar os serviços. Levavam um avental com bolso e colocavam açúcar grosso dentro do bolso e comiam açúcar para matar a fome durante os serviços. Era a única comida do dia na roça. Meu pai comprou terreno (90 noventa hectáres de terras). Tinha dez filhos, e dividiu entre eles as terras. Minha parte vendi tudo para poder ajudar meu esposo que ficou doente, mas infelizmente ele veio a falecer muito moço. Com a morte de meu esposo passei muito trabalho para sobreviver. Tudo era muito difícil, os moradores eram poucos, e plantavam, além da rama de mandioca e da batatinha, o milho para fazer polenta. A tafona para moer o milho era muito longe e levava quase meio dia para chegar e era levado no lombo do cavalo. Hoje em dia as coisas mudaram muito, tudo está mais fácil. Tem bastante morador aqui e a maioria trabalha na costura e poucos continuam na roça. Muitos homens trabalham em olaria que existe aqui na nossa comunidade. Esta localidade se chama Vila Maria porque aqui viviam muitas mulheres com o nome de Maria, então decidiram colocar o nome de "Vila Maria" em homenagem as Marias que moravam aqui, comenta sorridente e muito simpática a senhora Santina molon. Atualmente na comunidade de Vila Maria está instalada uma olaria que, além de gerar emprego para o município, é uma empresa de referência em produtividade e qualidade para outras regiões.


30 de Janeiro de 2013

Esportes

11

Enduro de Regularidade movimenta Treze de Maio No último fim de semana a abertura da 1ª etapa do Campeonato Catarinense Copa MTC (Moto Trail Criciúma) 2013 movimentou a região sul. Mais de 280 pilotos participaram da abertura que iniciou às 15:00 horas na Arena de eventos em Balneário Rincão. Na ocasião, também aconteceu o Enduro da Lua Cheia, o maior Enduro de Regularidade noturno do Brasil que comemorou seus 25 anos de existência. Pilotos de todo o estado vieram participar do campeonato. Foram 280 km de trilhas percorridas entre Balneário Rincão, Esplanada, Morro da Fumaça, Sangão e Treze de Maio. Dos 280 km, 55 foram feitos nas trilhas trezemaienses. Durante a corrida, pilotos, equipe de apoio e participantes se reuniram em frente ao posto do Alemão em Treze de Maio para um pitstop. O evento atraiu a população em geral que veio prestigiar os pilotos catarinenses. Os representantes da modalidade em Treze de Maio (Tiago, Maicon, Roberto e Junior) fizeram parte da or-

ganização e auxiliaram os trilheiros. De acordo com o piloto Tiago Martins, foi a primeira vez que a competição passou pelo Centro de Treze de Maio. Em edições anteriores, os pilotos passaram pelo interior do município. “Pra nós foi muito importante receber uma competição a nível estadual na nossa cidade. É uma oportunidade de divulgar o município e valorizar o esporte. Os pilotos gostaram bastante das nossas trilhas”, relata. Após a parada para reabastecimento, os competidores retornaram ao ponto de largada. As primeiras motos chegaram perto da meia noite. A premiação é destinada ao piloto mais regular entre as categorias master, sênior, Junior, over 40, over 50, dupla e estreante. O evento mobilizou mais de 500 pessoas que participam das equipes de apoio, familiares dos pilotos e apaixonados por motos. Segundo Tiago Martins, no dia 16 de junho será realizado uma etapa da Copa MTC em Treze de Maio, onde os pilotos do município

também disputarão o campeonato. “Será um grande evento que divulgará nossa cidade e contribuirá na economia, com o grande número de pessoas que o evento atrai. Queremos contar com o apoio das autoridades para realizarmos e divulgarmos esta modalidade esportiva”, afirma. O enduro da Lua Cheia nasceu a partir de conversas de fim de tarde na então revenda Agrale Motos de Criciúma-SC, a partir de uma ideia de Marcelo Meller. A prova começou a tomar corpo em 1995, ano em que contou com 83 inscrições, sendo 31 de pilotos do Rio Grande do Sul. Sempre promovida pelo Moto Trail Criciúma com o auxílio dos clubes da região, o Lua Cheia, hoje tem suas inscrições limitadas em 250 pilotos e doze horas de duração, largando as 00:00 horas e chegando as 10:00 horas de domingo com percurso de 280 km caracterizado pela diversidade de terrenos e trilhas a serem percorridas com areia, ares mineradas, bananais, regiões de pedras, mata fechada, entre outros terrenos irregulares. É uma grande aventura para todos os pilotos que participam, além de ter como característica o envolvimento de famílias inteiras fazendo apoio, organização, renovando a paixão pelo enduro de regularidade e semeando o prazer por este esporte.


12

Geral

30 de Janeiro de 2013

Agricultor de Treze de Maio investe no plantio de uvas A qualidade das uvas trezemaienses se destaca no mercado de Florianópolis e região Em Treze de Maio a economia concentra-se na avicultura e cultivo de milho, fumo, batata, entre outras hortaliças. A família do produtor Valmor Viel resolveu investir em um setor atípico do município e que está em grande expansão em regiões tropicais: a plantação de uvas Niágara Rosada. Atualmente, Valmor Viel é um dos maiores produtores da fruta no município e tem ganhado destaque no mercado pela alta qualidade do produto. Recentemente, é a principal uva plantada nos Estados de São Paulo, Santa Catarina e Minas Gerais. Considerando a importância econômica da viticultura brasileira e acentuada demanda do produto "in natura" e derivados é evidente a exigência do mercado consumidor em qualidade, sendo os principais requisitos na pós-colheita, a aparência, o tamanho, o aroma e o sabor dos frutos. Em Treze de Maio os mercados consumidores têm encontrado estes requisitos. O produtor Valmor Viel iniciou a plantação das primeiras parreiras no ano 2000. Começaram com dois hectares e comercializavam entre consumidores próximos. Valmor obteve uma experiência no cultivo da uva no Estado do Paraná. Após voltar para Treze de Maio, investiu na plantação de batata e produção de frangos. Aos poucos, decidiu investir novamente no cultivo da uva. O investimento deu certo e deixou o produtor rural, animado. "Vimos na uva uma alternativa para continuar na lavoura, pois já passamos por algumas crises na batata e com a produção de frango", afirma. Nos últimos anos, a paisagem da propriedade da família Viel começou a mudar. Em vez das tradicionais culturas de sobrevivência trezemaiense, as parreiras ocupam um maior espaço no local. São mais de cinco hectares de plantação. Devido à sazonalidade climática, sua produção é restrita a alguns períodos do ano. Anualmente são produzidas mais de 80 toneladas na propriedade. O plantio de uva é um dos destaques no cenário rural municipal. Desperta a atenção dos moradores e atrai curiosos de várias localidades que se mostram admirados com a produção e a qualidade dos frutos.

O produto está sendo procurado por mercados de Florianópolis e região. "Produzimos uma uva de qualidade que está sendo reconhecida e bastante procurada por grandes mercados do Estado", declara o filho do agricultor, Valmor Viel Filho que junto com a esposa auxilia no cultivo da fruta. O parreiral é fruto da determinação e de muito trabalho de toda a família. "Nessa época nos dedicamos totalmente ao cuidado das parreiras, atendemos de domingo a sexta, pois para conservar a qualidade dos grãos temos que reforma-las, não podem

ser muito velhas", explica. O clima ameno do município favorece o cultivo de hortaliças e de fruteiras. A cultura da uva tem ciclo produtivo de dois meses. "Estou satisfeito com os primeiros resultados, queremos continuar investindo na agricultura familiar", relata. Após a safra, o agricultor se dedica a avicultura e ao cultivo do milho e maracujá. "Decidimos plantar uva e estamos satisfeitos com o resultado. Há desafios, mas valeu a pena investir no setor", enfatiza Valmor Viel. Uva de mesa Niágara Rosa-

da é a preferida entre os consumidores: A produção de uva para mesa a cada ano apresenta-se como excelente alternativa para os agricultores que buscam diversificar a sua produção. Entre as diversas variedades, a melhor aposta das regiões tropicais do Brasil é a cultivar de mesa Niágara rosada. Ela pode ser produzida em pequenas áreas, é de fácil manejo, tem menor custo de produção e uma boa aceitação pelos consumidores. O cultivo da Niágara rosada só começou a partir da década de 90, graças

aos resultados de pesquisas desenvolvidas pelo Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), que obteve bons resultados assim como o cultivo da uva Isabel. A uva Niágara Rosada apresenta-se como uma das principais uvas consumidas no Brasil, por ter alta qualidade para o consumo in natura, o que tem permitido grande expansão na área cultivada. Esta cultivar apresenta sabor característico muito apreciado pelo consumidor, sendo que a polpa desprende-se facilmente da película, quando a baga é pressionada.


Edição 17  

Ano 01 17ª edição

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you