Page 1

15 de Janeiro de 2014

-

Ano 2

Exemplo de superação: Aos 68 anos, trezemaiense conclui os estudos e tira carteira de motorista Página 6

Balneabilidade

Praias da região sul tem água própria para banho Página 7

-

Nº 40


2

Política

15 de Janeiro de 2014

Iphone 6 pode ser mais fino e teria lançamento marcado para setembro

Balanço Brasil

Se os mais novos rumores sobre a próxima geração do iPhone estiverem corretos, a sexta versão do aparelho será a mais fina de todas. Informações divulgadas pelo site ETNews afirmam que o próximo aparelho da Apple pode ter apenas 6 mm de espessura, um tamanho que já está fazendo com que ele seja chamado de iPhone Air. O lançamento estaria previsto para setembro. Repetem-se também os boatos de que a Maçã estaria experimentando versões com tamanhos de tela maiores, como forma de combater a Samsung. A expectativa é de uma que tenha entre 4,7 e 5,7 polegadas, mas sem aumentar necessariamente o tamanho total do dispositivo. A mágica seria obtida por meio de laterais quase inexistentes, que permitem o aumento do display e otimizam o espaço. A tela maior seria a única grande diferença do iPhone 6 em relação a seu antecessor, o atual 5S. O lançamento previsto para setembro se encaixa perfeitamente na tradição de calendário da Apple, mas uma novidade pode estar pelo caminho, já que uma redução de preço estaria prevista para maio. O corte de US$ 100 deve acontecer antes do fim do primeiro semestre, já uma tentativa de reduzir os estoques para a chegada do smartphone renovado. Como sempre acontece, a Apple ainda não se pronunciou oficialmente sobre os rumores. A empresa não costuma falar sobre seus futuros lançamentos na imprensa, como uma forma de aumentar a atenção para seus grandes eventos, em que normalmente acontecem os anúncios desse tipo.

Mas quem poderá defendê-los! A oposição já não é mais forte o suficiente e a situação já perdeu o medo. O pior, quando se perde o medo vai se perdendo também o respeito. Perde-se o respeito pela oposição? Não, é pelo povo. Povo que se cala, baixa a cabeça e trabalha mais para dar conta do recado e às vezes também perde a paciência, perde seus valores, perde-se na história. Perde a dignidade, rouba, mata, perde a vida. É o balanço de um Brasil conhecido no mundo todo pelo futebol, pelas mulheres bonitas, pela violência, pela corrupção, pela indisciplina. E a solução para tudo isso é a política. Todas as decisões são políticas. Quando um voto é trocado por um favor é crédito dado a baderna política estabelecida.

Número de ocorrências cai em 15% em Jaguaruna O número de ocorrências registradas pelos Bombeiros Voluntários em Jaguaruna, Sangão e Treze de Maio diminuiu 15% em 2013, comparando com os 12 meses do ano anterior. Os atendimentos caíram de 1.517 para 1.313. Como nos anos anteriores, a grande maioria dos atendimentos foi nos casos clínicos. Emergências cardíacas, neurológicas, obstétricas e respiratórias totalizaram 558, cerca de

42% do total de ocorrências do ano. Atendimentos de vítimas de quedas de altura, atropelamentos, agressão, acidentes de trânsito totalizaram 489 atendimentos. Sendo estas emergências com vítimas de trauma, foi contabilizado um percentual de 37% do total de ocorrências do ano. Combate a incêndio fechou com um total de 10%, 138 ocorrências deste tipo foram atendidas durante o ano. Pre-

valeceram os casos de incêndio em mata, com 111 atendimentos durante o ano. Auxílios à secretaria da Saúde municipal, captura de animais, casos extraordinários e prevenções em eventos fecham o total de atendimentos no ano de 2013. Com as mais diversas ocorrências de 2013, os socorristas dos bombeiros voluntários conduziram 894 pessoas a hospitais da região, das 1.047 pessoas que foram atendidas.

Folha Maggio CNPJ: 15.575.739/0001-07 Endereço: Rua Almerinda de Souza Carlos, nº 169, São Cristóvão – Tubarão – SC CEP:88.703-140 Telefone: (48) 3625-0920 Editora Chefe: Lysiê O. dos Santos - Reg. 0004796SC / lysi-jc@hotmail.com - (48) 9672-6332 Diagramação: Fábio Julio Gonçalves / 9637-6952 - fabiocriartes@gmail.com Colaboradores: Gilmar Recchia, Jaison Bez Fontana, Lariane Nandi Alano, Marijane Frasson, Daniela Teodoro, Stela Guarezi, Valerio Nandi, Erico Serafim, Mariel Recco Burato, Geovane Tonon, Glauber Pedroso, Patrick Nandi, Maria A. O. dos Santos, Thamara O. dos Santos Gráfica: Soller - Fone (48) 3434-1970 Tiragem: 1000 exemplares Circulação: Tubarão, Treze de Maio, Jaguaruna, Sangão, Morro da Fumaça, Pedras Grandes e Içara. Acesse o nosso site: folhamaggio.com.br Matérias assinadas e colunas são de responsabilidade de seus autores.

Finda-se 2013, ano repetitivo para a política, senão vejamos: políticos trabalhando intensamente para chegarem forte nas eleições de outubro deste ano. E a prática é a mesma, coligações. Os cargos são muitos, praticamente já abriga a todos os partidos na aba do mesmo chapéu. Pobre contribuinte, tem que trabalhar um tantão para bancar todos os impostos que sustentam esta pesada e gulosa máquina.

Nosso balanço Alguém percebe alguma diferença na belíssima Treze de Maio? Conheces alguém que tenha algum esboço de projeto de desenvolvimento para Treze de Maio? A agricultura familiar está assistida com projetos que sabem aonde quer chegar? O associativismo tem algum incentivo? O turismo tem alguma chance de ser explorado? Algum projeto de moradia? Algum incentivo a indústria? A saúde vai bem? Estamos seguros? A educação vai bem ou tem goteira no ônibus? Ano novo, vida nova. Pedro Serafim, Zulu Candido, Neném Bardini, Crozeta, Jorge Nandi, vocês são presidentes dos seus partidos, PT, PP, PMDB, PSDB E PSD respectivamente. Tentem fazer um partido melhor, onde o objetivo final seja uma melhor qualidade de vida para o cidadão comum e não um emprego para este ou aquele. Trabalhem esta ideia, junto com todos os membros do partido. Tentem aproximar o discurso da prática, façam sua parte. Prefeito, vereadores e funcionários públicos, cidadão em geral, lembram-se daquela festa em família ou na empresa no final do ano? Fez uma festinha na virada de ano? Sentiram alguma emoção quando receberam ou deram algum presente? Os abraços eram mais apertados, os sentimentos de carinho mais contagiantes, pareciam de verdade não é? Claro, eles eram de verdade! Então, continue fazendo assim, de verdade, o ano inteiro. De verdade! Levanta Brasil, e anda! Ah, o Brasil somos nós, Treze de Maio somos nós. O povo somos nós. “Siamo tutti”.


Geral

15 de Janeiro de 2014

3

Receita de salada refrescante para o verão Preparação inusitada mistura rúcula, melancia, hortelã e nozes

Foco em Negócios

Utilizando o e-mail de maneira eficaz - Programas que permitem armazenar anotações e documentos, como o Evernote, podem ser mais úteis para guardar informações importantes sobre o trabalho do que a conta de e-mail;

No verão, não há nada como fazer uma refeição leve e refrescante que contribua para o nosso bem-estar. Se for pouco calórica e saudável, então, melhor ainda. A preparação a seguir é uma receita original do restaurante Viena e ideal para os dias de altas temperaturas. Ela combina os benefícios da rúcula e cebola roxa com a refrescância e sabor ímpar da melancia e hortelã. Aprenda a fazer: Ingredientes 300 g de rúcula sem talos 800 g de melancia em cubos de 2,5 cm 100 g de cebola roxa em meia lua fina 150 g de queijo fresco em cubos de 0,5 cm 100 g de azeitona preta cortada ao meio Molho de nozes 2 colheres (sopa) de nozes ½ xícara (chá) de azeite 2 colheres (chá) de hortelã picada Tempero do queijo minas 1/4 colher (chá) de pimenta dedo-de-moça picada 1 colher (sopa) de salsinha picada 1 colher (sopa) de azeite Modo de preparo Junte todos os ingredientes para o tempero do queijo minas e envolva-o com essa mistura. Reserve. Em uma frigideira sem óleo, aqueça as nozes até tostar. Misture-as ao azeite e bata no liquidificador até obter uma pasta homogênea. Coloque em um bowl, tempere com sal a gosto e hortelã e misture bem com uma colher. Reserve. Faça camadas de rúcula, melancia, queijo temperado, cebola roxa e azeitona para montar a salada. Regue com o molho e sirva.

- Responda os e-mails importantes de forma imediata. Deixar para depois gera um retrabalho, já que é necessário reler a mensagem e pensar novamente sobre o assunto; - Para se organizar melhor, marque como ‘não lido’ os e-mails com temas sobre os quais você precisa tomar alguma atitude, e como ‘lidos’ os que você já resolveu; - Não deixe sua caixa de entrada aberta o tempo todo e desabilite os alertas que chegam no computador ou no celular para avisar sobre novas mensagens; - Estabeleça horários fixos para checar seus e-mails. Faça isso mesmo que seu trabalho exija que você os responda rapidamente e determine um número de minutos a cada hora para isso; - A prática de usar vários e-mails para o mesmo tema deve ser usada apenas em empresas ou ocasiões que exigem que seja feita a documentação da comunicação; - Para assuntos muito delicados, prefira o uso do telefone ou as reuniões presenciais. Depois que os principais pontos forem decididos, mande e-mail para documentar.

Vagas em concursos públicos batem recorde dos últimos cinco anos O Brasil deve abrir, em 2014, o maior número de vagas em concursos públicos nos últimos cinco anos. Devem ser quase 50 mil só no governo federal. O ano começa com muitas oportunidades para os concurseiros. O número de vagas previstas no orçamento de 2014 é o maior dos últimos cinco anos: 47 mil só na administração federal. Quase cinco mil vagas para substituir terceirizados. Estudar para concurso é um investimento. De tempo e de dinheiro. Num cursinho, por exemplo, a mensalidade pode chegar a R$650. Se todas forem preenchidas, o gasto com as contratações vai ultrapassar os dois bilhões e setecentos milhões de reais ao país. E ter previsão no orçamento não significa que o concurso vai sair do papel. Nos últimos cinco anos, quase 35% das vagas previstas não foram efetivamente abertas. Mesmo assim, de 2010 para cá foram realizados concurso para preencher cerca de 83 mil vagas. Fonte: Jornal Nacional


4

Geral

15 de Janeiro de 2014

Rotavírus O que é? Pode ser evitado?

pode ser transmitido pela via fecal-oral ou provavelmente por secreções respiratórias de pessoas infectadas. A água e os alimentos contaminados também podem ser fontes de transmissão do vírus.

Quais são os sintomas da virose causada pelo rotavírus?

Os sintomas predominantes são: • Diarréia aguda e aquosa, sem a presença de muco. • Vômitos, dor abdominal, náuseas. • Febre alta e mal-estar geral.

O rotavírus é um vírus RNA pertencente à família reoviridae. Existem sete grupos desses vírus, denominados A, B, C, D, E, F e G. O tipo A é o mais comum, sendo responsável por mais de 90% das infecções em seres humanos. Este vírus causa a rotavirose, uma doença diarréica aguda responsável por ocasionar surtos em escolas, berçários, creches e hospitais. É umas das principais causas de diarreia grave em crianças até 5 anos de idade, embora possa ocorrer também em adultos. O rotavírus possui um período de incubação de 4 a 10 dias, mas geralmente menor (um a dois dias).

Como este vírus é transmitido? O rotavírus é eliminado nas fezes do doente, assim

Como esta virose pode ser evitada? Para prevenir a contaminação devem ser adotadas medidas de higiene, embora elas sejam pouco efetivas em crianças. Estas medidas incluem: • Lavar bem as mãos com água limpa e sabão. • Lavar os alimentos e as frutas a serem consumidos crus em solução desinfetante. • Usar água tratada para beber ou para preparar alimentos. • Lavar sempre as mãos após usar o banheiro e antes de preparar alimentos. • Desprezar adequadamente fezes e fraldas contendo material fecal.

Esses sintomas podem evoluir facilmente para a desidratação, principalmente em crianças pequenas. Cada infecção deixa certo nível de imunidade e, por isso, as infecções subseqüentes são menos graves e os adultos são afetados mais raramente.

Como esta virose é tratada? Não há um tratamento específico para o rotavírus. Nos casos mais leves, a prevenção da desidratação pode ser feita pela administração de soro caseiro (água com sal e açúcar) ou soro de reidratação oral (SRO) em grande quantidade, visando restabelecer o equilíbrio hidroeletrolítico perdido com a diarreia. É recomendável aumentar a oferta de líquidos como água, sucos, chás e água de côco para repor a quantidade de líquidos perdida com os vômitos e a diarréia. Não é recomendado o uso de antibióticos. O tratamento deve ser orientado por um médico ou farmacêutico.

Existe vacina contra o rotavírus? A vacina que previne a doença faz parte do Calendário Nacional de Vacinação desde 2006. A Vacina Oral de Rotavírus Humano atenuado é aplicada em duas doses para crianças aos 2 meses e aos 4 meses de idade.

Cigarro é o grande vilão das doenças da boca e garganta Nem sempre é fácil deixar o vício, mas os benefícios para a saúde do fumante e de quem vive próximo a ele são inúmeros São inúmeros os impactos negativos que o cigarro traz para a saúde do ser humano, entre eles o comprometimento da estética bucal. Conforme a dentista Ilse Nuernberg, a cavidade bucal de um fumante geralmente apresenta escurecimento da língua, lábios, gengiva, dentes e restaurações. “Essas alterações

são devido à pigmentação de algumas substâncias presentes no cigarro”, afirma. Outros problemas mais sérios como doenças periodontal também não podem ser descartados. “Essa doença ataca a gengiva, osso e ligamento que une os dentes podendo levar a perda destes e lesões na boca, incluin-

do, até mesmo o câncer”, alerta Ilse. O paciente que fuma deve ter cuidados redobrados com a boca, como por exemplo, realizar o autoexame. “É importante para detectar se há a presença de manchas, feridas brancas ou vermelhas”. Ilse orienta que o paciente

deve fazer o autoexame colocando a língua em todas as posições de modo que possa verificar o interior da própria cavidade oral. Uma dica importante da profissional é que ao realizar o autoexame não deve esquecer visualizar as bochechas e garganta. Independente de a pessoa ser fumante ou não a dentista acon-

selha escovar bem os dentes após as refeições, usando um creme dental com flúor e fazer troca da escova dental a cada três meses. “Usar fio dental e como complemento a higiene bucal, fazer bochechos com enxaguantes bucais aumenta a proteção contra cárie e doenças gengivais”, recomenda.


15 de Janeiro de 2014

Geral

5

Mudança de Mente Mais um ano se inicia e com ele as expectativas. Metade do primeiro mês e para muitos, aparentemente nada de novidades e mudanças mesmo só a do calendário. Mudanças externas começarão a aparecer à medida que as internas são reorganizadas. Para isso é necessário uma mudança de mentalidade. Romper com uma estrutura. Seria como demolir um prédio de construção comprometido que pode ruir a qualquer momento e construir outro no lugar, começando do zero como se o primeiro nunca tivesse existido e a isso chamamos de conversão. A mudança de mente se faz necessário a cada vez em que uma idéia ou projeto se apresente diante de um indivíduo. O exemplo pode ser percebido quando o cidadão muda de trabalho. Se o pedreiro passar a trabalhar como padeiro precisará de uma mudança de hábito, de método de trabalho, de público e de tecnologia, portanto necessitará de uma mudança radical, a fim de que tenha bom êxito. Se quiser salários melhores tem que mudar sua rotina, se qualificar, fazer a diferença. Quase todos nós temos algo que gostaríamos de mudar em nós mesmos, no nosso trabalho, nos relacionamentos ou nas ações e hábitos diários. Para mudar nossa vida, entretanto, é preciso mudar primeiro a forma como pensamos. Por trás de tudo quanto fazemos está um pensamento. (“Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos”. Provérbios 4.23). Mudanças devem começar na mente. A maneira como pensamos determina como nos sentimos e isso influencia nossas ações, o que significa que é preciso haver uma renovação espiritual de nossos pensamentos e atitudes. A conversão não pode jamais estar amarrada à religiosidade, uma vez que a religiosidade vem do homem, e a verdadeira conversão vem de Deus. Mude o modo de pensar. Mude sua maneira de pensar sobre Deus, Jesus Cristo e o Espírito Santo, sobre você mesmo, sobre o pecado, sobre outras pessoas, a vida, seu futuro, sobre tudo. Adote a visão de Cristo a respeito da vida, seguindo-o. (Jesus dizia a todos: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente sua cruz e siga-me”. Lucas 9.23).

Conselhos do apóstolo Paulo. Efésios 4. 22. Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, 23. a serem renovados no modo de pensar e 24. a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santidade provenientes da verdade. 25. Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo. 26. “Quando vocês ficarem irados, não pequem”. Apazigúem a sua ira antes que o sol se ponha 27. e não deem lugar ao Diabo. 28. O que furtava não furte mais; antes trabalhe, fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade. 29. Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. 30. Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. 31. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade. 32. Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo.

Menor é morto em Laguna O segundo homicídio do ano foi registrado em Laguna neste fim de semana. A vítima foi um jovem de 17 anos, morto à queima-roupa. O autor, também menor de idade, já foi apreendido e encaminhado para o CIP em Criciúma. O crime ocorreu na localidade de Malvinas, na rua Júlio Maurício, às 13h de sábado. A vítima estava na rua quando o criminoso se aproximou e efetuou três disparos. Um deles acertou o menor na cabeça. A guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático, juntamente a Rádio Patrulha, realizou várias incursões nos becos da localidade para localizar o autor dos disparos. Na madrugada de ontem, apreenderam um adolescente de 15 anos, que tem registrado em seu nome 33 boletins de ocorrência. Com ele, foram encontradas três porções de crack (40 gramas). Com esta quantidade seria possível fazer 160 pedras, que valem R$ 1,6 mil no total. No local, também foi presa uma mulher por tráfico de entorpecentes. O primeiro homicídio de 2014 foi registrado em Imbituba. O adolescente Eduardo dos Santos, de 14 anos, foi morto por um golpe de faca no abdômen. O crime ocorreu no dia 2 de janeiro. Em menos de um mês, este foi o terceiro homicídio registrado em Laguna. No dia 28 de dezembro, dois menores de idade foram assassinados. O primeiro homicídio ocorreu na comunidade Vila Vitória. Um adolescente de 17 anos foi atingido por dois disparos de arma de fogo e morreu no local. Já o segundo, na comunidade da Malvina. Outro adolescente, de 16 anos, foi morto com pelo menos cinco tiros.

Placas de sinalização tomadas pela vegetação Os condutores já devem ter observado na rodovia SC 441 que dá acesso a cidade de Treze de Maio, como a falta de manutenção reflete-se na visualização das placas. A vegetação está cobrindo algumas placas de regulamentação e advertência dificultando a condução. Fique atento na rodovia para não ter surpresas e transtornos. Sem contar que algumas placas sofreram vandalismo.

PM de Imbituba fecha ponto de droga Uma ação da Polícia Militar de Imbituba resultou no fechamento de um ponto de venda de droga, no bairro Vila Alvorada, na última sexta-feira (10). No local, foram apreendidas 40 pedras de crack, além de R$ 101,00 em espécie. Uma guarnição estava no bairro quando viu um usuário entrar em uma casa, que era suspeita de ser ponto de venda de drogas. Após o homem deixar a residência, a PM solicitou apoio da guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático para efetuar a abordagem. Com ele, foram encontradas duas pedras de crack. O usuário revelou onde havia comprado as drogas. A polícia foi até a residência. No local, um homem de 23 anos jogou uma bucha de 20 pedras pela janela. Uma outra, com 20 pedras, foi encontrada enterrada no pátio da residência.

Abordagem policial A guarnição da polícia militar de Treze de Maio estava em ronda na tarde deste domingo (12), quando em determinado momento na rodovia SC 441 deparou-se com o veículo placa AHA 1995, condutor L.J.B de 47 anos, morador do respectivo município. Foi solicitado que apresentasse a C.N.H e o documento do veículo, como o mesmo não possuía a habilitação e o veículo não estava licenciado, o referido foi notificado e encaminhado ao pátio de Jaguaruna.

Polícia apreende oito armas Oito armas foram apreendidas em balneário Arroio do Silva pela Polícia Civil de Araranguá, no sábado (11), em uma residência. Foi apreendida uma pistola de fabricação israelense da marca jerico de calibre 9 mm, uma pistola de calibre 380 da marca Imbel e um revólver de calibre 38, uma espingarda de calibre 12, e mais quatro carabinas. Havia também muita munição de calibre 9 mm, 380 e 3.57 e de fuzil 7.62, além de farto material para recarga, tais como espoletas, projéteis, pólvora e outros. De acordo com os agentes, as armas estavam sem qualquer segurança, em um quarto.


6

Geral

15 de Janeiro de 2014

Exemplo de superação

Aos 68 anos, trezemaiense conclui os estudos e tira carteira de motorista Para grande parte dos pais, a alfabetização dos filhos, a partir dos seis anos, é um dos momentos mais emocionantes da infância. Aprender as primeiras letras, formar as primeiras palavras, escrever o nome num pedaço de papel. Imagine então a frustração de quem por vários motivos pulou as fases da alfabetização e hoje são adolescentes, adultos ou idosos que vivem sem entender o mundo a sua volta. Para eles, as palavras são códigos quase indecifráveis, barreiras que impedem uma vida digna. Mas, apesar da demora, nunca é tarde para aprender. Foi o que decidiu José Silvano Vieira. Aos 68 anos o agricultor aposentado, natural da comunidade de Rio Vargedo em Treze de Maio é um exemplo de superação. Nos últimos três anos, José Silvano voltou aos bancos escolares através do Programa de Educação para Jovens e Adultos e neste semestre conclui a 9ª série do ensino fundamental. Além de enfrentar os desafios de aprendizagem, o aposentado alcançou mais um objetivo: obter a carteira de habilitação. Em janeiro de 2014 finalizou o processo e conquistou a permissão para dirigir. O trezemaiense teve o primeiro contato com as letras aos oito anos quando fez a 1ª série do popular “primário”. Aos 11 anos abandonou a escola para ajudar os pais na lavoura. Aos 19 anos casou-se pela primeira vez formando uma nova família. Passado determinado tempo, separou-se e casou novamente. Dos relacionamentos gerou sete filhos. O tempo foi passando e as dificuldades da vida o afastaram cada vez mais dos estudos. Certo dia, ao matricular

uma das filhas em um curso de informática foi convidado para participar do programa de educação. “Quando a diretora da escola me convidou para voltar a estudar, na hora já afirmei que era velho de mais pra isso, mas ela me incentivou e no outro dia já estava matriculado”, relembra José. As aulas aconteciam duas vezes por semana no Centro da cidade. O aposentado encontrou dificuldades de transporte, já que morava longe e não possuía nenhum veículo para locomover-se. “Foi difícil, pois tinha que pegar o ônibus da escola que saía cedo do Rio Vargedo, sempre perdia uma tarde de serviço pra poder ir à escola. A aula terminava tarde e chegava em casa só 11 horas da noite toda semana. Foi um grande desafio”, afirma. Seu José era o mais velho da turma. Durante o período letivo se dedicou totalmente na busca de conhecimento. “Começamos em aproximadamente 10 alunos e chegou um tempo que os colegas desistiram e ficava só eu e a professora na sala. Só tenho a agradecer aos professores e principalmente a diretora Andreia que sempre me incentivou a continuar”. Com todas as dificuldades, o estudante tomou coragem e decidiu aprender a dirigir e tirar a carteira de motorista. “O estudo me auxiliou bastante quando passei pelas aulas teóricas da autoescola e consegui passar em todas as etapas”. José relata que no dia 03 de dezembro, dia do próprio aniversário, realizou o exame prático de direção veicular e concluiu o processo de habilitação. “Foi um grande presente passar no teste no dia do meu aniversário. Fiquei muito feliz com mais essa conquista”,

enfatiza. Neste novo ano, o aposentado pretende concluir os estudos e ir além. “Esse ano vou concluir o ensino fundamental, passear com o meu carro e quem sabe até encontrar um novo amor”, determina. O idoso afirma que algumas pessoas tentaram desanimá-lo criticando-o referente a idade avançada, mas nada o fez desistir dos seus objetivos. “Alguns amigos me criticaram dizendo que eu era velho de mais e que deveria ter vergonha. Vergonha eu teria se estivesse em um boteco bêbado incomodando os outros. A melhor decisão que tomei foi voltar a aprender. Não me arrependo, deveria ter voltado antes”. O aposentado ainda destaca que o estudo ajudou a obter novas amizades, novos conceitos e até auxiliou na saúde. “Nunca é tarde para ser feliz e lutar pelos objetivos. Aconselho a todos a não desistir dos seus sonhos e principalmente dos estudos. Nunca é tarde, basta ter boa vontade”.

Brasil é 31º em ranking de bem-estar de idosos Pesquisa aponta que na categoria educação, o país baixo desempenho saúde do fumante e de quem vive próximo a ele são inúmeros O levantamento Global AgeWatch Index 2013, foi feito pela ONG HelpAge International, que luta pelos direitos dos idosos, foi feito com base em dados de 13 diferentes indicadores relativos a quatro áreas consideradas chave: garantia de renda, saúde, emprego e educação e ambiente social. Em cada um desses quesitos, os países receberam notas que variaram de zero (mínima) a cem (máxima). A média delas estabeleceu sua posição no ranking geral. O Brasil, com nota

58,9, recebeu elogios no levantamento pela adoção do Estatuto do Idoso, aprovado em 2003. O melhor desempenho do país se deu na categoria garantia de renda, ocupando a 12ª posição mundial. O ranking cita as transferências de renda implementadas pelo governo brasileiro como uma medida que ajuda a mitigar a desigualdade, que prejudica o bem-estar dos idosos. Já no quesito emprego e educação, que analisou o número de pessoas entre 55 e 64 anos empregadas e o grau de instrução dos idosos, o

país teve seu pior desempenho. O Brasil ficou 68º lugar, atrás de alguns de seus vizinhos, como Colômbia, Venezuela, Argentina e Uruguai. Nas categorias saúde e ambiente social, o país obteve as 41ª e 40ª posições, respectivamente. O ranking destaca que, segundo dados da ONU, o número de idosos no mundo ultrapassará 1 bilhão de pessoas nos próximos dez anos e chegará a 2 bilhões em 2050, quando eles corresponderão a mais de um quinto da população mundial.


15 de Janeiro de 2014

Geral

7

Tráfego monitorado através da internet Antes de sair de casa para viajar, principalmente quem precisará passar pelo trecho sul da BR101, a principal curiosidade é se há filas. Muitos acabam congestionando o telefone de emergência da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o 191, para conseguir a informação. Para evitar esta ligação, aplicativos para celulares e as redes sociais podem ser uma boa opção. Na tarde de sexta-feira (10), as filas na BR-101, no trecho sul, eram de 10km. Esta informação estava disponível tanto nos perfis da PRF no Facebook e no Twitter, quanto no aplicativo Waze, que já é sucesso no Brasil desde 2012 e vem ganhando muitos usuários na região.

“Nossa orientação é para que utilizem o número 191 apenas para casos de urgência e evitem ligar para saber sobre as filas”, orienta o inspetor da PRF em Tubarão, Ewaldo Stelzenberger. O Waze é um aplicativo que mistura rede social e GPS. O maior diferencial é que as informações são fornecidas por quem usa o aplicativo. As pessoas que possuem os mesmos interesses ou utilizam sempre as mesmas rotas podem formar grupos para interagir, além de manter toda a informação atualizada regularmente. “Quando sei que vou para a praia, por exemplo, antes de começar a arrumar as coisas em casa, olho o Waze. Se vejo mui-

tos comentários e filas, nem vou naquele horário e deixo para ir depois. É muito bom e preciso. Já deixei de estar na fila muitas vezes, e consegui ir em horários que a BR-101

está bem tranquila, por causa do aplicativo. Mesmo quem não tem internet sempre, há lugares com WiFi e já ajuda”, afirma a estudante de Tubarão Manoela Mendes.

O aplicativo Waze também é monitorado pelos patrulheiros. “Já fizemos o acompanhamento para verificar se estava condizente com a realidade. E funciona realmente bem.

Pode ser uma boa ferramenta, além dos nossos perfis no Twitter e Facebook, que são sempre atualizados”, aponta Ewaldo. Fonte: Diário do Sul

Praias da região sul tem água própria para banho Segundo pesquisa da Fatma, dos 200 pontos monitorados no estado, 59 estão impróprios para banho Os frequentadores das praias da região têm um grande motivo para comemorar. Além das vistas privilegiadas e da natureza abundante no litoral catarinense, o relatório semanal de balneabilidade da Fundação do Meio Ambiente (Fatma) revela que todas as praias de Laguna, Imbituba, Garopaba e Jaguaruna são próprias para banho. A Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma) divulgou na última sexta-feira (10) o 3º relatório de balneabilidade da temporada 2013-2014, o primeiro de 2014. No estudo, 20 pontos foram considerados impróprios em Florianópolis, dos 66 analisados. Já no estado foram 59 impróprios, dos 200 analisados. De acordo com o gerente de Pesquisa e Análise

da Qualidade Ambiental da Fatma, Haroldo Tavares Elias, houve um pequeno aumento de números impróprios já esperados devido às chuvas na primeira semana de janeiro e ao aumento considerável de pessoas no litoral. “Com a população mais que dobrando em algumas cidades do litoral, significa mais descarte de lixo e esgoto”. As condições de balneabilidade são determinadas pela quantidade de coliformes fecais / E coli amostradas nos locais de coleta. A presença de coliformes fecais indica o lançamento de esgoto nas águas do mar. De acordo com o gerente de Pesquisa e Análise da Qualidade Ambiental da Fatma, Haroldo Tavares Elias, a ligação incorreta na rede de esgoto, os efluentes provenientes de sistemas

individuais de tratamento (fossa/filtro) ineficientes, de sistemas coletivos incompletos ou com operação irregular ou mesmo de esgoto bruto tem sido a principal causa para a poluição nas praias catarinenses. “Outro fator são as chuvas intensas e ressacas, de forma geral, que contribuem para o incremento na quantidade de esgoto que chega até as praias” esclarece Haroldo. A Fatma sugere aos banhistas que procurem locais afastados de rios, riachos e galerias de drenagem pluvial, especialmente de 24h a 48h após maior volume de chuvas, pois há maior probabilidade de haver fontes poluidoras nestes pontos. Cada um dos 200 pontos monitorados não representa, necessariamente, uma praia. A Lagoa da Conceição, por exemplo, possui 9 pontos

destes 200. Isso porque é um local onde preocupa o órgão por ter características próprias como a pouca circulação de água e falta de oxigenação, além de um número demasiado de ligações clandestinas de esgoto. Até março, as coletas

continuarão semanalmente. De abriu a outubro, o trabalho passa a ser mensal. As coletas são feitas diretamente da água do mar a até um metro de profundidade na quantidade de 250 mililitros em cada ponto. Levam cinco semanas consecutivas

para obter um resultado tecnicamente confiável. Santa Catarina possui mais de 200 praias e nem todas apresentam necessidade de monitoramento. Fonte: Assessoria de Informação Fatma


8

Geral

15 de Janeiro de 2014

Safra da melancia está a todo vapor Jaguaruna é conhecida como a Cidade das Praias e terra da melancia. Época de verão é sinônimo de muitas barracas ao longo das SCs do município Com uma produção satisfatória, os produtores destacam que o preço poderia ser melhor. “A plantação de melancia é dispendiosa e o preço comercializado, às vezes, deixa a desejar”, destaca o produtor Salézio Oliveria da Silva. Com 20 hectares de melancia plantados, Salézio vende parte da produção para fora do Estado e parte em uma barraca na beira da SC 100, que dá acesso ao balneário Arroio Corrente. “Temos um pessoal de Curitiba que vem pegar melancia aqui, ficam aqui o dia todo carregando caminhão e a outra parte a gente vende na barraca”. Ele conta com a ajuda da esposa Josiane, é ela, na verdade, que fica atendendo a maioria dos clientes que chegam à barraca enquanto ele está na roça ajudando a colher a fruta e a fazer o trans-

porte. As lavouras estão divididas entre as comunidades de Morro Bonito e Morretes. Além de realizar as vendas, Josiane é também quem prepara as refeições para o pessoal que ajuda a carregar os caminhões. “Nós temos aqui uma pequena cozinha e eu faço a comida, muitas vezes para até dez camaradas”, destaca Josiane, que apesar do trabalho puxado nessa época do ano, não reclama. “Trabalho com gosto, estou de férias do meu serviço normal, mas eu gosto de estar aqui, ainda mais quando se tem saúde”, completa ela. Na barraca da família Silva, o consumidor encontrará melancias sendo vendida a unidade. “Aqui nós vendemos as menores 3 por R$ 10 e as maiores aí tem um preço diferenciado”, destaca Josiane. Além das melancias também são comercializadas

as morangas vintém e os melões. Outra barraca que fica às margens da SC 100, já bem próxima à lagoa do Arroio Corrente, é a dos irmãos Bitencourt. De acordo com Andrei Felipe Bitencourt, as vendas estão boas. “Estamos no início do verão e a movimentação está bastante grande”, destaca ele. Os irmãos plantaram 12 hectares da fruta na comunidade de Morro Bonito. A produção referente a quantidade de frutas está abaixo do esperado, no entanto, o tamanho está bem maior. “Esse ano percebemos que tem menos melancia na roça, mas as que tem são muito grandes”. Na barraca, Andrei vende a melancia a R$ 0,75 o quilo e no caminhão o valor está em torno de R$ 0,50 o quilo. Sem precisar com exatidão a quantidade de tone-

ladas nos 12 hectares, ele destaca que a média por hectare está em torno de 30 toneladas.

Consumidores Se para os produtores o preço não está assim tão bom, para os consumidores é atrativo. “Tá muito bom esse ano, estou levando três melan-

cias bonitas por R$ 10. A melancia é uma fruta que dá para a família toda comer e sobrar”, comenta o veranista Paulo Carvalho, natural da cidade de Tubarão. A aposentada Maria de Lourdes Bortolin diz que a melancia é a fruta do verão. “Sempre que vamos para a praia, paramos para comprar melancia. Nessa

época do ano é uma delícia, gostamos de colocar na geladeira e partir ela geladinha, os netos adoram”, comenta a senhora que veraneia no balneário Arroio Corrente. A expectativa é que a fruta seja comercializada até início de fevereiro de 2014. Fonte: Folha Regional

Produtores rurais têm até 31 de janeiro para recolher contribuição sindical rural A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e os Sindicatos Rurais, lembra aos produtores rurais, pessoas jurídicas, que o prazo para o pagamento da Contribuição Sindical Rural do exercício 2014 encerra dia 31 deste mês. São considerados pessoa jurídica os produtores rurais que possuem imóvel rural ou empreendem, a qualquer título, atividade

econômica rural, enquadrados como “empresários” ou “empregadores rurais”. A contribuição é um tributo obrigatório, previsto na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), regulamentada pelo Decreto nº 1.166, de 15 de abril de 1971.

“O pagamento deverá ser efetuado impreterivelmente até o dia 31 de janeiro, em qualquer estabelecimento integrante do sistema nacional de compensação bancária. A falta de recolhimento constituirá o produtor rural em mora e o sujeitará ao pagamento

de juros, multa e atualização monetária previstos no artigo 600 da CLT”, observa o presidente da Faesc, José Zeferino Pedrozo. As guias foram emitidas com base nas informações prestadas pelos contribuintes nas Declarações do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR), repassadas à CNA pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, com amparo no que estabelece o artigo 17 da Lei nº 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e o 7º Termo Aditivo, celebrado entre a

CNA e a SRFB. O documento foi remetido, via postal, para os endereços indicados nas respectivas declarações. Em caso de perda, de extravio ou de não recebimento da guia de recolhimento, o contribuinte deverá solicitar a emissão da 2ª via à Faesc em até cinco dias úteis antes da data do vencimento. Ou ainda obter diretamente pela internet, no site da CNA. Eventuais impugnações administrativas contra o lançamento e cobrança da contribuição deverão

ser feitas no prazo de 30 dias, contados do recebimento da guia, por escrito, enviada pela CNA, situada no SGAN Quadra 601, Módulo K, Edifício CNA, Brasília – Distrito Federal, CEP.: 70.830-903. O protocolo das impugnações poderá ser feito pelo contribuído na sede da CNA, da Faesc ou enviado por correio. O sistema sindical rural é composto pela CNA, pelas Federações Estatuais de Agricultura e/ou Pecuária e pelos Sindicatos Rurais e/ou de Produtores Rurais.


15 de Janeiro de 2014

Geral

9

Assembleia Legislativa de SC devolve R$ 20 milhões ao Executivo Presidente da Alesc, Joares Ponticelli, diz que medida é uma resposta às cobraças da sociedade A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) devolveu R$ 20 milhões para o governo do Estado. O dinheiro voltou para a conta única do Executivo, e poderá ser investido em educação, saúde, segurança e outras áreas importantes. Conforme o presidente da Alesc, deputado Joares Ponticelli, os recursos representam as economias feitas pela Casa durante o ano passado. “É fruto de

uma gestão eficiente e austera. Realizamos muitos projetos, desenvolvemos ações que aproximaram o Poder Legislativo da comunidade e ainda conseguimos economizar”, afirmou. O parlamentar afirma que a economia nos gastos é uma das respostas que a Assembleia dá em relação às fortes cobranças da sociedade por um novo comportamento da classe política. “O Legislativo dá

este exemplo, com esforço de todos os deputados e servidores”, avaliou Ponticelli. Conforme o presidente da Casa, o superávit nas contas permitiu honrar o compromisso assumido pelos poderes no final do ano de devolver recursos ao Executivo e propiciar mais verbas para investimentos. Com sobra em caixa, o Legislativo depositou R$ 20 milhões na conta do Executivo.

Prazo para solicitar título Tráfego pelo acostamento de eleitor segue até maio gera problemas ao trânsito Em trechos de lentidão na BR-101 cena é comum

Em 5 de outubro, os brasileiros vão às urnas para escolher presidente da República, governadores, senadores e deputados federais e estaduais ou distritais. Para votar no pleito de 2014, quem ainda não pediu a inscrição eleitoral tem até 7 de maio do próximo ano para procurar o cartório. A Justiça Eleitoral alerta que aqueles que já possuem o título, mas mudaram de residência também devem procurar o cartório eleitoral até essa data para pedir a transferência de domicílio. Dia 5 de outubro

também é o último dia para que o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida solicite sua transferência para uma seção eleitoral especial. Quem não estiver em dia com a Justiça Eleitoral pode ficar sujeito a alguns impedimentos, correndo o risco de não poder tomar posse em órgão público e obter empréstimos em estabelecimento de crédito mantido pelo governo, entre outros. No entanto, como explica o secretário da Corregedoria-Geral Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Sergio

Dias Cardoso, o maior impedimento para quem não tiver a inscrição eleitoral é não poder participar da escolha de seus representantes. “A inscrição eleitoral é a porta de entrada para a cidadania. Sem o título, não há como exercer o direito de escolher os seus representantes”, destaca o secretário. O voto no Brasil é obrigatório para quem tem de 18 a 70 anos. A Constituição Federal faculta a inscrição e a votação a quem tem 16 e 17 anos, aos que têm mais de 70 anos e aos analfabetos.

O tráfego de veículos pelo acostamento da BR101, em trechos em que é registrado tráfego lento, configura infração de trânsito, sendo passível de multa ao motorista. Realizar manobra de ultrapassagem pelo acostamento é infração de trânsito grave, com multa de R$ 127,69 e somados cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação. O acostamento deve ser usado para emergência e não para trafegar. Ao parar no acostamento, o motorista deve seguir algumas regras para garantir a própria segurança e dos demais usuários da rodovia. Se o trânsito estiver parado, a recomendação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é procurar um local seguro para estacionar. Ao parar no

acostamento, o motorista deve ligar o pisca-alerta e deve permanecer dentro do veículo, além de sinalizar a parada com o triângulo-refletivo numa distância de 50 metros do local. Usar galhos de arbustos também é válido, colocando-os após o triângulo de maneira a não atrapalhar os outros usuários. Pneus e outros objetos maiores não são recomendados, pois oferecem riscos, principalmente aos motociclistas. Se o veículo apresentar problemas mecânicos ou elétricos em trechos sem acostamento, sinalize o

local e entre em contato com a PRF ou uma empresa de guinchos para retirar o veículo na via, oferecendo mais segurança aos usuários da rodovia. Para entrar em contato com a PRF o número de telefone é 191. Não é recomendado usar o acostamento para atender ao telefone celular. Caso seja necessário, procure um local seguro, como um posto de combustíveis. Colaboração: Muriel Ricardo Albonico/ Comunicação Dnit


10

Cultura

15 de Janeiro de 2014

Curiosidades sobre o nosso Estado Você sabia que Santa Catarina tem uma Baía dos Perdidos?

Florianópolis antigamente denominada com Nossa Senhora do Desterro

Santa Catarina também preserva em algumas localidades a cultura alemã Com a descoberta das ricas terras do Brasil, Santa Catarina logo entrou na rota dos navegadores europeus. A primeira expedição significativa a chegar a Santa Catarina foi à do português Juan Dias, em 1515. O litoral catarinense era habitado por índios carijós do grupo tupi-guarani. O navegador deu o nome de “BAÍA DOS PERDIDOS” às águas, entre a Ilha de Santa Catarina e o continente, por conta do naufrágio de uma embarcação local. O italiano Sebastião Caboto a serviço da Espanha, chegou com sua expedição em 1526 e, ao pu-

blicar seus mapas à região, denominava a Ilha de Santa Catarina de “PORTO DOS PATOS”. O nome de Santa Catarina aparece, pela primeira vez, no mapa Mundi de Diego Ribeiro, de 1529. Há divergências quanto ao responsável pela denominação de Santa Catarina. Alguns autores atribuem a Sebastião Caboto, em homenagem a sua esposa, Catarina Medrano, outros defendem que tenha sido em homenagem a Santa Catarina de Alexandria, festejada pela igreja católica em 25 de novembro. O Estado começou realmente a ser povoado em 1637, com a chegada dos bandeirantes, que inicia-

ram a ocupação da futura capital, Nossa Senhora do Desterro, mais tarde Florianópolis. Em 1660, foi fundada a vila de Nossa Senhora da Graça, hoje São Francisco do Sul. Em 1714, era criado o segundo município de Santa Catarina, chamado de Santo Antônio dos Anjos da Laguna, conhecido hoje como Laguna. Em 1739, Santa Catarina passou a ser o posto português mais avançado da América do Sul, o que ambicionou os espanhóis a invadirem a Ilha em 1777. Os espanhóis expulsaram tropas e autoridades para o continente, com o Tratado de Santo Idelfonso,

No sul do estado, a cultura italiana é marcante até na arquitetura no mesmo ano a Ilha tornou para Portugal. Os imigrantes alemães chegaram à região em 1829 e os italianos em 1877, onde se instalaram diversas colônias. A primeira colônia europeia em Santa Catarina foi a São Pedro de Alcântara em 1829. Cerca de 520 colonos católicos vindos de Bremen, Alemanha. A colônia de Blumenau, no vale do Itajaí, foi fundada em 1850 por Herman Blumenau. Em 1837, aconteceu a Revolução Farroupilha, que tinha como principal objetivo transformar Santa Catarina em uma República, separada do restante do país.

Os farrapos tomaram a cidade de Laguna nomeando-a cidade Juliana de Laguna, onde foi instalado o governo da República Farroupilha. Em 1845, os farrapos foram derrotados. Atualmente santa Catarina possui 295 municípios. O maior município é Lages, o mais populoso é Joinville, o menos populoso é Santiago do Sul e o menor em área é Bombinhas a qual possui somente 36,6 km². Santa Catarina possui uma grande diversidade cultural. A cultura de santa Catarina reflete as variadas etnias presentes no Estado. Grupos folclóricos mantém viva a herança dos imigran-

tes, presente também no artesanato, na linguagem e nas festas típicas tradicionais, que atraem milhares de visitantes anualmente, principalmente a Oktoberfest de Blumenau, a segunda maior festa de cerveja do mundo. As casas portuguesas do litoral, a arquitetura enxaimel do Vale Do Itajaí. A comida (polenta), a arquitetura italiana, são exemplos concretos da diversidade cultural catarinense, hoje enriquecida com a soma de novos sotaques e costumes daqueles que escolheram Santa Catarina para viver. Referências: História de Santa Catarina - governo de Santa Catarina


15 de Janeiro de 2014

Esporte

11

Heriberto Hülse é o primeiro estádio liberado pela PM O estádio Heriberto Hülse é o primeiro liberado pela Polícia Militar para a disputa do Campeonato Catarinense. O Majestoso foi vistoriado na tarde desta quinta-feira (09/01) pelo oficial vistoriador da Polícia Militar, tenente Alberto Cardoso Cichella, que é o responsável por visitar e analisar as condições de segurança dos estádios catarinenses. O oficial conferiu toda a documentação e as correções na estrutura propostas na primeira visita ao clube, durante o mês de dezembro. Nesta revistoria, o tenente Cichella fez a as averiguações e confirmou que, por parte da Polícia Militar, o estádio está apto para realizar os jogos. O laudo será emitido

nos próximos dias e encaminhado à Federação Catarinense de Futebol (FCF). “Verificamos toda a documentação e todas as questões relacionadas por parte da Polícia Militar que poderiam influenciar em uma quebra da ordem, e todas elas já foram sanadas pelo clube. A PM também analisa as questões de entrada, as catracas, que no Criciúma já estava tudo em ordem. Além disso, analisamos a capacidade do clube e para isso utilizamos dos laudos de engenharia, do laudo do Corpo de Bombeiros e também do laudo de Vigilância Sanitária. O estádio do Criciúma é o primeiro a ter a revistoria e a conseguir o laudo”, afirma o tenente Cichella.

De acordo com o oficial, as recomendações que foram feitas pela Polícia Militar na primeira vistoria foram cumpridas pelo clube e por isso foi possível a aprovação. “Na primeira vistoria faltavam algumas documentações e também algumas correções na parte estrutural. Essas correções foram realizadas e a documentação foi entregue, então o estádio está aprovado por parte da Polícia Militar”, ressalta ele. A primeira partida oficial do Criciúma no estádio Heriberto Hülse em 2014, será no dia 29 de janeiro, contra o Figueirense, pela segunda rodada do Campeonato Catarinense. Fonte: Sul in Foco

Atílio Calegário inicia a maratona de disputas de 2014 no Balneário Rincão O atleta trezemaiense Atílio Calegário finalizou o ano de 2013 com balanço positivo. Foram mais de 450 km percorridos durante as provas, dentre elas os 15 km da Mountain da Praia do Rosa-Imbituba; Biguaçu Inplac 15 km; Meia Maratona do Rio

de Janeiro 21 km; 6ª Meia Maratona de Pomerode 21 km; Meia de Maratona Blumenau 21 km; Vice campeão do Ranking Cortuba e como não seria diferente, para encerrar o ano, participou da tradicional prova de São Silvestre, sua 15° participação, cor-

rendo ao lado de mais de 27 mil atletas de todo o mundo, completando a prova em 01h40min, chegando na geral em 10473°colocado. “Queremos agradecer, a todos que nos apoiaram no ano de 2013, principalmente a todos os patrocinadores (Calegário Conveniência, Cortuba, Prefeitura de Treze de Maio, Marcon Material de Construção, Coorsel, Infinity Arts, Vitor’s Modas, Bigode) e amigos. Conto com o apoio de todos para 2014. Pratiquem esporte, mesmo que não competitivamente, pois é saudável e você faz boas amizades, que duram para o resto da vida”, enfatiza o corredor. Para iniciar o ano de 2014, o atleta participou no último sába-

do (11) da Night Run – Corrida Noturna no Balneário Rincão. A prova foi dividida em duas distâncias, 7 quilômetros e 14 quilômetros, com largada às 20h45min na plataforma Norte. A equipe Pro Runner participou da prova com 30 competidores, sendo a maior equipe na disputa. O triatleta e coordenador técnico da Esporte & Saúde – Pro Runner, Santiago Mendonça completou o percurso de 14 quilômetros, garantindo o primeiro lugar no pódio. Atílio conquistou a primeira colocação na sua categoria percorrendo os 7 km em 43 minutos. Na corrida o filho do atleta, Jardel Calegário também participou ficando na sétima colocação na respectiva categoria.


12

Social

15 de Janeiro de 2014

Solte suas cangas!!! Férias, sol, mar. A temperatura já aumentou e para andar ainda mais linda nas areias de nossas maravilhosas praias, saiba algumas tendências de estampas, cores e modelos de biquínis que vão ajudar a refrescar o seu verão. Um dos modelos de biquíni que está vindo de mansinho é o Biquíni Ripple, ele tem um franzido na parte de traz formando um coração. Isso proporciona uma impressão que o bumbum é mais empinado.

Além dos modelos e detalhes, você também pode investir nas cores e estampas. O animal print já é a estampa queridinha das mulheres. Podem ser mais extravagantes ou delicadas, ficam lindas em qualquer estilo. As estampas de fauna e flora também são tendência e são a cara do verão. E por fim as estampas étnicas e o preto e branco que fazem sucesso nas roupas agora também fazem sucesso nos biquínis.

#fica a dica O biquíni Hot Pant é referente aos shorts curtíssimos criados na década de 70. Usados também como shorts, às versões de biquínis deste modelo, são muito originais e ousadas. Além dos hot pants, alguns detalhes estão deixando os biquínis ainda mais lindos. Uma tendência que saiu das roupas para a moda praia são as franjas e os babados, deixando as peças super diferentes e delicadas e quando usadas na parte superior do biquíni dão volume, uma ótima opção pra quem tem pouco seio. E para quem tem quadril muito largo, não é bom usar na parte inferior, pois vai chamar mais atenção, deixando os quadris ainda maiores.

Aproveite algumas dicas para você acertar na hora de comprar o seu biquíni: Muito seio: O importante aqui é dar sustentação aos seios: por isso, modelos meia-taça ou com bojo (sem enchimento) são ideais. Pouco seio: Tops com bojos, drapeados e torcidos e detalhes como laços, bordados e babados aumentam o volume da região. Quadril largo: O truque é procurar modelos com calcinhas mais largas ou com regulagem nas laterais, que não marcam. Bumbum pequeno: Invista em calcinhas com babados, estampas grandes e coloridas (listras horizontais são ótimas) e detalhes como laços, zíperes e bordados. (fonte:Capricho)

PARABÉNS PARA VOCÊS Parabéns para Vitorassi que comemorou mais um ano de vida no dia 05/01. “Gostaríamos de homenagear este grande homem, que mais do que o Presidente da Coorsel é um grande amigo de todos. Que a sua sabedoria conquistada com o passar dos anos seja apenas um incentivo para as conquistas e vitórias almejadas futuramente. Feliz aniversário Vitorassi, que Deus te abençoe em todos os dias da tua vida, te cobrindo com paz, saúde, amor e muitos anos de vida. Parabéns! São os votos de todos os funcionários da Coorsel!”

Parabéns para Jéssica Antunes Bez Fontana que no dia 08/01 começou o ano com festa. A Igreja do Evangelho Quadrangular deseja que Deus te abençoe com muita paz, amor, saúde e alegrias. Que seu ano seja repleto de realizações e conquistas. Felicidades!

Folha maggio ed 40 - Ano II  

Edição 40 - Ano II

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you