Page 1

Geral

Educação

Conferência encerra semana de atividades da Apae

EEB Gasparino Zorzi usa a fotografia para falar sobre o Meio Ambiente

Página 6

Campos Novos (SC), sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Ano 1 - Nº 4

O TEMPO HOJE

Página 8

DIA DE SOL.

Min 8° Max 22°

R$ 2,00

Nossa história escrita em uma nova folha

Em entrevista exclusiva, Aristides Cimadon fala sobre a construção da nova sede da Unidade e da implantação do curso de Medicina Veterinária.

Página 5

Esporte Obras nas rodovias estão atrasadas Página 15 Campos Novos e Zortéa estão no regional do Moleque Bom de Bola

Página 9

Unidos pela segurança Comerciantes da Avenida JK fazem abaixo-assinado para a implantação de redutores de velocidade

Página 4


2

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Da redaçã0

Previsão do tempo HOJE

O trânsito e nós

Dia de sol. As nuvens aumentam à tarde.

Sol com algumas nuvens. Não chove.

DOMINGO

Sol com algumas nuvens. Não chove.

Max 25° Min 12°

Max 27° Min 13°

João Fotógrafo/Especial

você fotógrafo

Fonte: Climatempo

João Fotógrafo registrou a bela imagem no interior de Abdon Batista.

DESCE

SOBE Mobilidade

Protestos

No início deste mês (07), o deputado estadual Renato Hinnig protocolou projeto de lei para criação do Sistema Cicloviário em Santa Catarina. Segundo ele, a criação do sistema é um incentivo ao uso de bicicletas para o transporte, contribuindo para o desenvolvimento de mobilidade urbana sustentável e melhorar as condições de tráfego e guarda para os usuários de bicicletas. Através de ações via internet, o deputado busca contribuições e apoio dos segmentos interessados para garantir a aprovação do projeto no legislativo catarinense. Um dos objetivos conforme o projeto é promover o lazer ciclístico e a conscientização ecológica. Caberá ao Departamento Estadual de Trânsito e a Secretaria de Infraestrutura de Santa Catarina, consolidar o programa de implantação o Sistema Cicloviário do Estado de Santa Catarina.

C one xão facebook Curta a página da Folha Independente. Faça sugestões de conteúdo. Comente.

Endereço

Rua Coronel Farrapo, 525, Sala 102 Centro, Campos Novos (SC) - Cep: 89.620-000

Telefone

Médicos cubanos foram vaiados, hostilizados e chamados de “escravos” por médicos brasileiros que fizeram protesto na saída do primeiro dia do curso para o programa Mais Médicos, do governo federal, em Fortaleza. Liderado pelo Sindicato dos Médicos do Ceará, o grupo se reuniu na saída da Escola de Saúde Pública, momento que houve princípio de confusão. Os médicos brasileiros tentaram entrar no prédio da escola e seguranças trancaram a porta. O governo convocou reforço policial e carros da Polícia Militar chegaram ao prédio. Conforme a imprensa nacional divulgou, os estrangeiros saíram assustados com a reação dos colegas brasileiros. A dificuldade das cidades do interior é que os médicos das cidades maiores não querem trabalhar em municípios pequenos.

Lôise Albuquerque E Cordi

Parabenizo a FOLHA INDEPENDENTE pelo alto nível, a criatividade e inovação na apresentação das matérias desse importante veículo de comunicação,cultura e informação de Campos Novos.

Vanessa Torres

Saímos até em coluna social... Coisa chique *-*

Reportagens

Francieli Parenti | MTB 4513/SC-JP Gisiane Agostini | MTB 4440/SC-JP

Projeto Gráfico e Diagramação Herton Farias | MTB 4198/SC-JP

(49) 3541-2522

Empresa Jornalística Planalto Sul Ltda. ME

Diretora Administrativa Financeiro

CNPJ: 10.478.439/0001-88

Diretora de Conteúdo

IE: 255.771.290

AMANHÃ

Max 22° Min 8°

Em 1950, JK é eleito governador de Minas Gerais com o slogan “Energia e Transporte” e em seu mandato construiu mais de 900 km de estradas. Ao assumir a presidência em 1955, Juscelino estabeleceu, na Meta nº 8 de seu Plano, a construção de 10 mil km de rodovias. O Brasil dispunha de 20 mil km de estradas federais, dos quais apenas 800 km com asfalto. Ao final de seu governo, deixou um legado de 24 mil km de rodovias construídas, avançando 50 anos em cinco e mudando a expressão de nosso país. Mas hoje, qual é a situação das rodovias em nosso país? Na edição desta semana falamos sobre melhorias nas BRs, construções de trevos na região, trânsito caótico no perímetro urbano de nosso município, acidentes de trânsito. Resolver os problemas depende de muitas coisas, mas especialmente da visão de que o mundo está cada vez mais urbano. Proponhamos então uma reflexão sobre o assunto, sobre qual a nossa parte. Atribui-se ao consagrado arquiteto, urbanista e político brasileiro Jaime Lerner a sentença segundo a qual “o carro é o cigarro do futuro”. Interprete-se a frase. Há algumas décadas, era comum considerar que fumar cigarros era algo elegante. Requintado. Hoje, todavia, nos escritórios, nos bares, nos restaurantes, e em outros lugares públicos, o cigarro vem sendo expulso. Inexoravelmente. É out of fashion - para usar uma expressão que aproxime um pouco dos textos das crônicas sociais hoje publicadas. A partir do que diz Lerner, depreende-se que, atualmente, há tendências no trânsito das cidades do mundo. A primeira tendência diz respeito ao que se conhece: amenizar os congestionamentos de veículos, especialmente automóveis, para tal aumentando o sistema viário, algo cada vez mais difícil de o poder público realizar, considerando que as aspirações populares estão cada vez mais dirigidas para a área social, como saúde, educação e segurança pública. A segunda tendência se refere ao estímulo ao transporte público eficiente, mesmo que tenha de ser subsidiado. Talvez se possa dizer que a terceira refere-se ao uso da bicicleta, mas isto, infelizmente, depende de muitas adaptações de arraigadas concepções da construção urbana. Por derradeiro, resolver os problemas do trânsito depende de muitas coisas, mas especialmente da visão de que o mundo está cada vez mais urbano. Além do mais, é de se considerar que o atual século é considerado o da cidade, cujo desenvolvimento depende de educação, tecnologia, inovação e produtividade.

A opinião expressa em artigos assinados é de responsabilidade de seus autores, não expressando necessariamente a opinião da Folha Independente.

CAMPOS NOVOS

facebook.com/folhain

Circulação Campos Novos, Abdon Batista, Brunópolis, Celso Ramos, Ibiam, Monte Carlo, Vargem e Zortéa. Impresso na Gráfica Tipobel Tiragem 2 mil/semana

Gisiane Agostini | contato@folhaindependente.com.br Francieli Parenti

Assinaturas

| jornalismo@folhaindependente.com.br

Karen Menegazo | assinaturas@folhaindependente.com.br

Jornal filiado ao Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos Novos (CDL/CN) e Associação Empresarial Rural e Cultural de Campos Novos (Acircan).


Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

3


4

Geral

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013 Folha Independente

abaixo-assinado

Comerciantes da Avenida JK reivindicam lombada Acidentes por excesso de velocidade são frequentes na via

Um baixo-assinado com assinatura de cerca de 30 comerciantes da Avenida JK foi protocolado no início do ano na Prefeitura, pedindo a colocação de duas lombadas físicas ou uma lombada eletrônica em cada lado da Avenida, no entanto, nenhuma providência foi tomada até agora. Os comerciantes queixam-se do excesso de velocidade, ultrapassagens e rachas. “Estamos aguardando resposta desde o início do ano. Isso tem gerado transtorno aos clientes que não têm segurança para sair dos estabelecimentos. Sou contra lombadas físicas, prefiro outro tipo de redutor de velocidade, mas uma faixa de pedestres elevada seria uma solução”, disse Giovanni Farrocheski, um dos comerciantes. Eles também pedem mais conscientização das pessoas que trafegam pelo local, pois a Avenida é um dos locais que mais registra acidentes. Só nesta semana foram dois - um em frente a Infinity Personalização Automotiva e outro, na esquina do Hotel Avenida. Para Daniel Moratelli, o problema é uma questão cultural. “Nossa reivindicação é para que o Conselho de Trânsito tome providência, embora que em Campos Novos precisa de campanhas de conscientiza-

ção para uma reeducação no trânsito, bem como fiscalização. O abuso de velocidade é uma questão cultural”, comenta. De acordo com o Sub-tenente Roseli Sutil de Oliveira, presidente do Conselho Municipal de Trânsito, a reivindicação foi deliberada na primeira reunião do Conselho em março. Por se tratar da principal via de acesso a cidade, um pedido de estudo técnico foi encaminhado ao prefeito, com objetivo de viabilizar uma série de melhorias, e caso não fossem acatadas, que se estudasse então, a implantação de lombadas eletrônicas, pois o fluxo de veículos é compatível para a implantação desse tipo de recurso eletrônico. De acordo com o Sub-tenente, existe um projeto no executivo para reca-

peamento asfáltico e implantação de uma faixa elevada ou uma lombada eletrônica próximo ao Hotel Avenida, no entanto, não soube responder quanto aos prazos para realização das obras, mas ressaltou, que levará o tema mais uma vez na próxima reunião dos conselheiros. O vereador Dirceu José Kaiper, Pé, também é autor de uma indicação solicitando estudos para implantação de redutores de velocidade, ou um método mais adequado de sinalização para diminuir a velocidade dos veículos na Avenida JK. De acordo com o vereador, há um número preocupante de acidentes no local devido à alta velocidade, bem como ponto de embarque e desembarque de alunos das escolas próximas.

Conselho de Trânsito sugere melhorias - Implantação de uma “Ciclovia” no lugar do canteiro da Avenida, tendo em vista o aumento considerável de ciclistas nos últimos anos; - O fechamento das transversais da Avenida JK, tendo os retornos somente na esquina com a Rua Estevão Zanata, onde dá acesso ao Clube Sete de Setembro e no contorno que segue para a BR 282 e

para o Bairro Aparecida, com a criação de duas rótulas nos locais de retorno, o que diminuiria a probabilidade de acidentes; - Efetivação do já projetado quando viabilizado as mudanças no centro da cidade, que seria a implantação de mão de sentido único na Rua Rodolfo Mattos, do final da JK até a Cel. Farrapo, passando pela Borracharia do Camisa.

Segurança

Dois acidentes na SC-284 em menos de duas horas Os acidentes registraram apenas danos materiais

Na tarde de quarta-feira (28), dois acidentes em menos de duas horas ocorreram na SC-284, na estrada do Distrito do Ibicuí. O primeiro acidente foi registrado há 100 metros da ponte e envolveu um Fiat Uno e um Fiat Idea, ambos com placas de Campos Novos. De acordo com a condutora do Idea, Custódia Walter, ela fazia o trecho da empresa Iguaçú – Campos Novos, quando o Fiat Mille fazia o sentido contrário e cortou sua frente, ao entrar no entroncamento que dá acesso a ponte. O motorista do Uno estava com o alerta ligado, porém, a falta de sinalização sobre a

via preferencial pode ter ocasionado a colisão. Custódia e o filho Alan nada sofreram, já o condutor e mais três ocupantes do Uno foram encaminhados ao Hospital Dr. José Athanásio pelo Corpo de Bombeiros, com ferimentos leves. A Polícia Rodoviária Estadual atendeu a ocorrência. Ao retornar da cobertura do acidente, o repórter Cleber Luíz Rossi, conduzindo o Fiat Uno da Rádio Cultura AM, sofreu uma saída de pista seguida de capotamento, ao desviar de um buraco. A Polícia Militar de Campos Novos acompanhou a ocorrência, que registrou apenas danos materiais.

Falta de sinalização pode ter ocasionado o acidente.

Folha Independente


5

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Entrevista

“Temos um projeto grande para Campos Novos” Aristides Cimadon , Reitor da Unoesc Divulgação

O Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), Doutor em Ciência Jurídica, Aristides Cimadon, nascido no interior de Campos Novos, está a frente da instituição em seu quarto mandato, terceiro consecutivo. Iniciou suas atividades como docente no ensino superior em 1977 na antiga Fundação Educacional do Oeste de Santa Catarina (Fuoc) – uma das entidades que vieram a dar origem à Unoesc de Joaçaba, atuando mais tarde, como coordenador do processo de criação da Universidade, em 1991. Em entrevista exclusiva ao Folha Independente, o Reitor fala sobre os futuros investimentos em Campos Novos, como a construção da nova sede da Unidade e sobre a implantação do curso de Medicina Veterinária, um anseio antigo da região. Ele explicou que tudo depende de uma negociação do prédio atual da instituição com a administração municipal. No dia 04, próxima quarta-feira, ele estará em Campos Novos para uma nova conversa com o prefeito.

A Unoesc surgiu no final da década de 60, com o sonho de trazer ensino superior para o interior do estado de Santa Catarina. Qual a avaliação que o senhor faz dessa experiência? Tive a oportunidade de ser o coordenador da implantação da Universidade, isso em 1968, vivi praticamente 35 anos da minha vida dentro dessa instituição, importantíssima para toda a região do oeste de Santa Catarina. Sempre pergunto se a universidade fechasse as portas o que seria da nossa região? Talvez se a Udesc fechasse não teria o mesmo impacto para o estado. Hoje ela representa os anseios de 22 mil estudantes em seus diversos cursos, mais de 1.700 funcionários e professores diretos que atendem pessoas gratuitamente em diversas áreas, como na área da saúde, seja na psicologia, fisioterapia, odontologia, medicina, enfermagem; oferta assistência judiciária, implanta diversos projetos para o desenvolvimento, e ela não tem dono, é da comunidade, gerida por pessoas de grande responsabilidade. Ela vai bem porque aplica seus recursos honestamente.

localidade de Caxambú, mas por ser muito afastada, trocamos por uma outra área, próximo ao antigo seminário, melhor localizado para a implantação de uma estrutura mais ampliada. Temos o projeto pronto para a construção da nova sede, que está dependendo da aquisição das instalações atuais da Unoesc por parte da prefeitura, com valores que representam a avaliação realizada. Se a negociação ocorrer, a obra da nova Unidade deve iniciar em janeiro de 2014. Já conversamos por diversas vezes com o prefeito Nelson Cruz, com a Câmara de Vereadores, e nos próximos dias, vamos nos reunir novamente, para ver a possibilidade dessa permuta com o município.

Ao longo dos anos também chegou a expansão dos Campus em outras cidades. Já foi anunciado investimentos na Unidade de Campos Novos, como a construção da nova sede. Em que fase está o projeto e quando o município será contemplado com as novas instalações? Temos um projeto grande para Campos Novos. A Unoesc está utilizando um espaço restrito em área central, já com dificuldade de estacionamento. Com a implantação do curso de Agronomia, adquirimos uma área de terra próxima a

Pelas conversas realizadas até agora com o prefeito, o senhor acredita que haverá negociação? Eu acredito que sim, o prefeito tem uma visão ampla, é um gestor dinâmico preocupado com o desenvolvimento de Campos Novos e da região. É claro que não depende só dele, depende de aprovação de lei na Câmara, depende de uma série de avaliações e nós não fazemos isso visando um negócio pessoal, mas olhando para o benefício da comunidade. E sob esse aspecto da

Qual o valor da atual sede e da futura? A avaliação da área onde a Unoesc está hoje funcionando ficou em torno de R$ 8 milhões. A previsão para a construção da nova Unidade varia entre R$ 14 a 18 milhões, em função que temos o projeto pronto para implantação do curso de Medicina Veterinária.

Aristides Cimadon , Reitor da Unoesc comunidade, eu vejo que teremos grande possibilidade de êxito nessa negociação, porque o município ganhará muito ao utilizar aquela sede para suas atividades. Naturalmente, a Unoesc não poderá se retirar de uma hora para outra, porque enquanto estiver construindo seu novo espaço, ela tem que continuar a oferta de seus cursos. O que contempla esse novo projeto? As salas de aula para os cursos existentes, mais Medicina Veterinária. Ele contempla área de laboratórios para o curso de Agronomia, considerado um dos bons cursos que ofertamos para a região, um auditório para 800 pessoas, área administrativa e hospital e laboratório veterinário. Só para a construção do hospital veterinário, há uma previsão de investimento de R$ 3,5 milhões, que deverá ser construído dentro de etapas. E o projeto pedagógico para a implantação

do curso de Medicina Veterinária, visto que professores também precisarão se deslocar até o município? Iniciamos neste ano a construção do projeto pedagógico para o curso de Medicina Veterinária, que implica em contratação de professores, estruturação física para oferta das disciplinas, para as aulas teóricas e práticas. Além de Campos Novos, estamos trabalhando para a implantação do curso também em São Miguel D’ Oeste. Mas a Unoesc conta com uma estrutura grande de Medicina Veterinária em Xanxerê, que deverá ser o polo gerador de toda a orientação pedagógica para esses dois novos cursos que pretendemos instalar. Na primeira semana de setembro, estaremos reunidos com toda direção da Unoesc para estudar melhor essa estratégia de expansão da instituição. A Unoesc de Campos Novos já foi um Campus, hoje é uma Unidade. Há comentários de um possível fechamento da Unidade de Campos Novos. Isso pode ser concretizado se essa negociação não avançar ou é apenas uma especulação? Não se cogita o fechamento da Unoesc em Campos Novos. Nunca passou pela cabeça dos dirigentes da Universidade hoje, pelo contrário, o que se vê é a possibilidade de uma melhoria contínua e permanente. Estamos cessando a oferta do curso de Direito, porque existe uma complexidade, dificuldade de professores, realização de estágios, houve a oferta de duas turmas, e terminado isso, estanca-se a oferta, por hora, desse curso. Mas temos um curso bom de Administração, as licenciaturas, o curso de Agronomia que é referência e futuramente o curso de Veterinária também será referência, que é uma cidade que desponta como celeiro em produção de grãos e pecuária, com instalação de novas indústrias como a BRF. O que se vê é uma boa perspectiva para Campos Novos. Quais outros cursos poderão ser implantados? Do que depende e quais critérios que a Unoesc leva em conta? A Unoesc tem preocupação em atender a vocação de cada região. Hoje a Unoesc não pensa em engenharias para Campos Novos, não pensa em saúde, por exemplo. O foco aqui é a vocação da cidade dentro da atividade agropecuária.

Quanto mais Sicredi você usar, mais chances de ganhar. Você pode comprar um carro, uma casa ou o que quiser.

Consulte o regulamento completo em milhoesempremiossicredi.com.br e participe. O Título de Capitalização é garantido pela Icatu Capitalização S.A., CNPJ 74.267.170/0001-73, e aprovado pelo processo SUSEP nº 15414.900130/2013-82. O valor dos sorteios é líquido de tributos incidentes. A aprovação dos Títulos de Capitalização pela SUSEP não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação à sua aquisição, representando, exclusivamente, sua adequação às normas em vigor. Promoção válida para os associados das cooperativas de crédito participantes. Consulte o regulamento completo da promoção em milhoesempremiossicredi.com.br ou nas cooperativas de crédito participantes. Produtos e serviços sujeitos à disponibilidade na sua cooperativa de crédito. Para informações sobre produtos e serviços e condições de contratação, dirija-se a uma de nossas unidades de atendimento. Imagens meramente ilustrativas, apenas como sugestão de uso da premiação. Prêmios pagos em moeda corrente nacional. SAC Sicredi - 0800 724 7220 / Deficientes Auditivos ou de Fala - 0800 724 0525. Ouvidoria Sicredi - 0800 646 2519.


6

Geral

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Inclusão

Apae promove 1ª Conferência Municipal da Pessoa com Deficiência

Na quarta-feira (28), encerraram as atividades organizadas pelo Centro de Atendimento Especializado Menino Deus (Caesp/ Apae) e Apae Clínica, durante a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, comemorada de 21 a 28 de agosto. A Semana culminou com a realização da 1ª Conferência Municipal da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, com a discussão do tema “Prevenção e Avaliações: Diagnóstica e Pedagógica”, no Auditório da Fundação Cultural Camponovense. O evento reuniu professores e pessoas da comunidade educativa. O país tem 45 milhões de pessoas com alguma deficiência, que ainda sofrem empecilhos arquitetônicos, comunicacionais e atitudinais. Enfrentando essas dificuldades, o estímulo desde cedo não só em frente a deficiência intelectual e múltipla, mas diante de todas as deficiências, como a visual, auditiva e física, tem se tornado preponderante para o desenvolvimento dessa população. Neste sentido, a prevenção que deve começar antes mesmo da mulher engravidar e depois, com avaliações precoces, se tornam o desafio chave para a inclusão. “Lá fora já existe a possibilidade de inclusão, enquanto aqui dentro, ainda enfrentamos problemas com alunos totalmente dependentes, inclusive sem noção de higiene pessoal, valores que não são desenvolvidos em casa. Aquela escola paternalista, assistencialista está acabando, hoje a questão é prepara-los para o mundo. Ainda é uma luta muito grande, porque as pessoas ainda tem muito preconceito em relação ao que é ser deficiente. Buscamos com essa conferência, identificar essas deficiências precocentemente através dos professores e da família, e que eles saibam o que fazer quando são identificadas”, destaca o fisioterapeuta e palestrante

Folha Independente

A Conferência foi a última atividade da programação da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla e reuniu comunidade educativa

Prevenção e avaliação precoce foram os assuntos abordados pelo palestrante Robson Júnior a comunidade educativa.

Buscamos com essa conferência, identificar essas deficiências precocentemente através dos professores e da família, e que eles saibam o que fazer quando são identificadas.

do encontro e também coordenador da Apae Clínica, Robson Júnior. O objetivo da Apae é realizar a Conferência todos os anos. O fisioterapeuta fala ainda, que é nítido a diferença no grau de desenvolvimento em alunos com a mesma idade, que receberam estímulos e educação desde cedo, seja na escola ou na família. “Temos alunos que são trabalhados dessa maneira e conseguem viver normalmente e alunos que não foram trabalhados que são extremamente depen-

dentes, as vezes para amarrar um tênis, vestir uma calça, pra comer, eles não tem noção de troco, muitos são analfabetos funcionais. A grande culpa é da cultura que nos cerca, hoje é assistencialista e não se busca a independência funcional das pessoas com deficiência. Todos vão chegar ao momento em que os pais não vão estar presente, e nesse momento, vai fazer falta aqueles longos momentos de trabalho que não foram feitos para a independência das pessoas portadoras de deficiência. Por isso a avaliação precoce é importante, porque os conceitos precisam ser trabalhados a vida inteira, desde o nascimento”. Para reflexão, debate e orientação dos trabalhos na Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla do ano de 2013, todas as Apaes do Brasil, trabalharam o tema “Desafiando os limites, diminuindo as diferenças”, que propõe, o enfrentamento às diferenças que as pessoas com deficiência intelectual e múltipla e suas famílias vivenciam diariamente para inclusão social.

Pelo Mundo Termos do mundo digital entram para o dicionário

TJ decide manter modelo de gestão atual do Samu

Se você não sabe o que significam expressões como Byod, phablet e selfie, agora é possível recorrer ao dicionário? O tradicional dicionário britânico Oxford anunciou na quarta-feira (28) a inclusão destas e de outras palavras relacionadas ao mundo da tecnologia. Segundo a empresa que edita o Oxford, apesar de as palavras só entrarem agora no dicionário, já entraram no radar bem antes. Segundo o Oxford, selfie é “uma fotografia que alguém tira

Uma decisão do Tribunal de Justiça de Santa Catarina mantém a gestão do Serviço Móvel de Urgência (Samu) como responsabilidade da Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina até que haja pronunciamento definitivo do colegiado do TJ. A decisão foi tomada nesta semana (27) e suspendeu o despacho do juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública da Capital que, acusando o Estado de descumprir ordem judicial, determinava a retomada

de si mesmo, tipicamente feita com um smartphone ou uma webcam e publicada em um site de rede social”. E completa com um exemplo: “Ocasionalmente, selfies são aceitáveis, mas postar uma nova imagem de si mesmo todo dia não é necessário”. Já phablet, uma palavra criada a partir da fusão de phone e tablet, é um “smartphone que possui uma tela de tamanho intermediária entre a de um típico smartphone e a de um tablet”.

imediata do serviço sob o regime do estado. A determinação do desembargador João Henrique Blasi, do TJ, atendeu à solicitação da Procuradoria Geral do Estado (PGE). No início desta semana, o juiz Luiz Antônio Fornerolli atendeu a um pedido do Ministério Público e determinou a suspensão do contrato com a Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina. Segundo ele, o Estado deveria retomar a gestão do órgão.

Banco Central aumenta taxa básica de juros O Comitê de Política Monetária do Banco Central decidiu, na quarta-feira (28), aumentar mais uma vez a taxa básica de juros, a Selic. Usado como referência para o custo dos empréstimos aos consumidores e empresas, o juro básico subiu de 8,5% para 9% ao ano. Com o aumento, de 0,5 ponto porcentual, a poupança passará a render bem próximo do que rendia antes da regras que limitou os ganhos para privilegiar fundos de investimento.

O aumento confirmou as expectativas de analistas de instituições financeiras consultados semanalmente pelo Banco Central. Isso porque a taxa básica de juros é um instrumento do governo para controlar a inflação, que ultimamente preocupa o governo por estar cada vez mais distante do centro da meta de 4,5%. O patamar anterior de 8,5% havia sido alcançado após três elevações seguidas, todas de 0,5 ponto percentual.


7

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Informe Publicitário

Floricultura Bella Flor e Eventos organiza a sua festa formatura foram organizados pela equipe da Floricultura Bella Flor e Eventos. O evento aconteceu sábado (24), no Clube Aqua Camponovense. Luciano e Arlete agradecem a confiança de todos os formandos; da Diretora do Polo Unopar de Campos Novos, Iris Nila Berger; do Coordenador Administrativo do Polo Unopar de Campos Novos e Giancarlo Berger Tognon. Eles agradecem também as tutoras dos três cursos e amigas das turmas: Fabiola Boscari, Renata Calgarotto e Juliana Redante. Ainda agradecem Aline Fotografias, Elemar Vídeo e Produções, GMG Segurança, UD Publicidades e Orli Ricardo, equipe colaboradora. A equipe Bella Flor e Eventos deseja sucesso aos formados.

SAIBA MAIS A empresa já prestava serviços para outras agências de eventos na parte de decoração e agora chega com força total para cuidar de todos os detalhes de sua festa. Quer saber mais sobre os trabalhos da Floricultura Bella Flor e Eventos? O endereço é rua Coronel Farrapo, 1818, Bairro São Sebastião. Os telefones de contatos são: (49) 3541-2269 e 3541-0410.

Folha Independente

Formatura da faculdade, festa de 15 anos, casamentos e aniversários, são eventos que marcam a vida das pessoas. Essas datas especiais precisam de um glamour exclusivo. Pensando nisso, Luciano e Arlete Lemos, proprietários da Floricultura Bella Flor e Eventos se prepararam para atender esse público exigente, que busca algo especial em uma empresa de eventos. A Floricultura Bella Flor que atua em Campos Novos e região há mais de 15 anos, em 2012, buscou especialização para oferecer todo serviço e organização, tornando-se protagonista destes momentos especiais. Prova disso foi o resultado visto na formatura dos cursos de Gestão Ambiental, Letras e Recursos Humanos da Unopar, Polo de Campos Novos. A solenidade de colação de grau e o baile de

Gestão Ambiental

Profissionais da Unopar

Recursos Humanos

Letras


8

Educação

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Retratando o Meio Ambiente

Concurso usa a fotografia na educação ambiental

Com o acesso dos estudantes a câmeras fotográficas e aparelhos celulares, as fotografias podem se tornar um recurso didático de alta eficiência. Então porque não criar um projeto de trabalho que vise o aproveitamento desses recursos tecnológicos, através das fotografias? Com essa visão que a Escola de Educação Básica Coronel Gasparino Zorzi realiza pela 10ª edição, o concurso “Retratando o Meio Ambiente”. Nesses 10 anos, essa atividade proporciona grande entusiasmo nos alunos e as aulas se tornam muito mais atrativas. Este ano o concurso trás o tema “Fenômenos Naturais”. Os alunos precisam produzir uma foto referente ao tema e escrever uma frase de sua autoria, como legenda da imagem, de no máximo três linhas. A entrega das fotos no formato 15x21 e da frase iniciou em 20 de agosto e vai até o dia 30 de setembro. As fotos passarão por uma pré-seleção, onde serão ampliadas e nos dias 08 e 09 de novembro, estarão dispostas em uma exposição aberta a comunidade e serão avaliadas por um corpo de jurados especializado. No concurso de fotografia, serão duas categorias que serão premiadas de primeiro a terceiro lugar: a primeira categoria vai do 1º Ano do Ensino Fundamental até o 5º Ano e a segunda categoria, do 6º Ano ao 4º Ano do

Ensino Médio. Coordenado pelos professores Eduardo Palavro e Nádia Goulart, com envolvimento de toda comunidade educativa, o projeto “Retratando o Meio Ambiente” visa sensibilizar os estudantes, para que estes adquiram uma postura de comprometimento e preservação perante o meio ambiente, para que as próximas gerações possam desfrutar de tantas beDivulgação

Neste ano, a Escola Gasparino Zorzi promove a 10ª edição do concurso fotográfico “Retratando o Meio Ambiente

Fotografia do aluno Idimar Leandro Venturin, vencedor da 1ª Categoria na edição passada do concurso.

Enem

lezas naturais quanto as existentes hoje. A fase inicial do projeto concentra-se em estudos referentes ao tema e também, noções sobre fotografia com profissionais da área. De acordo com a professora Nádia, o projeto usa a fotografia como elemento de aprendizagem na educação ambiental. “Trabalhar a fotografia, permite desenvolver alunos observadores, críticos, reflexivos, sensíveis e construtores de conhecimento. Neste processo de aprendizagem, a fotografia não é o produto final do projeto, mas a observação, análise e estudo da imagem e as interferências com que o aluno produzirá através dela, é o que há de mais significativo para o seu desenvolvimento cognitivo”, explica. “Esse concurso está completando 10 anos, significa um momento para avaliar a grandiosidade e a evolução desse projeto até aqui. A escola está de parabéns, principalmente os professores que estão coordenando. É um projeto com grande aceitação, porque há uma ótima interação entre escola e família. A cada ano, o interesse dos alunos aumenta e também a qualidade das fotos e das frases”, destaca a diretora Marilza Dall”Oglio. Como forma de inovar, a intenção da EEB Gasparino Zorzi é lançar um livro, com fotos e relatos do concurso nesses 10 anos, projeto que depende de patrocínio.

Viagem Teatral

Estudantes catarinenses têm simulado online gratuito

Projeto leva teatro ao ar livre a quatro municípios

Avaliação está disponível até 8 de setembro, com 80 questões exclusivas e correção pelo método TRI, nos moldes do Exame Nacional do Ensino Médio

Desde segunda-feira (26) está acontecendo na região o projeto Viagem Teatral, realizado pela Harmônica Arte e Entretenimento. As peças teatrais são apresentadas pelos atores da Traço Cia de Teatro. A Enercan – Campos Novos Energia é a idealizadora, através da Lei Rouanet (Incentivo à Cultura). A turnê na região já passou por Abdon Batista, Anita Garibaldi, Campos Novos e Celso Ramos com dois espetáculos apresentados em dias diferentes: “Estardalhaço em: Romeu e Julieta” e a montagem Fulaninha e Dona Coisa. Ao total são 11 apresentações em locais públicos, com a intenção de proporcionar espetáculos culturais de qualidade e gratuitos à população como forma de ampliar as opções de lazer e entretenimento na região nos quatro municípios do entorno da Usina Hidrelétrica. O projeto Viagem Teatral encerra amanhã, às 10hs na Praça Lauro Muller de Campos Novos, com o Espetáculo Fulaninha e Dona Coisa. Hoje a partir das 10h a mesma peça será apresentada na Praça da Amizade, em Celso Ramos e a partir das 15h na Praça Paulino Granzotto de Anita Garibaldi a população recebe o espetáculo Estardalhaço em: Romeu e Julieta.

Os 127.842 estudantes de Santa Catarina inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) contam com uma ferramenta on-line para se preparar para o exame. Com 20 questões para cada área do conhecimento (Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza), o simulado gratuito é uma boa oportunidade para quem está se preparando ao Enem e quer real-

mente testar seus conhecimentos. As 80 questões têm as mesmas características do maior exame do país, que avalia não apenas o conteúdo, mas as habilidades dos estudantes. A iniciativa é uma parceria da Primeira Escolha, empresa especializada em avaliações e métricas educacionais, com a Universia Brasil, rede ibero-americana de colaboração universitária e o Curso Pré-Enem, da Abril Educação. Para participar, basta acessar o portal da Universia – www. universia.com.br, preencher um breve cadastro e realizar o simulado produzido com questões exclusivas. Ao terminar o simulado, o estudante catarinense terá na mesma hora o resultado de seu desempenho, com a atribuição de uma nota. Além

disso, o sistema gera instantaneamente uma análise personalizada de cada competência do Enem, indicando onde o aluno está bem ou precisa estudar mais. Esse relatório proporciona ao aluno um roteiro de preparação, relacionando aulas do curso Pré-Enem que o estudante poderá priorizar para estudar aquilo que mais precisa. Um dos diferenciais do Simulado Online Enem 2013 é que as questões aplicadas foram previamente testadas, como acontece no método Teoria de Resposta ao Item (TRI) o mesmo utilizado no Enem. O simulado já foi acessado por mais 8 mil estudantes em todo o Brasil e Santa Catarina representa 2,2% dos acessos. A ferramenta está disponível até 8 de setembro.


Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Equipe feminina vence 1º triangular

Campos Novos se prepara para o 6º GP Sonafesta de Rolimã

Os pilotos já podem preparar os carrinhos, a torcida já pode marcar o encontro - na ladeira do Auxiliadora, pois a data já está definida: 08 de setembro, dia do 6º GP Sonafesta de Rolimã. Neste dia, a brincadeira de criança vira brincadeira de gente grande e todo mundo se diverte. Às vésperas da edição de 2013, os organizadores estão preparando tudo, e prometem muita diversão e adrenalina, tanto para os competidores, quanto para o público que comparecer. O evento já tradicional no calendário esportivo de Campos Novos, mais uma vez vai transpor as barreiras de Campos Novos, com pilotos já

confirmados de Lages, Capinzal e Zortéa. Desde 2008, quando o 1º GP foi realizado, muitas foram as surpresas e reconhecimento do trabalho organizado por jovens que buscam resgatar uma brincadeira de suas infâncias e que foi esquecida com o advento de tecnologias e mudanças nas gerações. A corrida de Campos Novos já inspirou outras cidades como Zortéa e Lages, que também passaram a realizar suas próprias corridas. Em 2012, 102 pilotos se inscreveram para a corrida. Neste ano, as novidades é a participação das mulheres com uma categoria específica no campeonato e o estabelecimento de limite de peso para os carrinhos, até 60 quilos, com tolerância de 10%. Os organizadores também planejam colocar barreiras de pneus no final

da descida, como forma de proteção às pessoas que se aglomeram na Rua Tancredo Neves. As inscrições iniciam às 9h30 e encerram às 11h30, com taxa de R$ 20 mais um quilo de alimento não perecível. Todos os carrinhos passam por vistoria. Os treinos livres acontecem no sábado (07), na descida da EEB Gasparino Zorzi, na Rua Salvador Vieira ou no domingo, na pista de corrida, à partir das 9h30. O início das baterias acontece a partir das 13h. No final da tarde, os vencedores de 1º ao 4º lugar serão conhecidos. O evento é patrocinado pela prefeitura e por diversos apoiadores. “Nossa objetivo não é lucrar, mas oferecer um final de semana diferente para a cidade. Neste sentido agradecemos a todos que estão apoiando o evento”, destaca o organizador Thiago Rupp. A premiação será em dinheiro.

No final de semana, Campos Novos sediou o 1º Triangular do Campeonato Estadual de Basquetebol, da categoria Sub-13 Mirim masculino e feminino, organizado pela Federação Catarinense de Basketball (FCB). As competições ocorreram no Ginásio da EEB Gasparino Zorzi, com participação de três equipes: Associação Camponovense de Basquetebol (Acamb), Criciúma Basquete Clube e Escola de Basquete de Rio do Sul. A equipe feminina da casa venceu de lavada a ultima partida, de 52 a 21, contra a equipe de Rio do Sul. A ótima participação do time camponovense lhe rendeu o 1º lugar. Já o masculino, iniciou a disputa com derrota de 14 a 46 do time de Criciúma. A segunda partida com o time de Rio do Sul foi de recuperação, pelo placar de 52 a 02. Com a atuação, o time masculino chegou ao 2º lugar do pódio. Rio do Sul ficou em 3º na classificação, no masculino e feminino e Criciúma, com o 2º lugar feminino e 1º masculino. O triangular contará ainda com a 2ª e 3ª etapa, que acontecerão nas cidades de Rio do Sul e Criciúma. Nessas duas fases, vão sair o campeão e vice de cada modalidade para competir com outras regiões, até a final do Campeonato Estadual Sub-13. Os atletas do basquete estão conseguindo ótimo desempenho nos campeonatos. Eles nasceram de um projeto social realizado pelo técnico Nereu Sutil e por mais outros dois professores. Os alunos interessados em participar dos treinos, com idade entre 7 a 18 anos, as aulas acontecem no Ginásio da EEB Gasparino Zorzi, todos os dias, das 17 às 21h.

Moleque Bom de Bola

1ª Copa Estadual de Judô

Campos Novos e Zortéa se classificam para a etapa regional

Equipe de Campos Novos conquista resultados

Atletas de Campos Novos (foto) e Zortéa estarão representando a Oitava SDR.

Quinze atletas do Judô de Campos Novos participaram neste final de semana da 1ª Copa Estadual de Judô na cidade de Chapecó, trazendo bons resultados para casa. Participaram os atletas do projeto Judô na Escola, da Associação Camponovense de Judô, comandada pelo mestre Elói Sur. Os alunos trouxeram medalhas e troféus em todas as categorias disputadas, do Sub-8 ao Sub-18, do 1º ao 3º lugar. A equipe que representou o município agradece o apoio da administração municipal, com pagamento do transporte, alimentação e inscrições.

dores do Guri Bom de Bola do campeonato gaúcho e do Piá Bom de Bola do Paraná. O Moleque Bom de Bola é uma parceria entre Parati, Fesporte e RBS TV, que envolve atletas de 12 a 14 anos, masculino e feminino, com objetivo de dar continuidade ao processo pedagógico vivenciado nas escolas, principalmente durante as aulas de Educação Física.

Divulgação

légio Auxiliadora de Campos Novos. A fase regional centro-oeste será realizada de 25 a 29 de setembro em Lages e a grande final deste ano, será em Canoinhas, de 16 a 20 de outubro. Depois da fase final, os dois times vencedores do estado participação do Encontro dos Campeões no Beto Carreiro, juntamente com os vence-

Divulgação

O município de Zortéa sediou a etapa microrregional do maior campeonato escolar de futebol de campo do estado, o Moleque Bom de Bola. Nesta etapa, que aconteceu de 19 a 23 de agosto, seis escolas de seis municípios da 8ª Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) levaram seus times para a competição: Monte Carlo, Zortéa, Vargem, Abdon Batista, Campos Novos e Ibiam. Esta é a terceira etapa, sendo que os atletas já passaram pelas fases escolar e municipal. Classificaram-se para a etapa regional, na modalidade futebol feminino, o Grupo Escolar Municipal (GEM) Horizonte de Zortéa e no futebol masculino, a equipe do Co-

9

Estadual de Basquete

Carrinhos

O tradicional evento esportivo que já inspirou outras cidades, acontece no dia 08 de setembro

Esporte

Atletas do Judô de Campos Novos participam de campeonato estadual em Chapecó.


10

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

como eu fiz

Óculos fazem cego “enxergar” Há dois anos foi desenvolvido um protótipo de óculos para auxiliar na inclusão dos cegos. Inicialmente lançado na região, o dispositivo já é conhecido a nível nacional e, em breve, internacionalmente

Deficientes visuais atualmente possuem problemas para se locomover, conseguir empregos e especialmente serem incluídos em nossa sociedade. Conscientes de tal problema, o professor de informática Bruno Dotta e técnico judiciário do Fórum da Comarca de Campos Novos, juntamente com os alunos do 4º Ano do Ensino Médio Profissionalizante Patrick Belotto e Marian Vieira da Escola Major Cipriano Rodrigues de Almeida, de Zortéa, desenvolveram o projeto Light For Life, “Luz para a vida”, que consiste num protótipo de óculos solar, que orienta os deficientes visuais com sensores que indicam obstáculos, por meio de alertas sonoros e luminosos em led vermelho, que servem também como estímulo aos olhos. Através de painel solar, o

dispositivo funciona com energia solar. O protótipo foi o grande vencedor da 7ª Feira Estadual de Ciências e Tecnologia em outubro de 2012. No ano passado, o projeto foi testado pela primeira vez durante o Encontro de Cegos e de Visão Subnormal, realizado pela Associação Camponovense de Apoio aos Deficientes Auditivos e Visuais (Acadav). “Este foi o primeiro contato na prática com pessoas com deficiência visual e os resultados foram extremamente positivos, demonstrando a eficácia em seu funcionamento, motivando ainda mais para a melhoria do projeto”, destaca o professor. O dispositivo pode auxiliar cegos de baixa visão e com cegueira total. Neste ano, o projeto completa dois anos de desenvolvimento e foi apresentado no Congresso Nacional de Educação em Florianópolis, no dia 10 de agosto. Em outubro, uma segunda versão aprimorada dos óculos será apresentada na Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia e Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec) em Novo Hamburgo (RS), que reúne projetos tecnológicos de quatro países – Brasil, Espanha, Estados Unidos e China.

O Professor Bruno Dotta, com Marian Vieira e Patrick Belotto durante premiação na Feira Estadual de Ciências e Tecnologia.

O professor planeja uma produção em série. “A ideia é participar do Mostratec, divulgar o dispositivo, terminar o registro de patente e pra frente, nossa intenção é iniciar a produção. Já estamos pensando numa futura parceria com a Secretaria de Estado da Educação, para fornecer os óculos aos deficientes visuais de toda rede estadual de ensino. Queremos resgatar e incluir essas pessoas com deficiência visual na sociedade, diminuir suas restrições com locomoção”, destaca. O custo dessa segunda versão não chega a R$ 100 e pesa cerca de 100 gramas.

Para conhecer melhor o projeto acesse a página do “Luz para a Vida” no Facebook.


Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

11

saúde &bem-estar

Campos Novos adere ao

Programa Mais Médicos Secretaria de Saúde solicitou a vinda de quatro profissionais

Prefeituras e profissionais que não aderiram ou que não completaram sua inscrição na primeira fase do Programa Mais Médicos têm somente o dia de hoje para se inscrever na segunda chamada. De acordo com o secretário de saúde, Nelson de Paula, o município de Campos Novos se inscreveu no programa na semana passada, pedindo quatro médicos. O programa é aberto à participação de todos os municípios, mas a prioridade de atendimento será dada às regiões de maior vulnerabilidade social, ou seja, áreas com os maiores percentuais de população em extrema pobreza, por isso é difícil que os profissionais venham ao município nas primeiras etapas do programa. “Solicitamos a vinda de quatro médicos, se houver a possibilidade de pedir mais, vamos pedir. Agora quem determina e avalia os critérios para a vinda dos profissionais é o governo federal”, explica Nelson de Paula. De acordo com o secretário, oito novos médicos comunitários passaram por concurso aberto pela municipalidade e devem ser contratados para atuar em

postos de saúde de acordo com a necessidade futura do município, com salário de R$ 14 mil. Lançado pela presidente Dilma Rousseff, no dia 8 de julho, o Mais Médicos tem o objetivo de ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país, como os municípios do interior e as periferias das grandes cidades. O primeiro mês de seleção contabilizou a adesão de 3.511 municípios, que indicaram a existência de 15.460 vagas. Ao final dessa etapa, 1.618 profissionais confirmaram participação, e vão atuar em 579 municípios e 18 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs). Os brasileiros selecionados na primeira fase devem começar a atuar no dia 2 de setembro, e os estrangeiros a partir da segunda quinzena do mesmo mês. No caso da inscrição dos médicos, é aceita a participação de formados no Brasil e também dos que têm registro profissional em outros países. Os médicos participantes cumprirão jornada de 40 horas semanais. Para isso, receberão bolsa de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde, e ajuda de custo para moradia e alimentação - sob responsabilidade dos municípios. O programa é válido por três anos, com possibilidade de prorrogação por mais três. Para médicos, o edital será reaberto mensalmente durante três anos ou até

que a demanda apresentada pelos municípios seja atendida. Já para municípios, após essa chamada, a previsão é que seja aberto novo edital somente no final do ano. Os 644 profissionais estrangeiros que vão atuar na primeira fase desembarcaram entre sexta-feira (23) e sábado (24) em oito capitais brasileiras, onde iniciaram processo de avaliação e acolhimento, com aulas em universidades federais sobre saúde pública e língua portuguesa. A vinda dos profissionais foi um dos pontos mais polêmicos do Programa Mais Médicos, já que eles não vão precisar passar pelo Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida), que tem alto índice de reprovação e que é obrigatório para os médicos com diploma estrangeiro atuarem no Brasil. Para as entidades médicas, a não revalidação do diploma deixa a população sem garantia da qualidade dos profissionais. Em vários estados brasileiros, médicos foram às ruas nos últimos dias para protestar contra o programa.

Ministério da Saúde


Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

CULTURA

Horóscopo

Espetáculo Gala Bolshoi será apresentado neste sábado

Áries

21/03 a 20/04

Nesta semana, o seu planeta regente, Marte, muda o movimento, passando a atuar no signo de Leão, o que enfatiza a criatividade, uma atitude mais confiante, amorosa e generosa aos arianos. Mas deve haver cuidado com a tendência ao ego e ao orgulho, ariano.

Touro

Bailarinos da Cia. Jovem Bolshoi Brasil trazem sua arte a Campos Novos com patrocínio da Enercan

A Cia. Jovem da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil traz a arte da dança com o espetáculo “Gala Bolshoi”, para Campos Novos neste sábado (31), às 20h, no Centro de Eventos Galpão Crioulo. Os ingressos podem ser adquiridos na Casa da Cultura, ao valor de R$ 20. Estudantes e melhor idade pagam metade. O espetáculo “Gala Bolshoi”, que vem especialmente a Campos Novos, tem patrocínio da Campos Novos Energia (Enercan) e é formado por um conjunto de coreografias diversificadas que fazem parte do repertório da instituição. As apresentações são compostas por dança contemporânea, dança folclórica e trechos de renomados balés de repertório que proporcionam ao público diferentes tipos de emoção e uma mistura de ritmos contagiantes. As coreografias da Gala destacam o principal talento de cada um dos bailarinos, levando ao público o resultado do trabalho diário realizado pela instituição.

21/04 a 20/05

Bailarinos Amanda Gomes e Marcos Vinícius do Bolshoi Neste espetáculo, os bailarinos da Cia. Jovem Bolshoi Brasil, também apresentam a coreografia “Jurei pro amor um dia te encontrar”, de Jomar Mesquita. Esse trabalho retrata as mudanças inesperadas que acontecem em nossas vidas. Com músicas de conceituados compositores brasileiros como Cartola,

Otto, Milton Casquinha, Baden Powell e Vinícius de Moraes, os bailarinos desafiam a formação clássica ao se desvencilharem das características do balé dando mais fluidez aos movimentos. A Enercan tem se destacado na promoção de projetos sociais, ambientais e culturais, que contribuem de maneira significativa para o desenvolvimento da região e melhoria da qualidade de vida da população dos municípios de entorno da UHE Campos Novos. Dentre os projetos culturais, destaque para o apoio a manifestações artísticas como dança, teatro, música, cinema e literatura. Em pouco mais de quatro anos, a Enercan já patrocinou espetáculos que vão desde a encenação de peças teatrais até a apresentação de orquestras, cameratas e shows musicais, incluindo ainda exibição de filmes em sessões de cinema e publicação de obras literárias. A apresentação do espetáculo Gala Bolshoi, da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, é mais um projeto cultural que a Enercan traz para a região.

agenda 08 09

Adrenalina pura na 6ª edição do GP de Rolimã. Será dia 08 de setembro na Rua Tancredo Neves, morro do Colégio Auxiliadora. Categorias masculina e feminina. Inscrições R$ 20,00 e um quilo de alimento. Consulte o regulamento com os organizadores.

Tirinha

O ingresso do planeta Marte no ponto mais baixo da mandala astrológica taurina reitera a importância de questões familiares e domésticas, vinculadas ao lar e a imóveis. Haverá uma luta em relação à afirmação do que é importante na privacidade dos taurinos.

Gêmeos

21/05 a 20/06

A Lua minguante desta semana ocorrerá em seu signo, geminiano, propondo um tempo de interiorização e de reflexão sobre os recentes acontecimentos. Há agora uma intensificação nos interesses mentais e nas questões ligadas aos estudos e conhecimentos.

Câncer

21/06 a 20/07

Ao longo desta semana, o planeta Marte sai do seu signo e passa a atuar em Leão, estimulando a expressão dos talentos e potenciais cancerianos, os negócios, uma nova maneira de lidar com o dinheiro e uma atitude mais assertiva diante dos seus valores e recursos.

Leão

21/07 a 22/08

O planeta que simboliza a ação, a motivação, Marte, passa atuar em seu signo nesta semana, leonino, um indicativo que você tende a se sentir mais confiante e pode impulsionar novos objetivos e atitudes. Mas deve haver cuidado com a tendência a atitudes egocêntricas, leonino.

Virgem

23/08 a 22/09

A fase lunar minguante, aliada à passagem de Marte pelo signo anterior ao seu, indica que este é o momento de necessárias reflexões sobre a maneira como têm se comportado emocionalmente. Inclusive, para perceber as motivações inconscientes dos seus atos, virginiano.

Libra

23/09 a 22/10

12 09

Palestra de Marketing e Lançamento do Programa Senac Varejo com Deivid Anselmo Leandro. Evento será no Auditório João Carlos Bebber, às 19hs. Comunidade pode participar. Associados da CDL têm entrada gratuita.

Livro

Guia Politicamente Incorreto da História do Mundo Leandro Narloch

A história não é tão simples quanto aquele professor militante costumava nos ensinar. Depois do sucesso do Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil e do Guia Politicamente Incorreto da América Latina é hora de finalizar o trabalho. É hora de jogar tomates nos equívocos sobre a história do mundo.

O momento atual enfatiza a relação com amigos, com grupos e o que pode ser feito junto a outras pessoas. Ativa o potencial realizador dos librianos, mas também adverte para tendência a conflitos e confrontos nas amizades derivadas de uma atitude muito egocêntrica.

Escorpião 23/10 a 21/11

O planeta Marte passa atuar no setor de carreira e de realização dos escorpianos, impulsionando os seus propósitos profissionais. Mas pode, também, evidenciar uma tendência a conflitos com chefias e autoridades. É um momento importante para você perceber a sua vocação.

Sagitário 22/11 a 21/12

Nesta semana, teremos a Lua minguante que ocorrerá no signo oposto ao seu, caracterizando um momento em que você deverá refletir sobre o que deve minguar em seus relacionamentos, as velhas atitudes e padrões que já não servem mais.

Capricórnio 22/12 a 20/01

Filme

O lado bom da vida (Comédia dramática)

Questões emocionais, que envolvem a sexualidade e negociações ganham ainda mais força nesta semana em que o planeta Marte passa atuar no signo de Leão, impulsionando esta fase de transformações emocionais nos capricornianos. É preciso utilizar o seu poder com sabedoria.

Aquário

21/01 a 19/02

Pat Solitano Jr. perdeu quase tudo na vida: sua casa, o emprego e o casamento. Depois de passar um tempo internado em um sanatório, ele acaba saindo de lá para voltar a morar com os pais. Decidido a reconstruir sua vida, ele acredita ser possível passar por cima de todos os problemas do passado recente e até reconquistar a ex-esposa. Ele conhece Tiffany, uma mulher também problemática que poderá provocar mudanças significativas em seus planos futuros.

Marte, o planeta guerreiro, passa a atuar no signo oposto à Aquário, impulsionando as parcerias e relacionamentos, mas chamando a atenção para tendência a confrontos nas relações. Você deve respeitar a individualidade alheia e deve evitar atitudes competitivas, aquariano.

Peixes

20/02 a 20/03

Novas energias e situações na vida profissional dos piscianos estão estimuladas a partir do novo movimento do planeta Marte. As atividades criativas, um maior dinamismo no cotidiano e os cuidados com a saúde são fundamentais neste período.


social

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

13

Visita Na quarta-feira da semana passada o Núcleo de Jovens Empreendedores da Acircan (Acircan Jovem), realizou visita técnica na Usina Hidrelétrica Campos Novos. Os jovens

Divulgação

empresários conheceram a estrutura da empresa e os trabalhos realizados pela Usina. A ação faz parte do cronograma do Núcleo que contempla visitar empresas de Campos Novos. Eles agradecem a receptividade dos colaboradores e em especial ao diretor, Volnei Delfes. Folha Independente

Aniversário Arlete Noriler esteve de aniversário no último domingo, dia 25. A comemoração

junto com o esposo Jair Noriler e os amigos Arno Schaly, Carolina Vieira Schaly, Paulo Pestana e Márcia Camila Mai, foi em Esteio (RS) quando os amigos participaram da Expointer 2013. Felicidades Arlete.

5 aninhos

l ga

vu

Di

O garotinho Edenilson Faustino de Oliveira completou 5 aninhos na terça-feira, dia 27 de agosto. Quem registra a data é o pai Jurandir, a mãe Líria e o maninho Edenilson. A família deseja muitos anos de vida para ele. Muitas alegrias!

Reprodução

Reprodução

o çã

O tapete vermelho

do VMA 2013 O ”Video Music Awards 2013“, premiação da MTV americana, rolou no último domingo (25), em Nova York, e elegeu os melhores videoclipes da indústria musical por meio de votos da audiência. Neste ano, renda e muita sensualidade com transparência e fendas laterais deram o tom do tapete vermelho da premiação. Confira.

Katy Perry investiu na estampa animal print com vestido de oncinha e decote estratégico. Já a cantora Taylor Swift apostou em um estilo vintage com longo e decote bem cavado. Ellie Goulding, a nova queridinha do indie pop britânico, preferiu um estilo mais glam rock com transparências e spikes em um vestido longo com fenda lateral.

Os vestidos de Crystal Reed, atriz da série “Teen Wolf”, Allison Williams, de “Girls”, e Naya Rivera, de “Glee”, são uma ótima opção para quem busca produções simples e elegantes, pois valorizam as curvas e proporcionam sensualidade na medida certa.


14

Geral

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

para líderes

lançamento

CDL quer efetivação da Região Metropolitana do Contestado Uma moção foi encaminhada à FCDL solicitando apoio de autoridades políticas para que a criação da região saia do papel

Em coletiva de imprensa na manhã de quarta-feira (29), o diretor do 9º Distrito da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC), José Valdomiro Pinheiro, informou que uma moção foi enviada a FCDL, reivindicando apoio junto aos deputados e governo para o efetivo funcionamento da Região Metropolitana do Contestado, instituída através de Lei Complementar Estadual em maio de 2012. “A região compreende 45 municípios, cinco secretarias regionais e quatro associações de municípios, contribuindo com 500 mil habitantes e ainda desconhecemos o andamento da criação da região”, destaca. Entre os benefícios estão o acesso da população a subsídios

em programas habitacionais oferecidos pelo governo federal e a médio e longo prazo, a redução das tarifas telefônicas, vantagens políticas e econômicas, em vários financiamentos do governo federal, além do ganho considerável nos setores prioritários, como indústria, segurança, infraestrutura, rodovias e moradia. O turismo sustentável regional também seria beneficiado, assim como a preservação do meio ambiente, através de ações ordenadas. A oficialização da região leva a criação dos fóruns de debate, onde problemas e necessidades deste território devem ser amplamente debatidos. As regiões metropolitanas prevêem tratamento diferenciado pelos governos na liberação de recursos públicos, por serem áreas com grande densidade demográfica.

Atualizar os líderes para um novo olhar ao mercado de trabalho, cujo perfil exige determinação, autoestima elevada e sabedoria para lidar com as dificuldades. Ou mesmo fazer uma alta avaliação da representação de cada participante dentro dos negócios empresariais. Esses são alguns dos objetivos do curso de desenvolvimento de liderança, que o Sesi em parceria com a Associação Empresarial Rural e Cultural Camponovense (Acircan) iniciou em Campos Novos. A apresentação do primeiro módulo aconteceu na última terça-feira (27) no auditório João Carlos Bebber. Os trabalhos foram expostos pela consultora de responsabilidade corporativa do Sesi de Joaçaba, July Roche e pela consultora

de responsabilidade corporativa do Sesi de Joinville, Izabel Câmara. Segundo elas, o Sesi é pioneiro no estado de Santa Catarina nesta capacitação e já modelo no Brasil. O curso de desenvolvimento de liderança pode ser feito com turmas mistas ou in company, ou seja, dentro da empresa. Aproximadamente 20 pessoas de diversas empresas de Campos Novos e Monte Carlo estão participando do curso que ensina, no primeiro módulo, a partir do autoconhecimento os líderes desenvolverem novas agilidades que possam proporcionar um desempenho melhor na vida pessoal e da empresa. No total são vinte oito horas de cursos, divididos em quatro módulos.

DIREITO DOS IDOSOS

Campos Novos forma conselho

7 de setembro

Supermercados de Campos Novos abrirão no feriado Por meio de solicitação dos supermercadistas, a CDL intermediou acordo coletivo com o Sindicato dos Empregados no Comércio e Sindicato do Comércio varejista para que os supermercados possam atender ao público no feriado nacional de 07 de setembro, no período das 8h às 15h. A solicitação

Acircan promove curso de desenvolvimento

foi acatada pelos sindicatos, uma vez que trata-se de um sábado e início de mês, período em que se concentra o grande movimento para o setor. O acordo prevê o pagamento de horas extras, lanche e ainda uma pequena gratificação extra para o funcionário que trabalhar no feriado.

Foi constituído na manhã de terça-feira (27), o Conselho Municipal de Direitos do Idoso, criado através da Lei 3.881/13 de autoria do vereador Nelson Carrafa e do suplente de vereador Gilson Lopes. A reunião de formação contou com a presença de representantes de órgãos governamentais e não governamentais, além do prefeito e da secretária de assistência social, Carla Cruz. Carla destaca que é uma conquista para Campos Novos a formação do conselho, órgão que irá fiscalizar e trabalhar juntamente com a Secretaria de Assistência Social, visando proporcionar uma melhor qualidade de vida para os idosos do município. “O conselho ira propor atitudes, acompanhar, fiscalizar, avaliar a política municipal dos direitos do idoso, zelando para que esses direitos sejam seguidos, evitando que os idosos passem por abandono, negligência, maus tratos e situações de vulnerabilidade, algumas dessas situações inclusive já identificadas em Campos Novos”. Um dos primeiros trabalhos de atuação do Conselho é o auxílio na organização

da Semana Nacional do Idoso, comemorada de 23 a 27 de setembro. A secretária observa também que através da formação do Conselho será possível o pedido de subvenções e auxílio do governo estadual em ações que beneficiem os idosos. Um dos projetos para 2014, é a construção de um instituto de longa permanência para os idosos sem família ou em risco social, ao lado do Centro de Convivência Padre Quintílio Costini, no bairro Jardim Bela Vista. De acordo com a secretária, existe atualmente demanda de seis idosos que precisam de uma casa lar para permanecer e uma alternativa, até que o projeto saia do papel é ocupar a antiga sede do Lar dos Meninos. Acertos e negociações com a diretoria estão sendo encaminhados. O Conselho é paritário com cinco titulares e cinco suplentes do governo e cinco titulares e cinco suplentes não governamentais. Todos os nomes foram eleitos na ocasião, sendo que a presidência ficou com Rita Zoldan; vice, Neli Ascari e secretária, Liana Ramos.


Geral

15 Folha Independente

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Especial

Obras nas rodovias federais

estão atrasadas

Projetos para revitalização das rodovias federais que cortam Campos Novos estão prontos desde 2009, no entanto, uma combinação de fatores ainda atrasa as obras e obrigam usuários conviver constantemente com o perigo Por Francieli Parenti

A conservação das rodovias federais de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) constitui a principal obrigação do órgão. Quando negligenciada gera desconforto, insegurança e prejuízos aos usuários, prejudicando e onerando a livre circulação de bens e pessoas. Há anos não se vê obras de restauração nas rodovias federais que cortam a região de Campos Novos. As BR’s 282 e 470, com projetos entregues ao Dnit em 2009 e contemplados no programa Crema Etapa II, em meados de 2010, parte integrante do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), onde se elenca o que é prioridade do governo, começaram a sair do papel somente neste ano. Epicentro do primeiro grande escândalo de corrupção do governo Dilma Rousseff, o Dnit teve o seu maior problema cortado pela raiz: paralisou os investimentos em obras. O indí-

Minha esperança é iniciar as obras das interseções de Campos Novos - o trevo da Coocam, da BRF, do Tupitinga e Abdon Batista, ainda este ano Ronaldo Carione Barbosa, engenheiro da superintendência regional do Dnit de Joaçaba.

cio de pré-seleção para a escolha das vencedoras na concorrência de obras gerou a “crise dos transportes”, em julho de 2011, com a queda do alto escalão da pasta, depois de denúncias na imprensa nacional. Depois disso, as licitações, inclusive para obras de revitalização, como as contempladas no Crema II, foram todas suspensas para investigações e retornaram somente no ano passado. A empresa Setep Construções SA, de Criciúma, foi a vencedora da licitação em obras na jurisdição do Dnit de Joaçaba, que ocorreu em outubro de 2012, com uma proposta global de aproximadamente R$ 142 milhões. O objeto licitado compreende recuperação, restauração e manutenção rodoviária, nas BR’s 282, 470 e 153, por um período de cinco anos. Além da revitalização do pavimento, estão previstos a construção de uma rotula no Km 319 da BR470, em frente a Cooperativa Agropecuária Camponovense (Coocam), espera central no acesso a Abdon Batista e construção de uma rótula no trevo do Tupitinga. Na BR-282, será construído ainda, o acesso às comunidades Caxambu/Guarani e Unidade de Processamento de Suínos da BRF. Todos os trechos representam reivindicações antigas da comunidade local, alguns com registro de acidentes graves. O contrato com a empresa Setep foi assinado no final de dezembro de 2012. Porém, outros entraves podem atrasar as obras, decorrentes de problemas que ocorreram na licitação para seleção de empresa de consultoria para supervisão das obras do programa Crema II, lançada praticamente no mesmo período. De acordo com o engenheiro da superintendência regional do Dnit de Joaçaba, Ronaldo Carione Barbosa, a 5ª colocada na licitação impugnou o certame, o que exigiu que uma nova licitação fosse feita, mas dessa vez realizada por Brasília, no entanto, ainda não foi homologada, devido a greve nacional do Dnit – outra ameaça ao cronograma de execução dos investimentos. “Para a Setep começar a executar as obras, é obrigatório a contratação de uma empresa de supervisão para dar apoio técnico, porque o Dnit regional não tem condições de

acompanhar todas as obras. Por enquanto, até a contratação dessa empresa, a Setep está realizando serviços de conservação, como limpeza de sarjetas, recolocação de placas e roçadas, para posteriormente fazer a restauração do pavimento”, explica. De acordo com o engenheiro, as prioridades assumidas pelo superintendente do Dnit de Santa Catarina é a construção do trevo de Irani e em segundo lugar, o trevo da Coocam. Em janeiro, iniciaram os trabalhos para a construção do trevo de acesso à área urbana de Irani, pela BR-153, local que já registrou diversos acidentes graves. Sem a contratação da empresa de supervisão, o próprio engenheiro do Dnit fiscaliza as obras na região de Joaçaba. “Eu poderia ter outras prioridades, mas como é um compromisso assumido pelo Dnit, estou tentando honrar. Mesmo sem supervisão, eu mesmo assumi o ônus de me deslocar de Joaçaba para conferir a obra em Irani, porque ali tem problema grave de segurança”, explica. Dependendo do total de recursos acertados em uma licitação, que visa selecionar sempre a melhor proposta, a empresa vencedora utiliza manobras e procedimentos para otimizar os serviços e os custos, os quais estão sujeitos a prazos mais longos de realização. O valor estimado pelo Dnit para a contratação era de aproximadamente R$ 171 milhões. Com a contratação da Setep, houve uma eco-

Dnit garante que o trevo de acesso à Coocam será prioridade assim que iniciarem as obras nas rodovias federais de Campos Novos.

nomia de quase R$ 30 milhões. Dentro de 40 dias o trevo do Irani deve estar pronto, mas antes a empresa precisa terminar outros dois trevos já iniciados - em Caçador e Herval D’Oeste, obedecendo a um planejamento econômico da empresa contratada. “No orçamento da empresa, é necessário viabilizar economicamente para que ela não tome prejuízo. A Setep quer atender Campos Novos, mas para atender, a empresa precisa deslocar equipamento, montar alojamento, organizar toda a logística, para que a hora que começar a mexer, todas as obras e melhorias previstas sejam feitas de uma só vez. Só que o Dnit não tem autonomia para determinar onde a empresa fará o serviço. Ela vai cumprir o que se programou, para não desequilibrar o orçamento”, destaca. Mas depois de todos os entraves, o superintendente - respirando fundo, ariscou um prazo. “Por mais que a supervisão não seja contratada agora, eu mesmo iria acompanhar os serviços de inventário, para que sejam iniciadas pelo menos intervenções no pavimento na região. Entrando a supervisão, minha esperança é iniciar as obras das interseções de Campos Novos - o trevo da Coocam, da BRF, do Tupitinga e Abdon Batista, ainda este ano. O lado bom da história é que há uma empresa contratada, que as obras estão contempladas e que vão ser feitas. A fase que está hoje, não precisa nem de empurrão político, já está sacramentada”, finaliza.

Crema II O Crema II contempla obras em praticamente todos os 300 quilômetros de rodovias na jurisdição do Dnit de Joaçaba. São obras de recuperação do atual pavimento, compreendendo fresagens contínuas e descontínuas; recomposição da capa asfáltica; recuperações de acostamentos; execuções de terceiras faixas; drenagens; sinalizações horizontais e verticais; execuções de defensas; execuções de interseções; recuperações de

instabilidades de taludes, dentre outras. A região de Joaçaba deve receber melhorias no acesso principal de Herval d’ Oeste, trevo de Catanduvas, trevo de Erval Velho, o acesso de Joaçaba e o acesso ao aeroporto, trevo em Caçador, além de melhorias no trecho na BR-282 de Campos Novos até Ponte Serrada e na BR-470 até a divisa com o Rio Grande do Sul. O cronograma de obras é definido pela empresa vencedora da licitação, a Setep.


16

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Folha do campo Projeto Escola no Campo 2013

Calendário de visitação já iniciou nos cinco municípios Já na segunda-feira, dia 26, iniciou o calendário de visitação as 14 escolas, dos cinco municípios – Vargem, Fraiburgo, Lebon Régis, Celso Ramos e Barracão no Rio Grande do Sul, participantes da 10ª edição do Projeto Escola no Campo. O roteiro de visitas segue por todo o mês de setembro. Na ocasião, além de levar informações sobre a Coocam e da Syngenta aos alunos participantes, a equipe do projeto ainda levará um espetáculo teatral voltado aos alunos, com temas atuais e relevantes que tratam do meio ambiente e a necessidade de preservação.

região de atuação da Cooperativa. “A cada ano buscamos inovar, incrementar e fazer novos investimentos para a realização do Escola no Campo, um projeto sócio educacional que é carro chefe dentro da Cooperativa e também da Syngenta”, explicou o Presidente da Coocam, João Carlos Di Domenico, um apreciador do pro-

jeto que vem se destacando no cenário nacional, já que ano passado foi apontado pelo desenvolvimento técnico de mercado da Syngenta, Luciano Vicentin como um dos mais belos projetos desenvolvido em nível de Brasil. O encerramento das ações neste ano está previsto para o dia 30 de outubro, na cidade de Campos Novos. Divulgação

O roteiro segue até o final do mês de setembro

Estado negocia subvenção do seguro agrícola para os produtores de soja e milho

A cada ano buscamos inovar, incrementar e fazer novos investimentos para a realização do Escola no Campo. João Carlos Di Domenico, Presidente da Coocam

Todo o trabalho iniciou no mês de abril, através da capacitação dos professores com a Fundação Abrinq. De lá para cá, diversas atividades já foram desenvolvidas pelos alunos em suas escolas e muitas delas podem ser acompanhadas pelo blog do Projeto no endereço eletrônico www.projetoescolanocampo.blogspot.com.br. Neste ano, 300 crianças do 5º ano, da rede municipal de ensino estão participando do Projeto que comemora com êxito os 10 anos de promoção. Ao todo, mais de 6,5 mil crianças já foram formadas como agentes ambientais apenas na

Aumento da qualidade nas práticas agrícolas são alguns dos resultados do Projeto.

Ideias sustentáveis Boas ideias foram lançadas por alunos participantes do Projeto Escola no Campo 2012. Com um pouco de criatividade a onda da reciclagem tomou conta dos alunos que incrementaram e reutilizaram objetos de forma satisfatória. Aproveite você também para aplicá-las na sua casa, no seu trabalho e na sua comunidade!

A Escola Municipal Rafaela Suppi, de Celso Ramos, fez prateleiras para organizar os brinquedos da educação infantil com as caixas de frutas da merenda escolar. Uma alternativa sustentável, inteligente e charmosa feita a partir do emprego de pouco ou nenhum dinheiro extra, apenas pinceis, tintas e criatividade.

Após denúncia da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), de que os produtores catarinenses estão recebendo do governo federal apenas 40% da subvenção no seguro agrícola aos produtores de soja e milho, enquanto os agricultores dos estados vizinhos recebem 60%. O presidente da Faesc pediu que o governador levasse a reclamação dos catarinenses ao governo federal, uma vez que Colombo cumpriria agenda em Brasília na semana passada. “Nós estamos no mesmo bioma, enfrentando os mesmos riscos e não podemos ter esse tratamento diferenciado”, explicou José Zeferino Pedroso, presidente da entidade. Em notícia veiculada pelo Canal Rural, o governo federal se comprometeu em ampliar o subsídio do seguro agrícola, ainda nesta safra, aos produtores de Santa Catarina para que passem a ter a mesma subvenção agrícola oferecida aos agricultores do Rio Grande do Sul e do Paraná. A confirmação foi dada na quarta, dia 21, em Brasília, pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Antônio Andrade ao governador. A diferença havia sido justificada pelo governo federal diante do fato de SC ter uma produção de grãos inferior a dos estados vizinhos.


Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Geral

17

Invernada dos Negros

OAB pede agilidade no pagamento das indenizações O mesmo sentimento é compartilhado pelos quilombolas e pelos produtores da Invernada dos Negros – a demora burocrática de órgãos federais na desapropriação da área e no pagamento das indenizações. OAB instaurou processo para pressionar o pagamento como forma de colaborar

Na terça-feira (27), o presidente da Comissão do Direito Agrário e Questões do Agronegócio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional de Santa Catarina, Jeferson da Rocha, esteve em Campos Novos para um diálogo com os produtores da área da Invernada dos Negros que devem ser indenizados em processo de desapropriação, após assinatura do decreto que reconhece a comunidade como território quilombola, em julho de 2010. Dessa forma, os remanescentes foram reconhecidos como herdeiros e legítimos proprietários das terras dentro da política afirmativa do governo federal. Após receber denúncia do deputado federal Valdir Colatto e alguns produtores da área sobre a demora do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em realizar o pagamento das indenizações ou mesmo, quanto a ausência de um cronograma de pagamento dos mais de 100 proprietários atuais da área, a OAB instaurou um processo administrativo contra a instituição. Representantes da Associação dos Remanescentes de Quilombo (ARQ) da Invernada dos Negros, também estavam no encontro.

Eu me coloco no lugar dos produtores, sei o que é possuir a terra e não poder usufruir, mas estamos caminhando. Jeferson da Rocha, presidente da Comissão do Direito Agrário e Questões do Agronegócio da OAB/SC

De acordo com o advogado, o processo é uma forma de cobrança e pressão junto ao Incra, para uma resposta rápida para o pagamento das indenizações e aos quilombolas, a garantia de agilidade para que possam efetivamente ocupar a área. “O que tirei de conclusão, é que não existe relato de conflito entre os produtores e os quilombolas. Os produtores na sua grande maioria decidiram pelas indenizações e vamos discutir agilidade para os quilombolas poderem ocupar as terras e para os produtores, o pagamento justo e prévio. Preferi instaurar um processo, porque a OAB quer uma definição para o pagamento e ajuizamento das ações. Se não der pra definir, que se estabeleça um cronograma, em que período vai acontecer o pagamento e qual a dotação orçamentária de cada área. Isso gera um prejuízo a cada dia que passa para os dois lados, há uma expectativa frustrada e há também uma ofensa ao direito de propriedade”, explica. O presidente da ARQ Invernada dos Negros, João Maria Gonçalves de

Lima, Teco Lima, esclareceu que o Incra é apenas uma das partes envolvidas. “O Incra faz as medições, avaliação e o pagamento. Só que o Incra não paga diretamente aos proprietários, mas libera o dinheiro para a Advocacia Geral da União (AGU), que faz o ajuizamento das ações e os trâmites na Justiça Federal para o pagamento dos imóveis. A demora não é do Incra e sim dos trâmites na AGU e na Justiça Federal. Eu me coloco no lugar dos produtores, sei o que é possuir a terra e não poder usufruir, mas estamos caminhando”, explicou. Teco Lima disse que até agora, somente quatro produtores receberam as indenizações, uma está ajuizada e outras 11 estão na AGU para serem ajuizadas, com prazo até o final do mês e ainda, outras 20 o Incra já encaminhou para Brasília, para liberação dos recursos. Diante do que foi exposto pelo presidente da ARQ durante a reunião, o advogado disse que além do Incra, a OAB vai oficiar também as outras instâncias envolvidas nas liberações para que emitam um parecer dentro de 10 dias.

Instabilidade Jurídica O processo de reconhecimento das áreas de negros e indígenas no Brasil vive uma instabilidade jurídica. Uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) querendo derrubar o Decreto nº 4.887/2003, que regulamenta o procedimento para identificação, reconhecimento, delimitação, demarcação e titulação das terras ocupadas por remanescentes das comunidades de quilombos. Um pedido de vista da ministra Rosa Weber suspendeu o julgamento da ADI em abril deste ano, logo depois do presidente do STF, ministro Cezar Peluso, relator, votar pela procedência e pela inconstitucionalidade do decreto. Seu voto, porém, mantém a validade dos títulos

emitidos desde a entrada em vigor do decreto. Além disso, há a caducidade dos decretos de titulação, onde o Incra tem prazo de dois anos para entrar com as ações judiciais para indenizações e desapropriações. Jeferson informou que a OAB/ SC está produzindo um trabalho jurídico sobre a questão indígena e quilombola, que serão apresentados em Brasília nos dias 3 e 12 de setembro, em uma Audiência Pública na Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados e no Congresso Internacional de Direito Agrário. “A OAB vai se manifestar sobre essa questão jurídica depois desse estudo, como forma de evitar conflitos com base na informação e na legalidade”, explicou o advogado.

Grande festa no dia 01 (domingo), no Salão da Capela Nossa Senhora da Saúde. Programação: 11h - Santa Missa com Benção da Saúde e procissão com a imagem de Nossa Senhora da Saúde, ao meio dia almoço, as 14h - Jogos, diversões e Matinê animado pelo Grupo Entreveiro. A Patronagem e os Peões do CTG Querência Nova e CTG Coração Campeiro convidam os tradicionalistas e o povo em geral para participar do 7º Rodeio Interestadual a realizar-se nos dias 06, 07 e 08. Local: Parque da Maçã em Fraiburgo. Premiação: Uma Moto 150cc zero quilometro e a Taça Cidade. A comissão da Capela São Carlos, convida a todos para baile Animado pelo conjunto Os Bertussi. Dia 06.


18

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Publicação Legal Relatório da Administração Senhores Associados, Submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações contábeis do 1º semestre de 2013 da Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Associados Campos Novos – SICOOB CREDICAMPOS SC, na forma da legislação em vigor. 1.Avaliação de resultados No 1º semestre de 2013, a SICOOB CREDICAMPOS SC obteve um resultado de R$ 750.135,01, representando um retorno semestral sobre o Patrimônio Líquido de 5,98%. 2.Ativos

quadro de associados era composto por 8299 cooperados, havendo um acréscimo de 23,34% em relação ao exercício anterior. 5. Política de crédito A concessão de crédito está pautada em prévia análise do propenso tomador, havendo limites de alçadas pré-estabelecidos a serem observados e cumpridos, cercando ainda a singular de todas as consultas cadastrais e com análise do associado através do “rating” (avaliação por pontos), buscando assim garantir ao máximo a liquidez das operações. A SICOOB CREDICAMPOS SC adota a política de classificação de crédito de sua carteira de acordo com as diretrizes estabelecidas na Resolução CMN nº 2.682, havendo uma concentração de 88,19% nos níveis de “A” a “B”.

A gestão da cooperativa está alicerçada em papéis definidos, com clara separação de funções. Cabem ao Conselho de Administração as decisões estratégicas e à Diretoria Executiva, a gestão dos negócios da cooperativa no seu dia-a-dia. A cooperativa possui ainda um Agente de Controles Internos, supervisionado diretamente pela Sicoob Central SC, que, por sua vez, faz as auditorias internas. Os balanços da cooperativa são auditados por auditor externo, que emite relatórios, levados ao conhecimento dos Conselhos de Administração e Fiscal e da Diretoria. Além do Estatuto Social, são adotados regimentos e regulamentos, entre os quais destacamos o Regimento Interno, o Regimento do Conselho de Administração e o Regimento do Conselho Fiscal.

estamos presentes. Em 2013 (1° Semestre), a Ouvidoria da SICOOB CREDICAMPOS SC já registrou 3 manifestações de cooperados sobre a qualidade dos produtos e serviços oferecidos pela cooperativa. Das 3 reclamações, 3 foram consideradas procedentes e resolvidas dentro dos prazos legais, de maneira satisfatória para as partes envolvidas, em perfeito acordo com o previsto na legislação vigente. Agradecimentos Agradecemos aos nossos associados pela preferência e confiança e aos funcionários e colaboradores pela dedicação. Campos Novos/SC 30 de Junho de 2013.

6 . Plano de Negócios

8. Conselho Fiscal Eleito em Assembleia Geral Ordinária, com mandato até AGO/2014, o Conselho Fiscal tem função complementar à do Conselho de Administração. Sua responsabilidade é verificar de forma sistemática os atos da administração da cooperativa, bem como validar seus balancetes mensais e seu balanço patrimonial anual. Em 2012, todos os membros efetivos e suplentes do Conselho Fiscal participaram de um curso de formação ministrado pela Sicoob Central SC, com o objetivo de detalhar as responsabilidades dos conselheiros fiscais e as formas de exercê-las.

Conselho de Administração e Diretoria da SICOOB CREDICAMPOS SC

As captações, no total de R$ 52.370.382,05, apresentaram uma evolução em relação ao semestre anterior de 1,10% e encontravam-se assim distribuídas:

No exercício de 2012, o Banco Central aprovou o plano de negócio e estudo de viabilidade econômica elaborado pela cooperativa com vistas à concessão de alteração estatutária, em conformidade com o disposto na Resolução n° 3.859, do Conselho Monetário Nacional. Os administradores da cooperativa acompanham assiduamente o cumprimento das metas traçadas no plano de negócios e estudo de viabilidade econômico-financeira e toma as medidas necessárias, em caso de desenquadramento. O plano de negócio foi elaborado com projeções para os três próximos exercícios. Atualmente o desempenho é satisfatório, estando amplamente atingidas todas as unidades projetadas.

9. Sistema de Ouvidoria

Depósitos à Vista bR$ 12.074.179,73 23,055% Depósitos a Prazo R$ 40.296.202,32 76,945%

7. Governança Corporativa

Gilson Jose Weirich Conselheiro CPF: 225.641.870-72

Os recursos depositados na Centralização Financeira somaram R$ 5.409.221,14. Por sua vez a carteira de crédito atingiu o montante de R$ 49.165.572,23 e encontrava-se assim distribuída: Carteira Rural R$ 22.999.950,23 46,78% Carteira Comercial R$ 26.165.622,00 53,22% Os vinte maiores devedores representavam, na data-base de 30/06/2013, o percentual de 23,19% da carteira, no montante de R$ 11.197.241,57. 3.Captação

Os vinte maiores depositantes representavam, na data-base de 30/06/2013, o percentual de 19,86% da captação, no montante de R$ 10.270.418,58. 4.Patrimônio de Referência (PR) e quadro de associados O Patrimônio de Referência da SICOOB CREDICAMPOS SC era de R$ 12.685.817,36. O

Governança corporativa é o conjunto de mecanismos e controles, internos e externos, que permitem aos associados definir e assegurar a execução dos objetivos da cooperativa, garantindo a sua continuidade, os princípios cooperativistas ou, simplesmente, a adoção de boas práticas de gestão. Nesse sentido, a administração da cooperativa tem na assembleia geral, que é a reunião de todos os associados, o poder maior de decisão.

A Ouvidoria, constituída em 2007 representou um importante avanço a serviço dos cooperados, dispõe de diretor responsável pela área e de um ouvidor. Atende às manifestações recebidas por meio do Sistema de Ouvidoria do Sicoob, composto por sistema tecnológico específico, atendimento via DDG 0800 e sítio na internet integrado com o sistema informatizado de ouvidoria tendo a atribuição de assegurar o cumprimento das normas relacionadas aos direitos dos usuários de nossos produtos, além de atuar como canal de comunicação com os nossos associados e integrantes das comunidades onde

Otavio Henrique Almeida Tessaro Presidente e Diretor Executivo Administrativo CPF: 493.912.759-15 João Batista Ramos de Almeida Vice-Presidente CPF: 017.781.799-24 Lucas de Almeida Chiocca Secretário CPF: 028.738.829-00

Sergio Fernando Canali Conselheiro CPF: 426.376.600-82 Valter Zanchett Diretor Executivo Operacional CPF: 162.502.069-49 Jair Augustinho Binder Diretor Executivo Financeiro CPF: 021.374.299-34

Segue >


Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

19

Publicação Legal

Segue >


20

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Publicação Legal

EDITAL DE LEILÃO/PRAÇA E INTIMAÇÃO 1º Leilão/Praça: 10 de Setembro de 2013, às 14:00 hs 2º Leilão/Praça: 24 de Setembro de 2013, às 14:00 hs LOCAL: Átrio do Forum da Comarca de Campos Novos/SC – Praça Lauro Müller, 121, Centro. DANIELA FELZKE, Leiloeira Pública Oficial, Mat. AARC/161, devidamente autorizada pelo Exmo. Sr. Dr. Juiz de Direito da Segunda Vara Cível da Comarca de Campos Novos, VENDERÁ em Hasta Pública, no dia, hora e local acima mencionados, os bens abaixo descritos: 1 – Ônibus, ano 1996, Volvo, placa AGB 4236, chassi 9BV58KF10SE309571, renavan, 652386709, cor Branca. R$ 38.000,00. Proc.014.11.004133-3. União – Fazenda Nacional X R.K.M Transportes Ltda – ME. Depositário: Ronnie Carlos Almeida Hoppen. Vistoria: Rua José Correa Silva, 10, Bela Vista, Campos Novos/SC. 2 – A) Um automóvel da marca Citroen C4 Pallas, placa MHS 4563, fabricado em 2009, modelo 2010, cor prata, gasolina, RENAVAM 196657270 de propriedade de Arno Paulo Almeida. R$ 39.000,00. B) A parte ideal do imóvel matricula sob o número 16480, do Cartório de Registro de Imóveis de Campos Novos – SC, pertencente a Arno Paulo Almeida, correspondente a 10,75% do terreno e benfeitoria, consistente em uma casa de alvenaria com área construída de 161,75 m2, do lado impar da rua Dom Daniel Hostin, CEP 89620-000, Campos Novos – SC. R$ 38.000,00. Total das avaliações: R$ 77.000,00. Proc. 014.10.001865-7. Fazenda Pública do Município de Campos Novos X Luiz Fernando Rambo e Outro. Depositário: Arno Paulo Almeida. Em não havendo licitantes pelo valor de avaliação em primeiro leilão, os bens serão vendidos em segundo leilão a quem mais der, inadmitido preço vil. A comissão da Leiloeira será de 5% sobre o valor da venda e é por conta do arrematante, remitente ou adjudicante, conforme portaria Conjunta nº 001/2010, desta Comarca. Aos interessados em adquirir os bens objeto deste Edital, poderão arrematar à vista, ou pagamento até 15 (quinze) dias, mediante caução idônea. Para arrematação na forma parcelada para bens imóveis, realizar-se-á através de proposta escrita, por valor não inferior ao da avaliação, com oferta de pelo menos 30% (trinta por cento) à vista, e o saldo garantido por hipoteca sobre o próprio imóvel, na forma do artigo 690, CPC.Ficam as partes e seus cônjuges, se casados forem, bem como, demais interessados intimados pelo presente edital, para todos os atos aqui mencionados, caso encontrem-se em lugar incerto e não sabido ou não venham a ser localizados pelo Sr. Oficial de Justiça, suprindo-se determinações contidas no § 5º do art. 687 do CPC. Informações com a leiloeira pelos fones: (47) 3332-5183 ou (47) 8402-6006. Home Page:http:www.felzke.lel.br. Campos Novos/SC, 27 de Junho de 2013. Maycon Rangel Favareto Juiz de Direito

Daniela Felzke Leiloeira Oficial


Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

21


22

Cidades

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

R$10 milhões

Celso Ramos

Município receberá máquinas do governo federal

O Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) divulgou portaria que apresenta o resultado final do processo de habilitação e seleção de propostas para o fomento à aquicultura familiar no Brasil. Cerca de 80 municípios catarinenses foram selecionados para receber conjunto de escavadeira hidráulica e trator de esteiras, para a construção de viveiros escavados em pequenas propriedades rurais, visando a criação de peixes. Dos municípios da Amplasc, Celso Ramos foi o único apto a receber os equipamentos. As prefeituras e consórcios intermunicipais aptos a receberem máquinas, implantam, como pré-requisito, programas municipais de apoio ao desenvolvimento da cadeia produtiva da aquicultura familiar. A iniciativa permite que as prefeituras tenham amparo legal para realizar ações de construção de viveiros escavados em propriedades rurais. Os viveiros servirão para a criação de espécies como tilápia, tambaqui, pintado e carpas. A piscicultura é uma atividade que pode ser desenvolvida sem comprometer outras atividades do agricultor.

Divulgação

O município foi o único selecionado na região da Amplasc

Escavadeira Hidráulica Dia 24 o deputado federal Jorginho Mello esteve visitando o município de Celso Ramos e foi recepcionado pela Prefeita Ines

Schons. Na oportunidade Jorginho Mello fez a entrega oficial de uma escavadeira hidráulica adquirida através de sua Emenda Parlamentar, no valor de R$ 292,5 mil, recursos oriundos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, através do programa Prodesa. A contrapartida da prefeitura foi de R$ 57, 5 mil, totalizando investimento de mais de R$ 350 mil. Na ocasião o Jorginho entregou também uma emenda no valor de 100 mil reais para compra de equipamentos na Saúde.

Municípios catarinenses perdem R$ 80 milhões por renúncias tributárias Entre os fatores que impossibilitou o crescimento das receitas está o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI)

Com base nos dados divulgados esta semana pela Receita Federal do Brasil, que demonstram a renuncia fiscal pelo governo federal de R$ 43,704 bilhões de janeiro a julho, a Federação Catarinense de Municípios (Fecam) concluiu que o principal fator que impossibilitou o crescimento das receitas municipais neste ano continua sendo a desoneração de impostos compartilhados entre os entes federativos, em especial a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico sobre Combustíveis (Cide) e o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Apenas em Santa Catarina, a desoneração sobre o IPI custou aos

Prefeito Lucimar entrega uniformes para servidores da Secretaria de Obras tou da iniciativa do prefeito. “A partir de agora, onde a equipe estiver, seja ela qual for a localidade, todos vão saber que somos funcionários da prefeitura. Eu me sinto muito honrado em usar as cores do meu município e de poder trabalhar por ele, disse o operador de máquinas Jani Gonçalves”.

cofres municipais cerca de R$ 60 milhões em 2013. Já em relação à renúncia da Cide, o custo para os municípios aproximadamente R$ 20 milhões este ano. Outro fator que puxou para baixo a queda nos recursos municipais foi o ínfimo crescimento da produção industrial de 1,15% entre dezembro de 2012% e junho de 2013. “Esse baixo nível tem impacto direto nas finanças municipais, no entanto, este impacto vai além da queda nos repasses da União e Estado, já que na dinâmica da economia ele afeta também o nível de investimento, renda e emprego nos municípios”, alerta o economista da FECAM, Alison Fiuza. Em 2012 a renúncia tributária ao IPI refletiu no desempenho do Fundo de Participação dos Municípios - FPM (formado por percentual do IPI e do IR) que teve uma redução de R$ 56,8 milhões. A Cide também gerou a perda de R$ 23,3 milhões no último ano.

Divulgação

havia surpreendido a equipe interna e da parte administrativa com novos uniformes. Segundo ele, o ato promove uma administração mais organizada, além de permitir que os funcionários poupem suas roupas nos trabalhos do dia a dia. A equipe coordenada pelo secretário de obras Vitão gos-

O presidente da empresa, Carlos Henrique Scalco, disse que não houve erro de projeto mas sim de demarcação de áreas de preservação permanente. “A área de preservação permanente foi marcada em regiões muito planas e uma pequena elevação deste nível acabou, em alguns pontos, passando além da área demarcada”, disse o presidente. O Ministério Público tomou conhecimento do caso e se reuniu com a diretora da empresa. Nos próximos dias um Termo de Ajustamento de Conduta deve ser assinado entre as partes. A empresa vai recorrer da multa.

receitas municipais

Abdon Batista

Na tarde da última segunda-feira (26) o prefeito Lucimar Salmória realizou a entrega de uniformes para os 26 integrantes da equipe da Secretaria de Obras de Abdon Batista. Os servidores receberam camisas, calças e macacões, que serão utilizados a partir de agora no trabalho diário. No mês de junho o prefeito já

Empresa vai recorrer da punição aplicada pela FATMA.

A empresa Rio Canoas, responsável pela construção da Usina Hidrelétrica Garibaldi, em Abdon Batista, foi multada em R$ 10 milhões pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma). Segundo a Fatma, a empresa encheu o reservatório de 45 quilômetros de extensão sem licença ambiental do Instituto Histórico Artístico Nacional e também por não ter apresentado as comprovações de posse dos terrenos que foram atingidos.

Investimento total da escavadeira hidráulica ultrapassou R$ 350 mil. As propostas contemplaram todos os estados e regiões brasileiras. Ao todo, 1.353 foram habilitadas. Conforme o Ministério, o processo de aquisição das máquinas irá acontecer de forma regionalizada ou por etapas, de acordo com a disponibilidade orçamentária.

Construtora de Usina Hidrelétrica Garibaldi é multada

Programa Nota Premiada Uma forma de incentivar os produtores e comerciantes comprar e vender mercadorias com cupom fiscal.

Todos os servidores da secretaria de obras receberam o uniforme.

Participe dessa ideia e ajude seu Município crescer.

Prefeitura de Ibiam


23

Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

5 municípios atendidos

Mais de 200 crianças já participaram da Campanha de Multivacinação

A Unidade vai atender cinco municípios da região

Desde sábado passado (24), as crianças de zero a cinco anos do município de Monte Carlo estão sendo avaliadas na Campanha Nacional de Multivacinação para atualização do Esquema Vacinal em Santa Catarina. A Secretaria Municipal de Saúde mobilizou os profissionais da Saúde das 8h às 17h. Somente no sábado foram imunizadas 180 crianças. O objetivo da campanha é a atualização das cadernetas de vacinação. A secretaria de saúde lembra os pais que ainda não levaram os filhos, que a campanha encerra

Nosso atendimento é direcionado aos empreendedores de pequenos negócios, sejam formais ou informais. Luiz Carlos Floriani, Superintendente

hoje (30). O atendimento está sendo feito no Posto de Saúde Central do município. A Campanha Nacional de Multivacinação foi implantada pelo Ministério da Saúde, no ano passado. Durante a campanha, estão sendo oferecidas todas as vacinas do calendário básico infantil: BCG, hepatite B, penta, inativada poliomielite (VIP), oral poliomielite (VOP), rotavírus, pneumocócica 10 valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche).

Solenidade contou com a presença de autoridades, colaboradores e convidados. Durante a solenidade de inauguração o Secretário Abelha, que representou o Governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo, lembrou que o Banco do Empreendedor é uma das maiores organizações de microcrédito em Santa Catarina, fomentando principalmente o Juro Zero, programa do Governo do Estado de Santa Catarina. Segundo o Secretário Abelha, além de promover o desenvolvimento do pequeno empreendedor, o banco ainda realiza estudo de viabilidade dos negócios, aumentando a vida útil dos mesmos e traçando caminhos mais acertados. “Campos Novos e os municípios

da regional ganham uma excelente prestação de serviço com a instalação do Banco do Empreendedor. É a garantia de atendimento personalizado e voltado para investimentos que fomentem o desenvolvimento regional”, disse o Abelha. Floriani completou dizendo que o Banco do Empreendedor é o maior operador de do juro zero de Santa Catarina, onde o empreendedor individual pode realizar até duas operações de R$ mil cada. O superintendente falou ainda do Credi-reforma, uma linha de financiamento direcionada as famílias de baixa renda, lançada há poucos meses na região. O empréstimo pode chegar até R4 10 mil com pagamento em 24 parcelas.

Linhas de crédito A metodologia do Banco do Empreendedor consiste em um agente de crédito visitar o cliente, avaliando as necessidades, viabilidade do negócio, capacidade de pagamento e em seguida encaminhar o pedido para um comitê que, aprovará o crédito. As linhas de créditos oferecidas variam de R$ 200,00 até R$ 20 mil, com prazo de 3 à 24 meses, ou 36 meses para operação especial. De julho de 2012 até este mês a Unidade de Campos

Novos realizou 344 operações somando mais de R$ 1,3 milhão. Para o Juro Zero foram 90 operações somando R$ 257.700,00. Os clientes da Unidade de Campos Novos podem contar com auxílio da coordenadora regional, Francieli Xavier Martins; da agente de crédito, Ana Elza Zambiazi e com a auxiliar, Márcia da Silva. A sede da Unidade está localizada na rua Coronel Lucidoro, 1256, próximo a Câmara de Vereadores.

Vargem

Inaugurado Centro de Educação Infantil Chapeuzinho Vermelho Na manhã de quarta-feira (28), aconteceu a inauguração da nova sede do Centro de Educação Infantil Chapeuzinho Vermelho do município de Vargem. A Unidade foi construída com recursos do governo federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fnde). Com uma construção moderna e adaptada às crianças, a creche segue um padrão definido pelo Ministério da Educação, com playground, recursos audiovisuais e mobília personalizada de acordo com a idade do aluno. O Centro de Educação Infantil conta ainda com uma estrutura de salas de aula, berçário, salas de professor e de leitura, brinquedoteca, secretaria, almoxarifado, banheiros, ampla área

de recreação e cozinha. A inauguração da creche estava prevista para o ano passado, porém, apenas agora o Mec entregou oficialmente a Unidade de educação. A Creche Chapéuzinho Vermelho funcionava em anexo a escola municipal Padre Alberto. O Centro de Educação Infantil Chapeuzinho Vermelho atende mais de 80 crianças até seis anos de idade. Dos mais de R$500 mil investidos, R$ 230 mil foi contrapartida da prefeitura de Vargem. As obras iniciaram na primeira gestão de Nelson Gasperin Junior, o Peixe. É a segunda grande obra de sua administração. Em janeiro deste ano, Peixe inaugurou a sede própria da prefeitura. Divulgação

Com a presença do diretor superintendente do Banco do Empreendedor, Luiz Carlos Floriani, do gerente geral, Wilson Vamerlati Dutra; do diretor de Desenvolvimento de Negócios do Badesc, Justiniano Pedroso; do secretário de desenvolvimento regional da Oitava SDR, Luiz Antonio Zanchett; do prefeito de Campos Novos, Nelson Cruz; do prefeito de Joaçaba, Rafael Laske, o Mamão; vereadores e demais convidados, o Banco do Empreendedor abriu as portas da Unidade de Atendimento oficialmente na última segunda-feira (26), em Campos Novos. Há um ano o Banco do Empreendedor chegou ao município substituindo o antigo Bapem. De acordo com Luiz Carlos Floriani durante esse período a Unidade que atende além de Campos Novos, Abdon Batista, Celso Ramos, Ibiam e Vargem, estava em fase de adaptação, transição e substituição das carteiras de clientes. Ele observa que o Banco do Empreendedor oferece os mesmos serviços que o Bapem apresentava, porém, chegou com mais força de recursos para atender a região. “Nosso atendimento é direcionado aos empreendedores de pequenos negócios, sejam formais ou informais. As liberações de créditos são semanais e qualquer pessoa que tenha uma atividade econômica pode requerer nossos benefícios”, destacou o superintendente citando de exemplo, as diaristas que são prestadoras de serviços informais e podem buscar as linhas de empréstimos.

Divulgação

Banco do Empreendedor é inaugurado oficialmente

O Centro de Educação Infantil Chapeuzinho Vermelho atende mais de 80 crianças.


Sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Agro Divel

da New Holland

vitrine e a Caravana Família de Sucesso

agradaram produtores

Evento trouxe aos clientes da empresa oportunidade de conhecer os lançamentos

Na semana passada, dia 21, chegou em Campos Novos a Caravana Família de Sucesso da New Holland, através do concessionário Agro Divel Ltda parou em Campos Novos. A iniciativa tem como objetivo apresentar os produtos New Holland disponíveis para financiamento através do Programa Mais Alimentos. A New Holland vem ampliando o portfólio de produtos, oferecendo soluções completas em mecanização para os agricultores familiares. Um dos grandes atrativos da Caravana foi o lançamento do trator TL 75 ofertado pela New Holland no programa Mais alimentos, o qual já tem seu nome consagrado e agora recebeu novo design para acompanhar o alinhamento global de design da marca. Outro grande atrativo foi à linha de

plantadeiras SAM, SHM e Persolane da New Holland e a colheitadeira TC 5070, que também é enquadrada no programa Mais Alimentos, além de se tratar de uma colheitadeira consagrada no mercado e já conhecida de longa data pelos clientes New Holland. O encontro reforçou o relacionamento da Agro Divel junto aos seus clientes, demonstrando que a empresa esta comprometida em prestar total apoio ao produtor e reforçar a mensagem de que oferecemos os produtos com a melhor relação custo/ benefício do programa aumentando ainda mais nossa participação de mercado. O evento contou com a presença de mais de 150 produtores dos diversos municípios de atuação da Agro Divel.

Os clientes da Agro Divel conheceram o novo trator TL 75.


Folha Independente Nº4  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you