Issuu on Google+

O TEMPO HOJE

Safra da Uva

Saúde

Produtores têm safra menor, mas destacam a qualidade da fruta

Uso de anticoncepcional amplia risco de AVC nas mulheres

Página 16

Campos Novos (SC), sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Ano 1 - Nº 25

Página 13

Chuvoso durante o dia e a noite.

Min 18° Max 22°

R$ 2,00

Nossa história escrita em uma nova folha

Ministério Público intervém nas contratações de professores ACTs em Campos Novos MP faz recomendação à prefeitura para abertura de novo prazo para encaminhamento de recurso para os Página 15 professores que prestaram concurso para ACT. Contratações foram suspensas esta semana.

UHE Campos Novos Após sete anos, PCAU do lago da Usina é aprovado pela Fatma Página 6

Morador do distrito industrial tem terreno invadido por lixo e entulhos provindos de aterro recolhidos pela prefeitura e empresas. Página 15

Habitação Caixa libera R$ 4,6 milhões em crédito imobiliário pelo Minha Casa, Minha Vida. Página 7


2

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Da redaçã0

Previsão do tempo HOJE

A violência em confronto com jornalistas

Chuvoso durante o dia e a noite.

Sol entre nuvens. Pancadas de chuva a qualquer hora.

DOMINGO

Sol entre nuvens. Pancadas de chuva a tarde.

Max 24° Min 18°

Max 28° Min 18°

você fotógrafo

Fonte: Climatempo

A foto é da leitora Bethânia Marin. Da na janela de seu apartamento, no centro de Campos Novos, ela capturou na semana passada a imagem impressionante de um raio cortando o céu tempestuoso.

DESCE

SOBE agilidade

Entrave

O governo federal irá lançar, em junho, um portal para viabilizar a abertura de empresas em, no máximo, cinco dias. O empreendedor poderá obter todas as licenças necessárias. A ideia do Executivo é, inicialmente, lançar no Distrito Federal um projeto piloto da ferramenta de abertura de empresas. No DF, a Junta Comercial também é federal e está vinculada à secretaria comandada pelo ministro. O funcionamento do site depende ainda da aprovação de uma lei complementar no Congresso Nacional, que já foi aprovada na comissão especial e a expectativa é de que o texto seja submetido ao plenário até abril. A adesão de outros estados virá quando, junto com os municípios, os sistemas de emissão das certidões já estiverem unificados. A previsão do governo é concluir o processo de integração até o final do ano.

C one xão facebook

Curta a página da Folha Independente.

A duplicação da BR 280, entre São Francisco do Sul e a intersecção com a BR 101, trecho mais movimentado e principal da região do Norte do estado e santa Catarina regrediu. Isso porque o Departamento de Infraestrutura de Transportes em Santa Catarina (DENIT-SC) cancelou a licitação do lote 1 da rodovia. A ação do órgão põe fim a uma guerra judicial travada pelas empreiteiras que disputavam o direito de realizar as obras no trecho de 36 quilômetros. O consórcio BTE venceu a licitação com oferta de R$ 302,5 milhões, porém, a Sulcatarinense, terceira colocada, questionou o resultado, alegando descumprimento de requisitos estabelecidos pelo edital. Diante da falta de perspectiva para solução definitiva para o problema, o DENIT decidiu suspender a licitação e recomeçar o processo.

Lucinda Rech Parabéns a todos da Folha independente!

Faça sugestões de conteúdo. Comente.

Endereço

Rua São João Batista, 97, sala 102. Centro, Campos Novos (SC) - Cep: 89.620-000

Telefone

facebook.com/folhain

Reportagens

Francieli Parenti | MTB 4513/SC-JP Gisiane Agostini | MTB 4440/SC-JP

Projeto Gráfico e Diagramação Herton Farias | MTB 4198/SC-JP

(49) 3541-2522

Empresa Jornalística Planalto Sul Ltda. ME

Diretora Administrativa Financeiro

CNPJ: 10.478.439/0001-88

Diretora de Conteúdo

IE: 255.771.290

AMANHÃ

Max 22° Min 18°

Ninguém deve supor que jornalistas estejam acima do bem e do mal. São pessoas como quaisquer outras, exceto pelo fato de que em algumas circunstâncias necessitam de uma espécie de salvo-conduto para informar à sociedade. Por exemplo: na cobertura de conflitos e de guerras, os repórteres são considerados neutros, embora alguns deles sejam observadores muito próximos de um dos lados da contenda. Não foi o caso do cinegrafista Santiago Andrade, da TV Bandeirantes, que teve a morte cerebral anunciada na segunda (10), depois de ter sido internado em estado gravíssimo, na quinta-feira passada (6). Santiago foi atingido na cabeça por um rojão disparado por um dos manifestantes, num protesto. Destacado para a cobertura de mais uma manifestação de protesto contra o aumento das passagens de ônibus, no Centro do Rio, Santiago, que completaria 50 anos em 5 de setembro próximo, foi vítima de uma tragédia anunciada desde que se acirrou a violência entre manifestantes supostamente ligados ao grupo Black-bloc e policiais do Batalhão de Choque, a partir dos protestos de junho do ano passado. Foi o segundo cinegrafista da Band morto em confronto, no Rio. O outro foi Gelson Domingos, baleado por traficantes numa operação da PM, em novembro de 2011. É, infelizmente em alguns lugares torna-se cada vez mais perigoso para jornalistas o exercício de sua profissão – o que pode guardar alguma semelhança com outros lugares da América Latina. Segundo a Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), nada menos que 102 jornalistas foram vítimas nos protestos de junho, tanto por parte de manifestantes como de policiais. Ambos os lados do confronto têm agido com violência. E era certo de que, mais cedo ou mais tarde, alguém seria morto. Mas o importante é que toda a sociedade se dê conta de que ninguém deve ser vítima – sejam inocentes, manifestantes, policiais ou mesmo aqueles que estão lá para cobrir as manifestações. O direito ao livre exercício da profissão de jornalista deve ser tão sagrado quanto o direito de manifestação de toda a sociedade. O direito à vida é inegociável, em qualquer situação. A prisão do jovem que acendeu o rojão que causou a morte do cinegrafista escancara a delinquência e a irresponsabilidade de indivíduos que se valem de manifestações populares para agredir, depredar e cometer todo tipo de transgressão. Amedrontado pela repercussão do episódio, o auxiliar de serviços gerais procura passar a imagem de vítima e alega que foi apenas um acidente. Não foi. Foi um crime. Diante do clima de verdadeiro terrorismo gerado por algumas manifestações, cabe ao Congresso examinar com cuidado todas as propostas de agravamento de penas para os crimes de vandalismo e depredação. Punições mais severas costumam ter efeito dissuasório, mas os legisladores brasileiros não podem cair em armadilhas totalitárias. O país precisa encontrar uma fórmula que lhe permita conviver com movimentos sociais e manifestações democráticas, mas não pode permitir que oportunistas mascarados e criminosos continuem abusando da tolerância do Estado — independentemente das bandeiras e causas que alegam defender.

A opinião expressa em artigos assinados é de responsabilidade de seus autores, não expressando necessariamente a opinião da Folha Independente.

CAMPOS NOVOS

Circulação Campos Novos, Abdon Batista, Brunópolis, Celso Ramos, Ibiam, Monte Carlo, Vargem e Zortéa. Impresso na Gráfica Tipobel Tiragem 2 mil/semana

Gisiane Agostini | contato@folhaindependente.com.br Francieli Parenti

Assinaturas

| jornalismo@folhaindependente.com.br

assinaturas@folhaindependente.com.br

Jornal filiado ao Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos Novos (CDL/CN) e Associação Empresarial Rural e Cultural de Campos Novos (Acircan).


Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

OPINIão

Educação

Sociedade civilizada? Por Kondá Rosa*

Os “rolezinhos” são encontros marcados por jovens carentes, todos organizados através das redes sociais para ocorrerem em determinadas áreas de lazer, geralmente shoppings, como uma forma de protesto a todo tipo de racismo e discriminação que os mesmos sofrem, justamente por serem impedidos de disporem das mesmas oportunidades que jovens de classe média alta dispõem. Mesmo que a elite brasileira evite entrar em debate sobre o “rolezinho”, o tema tem sido bravamente questionado e debatido na imprensa e nas redes sociais. O passeio no “paraíso das mercadorias” tem gerado enormes divergências. Uma das mais interessantes é que o movimento “antirolezinho”, contrário as manifestações, também é espontâneo da população, e oriundo de grande parte das pessoas que estiveram presentes nos protestos em plena Copa das Confederações, em julho de 2013. O Brasil é um país de liberdade, um país livre que empresários do setor comercial conseguem liminares na justiça que restringem o acesso desses jovens, jovens das favelas, das periferias, ao interior dos shoppings, espaço este destinado ao lazer da população, com ambientes próprios para compras, praças de alimentação, salas de games, entre tantos outros. A verdade é que o aumento da renda da população carente ainda não garante o direito de frequentar os mesmos ambientes da sociedade economicamente mais favorecida. A concessão da justiça de São Paulo para que essas entidades realizem esse “apartheid econômico”, selecionando quem pode adentrar nos shoppings é uma demonstração da discriminação que uma sociedade considerada civilizada nunca poderia ter aceitado. Nem parece que recentemente a nação canarinho saiu as ruas em busca de diversas coisas, dentre elas, exigindo mais respeito. Me arrisco a dizer que tal-

3

vez, a grande diferença é que os movimentos sociais de 2013 receberam grande apoio da elite conservadora, porque questionavam “interesses sociais” (subentende-se interesses partidários) e não questões econômicas que viriam a prejudicar a “ordem pública”. A grosso modo, quem participou das movimentações de 2013 e é contra a organização de “rolezinhos” defende os interesses de uma sociedade totalizante e opressora. Infelizmente a realidade é essa, enquanto a classe marginalizada respeitar a grande “muralha da China” que divide ricos e pobres, não há conflito. Caso contrário, o racismo e o preconceito estarão presentes na sociedade camuflados de ações que servem para “manter a ordem”. Finalizando, os “rolezinhos” não são apenas passeatas de pessoas que não possuem roupas de grife em grandes estabelecimentos comerciais. Não são como animais famintos andando em bandos, mas uma coisa eles tem: fome. Fome de acolhida da sociedade, fome de reconhecimento, fome de lazer, fome de cultura... E essa sociedade que fecha as portas para esses jovens das comunidades periféricas, é uma sociedade de seres humanos civilizados? As vezes paro e me pergunto, e acabo ficando na dúvida... A reflexão de Einstein, “o mundo não esta ameaçado pelas pessoas más, e sim por aquelas que permitem a maldade”, nunca foi tão atual.

Kondá Rosa é Estudante de Direito.

Ministério Público intervém nas contratações de professores ACTs MP fez algumas recomendações a prefeitura de Campos Novos acerca de abertura de novo prazo para pedido de recurso para os professores que prestaram concurso para ACT. Contratações foram suspensas esta semana

A 2ª Promotoria de Justiça de Campos Novos, sob responsabilidade do promotor substituto, Rafael Fernandes Medeiros, recebeu representação contra a prefeitura de Campos Novos, especificamente contra a Secretaria de Educação, com relação a novas irregularidades na contratação dos classificados do concurso público para professores Admitidos em Caráter Temporário (ACT). O Ministério Público (MP) recebeu queixa de pelo menos seis professores que se sentiram lesados depois da publicação das notas, sem a chance de impetrarem recurso para revisão, conforme previa o edital. Esse é o segundo erro da empresa Noroeste Concursos, organizadora do certame que ocorreu em 08 de dezembro. A empresa publicou a lista de aprovados aptos a serem contratados considerando apenas as notas da prova, sem considerar a pontuação da prova de títulos e tempo de serviço – avaliação que comprova a habilitação dos profissionais, conforme determinava o edital. Em 31 de janeiro, uma nova lista de classificados foi publicada e mais uma vez a empresa não obedeceu ao que determina o edital, a abertura

de prazo para recurso daqueles que sentiram prejudicados com o resultado final. Por recomendação do MP, esse prazo foi aberto esta semana, período entre quinta-feira e sábado (13 a 15). Os candidatos insatisfeitos terão a oportunidade de manifestarem-se quanto a eventuais incorreções da lista de classificação que foi retificada. De acordo com comunicado oficial da Secretaria, os recursos deverão ser enviados somente através do site www.noroesteconcursos. com.br nas datas previstas, com argumentação lógica e consistente. O resultado dos recursos e a lista final de classificação serão divulgados no Diário Oficial dos Municípios, no mural público da Prefeitura, no site da Prefeitura e no site da Noroeste Concursos. Como depende do montante de recursos que serão enviados, não

foi estipulado prazo para a empresa divulgar os resultados dos recursos. Essa recomendação impactou novamente a chamada para contratações dos ACTs. Segundo a Secretária de Educação, Rosângela Luft, desde sexta-feira (07) as chamadas foram suspensas, mas a contratação prosseguiu para os classificados que já haviam sido chamados. Rosângela informou que se os recursos forem deferidos e os candidatos classificados, deverão ocupar as vagas que ainda não foram preenchidas, não havendo alterações nas contratações já efetuadas. De acordo com prefeito em exercício, Jairo José Luft, a prefeitura garantirá o direito de todos os professores que se sentiram lesados, desde que comprovada essa situação e reiterou o compromisso com a transparência do concurso público.

Erros A Folha Independente teve acesso a representação encaminhada ao Ministério Público. Em primeiro lugar, os professores questionam a aplicação da Lei de Responsabilidade Fiscal em Campos Novos, já que o edital descreve a possibilidade de renovação do concurso para ACTs por períodos sucessivos ao invés de preencher a demanda de professores com um concurso público para efetivação. Os professores também denunciam alguns erros do edital. Na primeira retificação, foi publicado peso das questões 0,20, no entanto, deveria constar 0,25, chegando a

ser aplicada a fórmula nas notas dos candidatos. A retificação só foi alterada após denúncia na imprensa, sem haver uma nova publicação de retificação. Devido a esse erro, os professores acreditam por isso ocorreu todas as diferenças nas notas de quase todos os candidatos aprovados, entre a lista final e a lista retificada, publicada no dia 31 de janeiro. Em relação aos Títulos, inúmeros candidatos que comprovaram os títulos, e estavam com as respectivas pontuações na listagem, no resultado final retificado, simplesmente desapareceu a pontuação do título.


4

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Notícias da câmara Mudança na comissão de serviços públicos Depois da troca de comando na Câmara de Vereadores e conforme prevê o regime interno que proíbe a participação do presidente em comissões permanentes, a Comissão de Serviços Públicos conta com novo membro, o vereador Dirceu José Kaiper, ocupando vaga deixada pelo vereador Rui Jorge Tomazoni, que assumiu

a presidência do Legislativo em 2014. As demais permaneceram inalteradas. Atualmente a Câmara possui três comissões permanentes: serviços públicos; comissão de orçamento, finanças e tributação; comissão de constituição, justiça e redação final. São nesses colegiados que os projetos temáticos são analisados primeiramente.

Reabilitação e zona azul O vereador Maurílio Castro Campagnoni, o Cássio, é autor de indicação solicitando ao Executivo em regime de urgência, estudo para viabilização de uma clínica para reabilitação de dependentes químicos em Campos Novos. Na sua justificativa, Cássio alegou ser um pedido da população e principalmente das famílias que sofrem porque encontram dificuldades quando necessitam procurar um tratamento para seus dependentes químicos, geralmente encaminhados para outros municípios, lutando por

vagas de internamento. Cássio também apresentou reivindicação, solicitando para que seja feito um estudo para viabilidade da implantação, em regime de urgência, do estacionamento rotativo. O objetivo segundo o vereador, é de promover um maior aproveitamento do uso das vagas junto ao meio fio através da rotatividade possibilitada pelo uso do cartão de zona azul. Apesar da indicação aprovada por unanimidade, alguns vereadores consideram a implantação de zona azul desnecessária.

Ambulância UTI Indicação do vereador Ricardo Damásio solicita a aquisição de uma Ambulância UTI. Quando é necessário esse tipo de transporte, o município transporta os pacientes com a ambulância emprestada de Abdon Batista, justificou o parlamentar. O vereador encaminhou outros pedidos na área da saúde: instalação de um laboratório de análises clínicas no Hospital Dr. José Athanásio e um aparelho de Raio X na Unidade Básica de Saúde do bairro Jardim Bela Vista.

Equiparação de salários Com presença em massa no plenário Domingos Rigo na terça-feira (11), as auxiliares de enfermagem e odontologia dos postos de saúde dos bairros, acompanharam a votação da indicação do vereador Cássio, solicitando a equiparação de salários pagos para as auxiliares de enfermagem da Fundação Hospitalar Dr. José Athanázio, aderindo assim ao principio da lei de isonomia salarial. O pedido é do Sindicato dos Servidores Municipais (Sindcampos), pois já houve compromisso de estudos do Poder Executivo com as auxiliares de enfermagem e o Sindicato.

Corrupção O vereador Adavilson Telles, o Mancha fez um pedido de informações à Secretaria de Assistência Social e Habitação, da relação das famílias beneficiadas no ano de 2013, com material de construção para reforma, ampliação de casas de famílias de

vulneráveis. Segundo o vereador, há indícios de corrupção praticada por servidor público na pasta, funcionário já transferido para outra secretaria. O caso se refere a compra de materiais de construção pela Secretaria, porém, sem efetuação de entrega ás famílias

necessitadas. Em seu pronunciamento, Mancha ressaltou que há muitas pessoas afirmando o caso, porém, a administração municipal está omissa em se pronunciar sobre o assunto. Ele quer a abertura de sindicância para apurar as irregularidades.

Segurança

Queda nos números é resultado do trabalho de fiscalização e combate às infrações de trânsito, segundo a PRF/SC

A Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina (PRF/SC) contabilizou 19.070 acidentes com um saldo de 10.628 feridos e 509 mortes. O balanço foi divulgado na quarta-feira (05). A violência no trânsito ainda é assustadora, mas os números demonstram que mesmo com a evolução da frota nacional e estadual, a PRF/SC tem conseguido reduzir o número de mortes em suas rodovias. No último ano a frota estadual aumentou em 242.082 veículos e a frota nacional em 5.463.538. O número de mortes, entretanto, reduziu de 628 no ano de 2011, para 509 em 2013.

As razões para essa redução se devem a um trabalho estratégico que teve inicio no final de 2011 com a intensificação da fiscalização de excesso de velocidade, causa direta de aproximadamente 20% das mortes no trânsito. Prova disso, é que em 2011 foram lavradas 182.904 multas de trânsito, número que aumentou para 315.561 em 2012 e 399.562 em 2013, sendo que a maioria das infrações registradas pela PRF são por excesso de velocidade. De acordo com a PRF, a estratégia de aumentar a fiscalização de trânsito com o uso de radares estáticos surtiu os efeitos esperados, qual seja, a redução de mortes. Da mesma forma, no final de 2012,

com a entrada da Nova Lei Seca, a fiscalização da embriaguez ao volante foi intensificada, o que contribuiu ainda mais para a redução de mortes. Em 2011 a PRF lavrou 2.369 multas por embriaguez ao volante e este número subiu para 3.026 em 2013, com a prisão em flagrante de 919 motoristas. As BRs 101, 282 e 470 foram as que tiveram as maiores reduções de mortes nos últimos três anos. Comparando os anos de 2011 e 2013, houve 29 mortes a menos na BR-101, 33 na BR-282 e 56 mortes a menos na BR470. Essas três rodovias foram as que receberam maiores investimentos em termos de fiscalização, com a implantação do sistema de vídeo monitoramento e radares fotográficos.

Ilustração

PRF registra redução de mortes em acidentes

A estratégia de aumentar a fiscalização de trânsito com o uso de radares estáticos reduziu o número de mortes nas estradas catarinenses.


5

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Entrevista

“Eu prefiro um presídio cheio de vagabundos a um cemitério cheio de inocentes” Jair Bolsonaro, deputado federal (PP-RJ) Provocador, polêmico e protagonista de incontáveis bate-bocas com os mais diversos tipos de pessoas. Esse é o perfil de Jair Bolsonaro (PP-RJ), deputado federal que pretende substituir o colega Marco Feliciano (PSC-SP) na presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. O PT já afirmou que pretende brigar para reaver a de Direitos Humanos, para não repetir “o mesmo erro” que aconteceu em 2013, quando ela caiu nas mãos de Feliciano, apesar de estar historicamente ligada à sigla dos Trabalhadores. Para isso, entretanto, o partido teria que abrir mão de outras comissões consideradas mais importantes. Daí o otimismo de Bolsonaro de que, de fato, a vaga acabe “caindo no colo” do PP. Se isso acontecer, segundo ele, não há dúvidas de quem será o presidente: ele próprio. Bolsonaro não tem papas na língua na hora de defender opiniões quase sempre controversas. Suas declarações já foram consideradas homofóbicas, retrógradas e racistas. Com 120 mil votos, ele foi o 11º candidato mais votado do Rio de Janeiro em 2010, quando deu início ao seu sexto mandato. Essa entrevista, reproduzida pela Folha Independente, foi concedida pela revista Exame no início da semana.

Qual é a real chance de o senhor assumir a presidência da Comissão de Direitos Humanos? Meu partido (PP) tem direito a duas comissões. Provavelmente uma delas será uma importante como Agricultura ou Minas e Energia. Já a outra vaga, vai para uma comissão de retaguarda, então tem a grande chance de cair no colo do PP a Comissão de Direitos Humanos. Mas como eu não sou de ficar esperando, já corri atrás. Está tudo acertado tanto com o líder quanto com a bancada do partido para que eu seja presidente da comissão. Mas o PT já afirmou que pretende brigar por ela, diferentemente do ano passado. É muito difícil que eles abram mão de outras comissões, em troca dessa que não tem importância. O que importa é a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), que “domina” as demais. Todo projeto tem que passar em última instância por lá. A de Direitos Humanos é uma comissão considerada menor, como o senhor disse. Por que quer presidi-la? Eu já fui por muito tempo parte dela e, na maioria das vezes, eu era a única voz dissonante ali. Com a vinda do Marco Feliciano (PSC), tivemos muito sucesso. Conseguimos reverter muita coisa. Ela só ganhou valor por causa dele. Nesta comissão, mais importante do que ter propostas boas é não deixar que as propostas ruins prosperem. Este local já foi

palco do primeiro seminário LGBT infantil, já foi palco do tal lançamento do “Kit gay”, ponto de encontro de ativismo homossexual e de livros didáticos que propõem a desconstrução da “heteronormatividade”. Você vai vendo uma porção de absurdos ali. O que o senhor acha que deveria ser discutido na comissão? Essa comissão ajuda a plantar uma ideia nova na sociedade. Por exemplo, eu sou um ferrenho defensor da redução da maioridade penal. Isso vai atrair a atenção de gente que já foi vítima desses facínoras menores, que partidos como o PSOL e PCdoB defendem. Eu não vou ser presidente isoladamente. Tenho articulação com alguns deputados da bancada evangélica e quero dar continuidade ao trabalho do Feliciano para fazer a diferença no que realmente são Direitos Humanos. Se depender de mim, só vão ser defendidas ali pessoas que são realmente seres humanos, e não vagabundos. Eu prefiro um presídio cheio de vagabundos a um cemitério cheio de inocentes. E a questão dos menores de idade? Nessa semana, a Benedita da Silva (PT-RJ) ocupou a tribuna para defender aquele menor que foi amarrado em um poste no Flamengo, no Rio. Qual é a solução para aquilo? Não adianta prender, porque é menor e vai ser solto. Então a gente tem que buscar a redução da maioridade penal. Eu acho o sistema penitenciário brasileiro excepcional. Prisão é para pagar seus pecados e não para outra coisa. Tem mais é que divulgar o modo como as pessoas vivem lá dentro para desestimular o crime. Muita gente fala que eu sou maluco. Pensem o que quiser, estou me lixando para isso. Eu não vou mudar minha opinião para garantir uma comissão ou outra. Se não der, eu continuo fazendo meu comercial no plenário mesmo. Mas o senhor apoiou a ação dos chamados “justiceiros” contra o rapaz. Não é papel da polícia prender e da Justiça punir o criminoso? Não, porque o cidadão perde a paciência. Eu sou contra dar um tapa na bunda do próprio filho. Mas de vez em quando pode ser que seja necessário, né? Esse pessoal não matou o cara. Ninguém está pedindo para matar. A verdade é as pessoas não aguentam essa violência que está aí. A culpa é da sociedade? Porra nenhuma. É o que eu falei para Benedita: “adota e leva para casa esse vagabundo aí”. Eu participei de um quadro em um programa de TV no qual me pediram para ir a uma creche vestido de preso. Eu concordei, porque dá Ibope, né? No final, uma esposa de preso me perguntou se eu tinha como colaborar financeiramente com material para a creche. Eu falei não. Se fosse um local de filhos de pessoas decentes, eu talvez colaborasse. Mas filho de presidiário, não.

Eu acho o sistema penitenciário brasileiro excepcional. Prisão é para pagar seus pecados e não para outra coisa.

O PP faz parte da base aliada do PT na Câmara, mas o senhor critica abertamente o partido e a própria presidente Dilma Rousseff. O PP dá total liberdade? Não é virtude. É minha obrigação agir dessa maneira, porque eu não posso vender meu voto. Ninguém (do PP) nunca me questionou e não vai questionar. Então quem o senhor acha que deveria ganhar as eleições presidenciais? Eu defendo uma política séria de planejamento familiar. Ao contrário do governo PT, que incentiva a paternidade irresponsável, com a criação de todas essas bolsas. Essa política estimula a mulher sem cultura a ter mais filhos. Uma mulher com cultura tem dois filhos e acabou. Já a sem cultura é estimulada a ter muitos, afinal serão os eleitores do futuro. Um dia desses aconteceu uma coisa rara: eu concordei com o PT. Eles estavam falando que o apagão não era culpa deles. Eu disse: “Concordo, o PT não tem culpa nenhuma. A culpa é dos militares. Porque os militares fizeram dezenas de hidrelétricas e o PT não fez nenhuma. Então não tem culpa de nada mesmo”. Por falar em filhos, o senhor tem três, é isso? Na verdade eu tenho cinco. Dois foram com minha primeira esposa. Depois eu tive uma vida de solteiro e acabei tendo outro filho. E agora, com minha segunda esposa, tenho uma filha de três anos. Engraçado é que ela nasceu exatamente no mesmo dia, na mesma hora e no mesmo local da filha do ator Mateus Solano, aquele do beijo gay na novela. Coincidência, né? (O ator interpretou o personagem Félix, que protagonizou a cena no último capítulo de “Amor à Vida”, da TV Globo). Três de seus filhos já seguiram seu caminho na política. Sim. Um é vereador e o outro deputado estadual, ambos pelo Rio de Janeiro. E o terceiro, que mora em São Paulo é policial federal, já

está com tudo certo para lançar sua candidatura a deputado. Eles compartilham das mesmas opiniões que o senhor? Sim, mas eu não forço a barra, é espontâneo. Meu filho que é deputado estadual é amado pela polícia militar aqui do Rio de Janeiro. Eles seguem a mesma linha de pensamento que a minha, porque nós entendemos que estamos do lado certo. Qual é o perfil do seu eleitor? Quem o senhor representa na Câmara? Tenho muito apoio na área militar. Mas também sou reconhecido em qualquer lugar como uma pessoa que tem posição. Me liga pedindo emprego para ver o que eu vou responder para você. Não existe “vamos ver, vamos correr atrás”. Se não for uma atribuição minha, é não e acabou. Eu nunca votei com governo nenhum, eu aprendi a dizer não desde o começo. Eu tenho orgulho em ser deputado federal. Ninguém me acusa de bandido, de ladrão e eu já estou no meu sexto mandato. Meu voto não tem preço. Mas o senhor tem muitos opositores. Quando é abordado na rua, as pessoas dão um retorno positivo ou negativo? Muito mais positivo. Principalmente por parte dos militares, que é meu público alvo. Eu ando de metrô, mas tenho a consciência que posso levar porrada. Mas eu não devo nada para ninguém. No meu entendimento, não ofendo ninguém. Tem gente que fala: “ah, você é homofóbico”. Mas minha briga é contra o material escolar que estimula o homossexualismo. Que pai que tem orgulho de ter um filho gay? Nenhum tem. Duvido que tenha. Eu também sou perguntado o tempo todo sobre racismo. Como é que eu vou tratar essas questões de raça na comissão? Eu sou daltônico, pra mim todos têm a mesma cor. Por isso sou contra qualquer tipo de cota.


6

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

7 anos depois

Fatma fará a entrega do plano diretor do lago da UHE Campos Novos

Além da geração de energia, a comunidade aguarda as outras oportunidades de desenvolvimento relacionadas com o uso das águas e a ocupação do lago da usina Hidrelétrica Campos Novos. O Plano de Conservação Ambiental e Uso do Entorno (PCAU) do reservatório ou plano diretor do lago, é o instrumento essencial para uma exploração correta e segura do lago da hidrelétrica e também suas margens, área que pertence a Campos Novos Energia (Enercan). Todas as potencialidades do lago estão próximas de serem exploradas. Isso porque a Fundação do Meio Ambiente (Fatma), já concluiu a análise e aprovação do PCAU e fará a entrega do volume no dia 19 de fevereiro, em solenidade no Auditório da Fundação Cultural Camponovense, às 19h. Gean Loureiro, presidente da Fatma, já confirmou presença e fará a entrega à população. Está descrito no PCAU todas as possibilidades de uso do reservatório, seja a possibilidade de esportes aquáticos, áreas de risco, áreas de acessos, construção de futuras edificações, com as devidas restrições. Esse documento, baseado nas legislações ambientais foi entregue pela Enercan em 2007, ano em que a usina entrou em operação. Devido a demora do órgão estadual na liberação, a vegetação cresceu, a paisagem foi modificada, precisou ser atualizado. Mais uma vez, o documento foi entregue no ano passado totalmente refeito e tramitou no órgão até este mês.

O diretor da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema), Gilson César Lopes, esteve em Florianópolis na quarta-feira (12) em reunião com o diretor da Fatma, Gean Loureiro. “Desde já quero convidar toda a população dos quatro municípios do entorno da Usina Hidrelétrica Campos Novos. É muito importante que as pessoas que tenham interesse em investimentos turísticos, imobiliários no entorno do lago participem para tirar suas dúvidas e conhecer o documento”, destaca. O Plano indica que estas opções alternativas vão permitir a geração de receitas, impostos e empregos para a região. Além disso, deverão ocorrer melhorias de infraestrutura viária e de prestação de serviços e ainda um incremento cultural, já que a população terá mais contato com turistas. Estas transformações dependerão de alguns fatores, como: a participação dos envolvidos, como os gestores do PCAU, da sociedade, iniciativas, potencial preexistente

e abertura, inclusive através da associação de interesses, tudo para potencializar as qualidades do lago. Com a liberação do plano, inicia uma segunda etapa, os processos de licenciamento ambiental para os empreendedores interessados dentro do que estabelece o documento, o que se pode fazer e onde fazer. Após a liberação do PCAU, a Enercan vai fazer a cessão de uso gratuito das áreas almejadas para desenvolvimento das inúmeras potencialidades das áreas do lago. “A Enercan é uma concessionária de um serviço público, por isso, ela não pode vender ou doar terrenos no entorno do reservatório, mas ela pode fazer uma cessão de uso pelo tempo que ela tem a concessão de uso. Perante o órgão ambiental, a Enercan tem o dever de zelar pelo uso das APPs e ela só vai autorizar o uso, a partir de que os órgãos ambientais oficiais derem o aval”, explica o coordenador de sustentabilidade da Enercan, Paulo César Ribeiro. Folha Independente

Plano tramitou na Fatma por pelo menos sete anos para ser analisado e liberado para a utilização sustentável do lago da usina

Com o PCAU, lago da usina poderá ser explorado por empreendedores interessados em investirem no local.

sustentável

Fecam entrega Prêmio ao município A Federação Catarinense de Municípios (Fecam) anunciou na quarta-feira (11), os ganhadores do Prêmio Município Sustentável 2014. A entrega dos troféus aos vencedores foi feita no final da manhã, no XII Congresso Catarinense de Municípios. O prêmio é dividido em quatro categorias, nas quais foram considerados os municípios destaques nos índice estadual, geral, regional e nas políticas públicas sociocultural, econômica, ambiental, político-institucional, educação, saúde, cultura, habitação, participação social, gestão pública e finanças públicas. A premiação utilizou como parâmetro o Sistema do Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável (SIDMS), da Fecam, e tem por objetivo valorizar os municípios que possuem os melhores indicadores, incentivando a cultura do planejamento, monitoramento e da formulação de políticas públicas

Elinton Torri/Especial

Campos Novos ficou em 1º lugar na categoria regional, representando a Amplasc

baseadas nas informações estruturadas que integram o sistema. Visa ainda estimular os municípios a elevarem o nível dos seus indicadores, possibilitando que ao longo dos anos haja o avanço no desenvolvimento sustentável municipal. O município de Campos Novos recebeu troféu de 1º lugar na categoria regional, correspondendo a região da Amplasc. Na categoria Índice Geral Estadual, os cin-

Campos Novos recebeu troféu de 1º lugar na categoria regional.

co municípios ganhadores foram: 1º lugar Balneário Camboriú (0,824), 2º lugar Itajaí (0,817), 3º lugar Blumenau (0,806), 4º lugar Itapema (0,803) e 5º lugar Gaspar (0,799). Na categoria Evolução do Índice Geral (2012-2014), os premiados foram 1º lugar Sangão (21,52%), 2º Alto Bela Vista (19,38%), 3º Sul Brasil (18,50%), 4º lugar Siderópolis (18,39%) e 5º lugar Bom Jesus do Oeste (16,44%).


Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Habitação

Caixa liberou R$ 4,6 milhões em crédito imobiliário através do Minha Casa, Minha Vida

Em 2013, a Caixa Econômica Federal (CEF) registrou o valor recorde de R$ 134,9 bilhões em contratações referentes a crédito imobiliário, segundo balanço divulgado em janeiro. Em 2012, o volume foi de R$ 106,74 bilhões. O número de contratos também cresceu, de 1,2 milhão em 2012 para 1,9 milhão, no ano seguinte. O Minha Casa Minha Vida (MCMV) encerrou o ano com 3 milhões e 240 mil unidades contratadas, desde o lançamento do programa. Deste total, 2 milhões e 240 mil moradias foram pelo MCMV2. Somente em 2013, foram contratadas 900 mil unidades. Em Campos Novos, o volume que contribuiu para esse resultado foi de R$ 4,6 milhões através do programa, uma alta de 35,2% se comparado ao valor liberado em 2012. Já os financiamentos de imóveis, utilizando a linha de crédito com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), somam outros R$ 4,5 milhões. De acordo com o

*Título da modalidade incentivo emitido pela Icatu Capitalização S/A, CNPJ/MF nº 74.267.170/0001-73, Processo SUSEP nº 15414.900130/2013-82. A aprovação deste título pela SUSEP não implica, por parte da Autarquia, incentivo ou recomendação à sua aquisição, representando, exclusivamente, sua adequação às normas em vigor. Serviço de Informação ao Cidadão SUSEP: 0800 021 84 84 (dias úteis, das 9h30 às 17h) ou www.susep.gov.br. Ouvidoria Icatu Seguros: 0800 286 0047. Fundos de investimento não contam com a garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do Fundo Garantidor de Crédito - FGC. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de rentabilidade futura. É recomendada a leitura cuidadosa do prospecto e do regulamento do fundo de investimento pelo investidor ao aplicar os seus recursos. Promoção válida durante o período de 20/01 a 31/07/2014, para os associados das cooperativas de crédito participantes. Consulte o regulamento completo da promoção em sorteemcamposicredi.com.br ou nas cooperativas de crédito participantes. Produtos e serviços sujeitos à disponibilidade na sua cooperativa de crédito. Para informações sobre produtos e serviços e condições de contratação, dirija-se a uma de nossas unidades de atendimento. Prêmios pagos em moeda corrente nacional e líquidos de impostos. SAC Sicredi - 0800 724 7220 / Deficientes Auditivos ou de Fala - 0800 724 0525. Ouvidoria Sicredi - 0800 646 2519.

Há demanda principalmente pelo Minha Casa, Minha Vida, por isso estamos trabalhando com imóvel na planta, para facilitar a aquisição da casa própria

Folha Independente

A obra de construção da nova unidade operacional no município iniciou na segunda-feira (03)

Gerente da agência local da Caixa, Milton Arnaldo Schmidt. gerente da agência local da Caixa, Milton Arnaldo Schmidt, a previsão da instituição financeira é que o crédito imobiliário siga em alta, devendo ficar entre 10% e 20% maior do que no ano passado. Para quem deseja adquirir um imóvel residencial neste ano, a Caixa deve lançar novos empreendimentos em parceria com construtoras, que poderão ser adquiridos na planta. “Neste ano, a expectativa é que o programa Minha Casa, Minha Vida, com recursos do Fundo de Garantia, fique além do que foi aplicado em 2013, porque estamos viabilizando novos empreendimentos em Campos Novos, através de construtoras. Já existem projetos em andamento, pré-aprovados pela engenharia da Caixa”, destaca o gerente, informando que depois de aprovados pela engenharia, os projetos passam pela análise do jurídico da instituição, onde só aí passa para a assinatura dos interessados e construção dos empreendimentos. Para a efetivação da construção, é necessário que haja pelo menos 95% da

venda dos imóveis. Segundo o gerente, a previsão é que no primeiro semestre sejam ofertados 64 apartamentos. Quanto ao mercado imobiliário de Campos Novos, o gerente destaca uma demanda superior por crédito pelo programa MCMV. “Há demanda principalmente pelo Minha Casa, Minha Vida, por isso estamos trabalhando com imóvel na planta, para facilitar a aquisição da casa própria. O individual está ficando difícil, pela supervalorização dos terrenos”, explica Milton. Com a criação da região metropolitana do Contestado, o governo aumentou o valor dos financiamentos para até R$ 145 mil, com a intenção de melhorar o padrão das residências, no entanto, a renda não melhorou e ao mesmo tempo, os imóveis sofreram uma elevação de valores, o que hoje está inviabilizando as construções individuais para quem não possui terreno. Para contratar o financiamento no MCMV, o valor máximo de renda familiar bruta pode chegar até R$ 5 mil.

INVISTA

E Concorra a

RS

30 mil ea

RS

por semana

250 mil

no FInal da promoção. R$ 200

em depósitos a prazo

ou

R$ 300 em poupança

=

2

números da sorte

Confira outros produtos e formas de acumular números em sorteemcamposicredi.com.br

7


8

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Universidade

Unoesc inicia construção de nova sede neste mês A Unoesc vai investir aproximadamente R$ 20 milhões na construção da nova unidade em Campos Novos

Iniciará neste mês a construção da nova sede da Unoesc em Campos Novos. A estrutura terá 9,8 mil m² de área construída – mais que o dobro da área construída da sede atual. Segundo a gerente administrativa Lindamir Secchi Gadler, o investimento da Unoesc será de aproximadamente R$ 20 milhões. Os projetos compreendem 20 salas de aula com previsão para ampliar esse número para 40; 17 laboratórios; biblioteca; auditório e anfiteatro com capacidade para 700 pessoas; cantina; áreas administrativa e de apoio. Também está prevista a construção de um hospital veterinário, já que a instituição pretende implantar o Curso de Medicina Veterinária já no próximo ano. A área onde ficará o novo Campus da Unoesc Campos Novos tem 164 mil m² e fica localizada às margens da SC-135, a 2,5 Km do centro da cidade, onde já está instalado o campo experimental do Curso de Agronomia. Hoje, a Unoesc Campos Novos tem 552 alunos matriculados em quatro cursos de graduação e um de pós-graduação.

Vista aérea do projeto de engenharia da Unoesc Campos Novos. De acordo com o diretor do Campus aproximado, professor José Fabrício Melo, a preocupação da Universidade está em oferecer uma estrutura adequada à formação desses estudantes e a sede atual está se tornando pequena para as necessidades dos cursos. “O objetivo da Universidade é fazer com que a Unoesc em Campos Novos tenha destaque pela formação de profissionais na área de sua vocação: administração, relacionada à

agroindústria e agroveterinária”, afirma o reitor da Unoesc, Aristides Cimadon. A sede atual da Unoesc em Campos Novos foi vendida ao município por R$ 5 milhões e deve ser entregue no prazo de 30 meses. O município utilizará o espaço para abrigar a Secretaria Municipal de Educação, um colégio municipal e cursos técnicos e de capacitação para jovens.

Gratuito

Curso pós-médio à distância do IFSC será oferecido no pólo da UAB Campos Novos

Foi prorrogada para até o dia 15 de fevereiro, sábado, a inscrição para a seleção do Curso Técnico de Informática para Internet, que está sendo oferecido através do Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB), Rede e-Tec, em Campos Novos. Totalmente gratuito e na modalidade à distância, o Curso que é oferecido através do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC),

é pós-médio, ou seja, destinado a pessoas que tenham cursado o ensino médio em sua totalidade. Com duração de um ano e meio, as aulas serão ministradas presencialmente nas terças-feiras, no período noturno, no Polo da UAB/e-Tec, em anexo a escola Paulo Blasi. A coordenadora do e-Tec no Polo da Uab, Rosemar Rodrigues Petronílio, ressaltou que está é uma oportunidade para profissionalização ou ainda de geração de uma atividade profissional para aqueles que têm interesse na Programação de Aplicações para Internet, já que o curso está voltado para a forma-

ção de profissionais com competências para oferecer suporte em análise, projeto e programação de site para Internet, como a criação de banners animados, operações em banco de dados e programação para web. “Sem contar que o curso oferece noções e montagem, especificações de computadores, configuração de recursos e serviços de sistemas operacionais e a diagramação e formatação de documentos eletrônicos segundo normas da ABNT ou seja, abre um leque enorme de possibilidades em atividades que têm carência no mercado de trabalho atual”, explicou.

Ilustração

Prorrogado prazo para inscrição do curso técnico de informática para internet

As aulas serão presenciais nas terças-feiras à noite. Curso terá duração de 1 ano e meio.


9

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Representação

Fundado consulado do Avaí F.C em Abdon Batista

Escolinha do Avaí

Associação ao Clube “Iniciamos desde já a associação de torcedores e simpatizantes do clube dentro do Plano de Sócios “Nação Avaiana”, onde o sócio paga apenas R$ 20 mensais e mais 40% do valor do ingresso no jogo em que for assistir. Com o pagamento desta mensalidade o torcedor do consulado poderá acompanhar todos os jogos no estádio da Ressacada em Florianópolis. Maiores informações: (49) 8874-6216”.

Viagens à Florianópolis “Pretendemos organizar viagens regulares para acompanhamento das partidas, onde poderão participar sócios e não sócios. Lembrando que o sócio paga R$20 reais por mês e so-

Taça 104,9 FM

atletismo

Pinheiro vence e está na semifinal Com o resultado do último domingo, Pinheiro já garantiu vaga para a semifinal

Na tarde do ultimo domingo (09), aconteceu a terceira rodada do Campeonato Municipal Taça 104,9 FM de Campos Novos. Nesta rodada os jogos aconteceram somente no Estádio do Pinheirão. Um acordo entre as equipes fez com que a as partidas sofressem uma alteração nos horários devido à forte onda de calor. Jogaram às 15h, Pinheiro Futebol Clube contra a equipe da Panificadora Adepan e o Pinheiro venceu a partida pelo placar de 7X2, somando mais três pontos e confirmando a liderança da chave A e a melhor campanha do campeonato com 9 pontos, carimbando

mente mais 40% do valor do ingresso e pode acompanhar todas as partidas realizadas naqueles 30 dias. Já o ingresso para torcedor comum costuma ser vendido a R$50 para cada partida”.

“Existe também a vontade de criarmos um núcleo da Escolinha do Avaí no município de Abdon Batista e instigarmos as prefeituras das cidades vizinhas a fazerem o mesmo. Na escolinha as crianças e adolescentes do município terão aulas de futebol durante dois ou três dias por semana e terão a oportunidade de participar de competições regionais e estaduais, além de serem periodicamente analisados por olheiros do clube, que estão sempre a procura de um novo talento”.

sua passagem para a semifinal. Às 17h, entrou em campo a Coaccer para enfrentar a equipe da Pértille Transportes, sem apresentar um belo futebol, a equipe da Coaccer foi facilmente batida pelo placar de 3X1, deixando aberta a segunda e terceira vagas que passarão para a próxima fase. No próximo domingo (16) acontece a quarta rodada com jogos acontecendo nos Estádio Cid Pedroso e Pinheirão. No Pinheirão jogam às 14h, Coacer e Copercampos e ás 16h, Panificadora Adepan contra Pértille Transportes. No Estádio Cid Pedroso jogam às 14h, Fotoart/Marcos Sport e Ser Coocam e na partida das 16h, com transmissão ao vivo pela FM 104,9 de Campos Novos AFI Iguaçu contra Pneucar. As duas partidas decidem os classificados da chave. Informações de Ricardinho Silva da 104 FM.

Atleta camponovense representará o Brasil no Sul-Americano Com o 3º lugar Copa Brasil/Caixa de Cross Country de Atletismo, camponovense garantiu vaga para o Sul-Americano

A atleta camponovense Danieli da Siva se destacou mais uma vez. No último domingo (09), Danieli participou da Copa Brasil/Caixa de Cross Country de Atletismo na categoria menor, na cidade de Timbó e obteve o 3º lugar. Com este resultado, Danieli foi convocada para a seleção brasileira e participará do SulAmericano do Paraguai, dia 23, em Assunção. Vale destacar que a prova de Cross Country possui trajeto de 4 km e a atleta tem seu treinamento voltado para corridas de 1500 metros. O resultado representa uma grande conquista para o esporte camponovense,

onde levará o nome do município e do Brasil à outro país. Danieli foi a única catarinense a obter classificação na competição. Ela faz parte da escolinha de atletismo oferecida pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Esportes e Lazer. Divulgação

O jornalista abdonense Odilon Angelo Zanchett é o novo Cônsul do Avaí Futebol Clube na cidade de Abdon Batista. Ele foi empossado no domingo (9) na Sala da Presidência da Ressacada no jogo diante do Criciúma, válido pela 5ª rodada do Campeonato Catarinense. Odilon recebeu o diploma oficial das mãos do presidente Nílton Macedo Machado que entregou a ele também uma camisa e a carteirinha de Cônsul. Odilon, torcedor do Avaí há mais de 15 anos falou desta alegria e dos objetivos à frente do Consulado na cidade de Abdon Batista. “É com grande satisfação que poderei executar as ideias na intenção de elevar o nome do meu clube do coração na região onde resido. Mas creio que o primeiro passo para isto já foi dado pelo próprio clube, quando da homenagem pelo aniversário do município no mês de abril de 2013. Naquela oportunidade organizei uma grande

Odilon recebe o diploma de Cônsul. Na foto com sua esposa, acompanhado pelo presidente do clube (ao seu lado) e pelo vice-presidente do Avaí.

excursão que levou para o Estádio da Ressacada a maior delegação entre as cidades já homenageadas com 90 pessoas”. Mas o jornalista salienta que Consulado estará atuando não somente em Abdon Batista, mas em todos os municípios da região dos Lagos e AMPLASC, associando torcedores e simpatizantes, promovendo ações que possam aproximar torcedor e clube, além de promover a Instituição “Avaí” em nossa região. Odilon destaca algumas ações como Cônsul do Avaí.

Divulgação

Odilon Angelo Zanchett foi empossado o cônsul do Avaí na região da Amplasc e dos Lagos

Daniele e o técnico Éliton Zanoni foram recebidos pelo prefeito Nelson Cruz.


Sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Fotografia

Horóscopo

Uma foto, mil lembranças

Lançamento da Festa do aniversário de Campos Novos, comemorado dia 30 de março, será dia 27 de fevereiro, a partir das 19h30, no Clube Sete de Setembro. Durante o evento será apresentada a programação completa das festividades dos 133 anos de emancipação político administrativo.

22 02

Divulgação

21/04 a 20/05

Há agora um claro desafio que envolve a necessidade de inovar profissionalmente, mas de manter o compromisso nos seus vínculos de relacionamento, taurino. As relações pedem profundidade e maturidade emocional.

Gêmeos

21/05 a 20/06

Benito Zandoná além das fotos, mantém um museu de antiguidades aos fundos de sua casa. fotos e ainda montou um pequeno estúdio. Foi aí que tudo começou, mais tarde, meu pai vendeu o equipamento para seu Hugo Klein, da Foto Real”, conta o saudosista. Para manter o acervo, composto atualmente por mais de 5 mil fotos dos anos 50, 60, 70 e 80, Benito Zandoná também faz um trabalho de garimpo junto a amigos e conhecidos e recebe inúmeras doações de fotografias, além do seu arquivo pessoal. Seu perfil no Facebook conta com 2.166 amigos e todos os dias há solicitações de amizade. “Hoje tem pessoas que moram na Alemanha, Itália e em vários estados do Brasil que quando sentem saudade de Campos Novos visitam a página. Muitos comentam a emoção de ver as fotos”, destaca. Questionado sobre essa paixão pelo que já foi, revendo um Campos Novos do passado, Benito reitera que “quem não tem passado, não tem futuro”.

O seu planeta regente, Mercúrio, continua em movimento retrógrado, ressaltando a necessidade de repensar várias questões, de rever os seus pontos de vista e conceitos. É também uma semana importante para assumir responsabilidades no trabalho.

Benito ainda guarda a máquina de fotografia onde o pai iniciou a profissão.

Câncer

21/06 a 20/07

É necessário que você realize mudanças, mas elas devem ser feitas com muita consciência e responsabilidade, canceriano. Esta é uma fase em que você está sendo testado em relação à sua maturidade emocional.

Leão

21/07 a 22/08

Nesta semana, o Sol, seu astro regente, está em contato com o planeta Saturno, indicando responsabilidades na família e situações emocionais em seus relacionamentos. Os leoninos tendem a se sentir cobrados e, por conta disso, podem agir defensivamente.

Foto de 1953, Benedito Zandoná em caminhão em frente ao seu estúdio localizado próximo de onde funciona a Câmara de Vereadores atualmente.

Virgem

23/08 a 22/09

Inovar no trabalho é importante. Podem retornar antigas ideias e projetos profissionais que cabe a você agora desenvolver, virginiano. O seu planeta regente, Mercúrio, continua em movimento retrógrado, indicando uma fase em que há muitas questões a serem repensadas.

Libra

23/09 a 22/10

01 03

Primeira das quatro noites do Campos Folia, evento que acontecerá de 01 a 04 de março em Campos Novos. Quatro blocos de carnaval se organizam para a folia, Vem Q Tem, Agarra e Beija, Embriago e Art-Manha. A realização do Campos Folia 2014 é da Laku Club.

Miss Campos nOVOS 8ª edição do Baile com a escolha da Miss Campos Novos 2014 será dia 22 de fevereiro, no Clube Aqua Camponovense. Neste ano, o evento organizada pela Fundação Cultural e a Prefeitura de Campos Novos, vai contar com a participação de sete aspirantes a coroa, meninas entre 17 e 20 anos, escolhidas a partir de critérios como beleza, altura, peso e medidas ideais. A eleita vai ser a sucessora da Miss 2013, Sarah Nohatto (foto).

Livro

Aos 20 e Poucos...

Elaine Fonseca (romance)

Laura não difere muito da maioria das mulheres. Aos vinte e poucos anos, vive num apartamento alugado com duas amigas, estuda, trabalha e de vez em quando se vê envolvida com alguns homens complicados. Mas isso é só de vez em quando... Na maior parte do tempo, o que acontece mesmo é que Laura se envolve em situações inusitadas e engraçadas, mas consegue sair delas da mesma forma que entra: quase sem querer.

A fase atual pede muita maturidade no uso de recursos materiais, na expressão de seus talentos e na conscientização do que é realmente importante aos librianos. É um momento que também tem fortes demandas emocionais.

Escorpião 23/10 a 21/11

No momento atual, é importante que reconheça mais a sua necessidade de independência, singularidade e a maneira como tem se colocado nas situações familiares e emocionais. É preciso que respeite a individualidade dos membros da família, se quiser ser respeitado.

Sagitário 22/11 a 21/12

Esta é uma semana muito importante para você perceber claramente o que ainda falta eliminar em relação ao velho ciclo, para que você ingresse numa etapa mais libertadora e expansiva, sagitariano.

Capricórnio 22/12 a 20/01

Ao longo desta semana, o seu planeta regente, Saturno, estará em contato desafiador com o Sol, chamando os capricornianos à responsabilidade e à maturidade. É um momento também interessante para inovar na expressão de seus potenciais e habilidades, capricorniano.

Filme

Tirinha

Você agora percebe a necessidade de mudanças, mas talvez tenha receio de abandonar um velho ciclo e velhas atitudes para ingressar nesta nova etapa. É preciso que tenha consciência das suas responsabilidades e dos compromissos envolvidos nas diferentes situações.

Touro

agenda 27 02

21/03 a 20/04

Divulgação

Quase todos os dias, já virou rotina: entre às 21h e 22h, Benito Zandoná acessa seu Facebook e posta pelo menos três fotos antigas e repercute inúmeras visualizações, comentários e - emoções. Esse camponovense de 53 anos está fazendo sucesso com seu arsenal de imagens, fotos de época que relembram e revivem um tempo que não volta mais, por isso desperta curiosidade não só das pessoas que viveram aqueles momentos, mas dos jovens interessados em conhecer um outro tempo de Campos Novos. Benito se descreve como um apaixonado por coisas antigas aprendendo sobre o encontro por meio da tecnologia. O que mais o deixa feliz ao postar uma foto antiga é sentir a reação das pessoas diante das imagens. A fotografia chegou na vida de Benito por meio de uma herança: seu pai, Benedito Zandoná, chegou em Campos Novos em 1951 e seu primeiro ofício, foi ser fotógrafo, atividade que exerceu até 1958, quando então assumiu a direção da Rádio Cultura. “Meu pai chegou da Itália, refugiado da guerra por convite de seu irmão, vigário na paróquia de Campos Novos. Na explosão do ciclo madeireiro na região, trabalhar em serraria era a oportunidade mais evidente, mas meu tio não deixou e o ensinou a tirar

Divulgação

Perfil de Benito Zandoná no Facebook atrai curiosos e interessados em reviver o passado por meio de acervo fotográfico antigo

Áries

O Verão da minha vida Nat Faxon (comédia)

Um adolescente reprimido encontra sua voz com a ajuda do gerente do parque aquático local, onde havia conseguido um emprego de verão para escapar da monotonia.

Aquário

21/01 a 19/02

O Sol segue o movimento em seu signo, mas nesta semana, estará em contato desafiador com o planeta Saturno, ressaltando a necessidade de respeitar os seus limites emocionais e psicológicos.

Peixes

20/02 a 20/03

Esta fase representa a conclusão de um ciclo que foi iniciado em seu aniversário no ano passado e representa a colheita das atitudes e esforços empreendidos desde então. Mas é, também, um momento em que você já semeia novos propósitos e possibilidades.


Sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Que atire a primeira pedra quem nunca desejou lançar mão deste recurso para ganhar um olhar marcante e sedutor. Pois saiba que os cílios postiços podem — e devem — ser colocados em casa. Segundo experts, toda mulher pode usá-los. Os modelos de pestanas mais espaçadas dão um aspecto leve e natural. As mulheres de olhos maiores podem abusar de todos os modelos. Já quem tem pelos pequenos deve evitar os cílios muito longos explica. A prática não é nenhum bicho de sete cabeças quando feita da maneira certa. Na hora de colar, é preciso segurar as pestanas com as pontas dos dedos e ter precisão para colá-los bem rente aos cílios naturais. Troque a cola com pigmento preto pela de efeito transparente para não borrar o olho. Para retirar os cílios, basta usar um pouco de água morna. Tome cuidado para não deixar a maquiagem muito pesada, pois os cílios já terão muito destaque.

Dos operários de 1800 e bolinha às estrelas do street style, o jeans é uma unanimidade básica, prática e clássica para todos os estilos. Não só, ele também é resistente e ultra versátil – quem não tem um bom e velho jeans que vai do escritório à balada com as amigas no fim de semana? O amor pela peça é tão grande que, recentemente, o street style elevou o jeans à tendência novamente e mostrou que ele combina com TUDO: até com ele mesmo. Sim! Uma das grandes apostas das ruas é

11

1.

Se for preciso, corte as pestanas em tamanho pouco maior que as naturais. Passe cola no acessório.

2.

Segure com a ponta dos dedos e cole rente aos naturais, sem esticar a pálpebra. Comece junto ao canto interno e finalize a parte externa precisamente.

3.

Com os dedos ou uma pinça, pressione por aproximadamente 20 segundos, até a cola secar. Finalize com delineador e máscara. O resultado são olhos bem maiores e marcantes.

misturar dois itens denim em um look só. Difícil? Nem um pouco! Essa dobradinha jeans é muito simples. Quando o look brinca com lavagens do denim originais, mesmo se puxar para o black, o sucesso é certo. A equação só não traz resultados positivos quando o jeans é colorido e as cores, assim como em qualquer outra produção, não combinam entre si. Ainda não se convenceu? Então confira os looks e saiba como investir nesse truque de styling. Reprodução/Aremo


12

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

SOCIAL é campeão!

ulgação Vanusa Borges /Div

Cas amento

Fernando Amarante/Especial

Disputando com 114 competidores do Brasil e do exterior, o camponovense Felipe Manfroi foi o grande campeão de Laço Patrão no 30º Rodeio Internacional de Vacaria que ocorreu de 1º a 9 de fevereiro na cidade gaúcha. Felipe, hoje com 26 anos, laça desde piazito e é patrão do CTG Lenda Campeira em Campos Novos. Na foto, está com o vicecampeão Antônio Mendes, na direita. Parabéns Felipe pela conquista.

ta Cátia Regina Trombe es e Tiago Tadeu Antun s uniram-se pelos laço o tim úl no matrimoniais o. eir er fev sábado, dia 08 de tas ui m Felicidades ao casal e de fase conquistas na nova ! ns bé ra suas vidas. Pa

Divulgação

Formaturas GISELE

Sandra e Liliane Sandra e Liliane de Andrade se formaram juntas no último sábado (08). O curso de Pedagogia foi mais um momento que mãe e filha passaram juntas durante a graduação. Na foto com Samuel filho de Liliane. Parabéns para a família pela conquista.

Patrícia Fotografia

s

Gisele de Souza (a segunda da direita para esquerda), com a família no sábado (08), comemorando a colação de Grau no curso de Pedagogia da Unoesc Campos Novos. A festa foi no Centro de Eventos Galpão Crioulo. Parabéns Gisele e demais formandos. Sucesso na carreira.

Quer se ver por aqui? Envie uma foto do seu momento especial para a Folha. Use o e-mail ou o Facebook e não esqueça de enviar a legenda! contato@folhaindependente.com.br facebook.com/folhain


Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Medicamento deve ter acompanhamento médico para avaliar fatores de risco

Levando em conta que as mulheres apresentam fatores de risco específicos para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares – como as variações hormonais, a gestação e a menopausa –, a Associação Americana do Coração (AHA, na sigla em inglês) criou diretrizes de prevenção de acidente vascular cerebral (AVC) voltadas exclusivamente para elas. Segundo a AHA, ter diretrizes específicas para as mulheres é importante porque elas diferem dos homens em vários aspectos: há diferenças em relação à imunidade, à coagulação, aos fatores reprodutivos e aos fatores sociais. E todos são capazes interferir nos risco de desenvolvimento de um AVC. As novas diretrizes foram publicadas nesta sexta-feira (7) na revista científica “Stroke”, da própria AHA. Também conhecido como derrame de cerebral, o AVC é caracteriza-

Uso de anticoncepcional amplia risco de AVC nas mulheres

do pela interrupção do fluxo sanguíneo em parte do cérebro, provocada por obstrução de artéria, ou pelo sangramento decorrente do rompimento de uma artéria ou vaso sanguíneo cerebral. Para o cardiologista Marcus Malachias, coordenador da campanha “Eu sou 12 por 8” da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a iniciativa de propor condutas de prevenção que atendem às peculiaridades da mulher é interessante. “As mulheres têm um conceito de que doença no coração é um problema do homem. Elas pensam mais em prevenir o câncer do que prevenir as doenças cardiovasculares”, diz.

Gravidez Considerando que a pressão alta é, tanto para homens quanto para mulheres, o fator de risco modificável mais comum para o AVC, o documento dá atenção especial à pré-eclâmpsia, que é a hipertensão arterial específica da gravidez, e à eclampsia, que é a forma grave da doença.

Segundo as novas diretrizes, para prevenir a pré-eclâmpsia, os médicos devem considerar receitar à mulher com histórico de hipertensão doses baixas de aspirina ou de suplementação de cálcio. A condição não só aumenta o risco de AVC durante a gestação, mas também após o parto: o risco aumentado acompanha a mulher ao longo de vários anos. Por isso, mulheres que tiveram a doença devem ser acompanhadas de perto pelo resto da vida, segundo as diretrizes.

Contracepção O documento também fala sobre os riscos cardiovasculares que podem ser desencadeados pelo uso de pílulas anticoncepcionais e determina que, antes de iniciar o uso do contraceptivo, ela deva ser avaliada quanto a outros fatores de risco como tabagismo, hipertensão e histórico familiar. Para Malachias, esse tipo de rastreamento já é de praxe no Brasil. O problema é que muitas mulheres

Ilustração

Alerta

13

começam a tomar a pílula sem orientação médica. “Muitas seguem a orientação de amigas e não são assistidas por médicos. O conjunto dos fatores de risco deve ser avaliado. Quando se trata de fatores de risco, ele não se somam: se multiplicam”, diz.

Depressão e enxaqueca Deve ser levado em conta, de acordo com a AHA, que a depressão se apresenta como um fator de risco para doenças cardiovasculares tanto em homens quanto em mulheres. Mas, como

Medicamento deve ter acompanhamento médico para avaliar fatores de risco de AVC.

a incidência da depressão é muito maior nas mulheres, seria importante intensificar as medidas preventivas nesse grupo de pacientes. Entre as mulheres, também foi constatado que a enxaqueca com aura – quando a crise intensa de dor de cabeça vem precedida de um sintoma visual, como o embaçamento ou a presença de pontos escuros ou luminosos – determina um aumento do risco de AVC. Por esse motivo, essas pacientes devem ser observadas de perto e é altamente recomendável que outros fatores de risco como o tabagismo sejam abandonados.


14

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Pelo Mundo FBI é criticado pela falta de vigilância sobre suspeito de ataque em Boston

Papa pede a católicos que não fofoquem após a missa

O FBI (polícia federal americana) tem sido alvo de críticas pela falta de vigilância sobre a radicalização de Tamerlan Tsarnaev, de 26 anos, que é suspeito ao lado do irmão Dzhokhar pelos atentados na Maratona de Boston, no dia 15 de abril. Segundo uma fonte das forças de ordem da república do Daguestão, Tamerlan chegou a chamar repetidas vezes a atenção dos ser-

O Papa Francisco pediu aos católicos na quarta-feira (12) que não fiquem de ‘conversa fiada’ após a missa do domingo, e disse que é melhor aqueles que não vão procurar ‘a misericórdia de Deus’ deixarem de ir. Ao longo da audiência geral semanal realizada na praça São Pedro, o Papa, improvisou na sua catequese sobre ‘o grande número de dificuldades sociais’ e as intempéries que ‘causaram enormes

viços de segurança locais. Em 2002, ele passou quase seis meses em viagem pela Rússia. O FBI tem sido alvo de críticas por não ter continuado a acompanhar o jovem quando este retornou a Boston em julho de 2012. Para Lindsay Graham, “o FBI deixou passar” elementos que poderiam alertar sobre sua radicalização. As autoridades russas indicaram que não encontraram

nenhuma ligação entre os irmãos Tsarnaev e a rebelião no Cáucaso. Tamerlan foi morto durante tiroteio com a polícia na madrugada de sexta-feira. Seu irmão foi capturado vivo e está em internado em estado grave em hospital de Boston. Para obter o máximo de informações, os investigadores vão retirar a “exceção da segurança pública” para interrogar Dzhokhar Tsarnaev.

estragos em alguns bairros de Roma’. “Quando eu vou à missa, como eu vivo essa experiência?”, perguntou Francisco aos milhares de fiéis, criticando a atitude indiferente de alguns católicos diante do problema dos outros. ‘Talvez eu esteja ocupado demais jogando conversa fora: ‘viu como ela está vestida? Olha como aquele está vestido!’ Às vezes fazemos isso depois da missa, e não devemos’, alfinetou. A

missa, que gira em torno do sacramento da eucaristia, é ‘somente um momento de festa, uma tradição sólida, uma oportunidade de encontrar as pessoas ou é algo a mais?’, provocou o Papa. Aquele que vai à missa, disse Francisco, não deve ir ‘porque ele se acha ou quer parecer melhor do que os outros, mas porque ele reconhece que precisa ser recebido e revigorado pela misericórdia de Deus’.

Calor deverá elevar PIB do Primeiro Trimestre

Santa Catarina receberá mais profissionais do programa Mais Médicos

Na economia tem sido assim: quanto mais quente melhor. Um estudo feito por uma consultoria mostra que as altas temperaturas devem elevar em meio ponto percentual o PIB do primeiro trimestre. “Desde que essa seca, esse calor, não permaneça por esse tempo, você consegue um pouquinho mais de crescimento do PIB. Dadas as dificuldades que a gente tá

Depois de sete meses, o Mais Médicos pode estar se aproximando do objetivo anunciado pelo governo federal em julho do ano passado: levar mais profissionais às regiões afastadas dos grandes centros. A informação está publicada no site da RBS/SC. No estado, o Vale do Itajaí é a região que mais receberá médicos pelo programa. Só em Blumenau são 12 entre

vivendo, até que esse pouquinho acaba sendo positivo”, afirma Francisco Pessoa Faria, consultor da LCA, em entrevista no Jornal da Globo de quarta-feira (12). A explicação está em alguns setores que aceleram com o céu aberto, como a construção civil. Por causa do calor, tem gente na rua até mais tarde e gastando dinheiro. Bom para os donos de bares e restaurantes e bom tam-

bém para a economia. Só vai ficar mais difícil pedir um amendoim pra acompanhar a cervejinha. A falta de chuvas deixou as vagens secas em Jaboticabal, no interior paulista, e reduziu as expectativas pra colheita. Essa não é a única ameaça. Para a consultoria que calculou o impacto do calor no PIB, se não chover logo, o crescimento corre o risco de derreter.

brasileiros, cubanos e intercambistas. Ao todo, 92 profissionais devem começar a trabalhar no Estado na segunda metade de março. O programa aumentará o efetivo em Santa Catarina de 198 para 290 pessoas. Como a terceira fase do programa não aceitou novas inscrições das prefeituras, muitos dos municípios que estão sendo contemplados são aqueles que ficaram

para trás na primeira e segunda etapa. No Meio Oeste, 8 cidades com menos de 20 mil habitantes acolherão um médico cada. Na região da Oitava SDR, Vargem e Monte Carlo receberam um médico cubanos cada município e Brunópolis receberá dois médicos cubanos. O município de Campos Novos receberá dois profissionais estrangeiros ou formados no exterior.


15

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Denúncia

Após denúncia junto ao vereador Piratuba Jr. e a imprensa, prefeitura iniciou a retirada dos entulhos na propriedade particular na quarta-feira Por Francieli Parenti

Todos os dias, toneladas de lixo e entulhos são depositados no Loteamento Faedo, local ainda desabitado, com as residências ainda em fase de construção. Os entulhos dos mais diversos tipos estão sendo utilizados num aterramento da prefeitura. Colchões, roupas, calçados, restos de coroas e materiais de cemitério, plásticos, eletrônicos, geladeira, concreto, entulhos de construções, restos de móveis, pedras, garrafas pet, pneus, galhos, podas de arvores, pedras de calçamento, até um cofre... Tudo o que é recolhido nas residências de Campos Novos e espaços públicos estão sendo descartados sem nenhum controle naquele local. Um problema ambiental, visual, de saúde - e de irresponsabilidade por todos os lados. A diferença de nível entre o aterro e os terrenos vizinhos, sem um muro de contenção, tem ocasionado o deslizamento e a invasão do lixo em lotes que fazem divisa. Essa é a realidade vivida há pelo menos três meses pelo morador Iran Pacheco, que possui propriedade no distrito industrial. Seu Iran e o presidente da Associação de Moradores do bairro Aparecida, Adão Viáter, acionaram a administração municipal, o prefeito Nelson Cruz e o Secretário de Obras, Carlito Durli, pelo menos 10 vezes para a retirada do entulho, mas não obtiveram uma solução, quando na terça-feira (11) chamaram o vereador Irineu Armando Osório Júnior, o Pitatuba Júnior, acompanhado da imprensa, para que cobrassem uma solução. Além do lixo, a água de chuva escoa na propriedade do morador. Todas as cercas da propriedade foram danificadas. O prefeito estava

em viagem nesta semana, e o vice, Jairo José Luft atendeu a reportagem da Folha Independente dizendo não ter ciência sobre o lixo que estava na propriedade particular, mas que iria tomar providências. Na quarta-feira (12), às 8h, funcionários da Secretaria de Obras iniciaram a retirada dos entulhos – do lixo descartado nas residências dos camponovenses. De acordo com o vice-prefeito, os entulhos são depositados no local e compactados com terra em projeto de aterramento, com objetivo de aproveitar a área para a construção de mais casas no Loteamento Faedo ou para outras finalidades, como reflorestamento ou instalação de uma praça. Diariamente, dois caminhões da prefeitura despejam entulhos no Loteamento Faedo, único local que recebe os materiais nos últimos tempos. Mas não é somente a prefeitura, empresas, indústrias e particulares também utilizam o local para o descarte. O recolhimento dos entulhos é feito sem nenhuma cobrança dos moradores, nem ao menos a cobrança de uma nova consciência. Hoje muito se fala em destinação correta do lixo, em sustentabilidade, até o código de postura do município proíbe em seu Art. 30 o deposito de lixo, detritos sólidos ou líquidos em calçadas e vias públicas. Mas para evitar o caos, o poder público faz esse recolhimento. Antes de tentar encontrar culpados, não seria conveniente um exame de nossas próprias atitudes, público e privado? A resposta talvez resida na falta de educação. Fazer aterramento com materiais inertes como rochas é possível, pois são materiais que não sofrem reação química, mas o que se percebe no Loteamento Faedo é o depósito de todos os tipos de entulhos, sem que haja um controle. Até a utilização de concreto deve ser monitorada, devido aos reagentes químicos que podem entrar em contato com o lençol freático. O vereador Piratuba Jr. denunciou o caso na última terça-feira (11), na Câmara de Ve-

Folha Independente

Lixo de aterramento invade propriedade particular no distrito industrial

O lixo e entulhos que deslizaram do aterro até a propriedade de Iran Pacheco. Até entulhos de cemitério foram encontrados no local readores. Piratuba classificou a atitude da administração municipal de depositar o lixo no local como crime ambiental. Ele comunicou a Polícia Ambiental de Herval D’Oeste e vai procurar o Ministério Público para propor uma ação civil ambiental contra o município. Seu Iran também disse que vai acionar a Justiça e cobrar indenização por danos ao seu patrimônio. O vice-prefeito informou que além da retirada do entulho na propriedade particular, proibiu a Secretaria de Obras e Urbanismo a descartar lixo no local. Placas também devem ser instaladas para orientar a população e empresas para que não depositem detritos naquele lado do terreno. Apesar dos avanços recentes em políticas públicas voltadas à sustentabilidade e ao bem estar social, a verdade é que, ainda hoje, quase a grande maioria dos municípios brasileiros não dá o correto destino aos seus resíduos sólidos de origem urbana. Para uma mudança significativa desse panorama, há de se ressaltar a necessidade de adoção de políticas públicas ainda mais eficientes e abrangentes, ao mesmo tempo em que se faz necessária também uma maior conscientização da população.

Decoração natalina descartada Os enfeites natalinos de garrafas pet, que por alguns anos enfeitaram a cidade no final de ano, foram entulhados na Secretaria de Educação, alvo de diversas denúncias dos vereadores Piratuba Jr. e Ricardo Damásio no ano passado. Na época, a

Secretária de Educação, Rosângela Luft, respondeu que os enfeites seriam destinados ao interior, para continuarem a servir como decoração. Para surpresa do vereador, os materiais plásticos estavam descartados na propriedade do seu Iran Pacheco.

Materiais plásticos usados na decoração de Natal descem até a propriedade particular.


16

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Safra da Uva

Qualidade da uva vai favorecer a elaboração de vinhos e espumantes Programada para o final de fevereiro, produtores tem expectativa de colheita estimada em 20 toneladas de uvas viníferas na região

O município de Campos Novos vem se consolidando no plantio da uva, em especial as variedades viníferas, aquelas destinadas para a produção de vinhos. A grande parte dessas variedades tem produção destinada a Vinicampos, vinícola genuinamente camponovense, que produz vinhos finos de altitude. De acordo com dados da Epagri há aproximadamente 100 produtores de uva em Campos Novos, Abdon Batista e Celso Ramos. Somente a safra de uva americana, a uva comum como é conhecida, ideal para a produção de sucos e consumo in natura, foram plantados 50 hectares em Campos Novos e 60 hectares em Celso Ramos. Já as variedades viníferas, o plantio ficou em 22 hectares, mas por ser uma cultura de longo prazo, a área a ser colhida nesta safra deve ficar em torno de 15 hectares. A colheita de uva neste ano deve começar de maneira intensa daqui a 15 dias, no período exato em que as uvas alcançam o ápice do sabor, final de fevereiro e início de março. A perspectiva dos produtores é de que a safra desse ano seja menor, mas com qualidade superior às anteriores. De acordo com o presidente da Vinicampos e produtor de uva, Fernando Piroli, a expectativa é colher 20 mil quilos de uvas viníferas, menos da metade da safra passada, onde registrou recorde de 45 mil quilos na área dos associados da Vinicampos. “Este ano o clima dificultou um pouco a safra, o problema foi muita chuva na fase de floração. Nossa melhor safra com certeza foi 2012, teremos menor produção este ano, mas a expectativa quanto a qualidade é boa”, explica o produtor,

reiterando que se tratando de uvas viníferas, não importa a quantidade e sim a qualidade da fruta. Os primeiros vinhedos foram plantados em Campos Novos entre 2006 e 2007 alavancados pela criação da Vinicampos. Hoje o foco da vinícola, é ampliar o plantio de uvas para produção de espumantes, principalmente as variedades brancas, Chardonnay e Sauvignon Blanc. “Os produtores estão animados, nossa marca vem ficando cada dia mais conhecida e reconhecida, principalmente com o lançamento dos espumantes”, destaca Fernando. Outra meta da Vinicampos para no máximo dois anos, é inaugurar a fábrica de sucos, congregando os produtores de uvas comuns. Na propriedade de Fernando Piroli, a vitivinicultura é compartilhada com a atividade agrícola desde 2007. O produtor plantou um hectare de uvas viníferas, di-

vido entre as variedades Merlot e Cabernet Sauvignon. A expectativa de produtividade para esta safra é de cinco mil quilos de uvas. O sistema de condução utilizado em sua propriedade é espaldeira, sistema que proporciona melhor insolação e maturação dos cachos. O custo de implantação dos vinhedos é relativamente alto, em torno de R$ 35 mil a R$ 40 mil de investimento no primeiro ano e em cada safra, os custos de manutenção do vinhedo ficam em torno de R$ 4 mil em cada safra, sendo que um parreiral demora de três a quatro anos para começar produzir e uns dez para estabilizar. “Não é um trabalho para pessoas ansiosas. Demora algum tempo pra conseguir amortizar o investimento, mas a longo prazo acredito que pode ser bem lucrativo, bem melhor que vender a uva in natura é vender o vinho pronto”, aposta.

Pesquisa O Cetrecampos de Campos Novos abriga uma das quatro unidades experimentais do Projeto Trento, uma parceria entre Epagri, UFSC e região de Trento, Itália. De acordo com o Engenheiro Agrônomo e Pesquisador da Epagri, Cirio Parizotto, os experimentos das variedades européias estão sendo feitos há cerca de oito anos em Campos Novos, São Joaquim, Marari (interior de Tangará) e na Vinícula Grando em Água Doce. “Estão sendo testadas 36 variedades de uvas viníferas, todas de origem européia com predomínio italiano”. Círio destaca que o objetivo é avaliar o desempenho/ adaptação dos cultivares nas condições do clima de

Santa Catarina, testando os rendimentos e as resistências a pragas e doenças, ainda a viabilidade econômica do produto. Foi desse projeto, o embrião para a prospecção de produtores interessados no plantio da uva e como conseqüência, a criação da Vinicampos. Na Epagri, existem dois parreirais distintos, esse do projeto Trento e outro destinado a pesquisa dos cultivares de uvas americanas (comum) e híbridas, destinadas a produção de sucos e consumo in natura, com plantio em sistema orgânico. São 12 cultivares diferentes que estão sendo avaliados pela Epagri, em um projeto contínuo de pesquisa. Os dois parreirais somam dois hectares.

neste ano

PIB do agronegócio deve crescer 4% Se o resultado for confirmado, o PIB do setor terá um crescimento de 34% em dez anos Os produtores brasileiros se preparam para, mais do que colher uma safra de cerca de 200 milhões de toneladas de grãos, também aproximar o país do posto de maior produtor de alimentos do mundo. Na safra 2013/14, outro feito já deve ser alcançado, que é a liderança mundial na produção de soja, que pode alcançar até 95 milhões de toneladas na temporada atual, segundo o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade. Segundo levantamento da Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (AGE/Mapa), o Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio deve somar R$ 1,03 trilhão em 2014, valor 4% maior ao obtido no ano passado (R$ 991,06 bilhões). Se confirmado esse resultado, o PIB do setor terá um crescimento de 34% em dez

anos - em 2005, foram R$ 769,2 bilhões. Ainda de acordo com a AGE, com o crescimento da produção nas lavouras, também há a perspectiva de que o valor bruto da produção (VBP) seja o maior já obtido no país, registrando R$ 314,8 bilhões - o que representa um aumento de 10% sobre 2013, superando pela primeira vez a marca de R$ 300 bilhões. Somado ao VBP da pecuária, esse valor deve alcançar R$ 462,4 bilhões, alta de 7,5% sobre o resultado do ano passado. Outros segmentos do agronegócio nacional também têm perspectiva de crescimento, especialmente com a abertura de mercados internacionais para produtos como milho e carnes, em 2013. No ano passado, o setor exportou US$ 99,97 bilhões - o que representou mais 40% de todos os produtos brasileiros vendidos para outros países - e, este ano, deve superar US$ 100 bilhões.


17

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Tecnologia no campo

Dada a largada dos Dias de Campo da Coocam Dois dias de Campo estão programados nas unidades de Barracão e Lebon Régis

Amanhã (15), iniciam os Dias de Campo de Verão da Cooperativa Agropecuária Camponovense (Coocam). A primeira edição acontece no campo demonstrativo da filial de Barracão, no Rio Grande de Sul, e a segunda no campo demonstrativo da unidade de Lebon Régis, no dia 08 de março. Focado para a capacitação do produtor rural e ainda para a apresentação das novidades em produtos e tecnologia que estão no mercado, os eventos contarão com a parceria de oito empresas do setor de agronegócios, proporcionando ao produtor acesso fácil e atendimento

personalizado para a obtenção de informações sobre os produtos expostos. De acordo com o engenheiro agrônomo da Coocam, Cristiano Nascimento os parceiros que demonstrarão seus produtos passam por uma seleção minuciosa, no sentido de apresentar ao produtor apenas aquilo que de fato vem apresentando bons resultados nos estudos e pesquisas e que melhor tem adaptação a região. “Contamos com um número pequeno de parceiros no sentido de trazer ao produtor segurança e tranquilidade na escolha dos produtos químicos, fertilizantes e principalmente sementes que ele escolhe para sua lavoura”, ressaltou. Pelo menos nove empresas apresentarão as tecnologias para o campo: Fecoagro, Fertiplan, Basf, Bayer, Syngenta, Agroeste, Braxmax e a CCGL. Segundo o Presidente da Coocam, João Carlos Di Domênico, para o evento de Barracão estão sendo esperados

algo em torno de 200 produtores rurais, associados e clientes da Coocam. Já em Lebon Régis esse número deve chegar em 150 participantes. “Esperamos e convidamos todos nossos associados e clientes nas regiões de atuação das filiais de Barracão e Lebon Régis para que participem conosco dos Dias e Campo. Essa é uma excelente oportunidade de eles acompanharem in loco o comportamento e rendimento desses produtos que são inovação no mercado”, disse João. Ainda em Lebon Régis deve acontecer, em conjunto com o Dia de Campo, uma ação de coleta das embalagens de agrotóxicos vazias. Antecipando a ação que acontece anualmente na Semana do Campo Limpo promovida pela Coocam em todas as unidades, no mês de Agosto, esta coleta acontecerá devido ao número elevado de embalagens que já estão disponíveis na região.

Aprosoja

Copercampos apoia criação da Aprosoja

Se depender da vontade e do incentivo do presidente da Copercampos, Luiz Carlos Chiocca, a sede estadual da Associação dos Produtores de Soja de Santa Catarina (Aprosoja/SC), ficaria em Campos Novos, uma das regiões mais importantes na produção da oleaginosa do país. Não há nada articulado ainda, de concreto, mas o presidente da Copercampos tem fomentado a ideia junto aos produtores, em especial junto aos mais jovens. A entidade atua a nível nacional, com sedes em alguns estados e em municípios a nível local. Em Santa Catarina, a Aprosoja ainda não foi fundada e não existe entidade que represente politicamente os interesses do setor no estado junto ao Governo, principal objetivo da instituição.

Ilustração

Criação da Aprosoja Santa Catarina com sede em Campos Novos ainda depende da articulação dos produtores da região

Campos Novos reúne condições para ser a sede da Aprosoja Santa Catarina. “Eu gostaria de ver a criação da Aprosoja Santa Catarina em Campos Novos, posso ajudar os produtores a formar a associação, mas eu não quero assumir o compromisso de comandá-la. Temos que incentivar, principalmente os produtores mais jovens. É um organismo de nível nacional que tem muita força. O objetivo da entidade é fazer lobby no governo, para que as coisas acon-

tecem na agricultura referente ao soja. Quase todas as regiões produtoras estão formando essa entidade e Campos Novos por ser o Celeiro de Santa Catarina e por estar numa região bastante abrangente de produção, deveria ser a sede, antes que vá para Chapecó ou para outras cidades. A Copercampos é apoiadora, mas não vai encabeçar, é preciso a iniciativa dos produtores”, apóia Chiocca.

A comunidade de Rio do Meio – Lebon Regis, convida para Grande Festa em Louvor à São Sebastião, dia 16 (domingo). Programação: 10h30 - Santa Missa, 12h - almoço, às 14h Matine dançante animado pela Banda Di Paulo e Santana. Festa na Capela Santa Rita do Sarandi (Bela Vista), dia 09 de março. 38ª ROMARIA em honra à São Peregrino (Padroeiro contra o Câncer). Em São José do Ouro (RS) e Jardim Alegre (RS). Dia 09 de março. Para reservar sua passagem de ônibus ligue para os fones: 8891-5090 ou 9811-6370 – Valdecir, ou na Rua Juvelino Fernandes da Silva, nº 692 (Ao lado da Mercearia Gabriel), Bairro Aparecida. Reservas até dia 01-03-2013.


18

Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

campos novos

infraestrutura

SCs da Oitava SDR recebem manutenção

Novo horário de expediente na prefeitura

Governo do Estado descentraliza verba de aproximadamente R$ 620 mil

A partir de segunda-feira o atendimento retorna em período integral

Divulgação

Em 2014, além dos investimentos que estão sendo feitos em todo o estado de Santa Catarina e também nas rodovias que integram algumas das cidades que compõem a SDR Campos Novos através do Pacto pela Infraestrutura, o Governo do Estado descentralizou ainda, um montante de R$ 619 mil que serão destinados para a manutenção das SCs dos oito municípios que compõem a 8ª Regional durante todo o ano. A verba vai facilitar a promoção de operações de manutenção e recuperação das estradas, que garantirão mais segurança aos usuários das SCs da região. Segundo Secretário Regional de Campos Novos, Vilibaldo Erich Schmid, a liberação do recurso dará agilidade no atendimento as necessidades de manutenção das rodovias estaduais, principalmente em períodos de chuvas intensas que provocam o desgaste da malha viária. No ano passado, o Governo do Estado, através da Secretaria Regional de Campos Novos realizou, em parceria

com as Prefeituras, uma Operação Tapa Buracos em todas as rodovias estaduais que compreendem os oito municípios que compõem a 8ª Regional. Na ocasião a SDR Campos Novos ofereceu a massa asfáltica e as Prefeituras a mão de obra e maquinário.

As rodovias catarinenses dos oito municípios da SDR de Campos Novos serão melhoradas.

Com o fim do horário de verão no próximo domingo (16), a prefeitura de Campos Novos volta atender em período integral a partir de segunda-feira (17). Além dos servidores da prefeitura, os servidores das secretarias também voltam a trabalhar das 08h às 11h30 e das 13h às 17h30. O atendimento ao público será das 08h30 às 11h e das 13h30 às 17h. Outra novidade é a mudança de horário de atendimento da Unidade Básica de Saúde Central (UBSC). A partir de

segunda-feira (17), os servidores públicos que antes faziam dois turnos de seis horas, agora passaram a atuar em turno de oito horas, sendo que a Unidade estará aberta das 07h às 11h30 e das 13h às 16h30. O prefeito de Campos Novos, Nelson Cruz, destaca que a mudança da UBSC foi proposta devido a um levantamento realizado para verificar os horários de maior concentração de atendimento e constatouse que a maior procura se dá justamente neste horário que está sendo proposto. “Com a mudança acreditamos que o atendimento será ainda melhor, pois teremos mais servidores à disposição da população e com isso pretendemos uma maior agilidade nos encaminhamentos”, ressaltou o prefeito.

Casa em Chapecó. Temos opções de financiamento com menor juro do mercado. Valor do imóvel R$ 400 mil. Tratar pelo telefone (49) 9195-3024


Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2014

Abdon Batista

Município intensifica campanha de combate à dengue

O município de Abdon Batista está empenhado no trabalho de combate e prevenção à dengue. Neste sentido são desenvolvidas ações semanais pelos agentes da Vigilância Sanitária e Epidemiológica, entre elas, pesquisa em pontos estratégicos, como cemitérios, borracharias, terrenos baldios, depósitos, e pesquisa em armadilhas, que são regularmente monitoradas. De acordo com Maria Inês Rech, responsável pela Vigilância Epidemiológica do município, existe um cuidado redobrado, já que municípios próximos como Joaçaba e Lages tem apresentado focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue. “Nosso trabalho é realizado o ano todo, mas se intensifica neste período de maior calor, época em que o

mosquito se prolifera com facilidade. Abdon Batista ainda não apresentou nenhum foco, por isso estamos trabalhando para continuarmos livres”, disse ela. No entanto, a prevenção também depende muito da conscientização de cada cidadão, afirma Donizete Ceregatti, responsável pela Vigilância Sanitária municipal. ”Para evitar a dengue, basta evitar a água limpa e parada, não acumular lixo ou materiais em desuso que retenham água parada como pneus, garrafas, copos e latas. Também é muito importante tapar a caixa d`água, poços, latões e filtros. São ações simples que podem fazer toda diferença”, completou.

SAIBA MAIS O que é Dengue?

É uma virose que se espalha rapidamente e é transmitida ao homem pelo mosquito Aedes aegypti.

Vargem

UHE São Roque apresenta programa de educação socioambiental Primeiro evento do projeto foi realizado na terça-feira em Vargem, com objetivo de desenvolver a consciência ecológica

Como é o Mosquito da Dengue?

O inseto é um pernilongo escuro com listras brancas e tem por hábito picar durante o dia.

Como o Mosquito da Dengue se infecta?

O Aedes aegypti somente se infecta com o vírus da Dengue ao picar uma pessoa com a doença, então o mosquito passa a transmitir o vírus.

Quais os principais sintomas da Dengue?

Cuidado redobrado: borracharias são vistoriadas pelos agentes de Abdon Batista.

99% das pessoas apresentam

febre durante cerca de sete dias com início abrupto.

60% têm dor de cabeça frontal Divulgação

Para evitar a ocorrência de focos do mosquito da dengue e contaminações pela doença, Vigilância Sanitária e Epidemiológica reforça ações de prevenção

severa, dores nas articulações e músculos.

50% têm dor atrás dos olhos (retro-orbital).

50% têm prostração,

indisposição, perda de apetite, náusea e vômitos.

25% têm manchas vermelhas no tórax e braços. Importante!

Consulte um médico. Beba bastante água.

19

A UHE São Roque e a Maurique Consultoria Ambiental estão desenvolvendo o Programa de Educação Socioambiental nos cinco municípios atingidos pelo reservatório da usina. Na última terça-feira (11), os professores da rede de ensino pública de Vargem participaram do encontro de apresentação do projeto. Os trabalhos do programa também estão sendo desenvolvidos nas áreas do canteiro de obras e buscam inicialmente informar a comunidade e funcionários sobre os aspectos ambientais e apresentar ações que serão realizadas, além de desenvolver a consciência ecológica agregando conhecimento às pessoas. De acordo com a sócia gerente da Maurique, Bióloga Genoveva Maurique, os professores tiveram nestes encontros uma oportunidade para tirar dúvidas sobre o projeto e apresentar sugestões dos temas de maior interesse da comunidade. Durante todo o andamento da obra, serão desenvolvidas ações para informar e desenvolver a prática conservacionista e educacional nas áreas da obra e nas comunidades.

“Conviver com o meio ambiente e respeitá-lo é fundamental e serão desenvolvidas ações em diversos temas ligados à educação socioambiental, desde a prevenção de acidentes com animais peçonhentos, a importância de manter limpo o local onde vivemos e a destinação correta de resíduos, por exemplo”, ressaltou a Bióloga. Na oportunidade, o Engenheiro da UHE São Roque, Celso Miranda apresentou todos os projetos que serão desenvolvidos pelo empreendedor nos municípios atingidos pelo reservatório da usina. “Ao todo, a UHE São Roque desenvolverá 24 projetos nos municípios, entre programas ambientais e sociais e muitos já estão sendo colocados em prática pelo empreendedor”, destacou Celso Miranda. Para a Secretária de Educação do município de Vargem, Flavia Martins Antunes, o evento com os professores, realizado pela São Roque e Maurique é essencial para uma educação ambiental da comunidade. “Nossos professores serão os transmissores destas informações às crianças e também à comunidade e nós seremos sempre parceiros nas ações com propósitos educacionais e promoção do desenvolvimento ambiental”, finalizou.


Sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014


Folha Independente Nº 25