Page 1

QUARTA, 18 DE NOVEMBRO DE 2009 Ano 1  Nº 19

EDITOR-CHEFE: LUCAS DE OLIVEIRA

EDIÇÃO ELETRÔNICA, CONCLUÍDA ÀS 00H02

Madonna

a padroeira do Brasil PÁG. B1

Questão do Enade comete erro com o nome do presidente Na prova de comunicação social do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) 2009, a questão 19 apresentou a grafia errada do nome do presidente Luiz Inácio Lula da Silva , com “s” em Luiz. Além disso, a pergunta, que

abordava a afirmação do presidente de que a crise financeira mundial seria uma “marolinha” no Brasil e não um “tsunami”, foi criticada por estudantes na internet, que a acharam tendenciosa e política. É possível que seu

navegador não suporte a exibição desta imagem.

questão foi “irresponsável”, “doutrinária” e “absurda”. A resposta certa da Questão polêmica questão, veiculada no tem Luiz com “s” gabarito, era a “c) livre No Twitter, mais de exercício da crítica”. 20 pessoas chegaram A pergunta teria que a comentar a questão. ser respondida por inDentre as observações, gressantes e concluinhá quem diga que a tes da área de comu-

nicação social - que abrangia os cursos de Cinema, Editoração, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Radialismo e Relações Públicas. O Inep ainda não tem posição oficial a respeito. As questões e o gabarito devem ser

analisados a partir da próxima semana, pelas 22 comissões de área de cada um dos cursos avaliados. “O Inep deve se pronunciar oportunamente”, segundo a assessoria de imprensa do órgão. Folha S.Paulo

Três pessoas morrem soterradas em estrada no Rio

Atenção: alunos que não participaram do ENADE

Três pessoas morreram em um deslizamento de terra provocado pela chuva na Rodovia Rio-Teresópolis na noite de domingo, 15. Segundo a concessionária CRT, que administra a rodovia, dois veículos foram soterrados por volta das 21h30, na altura do km 90. Em um dos carros, um Fiat Palio, estavam um homem, uma mulher e uma criança,

Os estudantes que foram convocados para fazer o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) 2009 e que não participaram da prova devem apresen-

que morreram. Eles ainda não foram identificados. O passageiro do outro veículo soterrado conseguiu sair do carro. Ele sofreu ferimentos leves. O trânsito na altura do km 90 foi totalmente interditado. Técnicos da empresa CRT aguardam laudo dos bombeiros e da Defesa Civil para iniciarem a retirada da terra. Agência Estado

tar um pedido de dispensa. O prazo para apresentação desse pedido já começou e segue até o dia 23 de novembro. Não serão aceitas solicitações de dispensa enviadas

fora do prazo estabelecido pela portaria. Os pedidos devem conter o requerimento de dispensa Enade 2009. O formulário está disponível no site: www.inep.gov.br

Falta de viga causou acidente no Rodoanel, diz Crea A principal hipótese para a queda das vigas de sustentação do viaduto que ligará o Rodoanel à rodovia Régis Bittencourt é falha humana, segundo o Crea-SP (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e

Agronomia de São Paulo). O conselho afirma que os engenheiros não deveriam ter instalado só quatro vigas no local, uma vez que o projeto previa cinco estruturas. O acidente, ocorrido na última sexta-feira na Ré-

gis, na região de Embu (Grande SP), deixou cinco feridos e atingiu três veículos. Ontem, o presidente do Crea-SP, José Tadeu da Silva, afirmou que, sem a quinta viga, o viaduto não teria a sustentação necessária.


A2 opinião

UM JORNAL A SERVIÇO DO UNIVERSITÁRIO



Publicado desde 2009 - Propriedade do Instituto Itapetiningano de Ensino Superior R. Isolina de Moraes Rosa, 727, Vila Nastri, Itapetininga, SP

Editor-Chefe: L ucas J osé M atias de O liveira Diretor Geral: D eni S ales Diretor-Superintendente: S amuel M arques L ima Conselho Editorial: A lex M otta e M arco A ntonio P iloto Redatora: A na M aria Coordenador-Responsável: A lexander T erra A ntunes Diagramação: L ucas J osé M atias de O liveira

Editorial folhadoiies@ymail.com

Vigas não caem do céu

D

E QUEM é a responsabilidade pelo acidente do Rodoanel na última sexta-feira? O governo do Estado diz que é das empreiteiras, e atribui a uma “falha técnica” a queda das três vigas de um viaduto, em construção, sobre os carros que passavam na rodovia logo abaixo, deixando cinco feridos. Ainda não se sabe qual foi a causa exata do problema. O que se sabe é que vigas não caem do céu, nem deveriam cair de viadutos. Algum erro foi cometido, ou na construção dessas estruturas, ou no seu transporte, ou ainda na instalação no viaduto. E as empreiteiras contratadas pelo governo para tocar a obra têm responsabilidade direta sobre isso. Mas a obrigação de cuidar pelo bom andamento da obra não é só delas. É função do governo, diz a lei, fiscalizar

o que as empreiteiras fazem, justamente para evitar acidentes e problemas como o da última sexta-feira. Esse assunto faz lembrar o acidente na estação Pinheiros do metrô da capital. Relatório do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) sobre a cratera que matou sete pessoas em janeiro de 2007 também dizia que, naquele caso, a responsabilidade direta era das empreiteiras encarregadas da obra. Mas recomendou ao governo que melhorasse a fiscalização, pois uma série de mudanças no projeto original foi feita sem que o Metrô ficasse sabendo. No caso da queda das vigas, é preciso punir os responsáveis, o que depende dos laudos técnicos. Tão importante quanto isso é aprender com o erro, para que novos acidentes dessa gravidade não se repitam.

JOÃO FRANCISCO LOPES

Economia: pessimismo ou alarmismo? Ao assistir a entrevista do Economista Dércio Garcia Munhoz, da Universidade Federal de Brasília(UnB), junto à TV do Senado, em 02 de novembro p.p. , foi possível constatar a discordância do mesmo em relação às opiniões de inúmeros seus colegas de profissão quando das entrevistas, principalmente à mídia televisiva, pois aqueles concluem que o País usufrui excelente situação no que diz respeito à sua situação macro-econômica. Além de outros aspectos apresentados para suportar a opinião discordante do citado economista, sabe-se que as exportações, em geral, estão prejudicadas, há muito tempo, com a super valorização da nossa moeda (real) em relação à moeda norte americana (dólar), afetando a nossa balança comercial. O Governo Federal isenta as indústrias do Imposto sobre Produtos Industrializados(IPI), prejudicando a sua arrecadação que é dividida com os Municípios e age de forma irresponsável na concessão de crédito

para o financiamento de bens móveis duráveis, mascarando o verdadeiro poder de compra das famílias brasileiras o que poderá lhes causar prejuízos como no caso de financiamento de veículos. Tal política de concessão de crédito pelo Governo Federal foi objeto de artigo recente com o título: “A bolha norte americana e uma possível bolha brasileira”. Por outro lado, a “dívida pública interna” aproximase da casa dos 2(dois) trilhões de reais e infelizmente a “bomba” poderá estourar nas costas do próximo Presidente. Este autor também tem demonstrado sua preocupação principalmente quando surgem divergências de opiniões entre os próprios economistas. Como ficará então a sociedade e em quem devemos acreditar ? A maioria dos governantes e políticos esbanjam dinheiro público, como as despesas com publicidade e viagens, inclusive muitas ao exterior. Não há uma regulamentação federal com regras claras para

evitar exageros nas despesas de viagem realizadas por ocupantes de cargos nas 5.564(Cinco mil quinhentas e sessenta e quatro). Prefeituras e Câmaras Municipais, Governos Estaduais e Assembléias Legislativas e também os ocupantes de cargos nos Poderes Constituídos Federais. Consequentemente as despesas correntes dos Governos vêm aumentando acentuadamente. Para agravar ainda mais esse quadro de despesas do País, diante da “impunidade” com a famosa “imunidade parlamentar”, muitos governantes, políticos e outros detentores de cargos públicos também desviam dinheiro através da prática da “corrupção” razão pela qual o Brasil é um dos recordistas nessa irregularidade. Assim sendo, a sociedade precisa estar cada vez mais vigilante e exigir maiores esclarecimentos por parte das autoridades que recebem expressivos vencimentos no exercício de suas funções. ►Professor João Francisco Lopes também escreve para sua coluna no site www.itapedigital.com.br/rol


Panorama

opinião A3

QUARTA, 18 DE NOVEMBRO DE 2009 • B1

Madonna, a padroeira do Brasil PERSONAGEM

Depois de Jesus, Madonna quer ajudar outras crianças brasileiras. A rainha do pop chegou ao Rio de Janeiro na segunda-feira 9 e até a manhã da quinta-feira não havia falado com a imprensa ou com os fãs. Fugiu com o mesmo afinco com que correu atrás de patrocínio para seu projeto social. Empresários que estiveram com ela contam que a cantora deseja arrecadar US$ 10 milhões para investir na formação de crianças brasileiras. Citou a experiência de sua ONG no Malauí para crianças com AIDS e disse que, no Brasil, o desafio é tirar os meninos do tráfico. Também no campo social, conheceu a sogra, mãe de Jesus, 15 anos mais nova que ela. Não houve relatos. O projeto social que Madonna pretende implantar no Brasil é para crianças carentes, mas ela preferiu circular apenas na fatia mais alta do PIB. Entre os possíveis doadores para sua nobre causa, o principal peixe que Madonna pretendia fisgar era o empresário Eike Batista. Seduzido pelo canto da sereia, ele deve anunciar uma contribuição polpuda. Eike até cedeu seu jatinho para levar a cantora de São Paulo ao Rio. E o agrado não ficou só no avião. Na terça-feira, Madonna malhou na academia da casa do empresário. Para isso, contou com escolta de batedores da polícia militar, que fecharam a rua e impediram que jornalistas a seguissem. Empresários que conversaram com a estrela contam que ela não pretende construir uma sede de sua ONG no país, mas sim formar pessoas para dar o treinamento em ações sociais já existentes no Brasil. A entidade, que se chamava Spirituality, mudou de nome para Success for Kids. A mudança nada tem a ver com sua relação Época, 12/11/2009

com o modelo brasileiro: Madonna quer dar um tom menos religioso à ONG. Depois de ter cancelado em cima da hora um encontro com José Júnior, coordenador do AfroReggae (ele explicou o motivo pelo Twitter), Madonna se encontrou com 35 crianças do projeto Energia Olímpica, do Morro dos Cabritos, na Zona Sul do Rio. A ONG será uma das primeiras beneficiadas com a verba que Madonna arrecadar. Ela assistiu a uma aula com os meninos e falou com eles com a ajuda de um intérprete. Madonna pediu para que eles prestem atenção às aulas. Ela dispensou o hambúrguer e as batatas fritas servidos à garotada. Madonna pretendia se encontrar ainda com a primeira-dama Marisa Letícia, mas até o início da tarde da quinta-feira a reunião não havia sido confirmada. Também estava agendado para quinta-feira um jantar com o governador do Rio, Sérgio Cabral, o prefeito Eduardo Paes e suas respectivas esposas. O jantar, na casa de Eike, estava sendo organizado pela primeira-dama do Estado, Adriana Ancelmo. Para evitar o assédio da imprensa, a rua seria bloqueada. Além do ex de Luma de Oliveira, mais gente topou colocar a mão no bolso para ajudar a cantora. A socialite Fátima Otero e seu marido, Álvaro, que a receberam para um almoço, teriam concordado em doar uma quantia não divulgada. Madonna é amiga de Julia, filha do casal. O encontro com os Oteros teria sido combinado num jantar em Nova York. Madonna pode ter sido simpática na hora de passar o chapéu, mas fechou a cara diante dos

fãs e da imprensa. Frustrando os que esperavam ver seu doce balanço a caminho do mar, ela só deu o ar da graça na janela do hotel Fasano, em que ficou hospedada, dois dias depois de chegar – e só sorriu para as fotos , pela primeira vez, na noite da terça-feira. No hotel, onde paga R$ 5 mil a diária, funcionários estão proibidos de olhála ou dirigir a palavra a ela. Poucos empregados têm a senha do elevador que leva a seu andar, onde dois seguranças barram qualquer tentativa de contato não autorizado. Com a mãe de Jesus, o tratamento foi diferente. O encontro com a tinturista Cristiane Regina

da Silva foi discreto e aconteceu na suíte da cantora. Para a assessoria de Madonna, porém, o encontro jamais ocorreu. Isso porque a rainha do pop não queria que sua visita ao Rio, motivada por uma nobre causa, aparecesse na mídia como um mero pretexto para conhe-

cer a família do namorado. Na avaliação da cantora, isso tiraria força do trabalho da ONG – e significaria um novo e complicado passo em sua relação com o modelo. No Rio, Madonna não mostrou nada além de seus braços sarados. Surpresa com o apagão, enquanto jantava num japonês, Madonna perguntou se por aqui sempre faltava luz. No Twitter, seu namorado brincou com o próprio sobrenome: “Luz para o Brasil”. E para ela também, claro.


B2 Colunas

Betho Ferraz

Mario Bastos

Números Da Vergonha Presidente do Gaad, entidade de incentivo a adoção em Itapetininga e região, dra. Eunice Ferreira Granato - homenageada recentemente em evento no Hotel Karina - recebe os dados da Comissão Nacional de sindicância de Adoção: O Brasil chegou a marca de 80 mil crianças abandonadas.

Olhar além

Homem De Sorte Dias depois de receber o titulo de “Cidadão-Itapetiningano” pela Câmara Municipal, o Desembargador Henrique Calandra teve confirmada uma importante indicação de seu nome no Poder Judiciário brasileiro: dificilmente deixará de ser Ministro do Superior Tribunal de Justiça, em Brasília. Posição O vereador Marcos José Nanini de Oliveira, presidente do PMDB de Itapetininga, dá sinais claros de que não vai oficializar já nenhuma posição relacionada ao partido sobre as eleições presidenciais de 2010. O prefeito peemedebista Roberto Ramalho está sendo orientado pelo líder do partido no Estado, Orestes Quércia, a assumir a candidatura do governador Serra. Mas, o PT, da ministra Dilma Rossef, deverá cobrar os benefícios do Governo Federal na cidade e região. Um detalhe: o muro é muito estreito.

dem dos Advogados do Brasil, o dr. Hercules acredita que o candidato Alexandre Cardoso Hungria, pela sua postura, deva remar em águas tranquilas. Desfalque Baixa no clã do prefeito Roberto Ramalho Tavares: seu primo e velho companheiro de guerra está indo para o Partido Verde - ninho de seus adversários políticos. O que houve??? Os Caras A itapetiningana Maria Elisa Leonel, que está se aposentando depois de atuar no primeiro escalão do Governo Federal, sabe muito bem: o ‘cara’ é Gilberto Carvalho (chefe de gabinete de Lula, de quem o conterrâneo Wladomiro “Chuca” diz ser parente). O Obama não o conhece, mas tudo o que chega e o que sai de Lula é feito por Carvalho. Cartas, indicações, pedidos, telegramas, etc. É ele quem gerencia a campanha de Dilma, via Presidência da República. Lula não fala mais com ninguém...Todos os jantares com a bancada e Dilma quem marca é Carvalho. Essas são as razões de Gilberto Carvalho não ter sido liberado pelo famoso chefe para comandar o PT.

Esperança Amigos e colegas da polêmica turma de taxistas de lotação de Itapetininga resolveram abraçar o colega motorista Junior Nassif. Ele Eleições Na Oab Estadual... é o mais jovem do time, poSegundo o ex-presidente rém um dos mais antigos da OAB de Itapetininga, - começou na primeira turJosé Hercules Ribeiro de ma: “Esperamos que a atiAlmeida, cujo apoio políti- vidade dos táxis seja reguco é sempre disputado na lamentada logo para o bem terrinha, pesa contra o ad- de todos”, discursa. vogado Luiz D’urso, atual presidente da OAB estadu- Companheira al, a derrocada da Carteira O deputado Edson “Chai” de Previdência dos Advoga- Giriboni tambem tem acomdos do Estado de S. Paulo e panhado os passos da maior sua continuidade no poder. estrela nacional de seu parEssa e outras bandeiras es- tido, o PV. Esteve na cerimôtão com seus adversários nia de filiação da senadora Leandro, Hermes Barbosa Marina Silva, recentemente, e Rui Fragoso, nas próxi- no Partido Verde, participou mas eleições do órgão, dia de audiência com a ex-mi17/11. nistra em Brasília e sonha em tê-la como companheira ...E Em Itapetininga.... no segundo turno das eleiJá para a subsecção da Or- ções do próximo ano.

Normalmente, no decorrer dos dias, conseguimos distinguir pessoas, comportamentos e situações, diante dos nossos olhos. Nossos olhos captam milhares de cenas, imagens, que nos fazem rir, chorar, pensar e refletir sobre nós e nossas vidas, sobre como caminhamos, e principalmente aonde queremos chegar. Durante nossa vida, nós planejamos, sonhamos, traçamos estratégias, para viver da melhor maneira possível, evitando as frustrações, desilusões e principalmente para não nos perdermos de nós mesmos.

Não podemos abrir mão da nossa essência, da nossa liberdade, de ser quem queremos ser, onde e na hora em que quisermos. Para que isso aconteça, é necessário ousar, acreditar que é possível sentir que existem pessoas que têm o mesmo sonho e desejo que você tem e almeja; em contrapartida, também se conscientizar de que outros ainda não chegaram e outros que nem vão chegar ao patamar da realização dos seus próprios sonhos. Poder enxergar além, é possuir uma luz no coração direcionada ao bem próprio e a do seu próximo, é dar sem esperar retorno, é amar mesmo que sem

ser amado, é agradecer por tudo o que acontece, é não possuir sentimentos menores, como por exemplo: posse, ciúmes, raiva, ódio, vingança, entre outros. Uma caminhada para o aperfeiçoamento pessoal interior e exterior, o autoconhecimento, o entendimento das deficiências e potencialidades que cada um possui, e saber conviver com o próximo, aceitando-o como ele realmente é, ao ponto de amá-lo e a respeitá-lo como tal.. “Olhar além, é saber que por detrás de um olhar existe um coração” Prof. Mario Bastos

Claiton Fernandes Faça acontecer O ser humano deve acreditar em seus sonhos e ser capaz de tomar atitudes que possam modificar a sua vida. Pode ter talento e inteligência; mas , se não possuir motivação e atitude, invariavelmente não alcançará o sucesso. As pessoas precisam ter atitudes positivas. O ser humano é muito focado no negativo. Temos que erradicar esse fio terra que fica puxando energia para baixo, sempre achando que as coisas não vão dar certo. Diante das dificuldades, é preciso superação, aliar garra e vontade de vencer e, sobretudo, uma boa base familiar, que será sua sustentação. Nunca pare de estudar, este é o maior dos tesouros para alcançar o sucesso. Estudar significa obter informações atualizadas, é estar junto àquilo que nos cerca no dia-a-dia. Estudar também é ler e informar-se sobre tudo o que acontece na sua cidade, ao seu redor, no mundo. É necessário ter atitude e acreditar nos sonhos, não ficar parado. Já diz o dita-

do que quem fica parado é poste. Deus não fez o ser humano para ficar grudado no chão, mas sim para voar alto, em sonhos, imaginação e REALIZAÇÕES. Pare de reclamar da vida, porque as coisas não deram certo. Se ficar reclamando da vida, estará fazendo daqui a um ano a mesma coisa que está fazendo hoje, RECLAMAR... Siga os campeões, inspire-se em um deles e tornese um deles. Se você andar com os mancos, vai aprender a mancar. Busque o sucesso a cada momento. Sempre existirão problemas, mas o problema não é o problema, o problema é a atitude que você terá que ter diante dele. O mundo hoje vive de resultados. Palavras são palavras, desculpas são desculpas e promessas são promessas. O que importa são os resultados. Tenha uma prática coerente com o seu discurso, caso contrário, estará fora do mercado em breve. Entenda definitivamente que a vida é composta

de novos-ricos que são expobres. E novos pobres que são ex-ricos. O dinheiro não acaba, apenas muda de mão. Das 500 maiores Empresas do Brasil, 82% vieram do nada. Apenas 18% conseguiram passar a fortuna de família para gerações futuras. Todos já ouvimos aquela máxima: pai rico, filho nobre, neto pobre. O pai construiu, o filho usufruiu e o neto nem viu. É essa a realidade de muitas Empresas familiares, já que são maioria no Brasil e que precisam mudar seus conceitos. A Empresa familiar é viável, mas muitas não dão certo porque as pessoas não têm os mesmos ideais, os mesmos objetivos e não compartilham os mesmos sonhos. Acredite em você e FAÇA ACONTECER seus sonhos. Professor Claiton Fernandes Mestre em Administração de Empresas, professor de pós-graduação da FGV e da UNISO e de graduação do IIES, palestrante e escritor de artigos com publicação em periódicos nacionais, executivo da empresa CAMINHOS Soluções em Gestão Empresarial.

Folha do IIES | 19  

Mais uma edição

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you