Issuu on Google+

EDITOR-CHEFE: LUCAS DE OLIVEIRA

SEGUNDA, 02 DE NOVEMBRO DE 2009 Ano 1  Nº 18

A ÓRFÃ Lucas Oliveira fala sobre o suspense da mente brilhante de David Johnson, estrelado pela atriz Isabelle Fuhrman. PÁG. C1

EDIÇÃO ELETRÔNICA, CONCLUÍDA ÀS 00H02

Guia

Correr ao ar livre ou na esteira? PÁG. B4

Personagem

A NOVA

DILMA PÁG. B1

Prova do Enade será aplicada neste domingo Os alunos de todas as faculdades estão preocupados com o próximo fim de semana. O provável motivo é a falta de balada na noite de sábado e domingo? Não, a prova do Enade (Exame Nacional de Desempenho do Estudante) é o motivo principal dessa preocupação. A prova que será aplicada neste domingo, 08 de novembro, revelará a situação da faculdade, se está ou não

ensinando os graduandos. Participarão do exame os alunos que estão no primeiro e último ano de faculdade, dos cursos de Administração e Direito. A maioria dos alunos de administração do Instituto Itapetiningano de Ensino Superior (IIES) farão a prova no prédio do colégio Anglo de Itapetininga. O início para todas as provas será às 13 horas.

Equipe feminina se destaca no futsal do IIES

Comissão aprova fim de adicional por demissão sem justa causa

Iniciou-se na segunda passada, o Torneio de Futsal IIES que contou com a participação de várias turmas de administração. Mas quem realmente se destacou foram os times femininos.

O governo venceu disputa, nesta terçafeira, 3, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado e conseguiu aprovar projeto que fixa para 31 de julho de 2012 o fim da multa adicional de 10% incidente sobre o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) paga pelas empresas em caso de demissão sem justa causa. O projeto,de autoria do senador Renato Casagrande (PSB-ES), foi aprovado pela comissão, em caráter terminativo. Se não houver recurso no prazo de cinco dias, seguirá para análise da Câmara dos Deputados dispensando votação no plenário do Senado. Lei instituída em 2001 determina que, ao demitir um funcionário sem justa causa, além

Por ter inscrições de jogadoras para o torneio, os organizadores decidiram fazer também o torneio feminino. Confira a tabela dos jogos que a equipe da Folha do IIES acompanhou.

da multa de 40% sobre o saldo do fundo do trabalhador, as empresas são obrigadas a pagar mais 10% sobre todo o saldo de FGTS a ser recebido pelo demitido. O objetivo da aprovação desta lei era cobrir rombo de R$ 42 bilhões no patrimônio do FGTS aberto com a determinação da Justiça de correção monetária de todas as contas durante os Planos Verão, no governo José Sarney, e Collor I. Em seu projeto, Renato Casagrande ressalta que balanços de 2006 já mostravam recuperação no patrimônio do FGTS, o que justificaria, na avaliação do senador, o fim da contribuição em 31 de dezembro de 2010. A Lei de 2001 não determina em qual prazo esta multa extra deveria ser extinta.

“Com o objetivo já prestes a ser alcançado, não parece existir motivo para que a contribuição prevista no art. 1º se perpetue, ainda que ela possa coibir demissões sem justa causa”, afirma o relatório favorável do senador Adelmir Santana (DEM-DF). Porém, durante a votação, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) pediu que o prazo fosse estendido até julho de 2012. Orientado pelo ministério do Trabalho, Suplicy afirmou que cerca de 280 mil processos relativos a reajuste do saldo do FGTS ainda estão em aberto, o que significa um passivo potencial de R$ 22,8 bilhões. “Por isto seria um risco acabar com esta contribuição agora”, argumentou o senador petista.


A2 opinião

UM JORNAL A SERVIÇO DO UNIVERSITÁRIO



Publicado desde 2009 - Propriedade do Instituto Itapetiningano de Ensino Superior R. Isolina de Moraes Rosa, 727, Vila Nastri, Itapetininga, SP

Editor-Chefe: L ucas J osé M atias de O liveira Diretor Geral: D eni S ales Diretor-Superintendente: S amuel M arques L ima Conselho Editorial: A lex M otta e M arco A ntonio P iloto Coordenador-Responsável: A lexander T erra A ntunes Diagramação: L ucas J osé M atias de O liveira

Editorial folhadoiies@ymail.com

JOÃO FRANCISCO LOPES

Professores e seus artigos

D

EPOIS que inventaram a escrita, surgiram inúmeras oportunidades de expressar nossas opiniões através de artigos. Em nossa faculdade, por exemplo, os alunos tem liberdade em se expressar sobre determinado assunto e ainda recebe horas em atividades complementares. Em outras palavras, isso significa cultura, pois de certa maneira, a faculdade está incentivando os alunos a escrever. Os professores também tem espaço na Folha do IIES, porém apenas alguns participam. Entre eles está o professor João Francisco, que se preocupa com a cultura e nos envia artigos para seus alunos lerem. Isso, é uma estratégia eficiente de criar um ambiente de sabedoria entre professor e aluno. Eles se encontram além das aulas, através da opinião que o professor expressa em seus artigos. O retorno pode não ser rápido, porém é eficaz, já que os alunos que leem os artigos de

seus professores, estão conhecendo um pouco mais da opinião do mestre, podendo discordar ou concordar sobre o assunto. Em todas as revistas que vemos nas bancas, há colunistas fiéis, que publicam consecutivamente seus artigos nas páginas da publicação. E muita das vezes, os colunistas são âncoras para a mídia impressa. Na revista Época, por exemplo, é muito conhecida, a colunista Ruth de Aquino. Na Veja, Diogo Mainardi, Claudio de Moura Castro e J. R. Guzzo. Com isso, as revistas e jornais vão prendendo a atenção dos leitores. Querendo ou não, os leitores gostam de ver a opinião dos colunistas sobre todos os tipos de argumentos, fazendo com que pense criticamente sobre o mesmo ou outro assunto, e pensar sobre determinado tópico, exercita nosso cérebro preparando-nos para situações futuras que exija completo conhecimento sobre assuntos da atualidade.

O perigoso poder da mídia televisiva O desvio em relação aos objetivos principais da mídia televisiva, quando eles existem, ou a falta de uma definição sobre quais são esses objetivos, por parte de qualquer sociedade obviamente representada pelas autoridades do Governo, uma vez que a mídia televisiva e outras funcionam com base nas concessões públicas, tal omissão no estabelecimento de objetivos da mídia significa algo semelhante como “deixar um grande transatlântico em alto mar sem o comando de seus tripulantes” pois o inventor da televisão, John L. Baird aos 37 anos, com certeza, quando desse espetacular feito, deve ter imaginado que o primeiro e futuros aparelhos seriam utilizados não somente para o lazer mas principalmente para o uso útil e coerente de seu invento deixado à disposição da humanidade. Nos programas planejados pelos proprietários das emissoras autorizadas, sejam privadas ou do governo, devem conter conteúdos com enfoques informativos e também econômicos/sociais e culturais pois conscientes de que o poder de influência sobre os telespectadores é infinitamente superior ao dos outros veículos de comunicação e também em relação às outras Instituições formadoras de opiniões, como as Escolas, assim sendo, os programas televisivos devem atender a um mínimo de censura pois impossível é o controle sobre a utilização de um aparelho eletrodoméstico que pode ser ligado ou desligado por qualquer criança. Afirmar que cabe ao chefe de família, ou outra pessoa responsável pelo ambiente no qual o aparelho de televisão está instalado,

a incumbência quanto ao controle na utilização desse aparelho, sabe-se que essa situação é totalmente impraticável pela necessária ausência dos pais ou pessoa responsável, portanto, indispensável é um mínimo de controle por parte do Estado sobre “o que” aquele aparelho irá mostrar aos telespectadores incluindo as crianças. Ocorre que o aparelho de televisão também passou a servir como acessório na transmissão de vídeos gravados, portanto, sua utilização do ponto de vista comercial foi ampliada uma vez que não mais depende de acesso aos canais sejam abertos ou por assinatura(a cabo). A utilização da televisão pelo meio normal, ou seja, com base no acesso aos canais abertos ou fechados(por assinatura) pode ser administrado pelo Estado que concede os referidos canais ao setor privado, este que através dos patrocinadores( para divulgação dos seus produtos e serviços), é remunerado pelas milionárias propagandas pagas por alguns segundos ou minutos de transmissão. Cabe sim a esses proprietários das emissoras de televisão observar a qualidade dos programas a serem transmitidos atendendo não somente aos objetivos nas áreas da economia, social e cultural traçadas pelo Governo mas também em relação aos horários de transmissão evitando excessivos programas com conteúdos de ficção e pornografia para os quais não há possibilidade por parte dos chefes de família excluir(apagar) com um simples toque no controle remoto do aparelho. Também é do conhecimento da população que no Brasil, principalmente à noite, a te-

levisão é o único lazer possível para 99%(noventa e nove porcento) das famílias tendo em vista a renda familiar que não permite outras opções como freqüentar clubes, cinemas, restaurantes, lanchonetes, etc. Essa quase total população do País também não tem acesso aos canais por assinatura(TV fechada) o que a obriga permanecer em frente ao aparelho de televisão mesmo que a qualidade dos programas deixe a desejar. Acontece que nesse caso a má qualidade dos programas poderá exercer influência no comportamento de uma sociedade incluindo as crianças e adolescentes pelos conteúdos de ficção que normalmente contêm maus exemplos com cenas fortes e até pornográficas, por exemplo, é o caso do programa BBB em horário nobre noturno da emissora detentora da mídia televisiva monopolística aberta atual. Por outro lado, aos profissionais que atuam na área da educação principalmente aos professores, é impossível conseguir espaço na mídia para divulgação dos seus trabalhos e pesquisas pois não conseguem competir com as bilionárias propagandas pagas pelos patrocinadores da televisão, portanto, essa ferramenta televisão que poderia ser mais útil à sociedade do ponto de vista cultural, tornou-se exclusivamente comercial. Assim sendo, não nos resta ter esperança numa regulamentação, através de Lei Federal, também para a mídia televisiva e outras uma vez que exercem forte influência no comportamento da população. ►Professor João Francisco Lopes também escreve para sua coluna no site www.itapedigital.com.br/rol


Panorama

opinião A3

SEGUNDA, 02 DE NOVEMBRO DE 2009 • B1

A reconstrução de Dilma PERSONAGEM

Depois de ser derrotado em três eleições, Lula reapareceu com a imagem remodelada na eleição de 2002. Passou a usar ternos bem cortados, cuidou da aparência e, principalmente, deixou de lado o discurso radical que assustava parte do eleitorado. A ministra Dilma Rousseff, candidata do governo à Presidência, está no mesmo laboratório operando sua transformação. Nos sete anos de ministério, Dilma ficou conhecida pela austeridade, inclusive no trato com auxiliares e colegas, pela falta de tato político, o que já lhe rendeu brigas e desafetos dentro do próprio partido, o PT, e pela dificuldade em se comunicar. Parecem problemas intransponíveis para quem deseja enfrentar com a mínima possibilidade de êxito uma campanha eleitoral que promete ser uma das mais acirradas dos últimos anos. A metamorfose já mostra os primeiros sinais. Na semana passada, durante a inauguração dos estúdios de uma emissora de TV, Dilma brincou de atriz com o presidente Lula, que manejava uma câmera. Depois, em um jantar com parlamentares do PP, fez questão de ir à cozinha cumprimentar os funcionários da casa. Em outro evento, em São Paulo, abraçou e beijou catadores de lixo que participavam de uma feira de reciclagem. Por fim, a ministra, que nunca teve muita afinidade com questões ambientais, tem revelado inédita preocupação ecológica, a ponto de ser nomeada para chefiar a delegação brasileira que vai participar de uma conferência da ONU sobre o clima. “Dilma está mais simpática, mais sorridente e consciente do que se deve fazer em uma campanha”, afirma um membro de seu staff. Exemplo disso é que, há duas semanas, a ministra esteve em um almoço com correligionários do governador Eduardo Campos (PSB-PE) e,

na chegada, cumprimentou apenas as autoridades presentes à mesa. Foi, depois, advertida pela falha. “Dá para perceber que é difícil para ela cumprir esse papel de candidata, mas ela tem se esforçado.” Os discursos e as opiniões da ministra também passaram a seguir um roteiro preestabelecido. Os discursos devem ser simples e carregados de metáforas de fácil entendimento, como os do presidente Lula. As opiniões emitidas sobre os temas de governo e de campanha também não podem divergir das defendidas pelo presidente. Nos últimos dias, Dilma foi criticada por estar antecipando a campanha eleitoral, o que é ilegal. Indagada sobre o assunto, a ministra se disse vítima de preconceito pelo fato de ser mulher. Ninguém entendeu o que uma coisa tem a ver com a outra, mas Dilma conseguiu, ao menos momentaneamente, safar-se da polêmica – exatamente como foi ensaiado com sua equipe de campanha, integrada por políticos, publicitários e jornalistas. A ministra se reúne uma vez por semana com o “estado-maior” de sua campanha, como é chamado o grupo do qual fazem parte os ministros Franklin Martins (Comunicação Social) e Alexandre Padilha (Relações Institucionais), o chefe de gabinete do presidente Lula, Gilberto Carvalho, o presidente do PT, Ricardo Berzoini, o deputado Antonio Palocci, o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel e o marqueteiro João Santana. Nesses encontros são discutidos os temas que serão abordados pela candidata-ministra e como ela deve tratá-los em suas aparições. Também são definidos a agenda de viagens e pontos da estratégia política da campanha. Nos fins de semana, Dilma reserva um dia, às vezes o sábado, às vezes o domingo, para se dedicar in-

tegralmente ao treinamento e à preparação da “candidata ideal”. Ao lado de João Santana e de sua equipe de marqueteiros, a ministra é submetida a sessões de entrevistas, debates simulados e pronunciamento para programas de TV. A postura, o tom de voz, o modo de encarar as câmeras e até a melhor roupa para cada ocasião são experimentados à exaustão. “Esse treinamento é normal para todo candidato em campanha. No caso da Dilma, porém, isso precisa ser intensificado porque ela não tem nenhuma experiência eleitoral. Estamos saindo do zero, fabricando um candidato”, explica um dos envolvidos na operação. Em breve, o perfil de Dilma Rousseff ganhará o reforço de um detalhe desconhecido pela maioria dos eleitores. A ministra terá enfatizada sua condição de “candidata mineira”. Dilma nasceu em Belo Horizonte, em 1947, e estudou nos tradicionais colégios Sion e Estadual Central. Sua mãe cresceu em uma fazenda na região de Uberaba e seu pai trabalhou na siderúrgica Mannesmann, tradicional empresa no estado. Em Minas Gerais, ela atuou em grupos de oposição à ditadura e acabou presa. Essa origem, porém, é pouco conhecida, pois sua carreira pública foi, na verdade, construída no Rio Grande do Sul, para onde se mudou após deixar a prisão. Pela estratégia montada, Dilma será apresentada como a alternativa para Minas voltar a ter um presidente da República depois de quinze anos. O último foi Itamar Franco. Os auxiliares da ministra avaliam que, caso o governador paulista José Serra seja confirmado como candidato da oposição, ela pode atrair os votos dos eleitores mineiros, desde, é claro, que enxerguem nela uma legítima representante do estado. A estratégia da ministra também passa pelo mundo

virtual. Na semana passada, o PT inaugurou seu novo site, orçado em 600 000 reais, que terá canais de áudio e vídeo para ajudar a alavancar a candidatura de Dilma. Pelo site, também será possível arrecadar recursos a partir do início oficial da campanha, em julho. Extraoficialmente, porém, a máquina petista tem um raio de ação muito mais abrangente. Em abril passado, uma ficha criminal falsificada que relatava a participação da ministra em ações armadas contra o regime militar infestou a rede. O episódio levou os estrategistas de Dilma a importar o marqueteiro Ben Self, responsável pela parte digital da campanha do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Contratado por João Santana, Self esteve no Brasil duas vezes nos últimos cinco meses. Ele se reuniu com os coordenadores da campanha da ministra e sugeriu planos para reagir a esses tipos de ataque. Blogueiros e internautas estão sendo arregimentados para inundar as chamadas redes sociais com mensagens de apoio a Dilma e com ataques aos adversários. O trabalho custa entre 50 000 e 120 000 reais por mês e é realizado por empresas especializadas. “Tudo precisa ser clandestino. A força desse tipo de campanha é justamente a aparente espontaneidade das manifestações”, disse um especialista da área. Oficialmente, nenhum político admite o envolvimento com seus fãs e detratores do mundo digital. Não há exemplo na democracia brasileira de um candidato “fabricado em laboratório” que tenha se tornado presidente. Antes da ditadura, não havia campanha eleitoral de massa, com TV e rádio. Por isso imperavam

os grandes líderes políticos, capazes de costurar o apoio das lideranças regionais. Desde a redemocratização, todos os candidatos competitivos tinham biografia política significativa. Mesmo os políticos mais próximos de Lula consideram essa metamorfose uma incógnita. Diz Gaudêncio Torquato, professor de marketing eleitoral da USP: “Todo candidato tem sua identidade, representada pelo caráter, personalidade e estilo. E há a imagem, projetada pelos publicitários, para que ela se torne mais palatável aos eleitores. Se essa imagem for muito diferente da identidade, há o risco de o candidato parecer falso e artificial ao eleitor, afugentando seu voto”.


B2 primeiro plano

MUTANTE AVOADO

folhadoiies@ymail.com

Cotonete Para os observadores de plantão, seria impossível não ter notado, a não ser que estivesse ausente na aula do professor Silveira, na quinta da semana passada. Os que presenciaram a cena, riram quando o professor colocou a mão no bolso e despercebido derrubou seu cotonete ainda sem uso. Equipe feminina de futsal As duas turmas do segundo semestre de 2009, jogaram na quinta-feira, o primeiro jogo do futsal feminino. As meninas jogaram muito bem, lembrando da atuação em quadra das nossas amigas (2º semestre Q). Mas o resultado final do jogo não foi feliz para a nossa turma, que perdeu grandes chances de fazer gol. A outra turma (2º sem. P), fez três gols, fazendo com que o jogo terminasse em 3x0. Conversando com uma das jogadoras da nossa classe, ouvimos, “O que importa é se divertir”. Tico e Teco do futebol Ainda falando do jogo feminino de futsal, temos mais que obrigação de elogiar a atuação em quadra das gêmeas Janaína e Jéssica, do segundo semestre P. Pareciam mais relâmpago correndo atrás da bola.

Classificado VENDE-SE Um Fiat Uno, 96/97. Vinho. Impecável. 4 portas. Único dono. R$ 10.500,00 - fale com

Etc...

Biblioteca IIES Se você não tem nada o que fazer até esperar o seu ônibus, faça como as alunas exemplares (Camila Beatriz e Mariane Gomes) que adoram usar além do laboratório de informática, a Biblioteca do IIES. Além de encontrar revistas semanais e jornais do dia, você pode procurar pelos livros de diversas diciplinas. Resta lembrar que a biblioteca funciona até às 22h, pois as moças que de lá cuidam, merecem descanso. O degrau no caminho Quem acompanhava o editor deste jornal na saída do jogo feminino da quinta passada, sabe muito bem do que irei falar agora. Ele estava tão triste pela derrota do time da sua turma que, não conseguiu ver o degrau na sua frente, fazendo com que tropicasse no degrau à sua frente.

folhadoiies@ymail.com

Conversa

COM KESIAH VISIOLI

“Cozinho, lavo, passo e varro” A paranaense Kesiah Visioli, 33 anos, casada, mãe de um menino e 5 anos, foi eleita “a dona de casa mais bonita do Brasil” em um concurso de TV. Aproveitou a fama repentina para fazer um ensaio fotográfico sensual e engordar o pé-de-meia da família Qual é a receita para ser uma boa dona de casa? Faço questão de receber bem meu marido e meu filho quando eles chegam em casa. Estou sempre bem disposta e arrumada. Como você mantém esse corpão? Meu único exercício é trabalhar em casa: cozinho, lavo, passo roupa e varro. Faço tudo sozinha. Há algum serviço do qual você não goste? Detesto passar roupa, mas aproveito para pen-

sar e relaxar. É um momento de concentração. Alguma atividade doméstica desperta o desejo masculino? Ai, meu Deus! Nunca pensei nisso. Talvez a hora de preparar o almoço. O homem fica feliz ao ver a mulher se dedicando a ele.

Kesiah êhhh, lá em casa...

Por que você entrou no concurso de beleza para donas de casa? Por amor ao meu marido, que precisava do prêmio de 20 000 reais para pagar uma dívida. Você também posou para fotos sensuais para ajudar o maridão? Não, foi um presente para mim. Não vou ter 33 anos sempre. O cachê foi para a poupança do meu filho. Até meu sogro, de 80 anos, viu as fotos e disse: “Nossa, que linda!”.

Veja, Edição 2137 / 4 de novembro de 2009

Entre Aspas “Sou magrelo, mas isso não significa que eu não seja durão” Barack Obama, presidente americano

a Sandra através do celular: (15) 9619-3334 Envie um e-mail e anuncie aqui!

“Se Jesus Cristo viesse para cá, e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão ”

Lula, em entrevista à Folha de S. Paulo

“O sonho que eu tinha de jogar pelo Flamengo acabou. O amor que eu tinha pelo Flamengo está completamente de lado Ronaldo, o fenômeno agora. Sou corintiano. ”

Humberto Michaltchuk

Painel


notícias

B3

FERIADÃO

Feriadão tem 45 mortes nas estradas de SP; índice sobe O índice de vítimas fatais, nos 22 mil km de estradas estaduais de São Paulo, registrou um aumento de 2,1, para 4,7, neste feriado de Finados em comparação ao feriado de 2007. O índice de vítimas feridas aumentou

de 69,1 para 69,8, de um ano para o outro, um aumento de 1,1%. Neste feriado, em números absolutos: foram 45 mortos, 1.068 acidentes e 666 feridos. A comparação é feita com 2007, já que em 2008 o feriado de finados

caiu durante o final de semana. Já o índice de acidentes caiu 8,8% neste feriado em comparação ao feriado de 2007. De acordo com a Secretaria de Transportes, o índice de acidentes (IA) do último feriado foi de 1,1, contra

1,2 em 2007. Segundo nota da secretaria, o índice de acidentes (IA) não é o número absoluto de acidentes nas estradas. O número é calculado levando em consideração a extensão das rodovias, o volume diário médio de veícu-

los nas estradas e o período analisado. Essa metodologia é necessária, segundo a secretaria, para que haja uma comparação correta, já que vários fatores podem apontar se um feriado foi mais ou menos violento que o outro.

MUNDO

Juiz britânico irá decidir sobre vida de bebê com grave doença Um juiz britânico terá que decidir em breve se a vida de um bebê de 1 ano, que sofre de uma doença genética irreversível, mas que está plenamente lúcido, deve ser mantida artificialmente. O caso de “Baby RB” tem comovido o Reino Unido, após a divulgação da informação de que o bebê permanece conectado a um respirador artificial e internado em um hospital desde seu nascimento, por sofrer de uma rara doença neuromuscular, conhecida como síndrome miastênica congênita (SMC), e que sua vida depende agora de uma decisão judicial. A SMC é uma doença que limita severamente a capacidade de respirar e de movimentar as extremidades, circunstân-

cias nas quais Baby RB vive desde que nasceu e que o obrigaram a permanecer conectado a um respirador artificial. Os médicos que cuidam do bebê, apoiados pela mãe, defendem a possibilidade de deixar que tenha “uma morte digna e tranquila”, porque consideram que sua existência será “miserável e dolorosa”, inclusive se uma eventual operação cirúrgica permitir tirá-lo do respirador artificial e enviá-lo para a casa de algum de seus progenitores, que estão separados. Por esta razão, pediram hoje ao juiz Justice McFarlane, na primeira das audiências realizadas no Alto Tribunal de Londres, que autorize sua desconexão das máquinas que o

mantêm ainda com vida, “pelo próprio interesse” do bebê. No entanto, seu pai defende que se ele seja submetido a uma traqueostomia antes que uma decisão tão definitiva seja tomada. O juiz decidiu solicitar uma avaliação médica sobre a conveniência de se realizar a traqueostomia, que será divulgada na semana que vem. Os advogados do pai afirmam que o cérebro da criança funciona perfeitamente, que o bebê pode ver, ouvir, sentir e reconhecer seus pais, e garantem que convencerão o juiz com um vídeo do bebê, para que o “desligamento” não seja permitido. No entanto, o advogado da mãe, Anthony Fairweather, manifestou em comunicado

que ela “esteve junto ao berço de seu filho no hospital desde o dia em que nasceu. A cada dia pôde ver a dor que a criança sofre somente para sobreviver”. “Na hora de decidir seu apoio a este pedido dos médicos, escutou e consultou alguns dos melhores do mundo”, disse o advogado, que acrescentou que todos concordaram no diagnóstico que se o bebê for mantido com vida artificialmente, será acompanhado de uma grande dor. “Em sua cabeça, o sofrimento intolerável que seu filho experimenta pesa mais que a dor pessoal que ela sentiria se o perdesse”, acrescentou o advogado da mãe. Por se tratar de um caso em processo judicial as identida-

Últimas Notícias de Itapetininga APOSTA DA AJORI O presidente da Associação dos Jornalistas e Radialistas da Região de Itapetininga, Silas Gehring Cardoso acredita que se a região nossa conseguir preservar o meio ambiente, especialmente o que resta da Mata Atlantica, será muito facil, em breve, conseguir recursos e parceria de organizações internacionais para o nosso desenvolvimento sustentável. De forme especial, a Alemanha, por exemplo, tem organizações bem estruturadas dessa natureza. MIDIA o Deputado Edson “Chai” Giriboni começou a gravar documentário sobre seu mandato na cidade e região. Vai aproveitá-lo na “TV-i-21” a cabo e, claro, na campanha para reeleição 2010. URBANISMO (UM) O historiador José Luiz “Grilo” Holtz vai entrar com

uma ação contra os responsáveis pela fiscalização de prédios antigos de Itapetininga: ”Eu não vou ficar assistindo quieto a derrubada quase que mensal de casarões e prédios históricos na minha cidade”, diz.

na sua abarrotada agenda as homenagens pelos 150 anos do Departamento Estadual de Estradas e Rodagem. No inicio da próxima semana, o tradicional DER estará em festa. Tambem serão cumprimentados alguns de seus ilustres servidores, como o ex-superintendente estadual José Benedito Pompeu de Jesus, itapetiningano que comandou o orgão por anos e o funcionario mais antigo, o rodoviario Almiro Andrade.

do Macedo.

des dos pais e do bebê não foram divulgadas, mas aparentemente se trata de um casal muito jovem, de cerca de 20 anos, que se separou amistosamente. A criança nasceu no dia 10 de outubro de 2008 com sérios problemas respiratórios, que obrigaram os médicos a conectá-la imediatamente a um respirador artificial para que seguisse com vida. Desde então, e uma vez diagnosticado a síndrome genética, a criança perdeu praticamente todo o tono muscular e é incapaz de movimentar os braços e as pernas, um problema que “não tem probabilidade de melhorar”, segundo um porta-voz dos médicos.

POR BETHO FERRAZ

Cultura tem novo interlocutor semanal: o jovem emA AGENDA DO EDUARDO... presario “Dú” Bittar que, Voltando de mais uma via- como o pai Paulo, domina o jem para Angola, o empre- comercio de entreterimensario Eduardo Tskamoto to noturno e diurno na revoltou a militar nos basti- gião de Itapetininga. dores da politica. Em Luanda, fotografou e circulou OS NOMEROS NO BOLSO URBANISMO (DOIS) com membros do MPLA Dono da empresa aérea Dono de restaurantes, esta(Movimento Popular para Azul, David Neelman esteve cionamentos e lotéricas em Libertação de angola) do na ultima quinta-feira em Itapetininga, Sergio Alves presidente José Eduardo Itapetininga com autoriestá bastante preocupado Santos: dades do Consulado nortecom o fechamento da Praça _”Essa turma assumiu americano, puxados pelo da matriz para circulação aquele pais africano depois seu pai Gary.. de autos, em especial a Rua de décadas de guerra civil e A empresa dele está voanSaldanha Marinho: CAMPANHA de ser abandonado por Por- do economicamente como -”Esse lugar desafoga o Politico que se considera tugal.” nunca: transito da Rua Quintino ‘puro-sangue’, o ex-verea-”O mercado brasileiro para Bocaiuva”- avisa o comer- dor Antonio Carlos Marco- ...E NO BRASIL.. nós está bastante atraente”. ciante-”Se eles fizerem um ni continua com reuniões O ex-vereador Eduardo es- Já a concorrente “Flex”, vocalçadão aqui eu terei um semanais em sua residen- teve no encontro do PTB- adora miuda que substituiu prejuizo incalculáve!” cia, mas as vezes vai a caça. Mulher, recentemente, a Varig, atingiu seu pior deEle está construindo um Seu alvo é o campo. Esteve em S. Paulo. Prestigiaram senpenho durante a crise restaurante na Praça e am- recentemente no bairro o evento cerca de 560 mu- economica. Ela nã paga o pliando o já existente esta- “Turvo dos Rodrigues e, lheres convidadas pela pre- arrendamento de seu unico cionamento.. nessas andanças, quase, sidente estadual da sigla, avião ha 4 meses. tem se cruzado com uma Marlene Campos Machado. RODOVIARIO autoridade do primeiro ►Betho Ferraz também escreve para O prefeito Roberto Rama- time do Governo Munici- PAPO sua coluna no site www.itapedigital.com. lho Tavares poderá incluir pal: o vice-prefeito Geral- O Secretário Municipal da br/rol


B4

Correr ao ar livre ou na esteira | guia Com nossas dicas, saiba qual lugar é melhor

Em 1998, eram 1 000. Hoje, são 100 000. Os motivos que levam uma pessoa a suar a camisa dessa maneira são variados. Há os que querem perder peso (por questão de saúde cardíaca ou estética), os que desejam cultivar músculos e ainda aqueles que almejam chegar ao máximo de seu condicionamento físico

1. Para trabalhar maior quantidade de músculos Onde é melhor: ao ar livre Por quê: há mais trabalho muscular. Embora todos os músculos das pernas sejam exercitados durante o movimento da corrida, alguns são solicitados com maior intensidade ao ar livre. Entre eles estão os das regiões anterior e posterior das coxas e os glúteos. O corredor de rua fica, ainda, mais inclinado para a frente, o que é bom para desenvolver os músculos das panturrilhas e os flexores dos quadris Comentário: não saia por aí em desabalada carreira, sem a supervisão de um treinador. Uma das consequências mais desagradáveis de um treino mal orientado é a fadiga muscular - cujo sintoma mais evidente é aquela dor insuportável no dia seguinte ao treino 2. Para perder mais peso Onde é melhor: ao ar livre Por quê: as pequenas variações climáticas, a resistência do vento e as subidas, descidas e curvas do percurso proporcionam maior queima de gordura. “O gasto calórico de uma corrida ao ar livre é, em média, 15% maior que o de uma sessão na esteira”, afirma Marcos Paulo Reis Comentário: para os menos disciplinados, ruas e parques são bem mais divertidos. O treino é mais dinâmico, existe a possibilidade de correr em grupo e a mudança de paisagens,

pelo simples prazer de superar os próprios limites. De fato, correr com frequência reduz a gordura corporal, melhora o tônus muscular e aumenta a capacidade cardiovascular e pulmonar. Mas será que tanto faz correr na esteira ou na rua? Os ganhos são os mesmos? A revista Veja ouviu médicos e preparadores físicos sobre as

quando há árvores e mar, atleta use tênis adequados estimula a que se corra ao seu tipo de pisada. Cormais ridas com maior impacto do que as feitas em esteira 3. Para um melhor rendi- não são de todo más. Elas mento global ajudam na absorção do cálOnde é melhor: esteira cio pelos ossos, uma forma combinada com corrida ao de prevenir a osteoporose ar livre Por quê: a esteira é boa 5. Para um condicionapara treinos de velocidade mento cardíaco melhor constante e para proteger Onde é melhor: na esteias articulações, enquanto ra a corrida ao ar livre solicita Por quê: o baixo impacto mais os músculos. O ideal e os medidores de velocidaé treinar uma vez por se- de e batimentos cardíacos mana fora da academia e da esteira ajudam a dosar outras duas na esteira o trabalho cardiovascular. Comentário: cuidado O corredor pode alternar para não bancar o Ironman velocidades e inclinações (ou Woman). Não enfrente mais facilmente, sem sair condições climáticas ad- da zona de treinamento versas, como vento forte, predeterminada. “O mais baixa umidade relativa do seguro é se exercitar sem ar, sol forte, chuva e frio, inclinação”, adverte o caralém de terrenos demasia- diologista Ricardo Costa, damente irregulares do Hospital Pró-Cardíaco, no Rio de Janeiro. 4. Para minimizar o im- “Na ladeira, o corpo buspacto nas articulações ca outras fontes de enerOnde é melhor: na estei- gia, desencadeando reara ções físico-químicas que Por quê: as articulações sobrecarregam o coração” de tornozelos e joelhos e a Comentário: como é coluna sofrem maior esfor- mais fácil correr na esteira, ço e desgaste nas corridas é fundamental observar os em ruas. Consequente- limites de frequência carmente, aumenta também díaca estabelecidos para a o risco de lesões de sobre- idade e não ultrapassar a carga, como fraturas e ten- velocidade em que eles se dinites. As esteiras mais mantêm. Para não perder modernas contam com um o controle dos batimentos sistema de amortecimento cardíacos, é preciso correr que absorve o peso do cor- sempre - com um frequenpo - reduzindo, assim, em címetro ou utilizar o mediaté 30% o impacto das pas- dor da esteira sadas no solo e seus malefícios 6. Para evitar a poluição Comentário: durante a Onde é melhor: na esteicorrida, o impacto sobre as ra articulações é de até quaPor quê: em amtro vezes o peso do corpo. bientes isolados Por isso, é essencial que o adequadamente

vantagens de uma e de outra prática quanto a seis aspectos. “Não existe uma resposta única. A escolha depende do que o corredor procura”, diz Marcos Paulo Reis, autor do livro Programa de Caminhada e Corrida (da Editora Abril, a mesma que publica esta revista), um treino de dezesseis semanas para entrar em forma.

do exterior, caso de academias com sistema de ar condicionado de boa qualidade e manutenção periódica, o esportista se expõe a uma quantidade menor de gases tóxicos e partículas finas. Ao ar livre, os principais poluentes são o monóxido de carbono, mais abundante no inverno, e o ozônio, cuja presença na atmosfera aumenta na primavera e no verão. Em grande concentração, o ozônio

pode provocar irritação nos olhos e nas vias respiratórias. Já inspirar muito monóxido de carbono, para além dos efeitos extremamente deletérios nos pulmões, resulta em menor rendimento na corrida Comentário: “Nesta época do ano, para quem corre ao ar livre, é bom evitar as atividades físicas entre 12 e 17 horas, período de maior concentração de ozônio”, recomenda Carlos Komatsu, da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental de São Paulo (Cetesb)

Revista Veja


A ÓRFÃ O diretor catalão Jaume Collet-Serra é um dos nomes da Espanha que cada vez mais emigram para fazer suspense e terror em Hollywood, ao lado de Jaume Balagueró (A Sétima Vítima), Juan Antonio Bayona (O Orfanato) e Juan Carlos Fresnadillo (Extermínio 2), entre outros. Depois de estrear com A Casa de Cera, agora Collet-Serra dirige A Órfã (Orphan, 2009). Na trama, um casal, interpretado por Vera Farmiga e Peter Sarsgaard, não consegue superar o luto pela morte de seu terceiro rebento, que morreu ainda na barriga da mãe. Assim, eles decidem adotar uma filha em um orfanato para meninas já na pré-adolescência. Lá encontram a pequena russa Esther (Isabelle Fuhrman). Ou talvez Esther é quem os tenha escolhido. Em seu primeiro traba-

lho hollywoodiano, ColletSerra já mostrara ser bom de climas, e aqui ele joga com uma ambientação clássica do gênero - a floresta de inverno, de árvores secas e muita neve - aliada a premissas interessantes (a menina surda, por exemplo). Infelizmente, tanto para Collet-Serra quanto para seus pares hispânicos, há sempre uma fórmula a seguir em Hollywood, e o roteiro de David Johnson e Alex Mace não consegue se desprender dela.

A fórmula, neste caso, é a do núcleo familiar dividido por um mal puro: esse mal se funde à rotina da família, faz despertar crises íntimas que estavam no passado e, por fim, termina dividindo a família (ou pelo menos aquelas que não têm forças para se reunir e vencer o mal no fim). O problema de A Órfã é que, antes de descambar para o maniqueísmo, Esther tinha potencial para ser algo mais complexo do que esse mal puro. Fala-se, afinal, de como

o drama da adoção modifica a vida tanto dos pais e dos filhos que já estavam lá quando da criança que está chegando agora. Até certo ponto no filme, as manifestações de maldade de Esther são, olhando de perto, apenas insegurança de quem está tentando se adequar ao novo ambiente. Por extensão, o fato dela ser maltratada pelas outras crianças pode ser visto como instinto de preservação dos filhos diante da nova irmã.

É um material promissor que, ao mesmo tempo que discute a responsabilidade de criar uma família não tradicional, permitiria os sustos e as atmosferas típicas do gênero sem caracterizar um maniqueísmo. Em outras palavras, daria para criar uma personagem amedrontadora com base em simples psicologia infantil, sem a necessidade da backstory medonha que o roteiro de A Órfã a certa altura joga no colo do espectador. Do jeito que resultou, A Órfã não só presta um desserviço ao difícil ofício de quem trabalha com adoção (e com psiquiatria), como desperdiça o talento de Collet-Serra, Sarsgaard e Farmiga. No fim, a competência do espanhol se limita a evitar o completo ocaso daquilo que poderia ter sido um filme menos trivial. Lucas Oliveira

menteaberta SEGUNDA, 02 DE NOVEMBRO DE 2009 • C1


C2 mente aberta Para saber mais sobre filmes, visite o blog do ItapeMovie www.itapemovie.blogspot.com

OS INFILTRADOS Direção: Martin Scorsese Elenco: Robert Wahlberg, Matt Damon, Leonardo DiCaprio, Alec Baldwin, Mark Wahlberg, Jack Nicholson, Martin Sheen, Vera Farmiga, Ray Winstone, Anthony Anderson Duração: 151 minutos Ano: 2006 | EUA Policial Um policial é contratado como agente secreto para se infiltrar em um grupo criminoso. Ao mesmo tempo, um integrante da mesma gangue consegue penetrar na força policial para servir como informante. Agora, os dois têm que descobrir a identidade um do outro. Refilmagem de “Conflitos Internos” (2002), de Siu Fai Mak e Wai Keung Lau.

1

MEU NOME É RADIO Diretor: Michael Tollin Elenco: Cuba Gooding Jr., Ed Harris , Alfre Woodard Duração: 109 minutos Ano: 2003 | EUA Drama Jones conhece um jovem “lento”, James Robert Kennedy, mas Jones nem ninguém sabia o nome dele, pois ele não falava e só perambulava em volta do campo de treinamento. Jones se preocupa com o jovem quando alguns dos jogadores da equipe fazem uma “brincadeira” de péssimo gosto, que deixou James apavorado. Tentando compensar o que tinham feito com o jovem, Jones o coloca sob sua proteção, além de lhe dar uma ocupação. Como ainda não sabia o nome dele e pelo fato dele gostar de rádios, passou a se chamá-lo de Radio.

O MENINO DO PIJAMA LISTRADO Diretor: Mark Herman Elenco: László Áron, Vera Farmiga, Amber Beattie, Asa Butterfield, Attila Egyed Duração: 94 minutos Ano: 2008 | EUA Drama Durante a Segunda Guerra Mundial, uma família alemã se muda de Berlim para Auschwitz, quando o patriarca é ordenado por Hitler em pessoa para trabalhar no campo de concentração. Assim, Bruno, um garoto de 9 anos e filho do oficial, começa uma amizade com um menino judeu da mesma idade. O drama é um filme pensante, capaz de mudar nossos atos e modo de agir. Ótimo para assistir em família.

3

2

1 - ‘Os Infiltrados’, ação envolvente; 2 - ‘O Menino do Pijama Listrado’; 3 - Cartaz do drama ‘Meu Nome é Radio’

GLOBO

Ângela Vieira vive bissexual pegadora Em “Cinquentinha”, enquanto Lara (Susana Vieira), Rejane (Betty Lago), Mariana (Marília Gabriela) e Leonor (Maria Padilha) estarão preocupadas em disputar a herança deixada por Daniel (José Wilker), Leila, personagem interpretada por Ângela Vieira, terá como objetivos aproveitar

a vida e beijar muito. E, para isso, não importa se o alvo for um homem ou uma mulher. “Ela não está nem um pouco preocupada com as opiniões alheias. Chega a ser prepotente por insistir que o mundo é gay e que as pessoas têm sempre motivos para gostar do mesmo sexo”, diverte-se a

atriz, que está muito feliz com o papel que irá interpretar na minissérie. “Trata-se da primeira personagem sem pudor e divertida da minha carreira”, conta. “Cinquentinha”, que será escrita por Aguinaldo Silva, deve estrear no dia 8 de dezembro e terá oito capítulos.

Super Canal Marcos Duarte cativa o público de ‘Ídolos’ com história de vida Ele soube que haveria uma audição do “Ídolos” (Record) em Fortaleza e resolveu tentar uma vaga. Foram duas horas de viagem em um pau de arara de Raimundo Martins, no interior do Ceará, até Santa Quitéria. De lá, mais seis horas de ônibus para a capital, onde aconteceu o teste do reality. “Sempre tive vontade de ser divulgado, cheguei bem nervoso para fazer o teste, sabia que ia ter muita gente boa, mas, graças a Deus, deu tudo certo”, diz Marcos Duarte, um dos nove finalistas. Apesar da história de vida de quem veio do trabalho na roça --que tem contribuído bastante para cativar o público, Duarte mostra que é um cara simples, sim, mas perspicaz. “Não esperava chegar até aqui. Acho que me escolheram mais pela minha história, mas não quero que o público goste de mim por causa disso, estariam fazendo a escolha errada. Quero ser escolhido pela minha voz e pelo meu carisma”, declara Duarte. A Liga Já está em produção o programa “A Liga”, da Band. Formato argentino da produtora “Cuatro Cabezas”, dona do “CQC”, a atração, estreia em 2010 e mostrará quatro versões de uma mesma reportagem. Rafinha Bastos, o rapper Thaíde e a jornalista Débora Vilalba, ex-Record, participam do projeto. Toda semana, um artista será convidado para integrar a equipe. Eleita Aguinaldo Silva pensa em Lília Cabral para protagonizar sua próxima novela, “Marido de Aluguel”, em 2011. Na trama, uma mulher de 45 anos deixará de ser o “patinho feio”. Eleita 2 Glória Pires também está no páreo para o papel. Reforma O “Bola na Rede” passará por mudanças. José Emílio Ambrósio, diretor da Rede TV!, trouxe novidades do exterior. Tribunal A apresentadora Lígia Mendes gravou participação em “Vende-se um Véu de Noiva”, do SBT. Viveu uma juíza.

Treinamento Os novos atores de “Malhação”, da Globo, têm recebido instruções sobre como lidar com paparazzi. Memória Roberto Justus lembra com carinho de “O Aprendiz”. Em uma gravação do “Um contra Cem”, do SBT, brincou que um participante seria demitido. Xurupita... Depois de uma semana polÊmica, em que Zina foi detido por porte de drogas, o “Pânico na TV” exibiu matéria de 35 minutos contando a história da participação do ex-segurança noturno no programa. Ali, aproveitaram para discutir a questão do vício em drogas e da esquizofrenia, doença da qual Zina é portador. O assunto nunca tinha sido trazido abertamente ao público. ... e Liderança Durante a matéria, o programa mais uma vez alcançou por alguns minutos a liderança do horário, com pico de 17 pontos, segundo os dados preliminares do Ibope. O “Programa do Gugu” chegou a ter oito pontos de audiência.


filmes C3

Filmes da tv aberta Segunda-feira, 02 de novembro Deu A Louca na Cinderela (Globo, 15h55) Happily N’Ever After, de Paul J. Bolger e Yvette Kaplan. Elenco não informado. EUA, 2007, cor, 75 min. A emissora não informou a classificação etária. Animação - O mago responsável por garantir os finais felizes nos contos de fadas sai de férias, deixando seus dois assistentes atrapalhados no controle do mundo das histórias. Aproveitando a situação, a madrasta de Cinderela rouba o cajado mágico do mago e resolve mudar a vida da pobre garota, que vai precisar de muita ajuda para botar tudo nos eixos. Cidade dos Anjos (SBT, 14h45) City Of Angels, de Brad Silberling. Com Meg Ryan, Nicolas Cage e Dennis Franz. EUA, 1998, cor, 114 min. Classificação Etária: 10 anos. Romance - Seth, um anjo enviado para confortar o homem que morria diante da dedicada Dra. Maggie, se apaixona instantaneamente por ela. Quando ele aparece para Maggie, o amor entre eles cresce de maneira que nenhum dos dois poderia imaginar. Seth tem que escolher entre a eternidade e seu amor por Maggie. Super Escola de Heróis (Globo, 22h05) Sky High, de Mike Mitchell. Com Kelly Preston, Lynda Carter e Michael Angarano. EUA, 2005, cor, 100 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia - O jovem Will Stronghold é filho de dois lendários super-heróis, mas ao ser mandado para uma escola especial, descobre que não tem os mesmos superpoderes dos pais, sendo designado para a categoria de assistente. Quando seus poderes afloram, Will deixa o sucesso lhe subir à cabeça, o que pode comprometer a segurança da escola e talvez todo o mundo. Olga (Globo, 2h) Olga, de Jayme Monjardim. Com Camila Morgado, Caco Ciocler e Fernanda Montenegro. Brasil, 2004, cor, 141 min. A emissora não informou a classificação etária. Drama - Olga Benário é uma militante comunista e perseguida pela polícia que foge para Moscou, onde participa de treinamento militar. Lá, é encarregada de acompanhar Luís Carlos Prestes ao Brasil para liderar a Intentona Comunista de 1935, mas durante a viagem, ambos se apaixonam. Com o fracasso da revolução, Olga é presa com Prestes e, grávida de sete meses, é deportada pelo governo brasileiro para a Alemanha, onde tem sua filha Anita Leocádia na prisão. Terça-feira, 03 de novembro Ace Ventura - Um Maluco na África (Globo, 15h45) Ace Ventura, When Nature Calls, de Steve Oedekerk. Com Jim Carrey, Ian Mcneice e Simon Callow. EUA, 1995, cor, 90 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia - Ace Ventura é

um atrapalhado detetive, especializado em bichos de estimação desaparecidos, que deixa seu retiro espiritual no Himalaia para tentar encontrar o animal sagrado de uma tribo africana antes do casamento da princesa, evitando assim uma guerra na região. Louco por Elas (SBT, 14h45) A Guy Thing, de Chris Koch. Com Jason Lee, Julia Stiles e Selma Blair. EUA, 2003, cor, 101 min. Classificação Etária: 10 anos. Comédia Após sua despedida de solteiro, Paul acorda ao lado de uma bela desconhecida, Becky, sem se lembrar de absolutamente nada do que aconteceu na noite anterior. Imaginando que traiu sua noiva, Paul busca em meio a constrangedoras e engraçadas situações, encobrir a suposta traição. Tudo Para Ficar Com Ele (ou “Um Tira da Pesada”, opção do Intercine) (Globo, 1h55) The Sweetest Thing, de Roger Kumble. Com Cameron Diaz, Christina Applegate e Selma Blair. EUA, 2002, cor, 88 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia - A bela Cristina não tem o costume de idealizar um homem perfeito. No entanto, quando ela conhece Peter, que desaparece logo depois deste primeiro encontro, sua filosofia cai por terra. Contrariando suas teorias, Cristina está apaixonada e só pode contar com a ajuda das amigas Courtney e Jane para tentar encontrar seu grande amor. Um Tira da Pesada (ou “Tudo Para Ficar Com Ele”, opção do Intercine) (Globo, 1h55) Beverly Hills Cop, de Martin Brest. Com Eddie Murphy, Judge Reinhold e Lisa Eilbacher. EUA, 1984, cor, 105 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia - O policial Axel, da polícia de Detroit, tira férias e vai disfarçado a Beverly Hills, em Los Angeles, seguindo a pista do assassino de seu amigo. Lá, entra em contato com Jenny, que trabalha em uma sofisticada galeria de arte, e conhece seu proprietário, suspeito do crime. Com a aparência de um maltrapilho, Axel sente-se como um peixe fora d’água e conta com a ajuda de Jenny para conseguir desvendar pistas importantes para elucidação do caso. Quarta-feira, 04 de novembro Pokémon - O Filme (SBT, 14h45) Pokemon The First Movie, de Kumihito Yuyama. Elenco não informado. Japão, 1998, cor, 75 min. Classificação Etária: livre. Animação - Resultado de uma clonagem, o mais poderoso de todos os pokémons, Mewtwo, está determinado a destruir todos da sua espécie com a ajuda de seu exército de pokémons clones; mais poderosos que os originais. Recém-Casados (Globo, 15h40) Just Married, de Shawn Levy. Com Ashton Kutcher, Brittany Murphy e Christian Kane. EUA, 2003, cor,

95 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia romântica - Sarah McNerney é uma jovem que decide se casar com T om Leezak, mesmo sabendo que esta não é a vontade de seus familiares e amigos. Logo após o casamento, partem rumo à Europa, em uma lua-de-mel muito atrapalhada. Mas os problemas do jovem casal começam realmente a complicar, quando o ex-namorado de Sarah, que foi enviado pelos pais da noiva, chega ao hotel em que os recém-casados estão hospedados, na intenção de acabar de uma vez por todas com o casamento. Sonâmbulos de Stephen King (ou “Jerry Maguire - A Grande Virada”, opção do Intercine) (Globo, 1h55) Sleepwalkers, de Mick Garris. Com Brian Krause, Madchen Amick e Alice Krige. EUA, 1992, cor, 91 min. A emissora não informou a classificação etária. Terror - Charles Brady e sua mãe, Mary mudam-se para uma pequena cidade no interior dos EUA. No entanto, os dois não são pessoas comuns, e sim, sonâmbulos que têm a capacidade de mudar de aparência e que buscam a força vital de uma jovem para rejuvenescer e sobreviver. Ao chegar à cidade, Charles conhece Tanya, que logo se sente atraída pelo rapaz, mas que não imagina que ele a tenha eleito como sua próxima vítima.

uma aventura maluca e perigosa, ele e sua irmã, Kathy partem para o México na tentativa de desfazer o feitiço antes que seus pais voltem de viagem. Duplo Território (TV Brasil, 23h) Duplo Território, de Rogério Corrêa. Elenco não informado. Brasil, 2008, cor, 52 min. A emissora não informou a classificação etária. Documentário - O que leva um investigador que vive mergulhado na violência de São Paulo a recriar em pinturas fragmentos do seu cotidiano? O documentário mostra a vida de Manoel Paes Neto que recria nas telas os olhares que traduzem súplica, arrependimento e desejo de liberdade. Seu interesse é pelas pessoas em situação de rua, os pequenos contraventores, os que vivem à margem. Paixão Assassina (ou “Os Monges Devem estar Loucos”, opção do Intercine) (Globo, 1h45) A Crime Of Passion, de Charles Wilkinson. Com Cynthia Gibb, Gordon Currie e Alexandra Kamp. Canadá, 2003, cor, 86 min. A emissora não informou a classificação etária. Drama - Thomas Shipman e a jovem Frederica Dumay, sócios em uma famosa vinícola, tornamse vítimas em uma trama que envolve paixões, assassinatos e muito mistério. Baseado no romance de Mary Higgins Clark.

Jerry Maguire - A Grande Virada (ou “Sonâmbulos de Stephen King”, opção do Intercine) (Globo, 1h55) Jerry Maguire, de Cameron Crowe. Com T om Cruise, Cuba Gooding Jr. e Renee Zellweger. EUA, 1996, cor, 139 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia - Por ser sincero demais, Jerry Maguire, um jovem executivo do mundo dos esportes, perde seu emprego numa grande organização. Para reconstruir sua carreira, ele terá que começar do zero. Unido a dois improváveis aliados um atleta e uma viúva -, ele acaba redescobrindo o amor e amizade.

Os Monges Devem estar Loucos (ou “Paixão Assassina”, opção do Intercine) (Globo, 1h45) Kung Phooey, de Darryl Fong. Com Michael Chow, Karena Davis e Joyce Thi Brew. EUA, 2003, cor, 87 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia Art Chew, um “expert” em artes marciais, parte para os EUA com o objetivo de se apoderar de um pêssego mágico que, supostamente, contém o segredo da eterna juventude. Em sua busca, ele conhece malucos de todo o tipo e se mete em muitas brigas e confusões.

Quinta-feira, 05 de novembro Meu Sobrinho é um Terror (SBT, 14h45) Clifford, de Paul Flaherty. Com Martin Short, Charles Grodin e Mary Steenburgen. EUA, 1991, cor, 90 min. Classificação Etária: livre. Comédia - Daniel, às vésperas de se casar, recebe por um fim de semana, o sobrinho de 10 anos, Clifford, que não via desde o batizado. Parecia ser a chance de fazer bonito para a noiva. O terrível sobrinho insiste em exigir que o tio o leve até um tal parque dos dinossauros e, para conseguir isso, não mede esforços e travessuras. Uma peste em forma de criança.

Sexta-feira, 06 de novembro Meu Amigo Flash (SBT, 14h45) Flash, de Simon Wincer. Com Lucas Black, Brian Kerwin e Shawn T oovey. EUA, 1997, cor, 90 min. Classificação Etária: livre. Drama - T ommy, 14 anos, órfão de mãe, adora conversar com Flash, um potro, presente de seu pai que viaja trabalhando num navio. Quando sua avó falece, ele vende Flash para um violento senhor que também o acolhe no estábulo para ensinar seu filho a montar. Ao ver Flash maltratado, T ommy foge com o animal.

Pig - Uma Aventura Animal (Globo, 15h40) My Brother The Pig, de Erik Fleming. Com Scarlett Johansson, Eva Mendes e Judge Reinhold. EUA, 1999, cor, 92 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia - Depois de mexer em um misterioso livro, George se transforma em um porco. Em

Demolidor - O Homem Sem Medo (Globo, 15h40) Daredevil, de Mark Steven Johnson. Com Ben Affleck, Jennifer Garner e Colin Farrell. EUA, 2003, cor, 103 min. A emissora não informou a classificação etária. Ação - Após sofrer um acidente quando ainda era criança, Matt Murdock perdeu sua visão e com isso, desenvolveu seus outros sentidos, aplicandoos nas artes marciais. Já adulto,

ele é um conceituado advogado durante o dia e à noite, usa suas habilidades para combater o crime sob o codinome Demolidor. Juventude e Ternura (TV Brasil, 22h30) Juventude e Ternura, de Aurélio Teixeira. Com Wanderléia, Anselmo Duarte e Ênio Gonçalves. Brasil, 1968, cor, 85 min. Classificação Etária: livre. Romance - O filme conta a história de amor de uma jovem cantora, interpretada por Wanderléia, que fica dividida entre a proteção de um fora da lei e o amor de um pianista. O Alvo Principal (ou “Não É Mais Um Besteirol Americano”, opção do Intercine) (Globo, 1h50) First Shot, de Armand Mastroianni. Com Mariel Hemingway, Doug Savant e Jenna Leigh Green. Canadá e EUA, 2002, cor, 116 min. A emissora não informou a classificação etária. Ação - Uma milícia rebelde planeja vingar-se do presidente dos EUA, Jonathan Hayes, através de um atentado terrorista. E para impedir que uma tragédia aconteça, a agente especial McGregor, líder do serviço secreto, assume o caso e a proteção do presidente, colocando sua própria vida em risco. Não É Mais Um Besteirol Americano (ou “O Alvo Principal”, opção do Intercine) (Globo, 1h50) Not Another Teen Movie, de Joel Gallen. Com Chyler Leigh, Jaime Pressly e Chris Evans. EUA, 2001, cor, 89 min. A emissora não informou a classificação etária. Comédia - Janey é uma jovem que sonha em ser tornar uma artista plástica de sucesso, mas é rejeitada pelos colegas da escola por não pertencer ao grupo dos mais populares. Mas isso até que Jake Wyler, o cara mais bonito e cobiçado da escola, faz uma aposta com seus colegas garantindo que consegue transformá-la na rainha do baile de formatura. Sábado, 07 de novembro Amor de Aluguel (SBT, 14h15) Alvin é um simples limpador de piscinas, da turma dos nerds e expert em carros, que sonha ser popular na escola. A sua sorte começa a mudar quando Paris, filha de um de seus patrões, bate o carro de sua mãe enquanto ela está viajando. Com todas as oficinas lotadas, Paris cede à oferta de Alvin: alugá-la como sua namorada em troca do conserto do carro. Daí em diante nasce um novo Alvin. Vanilla Sky (SBT, 23h15) O jovem dono de um império editorial, David Aames, mulherengo no passado, agora se vê apaixonado por Sofia; mas uma de suas examantes não o perdoa. Ela o atrai para seu carro e, num ímpeto de loucura e ciúme lança o carro de cima de um viaduto. Ela morre, David sobrevive com o rosto deformado e em coma por semanas. Ao acordar, o choque o levará a confundir realidade e fantasia. Domingo, 08 de novembro As emissoras não disponibilizaram a lista de filmes deste dia


C4 última página

lista |

VANESSA B. M. OLIVEIRA LEITORA DA FOLHA DO IIES

1

500 DIAS COM ELA

» Sinopse: Quando Tom, azarado escritor de cartões comemorativos e romântico sem esperanças, fica sem rumo depois de levar um fora da namorada Summer, ele volta a vários momentos dos 500 dias que passaram juntos para tentar entender o que deu errado. Suas reflexões acabam levando-o a redescobrir suas verdadeiras paixões na vida. » Elenco: Clark Gregg, Zooey Deschanel, Joseph GordonLevitt, Minka Kelly

2

GALINHO CHICKEN

» Sinopse: Depois de causar uma grande bagunça na cidade ao confundir uma bolota com um pedaço do céu, o galinho Chicken Little é obrigado a ir para um acampamento de auto-ajuda. Porém, quando tudo parece voltar ao normal, um verdadeiro pedaço do céu cai sobre a sua cabeça e Chicken Little deve contar com seus amigos para salvar o mundo, sem causar mais problemas.

3

MALDITA SORTE

» Sinopse: Durante toda sua vida, Chuck viu suas namoradas terminarem com ele e ficarem noivas de seus novos parceiros. Quando finalmente encontra sua alma gêmea, ele tem que dar um jeito de acabar com a “maldição” para continuar ao lado dela. » Elenco: Jessica Alba (Cam Wexler), Dan Fogler (Stu), Dane Cook (Charlie / Chuck)

4

UMA MÃE EM APUROS

5

TE AMAREI PARA SEMPRE

» Sinopse: Clare foi apaixonada por Henry a vida inteira. Ela acredita que eles estão predestinados a ficarem juntos, embora nunca saiba quando estarão » Sinopse: Um separados: Henry é um viajante no tempo – amaldiçoado com dia na vida de uma mulher uma anomalia genética que o faz viver mudando de época, retroque precisa preparar a festa agindo a avançando nos anos. Apesar do fato de que as viagens de aniversário de seis anos de Henry os forcem a uma separação inesperada, e sem saberem da filha, enquanto passa quando voltarão a se encontrar, Clare tenta desesperadamente por uma série de desafios. construir uma vida com seu verdadeiro amor.

HORÓSCOPO Áries |21/3 a 20/4 Procure ter certeza de onde quer chegar. Com metas fixas, caminhe com segurança em direção a seus objetivos. Podem existir algumas pedras no meio do caminho. Lembre-se de que uma de suas principais características é não ter medo de novos desafios. Seu futuro é brilhante e aguarda você com boas oportunidades. Siga em frente com determinação.

Libra | 23/9 a 22/10 Não aceite provocações, principalmente aquelas que não têm fundamentos. Leve a vida de maneira pacífica e conciliadora. Fuja de aborrecimentos, mágoas e chateações. Lembre-se de que quando atiram uma pedra numa vidraça é porque ela estava bastante iluminada. No amor é necessário aconchego e sossego. Invista nos relacionamentos.

Touro | 21/4 a 20/5 Compreender os mecanismos que facilitam as tarefas cotidianas será seu objetivo nestes dias. Encontre o meio mais rápido e simples de resolver suas pendências. Não complique. Poupe energia para os próximos períodos. Priorize o que realmente é importante abrindo espaço para grandes realizações. Se necessário, peça ajuda aos amigos.

Escorpião | 23/10 a 21/11 Sua linha de raciocínio é direta e objetiva. Não tenha medo de expor com franqueza o que pensa e sente, mas encontre uma forma de não magoar as pessoas que estão a sua volta. É preciso sinceridade, mas lembre-se de que cada um possui o próprio ritmo de compreensão. Não force a natureza. Viva e deixe que os outros vivam à sua maneira.

Gêmeos | 21/5 a 20/6 Tenha mais paciência com as pessoas ao redor. Você ainda atravessa fase de reflexão e autoconhecimento. Se não lutar contra os efeitos de uma introspecção, com certeza sairá lucrando muito neste momento. No trabalho, dê atenção às tarefas prioritárias, mas não acumule pendências. Continue usando sua alta capacidade criativa. Boa sorte.

Sagitário | 22/11 a 21/12 O ritmo está mais acelerado do que o dos últimos períodos. Prepare-se bem. Procure facilitar o cotidiano não gerando altas cargas de ansiedade e expectativa sobre as coisas. Se encarar com naturalidade e tranquilidade esta etapa, com certeza colherá bons frutos, principalmente no trabalho e nos relacionamentos. Boas vibrações.

Câncer | 21/6 a 21/7 Quanto mais insistir em reativar o passado mais complicado ficará o presente. O que ficou para trás não pode ser modificado. Sua história é como uma biblioteca – serve só para consultas e pesquisas. Siga em frente com coragem. Só assim atrairá fonte inesgotável de bem-aventuranças. Terá sucesso nas áreas material e emocional.

Capricórnio | 22/12 a 20/1 Cristalizar e solidificar laços de carinho e amizade são duas tarefas extremamente importantes nos próximos dias. Quanto mais aliados possuir ao redor, mais reforçada será sua energia. Finalize os trabalhos de modo objetivo. Novas oportunidades vão evidenciar o resultado positivo de seus esforços. A roda da prosperidade está a seu favor.

Leão | 22/7 a 22/8 Seu brilho natural costuma encantar muita gente. Use essa energia para proporcionar momentos agradáveis para quem ama e respeita. Com simplicidade, devolva essa mesma carga amorosa que recebe dos outros. Só assim a roda da prosperidade girará a seu favor, trazendolhe segurança e tranquilidade. Continue brilhando.

Aquário | 21/1 a 19/2 Há tempos você persegue um ideal nobre e sincero. Essa tarefa tem sido árdua nos últimos períodos. Daqui para a frente o panorama muda e você receberá excelente dose de alto-astral e energia positiva. Não alimente o rancor. Isso não faz parte de sua natureza. Zele por aqueles que não têm capacidade de compreender que nesta vida tudo é cíclico.

Virgem | 23/8 a 22/9 Busque ser simples em tudo o que realizar, principalmente no campo profissional. Vão aparecer ótimas oportunidades e você precisa de espaço para absorvê-las com sucesso. Boas e lucrativas idéias vão favorecer o trabalho em equipe. Não desperdice energia. Procure autovalorizar-se sempre que possível. Faça e aconteça com talento.

Peixes | 20/2 a 20/3 Compreender e respeitar os problemas alheios sempre foi uma de suas virtudes. Porém, reserve-se e mantenha distância de vibrações negativas. Além do comportamento acolhedor, você anda muito sensível. Isso significa que muitos caminhos energéticos estão abertos ao mesmo tempo. Não se exponha demais. Observe-se e seja feliz.


Folha do IIES 18