Page 1

A1

16 DE AGOSTO S E XTA- F E I RA, 1 6 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 9 6 DE 2013

SEXTA-FEIRA

nº 996, ANO 10 R$ 2,00

CONTAGEM REGRESSIVA PARA EDIÇÃO Nº 1000

000 4 alceu junior - folha extra

CAMPINHOS O INTERIOR DO

NORTE PIONEIRO

A parada de hoje da série “Interior do Norte Pioneiro” acontece em dois distritos de Ibaiti: Campinhos e Vila Guay. Embora geograficamente próximos, os lugares apresentam diferenças gritantes e cada um com uma grande reclamação particular: enquanto o Campinhos chora a crise e iminente falência da usina canavieira que “sustentava” o distrito, a Vila Guay espera há anos pelo asfalto da PR-436, que corta o lugarejo de ponta a ponta, e poderia trazer movimento e, consequentemente, desenvolvimento econômico. PÁGINA A6 - Por Lucas Aleixo

divulgação

15 MUNICÍPIOS

Norte Pioneiro recebe investimento em sinalização de trânsito

Beto Regazzo vai a Brasília pedir negociação de dívidas de cafeicultores arquivo - folha extra

O governador Beto Richa assinou nesta semana autorização para que o Departamento de Trânsito do Paraná firme convênio de sinalização viária com 91 municípios paranaenses, sendo que 15 municípios são do Norte Pioneiro.

Braz comemora investimento de R$ 2 milhões em Arapoti A parceria da administração municipal de Arapoti com os governos Estadual e Federal mais uma vez garante benefícios para a população do município. Fruto de constantes reivindicações do prefeito Braz Rizzi (DEM) e do apoio do deputado Plauto Miró (DEM), Arapoti é contemplada com R$ 2 milhões de reais para investimentos. PÁGINA A3

PÁGINA A4

Ministério da Pesca seleciona 179 projetos para aquisição de máquinas O Ministério da Pesca e Aquicultura publicou na última segunda-feira (12) a Portaria nº 2 para divulgar o resultado das propostas habilitadas para a ação de aquisição de máquinas para o fomento à aquicultura familiar no Brasil. No Paraná, 179 municípios foram habilitados e poderão adquirir patrulha mecanizada, composta por escavadeira hidráulica e trator de esteiras. Desse número, 24 municípios da região foram contemplados com escavadeiras hidráulicas e tratores de esteiras . PÁGINA A3

O prefeito de Ibaiti, Roberto Regazzo, o Betão (PSB), o prefeito de Cambará, João Mattar (PSB) e o deputado Nelson Padovani (PSC) se reuniram nesta quarta-feira (14) com o diretor de agronegócios do Banco do Brasil, Clenio Severio, em Brasília, para discutir a situação dos produtores de café do estado do Paraná atingidos pelas fortes geadas das últimas semanas. PÁGINA A3

falando sério

“Mais Médicos” fora do Norte Pioneiro É, a desconfiança de que o programa “Mais Médicos” não chegaria ao Norte Pioneiro infelizmente se concretizou. Lamentavelmente, apenas 98 profissionais se inscreveram para as vagas no Estado e serão distribuídos em 27 municípios, sendo que nenhum da região receberá médicos oriundos desse programa. LEIA NA PÁGINA A3

comida caseira de sabor único

O Restaurante Marissol, está sempre inovando para oferecer a seus clientes o que há de melhor em alimentação. Cardápio variado com carnes, saladas, acompanhamentos e bebidas para o seu almoço, isso sem falar naquele suco natural delicioso.

Rua Santos Dumont, 128 -sobre loja- centro Em frente a praça da matriz SEMPRE NO ALMOÇO DE SEGUNDA À SÁBADO A PARTIR DAS 11:20HS


S E XTA- F E I RA, 1 6 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 9 6

A2

OPINIÃO

comida caseira de sabor único

ARTIGO

Por ASSIS DA COSTA OLIVEIRA Professor da Faculdade de Etnodesenvolvimento da Universidade Federal do Pará, Belém, PA

Cidadania indígena: novos rumos à diversidade cultural A cidadania é criação dos estados modernos. Existe como forma de estabelecer determinados direitos destinados às pessoas que residem no território estatal, que devem ser acessados e garantidos de maneira igual e universal, no sentido de abarcar a todos, sem discriminações que provoquem desigualdades no uso e na afirmação dos direitos. Esta forma de estabelecer a cidadania, que nós podemos chamar de “comum”, foi sendo revista ao longo dos últimos 60 anos de história da humanidade para incluir outra forma de cidadania: a dita “diferenciada”. Esta representa a definição de direitos específicos para determinados segmentos da sociedade, como crianças, idosos, negros e povos indígenas, pensados a partir de suas especificidades identitárias e vulnerabilizações sociais. Mas o que significa tratar os indivíduos e povos indígenas como cidadãos diferenciados? Para Gersem dos Santos Luciano, pertencente ao povo Baniwa e doutorando em Antropologia Social pela Universidade de Brasília (UnB), significa dupla condição: garantia do acesso aos bens e serviços da sociedade moderna, correlato ao respeito à autonomia das culturas indígenas em relação a todos os âmbitos da organização social. Quer dizer, da economia à religião, do sistema jurídico ao território e os modos de representar as fases da vida, assim como do acesso a serviços que devem ser estruturados, levando-se em conta suas especificidades culturais. O que está em jogo é a ideia de ressignificação das práticas e das imagens sociais difundidas historicamente para explorar e oprimir os povos indígenas - como as de ingenuidade, selvageria e incapacidade. É a ideia de igualdade na diferença, de inclusão do respeito à diversidade cultural como elemento definidor de novas relações sociais. Isto está assentado em documentos jurídicos como a Constituição Federal de 1988, a Convenção Nº169 da Organização Internacional do Trabalho de 1989 e a Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas de 2007. Em primeiro lugar, é preciso entender que esta diversidade cultural está cada vez mais “no vizinho ao lado” do que em alguma aldeia distante de sua casa. De acordo com o Censo 2010

do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atualmente a população indígena residente no Brasil se localiza mais no meio urbano do que no meio rural. Além disso, entre 1991 e 2000, o crescimento populacional indígena foi quase sete vezes maior do que do restante dos habitantes da nação, passando de 294.131 pessoas, em 1991, para 734.127 no ano 2000, e chegando em 2010 à marca de 817 mil pessoas. Em segundo lugar, os indígenas participam cada vez mais de espaços sociais onde antes eram excluídos, como as universidades, os partidos políticos, empresas e a direção de instituições públicas e privadas. Em terceiro lugar, a garantia às terras indígenas tem crescido nos últimos tempos, conjuntamente com a implementação de políticas públicas para oferta de serviços de saúde, educação, geração de renda e acesso à justiça, estruturadas a partir do diálogo com os parâmetros culturais das coletividades indígenas. Isso não inibe a emergência de novos conflitos, tensões e violações de direitos, mas sinaliza a possibilidade de instrumentalização da cidadania como elo para ligação entre as etnias e forma de reivindicação política pela efetivação de direitos. Sem dúvida, a cidadania diferenciada, o crescimento populacional e o fortalecimento político-organizacional dos povos indígenas exigem o repensar de nossas condutas para com a diversidade cultural. É preciso educar o olhar para a adequada compreensão das diferenças como possibilidades de diálogo e aprendizagem mútua. Além disso, representam situações onde podemos questionar a relativa normalidade dos valores que assumimos como universais ou comuns.

ARTIGO

Teólogo, membro e corredator da Carta da Terra, autor de mais de 70 livros

A solução da Terra não cai do céu

P

arece até que a Terra acaba de ser descoberta. Os seres humanos fizeram um sem-número de descobertas, de povos indígenas embrenhados nas florestas remotas, de seres novos da natureza, de terras distantes e de continentes inteiros. Mas a Terra nunca foi objeto de descoberta. Foi preciso que saíssemos dela e a víssemos a partir de fora, para então descobri-la como Terra e Casa Comum. A partir dos anos de 1960, com as viagens espaciais, os astronautas revelaram imagens nunca antes vistas. Usaram expressões patéticas, como “a Terra parece uma árvore de Natal, dependurada no fundo escuro do universo”, “ela é belíssima, resplandecente, azulbranca”, “ela cabe na palma de minha mão e pode ser encoberta com meu polegar”. Outros tiveram sentimentos de veneração e de gratidão e rezaram. Todos voltaram com renovado amor pela boa e velha Terra, nossa Mãe. Esta imagem do globo terrestre visto do espaço exterior suscita em nós sentimento de sacralidade e está criando novo estado de consciência. Na perspectiva dos astronautas, a partir do cosmos, Terra e Humanidade formam uma única entidade. Nós não vivemos apenas sobre a Terra. Somos a própria Terra que sente, pensa,

ARTIGO

CHARGE DA EXTRA

ama, sonha, venera e cuida. Nos últimos tempos, anunciaramse graves ameaças que pesam sobre a totalidade de nossa Terra. Os dados publicados pelo organismo da ONU Painel Intergovernamental das Mudanças Climáticas, dão

açada. A religião, superando seu fundamentalismo e abrindo-se aos conhecimentos científicos, e a ciência sendo feita com consciência e cultivando o respeito para com a natureza. Como destruimos irresponsavel-

tamos descobrindo que o valor supremo é assegurar a persistência do planeta Terra e garantir as condições ecológicas e espirituais para que a espécie humana se realize e toda a comunidade de vida se perpetue.

Como destruimos irresponsavelmente, devemos agora regenerar urgentemente. A salvação da Terra não cai do céu. Será fruto da nova corresponsabilidade e do renovado cuidado de toda a família humana.

conta de que já entramos na fase do aquecimento global, com mudanças abruptas e irreversíveis. Ele pode variar de 1,4 até 6°C., dependendo das regiões terrestres. As mudanças climáticas possuem origem antrópica, quer dizer, têm no ser humano, que inaugurou o processo industrialista selvagem, seu principal causador. Se nada for feito, iremos ao encontro do pior. Milhões de seres humanos poderão deixar de viver sobre o planeta. Por isso o grande biólogo Edward Wilson, no seu recente livro A criação: como salvar a vida na Terra, propôs uma sagrada aliança entre as duas forças que ele considera as maiores do mundo: a ciência e a religião. Juntas, poderão salvar a vida ame-

mente, devemos agora regenerar urgentemente. A salvação da Terra não cai do céu. Será fruto da nova corresponsabilidade e do renovado cuidado de toda a família humana. Dada essa situação nova, a Terra tornou-se, de fato, o obscuro e grande objeto do cuidado e do amor humano. Ela não é o centro físico do universo como pensavam os antigos, mas tornou-se, nos últimos tempos, o centro afetivo da humanidade. Só temos este planeta para nós. É daqui que contemplamos o universo inteiro. É aqui que trabalhamos, amamos, choramos, esperamos, sonhamos e veneramos. É a partir da Terra que fazemos a grande travessia rumo ao além.Lentamente, es-

Cada saber, cada instituição, cada religião e cada pessoa deve colocar-se esta pergunta: que faço eu para preservar a mátria comum e garantir que ela tenha futuro, já que ela há 4,3 bilhões de anos está sendo construída e merece continuar a existir? Porque somos Terra, não haverá para nós céu sem Terra.

Comente o artigo www.JP5.com.br

Por BERNARDO PARREIRAS

Escritor do Recanto das Letras

Funk: da rejeição ao pós-rebolado

I

Comente o artigo www.JP5.com.br

Por LEONARDO BOFF

nicialmente rejeitado por parte da sociedade (tal como o samba foi no passado), o funk vem se tornando cada vez mais presente. Observam-se adaptações, paralelas a um período de assimilação. Há uns 15 anos aproximadamente, era impossível certas rádios voltadas ao público de classe média tocarem Claudinho e Buchecha; mas há algum tempo, as mesmas músicas, gravadas por outros artistas, tocam nessas rádios com frequência. A música popular costuma seguir esse caminho: nasce em certos meios - à margem da sociedade e se expande, encontrando certos ícones que são cruciais no processo de assimilação. Penso que não é correto tentar aqui definir pureza ou quem é o dono de determinada criação, pois sempre há mistura e adaptação, que transformam o objeto original (se é que existe algo realmente original). Assim como ocorreu com a origem do samba - com todos os elementos que o compõe, como os instrumentos, a dança etc. -, o funk também é associado à marginalidade. Do mesmo modo,

o blues, o rock, o reggae. Bob Marley - que não foi o criador do reggae, mas um dos principais ícones - foi divulgado e assimilado mundialmente quando gravado por Eric Clapton. Por aqui, Gil se encarregou de adaptá-lo e difundi-lo. Seguindo no exemplo jamaicano: Mick Jagger gravou Peter Tosh e o Led Zeppelin, em 1973, lançou D'yer Mak'er, um reggae cujo título soa intencionalmente como Jamaica. Não gosto de me fixar em pureza e originalidade, como disse acima, porque nada é puro em arte, tudo sofre um monte de influências. Diz a lenda que os jamaicanos conseguiam sintonizar rádios do sul dos EUA e daí, misturando música caribenha (que deriva da africana) com norte-americana, surgiu o reggae. Sem me ater a ideia de originalidade e resumindo muito, posso dizer que, sem a influência negra, a música seria um saco. Pensar a música sem influência africana é impossível pra mim. Mas voltando à música marginal da atualidade, penso que, guardadas as devidas proporções, Anitta está para o funk, como Elvis está para o rock. Rsrs

DIVULGAÇÃO

E, indo além, o famoso quadradinho e suas variações representam a transgressão do rebolado, que sempre esteve ligado a ideia de movimentos circulares. O quadradinho original surge como um desafio ao corpo, inserindo pausas e aproximando o rebolado - que essencialmente é circular, redondo - de um movimento em ângulos retos, robótico, tal como as batidas contemporâneas, as quais

espelham o ritmo de produção industrial de linha de montagem. Em suma, o quadradinho é o pósrebolado.

Comente o artigo www.JP5.com.br


S E XTA- F E I RA, 1 6 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 9 6

COLUNA DA PÁGINA FALANDO SÉRIO

“Mais Médicos” fora do Norte Pioneiro É, a desconfiança de que o programa “Mais Médicos” não chegaria ao Norte Pioneiro infelizmente se concretizou. Lamentavelmente, apenas 98 profissionais se inscreveram para as vagas no Estado e serão distribuídos em 27 municípios, sendo que nenhum da região receberá médicos oriundos desse programa. Há algumas semanas, quando questionados sobre a possibilidade de receber novos médicos, a maioria dos secretários municipais de Saúde da região mostrou descrença no programa – desconfiança essa que, como se pode notar agora, estava coberta de razões. Infelizmente uma região tão necessitada desse tipo de profissional, já que, além de poucos em quantidade, são inúmeros os casos de denúncias envolvendo médicos no Norte Pioneiro, desde indiciamento por homicídio até denúncia de abuso sexual contra criança. Não que todos os médicos da região sejam ruins, muito pelo contrário, existem grandes profissionais, mas, sem sombra de dúvida, insuficientes para atender com qualidade toda a demanda de pacientes da região.

Perde de um lado, ganho do outro Se o “Mais Médicos” vai deixar o Norte Pioneiro na mão, outros programas devem atender a região nos próximos meses. Por parte do governo Federal, serão distribuídos para 23 municípios integrantes da Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro) maquinário com o objetivo de ser usado nos programas de aquicultura familiar. Já por parte do governo do Estado, a região terá 11 municípios inclusos em um programa que construirá campos de futebol e quadras poliesportivas e outros 15 em um programa que fará investimentos na sinalização de trânsito.

Secretaria estuda formas de ajudar agricultores afetados pela geada A Secretaria da Agricultura e do Abastecimento abriu negociações em diversas frentes para ajudar agricultores atingidos pelas geadas, com prioridade à cafeicultura em pequenas propriedades. As medidas vão desde acelerar a expansão do seguro rural até a negociação de crédito rural. Na última semana de julho, fortes geadas atingiram o Estado e provocaram a perda de 2 milhões de toneladas de grãos entre trigo, milho segunda safra e café. O secretário Norberto Ortigara anunciou que vai negociar apoio para distribuição de calcário ou outro corretivo agrícola, aquisição de mudas e de adubo orgânico. A meta é distribuir 20 mil toneladas de calcário e mais 10 mil toneladas por ano durante seis anos nos municípios mais atingidos pelo evento climático. Essa proposta consta no “Plano de Recuperação da Cafeicultura do Paraná”, elaborada pela Câmara Setorial do Café do Paraná, que está sob análise técnica na Secretaria da Agricultura. A proposta para recuperação da cafeicultura está ancorada na mecanização e adensamento do café, técnica que ajuda o produtor a enfrentar a falta de mão de obra que pressiona os custos de produção. O Plano Café 2013 se fundamenta na importância da atividade cafeeira para 11 regiões do Paraná, em mais de 200 municípios e produção potencial superar a 1,5 milhão de sacas por ano.

A3

VIDA PÚBLICA

arapoti Roberto Regazzo vai a Brasília pedir negociação de dívidas de cafeicultores Prefeito de Ibaiti esteve reunido, em parceria com João Mattar, prefeito de Cambará, e do deputado Nelson Padovani com o diretor de agronegócios do Banco do Brasil arquivo - folha extra

ASSESSORIA Ibaiti

A maior preocupação de Betão é com os financiamentos que começam a vencer já a partir deste mês.

O prefeito de Ibaiti, Roberto Regazzo, o Betão (PSB), o prefeito de Cambará, João Mattar (PSB) e o deputado Nelson Padovani (PSC) se reuniram nesta quarta-feira (14) com o diretor de agronegócios do Banco do Brasil, Clenio Severio, em Brasília, para discutir a situação dos produtores de café do estado do Paraná atingidos pelas fortes geadas das últimas semanas. A maior preocupação de Betão é com os financiamentos que começam a vencer já a partir deste mês. Nesse sentido, o prefeito de Ibaiti fez um apelo à diretoria do banco para que as dívidas sejam prorrogadas e renegociadas, como forma de aliviar o sofrimento dos agricultores. O deputado Padovani concordou com Betão, quando ele disse que as recentes geadas são as mais fortes já registradas no Paraná nos últimos 38 anos, e prejudicam toda a safra do estado. Em muitos municípios, as lavouras foram totalmente dizimadas, como ocorreu em Curiúva, Figueira, Quatiguá e Wenceslau Braz. Em Ibaiti cerca de 90% da área plantada foi destruída e, segundo o prefeito, vai comprometer seriamente a economia do município pelos próximos dois

ou três anos. “Os nossos produtores dormiram com mais de cinqüenta mil pés de café e acordaram no zero”, reclamou, acrescentando que a perda da safra 2014 na região deve ser em torno de 320 mil sacas. Clenio Sevério , disse compreender a situação dos cafeicultores paranaen-

ses, mas ressaltou que o volume de financiamento de café via Banco do Brasil no estado não é tão grande. Mesmo assim, o banco vai negociar as dividas, só que isso será feito caso a caso. Ele orientou Betão a divulgar para os produtores do seu município a procurarem imediatamente as

agências do Banco do Brasil e comunicar a perda da safra. Betão saiu satisfeito com o resultado da reunião, e disse que irá procurar também diretores de agronegócios de outros bancos, para que possam também interceder a favor dos cafeicultores de Ibaiti.

Braz comemora investimento de R$ 2 milhões em Arapoti ASSESSORIA Arapoti

A parceria da administração municipal de Arapoti com os governos Estadual e Federal mais uma vez garante benefícios para a população do município. Fruto de constantes reivindicações do prefeito Braz Rizzi (DEM) e do apoio do deputado Plauto Miró (DEM), Arapoti é contemplada com R$ 2 milhões de reais para investimentos. Desse montante, aproximadamente R$ 500 mil irão para a construção da nova sede do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), que atende crianças, jovens, mulheres e idosos que tiveram seus direitos violados. O novo prédio terá cerca de 200 m², e contará com estrutura física e operacional completa para o melhor atendimento da população. “Tanto o governo Federal quando o Estadual estão reconhecendo o trabalho desta

gestão, e por isso fomos contemplados com estes investimentos. Isso nos mostra que estamos no caminho certo”, afirma o chefe de gabinete da prefeitura, Washington Luis Pietrochinski. Os outros R$ 1,5 milhão serão destinados à construção do Território da Juventude, que foi anunciado pelo governador do Estado no último dia 07. A estrutura atenderá jovens de 15 a 29 anos nas áreas de saúde, educação, assistência social e convivência comunitária. Além disso, haverá espaço voltado para o desenvolvimento de atividades culturais e profissionalizantes. “Estamos muito contentes, pois a nossa juventude precisa de um espaço adequado e com estrutura para desenvolver atividades que revertam em melhor qualidade de vida e formação. Fico satisfeito porque sempre salientei minha preocupação com nossos jovens e este é mais um compromisso alcançado”, conclui o prefeito Braz Rizzi.

divulgação

Braz Rizzi destaca investimentos voltados para os jovens

Ministério da Pesca seleciona 179 projetos para aquisição de máquinas no Paraná Desse número, 24 municípios da região foram contemplados com escavadeiras hidráulicas e tratores de esteiras ASSESSORIA Brasília

O Ministério da Pesca e Aquicultura publicou na última segunda-feira (12) a Portaria nº 2 para divulgar o resultado das propostas habilitadas para a ação de aquisição de máquinas para o fomento à aquicultura familiar no Brasil. No Paraná, 179 municípios foram habilitados e poderão adquirir patrulha mecanizada,

composta por escavadeira hidráulica e trator de esteiras. No entanto, o Ministério da Pesca ressalta que a habilitação, bem como a classificação das propostas, não assegura o atendimento das mesmas, que será realizado de forma regionalizada ou por etapas, de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira. O vice-presidente da Câmara, deputado federal André Vargas (PT), ressaltou a importância dos projetos da área da pesca já que o Paraná possui muitos rios e a atividade pesqueira é o sustento de várias famí-

lias em muitos municípios do Estado. “A seleção e habilitação foram feitas, infelizmente muitos municípios deixaram de apresentar toda a documentação necessária para garantir o projeto”, lamentou. A relação à disponibilidade financeira do Ministério para liberar os recursos, Vargas destacou que vai trabalhar para que todos os projetos sejam pagos. “Vamos continuar trabalhando para garantir que todos os recursos sejam liberados para que as máquinas sejam adquiridas e assim, as famílias que trabalham com aquicultura possam ter mais condições de

trabalho”, reforçou. Região Na região, os municípios selecionados para receberem as máquinas são Andirá, Arapoti, Barra do Jacaré, Cambará, Carlópolis, Conselheiro Mairinck, Figueira, Guapirama, Ibaiti, Jaboti, Japira, Joaquim Távora, Jundiaí do Sul, Pinhalão, Quatiguá, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Salto do Itararé, Santana do Itararé, Santo Antonio da Platina, São José da Boa Vista, Siqueira Campos, Tomazina e Wenceslau Braz.


S E XTA- F E I RA, 1 6 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 9 6

15 MUNICÍPIOS

COLUNA DA PÁGINA

Norte Pioneiro recebe investimento em sinalização de trânsito Os investimentos somam R$ 13,2 milhões e preveem a instalação de faixas de pedestres, demarcações nas vias e placas de trânsito DA REDAÇÃO/ AGÊNCIAS Curitiba

O governador Beto Richa (PSDB) assinou nesta semana autorização para que o Departamento de Trânsito do Paraná firme convênio de sinalização viária com 91 municípios paranaenses, sendo que 15 municípios são do Norte Pioneiro. Os investimentos somam R$ 13,2 milhões e preveem a instalação de faixas de pedestres, demarcações nas vias e placas de trânsito. As cidades pré-selecionadas são de pequeno e médio porte e não tem o trânsito municipalizado, ou seja,

não contam com um órgão ou secretaria específicos para esta área. “Nossa prioridade são as cidades que ainda não contam com uma estrutura de sinalização suficiente, que permita organizar o fluxo de pedestres, ciclistas e veículos em condições de segurança”, explica o diretor geral do Detran, Marcos Traad. “Considerando que os municípios estão em constante crescimento, o Detran do Paraná entende que projetos de sinalização viária devem ser flexíveis e dinâmicos, de forma que permitam atualizações, adequações e complementações que acompanhem a expansão do perímetro urbano, a criação de

novos bairros e a alteração no fluxo das vias, por exemplo”, completa ele. Para auxiliar os prefeitos e suas equipes neste sentido, o Detran propõe um convênio em que fornece o desenvolvimento de projetos e suporte técnico para a implantação, além de consultoria aos gestores indicados pelos municípios. O objetivo é desenvolver um padrão de sinalização viária urbana para todas as cidades paranaenses que ainda não estão inseridas no Sistema Nacional de Trânsito (SNT). ETAPAS: Este é o terceiro lote de municípios atendidos pelo Governo do Paraná com projetos e obras de sinalização. Neste ano,

53 cidades já tiveram os projetos contratados e aguardam o início da execução das obras. Outros 12 municípios estão em fase de contratação de projetos. São mais de R$ 9,9 milhões investidos. Os recursos são do Fundo de Reequipamento de Trânsito (Funrestran), originados da arrecadação de multas por infrações. As três etapas de sinalização atenderão 159 cidades, com investimento de R$ 23,1 milhões. Receberão investimentos os municípios de Figueira, Guapirama, Japira, Pinhalão, Quatiguá, Tomazina, Abatiá, Andirá, Barra do Jacaré, Santo Antônio da Platina, São José da Boa Vista, Siqueira Campos, Jacarezinho e Ribeirão Claro.

Apoio do Paraná para escolas de Apaes vira lei pioneira no País DAS AGÊNCIAS

O governador Beto Richa (PSDB) sancionou a lei que institui o programa Todos Iguais Pela Educação, que torna obrigatório que as escolas básicas de Educação Especial tenham os mesmos direitos e recursos que o governo destina às escolas da rede estadual de ensino. A lei foi proposta pelo próprio governador e é pioneira no Brasil. Sancionada no dia 12 de agosto, a lei 17.656/2013 formaliza e torna permanente uma prática que já vinha acontecendo desde o início deste ano, quando as escolas de Educação Especial, mantidas por Apaes e outras instituições, passaram a integrar a rede pública. “Com a lei, essa prática passa a se configurar como política pública, ela institucionaliza o tratamento igualitário”, afirma o governador Beto Richa. “Isso quer dizer que as escolas de Educação Especial não ficarão mais dependentes da vontade dos governantes para terem o apoio

do governo”, diz Richa. A presidente da Federação das Apaes do Paraná, Neusa Soares de Sá, comemorou a lei. “Com a sanção, o governador confirma que dentro da política do Estado do Paraná a pessoa com deficiência tem todos os direitos assegurados, assim como o aluno da rede comum de ensino. Agora, realmente somos todos iguais na educação”, afirmou. O governador ressalta que, com essa medida, o Paraná se coloca em posição oposta à do Governo Federal. O novo texto do Plano Nacional de Educação (PNE), que está em debate no Senado, acaba com o atendimento dos alunos com deficiência em escolas e instituições especiais. Se aprovado, o PNE torna obrigatória a transferência dos alunos para a escola pública convencional e proíbe, de forma indireta, os repasses públicos para as Apaes e as instituições que atuam na educação especial. “O Paraná, ao contrário, incorporou a educação especial, respeitando as suas características, sem dissolver as ins-

tituições”, afirma Richa. TODOS OS PROGRAMAS O Paraná possui 413 escolas e instituições, que hoje atentem 42.618 alunos com deficiência, de diferentes idades. Elas agora têm o amparo legal para receber dotação orçamentária do Estado para melhorias e adequações nas instalações físicas e ações pedagógicas. Também fica assegurado que elas recebam todos os demais programas desenvolvidos pelo governo estadual na área da educação, como o transporte escolar, merenda, Brigada Escolar e recursos descentralizados. “É fundamental que todos, diferentes nas suas necessidades, sejam iguais no direito à educação de qualidade para desenvolver plenamente o seu potencial. Agora, isso é lei no Paraná”, afirma Beto Richa. Neste primeiro ano, o Programa Todos Iguais pela Educação destina R$ 436 milhões às escolas de educação básica na modalidade educação especial. Os recursos são para investimentos em pessoal como diretores, professores, pedagogos e demais profissionais de educa-

ção; para custeio administrativo e infraestrutura, equipamentos, reformas, merenda escolar, além de ônibus para o transporte. DISCRIMINAÇÃO O vice-governador e secretário estadual da Educação, Flávio Arns, critica a proposta incluída no novo texto do Plano Nacional de Educação. “Essa proposta é discriminatória e arrogante e, se aprovada, irá comprometer um trabalho de quase 60 anos, que vem sendo desenvolvido com muita seriedade e competência pelas instituições”, afirma ele. Os representantes das escolas especiais pedem que seja aprovado o texto original da meta quatro do PNE, que sugere que alunos de 4 a 17 anos com necessidades especiais sejam preferencialmente matriculados na rede regular de ensino. A medida, no entanto, garante o suporte público para as escolas especiais. A nova proposta, sugerida pelo senador José Pimentel, prevê a inclusão obrigatória e proíbe, de forma indireta, os repasses públicos para essas entidades.

Paraná terá 98 profissionais do “Mais Médicos” Desses, 42 são brasileiros e 56 têm registro profissional de fora do país; participantes serão distribuídos em 27 municípios AGÊNCIAS

Noventa e oito profissionais confirmaram participação no Paraná para o programa “Mais Médicos”, de acordo com o Ministério da Saúde. Desses, 42 são brasileiros e 56 têm registro profissional de fora do

país – podendo ser brasileiros ou estrangeiros. Os participantes vão ser distribuídos em 27 municípios, sendo 13 em Curitiba e Região Metropolitana e 14 em cidades de extrema pobreza. O número de vagas preenchidas é equivalente a 10% da demanda dos municípios do estado. A necessidade para completar os quadros na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS) nas cidades paranaenses era de 969 médicos. O primeiro mês de seleção do programa do governo federal foi encerrado na terça-feira (13).

A4

COTIDIANO

O programa “Mais Médicos” foi lançado pela presidente Dilma Rousseff (PT), no dia 8 de julho, e, segundo o Ministério da Saúde, tem como objetivo acelerar os investimentos em infraestrutura nos hospitais e unidades de saúde, além de ampliar o número de médicos nas regiões carentes do país, como os municípios do interior e as periferias das grandes cidades e, assim, melhorar o atendimento aos usuários do SUS. Os médicos do programa vão receber uma bolsa de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde, mais ajuda de custo e farão

especialização em Atenção Básica. Segundo o Ministério da Saúde, no Paraná, já foram investidos R$ 149,3 milhões para obras em 1.024 unidades de saúde e R$ 17,8 milhões para compra de equipamentos para 334 unidades. Também foram aplicados R$ 70,8 milhões para construção de 41 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e R$ 28,5 milhões para reforma e/ ouconstrução de 49 hospitais. As inscrições para a segunda seleção mensal para os médicos brasileiros e estrangeiros serão abertas na segunda-feira (19).

agronegócios

Sem potássio, campo importa 70% dos adubos que utiliza

A carência de potássio no solo brasileiro dificulta a perspectiva do Brasil de diminuir sua dependência de importações de fertilizantes, que hoje representam 70% de todo o consumo interno. Apesar de o setor ter anunciado no ano passado investimentos na ordem de US$ 18,9 bilhões, que podem reduzir essa proporção para 36,5% até 2017, as projeções são menos animadoras para o curto prazo. Segundo estimativa feita pela consultoria GO Associados, até o fim do ano o setor de fertilizantes deverá produzir 9,9 milhões de toneladas, uma ligeira variação positiva de 2% com relação ao volume produzido no ano passado. Já as importações são estimadas em 20,4 milhões de toneladas, alta de 4%, ou o equivalente a 66,8% de todo o consumo projetado para o fim de 2013. Segundo Fabio Silveira, diretor da consultoria, "o mercado está praticamente andando de lado. A posição está acompanhando a evolução modesta do mercado domestico". Não há muito fundamento para elevar sua produção de maneira importante". Mas os números deste ano indicam um mercado mais aquecido. Desde janeiro até julho, foram entregues aos produtores agrícolas 15,1 milhões de toneladas de fertilizantes, aumento de 5,5% em relação a 2012. Já a produção nacional no mesmo período foi de 5,437 milhões de toneladas, crescimento de apenas 1,5%. A importação, por sua vez, ficou em 11,8 milhões de toneladas, num aumento 13,2%, de acordo com a Associação Nacional para a Difusão de Adubos (Anda). Dessa forma, as importações representaram 77,9% do total de fertilizantes consumidos pelo campo - acima da proporção do ano passado. Em 2012, a agricultura consumiu 29,5 milhões de toneladas de fertilizantes. Desse total, 9,7 milhões de toneladas foram produzidas aqui e 19,5 milhões de toneladas foram importadas. O País importa 93% do potássio, 51% dos fosfatados e 78% dos nitrogenados consumidos, segundo dados oficiais. E não por acaso: o cenário favorável desenhado pelas indústrias do setor esbarra na qualidade das jazidas exploradas, com baixo teor de nutrientes. "Não possuímos potássio em volume suficiente para extração e ficamos dependentes da compra externa", lembra David Roquetti, presidente da entidade. O economista Fabio Silveira afirma que, para contornar a deficiência de potássio, o País "teria que aumentar a produção de petróleo e de nafta". "Mas o Brasil está tendo problemas para aumentar a produção de petróleo e derivados", observou. Os projetos em andamento, além de exigirem maturação de três a sete anos, requerem capital intensivo para funcionar. Alguns dos principais competidores do Brasil têm menor dependência da importação: os Estados Unidos compram 43% dos fertilizantes; a Índia, 36%; e a China, apenas 7% do consumo dos produtos destinados ao consumo final. A Câmara de Comércio Exterior (Camex) pode decidir, nos próximos dias, a restauração da Tarifa Externa Comum (TEC), suspensa em 2006, sobre várias matérias-primas, entre elas de fertilizantes. Os ministérios contrários à recomposição argumentam que, dependendo do período e do produto, paga-se no Brasil o triplo do preço no mercado internacional. Os industriais dizem que a "zeragem" da TEC fazia sentido apenas em um momento de baixa rentabilidade da produção agrícola. A taxa de retorno, segundo o setor, é pouco atrativa.


S E XTA- F E I RA, 1 6 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 9 6

COLUNA DA PÁGINA

A5

OCORRÊNCIAS

PARANÁ

ocorrências

Rapaz morre após colisão em S. A. da Platina Ronildo Aparecido Alves, 32 anos, morreu na tarde desta quinta-feira, 15, no KM 31 da BR-153, em Santo Antônio da Platina. O rapaz estava em uma Honda Fan 150, com placa de Jacarezinho, se perdeu na curva do Ubá e entrou no rodado de uma carreta Volvo, com placa de Santos-SP. De acordo com informações da polícia rodoviária federal, o rapaz perdeu a vida no local. O motorista da carreta não se feriu. NP AGORA

Homem se suicida em Santa Mariana Um senhor de 56 anos se matou na tarde desta quarta-feira, em Santa Mariana. Segundo informações da polícia, ele fixou um prego na parede e amarrou um fio em torno do pescoço e forçou o enforcamento. A esposa da vítima disse ter tirado o fio do pescoço dele, porém não deu tempo de salvá-lo. “Na semana passada, o senhor, teria tentando se jogar na frente do trem que passa pela cidade, mas o maquinista conseguiu parar a locomotiva”, informou a esposa. Policial e técnicos do Instituto Médico Legal foram chamados e o corpo da vítima foi levado para o IML de Londrina. NP AGORA

Quatro delegados são denunciados por corrupção e formação de quadrilha No total, o Ministério Público denunciou 23 pessoas à Justiça nesta quinta-feira AGÊNCIAS

O Ministério Público (MP) encaminhou à Justiça uma denúncia contra 23 pessoas – sendo quatro delegados, 15 investigadores, um agente de apoio e três comerciantes – nesta quintafeira (15). Segundo as investigações, uma quadrilha com objetivo de conseguir dinheiro de comerciantes do setor de ferrovelho, por meio de corrupção, atuava na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos. A denúncia é decorrente da Operação Vortex, deflagrada em abril de 2013 pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em Curitiba e Região Metropolitana. Vinte e quatro crimes são relatados na denúncia, de acordo com o Ministério Público. Três pessoas foram denunciadas por concussão, que é a exigência financeira mediante ameaças, uma por abuso de direito, uma

por denunciação caluniosa, uma por lavagem de dinheiro, três por corrupção ativa e 15 corrupção passiva. Além disso, todos os policiais ainda foram denunciados pelo crime de formação de quadrilha. O coordenador do Gaeco, Leonir Batisti, disse ao G1 que a operação foi deflagrada devido a denúncias. “Fomos procurados por pessoas que tinham sido vítimas. Elas nos relataram sobre os problemas que estavam havendo na área da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos. Começamos a investigar e houve vários fatos ali que acabaram decorrendo nas investigações no período”, relembra. Conforme Batisti, mais de 80 pessoas foram ouvidas. “Também fizemos apreensão de matérias que deram fidedignidade que ali havia uma quadrilha com propósito de obter dinheiro por corrupção”. O Gaeco afirma que policiais da área endureciam a fiscalização para criar condições de exigir dinheiro ou para que comerciantes tomassem a iniciativa de oferecer dinheiro.

divulgação

Dezoito mandados de busca e apreensão foram cumpridos Operação Vortex Em abril, o Gaeco e a Corregedoria da Polícia Civil cumpriram 18 mandados judiciais de busca e apreensão em Curitiba e na Região Metropolitana. Na época, três policiais civis foram presos em flagrante por porte de armas sem registro. Noventa e oito mil dólares e munição de uso restrito foram apreendidos com um dos detidos. As investigações do Gaeco duraram cerca de oito meses com a intenção de apurar suposta corrupção da polícia e ilegalidades relacionadas a desmanche de

carros. O foco da operação foi a Divisão de Crimes Contra o Patrimônio, a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos e o 6º Distrito Policial. Os mandados foram cumpridos nessas três unidades, em casas de policiais e comerciantes de ferro-velho e estabelecimentos de revenda de peças de veículos usadas. A reportagem entrou em contato com a Secretaria Estadual de Segurança Pública solicitando o posicionamento da pasta, mas, até a publicação dessa matéria, não havia recebido um retorno.

ESPORTES divulgação

Desde lesão de Alex, desempenho do Coxa caiu pela metade

RAPIDINHAS

Dana oferece Nick Diaz para luta com Lyoto

Desde a primeira lesão de Alex neste Campeonato Brasileiro, na 10ª rodada, durante a partida contra a Ponte Preta, o Coritiba viu seu desempenho despencar. AGÊNCIAS

Desde a primeira lesão de Alex neste Campeonato Brasileiro, na 10ª rodada, durante a partida contra a Ponte Preta, o Coritiba viu seu desempenho despencar. Até o jogo contra o time de Campinas, vencida pela equipe paranaense por 5 a 3, o Coxa tinha aproveitamento de 66,6% no campeonato, com cinco vitórias e cinco empates. Desde então, foram quatro partidas, com o aproveitamento caindo pela metade (33,3%), com uma vitória, duas derrotas e um empate. A primeira partida do Coritiba sem seu maestro foi na 11ª rodada, quando a equipe encarou o Cruzeiro no Mineirão. Apesar de ter feito uma boa partida, o alviverde acabou derrotado

por 1 a 0 e viu sua invencibilidade no Brasileirão acabar. Na rodada seguinte, ainda sem Alex, o Coxa fez uma exibição segura e bateu o Grêmio por 1 a 0, derrubando um tabu de 17 anos sem vencer os gaúchos fora de casa. Parecia que a equipe decolaria e, na rodada seguinte, Alex voltou ao time. Contudo, jogou apenas o primeiro tempo do confronto contra o Vasco (saiu no intervalo com um desconforto na coxa) e o time voltou a perder, desta vez no Couto Pereira, por 1 a 0. Ontem (14), novamente desfalcado de seu camisa 10, o time do Alto da Glória sofreu para empatar em casa com a Portuguesa em 1 a 1. Sem Alex, também despenca o desempenho ofensivo do Coritiba. Com o meia, foram 17 gols marcados em 10 partidas (não considerando a partida contra o Vasco), média de 1,7

Dana vai tentar casar a luta entre o atual meio-pesado (93 kg) Lyoto e o ex-desafiante pelo cinturão dos meio-médios (77 kg) Nick Diaz. E esse combate seria entre os médios (84 kg). “Conversei com o Diaz hoje e ofereci essa luta. Vamos ver o que acontece. Ele tem me dito que quer subir para os médios, Machida disse que pensa em descer para os médios. Então vamos ver se o Nick quer enfrentar o Lyoto”, disse White ao site MMA Junkie. Eterno bad boy do MMA, Nick Diaz disse que ficaria aposentado até achar um bom desafio no UFC. Ele nunca lutou nos médios, fez quase toda sua carreira nos meio-médios, onde até foi campeão nos Strikeforce.

Meia participou de quase metade dos gols coxa-branca por jogo. O jogador de 35 anos, inclusive, teve participação em mais da metade dos tentos marcados, com 6 gols e três assistências. Desde a primeira lesão do meia, o desempenho caiu para 0,5 gols por jogo, com dois gols marcados em quatro jogos. Por outro lado, a defesa alviverde apresentou melhora. Até a 10ª rodada, a média de gols sofridos ficava em 1,1 por jogo (11 gols em 10 partidas). Nas últimas quatro rodadas, três gols sofri-

dos em quatro rodadas (média de 0,75). Contudo, as falhas ainda acontecem no setor defensivo, a exemplo dos gols sofridos contra o Vasco (bola parada) e contra a Portuguesa. O recente desempenho já faz com que o Coritiba tenha sua posição no G4 ameaçada. No fim de semana, caso não vença o Corinthians fora de casa, o Coxa pode cair para até a oitava colocação do campeonato. Lesionada, Alex fica novamente de fora.

Região ganhará campos de futebol e quadras esportivas da redação 11 municípios do Norte Pioneiro vão poder contar com novas quadras de esportes e campos de futebol para

atender suas comunidades carentes. Esses municípios foram incluídos no programa Meu Campinho do governo Estadual que vai garantir uma estrutura adequada para que as crianças e adolescentes mantenham

COLUNA DA PÁGINA

e desenvolvam alguma prática esportiva com freqüência. No total serão construídas 200 quadras e campos de futebol. O programa Meu Campinho é desenvolvido pelas secretarias

de Esporte e Desenvolvimento Urbano. O valor do investimento e a origem dos recursos ainda estão sendo definidos. No entanto já se sabe que as quadras terão gramado sintético e iluminação.

Djokovic e Nadal buscam recordes em Cincinnati Novak Djokovic é o atual número um do mundo, e Rafael Nadal tem como objetivo recuperar o posto até o final da temporada - e é o tenista com mais títulos conquistados no ano. No Masters 1000 de Cincinnati, torneio que ocorre nos EUA nesta semana, ambos buscam um recorde: e uma possível decisão entre ambos pode aumentar ainda mais essa rivalidade. O sérvio, caso conquiste o torneio, se tornará o primeiro tenista da história a levantar a taça de todos os nove Masters 1000 da ATP. Em Cincinnati, ele amargou o vice em quatro dos últimos cinco anos. Já o espanhol, caso conquiste a competição americana, pode chegar à marca de cinco títulos de Masters 1000 no ano, o que igualaria o recorde que é, atualmente, exatamente dele: Novak Djokovic, feito conquistado em 2011.


DESTAQUE

O INTERIOR DO

NORTE PIONEIRO

S E XTA- F E I RA, 1 6 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 9 6 S E XTA- F E I RA, 1 6 D E AG O STO DE 2013 - EDIÇÃO 996 PÁGINA A6

A6

CAMPINHOS

De “ressaca” pela cana

Distrito do Campinhos, em Ibaiti, já teve toda uma vida própria e tem uma infraestrutura superior aos dos outros locais visitados por esta série, mas sofre com a iminente falência da usina de cana que praticamente sustentava o lugar

O

lugar que já até almejou se tornar um município, hoje vive a realidade do êxodo dos jovens e adultos. Esse é o distrito do Campinhos, em Ibaiti, que sofre com a iminente falência de uma usina canavieira que empregava a maioria absoluta dos moradores locais – e hoje não tem nem 100 funcionários, contrastando com outros tempos onde gerava milhares de empregos. Localizado na margem da PR-435, entre Ibaiti e Congonhinhas, e com uma população de mais de 2 mil habitantes, o local tem uma aparente vida própria, com sua rua principal podendo ser comparada a de ruas do centro de cidades de pequeno porte, com dezenas de comércios e duas escolas. Além disso, Campinhos conta com

algumas presenças não encontradas em outros distritos, como posto de combustível, ponto de táxi, lan house, fábrica de confecção e posto policial (que não é usado, mas existe). O principal, porém, fica para a existência de um campo de vôo, com pista de mais de 1 km totalmente asfaltada e tendo em média quatro aviões de pequeno e médio porte pousando ali por mês – inclusive sendo usado por políticos influentes quando viajam para Ibaiti e região. O problema é que toda essa infraestrutura está ficando obsoleta perante o êxodo de jovens e adultos que vem acontecendo em virtude da já citada possível falência da usina canavieira. Além disso, outro problema grave é a segurança. Como o distrito fica há quase 20 km de Ibaiti, o deslocamento da polícia não é dos mais rápidos, e os moradores reclamam da falta de segurança. “Polícia quase não aparece. Aqui é só Deus que guarda”, afirma o aposentado Niversino Teodoro da

Silva, que mora ali há 30 anos e trabalhou por outros 19 na usina que hoje ele vê perecer aos poucos. “É triste pra gente ver isso, antigamente só não trabalhava lá quem não queria, e hoje não chega nem a 100 funcionários”, lamenta. João Menezes dos Santos, também aposentado, tem o mesmo discurso do colega. “A usina era o coração do Campinhos. Agora só ficaram aposentados e crianças, o pessoal que trabalha está indo embora, porque aqui não tem o que fazer”, destaca. “Antigamente era um movimento de ônibus que começava as 5 da manhã e ia o dia inteiro, tinha movimento grande aqui, e agora está cada vez com menos gente”, completa. Assim, a certeza que fica é que, infelizmente, um lugar que já teve toda uma vida própria, hoje sofre sem grandes expectativas para o futuro. E com o perdão pela analogia, mas a cana que outrora causava “euforia” hoje só deixou a “ressaca”.

Rua principal: comércio modesto no distrito que já teve cerca de cinco mil moradores

VILA GUAY

A espera do asfalto

Lugar convive há décadas com a expectativa da pavimentação da PR-436, o que definitivamente “colocaria o distrito no mapa”

A

série “Interior do Norte Pioneiro” chega agora à Vila Guay, outro distrito de Ibaiti. A primeira impressão, dois fatores chamam a atenção: o fato de ser cortado pela empoeirada PR-436 (embora no distrito o rodovia tenha calçamento de pedras irregulares) e o bom número de comércios, levando em consideração o tamanho do lugar. À “sombra do Pico Agudo”, o distrito volta à velha calmaria típica destes lugares, exceto, claro, pelo movimento da PR-436. Ali não existe asfalto, embora a maioria das ruas seja pavimentada, é por pedras. Talvez um charme a mais para o local.

O fato, porém, é que a falta de asfalto pode ser um charme para os turistas e visitantes, mas é um grande e longo incômodo para os moradores locais. O dono de um, dos vários comércios locais, é Ezequiel Bispo dos Santos, de 84 anos e morador do distrito desde 1958 – o que faz dele, além de comerciante, participante vivo da história da Vila Guay. Nascido na Bahia e dono do pequeno comércio desde 1962, onde vende desde encanamento até doces, Ezequiel pode falar sem hesitar que viu cada passo dado (tanto para frente quanto para trás) que o distrito deu nos últimos 55 anos. Mas de todas as reclamações, sem sombra de dúvidas, a maior é sobre a não pavimentação da 436, que de acordo com Ezequiel, ouve projetos para o asfalto da rodovia desde 1964. “Eu vou contar pra

Reportagem e Redação- Lucas Aleixo

Trecho “urbano” da PR-436 dentro do distrito vocês que desde 1964 existe projeto para esse asfalto, e até hoje foi só promessa. Muda político, vem promessa, mas fazer mesmo que é bom nada”, reclama o comerciante. No entanto, mais do que reclamar, Ezequiel chega a fazer uma projeção em caso do asfalto da rodovia tivesse saído quando foi anunciado pela primeira vez. “Não tenho dúvida, se essa rodovia fosse asfaltada na década de 60 hoje a Vila Guay estaria melhor que Conselheiro Mairinck, por exemplo”, afirma. “Imaginem quantos

Reportagem e Fotos - Alceu Junior

veículos não passariam aqui por dia, iria dar uma força absurda pro distrito se desenvolver, agora a esperança é a última que morre e eu ainda quero ver essa rodovia asfaltada desde Ibaiti até Ribeirão do Pinhal”. Outra reclamação de Ezequiel é sobre o poder público, mas que acarreta elogio aos seus vizinhos de distrito. “Eu garanto uma coisa a vocês: se esse lugar cresceu foi por mérito dos moradores, porque o povo se esforçou por conta própria pra gente chegar até aqui. Governo nenhum nunca fez muita

Seu Ezequiel é morador da Vila Guay há 55 anos coisa por nós. Antigamente quando chovia a gente ficava isolado por semanas por conta do barro que fazia nessa estrada. E quem precisava de um médico? Dançava”. A descrença do baiano, contudo, pode finalmente ser, ao menos,

Projeto gráfico - Alceu Junior e Luiz Carlos Ferreira

abalada. Com o anúncio do estudo por parte do governo Estadual em pavimentar a PR-436, a Vila Guay vive a expectativa de deixar de ser apenas um distrito quase que isolado do mundo para ter o movimento de uma rodovia estadual cruzando por entre suas esquinas.


S E XTA- F E I RA, 1 6 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 9 6

A7

VARIEDADES divulgação

PASSATEMPO

SOBRE

SEXO

FOLHA CAÇA-PALAVRAS TURISMO - BRASIL

CHAPADA DIAMANTINA

Números e porcentagens de cair o queixo

Fim de semana está chegando e muitas pessoas procuram roteiros para viagem, lugares diferentes pra levar a família, namorado (a), amigos (as). Pensando no seu leitor, a Folha Extra preparou um caça palavras especial de turismo, com alguns dos lugares mais procurados pelos amantes de viagem.

São inúmeras as pesquisas e enquetes que medem o comportamento sexual de homens e mulheres. Às vezes, elas revelam números que jamais imaginávamos. Quer conferir?

15/08/13

69%

31%

É a porcentagem de mulheres que afirmaram que a penetração peniana não faz a menor diferença na qualidade do orgasmo atingido.

2 anos

É o intervalo médio de tempo entre a primeira relação sexual e a primeira vez que as mulheres pesquisadas atingiram um orgasmo.

18,6

Essa é a média de vezes que as mulheres pensam em sexo durante o dia. Já os homens têm esse pensamento cerca de 34,2 em 24 horas.

6,6

É a média de parceiros sexuais que as mulheres têm na vida. A média deles é mais elevada, claro. Chegando a 16,5 parceiras por homem.

14,15 centímetros

É o tamanho médio do pênis de homens com idades entre 18 e 39 anos. Então, a comparação com a caneta BIC é mais que válida, já que o objeto, sem tampa, mede 14,4 centímetros.

13,6%

É a porcentagem entre os estudantes universitários americanos que participaram da pesquisa que revelaram tirar a camisinha antes mesmo da transa ter terminado.

42%

É a porcentagem de homens que revelou preferir dar (do que receber) prazer às mulheres.

25%

É a porcentagem de homens que confessou ter fingido um orgasmo pelo menos uma vez na vida. Viu, garotas? Não são só as mulheres que andam fingindo por aí. Mas ok, a incidência entre as mulheres é maior, cerca de 50% delas.

16%

É a porcentagem dos homens que participaram de uma pesquisa nacional norte-americana que admitiu já ter procurado uma prostituta pelo menos uma vez na vida. Fonte: M de Mulher

Related Searches: Chords And Lyric s How To Enable "A Era do Gelo" foge da JavaSc ript crise dos blockbusters

Mauro Em época em que blockbusters como "O Cavaleiro Solitário"Giuliani estão com resultados abaixo do esperado nas bilheterias do verão americano, o criador de "A Era do Gelo" (2002) e "Robôs" (2005) analisa aproveitou Fernando para explicar como seu segmento tenta fugir deste problemaSor MARIA MARTHA BRUNO

No Rio de Janeiro para o lançamento do DVD e Blu-Ray de seu último filme, "Reino Escondido" (2013), que chega às lojas em 4 de setembro, o diretor norte-americano de animação Chris Wedge passou também pela 21ª edição do Anima Mundi, onde deu uma palestra no último sábado (11). Em época em que blockbusters como "O Cavaleiro Solitário" estão com resultados abaixo do esperado nas bilheterias do verão americano, o criador de "A Era do Gelo" (2002) e "Robôs" (2005) analisa aproveitou para explicar como seu segmento tenta fugir deste problema. O filme, distribuído pela Fox e produzido pela Blue Sky Studios (criada por Wedge), estreou nos Estados Unidos no final de maio, junto com "Se Beber, Não Case 3" e a sexta continuação da saga "Velozes e Furiosos". "É uma época difícil, de competição com muitos filmes grandes. 'Reino Escondido' é uma produção para a família, enquanto 'Velozes e Furiosos' é uma franquia muito grande. Acho que isso impactou na nossa bilheteria", analisou o diretor. Com público de 63.463 pessoas na edição carioca, o Anima Mundi evidencia a consagração do segmento no país, assim como mostram as bilheterias e a grande quantidade de produções no exterior. "Não sei se há um segredo para o sucesso, mas sei que existe uma fórmula baseada no humor". No entanto, ele admite que "o público pensa que é tudo comédia, e que por isso é preciso ter cuidado com este tipo de expectativa". Chris Wedge afirma que os profissionais da área gostam de desafios. Daí a ideia de mudar de estilo em "Reino Escondido" e apostar mais em uma história de aventura que em personagens marcantes. "Mas não mudei radicalmente. Os melhores filmes têm tudo isso junto. Tentei mesclar ambas coisas. É uma aventura daquelas que eu gostava de ver quando criança". O diretor se confessa bastante interessado na reação do público. Wedge já assistiu ao filme nos cinemas sete ou

oito vezes. JavaSc ript Com orçamento de US$ 93 milhões, Program m ing "Reino Escondido" --que conta a história de uma adolescente recrutada por um espírito da natureza para ajuKaraoke Song dar os minúsculos "Homens-Folha" s a proteger Lyric sua floresta-arrecadou quase US$ 107 milhões até agora nos Estados Unidos, e no fim de semana JavaSc ript Tes ts de estreia, em maio, ficou em quarto lugar nas bilheterias, justamente atrás de "Velozes Free e Furiosos 6", "Se Beber YouTube Não Case 3" e "Além da Escuridão Star Trek". Download Mas, em outros países, sobretudo na Europa e América do Sul, ocorreu o JavaSc ript Code contrário: a bilheteria foi crescendo a cada semana, e hoje já acumula mais que nos Estados Unidos,Java totalizando Debug US$ 142 milhões. No Brasil, o filme ocupou o segundo lugar de arrecadaPgdeMus ic "Eu tento ção na semana estreia. não prestar muita atenção nas bilheterias. Nós conseguimos pagar nossas contas. Isso é o que importa". Assertivo, ele admite que o eterno problema dos altos orçamentos dos estúdios versus o retorno do público afeta mais os filmes convencionais que o segmento de animação: "Acho que isso se explica, em parte, porque as produções de animação são muito bem feitas, por terem mais tempo para trabalhar, em um processo mais lento e flexível. Com o storyboard que fazemos, já se pode prever se está funcionando ou não. E então trabalhamos com bastante precisão". Já o lado difícil do trabalho não aparece em cifras, mas faz parte desse mesmo processo que facilita as coisas. Chris Wedge lembra que, ao contrário dos filmes convencionais, na animação é preciso fazer absolutamente tudo: "Não há como levar uma câmera para fora, gravar uma cena, orientar a expressão e as ações dos atores. Tudo tem de estar sob total controle e há preocupação com todos os detalhes". Ao mesmo tempo em que isso lhe dá a chance de brincar com a imaginação, Wedge diz que este processo www.lideranca.org/word/palavra.php também mostra seus limites. "Testamos as fronteiras do que imaginamos e fazemos. Porém existem frustrações, porque um dia você tem que finalizar o projeto. O tempo acaba. Mas a vida é assim mesmo". "Reino Escondido" demorou quatro anos para ser produzido. "A Era do Gelo", três. WebCake Ads

É a porcentagem de mulheres que revelou que a estimulação clitoriana é sua forma preferida de masturbação.

CANOA QUEBRADA/ CEARÁ – CRISTO REDENTOR/ RIO DE JANEIRO – ARRAIAL do Cabo/ Rio de Janeiro, SERRA GAÚCHA/ Rio Grande do Sul – LENÇÓIS Maranhenses/MARANHÃO, GRUTA AZUL/ BONITO, Hotel Ariaú Amazonas Tower/ AMAZÔNIA – Chapada DIAMANTINA/ BAHIA, Criador de Caça-Palavras Ponte HERCILIO CRUZ/ FLORIANÓPOLIS, OLINDA/ PERNAMBUCO

A F Á R I O D E J A N E I R O J L S I Ó Ç N E L X

S L C E E Ã Ò Í H D Ç S Q E V D I Õ Ò Ô X Q Ú T Ó

E Ã G H I H Ô D E N B Í S B Y E F A M A Z Ô N I A

R P A Z G N Á A R À A D N I L O C R É Ç Q Â V Ò Ú

R Ô D À R A G Ü C P Ç U Ò O T I N O B Í À P Õ B D

A D I Í Q R Â Á I A D A R B E U Q A O N A C Y Ç M

G A A J V A Ò N L U G À Ê T Ô Ç Õ I Ç A Ü S Â H Õ

A R M M H M T D I K V E F Á Ã Ü Z J J Ç H Q Ã R Â

Ú R A C O Ç F L O R I A N Ó P O L I S U U L D K D

C A N P E S Y O C J R R O T N E D E R O T S I R C

H I T S P A D N R Ô É Â J P E R N A M B U C O N Ü

A A I G H Ã R Á U S G S B A H I A É Ò Ü É Ú H Ê X

Ü L N Õ Ú Ó M Á Z Ó Ô M É N Ã À T À Z J J M Ú Ò B

P V A Ó É B Ç Í Ú Y Â Ü G Ê L U Z A A T U R G Ç R

PREVISÃO ASTRAL Áries (21 mar. a 20 abr.) A fé move montanhas? Com a Lua em Sagitário em trígono a Urano sim, e pelas redes sociais, pela internet! Você, protagonista destas mudanças, pode ter aí sua chance de fazer algo novo e marcante. No trabalho, onde mais for, imprima seu toque marcante.

Libra (23 set. a 22 out.) Se você estava esperando o dia certo para resolver uma mudança, a compra de um computador ou outra engenhoca eletrônica, resolver problemas com sua linha telefônica etc, hoje é o dia certo! As portas estão abertas e o fluxo astral traz amigos novos também.

Touro (21 abr. a 20 mai.) Pela manhã cuide bem da saúde, pois estará um tanto suscetível. Evite também fazer negócios neste período. Mais tarde, a via da inovação estará aberta para todos e você também pode contribuir com algo surpreendente. Mentes e corações abertos ao novo!

Escorpião (23 out. a 21 nov.) Proposta que traz rendimentos é inusitada, mas ótima, se chegar até você hoje, é saída poderosa e deve ser estudada. De tarde a pedida é introduzir um novo habito, ou se familiarizar com novos equipamentos que ajudem na saúde. Novas aparelhagens chegam em casa?

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Astral ótimo pra você que encontra parceiros bem dispostos a fluir com suas pesquisas, intervenções e explorações. O caminho está aberto para estudos e comunicações. Você poderá receber uma bela noticia, e ser convidado a viajar. Muita coisa irá se encaixar.

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) Hoje a Lua transita por seu signo, sinal de que é bom se resguardar durante este trajeto de 48 horas aproximadamente. Cuide mais de sua saúde. À tarde e a noite favorecem estudos, viagens e conversas que iluminam. Arejamento emocional contribuirá para seu bem estar.

Câncer (21 jun. a 21 jul.) Manhã difícil para você, deixe para a tarde os assuntos mais delicados e que exigem mais de si. Cenário astral positivo para avançar em tarefas culturais ou sociais com grupos diferentes, conhecer gente nova, arriscar um negócio novo. Em casa, altos e baixos.

Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) A falta de fé e de otimismo faz mal a sua saúde; anote esta dica e trate, hoje, de apostar muito na positividade! Descanse mais, leia e inspire-se junto a natureza. Liberdade e espaços amplos são bons aliados. Independência familiar é quesito especial para o amor.

Leão (22 jul. a 22 ago.) Você conta com amigos e pessoas animadas, estão elas dispostas e abertas para colaborar! Portanto, avance. Apresente uma proposta a equipe, ao chefe, a alguém importante e a coisa irá deslanchar. É o dia certo para inventar e propor algo diferente do comum.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Um belo dia pra estar com os amigos e inventar modos de intervir por um mundo melhor, já que está cheio de ideias novas e captando as tendências no ar. Assim, poderá dar forma e expressão a elas, tornando-se um condutor de mudanças positivas. Amor leve.

Virgem (23 ago. a 22 set.) O melhor período deste dia pra você será a noite, favorável aos estudos, trocas e comunicações. Tudo o que iniciar neste campo durante este período do dia tende a se expandir e trazer mudanças positivas e significativas em sua vida. Intimidade no amor.

Peixes (20 fev. a 20 mar.) Seu trabalho está em primeiro plano hoje, através de contatos com empresas estrangeiras ou gente de muito longe, conseguirá expandir seus propósitos. Uma viagem deve entrar em suas considerações. Novidades boas chegam de colegas. Você fez um gol no amor!


I RAA, 1 , 6 1 6D D 21 03 1 3- -E E S ES XE TXAT A - -FFEEI R E EA A GG OO SS TT O OD D E E2 0 DD I ÇI Ç ÃÃ O O999966

BA28

EDITAIS

WENCESLAU BRAZ

JABOTI

PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI CNPJ: 75.969.667/0001-04 Praça Minas Gerais - Paço Municipal - Fone/fax: (0xx43) 3622-1122 CEP: 84.930-000 - Jaboti – Paraná DECRETO 32/2013

DECRETO nº 070/13 SÚMULA: Crédito Adicional Suplementar – Superávit Financeiro no Orçamento programa de 2013. O PREFEITO MUNICIPAL DE WENCESLAU BRAZ no uso de suas atribuições que lhe confere a Lei Orgânica do Município de WENCESLAU BRAZ e autorização contida na Lei Municipal nº 002553/12 de 30 de Outubro de 2012. DECRETA:

Dispõe sobre abertura de Crédito Adicional Suplementar no orçamento geral do município para o exercício de 2013.

Artigo 1º - Fica aberto no corrente exercício Crédito no valor de R$ 100.000,00 para a seguinte dotação orçamentária: 13 - FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 13.01 - SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

O Prefeito Municipal de Jaboti, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, e em conformidade com a Lei Municipal nº 20/2012 de 04 de dezembro de 2012, D E C R E T A: Art. 1o - Fica aberto no orçamento geral do exercício de 2013, um crédito adicional Suplementar, no valor de R$ R$ 5.000,00 (cinco mil reais) conforme especificação a seguir:

Art. 2° - Como recurso para a abertura do Crédito p revisto no artigo anterior, fica o Executivo autorizado a utilizar-se do previsto no inciso 1 - superávit financeiro, do § 1°, do artigo 43 da Lei Federal n°4.320, de 17 de ma rço de 1964. Art. 3º - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogada as disposições em contrário. Edifício da Prefeitura Municipal de Wenceslau Braz, em 12 de agosto de 2013.

03 - ADMINISTRACAO E FINANCAS

13.01.10.301.0007.2.018-4.4.90.51.00.00.00.00 – 3495 - OBRAS E INSTALAÇÕES

100.000,00

BRÁULIO CÉSAR PEREIRA Prefeito Municipal

Recurso – Cancelamento 5.000,00

03.001 - ASSESSORAMENTO SUPERIOR Orçamentária 04.123.02022-004 - MANUTENÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO E FINAN ÇAS 3.3.70.41.00.00 - CONTRIBUIÇÃO 000270 0.1.00.000000 - Recursos Ordinários (Livres)

DECRETO nº. 072/2013

Total.................................................................................................................................................................. R$ 5.000,00

Súmula: “Confirma a posse dos Conselheiros Tutelares de Wenceslau Braz–PR – Gestão 2013/2016”.

Art. 2º - Os recursos destinados a cobertura de créditos adicional suplementar de que trata o artigo primeiro, decorrerá do cancelamento de dotações orçamentárias, no valor de r$ 5.000,00 (cinco mil reais), previsto na Lei Federal 4.320/64, artigo 43, parágrafo 1º, inciso III, conforme especificação a seguir:

BRÁULIO CÉSAR PEREIRA, PREFEITO MUNICIPAL DE WENCESLAU BRAZ – PR, usando das atribuições que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município de WENCESLAU BRAZ e autorização contida na Lei Municipal n° 2228/09 de 25 de novembro de 2009. DECRETA: Art. 1° - A posse dos Conselheiros Tutelares do Município de Wenceslau Braz – PR, efetuada em 15 de agosto de 2013, devendo os referidos Conselheiros Tutelares, desempenharem suas funções a partir do dia 18 de agosto de 2013; Art. 2° - A validade deste mandato será conforme as disposições previstas na Lei n°12.696/12 que alterou a Le i n° 8.069 – Estatuto da Criança e do Adolescente, ainda na Resolução n° 152 de 09 de agosto de 2012 do CON ANDA, Artigo 2° inciso IV – Os conselheiros tutelares emp ossados no ano de 2013 terão mandato extraordinário até a posse daqueles escolhidos no primeiro processo unificado, que ocorrerá no dia 04 de outubro de 2015, conforme disposições previstas na Lei nº 12.696/12, e inciso V – O mandato dos conselheiros tutelares empossados no ano de 2013, cuja duração ficará prejudicada, não será computado para fins de participação no processo de escolha subseqüente que ocorrerá em 2015. Art. 3° - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Wenceslau Braz, 15 de agosto de 2013.

09 – SANEAMENTO BASICO 5.000,00 001 – SANEAMENTO BÁSICO 17.512.06172-044 - MANUTENÇÃO DO SANEAMENTO 3.3.90.39.00.00 - OUTROS SERVIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA 002960 0.1.00.000000 - Recursos Ordinários (Livres) Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, ficando revogadas as disposições em contrário. Jaboti, 14 de agosto de 2013.

VANDERLEY DE SIQUEIRA E SILVA - Prefeito Municipal –

BRÁULIO CÉSAR PEREIRA Prefeito Municipal

OUTRAS PUBLICAÇÕES EXTRATO DE RATIFICAÇÃO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO 22/2013 OBJETO: "AQUISIÇÃO DE CALHAS PARA IMÓVEL – FUTURA SEDE DA JUSTIÇA FEDERAL". A Comissão de Licitações da Prefeitura Municipal de Wenceslau Braz - PR., para. fins do art. 24, inciso “II” e XIII, da Lei Federal n° 8.666/93, incluindo a alteração da Lei n° 9.648, de 27 de maio de 1998, TORNA PÚBLICO, que o Exmo. Sr. Prefeito Municipal – ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JUNIOR, proferiu decisão no processo em destaque supra, RATIFICANDO A DISPENSA DE LICITAÇÃO, para a Contratação, junto a empresa – a) METALURGICA E VIDRAÇARIA CONSTRUFERRO LTDA – ME, que indicou o menor preço para o fornecimento do objeto, no valor Total de R$ 4.045,00 (quatro mil e quarenta e cinco reais), tudo conforme documentos nos autos. Wenceslau Braz-Pr, 15 de agosto de 2013. ADILSON BACELAR DA SILVA PRESIDENTE DA COMISSÃO DE LICITAÇÕES

 

ERRATA nº. 01/2013 A Portaria nº. 001/2013, publicada no dia 13 de Agosto, Edição nº. 993, no Jornal Folha Extra, página B3, referente à nomeação de Pregoeiro e Membros da Equipe de apoio, onde se lê: Artigo 1º - Nomear a Servidora Pública do Município de Wenceslau Braz-PR, MÔNICA DE OLIVEIRA para atuar como Pregoeira, leia-se: Artigo 1º - Nomear a Servidora Pública Municipal de Provimento em Comissão, MÔNICA DE OLIVEIRA para atuar como Pregoeira. Por isso, nesta edição, n° 996 do dia 16 de agosto de 2013, a mesma vem ser publicada na íntegra e de maneira correta. PORTARIA Nº 01/2013 Súmula: NOMEIA PREGOEIRO E MEMBROS DA EQUIPE DE APOIO E DA OUTRAS PROVIDENCIAS, PARA AS LICITAÇÕES REALIZADAS NO ANO DE 2013. O Diretor Presidente do Fundo de Previdência Social de Wenceslau Braz, no uso de suas atribuições legais, considerando o disposto na na Lei Municipal nº. 2026/2006, Lei Federal nº10.520/2012. RESOLVE

Extrato do contrato nº 40/2013 Procedimento licitatório: Dispensa de Licitação n° 21/2013. Contratante: Município de Wenceslau Braz (PR) – Prefeitura Municipal. Contratado (a): Fundação de Apoio a Educação Pesquisa e Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Objeto: Contratação de Instituição Publica Para Realização de Concurso Publico. Valor: R$ 97.687,00 para até 500 inscritos, de R$ 110.280,00 de 501 a 1000 inscritos e o valor de R$ 110.280,00 + R$ 40,00 por candidato adicional, acima de 1.000 inscritos. Prazo de vigência: 150 dias Data da assinatura: 09 de Agosto de 2013 Autoridade competente: Município de Wenceslau Braz e Fundação de Apoio a Educação Pesquisa e Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

JUNDIAÍ DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná Edital de Convocação da VII Conferência Municipal de Saúde A Prefeitura Municipal de Jundiaí do Sul, Estado do Paraná, através de seu representante legal, Sr. Márcio Leandro da Silva, e o C.M.S. (Conselho Municipal de Saúde), através de seu Presidente, Srª Vanusa Fogaça de Souza, torna público, para conhecimento dos interessados que no dia 21/08/2013, das 13:30 as 17 horas, se fará realizar no Salão da Igreja Metodista- Rua Sebastião Fumaça, s/nº, Centro, Jundiaí do Sul, a “VII Conferência Municipal de Saúde, de Jundiaí do Sul”, para discussão da Política da Área da Saúde do município, e do tema central: “ Humanização na saúde: É preciso.” Jundiaí do Sul – PR, 15 de agosto de 2013 Márcio Leandro da Silva Prefeito Municipal Vanusa Fogaça de Souza Presidente do C.M.S.

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná PORTARIA Nº 095/2013 Súmula - Dispõe sobre a Indicação da Comissão Organizadora da Conferência Municipal de Saúde - do Município de Jundiaí do Sul – Paraná e as normas do funcionamento da Conferencia de Saúde. O Senhor Márcio Leandro da Silva, Prefeito Municipal de Jundiaí do Sul, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, e considerando o dispositivo na Lei nº 8080 de 19 de setembro de 1990. RESOLVE: I - Indicar os membros que irão compor a Comissão Organizadora da VII Conferência Municipal de Saúde do Município de Jundiaí do Sul, Estado do Paraná: Presidente: Vanusa Fogaça de Souza Vice - Presidente: Alexandre Benicio Netto Secretária Geral: Gislaine Galvão Inácio dos Santos Relator Geral: Alexandre Benicio Netto A VII Conferencia será realizada no dia 21 de agosto de 2013 as 13:30 horas no Salão da Igreja Metodista situada na rua Sebastião Fogaça, Centro tendo como programação o credenciamento, composição da mesa; Leitura do Regimento Interno; Palestra; Discussão em grupo e desenvolvimento das propostas; Composição de nova equipe para formação do Conselho Municipal de Saúde para atuarem do mês de set/2013 a set/2015. II - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Jundiaí do Sul – PR, 15 de agosto de 2013 Márcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

Artigo 1º - Nomear a Servidora Pública Municipal de Provimento em Comissão, MÔNICA DE OLIVEIRA para atuar como Pregoeira no procedimento licitatório a ser instaurado pelo Fundo de Previdência do Município de Wenceslau Braz, para contratação de empresa especializada para cessão de Direito e Uso de Sistemas de Gestão Pública através da modalidade de PREGÃO, com as atribuições dispostas na Lei Municipal nº. 2026/2006, Lei Federal nº10.520/2012. Artigo 2º - Nomear os Servidores Públicos gestores do Fundo de Previdência Social de Wenceslau Braz (PR) Srº João Luiz Monteiro e Srª Luciana Gabriela Ferreira para atuar na função de AUXILIAR DE PREGOEIRO, na licitação mencionada no artigo 1º. Artigo 3º - Esta Portaria entra em vigor a partir da data de sua publicação e revogam-se as disposições em contrário. Wenceslau Braz, Estado do Paraná, em 12 de agosto de 2013. João Nasser de Melo Filho Diretor Presidente

PINHALÃO

SALTO DO ITARARÉ

Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná

AVISO DE LICITAÇÃO

DETERMINAÇÃO

O Prefeito Municipal de Pinhalão, Claudinei Benetti, no uso de suas atribuições legais, DETERMINA: Anulação do procedimento licitatório n° 71/2013, na modalidade de Concorrência de Licitação sob o número 03/2013, que tinha como objeto de contratação de empresa especializada para recuperação de crédito fiscal sobre as instituições financeiras do município.

CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 23/2013 Encontra-se aberta na Prefeitura Municipal de Salto do Itararé, Estado do Paraná, a Licitação na Modalidade Con-corrência Pública Nº 23/2013, Tipo Maior Oferta, que trata da CONCESSÃO ADMINIS-TRATIVA DE USO DE BEM IMÓVEL DO MUNICÍPIO, CONSTANTE DE 2 (DUAS) PARTES DO QUIOSQUE DA PRAÇA CORONEL JOSÉ EUGÊNIO DE CARVALHO, CADA UMA COM ÁREA TOTAL DE 31,65 M2 CADA, conforme especificado no edital. O recebimento dos envelopes contendo a do-cumentação de habi-litação e a proposta ocorrerá até o dia 24/09/2013, às 09:15 horas. O edital em inteiro teor estará à disposição dos in-teressados, de se-gunda a sexta-feira, das 08:00 às 11:00 e das 13:00 às 17:00, na Rua Eduardo Ber-toni Júnior, 471, Centro, Município de Salto do Itararé/PR. Quaisquer informações poderão ser obtidas no endereço acima ou pelo telefone (43) 35791607.

SANTANA DO ITARARÉ

A presente anulação se faz presente e necessária após análise minuciosa do parecer emitido pelo Setor Jurídico do Município, que deu suas impressões acerca do processo com base em determinações do Tribunal de Contas do Estado do Paraná.

SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL PROCESSO SELETIVO EDITAL N.º 01/2013 O Município de Santana do Itararé, por intermédio da Secretaria de Ação Social faz saber que se realizará, nos termos da Lei Municipal nº 033/2013, Processo Seletivo, concernente à contratação temporária de empregados públicos com vistas ao atendimento às necessidades do Município, para as funções de:

Gabinete do Prefeito, em 09 de agosto de 2013 Claudinei Benetti

Emprego Público

Carga Horária

Vencimento

Número de Vagas

Professor de Artesanato

20 horas

R$ 678,00

02

Monitor I

20 horas

R$ 700,00

01

Monitor II

40 horas

R$ 678,00

01

Cabeleleiro

20 horas

R$ 678,00

01

Professor de Violão

20 horas

R$ 678,00

01

Advogado

20 horas

R$ 1.400,00

01 CONTINUA...


IR D EA G AG T OD E D E2 02 10 31 3- -E D E IDÇI Ã ÇO Ã O9 99 96 6 S ESXETXAT -A F- FE EI R AA , 1, 61 6D E OO S TS O

BA39

EDITAIS

SANTANA DO ITARARÉ CONTINUAÇÃO

As atribuições dos cargos estão insertas no Anexo I deste Edital. 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES: 1.1. É condição essencial para se inscrever neste Processo Seletivo Simplificado o conhecimento e aceitação das instruções e normas contidas neste Edital. 1.1.1. Ao assinar o requerimento de inscrição o candidato declara que conhece e concorda plena e integralmente com os termos deste Edital e legislação vigente. 1.1.2. As dúvidas em relação ao presente Edital deverão ser dirimidas junto à Comissão Especial, ANTERIORMENTE à abertura do período de inscrições definido no subitem 2.1.4. 1.2. Os candidatos deferidos neste Processo Seletivo, que vierem a ser convocados, exercerão suas atividades no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - Referenciado pelo CRAS, desenvolvido pelo MDS, podendo atuar/ desenvolver, de acordo com a necessidade do Município, em outras atividades, na Secretaria de Ação Social. 1.2.1. Os candidatos convocados, deste Processo Seletivo, a atuarem no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - Referenciado pelo CRAS, terão sua carga horária estabelecida da seguinte forma: segunda a sexta de acordo com o curso e carga horária estabelecida neste edital. 1.3. Todas as informações oficiais referentes ao presente certame regulamentado por este Edital serão publicadas no Diário Oficial do Município no endereço eletrônico www.santanadoitarare.pr.gov.br e no Jornal de circulação regional Folha Extra não se responsabilizando este Município por outras informações. 1.4. É de responsabilidade do candidato acompanhar constantemente as publicações oficiais e os prazos referentes a este Processo Seletivo , desde o EDITAL DE ABERTURA até o EDITAL DE CONVOCAÇÃO.

CONTINUAÇÃO

das pelos demais candidatos, observada a ordem geral de classificação de cada cargo. 3.6. Os candidatos que não atenderem aos dispositivos mencionados no subitem 3.3 não serão considerados deficientes e não terão provas especiais preparadas ou condições diferenciadas para a sua realização. 3.7. O candidato que não apresentar o laudo médico e o formulário específico preenchido durante o período de inscrição perderá o direito de concorrer às vagas destinadas aos portadores de deficiência. 3.8. Após a nomeação ao cargo a deficiência não poderá ser argüida para justificar a concessão de aposentadoria.

4. DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA INSCRIÇÃO (OBRIGATÓRIOS) E DA COMPROVAÇÃO DOS REQUISITOS: 4.1. Comprovante de Pedido de Inscrição em Processo Seletivo Simplificado, fornecido pela Secretaria de Ação Social, devidamente assinado. 4.2. Cópia simples e legível do documento de identidade (RG) com foto. 4.2.1. Serão considerados documentos de identidade: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de Exercício Profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação. 4.3. Comprovante de inscrição do candidato no CPF, sendo considerados válidos os seguintes documentos: 4.3.1. Número de inscrição no CPF em um dos documentos solicitados no subitem 4.2.1..

2. DO PROCESSO DE INSCRIÇÃO: 2.1. DA INSCRIÇÃO 2.1.1. A inscrição será realizada EXCLUSIVAMENTE na Secretaria Municipal de Assistência Social, localizada na Rua José Vitalino Koproski, n° 165, centro, CEP 84970.000, na cidade de Santana do Itararé. 2.1.2. Para se inscrever o candidato deverá ir até endereço mencionado no subitem anterior, munido do curriculum vitae e dos documentos pessoais: RG e CPF e o comprovante de residência .

4.3.2. Comprovante de Inscrição no CPF emitido pelas entidades conveniadas à Receita Federal (Banco do Brasil, Correios e Caixa Econômica Federal); 4.3.3. Comprovante de Inscrição no CPF impresso a partir da página da Receita Federal na Internet; 4.3.4. Cópia simples e legível do cartão do CPF.

2.1.2.1 O curriculum vitae deverá estar contido em um envelope do tipo ofício, fechado e identificado.

4.4. Cópia simples de DIPLOMA ou CERTIFICADO DE CONCLUSÃO DE CURSO, que comprove a escolaridade mínima exigida, sendo devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação – MEC nos casos de empregos públicos que exijam curso técnico ou graduação em ensino superior.

2.1.2.2 A exatidão e veracidade das informações contidas no curriculum vitae são de responsabilidade do candidato.

4.4.1. A documentação de escolaridade expedida por órgãos estrangeiros só terá validade quando for validada pelo Ministério de Educação e Cultura – MEC.

2.1.2.3 Declarações falsas ou inexatas, bem como a apresentação de documentos falsos, determinarão o cancelamento da inscrição e a anulação de todos os atos dela decorrentes, em qualquer época, sem prejuízo das sanções civis e penais cabíveis.

4.5. Cópia simples e legível de documento que comprove a inscrição no Conselho Regional da classe, seccional do Paraná. 4.6. Compete ao candidato a responsabilidade pela escolha dos documentos de comprovação dos requisitos.

2.1.3. Será cobrado no ato da inscrição a taxa de R$ 15,00 (quinze reais) por candidato.

5. DA ANÁLISE DOS CURRICULOS E DAS PROVAS SELETIVAS

2.1.4. A inscrição estará disponível a partir do dia 19/08/2013 ao dia 23/08/2013, das 09h00m ás 11h30min e das 13h00m ás 16h00m, considerando o horário oficial de Brasília/DF.

5.1 A primeira etapa do Processo Seletivo Simplificado consubstancia-se na análise de curriculum vitae do candidato, tendo caráter classificatório e eliminatório, segundo termos do Anexo II, num total de 1(um) ponto.

2.1.5. É de inteira e exclusiva responsabilidade do candidato o completo e correto preenchimento dos dados da ficha de inscrição.

5.1.1 Das Provas Objetivas

2.1.6. A Secretaria Municipal de Ação Social não se responsabilizará por eventuais prejuízos causados pelo preenchimento incorreto dos dados de inscrição, nem pela inscrição não efetivada por motivos de ordem técnica, falhas de comunicação ou congestionamento de linhas de comunicação que impossibilitem a transferência dos dados ou a impressão dos documentos. 3. DAS VAGAS DESTINADAS AOS CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA 3.1. Às pessoas portadoras de necessidades especiais, que pretendam fazer uso das prerrogativas que lhes são facultadas pelo inciso VIII do artigo 37 da Constituição Federal, de 5/10/1988, e do artigo 3º do Decreto nº 3298/1999 e alterações posteriores, que regulamenta a Lei nº 7.853/1999 e Lei Estadual 15139/2006, é assegurado o direito de inscrição para os empregos oferecidos neste Edital, desde que a deficiência de que são portadoras seja compatível com as funções. 3.2. Em obediência ao disposto no subitem anterior fica reservado o percentual de 5% (cinco por cento) das vagas existentes para cada cargo, de acordo com o § 1º. do artigo 37 do Decreto nº 3.298/1999. 3.3. Considera-se pessoa com deficiência aquela que se enquadra nas categorias discriminadas no Decreto n° 3.298, de 20 de dezembro de 1999, e no Decreto n° 5.296, de 02 de dezembro de 2004, assim definidas: 3.3.1. Deficiência física: alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, apresentando-se sob a forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, jemiparesia, ostomia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, nanismo, membros com deformidade congênita, ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho de funções; 3.3.2. Deficiência auditiva: perda bilateral, parcial ou total, de quarenta e um decibéis (dB) ou mais, aferida por audiograma nas freqüências de 500Hz, 1000Hz, 2000Hz e 3000Hz; 3.3.3. Deficiência visual: cegueira, na qual a acuidade visual é igual ou menor que 0,05 no melhor olho,com a melhor correção óptica; a baixa visão, que significa acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; os casos nos quais a somatória da medida do campo visual em ambos os olhos for igual ou menor que 60; ou a ocorrência simultânea de quaisquer das condições anteriores; 3.3.4. Deficiência mental: funcionamento intelectual significativamente inferior à média, com manifestação antes dos dezoito anos e limitações associadas a duas ou mais áreas de habilidades adaptativas, tais como: comunicação, cuidado pessoal, habilidades sociais, utilização dos recursos da comunidade; saúde e segurança; habilidades acadêmicas; lazer e trabalho; 3.3.5. Deficiência múltipla: associação de duas ou mais deficiências. 3.4. O candidato que se declarar deficiente participará do Teste Seletivo em igualdade de condições com os demais candidatos, no que diz respeito à Avaliação Inicial e aos critérios de aprovação e à nota mínima exigida. 3.5. Na inexistência de candidatos inscritos, aprovados ou habilitados para as vagas destinadas às pessoas portadoras de deficiência, tais vagas serão ocupaCONTINUA...

5.1.2 A segunda etapa do Processo Seletivo Simplificado será constituída de prova objetiva tendo caráter eliminatório e classificatório, e será composta por 10(dez) questões de múltipla escolha, com 03 (três) alternativas de resposta (A, B e C) sendo apenas uma considerada correta. 5.2. A avaliação da prova objetiva é dividida por disciplina, conforme descrito abaixo: 5.2.1. Cargo de nível escolar médio completo:

CONTINUAÇÃO

5.3.7. O candidato deverá apresentar, obrigatoriamente, um documento com foto para identificação como condição para entrada na sala de provas. Serão aceitas apenas carteiras expedidas pelos comandos militares, pelas Secretarias de Justiças Públicas, pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos, etc.). Como exemplos destes, são aceitos carteira de identidade, CNH modelo novo com foto, CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social) ou passaporte. 5.3.8. O documento de identificação do candidato deverá estar em condições para possibilitar a sua identificação, sem rasuras, adulterações e/ou violações e dentro do prazo de validade. 5.3.9. Não serão aceitas cópias, mesmo que autenticadas, para fins de identificação dos candidatos, bem como protocolos de solicitação de documentos. 5.4.0. No caso do candidato ter sido alvo de furto ou roubo dos documentos no período compreendido entre o início das inscrições e o dia da realização das provas, deverá apresentar o Boletim de Ocorrência desse fato e submeter-se, no dia da prova, ao colhimento de impressão digital, tendo seu resultado final condicionado à comprovação posterior de sua identidade, que ocorrerá conforme previsto neste Edital. 5.4.1. O não comparecimento do candidato em data, local e horário determinados, independentemente da motivação, acarretará na sua eliminação sumária deste processo seletivo. 5.4.2. Não será permitida a entrada, no prédio de realização das provas, do candidato que se apresentar após dado o sinal sonoro indicativo de início das provas. 5.4.3. Antes do início das provas, 02 (dois) candidatos certificarão que os envelopes contendo as provas estão devidamente lacrados, procedendo à sua abertura e assinando a ata de abertura. 5.4.4. Após o início da prova, o candidato deverá permanecer na sala pelo período mínimo de 30 minutos. 5.4.5. Em caso de suspeita ou tentativa de fraude de qualquer natureza durante a realização da prova, o candidato será advertido. Se constatada a fraude, será sumariamente eliminado deste processo seletivo, sendo iniciados os trâmites legais cabíveis. 5.4.6. O preenchimento da grade de respostas com eventuais rasuras, falhas de preenchimento ou entrega da folha amassada, que acarretem impossibilidade de leitura óptica é de responsabilidade do candidato. 5.4.7. As grades de respostas não serão substituídas por erro, desatenção ou falhas de preenchimento das respostas por parte do candidato. 5.4.8. O candidato, uma vez tendo ingressado no ambiente da prova, não poderá deixar a sala sem que devolva a grade de respostas, ainda que não preenchida, aos fiscais de sala. Em caso de negativa, o ocorrido será registrado em ata, sendo o candidato eliminado sumariamente do processo seletivo. 5.4.9. O tempo máximo de permanência dos candidatos, após o início da prova, é de 03 (três) horas. 5.4.10. Ao término do período destinado à prova, os 02 (dois) últimos candidatos ainda presentes em sala deverão, após a entrega das suas grades de respostas, assinar a ata de presença e o termo de encerramento das atividades. 5.4.11. Não será admitida a prorrogação do tempo de execução da prova, sob nenhum pretexto. 5.4.12. É vedado o consumo de alimentos durante a execução das provas, salvo com laudo médico apresentado no momento da aplicação da prova, sendo o consumo realizado fora da sala de provas. 5.4.13. Realização da Prova: Confirmar após termino das inscrições no Diário Oficial do Município no endereço eletrônico www.santanadoitarare.pr.gov.br ou no Jornal de circulação regional Folha Extra. 6. DA AVALIAÇÃO E DA APROVAÇÃO 6.1. Das Provas Objetivas 6.1.1. As provas objetivas serão corrigidas pela Comissão Especial de Elaboração, Aplicação e Correção de Provas, devidamente nomeada pelo Decreto Municipal nº 032/13. 6.1.2. O valor das provas objetivas é de 9 (nove) pontos, sendo que 09 (nove) questões terão valor de 0,75 (zero vírgula setenta e cinco) pontos e 01 (uma) questão dissertativa valerá 1,25(dois e vinte e cinco) pontos, correspondendo ao total de 09 (nove) questões de múltipla escolha e 01(uma) dissertativa.

5.2.1.2. 02 (duas) questões de Língua Portuguesa; 5.2.1.3. 02 (duas) questões de Matemática; 5.2.1.4. 05 (cinco) questões de conhecimento específico na área social; 5.2.1.5. 01 (uma) questão dissertativa

6.1.3. Cada questão de múltipla escolha terá 03 (três) alternativas de respostas (A, B ou C), mas apenas uma resposta correta. 6.1.4. Questões sem marcação de alternativa, ou com marcações em desacordo com as orientações de preenchimento, serão consideradas resposta incorreta.

5.2.2. Cargos de nível escolar superior completo: 5.2.2.1. 02 (duas) questões de Língua Portuguesa;

6.1.5. As provas objetivas possuem caráter classificatório e eliminatório, conforme descrito nos quadros abaixo:

5.2.2.2. 02 (duas) questões de Matemática;

6.1.6. Para todos os empregos públicos:

5.2.2.3. 05 (cinco) questões de conhecimento específico na área social; 5.2.2.4. 01 (uma) questão dissertativa 5.3. Da Aplicação das Provas Objetivas 5.3.1. As provas objetivas serão realizadas em data e horário único com tempo de duração para início e término de 03 (três) horas. 5.3.2. A confirmação da data e do horário, bem como os locais e salas onde serão aplicadas as provas estarão disponíveis no Diário Oficial do Município no endereço eletrônico www.santanadoitarare.pr.gov.br e no Jornal de circulação regional Folha Extra após o término das inscrições.

DISCIPLINA

QUESTÕES

PONTUAÇÃO

Língua Portuguesa

02

0,85 cada

Matemática

02

0,85 cada

Conhecimento Específico

05

0,85 cada

(Área Social) Dissertativa

DO CURRÍCULO

01

1,35

SUBTOTAL

10

9,00

ANALISE

01

1,00

TOTAL

11

10,00

5.3.3. O candidato deverá comparecer na data e local da prova com no mínimo 30 (trinta) minutos de antecedência do horário de início da prova, para fins de identificação e ingresso em sala.

6.1.7. As provas objetivas possuem caráter classificatório e eliminatório, sendo eliminado o candidato que não atingir, considerando a soma de acertos das questões de todas as disciplinas da prova objetiva, desempenho geral igual ou superior a 05 (cinco) pontos para todos os cargos deste Edital.

5.3.4. Não será permitido, independentemente de justificativa, o ingresso na sala de prova após o sinal de início do tempo de prova, sendo o candidato declarado excluído do concurso público por desistência.

6.1.8. Ao candidato que não alcançar o desempenho mínimo a que se refere o subitem anterior deste Edital será atribuído o status de reprovado.

5.3.5. O candidato deverá estar munido de caneta esferográfica transparente de tinta azul ou preta. Não será admitido o compartilhamento de nenhum material entre os candidatos durante a prova. 5.3.6. Não será admitido, durante a realização das provas objetivas, que o candidato utilize qualquer material de consulta ou auxílio de qualquer natureza, tais como equipamentos eletrônicos, escutas, fones, rádios, gravadores, celulares e assemelhados ou qualquer acessório de chapelaria, sob pena de eliminação imediata do candidato, caso haja recusa ao cumprimento de tal determinação. Os equipamentos eletrônicos deverão ser desligados. CONTINUA...

6.1.9. O conteúdo programático e bibliográfico está inserido no Anexo II deste Edital. 7. DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS 7.1. A solicitação de recursos previstos neste Edital só poderá ser realizada por candidatos inscritos e homologados que prestarem a referida prova. O recurso deverá ser destinado à Comissão Especial de Elaboração, Aplicação e Correção das Provas, que deverá ter seu protocolo junto à Secretaria Municipal de Assistência Social. CONTINUA...


- FEEI R I RAA, 1, 61 6D D AG SO T OD D S ESXETXAT -A F E EA G OO ST E E2 02 10 31 3- -E E DD I ÇI Ç ÃÃ O O9 99 96 6

SANTANA DO ITARARÉ CONTINUAÇÃO

7.2. Todos os recursos deverão ser apresentados na forma do modelo fornecido no local no prazo de 03 (três) dias contados a partir da publicação no Diário Oficial do Município no endereço eletrônico www.santanadoitarare.pr.gov.br e no Jornal de circulação regional Folha Extra.

Prefeito Municipal

CONTINUAÇÃO

MARCELA REGINA SOARES Secretaria Municipal de Ação Social

7.3. Não serão aceitos requerimentos de recursos administrativos de pessoas não devidamente inscritas neste Processo Seletivo.

ANEXO I

8. DA CLASSIFICAÇÃO

DAS FUNÇÕES, REQUISITOS, JORNADA DE TRABALHO, VENCIMENTOS E ATRIBUIÇÕES

8.1. Análise de Currículo e Etapa das provas

Empregos Públicos:

8.1.1. A nota final do candidato será calculada considerando-se a soma dos pontos obtidos na análise de currículo e da prova objetiva.

Requisitos: Ensino Médio e Certificado de formação na área.

8.1.2. O candidato obterá o status de aprovado caso atinja o grau mínimo de pontuação na prova objetiva, conforme determinado neste Edital. Aos demais candidatos que não atingirem o grau mínimo de pontuação, será atribuído o status de reprovado.

Vencimento Mensal: R$ 678,00

8.1.3.1. Em primeiro lugar, o candidato de idade mais elevada, conforme a Lei nº 10.741/03 (Estatuto do Idoso), sendo considerada, para esse fim, a data de aplicação das provas objetivas; 8.1.3.2. Em segundo lugar, o candidato de nacionalidade brasileira, no caso de haver candidato estrangeiro em situação de empate, conforme o estabelecido no parágrafo único do artigo 2º da Lei Complementar Nº 13.763/2011; 8.1.3.3. Em terceiro lugar, o candidato com maior nota na prova objetiva de conhecimentos específicos; 8.1.3.4. Persistindo o empate, será realizado sorteio público, que será divulgado através de Nota Informativa publicada com antecedência mínima de 3 (três) dias úteis da sua realização. 9. DA CONTRATAÇÃO:

Carga Horária: 20 horas semanais.

Atribuições: Atender aos usuários matriculados nos cursos, capacitando os alunos a produzir artesanato local. Manter o número mínimo de alunos exigido pelo SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, de acordo com ID CRAS). Tipos de artesanato: pintura em MDF, pintura em tecidos e emborrachados, tricô, crochê, fuxico e outras atividades de apoio que se fizerem necessárias. Monitor I (atendimento de crianças de 01 a 06 anos). Requisitos: Ensino Superior Completo em Educação Física ou Pedagogia. Carga Horária: 20 horas semanais. Vencimento Mensal: R$ 700,00 Atribuições: Fazer planejamento de atividades lúdicas e educativas de acordo com SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos), atendendo as crianças na faixa etária acima descrita interagindo com as mães que estarão fazendo curso de artesanato e outras atividades de apoio que se fizerem necessárias. Monitor II Requisitos: Ensino Médio Completo.

9.1. São REQUISITOS BÁSICOS para contratação através desse Processo Seletivo:

Carga Horária: 40 horas semanais. Vencimento Mensal: R$ 678,00

9.1.1. Ter a inscrição DEFERIDA neste Processo Seletivo; 9.1.2. Ter sido convocado através de Edital publicado no Diário Oficial do Município no endereço eletrônico www.santanadoitarare.pr.gov.br e no Jornal de circulação regional Folha Extra; 9.1.3. Ser brasileiro nato ou naturalizado;

Atribuições: Auxiliar os monitores e professores no cotidiano dos cursos, tais como materiais de apoio para os cursos, serviço geral de apoio na cozinha para os lanches, acompanhamento das crianças que participam dos cursos e outras atividades de apoio que se fizerem necessárias. Cabeleleiro

9.1.4. Possuir a idade mínima de 18 anos completos;

Requisitos: Ensino Médio Completo e Certificado de formação na área.

9.1.5. Ser considerado apto, através do Laudo Médico expedido pela Gerência de Saúde e Apoio Social ao Servidor deste Município; 9.1.6. Apresentar fotocópias dos seguintes documentos: RG, CPF, Carteira de Trabalho e Certidão de Quitação Eleitoral expedida pelo TSE no endereço eletrônico: http://www.tse.jus.br. 9.1.7. Apresentar, conforme o emprego, o comprovante de inscrição no órgão de classe respectivo na seccional do Paraná. 9.1.8. O candidato deverá se apresentar para assinatura do Contrato de Prestação de Serviços por Tempo Determinado no prazo não superior a 03 (três) dias úteis, a partir da expedição do Laudo Médico. 9.1.9. O não cumprimento das condições expostas neste item implicará na eliminação do candidato deste Processo Seletivo. 10. DAS DISPOSIÇÕES COMPLEMENTARES: 10.1. Não serão aceitos, pela Banca de Avaliação, documentos ilegíveis ou rasurados. 10.2. Os documentos dos candidatos indeferidos neste Processo Seletivo permanecerão em poder da Coordenação de Recrutamento e Seleção por um período de 03 (três) meses, contados a partir da data de homologação do resultado final. Após este prazo, os mesmos serão eliminados. 10.3. Será automaticamente reclassificado para o último lugar da listagem de classificação geral da respectiva função: 10.3.1. O convocado que não comparecer no prazo estipulado no Edital de Convocação; 10.3.2. A reclassificação só acontecerá uma única vez. 10.4. O candidato que for assinar contrato de prestação de serviço por tempo determinado com este Município fica ciente de que deverão ser observadas as vedações contidas nos incisos XVI, XVII e §10 do Art. 37 da Constituição Federal de 1988 e demais dispositivos legais acerca de acúmulo de cargos públicos. 10.5. No ato da assinatura do Contrato de Prestação de Serviços por Tempo Determinado, os candidatos convocados deverão apresentar Certidão de Regularidade do Conselho de Classe no Estado do Paraná. 10.6. O profissional contratado através da reserva do presente Edital, caso precise se afastar por motivo de licença médica, a partir do 16º dia de afastamento passará a receber pelo INSS. 10.7. O prazo de contratação será de 12 (doze) meses, podendo ser prorrogado por único e igual período, nos termos do art. 445, caput da Consolidação das Leis do Trabalho. 10.8. O Município de Santana do Itararé poderá rescindir o Contrato, antecipadamente, mediante motivação expressa. 10.9. A aprovação neste Processo Seletivo Simplificado não assegura ao candidato a sua contratação, mas apenas a expectativa de ser convocado seguindo rigorosa ordem de classificação.

Carga Horária: 20 horas semanais. Vencimento Mensal: R$ 678,00 Atribuições: Ministrar aulas; atender aos usuários matriculados nos cursos, capacitando os alunos a exercer a atividade proposta pelo curso; realizar cortes de cabelo, escova, química em geral, dentre outras atividades inerentes à profissão. Professor de violão Requisitos: Ensino Médio Completo e Certificado de formação na área. Carga Horária: 20 horas semanais. Vencimento Mensal: R$ 678,00 Atribuições: Ministrar aulas de violão aos usuários matriculados nos cursos oferecidos pelo CRAS; fazer planejamento de atividades lúdicas e educativas de acordo com SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos); realizar apresentações públicas quando solicitado. Advogado Requisitos: Bacharel em direito e Inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Paraná. Carga Horária: 20 horas semanais. Vencimento Mensal: R$ 1.400,00 Atribuições: Atender a demanda para assuntos jurídicos relacionados ao CRAS tendo como Público Alvo as Famílias Usuárias PBF e do Programa Família Paranaense; assessoria jurídica a estas pessoas; acompanhamento e montagem dos processos; ministrar palestras para as famílias sobre direitos e deveres do cidadão, das crianças e dos idosos; ministrar palestras a respeito do Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei Maria da Penha, dentre outras; realizar outras atividades de apoio que se fizerem necessárias. ANEXO II Conteúdo Programático e Bibliográfico Lei 12.435/2011, Resolução CNAS nº 33/2012 - Norma Operacional Básica do Sistema Único de Assistência Social -NOB/SUAS, Resolução CNAS nº 01/2013, Resolução CNAS nº 10/2012, Resolução CNAS nº 07/2012, Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais, PSB, CRAS – segundo MDS. Matemática: Grade do ensino médio básico (adição, subtração, multiplicação, divisão, porcentagem, juros simples, juros composto, problemas, regra de três, mmc, mdc). Português: Grade do ensino médio básico acentuação gráfica, fonemas, pronomes, artigos, verbos, emprego de crase, redação. Análise do currículo Analisar experiências anteriores na área, bem como cursos inerentes a cada cargo e perfil do candidato.

10.10. De acordo com a legislação em vigor, é Wenceslau Braz o foro competente para julgar as demandas judiciais decorrentes deste Processo Seletivo Simplificado.

Santana do Itararé/PR, em 14 de agosto de 2013.

10.11. Os casos omissos no presente Edital serão resolvidos pela Secretaria Municipal de Ação Social, observados os princípios e normas que regem a Administração Pública.

Prefeito Municipal

Santana do Itararé/PR, em 14 de agosto de 2013.

MARCELA REGINA SOARES

JOSÉ DE JESUS ISAC

Secretaria Municipal de Ação Social CONTINUA...

TCE aprova parecer pela regularidade das contas de 2012 do Estado dA ASSESSORiA Curitiba

Professor de artesanato

8.1.2.2 A classificação final dos aprovados será realizada pela ordem decrescente da nota final obtida neste Processo Seletivo que compreenderá a nota da prova objetiva e dissertativa e análise do currículo.

8.1.3. Na hipótese de igualdade de nota final, terá preferência, sucessivamente, para cargo, o candidato que:

BA410

EDITAIS

JOSÉ DE JESUS ISAC

Os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) aprovaram parecer prévio pela regularidade das contas do governo estadual, relativas ao exercício de 2012. Contendo oito ressalvas, oito recomendações e igual número de determinações, o parecer foi votado em Sessão Extraordinária, na tarde desta quinta-feira (15). O próximo passo é encaminhar o documento à Assembleia Legislativa, a quem cabe julgar as contas do Poder Executivo. O relator das contas do Executivo estadual este ano foi o conselheiro Nestor Baptista. A análise, realizada pelos técnicos da Primeira Inspetoria de Controle Externo (1ª ICE) do TCE, resultou em 19 cadernos, divididos por temas. O relatório – subdividido em 22 itens, do sistema de controle interno aos créditos adicionais, passando pelos investimentos em saúde, educação e saúde – e a proposta de voto totalizaram 28 páginas. Todos os arquivos, em formato multimídia, serão disponibilizados no Portal do TCE na internet (www.tce.pr.gov.br). Ao final da sessão, o Pleno acatou proposta para que o Executivo elabore um plano de ação que contemple o atendimento às ressalvas, recomendações e determinações apontadas no relatório. O documento deverá ser apresentado à Corte no prazo de 30 dias. LiquidEz De uma receita estimada em R$ 31,26 bilhões na Lei Orçamentária Anual para 2012, o Executivo do Paraná realizou R$ 27,8 bilhões, ou 89% do to-

tal previsto. A receita tributária, no ano passado, alcançou a marca de R$ 21,11 bilhões, dos quais R$ 17,75 bilhões – ou 84% – foram obtidos com a arrecadação de ICMS. Quanto às despesas, totalizaram R$ 28,5 bilhões. A liquidez do Estado foi considerada “boa” pelo relator: para cada R$ 1,00 de dívida, existe R$ 1,30 em recursos disponíveis. No entanto, os gastos com pessoal exigem atenção. O limite para este tipo de despesa, estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, é de 49% da receita corrente líquida. Porém, há um limite prudencial, fixado pela mesma norma em 95% deste total, ou 46,55% da RCL. Em 2012, o governo estadual chegou a uma despesa com pessoal correspondente a 46,67% da RCL. O relato apresentado pelo conselheiro Nestor Baptista apontou desconformidade com os gastos estaduais na área da Saúde. Segundo os cálculos feitos pelos técnicos da 1ª ICE, o Executivo aplicou 9,05% da arrecadação de impostos no setor, em 2012. Porém, a Constituição Federal estabelece como limite mínimo 12% deste valor. Enquanto o governo estadual alega que investiu 12,78% da receita de impostos no segmento, o relatório aponta uma diferença, a menos, de R$ 533 milhões: R$ 1,6 billhão foi direcionado à Saúde, quando este montante deveria ter sido de R$ 2,2 bilhões. Todas as sessões do Pleno do órgão de controle externo, que ocorrem sempre às quintas-feiras, são transmitidas ao vivo, pela TV Sinal. Em Curitiba, a emissora pode ser sintonizada no Canal 21, em UHF, 16, da NET, e 99, da TVA. Pela internet, é possível acompanhar a reunião no Portal do TCE. Basta clicar, no endereço www.tce.pr.gov.br, na imagem do Plenário, localizada no canto inferior direito da página.

FOLHA EXTRA ED 996  

FOLHA EXTRA ED 996

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you