Issuu on Google+

A1

07 DE AGOSTO DE 2013 Q U A R T A - F E I R A , 0 7 D E A G O S T O D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 8 9

QUARTA-FEIRA nº 989, ANO 10 R$ 2,00

CONTAGEM REGRESSIVA PARA EDIÇÃO Nº 1000

001 1 MEDICINA NO NORTE PIONEIRO

“ESTAMOS DANDO O PRIMEIRO PASSO” AFIRMA PRESIDENTE DA AMUNORPI

Guilherme Cury Saliba Costa, presidente da Amu- bilizar a abertura de um curso de medicina no Norte Celso Silva. Apesar de otimista, Guilherme se diz norpi (Associação dos Municípios do Norte Pionei- Pioneiro na companhia do presidente da Amunop realista e afirma que o processo deverá ser comro), esteve nos últimos dias em Curitiba para via- (Associação dos Municípios do Norte do Paraná), plexo e demorado. PÁGINA A6 - Por Lucas Aleixo ALCEU JUNIOR - FOLHA EXTRA

DIVULGAÇÃO

Vigiada pelo Pico Agudo, PR-436 entre Ibaiti e Ribeirão do Pinhal: 54 km de muita poeira

Jaboti consegue mais de R$ 1,2 milhão em recursos Lei da Lica agradece ao secretário da Pasta, Ratinho Junior, e ao governo do Estado. “Somos muito gratos ao Ratinho Junior e ao nosso governador Beto Richa, que tem dado atenção especial ao Norte Pioneiro e ao nosso município”. PÁGINA A3

WENCESLAU BRAZ

Vereadores discutem sobre Plano Diretor

Rodovia que liga Ibaiti a Rib. do Pinhal pode enfim ter asfalto

PR-436 corta três povoados que juntos somam cerca de três mil habitantes PÁGINA A6

Durante a sessão o vereador, Luiz Alberto Antonio, Beto do Esporte (PSDB) sugeriu aos outros vereadores a alteração da Rua Expedicionários, em frente ao Colégio São Tomaz de Aquino, passando de via com mão dupla para mão única. “Em frente àquele colégio tem muito movimento e o tráfego de mão dupla deixa a rua ainda mais perigosa, então é um ponto para pensarmos”, declarou. Beto relembrou, também, sobre melhorias na remuneração dos técnicos de enfermagem. PÁGINA A3

FALANDO SÉRIO

Em Curitiba A viagem de diversos prefeitos do Norte Pioneiro à capital paranaense tem rendido bons frutos e pode se reverter em melhorias concretas e muito aguardadas pela região. Duas delas são destaques desta edição da Folha Extra. LEIA NA PÁGINA A3

COMIDA CASEIRA DE SABOR ÚNICO

O Restaurante Marissol, está sempre inovando para oferecer a seus clientes o que há de melhor em alimentação. Cardápio variado com carnes, saladas, acompanhamentos e bebidas para o seu almoço, isso sem falar naquele suco natural delicioso.

Rua Santos Dumont, 128 -sobre loja- centro Em frente a praça da matriz SEMPRE NO ALMOÇO DE SEGUNDA À SÁBADO A PARTIR DAS 11:20HS


Q UARTA- F E I RA, 0 7 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 8 9

A2

OPINIÃO

COMIDA CASEIRA DE SABOR ÚNICO

ARTIGO

ARTIGO

Advogado, jornalista, escritor e professor universitário. É autor de vários livros individuais e participou de mais quarenta obras coletivas.

Por ASSIS DA COSTA OLIVEIRA Professor da Faculdade de Etnodesenvolvimento da Universidade Federal do Pará, Belém, PA

Ações Afirmativas: e eu com isso? Se você é estudante de escola pública ou privada já deve ter ouvido falar de cotas nas universidades, e sabe quais as implicações delas na vida acadêmica. Desde 2002, diversas universidades públicas brasileiras têm implementado modalidades de ações afirmativas – como as cotas – para permitir o ingresso diferenciado para determinados grupos sociais, como negros e indígenas. Desde 1968, quando técnicos do Ministério do Trabalho e do Tribunal Superior do Trabalho se mostraram favoráveis à criação de lei que obrigasse as empresas privadas a manter uma porcentagem mínima de empregados negros, o Estado brasileiro e a iniciativa privada têm promovido políticas afirmativas em diferentes âmbitos da vida social – relações empregatícias, serviços de saúde, sistema eleitoral e na educação – voltadas para o enfrentamento imediato de barreiras econômicas, sociais e/ou culturais que dificultam a inclusão social. No âmbito educacional, as políticas afirmativas têm por propósito compensar, em parte, a gritante desigualdade e exclusão preconizada pelas práticas tradicionais de ingresso e permanência universitária, que não levam em conta: 1) as disparidades da formação básica dos estudantes de escolas públicas para com os de escola privada, além do percentual mínimo de ingresso de estudantes negros e indígenas; 2) as dificuldades de permanência do estudante durante o percurso acadêmico, o que exige “novos acessos” diferenciados a recursos econômicos e materiais que subsidiem a formação pedagógica e a qualidade de vida. Sem dúvida, a “onda” do momento são as cotas, modalidade em que parte das vagas do vestibular é separada para ser concorrida exclusivamente por estudantes de determinado público-alvo, como estudantes negros (cotas raciais), de baixa renda ou oriundos das escolas públicas (cotas sociais) e estudantes indígenas (cotas étnicas). Cabe lembrar que atualmente as cotas vêm sendo preteridas, em muitas instituições, por outras modalidades de ingresso diferenciado, a exemplo das reservas de vagas – em que um público-alvo específico concorre em vestibular diferenciado, que ocorre separado do vestibular tradicional, a fim de respeitar a diversidade sociocultural – e as turmas especiais – em que toda uma turma (ou curso) é criada para incluir somente estudantes oriundos de um determinado público-alvo. Assim é o Curso de Et-

Por JOÃO CARLOS JOSÉ MARTINELLI

nodesenvolvimento, da Universidade Federal do Pará, criado em 2010 para incluir estudantes pertencentes aos povos e comunidades tradicionais e aos movimentos sociais. De modo geral, o debate sobre as ações afirmativas apresenta-se marcado pela polarização dos discursos entre favoráveis e contrários, tendo em vista, basicamente, duas perguntas: estas políticas são justas? E mais, elas funcionam? Em primeiro lugar, a ideia de justiça está vinculada à concepção de igualdade e liberdade que cada posição enfatiza. Para os contrários às ações afirmativas, estas violariam o princípio da igualdade entre as pessoas ao outorgar “privilégios” de promoção social a determinados segmentos ou indivíduos. Isto resultaria numa afronta ilegal à liberdade de concorrência, que toma como medida a capacidade intelectual de cada um para alcançar, por méritos próprios, as oportunidades e os objetivos de vida. Por outro lado, os defensores das ações afirmativas procuram enfatizar que a livre concorrência ao “sabor do mercado” é uma forma de permitir a manutenção das exclusões sociais historicamente estabelecidas, principalmente porque isenta o Estado da responsabilidade de intervenção nas relações de poder que estabelecem condições sociais desfavoráveis à inclusão e participação de determinados grupos. E quanto ao funcionamento ou eficácia das ações afirmativas em realizar aquilo que promete, será que isto ocorre? Apesar do breve período de existência de políticas afirmativas nas universidades brasileiras, estudos recentes demonstraram que estudantes cotistas têm alcançado notas iguais ou melhores do que estudantes não cotistas nos cursos universitários. Neste caso, o melhor caminho seria observar países onde as ações afirmativas existem há mais tempo, como nos Estados Unidos, cujo início data do final da década de 1960, e os resultados têm sido muito promissores na tarefa de incluir os negros nas universidades e nos empregos bem remunerados, além de fortalecer o respeito à diversidade racial.

Comente o artigo www.JP5.com.br

CHARGE DA EXTRA

www.juniao.com.br

Uma semana de profundas reflexões

É

profundamente lamentável que, nesta época, muitos só pensem nos feriados prolongados,

nas viagens planejadas, nos descansos brandos, na gastronomia variada e em tantas outras atividades estritamente prazerosas. Caracterizam-na como um período recreativo e, ainda, incentivados por um consumismo desenfreado, elegem uma nova data para o comércio faturar com ovos e coelhinhos de chocolate. Essa indiferença demonstra que o egoísmo e o individualismo prevalecem na atualidade, provocando uma inversão de valores. Alguns passam a seguir uma trilha vulnerável às questões espirituais, mas fortemente afeita às coisas materiais, de tal sorte que somente são considerados aqueles que detêm grandes riquezas terrenas. Um quadro vergonhoso, deturpador dos verdadeiros princípios e manifestamente alienante em relação a terceiros, que diariamente sucumbem sem alcançarem as suas aspirações básicas para que possam viver dignamente. No entanto, com sua ressurreição,

Jesus inaugurou uma nova era para a humanidade, decretando a vitória da vida sobre a morte e apontando a libertação como o ideal maior de todo o indivíduo, o que nos impõe implicações éticas de nossa conduta, quer como

finidos; do desânimo diante das dificuldades para o estímulo de verdadeiras conquistas; da ganância que isola para o desapego e a fraternidade, e do pecado para a graça. Efetivamente, precisamos de muita coragem e determina-

são submetidos milhões de seres humanos, atingidos por diversas formas de exclusão regional, étnica e cultural. A libertação integral do ser humano só se efetivará através de sua formação educacional, acesso à saúde, melhores

Não é mais possível convivermos com a desconsideração extrema a qual são submetidos milhões de seres humanos, atingidos por diversas formas de exclusão regional, étnica e cultural. A libertação integral do ser humano só se efetivará através de sua formação educacional, acesso à saúde, melhores condições de trabalho, salários compatíveis e respeito irrestrito à dignidade.

cristãos, quer como cidadãos: a solicitude pelos pobres, migrantes e excluídos; a educação em favor da paz; a defesa dos direitos humanos; a promoção da saúde e da moradia; a luta ecológica e a formação político-cristã do povo. Para que alcancemos tais propósitos, precisamos compreender o momento pascal como passagem do egoísmo que acumula para a partilha do amor que divide; da tristeza e do vazio existencial para a alegria de horizontes de-

ção, pois num mundo onde o TER pode mais que o SER, as atitudes de desapego se tornam extremamente difíceis. O Domingo de Ramos, que abre solenemente a Semana Santa, com lembrança das Palmas e da Paixão, da entrada de Jesus em Jerusalém, convida-nos a ingressarmos numa nova dimensão, mais espiritual e a qual nos fortalece para mudarmos o sórdido quadro atual. Não é mais possível convivermos com a desconsideração extrema a qual

condições de trabalho, salários compatíveis e respeito irrestrito à dignidade. Aproveitemos a ocasião para anunciar com ênfase o valor da vida e do amor como critério fundamental na construção de uma nova era.

Comente o artigo www.JP5.com.br

ARTIGO Por ESCRITOR DO RECANTO DAS LETRAS Escritor do Recanto das Letras

A Ilha de Maré

A

Ilha de Maré é uma das ilhas da baía de Todos os Santos, pertencendo ao município de Salvador, no estado da Bahia. Situada à leste da baía, fica a 5 km do bairro de São Tomé de Paripe, cuja travessia se realiza em barcos que saem de 20 em 20 minutos, partindo do Terminal Marítimo de São Tomé de Paripe com destino aos povoados de Nossa Senhora das Neves, Botelho, Praia Grande e Santana de Maré. Embora pertencente ao município de Salvador, a ilha de Maré está mais próxima dos municípios de Madre de Deus e Candeias. A ilha tem 13,87 km2, quilômetros quadrados de superfície. Inicialmente habitada pelos Abaporu, um grupo indígena pertencente à nação Tupinambá, que também habitava a Ilha de Itaparica e outras ilhas próximas. Os Abaporu eram exímios navegadores além de grandes nadadores. Mais tarde, africanos de etnia nagô, que vieram a nado do continente, fugidos da escravidão, formaram um quilombo onde hoje é o povoado de Praia Grande e ainda se comunicam através do yorubá, a língua-mãe, trazida da longínqua África e cultivada por eles. É nesse povoado que a população produz os típicos doces de banana na palha e com a canabrava, muito abundante na ilha, confeccionam cestos e diversos tipos de artesanato. Ainda em Praia Grande há o típico samba de roda da ilha que ainda segue a tradição nagô.

Apesar de suas belezas naturais, a ilha de Maré vive pleno estado de abandono. Grande parte da população da Ilha de Maré vive da pesca e da agricultura familiar. Há uma parte da população que trabalha no continente. O povoado de Nossa senhora das Neves é o mais visitado pelos turistas que vão à ilha. A igreja de Nossa Senhora das Neves, uma das mais antigas do Brasil, construída pelo padre Bartolomeu Pires, data do século XVI. Os festejos populares mais visitados são a festa de Nossa Senhora das Neves e a festa de Bom Jesus do Amparo. A ilha possui numerosas praias de areia branca e fina. Em seu entorno existem também vários manguezais. A sua vegetação é de Mata Atlântica. Pode ser encontrada também uma abundância de mangueiras, bananeiras, coqueiros, cajueiros e outros tipos de árvores frutíferas comuns na região. O povoado de Santana das Neves ou Santana de Maré, o mais populoso, é considerado o centro da ilha. A sua igreja de Senhora Santana, data do século XIX. A ilha possui cerca de doze povoados, como o de Nossa Senhora das Neves. Os povoados de Itamoabo e Santana das Neves ou Santana de Maré são famosos pelo artesanato de rendas de bilro. Botelho, Praia Grande, Bananeiras, Martelo, Porto dos Cavalos.

Comente o artigo www.JP5.com.br

DIVULGAÇÃO

Grande parte da população da Ilha de Maré vive da pesca e da agricultura familiar. Há uma parte da população que trabalha no continente.


Q UARTA- F E I RA, 0 7 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 8 9

COLUNA DA PÁGINA FALANDO SÉRIO

Prefeitos do Norte Pioneiro em Curitiba A viagem de diversos prefeitos do Norte Pioneiro à capital paranaense tem rendido bons frutos e pode se reverter em melhorias concretas e muito aguardadas pela região. Duas delas são destaques desta edição da Folha Extra: a viabilização de um curso de medicina para a região e a pavimentação da PR-436, entre Ibaiti e Ribeirão do Pinhal, em um trecho de 54 km de extensão. A expectativa agora é para que essas boas notícias se concretizem, já que ambas são fundamentais para o desenvolvimento econômico e social do Norte Pioneiro e são velhas lutas de políticos, lideranças e também população deste pedaço do Paraná.

Curso de medicina Embora exista um grande esforço para que o Norte Pioneiro finalmente tenha um curso de medicina, não se pode deixar o realismo de lado e ter a ciência de que está será uma luta árdua e demorada. Por hora, o presidente da Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro), Guilherme Cury Saliba Costa, e o presidente da Amunop (Associação dos Municípios do Norte do Paraná), Celso Silva, estão unindo forças para que em um dos municípios dessas duas associações exista um curso. Depois de estudos, se e quando conseguir o curso, aí ficaria definido a cidade exata onde o curso de medicina seria implantado. Claro que se novamente os municípios da Amunorpi foram preteridos (assim como aconteceu no caso do aeroporto do Norte Pioneiro, que acabou indo para Bandeirantes e causando uma enorme frustração na região) e, por exemplo, Bandeirantes for a escolhida, ainda é melhor um curso por lá do que em lugares ainda mais distantes.

Pavimentação da 436

VIDA PÚBLICA

A3 WILLIAN NUNES - FOLHA EXTRA

Vereadores de Weceslau braz discutem sobre Plano Diretor

Após alguns dias sem sessões, a câmara de vereadores de Wenceslau Braz voltou a reunir-se para solicitar melhorias para o município; em pauta estava melhorias na praça matriz do município e regulamentação do Plano D wiretor DA REDAÇÃO

Depois de algumas semanas sem sessão, a câmara de vereadores de Wenceslau Braz voltou a reunir-se nesta terça-feira, 06. Em pauta estava à solicitação para melhorias na praça da

matriz do município e a regulamentação do plano diretor. Durante a sessão o vereador, Luiz Alberto Antonio, Beto do Esporte (PSDB) sugeriu aos outros vereadores a alteração da Rua Expedicionários, em frente ao Colégio São Tomaz de Aquino, passando de via com mão dupla para mão única. “Em frente àquele colégio tem muito movimento e o tráfego de mão dupla deixa a rua ainda mais perigosa, então é um ponto para pensarmos”, declarou.

Beto relembrou, também, sobre melhorias na remuneração dos técnicos de enfermagem. “Isso é um descaso com técnicos de enfermagem, que se dedicaram ao estudo, para hoje dar o melhor de si nos hospitais e centros de atendimento, então temos que olhar com bons olhos para esses profissionais, que merecem nosso respeito”, ressaltou. A reunião contou com a presença de todos os vereadores e populares. O presidente, Ademar Aparecido Gar-

denal (PSD) aproveitou para agradecer a presença dos participantes e enaltecer a importância da participação do povo brazense durante as reuniões. “Só participando o povo vai entender como é o nosso trabalho, reivindicar seus direitos e ver as melhorias que acontecem todos os dias”, ressalvou ao finalizar o encontro. As sessões acontecem todas as terças-feiras, 9h00 na câmara do município.

Jaboti consegue mais de R$ 1,2 milhão em recursos Prefeito do município, Lei da Lica, esteve em Curitiba durante a semana passada e conseguiu as verbas junto a secretaria do Desenvolvimento Urbano DIVULGAÇÃO

Agora, mais próximo de se tornar realidade é a pavimentação do trecho de 54 km da PR-436 entre Ibaiti e Ribeirão do Pinhal. Finalmente, já que o projeto original para a pavimentação é de 1988. Esse projeto, do governo do Estado, será reutilizado, claro que após passar por readequações. A região deve comemorar e muito, porque finalmente um governo não passará quatro anos olhando apenas para a capital e regiões maiores, mas também dando atenção a outras regiões, como o caso do Norte Pioneiro, que tem em Beto Richa provavelmente o governador que mais fez pela região.

Estava na cara Apenas 6% da demanda de médicos do SUS (Sistema Único de Saúde) será atendida por médicos brasileiros através do programa Mais Médicos. São 938 profissionais que se interessaram pelas 15.460 vagas disponíveis. Os médicos os brasileiros selecionados optaram por apenas 404 dos 3.511 municípios do interior do país e de periferias de grandes centros urbanos que demandaram médicos do programa federal. Outros 1.920 inscritos, estrangeiros ou brasileiros formados no exterior, só agora poderão ser chamados. Diante da baixa adesão, o Ministério da Saúde decidiu permitir que os profissionais brasileiros que já escolheram um município para trabalhar, mas não haviam homologado a presença ou não foram alocados, possam escolher novos locais para atuar durante o contrato de três anos. Eles terão até a próxima quinta (8) para fazer uma nova escolha. Simultaneamente a esse prazo, o governo irá selecionar os profissionais do exterior que se inscreveram para o Mais Médicos. Os 1.920 candidatos com registro profissional no exterior também terão até quinta para escolher municípios, habilitandose às vagas dispensadas por brasileiros. A relação dos estrangeiros que serão contratados será publicada em 13 de agosto.

Lei da Lica agradece ao secretário da Pasta, Ratinho Junior, e ao governo do Estado

DA REDAÇÃO O município de Jaboti terá nos próximas dias mais de R$ 1,2 milhão em recursos vindo do governo do Estado para a execução de obras. A notícia foi dada pelo prefeito Lei da Lica (PSDB),

que esteve em Curitiba na semana passada e conseguiu os recursos junto a secretaria do Desenvolvimento Urbano. “Para nós é uma grande alegria conseguir esses recursos que são fundamentais para nossa administração e pro próprio município, já que são benfeitorias que eram um antigo de-

“Para nós é uma grande alegria conseguir esses recursos que são fundamentais para nossa administração e pro próprio município, já que são benfeitorias que eram um antigo desejo de toda nossa população e uma necessidade também”, destaca o prefeito de Jaboti

sejo de toda nossa população e uma necessidade também”, destaca o prefeito de Jaboti. Desse valor total, serão R$ 50 mil para o desenvolvimento de um Plano Diretor Municipal, R$ 300 mil para pavimentação do bairro da Água Branca, R$ 300 mil para obras de acessibilidade e outros R$ 600 mil para pavimen-

tação de passeios e ruas do município. Lei da Lica agradece ao secretário da Pasta, Ratinho Junior, e ao governo do Estado. “Somos muito gratos ao Ratinho Junior e ao nosso governador Beto Richa, que tem dado atenção especial ao Norte Pioneiro e ao nosso município”.


Q UARTA- F E I RA, 0 7 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 8 9

COTIDIANO

Feira Internacional do Café será realizada em Jacarezinho ASSESSORIA Jacarezinho

O maior evento da cafeicultura do Paraná acontece no Centro de Eventos de Jacarezinho nos dias 2, 3 e 4 de outubro. Trata-se da sexta edição da Feira Internacional de Cafés Especiais do Norte Pioneiro do Paraná (FICAFÉ 2013) um evento de negócios, que visa aproximar cafeicultores e compradores de cafés especiais e certificados de todo o mundo. A cerimônia de abertura será no dia 3 de outubro. Um dos atrativos da FICAFÉ é a

realização de eventos técnicos para capacitar os produtores, no dia 2 de outubro. Na edição de 2013 será realizado o II Simpósio de Difusão Tecnológica do Norte Pioneiro do Paraná. Os temas das palestras serão: “Gestão da mecanização da lavoura cafeeira” e “Manejo da produção da lavoura cafeeira para sustentabilidade”. O Projeto de Cafés Especiais é uma iniciativa do Sebrae/PR e da ACENPP com o objetivo de incentivar a produção de cafés especiais e certificados para aumentar a lucratividade da agricultura familiar e diminuir a evasão do homem do campo. “O Projeto mudou a rea-

lidade dos cafeicultores do norte pioneiro, que deixaram de produzir café commodity e direcionaram a produção para o mercado de cafés de qualidade”, afirma o consultor do Sebrae/PR, Odemir Capello. O prefeito de Jacarezinho Sérgio Eduardo de Faria, o Dr. Sérgio (DEM), destaca que o evento é conhecido nacionalmente. “Existe uma expectativa de público de aproximadamente 4 mil pessoas. Temos um orçamento que já foi colocado para incentivar a Feira. Estamos estudando para aumentar esta parceria para uma maior expansão”, comenta Dr. Sérgio. A FICAFÉ 2013 é uma realização

do Sebrae/PR, ACENPP, Cooperativa de Cafés Especiais Certificados do Norte Pioneiro do Paraná (COCENPP), além do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SEAB), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), da Associação dos Municípios Norte Pioneiro (Amunorpi), da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep), do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Paraná (CREA-PR) e do Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi). DIVULGAÇÃO

RIBEIRÃO CLARO

Conferência Municipal de Cultura define delegados Durante o evento foram aprovadas as propostas discutidas durante uma reunião técnica feita no dia 29 de julho na Biblioteca Cidadã, com a participação do Conselho Municipal de Cultura e Associação Cultural Diferenciart ASSESSORIA Ribeirão Claro

A 1ª Conferência Municipal de Cultura de Ribeirão Claro, realizada na segunda-feira (5), às 19h no Salão Nobre da prefeitura, escolheu os delegados para a Conferência Estadual de Cultura. Mais de 70 pessoas prestigiaram o evento, incluindo o prefeito Geraldo Maurício Araújo (PV ), a primeira-dama, Cleide Maria Baggio Araújo, da diretora do De-

partamento Municipal de Cultura, Narda Helena Jorosky, vereadores, servidores públicos e representantes da sociedade. A conferência contou com a apresentação do Coral Municipal de Ribeirão Claro, que cantou o hino do município. Durante o evento foram aprovadas as propostas discutidas durante uma reunião técnica feita no dia 29 de julho na Biblioteca Cidadã, com a participação do Conselho Municipal de Cultura e Associação Cultural Diferenciart. Também foram eleitos os delegados e suplentes que representarão o município em conferências de âmbito estadual e federal. As

CHEFE DO DEPARTAMENTO DE CULTURA DE RIBEIRÃO CLARO, NARDA JOROSKY propostas tinham como pressupostos os quatro eixos enviados pelo Ministério da Cultura. Narda Helena Jorosky, Lucas da Silva Fermiano e Kelfyson Gonçalves Kafler foram eleitos delegados. Juceli Aparecida Spaduto, Felizardo Zeferino Codonhoto Filho e Andréia Gavioli foram escolhidos como suplentes. O objetivo geral da 1ª Conferência Municipal de Cultura de Ribeirão Claro foi promover ampla reflexão sobre uma política de estado para a cultura e desafios do Sistema Nacional de Cultura. Para ajudar na discussão, o encontro contou com

a palestra da ex-prefeita de Jacarezinho, Valentina Helena de Andrade Toneti, tratando sobre as ações da cultura em nossa região. Segundo a diretora do Departamento Municipal de Cultura, Narda Helena Jorosky, a conferência foi produtiva. “Ficamos muito felizes com a participação de vários vereadores e autoridades de nosso município”, resumiu. O prefeito Geraldo Maurício Araújo parabenizou o trabalho feito em prol da cultura no município e reiterou o apoio da prefeitura aos projetos do Departamento Municipal de Cultura.

A4 COLUNA DA PÁGINA SUSTENTABILIDADE

Feira quer movimentar R$ 40 milhões em Castro A inclusão de dinâmicas de máquinas na programação da 13° Agroleite, feira agropecuária voltada ao setor leiteiro, em Castro, na região dos Campos Gerais, deve impulsionar o número de negócios. O evento começa na próxima segunda-feira (12) e segue até sexta-feira (16). Este ano, além do maquinário exposto nos estandes, os produtores terão a oportunidade de acompanhar o desempenho dos equipamentos durante os três dias. O objetivo da ação é repassar aos produtores os avanços tecnológicos obtidos pelas indústrias de máquinas. As demonstrações de campo a partir de quarta-feira (14). "É uma semana de oportunidades tanto para as empresas do setor como para os produtores. A Agroleite é uma plataforma para lançamentos", define Frans Borg, presidente da cooperativa Castrolanda, organizadora da feira. O executivo acredita na superação dos R$ 40 milhões em negócio da edição anterior. A novidade também traz boas expectativas para os bancos presentes no evento. Para o superintendente da agência paranaense do Banco Regional do Desenvolvimento Econômico (BRDE), Paulo Cesar Starke Junior, as demonstrações podem ajudar na tomada de decisão do produtor. "Acaba resolvendo alguma dúvida pontual", diz. A entidade financeira não trabalha com um valor fixo de oferta de crédito para o evento. Porém, os contatos realizados no local devem contribuir para superar o volume de negócios nos próximos 12 meses em relação aos R$ 6,7 milhões fechados entre julho do ano passado e junho deste ano. "A instalação de novas unidades industriais da Castrolanda e Batavo deve gerar novas demandas", aponta Starke. As duas cooperativas estão construindo uma Unidade de Beneficiamento de Leite (UBL), na cidade de Itapetininga, interior de São Paulo. Já a cooperativa de crédito Sicredi Campos Gerais chega a Agroleite disponibilizando R$ 10 milhões aos produtores. Na edição 2012 da Agroleite, a entidade fechou R$ 8 milhões em negócios. "A região dos Campos Gerais, em especial as cidades de Castro e Carambeí, é considerada a maior bacia leiteira do país. O Sicredi, como agente financeiro, pode ajudar o produtor na aquisição de novos equipamentos", ressalta Lauro Osmar Schneider, presidente da Sicredi Campos Gerais. No Banco do Brasil, principal agente financiador da safra brasileira, a expectativa é prospectar cerca de R$ 30 milhões para chegar a metade do valor em negócios concretizados. No ano passado, por meio dos contatos realizados durante a Agroleite, a entidade fechou R$ 13 milhões. "Toda a demonstração [dinâmica de campo] é melhor para o produtor. Isso mostra a preocupação da promotora com a valorização do evento", aponta Pablo da Silva Ricoldy, gerente de agronegócio do Banco do Brasil. A organização prevê que mais de 80 mil pessoas passem pelo Parque de Exposição Dario Macedo durante os cinco dias de evento. GAZETA DO POVO


Q UARTA- F E I RA, 0 7 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 8 9

COLUNA DA PÁGINA OCORRÊNCIAS

Traficantes são presos em Siqueira Campos A polícia militar de Siqueira Campos prendeu um grupo de pessoas por tráfico de drogas no município, durante a festa do Bom Jesus da Cana Verde, neste domingo, 4. A polícia recebeu informações de que os indivíduos estariam hospedados em um hotel em Siqueira Campos e ficaram observando durante algum tempo. Quando quatro suspeitos saíram do hotel, foram abordados pela polícia e verificado que carregavam drogas. Os PMs foram até o hotel e com autorização de um funcionário foram até o quarto onde encontraram mais um membro da quadrilha e em busca pelo cômodo encontraram pedras de crack, três aparelhos celulares e R$ 131,60. 2ºBMP/REDAÇÃO

Mulher é agredida durante roubo em Bandeirantes Uma mulher foi agredida durante um roubo na segunda feira (5), em Bandeirantes. A vítima sofreu um corte na cabeça e precisou ser atendida pelos socorristas do SAMU. O fato aconteceu na Rua Luiz Corsi, onde o agressor roubou os documentos da vítima que estava embriagada e se evadiu do local.

A5

OCORRÊNCIAS

PM apreende drogas com adolescentes em Ibaiti DA REDAÇÃO

A Polícia Militar apreendeu nesta segunda-feira (5) uma razoável quantidade de drogas e dois adolescentes acusado de estarem traficando em uma escola do município. A prisão aconteceu após aproximadamente sessenta dias de diligências investigativas acerca do tráfico de drogas que estava sendo praticado por dois adolescentes de 15 e 14 anos de idade, numa casa habitada somente por adolescentes com registros de infrações penais. Os policiais militares acabaram encontrando vários invólucros de maconha, pertencente aos adolescentes, pesando a quantidade de 490 gramas. Na época das diligências investigativas, além da comercialização de drogas na mencionada casa, ainda houve denúncias dando conta que o menor de 15 anos, também estaria vendendo drogas junto ao maior estabelecimento escolar da cidade de Ibaiti, onde ele inclusive estudava, sendo as denúncias oriundas

de outros alunos, bem como pais, além de registro através do telefone 181 – Narcodenúncia. O adolescente investigado acabou sendo flagrado pelos policiais militares junto ao interior da escola, e em horário de aula, na posse de um invólucro plástico na cor laranja, contendo maconha, pesando aproximadamente 5,1 (cinco, um) gramas, e assim, diante de informações dando que possuía mais drogas na casa frequentada pelos adolescentes, os policiais militares se dirigiram para o local, onde encontraram como uma sa-

cola plástica, contendo em seu interior onze invólucros grandes na cor branca com maconha, pesando aproximadamente 482 gramas. Durante as buscas, também foi apreendido, a quantia de R$ 52 em dinheiro, e ainda, dois “dichavadores de maconha”, um invólucro na cor preta, contendo resquícios aparentemente de crack, e outros objetos provavelmente utilizados para embalar as drogas (sacolas plásticas, faca, e outros). Todos os envolvidos e apreen-

sões foram encaminhados para 37ª Delegacia Regional de Polícia de Ibaiti. “A parceria entre a polícia e a comunidade atualmente no combate ao narcotráfico é primordial, principalmente quando se trata do ambiente escolar, pois é na escola que as nossas crianças e adolescentes passam a maior parte do tempo, sendo então porta de entrada para a ação dos traficantes” disse o tenente Coronel Antonio Carlos de Morais, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar . DIVULGAÇÃO

Definidos os mandos de campo da Copa do Brasil

ESPORTES

DIVULGAÇÃO

COLUNA DA PÁGINA RAPIDINHAS

Lyoto sai do topo após derrota A derrota para Phil Davis no UFC 163, realizado no último sábado, no Rio de Janeiro, custou a Lyoto Machida a primeira posição no ranking meio-pesado do Ultimate. O brasileiro foi ultrapassado por Alexander Gustafsson, adversário do campeão Jon Jones no UFC 165, no dia 21 de setembro. Davis, por sua vez, saiu do sétimo lugar e agora é o quarto. Apenas mais um lutador que se apresentou no UFC 163 teve sua colocação alterada. O peso-mosca John Lineker agora é o sexto. No último ranking, ele estava em sétimo e trocou de posição com Louis Gaudinot depois de vencer José Maria "No Chance" no Rio.

AGÊNCIAS

Em um hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, foram definidos nesta terça-feira os mandos de campo das oitavas de final da Copa do Brasil. No início da tarde os confrontos haviam sido sorteados. Agora, também por meio de sorteio, os clubes puderam saber onde jogarão primeiro, em seus domínios ou no

estádio do adversário. O Corinthians vai atuar inicialmente fora de casa, no Mato Grosso, depois em São Paulo diante do Luverdense; o Santos abre o desafio com o Grêmio em casa, depois vai a Porto Alegre; o Inter enfrenta o Salgueiro no Rio Grande do Sul, depois vai a Pernambuco; o Palmeiras joga primeiro em São Paulo, depois vai ao Paraná contra o Atlético-PR; o Fluminense pega o Goiás no Rio de Janeiro, para depois ir a Goiânia; o Vasco inicia a longa viagem fora de casa, em Manaus, em seguida volta ao Rio; enquanto isso o Botafogo encara o Atlético-MG como mandante para depois ir a Minas Gerais; por outro lado, o Cruzeiro joga a primeira em Minas, depois visita o Flamengo. As datas exatas das partidas ainda não foram definidas. O certo é que as partidas de ida acontecerão nos dias 21 e 22 de agosto, com as de volta entre 28 e 29 do mesmo mês.

ENTENDA COMO FUNCIONOU O SORTEIO Mais cedo ocorreu a definição dos confrontos. No pote A do sorteio estavam os clubes que disputaram a Taça Libertadores - Atlético-MG, Corinthians, Fluminense, Grêmio e Palmeiras, mais o Vasco, quinto do Brasileiro 2012 e que substituiu o São Paulo. O Tricolor paulista disputará a Sul-Americana por ser o atual campeão e não entrará na Copa do Brasil. Completaram o primeiro pote Flamengo e Internacional, melhores ranqueados na CBF e desde a primeira fase participando do torneio. No pote B estavam clubes em piores colocações no ranking da entidade e que também disputam a Copa do Brasil desde o início. São eles Atlético-PR, Botafogo, Cruzeiro, Goiás, Luverdense, Nacional-AM, Salgueiro e Santos.

Cada confronto das oitavas necessariamente tinha de ser formado por um time do bloco A e um do bloco B. Primeiro, foram sorteados todos os times do bloco A, e só depois foram conhecidos seus adversários. O sorteio do bloco A foi dividido em quatro duplas, com base mais uma vez no ranking da CBF. A primeira dupla foi formada por Fluminense (1º do ranking) e Corinthians (2º); a segunda, por Vasco (3º) e Grêmio (5º); a terceira, por Inter (6º) e Flamengo (7º); a quarta, por por Palmeiras (8º) e Atlético-MG (12º). Para cada time da dupla, foi sorteado um lado do diagrama (esquerdo ou direito) e qual jogo daquele lado ele fará (jogo 1, 2, 3 ou 4). Na sequência, obedecendo o ranking, foram sorteados os times do pote B e o jogo de cada equipe.

Tiago Camilo treina para não ver medalha escapar Um título mundial é forjado à base de muito treino e sacrifício. Um deslize, porém, pode colocar tudo a perder, ainda mais se a derrapada acontecer a menos de um mês da competição. Campeão mundial no Rio de Janeiro em 2007, Tiago Camilo aposta na concentração para repetir a dose este ano, em mais um Mundial na Cidade Maravilhosa. Com duas medalhas olímpicas no currículo e na reta final de treinos para o torneio mais importante de 2013, o judoca de 31 anos e um dos mais experientes da seleção brasileira garante: não se ganha uma medalha em 20 dias, mas se perde uma. “Você não forja um campeão em 20 dias. Não se ganha uma medalha em 20 dias, mas você perde uma. Agora, faltando menos de um mês, é hora de ajustar os treinos, intensificar, acertar os detalhes. É a finalização do trabalho. É hora de treinar, de descansar, de controlar o peso. Você ainda tem tempo para lapidar alguns golpes, apurar algumas técnicas e estudar os adversários. Se você não fizer isso, pode colocar tudo a perder e acabar vendo a medalha escapar”.


Q UARTA- F E I RA, 0 7 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 8 9

DESTAQUE LUCAS ALEIXO - FOLHA EXTRA

NORTE PIONEIRO

A6 LUCAS ALEIXO - FOLHA EXTRA

A favor da região, especificamente de Santo Antonio da Platina, pesa a existência do Hospital Regional, que tem recebido cada vez maiores investimentos do governo do Estado

Lideranças se reúnem na busca por curso de medicina Presidente da Amunorpi, Guilherme Cury Saliba Costa, e presidente da Amunop, Celso Silva, estiveram em Curitiba conversando com deputados e secretários estaduais para tentar a implantação do curso na região

LUCAS ALEIXO Wenceslau Braz

Um antigo sonho do Norte Pioneiro pode estar dando os primeiros passos para se tornar realidade: a implantação do curso de medicina na região. O prefeito de Tomazina e presidente da Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro), Guilherme Cury Saliba Costa

(PSD) e o prefeito de Bandeirantes e presidente da Amunop (Associação dos Municípios do Norte do Paraná), Celso Silva (PDT), estiveram em Curitiba nos últimos dias reunidos com deputados e secretários estaduais para tentar a implantação do curso na região. “Estamos começando um processo que já devia ter sido iniciado há alguns anos, e não foi. Então agora é correr atrás do prejuízo. Sou otimista, mas também tenho que ser realista, porque para abrir um curso de medicina é sempre muito complicado, e existem outras regiões que estão na nossa frente”, afirma Guilher-

Trecho de 54 km da PR-436, entre os dois municípios, é de terra e DER deve resgatar um antigo projeto de pavimentação para rodovia

LUCAS ALEIXO Ibaiti

O trecho da PR-436, entre Ibaiti e Ribeirão do Pinhal pode finalmente ser asfaltado, dando fim aos 54 km de muita poeira em dias de sol e lama em dias de chuva que dificultam a locomoção de moradores das redondezas e atrapalha o escoamento da safra da região. O governo do Estado anunciou nesta terça-feira (6) que pretende, através do DER (Departamento de Estradas e Rodagem) resgatar um antigo projeto da rodovia, de 1988, para atualizar estudos e cálculos para a pavimentação. “Este antigo pleito da Associa-

me. Para tentar correr contra o tempo perdido, o presidente da Amunorpi esteve em reuniões com diversas lideranças, argumentando que a região precisa de um curso de medicina. “Se somarmos os municípios da Amunorpi e Amunop somos mais de meio milhão de pessoas, é um número muito grande que não tem a disposição um curso de medicina”, detalha. A possibilidade de que o curso venha para a região é trabalhada em três frentes: pelo governo Estadual, pelo governo Federal ou ainda pela iniciativa privada. “A princípio o objetivo é fazer com

que a UENP abra um curso, mas também já estivemos reunidos com o reitor da Universidade Federal do Paraná sondando a possibilidade de uma extensão da universidade ir para o Norte Pioneiro. Também trabalhamos com a possibilidade de faculdade particulares abrirem um curso na região, não deixa de ser uma opção”, explica o presidente da Amunorpi. Uma questão que pode ajudar a região nesta conquista é a busca do governo Federal por mais profissionais da área. “O governo Federal, com o programa Mais Médicos, vai investir em novos cursos porque sabe que existem

regiões com essa carência, então de repente também possa ser uma saída para nós”, afirma Guilherme. A favor da região, especificamente de Santo Antonio da Platina, pesa a existência do Hospital Regional, que tem recebido cada vez maiores investimentos do governo do Estado e pode se tornar uma referência em nível de Paraná. Assim, a estrutura do hospital serviria ainda para atuar em parceria com o curso de medicina, dando suporte aos alunos nas questões práticas, como, por exemplo, a residência. ENGENHARIA CIVIL EM IBAITI

Se medicina está em um patamar distante, o mesmo não se pode dizer do campus da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná) para Ibaiti, que está em processo adiantado, inclusive sendo debatidos quais cursos serão disponibilizados ali. Entre os cursos, está engenharia civil, outra área com déficit de profissionais na região, e que tem tudo para ser parte da grade da UENP em Ibaiti. “Precisamos de cursos que atendam a nossa demanda regional e também a demanda do mercado, e engenharia civil é um curso que se encaixa nos dois quesitos”, finaliza Guilherme.

LIGAÇÃO ENTRE PINHAL E IBAITI PODE ENFIM GANHAR ASFALTO ALCEU JUNIOR - FOLHA EXTRA

ção dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi) será viabilizado, com a atualização do projeto de 1988, que precisa ser readequado à atual demanda rodoviária e aos novos custos financeiros da obra”, disse o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Richa Filho. Os prefeitos dos municípios que serão os maiores beneficiados também se mostram extremamente satisfeitos com a sinalização do governo do Estado em pavimentar a PR-436. No entanto, a pavimentação da rodovia atende ainda outros municípios, como Japira, Figueira e Conselheiro Mairinck. “Algumas cidades do Norte Pioneiro estão de certa forma isoladas, ou com problemas de locomoção. Com a pavimentação da PR-436, a rodo-

Ontem em Curitiba, Roberto Regazzo (Betão), prefeito de Ibaiti, comemorou o anúncio do início dos estudos. Betão esteve com o deputado estadual Pedro Lupion e o secretário de infraestrutura e logística, Pepe Richa

Trecho da rodovia, atualmente de terra, passa por Vila Guaí, Vassoural e Triolândia, dois distritos e um bairro que juntos somam cerca de três mil habitantes

via vai ajudar na inclusão social destes paranaenses e também na inclusão econômica desta região”, disse o prefeito de Ribeirão do Pinhal, Dartagnan Calixto Fraiz (PSD). Para o prefeito de Ibaiti, Roberto Regazzo, o Betão (PSB), se concretizado, o asfalto da rodovia vai beneficiar milhares do moradores de toda a região, além

de ajudar a encurtar caminhos e reduzir consideravelmente a quilometragem de algumas viagens, dependendo da rota. “A 436 passa por três distritos e outros bairros rurais populosos, que hoje sofrem com a locomoção de alunos, doentes a dos moradores em geral. Essa pavimentação iria dar uma qualidade de vida muito maior para esses

moradores, além de fortalecer economicamente estes distritos. Além disso, na região por onde a rodovia passa existe uma grande produção de leite, soja e até tijolo”, detalha Betão. “Outro ponto importante é que muita gente vai poder cortar caminho por esse rodovia, já que ela encurta e muito o trajeto de Ribeirão do Pinhal a Ibaiti. E não é só esse

trajeto, por exemplo, quem vai de Bandeirantes para Curitiba vai rodar 50 km a menos”. Uma próxima reunião já está marcada para outubro a fim de definir maiores detalhes e apresentar o novo estudo. “Desde que eu sou criança ouço boatos de que vão asfaltar essa rodovia, e agora vejo a possibilidade real disso finalmente acontecer”, finaliza Betão.


Q UARTA- F E I RA, 0 7 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 8 9

SOBRE

SEXO

Estamos juntos e ele foge do sexo: algumas possibilidades

Inscrições para o Oscar 2014 começam hoje

As inscrições para escolher o filme que vai tentar representar o Brasil no Oscar 2014 começarão nesta quarta-feira (7) e irão até o dia 30. O nome do longa-metragem escolhido será divulgado no dia 20 de setembro DIVULGAÇÃO

Está comendo fora de casa Quem come fora de casa, volta pra ela satisfeito. Pode ser uma das causas dessa falta de apetite sexual do seu parceiro, em relação a você. Ele pode até sustentar essa dupla jornada por um tempo, mas, em algum momento, vai titubear. Se você for uma mulher com muito apetite, vai se dar conta logo, logo. Caso contrário, pode demorar um pouquinho mais. Fato é que, se isto estiver acontecendo, esta pode ser uma das causas.

Mudando de time Vocês se conheceram e você se apaixonou por um conjunto de qualidades que, há muito, não encontrava em um homem. Ele sempre foi gentil, atencioso, cuidadoso, de uma educação ímpar. Ele, por outro lado, se encantou com você. E assim nasceu o relacionamento que mantém, até então. Mas tem alguma coisa fora do lugar. Ele já não procura mais por você quando o assunto é sexo. E aquela sensibilidade do início está cada vez mais à flor da pele. Ele pode estar querendo 'mudar de time'. E, como é tudo muito novo para ele, a transição é lenta. Pode ser, inclusive, que ele já esteja se relacionando com outro homem, mas ainda não se decidiu completamente. Porque se ele prefere ter relações sexuais fora do relacionamento e com um homem, do que com você, sua companheira, ele já está mais do que decidido, só não quer admitir.

Perdeu o tesão Quando ele te conheceu, você era uma gatinha. Mas, amiga, vamos admitir. Também não se deu conta de que a sua voz continua a mesma, mas os seus cabelos, mudaram para pior. E aquela disciplina de cuidar das unhas e da pele se perderam no tempo. E ele, assistindo a essa transformação, de camarote. Ele pode ter perdido o tesão. Se não está te traindo, pode estar se satisfazendo por conta própria, com o auxílio do mundo virtual.

Cabeça ruim, corpo insano Algo muito sério pode estar acontecendo com o seu parceiro, sem você saber.Iminência do desemprego. Dívidas. Tudo isso pode ser motivo para desconcentrá-lo da vida particular, a ponto de inibir seu desejo sexual. Mas, em um relacionamento, tudo sempre precisa ser dito, às claras. Não é justo com você. E nem com ele próprio, que vive um drama sozinho. Fonte: GNT

PASSATEMPO

FOLHA CAÇA-PALAVRAS LITERATURA Literatura, palavra de grafia e oralidade bonita. Aquilo que traz conhecimento ensina histórias e mostra muito sobre o que somos e o que queremos. Sabor pelas palavras, vontade de aprender. Gosto pela leitura. Quem lê, sabe do que estamos falando. A leitura é um mundo em que construímos, em que debatemos com o autor, viajamos por todos os lados, aprendemos novas palavras, fazemos parte de histórias... O ato de ler ensina mais do que imaginamos, faz com que nossa criatividade seja mais aguçada. Não importa se sejam revistas, livros, jornais ou até mesmo bula de remédio e rótulos de shampoo, todas as palavras são bem vindas ao mundo da literatura. A Folha Extra traz informações e incentiva a leitura há quase 10 anos, portanto hoje resolvemos relembrar nomes de alguns escritores ilustríssimos que fizeram história com obras magníficas, que, provavelmente, você conhece ou já ouviu falar. Encontre-os no caça-palavras e divirta-se. Clarice LISPECTOR – Pablo NERUDA – Paulo FREIRE – Cora CORALINA – Érico VERÍSSIMO – Fernando PESSOA – Jorge Luís BORGES – SHAKESPEARE – Olavo BILAC – MACHADO de Assis – VINICIUS De Moraes – José SARAMAGO – José De ALENCAR – Franz KAFKA – VITOR Hugo – Charles CHAPLIN – Fernando SABINO – Mário QUINTANA – Augusto CURY – Cecília MEIRELLES 06/08/13– Manuel BANDEIRA – Monteiro LOBATO

Está dodói e não quer contar Ele está com algum problema de saúde, manifestou algum sintoma de DST (Doença Sexualmente Transmissível) e, para não ter que contar, por vergonha, e para não transmitir a doença, ele está evitando fazer sexo com você. Então, ele só voltará a ter relações com você quando resolver a questão médica. Mas essa atitude é completamente repreensível. Se vocês estão juntos, você precisa entender exatamente o que está acontecendo para se prevenir nas futuras relações, ainda que o problema tenha sido contornado. E não caia naquele papo de que foi só para te proteger. Isso é coisa séria.

A7

VARIEDADES

"O Palhaço" tentou ser indicado ao Oscar, no ano passado DAS AGÊNCIAS

As inscrições para escolher o filme que vai tentar representar o Brasil no Oscar 2014 começarão nesta quartafeira (7) e irão até o dia 30. O nome do longa-metragem escolhido será divulgado no dia 20 de setembro. A produção selecionada será pré-indicada à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos, que escolherá cinco longas de todo o mundo para concorrer na categoria de melhor filme em língua estrangeira da 86ª edição do prêmio. O prazo das inscrições foi definido por uma portaria da Secretaria do Audiovisual, do Ministério da Cultura, publicada na edição desta terça-feira (6) do "Diário Oficial da União". Assinada pelo secretário Leopoldo Nunes da Silva Filho, a portaria determina também que serão aceitos apenas filmes que tenham sido ou que serão exibidos publicamente pela primeira vez no Brasil e por ao menos sete dias seguidos numa sala comercial entre 1º de outubro de 2012 e 30 de setembro de 2013.

Os pedidos devem ser feitos na secretaria por meio de um requerimento junto com 12 cópias do filme em DVD. O material também pode ser enviado pelo correio, mas a secretaria destaca que não se responsabiliza pelo atraso no recebimento. Uma comissão especial de cinco membros – formada por Silva Filho, George Torquato Firmeza, Renata Almeida, Sylvia Bahiense Naves e Vânia Catani – vai analisar e decidir o filme que será pré-indicado à Academia. Os integrantes dessa comissão não podem ter qualquer tipo de vínculo com as produções concorrentes. No ano passado, o filme "O Palhaço" foi escolhido para representar o Brasil, mas não foi indicado pela Academia americana para concorrer ao prêmio. Em 2012, "Tropa de Elite" tentou concorrer ao prêmio, mas também não foi indicado. A última vez que um filme brasileiro concorreu ao prêmio de melhor filme em língua estrangeira foi em 1999, com "Central do Brasil". Fernanda Montenegro foi indicada a melhor atriz por sua atuação no mesmo filme. Em 2004, "Cidade de Deus" foi indicado nas categorias de melhor diretor (Fernando Meirelles), edição (Daniel Rezende), fotografia (César Charlone) e roteiro adaptado (Bráulio Mantovani).

Novo "Percy Jackson" chega às telonas ZORIANNA KIT Quando "Percy Jackson e os Olimpianos" foi lançado, em 2010, as comparações com "Harry Potter" foram inevitáveis: os dois filmes se baseavam em livros sobre crianças com poderes extraordinários, e os primeiros longas de ambas as séries haviam sido dirigidos por Chris Columbus.Mas "Percy Jackson e os Olimpianos" não fez o mesmo sucesso que "Harry Potter", especialmente nos EUA. Agora, com "Percy Jackson e o Mar de Monstros", que estreia nesta semana, Columbus tem uma nova chance de mostrar que Percy pode ser igual a Harry em termos de interesse dos fãs e nas bilheterias.O filme de fantasia contemporânea, produzido pela 20th Century Fox, tem Logan Lerman como o filho do deus grego Poseidon. A obra se baseia em uma série de cinco livros escrita por Rick Riordan, que vendeu mais de 33

milhões de exemplares nos EUA e foi traduzida em 37 línguas. "Felizmente, a audiência internacional (do primeiro filme) foi tão grande que percebemos que havia apetite por uma sequência", disse Columbus, que continua como produtor, mas entregou a direção do segundo filme ao alemão Thor Freudenthal. "Olimpianos", que custou estimados 95 milhões de dólares, ficou aquém das expectativas na bilheteria da América do Norte, faturando 88,7 milhões de dólares, mas se saiu muito bem nos outros mercados, arrecadando 137,7 milhões. "Mar de Monstros" custou cerca de 90 milhões de dólares, segundo uma fonte próxima à produção.Columbus, de 54 anos, disse que tentar explicar as razões do relativo fracasso nos EUA seria "um jogo de adivinhação". "Mas a audiência dos EUA é extremamente importante. Estou muito preocupado com a audiência norte-americana."

Ó W Ú T B Ó S T J É C N B A N D E I R A K K T S S

H M X Ô Í A C A H Ú I Q Ü P B U À C Ô L Â I E Ç Ü

X I J Õ T A F E R L V S E À Í Í Ú F O X Á L A A I

X K I O N B N I P A Ò Õ P E T Ó Ã F A R L Á L D K

L Ò O M H A O A F R M Á S H A K E S P E A R E U Ò

H É T I W J H R T R O A P O Ò M É S R N Õ L C R Í

C Ü A S A C Ç V G N E T G Ü Á Z Í I P E H B I E Ú

à A B S M K Ü Â O E I I C O E à E A K T L Õ H N M

Ü Õ O Í I N F D Y S S U R E Ã M E A R U Ê O Z H A

Ü R L R B E Õ A X R I W Q E P Â O O Â Ó O N J P Á

À Y P E F Ê L X K O U B Ó Õ D S T S U I C I N I V

Ü Á V V E I O B G J N C R F S I I H Í T I B W W Ê

A I Ü R A B I L A C I É Ã E V Ê J L U Ü Q A B C E

X Ó B R A C N E L A E H P M A C H A D O U S D D G

PREVISÃO ASTRAL ÁRIES (21 MAR. A 20 ABR.) Como ocorre em toda lunação, trata-se de um inicio. Desta vez, num signo irmão do seu, que promete vitalidade a mais, foco no que é importante conquistar e sensibilidade para escolher os desafios mais dignificantes. A poesia e a musica serão excelentes companheiras.

LIBRA (23 SET. A 22 OUT.) Começa a fase do ano certeira para você fazer planos de futuro! O encontro entre o Sol e a Lua, no signo energético e vibrante de Leão traz visão e autoconfiança - e amigos capazes também. Gente que ajudará você a ingressar nos clubes mais seletos e a realizar muitos sonhos.

TOURO (21 ABR. A 20 MAI.) Nas próximas semanas, focalize tudo que quer realizar na sua vida intima. A Lua nova em Leão é ótima para plantar novos caminhos de alegria e intimidade na vida em família também. Quem quer comprar ou trocar de casa conta com intuição em dobro pra isso.

ESCORPIÃO (23 OUT. A 21 NOV.) Se você plantou bons frutos, é hora de começar a colhe-los. Com a lunação no administrador signo de Leão, o desafio será estar atento e forte - como diz a canção e não deixar nenhuma ocasião para mostrar seu domínio de um campo de saber.

GÊMEOS (21 MAI. A 20 JUN.) Destaque para os estudos, a comunicação com o meio e as viagens neste momento. Nas próximas semanas a vibração astral privilegia seu brilho mental e seu conhecimento, constituindo um reforço especial para você se destacar em seu ambiente através de seus dons e talentos.

SAGITÁRIO (22 NOV. A 21 DEZ.) Como acontece todo ano, a Lua nova em Leão configura um dos momentos mais férteis para você ampliar sua visão de mundo. Pode ser numa viagem para bem longe, ou ao iniciar um estudo amplo. O encontro com um mestre também pode revelar verdades abrangentes.

CÂNCER (21 JUN. A 21 JUL.) Capacidade de valorizar o que você tem de bom é essencial a partir de agora! Porque assim é que conseguirá negociar com as pessoas numa base mais honrada e de acordo com suas necessidades reais. Tire as próximas semanas pra melhorar seus rendimentos também!

CAPRICÓRNIO (22 DEZ. A 20 JAN.) Temas como a morte, a transformação, e seu séquito - hereditariedade genética, heranças patrimoniais e lembranças dos que já partiram podem ser reveladoras agora. Verdadeiros faróis que iluminarão suas buscas.

LEÃO (22 JUL. A 22 AGO.) A Lua nova de hoje acontece no seu signo, momento magico de plantio e concentração em si mesmo, para captar toda a energia criativa disponível. Intuitivo, assertivo e consciente www.lideranca.org/word/palavra.php de seu valor e de sua missão, deverá avançar e alargar seu território nas próximas semanas. VIRGEM (23 AGO. A 22 SET.) Os virginianos atravessam agora a fase mais profunda e delicada de seu processo de revisão de vida. Com a Lua nova de hoje a razão e o sentimento se unem, impulsionando sua criatividade. Importante solta-la, através das artes manuais, teatro ou outras expressões.

AQUÁRIO (21 JAN. A 19 FEV.) Pode comemorar, aquariano! Com a Lua nova em Leão de hoje começa a temporada de relacionamentos amorosos, românticos, de entregas e descobertas na alma do outro. Você vai descobrir quanta gente bacana é próxima, mesmo parecendo distante. E vice versa. PEIXES (20 FEV. A 20 MAR.) Se você quer dar um novo direcionamento a sua vida, aproveite a Lua nova em Leão de hoje e desenvolva novas saídas e soluções para sua rotina, saúde, vida doméstica, relações com empregados em casa ou no trabalho etc. Um recomeço, um ajuste, um reposicionamento.

C


97 55 Mt 98 210 Mt 99 175 Mt 100 175 Mt 101 175 Mt 102 175 Mt QQUUAARRTTAA-- F 1133 -- EEDDI IÇÇÃÃOO FE E II R RA A ,, 0077 DDEE AAGGOOSSTTOO DDEE 2200103 210 Mt 104 210 Mt 105 210 Mt 106 175 Mt 107 175 Mt 108 175 Mt 109 175 Mt 110 175 Mt 111 30 Und 112 50 Und PREFEITURA MUNICIPAL DE WENCESLAU BRAZ- PR 113 55 Und EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO 114 43 Und PREGÃO PRESENCIAL Nº 40/2013 115 63 Und Órgão Gestor e gerenciador da ata de Registro: Prefeitura 116 55 Und Municipal de Wenceslau Braz - PR 117 57 Und Objeto: “Seleção De Proposta Visando o Registro De Preço de 118 35 Und Materiais e Peças Elétricas Para Manutenção de Veículos Da 119 35 Und Frota Municipal.” 120 35 Und Processo: 66/2013 121 1550 Und Modalidade: Pregão Presencial 122 1000 Und Validade da Ata: 12 meses 123 1000 Und Empresa Vencedora: José Carlos Alves Vilela 124 1000 Und Valor 125 30 Und Item Unid Descrição Qtd Unitário 126 50 Und R$ 127 45 Und 1 60 Und Induzido JF 24 volts 130,00 128 30 Und 2 60 Und Bubina Campo 24 Volts 75,00 129 45 Und 3 48 Und Porta escovas 28,00 130 40 Und 4 45 Und Automático 24 volts 65,00 131 40 Und 5 70 Und Benix 105 47,00 132 30 Und 6 80 Jg Jogo de travas 7,50 133 100 Und 7 292 Jg Jogo de arruelas aço fibra 14,00 134 100 Und 8 50 Und Buchas de partida 8,00 135 30 Und 9 38 Und Garfo de partida 18,00 136 25 Und 10 32 Und Focinho de partida 145,00 137 25 Und 11 50 Und Mancal de partida 35,00 138 30 Und 12 25 Und Induzido JF JD 12 volts 130,00 139 110 Und 13 20 Und Bobina campos 12 volts 80,00 140 30 Und 14 25 Und Porta escovas JD 12 volts 75,00 141 40 Und 15 25 Und Benix 748 79,00 142 30 Und 16 21 Und Automáticos 12 volts 85,00 17 30 Und Induzido perkis fio 07 12 130,00 143 40 Und 18 25 Und Automático MWM 12 volts 55,00 144 25 Und 19 30 Und Bubina campo MWM 12 v 70,00 145 20 Und 20 30 Und Porta escovas MWM 12 v 33,00 146 40 Und 21 25 Und Benix 0085 waps 46,00 147 40 Und 22 46 Und Induzido carro baixo 12 v 78,00 148 40 Und 23 36 Und Buzina carro baixo 12 volts 57,50 149 40 Und 24 44 Und Automático carro baixo 12 55,00 150 40 Und 25 35 Und Benix carro baixo antigo 33,50 151 60 Und 26 26 Und Benix carro baixo moderno 49,00 152 60 Und 27 22 Und Rotor alt. 120 amp. 24 v 280,00 153 50 Und 28 32 Und Estator alt. 120 amp. 24 v 230,00 154 20 Und 29 32 Und Regulador 120 amp. 24 v 79,00 155 20 Und 30 22 Und Mancal alt 120 amp. 190,00 156 20 Und 31 20 Und Mancal alt 55 amp. 70,00 157 15 Und 32 32 Und Polia alt. Dupla 65,00 158 15 Und 33 22 Und Polia alt. Simples 50,00 159 25 Und 34 50 Und Suporte de escovas alt. 20,00 160 25 Und 35 50 Und Rotor alt. 55 12 amp. 90,00 161 20 Und 36 50 Und Estator 55 12 amp. 80,00 162 20 Und 37 22 Und Placa diodo alt. 120 amp 169,50 163 15 Und 38 30 Und Placa diodo alt 55 amo 70,00 164 15 Und 39 30 Und Placa diodo alt WAPSA 37,00 165 20 Und 40 52 Und Lanterna MB com ré 36,67 166 20 Und 41 57 Und Lanterna MB této 8,00 167 18 Und 42 50 Und Lanterna MB sem ré 25,00 168 30 Und 43 50 Und Lanterna pudim 10,00 169 40 Und 44 55 Und Lanterna ônibus lateral 17,00 170 30 Und 45 40 Und Lanterna canoinha 18,00 171 35 Und 46 130 Und Lâmpada h4 24 volts 16,67 172 20 Und 47 134 Und Lâmpada h4 12 volts 13,00 173 20 Und 48 134 Und Lâmpada h7 12 e 24 volts 19,67 174 20 Und 49 114 Und Lâmpada pingão 12 volts 1,50 175 30 Und 50 80 Und Lâmpada pingão 24 volts 1,77 176 35 Und 51 140 Und Lâmpada 1141 12 volts 1,73 177 30 Und 52 119 Und Lâmpada 1034 12 volts 1,98 178 40 Und 53 113 Und Lâmpada 67 12 volts 1,50 179 50 Und 54 115 Und Lâmpada 1141 24 volts 1,68 180 15 Und 55 110 Und Lâmpada 1034 24 volts 2,00 181 30 Und 56 110 Und Lâmpada 67 24 volts 1,70 182 45 Und 57 105 Und Lâmpada 69 24 volts 1,50 183 40 Und 58 185 Und Lâmpada 69 12 volts 1,50 184 35 Und 59 125 Und Lâmpada h3 12 volts 9,00 185 35 Und 60 95 Und Lâmpada h1 12 volts 10,00 186 35 Und 61 60 Und Lâmpada h3 24 volts 12,00 187 35 Und 62 60 Und Lâmpada h1 24 volts 12,00 188 35 Und 63 60 Und Silibim grande 12 volts 29,00 189 30 Und 64 35 Und Regulador 011 12 volts 30,00 190 30 Und 191 30 Und 65 35 Und Regulador 012 24 volts 90,00 192 37 Und 66 30 Und Regulador WAPSA 12 v 60,00 193 48 Und 67 30 Und Regulador 032 12 volts 38,00 194 40 Und 68 30 Und Regulador 032 24 volts 49,00 195 170 Und 69 28 Und Placa diss. completa antiga 68,00 196 60 Und 70 33 Und Placa diss. Compl.moderna 93,00 197 25 Und 71 190 Und Terminais de baterias 5,00 198 25 Und 72 90 Und Ponteiras de baterias 5,00 199 11 Und 73 30 Und Horimetros 97,00 200 40 Und 74 50 Und Relógio tem.mercúrio 4 mt 77,00 201 40 Und 75 50 Und Relógio tem. mercúrio 2 mt 58,00 202 35 Und 76 35 Und Relógio temp. meia lua 1,5 58,00 203 34 Und 77 40 Und Silibim pequeno 12 volts 25,00 204 40 Und 78 62 Und Bloco farol para ônibus 55,00 205 50 Und 79 50 Und Chave de luz para ônibus 35,00 206 30 Und 80 55 Und Chave de seta para ônibus 98,00 207 25 Und 81 45 Und Chave de lim. para ônibus 40,00 208 20 Und 82 50 Und Chave de seta MB c/ relam. 120,00 209 20 Und 83 40 Und Chave de seta MB s/ relam. 90,00 210 20 Und 84 20 Und Chave de seta ford cargo 148,00 211 20 Und 85 30 Und Chave de seta ford 12000 85,00 212 20 Und 86 30 Und Chave de limp. ford 12000 85,00 213 50 Und 87 20 Und Bobina ignição com platin. 38,00 214 55 Und 88 20 Und Bobina ignição sem platin. 58,00 215 35 Und 89 50 Und Rele pisca 12 volts 500w 20,00 216 40 Und 90 60 Und Rele pisca 24 volts 500w 24,67 217 25 Und 91 44 Und Rele aux. 12 volts 5 saídas 18,00 218 25 Und 92 35 Und Rele aux. 24 volts 5 saídas 20,00 219 40 Und 93 72 Mt Cabo de bateria 70mm 33,00 220 45 Und 94 55 Mt Cabo de bateria 50mm 35,00 221 45 Und 95 55 Mt Cabo de bateria 35mm 30,00 222 27 Und 96 55 Mt Cabo de bateria 25mm 25,00 223 25 Und 97 55 Mt Cabo de bateria 18mm 18,00 224 20 Und 98 210 Mt Chicote 4 fios 1,5mm 4,80 225 20 Und 99 175 Mt Chicote 6 fios 1,5mm 6,30 226 40 Und 100 175 Mt Fio para instalações 8mm 4,50 227 35 Und 101 175 Mt Fio para instalações 10mm 4,00 228 15 Und 102 175 Mt Fio para instalações 12mm 3,80 229 15 Und 103 210 Mt Fio para instalações 14mm 3,60 230 15 Und 104 210 Mt Fio para instalações 16mm 2,37 231 15 Und 105 210 Mt Fio para instalações 18mm 2,70 232 25 Und 106 175 Mt Espaguete p/ inst. 14mm 2,30 233 25 Und 107 175 Mt Espaguete p/ inst. 10mm 2,10 234 30 Und 108 175 Mt Espaguete p/ inst. 8mm 1,80 235 15 Und 109 175 Mt Espaguete p/ inst. 6mm 12,90 236 13 Und 110 175 Mt Espaguete p/ inst. 4mm 1,50 237 8 Und 111 30 Und Farol mercedes benz cara 77,00 238 6 Und 112 50 Und Rolamento 6403 39,00 239 10 Und CONTINUA... 113 55 Und Rolamento 6201 duplo 22,00 240 25 Und 114 43 Und Rolamento 6306 53,00 241 45 Und 115 63 Und Rolamento 6201 simples 15,00 242 5 Und 116 55 Und Rolamento 6203 18,00 243 5 Und 117 57 Und Rolamento 6303 20,00 244 20 Und 118 35 Und Rolamento 6204 20,00 245 20 Und

Cabo de bateria 18mm Chicote 4 fios 1,5mm Chicote 6 fios 1,5mm Fio para instalações 8mm Fio para instalações 10mm Fio para instalações 12mm 9 9 98 8 para 9 instalações 14mm Fio Fio para instalações 16mm Fio para instalações 18mm Espaguete p/ inst. 14mm Espaguete p/ inst. 10mm Espaguete p/ inst. 8mm Espaguete p/ inst. 6mm Espaguete p/ inst. 4mm Farol mercedes benz cara Rolamento 6403 Rolamento 6201 duplo Rolamento 6306 Rolamento 6201 simples Rolamento 6203 Rolamento 6303 Rolamento 6204 Rolamento rolete INA gr Rolamento rolete INA peq Terminais de fios diversos Fuzivel de garfinhos Fuzivel de vidro Fuzivel de cerâmica Chave de partida universal Botão partida de mercedes Botão de partida DKV Chave part. MB c/ chicote Chave tic TAC Rotor 55 amp. WAPSA Estator 55 amp. WAPSA Placa de diodos Diodos negativos Diodos positivos Sensor temperatura do ford Sensor temperatura VW Cebolão temperatura antiga Cebolão temper. moderna Soquete farol universal Comutador ignição 11118 Comutador ignição 275 Comutador ignição ford

18,00 4,80 6,30 4,50 4,00 3,80 3,60 2,37 2,70 2,30 2,10 1,80 12,90 1,50 CONTINUAÇÃO 77,00 39,00 22,00 53,00 15,00 18,00 20,00 20,00 18,00 15,00 0,30 0,30 0,30 0,30 40,00 12,00 10,00 93,00 8,00 85,00 70,00 29,00 9,00 10,00 53,00 15,00 35,00 63,00 8,00 97,00 53,00 55,00

Comutador MB Motor limpador 24 volts Motor limpador 12 volts Paleta limpador n°16 Paleta limpador n°18 Paleta limpador n°20 Lente traseira MB sem ré Lente traseira MB com ré Lente lateral ônibus Lente pudim Lente canoinha Induzido partida KB 24 v Bobina de campo KB 24 v Porta escova KB 24 volts Embreagem KB 24 volts Escova KB 24 volts Automático KB 24 volts gr Automático KB 24 volts pq Rotor altern. 70/90 amp. Estator altern. 70/90 amp. Mancal lado pulia alt. 90 Mancal lado diodo 90 amp. Regulador volt. alt. 90 amp Placa de diodos alt. 90 amp Pulia alt. Kombi Lanterna ford cargo Lente ford cargo Chave contato MB 1028 Chave de contato trator Interr. óleo VDO MB 2 Interr. óleo VDO MB 1 Interr. de óleo MB simples Interruptor de óleo trator Interruptor de freio Interruptor de freio ford Interruptor de freio MB Interruptor de freio linha Mancal partida MB Mancal partida traseiro Reguladores eletrônicos 12 Reguladores eletrônicos 24 Regulador 034 12 volts Regulador 027 12 volts Regulador 058 12 volts Regulador 059 12 volts Regulador 018 24 volts Bobina de ignição eletrônic Tampa distribuição eletrôni Tampa distribuição univers Manivela limpador ônibus Cil. chave cont. carro baixo Cil. chave cont. carro mod. Soquete adapt universal Nylon p/ rol. de alt. Moder. Correia de hidráulico MB Correia de hidrául. MWM Correia kombi Correias MB Correias ford 12000 Chave de luz 2 pontos Chave de luz 1 ponto Induzidos para limpador 12 Induzidos para limpador 24 Suporte de escovas para Suporte de fuzivel Chave geral 1000 amp. Sensor temperatura 68grau Sensor temperatura 92grau Sirene luz de ré 12 volts Sirene luz de ré 24 volts Velas de ing. Curta Velas de ing. Longa Tampa radiadores Engrenagem limpador Motor ventoinha radiador Mancal focinho Prisioneiro para motor Reparo para partida a óleo Retentor para Esticador de correias MB Aditivo radiadores Pivô do limpador MB Reles para ventoinha Rele duplo de farol 12 volts Rele duplo de farol 24 volts Alta e baixa no pé Cebolão de alto e baixo Módulo de ig. Eletrônica Bombinha para injetor Pisca alerta Planetárias universais Cilindro de ign. universal Cilindro de ign. uno Chave de seta uno moderno Chave de seta kombi Chave de seta do siena Chave de seta do willis Farol de milha para onibus Farol de milha para univ. Pinhão do KB 24 volts Haste KB 24 volts Bucha grande do KB Bucha pequena do KB

48,00 68,67 150,00 10,00 10,00 12,00 15,00 19,00 6,33 8,00 8,00 133,33 182,00 155,00 192,67 45,00 158,00 148,00 130,00 160,00 177,00 159,00 85,00 118,00 22,00 35,00 12,00 30,00 53,00 130,00 125,00 15,00 18,00 20,00 23,00 15,00 25,00 39,00 20,00 138,00 157,00 42,00 35,00 38,00 38,00 55,00 75,00 25,00 18,00 55,00 40,00 70,00 5,00 8,00 17,00 17,00 12,00 23,00 40,00 28,00 18,00 60,00 80,00 30,00 7,00 89,00 25,00 34,33 38,00 45,00 10,00 12,00 10,00 63,00 150,00 160,00 13,00 20,00 18,00 63,00 14,83 63,00 45,00 34,67 45,00 45,00 30,00 80,00 26,00 85,00 150,00 30,00 190,00 180,00 90,00 170,00 65,00 CONTINUA... 45,00 38,00 130,00 98,00 15,00 12,00

EDITAIS

WENCESLAU BRAZ

224 20 Und Pivô do limpador MB 63,00 225 20 Und Reles para ventoinha 45,00 226 40 Und Rele duplo de farol 12 volts 34,67 227 35 Und Rele duplo de farol 24 volts 45,00 228 15 Und Alta e baixa no pé 45,00 229 15 Und Cebolão de alto e baixo 30,00 230 15 Und Módulo de ig. Eletrônica 80,00 231 15 Und Bombinha para injetor 26,00 232 25 Und Pisca alerta 85,00 233 25 Und Planetárias universais 150,00 234 30 Und Cilindro de ign. universal 30,00 235 15 Und Cilindro de ign. uno 190,00 236 13 Und Chave de seta uno moderno 180,00 CONTINUAÇÃO 237 8 Und Chave de seta kombi 90,00 238 6 Und Chave de seta do siena 170,00 239 10 Und Chave de seta do willis 65,00 240 25 Und Farol de milha para onibus 45,00 241 45 Und Farol de milha para univ. 38,00 242 5 Und Pinhão do KB 24 volts 130,00 243 5 Und Haste KB 24 volts 98,00 244 20 Und Bucha grande do KB 15,00 245 20 Und Bucha pequena do KB 12,00 246 25 Und Trava da haste do KB 10,00 247 25 Und Trava da porca do KB 10,00 As descrições dos itens, e mais informações, estão disponíveis na Prefeitura Municipal, pelo fone: (43) - 35281157. Wenceslau Braz-Pr, em 06 de agosto de 2013. Mônica de Oliveira Pregoeira Municipal

BA28

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE WENCESLAU BRAZ EXTRATO DE RATIFICAÇÃO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 20/2013 OBJETO: “Aquisição de Uniformes de Bombeiros para Unidade do Bombeiro Comunitário.” A Comissão de Licitações da Prefeitura Municipal de Wenceslau Braz - PR., para fins do art. 24, inciso “II”, da Lei Federal n° 8.666/93, incluindo a alteração da Lei n° 9.648, de 27 de maio de 1998, TORNA PÚBLICO, que o Exmo. Sr. Prefeito Municipal – ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JUNIOR, proferiu decisão no processo em destaque supra, RATIFICANDO A DISPENSA DE LICITAÇÃO, para a Aquisição, junto a empresa – a) GBR – INDUSTRIA E COM. DE TECIDOS E CONFECÇÕES LTDA EPP, que indicou o menor preço para o fornecimento dos itens, no valor Total de R$ 3.350,00 (três mil trezentos e cinqüenta reais), tudo conforme documentos nos autos. Wenceslau Braz-Pr, 06 de agosto de 2013. ADILSON BACELAR DA SILVA PRESIDENTE DA COMISSÃO DE LICITAÇÕES

JAPIRA

AVISO DE LICITAÇÃO REF. AO EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2013-CMJ A Câmara Municipal de Japira, Estado do Paraná, Pessoa Jurídica de Direito Público Interno, inscrita no CNPJ/ MF sob nº 77.774.461/0001-46, Inscrição Estadual Isento, com sede à Rua Francisco Pedroso da Luz, Sn, Centro, torna público que fará realizar às 10h00min, do dia 27/08/2013, Licitação na Modalidade TOMADA DE PREÇOS nº 001/2013-CMJ, do tipo “Menor Preço”, com o objetivo de promover a contratação de empresa para prestação de serviços de licenciamento de uso de programas de informática e suporte técnico operacional, para utilização na Câmara Municipal de Japira, nos termos da Lei 8.666/93, e suas alterações, inclusa a Lei nº 9.648/98, bem como pelas condições específicas deste Edital e de conformidade com a autorização do Sr. Presidente da Casa de Leis. Na data hora e local abaixo indicado serão entregues os 02 (dois) envelopes contendo a Documentação de Habilitação e Proposta de Preços, dando-se início, nesta mesma sessão à abertura dos Envelopes de Documentação e, em seguida, não havendo recurso os de Proposta de Preços, observando o disposto no inciso III do Art.43 da Lei nº 8.666/93. DATA: 27/08/2013 PROTOCOLO até as 09h40min ABERTURA às 10h00min LOCAL: Câmara Municipal de Japira(PR) Observação: Não havendo expediente no dia marcado para a abertura dos Envelopes, ficará a reunião adiada para o 1º (primeiro) dia útil subseqüente, à mesma hora e local, salvo manifestação em contrário. OBJETO: O Objeto da TOMADA DE PREÇOS é a contratação de empresa para prestação de serviços de licenciamento de uso de programas de informática e suporte técnico operacional, para utilização no Executivo Municipal, pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, conforme especificações constantes do Edital Tomada de Preços nº 001/2013-CMJ. O valor máximo mensal permitido é de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) e o valor global de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais). A documentação completa do Edital poderá ser retirado junto ao Departamento de Adminsitração, na Sede da Câmara Municipal de Japira, no endereço acima mencionado, no horário das 08h00min às 12h00min e das 13h00min ás 17h00min ou solicitado pelo e-mail: camarajapira@uol.com.br. Quaisquer esclarecimentos adicionais sobre a presente licitação poderão ser obtidos junto ao Setor de Administrativo, no horário de expediente das 08h00min às 12h00min e das 13h00min ás 17h00min, através do telefone: (43) 3555-1496. É o presente Aviso publicado no Diário Eletrônico do Município de Japira e Jornal de circulação diária. Japira, 01 de Agosto de 2013. ELISANGELA HEIDGGER BENTO WATFE Presidente da Comissão Permanente de Licitação


QQUUAARRTTAA -- FF EE II RRAA,, 0 07 7 D DE E A AG GO OS ST TO O D DE E 2 20 01 13 3 -- E ED D II Ç ÇÃ ÃO O 99 88 99

BA39

EDITAIS

CÂMARA DE JABOTI

JABOTI

CÂMARA MUNICIPAL DE JABOTI ESTADO DO PARANÁ

ATO PORTARIA 134/2013 O Prefeito Municipal de Jaboti, por razões de interesse público e no uso de suas atribuições legais, Considerando que há necessidade de alterar as especificações do objeto da licitação abaixo descrita, RESOLVE: ANULAR a Licitação modalidade PREGÃO PRESENCIAL nº 70/2013, nos termos do Artigo 49 ‘caput’ da Lei 8.666/93. Registre-se, publique-se e cumpra-se. Jaboti, 06 de agosto de 2013. Vanderley de Siqueira e Silva. Prefeito Municipal.

CGC 77.774.453/0001-08

Praÿ aÊMinasÊGerais,Ê175Ê– ÊPaÿ oÊMunicipalÊ– ÊÊ(43)Ê3622-1076Ê e-mail:Êcamara.jaboti@yahoo.comÊ

DIÁRIAS - PESSOAL CIVIL –JULHO/2013 Proc. Adm.

Data Início 02/07/2013

02/07/2013

Data Fim

Qtde

202013

02/07/2013

02/07/2013

1/2

212013

08/07/2013

08/07/2013

1

192013

1/2

Favorecido

LETÍCIA REGINA DA CUNHA PAULO EVANDRO AP. S. CAMARGO FILHO NILTON DOS SANTOS ANDRADE

Cargo/Função

AUXILIAR ADM. CONTADOR PRESIDENTE DA CÂMARA

Destino

SANTO ANTONIO DA PLATINA/PR SANTO ANTONIO DA PLATINA/PR CUTITIBA/PR

Objetivo

CURSO DO TRIBUNAL DE CONTAS –SIM AM 2013 CURSO DO TRIBUNAL DE CONTAS –SIM AM 2013 REUNIOES COM DEPUTADOS PARA TRATAR DE ASSUNTOS DO INTERESSE DO MUNICIPIO

Vl. Total R$100,00 R$100,00 R$250,00

WENCESLAU BRAZ

SANTANA DO ITARARÉ

DECRETO nº 066/13

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA PRÉVIA

SÚMUlA: Abre Crédito Adicional Suplementar - Anulação de Dotação no Orçamento programa de 2013. O PREFEITO MUNICIPAl DE WENCESlAU BRAZ no uso de suas atribuições que lhe confere a lei Orgânica do Município de WENCESlAU BRAZ e autorização contida na lei Municipal nº 002553/12 de 30 de Outubro de 2012.

A Prefeitura Municipal de Santana do Itararé, PR, CNPJ 76.920.826/0001-30 torna público que requereu ao IAP. A Licença Prévia, para implantação de Loteamento no Parque Barigui, Bairro Tijuco Preto, neste Município. Para fins de atendimento ao Programa de Habitação de Interesse Social.

DECRETA: Artigo 1º - Fica aberto no corrente exercício Crédito no valor de R$ 126.074,11, para as seguintes dotações orçamentárias: 02 - GOvERNO MUNICIPAl 02.01 - GABINETE DO PREFEITO 02.01.04.122.0002.2.004-3.1.90.01.00.00.00.00 – 1000 - APOSENT. DO RPPS, RESERvA REMUN. E REFORM MIlITAR 1.543,17 02.01.04.122.0002.2.004-3.1.90.13.00.00.00.00 – 1000 - OBRIGAÇÕES PATRONAIS 11.206,63 02.01.04.122.0002.2.004-3.1.90.16.00.00.00.00 – 1000 - OUTRAS DESPESAS vARIÁvEIS - PESSOAl CIvIl 3.313,43 10 - SECRETARIA DE INDUSTRIA, COMERCIO E TURISMO 10.01 - DEPARTAMENTO DE INDUSTRIA, COMÉRCIO E TURISMO 10.01.23.661.0011.2.022-3.1.90.11.00.00.00.00 – 1000 - vENCIMENTOS E vANTAGENS FIXAS - PESSOAl CIvIl 11.758,81 12 - SECRETARIA DE EDUCAÇÃO 12.01 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO 12.01.12.361.0005.2.031-3.1.90.16.00.00.00.00 – 1102 - OUTRAS DESPESAS vARIÁvEIS - PESSOAl CIvIl 4.039,05 12.01.12.361.0005.2.031-3.3.90.30.00.00.00.00 – 1102 - MATERIAl DE CONSUMO 50.000,00 13 - FUNDO MUNICIPAl DE SAÚDE 13.01 - SECRETARIA MUNICIPAl DE SAÚDE 13.01.10.301.0007.2.018-3.1.90.16.00.00.00.00 – 1303 - OUTRAS DESPESAS vARIÁvEIS - PESSOAl CIvIl 6.353,21 13.01.10.301.0007.2.018-3.3.90.36.00.00.00.00 – 1303 - OUTROS SERvIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA FÍSICA 20.000,00 13.01.10.301.0007.2.026-3.1.90.16.00.00.00.00 – 1495 - OUTRAS DESPESAS vARIÁvEIS - PESSOAl CIvIl 964,65 14 - SECRETARIA MUNICIPAl DE ASSISTENCIA SOCIAl 14.03 - Fundo Municipal de Assitencia Social 14.03.08.244.0008.2.041-3.3.90.36.00.00.00.00 – 1934 - OUTROS SERvIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA FÍSICA 1.500,00 14.03.08.244.0008.2.043-3.3.90.36.00.00.00.00 – 1934 - OUTROS SERvIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA FÍSICA 1.500,00 16 - SECRETARIA MUNICIPAl DE ESPORTES 16.01 - SECRETARIA MUNICIPAl DE ESPORTES 16.01.27.812.0016.2.017-3.1.90.16.00.00.00.00 – 1000 - OUTRAS DESPESAS vARIÁvEIS - PESSOAl CIvIl 557,10 16.01.27.812.0016.2.017-3.1.91.13.00.00.00.00 – 1000 - OBRIGAÇÕES PATRONAIS 338,06 16.01.27.812.0016.2.017-3.3.90.36.00.00.00.00 – 1000 - OUTROS SERvIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA FÍSICA 8.000,00 16.01.27.812.0016.2.017-3.3.90.39.00.00.00.00 – 1000 - OUTROS SERvIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA 5.000,00

SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA PRÉVIA A Prefeitura Municipal de Santana do Itararé, PR, CNPJ 76.920.826/0001-30 torna público que requereu ao IAP. A Licença Prévia, para implantação/construção de uma Unidade Básica de Saúde - UBS, Bairro Tijuco Preto, neste Município. Para fins de atendimento ao Programa Fundo Nacional de Saúde - FNS.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

PEDIDO DE LICENÇA AMBIENTAL PRÉVIA– L.P. Luiz Carlos de Andrade torna público que requer do Instituto Ambiental do Paraná – IAP a Licença Ambiental Prévia , para produção de carvão vegetal no município de São José da Boa Vista.

Artigo 2º - Para atendimento da Suplementação que trata o artigo anterior serão utilizados recursos proveniente da anulação parcial da seguinte dotação orçamentária: 02 - GOvERNO MUNICIPAl 02.01 - GABINETE DO PREFEITO 02.01.04.122.0002.2.004-3.1.90.03.00.00.00.00 – 1000 - PENSÕES, EXClUSIvE DO RGPS 02.01.04.122.0002.2.004-3.3.90.35.00.00.00.00 – 1000 - SERvIÇOS DE CONSUlTORIA 02.01.04.122.0002.2.004-3.3.90.39.00.00.00.00 – 1000 - OUTROS SERvIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA 10 - SECRETARIA DE INDUSTRIA, COMERCIO E TURISMO 10.01 - DEPARTAMENTO DE INDUSTRIA, COMÉRCIO E TURISMO 10.01.23.661.0011.2.022-3.1.90.13.00.00.00.00 – 1000 - OBRIGAÇÕES PATRONAIS 10.01.23.661.0011.2.022-3.1.90.16.00.00.00.00 – 1000 - OUTRAS DESPESAS vARIÁvEIS - PESSOAl CIvIl 10.01.23.661.0011.2.022-3.1.91.13.00.00.00.00 – 1000 - OBRIGAÇÕES PATRONAIS 12 - SECRETARIA DE EDUCAÇÃO 12.01 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO 12.01.12.361.0005.2.031-3.1.90.11.00.00.00.00 – 1102 - vENCIMENTOS E vANTAGENS FIXAS - PESSOAl CIvIl 13 - FUNDO MUNICIPAl DE SAÚDE 13.01 - SECRETARIA MUNICIPAl DE SAÚDE 13.01.10.301.0007.2.018-3.1.90.11.00.00.00.00 – 1303 - vENCIMENTOS E vANTAGENS FIXAS - PESSOAl CIvIl 13.01.10.301.0007.2.018-3.3.90.39.00.00.00.00 – 1303 - OUTROS SERvIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA 13.01.10.301.0007.2.026-3.1.90.13.00.00.00.00 – 1495 - OBRIGAÇÕES PATRONAIS 14 - SECRETARIA MUNICIPAl DE ASSISTENCIA SOCIAl 14.03 - Fundo Municipal de Assitencia Social 14.03.08.244.0008.2.041-4.4.90.52.00.00.00.00 – 1934 - EQUIPAMENTOS E MATERIAl PERMANENTE 14.03.08.244.0008.2.043-3.3.90.39.00.00.00.00 – 1934 - OUTROS SERvIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA JURÍDICA 16 - SECRETARIA MUNICIPAl DE ESPORTES 16.01 - SECRETARIA MUNICIPAl DE ESPORTES 16.01.27.812.0016.2.017-3.1.90.11.00.00.00.00 – 1000 - vENCIMENTOS E vANTAGENS FIXAS - PESSOAl CIvIl 16.01.27.812.0016.2.017-3.1.90.13.00.00.00.00 – 1000 - OBRIGAÇÕES PATRONAIS

3.313,43 11.206,63 1.543,17 3.758,81 5.000,00 3.000,00 54.039,05 6.353,21 20.000,00 964,65 1.500,00 1.500,00 13.000,00 895,16

Artigo 3º - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogada as disposições em contrário. Edifício da Prefeitura Municipal de Wenceslau Braz, em 29 de julho de 2013. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR Prefeito Municipal

Preço do leite sobe com prejuízos causados pela geada O valor deve subir ainda mais em 30 dias. “Vai faltar leite e, como consequência, o custo vai alterar. É a lei da oferta e da procura. Espero que o consumidor entenda e avalie antes de reclamar

PINHALÃO G1 Paraná LEI 1143/2013 Súmula: Abre Crédito Adicional Suplementar no orçamento geral do exercício de 2013, e dá outras providencias. A Câmara Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná aprovou, e, Eu, Claudinei Benetti, Prefeito Municipal sanciono a seguinte lei: Art. 1º. - Fica autorizado ao Poder Executivo Municipal a abertura de Crédito Adicional Suplementar, no Orçamento Geral do Município, no exercício de 2013, no valor de R$ 30.040,00 (trinta mil e quarenta reais), conforme segue: 09 – ASSISTENCIA SOCIAL 02 – FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL 08.243.0002.2.050 – MANUT. DO CONSELHO TUTELAR 242 – 3.1.90.11.00.00.00.00 – 1000 – Venc e vant fixas-P. civil....................R$ 4.350,00 08.244.0002.2.047 – MANUT DO FUNDO MUN. DE ASSIST. SOCIAL 253 – 3.1.90.11.00.00.00.00 – 1000 – Venc e vant fixas-P. civil....................R$ 15.000,00 254 - 3.1.90.13.00.00.00.00 – 1000 – Obrigações patronais........................R$ 2.500,00 262 – 3.3.90.39.00.00.00.00 – 1000 – Outros serv. de terc.-P. jurídica.........R$ 8.190,00 TOTAL............................................................................................................R$ 30.040,00 Art. 2º . – Para cobertura do crédito aberto no artigo anterior, serão utilizados recursos provenientes da anulação ou redução das seguintes dotações, como segue: 09 – ASSISTENCIA SOCIAL 02 – FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA SOCIAL 08.243.0002.2.050 – MANUT. DO CONSELHO TUTELAR 247 – 3.3.90.36.00.00.00.00 – 1000 – Outros serv de terc.-P. física...............R$ 2.000,00 08.243.0002.2.052 – AUX. FINANC AO PROVOPAR 251 – 3.3.90.30.00.00.00.00 – 1000 – Material de consumo...........................R$ 2.000,00 252 – 3.3.90.32.00.00.00.00 – 1000 – Mat, bem ou serv de dist gratuita........R$ 3.000,00 08.244.000..2...051 – EQUIPE TÉCNICA DO CRAS 269 – 3.1.90.11.00.00.00.00 – 1000 – Venc e vant fixas-P. civil....................R$ 10.000,00 271 - 3.1.90.13.00.00.00.00 – 1000 – Obrigações patronais........................R$ 2.500,00 273 – 3.3.90.30.00.00.00.00 – 1000 – Material de consumo...........................R$ 4.270,00 276 – 3.3.90.39.00.00.00.00 – 1000 – Outros serv. de terc.-P. jurídica.........R$ 2.270.00 16.482..0002.2.054 – MANUT DAS ATIVIDADES DO FUNDO DE HABITAÇÃO 278 – 3.3.90.30.00.00.00.00 – 1000 – Material de consumo...........................R$ 3.000,00 279 – 3.3.90.36.00.00.00.00 – 1000 – Outros serv. de terc.-P. física..............R$ 1.000,00 TOTAL..............................................................................................................R$ 30.040,00 Art. 3º. - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação revogadas as disposições em contrário. Edifício da Prefeitura Municipal de Pinhalão, em 06 de agosto de 2013. CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal

O preço do leite e derivados subiu cerca de R$ 0,20, de julho até esta terça-feira (6), em Umuarama, no norte do Paraná, devido à geada que atingiu o estado no mês de julho, conforme a prefeitura do município. O valor deve subir ainda mais em 30 dias. “Vai faltar leite e, como consequência, o custo vai alterar. É a lei da oferta e da procura. Espero que o consumidor entenda e avalie antes de reclamar. A culpa não é do produtor ou da prefeitura. Foi um

fenômeno climático. Não há o que fazer”, afirma o secretário de Agricultura do município, Antonio Carlos Fávaro. Nenhum dos 500 pecuaristas umuaramenses escapou da devastação causada pela geada, de acordo com o secretário. Fávaro conta que todas as pastagens do município perderam a cor e os nutrientes com a geada. Os gados, com isso, não têm a sustância necessária nos capins secos dos pastos, o que causa aumento nos preços do leite e derivados e, também, da carne. “Quando o capim está seco, o gado até come, mas o alimento não o sustenta. Desta forma, o

custo aumenta, já que os produtores precisam gastar com suplementação. A engorda demora mais e a qualidade do produto, tanto do leite quanto da carne, cai. Tudo isso deve se refletir no preço para o consumidor”, explica. Os mais de 60 mil hectares de pastos deUmuarama devem voltar à normalidade com as próximas chuvas, segundo Fávaro. A previsão do Instituto Tecnológico Simepar é de que chova no município a partir de sexta-feira (9). Mesmo assim, o aumento nos preços ainda deve ser sentido nos próximos 60 dias para os consumidores. DIvUlGAÇÃO

O valor deve subir ainda mais em 30 dias


Q UARTA - F E I RA, 0 7 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 8 9 Q UARTA- F E I RA, 0 7 D E AG O STO D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 8 9

BA410

EDITAIS

CPI dos Pedágios pode chamar Jaime Lerner para depor Esta foi a primeira reunião da CPI dos Pedágios depois do recesso parlamentar e a terceira da Comissão. A sugestão para ouvir Lerner foi do deputado Tercílio Turini (MD), porém, como ele não é titular da CPI, o deputado Alceu Maron (PSDB) levou a ideia à Comissão BIBIANA DIONÍSIO

Os deputados que integram a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga os contratos dos pedágios firmados no Paraná, se reuniram nesta terça-feira (6). Foi sugerido que o ex-governador do estado Jaime Lerner seja chamado para depor na CPI, já que estava a frente do estado quando se estabeleceu o Anel de Integração e, consequentemente, a concessão das estradas. O pedido será votado na próxima terça-feira (13). Esta foi a primeira reunião da CPI

dos Pedágios depois do recesso parlamentar e a terceira da Comissão. A sugestão para ouvir Lerner foi do deputado Tercílio Turini (MD), porém, como ele não é titular da CPI, o deputado Alceu Maron (PSDB) levou a ideia à Comissão. Maron afirmou que subscreveu o documento porque Turini tem acompanhado de perto os trabalhos da Comissão. Segundo o tucano, Turini ficou desprestigiado diante da circunstância de não poder apresentar o requerimento. O empecilho foi colocado pelo presidente da CPI, Nelson Luersen (PDT). Este apoio, contudo, não significa que Maron acredita que Lerner deve ser ouvido neste momento. Ele disse

que decidiu requerer o depoimento para que houvesse a possibilidade de discussão. “Ainda não é uma posição minha, mesmo porque, se fosse uma posição minha, eu mesmo faria o requerimento”, afirmou. O deputado disse ainda que considera que talvez não seja momento de ouvir o ex-governador e nem outros envolvidos. “O que eu entendo é que agora é o momento de a gente recolher o máximo de documentação e de informações para a partir daí chamarmos cada qual. Inclusive, o ex-governador Lerner e outras figuras que estejam envolvidas na questão do pedágio desde 1998”, afirmou Maron. A CPI aguarda a chegada de alguns documentos, de acordo com o de-

putado. Entre eles, o processo do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Paraná (DER) que deu origem às concessões e um relatório da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar) - criada pela atual gestão para mediar e fiscalizar os serviços de infraestrutura concedidos no estado. Também foram solicitados, por exemplo, estudos do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia e do Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (Senge-PR). Caso estes documento e outros, que foram requeridos, já estiverem na CPI, segundo Maron, é será possível convocar Lerner. e (PMDB) e, assim como a convocação

de Lerner, será votada na proxima terçafeira. O peemedebista também fez uma denúncia. Disse que integrantes da CPI estão sendo vigiados. “Nós estamos sendo filmados, permanentemente, por várias pessoas que eu não sei quais são por alguma finalidade. Não são da imprensa essas pessoas. Eu já fui seguido, meu carro já foi seguido. Eu tive que fazer algumas coisas para descobrir quais foram as pessoas, mas não consegui até o momento”, declarou. A CPI tem 120 dias para concluir os trabalho e apresentar um relatório final. O prazo pode ser prorrogado por mais 90 dias. Neste caso, o relatório poderia ser apresentado até março de 2014, devido o recesso parlamentar do fim do ano.

Bienal Internacional de Curitiba começa em 31 de agosto Com patrocínio do Itaú-Unibanco e apoio do Itaú cultural, tem curadoria geral dos críticos de arte Teixeira Coelho (MASP) e Ticio Escobar (Bienal de Valencia), e acontece na capital paranaense entre os dias 31 de agosto e 1º de dezembro com obras de artistas dos cinco continentes em mais de 100 espaços da cidade MEU PARANÁ

A Bienal Internacional de Curitiba completa 20 anos em 2013 priorizando a arte que vai para as ruas, com ações que não se restringem aos museus e galerias de arte, mas que ganham o espaço urbano. Com patrocínio do Itaú-Unibanco e apoio do Itaú cultural, tem curadoria geral dos críticos de arte Teixeira Coelho (MASP) e Ticio Escobar (Bienal de Valencia), e acontece na capital paranaense entre os dias 31 de agosto e 1º de dezembro com obras de artistas dos cinco continentes em mais de 100 espaços da cidade. “O único critério para a seleção das obras é o da qualidade e pertinência: elas devem impor-se pela qualidade e serem capazes de apontar para algumas das inúmeras questões da arte contemporânea”, dizem os curadores gerais ao explicar por que optaram por deixar de lado a prática de se escolher um tema e um título para as bienais. Foram selecionados 150 artistas sob curadoria de Coelho e Escobar, de Stephanie Dahn Batista (coordenação curatorial), de Adriana Almada (adjunta), Tereza de Arruda (associada), Maria Amélia Bulhões, Fernando Ribeiro e Ricardo Corona (convidados). Pensando na formação de novos profissionais, a Bienal instituiu o Prêmio Jovens Curadores, nesta edição foram selecionados Angelo Luz, Debora Santiago, Kamilla Nunes e Renan Araujo. Dentre os artistas, figuram os nomes Ai Weiwei (China), Ann-Sofi Sidén (Suécia), Antoni Abad (Espanha), Luis Felipe Noé (Argentina), Katharina Grosse (Alemanha), Martine Viale (Canadá), Peter Kubelka (Áustria), Regina Silveira (Brasil) e William Kentridge (África do Sul). Nesta edição, a arte urbana e as per-

formances artísticas ganham atenção especial, pois, além de estarem cada vez mais fortes e presentes no cenário internacional, oferecem um contato direto e imediato com a comunidade. Não fosse o bastante, as obras de rua ainda ajudam a cumprir o papel de deixar heranças mais duradouras, ampliando sua ação para além do período de exposições. Literatura e web arte recebem também grande espaço no evento. “A Bienal é uma excelente oportunidade para se ter contato com o que há de mais contemporâneo no mundo da arte. Ao observar as obras, acompanhar as performances, visitar um museu, é possível cruzar fronteiras geográficas e expandir o repertório cultural. Este ano, aBienal envolverá toda a cidade, provocando as pessoas de um jeito diferente”, afirma o diretor-geral da Bienal, Luiz Ernesto Meyer Pereira. Educativo O Projeto Ação Educativa Instituto Votorantim, sob curadoria do profes-

sor Luciano Buchmann, busca prolongar e potencializar os efeitos da Bienal na rede pública de ensino. A proposta é criar uma rede multiplicadora de conhecimento com palestras, mesas-redondas e visitas mediadas. Será publicado um material educativo (disponível também para download), impactando professores, alunos e a comunidade em geral. Todas as bibliotecas escolares do Paraná receberão essa publicação. Histórico A Bienal Internacional de Curitiba teve sua primeira edição em 1993, quando ainda se chamava “VentoSul − Mostra de Artes Plásticas”, com artistas da Argentina, Brasil e Paraguai. Em 1995, ampliou a participação para artistas do Chile e Uruguai. O marco da edição de 1997foi a itinerância com obras que seguiram para grandes centros culturais como o Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) e o Centro Cultural Recoleta (Buenos Aires). Em 2007, a mostra passou a ser te-

mática com obras relacionadas a “Narrativas Contemporâneas”. Em 2009, o grande tema abordado foi “Água Grande: Os Mapas Alterados”, trazendo artistas como Bruce Naumann, Gary Hill e Marina Abramovic. Em 2011, foi intitulada Bienal de Curitiba e transformou a cidade num grande espaço de arte contemporânea, com destaque para o projeto educativo visando democratizar as artes visuais. Em 2013, a Bienal Internacional de Curitiba comemora 20 anos de história e se consolida como um dos eventos mais importantes do circuito mundial. + Circuitos Com o intuito de expandir e consolidar seus vínculos locais, a Bienal apoia a realização de três circuitos. O FICBIC, Festival Internacional de Cinema da Bienal Internacional de Curitiba, realizado de 24 a 29 de setembro, tem curadoria de Eduardo Baggio. A programação conta com exibição de filmes nacionais e internacionais e uma mostra universitária competitiva, cuja premiação é uma viagem para o 64º Festival Internacional DIvUlGAÇÃO

Ai Weiwei, obra de Very Yao em 2008

de Cinema de Berlim. O CUBIC, Circuito Universitário da Bienal Internacional de Curitiba, promove debates, reflexões e expõe obras de artistas universitários. O Circuito de Galerias conta com uma programação especial nas principais galerias de arte contemporânea da cidade. Bienal Aberta Durante os três meses da Bienal Internacional de Curitiba, instituições públicas e privadas realizarão uma programação paralela. A Bienal Aberta, sob coordenação do artista e professor Tom Lisboa, busca aproximar arte e comunidade ampliando seu alcance. Roteiros São três tipos de roteiros para quem quiser visitar a Bienal: a Pé, de Bicicleta ou de Van. Basta escolher qual o melhor trajeto, agendar a visita via site e aproveitar tudo o que está exposto pela cidade. Quem quiser também pode adquirir um guia pocket bilíngue, que mostra onde as obras estão, seja nos espaços expositivos ou na rua. Esta é uma ótima opção para os turistas que vêm para Curitiba na época da Bienal. A prefeitura municipal de Curitiba/Fundação Cultural de Curitiba e o Banco Itaú apresentam a Bienal Internacional de Curitiba 2013, realizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura (Lei Rouanet). Esta edição também conta com o patrocínio Petrobrás,BNDES, Copel, Sanepar, Instituto Votorantim, Volvo e Barigui Financeira, além do apoio do Governo do Paraná/Secretaria de Estado da Cultura, Sesi no Paraná e Sistema Fecomércio Sesc Senac PR. A Bienal Internacional de Curitiba 2013 tem parceria institucional com a Secretaria Municipal da Educação, Secretaria de Estado da Educação, Instituto Municipal de Turismo, Universidade Federal do Paraná, Unespar/FAP, Unespar/Embap, Secretaria Municipal de Comunicação Social, Apap – Associação Profissional dos Artistas Plásticos do Paraná. Conta ainda com o apoio cultural do Goethe-Institut, Aliança Francesa, Instituto Cervantes, PUC-PR e Universidade Positivo.


FOLHA EXTRA ED 989