Page 1

A1

18 DE JULHO DE 2013

Q U I NTA- F E I RA, 1 8 D E J U LH O D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 7 8

QUINTA-FEIRA nº 978, ANO 9 R$ 2,00

CONTAGEM REGRESSIVA PARA EDIÇÃO Nº 1000

002 2 LUCAS ALEIXO - FOLHA EXTRA

CÂMARA ITINERANTE

PROJETO VAI LEVAR VEREADORES DE WENCESLAU BRAZ PARA OS BAIRROS Presidente da câmara de Wenceslau Braz, Ademar Gardenal

“CÂMARA COM O POVO” é o nome do projeto que levará os nove vereadores de Wenceslau Braz a interagirem de forma mais ampla com a população do município. A partir de agosto reuniões da câmara acontecerão regularmente em diferentes bairros urbanos e rurais. O objetivo é fazer com que os vereadores conheçam melhor as necessidades de cada localidade e também mostrar ao povo o trabalho e as funções do Poder Legislativo. PÁGINA A6 -Por Lucas Aleixo

GUILHERME REPRESENTA PREFEITOS DO ESTADO EM ASSINATURA DE CONVÊNIO

O prefeito de Tomazina, Guilherme Cury Saliba Costa (PSD), participou da assinatura do convênio entre Governo do Estado e Banco do Brasil para a construção de 657 moradias rurais em 38 municípios do Paraná, nesta quarta-feira (17) em Curitiba. Na ocasião o político esteve repreFOLHA EXTRA

sentando todos os prefeitos do Estado. As casas têm área de 46 metros quadrados e fazem parte do programa Minha Casa Minha Vida Rural. Serão investidos R$ 18,7 milhões provenientes do governo federal, governo do Paraná e prefeituras. PÁGINA A3

ECO BONDER

FOLHA EXTRA

Empresário do Norte Pioneiro investe em mercado sustentável

A visita do deputado federal Zeca Dirceu ao Norte Pioneiro rendeu uma série de elogios ao município de Siqueira Campos. O parlamentar esteve na região durante a semana passada.

Fidélis é o criador da Eco Bonder, uma argamassa que não utiliza cal, nem cimento. Sua invenção é totalmente sustentável e segundo o empresário o método é muito mais econômico. “A Eco Bonder surgiu para facilitar a vida dos pedreiros e ajudar o meio ambiente, além ser mais econômico para quem está prestes a investir em alguma construção ou necessita de utilizar a massa”, explica. “Neste método, enquanto um pedreiro assenta 800 tijolos no dia, quem utiliza a argamassa sustentável consegue assentar até 3 mil tijolos ou blocos, além de que o custo cai de 30% a 40% no final da obra”.

PÁGINA A3

PÁGINA A4

Siqueira Campos é elogiado por Zeca Dirceu em visita

FALANDO SÉRIO

Belo exemplo prefeito de Pinhão, na região central do Paraná, Dirceu de Oliveira, que vendeu um carro de luxo, que servia apenas a ele, para comprar uma ambulância nova para a cidade. LEIA NA PÁGINA A3

ARTIGO DA FOLHA

Herança de um povo “mal-dito”

O Brasil, querendo ou não é um país de princípios e critérios, mesmo que não respeitados e abafados, principalmente, por líderes políticos, entretanto se formos pensar, hoje ainda conseguimos reivindicar mais e exigir nossos direitos. PÁGINA A2 - Por Mariane N. Souza

Salto do Itararé recebe maquinário de deputado

O município de Salto do Itararé recebeu nesta terça-feira (16) uma motoniveladora e uma pá carregadeira das mãos do deputado federal Odílio Balbinotti (PMDB), além de recursos para a aquisição de três caminhões caçamba e mais um trator esteira, que deverá chegar ao município até o fim do ano. Odílio Balbinotti esteve na região e trouxe benefícios que somam R$ 3 milhões. PÁGINA A3


Q U I NTA- F E I RA, 1 8 D E J U LH O D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 7 8

A2

OPINIÃO

COMIDA CASEIRA DE SABOR ÚNICO

ARTIGO

Por MAURO SANTAYANA

O médico e sua ética “Em 1956, conheci, na cidade do Serro, em Minas, o médico Antonio Tolentino, que era o profissional mais idoso ainda em atividade no Brasil. Ele chamava a atenção por dois motivos: coubera-lhe assistir ao parto de Juscelino, em 1902, e não alterara o valor da consulta, que equivalia, então, a cinco cruzeiros. Entrevistei-o, então, para a Revista Alterosa, editada em Minas e já desaparecida. Em razão da matéria, o deputado federal Vasconcelos Costa obteve, da Câmara, uma pensão vitalícia da União para o médico, que morreu logo depois. Ele tinha, na época, 94 anos – e setenta de atividade. Seus descendentes criaram um museu, em sua casa e consultório. Uma das peças é o anúncio que fez, logo no início da carreira: “aos pobres, não cobramos a consulta”. Confesso o meu constrangimento. Estou em idade em que dependo, e a cada dia mais, de médicos, e de bons médicos, é claro. Tenho, entre eles, bons e velhos amigos. O que me consola é que os meus amigos estão mais próximos da filosofia de vida do médico Antonio Tolentino, do que dos que saíram em passeata, em nome de seus direitos, digamos, humanos. Mais do que outros profissionais, os médicos lidam com o único e absoluto bem dos seres, que é a vida. Os enfermos a eles levam as suas dores e a sua esperança. É da razão comum que eles estejam onde se encontram os pacientes – e não que eles tenham que viver onde os médicos prefiram estar. De todos os que trataram do assunto, a opinião que me pareceu mais justa foi a de Adib Jatene. Um dos profissionais mais respeitados do Brasil, Jatene acresce à sua autoridade o fato de ter sido, por duas vezes, Ministro da Saúde. Ele está preocupado, acima de tudo, com a qualidade do ensino médico no Brasil. Se houvesse para os médicos exames de avaliação, como o dos bacharéis em direito, exigido pela OAB para o exercício profissional, o resultado seria catastrófico. Jatene recomenda a formação de bons clínicos e, só a partir disso, a especialização médica. Os médicos de hoje estão dependentes, e a cada dia mais, dos instrumentos tecnológicos sofisticados de diagnóstico, e cada vez menos de seu próprio saber. O vínculo humano entre médico e paciente – salvo onde a medicina é estatizada – é a cada dia menor. Assim, Jatene defende o sistema do médico de família. Esse sistema permite o acompanhamento dos mesmos pacientes ao longo do tempo, e a prática de medidas preventivas, o que traz mais benefícios para todos. Entre outras distorções da visão humanística do Ocidente, provocadas pela avassaladora influência do capitalismo norte-americano, está a de certo exercício da medicina e da terapêutica. A indústria farmacêutica passou a ditar a ciência médica, a escolher as patologias em que concentrar as pesquisas e a produção de medicamentos. A orientação do capitalismo, baseada no maior lucro, é a de que se deve investir em produtos de grande procura, ou, seja, para o tratamento de doenças que atinjam o maior número de compradores. Dentro desse espírito, a medicina, em grande parte, passou a ser especulação estatística e probabilística. Os médicos protestam contra a contratação de profissionais

estrangeiros, pelo prazo de três anos, para servir em cidades do interior, onde há carência absoluta de profissionais. Não seriam necessários, se os médicos brasileiros fossem bem distribuídos no território nacional, mesmo considerando a má preparação dos formados em escolas privadas de péssima qualidade, que funcionam em todo o país. Ora, o governo oferece condições excepcionais para os que queiram trabalhar no interior. O salário é elevado, de dez mil reais, mais moradia para a família, e alimentação. É muitíssimo mais elevado do que o salário oferecido aos engenheiros e outros profissionais no início de carreira. Ainda assim, não os atraem. E quando o governo acrescenta ao currículo dois anos de prática no SUS, no interior e na periferia das grandes cidades, vem a grita geral. Formar-se em uma universidade é, ainda hoje, um privilégio de poucos. Os ricos são privilegiados pelo nascimento; os pais podem oferecer-lhe os melhores colégios e os cursos privados de excelência, mas quase sempre vão para as melhores universidades públicas, bem preparados que se encontram para vencer a seleção dos vestibulares. Os pobres, com a ilusão do crescimento pessoal, sacrificam os pais e pagam caro a fim de obter um diploma universitário que pouco lhes serve na dura competição do mercado de trabalho. Um médico sugeriu que a profissão se tornasse uma “carreira de estado”, como o Ministério Público e o Poder Judiciário. Não é má a idéia, mas só exeqüível com a total estatização da medicina. Estariam todos os seus colegas de acordo? Nesse caso não poderiam recusar-se a servir onde fossem necessários. Temos, no Brasil, o serviço civil alternativo que substitui o serviço militar obrigatório, e é prestado pelos que se negam a portar armas. Embora a objeção possa ser respeitada em tempos de paz, ela não deve ser aceita na eventualidade da guerra: a defesa da nação deve prevalecer. Mas seria justo que não só os pacifistas fossem obrigados, pela lei,depois de formados pelos esforços da sociedade como um todo, a dar um ou dois anos de seu trabalho à comunidade nacional, ali e onde sejam necessários. Nós tivemos uma boa experiência, com o Projeto Rondon, que deveria ser mais extenso e permanente como instituição no Brasil. As manifestações recentes mostram que todos, em seus conjuntos de interesses, querem mais do Estado em seu favor. Não seria o caso de oferecerem alguma coisa de si mesmos à sociedade nacional? Dois anos dos jovens médicos trabalhando no SUS – remunerados modestamente e com os gastos pagos pelo Erário – seriam um bom começo para esse costume. E a oportunidade de aprenderem, com os desafios de cada hora, a arte e o humanismo que as más escolas de medicina lhes negaram.”

Comente o artigo www.JP5.com.br

ARTIGO DA FOLHA

Por MARIANE N. SOUZA

Acadêmica de Pedagogia

Herança de um povo “mal-dito”

A

política é um dos principais fatores contribuintes para desavenças, desconfianças e críticas em todo o mundo. Corrupção, roubalheira, mentiras, improbidades e tantos outros critérios fazem parte do vocabulário de quem conhece esse “setor” mundial, porém, infelizmente é o único “órgão” que faz com que um país tenha uma organização, ou melhor, uma ‘liderança’. Assim como no futebol tem o treinador para instruir seus jogadores, nas escolas tem os diretores para administrar e auxiliar os professores, nas empresas tem os chefes, diretores e gerentes para acompanhar, ministrar e rumar o trabalho dos funcionários, nas igrejas tem o papa, os bispos, os padres, pastores, um país precisa de um líder para conseguir alçar uma nação, mesmo sendo de forma errada e muitas vezes, até avassaladora. O Brasil, querendo ou não é um país de princípios e critérios, mesmo que não respeitados e abafados, principalmente, por líderes políticos, entretanto se formos pensar, hoje ainda conseguimos reivindicar mais e exigir nossos direitos, porque como sabemos há algum tempo ninguém podia expressar sobre nada, mesmo sabendo que a razão está consigo. Tudo começou há séculos, quando um senhor chamado D. João VI veio de Portugal para o Brasil, fugindo do francês, Napoleão Bonaparte, que ameaçou tomar a coroa portuguesa. Então o covarde D. João correu para cá, usurpando

ARTIGO

ARTE - FOLHA EXTRA

do nosso povo. Já de início a população sofreu com os impostos altíssimos que tiveram de pagar, pessoas que não tinham conhecimento nenhum foram outorgadas como marqueses, duques (as) e influentes da coroa. D. João gas-

dessa trajetória de coisas ruins. D. João IV trouxe o nepotismo, a corrupção e muitos outros problemas que até hoje assombram a política brasileira. Hoje, vivemos num reflexo do passado, onde a sujeira e a poli-

e municípios brasileiros. Todos, unidos, em busca de uma mesma causa, brigando pelo mesmo objetivo. Mais qualidade de vida. Portanto é perceptível, que mesmo a política sendo algo insalubre, insatisfatório, sujo e nojento, hoje é mais fácil entendê-la e, tentar, mudá-la. O Brasil é o país das cores, rico em cultura, com belezas naturais deslumbrantes, um país admirado e cobiçado por diversas outras nações, portanto temos que cuidar desse patrimônio magnífico, lutar por ele, limpar essa sujeira que escorre pelos “bueiros parlamentares”, desinfetar os gabinetes públicos, exigindo um país de qualidade, assim como o produto que ele oferece. Temos que honrar a cor da nossa terra e

Tudo começou há séculos, quando um senhor chamado D. João VI veio de Portugal para o Brasil, fugindo do francês, Napoleão Bonaparte.

tou, explorou e roubou o que puderam do país, transformou num caos e depois, de tanta pressão de Napoleão, o rei voltou a sua origem e levou do Brasil toda a sua riqueza, deixando a nação numa crise gigantesca, totalmente falido. Só desse pouquinho de história podemos ter ideia do início

ticagem habitam as ruas e o parlamento brasileiro, porém com um ponto positivo, o de “gritar”, “urrar” nas ruas aquilo que é nosso por direito, buscar e lutar por aquilo que acreditamos. Tanto que podemos ver nas mídias e conviver cotidianamente com o que está acontecendo nos estados

mostrar ao mundo que a política suja conhecida em todos os lugares, é herança de um povo que nunca honrou a terra onde pisou.

Comente o artigo www.JP5.com.br

Por MAURO SANTAYANA

O médico e sua ética

O

“Em 1956, conheci, na cidade do Serro, em Minas, o médico Antonio Tolentino, que era o profissional mais idoso ainda em atividade no Brasil. Ele chamava a atenção por dois motivos: coubera-lhe assistir ao parto de Juscelino, em 1902, e não alterara o valor da consulta, que equivalia, então, a cinco cruzeiros. Entrevistei-o, então, para a Revista Alterosa, editada em Minas e já desaparecida. Em razão da matéria, o deputado federal Vasconcelos Costa obteve, da Câmara, uma pensão vitalícia da União para o médico, que morreu logo depois. Ele tinha, na época, 94 anos – e setenta de atividade. Seus descendentes criaram um museu, em sua casa e consultório. Uma das peças é o anúncio que fez, logo no início da carreira: “aos pobres, não cobramos a consulta”. Confesso o meu constrangimento. Estou em idade em que dependo, e a cada dia mais, de médicos, e de bons médicos, é claro. Tenho, entre eles, bons e velhos amigos. O que me consola é que os meus amigos estão mais próximos da filosofia de vida do médico Antonio Tolentino, do que dos que saíram em passeata, em nome de seus direitos, digamos, humanos. Mais do que outros profissionais, os médicos lidam com o único e absoluto bem dos seres, que é a vida. Os enfermos a eles levam as suas dores e a sua esperança. É da razão comum que eles estejam onde se encontram os pacientes – e não que eles tenham que viver onde os médicos prefiram estar. De todos os que trataram do assunto, a opinião que me pareceu mais justa foi a de Adib Jatene. Um

dos profissionais mais respeitados do Brasil, Jatene acresce à sua autoridade o fato de ter sido, por duas vezes, Ministro da Saúde. Ele está preocupado, acima de tudo, com a qualidade do ensino médico no Brasil. Se houvesse para os médicos exames de avaliação, como o dos bacharéis em direito, exigido pela OAB para o exercício profissional, o resultado seria catastrófico. Jatene recomenda a formação de bons clínicos e, só a partir disso, a especialização médica. Os médicos de hoje estão dependentes, e a cada dia mais, dos instrumentos tecnológicos sofisticados de diagnóstico, e cada vez menos de seu próprio saber. O vínculo humano entre médico e paciente – salvo onde a medicina é estatizada – é a cada dia menor. Assim, Jatene defende o sistema do médico de família. Esse sistema permite o acompanhamento dos mesmos pacientes ao longo do tempo, e a prática de medidas preventivas, o que traz mais benefícios para todos. Entre outras distorções da visão humanística do Ocidente, provocadas pela avassaladora influência do capitalismo norte-americano, está a de certo exercício da medicina e da terapêutica. A indústria farmacêutica passou a ditar a ciência médica, a escolher as patologias em que concentrar as pesquisas e a produção de medicamentos. A orientação do capitalismo, baseada no maior lucro, é a de que se deve investir em produtos de grande procura, ou, seja, para o tratamento de doenças que atinjam o maior número de compradores. Dentro desse espírito, a medicina, em grande parte, passou a ser especulação estatística e

probabilística. Os médicos protestam contra a contratação de profissionais estrangeiros, pelo prazo de três anos, para servir em cidades do interior, onde há carência absoluta de profissionais. Não seriam necessários, se os médicos brasileiros fossem bem distribuídos no território nacional, mesmo considerando a má preparação dos formados em escolas privadas de péssima qualidade, que funcionam em todo o país. Ora, o governo oferece condições excepcionais para os que queiram trabalhar no interior. O salário é elevado, de dez mil reais, mais moradia para a família, e alimentação. É muitíssimo mais elevado do que o salário oferecido aos engenheiros e outros profissionais no início de carreira. Ainda assim, não os atraem. E quando o governo acrescenta ao currículo dois anos de prática no SUS, no interior e na periferia das grandes cidades, vem a grita geral. Formar-se em uma universidade é, ainda hoje, um privilégio de poucos. Os ricos são privilegiados pelo nascimento; os pais podem oferecer-lhe os melhores colégios e os cursos privados de excelência, mas quase sempre vão para as melhores universidades públicas, bem preparados que se encontram para vencer a seleção dos vestibulares. Os pobres, com a ilusão do crescimento pessoal, sacrificam os pais e pagam caro a fim de obter um diploma universitário que pouco lhes serve na dura competição do mercado de trabalho. Um médico sugeriu que a profissão se tornasse uma “carreira de estado”, como o Ministério Público e o Poder Judiciário. Não é

má a idéia, mas só exeqüível com a total estatização da medicina. Estariam todos os seus colegas de acordo? Nesse caso não poderiam recusar-se a servir onde fossem necessários. Temos, no Brasil, o serviço civil alternativo que substitui o serviço militar obrigatório, e é prestado pelos que se negam a portar armas. Embora a objeção possa ser respeitada em tempos de paz, ela não deve ser aceita na eventualidade da guerra: a defesa da nação deve prevalecer. Mas seria justo que não só os pacifistas fossem obrigados, pela lei,depois de formados pelos esforços da sociedade como um todo, a dar um ou dois anos de seu trabalho à comunidade nacional, ali e onde sejam necessários. Nós tivemos uma boa experiência, com o Projeto Rondon, que deveria ser mais extenso e permanente como instituição no Brasil. As manifestações recentes mostram que todos, em seus conjuntos de interesses, querem mais do Estado em seu favor. Não seria o caso de oferecerem alguma coisa de si mesmos à sociedade nacional? Dois anos dos jovens médicos trabalhando no SUS – remunerados modestamente e com os gastos pagos pelo Erário – seriam um bom começo para esse costume. E a oportunidade de aprenderem, com os desafios de cada hora, a arte e o humanismo que as más escolas de medicina lhes negaram.”

Comente o artigo www.JP5.com.br


Q U I NTA- F E I RA, 1 8 D E J U LH O D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 7 8

COLUNA DA PÁGINA FALANDO SÉRIO

Belo exemplo Exemplo espetacular do prefeito de Pinhão, na região central do Paraná, Dirceu de Oliveira, que vendeu um carro de luxo, que servia apenas a ele, para comprar uma ambulância nova para a cidade. O veículo usado pelo mandatário da cidade havia sido comprado pelo antigo gestor e valia cerca de R$ 180 mil. Além do valor do carro, os gastos com impostos somaram, em cinco anos, R$ 40 mil aos cofres públicos, mais R$ 35 mil em manutenção e outros R$ 38 mil com seguro. Já que não tem mais carro oficial, o prefeito vai usar, a partir de agora, um veículo cedido pela Câmara de Vereadores. Enquanto isso, a população da cidade ficava a mercê da única ambulância existente na cidade. O veículo, que pertencia à Defesa Civil, estava em uso há 16 anos e era cheio de problemas. Até as portas tinham dificuldades para abrir. Agora, porém, a nova unidade móvel tem todos os equipamentos necessários que faltavam ao antigo carro.

E deve ser seguido Sem dúvida a iniciativa deveria ser imitada por todos os prefeitos, especialmente de municípios pequenos onde as prefeituras têm uma arrecadação limitadíssima. Ninguém quer sugerir que o chefe do Poder Executivo ande de Fusca, mas carros extremamente luxuosos são algo de extremo mau gosto, sendo que em outras áreas existem necessidades muito maiores. Até mesmo na questão dos veículos, já que Saúde e Educação deveriam ser prioritárias no que diz respeito a aquisição de novos carros, sendo que para prefeitos qualquer veículo até R$ 50 mil estaria absurdamente de bom tamanho. Até porque quanto maior o valor de carro, maior os impostos e manutenção em geral.

Parabéns à câmara de Wenceslau Braz Outra bela iniciativa é a da câmara de vereadores de Wenceslau Braz, que fará reuniões nos bairros do município. Assim, a população entende melhor o trabalho e as funções dos vereadores, que por sua vez podem conhecer mais a fundo a realidade de cada canto do município e poder atuar de forma mais abrangente. Aliás, vale o elogio também a forma unida de trabalhar dos nove vereadores brazenses, que tem trabalhado bastante nesta legislatura e buscado o bem estar do cidadão.

Parabéns à câmara de Wenceslau Braz parte ll Mais um ponto que os legisladores de Wenceslau merecem ser elogiados é a questão do expediente na câmara. Claro que não são os nove vereadores que ficam ali o dia inteiro, mas alguns adotaram essa prática de atender a população durante todo horário comercial na câmara – fato esse que não é obrigatório. E os que não podem permanecer o dia todo ainda sim marcam presença diariamente.

Guilherme representa prefeitos do Estado em assinatura de convênio Prefeito de Tomazina representou todos os prefeitos paranaenses em assinatura do convênio entre Estado e Banco do Brasil para a construção de 657 moradias rurais no Paraná DIVULGAÇÃO

DA REDAÇÃO

O prefeito de Tomazina, Guilherme Cury Saliba Costa (PSD), participou da assinatura do convênio entre Governo do Estado e Banco do Brasil para a construção de 657 moradias rurais em 38 municípios do Paraná, nesta quarta-feira (17) em Curitiba. Na ocasião o político esteve representando todos os prefeitos do Estado. As casas têm área de 46 metros quadrados e fazem parte do programa Minha Casa Minha Vida Rural. Serão investidos R$ 18,7 milhões provenientes do governo federal, governo do Paraná e prefeituras. Serão beneficiados prioritariamente agricultores com renda familiar anual bruta de até R$ 15 mil e que tenham sido contemplados com a compra de terras pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário. As

O prefeito de Tomazina e presidente da Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro), Guilherme Cury Saliba Costa, está com moral junto ao governo do Estado. Ontem ele foi o representante dos 399 prefeitos do Paraná em um evento em Curitiba para assinatura do convênio entre Estado e Banco do Brasil para a construção de moradias rurais. Em seu pronunciamento, Guilherme elogiou o governo Richa por sua gestão municipalista. Além disso, ele volta para o Norte Pioneiro trazendo 10 casas rurais para seu município.

Prefeito de Tomazina durante assinatura do convênio para a construção de casas rurais famílias pagam quatro prestações anuais de R$ 285,00 pelas casas. "A parceria com o governo do Paraná e o governo federal está levando uma nova realidade aos municípios. A administração do

governador Beto Richa tem sido extremamente municipalista, o que vem ajudando os prefeitos a conduzirem suas cidades”, disse Guilherme, que assinou convênio para construção de 10 moradias

rurais em Tomazina. Além disso, o prefeito também disse estar honrado pelo convite para fazer parte deste evento representando os prefeitos do Paraná.

Salto do Itararé recebe maquinário de deputado Odílio Balbinotti esteve na região e trouxe benefícios que somam R$ 3 milhões FOLHA EXTRA

DA REDAÇÃO

O município de Salto do Itararé recebeu nesta terça-feira (16) uma motoniveladora e uma pá carregadeira das mãos do deputado federal Odílio Balbinotti (PMDB), além de recursos para a aquisição de três caminhões caçamba e mais um trator esteira, que deverá chegar ao município até o fim do ano. “Pra nós é uma grande alegria receber esse maquinário. Mas mais do que isso, é um grande benefício pra nosso município, já que estávamos precisando e muito dessas máquinas e elas serão de muita valia para nós”, comemora o prefeito de Salto do Itararé, Israel Domingues (PDT). “Claro que eu tenho obrigação, em nome de todo povo de Salto, agradecer mais uma vez o deputado Odílio Balbinotti, que é um grande parceiro não só da nossa cidade, mas de toda a região”. O deputado, por sua vez, em seu

O deputado esteve com diversos prefeitos e políticos da região pronunciamento destacou a fidelidade que o Norte Pioneiro tem com ele e sua alegria em poder retribuir a confiança dada há anos. “Sei da importância que esse tipo de apoio tem para os municípios. Quantas estradas esse maquinário

não vai ajudar a manter em boas condições? Quantas pessoas não serão beneficiadas ? Estou muito feliz por aqui estar trazendo esses recursos e continuar o trabalho enquanto eu tiver o respaldo da população”.

O valor dos benefícios para Salto do Itararé chega a R$ 1,5 milhão. Balbinotti ainda esteve em Barra do Jacaré, onde também conseguiu recursos nesse exato mesmo valor para a compra de máquinas e caminhões.

Siqueira Campos é elogiado por Zeca Dirceu em visita DA REDAÇÃO

Guilherme com moral

A3

VIDA PÚBLICA

A visita do deputado federal Zeca Dirceu ao Norte Pioneiro rendeu uma série de elogios ao município de Siqueira Campos. O parlamentar esteve na região durante a semana passada. “Hoje Siqueira Campos tem tudo para se tornar um dos grandes propulsores econômicos do Norte do Estado”, afirmou na ocasião. Além disso, o deputado ainda teceu elogios ao prefeito do município, Fabiano Lopes Bueno, o Bi (PSB). “O Bi é um prefeito jovem, mas com um futuro promissor na política.

Sem dúvida fará uma grande administração e tem tudo pra dar uma grande contribuição para a continuação do desenvolvimento econômico de Siqueira Campos e não tenho dúvida que ele fará isso”, projeta. O prefeito, por sua vez, agradeceu os elogios e a atenção que o deputado dedica à região. “O Zeca tem sido um grande parceiro da região, e Siqueira Campos conta com seu apoio para se desenvolver cada vez mais. Fico honrado pelos elogios e garanto que nosso trabalho será sério e competente, assim como já está sendo”, afirmou.

FOLHA EXTRA

Bi recebe Zeca Dirceu na prefeitura de Siqueira Campos


Q U I NTA- F E I RA, 1 8 D E J U LH O D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 7 8

COTIDIANO FOLHA EXTRA

Argamassa sustentável tem economia de até 40%

O que é sustentabilidade? Mitos e verdades por trás deste conceito - Parte I

Empresário Jair Fidélis, idealizador e dono da Eco Bonder

Nos últimos tempos sustentabilidade tem sido o termo mais utilizado em empresas dos mais variados produtos. Jair Fidélis é um dos empresários que investiu no mercado sustentável, criando um produto mais ecológico, econômico e prático para seus clientes. Fidélis é o criador da Eco Bonder, uma argamassa que não utiliza cal, nem cimento. Sua invenção é totalmente sustentável e segundo o empresário o método é muito mais econômico. “A Eco Bonder surgiu para facilitar a vida dos pedreiros e ajudar o meio ambiente, além

ser mais econômico para quem está prestes a investir em alguma construção ou necessita de utilizar a massa”, explica. “Neste método, enquanto um pedreiro assenta 800 tijolos no dia, quem utiliza a argamassa sustentável consegue assentar até 3 mil tijolos ou blocos, além de que o custo cai de 30% a 40% no final da obra”. O novo produto, que vem conquistando o mercado da construção, contribui com o meio ambiente na extrassão de material natural. Jair comenta que a cada mil quilos produzidos, a Eco Bonder deixa de extrair 10 toneladas de areia da natureza. No mercado há 5 anos e meio, a empresa foi aberta em Wenceslau Braz e transferida para Arapongas,

COLUNA DA PÁGINA SUSTENTABILIDADE

O novo produto, além de ter uma redução de até 40% no custo de qualquer obra, ainda contribui com o meio ambiente na extrassão de material natural

MARIANE N. SOUZA Wenceslau Braz

A4

devido à estrutura da localidade. De acordo com o empresário, a Eco Bonder é uma patente que tem franquia em vários outros estados e por esse motivo necessita de aeroporto para se deslocar com mais rapidez. “Nós estamos com franquias em Gaspar/Santa Catarina, Brasília, Ilhéus na Bahia e há pouco tempo inauguramos uma em Dourados no Mato Grosso do Sul, então como damos assistência a todas as localidades nos mudamos para Arapongas por ter uma estrutura conforme necessitávamos”, salienta Jair. A sede ocupa um espaço de 4,8 mil m² e fabrica apenas a química que é distribuída para as filiais. As empresas franqueadas recebem assistência no setor de atendimento ao cliente, marketing e assistên-

cia técnica jurídica, além de dar treinamento aos funcionários. Jair informou que o franqueado tem um custo de no mínimo R$ 60 mil para trabalhar com a Eco Bonder, variando o valor de acordo com o número de habitantes e municípios que a empresa abranger. “A pessoa que começa a trabalhar conosco vai ter um custo de R$0,48 por habitantes, lembrando que a futura empresa irá abranger vários outros municípios, não apenas onde ela está localizada, sendo assim exclusiva naquela região. Na abertura oferecemos máquinas, materiais e ficamos atentos para que não falte nada aos franqueados”, esclarece o empresário. O pavilhão em Arapongas fica localizado na PR 044 km 3.

Secretaria municipal de Meio Ambiente recebe certificado do selo de ODM

DIVULGAÇÃO

Sustentabilidade é a palavra que mais se ouve e se lê por aí — na administração, na economia, na engenharia ou no Direito. Mas, afinal, o que significa sustentabilidade? Como bom mentor, vou tentar explicar de forma simples o conceito que já faz parte da vida moderna. Em primeiro lugar, trata-se de um conceito sistêmico, ou seja, ele correlaciona e integra de forma organizada os aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade. A palavrachave é continuidade — como essas vertentes podem se manter em equilíbrio ao longo do tempo. Quem primeiro usou o termo foi a norueguesa Gro Brundtland, ex-primeira ministra de seu país. Em 1987, como presidente de uma comissão da Organização das Nações Unidas, Gro publicou um livreto chamado Our Common Future, que relacionava meio ambiente com progresso. Nele, escreveu-se pela primeira vez o conceito: "Desenvolvimento sustentável significa suprir as necessidades do presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprirem as próprias necessidades". Note que interessante: a proposta não era só salvar a Terra cuidando da ecologia, mas suprir todas as necessidades de gerações sem esgotar o planeta. "Nem de longe se está pedindo a interrupção do crescimento econômico", frisou Gro. "O que se reconhece é que os problemas de pobreza e subdesenvolvimento só poderão ser resolvidos se tivermos uma nova era de crescimento sustentável, na qual os países do sul global desempenhem um papel significativo e sejam recompensados por isso com os benefícios equivalentes." Parece que Gro Brundtland adivinhava a crise recente das economias do norte e já salientava o papel dos países emergentes, como Brasil, China e Índia. Para você, vale lembrar que a sustentabilidade se aplica a qualquer empreendimento humano, de um país a uma família. Toda atividade que envolve e aglutina pessoas tem uma regra clara: para ser sustentável, precisa ser economicamente viável, socialmente justa, culturalmente aceita e ecologicamente correta. O desafio é enorme, envolve várias gerações e, por isso, você precisa estar ligado no tema. 1. NINGUÉM REALMENTE SABE O QUE SIGNIFICA SUSTENTABILIDADE. O conceito de sustentabilidade é sim definido e conhecido, porém, explicado de maneira incorreta pela mídia e por muitas pessoas, que desconhecem seu verdadeiro significado. Como bem disse o americano Anthony Cortese, fundador e presidente da organização educacional Second Nature, a questão não é simplesmente proteger o meio ambiente, "mas encontrar formas de preservar a capacidade da Terra de sustentar uma civilização próspera e moderna." 2. É UM SINÔNIMO DE VERDE. Apesar do "verde", ou seja, o meio ambiente, também estar incluído no conceito, este último não se limita apenas à preservá-lo acima de tudo. É necessário encontrar alternativas para que a natureza seja preservada e o homem, ao mesmo tempo, possa se desenvolver e viver de maneira adequada. É neste ponto que entram as tecnologias limpas. Hoje em dia, é necessário o desenvolvimento constante de novas tecnologias que não agridam de maneira destrutiva o meio ambiente, mas que, também, auxiliem o ser humano a viver em boas condições. É o caso do uso de energias limpas, por exemplo, como a solar e a eólica, e o desenvolvimento de carros elétricos.

Carine Gonçalves recebendo o certificado do selo ODM KITO CORRÊA Wenceslau Braz

A Secretaria municipal do Meio Ambiente recebeu recentemente através da bióloga Carine Gonçalves, o certificado do selo ODM – Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. O encontro realizou-se no Centro de Eventos da FIEP – Federação das Indústrias do Estado do Paraná, localizado no Jardim Botânico de Curitiba. Diversas autoridades se fizeram presentes, entre eles o secre-

tário do Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luis Eduardo Cheida. A bióloga que esteve acompanhada do secretário municipal do Meio Ambiente, Cléberson Nazareth, informou que é o segundo ano consecutivo que recebe a premiação, iniciativa do Movimento ‘Nós Podemos Paraná’, programa institucional do Serviço Social da Indústria (SESI). A duplicidade da indicação deve-se ao reconhecimento do projeto de Saneamento Básico Rural e Arborização Urbana existente no município. Vale ressaltar que o trabalho e os projetos desenvolvidos pela equipe da Secretaria municipal do

Meio Ambiente contam com integral incentivo e respaldo do prefeito Atahyde Ferreira dos Santos Júnior (PSD). “Somos reconhecidos pelo dinamismo dos projetos elaborados, os quais respeitam as regras de meio ambiente e visam a qualidade de vida de nossa comunidade. Por conta disso, recebo inúmeros convites para expor trabalhos, capacitar funcionários e explanar debates em outras localidades, referentes ao tema dos projetos evidenciados”, lembrou ela. No evento foram agraciadas empresas, entidades do terceiro setor e instituições públicas. O selo ODM certifica as organizações engajadas que realizam projetos nas áreas de

educação, erradicação à fome e a extrema pobreza, redução da mortalidade infantil, saúde de gestantes, combate à doenças, qualidade de vida e sustentabilidade. O programa ‘Nós Podemos Paraná’ atua mobilizando a sociedade, em torno de projetos que contribuem para o alcance dos ODM, para o desenvolvimento local, bem como, para alcançar metas propostas pela Organização das Nações Unidas (ONU). “Na ocasião, assinamos o termo de adesão ODM, unindo forças a outros 130 países, divulgando ações para o desenvolvimento, com o objetivo de contribuir e eliminar a fome a extrema pobreza até o ano de 2015”, reiterou.

3.TRATA-SE, EM RESUMO, DE PRESERVAR A NATUREZA. Novamente, Anthony Cortese diz: "Hoje, 70% dos recursos naturais são consumidos por apenas 25% da população mundial. Não basta cuidar desses recursos, é preciso encontrar uma forma de garantir uma vida saudável para todos." Não há como preocupar-se somente com a natureza, no mundo em que vivemos. Há também preocupações sociais e econômicas em jogo, e uma dessas preocupações é garantir que a natureza seja preservada sim, mas que todos tenham acesso a seus recursos, sem esgotá-la.


Q U I NTA- F E I RA, 1 8 D E J U LH O D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 7 8

COLUNA DA PÁGINA OCORRÊNCIAS

Jovem fica ferida após colisão em Santo Antônio

Uma colisão envolvendo uma moto e um veículo acionou as Equipes de Resgate do SAMU e do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina nesta tarde de terça-feira. Segundo informações obtidas no local, a jovem que conduzia a motocicleta não respeitou as placas de preferencial para quem seguia pela Rua Tiradentes e justamente no cruzamento com Afonso Pena acabou colidindo contra um carro que passava. Segundo a condutora do automóvel, a colisão foi inevitável. “Lamento o fato, moro em Santo Antônio da Platina e essa é a minha via de acesso quando volto pra casa, infelizmente não consegui conter”, informou. A jovem recebeu ainda no local os primeiros socorros pelas equipes do SAMU e o corpo de bombeiros, ela sofreu escoriações leves e reclamava muito de dor na cabeça. Logo após o atendimento, a moça foi 0imobilizada e encaminhada ao pronto socorro. THANNILLO ARAÚJO/NP AGORA

A5

OCORRÊNCIAS

Polícia Militar apreende 20 kg de maconha em Jacarezinho DA REDAÇÃO

Policiais Militares da Agência de Inteligência do 2º Batalhão da Polícia Militar realizaram na noite da última terça-feira (16), por volta das 22 horas, no Bairro Nossa Senhora das Graças, em Jacarezinho, a apreensão de 20 quilos de maconha. Os PMs realizavam diligências pelo bairro em combate ao narcotráfico, quando que se depara-

ram com uma motocicleta Honda, de cor preta, com dois indivíduos suspeitos, sendo que o garupa transportava uma caixa de papelão no colo. Ao receberem voz de abordagem, os suspeitos fugiram sentido Ribeirão Claro, momento em que o garupa deixou a caixa cair na rodovia. O cerco continuou, mas os suspeitos conseguiram fugir. Na caixa de papelão os PMs encontraram 40 tabletes de maconha que somaram aproximadamente 20 quilos da droga. O entorpecente foi apreendido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Jaca-

DIVULGAÇÃO

rezinho.

Os 40 tabletes da droga foram apreendidos após caírem de uma motocicleta

Rotam prende traficante em Carlópolis AGÊNCIAS

Policiais Militares da ROTAM prenderam Eleandro Gomes Camargo de 31 anos, conheci-

do como “Grilo”, na noite desta segunda-feira (15), em um bar no município de Carlópolis. Os PMs já tinham a informação que Grilo estaria vendendo drogas no local, onde foram realizadas vistorias em várias pessoas que estavam no estabelecimento, inclusive no suspeito, com o qual

foi encontrada uma pedra de crack, que segundo os PMs ele jogou no momento da abordagem, pois a pedra estava próximo ao pé dele. O rapaz confessou à polícia que possuía drogas prontas para venda em sua casa, as quais estariam dentro de um vaso na entrada da

cozinha e que alguns entorpecentes haviam sido adquiridos em Jacarezinho. No total, os PMs encontraram 12 pedras de crack no local. Eleandro Gomes Camargo recebeu voz de prisão e foi encaminhado para delegacia de polícia do município.

ESPORTES DIÓGENES GONÇALVES

COLUNA DA PÁGINA RAPIDINHAS

Jacarezinho realiza 1º campeonato de skate beneficente

Canoagem de Ribeirão Claro disputa campeonato em Palmas DA ASSESSORIA Ribeirão Claro

A delegação de 20 atletas da Associação Ribeirão-Clarense de Canoagem (ARCCA) que representarão Ribeirão Claro no Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona, embarcou para

Palmas – TO na última terça-feira (16). O grupo saiu de Ribeirão Claro na segunda (15), por volta das 22h30, para Campinas – SP, de onde saiu o voo para a capital tocantinense. Os canoístas com idade entre 19 e 21 anos disputarão provas nas categorias Infantil, Menor, Cadete e Sênior. A coordenadora do projeto Pró-Remo, Edilaine Cavalhieri Faganelli e o técnico da equipe, Rodrigo Jorge, acompanham os atletas. A competição reúne a elite do esporte no país e acontece no Lago Luis

Eduardo Magalhães, na Praia da Graciosa. O Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona define a seleção nacional que representará o Brasil no Campeonato Mundial de Canoagem Maratona, na cidade de Copenhagen, Dinamarca, entre 20 e 22 de setembro desse ano. Os dois primeiros colocados das provas K1, K2, C1 e C2 das categorias Sênior e Junior masculino, K1 Sub 23 e das provas K1 e K2 das categorias Sênior e Junior feminino ficam com a vaga. Segundo a coordenadora do proje-

to Pró-Remo, Edilaine Cavalhieri Faganelli, a expectativa é que a ARCCA supere o resultado obtido em 2012, quando a associação ficou em 6º lugar na classificação geral. Esse ano é a primeira vez que os atletas se locomovem para uma competição nacional de avião, diminuindo o desgaste antes do campeonato. “Nossa expectativa é conseguirmos ótimos resultados”, antecipou. Os resultados podem ser conferidos no site www.canoagem.org.br.

Jacarezinho será palco neste domingo (21), do 1º campeonato de skate beneficente. O evento será realizado a partir das 9 horas na pista de skate do Parque Ecológico no centro da cidade. A entrada será franca. A abertura do campeonato será feita pela Fanfarra Municipal de Jacarezinho. Haverá ainda apresentação de capoeira. As categorias serão mirins, iniciantes, amador e melhor manobra. Cada inscrição será 1 kg de alimento não perecível. “Deixe que seu filho adote um esporte antes que um traficante o adote. Diga não as drogas”, são os dizeres do cartaz do evento. A realização é da Bola de Neve Church da cidade com apoio do departamento municipal de esportes.


Q U I NTA- F E I RA, 1 8 D E J U LH O D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 7 8

DESTAQUE

A6 LUCAS ALEIXO - FOLHA EXTRA

WENCESLAU BRAZ

Presidente da câmara de Wenceslau Braz, Ademar Gardenal

“CÂMARA COM O POVO” LEVARÁ VEREADORES PARA INTERAGIR COM POPULAÇÃO

LUCAS ALEIXO - FOLHA EXTRA

Projeto prevê reuniões regulares em bairros urbanos e rurais de Wenceslau Braz LUCAS ALEIXO Wenceslau Braz

O projeto “Câmara com o Povo” pretende levar os nove vereadores de Wenceslau Braz a realizarem reuniões nos bairros (urbanos e rurais), promovendo uma maior interação entre Poder Legislativo e população, dando aos vereadores maior conhecimento da realidade do município e proporcionando à população ter conhecimento sobre a forma de atuação da câmara. As reuniões itinerantes devem ter início a partir do mês de agosto. Embora a iniciativa seja inovadora, é inspirada na realidade de décadas e décadas atrás. O presidente da câmara, Ademar Gardenal (PSD), conta que teve a ideia ainda no período de campanha eleitoral, movido pelas lembranças da época quando existiam espécies de líderes comunitários que intercediam por questões sociais e políticas de seus bairros.

“Eu lembro que quando era criança, há muitos anos, existiam esses líderes que zelavam pelos locais onde moravam, e daí veio a inspiração para este projeto”. Para Gardenal, as reuniões servirão para proporcionar aos vereadores muito mais conhecimento do município. “Nós somos eleitos e pagos para representar o povo, e a melhor forma disso acontecer é estar junto com a população. Partir para o convívio social, ver de perto as dificuldades individuais de cada bairro, de cada lugar, e claro, sentir a necessidade das pessoas”, afirma. “De repente existe alguém com um problema e essa pessoa tem vergonha de pedir ajuda, então indo nos lugares nós ficaremos sabendo e tomaremos as providências”. Contudo, o vereador deixa claro que em nenhum momento haverá assistencialismo. “Nossas providências serão de encaminhar qualquer tipo de problema para as secretarias e órgãos municipais responsáveis por aquela questão. Aliás, esta é uma luta

“Nós somos eleitos e pagos para representar o povo, e a melhor forma disso acontecer é estar junto com a população. Partir para o convívio social, ver de perto as dificuldades individuais de cada bairro, de cada lugar, e claro, sentir a necessidade das pessoas”

dos nove vereadores: capacitar os órgãos responsáveis de Wenceslau Braz para atender quem precisa, não fazendo assistencialismo de forma alguma”, salienta. Gardenal também elogia a receptividade da ideia pelos demais vereadores, que de

imediato manifestaram apoio à iniciativa. “A câmara de Wenceslau trabalha unida. Aqui não tem vaidade, não tem negócio de um querer aparecer mais do que o outro. São todos iguais, devendo zelar pelo bem comum da população independente de qualquer

outra coisa, e é rigorosamente desta forma que acontece, e todos estão empenhados não só neste, mas em diversos projetos da câmara”, enaltece. “Não é a toa que já votamos mais de 50 projetos, fizemos uma série de indicações e teremos outras grandes novida-

des em breve”. Apesar do início das sessões itinerantes estar marcado para agosto, ainda não existe uma definição detalhada da freqüência com que isso acontecerá nem qual será o primeiro local escolhido para a estréia do projeto.

SAÚDE

Paraná vai atender 412 hospitais

Projeto piloto de atendimento a pequenos hospitais servirá de modelo para todo o Brasil AEN Irati

O secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, lançou nesta quarta-feira (17), em Irati, o projeto Cuidados Continuados Integrados no Paraná, programa que envolve o Estado, União e entidades parceiras. A proposta é estabelecer uma nova vocação a hospitais de pequeno porte, tornando-os centros especializados em atendimento às condições crônicas. Pioneira no país, a experiência paranaense servirá de exemplo para a implantação deste novo modelo em todo o Brasil. Atualmente, dos 412 hospitais existentes no Paraná, 293 têm menos de 50 leitos. Geralmente, são responsáveis por atendimentos básicos que poderiam ser resolvidos

em unidades da saúde da família. Além disso, muitos enfrentam problemas financeiros, devido à baixa ocupação dos leitos e à baixa complexidade dos serviços oferecidos. Caputo Neto disse que a proposta do projeto é estabelecer uma nova vocação para esses hospitais, tornando-os centros especializados em atendimento às condições crônicas. “Esta será a solução para resgatarmos estes hospitais. Sabemos que eles podem cumprir um papel importante na rede integral de cuidados que estamos construindo no Estado”. Hoje, as doenças crônicas são a principal causa de internamento em hospitais e isso se deve principalmente ao envelhecimento da população. Cerca de 11% da população paranaense tem mais de 60 anos e necessita de acompanhamento constante e perto de casa. Pioneira no país, a experiência paranaense servirá de

exemplo para a implantação deste novo modelo de atendimento em todo o Brasil. Além do Paraná, São Paulo, Piauí e Mato Grosso do Sul também participam do projeto, que visa solucionar o problema de subsistência dos pequenos hospitais. O projeto piloto de Cuidados Continuados no Paraná começa a ser aplicado inicialmente no Hospital de Caridade Dona Darcy Wargas, no município de Rebouças, região CentroSul do Estado. De acordo com o presidente da unidade, Barquet Ayub Filho, o hospital esteve próximo de fechar as portas. “Tínhamos diversos problemas financeiros que dificultavam o atendimento à população. Com esse projeto temos um novo alento e a saúde da região também ganhará um importante impulso”, explica. O processo de implantação da unidade de cuidados continuados deve durar em torno de 18 meses. A ideia é se ba-

sear em experiências exitosas de modelos aplicados na Espanha e em Portugal. Toda condução do projeto está sendo feita numa parceria da Secretaria estadual da Saúde, com o Ministério da Saúde, Hospital Samaritano de São Paulo, Centro de Estudos Augusto Leopoldo Ayrosa Galvão (Cealag), Federação das Santas Casas de Misericórdia do Paraná (Femipa) e da Gesaworld, empresa internacional de consultoria. EQUIPAMENTOS Caputo Neto entregou ainda uma série de equipamentos para melhorar o atendimento em saúde nos municípios da região centro-sul do Estado. São aparelhos hospitalares e de diagnóstico, mobiliário e equipamentos de informática que reforçam a estrutura de hospitais e secretarias municipais de saúde de Irati e região. “Saúde é prioridade para o governo Beto Richa e demonstramos isso através dos

nossos investimentos. Garantindo mais equipamentos, damos suporte para um melhor atendimento em saúde”, ressaltou. A Santa Casa de Irati recebeu um novo aparelho de ultrassom, no valor de R$ 72 mil, e duas camas elétricas, no valor de R$ 13 mil. O secretário também assegurou o repasse de mais oito camas elétricas para equipar uma nova ala do hospital. Além disso, começaram a chegar os primeiros equipamentos adquiridos através de um repasse de R$ 400 mil do Governo do Estado. O hospital é a principal referência de atendimento para as redes Mãe Paranaense e Paraná Urgência na região. A unidade recebe mensalmente R$ 160 mil em recursos de custeio através do programa estadual HospSUS. Os recursos são repassados após o cumprimento de metas estabelecidas para a qualificação do serviço. Em abril, o Governo do Estado também liberou R$

1,5 milhão para a ampliação do pronto-socorro e outras alas da Santa Casa. O Hospital de Caridade Dona Darcy Wargas, de Rebouças, também recebeu um aparelho portátil de Raio X, no valor de R$ 65 mil. COMPUTADORES O secretário entregou ainda 12 computadores para os noves municípios que compõem a 4ª Regional de Saúde de Irati. Os computadores fazem parte do programa estadual VigiaSUS, que fortalece a área de Vigilância em Saúde em todo o Paraná. Segundo o diretor do Centro Estadual de Saúde do Trabalhador, José Lúcio dos Santos, os computadores foram adquiridos para informatizar os sistemas de notificação de doenças e acidentes relacionados ao trabalho. Até o final do ano serão entregues 557 computadores e 446 impressoras para 397 municípios do Estado.


Q U I NTA- F E I RA, 1 8 D E J U LH O D E 2 0 1 3 - E D I Ç Ã O 9 7 8

O que você gostaria de perguntar a ele?

"Meu Malvado Favorito 2" quase empata com "O Homem de Aço"

Seu namorado nunca reclamou da sua performance, mas quer que você aprenda mais truques para deixá- lo louco de prazer...

Contando as sessões de pré-estreia, "O Homem de Aço" acumulou R$ 12,5 milhões e 822 mil espectadores. Já o desenho da Universal, que está em cartaz no Brasil desde 5 de julho, já obteve R$ 37 milhões, com mais de 3 milhões de público no país

SOBRE

SEXO

COMO ANIMÁ-LO PARA O SEGUNDO ROUND? Nunca ouvi falar de um homem que tenha dispensado um pouco de encorajamento... Mas tem que ser sem pressão ou pressa. Depois da transa, é bom dar um tempo. Comece se tocando - a imagem de você se dando prazer vai deiá-lo enlouquecido. DEVO USAR AS MÃOS? Por favor! Aliás, toque à vontade... Comece com pequenas provocações e, quando eu já estiver animado, vá com ainda mais vontade e aumente a pressão. Não se preocupe em machucar, se doer, aviso. VOCÊ CONSEGUE PERCEBER QUE CHEGAMOS AO ORGASMO? Se colocar a sua mão sobre mim depois do ápice, vai sentir os músculos pulsando e se contraindo. E, se você consegue senti-los, eu também. De repente, o genital feminino fica mais apertado e há uns espasmos. QUAL A SUA POSIÇÃO FAVORITA? A preferida entre os homens é a mulher por cima. Lá está você, toda maravilhosa, podendo se tocar enquanto o cara faz todo o trabalho. E lá está o cara, controlando a ação com uma visão incrível do seu bumbum. Como não amar isso?

POR QUE VOCÊ NUNCA ESTÁ SATISFEITO? Pergunte ao Justin Timberlake por que ele continua cantando ou para o Neymar por que ele continua jogando. Parece machista (e peço desculpas), mas o fato de dar prazer a uma mulher faz com que eu me sinta invencível, poderoso, vivo! VOCÊ CONSEGUE PERCEBER QUANDO A MULHER CONTRAI OS MÚSCULOS DURANTE A RELAÇÃO? Com certeza dá para sentir e é bem gostoso. É como se eu fosse massageado dentro da mulher. Receber esse estímulo logo depois do orgasmo prolonga o prazer.

Por Andrezza Duarte e Rafaela Polo/ Revista M de Mulher

PASSATEMPO

FOLHA CAÇA-PALAVRAS - PREFEITOS REGIONAIS Você conhece os atuais prefeitos do Norte Pioneiro e algumas cidades dos Campos Gerais? Teste seus conhecimentos políticos regionais resolvendo o caça-palavras da Folha Extra. Municípios abrangidos de Barra do Jacaré, Carlópolis, Conselheiro Mairinck, Guapirama, Joaquim Távora, Jaboti, Pinhalão, Siqueira Campos, Wenceslau Braz, Jacarezinho, Quatiguá, Salto do Itararé, São José da Boa Vista, Santo Antônio da Platina, Tomazina, Jaguariaíva, Arapoti, São José da Boa Vista e Cambará.

DIVULGAÇÃO

QUANTO O SEXO DEVE DURAR? O suficiente para trocarmos algumas vezes de posição. E, apesar de curtir cada momento, estamos focados no resultado final. É como uma partida de futebol: um cruzamento é excitante - mas o que nos faz vibrar é o gol. VOCÊ JÁ FINGIU UM ORGASMO? O sexo pode estar gostoso, mas tem hora em que não dá para chegar aos finalmentes (por preocupação, cansaço, bebedeira...). Se você deve ficar ofendida? Não. Fingir não tem a ver com quanto o cara está a fim. É só para evitar constrangimentos... Ou acabar logo. Nada pessoal.

A7

VARIEDADES

EDÃO – PEZÃO – CARLINHOS – BANZÉ – BETÃO – LEI DA LICA – VATÃO – BENETTI – BÍ – TAIDINHO – SÉRGIO FARIA – FERNANDO DOLENZ – DARTAGNAN – ISRAEL – ZÉ ISAC – PEDRO CLARO – GUILHERME CURY – BARONI – BRAZ RIZZI – SERJÃO KRO17/07/13 NÉIS – JOÃO MATTAR

Legenda: O filme já obteve R$ 37 milhões de espectadores DAS AGÊNCIAS

A superprodução "O Homem de Aço", que traz de volta aos cinemas a história do Superman, ficou em primeiro lugar no ranking das dez maiores bilheterias no Brasil no último fim de semana (de 12 a 14 de julho), segundo dados divulgados nesta segundafeira (15) pela consultoria Rentrak. Estrelado por Henry Cavill, Russell Crowe, Kevin Costner e Amy Adams, o longa arrecadou R$ 9,637 milhões, quase mesma marca atingida pela animação "Meu Malvado Favorito 2", com R$ 9,623 milhões no período. Contando as sessões de pré-estreia, "O Homem de Aço" acumulou R$ 12,5 milhões e 822 mil espectadores. Já o desenho da Universal, que está em cartaz no Brasil desde 5 de julho, já obteve R$ 37 milhões, com mais de 3 milhões de público no país. A comédia "Minha Mãe é Uma Peça" ficou em terceiro lugar no ranking, com R$ 3,8 milhões e 300 mil espectadores. No acumulado, o filme estrelado por Paulo Gustavo já obteve R$ 30 milhões no país, uma dos principais desempenhos no ano para uma

produção nacional. Ao todo, mais de 2,7 milhões de pessoas já foram aos cinemas conferir o longa. Já a estreia "O Cavaleiro Solitário", superprodução estrelada por Johnny Depp que reconta o mito do herói do faroeste norte-americano, confirmou a tendência observada nos mercados internacionais e ficou apenas na quarta posição no Brasil, com R$ 2,6 milhões e 211 mil de audiência. Se forem somadas sessões de pré-estreia, o filme acumulou R$ 3,7 milhões e 312 mil espectadores. "Guerra Mundial Z", com Brad Pitt, obteve R$ 2,4 milhões nos últimos três dias, acumulando R$ 27,7 milhões no país. Mais de 2,1 milhões de pessoas já assistiram ao longa no Brasil, que narra a jornada de um homem para salvar o mundo de uma revolta em escala mundial causada por um vírus que torna as pessoas em zumbis agressivos. Animações Duas animações, uma já no circuito nacional, outra ainda em pré-estreia, figuraram entre as dez principais bilheterias no Brasil: "Universidade Monstros" (7º lugar) e "Turbo" (8º), que vai estrear oficialmente na próxima sexta-feira. O ranking ainda conta com "Truque de Mestre" (6º), e as comédias "Todo Mundo em Pânico 5" (9º) e "Os Amantes Passageiros" (10º).

Morre roteirista de "A Vida é Bela” DAS AGÊNCIAS

Quem vê a escritora Piper Kerman sentada elegantemente para a rodada de entrevistas durante o lançamento da série "Orange is the New Black", no hotel Unique em São Paulo, não imagina que ela passou pouco mais de um ano em um presídio feminino dos Estados Unidos. Da traumática e edificante experiência, escreveu o livro de memórias que deu origem à série cuja primeira temporada está integralmente disponível no Netflix (serviço on-line de exibição de filmes e séries). "Eu fui para a prisão devido a um delito relacionado a drogas que eu havia cometido dez anos antes de ser presa. Quando eu cruzei os portões do presídio eu era uma pessoa totalmente diferente do que eu era quando eu me envolvi com o crime...", declarou

a autora. A coragem de relatar seu drama, segundo a escritora, surgiu de sua indignação com a situação de suas colegas de cárcere. "Nos Estados Unidos, o que coloca as mulheres na cadeia muito frequentemente são coisas que aconteceram com seus maridos e namorados, que se envolvem com o crime e que acabam arrastando-as junto. Isso é muito trágico", disse. Apesar dos dramas, "Orange is the New Black" (Laranja É o Novo Preto) é uma tragicomédia. A começar pelo título, uma piada com a cor do uniforme das detentas. A série mostra, a cada episódio, a história de cada uma dessas prisioneiras entrelaçada à vida de Piper, que na série é interpretada pela atriz Taylor Schilling. Adaptada para a TV por Jenji Kohan, a mesma criadora da premiada série "Weeds", "Orange" traz em seu elenco a atriz Laura Prepon (a Donna de "That 70´s Show") e o astro da trilogia "American Pie", Jason Biggs, que interpreta o noivo de Piper.

R P X H À D Z B E N E T T I F Ò Y Í C C R B S Í X

C S E F V H Ê G B B Í Ç Ê B R A Z R I Z Z I M Ó R

Ò T O Z S Q Ã U Â A S E R J Ã O K R O N É I S Ã Z

Ò Ê I H Ã B Â I S N V N X Õ Í O H N I D I A T Ü É

R R Í Ü N O O L J Z P A O U R A T T A M O Ã O J I

Ó Í Ó Â Í I V H Ç É Á D T R H C D À U Y C Ã G L S

à B E Â Ü Ã L E à I U E D à O Q F S Z Á D F C V A

H A A Ô N F E R N A N D O D O L E N Z Á U N B Ç C

J I B E T Ã O M A S B A I R A F O I G R É S C Ò C

A C I L A D I E L C M L T V G O K Ò O Q Ê L Á O Z

L I N O R A B C Ç V Ü B R Ç E X Ó Ò Q Ê V Ô S N Ó

Ê Ã P S Á À M U Z O D A R T A G N A N Á V O Y U E

I B C Q G N Í R C Ô É Q I O B L E A R S I É T Q F

Ú S É V U O Ü Y Ó I Â P E D R O C L A R O Ó Ü U E

PREVISÃO ASTRAL ÁRIES (21 MAR. A 20 ABR.) Para um dia de Mercúrio retrógrado, até que hoje o mensageiro dos deuses está a seu favor! Um assunto relativo a imóveis e parentes volta a carga e pode enfim ser bem solucionado. Os ciúmes são seus inimigos na relação amorosa; não dê motivo de desconfiança ao parceiro.

LIBRA (23 SET. A 22 OUT.) Aceite os limites de seu orçamento - uma grande decisão capaz de lhe dar força e segurança. Assim é que você botará sua mente pra funcionar e encontrará meios de superar um entrave a aspiração ligada a casa, família, imóvel etc. Trabalho com arte e tendências em alta.

TOURO (21 ABR. A 20 MAI.) Lua e Saturno juntos no setor de parcerias forma um elo forte. A relação pode ser de amizade, amor ou trabalho. Mas é preciso dar um passo a mais hoje, se comprometer enfim. Viagens e cursos estão no destaque, talvez com essa pessoa. Saúde um tanto frágil, espante negatividade.

ESCORPIÃO (23 OUT. A 21 NOV.) Lua em seu signo anuncia dia de mais fragilidade, você está mais sensível! O encontro com Saturno pede que você mantenha a fé em dias melhores, levante a cabeça e não se renda a pensamentos sombrios. Respeite seus limites emocionais. Intuição forte, anote suas cismas.

GÊMEOS (21 MAI. A 20 JUN.) Lua e Mercúrio em ângulo fluente favorecem confissões de segredos e soluções engenhosas, junto a alguém do seu trabalho. Espera-se que você cumpra tarefa entediante dentro do prazo. Chato! É possível que você recupere algo que julgava perdido. Finanças favorecidas.

SAGITÁRIO (22 NOV. A 21 DEZ.) Em um cenário astral que privilegia as emoções, os sentimentos e as preferencias ditadas pelo coração e pelos hábitos, você pode se sentir um navegante perdido em terra estranha. Adie a discussão de temas delicados, o anuncio de decisões etc. Não chame atenção para si.

CÂNCER (21 JUN. A 21 JUL.) Marte e Júpiter em conjunção no seu signo elevam seu desejo por liberdade, sonhando com espaços emocionais a serem explorados. A melhor expressão de seus sonhos pode ser um lar amplo e reconfortante. Cuidado com a pressa! Fertilidade em todos os sentidos.

CAPRICÓRNIO (22 DEZ. A 20 JAN.) Alguns planos precisarão ser modificados, e um amigo tem a ver tudo com isto. Trata-se de reconhecer limitações alheias, talvez adiar uma viagem, ou projeto de ação conjunta. Parcerias que antes pareciam remotas se firmam depois de uma conversa mais intima.

LEÃO (22 JUL. A 22 AGO.) Lua e Saturno pedem recolhimento e proximidade com o passado, pais ou lar. Ali você se sentirá mais firme e seguro. Segredos devem ser mantidos entre os que realmente confia. Mercúrio e Urano indicam possível problema com pessoa querida. Ciúmes asfixiam, fique longe...

AQUÁRIO (21 JAN. A 19 FEV.) Quanto mais preservar sua imagem profissional hoje, melhor. Incumbências mais pesadas poderão exigir que você seja um magico, dando conta de diversas demandas ao mesmo tempo.

VIRGEM (23 AGO. A 22 SET.) Ótimo dia pra retomar um plano com amigos! Por meio de suas palavras consistentes e sua mente penetrante, eles se convencerão. Viagens www.lideranca.org/word/palavra.php e deslocamentos farão bem a você, e conhecer algo novo despertará antigos interesses. Tudo fui melhor no terreno amoroso e familiar.

PEIXES (20 FEV. A 20 MAR.) Conexão intima e forte com filhos e amores permite adiantar-se, escolher caminhos e garantir um espaço amplo pra se sentir livre. Vitórias e desafios que são superados com o emprego de intuição e presença de espirito. Viagens podem ser assunto em destaque no trabalho.

Cr


I RAA, ,1188 DDEE J JUUL LHHOO DDEE 22001133 - - EEDDI IÇÇÃÃOO 9 97 78 8 QQUUI INNTTAA- -F FEEI R

BA28

EDITAIS

WENCESLAU BRAZ  

                                                    

PORTARIA Nº 003/2013 O PRESIDENTE DO CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DO TERRITÓRIO DIVISA NORTE DO PARANÁ, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, e de conformidade com o disposto na Lei nº 8.666/93, e suas alterações, RESOLVE: I - Constituir a Comissão Julgadora de Avaliação de Licitação tipo Melhor Técnica e Preço para contratação de Pessoa Jurídica Especializada na Área de Assessoria Técnica em Consórcios Intermunicipais de Desenvolvimento Regional. II - A Comissão será constituída de um Presidente, dois membros e dois suplentes. III - Designar, para compor esta Comissão, os senhores: a) Titulares: 1. Presidente: Atahyde Ferreira dos Santos Júnior; 2. Membros: José de Jesus Isac; Fernando Maluf;

CÂMARA DE WENCESLAU BRAZ

b) Suplentes: 1. Fabiano Lopes Bueno; e 2. Pedro Sérgio Kronéis IV - Na impossibilidade, ausência ou impedimento do Presidente, compete ao Sr. José de Jesus Isac executar tal função. V - O membro suplente será convocado pelo Presidente, na ausência do membro efetivo. VI - Esta Portaria entrará em vigor a partir de sua publicação. Publique-se, Dê-se Ciência e Cumpra-se. Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional do Território Divisa Norte do Paraná, Wenceslau Braz-Pr, em 12 de julho de 2013.

O Decreto do Poder Executivo Municipal nº 068/2012, publicado no dia 03 de julho de 2012, Edição nº. 772 página A9, coluna 01, referente aos subsídios dos vereadores para legislatura 2013/2016, saiu com erros de digitação. Nas linhas onde se lê: “DECRETO Nº 068/2012, leia-se: Decreto Legislativo nº 01/2012”, onde se lê: “O PREFEITO MUNICIPAL DE WENCESLAU BRAZ no uso de suas atribuições que lhe confere a Lei Orgânica do Município de WENCESLAU BRAZ e autorização contida na Lei Municipal n° 2497/12 de 26 de abril de 2012, leia-se: A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Wenceslau Braz, no uso de suas atribuições legais e regimentais, apresenta a este Plenário Projeto de Decreto Legislativo, que tem por escopo fixar os subsídios dos Vereadores que compõem esta Casa de Leis, para a legislatura 2013/2016, esperando aprovação dos dignos pares nos seguintes termos”, onde se lê: “Art. 4º- Este Decreto entrará em vigor, leia-se: Art. 4º- Este Decreto Legislativo entrará em vigor”, onde se lê: “Wenceslau Braz – PR, 29 de junho de 2012, leia-se: Sala das Sessões, em 25 de Junho de 2012”. E onde se lê: “ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR – Prefeito Municipal, leia-se: Josemar Furini - Presidente da Câmara Municipal de Wenceslau Braz – PR, Antônio Roberto de Souza - Vice-Presidente da Câmara Municipal de Wenceslau Braz – PR, Valdenir Aparecido Pontes - 1° Secretário da Câmara Municipal de Wenceslau Braz – PR, João Batista da Silva - 2° Secretário da Câmara Municipal de Wenceslau Braz – PR”. Ficando os demais dispositivos inseridos no referido ato administrativo inalterados.

Atahyde Ferreira dos Santos Júnior Presidente do CODREN RUA EXPEDICIONARIOS, 200, CENTRO, WENCESLAU BRAZ – PARANÁ – CEP: 84.950-000. E-MAIL – codren@hotmail.com

PORTARIA nº. 280/2013 O Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei, RESOLVE Artigo 1º - Nomear a aprovada em Concurso Público realizado através do Edital nº. 001/2010 de 02/06/2010, homologado pelo Decreto 119/2010 – B, para ocupar cargo de empregado público do Programa “Saúde da Família” da

SANTANA DO ITARARÉ

Prefeitura Municipal de Wenceslau Braz, Estado do Paraná, a seguinte funcionária no cargo de ENFERMEIRO de acordo com sua classificação: NOME: RG: CLASSIFICAÇÃO: JENIFER PAWAK 8.752.115-0 34ª Colocação Artigo 2º - Esta portaria entra em vigor a partir da data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Wenceslau Braz, 17 de julho de 2013.

PORTARIA N.° 239/2013 Súmula: NOMEA servidor aprovado no Concurso Público nº. 01/2010. O Prefeito Municipal de Santana do Itararé, no uso de suas atribuições legais, com fundamento no artigo 34, da Lei Municipal n° 029/2003 – Estatuto dos Servidores Municipais, RESOLVE : Art. 1°. NOMEAR o Sr. THIAGO HENRIQUE DA SILVA, portador da cédula de identidade RG. sob nº. 45.830.799-3-SSP/SP para o cargo de OPERADOR DE MAQUINAS II, após aprovação em concurso público promovido pelo Edital 01/2010. Art. 2° - Nos termos do art. 36 da Lei Municipal n°. 029/2003, a posse deverá ocorrer no prazo de 30 (trinta) dias, contados a partir do primeiro dia útil à data de publicação do ato de provimento. Edifício da Administração Municipal, em 17 de julho de 2.013. JOSE DE JESUS ISAC PREFEITO MUNICIPAL

ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR Prefeito Municipal

PORTARIA nº. 281/2013 O Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei, RESOLVE: Artigo 1º - Nomear a Senhora CARLA APARECIDA ANACRETO, brasileira, solteira, portadora da Cédula de Identidade R.G.sob nº. 10.558.911-5 SSP/PR e, inscrito no Cadastro de Pessoa Física (C.P.F./M.F) sob o nº. 062.671.999-24, para responder pelo cargo de Provimento em Comissão de DIRETORA DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DO CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL - CREAS, em conformidade com a Lei Municipal nº. 2.555/2012, com vencimento representado pelo símbolo CC-3. Artigo 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos a 01/07/2013. Artigo 3º - Revogam-se as disposições em contrário. Wenceslau Braz, 17 de julho de 2013.

1

TERMO N.º 005 / 2013 Súmula: Termo de Posse de servidor aprovado em concurso público. O Prefeito Municipal de Santana do Itararé, no uso de suas atribuições legais, com fundamento no artigo 34 da Lei Municipal n.° 029/2003, determina: Art. 1° . O presente TERMO tem a finalidade de dar POSSE ao Sr. THIAGO HENRIQUE DA SILVA, portador da cédula de identidade sob nº. 45.830.799-3 - SSP-SP, tendo em vista sua aprovação em concurso publico, edital nº 01/2010 para o cargo de OPERADOR DE MÁQUINAS II, nomeado através da portaria n° 239/2013, de 17 de julho de 2013.

ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR Prefeito Municipal

PORTARIA nº. 282/2013

Art. 2° . Nos termos do art. 36 da Lei Municipal n.° 029/2003, a posse deverá ocorrer no prazo de 30 (trinta) dias, contados a partir do primeiro dia útil à data de publicação do ato de provimento.

O Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei, RESOLVE:

Edifício da Administração Municipal, em 17 de julho de 2.013.

Artigo 1º - EXONERAR a pedido, o servidor municipal CLEBERSON NAZARETH, portador do RG:

REGISTRE-SE

3.714.907-1 e do CPF: 587.572.289-49 a partir do dia 17 de Julho de 2013, do cargo de Provimento em Comissão de Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente. Artigo 2º - Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Wenceslau Braz, 17 de Julho de 2013.

CÂMARA DE JABOTI

Dispõe sobre a alteração do artigo 16, caput, da Lei Orgânica do Município de Jaboti. A Mesa Executiva da Câmara Municipal de Jaboti, Estado do Paraná no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 39, inciso IV da Lei Orgânica do Município, faz saber que o Plenário aprovou e ela promulga a seguinte EMENDA À LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO: Art. 1°. O artigo 16, caput, da Lei Orgânica do Município de Jaboti/PR (Resolução nº. 04/1993), passa a vigorar com a seguinte redação: Art. 16. Toda alienação onerosa de bens imóveis do município só poderá ser realizada mediante autorização legislativa, mediante avaliação prévia e licitação, observada a legislação federal pertinente. Art. 2º. Esta Emenda entrará em vigor na data de sua publicação, Sala das Sessões da Câmara Municipal de Jaboti, Estado do Paraná, 08 de julho de 2013. Mesa Diretora: Nilton dos Santos Andrade João Maria de Oliveira Presidente Vice-Presidente Aparecida Elizabete Barbosa Edivaldo Pereira Oliveira 1º Secretária 2º Secretário

JABOTI

CÂMARA DE PINHALÃO

LEI COMPLEMENTAR MUNICIPAL Nº 04/2013 de 02 de julho de 2013. (Oriundo do Poder Legislativo) Súmula: ALTERA O ANEXO IV DA LEI COMPLEMENTAR 02/2013

PORTARIA N.º 10/2013 O presidente da Câmara Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais RESOLVE

A Câmara Municipal de Jaboti, Estado do Paraná, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: Art. 1.º O Anexo IV, da Lei Complementar nº 02 de 05 de junho de 2013, notadamente no que se refere ao valor das funções gratificadas do Presidente da Comissão de Licitação e do Presidente da Comissão de Avaliação e Desempenho, passa a vigorar com seguinte teor:

Conceder a partir de 18 de julho de 2013, 30 (trinta) dias de FÉRIAS ao servidor CARLOS EDUARDO MIGUEL DA SILVA, ocupante do cargo de advogado, portador do R.G. n.º 7.198.469-9 SSP/PR e CPF 028.699.259-05, referente ao período aquisitivo de 01/06/2012 a 31/05/2013. Pinhalão, 16 de julho de 2013. Cumpra-se, Registre-se, Publique-se.

ANEXO IV DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS

Símbolo

Gratificação/Percentual/ Remuneração

FG-01

R$ 500,00

FG-02

R$ 200,00

Presidente da Comissão de Avalia- FG-03 ção Especial de Desempenho

R$ 630,00

Denominação

Coordenador do Controle Interno AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N. º 68/2013 (Resumo para fins de publicação) A PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI, Estado do Paraná, torna público que fará realizar licitação, conforme segue: 1 - MODALIDADE: Pregão Presencial nº. 68/2013. TIPO DE LICITAÇÃO: Menor Preço Por Item. 2 – 0BJETO: Contratação de Serviços de torno e solda destinadas a manutenção da frota municipal incluindo todas as secretarias municipais. 3 - ABERTURA DOS ENVELOPES: Dia 30/07/2013 às 13h30min na Prefeitura Municipal de Jaboti. 4 – INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES: Demais informações bem como cópias completas do Edital poderão ser obtidas pessoalmente, junto ao Departamento de Administração, na Prefeitura Municipal de Jaboti, na Praça Minas Gerais, 175, no horário das 08h00minh às 11h00minh e das 13h00minh às 16h00minh. Edifício da Prefeitura Municipal de Jaboti, 15 de julho de 2013. Silvana Gonçalves Siqueira, Pregoeira Oficial Portaria 16/2013

CUMPRA-SE

JOSE DE JESUS ISAC Prefeito Municipal

ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR PREFEITO MUNICIPAL

EMENDA À LEI ORGÂNICA Nº. 01/2013, de 08 de julho de 2013. (proposta do Prefeito Municipal)

PUBLIQUE-SE THIAGO HENRIQUE DA SILVA Empossado(a)

Presidente da Comissão de Licitação

Art. 2º. Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário.

GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE JABOTI, aos dois dias do mês de julho de 2013 (02/07/2013).

VANDERLEY DE SIQUEIRA E SILVA Prefeito Municipal

_________________________ JOSÉ APARECIDO DA CUNHA PRESIDENTE


IR QQUUI INNTTAA- -F FE EI R AA , ,1188 DDEE J JU UL L H HOO DDEE 22001133 - - EEDDI IÇÇÃÃOO 9 97 78 8

JUNDIAÍ DO SUL

BA39

EDITAIS

JAGUARIAÍVA

CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE JUNDIAÍ DO SUL – PR

Câmara Municipal de Jaguariaíva Estado do Paraná

RESOLUÇÃO Nº 05/2013 Súmula: Composição da Comissão Organizadora da IX Conferência Municipal de Assistência Social

COMISSÃO DE ECONOMIA, FINANÇAS E ORÇAMENTO

O CMAS (Conselho Municipal de Assistência Social) de Jundiaí do Sul, no uso das atribuições, RESOLVE:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA

ART. 1° Aprovar a seguinte composição da Comissão Organizadora da IX Conferência Municipal de Assistência Social, de caráter paritário:

AUDIÊNCIA PÚBLICA

Conselheiro

Representação

Lucelene Aparecida de Moraes Vieira

Não Governamental / Entidade

Hildenilda dos Santos Matos Menezes

Não Governamental / Usuário da Assistência Social

Alcione Aparecida Leite

Não Governamental / Trabalhadores do Setor

Érica de Cássia Alves da Silva

Governamental

Juliana Raquel Leopoldo

Governamental

Regiane Lemes dos Santos

Governamental

ART. 2° Caberá a Comissão Organizadora elaborar o orçamento; propor estratégias de mobilização (eventos preparatórios à participação na conferência) e divulgação; definir o local para a realização da conferência;

O Presidente da Câmara Municipal de Jaguariaíva e o Presidente da Comissão de Economia, Finanças e Orçamentos, com fulcro no parágrafo único do art. 48 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101/00) e artigo 39 da Lei Orgânica do Município de Jaguariaíva, CONVIDAM as Entidades representativas da sociedade, autoridades, cidadãos deste Município de Jaguariaíva e a quem possa interessar, a participarem da AUDIÊNCIA PÚBLICA para discussão da PPA – PLANO PLURIANUAL ANUAL – PERÍODO 2014 à 2017, conforme a data e horário abaixo discriminado: Dia:

25 de julho (quinta-feira) Hora: 16h00min (dezesseis horas) Local: Plenário da Câmara Municipal

preparar a programação; definir os palestrantes; construir a minuta do regimento interno;

Jaguariaíva, 17 de julho de 2013.

programar apresentações culturais (opcional); prever a acessibilidade das pessoas com deficiência, conforme orientação do CNAS consolidar o Relatório Final e encaminhá-lo ao Conselho Estadual de Assistência Social – CEAS.

ART. 3º - Esta resolução entra em rigor na data de sua publicação, revogando disposições contrárias.

Vereador JOSÉ MARCOS PESSA FILHO Presidente da Câmara Municipal

Vereador REGINALDO CORDEIRO DA SILVA

Jundiaí do Sul, 16 de Julho de 2013. Lucelene Aparecida de Moraes Vieira Presidente do CMAS

Presidente da Comissão de Economia, Finanças e Orçamento

Governo do Paraná e Ibama assinam acordo para gestão compartilhada da fauna O acordo foi firmado entre o Ibama/PR, Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e Instituto Ambiental do Paraná. Entre as atividades incluídas na cooperação estão o licenciamento, fiscalização, controle e gestão de zoológicos, criadouros, mantenedores, criadouros científicos para fins de pesquisa, criadouros comerciais, abatedouros e frigoríficos de fauna silvestres DAS AGÊNCIAS

O governador Beto Richa e o presidente do Ibama, Volney Zanardi Júnior, assinaram nesta quarta-feira (17) um acordo de cooperação para a gestão compartilhada da fauna no Paraná. Pelo acordo, em um prazo máximo de três anos os órgãos ambientais estaduais passarão a atuar na emissão de autorizações de uso e manejo da fauna silvestre. O acordo foi firmado entre o Ibama/ PR, Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e Instituto Ambiental do Paraná. Entre as atividades incluídas na cooperação estão o licenciamento, fiscalização, controle e gestão de zoológicos, criadouros, mantenedores, criadouros científicos para fins de pesquisa, criadouros comerciais, abatedouros e frigoríficos de fauna silvestres. Incluem-se, também, a emissão de autorizações para o manejo de fauna na natureza, a destinação de fauna aos centros de triagem e a reabilitação de animais silvestres. "Esta importante parceria com o Ibama trará, com certeza, mais eficiência e economia de recursos públicos, pois evitaremos duplicação de atividades. Nada melhor que contribuirmos com nossas obrigações neste compartilha-

mento de atuação", afirmou o governador. O acordo é o primeiro passo para a criação da Rede Paranaense de Defesa e Proteção Animal, que está prevista no Plano de Governo de Beto Richa. Com a descentralização da política de fauna, o Estado inicia a implantação desta rede. A descentralização das ações de fauna para o Estado segue a determinação da Lei Complementar n° 140/2011, que regulamentou as competências da gestão ambiental entre união, estados e municípios. As atribuições relativas à fauna foram repassadas aos Estados. Os pedidos de autorizações feitas após a data da publicação da lei cabem, agora, ao Instituto Ambiental do Paraná autorizar. O presidente do Ibama, Volney Zanardi Júnior, disse que o acordo cria condições para os órgãos ambientais estaduais se fortalecerem para assumir as novas competências. "Teremos uma soma de esforços que trará resultados positivos. Quem ganha com essa agenda integrada é a sociedade, que terá melhores serviços ambientais”, afirmou. Volney Zanardi lembrou que o acordo prevê o repasse, ao Paraná, de 60% dos recursos da Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental (TCFA), correspondentes à gestão da fauna. Para o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida, a medida representa um avanço para o Paraná. "Teremos a oportunidade, pela primeira vez na história,

de elaborarmos uma política estadual integrada de proteção à fauna", disse Cheida. O secretário explicou que, além da fauna silvestre, o Estado passa a controlar, também, a erradicação de espécies exóticas invasoras, como o bagre africano e o caramujo africano. "Essa rede tem o objetivo de criar soluções para os pequenos, médios e grandes problemas de defesa animal, para que possamos ter uma estratégia clara para a proteção”, afirmou. BENEFÍCIOS - O objetivo do acordo é evitar a duplicidade de esforços e sobreposição de atividades, facilitando a incorporação das ações de autorização de uso e manejo da fauna ao sistema de licenciamento ambiental já realizado no Estado. Atualmente, o departamento de fauna do Instituto Ambiental do Paraná é responsável, por exemplo, por atividades de licenciamento do espaço físico dos criadouros e zoológicos. As autorizações para manejo da fauna ficavam sob responsabilidade do órgão federal. O Paraná possui hoje, aproximadamente 300 criadores e mantenedores de fauna e outros 60 mil criadores amadores de aves. O Instituto Ambiental do Paraná já desenvolve ações relacionadas à fauna. “Assumir essa área facilitará os licenciamentos e ordenamento das ações”, disse o presidente do Instituto, Luiz Tarcísio Mossato Pinto. O Acordo também possibilita a formalização de parcerias com universidades, instituições de pesquisa e municípios para a gestão da fauna. CAPACITAÇÃO - Nos próximos meses, o Ibama irá promover oficinas e capacitação dos técnicos da Secretaria do Meio Ambiente e Instituto Ambiental sobre as novas atribuições

e o uso de sistemas federais como o SISPASS e o Sisfauna. Nesta fase de transição, continuarão com o Ibama os processos de criadores de fauna anteriores à promulgação da Lei Complementar 140, com licenças ainda não expiradas. Permanecem como atribuição do Instituto, também, a gestão da fauna em nível nacional, o monitoramento e a fiscalização com foco no tráfico internacional. O superintendente do Ibama no Paraná, Jorge Augusto

Callado Afonso, disse que nos próximos três anos o órgão federal dará todo o subsídio para que o estado implemente a sua política de fauna. "A integração entre federação, estados e municípios para garantir qualidade ambiental está prevista no Sistema Nacional de Meio Ambiente”, disse Callado. Acordos de cooperação semelhantes ao paranaense já foram assinados pelo Ibama em São Paulo, Santa Catarina, Espírito Santo, Bahia e Pará. DIvULgAÇÃO

Governador Beto Richa e secretários


IR QQUUI INNTTAA- -F FE EI R AA , ,1188 DDEE J JU UL L H HOO DDEE 22001133 - - EEDDI IÇÇÃÃOO 9 97 78 8

BA410

EDITAIS

Sanepar tem 249 obras em todas as regiões do Estado Os recursos são aplicados em 153 sistemas de abastecimento de água tratada, com benefícios diretos para 6,4 milhões de paranaenses, e em 96 sistemas de coleta e tratamento de esgoto, o que permitirá levar o serviço para 635 mil pessoas. Embora a quantidade de obras em sistemas de esgoto seja menor, elas consomem quase 62% dos recursos

DAS AGÊNCIAS

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) tem hoje 221 obras em andamento em todas as regiões do Paraná e outras 28 serão iniciadas nas próximas semanas. Os 249 empreendimentos exigem investimentos de R$ 489,6 milhões. O volume de recursos utilizados em obras em pouco mais de seis meses deste ano já é superior aos investimentos de todo o ano de 2012, quando foram aplicados R$ 476,3 milhões, um novo recorde para a companhia paranaense. “As conquistas deste ano são re-

sultado do trabalho que a Sanepar vem realizando desde 2011. Estamos colhendo os frutos do que foi feito neste período de mais de dois anos de trabalho”, afirma o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone. O diretor de Investimentos, João Martinho Cleto Reis Junior, explica que projetos de qualidade exigem tempo e a conquista de novos recursos também demanda um período significativo, além de uma saúde financeira compatível com o porte dos investimentos. “Além disso, os empregados da Sanepar estão muito comprometidos com o entrega de metas assumidas por cada uma das áreas da empresa. E o que estamos plantando agora será percebido pelos paranaenses nos próximos anos, pois a Sanepar está atenta às demandas da população”, completa Ghignone. Entre 2010 e 2012, os investimentos

da empresa aumentaram 19,91%. Considerando que até o final de 2013 haverá novos investimentos, o volume de recursos terá um crescimento ainda mais expressivo. A previsão para o período de 2012 a 2014 é de que serão investidos mais de R$ 2 bilhões. Os recursos são aplicados em 153 sistemas de abastecimento de água tratada, com benefícios diretos para 6,4 milhões de paranaenses, e em 96 sistemas de coleta e tratamento de esgoto, o que permitirá levar o serviço para 635 mil pessoas. Embora a quantidade de obras em sistemas de esgoto seja menor, elas consomem quase 62% dos recursos. “As obras para o sistema de esgoto são bem mais caras. No Brasil, são necessários muitos milhões de reais para elevar em um ponto percentual o índice de atendimento à

população”, diz o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone. Nos 345 municípios paranaenses atendidos pela empresa, 100% da população urbana é atendida com água tratada. “Agora, nosso foco é universalizar o serviço de esgoto”, enfatiza o presidente da companhia. Atualmente, 62,8% dos imóveis têm o esgoto coletado e tratado. A média nacional é de 55,5%, de acordo com o último levantamento do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, de 2011. OBRAS - Entre as 249 obras destaca-se a ampliação do sistema de abastecimento de água de Londrina, com investimento total previsto para o Sistema Tibagi de R$ 73 milhões. As obras no Sistema Tibagi irão garantir o abastecimento de Londrina e Cambé pelos próximos 20 anos. As obras de ampliação do sistema de esgotamento de Apucarana também estão entre os principais empreendimentos. O investimento é de R$ 20,3 milhões.

O sistema de esgoto de Curitiba também está sendo ampliado, com obras na Estação de Tratamento de Esgoto Atuba Sul e investimento de R$ 21 milhões. Outros R$ 18,9 milhões são aplicados na ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Maringá. Em Cascavel, o investimento na ampliação do sistema de esgoto é de R$ 18 milhões. Para ampliar o sistema de esgoto de Ponta Grossa, a Sanepar está investindo R$ 14 milhões na cidade. AÇÕES – O Governo do Estado, por meio da Sanepar, nunca investiu tanto na qualidade de vida dos paranaenses. Em dois anos, a empresa ampliou em cerca de 5 mil quilômetros as suas redes de água e esgoto em todo o Paraná. Apenas em 2012 foram inauguradas no Estado 18 novas estações de tratamento de esgoto e mais 105 mil famílias foram integradas ao sistema de coleta.

Paraná lança projeto piloto de atendimento a pequenos hospitais Atualmente, dos 412 hospitais existentes no Paraná, 293 têm menos de 50 leitos. Geralmente, são responsáveis por atendimentos básicos que poderiam ser resolvidos em unidades da saúde da família. Além disso, muitos enfrentam problemas financeiros, devido à baixa ocupação dos leitos e à baixa complexidade dos serviços oferecidos. DAS AGÊNCIAS

mento constante e perto de casa. Pioneira no país, a experiência paranaense servirá de exemplo para a implantação deste novo modelo de atendimento em todo o Brasil. Além do Paraná, São Paulo, Piauí e Mato Grosso do Sul também participam do projeto, que visa solucionar o problema de subsistência dos pequenos hospitais. O projeto piloto de Cuidados Continuados no Paraná começa a ser aplicado inicialmente no Hospital de Caridade Dona Darcy Wargas, no município de Rebouças, região Centro-Sul do Estado. De acordo com o presidente da unidade, Barquet Ayub Filho, o hospital esteve

próximo de fechar as portas. “Tínhamos diversos problemas financeiros que dificultavam o atendimento à população. Com esse projeto temos um novo alento e a saúde da região também ganhará um importante impulso”, explica. O processo de implantação da unidade de cuidados continuados deve durar em torno de 18 meses. A ideia é se basear em experiências exitosas de modelos aplicados na Espanha e em Portugal. Toda condução do projeto está sendo feita numa parceria da Secretaria estadual da Saúde, com o Ministério da Saúde, Hospital Samaritano de São Paulo, Centro de Estudos Au-

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, participou nesta quarta-feira (17), em Irati, do lançamento oficial do projeto Cuidados Continuados Integrados no Paraná. A iniciativa, que envolve Governo do Estado, União e entidades parceiras, pretende mudar o modelo de atenção à saúde em hospitais de pequeno porte. Atualmente, dos 412 hospitais existentes no Paraná, 293 têm menos de 50 leitos. Geralmente, são responsáveis por atendimentos básicos que poderiam ser resolvidos em unidades da saúde da família. Além disso, muitos enfrentam problemas financeiros, devido à baixa ocupação dos leitos e à baixa complexidade dos serviços oferecidos. Caputo Neto disse que a proposta do projeto é estabelecer uma nova vocação para esses hospitais, tornando-os centros especializados em atendimento às condições crônicas. “Esta será a solução para resgatarmos estes hospitais. Sabemos que eles podem cumprir um papel importante na rede integral de cuidados que estamos construindo no Estado”. Hoje, as doenças crônicas são a principal causa de internamento em hospitais e isso se deve principalmente ao envelhecimento da população. Cerca de 11% da população paranaense tem mais de 60 anos e necessita de acompanha- Secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto

gusto Leopoldo Ayrosa Galvão (Cealag), Federação das Santas Casas de Misericórdia do Paraná (Femipa) e da Gesaworld, empresa internacional de consultoria. EQUIPAMENTOS - Caputo Neto entregou ainda uma série de equipamentos para melhorar o atendimento em saúde nos municípios da região centro-sul do Estado. São aparelhos hospitalares e de diagnóstico, mobiliário e equipamentos de informática que reforçam a estrutura de hospitais e secretarias municipais de saúde de Irati e região. “Saúde é prioridade para o governo Beto Richa e demonstramos isso através dos nossos investimentos. GaDIvULgAÇÃO

rantindo mais equipamentos, damos suporte para um melhor atendimento em saúde”, ressaltou. A Santa Casa de Irati recebeu um novo aparelho de ultrassom, no valor de R$ 72 mil, e duas camas elétricas, no valor de R$ 13 mil. O secretário também assegurou o repasse de mais oito camas elétricas para equipar uma nova ala do hospital. Além disso, começaram a chegar os primeiros equipamentos adquiridos através de um repasse de R$ 400 mil do Governo do Estado. O hospital é a principal referência de atendimento para as redes Mãe Paranaense e Paraná Urgência na região. A unidade recebe mensalmente R$ 160 mil em recursos de custeio através do programa estadual HospSUS. Os recursos são repassados após o cumprimento de metas estabelecidas para a qualificação do serviço. Em abril, o Governo do Estado também liberou R$ 1,5 milhão para a ampliação do pronto-socorro e outras alas da Santa Casa. O Hospital de Caridade Dona Darcy Wargas, de Rebouças, também recebeu um aparelho portátil de Raio X, no valor de R$ 65 mil. COMPUTADORES – O secretário entregou ainda 12 computadores para os noves municípios que compõem a 4ª Regional de Saúde de Irati. Os computadores fazem parte do programa estadual VigiaSUS, que fortalece a área de Vigilância em Saúde em todo o Paraná. Segundo o diretor do Centro Estadual de Saúde do Trabalhador, José Lúcio dos Santos, os computadores foram adquiridos para informatizar os sistemas de notificação de doenças e acidentes relacionados ao trabalho. Até o final do ano serão entregues 557 computadores e 446 impressoras para 397 municípios do Estado.

FOLHA EXTRA ED 978  

FOLHA EXTRA ED 978

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you