Issuu on Google+

24 DE SETEMBRO DE 2013

A1

T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3

TERÇA-FEIRA

nº 1023, ANO 10 R$ 2,00

O MELHOR JORNAL DO NORTE PIONEIRO

TROFÉU ARAUCÁRIA 2013

Folha Extra leva prêmio de melhor jornal do interior Melhor reportagem livre, melhor série de reportagens, melhor capa, melhor fotografia, melhor editorial e melhor campanha publicitária institucional. Seis primeiros lugares, além de outras boas colocações, levaram a Folha Extra a ser a vencedora do Troféu Araucária 2013, oferecido pela Associação de Jornais e Revistas do Interior. A premiação fez parte do 23ª Congresso da Adjori, realizado durante todo o último final de semana no Aguativa Resort, em Cornélio Procópio.

FOTOS: WILLIAN NUNES - FOLHA EXTRA

Diretores da Folha Extra, Alceu Oliveira de Almeida e Alceu Junior, recebem o principal prêmio do jornalismo paranaense. Foi a segunda vez que o jornal participou da premiação, sendo que no ano passado levou sete prêmios

LEIA NA PÁGINA A6 - Por Lucas Aleixo

WILLIAN NUNES - FOLHA EXTRA

JABOTI

WENCESLAU BRAZ

Produtores rurais participam de palestras da EMATER

Secretaria de Assistência Social promove cursos

O centro de eventos do município de Jaboti sediou nesta sexta feira (20) um encontro entre produtores regionais da fruticultura de 14 municípios do Norte Pioneiro. O evento contou presença de técnicos da Emater – Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural. PÁGINA A3

A prefeitura de Wenceslau Braz através da Secretaria municipal de Assistência Social via Pronatec que serão ministrados no salão de eventos do CRAS. Centro de Referência de Assistência Social. PÁGINA A3

Patrulha do campo já está em ibaiti Estão expostos em frente a prefeitura municipal de Ibaiti os veículos e máquinas que integram a Patrulha do Campo. São equipamentos utilizados pelo CIVARC, integrado por 7 municípios do Norte Pioneiro: Japira, Ibaiti, Pinhalão, Jaboti, Tomazina, Conselheiro Mairinck e Jundiaí do Sul. PÁGINA A3

FALANDO SÉRIO

Melhor do interior Para quem não acreditava e ainda não acredita no potencial da Folha Extra, está na hora de começar a rever os conceitosA4a respeito do jornalismo PÁGINA LEIA NA PÁGINA A3

COMIDA CASEIRA DE SABOR ÚNICO

O Restaurante Marissol, está sempre inovando para oferecer a seus clientes o que há de melhor em alimentação. Cardápio variado com carnes, saladas, acompanhamentos e bebidas para o seu almoço, isso sem falar naquele suco natural delicioso.

Rua Santos Dumont, 128 -sobre loja- centro SEMPRE NO ALMOÇO DE SEGUNDA À SÁBADO A PARTIR DAS 11:20HS


T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3

A2

OPINIÃO

COMIDA CASEIRA DE SABOR ÚNICO

Egocentrismo ou Empatia, eis a questão!

Obesidade infantil Por KATEN CÂMARA

Por CLAUDIA PEDROZO

Escritores de ‘Fãs da Psicanálise’

Minha filha me mostrou um documentário chamado “Muito além do peso”. Tem mais de uma hora de duração, foi feito no Brasil e aborda o assunto de sobrepeso e obesidade das crianças. É muito esclarecedor. É também estarrecedor. Quando me formei em medicina, há pouco mais de trinta anos, o problema da desnutrição infantil era muito preocupante. Crianças subnutridas e desnutridas tinham baixo peso – nos casos mais graves, até baixa estatura – devido à deficiência de calorias, proteínas, vitaminas e sais minerais na sua alimentação. Em trinta anos houve uma reviravolta tão grande nos hábitos da população que, agora, o problema é justamente o contrário. Será, mesmo, o contrário? Digo isso porque naquela época já se falava, no meio médico, em “distrofia farinácea”. Era esse o nome do que ocorria com crianças acima do peso que se alimentavam principalmente de carboidratos e, em muitos casos, continuavam mal nutridas. Acredito que nos dias atuais muitas das crianças acima do peso continuam sendo mal nutridas, a julgar pela dieta inadequada que têm. A alimentação de grande parte das crianças de hoje tem excesso de calorias, calorias vazias na sua maior parte, excesso de carboidratos refinados, excesso de gordura de má qualidade e excesso de sal. Isso se deve primordialmente ao consumo de alimentos industrializados. Parece um paradoxo mas, ao se comparar o custo, em dinheiro, de uma caloria de um alimento industrializado com o custo de uma caloria de um alimento natural, vemos que a caloria industrializada é muito mais barata. Portanto, você tem a impressão que está obtendo mais por menos. Mas não é verdade. A caloria de um alimento industrializado é vazia, ou seja, é desprovida dos nutrientes naturais que fazem parte dos alimentos não processados. É uma caloria que en-

gana a fome por algum tempo porém acrescenta pouco em termos de nutrição com a qualidade que o organismo realmente precisa. Além disso, os alimentos industrializados contêm inúmeros aditivos que não fazem bem à saúde. No documentário, o entrevistador segura uma garrafa de refrigerante e pergunta às crianças “Isso tem açúcar?”. Elas são unânimes em dizer que não. “Do que é feito o salgadinho desse pacote?” Carne, responde uma criança. Uma acha que batata é cebola, outra diz que pimentão é abacate. E assim por diante. Adultos também são entrevistados e revelam que sabem muito pouco daquilo que estão comendo. De cada cinco crianças obesas, quatro permanecerão obesas na vida adulta. Isso vai aumentar enormemente a incidência de diabetes tipo 2, pressão alta, colesterol e triglicérides altos, com todas as implicações terríveis que estas doenças trazem para a qualidade de vida de uma pessoa. Os padrões de obesidade estabelecidos na infância são muito difíceis reverter. Há crianças que, com nove ou dez anos de idade, já apresentam exames alterados como pessoas de sessenta anos ou mais. Ao longo da história da nossa civilização, as gerações mais novas foram ganhando anos de expectativa de vida e de qualidade de vida. Agora, pela primeira vez, uma geração terá uma expectativa de vida menor que a dos seus pais e, provavelmente, sua qualidade de vida também será inferior.

Comente o artigo www.JP5.com.br

CHARGE DA EXTRA

ARTE: LUIZ C. FERREIRA

Escritora do ‘Fãs da Psicanálise’

N

esta semana gostaria de dividir com vocês duas máximas ditas pelo meu querido professor, Dr. Wilson Cerqueira: “Somos a flecha e Deus o arqueiro!” e “a vida sempre nos testa!”. Escrevo aqui semanalmente sobre a relação pais-filhos adolescentes e dou algumas “dicas”, a maioria delas vividas por mim na relação com meus filhos. Mas como a vida testa e o “Arqueiro” sempre lança a flecha, na semana passada foi minha vez de ser lançada e testada! Tenho uma filha, um ser humano lindo, que procurei educar com responsabilidade e liberdade “vigiada” (na verdade tenho um casal, ambos lindos, inteligentes e cheios de opinião!). Sempre usei o discurso que criamos os filhos para o mundo e que “meus” filhos não são meus, são um presente do “Arqueiro”, para testar minha paciência e me ensinar o significado de amor incondicional! Minha filha foi chamada na Universidade Federal de Ouro Preto! Orgulho e apreensão! Hora de colocar em prática o discurso cantado em verso e prosa. No frigir dos ovos, lá fomos nós enfrentar uma loooonga viagem de 24 horas – ida e volta até as Minas Gerais – para matricular minha filha. Este episódio me mostrou algumas coisas valiosas: a primeira é que discursar é mais fácil que agir conforme o discurso (foi preciso negociar muito comigo mesma para que o conhecimento introjetado – filhos não são propriedade dos pais – se transformasse em valor!); a segunda é que meus filhos, apesar de irmãos, são amigos (e isto me deixa muito feliz! Como irmãos eles disputam tudo, se provocam, se irritam, mas na hora do “vamos ver” sabem que podem contar um com o outro); a terceira é que tudo isso é possível graças aos valores familiares que sempre buscamos, meu marido e eu, ensinar a eles pela força do exemplo e a quarta é que muitos jovens que estão “soltos” pelo mundo carecem de bons exem-

plos para serem seres humanos mais empáticos! Por que digo isso? Bem, matrícula feita lá fomos nós buscar um lugar para “minha” filhota morar. Conheci o mundo das repúblicas estudantis! Pelo menos uma

acordar para preparar o café das outras moradoras. Não sou contra o trabalho colaborativo, aqui em casa todos colocam a mão na massa, mas o que assustou foi ler nas entrelinhas que ela seria a nova empregada da casa!

lidariedade, honestidade, compreensão, respeito etc. Jung diz que toda vez que o nosso ego entra em contato com os seus conteúdos psíquicos o mecanismo da consciência funciona e nos força a rever pensamentos,

Sempre usei o discurso que criamos os filhos para o mundo e que “meus” filhos não são meus, são um presente do “Arqueiro”, para testar minha paciência e me ensinar o significado de amor incondicional!

partinha dele. Descobri que há repúblicas federais e repúblicas particulares. Conversei com algumas universitárias que faziam panfetagem buscando completar o quadro de moradoras de suas casas (quanto mais gente, menor o gasto!). Conversei também com outras “corujas” que, como eu, estão trabalhando o processo de corte do cordão umbilical e ouvi alguns relatos, bastante incomodos, acerca da realidade vivida por alguns jovens universitários em algumas repúblicas estudantis pela cidade. Segundo a narradora algumas “casas” realizam trotes que são verdadeiros assédios morais, que humilham o estudante, abalando profundamente sua auto estima, pelo simples fato dele ser o “bicho”, logo deve provar que é bom o bastante para ter a honra de morar na casa dos “super veteranos”. Achei as histórias um pouco fantasiosas, até que, em uma das repúblicas que fui conhecer junto com minha filha ouvi algo parecido. Quando perguntamos sobre trote, a pessoa que nos atendeu disse que minha filha teria algumas tarefas, que objetivavam apenas fazê-la valorizar a acolhida, o uso dos móveis e do espaço, em outras palavras, ela seria a responsável por abrir e fechar a casa, limpar os banheiros e jogar o lixo para fora, além de ser a primeira a

Quando questionei, notei que a moça ficou meio sem jeito, mas afinal todo mundo faz assim… e “é só para que a caloura valorize a oportunidade!” Agradecemos a atenção e saímos de lá rapidinho. Fomos a outros lugares, conversamos com outras pessoas e acabamos optando por uma república mais empática! Esta experiência me fez pensar na questão dos valores egocêntricos e empáticos que nos constituem enquanto seres humanos. Na formação do nosso caráter encontramos uma dualidade de informações, algumas egocêntricas e outras empáticas. Agimos de acordo com estes conteúdos psíquicos sendo influenciados por eles a todo momento. Valores egocêntricos são aqueles que idealizamos como bons para nós e que nos fazem pensar primeira e somente em nós. Graças a eles agimos de forma egoísta gerando separatividade, sentimentos de superioridade perante os outros, a acomodação, o ciúme, a vaidade, a arrogância, a prepotência, presunção, o orgulho, enfim sentimentos e ações que não levam em consideração a felicidade alheia. Já os valores empáticos nos fazem agir de forma a pensar no “nós”, ou seja, “eu + o outro”. Eles nos induzem a agir de forma solidária com as necessidades alheias e são traduzidos em ações de so-

atitudes e emoções, com base nessas duas estruturas de valores (empáticos ou egocêntricos). Quanto maior o nível de nossa consciência moral maior atenção daremos aos nossos valores empáticos e diante de atitudes egoístas sofreremos com mais intensidade as advertências dos nossos mecanismos de censura moral. Ao longo de nossa existência passaremos por diversos estágios de egocentrismo que serão reduzidos lentamente à medida que aumentamos nossa consciência moral empática. Acho que alguns universitários que conheci, cheios de conhecimentos culturais, precisarão ser testados pelo “Arqueiro”. Diante do que vi, quero pedir algo aos pais deste país: Pais, abasteçam seus filhos de conhecimentos culturais, mas acima de tudo, procurem desenvolver neles os conhecimentos morais. Quando não vamos pelo amor, vamos pela dor!

mal não existe, Deus não criou o mal. O mal é o resultado do que acontece quando o homem não tem o Amor de Deus presente em seu coração.” É preciso purificar o nosso coração, o nosso intimo, o nosso “eu profundo”, onde realmente se dá o encontro com Deus, mais do que tudo. Há que purificar as intenções, os desejos, os atos da vontade e da inteligência, pois é deles que nasce o que é mau. Paulo Apóstolo nos diz; “Desde que pertencemos a Jesus Cristo, tornamo-nos uma nova criatura: o passado já não existe; tudo é renovado. Ora, tudo isto vem de Deus, que nos reconciliou consigo pelo Cristo e foi a nós que Ele confiou o ministério da reconciliação. Sim, foi Deus quem reconciliou os homens consigo em Jesus Cristo, não lhes imputando os seus pecados, e foi em nós que Ele colocou a palavra da reconciliação. Nós desempe-

nhamos, portanto, as funções de embaixadores de Cristo, como se Deus mesmo vos exortasse pela nossa boca. Oh! Conjuramosvos, em nome de Cristo, reconciliai-vos com Deus! Por nosso amor, fez pecado (ou vítima do pecado) aquele que não conhecia o pecado, a fim de que nos tornássemos a justiça (ou os justificados) de Deus.” (2Cor 5, 17). Por fim, sei que muitos que nos acompanham no Blog não são católicos. O Papa Francisco convida a todos católicos e nãocatólicos a nos unirmos em uma corrente de oração pela paz no mundo. Peço a todos que orem pela paz no mundo, principalmente pela população da Síria.

Comente o artigo www.JP5.com.br

Ausência de Deus Por JEFERSON LUIS LEME

Padre e escritor do ‘Fãs da Psicanálise’

U

ltimamente, estamos acompanhando a situação que se encontra a Síria. Uma nação machucada, atormentada, dividida e destruída pela ganância de poucos. De onde vem tanta maldade? De onde vem tanta ganância? Tentei buscar uma explicação Evangélica à luz da psicanálise. Pesquisando nas obras de Jung, descobri sobre a Sombra. Ele relata que a sombra são qualidades inferiores, incivilizadas e animalescas reprimidas pelo ego, que se mantém numa relação compensatória com a “luz” do ego. A sombra é aquilo que uma pessoa não deseja ser. Embora o ego seja o centro da consciência, ele não deve ser confundido com o self, que é o objeto final do processo de individuação, a completude da personalidade. Sendo assim, o ego que se identifica com o self fica inflado perigosamente

todo poderoso, isto é, projetando a própria sombra irracional nos outros identificando-os como perigosos. Um exemplo dessa explicação que Jung relata é o Nazismo de Hitler. A psicose coletiva do nazismo de Hitler e sua atrocidade genocida ocorreram porque o ego alemão se tornou inflado ao se identificar com a “pura raça ariana” e então projetou sua sombra coletiva sobre os judeus. Será que as sombras que carregamos não é a ausência de Deus? Jesus deixa claro para nós que o que sai de dentro do homem, ou seja, seu coração, mancha sua vida. Porque dentro do coração humano, saem os maus propósitos, as fornicações, roubos, homicídios, adultérios, cobiças, injustiças, fraudes, libertinagem, inveja, difamação, orgulho e futilidade. Tudo isso pode-se dizer que é as sombras que carregamos. Já dizia Albert Einstein; “O

Comente o artigo www.JP5.com.br


T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3

COLUNA DA PÁGINA FALANDO SÉRIO

Melhor do interior

A3

CIDADES

Patrulha do Campo já está em Ibaiti Maquinário é importante para a recuperação de estradas

BETO LUCAS

Para quem não acreditava e ainda não acredita no potencial da Folha Extra, está na hora de começar a rever os conceitos a respeito do jornalismo. Neste final de semana o jornal foi eleito como o melhor jornal do interior do Paraná na mais importante premiação de jornalismo do Estado, o Troféu Araucária, dado anualmente pela Adjori (Associação de Jornais e Revistas do Interior). A conquista é fruto de muito aprimoramento e também muito investimento, que hoje transformaram um pequeno jornal de uma região ainda pobre no melhor jornal do interior do Paraná.

Raio X Para conquistar o Troféu Araucária, a Folha Extra viu seus matérias em 1º lugar na premiação: melhor reportagem livre, melhor série de reportagens, melhor editorial, melhor fotografia, melhor capa e melhor editorial. Além disso, outros 10 trabalhos em diferentes categorias foram premiados. Vale lembrar que cada lugar entre os cinco primeiros classificados somava pontos para a conta dos jornais na disputa. Ao fim, pela primeira vez na história, o Troféu Araucária veio para o Norte Pioneiro.

Destaques Concorrendo com grandes e tradicionais veículos de comunicação, a Folha Extra conseguiu mostrar amplo domínio em algumas categorias. Por exemplo, entre os editoriais o jornal teve o primeiro e o terceiro colocados. Entre as séries de reportagens, primeiro e segundo colocados vieram para a Folha Extra. No quesito reportagem livre o maior domínio do jornal: primeiro, terceiro e quarto colocados são da Folha Extra, que teve simplesmente três reportagens eleita entra as cinco melhores em um total de quase 30 concorrentes.

Transformação Após 10 anos de sua fundação, a Folha Extra foi se desenvolvendo, evoluindo, até chegar ao atual patamar. Trocou de nome, trocou praticamente toda a equipe da redação e foi buscando chegar a um ponto onde conseguisse se tornar referência – coisa que a conquista do Troféu Araucária provou ser verdade. Assim a Folha Extra é hoje uma potência da comunicação, respeitada tanto no Norte Pioneiro quanto em todo o Estado, que neste fim de semana viu o antigo “Ramal da Fome” provar que por aqui também existe jornalismo de verdade.

Veículos já estão a disposição da prefeitura e serão usados para manutenção de estradas rurais DA ASSESSORIA Ibaiti

Estão expostos em frente a prefeitura municipal de Ibaiti os veículos e máquinas que integram a Patrulha do Campo. São equipamentos utilizados pelo CIVARC – (Consórcio Intermunicipal para Desenvolvimento do Território do Vale do Rio Cinzas), integrado por 7 municípios do Norte

Pioneiro: Japira, Ibaiti, Pinhalão, Jaboti, Tomazina, Conselheiro Mairinck e Jundiaí do Sul. Os equipamentos pertencem a empresa locadora Ouro Verde. O governo do Estado contrata o aluguel e repassa aos consórcios. O Programa Patrulha do Campo tem como objetivo revitalizar estradas municipais, estaduais e federais do Paraná. Por meio de consórcio, os municípios recebem maquinário para a recuperação de trechos e su-

porte para o desenvolvimento de projetos técnicos de engenharia. A frota é composta por motoniveladora, escavadeira hidráulica, rolo compressor, pá carregadeira, trator de esteira, cinco caminhões basculante e um caminhão comboio. Segundo o agente técnico da CODAPAR, Marcos de Alcântara Baptista, “o maquinário ficará em Ibaiti em torno de 40 dias trabalhados”. Para o prefeito do município, Roberto Regazzo, o Betão (PSB), a Pa-

trulha do Campo vai ajudar especialmente os moradores do meio rural. “Vamos trabalhar a todo vapor e melhorar as condições das estradas, beneficiando diretamente as famílias da área agrícola”, promete. Motoristas e operadores de maquinas estão participando de curso preparatório, sendo um dos requisitos do programa, para que em seguida já se iniciem os trabalhos.

W. BRAZ

Secretaria de Assistência Social promove cursos de costura industrial e auxiliar administrativo DA ASSESSORIA Wenceslau Braz

A prefeitura de Wenceslau Braz através da Secretaria municipal de Assistência Social via Pronatec - Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego disponibilizam para a comunidade os cursos de Costura Industrial e Auxiliar Administrativo, que serão ministrados no salão de eventos do CRAS – Centro de Referência de Assis-

tência Social. A assistente social Emília Vella Falleiros Neta disse que disponibiliza de 18 vagas para o curso de Costura Industrial, que será ministrado pelo Senai – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial. “O referente curso terá duração de 200 horas e acontecerá de segunda a sexta, das 18h30 às 22h30. Para garantia de vagas, os interessados devem ter 18 anos completos e a prioridade será para pessoas com inscrição no Cadastro Único”, frisou.

Com carga de 198 horas, o curso de Auxiliar Administrativo será ministrado pelo Senac – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, de segunda à sexta-feira das 13h30 às 17h00 e disponibilizará 25 vagas. A prioridade também será para os inscritos no Cadastro Único e deverão ter 16 anos completos. “O prazo limite para as inscrições será 27 de setembro na secretaria de Assistência Social e os cursos têm previsão de término para o dia 20 de dezembro”, ressaltou a assistente social, lembrando que ha-

verá transferência de renda para os alunos. Maiores informações pelos telefones (43) 3528 25 53 ou 3528 15 49. O Pronatec foi criado pelo Governo Federal em 2011, visando a ampliação e oferta de educação profissional e tecnológica. O programa tem o objetivo de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional técnica de nível médio e de cursos de formação continuada ou qualificação profissional presencial e a distância.

JABOTI

Produtores rurais participam de palestras da EMATER O evento apresentou técnicas novas para os agricultores, com palestras técnicas de melhorias na produção de morango, abacaxi e macarujá WILLIAN NUNES - FOLHA EXTRA

A concorrência chora E parte da concorrência e os outros que também sentem aquela ponta de inveja tão feia e típica de gente pobre de espírito agora têm que engolir essa vitória da Folha Extra. Podem tentar desmerecer o prêmio, minimizar o jornal e dizer a vontade esses impropérios típicos, mas no Norte Pioneiro só quem tem o Troféu Araucária é a Folha Extra, o resto fica chupando o dedo. E falando mal, sendo corroídos pela inveja.

Enquanto isso... ...a Folha Extra já se compromete a manter o ritmo, deixando a concorrência cada vez mais para traz e o leitor cada vez mais e melhor informado com notícias da região e do Paraná. O título de melhor jornal do interior do Estado dá uma grande alegria, mas também coloca ainda mais responsabilidade sobre o jornal. Claro que para honrar o título já estão sendo preparadas novas séries de reportagens, novas matérias e mais novidades que virão para continuar fazendo diariamente da Folha Extra o jornal do Norte Pioneiro. Jornalismo é isso, o resto é só o resto.

DA REDAÇÃO O centro de eventos do município de Jaboti sediou nesta sexta feira (20) um encontro entre produtores regionais da fruticultura de 14 municípios do Norte Pioneiro. O evento contou presença de técnicos da Emater – Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural. Foram reunidos produtores de toda a região, com palestras sobre métodos e técnicas de melhorias nas plantações de morango, abacaxi e maracujá. Élcio Félix Rampazzo, coordenador da Emater, apresentou aos produtores uma técnica para facilitar o trabalho dos agricultores. “Queremos apresentar a vocês métodos inovadores para seus trabalhos. Mostrar que há outras formas mais simples e baratas que, também, apresentam um excelente resultado”, exclamou. O evento teve por objetivo incentivar os pequenos produtores do Norte Pioneiro, apresentando novas maneiras de trabalhar com seus produtos proporcionando mais qualidade ao entregá-los ao mercado. “Hoje temos uma gama de produtores rurais nesse ramo muito grande e é necessário muito mais qualidade.”, afirmou.

Prefeito de Jaboti, Lei da Lica e Élcio Félix Rampazzo, coordenador da Emater


T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3

EDITAIS

A4

JUNDIAÍ DO DUL PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná. PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 019/2013 MODALIDADE DE LICITAÇÃO: PREGÃO PRESENCIAL Nº. 016/2013 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO UNITÁRIO ÓRGÃO RESPONSÁVEL PELO REGISTRO: Prefeitura Municipal de Jundiaí do Sul VALIDADE DA ATA: 01 (um) ano. OBJETO: COMPRA, através de PREGÃO PRESENCIAL, de Gêneros alimentícios, materiais de higiene e limpeza, utensílios domésticos, gás de cozinha, materiais elétricos e cama mesa e banho, a serem retirados conforme a necessidade. LOTE 01 GENEROS ALIMENTÍCIOS Classif. Empresa Vencedora Valor Total 1ª L. de Lima Minemercado - ME 14.332,40 2ª Kleber Arrabaça Barbosa EPP 13.091,20 3ª Tereza Ernestina Dayeh 11.982,35 VALOR TOTAL DO LOTE 39.405,95 LOTE 02 - HIGIENE E LIMPEZA Classif. Empresa Vencedora Valor Total 1ª Kleber Arrabaça Barbosa EPP 42.746,42 2ª Tereza Ernestina Dayeh 15.991,75 3ª L. de Lima Minemercado - ME 12.929,00 4ª Flavia Roberta de C. Rodrigues – ME 995,40 VALOR TOTAL DO LOTE 72.662,57 LOTE 03 - UTENSÍLIOS DOMÉSTICOS Classif. Empresa Vencedora Valor Total 1ª L. de Lima Minemercado - ME 5.996,80 2ª Flavia Roberta de C. Rodrigues – ME 3.865,50 3ª Copa – Comercio de Utilidades domestica Ltda - ME 3.636,32 4ª Kleber Arrabaça Barbosa EPP 584,00 5ª Tereza Ernestina Dayeh 409,80 VALOR TOTAL DO LOTE 14.992,42 LOTE 04 - MATERIAL ELÉTRICO Classif. Empresa Vencedora Valor Total 1ª Flavia Roberta de C. Rodrigues – ME 690,00 2 Kleber Arrabaça Barbosa EPP 132,50 VALOR TOTAL DO LOTE 822,50 LOTE 05 - GAS DE COZINHA Classif. Empresa Vencedora Valor Total 1ª L. de Lima Minemercado - ME 1.911,00 VALOR TOTAL DO LOTE 1.911,00 LOTE 06 - MATERIAL DE CAMA MESA E BANHO Classif. Empresa Vencedora Valor Total 1ª Flavia Roberta de C. Rodrigues – ME 2.350,60 VALOR TOTAL DO LOTE 2.350,60 Perfazendo o valor global, fixo, para execução integral do objeto supracitado é de R$ 131.645,04 (cento e trinta e um mil seiscentos e quarenta e cinco reais e quatro centavos), conforme realização de Pregão Presencial nº. 016/2013. Jundiaí do Sul- PR, 19 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº. 069/2013 PARTES: Município de Jundiaí do Sul e a empresa L. DE LIMA MINEMERCADO ME FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Pregão Presencial nº. 016/2013, nos termos das leis nº. 10.520/2002 e 8.666/93, e suas alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Gêneros alimentícios, materiais de higiene e limpeza, utensílios domésticos, gás de cozinha e Kits para auxilio natalidade, destinado aos vários departamentos da administração, serem retirados conforme a necessidade. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Conforme Lei 418 de 17 de dezembro de 2012, na nomenclatura; 03 - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO 001 - D.A - Administração Geral 04.122.0200-2011 - Atividades do Depto de Administração Geral do Município 00420-3.3.90.30.00.00 -0-3-000 - Material de Consumo 00430-3.3.90.30.00.00 -0-510 - Material de Consumo 04 - DEPTO DE AGRICULTURA/ABASTECIMENTO E MEIO AMBIENTE 001 - Gabinete do Diretor 20.122.0800-2024 - Administração Depto Agricultura 00900-3.3.90.30.00.00- 0-0-000 - Material de Consumo 06 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO/EDUCAÇÃO FISICA E DESPORTO 001 - DEC - Divisão de Educação 12.361.1000-2045 - Administração do Departamento de Educação 01820-3.3.90.30.00.00 – 0-0-103 - Material de Consumo 01830-3.3.90.30.00.00 – 0-0-104 - Material de Consumo 01840-3.3.90.30.00.00 – 0-0-107 - Material de Consumo 12.361.1000-2047 – Manutenção o Ensino Fundamental (FUNDEB 40%) 01960-3.3.90.30.00.00 – 0-0-102 – Material de Consumo 12.365.1000-2050 – Manutenção dos Centros de Educação Infantil 02070-3.3.90.30.00.00 – 0-0-103 – Material de Consumo 07 - DEPARTAMENTO DE CULTURA 001 - DEC - Divisão de Cultura 13.392.0200-2056 - Administração do Departamento de Cultura 02310-3.3.90.30.00.00-0-0-000 - Material de Consumo 13.392.0200-2056 – Manutenção da Biblioteca Municipal 02460-3.3.90.30.00.00-0-0-000 - Material de Consumo 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001 - Fundo Municipal de Saúde 10.301.1100-2070 – Manutenção do Posto de Saúde 02780- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 02790- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 10.301.1100-2076 – Administração do Departamento de Saúde 03030- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 03040- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 495 - Material de Consumo 10.302.1100-2078 – Manutenção do Hospital 03170- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 03180- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 495 - Material de Consumo 11 - DEPARTAMENTO DE TRANSPORTE 001 - D.T. - Divisão de Serviço Rodoviário 26.122.0400-2116 - Administração do Departamento de Transporte 04650 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 04660 3.3.90.30.00.00 - 0 0 510 - Material de Consumo 04670 3.3.90.30.00.00 - 0 0 511 - Material de Consumo 09 - DEPARTAMENTO DE ASSISTENCIA SOCIAL 001 - D.A.S - Divisão de Assistência Social 08.243.1400-6086 – Contraturno Social PETI Jornada Ampliada/ Bolsa Cidadã 03590 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 03600 3.3.90.30.00.00 - 0 0 706 - Material de Consumo 03610 3.3.90.30.00.00 - 0 0 751 - Material de Consumo 03620 3.3.90.30.00.00 - 0 0 755 - Material de Consumo 03630 3.3.90.30.00.00 - 0 0 757 - Material de Consumo 03640 3.3.90.30.00.00 - 0 0 765 - Material de Consumo 08.243.1400-6087 – Manutenção Programa Erradicação Trabalho Infantil 03680 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 08.244.1400-2092 – Administração Departamento de Assistência Social 03810 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 03820 3.3.90.30.00.00 - 0 0 763 - Material de Consumo 03830 3.3.90.30.00.00 - 0 0 764 - Material de Consumo 03840 3.3.90.30.00.00 - 0 0 766 - Material de Consumo 08.244.1400-2093 – Manutenção do CRAS 04010-3.3.90.30.00.00-0-000 - Material de Consumo 04020-3.3.90.30.00.00-0-757 - Material de Consumo 04030-3.3.90.30.00.00-0-762 - Material de Consumo VIGÊNCIA: 19/09/2014 VALOR: R$ 35.169,20 (trinta e cinco mil cento e sessenta e nove reais e vinte centavos), DATA DA ASSINATURA: 19/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal. Jundiaí do Sul - PR, 19 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 070/2013 PARTES: Município de Jundiaí do Sul e a empresa KLEBER ARRABAÇA BARBOSA- ME FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Pregão Presencial nº. 016/2013, nos termos das leis nº. 10.520/2002 e 8.666/93, e suas alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Gêneros alimentícios, materiais de higiene e limpeza, utensílios domésticos, gás de cozinha e Kits para auxilio natalidade, destinado aos vários departamentos da administração, serem retirados conforme a necessidade. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Conforme Lei 418 de 17 de dezembro de 2012, na nomenclatura; 03 - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO 001 - D.A - Administração Geral 04.122.0200-2011 - Atividades do Depto de Administração Geral do Município 00420-3.3.90.30.00.00 -0-3-000 - Material de Consumo 00430-3.3.90.30.00.00 -0-510 - Material de Consumo 04 - DEPTO DE AGRICULTURA/ABASTECIMENTO E MEIO AMBIENTE 001 - Gabinete do Diretor 20.122.0800-2024 - Administração Depto Agricultura 00900-3.3.90.30.00.00- 0-0-000 - Material de Consumo 06 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO/EDUCAÇÃO FISICA E DESPORTO 001 - DEC - Divisão de Educação 12.361.1000-2045 - Administração do Departamento de Educação 01820-3.3.90.30.00.00 – 0-0-103 - Material de Consumo 01830-3.3.90.30.00.00 – 0-0-104 - Material de Consumo 01840-3.3.90.30.00.00 – 0-0-107 - Material de Consumo 12.361.1000-2047 – Manutenção o Ensino Fundamental (FUNDEB 40%) 01960-3.3.90.30.00.00 – 0-0-102 – Material de Consumo 12.365.1000-2050 – Manutenção dos Centros de Educação Infantil 02070-3.3.90.30.00.00 – 0-0-103 – Material de Consumo 07 - DEPARTAMENTO DE CULTURA 001 - DEC - Divisão de Cultura 13.392.0200-2056 - Administração do Departamento de Cultura 02310-3.3.90.30.00.00-0-0-000 - Material de Consumo 13.392.0200-2056 – Manutenção da Biblioteca Municipal 02460-3.3.90.30.00.00-0-0-000 - Material de Consumo 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001 - Fundo Municipal de Saúde 10.301.1100-2070 – Manutenção do Posto de Saúde 02780- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 02790- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 10.301.1100-2076 – Administração do Departamento de Saúde 03030- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 03040- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 495 - Material de Consumo 10.302.1100-2078 – Manutenção do Hospital 03170- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 03180- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 495 - Material de Consumo 11 - DEPARTAMENTO DE TRANSPORTE 001 - D.T. - Divisão de Serviço Rodoviário 26.122.0400-2116 - Administração do Departamento de Transporte 04650 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 04660 3.3.90.30.00.00 - 0 0 510 - Material de Consumo 04670 3.3.90.30.00.00 - 0 0 511 - Material de Consumo 09 - DEPARTAMENTO DE ASSISTENCIA SOCIAL 001 - D.A.S - Divisão de Assistência Social 08.243.1400-6086 – Contraturno Social PETI Jornada Ampliada/ Bolsa Cidadã 03590 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 03600 3.3.90.30.00.00 - 0 0 706 - Material de Consumo 03610 3.3.90.30.00.00 - 0 0 751 - Material de Consumo 03620 3.3.90.30.00.00 - 0 0 755 - Material de Consumo 03630 3.3.90.30.00.00 - 0 0 757 - Material de Consumo 03640 3.3.90.30.00.00 - 0 0 765 - Material de Consumo 08.243.1400-6087 – Manutenção Programa Erradicação Trabalho Infantil 03680 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 08.244.1400-2092 – Administração Departamento de Assistência Social 03810 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 03820 3.3.90.30.00.00 - 0 0 763 - Material de Consumo 03830 3.3.90.30.00.00 - 0 0 764 - Material de Consumo 03840 3.3.90.30.00.00 - 0 0 766 - Material de Consumo 08.244.1400-2093 – Manutenção do CRAS 04010-3.3.90.30.00.00-0-000 - Material de Consumo 04020-3.3.90.30.00.00-0-757 - Material de Consumo 04030-3.3.90.30.00.00-0-762 - Material de Consumo VIGÊNCIA: 19/09/2014 VALOR: R$ 56.554,12 (cinqüenta e seis mil quinhentos e cinqüenta e quatro reais e doze centavos) DATA DA ASSINATURA: 19/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal. Jundiaí do Sul - PR, 19 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº. 072/2013 PARTES: Município de Jundiaí do Sul e a empresa FLAVIA ROBERTA DE CARVALHO RODRIGUES – ME FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Pregão Presencial nº. 016/2013, nos termos das leis nº. 10.520/2002 e 8.666/93, e suas alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de materiais de higiene e limpeza, Utensílios Domésticos, Materiais Elétricos e Material de Cama, Mesa e Banho, a serem retirados conforme a necessidade para os vários Departamentos da Administração. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Conforme Lei 418 de 17 de dezembro de 2012, na nomenclatura; 03 - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO 001 - D.A - Administração Geral 04.122.0200-2011 - Atividades do Depto de Administração Geral do Município 00420-3.3.90.30.00.00 -0-3-000 - Material de Consumo 00430-3.3.90.30.00.00 -0-510 - Material de Consumo 04 - DEPTO DE AGRICULTURA/ABASTECIMENTO E MEIO AMBIENTE 001 - Gabinete do Diretor 20.122.0800-2024 - Administração Depto Agricultura 00900-3.3.90.30.00.00- 0-0-000 - Material de Consumo 06 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO/EDUCAÇÃO FISICA E DESPORTO 001 - DEC - Divisão de Educação 12.361.1000-2045 - Administração do Departamento de Educação 01820-3.3.90.30.00.00 – 0-0-103 - Material de Consumo 01830-3.3.90.30.00.00 – 0-0-104 - Material de Consumo 01840-3.3.90.30.00.00 – 0-0-107 - Material de Consumo 12.361.1000-2047 – Manutenção o Ensino Fundamental (FUNDEB 40%) 01960-3.3.90.30.00.00 – 0-0-102 – Material de Consumo 12.365.1000-2050 – Manutenção dos Centros de Educação Infantil 02070-3.3.90.30.00.00 – 0-0-103 – Material de Consumo 07 - DEPARTAMENTO DE CULTURA 001 - DEC - Divisão de Cultura 13.392.0200-2056 - Administração do Departamento de Cultura 02310-3.3.90.30.00.00-0-0-000 - Material de Consumo 13.392.0200-2056 – Manutenção da Biblioteca Municipal 02460-3.3.90.30.00.00-0-0-000 - Material de Consumo 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001 - Fundo Municipal de Saúde 10.301.1100-2070 – Manutenção do Posto de Saúde 02780- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 02790- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 10.301.1100-2076 – Administração do Departamento de Saúde 03030- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 03040- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 495 - Material de Consumo 10.302.1100-2078 – Manutenção do Hospital 03170- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 03180- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 495 - Material de Consumo 11 - DEPARTAMENTO DE TRANSPORTE 001 - D.T. - Divisão de Serviço Rodoviário 26.122.0400-2116 - Administração do Departamento de Transporte 04650 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 04660 3.3.90.30.00.00 - 0 0 510 - Material de Consumo 04670 3.3.90.30.00.00 - 0 0 511 - Material de Consumo 09 - DEPARTAMENTO DE ASSISTENCIA SOCIAL 001 - D.A.S - Divisão de Assistência Social 08.243.1400-6086 – Contraturno Social PETI Jornada Ampliada/ Bolsa Cidadã 03590 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 03600 3.3.90.30.00.00 - 0 0 706 - Material de Consumo 03610 3.3.90.30.00.00 - 0 0 751 - Material de Consumo 03620 3.3.90.30.00.00 - 0 0 755 - Material de Consumo 03630 3.3.90.30.00.00 - 0 0 757 - Material de Consumo 03640 3.3.90.30.00.00 - 0 0 765 - Material de Consumo 08.243.1400-6087 – Manutenção Programa Erradicação Trabalho Infantil 03680 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 08.244.1400-2092 – Administração Departamento de Assistência Social 03810 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 03820 3.3.90.30.00.00 - 0 0 763 - Material de Consumo 03830 3.3.90.30.00.00 - 0 0 764 - Material de Consumo 03840 3.3.90.30.00.00 - 0 0 766 - Material de Consumo 08.244.1400-2093 – Manutenção do CRAS 04010-3.3.90.30.00.00-0-000 - Material de Consumo 04020-3.3.90.30.00.00-0-757 - Material de Consumo 04030-3.3.90.30.00.00-0-762 - Material de Consumo VIGÊNCIA: 19/09/2014 VALOR: R$ 7.901,50 (sete mil novecentos e um reais e cinquenta centavos) DATA DA ASSINATURA: 19/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal. Jundiaí do Sul - PR, 19 de setembro de 2013 Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº. 071/2013 PARTES: Município de Jundiaí do Sul e a empresa Tereza Ernestina Dayeh. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Pregão Presencial nº. 016/2013, nos termos das leis nº. 10.520/2002 e 8.666/93, e suas alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Gêneros alimentícios, materiais de higiene e limpeza, retirados conforme a necessidade. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Conforme Lei 418 de 17 de dezembro de 2012, na nomenclatura; 03 - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO 001 - D.A - Administração Geral 04.122.0200-2011 - Atividades do Depto de Administração Geral do Município 00420-3.3.90.30.00.00 -0-3-000 - Material de Consumo 00430-3.3.90.30.00.00 -0-510 - Material de Consumo 04 - DEPTO DE AGRICULTURA/ABASTECIMENTO E MEIO AMBIENTE 001 - Gabinete do Diretor 20.122.0800-2024 - Administração Depto Agricultura 00900-3.3.90.30.00.00- 0-0-000 - Material de Consumo 06 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO/EDUCAÇÃO FISICA E DESPORTO 001 - DEC - Divisão de Educação 12.361.1000-2045 - Administração do Departamento de Educação 01820-3.3.90.30.00.00 – 0-0-103 - Material de Consumo 01830-3.3.90.30.00.00 – 0-0-104 - Material de Consumo 01840-3.3.90.30.00.00 – 0-0-107 - Material de Consumo 12.361.1000-2047 – Manutenção o Ensino Fundamental (FUNDEB 40%) 01960-3.3.90.30.00.00 – 0-0-102 – Material de Consumo 12.365.1000-2050 – Manutenção dos Centros de Educação Infantil 02070-3.3.90.30.00.00 – 0-0-103 – Material de Consumo 07 - DEPARTAMENTO DE CULTURA 001 - DEC - Divisão de Cultura 13.392.0200-2056 - Administração do Departamento de Cultura 02310-3.3.90.30.00.00-0-0-000 - Material de Consumo 13.392.0200-2056 – Manutenção da Biblioteca Municipal 02460-3.3.90.30.00.00-0-0-000 - Material de Consumo 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001 - Fundo Municipal de Saúde 10.301.1100-2070 – Manutenção do Posto de Saúde 02780- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 02790- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 10.301.1100-2076 – Administração do Departamento de Saúde 03030- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 03040- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 495 - Material de Consumo 10.302.1100-2078 – Manutenção do Hospital 03170- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 03180- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 495 - Material de Consumo 11 - DEPARTAMENTO DE TRANSPORTE 001 - D.T. - Divisão de Serviço Rodoviário 26.122.0400-2116 - Administração do Departamento de Transporte 04650 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 04660 3.3.90.30.00.00 - 0 0 510 - Material de Consumo 04670 3.3.90.30.00.00 - 0 0 511 - Material de Consumo 09 - DEPARTAMENTO DE ASSISTENCIA SOCIAL 001 - D.A.S - Divisão de Assistência Social 08.243.1400-6086 – Contraturno Social PETI Jornada Ampliada/ Bolsa Cidadã 03590 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 03600 3.3.90.30.00.00 - 0 0 706 - Material de Consumo 03610 3.3.90.30.00.00 - 0 0 751 - Material de Consumo 03620 3.3.90.30.00.00 - 0 0 755 - Material de Consumo 03630 3.3.90.30.00.00 - 0 0 757 - Material de Consumo 03640 3.3.90.30.00.00 - 0 0 765 - Material de Consumo 08.243.1400-6087 – Manutenção Programa Erradicação Trabalho Infantil 03680 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 08.244.1400-2092 – Administração Departamento de Assistência Social 03810 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 03820 3.3.90.30.00.00 - 0 0 763 - Material de Consumo 03830 3.3.90.30.00.00 - 0 0 764 - Material de Consumo 03840 3.3.90.30.00.00 - 0 0 766 - Material de Consumo 08.244.1400-2093 – Manutenção do CRAS 04010-3.3.90.30.00.00-0-000 - Material de Consumo 04020-3.3.90.30.00.00-0-757 - Material de Consumo 04030-3.3.90.30.00.00-0-762 - Material de Consumo VIGÊNCIA: 19/09/2014 VALOR: R$ 28.383,90 (vinte e oito mil trezentos e oitenta e três reais e noventa centavos) DATA DA ASSINATURA: 19/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal. Jundiaí do Sul - PR, 19 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº. 073/2013 PARTES: Município de Jundiaí do Sul e a empresa COPA - COMERCIO DE UTILIDADES DOMESTICAS LTDA. – ME FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: Pregão Presencial nº. 016/2013, nos termos das leis nº. 10.520/2002 e 8.666/93, e suas alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Utensílios Domésticos, a serem retirados conforme a necessidade para os vários Departamentos da Administração. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: Conforme Lei 418 de 17 de dezembro de 2012, na nomenclatura; 03 - DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO 001 - D.A - Administração Geral 04.122.0200-2011 - Atividades do Depto de Administração Geral do Município 00420-3.3.90.30.00.00 -0-3-000 - Material de Consumo 00430-3.3.90.30.00.00 -0-510 - Material de Consumo 04 - DEPTO DE AGRICULTURA/ABASTECIMENTO E MEIO AMBIENTE 001 - Gabinete do Diretor 20.122.0800-2024 - Administração Depto Agricultura 00900-3.3.90.30.00.00- 0-0-000 - Material de Consumo 06 - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO/EDUCAÇÃO FISICA E DESPORTO 001 - DEC - Divisão de Educação 12.361.1000-2045 - Administração do Departamento de Educação 01820-3.3.90.30.00.00 – 0-0-103 - Material de Consumo 01830-3.3.90.30.00.00 – 0-0-104 - Material de Consumo 01840-3.3.90.30.00.00 – 0-0-107 - Material de Consumo 12.361.1000-2047 – Manutenção o Ensino Fundamental (FUNDEB 40%) 01960-3.3.90.30.00.00 – 0-0-102 – Material de Consumo 12.365.1000-2050 – Manutenção dos Centros de Educação Infantil 02070-3.3.90.30.00.00 – 0-0-103 – Material de Consumo 07 - DEPARTAMENTO DE CULTURA 001 - DEC - Divisão de Cultura 13.392.0200-2056 - Administração do Departamento de Cultura 02310-3.3.90.30.00.00-0-0-000 - Material de Consumo 13.392.0200-2056 – Manutenção da Biblioteca Municipal 02460-3.3.90.30.00.00-0-0-000 - Material de Consumo 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001 - Fundo Municipal de Saúde 10.301.1100-2070 – Manutenção do Posto de Saúde 02780- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 02790- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 10.301.1100-2076 – Administração do Departamento de Saúde 03030- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 03040- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 495 - Material de Consumo 10.302.1100-2078 – Manutenção do Hospital 03170- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 303 - Material de Consumo 03180- 3.3.90.30.00.00 - 0 0 495 - Material de Consumo 11 - DEPARTAMENTO DE TRANSPORTE 001 - D.T. - Divisão de Serviço Rodoviário 26.122.0400-2116 - Administração do Departamento de Transporte 04650 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 04660 3.3.90.30.00.00 - 0 0 510 - Material de Consumo 04670 3.3.90.30.00.00 - 0 0 511 - Material de Consumo 09 - DEPARTAMENTO DE ASSISTENCIA SOCIAL 001 - D.A.S - Divisão de Assistência Social 08.243.1400-6086 – Contraturno Social PETI Jornada Ampliada/ Bolsa Cidadã 03590 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 03600 3.3.90.30.00.00 - 0 0 706 - Material de Consumo 03610 3.3.90.30.00.00 - 0 0 751 - Material de Consumo 03620 3.3.90.30.00.00 - 0 0 755 - Material de Consumo 03630 3.3.90.30.00.00 - 0 0 757 - Material de Consumo 03640 3.3.90.30.00.00 - 0 0 765 - Material de Consumo 08.243.1400-6087 – Manutenção Programa Erradicação Trabalho Infantil 03680 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 08.244.1400-2092 – Administração Departamento de Assistência Social 03810 3.3.90.30.00.00 - 0 0 000 - Material de Consumo 03820 3.3.90.30.00.00 - 0 0 763 - Material de Consumo 03830 3.3.90.30.00.00 - 0 0 764 - Material de Consumo 03840 3.3.90.30.00.00 - 0 0 766 - Material de Consumo 08.244.1400-2093 – Manutenção do CRAS 04010-3.3.90.30.00.00-0-000 - Material de Consumo 04020-3.3.90.30.00.00-0-757 - Material de Consumo 04030-3.3.90.30.00.00-0-762 - Material de Consumo VIGÊNCIA: 19/09/2014 VALOR: R$ 3.636,32 (três mil seiscentos e trinta e seis reais e trinta e dois centavos) DATA DA ASSINATURA: 19/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal. Jundiaí do Sul - PR, 19 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal


T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3

EDITAIS

A5

JUNDIAÍ DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 056/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa Samp Autoveiculos Ltda. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 013/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de 01 (um), veículo automotor, zero quilometro, ano/modelo de fabricação 2013/2013, CHASSI, destinado ao Departamento Municipal de Saúde, conforme emenda Funcional 19680007/10301201585810041 para uso exclusivo da Saúde. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001-D.S. – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.1100-2064 - MELHORIA DA FROTA 02540 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 – 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2072 – MANUTENÇÃO DO GABINETE DENTÁRIO 02880 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 02940 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2076 – ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE SAÚDE 03040 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03100 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.302.1100 - 2078 – MANUTENÇÃO DO HOSPITAL 03180 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03220 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 - 495 – Outros serviços de Terceiros Pessoa Jurídica VIGENCIA: 13/09/2014 VALOR ESTIMADO: R$ 26.300,00 (vinte e seis mil e trezentos reais) DATA DA ASSINATURA: 09/09/ 2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 13 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº .058/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa Acosta Quadri & Cia Ltda ME FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 013/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Equipamentos para equipar a Unidade Básica de Saúde e o Consultório Odontológico para uso exclusivo da Saúde, e apoio a estrutura da UBS – Unidade Básica de Saúde deste município de Jundiaí do Sul, objetivando o aprimoramento das condições de Saúde, e conseqüentemente o Fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de Garantia de Direitos Saúde para todos, conforme emenda Funcional 19680007/10301201585810041 para uso exclusivo da Saúde. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001-D.S. – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.1100-2064 - MELHORIA DA FROTA 02540 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 – 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2072 – MANUTENÇÃO DO GABINETE DENTÁRIO 02880 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 02940 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2076 – ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE SAÚDE 03040 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03100 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.302.1100 - 2078 – MANUTENÇÃO DO HOSPITAL 03180 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03220 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 - 495 – Outros serviços de Terceiros Pessoa Jurídica VIGENCIA:13/09/2014 VALOR ESTIMADO: R$ - 3.569,00 (três mil quinhentos e sessenta e nove reais) DATA DA ASSINATURA: 13/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 13 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 059/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa Geflex Industria e Comercio de Moveis Ltda FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 013/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Equipamentos para equipar a Unidade Básica de Saúde e o Consultório Odontológico para uso exclusivo da Saúde, e apoio a estrutura da UBS – Unidade Básica de Saúde deste município de Jundiaí do Sul, objetivando o aprimoramento das condições de Saúde, e conseqüentemente o Fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de Garantia de Direitos Saúde para todos, conforme emenda Funcional 19680007/10301201585810041 para uso exclusivo da Saúde. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001-D.S. – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.1100-2064 - MELHORIA DA FROTA 02540 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 – 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2072 – MANUTENÇÃO DO GABINETE DENTÁRIO 02880 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 02940 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2076 – ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE SAÚDE 03040 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03100 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.302.1100 - 2078 – MANUTENÇÃO DO HOSPITAL 03180 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03220 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 - 495 – Outros serviços de Terceiros Pessoa Jurídica VIGENCIA: 13/09/2014 VALOR ESTIMADO: R$ - 1.725,00 (mil setecentos e cinco reais) DATA DA ASSINATURA: 13/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 13 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 060/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa Intramed Ind. Médico Hospitalar Ltda FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 013/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Equipamentos para equipar a Unidade Básica de Saúde e o Consultório Odontológico para uso exclusivo da Saúde, e apoio a estrutura da UBS – Unidade Básica de Saúde deste município de Jundiaí do Sul, objetivando o aprimoramento das condições de Saúde, e conseqüentemente o Fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de Garantia de Direitos Saúde para todos, conforme emenda Funcional 19680007/10301201585810041 para uso exclusivo da Saúde. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001-D.S. – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.1100-2064 - MELHORIA DA FROTA 02540 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 – 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2072 – MANUTENÇÃO DO GABINETE DENTÁRIO 02880 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 02940 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2076 – ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE SAÚDE 03040 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03100 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.302.1100 - 2078 – MANUTENÇÃO DO HOSPITAL 03180 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03220 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 - 495 – Outros serviços de Terceiros Pessoa Jurídica VIGENCIA: 13/09/2014 VALOR: R$ - 12.324,00 (doze mil trezentos e vinte e quatro reais) DATA DA ASSINATURA: 13/09/213 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 13 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 061/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa Jaraguá Mercantil Ltda - ME FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 013/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Equipamentos para equipar a Unidade Básica de Saúde e o Consultório Odontológico para uso exclusivo da Saúde, e apoio a estrutura da UBS – Unidade Básica de Saúde deste município de Jundiaí do Sul, objetivando o aprimoramento das condições de Saúde, e conseqüentemente o Fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de Garantia de Direitos Saúde para todos, conforme emenda Funcional 19680007/10301201585810041 para uso exclusivo da Saúde. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001-D.S. – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.1100-2064 - MELHORIA DA FROTA 02540 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 – 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2072 – MANUTENÇÃO DO GABINETE DENTÁRIO 02880 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 02940 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2076 – ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE SAÚDE 03040 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03100 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.302.1100 - 2078 – MANUTENÇÃO DO HOSPITAL 03180 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03220 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 - 495 – Outros serviços de Terceiros Pessoa Jurídica VIGENCIA: 13/09/2014. VALOR ESTIMADO: R$ - 6.402,00 (seis mil quatrocentos e dois reais) DATA DA ASSINATURA: 13/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 13 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 062/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa Kleber Arrabaça Barbosa FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 013/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Equipamentos para equipar a Unidade Básica de Saúde e o Consultório Odontológico para uso exclusivo da Saúde, e apoio a estrutura da UBS – Unidade Básica de Saúde deste município de Jundiaí do Sul, objetivando o aprimoramento das condições de Saúde, e conseqüentemente o Fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de Garantia de Direitos Saúde para todos, conforme emenda Funcional 19680007/10301201585810041 para uso exclusivo da Saúde. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001-D.S. – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.1100-2064 - MELHORIA DA FROTA 02540 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 – 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2072 – MANUTENÇÃO DO GABINETE DENTÁRIO 02880 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 02940 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2076 – ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE SAÚDE 03040 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03100 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.302.1100 - 2078 – MANUTENÇÃO DO HOSPITAL 03180 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03220 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 - 495 – Outros serviços de Terceiros Pessoa Jurídica VIGENCIA: 13/09/2014 VALOR: R$ - 6.595,00 (seis mil quinhentos e noventa e cinco reais) DATA DA ASSINATURA: 13/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 13 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 063/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa Peras & Rossi Ltda FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 013/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Equipamentos para equipar a Unidade Básica de Saúde e o Consultório Odontológico para uso exclusivo da Saúde, e apoio a estrutura da UBS – Unidade Básica de Saúde deste município de Jundiaí do Sul, objetivando o aprimoramento das condições de Saúde, e conseqüentemente o Fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de Garantia de Direitos Saúde para todos, conforme emenda Funcional 19680007/10301201585810041 para uso exclusivo da Saúde. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001-D.S. – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.1100-2064 - MELHORIA DA FROTA 02540 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 – 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2072 – MANUTENÇÃO DO GABINETE DENTÁRIO 02880 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 02940 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2076 – ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE SAÚDE 03040 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03100 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.302.1100 - 2078 – MANUTENÇÃO DO HOSPITAL 03180 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03220 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 - 495 – Outros serviços de Terceiros Pessoa Jurídica VIGENCIA: 13/09/2014. VALOR ESTIMADO: R$ - 546,48 (quinhentos e quarenta reais e quarenta e oito centavos) DATA DA ASSINATURA: 13/09/213 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 13 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 064/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa Rodrigo Godoi ME FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 013/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Equipamentos para equipar a Unidade Básica de Saúde e o Consultório Odontológico para uso exclusivo da Saúde, e apoio a estrutura da UBS – Unidade Básica de Saúde deste município de Jundiaí do Sul, objetivando o aprimoramento das condições de Saúde, e conseqüentemente o Fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de Garantia de Direitos Saúde para todos, conforme emenda Funcional 19680007/10301201585810041 para uso exclusivo da Saúde. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001-D.S. – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.1100-2064 - MELHORIA DA FROTA 02540 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 – 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2072 – MANUTENÇÃO DO GABINETE DENTÁRIO 02880 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 02940 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2076 – ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE SAÚDE 03040 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03100 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.302.1100 - 2078 – MANUTENÇÃO DO HOSPITAL 03180 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03220 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 - 495 – Outros serviços de Terceiros Pessoa Jurídica VIGENCIA: 13/09/2014 VALOR ESTIMADO: R$ - 2.034,00 (dois mil e trinta e quatro reais) DATA DA ASSINATURA: 13/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 13 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 065/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa Tecmat Comercio de Mat. de Informática Ltda - ME FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 013/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Equipamentos para equipar a Unidade Básica de Saúde e o Consultório Odontológico para uso exclusivo da Saúde, e apoio a estrutura da UBS – Unidade Básica de Saúde deste município de Jundiaí do Sul, objetivando o aprimoramento das condições de Saúde, e conseqüentemente o Fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de Garantia de Direitos Saúde para todos, conforme emenda Funcional 19680007/10301201585810041 para uso exclusivo da Saúde. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001-D.S. – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.1100-2064 - MELHORIA DA FROTA 02540 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 – 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2072 – MANUTENÇÃO DO GABINETE DENTÁRIO 02880 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 02940 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2076 – ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE SAÚDE 03040 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03100 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.302.1100 - 2078 – MANUTENÇÃO DO HOSPITAL 03180 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03220 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 - 495 – Outros serviços de Terceiros Pessoa Jurídica VIGENCIA: 13/09/2014. VALOR ESTIMADO: R$ - 2.384,00 (dois mil e trezentos e oitenta e quatro reais) DATA DA ASSINATURA: 13/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 13 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 066/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa Vscosta e Cia Ltda FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 013/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Fornecimento de Equipamentos para equipar a Unidade Básica de Saúde e o Consultório Odontológico para uso exclusivo da Saúde, e apoio a estrutura da UBS – Unidade Básica de Saúde deste município de Jundiaí do Sul, objetivando o aprimoramento das condições de Saúde, e conseqüentemente o Fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) de Garantia de Direitos Saúde para todos, conforme emenda Funcional 19680007/10301201585810041 para uso exclusivo da Saúde. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 08 - DEPARTAMENTO DE SAÚDE 001-D.S. – FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE 10.301.1100-2064 - MELHORIA DA FROTA 02540 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 – 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2072 – MANUTENÇÃO DO GABINETE DENTÁRIO 02880 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 02940 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.301.1100 - 2076 – ADMINISTRAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE SAÚDE 03040 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03100 – 4.4.90.52.00.00 – 0 – 0 - 495 - Equipamentos e Material Permanente 10.302.1100 - 2078 – MANUTENÇÃO DO HOSPITAL 03180 – 3.3.90.30.00.00 – 0 – 0 - 495 - Material de Consumo 03220 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 - 495 – Outros serviços de Terceiros Pessoa Jurídica VIGENCIA: 13/09/2014. VALOR: R$ - 10.754,00 (dez mil setecentos e cinquenta e quatro reais) DATA DA ASSINATURA: 13/09/2013. FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 13 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 067/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa . União Equipamentos Rodoviários Ltda FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 015/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Prestação de serviços de Mecânica, Solda e Torno não executáveis na oficina da prefeitura, na manutenção preventiva e corretiva das máquinas e ônibus, que compõem a frota oficial do Município, conforme a necessidade por ocorrência nos veículos, não executáveis na oficina da Prefeitura, na manutenção, preventiva e corretiva dos veículos, que compõem a frota oficial do Município, conforme a necessidade por ocorrência, devendo os mesmos serem executados nas instalações da empresa, não sendo possível a sua remoção, no local onde se encontrar o veículo ou equipamento danificado. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 06 – DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, CULTURA, ED. FÍSICA E DESPORTO 001 – DEC – DIVISÃO DE EDUCAÇÃO 12.361.1000-20-44- MANUTENÇÃO DO TRANSPORTE ESCOLAR 01680 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 1 – 103 – Outros Serviços Terceiros – Pessoa Jurídica 01690 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 1 – 104 – Outros Serviços Terceiros – Pessoa Jurídica 01700 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 1 – 119 – Outros Serviços Terceiros – Pessoa Jurídica 01710 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 1 – 123 – Outros Serviços Terceiros – Pessoa Jurídica 11 – DEPARTAMENTO DE TRANSPORTE 001 – D.T. – DIVISÃO DE SERVIÇO RODOVIÁRIO 26.782.0400-2122 – MANUT. FROTA VEÍC. E MÁQUINAS ADMINISTRAÇÃO 04900 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 – 000 – Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica VIGENCIA: 18/09/2014 VALOR ESTIMADO: R$ - R$-57.000,00 (cinqüenta e sete mil reais). DATA DA ASSINATURA: .18/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 18 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Estado do Paraná EXTRATO DE CONTRATO Nº 068/2013 PARTES: Município de JUNDIAI DO SUL e a empresa . Nilton Galdino Junior – ME FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: PREGÃO PRESENCIAL 015/2013, nos termos da Lei 8.666/93 e alterações posteriores. OBJETO: Prestação de serviços de Mecânica, Solda e Torno não executáveis na oficina da prefeitura, na manutenção preventiva e corretiva das máquinas e ônibus, que compõem a frota oficial do Município, conforme a necessidade por ocorrência nos veículos, não executáveis na oficina da Prefeitura, na manutenção, preventiva e corretiva dos veículos, que compõem a frota oficial do Município, conforme a necessidade por ocorrência, devendo os mesmos serem executados nas instalações da empresa, não sendo possível a sua remoção, no local onde se encontrar o veículo ou equipamento danificado. DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: com previsão na Lei e Resolução Orçamentária nº 418 de 17 de dezembro de 2012 na nomenclatura: 06 – DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO, CULTURA, ED. FÍSICA E DESPORTO 001 – DEC – DIVISÃO DE EDUCAÇÃO 12.361.1000-20-44- MANUTENÇÃO DO TRANSPORTE ESCOLAR 01680 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 1 – 103 – Outros Serviços Terceiros – Pessoa Jurídica 01690 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 1 – 104 – Outros Serviços Terceiros – Pessoa Jurídica 01700 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 1 – 119 – Outros Serviços Terceiros – Pessoa Jurídica 01710 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 1 – 123 – Outros Serviços Terceiros – Pessoa Jurídica 11 – DEPARTAMENTO DE TRANSPORTE 001 – D.T. – DIVISÃO DE SERVIÇO RODOVIÁRIO 26.782.0400-2122 – MANUT. FROTA VEÍC. E MÁQUINAS ADMINISTRAÇÃO 04900 – 3.3.90.39.00.00 – 0 – 0 – 000 – Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Jurídica VIGENCIA: 18/09/2014 VALOR ESTIMADO: R$-232.500,00 (duzentos e trinta e dois mil e quinhentos reais) DATA DA ASSINATURA: .18/09/2013 FORO: Comarca de Ribeirão do Pinhal – Pr. Jundiaí do Sul - PR, 18 de setembro de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal


T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3

A6

ESPECIAL

WILLIAN NUNES - FOLHA EXTRA

TROFÉU ARAUCÁRIA

FOLHA EXTRA LEVA A MAIOR PREMIAÇÃO DO CONGRESSO ADJORI 2013 23ª Congresso da Associação dos Jornais e Revistas do Interior premiou melhores veículos de comunicação do interior do Estado; Folha Extra obteve primeiro lugar em seis categorias diferentes, em um total de 16 prêmios, sagrando-se como a vencedora do Troféu Araucária, principal título do jornalismo paranaense

LUCAS ALEIXO Cornélio Procópio

A Folha Extra foi a vencedora do Troféu Araucária 2013, principal premiação de jornalismo do Paraná. O resultado foi a soma de pontos conquistados em 18 categorias que premiavam os cinco melhores trabalhos em cada quesito de jornais impressos e revistas do interior do todo Paraná. A premiação aconteceu no último sábado (21) no Aguativa Resort, em Cornélio Procópio, como parte do 23º Congresso da Adjori (Associação dos Jornais e Revistas do Interior) do Paraná, e reuniu representantes de dezenas de jornais e revistas do interior do Estado, com todas as regiões tendo algum representante. A Folha Extra teve seis de seus trabalhos enviados julgados por uma banca de professores da Unicentro como os melhores em suas categorias: melhor capa, melhor fotografia, melhor reportagem livre, melhor série de reportagens, melhor editorial e melhor campanha publicitária institucional. Além disso, mais dois segundos lugares, três terceiros lugares, três quartos lugares e dois quintos lugares fizeram da Folha

Extra ter a maior pontuação do evento, ao lado da Folha de Irati. Entre os concorrentes, jornais com décadas de experiência e equipes com excelentes profissionais, além da experiência na competição, enquanto a Folha Extra disputava apenas pela segunda vez. Mais do que reconhecimento, o premio significa valorização. Ter trabalhos escolhidos como os melhores do interior do Paraná por professores universitários, que obviamente também são profissionais da área (eram jornalistas, fotógrafos e publicitários), representa que mesmo com menos tempo de experiência e vindo de uma região ainda em desenvolvimento, a Folha Extra tem competência de fazer matérias jornalísticas, fotografias, capas e trabalhos publicitários tão bons quanto veículos de comunicação de qualquer canto do Paraná.

PREMIAÇÃO

A premiação teve início com a categoria Ação Educativa, e aí já veio o primeiro prêmio da Folha Extra com a série de reportagens “O Interior do Norte Pioneiro”. No segundo quesito, Comunicação Cidadã, onde seriam premiadas as melhores séries de reportagens, a conquista do Troféu Araucária começou a se desenhar, com a série “Meu Voto, Meu Futuro” ficando em segundo lugar e a série “O Interior do

Com o presidente da Adjori Brasil, Miguel Ângelo Gobbi (direita da foto), equipe Folha Extra exibe o Troféu Araucária: resultado de seis primeiros lugares em um total de 16 prêmios.

Norte Pioneiro”, que detalhou em várias edições o cotidiano de bairros e distritos da micro região, sendo novamente premiada, mas desta vez com a primeira colocação. A seguir vieram duas modalidades onde a Folha Extra não estava concorrendo: Reportagem Especial (tema Movimentos Sociais) e Site de Jornal. Depois mais dois quesitos onde os trabalhos enviados não obtiveram sucesso, como Projeto Gráfico e Charge. Na categoria Entrevista PingPong a Folha Extra só tinha uma concorrente: a entrevista com a ex-prefeita de Wenceslau Braz, Carolina Batistão de Souza, que acabou sendo premiada com a segunda colocação. Quando o quesito foi o editorial um terceiro lugar e o primeiro lugar vieram para a Folha Extra. A seguir foi a vez das capas dos jornais terem o seu julgamento divulgado. E aí surgiu outra primeira colocação para a Folha Extra, com a capa da edição 1001, do dia 23 de agosto, que trazia como manchete a matéria sobre os índios de Tomazina, parte integrante da série “O Interior do Norte Pioneiro”. Na categoria Fotografia, uma das mais concorridas, novamente grande expectativa. E para alegria da equipe do jornal ali presente, a fotografia “Cultura Abandonada”, retratando o descaso com a Casa da Cultura de

Siqueira Campos, que teve sua construção abandonada há 10 anos, foi a vencedora. Na sequência foi a vez da Reportagem Investigativa mostrar seus vencedores, e a Folha Extra emplacou duas entre as cinco melhores: “Perícia fraudulentas do INSS podem estar acontecendo há anos”, sobre as perícias criminosas do INSS de Jaguariaíva, na quinta colocação, e “Soterramento da Aprocer completa um mês”, sobre a tragédia que matou dois operários em Wenceslau Braz, na quarta colocação.

Congresso tem participação de secretários estaduais e prefeito de Cornélio Procópio LUCAS ALEIXO Cornélio Procópio

O 23º Congresso da Associação de Jornais e Revistas do Interior do Paraná contou com a presença de três secretários estaduais, do prefeito de Cornélio Procópio, Frederico Carvalho Alves (PSC), além de autoridades de todo Paraná e representantes das Adjoris de outros estados. Assim, com esses persona-

gens, os representantes de jornais e revistas do interior do Paraná lotaram o auditório do Aguativa Resort para a abertura oficial do evento, na noite de sexta-feira (20). O tom dos discursos foi praticamente em unanimidade a respeito da importância das mídias regionais para cada comunidade e a certeza da sobrevivência dos jornais impressos mesmo com a ascensão da internet e novas variáveis na maneira de se noticiar. O prefeito de Cornélio inclusive exemplificou a questão citando uma oportunidade, enquanto ainda era vereador, foi a duas emissoras de rádios para

defender uma lei que permitia a utilização de 1/3 das calçadas por bares e lanchonetes, enquanto a prefeitura queria vetar por completo o uso deste espaço por parte dos comércios. “Fui a uma rádio onde o locutor se posicionou contra minha idéia e ele propôs que abríssemos o microfone para ouvintes entrarem por telefone, e todos os ouvintes que participaram concordaram com o locutor, sendo contrários ao meu projeto. Saí dali e fui para a segunda emissora, onde o locutor era a favor do meu projeto e aí eu sugeri a abertura do microfone para ouvintes, e todos foram favoráveis”, relembra. “Isso dá

Nos quesitos Reportagem Esportiva, com apenas um trabalho enviado e sem conseguir ficar entre os cinco melhores, Reportagem Especial, Caderno Temático e Anúncio Publicitário Institucional, sem trabalhos inscritos, Folha Extra passou em branco. No Anúncio Publicitário Comercial a Folha Extra teve duas artes premiadas: da Farmácia São Francisco, em quarto lugar, e da Benedetti Veículos, em terceiro lugar. Depois a vez da categoria Reportagem Livre, outra com quase 30

concorrentes, a trazer as cinco escolhidas pelos jurados. E aí a Folha Extra reinou absoluta. “A ponte que liga o passado ao presente”, a respeito da Ponte Pênsil Alves de Lima, em Ribeirão Claro, ficou na quarta colocação, seguida pela reportagem “Cemitério de Escravos: dois séculos de história”, que trouxe a história de um cemitério de escravos abandonado na zona rural de Arapoti, na terceira posição. E na primeira colocação a reportagem “Mina Velha, um século de história e beleza”, sobre o Parque Estadual da Mina Velha, em Ibaiti, finalizando a categoria com três reportagens da Folha Extra eleita entre as cinco melhores do interior do Paraná. Para finalizar a premiação foi a vez da categoria “Campanha Publicitária Institucional”, onde mais uma vez a Folha Extra ficou na primeira colocação, com a campanha “Visite, Conheça, Ajude – Lar São Vicente de Paula”, fazendo menção ao Asilo São Vicente de Paula, em Wenceslau Braz. Vale lembrar que cada um dos jornais participantes poderia inscrever somente até três peças em cada uma destas categorias. Além da Folha Extra, os outros jornais nas cinco primeiras colocações do Troféu Araucária foram (nesta ordem): Folha de Irati, O Popular (de Araucária), Folha de Palotina e Hoje Centro Sul (também de Irati).

Também aconteceram oficinas e palestras voltadas para jornalistas, diagramadores, fotógrafos e diretores dos jornais

uma noção do tamanho da importância do formador de opinião”. Já para o secretário estadual do Trabalho, Luiz Claudio Romanelli, os jornais impressos são fortes aliados da população na busca por interesses de conhecimento regional. “As pessoas querem ler notícias das suas cidades, das suas regiões”, frisou. No sábado foi a vez do secretário de Representação do Paraná em Brasília, Amauri Escudero, que fez questão de destacar o papel exercido pelos jornais do interior, que de acordo com suas palavras, tem um papel fundamental para o Estado e que a imprensa é responsável

por uma “ressonância social”. “Vocês são o porta-voz da sociedade”, disse, dirigindo-se aos representantes dos jornais ali presentes. “É de praxe nós do governo usamos jornais para saber as reivindicações do interior do Estado”, destacou Escudero. O secretário também citou a importância das mídias regionais e o respeito conquistado por ele frente ao governo. “O Estadão vai falar sobre nossas estradas? Não, quem faz esse papel são os jornais do interior, por isso a importância da valorização destes meios de comunicação”, pontuou. “Felizmente atingimos um patamar de

respeitabilidade entre mídias regionais e o governo”. O secretário de Comunicação do Paraná, Marcelo Cattani, também participou do Congresso. OFICINAS Como não poderia deixar de ser, o evento também contou com uma grande variedade de oficinas, que proporcionaram aos participantes aprimorar seus conhecimentos sobre jornalismo, fotografia, diagramação e questões burocráticas a respeito da administração dos jornais e revistas.


A7

VARIEDADES

T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 2 T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3

A Z U Z CA

Crack do Paraguai

POR LUCAS ALEIXO Não me convidaram Pra essa festa pobre Que os homens armaram pra me convencer A pagar sem ver Toda essa droga Que já vem malhada antes de eu nascer Não me ofereceram Nem um cigarro Fiquei na porta estacionando os carros Não me elegeram Chefe de nada O meu cartão de crédito é uma navalha Brasil Mostra tua cara Quero ver quem paga Pra gente ficar assim Brasil Qual é o teu negócio? O nome do teu sócio? Confia em mim Trecho da música Brasil, do Cazuza

O

O Já fazem uns dias do aniversário da queda das Torres Gêmeas, mas vale aqui publicar essa imagem só pra não deixar a data passar em branco.

PCC

E O MEN

ALÃO

PCC (Primeiro Comando da Capital) agradou mais aos brasileiros do que a justiça nestes últimos dias. Lembram daquele menino boliviano de cinco anos que foi assassinado a sangue frio na frente de toda a família após implorar para não ser assassinado em São Paulo? Pois então, um de seus assassinos foi assassinado provavelmente a mando do PCC. Do “outro lado” da sociedade, nossa (suposta) justiça já se mostrou completamente incapaz de punir os envolvidos no mensalão. Julga-se o julgamento, faz-se um circo do tamanho do mundo e ninguém vai preso. Sinceramente, eu desisti desse lixo. Não quero mais ler a respeito. Não quero mais saber a respeito. É tudo uma piada mesmo. Eu, assim como milhares de outros brasileiros, desisti de ter esperança de que alguma justiça fosse feita neste caso. Até porque raramente isso acontece no Brasil, então nada mais normal do que os envolvidos saírem impunes. E aí, eu, assim como boa parte da população, achei infinitamente mais justo o julgamento do PCC contra o assassino do menino boliviano ao julgamento dos envolvidos neste escândalo. Não pela questão de matar o assassino, mas porque, ao menos, houve uma atitude – coisa que não acontece muito neste país. Desta forma, a Lei da Selva, aplicada pelo PCC, parece ter mais eficiência do que a lei brasileira. Houve um crime bárbaro, que resultou em uma punição Barbara. Está certo? Cada um tem uma opinião, mas o fato é de que o agressor foi punido, e em pouco tempo. E na justiça comum, como as coisas acontecem? Pois é. Falando em leis, outro dia tirava sarro do meu colega de profissão Maurício Reale em virtude da pouca habilidade dele em equilibrar caneta, caderno, jornal e mais alguma coisa em suas mãos, o que levou tudo ao chão. Disse que a lei da gravidade estava sendo cruel com ele e ele me respondeu que essa era a única lei no Brasil que ainda vigorava, mas que temia logo o Supremo inventar alguma liminar e até ela parar de funcionar, fazendo com que tudo flutuasse por aí. Enfim, voltando a questão da atitude. Sabe por que o Brasil é assim? Porque falta atitude da sociedade. Simples: o homem quer que a justiça resolva suas pendências, a mãe quer que a psicóloga eduque o filho, a família quer que a polícia a proteja e a escola ensine as crianças, a maioria das pessoas quer que a loteria as faça ricas e que um reality as faça famosas. A população quer que os governos façam melhorias e aguardam de braços cruzados, limitando-se a reclamar uns para os outros, enquanto isso não acontece. Até as crianças são educadas a esperarem do Papai Noel e do Coelhinho da Páscoa prêmios por atitudes que são obrigações, e não virtudes. Ou seja, só se espera, só se joga a responsabilidade para outrem, e fazer mesmo, tomar atitude, ah isso pouquíssima gente faz.

CHARGE

Não, não estamos falando de um grande jogador da seleção do Paraguai. É que esses dias três paraguaios foram presos em Cambará com 16 kg de crack. A droga estava escondida em um carro com placas de Assunción (a terra da galopeira). Agora, a grande questão é: eles foram presos por tráfico de drogas ou por venda de produtos falsificados? Porque, uma vez que o crack era do Paraguai, quem garante a procedência dele? Sendo de lá nunca se sabe se é crack mesmo ou se é perna de pau.

Mané Outro dia um promotor aposentado falou que gastar dinheiro com publicação de atas e editais é jogar dinheiro fora. Agora, ser transparente é jogar dinheiro fora? Respeitar uma lei é jogar dinheiro fora? Na minha humilde opinião jogar dinheiro fora é o que acontece em boa parte dos órgãos públicos, em gastos absurdos com contas de telefone, impressões, e aqueles serviços FUNDAMENTAIS como os de copa, onde se tem garçons e copeiros servindo funcionários públicos quase como babás. Isso, em um país de terceiro mundo, é que é jogar dinheiro fora. E o senhor deveria ir para o bingo aproveitar bem sua aposentadoria e o seu próprio dinheiro.

Caixa Econômica Mas nada pode ser considerado tão “jogar dinheiro fora” quanto a Caixa Econômica Federal patrocinando times de futebol. Parem de ser tontos, invistam esses milhões em programas habitacionais, programas sociais, ou coisas do tipo. Que retorno se tem patrocinando o Corinthians ou o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino? Por favor né, até patrocinar esta página daria mais lucro.

Falando no Corinthians... Depois do Minha Casa, Minha Vida para depois de 100 anos ganhar um estádio e um bolsa internacional que valeu uns títulos fora do Brasil, o Corinthians volta a realidade. Esta semana com a derrota para a Ponte Preta o clube de Parque São Jorge s/nº voltou a ser motivo de chacotas. E de favorito ao título, já dizem por aí que ficará sem técnico e neste ritmo logo estará ameaçado de rebaixamento. Que pena.

Tiroteio maroto Um show da banda Sorriso Maroto foi precedido de um tiroteio, que acabou por impedir a realização do show, que seria em Minas Gerais. Uma pessoa acabou morte e várias ficaram feridas. Uma briga entre gangues teria causado a desgraça toda. Depois o rock que é do diabo.

Coca-Cola e ratos

ARTE - LUIZ CARLOS FERREIRA - FOLHA EXTRA

Não se fala de outra coisa (e valeu até uma charge por parte do diagramador e chargista Luiz Carlos Ferreira) que não seja o rato na Coca-Cola. Alguém supostamente achou um exemplar desta espécie em uma garrafa do refrigerante mais vendido no mundo. Além de ter muuuita cara de ser mentira, sinceramente, vocês acham que um pedaço de um ratinho é mais danoso ao organismo humano do que refrigerantes e boa parte dos produtos industrializados???

Coca-Cola, ratos e Cazuza O fato valeu até uma paródia da música “O Tempo Não Para”, do Cazuza: “Sua Coca-Cola está cheia de ratos, suas idéias não correspondem aos fatos...”.


Parágrafo único. Para os fins desta Lei, considera-se:

BA28

I - Pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental,

EDITAIS

intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e

T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3 T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3

efetiva na sociedade em igualdades de condições com as demais pessoas, de acordo com o Decreto nº 6.949, de 25 de agosto de 2009.

Art. 5º- Para uniformizar os procedimentos de fiscalização deverá ser adotado o modelo obrigatório de

JUNDIAÍ DO SUL

credencial de utilização de âmbito nacional para as pessoas portadoras de necessidades especiais ou com

WENCESLAU BRAZ

dificuldade de locomoção, conforme previsto no Anexo II desta Lei Municipal, bem como preconizado pela Resolução 304 do CONTRAN, a qual terá validade em todo o território nacional. § 1º. A credencial prevista neste artigo deverá ser emitida por órgão ou entidade pública a ser definida pelo

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL Praÿa Pio X, 260 - Caixa Postal 11 –Centro Fone/Fax:(43) 3626-1490 - CNPJ nÿ76.408.061/0001-54 CEP 86470-000 - Jundiaÿdo Sul –Paranÿ –prefeitura@jundiaidosul.pr.gov.br

E-mail

EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

Poder Executivo Municipal. § 2º. O prazo de validade da credencial prevista neste artigo será definida segundo critérios definidos pelo órgão ou entidade pública do Poder Executivo Municipal. CAPITULO IV DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 6º- O Município de Wenceslau Braz deverá integrar-se ao Sistema Nacional de Trânsito para emitir as credenciais de vagas preferências de trânsito acima delimitadas.

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 006/2013 MODALIDADE DE LICITAÇÃO: PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 TIPO DE LICITAÇÃO: MENOR PREÇO UNITÁRIO POR LOTE ÓRGÃO RESPONSÁVEL PELO REGISTRO: PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL

Art. 7º- Para requerer a credencial de utilização de estacionamento preferencial à pessoa idosa ou portadores de necessidades especiais, a pessoa interessada deverá apresenta cópia dos seguintes documentos: I - Carteira de identidade. II – Cadastro de Pessoa Física (CPF).

VALIDADE DA ATA: 01 (um) ano.

III - Certificado de registro e licenciamento do veículo (CRLV).

DEPARTAMENTO REQUISITANTE :: Departamento de Assistência Social

IV – Comprovante de residência.

Objeto: COMPRA, através de REGISTRO DE PREÇOS, de Gêneros alimentícios para atender demanda dos Programas Sociais, no exercício de 2013, em atendimento a solicitação feita pelo Departamento de Assistência Social., de acordo com as especificações contidas no Memorial Descritivo (Anexo I) do Edital para o exercício de 2013.

V - Laudo médico atestando o tipo e grau de deficiência, assinado por profissional credenciado em unidade de saúde pública (exigência específica para pessoas portadoras de deficiência). Parágrafo único - Se o portador de deficiência for menor de 18 (dezoito) anos, deverão ser apresentados os documentos dos pais ou responsáveis legais. Art. 8º- Os veículos estacionados nas vagas reservadas de que tratam esta Lei Municipal, deverão exibir a

LOTE I, II e III VENCEDORAS

-

GENEROS ALIMENTÍCIOS EMPRESA

credencial sobre o painel do veiculo, em local de fácil e perfeita visualização para efeito de fiscalização. Art. 9º- O modelo de sinalização vertical de regulamentação de vagas de estacionamento de veículos

LOTE I

EMPRESAS VENCEDORAS

R ZAVA

SUPERMERCADO BRUNHARI

VALOR FINAL DE ACORDO COM OS ITENS DOS REFERIDO PROCESSO.

L DE LIMA MINE MERCADO

destinadas exclusivamente a veículos que transportem pessoas idosas ou pessoas portadoras de deficiências com dificuldade de locomoção, deverão estar de acordo com modelos previstos no Anexo III e Anexo IV respectivamente. Art. 10°- As vagas, a que se refere esta Lei, deverão ser:

R$ 10.650,00

I - de fácil manobra;

R$ 7.150,00

II – próximo ao acesso de circulação de pedestres e a entrada principal; III – devidamente sinalizada; IV – as vagas destinadas as pessoas com deficiência deverão obedecer às especificações técnicas de desenho e

R$ 5.400,00

traçado, conforme o estabelecido nas normas técnicas de acessibilidade da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.

Perfazendo um valor total dos Lotes I, II e III em R$ 23.200,00 (vinte

e três mil e duzentos) .

Jundiaí do Sul, 11 de junho de 2013. Marcio Leandro da Silva Prefeito Municipal

Art. 11°- O uso de vagas destinadas às pessoas portadoras de deficiência com dificuldade de locomoção ou às pessoas idosas em desacordo com o disposto nesta Lei Municipal, caracteriza infração de trânsito prevista no Art. 181, inciso XVII do Código de Transito Brasileiro. Art. 12°- As vagas de estacionamento de estabelecimento privado reservadas às pessoas portadoras de necessidades especiais ou às pessoas idosas serão fiscalizadas pelos referidos estacionamentos e/ou pelo Órgão ou Entidade Pública Municipal competente, com o objetivo de assegurar que as vagas reservadas não sejam ocupadas por veículos não identificados.

WENCESLAU BRAZ

Art. 13°- Sem prejuízo das penalidades definidas na legislação vigente, o descumprimento do disposto nesta Lei referente a reservas de vagas preferenciais às pessoas com necessidades especiais com dificuldade de locomoção ou às pessoas idosas, ensejará aos estabelecimentos privados de uso coletivo as seguintes sanções administrativas a ser aplicadas pelo Órgão ou Entidade Municipal competente:

LEI Nº 2.620/2013 SÚMULA: Dispõe sobre a reserva de vagas de estacionamento exclusivamente destinadas a veículos que transportem pessoas idosas ou pessoas portadoras de necessidades especiais e com dificuldade de locomoção, e dá outras providências. O povo do município de Wenceslau Braz, por seus representantes na Câmara Municipal, aprovou e eu, Prefeito Municipal, Atahyde Ferreira dos Santos Júnior, sanciono a seguinte lei: CAPITULO I

I - Multa de 50 (cinquenta) a 5.000 (cinco mil) URF (Unidade Referencial Fiscal) a ser aplicada pelo órgão ou entidade competente; II - Em caso de reincidência, a multa será aplicada em dobro; III - Novas reincidências implicarão na aplicação de multa do inciso anterior acrescida de 50% (cinquenta por cento) e na cassação do alvará de funcionamento. Art. 14°- Está Lei Municipal entra em vigor em 90 (noventa dias) a contar da data de sua publicação.

DISPOSIÇÕES GERAIS

Wenceslau Braz, 23 de Setembro de 2013.

Art. 1º- Nos termos do Art. 41 da Lei 10.741 de 1º de outubro de 2003, combinado com o disposto na Resolução CONTRAN Nº 303, de 18 de dezembro 2008 do Conselho Nacional de Trânsito e conforme previsto na Lei Federal 10.098 de 19 de dezembro de 2008, combinado com o disposto na Resolução CONTRAN Nº 304, de 18

ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR Prefeito Municipal

de dezembro 2008 do Conselho Nacional de Trânsito ficam implantadas respectivamente no Município de Wenceslau Braz/PR a reserva de vagas de estacionamento destinadas exclusivamente às pessoas idosas e para pessoas portadoras de necessidades especiais, com dificuldade de locomoção em todos os logradouros públicos e

ANEXO I MODELO DA CREDENCIAL DE PESSOAS IDOSAS

estabelecimentos privados de uso coletivos não pagos. §1º. Considera-se via ou logradouro público as vias públicas em geral e demais locais de domínio e freqüentação pública, bem como qualquer outro local público destinado a estacionamento de veículos em repartições públicas federais, estaduais e municipais e suas autarquias instaladas no Município. §2º. Estabelecimento privado de uso coletivo é aquele que se destina às atividades de natureza comercial, hoteleira, cultural, esportiva, financeira, turística, recreativa, social, religiosa, educacional, industrial e de saúde. CAPÍTULO II DAS VAGAS DE ESTACIONAMENTO DESTINADAS EXCLUSIVAMENTE ÀS PESSOAS IDOSAS Art. 2º- Fica estabelecido a obrigatoriedade da reserva de vagas de estacionamento exclusivamente para pessoas idosas, no percentual mínimo de 5% (cinco por cento) do total de vagas de estacionamentos públicos e privados de uso coletivo, conforme disposto no Art. 41 da Lei Federal 10.741 de 1º de Outubro de 2003 (Estatuto do Idoso), bem como pela Resolução 303 de 18 de Dezembro de 2008 do Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN. Parágrafo único. Para os fins desta Lei, considera-se: I – Pessoa idosa é aquela pessoa com idade igual ou superior a 60 (sessenta anos), nos termos da Lei Nº 10.741, de 1º de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso). Art. 3º- Para uniformizar os procedimentos de fiscalização deverá ser adotado o modelo obrigatório de credencial de utilização de âmbito nacional para as pessoas idosas, conforme previsto no Anexo I desta Lei Municipal, bem como preconizado pela Resolução 303 do CONTRAN, a qual terá validade em todo o território nacional. § 1º. A credencial prevista neste artigo deverá ser emitida por órgão ou entidade pública a ser definida pelo Poder Executivo Municipal. § 2º. O prazo de validade da credencial prevista neste artigo será definida pelo órgão ou entidade pública do Poder Executivo Município responsável pela emissão da referida credencial. CAPITULOS III DAS VAGAS DE ESTACIONAMENTO DESTINADAS EXCLUVISAMENTE ÀS PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS OU COM DIFICULDADES DE LOCOMOÇÃO Art. 4º- Fica estabelecido a obrigatoriedade da reserva de vagas de estacionamento exclusivamente para portadores de necessidades especiais e com dificuldade de locomoção, no percentual mínimo de 2% (dois por cento) do total de vagas de estacionamentos públicos e privados de uso coletivo, conforme exigido pela Lei Federal 10.098 de 19 de Dezembro de 2000, bem como pela Resolução 304 de 18 de Dezembro de 2008 do Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN. Parágrafo único. Para os fins desta Lei, considera-se: I - Pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdades de condições com as demais pessoas, de acordo com o Decreto nº 6.949, de 25 de agosto de 2009. Art. 5º- Para uniformizar os procedimentos de fiscalização deverá ser adotado o modelo obrigatório de credencial de utilização de âmbito nacional para as pessoas portadoras de necessidades especiais ou com dificuldade de locomoção, conforme previsto no Anexo II desta Lei Municipal, bem como preconizado pela Resolução 304 do CONTRAN, a qual terá validade em todo o território nacional. § 1º. A credencial prevista neste artigo deverá ser emitida por órgão ou entidade pública a ser definida pelo Poder Executivo Municipal. § 2º. O prazo de validade da credencial prevista neste artigo será definida segundo critérios definidos pelo

ANEXO II MODELO DE CREDENCIAL DAS PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS COM DIFICULDADE DE LOCOMOÇÃO


T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3 T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3

BA39

EDITAIS

WENCESLAU BRAZ

PORTARIA nº. 342/2013 O Sr. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR, Prefeito Municipal de Wenceslau Braz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei, RESOLVE: Artigo 1º - Homologar a nova composição do Conselho Municipal de Saúde de Wenceslau Braz para o período de 2013/2015, de acordo com a Lei Municipal n°. 8.142/90, Indicados das Entidades Usuárias do Sistema Único de Saúde: Rotary Club: Titular: Althair Ferreira dos Santos Suplente: Ricardo Slomski Loja Maçônica Wenceslau Braz: Titular: Carlos Vicente Cherite Suplente: Cristovon Ferreira Ordem dos Advogados do Brasil – subseção Wenceslau Braz: Titular: Emerson Solano prestes Suplente: Tiago Pinheiro Conselho de Pastores: Titular: Walkíria Aparecida Moura de Oliveira Suplente: Rosane Souza e Silva Asilo São Vicente de Paula: Titular: José Laércio Barbosa Suplente: Leonina Maria de Jesus Anholetti Sindicato Rural: Titular: Antonio de Souza Alves Suplente: Gracelino Messias Sindicato Patronal: Titular: Paulo Varlei da Silva Suplente: João Leite Gestores + Prestadores de Serviço: Titular: João Carlos da Silva Suplente: Renata Aguiar Titular: Luis Carlos Vidal Suplente: Adivaldo Pena Titular: Fabiano Andrigo Stortti Suplente: Jaqueline Rached Tauil

ANEXO III MODELO DE SINALIZAÇÃO DAS VAGAS DE ESTACIONAMENTOS PREFERENCIAIS ÀS PESSOAS IDOSAS

Profissionais de Saúde: Titular: Graziele Prudêncio Elias Suplente: Francine Teixeira Titular: Enio Henrique Azevedo Suplente: Maria Andreia Isidoro Titular: Luis Fernando Moraes Pinto Suplente: Kamilla Tetericz Artigo 2º - Esta Portaria entra em vigor a partir da data de sua publicação. Artigo 3º - Revogam-se as disposições em contrário. Wenceslau Braz, 23 de Setembro de 2013. ATAHYDE FERREIRA DOS SANTOS JÚNIOR PREFEITO MUNICIPAL

JABOTI

DECRETO Nº 36, DE 20 DE SETEMBRO DE 2013. Declara de interesse social e utilidade pública, para fins de desapropriação o imóvel constante da Matricula 12.184 do CRI da Comarca de Tomazina.

O PREFEITO MUNICIPAL DE JABOTI, no uso de suas atribuições legais e com amparo nas artigo 2º, inciso V, da Lei 4.132/62, e disposições dos artigos 5º, alínea “i” (Redação dada pela Lei nº 9.785, de 1999), e 6º do Decreto-Lei Federal nº 3.365, de 21 de junho de 1941. D E C R E T A:

ANEXO IV MODELO DE SINALIZAÇÃO DAS VAGAS DE ESTACIONAMENTOS PREFERENCIAIS ÀS PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS COM DIFICULDADE DE LOCOMOÇÃO

Art. 1º - Fica declarado de utilidade pública, para fins de desapropriação, a ser efetivada pelo Município de Jaboti, Estado do Paraná, por ser necessário para a construção de casas populares, parque industrial, lazer e educação, o imóvel da matricula 12.184, assim descrito: “consiste em um imóvel rural com área de um alqueire trezentos e setenta e cinco milésimos (1,375 alqueires), equivalentes a 3,3 há., situado na Fazenda Jaboticabal e Marimbondo, no município de Jaboti, nesta comarca, dentro do seguinte caminhamento: “Inicia-se a descrição deste perímetro no vértice 0:PP, de coordenadas N 7.373.859,38m e E 594.677,78m; deste, segue confrontando com JURANDIR VICENTE DE SIQUEIRA, com os seguinte azimutes e distancias: 123º57`53” e 281,45m, até o vértice 01, de coordenadas N7.373702,14m e E 594.911,21m; deste, segue confrontando com a Estrada Municipal Conselheiro Mairinck, com os seguinte azimutes e distancias: 200º25`41” e 17,25m até o vértice 02, de coordenadas N 7.373.685,98m e E 594.905,19m, 195º08`57” e 30,08m, até o vértice 03, de coordenadas N 7.373.656,94m e E 594.897,33m, 194º14`59”e 20,04m, até o vértice 04 de coordenadas N 7.373.637,51m e E 594.892,39m, 187º13`04” e 50,22m, até o vértice 05, de coordenadas N 7.373.587,69m e E 594.886,08m, 235º33`01” e 7,74m até o vértice 06, de coordenadas N 7.373.583,31m, e E 594.879,70m, deste segue confrontando com BENEDITO AZEVEDO DE OLIVEIRA, com os seguintes azimutes e distancias: 306º29`19” e 67,24m, até o vértice 07 de coordenadas N 7.373.623,30m e E 594.825,64m, 306º25`58” e 21,53m, até o vértice 08 de coordenadas N 7.373.636,08m e E 594.808,32m, 311º19`37”e 61,58m, até o vértice 09, de coordenadas N 7.373.636,75m e E 594.762,08m; 296º17`18”e 55,46m, até o vértice 10, de coordenadas 7.373.701,31m e E 594.712,35m; 299º11`24”e 62,43M, até o vértice 11, de coordenadas N 7.373.731,76m e E 594.657,85m; deste segue confrontando com JOAQUIM ANTONIO BERNARDO, com os seguintes azimutes e distancias: 8º08`46”e 72,22m, ate o vértice 12, coordenadas N 7.373.803,25m, e E 594.668,09m; 9º58`42” e 15,05m, até o vértice 13, de coordenadas N 7.373.818,07m e E 594.670,69m, 9º52`54” e 40,58m, até o vértice 14, de coordenadas N 7.373.858,05m e E 594.670,66m, 5º19`39” e 1,34m, até o vértice =PP, ponto inicial da descrição deste perímetro. Art. 2º. – A desapropriação em apreço é considerada de emergência. Art. 3º - Fica o Município de Jaboti autorizado a proceder todos os atos necessários ao cumprimento deste Decreto. Art. 4º - Fica revogado o decreto nº 14/2013. Art. 5º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Prefeitura Municipal de Jaboti, Estado do Paraná, aos vinte dias do mês de setembro do ano de dois mil e treze (20/09/2013).

VANDERLEY DE SIQUEIRA E SILVA PREFEITO MUNICIPAL


T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3 T E R Ç A - F E I R A , 2 4 D E S E T E M B R O D E 2 0 1 3 - E D. 1 0 2 3

PINHALÃO Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná

WENCESLAU BRAZ Prefeitura Municipal de Pinhalão Estado do Paraná

PORTARIA N° 124/2013

PORTARIA Nº 123/2013

O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, e em conformidade com a Lei 8.142/90;

O Prefeito Municipal de Pinhalão, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais;

RESOLVE

RESOLVE

NOMEAR os membros abaixo relacionados, para Compor o CONSELHO MUNICIPAL DE SAUDE, para o Biênio 2013 / 2015 - SEGMENTO DE USUARIOS 50% 1) TITULAR: Carlos Alberto Sene SUPLENTE: Jeferson de Campos 2) TITULAR: SUPLENTE:

Franklin Aristisde Edna Oliveira

3) TITULAR: SUPLENTE:

Fábia A. Rodrigues Celso R. de Souza

4) TITULAR: Sandra Bellon SUPLENTE: Nilson Hermes

2) TITULAR: SUPLENTE:

Mariana Gomes Hayla Josefine Bagatin Nassar

- SEGMENTO DE PRESTADOR DE SAÚDE 12,5% 1) TITULAR: Josiane Terezinha Mota SUPLENTE: Margareth Mota - SEGMENTO DO GESTOR 12% 1) TITULAR: Tomaz Puchalski Neto SUPLENTE: Tabita Elis Peres

Edifício da Prefeitura Municipal de Pinhalão, 23 de setembro de 2013

TRE-SE E PUBLIQUE-SE CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal

CONCEDER a partir desta data, Licença à Gestante (Licença Maternidade) por um período de 180 (cento e oitenta) dias, conforme Artigo 207 da Lei 273/93 de 28/01/93, à Servidora TAIS FERNANDA COSTA GONÇALVES, portadora do RG nº 10.499.064-9 ocupante do Cargo de Professora.

Edifício da Prefeitura Municipal de Pinhalão Em 16 de setembro de 2013

REGISTRE-SE E PUBLIQUE-SE

- SEGMENTO DE PROFISSIONAIS SAUDE 25% 1) TITULAR: José Carlos Cruz SUPLENTE: Marilza Santos

REGIS-

BA410

EDITAIS

CLAUDINEI BENETTI Prefeito Municipal

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO EXTRATO CONTRATUAL Contrato Nº..: 129/2013 Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO Contratada...: VALLE E ASSIS LTDA Valor............: 299.700,00 (duzentos e noventa e nove mil e setecentos reais) Vigência.......: Início: 23/09/2013 Término: 18/09/2014 Licitação......: Tomada de Preço p/ Obras e Serv. Engenharia Nº.: 5/2013 Recursos.....: Dotação: 1.010.4.4.90.51.00.00.00.00 (233), 1.010.4.4.90.51.00.00.00.00 (375) Objeto..........: O objeto do presente contrato é a contratação de firma especializada na Construção da Revitalização da Orla do Lago Nazareno, Programa Turismo no Brasil, Convênio SICONV nº 761340/2011, Contrato de Repasse OGU nº 0369281-92/2011/MTUR/CAIXA. Pinhalão, 23 de Setembro de 2013

AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 56/2013-REGISTRO DE PREÇO O Município de Wenceslau Braz - PR torna público que fará realizar na sede da Prefeitura Municipal, processo licitatório na modalidade Pregão Presencial, que tem por objeto “Seleção de propostas visando o registro de preços de Serviços de Recapagem de Pneus (preventiva e Corretiva) de Veículos Pesados (caminhões, ônibus e micro-ônibus), Máquinas Pesadas e Tratores”. A abertura dos envelopes se dará no dia 07 de Outubro de 2013, às 09:00 horas. Esclarecimentos poderão ser obtidos no Edifício da Prefeitura Municipal, pelo fone: (43) 3528-1010 e 3528-1157. Wenceslau Braz-Pr, 23 de Setembro de 2013. Mônica de Oliveira Pregoeira Municipal.

AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 57/2013 O Município de Wenceslau Braz - PR torna público que fará realizar na sede da Prefeitura Municipal, processo licitatório na modalidade Pregão Presencial, que tem por objeto “Aquisição de 02 (dois) ônibus coletivos urbanos, ano não inferior a 2007, destinados ao Transporte Escolar”. A abertura dos envelopes se dará no dia 08 de outubro de 2013, às 10:00 horas. Esclarecimentos poderão ser obtidos no Edifício da Prefeitura Municipal, pelo fone: (43) 35281010 e 3528-1157. Wenceslau Braz-Pr, 23 de setembro de 2013. Mônica de Oliveira Pregoeira Municipal.


FOLHA EXTRA ED 1023