Page 1


02

Braço do Norte, 18 de janeiro de 2013

Dia do farmacêutico

Farmácia Boa Vista

Um estabelecimento de saúde diferenciado em BN Casal Luciane e Fernando, proprietário da Farmácia Boa Vista, conta sua história, marcada pelos clientes, também chamados de amigos A farmacêutica Luciane Michels Micheleto desde pequena convivia com a realidade de uma farmácia, onde seus tios trabalhavam. Nascida em Grão-Pará, os pais sempre estimularam os estudos de Luciane e não mediram esforços para que ela realizasse o sonho de se tornar farmacêutica. Ao se formar, em 1999, pela Unisul, já pretendia abrir um estabelecimento próprio, porém, tinha a certeza de que precisaria de mais experiência profissional para conhecer plenamente todos os processos. “Eu necessitava unir o teórico à prática. Aprendi que a farmácia não é apenas um estabelecimento comercial e sim de saúde. Não é apenas vender um medicamento, tem que acompanhar, explicar a posologia, efeitos adversos, dar orientação ao paciente” explica Luciane. Em 2003, Luciane abriu, juntamente do esposo Fernando Mota Bitencour t, engenheiro químico, a tão sonhada farmácia. “Nós realizamos uma pesquisa de mercado para ver se era real a necessidade de uma farmácia na cidade. Vendo que havia espaço decidimos implantar ”, conta o casal, que apesar das diversas dificuldades como o alto investimento para começar, hoje conta com um grande número de clientes, que chamam de amigos. O mercado no ramo de farmácias pode ser um tanto competitivo, e em Braço do Nor te não é diferente. Para conseguir manter-se firme é preciso criatividade na hora de atender melhor,

Na farmácia de manipulação Boa Vista, o bom atendimento é um dos diferenciais para receber os clientes-amigos

buscar diferenciais para conquistar novos clientes e manter os que já estão fidelizados. Um exemplo são os programas do governo, como o de Farmácia Popular, que fazem parte. Também em busca desses diferenciais, em 2006, o casal expandiu para uma área que Luciane já almejava há algum tempo, o laboratório de manipulação. “Tanto quanto a farmácia, era um sonho ter esse laboratório, que, hoje, é um grande diferencial pela qualidade que prezamos e que conseguimos manter ”, ressalta a farmacêutica. Fernando complementa que “esta conquista foi movida ao amor pelo estabelecimento, a fé, o respeito, o caráter e sempre a verdade aos clientes-amigos. Com todos os clientes fizemos amizades, e isto para nós é o principal. Agradecemos por Deus

ter nos colocado pessoas tão especiais em nossas vidas”. Além da localização acessível ao público, o c l i e n t e e n c o n t ra a farmacêutica Luciane, o principal elo entre os médicos e o paciente; O cliente, ao adquirir o medicamento, é orientado pela equipe sobre

a posologia, efeitos adversos e interações. Dona Paulina Luciano Schmoeller, de 82 anos, há quase cinco anos é cliente do cas al, e confirma o bom atendimento e a preocupação com a sua saúde. “São meus amigos, cuidam de mim e da minha família. Toda a equipe

realiza um ótimo atendimento. Confiamos plenamente neles”, revela Paulina. A equipe que presta o atendimento na farmácia Boa Vista, localizada no centro de Braço do Norte, é composta pelos dois proprietários e pelos cinco colaboradores, todos com formação

ou estudantes da área de Farmácia, tudo para manter o padrão técnico e capacitado de atendimento. Todo o processo de manipulação dos medicamentos do laboratório passa por uma rigorosa avaliação de qualidade, para entregar o que há de melhor aos clientes-amigos.

Um grande diferencial é o avançado laboratório de manipulação, que possui um rigoroso processo de qualidade


Braço do Norte, 18 de janeiro de 2013

Dia do farmacêutico

Farmácia Van Farma

03

Procedimentos de excelência e compromisso social Van Farma abre suas portas em Rio Fortuna no mês de fevereiro e oferecerá aos clientes a promoção da saúde e bem-estar Em fevereiro, os riofortunenses terão uma nova opção no ramo farmacêutico. Van Farma, sob administração do farmacêutico e bioquímico Diego Vandresen, abre suas portas com a missão de oferecer produtos e serviços inovadores, que promovam a saúde e o bem-estar das pessoas. E isso será possível através de procedimentos produtivos de excelência, priorizando valores humanos, ética e compromisso social. O farmacêutico, desde que começou a faculdade em Florianópolis, teve a intenção de abrir uma empresa própria. Rio Fortuna foi a cidade escolhida pelo fato de ser a cidade natal e Diego conhecer o potencial da população. “Durante o período de faculdade morei com meus

tios, onde sempre recebi total apoio e incentivo. No andamento da graduação, fiz vários estágios e com a conclusão da faculdade trabalhei como farmacêutico responsável técnico em uma farmácia comercial particular. Mas, sempre tive o objetivo de voltar para Rio Fortuna. Lugar melhor para se viver, com qualidade como este, é difícil”, enfatiza Vandresen. A inauguração da Van Farma está prevista para o final de fevereiro, após o retorno das aulas. E o cliente encontrará uma gama diversa de produtos. “A Van Farma irá fornecer medicamentos, perfumarias, aplicação de injetáveis, auxílio farmacêutico, entre outros, sempre priorizando a qualidade no atendimento e ótimos preços”, relata o farmacêutico. O diferencial, no entanto,

contará com o que há de mais moderno no mercado, para buscar e assegurar a satisfação dos clientes, procurando sempre a melhoria contínua. Para Diego, com outros empreendimentos no ramo, a concorrência não preocupa. “Rio Fortuna vive um momento de desenvolvimento bastante acelerado, creio que mais farmácias seriam necessárias para atender com qualidade toda a população. Respeito A concorrência, vou trabalhar seriamente sem me preocupar com isso. Vou me dedicar ao máximo para conquistar o mercado”, afirma. “O dia da inauguração no mês de fevereiro será decidido em breve. E conto ansiosamente com a presença de todos para conhecer este novo empreendimento”, convida.

Farmacêutico tinha sonho de abrir empreendimento próprio


04

Braço do Norte, 18 de janeiro de 2013

Dia do farmacêutico

Farmácia Confiança

Muito além da venda de remédios Mesmo com a dificuldade do mercado, Valquíria hoje orgulha-se de onde chegou e dos amigos que conquistou ao longo dos anos Quando a farmacêutica Valquiria Limberger veio para a região do Vale de Braço do Nor te, há 12 anos, ela ainda desconhecia que realizaria o sonho de ter um negócio próprio. Natural do Rio Grande do Sul, Valquiria hoje é proprietária da farmácia Confiança, que há seis anos presta um atendimento que vai muito além da simples venda de remédios. Após trabalhar por cinco anos em uma farmácia do município, Valquiria adquiriu experiência e optou por criar o próprio negócio. “Todas as pessoas buscam o melhor para o futuro. Com essa visão é que realizei um sonho que tinha desde o início do meu curso superior”, revela a proprietária. No início, houve algumas dificuldades e a farmacêutica precisou de muito esforço para firmar seu negócio. “É um mercado difícil. Graças aos clientes que acompanharam

A sorridente Valquíria, proprietária da farmácia Confiança, valoriza o atendimento humanizado

meu trabalho desde que cheguei até aqui, e a uma série de diferenciais que implantei, consegui me estabilizar e hoje lembro do início com muito orgulho”, recorda Valquiria,

com orgulho da empresa sólida que constituiu em Braço do Norte. Grande parte dos clientes que a proprietária atende opta por sua farmácia pela assistência farmacêutica

que é prestada, além da diversidade de produtos disponíveis. “Não vendo apenas remédios, vendo saúde, e para isso é preciso de um atendimento humanizado. Já até mes-

mo acompanhei clientes idosas, que frequentam a farmácia desde o início, em consultas médicas, a pedido das mesmas”, comenta Valquiria. Por ainda ser uma cidade

Em um local estratégico no centro de Braço do Norte, Valquíria atende seus clientes a mais de seis anos

pequena, de acordo com Valquiria, as pessoas de Braço do Norte prezam pelo atendimento pessoal. “Aqui ainda podemos ter o tipo de atendimento onde você realmente conhece seu cliente, seu histórico, sabe quais medicamentos ele pode ou não pode tomar. É uma cidade onde as pessoas prezam esta atenção especial e esse é um dos nossos grandes diferenciais”, afirma. Associada com a Master Farma, Valquiria faz parte do conselho da rede que é composto por 40 farmacêuticos e proprietários das mais de 400 farmácias que fazem parte da associação. “Tenho muito orgulho de fazer parte deste time. É uma rede que presta todo um auxílio para os proprietários, o que permite manter sempre um bom padrão de atendimento aos clientes que recebemos aqui, com uma variedade e qualidade dos produtos e de valores mais interessantes”, considera.


Braço do Norte, 18 de janeiro de 2013

Dia do farmacêutico

Farmácia Santa Cecília

05

Farmácia Santa Cecília comemora oito anos Cartão Fidelidade permite personalizar o atendimento ao cliente, com descontos e prêmios nas compras Mais do que uma farmácia que entrega medicamentos, a Santa Cecília, de São Ludgero, tem como missão prestar o melhor serviço farmacêutico dedicado aos seus clientes, priorizando um atendimento personalizado para garantir a saúde e qualidade de vida das pessoas que são atendidas. Sob administração do farmacêutico Douglas Niehues Soethe, a farmácia foi inaugurada em abril de 2005, somando oito anos de credibilidade, confiança e dedicação ao povo sãoludgerense e da região. Douglas, que formou-se em farmácia bioquímica, pela Unisul, ampliou seus conhecimentos na área na Universidade Federal de Santa Catarina, em cursos de pesquisa durante um ano. Trabalhou em Braço do Norte e no final de 2004 idealizou ser dono do seu próprio negócio. “Foi quando surgiu a ideia de fundar a Farmácia Santa Cecília, nome que dedico em home-

nagem a minha falecida avó, Cecília Deggering Niehues”, conta. O farmacêutico destaca que o empreendimento foi bem acolhido em São Ludgero, pois desde o início tinha certeza que prosperaria, visto que as pessoas que compravam seus medicamentos depositavam confiança e voltavam a comprar na Santa Cecília. “Com a colaboração da também farmacêutica Juliana Menegasso, que trabalha desde a fundação da farmácia, e da atendente Elimari Fernandes, dedicamos nossos esforços para o atendimento dos clientes. O atendimento é o foco principal. Oferecemos serviços com qualidade e acreditamos que estamos fazendo bem esse papel”, enfatiza Douglas. O diferencial da Farmácia Santa Cecília é a implantação do Car tão Fidelidade, que permite personalizar o atendimento ao cliente, com

descontos e consequente fidelização que rende prêmios para as compras. “É necessário conhecimento, dedicação e estudo, para que sempre que sair uma caixinha de medicamento de dentro da farmácia a gente possa ter certeza de que aquela pessoa ficará bem. Tanto por ter seu problema resolvido pelo medicamento que tomou, e por ter tido prazer em comprar conosco”, esclarece o farmacêutico. O slogan não esconde a missão da Farmácia Santa Cecília: “Aqui você se sente bem”. A escolha, segundo Douglas, remete ao se sentir bem por tomar o medicamento e melhorar e por estar em um ambiente agradável. “É um sonho realizado. Além de trabalhar em algo que tenho formação, ajudar as pessoas sempre é gratificante, além de ser dono do próprio negócio. Ser farmacêutico é, além de tudo, um compromisso com a saúde das pessoas” completa.

Serviço de qualidade e bom atendimento conquistaram os clientes da farmácia Santa Cecília

Localizada na SC-108 em São Ludgero a famácia Santa Cecília é exemplo de atendimento


06

Braço do Norte, 18 de janeiro de 2013

Dia do farmacêutico

Farmácia Pharmavida

Empreendedorismo marca trajetória da rede Pharmavida Liliane, Rodrigo e Sandra, proprietários da rede de farmácias Pharmavida, a primeira a ter laboratório de manipulação na região Há 15 anos, quando a farmacêutica Liliane Reis de Oliveira chegou a Braço do Norte, viu na cidade a necessidade de estabelecer uma farmácia com competência no atendimento e excelência em qualidade dos serviços prestados. Unindo a necessidade com um antigo sonho, nasceu a Farmácia de manipulação e Drogaria Pharmavida, referência em atendimento e qualidade de serviço no município. Liliane é a proprietária da primeira farmácia com laboratório de manipulação em Braço do Norte. O pioneirismo na área fez com que ficasse conhecida na região. “Foi um grande desafio criar o laboratório e, hoje, com todo o avanço que fizemos, vejo como uma enorme conquista. Foi o que nos trouxe notoriedade e confiança dos

clientes. Não havia algo desse tipo há 15 anos”, conta a farmacêutica. Com o bom trabalho realizado e a fidelização dos clientes, dois anos depois Liliane decidiu abrir as portas de uma segunda farmácia. “Depois de dois anos, vimos que havia o espaço para mais uma farmácia, e que tínhamos capacidade para essa expansão, então abrimos a nossa filial”, relembra Liliane, sorridente. Com a filial aberta e o aumento dos serviços prestados, a proprietária encontrou na própria família a confiança de dividir seu sonho. Dois anos após a abertura da filial, Liliane ganhou o reforço do irmão, o também farmacêutico, Rodrigo Reis de Oliveira, e da cunhada Sandra Felini. “É muito bom trabalhar com a família, e como meu irmão

Ao lado da sócia-proprietária Sandra, a farmacêutica Janaina comemora 5 anos de trabalho em seu primeiro emprego

Ao lado da equipe, a proprietária da Pharmavida, Liliane, comemora os 15 anos de sucesso

é farmacêutico crescemos e progredimos juntos. Dá mais segurança ter esse contato, esse apoio”, garante Liliane. A sociedade entre família permitiu manter a qualidade do atendimento e dos serviços prestados para os clientes. Rodrigo garante que o serviço prestado em uma farmácia ganha destaque pelo conhecimento que é utilizado no atendimento aos clientes. “Não vendemos apenas medicamentos, vendemos qualidade de vida. É preciso saber orientar os clientes sobre a forma como deve ser tomada a medicação, para que eles tenham o resultado correto e a confiança no nosso trabalho”, destaca Rodrigo. Nesse meio tempo, após seis anos de abertura da primeira Pharmavida, surgiu a oportunidade de adquirir uma terceira farmácia na cidade. Com a compra do local, a esposa de Rodrigo, Sandra, passou a gerenciar e administrar a farmácia, contribuindo para a segurança do negócio. Sabendo que para manter a qualidade do atendimento e da necessi-

dade de um farmacêutico no balcão, foi contratada Janaina Ceolin de Bona. A jovem farmacêutica conhecia o trabalho dos irmãos por sua família ser cliente da farmácia ao longo dos anos. Ela destaca que, após se formar, teve a chance do primeiro emprego perto de casa, na rede de farmácias de Liliane, Rodrigo e Sandra, onde trabalha há cinco anos.

“Tive muita sorte porque acabou coincidindo de eles estarem procurando alguém logo após eu ter me formado. Já os conhecia e fiquei muito feliz por ter conseguido essa oportunidade, de trabalhar com o que eu gosto, ao lado de quem eu gosto”, descreve Janaina com um sorriso. Ao avaliar toda a trajetória que teve desde que chegou a Braço do Norte, os pro-

prietários da rede Pharmavida, Liliane, Rodrigo e Sandra, destacam a alegria de ter conquistado seu espaço na cidade. “Só temos a agradecer. Fomos muito bem acolhidos na cidade pelas pessoas daqui, que acompanharam nosso trabalho e foram clientes fiéis nossos até hoje. Estamos felizes por termos conquistado não apenas clientes, mas amigos”, agradecem.

Farmacêutico Rodrigo ressalta a importância do conhecimento no atendimento


Braço do Norte, 18 de janeiro de 2013

Dia do farmacêutico

Farmácia São Lucas

07

Um sonho que se adapta com o tempo Com 18 anos de trabalhos prestados à comunidade braçonortense, Farmácia São Lucas foi a primeira a aderir ao Farmácia Popular Ter o próprio negócio é o sonho de muitos brasileiros. Para a Farmacêutica Rosita Michels Sombrio e o esposo, o administrador Wilson Tenfen, esse sonho já prospera há 18 anos. Eles são os proprietários da Farmácia São Lucas, localizada na Avenida Felipe Schmidt, no centro de Braço do Norte. Prezando a qualidade no atendimento, o sonho da farmácia própria foi totalmente planejado antes de ser colocado em prática. Há 18 anos a farmácia São Lucas está no mesmo local. É um ponto estratégico, de acordo com o casal, que para garantir o local, em 1995, ano de abertura do estabelecimento, chegaram a pagar aluguel por sete meses, enquanto a documentação era feita. “Anteriormente, as farmácias estavam localizadas todas abaixo da igreja. Quando abrimos fomos a única durante algum tempo. O bom ponto é aquele que fica no caminho do

Rosita Michels Sombrio, e equipe com quem trabalha há mais de dez anos, relembra as dificuldades e conquistas dos 18 anos de trabalho em BN

cliente”, avaliam Rosita e Wilson. Com o sucesso da localização e a fidelização de muitos clientes, os empreendedores conseguiram comprar o local e abriram mão do pagamento de aluguel. A diminuição desse custo auxilia bastante no fechamento do mês, já que o mercado é extremamente

competitivo. “Nossa cidade hoje tem 30 mil habitantes, o que não comporta um grande número de farmácias”, explica Wilson. Para sobreviver às dificuldades do mercado de trabalho, Rosita destaca que não se ganha apenas no preço e sim no tipo de atendimento oferecido. “Conhe-

cemos nossos clientes. Algumas pessoas compram conosco desde que abrimos, o que ajuda a saber o histórico de cada pessoa, melhorando a qualidade do serviço prestado”, avalia. Pensando no melhor atendimento e no melhor para o cliente, a farmácia São Lucas foi a primeira

de Braço do Norte a fazer parte do programa do Governo Federal de Farmácia Popular. “Logo que abriram o programa, nós reunimos a documentação e lutamos para conseguir fazer parte. São esses diferenciais que programamos ao longo dos anos que possibilitam que a farmácia se fortaleça ainda mais no mercado atual, porque gera fluxo de clientes no local”, conta Wilson. O convênio com o programa do governo permite vender uma série de medicamentos com até 90% de desconto para os clientes, em remédios e produtos, como fraldas geriátricas. Remédios para o tratamento de hipertensão, diabetes, são gratuítos. Tendo isso somado a uma equipe experiente e que trabalha junto há mais de 10 anos, o empreendimento significa uma coisa para a farmacêutica Rosita e para o administrador Wilson: a realização de um sonho.

Localizada há 18 anos no mesmo local, a Farmácia São Lucas foi a primeira Farmácia Popular da cidade


08

Braço do Norte, 18 de janeiro de 2013

Dia do farmacêutico

Farmácia Bia Farma

Bem-estar para quem procura saúde e beleza Farmácia Bia Farma preza pelo atendimento humanizado e, além dos tradicionais medicamentos, oferece o Dia da Beleza para clientes Implantada em abr il de 2005 na comunidade gravatalense, a Bia Farma tem como um de seus primórdios o atendimento humanizado. Aquele em que os farmacêuticos e sóciospropr ietár ios Bianca Cargnin e Cleinils Rodrigues acompanham o paciente além da entrega do medicamento. “Queremos o bem-estar de quem nos procura. Mais fundamental do que a venda é saber orientar o cliente para que ele tome a medicação corretamente e acompanhá-lo neste período. Procuramos saber se o medicamento está reagindo ou não, e como o cliente se sente”, salienta Bianca. Com um espaço amplo, Bia Farma oferece, além dos medicamentos, perfumar ia, cosméticos,

Na Bia Farma atendimento humanizado é prioridade para o bem-estar dos clientes

homeopatia e florais. E o cliente tem um espaço reservado em que pode esperar até ser atendido. É o diferencial da Bia Farma, que se preocupa com a condição do

cliente e o bem-estar do mesmo. “Queremos que as pessoas que entrem se sintam bem no ambiente. Não é porque estão na farmácia que devem ficar preocupadas

por estar doentes, por exemplo. Podem sentar, tomar uma água, até que sejam atendidas”, salienta Bianca, acrescentando que também oferecem ao paciente

aferição de pressão. Com credenciamento à Farmácia Popular, do Gover no Federal, Bia Farma oferece à população medicamentos considerados essenciais

Um dos diferenciais da Bia Farma é a realização do Dia da Beleza, onde os clientes podem experimentar os produtos da área de perfumaria

ao tratamento de doenças. Uma das principais finalidades do programa é beneficiar as pessoas que têm dificuldades para realizar o tratamento por causa do preço dos medicamentos. Já o Dia da Beleza, realizado a cada três meses no próprio estabelecimento, visa à demonstração dos itens de perfumaria da linha Vult e BioExtratus, no qual todos os clientes podem par ticipar. “É uma ação interessante, que aproxima a farmácia do cliente. Isso fideliza o contato com quem nos procura. Com um bom atendimento e a par ticipação nas ações realizadas, ele voltará sempre”, enfatiza Bianca. Com cinco prêmios do estabelecimento no ramo farmacêutico em destaque, os sócios já têm planos futuros. “Mudaremos para um espaço maior e pretendemos incluir a linha fitness e a gama de medicamentos fitoterápicos”, antecipa Cleinils.

folha  

folhadovale

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you