Page 1

Fotos: João A.M. Filho

ESTRUTURA

DO SUL

SEGUNDA-FEIRA 16.04.2018 R$ 2,00 Bagé, ano 8 , n° 2 408

Solução para problema histórico

Executivo inaugura, com festa, pavimentação da avenida Attila Taborda pág. 11

EMOÇÃO EM APELO POR JUSTIÇA Em frente a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, amigos e familiares da empregada doméstica Darlene da Silva Pires, vítima de feminicídio, em Palmas, clamaram por justiça e, bastante emocionados, de mãos dadas, pediram pelo fim da violência contra a mulher. pág. 5

POLÍTICA Operação tapaburacos começa na ERS 647

pág. 4

ELEIÇÕES Pesquisa Datafolha destaca intenções de voto dos brasileiros pág. 4

CULTURA Banda Garotos da Rua é destaque no final de semana Quinteto de rock apresentou hits dos anos 80 e 90 em show memorável

pág. 6

SEGURANÇA Polícia registra casos de assalto, roubo e invasão de imóvel pág. 14

ESPORTE Bagé empata em Venâncio Aires e permanece invicto

pág. 15

PREVISÃO DO TEMPO IBagé-RSI Céu claro, com predomínio de sol ao longo do dia

25º 14º


2 FOLHA DO SUL

Segunda-feira, 16 de abril de 2018

EDGAR MUZA

DIONES FRANCHI Jornalista e Mestre em História

SAIU A PRIMEIRA PESQUISA APÓS PRISÃO

N

J

GENERAL ARTIGAS

VISÃO GERAL

osé Gervásio Artigas foi um militar e estadista, sendo considerado um herói nacional de seu país, o Uruguai. Foi também um dos mais importantes estadistas da Revolução do Rio de La Plata, pelo que é honrado também na Argentina por sua contribuição à independência e federalização do país. Nasceu em Montevidéu, no dia 19 de Junho de 1764, onde desde criança demonstrou gosto pelos afazeres do campo. Estudou no Convento de São Francisco, sendo depois mandado pelo pai para o interior, onde passou a juventude entre gaúchos, índios e tropeiros. Dedicou-se ao comércio de couro e gado, percorrendo todo o Uruguai e adquirindo influência junto à população rural. Em 1797 ingressou no Regimento de Lanceiros como tenente. Durante a guerra hispano-portuguesa, combateu os ingleses no Prata, aliados dos portugueses. Nessa época iniciou-se o movimento de libertação das colônias espanholas e Artigas juntou-se aos insurretos, sendo nomeado tenente-coronel pela junta de Buenos Aires. Derrotou os espanhóis na batalha de San José, em 1811, obrigando o chefe da guarnição espanhola a retirar-se com suas tropas para Montevidéu. Mais tarde derrotou novamente os espanhóis na batalha de Las Piedras e sitiou a cidade. Divergindo do governo de Buenos Aires, retirou-se para o interior. Após as resoluções do Congresso de Tucumán, Artigas uma vez mais entrou em guerra contra o exército luso-brasileiro que invadira a Banda Oriental. Derrotado na batalha de Catalán, em 1817, Artigas iniciou movimentos de guerrilha que duraram três anos. É importante destacar que Artigas teve uma atuação destacada nas lutas de independência e no predomínio dos ideais republicanos e democráticos sobre as monárquicas. Lutou sucessivamente contra o Império Espanhol, os unitários instalados na cidade de Buenos Aires e Montevidéu e o Reino Unido de Portugal e Brasil. Conduziu os atuais territórios do Uruguai, Santa Fé, Entre Rios, Corrientes e Missões, unidos sob a bandeira dos Povos Livres para a independência da Espanha. De maneira direta, suas lutas se orientaram para a conformação das Províncias Unidas do Rio de la Plata organizadas estritamente sobre os princípios do federalismo e da república, defendendo a integração do que hoje é o Uruguai como parte das Províncias Unidas do Rio de la Plata sob o nome de Província Oriental, em referência ao fato de que o território se situa na margem oriental do Rio de La Plata. Esta é a razão pela qual os uruguaios se denominam a si mesmos, habitualmente, com o apelido de "orientais". Sua férrea defesa da autonomia federal das províncias contribuiu de maneira indireta para a constituição da República Oriental do Uruguai como estado independente em 1828, quando se encontrava já em seu longo exílio no Paraguai, país onde morreu. Não podendo mais resistir, após a derrota na Batalha de Tacuarembó em 1820, exilou-se no Paraguai, onde morreu trinta anos depois, sem haver retornado a seu país. Faleceu em Ibiray, em 23 de Setembro de 1850. Em sua homenagem foram denominadas em seu nome, praças e ruas no Brasil e no Uruguai, entre elas está a Avenida General Artigas em Bagé.

este imbróglio eleitoral, mais um, quem vai sofrer bastante são os institutos de pesquisas. Como os leitores sabem, porque trato de deixar claro, pesquisas são um alto negócio par quem as promove. Vendiam caro seu trabalho, o que não critico pela importância que boa parte do eleitorado dava a seus percentuais publicados. Serviam como parâmetro para boa parte da população. Para quem gosta de votar em “quem está na frente” serve como parâmetro. O primeiro problema enfrentado pelos institutos é exatamente a quantidade de pré-candidatos. E para isso a prisão do Lula está colaborando. Cada um dos candidatos que estão por aí lançados buscam conquistar os votos de Lula. Bolsonaro seria o oposto de Lula e como tal está sendo denunciado pela Procuradora da República ao STF. Raquel Dodge quer inviabilizar sua candidatura. Para mim já está inviabilizada porque seu eleitorado é composto pela ala mais forte da antiga direita

que, no decorrer dos anos, não obteve voto suficiente para chegar ao segundo turno. Tanto é verdade que, em minha cabeça maluca, não conto com a permanência de sua candidatura à presidência. Me baseio apenas em um fato, cujo filme já passou em meu cinema: político nenhum quer ficar sem mandato. Então, creio, na última hora, ele poderá ser candidato a deputado, senador ou governador pelo Rio. Ainda mais agora que correm alguns processos contra ele e, caso não se eleja, vai cair nos braços da Justiça Federal. Perderá, como outros, o foro privilegiado. A não ser que o Supremo, que já tem reunião plenária marcada para o dia 2 de maio, resolva mudar a Lei. O outro fator que está preocupando os institutos é a falta de dinheiro. Pelo menos, o dinheiro legal. Aquele dinheiro que tinha “procedência duvidosa” está escasso. Os patrocinadores, a maioria deles, estão presos. Mas, sei, têm muitos políticos que guardaram dinheiro de propina para financiar suas campanhas. Terão dificuldade em comprovar gasto maior do que o permitido por Lei.

Faltando dinheiro, a “guerra” entre os institutos de pesquisas diminuirá. Aquele famoso jargão, dois para cima ou dois para baixo, tende a não cumprir mais o seu objetivo. Afinal de contas, são 10 milhões de votos que servem apenas para os institutos afirmarem que suas previsões estavam certas. Mas não estavam, como os próprios números constatam. A quantidade de pré-candidatos atual já mostra a possibilidade de quem tem ou não tem votos. Mas o que começa a ser enfatizado pelos “especialistas “ políticos é que são 21% dos entrevistados que afirmaram votar em branco ou anular seu voto. Aí tive que recorrer a eleição de 2014. Sabem o percentual de votos brancos, nulos e abstenção, que ele não contam na pesquisa atual? 28%. E isso não é pesquisa: é a realidade da última eleição para presidente. Qual então a “surpresa”? Essa é a razão para que eu comente algo em que “não acredito” Pesquisa eleitoral. Ou sigo com minha opinião: “quem paga, manda”. Quem tem dinheiro, lícito, para pagar os institutos? Eis a questão. Certo?

Tenho verdadeira ojeriza em tentar opinar sobre fatos sem substância. Gosto de me basear em fatos reais. A velha rixa entre direita e esquerda, deixou de existir, após a união entre Lula e Sarney, que propiciou o nível atual de corrupção. Hoje o que existe é a busca de votos do eleitor “que vota em branco, anula o voto e vai se abster de votar”. Para tal, as composições partidárias deverão acontecer, como sempre aliás, após o primeiro turno. Cada ave irá “deitar em seu ninho”. Pelo andar da carruagem, o time do Temer está “montando” seu esquema e para tal não tem limites. Ro-

drigo Maia não vai querer perder seu foro privilegiado. Não será candidato a presidência, mas sim a deputado, senador ou governador do Rio. Vai depender do que decidir Bolsonaro. Deverá se unir ou ao Temer ou Alckmin. Quem estiver com mais possibilidade de chegar lá. Álvaro Dias, este sim, não precisa se preocupar porque está no primeiro mandato de senador, reeleito que foi em 2014. Não perde nada. Continuará por mais quatro anos como senador. Está em um partido novo e necessita construir uma base maior no legislativo. Marina Silva diz que não quer,

mas quer conquistar alguns votos do Lula. Vai para a briga. Pelo que estamos observando pode haver, mais adiante, uma união entre as “ditas” esquerdas e direitas. No segundo turno é certo. Mas, creio, isso pode acontecer já no primeiro turno. Ninguém quer ficar fora do governo que assumirá em 2019. Para tal tem que se unir com o mais provável vencedor. Tanto de um lado quanto do Referências outro. Vai de depender de nós, FERREIRA, Fabio. A trajetória política de Artigas: da Revolução de Maio à eleitores. Não vote em branco. Não anule seu voto. Não deixe Província Cisplatina. In: Revista Tema Livre, ed. 08. Disponível em: www.revistade ir votar. Minha preferência? temalivre.com/artigas08.html History -https://seuhistory.com/hoje-na-historia/morre-jose-gervasio-artigasNão repita seu voto em quem o-procer-maximo-uruguaio foi denunciado. Concordam?

Brasil cai no ranking do comércio global

FOLHA DO SUL CNPJ. 11.381.681/0001-00

Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Gráfica Jornal Zero Hora

Direção Geral: Leisa Soria Editores: Marcelo Pimenta e Niela Bittencourt Coordenadora Comercial: Cláudia Jardim Comercial: Fabiana Rodrigues - Marcelo Camargo Gerente Financeiro: Tanise Ferreira Arce Assinaturas: Carlos Henrique Gerzson Reportagem: João Alberto de Miranda Filho - Maritza Costa - Francine Leite Política: Márcia Sousa Coluna Social: Gilmar de Quadros - Marcos Pintos Contemporâneo: Marcelle Ceolin Repórter Fotográfico: Francisco Bosco Colaboradores: Diones Franchi - Edgar Muza - César Jacinto - Ricardo Belleza -Antônio Almeida - Luis C.Albano - George Teixeira Giorgis - Cid Marinho - Divaldo Lara - Cássio Lopes - Vinícius Silva - Edimar Fagundes Estagiários: Anderson Ribeiro-Yuri Cougo Diagramação: Ben Hur Munhoz - Cristiano Lameira

CURTA NOSSA FAN PAGE www.facebook.com/ jornalfolhadosulbage


Segunda-feira, 16 de abril de 2018

VITRINE EMPRESARIAL por Francine Leite

FOLHA DO SUL 3 INDICADORES ECONÔMICOS

francineleites@gmail.com

VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA TÊM 11º RESULTADO POSITIVO

A

s vendas do comércio varejista registraram o 11º resultado positivo em fevereiro de 2018, segundo a PMC (Pesquisa Mensal do Comércio) divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O resultado positivo compara o mês do ano vigente com o mesmo mês do ano anterior. Este ano, a variação de fevereiro de 2017 e 2018 foi de 1,3%.

O primeiro resultado positivo da série histórica foi registrado em abril de 2017, com variação de 1,7%. Desde então, todos os meses tiveram taxa positiva se comparado com o mesmo mês do ano anterior. O setor de veículos e motos, partes e peças (20%) impulsionou o resultado positivo de fevereiro frente ao mesmo mês de 2017. Em seguida, aparecem artigos de uso pessoal e

Brasil cai no ranking global

O Brasil continua a perder espaço entre os maiores exportadores e importadores do mundo. Dados da Organização Mundial do Comércio (OMC) revelam que, mesmo com um aumento importante de vendas gerado pela recuperação dos preços de commodities, o Brasil caiu da 25ª para a 26ª posição em 2017 entre os maiores exportadores do mundo. Entre os importadores, o país ocupa a 29ª posição.

DO SUL

Em 2016, o Brasil era o 28.º maior comprador e chegou a ser o 21º em 2013. Agora, a nova posição é a pior desde 2003, quando o Brasil chegou a ser o 30º maior importador do mundo e com apenas 0,7% do mercado. Os números revelam que houve uma expansão das exportações nacionais, beneficiadas amplamente pela alta nos preços de commodities. Em volumes, a alta foi de 6,8%. Mas em valo-

ASSINE AGORA

doméstico (8%) e os materiais de construção (6%). A categoria de combustíveis e lubrificantes (-7%) foi a maior queda do período, seguida dos tecidos, vestimentas e calçados e (-5,8%) e livros, jornais, revistas e papelarias (-5,6%). No acumulado de 12 meses, houve variação de 2,8%, mantendo a recuperação em curso desde outubro de 2016.

res, ele atingiu mais de 17,5%. A taxa de crescimento das vendas do país ficou bem acima da média mundial, que registrou uma expansão de 110,6% em 2017. No total, o Brasil exportou US$ 218 bilhões. Mas outros cresceram de forma mais intensa e, mesmo com os bons resultados, o Brasil foi superado pela Malásia, Arábia Saudita e outras economias. O resultado foi a queda de um posto no ranking dos maiores exportadores.

32421020

MOEDAS Dólar comercial Dólar turismo (em R$) Euro (em R$) Pesos ur.(em R$) Pesos arg.(em R$)

COMPRA

VENDA

3,425 3,400 4,222 0,121 0,169

3,426 3,610 4,225 0,120 0,169

SALÁRIO MÍNIMO [REGIONAL]

SALÁRIO MÍNIMO [NACIONAL]

R$ 1.175,15

R$ 954,00

Comércio em foco INSS convoca 13,3 mil segurados no RS para revisar perícia O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) convocou 152,2 mil beneficiários que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez para agendar a perícia de revisão. A lista com o nome dos convocados foi publicada no Diário Oficial da União na quinta-feira (12). Do total, 13,3 mil pessoas são do Rio Grande do Sul e precisam agendar as perícias de revisão dos benefícios. Oito mil são pessoas aposentadas por invalidez e 5 372 beneficiários de auxílio-doença. O agendamento deve ser feito por meio do telefone 135, até o dia 4 de maio. Quem não atender a convocação ou não comparecer na data agendada terá o benefício suspenso. A partir da suspensão, o beneficiário tem até 60 dias para procurar o INSS e agendar a perícia. Se não procurar nesse prazo, o benefício será cancelado. Na data marcada para a realização da avaliação, o segurado deve levar a documentação médica que justifique o recebimento do benefício, como atestados, laudos, receitas e exames. O objetivo do pente-fino do governo federal, iniciado em 2016, é fazer uma avaliação para verificar se essas pessoas ainda necessitam do auxílio. Passam por revisão os beneficiários que estão há mais de dois anos sem passar por uma perícia médica e para os aposentados por invalidez com menos de 60 anos. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, ao todo, o processo o pente-fino nos benefícios inclui 552 998 auxílios-doença e 1 004 886 aposentadorias por invalidez a serem revisados.


4 FOLHA DO SUL

POLÍTICA por Márcia Sousa

Segunda-feira, 16 de abril de 2018

marciasifa@hotmail.com

A ESTRADA DE SUCESSIVOS GOVERNOS

U

ma operação tapa-buracos está sendo feito na estrada de acesso a BR 153 a Colônia Nova, a ERS 647. A principal via - de 12,85 quilômetros - dá acesso ao hospital e serve para escoação da produção primária de toda a região. Um das principais fontes da economia do município de Aceguá, a bacia leiteira, passa por aquela estrada. Vital para o desenvolvimento da região, o asfaltamento de tal estrada já passou por sucessivos governos, e o problema não foi solucionado. A obra de asfaltamento começou em 1997 e parou várias vezes. Em 2010, no último ato oficial como governadora, Yeda Crusius (PSDB) inaugurou um trecho de asfalto dessa via. Na gestão tucana, foram aplicados R$ 3 milhões na obra. Neste sábado, o ex-vereador Fernandinho Teixeira (MDB), que tem propriedade em Aceguá, ligou para a colunista para informar que o governador José Ivo Sartori, do mesmo partido, autorizou

Fotos: Divulgação/FS

Prioridades aos diabéticos Com objetivo de priorizar o atendimento de pessoas com diabetes que precisam fazer exame em jejum, o vereador Augusto Lara (PDT) apresentou um projeto de lei nesse sentido. A comprovação da doença deve ser mediante a apresentação de documento médico.

"É de grande importância dar prioridade a estas pessoas. Para não correr o risco de ocasionar qualquer tipo de mal estar, além de não virem a desenvolver um outro caso de doença crônica. Diabéticos não podem ficar mais de oito horas em jejum por correrem riscos de hipoglicemia", justifica.

Pesquisa Datafolha aponta cenário para eleição presidencial

Teixeira disse que governador autorizou as obras na ERS 647

um tapa-buracos na estrada. O serviço começou na segundafeira passada. Teixeira disse que a obra

deve terminar em um mês. "É uma estrada muito importante para a produção primária", frisa o emedebista.

Bancadas mudam no Senado

Ex-ministro do STF aparece em quarto lugar

PDT registrou menor perda de parlamentares

O prazo para que os partidos comunicassem à Justiça Eleitoral a sua relação de filiados terminou na sexta-feira passada. No Senado, cerca de cinco parlamentares anunciaram troca de legenda nos últimos dias antes do encerramento. A composição das bancadas já registra várias alterações com relação à composição do início da legislatura, em 2015. De acordo com a Agência de Notícias do Senado, no início da atual legislatura, em fevereiro de 2015, o PMDB era o partido com mais senadores, 19 no total. Dados fornecidos pela Secretaria Geral da Mesa e atualizados com

os últimos anúncios de mudança mostram que o partido tem 17 senadores, o que ainda garante a maior bancada. O Podemos foi o que mais ganhou parlamentares no Senado. O partido, lançado oficialmente em 2017, já tem cinco senadores, entre eles Álvaro Dias (PR), um dos primeiros filiados. Também registraram aumento no número de senadores com relação ao início da legislatura as bancadas do PP, o PRB, o PSD, o PSDB, o PSDC, o PTC, a Rede e o Pros. O partido que mais perdeu em número de senadores com

relação a 2015 foi o PT, que tinha 13 parlamentares e hoje tem nove. O PDT registrou uma perda menor em número, mas maior em relação ao tamanho da bancada, que passou de seis para três senadores, a metade do número inicial. Outros partidos que tiveram diminuição nas bancadas no Senado foram PSB, PSC, PSOL, PTB e DEM. O PCdoB, o PPS e o PR mantiveram o número de senadores de suas bancadas. O senador Reguffe (DF), cujo mandato termina em 2022, é o único senador que não tem partido. Ele deixou o PDT em 2016 e desde então não se filou a outro.

O Instituto Datafolha divulgou, ontem, uma pesquisa sobre as eleições presidenciais deste ano, com comparação de diferentes cenários. Além disso, analisou a chance de os candidatos chegarem ao segundo turno. Pelos dados, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera com 31% das intenções de voto, seguido pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), com 15%, e pela ex-ministra Marina Silva (Rede) com 10%. Em quarto lugar, aparece o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa (PSB), com 8%. O ex-governador de São Paulo e presidente nacional do PSDB, Geraldo Alckmin, conta com 6% das intenções de votos, em seguida, figura o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 5%, e o senador Álvaro Dias (Podemos-PR), com 3%.

De acordo com a Agência Brasil, a pesquisa foi feita em 227 municípios brasileiros, onde foram ouvidas 4 194 pessoas . A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Dentre as hipóteses analisadas pelo instituto, a maior mudança de cenário ocorre quando o ex-presidente Lula não está entre os candidatos. Preso no último dia 7, após ser condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) a uma pena de 12 anos e um mês, Lula pode não ser elegível, pois a Lei da Ficha Limpa prevê a impugnação de políticos condenados em segunda instância. Nos cenários em que Lula não concorreria ao pleito de outubro, Jair Bolsonaro aparece com 17% das intenções, empatado tecnicamente com Marina Silva, com 15%.


Segunda-feira, 16 de abril de 2018

FOLHA DO SUL 5

GERAL Clamor por justiça

FAMILIARES E AMIGOS DE DARLENE PEDEM JÚRI POPULAR PARA CASO DE FEMINICÍDIO

A

comunidade de Bagé se manifestou por justiça para Darlene da Silva Pires, 36 anos, morta pelo companheiro Rodrigo Fonseca Garcia, em 7 de abril. O crime chocou os cidadãos, que, em número estimado de 150, percorreram as ruas centrais do município até a frente da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). O objetivo do grupo é que seja garantida a prisão preventiva do acusado e que ele seja submetido a júri popular. No trajeto, a passeata clamou por justiça para a vítima e parentes manifestaram o carinho que tinham pela empregada doméstica, mãe de quatro filhos, que estavam presentes no manifesto. A dona de casa Daiane de Oliveira Teixeira, 27 anos, vizinha de Darlene, declarou que sempre foi amiga e acompanhou a trajetória da vítima. “Todos gostavam dela. Todos vivemos juntos a dificuldade que ela teve para criar os filhos”, afirmou. Para a doméstica Clarice Fontoura Alves, 32, também vizinha de Darlene, a amiga era uma pessoa radiante e exemplar no convívio do dia a dia. “Ela era muito querida para todos nós. Queremos que a justiça seja feita e o assassino fique preso. Vamos continuar mobilizadas para isso”, sustentou.

Mobilização

O grupo formou um círculo de mãos dadas e rezou em frente a Deam. Clarice declarou à reportagem que os integrantes vão permanecer mobilizados, para que o autor do crime seja

Grupo caminhou pela avenida Sete de Setembro

Entre os cânticos da passeata, destacava-se sempre na multidão a frase “sorria, Darlene”. É que segundo os amigos, ela era uma mulher humilde e muito alegre, sempre a sorrir. A doméstica Mariel Neves, 35, destacou: “A Darlene era uma pessoa maravilhosa. Não tinha inimizades e estava sempre sorrindo. Por isso, fazemos essa homenagem. Quando ele a matou, também se foi um pou-

quinho de todos nós. Perdi uma amiga, uma irmã e uma grande pessoa”, lamentou. Para a tia de Darlene, a dona de casa Celi MariaPires, 63, a sobrinha sempre foi uma pessoa muito feliz e companheira. “A marca dela era o sorriso. Ela não tinha maldade, era uma pessoa muito boa e eu tinha muito carinho por ela. Esse crime foi terrível para todas nós”, disse.

mantido preso e seja julgado conforme a gravidade do ato cometido. “Mexeu com uma, mexeu com todas. Não deixaremos que Darlene seja esquecida. Não permitiremos

que a violência contra a mulher permaneça impune e vamos homenagear nossa amiga ajudando outras mulheres agredidas e ameaçadas a buscarem justiça”, encerrou Clarice.

Odontologia Especializada -Implantodontia -Ortodontia -Próteses dentárias -Odontologia estética -Clínica geral -Endodontia

«Seriedade e comprometimento com sua Saúde e seu Sorriso»

Mateus Bosco CRO-14964

Av. General Osório, 1330

João A. M. Filho

Francisco Lugrís CRO-22658

3242.4145 / 99951.5073


6 FOLHA DO SUL

Segunda-feira, 16 de abril de 2018

GERAL

Música para relembrar

S H OW DA BANDA GAROTOS DA RUA FOI D E S TAQUE DO FIM DE SEMANA EM BAGÉ

A

Rainha da Fronteira teve no sábado uma ilustre visita. A banda Garotos da Rua, uma das precursoras do subgênero musical que ficou conhecido e referenciado como Rock Gaúcho, fez apresentação no Grêmio de Subtenentes e Sargentos, em promoção realizada pelo Restaurante Quitanda. O quinteto, criado em 1983, é liderado pelo membro da formação original do grupo, Edinho Galhardi (bateria e voz); além dos músicos Rodrigo Teles “Zebu Knight Rider” (guitarra e voz), Clayton Chiesa (teclados e voz) e Paulo Franzmann (baixo e voz ). A festa, que teve abertura da Viajantes do Éden, contou com as novas músicas e clássicos do grupo – “Meu coração não suporta mais”,

trazer o show, foi mais que especial. espetáculo como esse de música boa Não tinha como deixar de ter um em Bagé”.

musical que ajudou a criar. “Hoje me sinto como no início da carreira, quando ninguém ouvia rock. É como um recomeço”, declarou. Entrevistado pela reportagem, ele destacou as dificuldades enfrentadas na década de 80: “Nós criamos uma cultura

que não existia. Rock não tocava na rádio e fomos nós que abrimos o mercado nacional para o que era produzido aqui. É bom sentir o carinho do público, pois não tocamos em Bagé há pelo menos 30 anos”. Para o baterista, vocalista e compositor,

a relação com a música transcende o trabalho. Em seu casamento, as alianças foram gravadas com o título da música “Você é tudo que eu quero”, de 1999, que também foi a trilha da celebração. “Faz parte da minha vida”, comentou.

com meu pai e meu noivo”. Para a professora Cândida Navarro, 58, e o comerciante Jesus Navarro, 61, a noite foi para rememorar: “Estamos juntos há 41 anos e nosso amor pelo rock continua. É um prazer para nós estar aqui e ver de perto os artistas que ouvimos nos discos que temos até hoje”, frisou a professora.

Conforme Galhardi, o público gaúcho é exigente em relação à qualidade da música e por isso, a noite de sábado deve ficar viva na memória de quem esteve no show: “Hoje, as músicas que são sucesso na rádio não são lembradas depois de seis meses que surgiram. A boa música transcende o tempo”.

Pioneiro do rock gaúcho Aos 65 anos, não parece que Edson Luiz de Ávila Galhardi vai deixar de viver a paixão pela música. Edinho, pai de um casal e avô de uma menina, há 35 anos carrega consigo a responsabilidade de manter viva na memória do público a vertente

João A. M. Filho

“Só pra te dar prazer”, “Sabe o que acontece comigo”, “Você é tudo que eu quero” e “Tô de saco cheio”. A turnê, que teve início em 2016, com o lançamento do trabalho inédito intitulado “Volt”, traz canções inéditas – “Eu voltei pra ficar, “Desafetos” e “Escondo o rosto na fumaça”, escritas por Bebeco Garcia (1953-2010), Carlos Caramez e Galhardi, além de releitura do material gravado nos anos 80. Para o empresário Gelson Rochel, trazer os Garotos da Rua a Bagé foi a realização de um sonho: “Em 2015, quando fui a São Paulo gravar um videoclipe, conheci o filho baixista do Garotos da Rua. Sempre fui fã e fazia releituras do grupo com meus colegas da banda Maria Sofia. Quando fui procurado por eles para

Público curtiu clássicos e faixas inéditas do grupo

Aprovados pelos bageenses O pró-reitor adjunto de Extensão e Cultura da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Rafael Maurer, 40 anos, conhece desde criança a música dos Garotos da Rua e foi a primeira vez que assistiu o show ao vivo: “Para mim, além de ser emocionante ter essa apresentação que me lembra o que meus pais e tios gostavam

de ouvir, é bom ter em Bagé um espaço com música de qualidade”. A enfermeira Dione Silveira, 35, ressaltou: “Sou uma nostálgica dos anos 80, sou fã do rock gaúcho, que tem bandas como TNT, Cascavelettes, Rosa Tatooada. Ver um show dos Garotos da Rua é um privilégio para poucos e felizmente eu estou aqui, ao vivo,


Segunda-feira, 16 de abril de 2018

FOLHA DO SUL 7


8 FOLHA DO SUL

SOCIAL

Segunda-feira, 16 de abril de 2018

Segunda-feira, 16 de abril de 2018

‘‘

As escolhas nascem do livre-arbítrio. Cabe a cada um estudar a si próprio para saber se tem, ou não, forças para encarar a lei do retorno”. MP

ENSAIO SOBRE A TRAIÇÃO Noite dessas a pauta na roda de amigos foi caretice. “Eu não me considero careta para isso”; “Ah, eu sou careta para aquilo...” – todos seguros em suas defesas enquanto eu, em silêncio, me pus a matutar. Não passou muito tempo e o pensamento veio como um raio. Sim, sou careta quando o assunto é traição. Com aval do Universo, visito tranquilamente os mundos masculino e feminino numa boa. Em ambos, escuto histórias ligadas aos mais diversos temas, entre eles, voando como uma rapina, a traição. Me acompanhem no raciocínio: ninguém é obrigado a estar com alguém. Se a mulher ou o homem queiram se jogar na pista com a intenção de ter vários parceiros ou parceiras, o problema – e direito – é deles. Agora, que estejam desimpedidos e preparados para arcar com o preço da liberdade sem envolver uma ou mais pessoas na história. Acredito que todos possuem o livre arbítrio para escolher caminhos, porém, escolhas são pessoais e intransferíveis. Já acompanhei amigos(as) que foram traídos(as) deparando-se com a dilacerante dor da alma. Dói. Dói muito. Tu te entregas, crias uma história e, voilà, descobres que estás ao lado de um(a) farsante. Também acontece de abrirmos o coração a alguém jurando que a pessoa é digna dos nossos segredos. Passa-se o tempo e descobrimos que a tal pessoa nada mais é do que um maledicente – o famoso “amigo da onça”. O lado positivo? As máscaras caem. As deformidades morais emergem mostrando a real face daquele a quem dedicamos tempo e afeto. Todos somos falíveis enquanto seres humanos. Elementar. Porém, não esqueçamos que estamos sujeitos a lei regimental de “Ação e Reação” que movimenta o Universo. A semeadura é livre; a colheita, obrigatória. “Mas sou homem! Tenho minhas necessidades”, disse um no meio do papo. Ah, não perdi tempo e contra argumentei: “Então, meu velho, volta para as cavernas. És um perigo para a sociedade mostrando tamanha irracionalidade”. Finalizo com apropriado pensamento, assinado por Lázaro na Paris do século XIX: “O homem, em seu início, tem apenas instintos. Aquele, pois, em que os instintos dominam, está mais próximo do ponto de partida que do alvo. Para avançar na senda evolutiva é preciso vencer os instintos a favor dos sentimentos, ou seja, aperfeiçoar a estes, sufocando os germes latentes da matéria...”

João Olavo Egas Taborda e Gustavo Oliveira de Lima na festa em comemoração aos 21 anos de João Olavo

A HISTÓRIA NÃO CONTADA... Se há uma personagem histórica que me fascina, esta personagem é Maria Madalena. Sempre tive lá minhas dúvidas se ela foi realmente prostituta ou vítima do machismo dominante que procurou macular sua imagem com medo da influência exercida como fiel discípula do Cristo – porque apenas Marcos, Lucas, João e Mateus teriam capacidade de escrever sobre a vida de Jesus nos respectivos evangelhos e Madalena, da mesma forma sua devotada seguidora, não? Pois bem, para contar esta história polêmica e pouco conhecida, o filme “Maria Madalena, a história não contada” chegou aos cinemas – inclusive, ao nosso Cine 7. Com direção de Garth Davis, a produção mostra uma Madalena (interpretada por Rooney Mara) que, corajosamente, desafia os preconceitos e tradições da época para seguir os ensinamentos de Jesus de Nazaré (Joaquim Phoenix), tornando-se uma das líderes responsáveis por espalhar sua palavra. Heresia ou não, #ficadica! Maria Contreras e Rose Pinheiro na saturday night party Barô

Os brothers César Augusto e Jerônimo Mello no churrasco que movimentou a morada de Marta Duarte e Carlos Eduardo Risch

EXCELÊNCIA CHILI

Leilah Kalil Castro em mais uma edição da Veste Rio, principal plataforma de moda do país

Comentário em sociedade: a excelência empregada pelas manas Renata Coradini e Cíntia Deibler na Chili. Além do ambiente físico repleto de bom gosto e das marcas grifadas encontradas nas araras, um detalhe faz toda diferença: o atendimento. As funcionárias, além de educadas e bem treinadas, possuem dress code e maquilagem padronizados que imprimem excelência ao serviço. Ah! E sempre delicadas, as irmãs Deibler recebem, aos sábados, em happy hours repletas de comidinhas deliciosas, harmonizadas a espumantes geladinhos. Nota 10!

FOLHA DO SUL 9

SOCIAL


ENTRETENIMENTO HORÓSCOPO

www.coquetel.com.br

A boa notícia é iminente e a atmosfera hoje estimula sua confiança. Aproveite ao máximo a relativa calma de hoje.

M D R E C C N I G T T C R F

14

D R A G E A

Solução

O

libertador alerta que os hebreus não precisam reservar comida para o dia seguinte. Bina desobedece e sai para garantir mais pão. Safira não gosta da atitude da irmã. Gahiji, Simut, Radina e Chibale pegam somente o necessário.

E T D F S E F B T M S G N R

14

E

doença sanguínea ou vascular, hipertensão ou obesidade MÓRBIDA, pois a grande quantidade de hormônio pode provocar pequenos COÁGULOS no sangue, que obstruem os VASOS.

M D R E C C N I G T T C R F

Para aumentar sua eficácia, o IDEAL é tomá-la até 72 horas APÓS a relação. Ou seja, quanto mais CEDO, melhor.

E T D F S E F B T M S G N R

L C E R T O C O B H O D E C

L C E R T O C O B H O D E C

A E S N T D D C F E F E R L

A E S N T D D C F E F E R L

E T T N E E S T O D R F Y H

E T T N E E S T O D R F Y H

G R U N N L D N R C E D A D

G R U N N L D N R C E D A D

A T P T S B N N M N D N N D

A T P T S B N N M N D N N D

R Y R E O C P D A N M N F O

R Y R E O C P D A N M N F O

D G O B S C I R L B O D E T

D G O B S C I R L B O D E T

Y H B N A N L F T Y R C N R

Y H B N A N L F T Y R C N R

L F R G V S U I T Y B D E T

L F R G V S U I T Y B D E T

A H S R M N L Y R F I M D O

A H S R M N L Y R F I M D O

G C F I D E A L N N D T B L

G C F I D E A L N N D T B L

M D F D R F T T S F A L F U

21/02 a 20/03

M D F D R F T T S F A L F U

Solução

PEIXES

Você vai sentir que as coisas estão funcionando. Seus recursos estão se esgotando e isso estressa você. Vá mais devagar.

S O E V I T A R G D T L T V

S O E V I T A R G D T L T V

Você está vendo as coisas sob uma luz mais positiva. Isto vai permitir que você use seus talentos para ajudar os outros.

O N E T F C F B C N N A L O

O N E T F C F B C N N A L O

21/01 a 20/02

L D E H Y C O G N G N F Y G

L D E H Y C O G N G N F Y G

AQUÁRIO

U B M T M C D N Y G T E T O

U B M T M C D N Y G T E T O

CAPRICÓRNIO 22/12 a 20/01 O movimento planetário terá um efeito estabilizador sobre você, seu humor será combativo e conciliador.Seus relacionamentos vão ajudar.

G F N N S C F M T H D T G N

G F N N S C F M T H D T G N

Uma lua benevolente facilita suas conversas íntimas. Este é o tempo para desenvolver seu relacionamento com cuidado.

A F N I R T H D S O S A C F

A F N I R T H D S O S A C F

22/11 a 21/12

O L R L M I C E B C B R D N

O L R L M I C E B C B R D N

SAGITÁRIO

C E F Y N L S O P A T R E T

lisabeta se surpreende com a atitude de Olegário. Jorge leva Aurélio ao baile de máscaras promovido por Camilo. Olegário chega com Elisabeta ao baile e Darcy não gosta.

C E F Y N L S O P A T R E T

Ponha de lado suas ideias fixas e você vai sair de uma situação desagradável. A força tranquila é a dominante e você estará mais equilibrado.

I

23/10 a 21/11

R

ESCORPIÃO

Para aumentar sua eficácia, o IDEAL é tomá-la até 72 horas APÓS a relação. Ou seja, quanto mais CEDO, melhor.

A

mália tenta convencer o caçador de que Afonso e Levi não oferecem perigo. Saulo estranha quando Selena lhe diz que Agnes é sua prima. Brumela se irrita com o elogio que Rodolfo faz a Ulisses.

C O A G U L O S

23/09 a 22/10

O R P U T S E I E D V A S O S S E O A L U L I P D L A M R O F

LIBRA

Você sabe que há força nos números e você tem um sentimento para as associações rentáveis. Faça um acordo.

E V I T A R

23/08 a 23/09

O

VIRGEM

Você está colocando toda a sua energia em ação construtiva. Pense em relaxar sua mente para manter o equilíbrio.

É contraindicada para quem SOFRE de alguma doença sanguínea ou vascular, hipertensão ou obesidade MÓRBIDA, pois a grande quantidade de hormônio pode provocar pequenos COÁGULOS no sangue, que obstruem os VASOS.

LOTOMANIA 13.04.18 01 06 11 13 18 24 28 38 41 44 50 53 61 63 70 76 78 91 92 98 DUPLA-SENA 1777 1º PRÊMIO 06 08 23 24 28 49 2º PRÊMIO 04 06 21 35 36 47

FEDERAL 14.04.2018 1º 53008 2º 28708 3º 33301 4º 24126 5º 63417 LOTOFÁCIL 1649 04 05 08 09 12 13 14 15 16 17 18 20 22 23 24 MEGA-SENA 2031 18 23 37 39 50 55 QUINA 4655 30 56 60 75 76

C

Agora é um bom momento para fazer uma curta viagem a algum lugar,você precisa de uma pausa de sua rotina e isso seria regenerador.

LOTERIAS

S

LEÃO

22/07 a 22/08

Embora seja utilizada por muitas mulheres de FORMA rotineira, a PÍLULA se destina a CASOS excepcionais, como, por exemplo, ESTUPRO. O medicamento tem uma DOSE de hormônio cerca de 20% maior do que a existente em uma DRÁGEA de anticoncepcional, aumentando o RISCO de efeitos colaterais. Inclusive, seu uso excessivo pode AFETAR o aparelho reprodutor.

E R F O S D E C

Você está se movimentando para resolver algumas questões. Sua eficiência hoje é assustadora! Você precisa de equilíbrio em todas as áreas.

Medicamento para EVITAR a gravidez, a pílula do dia seguinte pretende dificultar o encontro do espermatozoide com o ÓVULO, surtindo efeito apenas quando a fecundação ainda não aconteceu.

B R O M

21/06 a 21/07

atrick afirma a Clara que ela vencerá o processo contra Fabiana. Suzy volta ao trabalho no hospital e acaba cedendo às investidas de Helder. Melissa e Diego se casam novamente.

I

CÂNCER

P

Pílula do dia seguinte

A D

21/05 a 20/06

© Revistas COQUETEL

O V U L O

GÊMEOS

Você vai preferir trabalhar em equipe e terá bons relacionamentos por causa disso.Sua aptidão física não está adaptada às suas atividades.

RESUMO DE NOVELAS

Procure e marque, no diagrama de letras, as palavras em destaque no texto.

21/04 a 20/05

Você estará cheio de vitalidade e nada vai ficar no seu caminho, fisicamente falando! Seria melhor beber mais líquidos regularmente.

CAÇA-PALAVRA

F A

TOURO

Alessandro Ferreira Pichler, 11 anos. Filho de Bruno e Leila

E

21/03 a 20/04

Marcos Augusto Delfin Valério Nilton Antunes Sheiner Patrícia Ribeiro Saulo Silveira Pereira Sérgio Ricardo Gonçalves da Rosa

Aline Chaves Carlos Mário do Amaral Ribeiro Ercília Gervásio Leal Geruza Carvalho Romam Jorge Luiz Echeverry

S O S R A T C

ÁRIES

ANIVERSÁRIOS

Segunda--feira, 16 de abril de 2018

S O P A

10 FOLHA DO SUL

R

C O

S O P A R

A

I

S O S A C

G

S

T

U

C

E

L

O

F

O

A

O

S

E V I T A R

V D

O

I

L

A

L

I D E A L

U

O

D

P

O

R

R

S

P

A

U

G

T

E

S

A

D

I

S

F

F

L

R

O

A

E

A M R

O M

V

R

U

B

E

O

O D E C

S

S

E


Segunda-feira, 16 de abril de 2018

FOLHA DO SUL 11

GERAL

ASSINE AGORA

PREFEITURA INAUGURA AVENIDA ATTILA TABORDA COM FESTA

A

Prefeitura realizou, ontem, uma comemoração para inaugurar, oficialmente, a recém pavimentada avenida Attila Taborda. A obra, iniciada em 2017, foi financiada 80% pelo município e 20% por uma parceria com a Anversa. No total, mais de um quilômetro de via recebeu asfalto novo, com um custo de R$ 1 356 milhão. O secretário de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra), Ronaldo Hoesel, destacou: “Quando assumimos, falei sobre como nos deixaram a cidade, com máquinas sucateadas e sem estrutura. Quero agradecer ao prefeito pela oportunidade e dizer a todos que esta é uma obra feita com o imposto do cidadão, que, hoje, enxerga onde vai o investimento”. O presidente da Arvorezinha, Edson Sávio Martins, avaliou a iniciativa como uma das mais importantes desta gestão. “São muitos cidadãos que terão suas vidas mudadas para melhor. Meu pai, Emílio, lutou por esse bairro e estaria muito contente de ver essa obra pronta, o que era um dos nossos sonhos”, salientou. O aposentado Téris Silveira Dutra, 72 anos, comentou que a obra melhorou a vida de todos na região: “Quando chovia, era intransitável. Agora, vai ficar muito mais fácil para chegar ao centro”. Para a dona

João A. M. Filho

DO SUL

32421020 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA

COMPANHIA DE GERAÇÃO TÉRMICA DE ENERGIA ELÉTRICA – CGTEE

EDITAL DE LEILÃO CGTEE/UPME/0730/2017 A Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica - CGTEE torna público que está instaurada Licitação na modalidade Leilão, tipo maior lance por lote, objetivando a alienação de bens móveis inservíveis de propriedade da CGTEE, conforme Anexo II – Fotos, descrição e valor dos bens a serem alienados. A cópia do edital está à disposição dos interessados gratuitamente através do site www.cgtee.gov.br. A sessão de disputa de lances ocorrerá às 14h00min do dia previsto para abertura do leilão, sendo que as inscrições poderão ser feitas das 09h00min até às 12h00min do mesmo dia, na Usina Termelétrica Presidente Médici, localizada na estrada Miguel Arlindo Câmara, 3.601 Bairro Residencial - Candiota/RS. Outras informações poderão ser obtidas pelos fones: (53) 3245 7664. DATA DE ABERTURA: 03.05.2018. Alessandro Vaghetti Leite Gerente do Departamento de Suprimentos Candiota, 13 de abril de 2018

Deputado estadual Luís Augusto Lara, prefeito Divaldo e secretário Hoesel

de casa Marta do Prado Marinho, 41, com a conclusão das obras, acabaram os transtornos para o transporte. “Melhorou 100% com o asfalto. Antes, se tivesse compromisso, teria de ir duas horas adiantado,por causa da buraqueira”, argumentou. Para o prefeito Divaldo Lara esse é um exemplo de ações e soluções novas para problemas antigos. “Vocês não estão me vendo aqui só para inaugurar a obra. Vim diversas

vezes ao bairro fiscalizar, cobrar, olhar e conhecer o que estamos cuidando. O prefeito só cuida da sua casa se conhece ela, e eu valorizo meu contato com a população. Valorizo escutar a voz da comunidade e suas demandas”, afirmou. Em conversa com os moradores locais, Divaldo também elogiou e agradeceu a parceria com a Anversa, representada no ato pela empresária Maria da Graça Anversa.


12 FOLHA DO SUL

Segunda-feira, 16 de abril de 2018


Segunda-feira, 16 de abril de 2018

FOLHA DO SUL 13


14 FOLHA DO SUL

Segunda-feira, 16 de abril de 2018

SEGURANÇA ÓBITOS Getúlio Meneses Alves, 66 anos, aposentado, solteiro. Residia na rua Álvaro da Cruz Marques, 606. Deixa as filhas Kátia e Cristiane. Marcus Aurelius Sittoni Pereira, 57 anos, professor, divorciado. Residia na rua Ismael Soares, 123. Não deixa filhos. Ivo Maleiro Chaves, 78 anos, aposentado, solteiro. Residia na rua Félix da Cunha, 510. Deixa os filhos Ivan Cássio e Fábio Cassiano. Tania Mara Freitas Lameira, 68 anos, dona de casa, casada com Diego Lameira. Residia na rua Félix da Cunha, 82. Deixa os filhos Lisiane, Cibele e Diego. Maria Luiza Lemieszek Pereira, 72 anos, advogada, casada com Luís Clóvis Pereira. Residia na Barão do Triunfo, 1755. Deixa os filhos Lúis Cláudio e Carlos Alberto.

MULHER SOFRE ASSALTO NA GENERAL OSÓRIO

E

m ocorrência registrada na DPPA, uma mulher de 64 anos declarou ter sido roubada na avenida General Osório, às

11h15min de sábado, por um homem negro que vestia calça jeans, moletom cinza escuro e boné preto. O agressor teria mostrado uma arma e roubado

o celular. A ocorrência será investigada pela Delegacia Espacializada em Furtos, Roubos Entorpecentes e Capturas (Defrec).

Roubo de ciclista no residencial Guarani Na quinta-feira, um homem saía do Residencial Guarani quando teve a bicicleta, moletom e boné roubados. Ele relatou que isso ocor-

reu por volta das cinco da manhã, quando recebeu uma “voadora” de um indivíduo e teve os objetos subtraídos. Durante o dia, disse

aos agentes que voltou ao local, reconheceu os agressores e cobrou seus pertences, recebendo novas agressões por parte dos suspeitos.

Veículo Ford Ka de cor preta foi encontrado capotado no domingo pela manhã, na esquina das ruas Tomás Mércio e Jacinto Ferrer, bairro Santa Flora. Segundo populares, o veículo teria sido deixado no local após o acidente. Conforme informações preliminares da Brigada Militar, o condutor teria perdido o controle ao fazer a manobra de conversão na esquina. Segundo comunicado, a

ação não resultou em feridos. Por volta de 15h30min, guarnição do Pelotão de Operações Especiais (POE) que se encontrava em patrulhamento de rotina encontrou o mesmo veículo estacionado de forma irregular na via pública, além de apresentar danos na carroceria. Ao verificar as placas, cadastradas como veículo Ford Ka, de Bagé, tudo parecia estar em ordem. Entretanto, ao checar

o número do chassis do carro, constatou-se que se tratava de um veículo roubado na capital do Estado, em 2 de março de deste ano. No interior do automóvel, foi localizado pelos policiais dois pinos de cocaína, uma embrulho da mesma substância e uma munição calibre .9mm deflagrada. O veículo foi recolhido para depósito e a ocorrência lavrada na delegacia de polícia.

Suposta vítima de invasão de imóvel relatou aos agentes de segurança da Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) que

teria ido para o interior do município há cerca de uma semana. No retorno, às 20h30min de ontem, teria tido o imóvel onde reside invadido por

terceiro. Ao solicitar informações, teria sido orientada a buscar a Justiça. As circunstâncias do fato serão averiguadas pela DPPA.

Pelotão de Operações Especiais recupera carro roubado

Relato de invasão a imóvel no São Sebastião

Operação Lei Seca combate consumo de álcool no trânsito Na noite de sábado, a Brigada Militar e agentes da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana de Bagé (SSM) realizaram a Operação Lei Seca. A ação consistiu na implementação de barreiras policiais em diversos pontos da área central de Bagé, além da fiscalização de pontos de mototaxistas. Conforme informações divulgadas pelo Setor de Comunicação Social da Brigada Militar, no total, foram abordados 56 carros, 20 mo-

Divulgação/FS

Ação foi realizada em vários pontos do centro de Bagé

tocicletas e 80 pessoas. Destes, administrativamente e um teve o três condutores foram autuados veículo recolhido para depósito.


Segunda-feira, 16 de abril de 2018

FOLHA DO SUL 15

ESPORTES por Yuri Cougo Dias

BAGÉ MANTÉM INVENCIBILIDADE EM VENÂNCIO AIRES

U

m gol aos 4 0 minutos da segunda etapa garantiu que o Bagé trouxesse, na bagagem, um empate por 2X2, diante do Guarani de Venâncio Aires, no estádio Edmundo Feix. Além do ponto conquistado, a equipe permanece sendo a única invicta no certame. Com o resultado, o jalde-negro vai a 15 pontos e, até o fechamento desta edição, estava na terceira posição do grupo A da Divisão de Acesso. O clube poderia ser ultrapassado se o Lajeadense vencesse o Inter, em Santa Maria. Agora, o próximo compromisso na tabela é contra o Aimoré, quarta-feira, às 20h30min, no estádio Pedra Moura. Trata-se de um duelo contra um adversário que vem bem na competição, porém, é uma oportunidade para que o time do técnico Carlos Moraes encoste, de vez, na ponta da tabela.

Rui Borgman / Especial FS

FICHA TÉCNICA ESCUDO 1

2 X 2

ESCALAÇÃO Otávio, Alison, Rafael Klein, Vinícius , Wesley, Henrique, Guto, João Paulo, (Thales) Noninha, (Vágner) Rafael , (Kelvin ) Jaílton.

Anderson, Matheus Ferreira , (Eto’o), Elton, Baggio, Gustavo Nogy , Evandro, Jefferson Bernardo , Rafael Lima, (Michelzinho) Cris Magno, Fernandinho, (Diego Maceió) Dinei.

TÉCNICO: Vanderson da Silva.

TÉCNICO: Carlos Moraes.

ARBITRAGEM Marco Paim Reis Assistentes: Claiton Timm e Cássio Dornelles.

Empate veio nos últimos minutos

O jogo Emoções não faltaram no primeiro tempo de Guarani X Bagé. Com apenas 14 minutos, as redes já tinham sido balançadas em três oportunidades, deixando, assim, um jogo totalmente aberto. O primeiro gol foi logo aos quatro minutos. Em bola alçada para a área, o zagueiro Vinícius

subiu, acertou um “testaço” e abriu o placar para os donos da casa. O Bagé respondeu aos 11. Após erro na saída de bola da defesa adversária, a bola sobrou nos pés do lateral Gustavo Nogy, que acertou uma pancada no canto, sem chances para o goleiro Otávio: 1X1. Entretanto,

a reação não tardou. Apenas três minutos depois, os donos da casa estavam novamente na frente do placar. Em saída errada, desta vez, da zaga do Bagé, o centroavante Jaílton aproveitou e bateu cruzado, na ponta direita, para colocar o rubro-negro outra vez em vantagem: 2X1.

Com o gol, o Guarani passou a equilibrar as ações e tentar novos contragolpes. Na etapa complementar, os donos da casa seguiam com força, na busca por ampliar. Porém, pararam no goleiro Anderson, que fez sua estreia na noite. Um dos lances foi aos 15 minutos, em defesa de

chute de Thalles. Mesmo com entrega, o Guarani não era efetivo. Com isso, o Bagé passou a ganhar mais espaço. E isso se refletiu em empate. Aos 40 minutos, Jefferson Bernardo tocou para Dinei, que fez o pivô e devolveu a bola para o volante, que acertou um chutaço no ângulo. Final: 2X2.

cativo e Esportivo, destinado aos jovens com idade escolar da rede municipal de ensino. O espaço funcionará no ginásio Domingão, na Vila Operária, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. As aulas são com o professor Bruno Azambuja e começaram na terça-feira passada. Mais de 100 jovens já confirmaram inscrição, tanto no masculino quanto no feminino. Segundo o presidente do BBC, Luciano Gomes, esta ação, que faz parte do projeto Basquete para Todos, visa proporcionar uma educação saudável pelo espor-

Divulgação/FS

BBC inaugura núcleo de basquete em Candiota Veteranos doam 204 litros O Bagé Basquetebol Clude leite à Fundação José e be (BBC) inaugurou, recentemente, em Candiota, o primeiro Auta Gomes Núcleo de Basquete Sócioedu-

Divulgação/FS

Ação é promovida anualmente Espaço fica na Vila Operária

te. “Resultados estes que no futuro contribuem de forma decisiva na formação de cidadania, geração de oportunidades, melhor desempenho escolar e

mantém os jovens longe dos maiores problemas sociais da juventude, que são a drogadição, violência e ociosidade”, enfatiza.

Em todas as temporadas do futebol amador, a Liga Bageense de Veteranos costuma promover uma campanha entre os clubes participantes do Master 50 e 35, A e B. Cada ano, uma entidade prestadora de serviço assistencial é atendida pelo

grupo. Em 2018, a escolhida foi a Fundação Geriátrica José e Auta Gomes, que passa por grave situação financeira. Foram doados à entidade 204 litros de leite. Os representantes da liga agradecem o empenho das equipes que aderiram ao movimento.


FOLHA DO SUL

Segunda-feira, 16 de abril de 2018 ASSINATURAS E ANÚNCIOS: 3242 1020 REDAÇÃO: 3311 3915

Jornal Folha do Sul 16 de abril de 2018  
Jornal Folha do Sul 16 de abril de 2018  
Advertisement