Page 1

Fotos: João A.M. Filho

HOSPITAL

Estado multa Santa Casa de Caridade em R$ 95,5 mil por questões sanitárias

DO SUL

SEXTA-FEIRA 12.01.2018 R$ 2,00 Bagé, ano 8 , n° 2331

pág. 5

P RO D U TO R E S Q U E R E M V E TO D E L E I S O B R E U S O D E V I A S R U RA I S

Em reunião realizada na manhã de ontem, o secretário de Desenvolvimento Rural, Cléber Carvalho, apresentou para produtores rurais e diretoria da Associação e Sindicato Rural o projeto de lei 278/2017, que determina a proibição do trânsito de cargas durante períodos chuvosos nas estradas do interior. Os produtores, no entanto, querem o veto da matéria. pág. 11

AGROVINO Vencedores do Concurso de Carcaças de Cordeiro são divulgados durante feira

pág. 2

EVENTO Feovelha já conta com cerca de três mil ovinos para o Rematão em Pinheiro Machado

pág. 6

pág. 13 /senacEADoficial

H

E

M CI

ENTO

CON

O M T I R O N NE

I L A A D

ESPORTE Reportagem destaca carreira de pedritense que defende a seleção de futebol da Guiné Equatorial

@senacEADoficial

@senacEADoficial

FAÇA UM CURSO DE GRADUAÇÃO SEM SAIR DE CASA. GRADUAÇÃO EAD SENAC www.ead.senac.br/graduacao

Desconto especial para comerciários e seus dependentes.*

Cursos nas áreas de: Comércio, Educação, Gestão, Informática e Meio Ambiente

Polo Senac Bagé Av. Marechal Floriano, 1456 Fone: (53) 3242.7233

Predomínio de sol, apenas com pouca variação de nuvens

33º 19º

pág. 15

o melhor ensino a distância do país.

*Para saber mais acesse: www.sp.senac.br/descontocomerciario.

ECONOMIA Justiça mantém reajuste da tarifa de energia elétrica para o Rio Grande do Sul

PREVISÃO DO TEMPO

pág. 14


2 FOLHA DO SUL

Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

GERAL Decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região

JUSTIÇA MANTÉM REAJUSTE DA TARIFA DA ENERGIA ELÉTRICA NO ESTADO

João A. M. Filho

DIVALDO LARA Prefeito de Bagé

MAIS DE 1,1 MIL CASAS PRÓPRIAS PARA A POPULAÇÃO DE BAGÉ

E OAB havia pedido suspensão de aumento no valor da conta

O

Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou, na quarta-feira, pedido de liminar da Ordem dos Advogados do Brasil do Rio Grande do Sul (OAB-RS) para suspender o reajuste da tarifa de energia elétrica no Estado. A OAB-RS ajuizou ação contra a Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) pedindo a suspensão do reajuste, que foi homologado em dezembro de 2017. A entidade justificou não ter havido transparência nos critérios utilizados no cálculo, que aumentou a tarifa em 30,62%. No dia 5, a Justiça Federal de Porto Alegre negou o pedido da entidade. De acordo com a decisão,

o Judiciário não tem legitimidade para substituir a administração em decisões técnicas, que envolvem múltiplos e complexos fatores. A OAB-RS recorreu, mas a relatora do caso no tribunal, desembargadora federal Vânia Hack de Almeida, manteve o entendimento do primeiro grau. Para a magistrada, não ficou comprovada a alegada ausência de transparência no processo de cálculo. “A eventual concessão de tutela de urgência poderá resultar em prejuízo aos próprios consumidores, dada a possibilidade de quebra do equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão e, em consequência, de comprometimento da entrega a contento de um serviço que é vital para a população”, concluiu. A ação segue tramitando na Justiça Federal de Porto Alegre.

Para contratação de prestação de serviço

Pregão presencial para o Samu e UPA deve ocorrer hoje Ocorre hoje, às 9h30min, pregão presencial que tem como objetivo a contratação de empresa, cooperativa ou entidade paraestatal especializada para a prestação de serviços médicos de urgência e emergência e pronto-atendimento para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Unidade de Pronto-Atendimento (UPA -24h). O processo deveria ocorrer no dia 28 de dezembro do ano

FOLHA DO SUL CNPJ. 11.381.681/0001-00

passado, mas, como foi explicado na ocasião, pelo supervisor geral de compras e licitações da prefeitura, Ricardo de Freitas Barcelos, foram recebidos pedidos de impugnação ao edital e seus anexos. “Todos foram analisados e acatados. Por esse motivo, o processo foi suspenso para análise e adequação do edital e do termo de referência. Essa licitação será republicada nos próximos dias”, comentou na ocasião.

Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Gráfica Jornal Zero Hora

DO SUL

m junho de 2017 conquistamos para Bagé 1 164 moradias. Em seis meses de governo foi nossa maior conquista. Isso porque priorizamos o departamento de projetos e criamos, dentro da estrutura administrativa, uma secretaria que é de Gestão, Planejamento e Captação de Recursos e que funciona junto ao gabinete do prefeito. Estamos muito próximos, acompanhamos em conjunto o trabalho realizado, as ideias e propostas, eventuais erros e acertos para corrigi-los de imediato. Ressalto aqui o excelente trabalho de articulação do vice-prefeito Manoel Machado, indo a Brasília, apropriando-se dos caminhos de tramitação técnica. O resultado disso é que a aprovação de nosso projeto se tornou um marco histórico na relação com o governo federal. Entre todas as cidades do Rio Grande do Sul, Bagé foi a única contemplada com número tão expressivo de casas populares. Segundo o gerente da área de engenharia da Caixa Econômica, Paulo André de Abreu Alves, a ação aconteceu depois de um longo tempo sem contratações nessa faixa de renda. Nos estados do sul do Brasil, os empreendimentos foram distribuídos por várias cidades. No Rio Grande, só Bagé conseguiu concentrar todas as moradias. Trata-se de um caso raro, o que é um orgulho para nós. Tecnicamente, os projetos que apresentamos foram de muita qualidade. As moradias serão divididas em quatro empreendimentos, dois loteamentos de casas e outros dois de apartamentos. Serão construídas 564 casas no bairro Morgado Rosa (zona leste), e outros 600 apartamentos na zona norte. O investimento é de 83 milhões de reais. Confesso que estou muito feliz em poder contribuir de maneira tão significativa para melhorar a vida de tantas famílias de nossa cidade. Isso é o que me move na política: ajudar as pessoas, fazer por quem mais precisa. Sou um otimista, um entusiasmado na gestão pública. E nada me deixa mais confiante que podemos fazer uma cidade mais humanizada e desenvolvida economicamente que essas conquistas. Nosso município chega a índices de redução de déficit habitacional nunca antes vistos. Um recorde que melhorará a qualidade de vida de milhares de pessoas, além de significar uma injeção de recursos na área da construção civil, geração de emprego e renda. As inscrições para as novas moradias ocorrerão em várias etapas neste primeiro semestre, obedecendo às regras definidas pela União e a Caixa Econômica Federal. Em primeiro lugar, vale repetir que poderão se inscrever famílias com renda até 1,8 mil reais por mês inseridas no Cadastro Único. Quem ainda não tem esse registro pode se dirigir à Secretaria de Assistência Social, Habitação e Direito do Idoso, a Smasi, para fazê-lo. Esse é o cadastro em que o governo identifica as famílias de baixa renda. Aproveito este espaço para solicitar aos leitores que espalhem a notícia, principalmente àquelas pessoas que precisam de casa própria e que, por essas ocorrências da vida, não têm acesso ao jornal. É muito importante que as famílias necessitadas se inscrevam. Triste é perder a casa por não ter informação. O secretário da Smasi, Esquerda Carneiro, que realiza um trabalho excepcional na assistência social, é o responsável pelo ordenamento administrativo do programa, inscrição, cadastro, documentação, etc. Esquerda é um ser humano de grande coração, dedicado, organizado e de toda a confiança para fazer o melhor trabalho nesse que é o maior empreendimento de moradia popular de Bagé em um só tempo. Para que a população tenha ideia do empenho da equipe da prefeitura, em novembro começou a obra de asfaltamento da rua Breno José Coronel Machado, no bairro Morgado Rosa, que faz parte da preparação para receber um dos residenciais. A rua, que inicia ao lado do Ginásio Mosquitão, dará acesso as 564 casas que serão construídos pela empresa Michelon Construtora e Incorporadora no Morgado. As outras moradias restantes, das 1 164 serão na zona norte. Para finalizar, destaco meu otimismo com 2018, o ano promete para uma gestão que tem planejamento e projetos em todas as áreas, que compreende a importância da parceria públicoprivada e das linhas de créditos oferecidas pelas instituições do Estado. Que respeita o público e incentiva o investimento privado. Bagé está no caminho certo para o grande objetivo: tornar a Rainha da Fronteira uma cidade desenvolvida.

Direção Geral: Leisa Soria Gerência Administrativa: Carlos Henrique Gerzson Neto Editores: Marcelo Pimenta e Niela Bittencourt Coordenadora Comercial: Cláudia Jardim Comercial: Fabiana Rodrigues - Marcelo Camargo Revisão: Marialda Silveira Monteiro Reportagem: Gilmar de Quadros - João Alberto de Miranda Filho - Marcos Pintos - Marcelle Ceolin - Maritza Costa - Francine Leite Repórter Fotográfico: Francisco Bosco Colunistas Colaboradores: Diones Franchi - Edgar Muza - César Jacinto - Ricardo Belleza Antônio Almeida - Luis C.Albano - George Teixeira Giorgis - Cid Marinho - Divaldo Lara - Cássio Lopes - Vinícius Silva -Vinícius Assumpção - Edimar Fagundes Estagiários: Anderson Ribeiro-Yuri Cougo Diagramação Comercial, Social e Entretenimento: Ben Hur Munhoz Diagramação: Ben Hur Munhoz- Cristiano Lameira

ASSINE AGORA

CURTA NOSSA FAN PAGE www.facebook.com/ jornalfolhadosulbage

32421020


Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

VITRINE EMPRESARIAL por Francine Leite (interina)

FOLHA DO SUL 3 INDICADORES ECONÔMICOS

francineleites@gmail.com

A

Dólar comercial Dólar turismo (em R$) Euro (em R$) Pesos ur.(em R$) Pesos arg.(em R$)

COMPRA

VENDA

3,217 3,210 3,869 0,112 0,171

3,218 3,400 3,870 0,112 0,171

SALÁRIO MÍNIMO [REGIONAL]

SALÁRIO MÍNIMO [NACIONAL]

R$ 1.175,15

R$ 954,00

COMÉRCIO em foco

SOLUÇÃO EM TECNOLOGIA É NA DMP TECHNOLOGY

DMP Technology, capacitada em serviços na área de TI (Tecnologia da Informação) , que completa 12 anos de atuação em Bagé, ampliou e aprimorou o atendimento aos seus clientes. Além de realizar projetos de automação comercial, em desenvolvimento de softwares, consultoria, assessoria, planejamento, implantação e administração de redes de computadores, sistemas de informações e integração com Internet, a empresa, agora, conta com uma loja física, que oferece diversos recursos do mundo tecnológico. O estabelecimento oferece, para as empresas que procuram utilizar o máximo da tecnologia a favor dos seus negócios, várias ferramentas e equipamentos para garantir a eficiência do trabalho. Para os gamers, a DMP tem muitos modelos de teclados, mouses, headsets e caixas de som, entre outros itens.

MOEDAS

Fotos: João A. M. Filho

Pesca Perfetta destaca kits O final de semana “com gosto de mar e cheiro de praia” é na Pesca Perfetta, como destaca o empresário Alessandro de Quadros Sacco Demeneghi. Confira o kit soberano, que sai por R$ 69,90 e conta com um quilo de filé de linguado mais um de camarão rosa limpo. Ainda, o nobre, com um quilo de abrótea e mais um de camarão. Isso por R$ 59,90; o popular sai por R$ 54,90 e inclui um quilo de postas de filhote e um de camarão rosa médio. A oferta especial do final de semana é o filé de traíra por R$ 22,90. O estabelecimento está localizado na Tupy, 1716, e atende das 9h às 12h e das 15h às 21h - aos domingos, das 10h30min às 12h30min. As ofertas são válidas apenas até domingo.

Técnico em Administração do Senac Daisson e Jalusa garantem vários serviços e produtos com preços justos e competitivos

Para smartphones, a loja também disponibiliza uma variedade de acessórios como capinhas, de diferentes tipos, para inúmeras marcas e modelos. Com relação à proteção de residências e comércios, tem à disposição

Loja é especializada em venda e manutenção de itens de informática e em toda linha de automação comercial

câmeras de segurança para videomonitoramento, suporte técnico e supervisão. Produtos de informática, componentes para máquinas, como placas-mãe, memórias, HD interno, gabinetes, processadores e acessórios - como cabos e adaptadores -, também são encontrados no local, que garante trazer mercadorias diferentes, com um preço acessível. Neste início do ano, a DMP destaca as condições facilitadas e preços reduzidos para auxiliar as empresas que estão se adaptando à modalidade de emissão de nota fiscal, obrigatória para todos os contribuintes de comércio e varejo em 2018, no desenvolvimento de sistemas e softwares de automação. A loja está localizada na avenida Presidente Vargas, 12. Mais informações dos serviços podem ser obtidas pelo telefone (53) 3312 5222 ou pelo site www. dmptechnology.com.br.

Segundo a consultoria Serasa Experian, cinco mil empresas abrem as portas todos os dias no Brasil. “Esses números representam quanto o mercado é amplo e traz novas oportunidades para diversas áreas como a de administração”, destaca a divulgação do Senac, que afirma que a escola, ciente desse contexto, oferece o curso Técnico em Administração. As aulas iniciam no dia 12 de março, em Bagé, e acontecem de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h20min. Para participar, é necessário ter idade mínima de 16 anos e cursar o segundo ano do Ensino Médio. Com carga horária de mil horas, “a qualificação forma profissionais capazes de compreender o funcionamento e a dinâmica de cada área da empresa”. Matrículas para a capacitação devem ser feitas no Senac Bagé, localizado na rua Marechal Floriano, 1456. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (53) 3242 7233 ou por meio do site www.senacrs.com.br/bage. Comerciários têm desconto de 20% mediante a apresentação, no ato da matrícula, do cartão Sesc/ Senac, nas categorias empresário e comerciário.

Ofertas válidas para 12 e 13/01/2018 ou enquanto durarem os estoques. Imagens meramente ilustrativas. Limite 3kg por cliente

Queijo Mussarela Mondai fatiado, a cada 100g O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: O aleitamento materno evita infecções e alergias e é recomendado até os 2 anos de idade ou mais.

1,59 Beba com moderação.

Cerveja Skol latão, 473ml

Leite Languiru 1L

Coca-Cola four pack, 2L

2,87 1,79 4,94 cada

un. no pack. Total do pack R$ 19,76

Detergente em Pó Brilhante 2kg

Costela Janela congelada, Kg

9,90 12,59

Coxa e Sobrecoxa Dorsal congelada, Kg

3,49

Conforme Código de Autorregulamentação Publicitária de 12/09/03. NÃO VENDEMOS BEBIDAS ALCOÓLICAS PARA MENORES DE 18 ANOS. (Art. 81, Estatuto da Criança e do Adolescente).


4 FOLHA DO SUL

POLÍTICA por Maritza Costa

Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

EDGAR MUZA

maritzapaivacosta@hotmail.com

FUCA PODE REPRESENTAR O JOVEM NEGRO NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

O

um parceiro do governo e tendo as portas abertas para poder auxiliar a comunidade. Quem ganha com essa nova forma de fazer política é a população, que mostrou nas urnas que aprova essa minha postura”, avalia. A forma de atuar gera críticas frequentes de filiados ao PT, das quais ele é sabedor, principalmente nas redes sociais. Questionado sobre como lida com essa reprovação de parte dos petistas, ele diz que continuará fazendo seu trabalho dentro do partido até quando permitirem. “Enquanto o partido me permitir continuarei trabalhando dessa forma. Hoje não tenho interesse em deixar o PT . Já tive oportunidade de deixar a sigla no momento de maior crise e não o fiz. Enquanto me permitirem, continuarei no PT”, respondeu, quando questionado se tem intenção de trocar de sigla em função do desgaste que sua posição na Câmara traz com o partido.

Vereador garante que não pretende deixar o partido neste momento

Como ele mesmo afirma, a primeira eleição foi mais tranquila, pois teve o apoio do sogro, Sílvio Machado, que, depois de 12 anos na vereança, deixou a vida pública para lançar o genro. A origem familiar,

por ser filho e neto de pessoas muito conhecidas na comunidade - “João Buraco” e “Vanda Fuzilica” - também lhe garantiu muitos votos. “Já a reeleição foi mais difícil, principalmente pela reprovação à gestão

do município. Mas atribuo ao meu trabalho a minha permanência no Legislativo. Na segunda vez, as pessoas votaram pelo que fiz na Câmara, pelo meu primeiro mandato”, conclui.

Este é um termo bastante utilizado pelo vereador em suas manifestações públicas. Ele destaca que, quando utiliza essa expressão, refere-se à forma de trabalho, que independe de sigla partidária e de situação ou oposição. “As pessoas aprovam essa forma de trabalhar,

estão cansadas de discursos e brigas no parlamento. Antes, os parlamentares eram muito tribunos, hoje vemos vereadores com um perfil mais trabalhador, vindos da periferia, como eu, e que, por isso, conhecem os problemas populares”, comenta.

Ele utiliza a palavra construção para caracterizar esse perfil de trabalho. “Essa é a nova política. Construção de parcerias com o foco nas demandas da comunidade. Uma visão mais nova, mais atualizada. É assim que vamos seguir em 2018”, garante.

Desde o primeiro mandato, Fuca prioriza o contato nos bairros, com o projeto Gabinete no Bairro, que levava a estrutura até as comunidades. Em 2017 isso não aconteceu, mas a equipe permaneceu visitando a periferia e, para 2018, ele diz querer ampliar ainda mais esse contato. “Também procuro estar atento e atuante nas redes sociais, fazendo vídeos e informando as pessoas. Um exemplo disso foi o vídeo publicado esta semana, no qual falo sobre a política habitacional, que é um dos focos do meu trabalho”, explica.

Em primeira mão, ele informa que lideranças estaduais do partido já sinalizaram o desejo de contar com seu nome para candidatura à deputado estadual. “A juventude negra não tem representação. São poucos jovens negros na política no

Estado. Por isso, não descarto essa hipótese. Vamos estudar melhor essa possibilidade. Também quero me qualificar, voltar a estudar, fazer Gestão Pública, pois me qualificando também qualifico meu trabalho”, comenta.

Fuca tem uma linha de atuação voltada para educação e saúde. Em 2017, retomou as articulações para que a Escola Félix Contreiras Rodrigues passe a contar com Ensino Médio. Nesta área articulou, também, a construção de um refeitório junto à Escola Estadual de Ensino

Fundamental Arthur Damé. Ainda dentro da questão estrutural das escolas, Fuca defende a construção de uma quadra poliesportiva na Escola Estadual de Ensino Médio José Gomes Filho. Todas essas metas tiveram articulações em 2017 e fazem parte das prioridades de 2018.

O petista destaca que esta é uma de suas demandas prioritárias desde o início do primeiro mandato, quando protocolou requerimento solicitando a pavimentação. “Agora, com a nova gestão, solicitei novamente e o prefeito fez o compromisso que está cumprindo. Solicitei,

ainda, a revitalização da ciclovia, que foi acrescentada ao cronograma da obra e, hoje (na sessão de ontem), estou protocolando o pedido de arborização e jardinagem. Assim a via vai ficar completa”, argumenta.

Trajetória

Nova política

Contato nos bairros

UPA

Umdosprojetosde2017que recebeu apoio do município e deve sair do papel em 2018, é a solicitação da instalação de um laboratório de exames na UPA, o que reduziria a espera dos pacientes por resultado de horas para poucos minutos. Ele adiantaque,pormeiodeemendaparlamentar do deputado federal Marco Maia (PT), busca a utilização de R$ 100 mil de caixa livre para esse fim. Também na área da saúde, Fuca protocolou requerimento, em 2017,solicitandoaopoderExecutivo melhoriasnosexamesdediagnóstico por imagem.

Projetos

Bandeiras

Attila Taborda

RSC-473

O parlamentar foi um dos nomes destacados pela gestão municipal na conquista da municipalização da RSC-473, recémformalizada por sanção de projeto de lei.

Divulgação/FS

vereador mais jovem do atual parlamento bageense, Rafael Rodrigues, o Fuca, de 26 anos, foi eleito para o primeiro mandato com 22. Na última eleição, foi, com o colega de sigla Lélio Lopes, remanescente do PT na casa legislativa, conseguindo a reeleição. De sete vereadores da sigla, seis tentaram o feito, apenas dois com sucesso. Na teoria, ele e Lelinho fazem parte da oposição ao governo. Porém, na prática, essa definição de oposição e situação não é o que importa para Fuca, segundo ele mesmo define. O petista destaca que sua atuação é pautada pela nova política, que coloca as demandas e o eleitor acima das siglas partidárias. E é assim que diz estar colhendo frutos. “Não adianta fazer uma oposição sem critério, apenas criticando e ter todas as portas fechadas, sem poder ajudar a população. Prefiro atuar assim, sendo

Emendas

Por meio da parceria com Maia, ele garantiu para o município o montante de R$ 100 mil para a aquisição de equipamentos nos postos de saúde, além da aquisição de um kit para o Conselho Tutelar, contendo um ar-condicionado, uma geladeira, um computador e um veículo.

VISÃO GERAL

O COURO TÁ COMENDO E O BICHO TÁ PEGANDO

O

s governantes não se entendem, o negócio tá preto. Urubu não vem na terra (terra Brasil) para pegar seu rango (comida) porque está com medo de virar galeto. Letra de samba, gravado na década de 80, por Bezerra da Silva, que continua, creio que continuará por muito tempo, atualizado. Vejamos. O cenário político desenhado até agora, para a próxima eleição, é o seguinte: todos esperam pela decisão da Justiça. O Lula será ou não condenado em segunda instância? Alguém irá pedir vista do processo, atrasando por tempo suficiente para que ele seja candidato? Será condenado por unanimidade, o que impediria em tese, sua candidatura? Existe apelação após decisão dos desembargadores no dia 24? Se houver, atrasa ou não o processo? Sua condenação por unanimidade o levaria imediatamente para a cadeia? Seria ou não incluído na “ficha suja” o que o impediria de concorrer? São muitas perguntas que tem sido feita pela maioria da imprensa brasileira e internacional. Eu esgotei meus pontos de interrogação. Como sempre, deixo escondida uma “carta na manga”. As leis dão tanta volta e têm tantas vírgulas que só um profissional do Direito poderá ter conhecimento. E aí paro para pensar (às vezes o faço): até eles estão em dúvida. Tenho acompanhado declarações de muitos especialistas no Direito que têm interpretações distintas, o que prova que o tema é controverso. Isso, por si, deixa os partidos que dão respaldo ao governo em compasso de espera aguardando a decisão da Justiça. Mas Temer, e sua equipe, está asfaltando a estrada. Tem aspirações de concorrer. Basta que acompanhemos as declarações, com isenção, para sentirmos o desejo ainda contido, mas palpável. Ontem, os jornais publicaram, e a Voz do Brasil deu ênfase um dia antes, ao contentamento da máquina governamental em saudar a inflação de 2017, que foi mais baixa do que o previsto pela equipe econômica. Todos falaram, de Temer ao presidente do Banco Central e do Brasil, enaltecendo os mecanismos criados pelo governo e que deram certo. Que mecanismo foi esse? - pergunta o Pedro Bó. Até o final da votação da Câmara que livrou Temer de ser investigado, quase nada foi criado para diminuir a inflação, porque a equipe governamental só se empenhou em evitar sua saída da cadeira presidencial. Liberou e está liberando recursos públicos a “torto e a direito” no intuito de conseguir seu objetivo. O que forçou a baixa da inflação foi o próprio mercado. No final de 2016, abri este espaço com a seguinte manchete: ”Só a crise nos livrará da crise”. Os leitores (que são poucos, mas fiéis) devem lembrar. Se não lembram recorram ao arquivo da Folha do Sul. O que eu quis dizer com essa afirmação é algo que está sendo constatado. O desemprego, aliado ao medo de piores dias, fizeram a população aprender a comprar. A maioria aprendeu a “pechinchar” buscando o menor preço. E isso constatei em minhas andanças pelos supermercados e paradas de ônibus em Bagé. Em filas de banco e meu contato diário com a universidade da Sete. Tanto é verdade que a arrecadação do bolo nacional diminuiu. Basta olhar com isenção os indicadores econômicos e a gritaria dos prefeitos e governadores de Estado. A arrecadação diminuindo é a maior prova que as vendas, tomando por base a arrecadação de impostos, diminuíram. Não é que a procura por manteiga ou margarina tenha diminuído. Seus preços é que baixaram. Então, o comércio teve que se enquadrar ao mercado. Passou, também, a “pechinchar”, exigindo preço mais baixo para adquirir produto de seus fornecedores. Uma coisa levou a outra. Foi o mercado e não decisões da equipe econômica que forçou a baixa da inflação. Para não dizer que não reconheço pelo menos uma decisão salutar deste governo que aí está, destaquei como positiva a liberação do fundo de garantia que estava parado. Isso deu um fôlego aos desempregados, que conseguiram pagar dívidas passadas e comprar algo fora do “estritamente” necessário à sobrevivência. Agora, fazer apologia política de algo que contrasta com a realidade, é usar de um argumento tomando para si algo que não é seu. Mas faz parte do jogo. E muita gente vai acreditar. E isso irá refletir nas próximas pesquisas que, com certeza, serão encomendadas, e pagas, mostrando esse lado “positivo” do governo. A oposição, neste momento, só está preocupada em fazer pressão para empurrar com a barriga o processo de Lula. Pela exiguidade de tempo, independente do que for decidido pela Justiça, estou convencido de que Luiz Inácio será candidato. Nem que, para tal, tenha que recorrer ao Judiciário. A Constituição determina que a prisão só poderá ser decretada após transitar em julgado. E isso só acontece após esgotado todos os prazos legais para contestação. Até Gilmar Mendes, que votou pela prisão em segunda instância, já reformulou publicamente seu voto. Então, fico com a opinião que emiti meses atrás: todos os políticos, não condenados em última instância, e que não estejam presos, poderão concorrer na próxima eleição. Embora corram o risco, se eleitos, de não serem diplomados e se forem, serem cassados pela Justiça. Este filme já passou em nosso cinema. Concordam?


Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

FOLHA DO SUL 5

GERAL Santa Casa de Caridade

ESTADO MULTA HOSPITAL EM VALORES QUE ALCANÇAM R$ 95,5 MIL EM DUAS AÇÕES E CAUSA INDIGNAÇÃO À PROVEDORIA

N

a tarde de ontem, a reportagem do jornal Folha do Sul compareceu à provedoria da Santa Casa de Caridade de Bagé, onde foi informada que a instituição recebeu duas multas, uma referente a autuação emitida pela Vigilância Sanitária Estadual, vinculada à 7ª Coordenadoria Regional de Saúde (7ª CRS), aos serviços de alimentação – no valor de R$ 20 mil -, e outra relativa a notificações diversas, também pela Vigilância Sanitária, no valor de R$ 75,5 mil. De acordo com a fiscal sanitária da 7ª CRS, Cecília Angélica Fritsh, a primeira multa é relativa a problemas encontrados nos serviços de alimentação. “São problemas antigos do hospital, que, desde 2015, nós acompanhamos durante várias inspeções, e que só começaram a ser resolvidos a partir de 2017. Acabou chegando a este ponto devido à tramitação dos processos”, declarou. O provedor da instituição, Airton Lacerda, manifestou revolta: “Nós estivemos em reunião em 16 de novembro com representantes da 7ª CRS e Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP), quando nós respondemos a todas as questões relativas a problemas de infraestrutura e recebemos prazo para adequações. A cozinha está em obras, conforme exigências da Vigilância Sanitária. Estamos dentro do prazo combinado (120 dias, a partir da data da reunião) para concluir as intervenções. A própria 7ª CRS manifestou a intenção de não autuar o hospital antes que se completassem as adequações e fosse feita nova vistoria. Agora, acontece isso. Para nós, é uma medida de caráter arrecadatório e irresponsável, pois o que foi exigido estava sendo feito e estava

João A. M. Filho

Autuação foi emitida mesmo com as obras da cozinha em andamento

dentro do prazo. Essa multa não é admissível. Somente uma interdição feita ano passado – relativa à furadeira óssea utilizada na traumatologia em substituição a duas que estavam em manutenção - fará com que a Santa Casa deixe de receber mais de R$ 500 mil ao ano, a partir da nova contratualização fechada em novembro”, protestou. Conforme a assessora jurídica da procuradoria do hospital, Cristiane Zago, o hospital vai recorrer da autuação: “Este caso está resolvido. A obra foi protocolada junto a 7ª CRS, aprovada, está em andamento, foi apresentada ao MP em reunião e está dentro do prazo”. A Santa Casa tem 20 dias para apresentar recurso. A segunda multa, de R$ 75,5 mil, refere-se a diversos problemas estruturais e de serviços hospitalares que foram apontados em 2016 pela Vigilância Sanitária. O prazo para recurso é de 15 dias e também faz parte do acordo firmado entre MP, 7ª CRS e Santa Casa. “O valor da multa foi estipulado por se tratar de caso considerado

grave, em razão da reincidência de anos anteriores, quando o hospital não fazia o necessário para adequar-se. Neste caso, ainda cabem dois recursos junto a 7ª CRS e ao Estado”, afirmou Cecília. Lacerda completou, ao afirmar que “o Estado não cumpre com sua parte na contratualização. Nós estamos atendendo as exigências, mesmo com as graves dificuldades financeiras enfrentadas pelo hospital, e o Estado, ciente de todos esses problemas, toma uma medida arbitrária e sem base para autuar por questões passadas, algumas até já solucionadas. Em suma, estamos sendo julgados por pendências que já resolvemos e isso vai prejudicar a instituição e a comunidade de Bagé”, frisou. Em resposta, Cecília lamentou a situação: “Faz parte do rito processual e não temos autoridade para desautorizar a multa, mesmo com o problema já resolvido, dentro do prazo, ser de nosso conhecimento. Sabemos que os prejudicados são os pacientes, mas o hospital pode recorrer”.


6 FOLHA DO SUL

Presidente da ABCCC projeta 2018 para a raça Crioula O presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Eduardo Moglia Suñé, destaca que a expectativa para a raça, neste ano, é de que novos recordes sejam batidos em participações nas modalidades esportivas. Embora com a crise econômica e política, Suñé informa que, desde a Expointer, passando pelas credenciadoras ao Freio de Ouro e outras provas esportivas realizadas na sequência, os números registrados estão acima da média.

Para o dirigente, a grande quantidade de animais participando dos eventos da raça reflete a perspectiva. “Este é um ano que iniciamos com bastante otimismo e será belíssimo para a raça, com desenvolvimento, crescimento e liquidez. Vamos trabalhar com bastante foco e qualidade de eventos. Em 2017, houve um impressionante crescimento no laço e na paleteada e esperamos um crescimento nas nossas modalidades esportivas novamente”, salienta.

Em relação ao mercado, o dirigente avalia que o ano de 2017 surpreendeu positivamente pela liquidez. Lembra que os preços tiveram adequações em relação aos outros anos, o que é normal perante a crise, mas com bastante demanda, principalmente, por criadores e usuários do centro do país. “Em 2018, vamos dar sequência, também, à expansão da raça, especialmente nas regiões centro e norte do país, mobilizando os núcleos, fazendo com que a raça cresça, a exemplo do que fizemos em 2017”, observa. Os eventos como as classi-

ficatórias ao Freio de Ouro e as exposições Passaporte para a morfologia vão mobilizar criadores em pelo menos oito estados brasileiros e o Distrito Federal. O ano de 2018 também será marcado pelo evento da Federação Internacional dos Criadores de Cavalos Crioulos (FICCC), considerada a “Copa do Mundo” do cavalo crioulo, que ocorrerá de 14 a 20 de maio, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Estamos realizando reuniões com os países participantes e temos uma grande expectativa para esse evento”, destaca o presidente da ABCCC.

Avaliação

Fagner Almeida/Especial Folha do Sul

Suñé destaca expectativas para segmento

Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

RURAL

Francisco Bosco

AGROVINO DEFINE OS VENCEDORES DO CONCURSO DE CARCAÇA DE CORDEIRO

A

Agrovino, em sua 10ª edição, movimenta o parque Visconde de Ribeiro Magalhães até o final de semana. A atividade que inaugura o calendário oficial de eventos de ovinos de verão do Rio Grande do Sul tem destacado o trabalho em genética dos criatórios que participam da feira. Organizada pela Associação Bageense de Criadores de Ovinos (Abaco), Associação e Sindicato Rural de Bagé, com apoio da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos, Prefeitura de Bagé, Emater, Embrapa Pecuária Sul, Secretaria de Desenvolvimento, Econômico, Ciência e Tecnologia, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Câmara de Vereadores de Bagé, tem um total de 308 animais inscritos e, conforme os organizadores, a qualidade dos exemplares é inquestionável, tanto dos que passam pelo julgamento de raças, quanto dos inscritos no concurso de carcaças. No concurso de carcaças, participaram 18 animais, de três proprietários, que foram divididos em seis lotes, julgados pelo médico veterinário Diego Brasil. Os grandes vencedores foram: Estância São Francisco, Cabanha Don Julião e o criador José Francisco Navarro.

PREMIADOS Melhor lote raça pura: 2, raça Romney Marsh, de de Manoel e Renato Rossell Sarmento, Estância São Francisco Reservado melhor lote raça pura: 5, raça Corriedale, de Geraldo Brossard Corrêa de Mello, Cabanha Don Julião Melhor lote cruzas: 4, de José Francisco Navarro Melhor carcaça: 5 do lote 2, raça Romney Marsh, de Manoel e Renato Rossell Sarmento, Estância São Francisco, 21,8 Kg. Segunda melhor carcaça: 15 do lote 5, raça Corriedale, de Geraldo Brossard Corrêa de Mello, Cabanha Don Julião Carcaça de maior peso: 4 do lote 2, raça Romney Marsh, de Manoel e Renato Rossell Sarmento, Estância São Francisco, 23,2 Kg

Julgamentos e remate Pela programação da Agrovino, ontem ocorreu a mostra de borregas, atividade proposta pela Emater/RS-Ascar. A atividade ocorreu ao longo do dia. Também foi destaque, ontem, o julgamento de classificação de todas as raças a

galpão e rústicos e o julgamento de classificação e grande campeonato de fêmeas da raça Corriedale. À noite, além do coquetel da Associação Brasileira de Criadores de Corriedale, ocorreu o remate de fêmeas “Elite Genética Corriedale”.

PROGRAMAÇÃO Hoje 9h – Julgamento de classificação dos grandes campeonatos de todas as raças, animais a galpão e rústicos 14h – Assembleia geral da raça Corriedale – ABCC 15h – Remate de rebanho geral, e, na sequência, leilão oficial da 10ª Agrovino


Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

FOLHA DO SUL 7


8 FOLHA DO SUL

SOCIAL

Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

MARCELLE CEOLIN Coluna Social Pra renovar o closet! A Maria La Teja anuncia megaliquidação. Toda loja com 50% de desconto. Lembrando que oferece marcas exclusivas como Santa Lolla, Charry e Sly!

Sair da nossa zona de conforto é uma das melhores formas de evolução pessoal e profissional. Com esta frase me despeço deste espaço – mas continuo semanalmente com vocês através do Caderno Contemporâneo. Agradeço à nossa diretora, Leisa Soria, pelo convite para assumir esta editoria durante as férias do colega Marcos Pintos. Foi uma experiência muito bacana e engrandecedora... e como tudo, o olhar de fora muda quando temos uma visão diferente de dentro, de fazer parte. Sempre bom quando estamos abertos ao novo!

Rinaldo Carvalho e Alessandra dos Santos com a new generation: Isadora, Henrique, Luana e Maria Júlia

Vem pra Santa!

Andrea Bueno e Leonardo Bittencourt em Punta del Este

99934 3080 / 3312 1766

Pacotes com Fotos, Vídeo, Cabelo e Maquiagem para: Formandos, Noivas, 15 anos, Gestantes...

99135 4446 / 3247 5826

Ligue agora e agende

cristianolameirafotografia Rua: Juvêncio Lemos, 698

Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Logo mais, das 20h30min às 23h30min, todos são convidados a curtir o happy hour que acontece na Vila de Santa Thereza com música ao vivo - show ao ar livre com Daniel Perez, cerveja gelada e pastel na cantina, feira de arte e artesanato, e brique com peças retrô. A entrada é franca, só levar cadeira e todos são convidados a curtir o pôr do sol. A realização é da Associação Pró-Santa Thereza com apoio da Secult e Padaria Continental!

Peças promocionais Strelitza! A loja está com descontos de 50% à vista, 40% no crédito para 30 dias e 30% parcelado em 3x em todos os cartões em diversas peças das marcas Farm, Canal, Letage, Coca-Cola e sapatos Schutz e Ana Capri! Vale a pena conferir!

A linda Suzane Rau, uma das modelos da primeira edição do Bagé Summer Collection, aterrissou em Nova York, para temporada de dois anos de estudos

A cirurgiã-dentista Maiara Costa foi uma das ganhadoras da promoção Investimento Premiado Unicred. A sortuda ganhou uma viagem com acompanhante para Cancun!

Extraordinário

Este é o título – em cartaz no Cine 7 - que vem lotando as salas de cinema e arrancando muitas lágrimas dos espectadores. Protagonizado por Julia Roberts, Owen Wilson e Jacob Tremblay, o filme retrata a vida do garotinho Auggie Pullman, que nasceu com uma séria síndrome genética que o deixou com deformidades faciais, fazendo com que ele passasse por diversas cirurgias e complicações médicas ao longo dos seus poucos anos de vida. Com a ajuda dos pais, o menino procura se adequar a uma nova rotina quando ingressa, pela primeira vez, em uma escola convencional – passando por preconceito, emoção e superação! #ficaDica

Capa de revista a foto de Tâmi Centena e Émerson Garcia na República Dominicana

FOLHA DO SUL 9

SOCIAL


Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

HORÓSCOPO www.coquetel.com.br

A discussão do último mês está voltando. Este é o momento de estabelecer as suas condições de forma clara.

LIBRA

23/09 a 22/10

Novas atividades de lazer vão lhe dar a oportunidade de florescer. Suas amizades vão estar pesentes hoje. Seria bom fazer uma pausa.

ESCORPIÃO

23/10 a 21/11

I E

F

A

I

I

S

E

R

P

E O

S H S

S O O S

T

F

S

R O A

E

T

• “Nós aceitamos o amor que acreditamos MERECER” (“As Vantagens de Ser Invisível”).

L

A

R O C

E G R A

F

S

I

R

R A G O R

R A

I

I

C D O D R

P

L

F

A M H

E

S O E

I

R

E

S

S N F

F

L

• “As nossas DIGITAIS não se apagam na VIDA das PESSOAS que nós tocamos” (“Lembranças”);

I

T

duas VEZES” (“Lisbela e o Prisioneiro”);

F

S N O Ç

R O E

C A G E H B O T

• “Vamos PARAR por aqui, assim teremos apenas lembranças BOAS do que vivemos” (“Doce Novembro”);

R O L M S C

A H D A O Y

F

B H C

S

L

D N G R C

I L

Y R

E

I

I

L

N A

I

T

C

T D H

E

S

E

T

F N R A M O R

I

T

C

R

A

S

M D T

S

C N O P

O N A

B

E

C

A

E N T G N M B

R

E

Z

I

F

T

A N A

S

I

T

I

V O O M S

F

E

E G O R

F

I

F

T

Y

T

I R A

S

T w C O C A

T

T D A C

S

T

L O E O O

E M R

Solução

27

27

T

C A H N R T L N M E R E C E R N

K

aren se recusa a dançar na Casa de Senet e Ahmós a ameaça. Moisés diz para Joquebede e Miriã que não será fácil convencer Ramsés a libertar os escravos. Oseias se mostra preocupado com a saúde de Ana. R A

A S H C F D A T L O E O O

R N

I

I

E

O R E P L

T O R

C

I

E

E E T V

R

O E S F D H E T Y F S O F R E R A E M R T L

F

N G Y D P P D H

E

R E T A

M G A B

J O G A R D M I

I

P D H

T E C F S Y R A T

E

D D R V A S

I

F D A

T S

R

I

S O F

E F S F

N G Y D P

I M D T A

I

O N A

M G A B T D A C T w C O C A T R E G O R T R

O G A R D M

I

E P T

S H C

A E C S T D H

I

F

I

C A G E H B O T

A

F E

I

I

I

I

Y

F F

R E C N O P

J

T O R

I

S

I

S

D D R V A

V

V O O M S A N A T L T S N F E E L A S R E O

I

T

S H S T

E N T G N M B R O E F S O E A M H

F D H E

T

F S O O S F

S

I

E

E

N A F N R A M O R

osé Augusto e Maria Vitória se abraçam. Vicente mostra a Conselheiro as alianças de casamento. Celina pede que Pepito seja mais tolerante com Alzira. José Augusto revela a Maria Vitória que Inácio está vivo. O E

I

B H C F R O C

L N M E

21/02 a 20/03

Z B S S C

I

Solução

PEIXES

O excesso de indulgência na mesa está causando aumento de peso. Modere-se, você precisa eliminar certas coisas e fazer exercícios.

D N G R R L C L P R A

J T

Guarde qualquer discussão séria para outro dia. Seria bom fazer algum exercício e tomar um pouco de ar fresco.

E C D O D R S L R O A T

C A H N R

21/01 a 20/02

I

I

I

AQUÁRIO

E Y

I

L

O calor das pessoas ao seu redor será muito gratificante. Não se isole. Aproveite o máximo de hoje, tomando muitas vitaminas.

S A H D A O Y F

2º PRÊMIO 02 08 13 23 25 33

P

CAPRICÓRNIO 22/12 a 20/01

F R O L M S C S N O Ç R A G O R E G R A S E

QUINA 4577 31 55 67 72 75

DUPLA-SENA 1741 1º PRÊMIO 18 34 35 39 44 48

E

SAGITÁRIO 22/11 a 21/12 A união faz a força e você vai descobrir isso. É hora de buscar apoio confiável. Deixe de lado formas negativas de pensamento.

• “Nós aceitamos o amor que acreditamos MERECER” (“As Vantagens de Ser Invisível”).

V

irgílio agride Afonso, deixando-o ainda mais debilitado. Rodolfo decide se preparar para assumir o trono, mas seu desempenho na Academia Militar é decepcionante. Catarina sente que Constantino compartilha de suas ideias.

O R

Sua visão a longo prazo está se tornando mais clara e você tem coisas que irritam em melhor perspectiva.Você controla melhor suas emoções.

• “Vamos PARAR por aqui, assim teremos apenas lembranças BOAS do que vivemos” (“Doce Novembro”);

G

Enfrente as coisas com a cabeça, você não vai se arrepender! Sua energia crescente vai fazer você querer compartilhar com os outros.

• “As nossas DIGITAIS não se apagam na VIDA das PESSOAS que nós tocamos” (“Lembranças”);

D

23/08 a 23/09

S O G I M A

VIRGEM

• “Lembrar do PASSADO é SOFRER duas VEZES” (“Lisbela e o Prisioneiro”);

LOTOFÁCIL 1610 03 06 07 09 10 11 13 14 16 17 19 20 21 22 24 MEGA-SENA 2003 28 34 40 43 50 51

H I S T O R I A

Você está alternando entre sonhar acordado e a necessidade de ação. Este refrão está tornando você indescritível hoje.

• “AMIGOS entram e saem de nossa vida como GARÇONS em restaurante” (“Conta Comigo”);

LOTOMANIA 09.01.18 03 05 06 10 12 16 18 21 32 38 40 44 49 50 53 61 72 77 85 93

S E Z E V

22/07 a 22/08

• “Você não sabe o que é AMOR, porque não entende o que é COMPROMISSO” (“Closer – Perto Demais”);

• “O que adianta todas as VITÓRIAS, se você não tem com quem dividir?” (“De Pernas para o Ar”);

LOTERIAS

FEDERAL 10.01.2017 1º 46309 2º 57549 3º 21052 4º 68651 5º 38309

R E G R A S A O S S R E E P D R R E A P H L O E R

LEÃO

• “Não deixe de JOGAR por ter MEDO de PERDER” (“A Nova Cinderela”);

O R S O I S A S B T I O I M A G O I R D P M O M E R E C

Sua autoconfiança irá encontrar razão para crescer. A verdade vai vir tranquilamente sobre alguém que você conhece.

• “A HISTÓRIA é feita por aqueles que quebram as R E G R A S ” (“Homens de Honra”);

D

uda termina sua conversa com Patrick. Samuel tenta fazer um acordo com Suzy, mas ela o abandona. Renato se insinua para Clara. Gael vê Renato deixar a casa de Clara e vai ao encontro de Aura.

- Extraordinário [DUB] 20h30min

R E R

21/06 a 21/07

• “Por vezes, a melhor RÉPLICA é o SILÊNCIO” (“Memórias de uma Gueixa”);

S N O Ç R A I R C P A N A M R E S A L S P I A A S D O S J O G A R S O F I A S

CÂNCER

• “Para conseguir o que quer, você deve OLHAR além do que você vê” (“O Rei Leão 3);

T O R I C A

21/05 a 20/06

Você está à vontade e confortável com você mesmo e ainda mais em sintonia com seu corpo. Mantenha o entusiasmo.

PROGRAMAÇÃO - As Aventuras de Tadeo 2: O Segredo do Rei Midas [DUB] 18h30min

Frases de filmes

21/04 a 20/05

Você se sente sob a pressão das exigeências que estão sendo feitas em torno de você. Não deixe isso te jogar fora do curso.

GÊMEOS

Procure e marque, no diagrama de letras, as palavras em destaque no texto.

I

TOURO

© Revistas COQUETEL

V

21/03 a 20/04

RESUMO DE NOVELAS

CAÇA-PALAVRA

V I R E P L

ÁRIES

Jesus Adriane Pinheiro João Carlos Almeida Márcio Vinícius Garcia Marli Frick Tiago Pasini Ferreira

Ângela Ramos Guimarães Bárbara Teixeira Daniel da Silva Simom Henrique Madruga Jéferson Luís Leal Borges

ANIVERSÁRIOS

ENTRETENIMENTO

M E D O

10 FOLHA DO SUL

S E Z E V

M E D O R

H I S T O R I A

E V

V P

I

I L

S O G I M A

D

T I

A S N O I R C A N R E A L P I S

A

A

O G

I

J

O R C A

Ç R A

F

G

R E

R

B

R

M E

P A M O R S S A D O O A S

R S O S

E

R O S S I M O R P M O C

G R

S I A T I G I D

E

A

R E D R E P

E

S A O S S E P

R R A H L O


Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

FOLHA DO SUL 11

Proibição do trânsito de carga em dias de chuva

GERAL

PRODUTORES QUEREM VETO A PROJETO DE LEI SOBRE USO DE ESTRADAS RURAIS Fotos: João A. M. Filho

E

m reunião realizada na manhã de ontem, na Associação e Sindicato Rural de Bagé, aproximadamente 150 produtores de Bagé e região solicitaram ao Executivo o veto ao projeto de lei 278/2017, que determina a proibição do trânsito de cargas durante períodos chuvosos nas estradas do interior. A reunião foi conduzida pelo presidente da Associação e Sindicato Rural, Rodrigo Moglia, e contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Rural, Cleber Carvalho. Moglia destacou a necessidade de coesão e participação dos produtores de Bagé junto à classe política. “Temos demandas relativas à aplicação da lei sobre a proibição de gado solto nas estradas, pois queremos mais fiscalização. Também pedimos ao prefeito a destinação de mais verba para a secretaria conduzida por Carvalho (SDR), pois os recursos são poucos para a principal fonte de desenvolvimento para Bagé. Ainda precisamos com urgência da liberação das cascalheiras existentes no município e a abertura de novas áreas de extração, pois é o principal material que mantém a integridade da pista”, ressaltou. Carvalho apresentou relatório da atuação da secretaria no ano passado e explicou as razões da necessidade do projeto de lei: “Caso o prefeito aprove e o projeto se torne lei municipal, a regra abrange tão somente as vias que já estejam em condições de receber trânsito, pois sabemos que muito há de se fazer ainda. Temos tempo hábil para normatizar e aprimorar a regulamentação. Por isso viemos colher ideias para melhorar a proposta”, declarou.

Presidente da entidade e secretário debateram tema na manhã de ontem

Os produtores, em maioria, rejeitaram a proposta aprovada na Câmara de Vereadores em 27 de dezembro, por não ter havido tempo para discussão acerca dos aspectos do projeto de lei. Um dos produtores presentes, João Ferreira, durante a rodada de perguntas, respostas e sugestões, elogiou o trabalho do secretário municipal, mas fez a ressalva: “Faltou diálogo. Por isso, somos contrários à proposta. O produtor não pode ser penalizado”,

afirmou. Por sua vez, o coordenador do setor de leis da Secretaria de Gestão, Planejamento e Captação de Recursos, Guilherme Carrion, explicou que, devido ao recesso legislativo, mesmo que o projeto de lei seja sancionado, as regras entrariam em vigor somente na metade do ano. “A medida não abrange todas as estradas, pois a prefeitura não pode cobrar dos produtores em locais onde não atuou”, detalhou.

Conforme as conversações entre as partes, as propostas do grupo seriam apresentadas ao prefeito Divaldo Lara, em reunião agendada para as 18h de ontem. As proposições são: solicitação de veto ao projeto de lei que proíbe o trânsito de carga em dias chuvosos e a formação das comissões das estradas municipais. Tais comissões seriam formadas por produtores que utilizam as rotas de escoamento da produção no interior e indicariam um representante, que manteria contato direto e constante

com Carvalho e as equipes da SDR, para indicar as vias que mais precisam de reparos e outras questões de infraestrutura viária. “Não nos negamos a ajudar e, muitas vezes, pagamos de nossos próprios bolsos a manutenção das estradas que utilizamos. O que queremos é uma alternativa a esse projeto de lei, por isso queremos a formação das comissões”, disse o produtor André Bordim. Até o fechamento desta edição, o resultado da reunião entre prefeito e produtores ainda não havia sido divulgado.

Contraproposta

Reunião contou com presença de produtores locais


12 FOLHA DO SUL

Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018


Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

FOLHA DO SUL 13

GERAL Emerson Sabedra / Especial FS

Leilão, tradicionalmente, conta com expressivo número de animais

FEOVELHA JÁ TEM QUASE TRÊS MIL OVINOS PARA O REMATÃO

F

altam poucos dias para o início da 34ª Feira e Festa Estadual da Ovelha, a Feovelha. Conforme o presidente do Sindicato Rural de Pinheiro Machado, Gabriel Camacho, a entidade está organizando os últimos detalhes para a realização do evento. “Em termos de infraestrutura do parque, estamos com os trabalhos praticamente prontos. O pavilhão da indústria e comércio está com as vagas quase encerradas para as lojas e artesãos que irão expor seus produtos. Também estão confirmadas as presenças de empresas que atuam no ramo da venda de veículos, máquinas e implementos agrícolas”, destaca o dirigente. Com uma programação

mais enxuta e voltada principalmente para a comercialização de animais, a Feovelha terá, no dia 26, a sua inauguração oficial e para o principal evento de vendas de ovinos, o chamado Rematão, a diretoria projeta um total de mais de três mil animais em pista. “Até o momento já temos quase três mil ovinos inscritos para serem vendidos no Rematão. Então, nossa estimativa é de que esse número possa chegar até quatro mil, quem sabe mais”, analisa Camacho. Em virtude dos riscos de não ser realizada, a Feovelha deste ano é fruto de uma união de entidades vinculadas ao segmento rural e poderes como o Executivo e o Legislativo, tanto do município, quanto do Estado.

“Em função de a Feovelha ser tradicional para a ovinocultura gaúcha e brasileira, as pessoas ficaram muito preocupadas porque, com a crise econômica, ela corria risco de não acontecer. Então foram somadas forças políticas e do setor em prol da Feovelha. Dessa forma, garantimos a continuidade dela”, enfatiza. Camacho ainda destaca que não será cobrado ingresso no parque Charrua. “A entrada será franca e quem ficará na portaria será a equipe que, de forma voluntária, solicitará doações para o hospital do município, mas sem a obrigação de cobrança. Convidamos toda a comunidade a prestigiar o nosso evento”, encerra o dirigente. A Feovelha acontece de 25 a 27 deste mês.

Construtoras iniciam obra de novos residenciais

De acordo com informações do governo municipal, as empresas responsáveis pela construção dos novos residenciais do programa Minha Casa, Minha Vida, Michelon Construtora e Incorporadora e Dallé Construtora, iniciaram os trabalhos, tanto no bairro Morgado Rosa como na avenida Espanha, locais onde serão construídas as unidades. O empreendimento deve beneficiar mais de 1,1 mil famílias. Nesta ação inicial, as empresas têm como primeira etapa a limpeza

da área e, sem seguida, a terraplanagem. A previsão é de que a obra seja concluída em 18 meses, com parte da mão de obra local. As empresas também devem comprar a maior parte dos materiais de construção no comércio local, atendendo a uma solicitação direta do chefe do Executivo, Divaldo Lara, num esforço para movimentar a economia local. O total de investimento dos dois empreendimentos é de R$ 83 milhões.


14 FOLHA DO SUL

Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

SEGURANÇA Ontem, uma mulher de 55 anos compareceu, na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA), para registrar uma ocorrência de roubo a pedestre, na rua Carlos Mangabeira, na quarta-feira, por volta das 18h. Segundo o boletim de ocorrência, a mulher estaria caminhando em via pública quando um indivíduo teria surgido repentinamente e a agarrado pelo pescoço. Consta que, quando

a vítima levantou o braço para tentar se defender, o homem pegou sua bolsa e saiu correndo em direção à rua Antenor Gonçalves Pereira. O caso foi encaminhado para investigação da equipe da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec). A vítima relatou que, na bolsa, estava um aparelho celular, todos os documentos e cartões bancários.

Contêiner arrombado e diversos equipamentos levados Na manhã de quarta-feira, um homem compareceu, na Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA), para registrar que foi alvo de furto no bairro Popular. Conforme o registro, a vítima trabalha como pedreiro e teria alugado um contêiner para guardar os materiais utilizados no trabalho. Porém, segundo o boletim de ocorrência, durante a noite, indivíduos cortaram quatro

cadeados e a corrente que trancava o equipamento. Consta que os indivíduos levaram uma serra circular, dois marteletes, uma furadeira, uma serra-mármore, um carrinho de mão, uma caixa térmica azul, um fogão de duas bocas, um galão de verniz e duas extensões. A vítima não possui suspeitos. O caso será investigado pela equipe da 2ª Delegacia de Polícia.

Homem agride vizinha Ontem, por volta das 13h, uma mulher de 30 anos comunicou, na DPPA, que foi agredida fisicamente por um vizinho, no bairro Estrela d’Alva. A agressão teria acontecido no início da manhã. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava em

frente a sua casa quando o homem teria dito que ela não podia colocar cascote no local. A mulher teria respondido que a casa era dela, portanto, iria fazê-lo. Nesse momento, o acusado teria se aproximado e desferido um tapa em seu rosto. A vítima manifestou o desejo de processar o vizinho.

Casa é alvo de furto na José do Patrocínio Uma mulher comunicou, na DPPA, que sua residência, localizada na avenida José do Patrocínio, está sendo alvo de arrombamento seguido de furto seguidamente. O caso será investigado pela equipe da 2ª Delegacia de Polícia. Conforme o registro, no DO SUL

sábado, teriam furtado um botijão de gás do pátio de sua moradia. Já na quarta-feira, teriam arrombado uma cozinha que fica independente do restante da casa e funciona também como depósito. Do local, levaram uma escada articulada e alguns utensílios.

32421020

O

governador José Ivo Sartori sancionou, ontem, uma série de medidas que, segundo ele, buscam modernizar a estrutura das instituições da área da segurança pública no Rio Grande do Sul. O conjunto de 18 projetos de lei (PLs) foi encaminhado pelo governo do Estado para a Assembleia Legislativa em novembro do ano passado. Entre os PLs aprovados pelos deputados estaduais estão a isenção de ICMS para compra de veículos e equipamento; a criação do Fundo Comunitário Pró-Segurança; as normas de segurança para estabelecimentos bancários, as ações de ampliação de efetivo e o reaproveitamento de servidores. As mudanças foram propostas após um ano de diagnóstico e estudos de viabilidade feitos pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) e suas corporações: Brigada Militar (BM), Polícia Civil (PC), Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBM-RS), e Instituto-Geral de Perícias (IGP). Para o secretário da Segurança Pública, Cézar Schirmer, os projetos são relevantes e baseiam-se na compreensão de que o Estado vive dificuldades financeiras, geradas ao longo do tempo, e da indispensável necessidade de suprir as carências na área da segurança pública. “Precisamos enfrentar os problemas com determinação e coragem. Está cada vez mais presente na consci-

Karine Viana/EspecialFS

Mulher é assaltada durante GOVERNADOR SANCIONA 18 PROJETOS DE LEI NA ÁREA DA SEGURANÇA PÚBLICA a tarde no centro

Para Schirmer, medidas suprem carências

ência do mundo empresarial, do mundo comunitário e dos cidadãos que o enfrentamento da segurança e da violência não é uma atividade exclusiva da Secretaria da Segurança e das instituições a ela vinculadas”, destacou. Entre as ações que vão resultar dos projetos sancionados, Schirmer citou o reaproveitamento de servidores e o chamamento de aposentados para algumas atividades. “Precisamos fortalecer a atividade-meio, não com aqueles que deveriam estar na ponta da atividade de segurança pública. E esses projetos vão fazer com que isso aconteça”, garantiu. A criação do Fundo Comunitário Pró-Segurança foi lembrada pelo secretário como uma medida que vem para somar esforços.

Segundo Schirmer, um grupo de empresários de Porto Alegre reuniuse para doar cerca de R$ 10 milhões para a SSP. Parte desse recurso será encaminhada para tal fundo e será destinada para a compra de armas e equipamentos. “Esse é um trabalho de parceria, de colaboração e de construção coletiva”, salientou. O projeto que regulamenta a segurança interna de instituições bancárias também foi citado como essencial, “não para a segurança pública, mas para a segurança das suas instalações, do seu patrimônio, dos seus clientes, dos seus servidores e da sua segurança interna”, ressaltou. Segundo dados da SSP, o Rio Grande do Sul, no ranking dos estados brasileiros, é o 20º em atentados a bancos, na proporção do número de agências.

ÓBITOS Adiva Jardim, 101 anos, costureira aposentada, divorciada. Residia na Vila Vicentina. Não deixa filhos. Márcio Alex Oliveira Brasil, 42 anos, auxiliar chapista, solteiro. Residia na avenida Itália. Deixa os filhos Isabele e Bernardo.


Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

FOLHA DO SUL 15

ESPORTES por Yuri Cougo Dias

Fotos: Suélen Delabari/EspecialFS

PEDRITENSE INTEGRA SELEÇÃO DA GUINÉ EQUATORIAL

S

Fotos: Arquivo pessoal

ão vários os atletas formados na região que alcançaram expressivos resultados no futebol. Contudo, nenhum tinha tomado caminhos tão alternativos como Diouzer da Cruz dos Santos, 31 anos, conhecido como “Dio”. Nascido em Dom Pedrito, o meia-esquerda tem no currículo mais de 20 convocações pela seleção de Guiné Equatorial, a contar eliminatórias para a Copa do Mundo e amistosos. Entre as partidas, a que mais o marcou foi o confronto diante da Espanha, garimpada por ter, no elenco, craques como Iniesta, Piqué, Busquets, Xabi Alonso, Pedro e Sérgio Ramos. A oportunidade de vestir a

camisa do país africano surgiu em 2013, numa passagem pelo Gabes, da Tunísia. “Recebi o convite de um treinador brasileiro para me naturalizar. Ele me mostrou o projeto e eu aceitei. Joguei eliminatórias para copa de 2014, no Brasil, mas não nos classificamos. O que mais me marcou foi atuar contra a seleção da Espanha, em 2014, contra vários jogadores de alto nível”, salienta. A última convocação de Dio foi um amistoso, em junho de 2017, contra a seleção de Benin. O intercâmbio com a Guiné Equatorial fez com que o pedritense conhecesse lugares que jamais imaginaria visitar, como Serra Leoa, Camarões, Costa do Marfim, Cabo Verde e Nigéria.

A convocação não trouxe apenas felicidade para a vida de Dio. O ano de 2013 foi marcado por impasses. Após participar de alguns jogos pela Guiné Equatorial, o pedritense contraiu malária. Ele e outros dois brasileiros – Danilo e Rincón que, inclusive, morreu posteriormente. Ao voltar de viagem, sentiu uma série de sintomas originados pela doença. Com o diagnóstico confirmado, o meia precisou ficar afastado das “quatro linhas”. Em 2014, Dio retorna aos gramados e passa a vestir a camisa 10 do país, número reverenciado por ser o do craque

da equipe. Outro impasse vivenciado por Dio foram as condições de vulnerabilidade social, por grande parte da população africana. “Tenho a experiência de conhecer outras culturas e realidades de vida, como a pobreza de muitas pessoas nos países africanos. Tem muita diferença em relação ao Brasil. Quando falamos em passar fome é porque nunca vimos a real situação, principalmente das crianças de lá (África) que já nascem, muitas delas, infelizmente, desnutridas e sem expectativas de vida”, frisa.

Malária e pobreza

Irmão inicia carreira

Diego assinou primeiro contrato profissional

Se por um lado Dio tem uma trajetória consolidada no esporte, o irmão, Diego Cruz dos Santos, 21 anos, conhecido como “Pulguinha”, começa a traçar sua carreira. Ele conta que fechou seu primeiro contrato profissional, em 2016, no clube 7 de Setembro, de Dourados (Mato Grosso do Sul), onde foi campeão estadual, junto a Dio. Em 2017, atuou pela Águia Negra, no mesmo Estado. Para 2018, permaneceu na equipe para o campeonato sul-matogrossense. Com residência fixada em Dom Pedrito, os irmãos carregam o desejo do pai, Aírton César dos Santos, de proporcionar um futuro melhor aos jovens que vivem em vulnerabilidade. “Nosso pai morreu inesperadamente em 2017. Ele tinha um projeto em que levava ações

Grupo viaja hoje

Construindo um Futuro participa da 13ª Copa Cidade Verde Diouzer atuou contra Espanha

Currículo Sobre a carreira nos clubes, Dio começou a trajetória profissional no Camboriú, de Santa Catarina, entre 2004 e 2007. Após, passou por Guarani de Palhoça (2007), Atibaia (2007), Itapirense (2008), Coruripe (2009 e 2010), Red Bull Brasil (2009), CRB (2010), CSA (2011), Anapolina (2011), Campinense (2012), Mixto (2012), Águia Negra (2013), Gabes, da Tunísia (2013), Quindío, da Colômbia (2013), Maghreb Fes, Tunísia (2014 e 2015), 7 de Setembro (2016) e Bahia da Feira (2017). Em 2018, acertou com o Rio Preto, para a série A-3 do Paulistão. “Meus planos são fazer um bom campeonato, abrir mercado aqui em São Paulo e conquistar o acesso para a série A-2”, pontua. culturais e a prática de futebol e futsal para as crianças mais pobres. O Diouzer abraçou a causa. Quando não estamos em Dom Pedrito, tem um amigo que dá andamento ao projeto”, relata Diego. E assim prossegue a jornada dos irmãos, que vai dos campos da Capital da Paz até os gramados africanos.

Os atletas do projeto Construindo um Futuro, da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), viajam, hoje, para a 13ª Copa Cidade Verde. Cerca de 60 jovens disputam, nas categorias sub-11, 13 e 15, contra vários times, dentre eles, o Grêmio Portoalegrense. Na sub-11 e 15 há a parceria com a Arena das Estrelas, que cedeu jogadores ao plantel. O projeto Construindo Um Futuro é uma ação da Sejel que atende mais de 150 crianças e jovens em vulnerabilidade socioe-

Projeto é vinculado à Sejel

conômica. “Oportunizar para esses jovens a participação em grandes campeonatos, como o Cidade Verde, incentiva ainda mais a prática esportiva, diminuindo, assim, sua condição de vulnerabilidade social”, comenta o secretário João Schardosim. As aulas são gratuitas e ocorrem em turno escolar inverso. Os interessados em participar da escolinha podem buscar informações direto na secretaria, na avenida General Mallet, 700 (ginásio Militão) ou pelo telefone 3242 7122.


FOLHA DO SUL

Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

ASSINATURAS E ANÚNCIOS: 3242 1020 REDAÇÃO: 3311 3915

Jornal Folha do Sul, 12 de janeiro de 2018  
Jornal Folha do Sul, 12 de janeiro de 2018  
Advertisement