Issuu on Google+

Tradição há mais de quatro décadas, coleção de figurinhas de jogadores do Mundial ganha adeptos em Bagé Grupos, formados em sua maioria por adultos, reúnem-se aos finais de semana nas praças da cidade para realizar as famosas trocas Página 12

Fotos: Renata Lima

FEBRE DA COPA

CAMPANHA

Arrecadação de agasalhos para famílias carentes é marcada por mobilização Página 11

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 - Ano 4 - N° 1232

Disputa pela permanência na segundona encerrou com vitória alvirrubra: 1 a 0

Página 4

Renata Lima

Guarany vence Ba-Gua e se mantém vivo

POLÍTICA PMDB tem encontro hoje para determinar realização de nova eleição da Executiva municipal DESTAQUE Cabanha da Maya domina premiação do 10º Outono Angus Show de Esteio

Página 6

PARALELO Página 10 Confira detalhes da primeira edição do roteiro turístico Vinhos do Pampa Páginas 8 e 9

O Ba-Gua 415, disputado ontem, valia mais que apenas a vitória sobre o principal adversário. Guarany e Bagé buscavam a sobrevivência na segundona gaúcha. Quem perdesse estaria fora. O empate também não valia para nenhum dos dois lados. Por este motivo, ambas as equipes se postaram ao ataque. Mas, ao final, prevaleceu o empenho do elenco alvirrubro. Mesmo com o placar magro, 1 a 0, garantido com o gol de Cléber Oliveira, em um chute cruzado, o Guarany somou os três pontos necessários para se manter vivo na classificação. Página 15

SOLIDARIEDADE Lions realizam mutirão ofertando testes de visão e óculos para comunidade carente Página 10

SEGURANÇA Homem é detido no centro de Dom Pedrito após efetuar disparos com revólver Página 14

O TEMPO HOJE Bagé - RS

20º 7º

Sol com algumas nuvens. Não chove


SEGUNDA-FEIRA

2

19 de maio de 2014

OPINIÃO

ENQUETE

Internautas não acreditam que seleção é forte o suficiente para conquistar Hexacampeonato

O técnico da Seleção Brasileira oficializou, recentemente, a convocação de seus atletas para defender a camisa verde-amarela. Para avaliar a lista de Felipão, a FOLHA do SUL convocou o craque bageense e tetracampeão, Branco, para oferecer a sua avaliação. Então, perguntamos aos torcedores em nossa enquete: você acredita que a lista de Scolari é forte o suficiente para chegar ao Hexacampeonato?

Enquete da semana

Anunciado para tramitar na Câmara, um projeto pretende multar quem jogar lixo (seja uma embalagem plástica ou até mesmo uma bituca de cigarro) em áreas públicas da cidade. A multa mínima prevista é de R$ 263,82 e a máxima ultrapassa R$ 4 mil (caso de quem for identificado jogando resíduos em arroios, por exemplo). A proposta, aliás, foi espelhada em legislações adotadas em cidades como Rio de Janeiro e Porto Alegre. Você, concorda com esta iniciativa?

A opção “NÃO. Faltaram boas opções e atenção a nomes que jogam no Brasil” foi a preferida com 52.4% dos votos. Já a resposta “SIM. Os nomes são os melhores em sua posição e obedecem às exigências de um time competitivo” recebeu 47.6% da preferência.

SIM. Para mantermos nossa cidade limpa, infelizmente, é preciso adotar ações rigorosas. NÃO. De nada adianta existir multa, se o município não for capaz de fiscalizar de forma efetiva. www.jornalfolhadosul.com.br

Josias Borges

Descubra as debêntures

No mundo dos investimentos, uma alterna- investidores. Este movimento deve-se a uma tiva sempre a ser consultada são as debêntures. legislação recente, que criou as chamadas debênEsta modalidade de investimento se apresenta tures incentivadas, isentas de imposto de renda. a cada dia de maneira mais atrativa para os Vamos aos detalhes: 1 – São títulos emitidos por empresas não financeiras como Vale, Vivo, Petrobrás, etc; 2 – Por serem empresas não financeiras, não contam com a cobertura do Fundo Garantidor de Crédito, que para outros casos cobre investimentos de até R$ 250.000 por CPF, por instituição financeira; 3 – Por representar uma alternativa um pouco mais arriscada que outros investimentos, geralmente também paga mais, pois para captar precisa tornar-se mais atrativa; 4 – Atualmente, existe a modalidade incentivada, que conta com isenção de IR; 5 – Na maioria dos casos a remuneração é na modalidade inflação, ou seja, paga a inflação do período mais um cupom de juros, que na maioria das vezes é semestral; 6 – O objetivo de rentabilidade é sempre superar a Selic. Atualmente, a Selic está em 11% ao ano, ao passo que investimentos em debêntures devem remunerar melhor que isso; 7 – O valor mínimo para investimento costuma ser baixo, cerca de R$ 1 mil; 8 – Para resgatar, geralmente não há dificuldade na maioria dos casos. O resgate pode ser feito no vencimento ou a qualquer momento; 9 – Costumam oscilar de maneira bem semelhante aos demais títulos de inflação disponíveis no mercado, como as NTNs. 10 – Para comprar, o interessado deve estar cadastrado junto a uma corretora de valores que disponibilize produtos de renda fixa; 11 – Tecnicamente, é um produto de renda fixa pós-fixado, pois o investidor compra a debênture com promessa de rentabilidade e parte desta rentabilidade só será divulgada no momento de render: lembre-se que a inflação é o indexador, e a inflação oscila a cada mês.

Sérgio Meth

Ecologia No livro do Gênesis, na Bíblia, temos a passagem, após a criação do homem, em que são dadas, para o casal inicial e para as gerações vindouras, a Terra e seus habitantes, para uso e desfruto. Algumas páginas adiante, temos o capítulo de Noé, onde a maldade do homem, ou seja, a destruição do meio ambiente (e também contra a própria espécie) é posta de maneira enfática. Na sabedoria dos antigos, é feita uma colocação de condenação da destruição da natureza e assim dos recursos naturais, teoricamente suficientes para sustentação da espécie humana, mas que usados de forma irracional seriam a fonte (negativamente pelo esgotamento destes recursos) de destruição da espécie que deveria ser a mais racional de todas. O Senhor Noé é posto claramente como um justo (do hebraico “tzadik”) no texto original, mas, de acordo com as traduções, este nome pode variar e ele é apresentado no texto como o primeiro defensor da ecologia, ao contrário dos seus conterrâneos, que apenas queriam destruir o ambiente e os seres ao redor para assim tomar proveito, sem limites, dos recursos naturais. Tirando as exigências de exatidão histórica dos que querem interpretar o texto ao pé da letra, temos uma profunda mensagem moral de defesa da natureza e de como o homem pode tirar vantagem da mesma sem agredi-la. Para aqueles que gostam de interpretar a Bíblia em cada palavra, podemos lembrar que muitos povos ao redor do mundo, incluindo tribos indígenas brasileiras, tem estórias semelhantes e que também existe uma camada de lama na região mesopotâmica que aparentemente coincide com o período do texto da Bíblia. Controvérsias a parte, a verdade é que se maltratarmos a Natureza de forma excessiva, a mesma acabara se voltando contra nós. Temos que fazer com que sejamos sócios e parceiros na mesma direção. Aqui no Brasil um grande caminho foi percorrido. As entidades governamentais são cada vez mais vigilantes e atuantes e a sociedade é também mais e mais consciente do problema. Mas ainda temos muito a fazer. Temos uma das maiores diversidades biológicas do planeta. Como exemplos deste ponto de vista, podemos dizer que mal fazemos ideia do número de medicamentos que podem ser descobertos nesta diversidade, o turismo ecológico está cada vez mais forte e assim por diante. Já vai longe o tempo em que se dizia com muita naturalidade que “poluição era sinônimo de progresso”. Numa terra de grandes florestas e ambientes ecológicos diversos, precisamos cada vez mais pensarmos na mensagem da passagem de Noé. Uma vez extinta uma determinada espécie, a não ser por um milagre, teremos perdido parte de nossa herança, e a nossa herança em termos de Natureza é com certeza uma bênção de Deus.

ANIVERSÁRIOS - Manuel Moraes Vidart - Diego Barcellos Bittencourt - Alamir Barreto Borges - Maria Antônia Umpierre Jorge - Naiara Marques Ferreira

- Flávio Rodrigues Figueira - Luíz Alberto Soares - Manuel Júlio Gularte - Parrazio Collares Neto - Leonardo Paixão

facebook.com/JornalFolhaDoSul

Direção

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado

Repórter Fotográfico: Cristiano Lameira - Tiago Rolim de Moura Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício -Edgar Muza - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos - Eurico Salis - Fernando Velloso

REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga - Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Cláudia Estagiária: Renata Lima Jardim Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues Diagramação comercial: Diego Almeida Revisão: Stela Vasconcellos Reportagem: Gilmar de Quadros - José Higino Diagramação: Cristiano Lameira e Vinícius Silva Gonçalves - Juliana Andina - Marcos Pintos - Niela Bittencourt - Stela Vasconcellos - Marcelle Ceolin - Émerson Sabedra


Indicadores econômicos INDICADORES Salário Mínimo Salário Regional TJLP SELIC IGP-M

VALAR ATUALIZAÇÃO R$ 724,00 2014 R$ 868,00 2014 5% a.a. 11% a.a abril 2013 + 0,29% nov. 2013

GERAL

MOEDAS COMPRA Dólar Comercial 2,211 Dólar turismo (em R$) 2,090 Euro (em R$) 3,028 Pesos Ur.(em R$) 0,0965 Pesos arg.(em R$) 0,277

3

Da Maya recebe grupos na exposição de Iberê Camargo

Stela Vasconcellos

por Stela Vasconcellos Quem procura presente sempre vai encontrar uma opção na Tok Final. A loja oferece um variado estoque para todas as datas e ocasiões, destacando sugestões com boa apresentação e preço acessível, tanto para jovens e crianças como para adultos e idosos. A proprietária, Andréa Scardoelli Madruga, que acabou de preparar um estoque especial para as mães, já programa o Dia dos Namorados, sem deixar de acompanhar casamentos e formaturas. Recebendo muita procura de produtos temáticos de cursos da Unipampa, da Urcamp, da Ideau e de outras faculdades com representação na região, ela decidiu apostar no material especializado. Andréa mostra o vasto estoque a pronta-entrega de porta-retratos, canecas, cane-

19 de maio de 2014

Stela Vasconcellos

VENDA 2,213 2,330 3,031 0,0962 0,275

Tok Final especializa-se em formaturas

SEGUNDA-FEIRA

Espaço aberto ao público até dia 22 de junho

O Da Maya Espaço Cultural mantém aberta ao público a exposição “Iberê Camargo, um homem a caminho”. Escolas, grupos ou entidades interessados em participar podem entrar em contato para agendar os seus horários no período das 8h às 12h e das 14h Andréa Madruga mostra variedade em produtos personalizados

tas, copos e outros objetos com o nome de cada curso. Existem muitos modelos para o cliente escolher e marcar a data de formatura de seu parente ou amigo especial.

Condições facilitadas “Fazemos todas as mercadorias em seis vezes e contamos com todos com todos os cartões: Visa, Mastercard, Hipercard e Banricompras. À vista, a loja oferece 10% de desconto”, informa. Aos sábados, o atendimento da manhã é normal: das 9h às 12h. À tarde, a Tok Final abre sempre das 14h30min às 18h, facilitando as compras dos clientes que deixam a compra do presente para a última hora.

Onde: Marechal Floriano, 1501 Fone: 3311.4511

às 18h, de segunda a sexta-feira. A visitação das escolas vai até 22 de junho. O público em geral também pode visitar até a mesma data, de terça a sexta-feira, das 14h às 18h30min. Aos sábados e domingos, o espaço abre das 15h às 18h30.

Onde Av. General Osório, 572 Centro Fone: (53)33111874 ou 33111471 Email: contato@damayaespacocultural.art.br Facebook: Da Maya Espaço Cultural www.damaya.com.br

Banrisul impressiona com relatório Os resultados financeiros do Banrisul no primeiro trimestre deste ano foram influenciados por ajustes estruturais promovidos na instituição. O desembolso para o pagamento do Plano de Aposentadoria Incentivada (PAI), destinado aos empregados com tempo de aposentadoria, e o início do processo de migração dos participantes do principal Plano de Previdência complementar da Fundação Banrisul de Seguridade Social (FBSS) para novos planos, gerou uma despesa adicional de R$ 98,1 milhões que refletiu no resultado dos primeiros três meses de 2014. “Iniciamos o enfrenta-

mento de problemas estruturais de muitos anos. Apesar do lucro menor nesse trimestre, o Banco está mais forte e com sustentabilidade para enfrentar os desafios competitivos que o mercado exige”, explicou o presidente do Banrisul, Túlio Zamin. “A implantação dos novos Planos de Previdência e a abertura do Programa de Aposentadoria Incentivada visam preservar a estrutura patrimonial do Banco,compatibilizando a necessidade da empresa com as expectativas dos empregados de solução definitiva para o plano de benefícios pósemprego”, completou.

Primeiro trimestre A receita de prestação de serviços foi de R$ 268,5 milhões, um crescimento de 26,8% nos três primeiros meses do ano em relação ao primeiro trimestre de 2013, com destaque para as transações com o Banricompras e cartões de crédito feitas nas máquinas da Vero, os vouchers (cartões de benefícios e empresariais) e os negócios com seguros, previdência e capitalização. Ao final de março de 2014, os ativos totais do Banrisul alcançaram saldo de R$ 57,4 bilhões, com expansão de 20,5%

em relação a março de 2013. O presidente Túlio Zamin ressaltou que a consolidação do processo de reestruturação do Plano de Previdência complementar dos funcionários do Banrisul deverá ser concluída até o final de junho de 2014, o que vai impactar também os resultados do próximo trimestre da empresa. Para informações mais detalhadas das demonstrações financeiras dos três primeiros meses de 2014, acesse www. banrisul.com.br/ri.


4

SEGUNDA-FEIRA 19 de maio de 2014

POLÍTICA

Felipe Valduga Atual presidente, Neco afirma que sigla necessita de união e de novas filiações

PMDB pode definir nova eleição hoje de Morais, Manoel Luiz da Silva Chaves, mais conhecido como Neco, disse que bem como uma nova eleição pode ser optado pela manutenção dos atuais integrantes da Executiva. “Pode ser que haja um consenso e, assim, os suplentes sejam chamados para compor as vagas”, explica. Caso esta seja a opção, Neco permaneceria na presidência até 2016, quando encerra o ciclo da atual gestão, eleita em 2014.

Apesar da indefinição, a qual somente deverá ter seu rumo determinado hoje, Neco é direto ao apontar que o partido necessita retomar o seu crescimento. Conforme ele argumentou com a reportagem, “há anos o partido vem efetuando poucas filiações”. Isso, segundo ele, teria enfraquecido a sigla para momentos decisivos, como nas eleições municipais. “Já para agora temos a expectativa de filiarmos cerca de 400 pessoas. Quero trazer aquelas pessoas antigas, que gostam da sigla e por um motivo ou outro acabaram se distanciando da política. Precisamos disto para voltarmos a ser grandes”,

argumenta. Chaves lembra que, em Bagé, o PMDB já chegou a somar mais de mil filiados. Mas, de acordo com ele, este número na atualidade não chega a 600 nomes. “Quero abrir a oportunidade para novas pessoas, para dar voz a elas”, salienta. Questionado se a adesão de qualquer um poderia comprometer o discurso interno, ele negou. Disse que as decisões continuarão cabendo ao diretório e à executiva e reiterou: “precisamos filiar e nos unir. O PMDB é grande, aqui em Bagé não é mais tanto”. A união mencionada, aliás, deve ser um dos nortes da sigla. Neco explica que existe um enten-

dimento já definido de que eventos internos devem ser constantes. “Precisamos retomar estes encontros partidários. Isso não serve apenas para confraternizarmos, mas para discutirmos possíveis propostas, afinar os discursos e, principalmente, ficarmos mais unidos”, evidencia.

Perguntado sobre quais as intenções da sigla para o próximo período eleitoral, Chaves não comentou muito sobre 2014, mas adiantou que a meta, para 2016, “é botar uma candidatura própria para prefeitura”. Ele, inclusive, disse que

nomes são buscados para concorrer ao cargo principal, mas também para reforçar a nominata de vereadores. “Se não tivermos várias opções para a Câmara, certamente não teremos um prefeito”, julga. Sobre alianças, ele diz que

ainda é cedo para alguma definição, mas garante que a sigla está aberta a negociações. “O único partido que não pensamos em nos unir, na atualidade, é o PT. Para os demais, estamos de portas abertas para estudar as possibilidades”, conclui.

A iniciativa do vereador Esquerda Carneiro (PTB) de garantir isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para os motoboys (ou mototaxistas) ganhou apoio do deputado estadual Luis Augusto Lara. Aliás, os dois parlamentares, acompanhados do vereador Carlinhos do Papelão participaram, recentemente, de um encontro com

o presidente do Sindimoto, Valter Ferreira. Conforme o deputado, ele deve levar a proposta também para ser debatida em âmbito estadual. “Vamos organizar uma audiência pública na Assembleia Legislativa, onde eu estou apresentando, esta semana, um requerimento solicitando esta audiência, para tratar da questão da isenção de ICMS para a categoria

dos motociclistas profissionais do RS. A exemplo do que já existe, a isenção para os taxistas”, comenta. Uma Audiência Pública na Câmara de Vereadores de Bagé também deve acontecer para abordar a pauta. Conforme informações repassadas à reportagem, a ideia é convidar o secretário de Transportes e Circulação, Antonio Luis Arla da Silva, para debater o assunto.

Metas

Futuro

Cristiano Lameira

Está prevista para esta segunda-feira, às 19h, a primeira reunião geral da Executiva, diretório e filiados do PMDB de Bagé após a saída do antigo presidente, Luiz Gustavo Morais, e outros correligionários. Com isto, existe a expectativa de uma possível definição quanto à realização de uma eleição interna para definir quem serão os novos comandantes da sigla no município. Presidente desde a saída

Chaves diz que partido precisa voltar a ser grande

Projeto de isenção de ICMS para motoboys ganha apoio do deputado Lara

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral

Semelhanças entre Brasil e Argentina Minha simpatia por clubes e ou seleções de futebol, boa parte de meus amigos (leitores ou ouvintes) sabem. Sou Brasil, embora um crítico de certas coisas que acontecem na entidade que dirige o futebol. Ela enriquece poucos e empobrece a maioria dos times brasileiros. Pequenos e agora também os grandes. Este é outro assunto para ser tratado em outro momento. Sou Brasil e torço pelo Uruguai e Argentina. Já acompanhei muitas seleções. Transmiti muitos jogos de grandes equipes brasileiras, uruguaias e argentinas. Por interesses individuais de dirigentes foi criado um ambiente hostil entre Brasil e Argentina, principalmente. Cada vez que nos encontramos para uma disputa que deveria ser esportiva, os meios de comunicação, daqui e de lá, reativam a rivalidade relembrando de fatos passados. Agora mesmo, não sei com que intenção, estão levantando suspeita sobre o mundial que a Argentina ganhou. Para quem não tem memória curta a Argentina para chegar a final, teve que golear o Peru. Na época, o povo já falava que houve acerto. Eu também vi o jogo e achei um placar exagerado pelo que o Peru vinha apresentando. Como já estava acostumado e presenciar “coisas do arco da velha”, não só no futebol como na política, levei pelo caminho da normalidade. Sempre que se fala em futebol a política partidária e os governos estabelecidos entram no meio. São inseparáveis. É aquele velho ditado:“Quem paga manda”. As confederações de qualquer país recebem subsídio dos seus governos. São dirigidas por membros da confiança dos governos, seus patrocinadores. Os clubes que elegem seus presidentes, recebem empréstimos e outras benesses das federações. Então acabam votando em candidatos de confiança dos governos. Até aqui, nada de mais. É a realidade. A Fifa, para eleger seus dirigentes, conta com as federações do mundo inteiro. As mesmas que são financiadas pelos governos de seu país. Aí está armada a “laçada”. É claro que, quando há escolha da sede do próximo mundial, este jogo entra em campo. O jogo de interesses políticos. Senão governo algum iria manifestar o desejo de sediar a copa do mundo. A verdadeira euforia, patrocinada pelo governo brasileiro, em relação ao mundial que está próximo, tem sua razão de ser. A eleição será realizada após a copa. O governo gastou o que tinha e o que não tinha para deixar o Brasil padrão Fifa. É claro que alguma coisa tem em mente. Ou ninguém mais lembra da Copa na França? O Brasil era favorito, não só pela imprensa, como pelo futebol que apresentava. Adoeceram o Ronaldo, desmoralizou o time e a França ganhou. Sempre e enquanto a Fifa estiver no meio, qualquer coisa pode acontecer. O que seus dirigentes querem é ganhar dinheiro. Ganhar a Copa é interesses de políticos de países que sediam o evento. Ricardo Teixeira e João Havelange já eram. Mas ainda tem muita gente para ser banida do futebol. Ou não?

Uma coisa leva a outra

Permitam-me contar uma coisa pessoal. No sábado fui a Porto Alegre para abraçar o meu irmão mais velho, Elias Muza, que completou 80 anos. Foi uma reunião de família e torcedores de Bagé e Guarany. O Helio e seus dependentes são torcedores do Guarany. O Elias e seus dependentes são torcedores do Bagé. Eu, todos sabem, para não contrariar os irmãos, torço para a dupla. O presente que os alvi-rubros levaram foi uma camiseta, chaveiro e tudo que diz respeito ao Bagé. Na reunião estava presente um Argentino, de Entre Rios, amigo e colega de trabalho do André (lembram de uma foto publicada no Correio do Sul, tirada em frente á sede da Fifa, com a camiseta do Bagé? Pois este é o André”. O Nortenho chama-se Ruben Schefer. Cada vez que converso com alguém. o futebol e a política vem à tona. As semelhanças entre Brasil e Argentina são grandes. A Cristina já está censurando a imprensa. Tem em suas mãos a maioria no Congresso e aparelhou quase todos os setores da atividade pública, inclusive à Justiça. Está levando seu país à miséria. Aqui também querem censurar á imprensa. O governo Lula aparelhou o que pode de nossas instituições. Não conseguiu no entanto ter a maioria em tudo. A Dona Dilma está pagando o pato de tudo. Merecia pagar somente pela parte que lhe toca. Tudo de ruim que fez o governo passado está refletindo no atual. Mas faz parte do jogo. Quem sai na chuva é para se molhar. Me comprometi com o Ruben, dar uma chegada em Buenos Aires, coisa que não faço a quase dez anos. Quem sabe após a copa do Mundo. Fui...


GERAL

SEGUNDA-FEIRA 19 de maio de 2014

5


6

SEGUNDA-FEIRA 19 de maio de 2014

Mercado agrícola PRODUTOS

RURAL

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul UNIDADE MÍNIMO MÉDIO Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

33,00 95,00 24,00 61,00 20,00 34,00 4,00 3,50 2,85 3,50 0,78

35,10 129,00 25,30 62,35 20,43 35,35 4,11 3,94 2,93 3,70 0,89

16.5.2013 a 23.5.2013

Divulgação/FS

Fenasul

Cabanha da Maya conquista os principais prêmios no Angus Show A Cabanha da Maya dominou o julgamento dos animais de argola do 10º Outono Angus Show da última sexta-feira, dia 16. A cabanha obteve as principais premiações em evento que está sendo realizado paralelo à Fenasul, em Esteio. Em parceria com a Fazenda Catanduva (Glorinha), de Fábio e Fabiana Gomes, a propriedade de Zuleika Borges Torrealba conquistou o Grande Campeonato, com o touro Maya Catanduva 300 Impávido Eleutério Lana. Além do título, a Cabanha da Maya levou o Reservado de Grande Campeão, com Maya 310 Incrível Eleutério Fortuna, e o 3º Melhor Prêmio, com Maya TE 378 Javali Quebrantador Antígona.

Nas fêmeas, a propriedade de Bagé conquistou também o Grande Campeonato com Maya TE 308 Imperatriz Ditador Solvente. O prêmio de Reservada de Grande Campeã foi para a parceria Santa Amélia / Bayucuá (Santa Vitória do Palmar/ RS), com a fêmea Biguá 6254 Bismarck. No 3º Melhor Prêmio, novamente título para a Cabanha da Maya, com Maya Herança Zorzal Leiloada. Os julgamentos de Angus de argola estão foram conduzidos pelo experiente jurado Renato Pinto Paiva, técnico da Associação Brasileira de Angus. Ao todo, foram inscritos 80 animais de 18 expositores para entrar em pista nos dois dias de julgamento, entre argola e rústicos.

37,50 180,00 28,50 66,00 21,30 38,00 4,30 4,50 3,00 3,90 1,07

Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Cabanhas de Dom Pedrito se destacam na Classificatória de Pelotas

Pelotas, a cidade que sedia a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos, recebeu ontem, a quinta etapa do Freio Touro Maya Catanduva 300 Impávido Eleutério Lana vem conquistando títulos em várias exposições como a de Avaré

MÁXIMO

Veja quais foram as quatro de Ouro 2014. A Freio de Ouro de 2012, Sananduva do Salton, fêmeas e os quatro machos classiobteve a melhor pontuação e vai ficados para a final, que acontece concorrer ao bicampeonato. entre 28 e 31 de agosto em Esteio.

Fêmeas

Machos

1º Lugar: Sananduva do Salton Proprietário: Paulo Murilo Barreto Dias Lopes Estabelecimento: Cabanha Salton Dom Pedrito (RS) Ginete: Marcio Maciel Nota: 21,610 2º Lugar: Viragro De Briga Proprietário: Viragro Agropecuária Ltda Estabelecimento: Cabanha A Tala Dom Pedrito (RS) Ginete: Lindor Collares Luiz Nota: 20,587 3º Lugar: Capanegra Oña Guinda Proprietário: Fernando Dornelles Pons Estabelecimento: Cabanha Capanegra Dom Pedrito (RS) Ginete: Roberto Carlos Ferraz Duarte Nota: 20,545 4º Lugar: Ubaldina dos Castanheiros Proprietário: Miguel e Rodrigo Scarpellini Campos Estabelecimento: Cabanha dos Castanheiros Pejuçara (RS) Ginete: Miguel Souza Nota: 20,158

1º Lugar: Garimpo Gravatá Proprietário: Francisco Kessler Fleck Estabelecimento: Cabanha Gravatá Gravataí (RS) Ginete: Gabriel Marty Nota: 20,289 2º Lugar: Vinhotinto dos Castanheiros Proprietário: Miguel e Rodrigo Scarpellini Campos Estabelecimento: Cabanha dos Castanheiros Pejuçara (RS) Ginete: Miguel Souza Nota: 19,899 3º Lugar: Duerme Negrito da Tamanca Proprietário: Lauro Terra e Filho e Carlos André Borba de Oliveira Estabelecimento: Estância Tamanca e Cabanha Abo Santa Vitória do Palmar e Pelotas (RS) Ginete: Marcos Silveira Nota: 19,787 4º Lugar: Las Misiones Missioneiro Proprietário: Fernando Gonçalves do Nascimento Estabelecimento: Cabanha Las Misiones São Luiz Gonzaga (RS) Ginete: Marcio Maciel Nota: 19,694

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bagé inicia programa Energia Verde O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bagé iniciou, na última na quinta-feira, a distribuição de mudas de árvores nativas em parceria com a Certel Energia, via Fetag. O programa objetiva promover a conscientização ambiental

dos agricultores e pecuaristas familiares proprietários de terra e a recuperação de áreas devastadas, degradadas ou de preservação permanente. As diversas espécies de mudas nativas estão à disposição sem custos, com pronta entrega na sede do Sindicato dos Traba-

lhadores Rurais de Bagé. “Este é um importante programa ao qual o sindicato se engaja no Ano Internacional da Agricultura Familiar que é a produção de alimentos com sustentabilidade preservando o meio ambiente”, destaca o presidente Nelson Wild.


SEGUNDA-FEIRA 19 de maio de 2014

7


8

SEGUNDA-FEIRA 19 de maio de 2014

SOCIAL

“No vinho estão a verdade, a vida e a morte. No vinho estão a aurora e o crepúsculo, a juventude e a transitoriedade. No vinho está o movimento pendular do tempo. No vinho se espelha a vida” BETSCH, ROLAND

Vinhos do Pampa: roteiro de sonho e sabores Sábado foi um dia especial. Nele, aconteceu a primeira edição do “Roteiro Turístico Vinhos do Pampa”. O passeio integra os “Roteiros Turísticos Da Maya – Arte, Cultura & Turismo”, com trajetos que englobam “Vinhos do Pampa”, “Bagé Natural” e “Percurso da Maya” (visitará todos os locais designados pela alcunha Maya). Hoje, especificamente, Paralelo conta aos leitores como foi a experiência de ter integrado a expedição que desbravou as vinícolas da Rota Oeste, onde Peruzzo, Guatambu Estância do Vinho, Almadén e Cordilheira de Santana produzem alguns dos melhores rótulos da carta brasileira. Vale lembrar que esta foi uma oportunidade e tanto... Imaginem peregrinar pelo Pampa, admirando suas vastas planícies e, de quebra, provar os vinhos produzidos sob o seu exclusivo terroir. Então, convido a todos que embarquem comigo nessa “enotrip” para iniciar a semana na certeza de termos nascido num dos lugares mais abençoados da Terra.

Vinícola Peruzzo Com o céu anunciando chuva, a expedição partiu pontualmente às 8h de sábado, da Da Maya Pousada, conduzida por uma das mais preparadas integrantes do staff, Natali Schimitt. A primeira parada aconteceu na Vinícola Peruzzo. De formato inovador, sua estrutura foi inspirada nos franceses châteaux de Bourdeaux – a mais célebre região de vinhos do mundo. Nosso grupo foi recepcionado na cantina, local que, além de esteticamente bonito, também possui a função de receber as uvas tão logo sejam colhidas dos parreirais. Depois de extraído, explicou nosso guia, o suco vai diretamente para grandes reservatórios inoxidáveis. Para que fiquem prontas, as garrafas de espumante, por exemplo, são mantidas em uma cave, localizada no subsolo, a temperaturas constantes e próximas dos 16 a 18 graus, num ciclo de 12 meses. Interessante é que, mesmo relativamente jovem, a Peruzzo já foi agraciada com a Medalha de Ouro do VI Concurso de Espumantes Brasileiros, conferido pela Associação Brasileira de Enologia ao seu espumante Brut. Ao final do tour explicativo, todos degustaram os tintos Peruzzo em harmonia com o Fontina, queijo produzido na Cabanha da Maya. E segue a expedição...

O clã Pötter, Isadora, Nara, Valter José, Mariana e Gabriela fotografado pela coluna durante o Roteiro Vinhos do Pampa. Guatambu Estância do Vinho, Dom Pedrito

Guatambu Estância do Vinho

N

o silêncio dos campos de Ponche Verde eis que surge ela, majestosa, com estrutura que impressiona pela harmonia frequencial que a alinha junto ao Pampa. A Guatambu Estância do Vinho surge da necessidade que a família Pötter sentiu em diversificar a cinquentenária Estância Guatambu – tradicional empresa do agronegócio, referência na agricultura e pecuária das raças Hereford e Braford. Em 2003 foram importadas as primeiras mudas de França e Itália, iniciando uma saga vitoriosa nascida dos sonhos de uma engenheira agrônoma da terceira geração chamada Gabriela Hermann Pötter. À porta para recepcionar nosso grupo, ninguém menos que o visionário Valter José Pötter, empresário que, como todo bom “gringo”, usou o trabalho para tornar-se um dos homens mais poderosos do Pampa gaúcho. A seguir, fomos conduzidos por um tour que explorou as lindíssimas dependências da sede da Estância Enoturística, inaugurada em 2013 com projeto que sintoniza em totalidade com a linha colonial espanhola, característica das edificações platinas. Sob o conceito de pátio central, a vinícola foi forjada em forma de “U”, com iluminação e ventilação voltadas para o seu interior, como forma de abrandar o rigoroso Minuano, proporcionando as condições térmicas ideais para a produção de vinhos de alta qualidade. Depois de explorar detalhadamente o local onde acontece o processo de produção, fomos direcionados à elegante “sala de degustação”. Lá, a formanda em Enologia, Esther Theison, explicou detalhadamente as características de cada vinho e espumante – muitos deles premiados com medalhas de ouro em concursos nacionais e internacionais. Nos braços de Baco, seguimos em direção ao salão principal, espaço de beleza abrasadora onde os turistas são recebidos para almoçar. Dando exemplo de simplicidade e mostrando o porque de tanto sucesso, Pötter foi quem assou o churrasco enquanto, Nara, sua esposa, passava cuidadosa de mesa em mesa para ver se tudo estava ao gosto dos visitantes. Como resultado dessa conjuntura sensorial de prazeres e bem receber, ao final, muitos saíram da Guatambu ainda mais orgulhosos para encher o peito e afirmar: “Eu sou Gaucho!”.


SOCIAL

SEGUNDA-FEIRA 19 de maio de 2014

9

Vinícola Almadén

E para finalizar...

Depois de emergir do fantástico “mundo Guatambu”, foi a vez de explorar a gigante Almadén – a mais antiga dentre as vinícolas do Pampa. Inicia a história... A Vitivinicultura na Região da Campanha remonta à década de 70, quando pesquisadores da Universidade de Danvis (Califórnia, EUA) juntamente com pesquisadores da UFPel identificaram uma larga faixa de terra na fronteira do Brasil com o Uruguai – aproximadamente 270 mil hectares –, naturalmente vocacionada para o cultivo de uvas viníferas. Assim, a empresa americana National Distillers investiu nada menos que U$$ 25 milhões no projeto Almadén, a pioneira na implantação da atividade, em Santana do Livramento. No ano de 2009, o Miolo Wine Group anunciou a compra da vinícola, tornando-se o líder no mercado nacional de vinhos finos com produção estimada em 12 milhões de litros e faturamento de R$ 100 milhões. Voltando ao tour, conhecemos o local onde são armazenados os quase dez milhões de litros de vinho, em tanques de inox, e cerca de 63 mil litros, em barris de carvalho. As proporções impressionam. A Almadén é a única grande vinícola brasileira que produz 100% das uvas que emprega na elaboração de seus vinhos e cultiva suas próprias mudas. Aos pés do paradisíaco Cerro de Paloma, os vinhedos são privilegiados com invernos de frio intenso e verões com mais de 100 dias de sol. Atualmente, a vinícola possui 1.200 hectares de terreno, sendo 575 de área cultivada, que abrigam variedades como Tannat, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Riesling, Chardonnay, Ugni Blanc, Gewurztraminer, Gamay e Sauvignon Blanc. Almadén é mais que tradição: é mãe e modelo para todas as demais vinícolas que hoje brilham no extremo sul do Brasil.

A degustação de vinhos vai muito além da experiência sensorial de aparência, aroma e paladar. Ao provar a bebida, exercitamos a capacidade de conhecer a história e as peculiaridades de determinada região pela sensibilidade da percepção. Quanto a nós, sul-rio-grandenses, resta mesmo agradecer a Deus por nos haver colocado numa região bendita, cortada pelo lendário Paralelo 31, o mesmo que incide sobre a África do Sul, Austrália e Argentina, gerando um terroir de nobreza indecifrável. Agora, uma revelação. Esperei quase cinco anos pela oportunidade de explicar o porque de a coluna se chamar Paralelo MP. Ela foi batizada – confesso que me emociono ao lembrar – em deferência ao Paralelo 31. Acredito que, assim como os vinhos, as palavras também devam possuir alma e sabor...

De garotinha a mulherão: Flavia Centeno Gularte, deslumbrante, em book assinado por Alex Pasqualle. São Paulo

Vinícola Cordilheira de Santana Depois de explorar Peruzzo, Guatambu e Almadén, foi chegada a hora de subir o Cerro de Paloma para perder o fôlego na estonteante paisagem onde estão os parreirais da Vinícola Cordilheira de Santana. Assim como a Almadén, a vinícola está localizada sob o precioso terroir da região oeste-central do Rio Grande do Sul. Uma vantagem de tal localização é a continentalidade que, aliada a uma atmosfera límpida, determina mais amplitude térmica diária da temperatura (diferença entre as temperaturas mínima e máxima). Tudo isso, somado a apropriada insolação, favorece a fotossíntese líquida, determinando maior teor de açúcar nas uvas finalizando em vinhos de altíssima qualidade. Após a última degustação, completou-se o ciclo com um por do sol arrebatador, admirado em silêncio no alto da cordilheira.

Nos camarins da Rede Globo, Giovanna Antonelli presenteia Lilika Mattos com esmalte da sua própria linha. A cor, azul carbono, hit da temporada

Juliana Brunelli e Pedro Obino Neto em visita à Cathédrale Notre Dame, Paris. Longe dos holofotes, Juliana e Pedro trocaram alianças em 14 de maio


SEGUNDA-FEIRA 19 de maio de 2014

GERAL

Lions oferece teste de visão à comunidade

Os Lions Club Bagé Dom Diogo, Bagé Centro e Bagé Solidariedade realizaram durante o final de semana um mutirão para testes de visão. Ao todo, foram distribuídas 90 fichas para consultas, sendo 60 para moradores de Bagé e 30 para a comunidade rural de Palmas, e mais 100 fichas para o encaminhamento de óculos para quem já tivesse a receita. Segundo o presidente do Lions Bagé Club Dom Diogo, Carlos Cougo Oliveira, a atividade busca auxiliar as pessoas que precisam. “A atividade é realizada cerca de quatro vezes em cada gestão. Unimos forças dos três grupos para que possamos atender melhor as pessoas. Neste ano inovamos e oferecemos o serviço também para a comunidade rural, que muitas vezes não tem condições de vir a cidade”, comenta. Cada óculos leva cerca de 30 dias para ficar pronto e, conforme o presidente, as lentes são produzidas em laboratórios da grande Porto Alegre. “Em cerca de um mês

Renata Lima

10

Entidades realizaram trabalho durante final de semana

os grupos se reúnem novamente para fazer a entrega dos óculos para quem consultou conosco”, afirma. A doméstica Linar Freitas, de 59 anos, conta que consultou pela segunda vez. “Vim aqui faz uns dois anos e me foi receitado óculos para perto. Agora estou com dificuldade

para enxergar e aproveitei e vim novamente. Acho esse serviço muito importante, pois oferece consultas que geralmente temos dificuldade de conseguir”, comenta. A ação no sábado foi desenvolvida no saguão do Centro Administrativo e no domingo na localidade de Palmas.

Informalidade e Trabalho Escravo. Impacto do uso indiscriminado de agrotóxicos e do trabalho exaustivo na saúde dos trabalhadores e assalariados. Normas de segurança no campo e outros assuntos relativos ao trabalho dos assalariados brasileiros. Esta foi a pauta discutida no Seminário Nacional sobre Assalariamento Rural no Brasil, que ocorreu na sede da Contag, em Brasília, de 13 a 15 de maio. Pelo Rio Grande do Sul participaram o 2º vice-presidente da Fetag, Nelson Wild; o assessor de

Assalariados Rurais da Fetag, Eloy Leon; o coordenador da Regional Fronteira, Milton Brasil; e Luciane Lacerda Vignol, representando as mulheres trabalhadoras rurais do RS, além de Lindomar Melo, jovem trabalhador rural com carteira assinada. O seminário contou com a participação de professores universitários, médicos, auditores de trabalho e representantes de organizações que atuam com a categoria para apresentarem pesquisas sobre o cenário atual dos assalariados em painéis temáticos.

Wild enfatizou a questão da informalidade, que leva o assalariado rural a uma atividade exaustiva e precária do ponto de vista da saúde e da segurança. O dirigente reforçou o combate ao uso indiscriminado de agrotóxicos e seus impactos, tanto na vida do trabalhador, como para a população que consome o alimento. Ele avaliou o seminário promovido pela Contag de extrema importância para que se conheça ainda mais a realidade do campo brasileiro e, com isso, se busque saídas para mudar tal conjuntura.

A Coordenadoria de Bem Estar Animal de Bagé comunica que a Casa de Saúde do Animal e a Unidade Móvel retornaram o atendimento normal. Segundo a coordenadora Beatriz Souza, a prefeitura, por meio do próprio prefeito Dudu Colombo, vem trabalhando as políticas públicas voltadas ao bem estar dos animais, com uma nova visão de respeito e dignidade. “Em parceria com o NBPA (Núcleo Bageense de Proteção Animal), foram castrados mais de 22 mil

animais, evitando assim que centenas de outros animais acabassem nas ruas de nosso município, passando fome, doentes e abandonados. Um total de 18.870 foram tratados no Centro de Atenção de Animais de Rua, 300 estão albergados e mais de 40 mil famílias de baixa renda de possuem animais já foram atendidas através deste serviço, referência em todo o Brasil”, relatou. Beatriz reforça que “problemas existirão, mas através do diálogo

construiremos um trabalho cada vez melhor, que beneficie todas as comunidades que amparam e protegem este animais”. Ela aproveitou para anunciar que, no último sábado, em Aceguá, foi fixada na cédula de votação do Ciclo Orçamentário Estadual, que ocorria na cidade, o projeto do Centro Regional de Referência do Bem Estar Animal. “Vemos que foi a primeira vez que isto foi abordado no Rio Grande do Sul”, salientou ao apontar a importância do trabalho.

Representantes dos trabalhadores rurais participam de seminário nacional em Brasília

Serviços de bem estar animal são retomados


Dia da Solidariedade é marcado com atividades em escolas

GERAL

SEGUNDA-FEIRA

Dia ‘D’ da Campanha do Agasalho mobiliza bageenses

Fotos:Renata Lima

Comemorado no sábado, 17, o Dia da Solidariedade foi marcado com diferentes atividades na Escola Estadual de Ensino Fundamental Dr. Mário Olivé Suñe e no Colégio da Fundação Bradesco. Atividades como embelezamento, cuidados com a saúde e atividades recreativas foram oferecidas. No sábado pela manhã, a escola Dr. Mário Olivé Suñe, no bairro São Domingos, ficou aberta para receber a comunidade e ofereceu dicas de chás com a Pastoral da Saúde, cadastramento do Bolsa Família e atividade para os alunos. Conforme a diretora, Arleti Porporatti Rosso, o objetivo foi acolher a comunidade. “A chuva do início da manhã assustou um pouco os moradores, mas conseguimos fazer um trabalho bem legal”, destaca. O colégio da Fundação Bradesco também realizou atividades durante todo o sábado. A escola ficou aberta durante a manhã e tarde e ofereceu atendimento médico,, atendimentos estéticos, além de recreação para as crianças. A diretora Roseli Torrescasana comenta que a atividade envolveu professores, alunos e comunidade escolar. “Chegamos a 12ª edição do Dia da Solidariedade e para nós este dia é muito importante, pois é quando abrimos a escola e oferecemos uma série de coisas para atender a comunidade”, ressalta. A diretora afirma que parti-

Comunidade de São Domingos pode participar de ações

ciparam do evento professores da Urcamp, a Prefeitura, o Senac. “Fora isso, os alunos do Ensino Médio realizaram uma gincana de arrecadação de alimentos que serão posteriormente doados para a Fundação José e Auta Gomes. No ano passado arrecadamos mais de três mil itens, entre materiais de limpeza, higiene e alimentação”, comenta.

Elza aproveitou e renovou o visual

Aproveitando o serviço de embelezamento, oferecido pelos alunos do Senac, Elza Dias, aproveitou e cortou o cabelo. “Foi a primeira vez que vim aqui, achei muito bom. Fui muito bem tratada”, afirma. Roseli garante que mais de cinco mil pessoas devem ter passado pela escola no sábado. “Nosso objetivo principal é mostrar aos alunos que sempre poderemos auxiliar o nosso próximo. Acredito que eles entendam muito bem essa nossa mensagem, pois sempre participam ativamente”, observa. A aluna do 2º ano do Ensino Médio, Mariana Marques, de 15 anos, garante que a atividade mostra o quanto a solidariedade faz a diferença. “Percebemos que existem pessoas que precisam da nossa ajuda e ao participar nos damos conta do como é importante fazer o bem por alguém”, encerra.

11

19 de maio de 2014

Renata Lima

Mutirão envolveu voluntários e equipes da Prefeitura e Exército

A data que marca o mutirão da Campanha do Agasalho 2014 aconteceu no domingo. Durante todo dia, equipes da Prefeitura e do Exército recolheram as doações. A Campanha foi lançada oficialmente no dia 7 e deverá iniciar as entregas para as famílias hoje. De acordo com a Primeira Dama e Secretária de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa, Silvana Caetano, a população tem colaborado. “Acredito que nossa campanha permanente de arrecadação fez com que as pessoas se preocupassem mais com o próximo. A qualidade das roupas está muito boa e as os cidadãos tem participado ativamente. O único problema que encontramos é a doação de muitas roupas e calçados de verão”, afirma. Silvana ressalta que o principal objetivo do Dia ‘D’ é aproveitar

a força tarefa. “Como temos muitos voluntários que nos auxiliam na separação das peças, conseguimos entregar as roupas com mais rapidez, para as pessoas que precisam. Nos outros dias, dispomos apenas da equipe do Prociba, o que acaba demorando a disponibilização das peças”, garante. Em 2013, mais de 6 mil famílias foram cadastradas e atendidas através da Lojinha Solidária, onde a família escolhe as peças de acordo com a necessidade e tamanhos. A expectativa é de que o número se repita neste ano, revela Silvana. “Estamos com uma expectativa muito positiva e acredito que conseguiremos alcançar a meta de famílias atendidas como no ano anterior. Para isso, pedimos a colaboração dos bageenses e, de antemão, já agradecemos aqueles que sempre colaboram”, conclui.


12

SEGUNDA-FEIRA 19 de maio de 2014

GERAL

Álbum da Copa é preparação certa Chuva deve chegar a para torcedores do Mundial 2014 região no meio da semana Fotos: Renata Lima

Praça vira ponto de encontro dos colecionadores

Há 24 dias do início do maior evento do futebol mundial, o amor pelo esporte já pode ser sentido através da coleção do álbum de figurinhas da Copa do Mundo 2014. Com o rosto dos jogadores que devem disputar a competição pelas 32 seleções, mais 40 figurinhas com curiosidades sobre os estádios, figurinhas do mascote Fuleco, da bola Brazuca, do troféu do Mundial e do logotipo de cada federação, o álbum é mania em Bagé, onde os torcedores encontram-se nas praças para a famosa troca. Segundo dados da agência de notícias Reuters, cerca de 40 milhões de figurinhas são produzidas por dia, e só no Brasil existem cerca de oito milhões de colecionadores. Uma cena que virou comum nas praças bajeenses nos finais de semana são as rodas onde os colecionadores, vendem, compram ou trocam as figurinhas que lhes faltam. O proprietário de uma empresa de transporte, Michel Lemos, conta que ainda não conse-

guiu completar o álbum. “Ainda me faltam 50 figurinhas, então sempre venho aqui na praça pra ver se consigo trocar as repetidas, ou até mesmo comprar as que me faltam”, garante. Ele afirma que não é difícil encontrar os colecionadores. “É só vir na praça, durante a tarde, que vai ver uma galera reunida com álbuns e figurinhas, e todo mundo trocando. Não precisa nem marcar horário, só chegar”, fala. A contabilista Goreth Pereira aproveitou e levou os dois filhos e mais um amigo para ver se consegue completar o álbum. “Eu nem sabia que a gurizada se encontrava aqui para trocar. Quando soube convidei os guris para virem a praça e ver se conseguíamos trocar as figurinhas repetidas ou negociar as que ainda faltam”, destaca. Se o álbum gera a troca em ambientes físicos, no universo digital não é diferente. Vários grupos foram criados no Facebook, onde os colecionadores trocam os jogadores e aos poucos

vão completando os álbuns. O álbum é produzido pela empresa Italiana Panini e a primeira coleção de figurinhas, que eternizam os times que disputam o mundial, foi lançado em 1970. Ao todo, o Álbum de Figurinhas da Copa já soma 44 anos de história, tendo sido lançado no decorrer dos anos 12 álbuns do Mundial.

Lemos afirma que nem é preciso marcar horário

Com céu aberto e temperatura baixa nas primeiras horas da manhã, a chuva deve chegar a região da Campanha apenas na quarta-feira. Segundo o Centro Estadual de Meteorologia (CemetRS), nesta segunda-feira o tempo segue firme, com sol e poucas nuvens no Estado. As temperaturas permanecem amenas no amanhecer e durante a noite, mas ao longo do dia o ingresso de ar quente favorecerá a elevação. O amanhecer deve começar com nevoeiros. A temperatura deve ficar entre os 6 e 18 graus. Na terça-feira, 20, deve

começar com tempo firme, sol e nebulosidade variável, o que garante a elevação das temperaturas. Entre a tarde e a noite, o deslocamento de uma área de baixa pressão vai gerar áreas de instabilidade e provocar pancadas de chuva e trovoadas na maior parte das regiões, conforme o CemetRS. Os termômetros devem marcar entre 6 e 19 graus. Na quarta-feira, 21, possibilidade de chuva aumenta na região, podendo serem registradas pancadas de chuva durante a tarde e a noite. Os termômetros devem oscilar entre 13 e 20 graus.

Grupo debate papel da mulher na sociedade O grupo bajeense denominado Coletivo Feminista Atena debateu na tarde de sábado, 17, no salão da secretaria de Educação, o tema “Mães, mulheres e livres”. O objetivo do encontro foi dialogar sobre a maternidade. Entre os temas estavam a violência obstétrica, desindividualização da mulher no momento em que se torna mãe, obrigatoriedade da maternidade, culpabilização da mãe. De acordo uma integrante do grupo, Mariane Rocha, o trabalho foi positivo. “Discutimos os julgamentos da sociedade em relação as mulheres que optam por não ter filhos e como esses mesmos julgamentos também são reproduzidos quando a mulher engravida muito jovem”, comenta. Estiveram presentes mulheres do Grupo de Gestantes de Aceguá e de acordo com Mariane também foram debatidas várias questões relacionadas ao

Tema do encontro foi Mães, mulheres e livres

parto humanizado, condenando os vários tipos de violência obstétrica, entre eles a falta de informação por parte de médicos e enfermeiros, bem como a invasão da liberdade do corpo da gestante. Mariane garante que o encontro foi construtivo. “De forma geral, o encontro foi bastante enriquecedor, havia pessoas de lugares bem distintos (físicos e ideológicos) e foi uma tarde de troca de experiências, compartilhamento e feminismo”, completa.


SEGUNDA-FEIRA 19 de maio de 2014

13


19 de maio de 2014

SEGURANÇA

OBITUÁRIO

Deolinda Maria Machado Jardim, 77 anos, viúva, do lar. Residia na localidade de São Sebastião, Torquatro Severo município de Dom Pedrito. Deixa filhos Maria Cristina, Vanderli, Vanilda e Rita de Cássia. Daniel José Portela Figueira, 75 anos, casado, autônomo inativo. Residia na rua Angélica Gomes Jardim, 360. Deixa esposa Therezinha de Jesus Dutra Figueira e filhos Helcio Luis, Maria Jucleia, Diva Maria, Cleusa Maria. Dilamara e Angela Maria. Roza Lorena Barbosa Baptista, 77 anos, casado, do lar inativa. Residia na rua Rádio Cultura, 271, Jardim do Castelo. Deixa marido Nilo Guterres Baptista e filhos Carlos Jesus e Nildo. Elza Rodrigues Porciúncula, 62 anos, solteira, aposentada por invalidez. Residia na Estrada do Minuano, zona rural de Aceguá. Deixa filhos Dorcelina e Daiane. Elma Perez Pereira, 69 anos, viúva, funcionária pública municipal inativa. Residia na rua José Froes, 41, Castro Alves. Deixa filho Getúlio. Lucydoro Gonçalves Machado, 73 anos, solteira, inativa. Residia na rua Acrisio Jacinto Pereira, 929. Não deixa filhos. Assis Bandeira de Vasconcellos, 92 anos,viúvo, auxiliar de produção. Residia na rua Cinquenta e Oito, 80, bairro Goulart. Deixa filhos Otavio, Nilo, Danilo, Quintanilo, Nelson, Valmir e Valdir.

Homem é detido por porte ilegal de arma e disparo em via pública O Grupo de Operações Especiais (GOE) de Dom Pedrito prendeu um homem na madrugada do dia 17, por volta das 4h. A guarnição passava pela rua General Neto, quando abordaram três homens, após ouvirem três disparos de arma de fogo. Ao procederem a busca pessoal, os policiais perceberam que um

homem tentou se desfazer de um revólver calibre 22, marca Rossi, que estava portando. O mesmo recebeu voz de prisão no local e foi encaminhado à Delegacia de Polícia para ser preso em flagrante. Foi arbitrada uma fiança no valor de R$ 800 e o indivíduo liberado, após o pagamento.

O fato ocorreu na madrugada de domingo, por volta das 4h30min, na rua Anelise Abot Ravaza, no bairro Morgado Rosa. Um homem teria se dirigido ao local para conversar com uma mulher, quando o dono da casa e outras pessoas

o teriam esfaqueado e agredido fisicamente, conforme relato da vítima. As testemunhas relatam que a vítima foi encontrada no pátio da residência, consciente, mas com ferimentos de faca no pescoço e no abdômen. Ele foi atendido pelo

Samu. Em frente à residência, um Fiat Uno de cor branca encontravase com a sinaleira traseira e parte da lataria amassados. Vítima e acusado foram levados ao pronto-socorro e, depois, encaminhados para a Delegacia.

O caso aconteceu na madrugada de sábado, 17, por volta das 4h, quando Romildo Cassuriaga de Cassuriaga foi atropelado. O atropelamento ocorreu na rua na Rua Abreu Fialho, 1814, na Promorar. De acordo com a Brigada Militar, a guarnição foi acionada rapidamente bem como a Samu. Segundo o relato de testemunhas,

um veículo, sem placas identificadas, tinha atropelado um homem que estava saindo de uma festa. Romildo Cassuriaga de Cassuriaga, após o acidente, ficou caído na rua, com vários ferimentos pelo corpo e inconsciente. As testemunhas do fato relatam que todos estavam saindo, com a vítima, em direção ao centro, quando

avistaram um Corsa branco em alta velocidade atingir Romildo. O condutor e a placa do veículo não foram identificados, mas as testemunhas disseram que ele estaria sozinho e fugiu sem prestar socorro. A vítima foi levada para o pronto-socorro de Dom Pedrito e, em seguida, foi encaminhada para Bagé.

Divulgação/FS

SEGUNDA-FEIRA

14

Tentativa de homicídio no bairro Morgado Rosa

É ASSIM QUE VOCÊ

SE DESTACA Curso Presencial • Gestão de Negócios

Carga Horária: 360h • Dias: 3ª e 5ª • Turno: Noite

INSCRIÇÕES ABERTAS POSSIBILIDADE DE FINANCIAMENTO DOS CURSOS EM ATÉ 100%. INFORME-SE EM SENACRS.COM.BR/POS

Indivíduo é flagrado com drogas, faca e dinheiro Na noite de sexta-feira, por volta das 20h40min, o Grupo de Operações Especiais (GOE) de Dom Pedrito patrulhava o bairro Getúlio Vargas quando, na rua Bezerra de Menezes, encontrou um homem em atitude suspeita. Ao realizar a busca pessoal, os policiais encontraram, em posse do rapaz, uma faca de aproximadamente 30 centímetros de lâmina, cinco gramas de maconha e a quantia de R$ 900 (em notas de R$ 50 e R$ 20). Ele foi levado à Delegacia de Polícia, onde foi registrada a posse de entorpecentes.

Conheça também as opções de cursos de pós-graduação a distância em: ead.senac.br/pos-graduacao

Homem estava com a quantia de R$ 900

Você ainda pode contar com diversos descontos e parcerias. Confira em senacrs.com.br/parceriasedescontos

/senacrsoficial

SENAC BAGÉ

Rua Marechal Floriano, 1456 Fone: 3242.7233

senacrs.com.br/bage

@senacrs

Insta

@senac_rs

Divulgação/FS

Pedestre é atropelado em saída de festa em Dom Pedrito

Carro bate em veículo parado na rua 20 de setembro A vítima relata que saía de uma festa na madrugada de sábado e foi entrar em seu carro, Palio, placas ITZ 0795, quando percebeu que o veículo estava danificado, com uma colisão

na traseira esquerda. O comunicante informa ainda que seu carro estava estacionado na rua 20 de setembro e que, devido à batida, ficou com danos na lataria e estava em cima da cal-

çada. De acordo com o registro policial, testemunhas informaram que um Vectra GT, placas MHT 0106, após colidir em um barranco, acabou colidindo com o Palio.


ESPORTES

15

SEGUNDA-FEIRA 19 de maio de 2014

Guarany continua vivo, Bagé acaba eliminado

m

o , m u i e i

Renata Lima

m a o o a

Alvirrubro venceu por 1 a 0, gol de Cléber Oliveira

Sob arbitragem de Francisco Dias, com os assistentes Luís Rodrigues e Christian de Oliveira, todos com bom trabalho, as duas equipes formaram assim: GUARANY - Vágner Quadros, Alexandre, Vágner Fonseca, Gabriel Dorneles (Foguinho) e André Corrêa (Eduardo Melo), Alex Sander, Vítor, Lucas Oliveira (Nórton) e Cléber Oliveira; Gustavo Sapeka e Raphael Paraíba. Treinador: Osvaldo Rolim BAGÉ – Thales Sayago, Pedro Júnior, Héberson Collina, Rafael Cendoya e Laércio (Tainã Silva); Wellington (Alex), Evandro Moreira, Anderson Son e Luís Fernando; Fernandinho (Alessandro Maranhão) e Fernando Lima. Treinador: Luiz Carlos Bertran (Chicão) Gol: Cléber Oliveira, aos 18 minutos do segundo tempo Cartões amarelos: Lucas, Cléber Oliveira, Vágner Fonseca, Alex Sander, Luís Fernando, Fernandinho, Rafael Cendoya, Wellington O Bagé jogará em casa na quarta-feira, contra o Rio Grande, enquanto o Guarany, na quinta, enfrentará o Estância Velha.

Resumo esportivo ESTADUAL JUVENIL – No Pedra Moura, o Bagé/ Descobrindo Talentos ficou no 1 x 1 contra a Associação Rosário, mas, mesmo com um jogo a menos, continua vice-líder da chave. No domingo, no estádio Antônio Magalhães Rossell, será realizado o clássico Ba-Gua. BRASILEIRÃO (1) – No sábado, Cruzeiro 3 x 2 Coritiba. BRASILEIRÃO (2) – Pela Série B, Paraná 0 x 0 Boa Esporte, América Mineiro 2 x 0 Vila Nova de Goiás, Icasa 1 x 1 Santa Cruz, ABC de Natal 1 x 0 Sampaio Corrêa, Avaí 1 x 1 Ceará, Portuguesa de Desportos 1

o s m m

higinobage@yahoo.com.br

x 2 América de Natal, Luverdense 2 x 0 Bragantino, Atlético Goianense 0 x 0 Joinville. O jogo Náutico x Vasco da Gama foi adiado para 6 de junho. BRASILEIRÃO (3) – Pela Série C, Juventude de Caxias do Sul 0 x 0 Guarani de Campinas,Tupi de Juiz de Fora 2 x 1 SER Caxias. ESPORTES NO SESI – Com jogos às segundas, quartas e sextas-feiras, a partir das 19h30min, nos campos do Bagé Tênis Clube e da Associação dos Funcionários da Polícia Federal, está em desenvolvimento o campeonato de futebol sete do Serviço Social da Indústria.

Com a vitória de 1 x 0 no Bua-Gua 415, o Guarany subiu na tabela e continua firme na busca de uma vaga para as quartasde-final do returno da segunda divisão de profissionais. Com a derrota, o Bagé foi definitivamente eliminado e apenas cumprirá tabela nas duas próximas rodadas. O primeiro tempo foi truncado, com sucessivas faltas de parte a parte e seis cartões amarelos, três para cada equipe. Os lances eram disputados de forma acirrada, mas o Bagé, graças à movimentação de Pedro Júnior, Evandro e Son, tinha o controle do meio-campo, atacante com maior insistência. Houve lances claros de gol, principalmente aos 37 minutos, quando Fernando Lima, na pequena área, completou de bicicleta para a defesa de Vágner Quadros. Aos 42, quando Gabriel Dorneles, sozinho diante do goleiro Thales, errou a cabeçada que poderia ser fatal para

os jalde-negros. As tentativas, na maioria das jogadas de ataque, se restringiam a chutes de meia e longa distância, facilitando o trabalho dos goleiros. Os primeiros 15 minutos da etapa final foram marcados pelo domínio do Bagé, mas não conseguindo traduzir a supremacia em gol. O Guarany estava se reencontrando em campo quando, aos 18 minutos, Cléber Oliveira, de fora da área, enganou o goleiro jalde-negro, fazendo 1 x 0 para o alvirrubro. O gol arrefeceu o ânimo do Bagé, que ficou contido em campo, enquanto o Guarany se fechava para garantir a vantagem que o mantém na luta pela classificação à próxima fase, ao mesmo tempo, matando definitivamente as aspirações jalde-negras. Já nos acréscimos, Maranhão perdeu uma chance incrível para empatar. Ânimos acirrados no final, com um princípio de confusão entre jogadores, logo contido.

Liderança consolidada Jogando em casa, diante de 855 pagantes, o São Gabriel manteve a a liderança da chave A do returno da segunda divisão de profissionais, vencendo o Estância Velha de Canoas por 3 x 0. Rafaek Gevehr aos 16 e o estreante Jean Dias aos 41 minutos fizeram 2 x 0 no primeiro tempo, cabendo a Michel, aos 30 minutos da etapa complementar, fechar o escore. São Gabriel, do treinador Carlos Moraes, venceu com Anderson, Rafael Soares,Xande. Wagner e Rafael Gevehr (Brunello); Murilo, Jean Dias (Marquinhos), Fábio Jú-

nior e Jean Acosta; Michel e Marcelo (Thales). Estância Velha, do treinador Bruno Saymon, perdeu com Eliandro, Esquilo, Bocão, Carioca (Oliveira) e Matos (Maurício); Pit, Douglas Paré, Artur e Dias (Ledesma); Lê e Dadá. A penúltima rodada do returno prevê para quarta-feira, dia 21, os jogos Bagé x Rio Grande, Farroupilha x Sapucaiense. Na quinta-feira, Estância Velha x Guarany. A última, no domingo, 25 de maio, terá Guarany x São Gabriel, Sapucaiense x Bagé, Rio Grande x Farroupilha.

AVISO DE EDITAL PREFEITURA MUNICIPAL DE BAGÉ O Município de Bagé/RS torna pública a licitação PREGÃO PRESENCIAL 021/2014 - Contratação de empresa especializada na prestação de serviços de hospedagem e alimentação - Convênio PAR 9099/2013 MEC/FNDE-SMED. Abertura dos envelopes no dia 29 de maio de 2014, às 9h:30min. Edital disponível no site www.bage.rs.gov.br . Informações: (53) 3240 5005, das 8h:30min às 14h. AVISO DE SUSPENSÃO DE LICITAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE BAGÉ O Município de Bagé/RS, através do Pregoeiro, informa que a PREGÃO PRESENCIAL 018/2014 - Contratação de empresa especializada com fornecimento de mão-de-obra, para executar os serviços de reparos e manutenção nas Unidades de Saúde deste Município, publicada com data de abertura para o dia 20/05/2014 fica provisoriamente suspensa para reformulação do Termo de Referência.

17/05/14 FEDERAL

1º 77.209 2º 62.259 3º 65.168 4º 15.397 5º 11.453 MEGA-SENA Nº 1600 09 23 32 35 46 57 LOTOMANIA Nº 1452 03 08 09 11 19 20 28 35 40 48 49 56 59 69 70 84 85 90 94 95

LOTOFÁCIL Nº 1056 02 04 05 06 08 09 10 11 14 15 18 19 21 22 23 QUINA 3491 09 32 54 55 75 DUPLA-SENA Nº 1281 Primeiro sorteio 19 26 34 35 40 46 Segundo sorteio 02 13 38 42 45 50


www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014

Gaúcho

FOLHA SUL


Folha do Sul Gaúcho Ed. 1232 (19/05/2014)