Issuu on Google+

PRODUÇÃO

Movimentação intensa para escoamento de soja altera panorama no trânsito regional

Fabiana Gonçalves/Especial FS

Márcio Blois Gasparri recebeu da presidente Dilma Roussef, aos 39 anos, a condecoração por serviços prestados na área das relações internacionais Página 17

Divulgação/FS

PRESTÍGIO Diplomata filho de bageenses é admitido como Cavaleiro da Ordem do Rio Branco

Página 8

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 - Ano 4 - N° 1221

Museu da Gravura Brasileira retoma atividades depois de seis anos fechado

Tiago Rolim

Portas abertas para arte

POLÍTICA Homenageado na Câmara Afonso Hamm critica perda de verbas e falta de estímulo ao crescimento econômico Página 4

QUALIDADE Secretaria Estadual de Turismo vai lançar programa e exige conselho e fundo de Turismo

Página 13

SINDICALISMO CPERS recebe três chapas para nova direção e confirma homologação para próximo dia 8

Página 14

O Museu da Gravura Brasileira, que concentra as obras dos principais artistas do reconhecido Grupo de Bagé, retomou atividades na noite de ontem após um período de seis anos de inatividade. Um dos institutos mantidos pela Universidade da Região da Campanha, o MGB reúne 35 anos de história de artistas locais, como Glênio Bianchetti, Glauco Rodrigues, Carlos Scliar e Danúbio Gonçalves. As obras foram removidas para o acervo do Museu Dom Diogo durante o período em que o museu original esteve fechado. A cerimônia de reinauguração foi marcada pelo lançamento da exposição Êxodos, do fotógrafo Sebastião Salgado, o que demonstra a importância do Da Maya Espaço Cultural como apoiador do processo de restauração do local. A programação deverá manter atividades à noite para prestigiar o público universitário. Página 15

COMUNIDADE Motorista ganha na justiça direito de ser ressarcido por prejuízos causados por buraco de rua Página 16

O TEMPO HOJE Bagé - RS

23º 17º

Sol, alternando com chuva em forma de pancada rápida e isolada


TERÇA-FEIRA

2

6 de maio de 2014

OPINIÃO Procurador geral e secretários da prefeitura são aguardados quinta-feira na Câmara

Eurico Salis

Ozzy não é macaco Hoje pela manhã estava caminhando à beira da praia, observando a paisagem ensolarada da costa da Califórnia, e as legiões de pelicanos que sobrevoavam o imenso mar azul a procura de alimento. Os pelicanos precisam mergulhar profundamente para pescar seu aliemento. Eu também. Estava caminhando e acabei mergulhando na canção do Black Sabbath, que ouvia no headphone. A letra da canção “Sabbath Bloody Sabbath”, escrita por Ozzy Osbourne, diz “You’ve seen life through distorted eyes. You know you had to learn. The execution of your mind. You really had to turn. The race is run the book is read. The end begins to show. The truth is out, the lies are old. But you don’t want to know”. Algo como você vê as coisas de maneira distorcida, tem que ver de outro lado, mas não quer enxergar, etc. Então lembrei do Daniel Alves e da campanha “Eu não sou macaco”. E de uma entrevista que o guitarrista Tommi Iommi concedeu a Rick Wakeman, num programa semanal da TV BBC, de Londres. Lá pelas tantas, Tommi disse “não sou macaco”, e aí embolou o meio campo. Explicou que não tinha o costume de pular e fazer poses de macaco em palco como outros guitarristas do hard rock. Revelou que as letras das músicas do Black Sabbath falam de

um mundo macabro, repleto de mortos, mas que a verdadeira mensagem é outra, é reverenciar a vida. Disse que falam de uma coisa para mostrar o outro lado desta coisa. Como Daniel Alves, quando comeu a banana atirada por um torcedor irracional, num ato de racismo ridículo que ainda acontecem nos estádios. Ontem, ouvi o jogador Daniel Alves dizer numa entrevista que seu ato em comer a banana jogada não foi planejado, e que significava dizer ‘eu não sou macaco”. Com isto queria ridicularizar o racismo, e claro, o torcedor que jogou a banana. Mas que não gosta da campanha que se formou nas redes sociais, porque nela as pessoas valorizam a figura dele como vítima. Assim como Ozzy Osbourne e Tommi Iommi, Daniel Alves reforça que a verdadeira mensagem é aquela que está do outro lado. Não quer reforçar a ideia que de que é vítima, mas protagonista de sua história. Gostei da declaração do Daniel Alves. Eu também não gosto destas campanhas que valorizam a ideia de vítima de quem é agredido. Quem deve ser fragilizado é o agressor, e não o agredido. Eu não sou macaco e não vou postar foto de bananas na rede social da web. Eu penso e faço parte de uma raça em evolução. Ainda que alguns desta raça não tenham percebido onde estão as verdadeiras diferenças entre nós.

CONTEMPORÂNEO News

por Marcelle Ceolin

Look do dia: Madalena Sports

Casaco Live! + calça Rola Moça cirrê + polaina Live! + tênis Adidas response cushion 22 A Madalena Sports oferece muitas opções de presentes para o Dia das Mães. A loja recebeu uma variada linha de tênis da Asics, Adidas e Mizuno, além de agasalhos, polainas e variedade de acessórios para academia como luvinhas, porta celular e porta acessórios para a prática de atividades. As compras podem ser parceladas em 8x nos cartões e até 10x no crediário da loja. Confira! A La Campera em parceria com a Clínica Nutrivida lança promoção para deixar sua mãe no estilo e mais bela. Fazendo suas compras na La Campera até o dia 11 de maio, você concorre a descontos especiais e tratamentos para deixar sua mãe como ela merece. Participe! Doce Dia das Mães Lumina. Hoje, a Lumina espera todas as clientes com cupcakes e bebidas quentes para degustar enquanto confere as novidades e as diversas opções de presente para quem mais merece. É durante todo o dia. Prestigie! A loja Drapping está homenageando as mães de uma maneira muito especial. Até sábado, todas as mães que passarem pela loja - para conferir as novidades em bolsas - participarão do clic Drapping, uma forma de registrar um momento seu com os filhos. Nas compras até 15 de maio, você concorre a um mini book por Patrícia Costa. Não fique de fora!

Ao final da sessão ordinária de segunda-feira, um fato chamou a atenção quando era realizada a leitura do roteiro. Um ofício, assinado pelo prefeito Dudu Colombo, foi lido aos presentes. Ele abordava sobre a participação do procurador geral do município, Luiz Fernando Meira, e dos secretários Janise Collares (Educação) e Tirso Delabary (Fazenda), em ato na Câmara, atendendo convocação expedida pelo Legislativo. Conforme o texto, os três estarão no plenário na sessão ordinária do dia 12 para responder os questionamentos dos vereadores. A presença era uma demanda exigida

pelos parlamentares de oposição. No dia 28 de abril, aliás, Edimar Fagundes (PRB), então presidindo os trabalhos, chegou a suspender a sessão, parcialmente, em função dos três não estarem presentes. Na data, foi apresentada uma justificativa por escrito e, após, efetuada nova convocação. Apesar da confirmação, por parte do prefeito, Fagundes reiterou que eles são esperados, na verdade, para esta quinta-feira. “É neste dia que encerra o prazo de oito dias concedidos pela Lei Orgânica. Vou ver como proceder para que, na quinta, eles estejam aqui”, afirmou.

Rafael Fuca substitui Lélio Lopes na CPI do Parque Após solicitação do vereador Lelinho Lopes (PT), para deixar a Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) que investiga as contas do Parque do Gaúcho e os convênios com a Associação São Pedro e com a Santa Casa de Bagé, ele foi, oficialmente, substituído ontem. Em seu lugar, assume a vaga Rafael Fuca (também do Partido dos Trabalhadores). Fuca disse esperar contribuir com os trabalhos. “É uma experi-

ência nova para mim. É a primeira CPI da qual faço parte e, de minha parte, farei o que for possível para colaborar”, garantiu. O vereador reforçou que, no decorrer dos trabalhos, pretende atuar como “um elo entre oposição e governo”. “Já conversei com o prefeito e com o pessoal do Controle Interno e eles se prontificaram a colaborar com as informações que forem solicitadas”, concluiu.

Atraso em sessão ordinária suspende reunião da CPI da Folha A sessão ordinária de ontem acabou se estendendo mais que o normal. Terminou por volta das 15h30min. Acontece que, com isto, a reunião da Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) que investiga folha de pagamento da Prefeitura e com o Fundo

de Aposentadoria e Pensão do Servidor (Funpas) acabou não sendo realizada. Agendado para às 14h15min, o encontro teve que ser cancelado. A próxima reunião está agendada para quinta-feira, também às 14h15min.

Desafio do Patrimônio 6 O Desafio nº 6, publicado na edição do último sábado, não contou com o nome do patrocinador da etapa desta semana. O patrocinador do brinde que o vencedor terá é do bar The Mug.

Correção Na página 19, desta edição, é mencionado que o Guarany jogaria, amanhã, contra o Farroupilha, no estádio Nicolau Fico. Contudo, uma atualização feita pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), no final do dia de ontem, oficializou a transferência da partida para quinta-feira. O jogo será às 15h30min.

facebook.com/JornalFolhaDoSul

Direção

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado

Repórter Fotográfico: Cristiano Lameira - Tiago Rolim de Moura Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício -Edgar Muza - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos - Eurico Salis - Fernando Velloso

REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Vanessa Gon- Estagiária: Renata Lima çalves Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues Diagramação comercial: Diego Almeida Revisão: Lucimar Camargo Nunes Reportagem: Fernanda Mendonça Diagramação: Cristiano Lameira e Vinícius Silva Gilmar de Quadros - José Higino Gonçalves - Juliana Andina - Marcos Pintos - Niela Bittencourt - Stela Vasconcellos - Marcelle Ceolin


Indicadores econômicos INDICADORES Salário Mínimo Salário Regional TJLP SELIC IGP-M

VALAR ATUALIZAÇÃO R$ 724,00 2014 R$ 868,00 2014 5% a.a. 11% a.a abril 2013 + 0,29% nov. 2013

EMPRESARIAL

MOEDAS COMPRA Dólar Comercial 2,230 Dólar turismo (em R$) 2,120 Euro (em R$) 3,091 Pesos Ur.(em R$) 0,0963 Pesos arg.(em R$) 0,279

VENDA 2,230 2,370 3,092 0,0959 0,280

Strelitza abre temporada de “Aromas e Sabores da Estação” Stela Vasconcellos

a l i , u , o á m e r m

o o a e

Café da Leb foi inaugurado por Maria Nivaldes de Mattos, Tatiana Mattos e Jurema Messias

por Stela Vasconcellos á Desde ontem, os clientes da -Strelitza estão podendo saborear as bebidas quentes da promoção “Aromas e Sabores da Estação”, criada pelo jornal FOLHA do SUL e pela LEB Café. A loja é a primeira a receber a ação, que

oferece cappuccino, mocaccino, chocolate e expresso aos visitantes. A empresária Tatiana Mattos lembra que as clientes também poderão participar de fotografias, para veiculação no jornal. Conforme a diretora comercial da

“Aromas e Sabores da Estação” estimula descontos e promoções. Na Strelitza, as compras do Dia das Mães ganham 20% de desconto à vista. As botas e os sapatos Schutz ganharam descontos entre 30% e 50%, como mostram a empresária Maria Nivaldes Soares de Mattos e

a vendedora Jurema Messias. Outra promoção destaca grande variedade de calças jeans e coloridas. As marcas em evidência são Cola-Cola, Missbella, Espaço Fashion, Farm, Hering e Di Trevi. As calças têm 40% de desconto à vista e 30%, a prazo.

Promoções

FOLHA, Leisa Sória, “ao final de cada semana, fotos e novidades serão divulgadas em uma página no jornal na sexta-feira seguinte”. As bebidas serão oferecidas das 14h às 18h30min, de segunda-feira a sábado.

Lançamentos

Especializada em tricôs, a marca Banana Café apresenta seus lançamentos na Strelitza. Há peças lisas, trabalhadas e estampadas para aquecer o inverno 2014, oferecendo charme e estilo à temporada fria.

Onde: Marechal Floriano, 845 | Fone: 3312-6126

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

3


4

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

POLÍTICA

Felipe Valduga

Deputado chamou atenção ao criticar perda de verbas de emendas e falta de política de desenvolvimento por parte do município

O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS) recebeu, ontem pela manhã, o título de honra ao mérito concedido pela Câmara de Vereadores de Bagé. O ato foi assinalado por uma sessão solene, no plenário Lígia Almeida. Conforme o vereador Antenor Teixeira (PP), proponente da iniciativa, a meta foi assinalar o reconhecimento do trabalho executado por Hamm ao longo dos últimos anos. “Foram 10 milhões de reais de verbas públicas destinadas ao município, para obras necessárias, trazidos pelo deputado. Vejo como um dos maiores testemunhos de disposição”, comentou em tribuna, ao justificar sua proposta de homenagem.

Para dimensionar o trabalho do colega progressista, Teixeira lembrou que mais de R$ 1 milhão foi revertido em equipamentos para a Santa Casa, R$ 493 mil encaminhado para a pavimentação da estrada de acesso à Universidade federal do Pampa (Unipampa), bem como R$ 1,6 milhão para a construção da Escola Municipal Téo Vaz Obino. “Acho fundamental o apoio da população aos políticos que trabalham por esta cidade”, reitera o vereador. Por sua vez, Hamm agradeceu o reconhecimento. “Essa homenagem, na instituição legislativa na qual comecei, é de um significado muito grande para mim”, afirma.

Reclamação

Digulbação FS

Afonso Hamm recebe título de honra ao mérito do Legislativo

Parlamentar lembrou que iniciou atuação política na Câmara de Bagé

Apesar do tom festivo da solenidade, o deputado federal chamou a atenção dos presentes ao fazer alguns comentários questionando medidas adotadas pelo Executivo municipal. Ao comentar sobre emendas articuladas para con-

templar a cidade, disse que “Bagé já perdeu R$ 1,6 milhão em recursos”. Isto, segundo ele, pelo não acompanhamento das exigências solicitadas pelo governo federal. Hamm apontou que, deste montante, parte seria destinada

para a construção de dois postos de saúde. “É inconcebível que isto aconteça. Peço, a vocês, vereadores, que não percamos, também, uma verba de R$ 200 mil que poder vir para a construção de outro posto, no bairro Dois Irmãos”, reforça.

O parlamentar também comentou, com este colunista, sobre o atual cenário do município. Ao abordar sobre as negociações com servidores em greve, apontou que o Executivo necessita, antes de tudo, “enxugar os gastos em alguns pontos”. Avaliou que o atual piso pago é “indigno”. Por outro lado, sugeriu, também, que a cidade precisa investir em políticas para estimular o

crescimento econômico. “Qual a propostas de desenvolvimento? Quantas empresas podem ser instaladas aqui? Quantas podem ser ampliadas”, indagou ao apontar que, somente deste modo, o Executivo poderá ampliar a receita e, consequentemente, seu orçamento. Apontou que o papel das universidades, neste processo, é fundamental. “Assim poderíamos promover possíveis cenários de

crescimento. De modo, ainda, que o jovem que estuda aqui trabalhe aqui, e não vá para outros locais”, cita. Contudo, disse que não via ações, neste sentido, acontecendo. O deputado ainda frisou que, na atualidade, “estamos apostando as fichas nas usinas em Candiota. Se conseguirmos viabilizar estes empreendimentos, os reflexos aqui em Bagé e na região serão enormes”, argumenta.

Hamm, logo após a sessão solene, foi convidado a integrar uma reunião com o Comando de Greve dos servidores municipais, realizada no plenarinho do Legislativo. No encontro, os funcionários solicitaram que o deputado, bem como os vereadores presentes, solicitasse a reabertura das negociações do reajuste com o prefeito Dudu Colombo. O deputado disse

que já acompanhava a atual situação e se colocou à disposição. “Lamento o que está acontecendo. De minha parte posso, no momento, colocar meu gabinete para auxiliar no que for possível”, resume. Comentou que, em sua visão, o “governo teria, ao menos, que sinalizar um horizonte. Se não pode dar tudo agora, vai aos poucos. O governador Tarso Genro fez isso”, lembra.

Ainda, por sugestão do presidente do Sindicato dos Professores e Funcionários dos Estabelecimentos de Educação Municipal de Bagé (Sinprofem), Loi Vaz Lacerda, Hamm disse que vai estudar um projeto, que tramita em Brasília, que trata sobre o desvinculamento dos orçamentos da Saúde e da Educação. Conforme Lacerda, “a medida altera o indexador e facilitaria nas negociações”.

Política local

Encontro com servidores

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral Quem tem medo de investigação? Me criei em uma época em que havia respeito. Os idosos eram respeitados pelos mais jovens. Aliás, isso ainda acontece nos dias de hoje...No Japão. A experiência dos idosos sempre é chamada antes de tomadas de decisões. Sou de uma época em que sentar á mesa para fazer a refeição automaticamente o cidadão tirava o chapéu ou a boina. Caso isso não acontecesse o Pai, que era respeitado por todos, fazia valer sua autoridade. Há mas os tempos mudaram. Eu diria a educação que vinha do berço também. O professor era respeitado e se fazia respeitar. E o que era mais importante, também respeitava o aluno. Não estou querendo dizer que o modelo atual seja totalmente reprovável. Cada um faz o que quer desde que não ultrapasse o direito dos outros. Na época não se tinha medo dos pais. O que havia era respeito. Ponto. Até os marginais tinham medo da Justiça. Tinham medo da polícia. E aí não era respeito, era medo mesmo. Pelo que se observa hoje não há nem medo nem respeito. E isso é uma constatação. Eu por exemplo, e não sou o único, não tenho medo nem da polícia e muito menos da Justiça. Eu não me considero marginal. Tenho isso sim, respeito com as autoridades. Uma frase minha ficou marcada no século passado, quando ao dar uma informação sobre pessoas que estavam sendo chamadas ao Fórum, muitas delas não compareceram por medo do judiciário. Eu perguntei, mas quem tem medo de Juiz? Este tema veio a minha mente após matéria publicada na imprensa Nacional que informava o seguinte: “Petrobras recorre á Justiça para barrar apuração de contratos”. A pergunta é a seguinte, quem tem medo de ser fiscalizado? Por baixo deste arroz tem lingüiça. A desconfiança volta a se manifestar. Fui me aprofundar na informação. E o caso se arrasta a muito tempo. Leiam a matéria completa e formarão opinião a respeito: “A Petrobras paralisou com liminares da Justiça, 19 investigações contra supostas irregularidades em contratações da companhia que estavam em curso no TCU (Tribunal de Contas da União). Investigações sobre contratos bilionários da estatal com suspeita de desvios de recursos estão, há mais de sete anos, paradas porque o STF (Supremo Tribunal Federal) não julgou em definitivo nenhum desses processos. Desde 1998, a Petrobras vinha fazendo contratações de forma mais simples que a determinada pela Lei de Licitações, baseando-se em um decreto daquele ano. O TCU entendeu que era necessária uma lei específica para que a empresa contratasse dessa maneira e começou a emitir decisões que obrigavam a empresa a seguir as regras da Lei de Licitações. Em 2006, a Petrobras, após esgotar os recursos no TCU, começou a recorrer ao Supremo para evitar cumprir essa determinação do tribunal. Até 2010, a estatal conseguiu 19 decisões favoráveis do Supremo, de sete diferentes ministros, suspendendo os efeitos das decisões tomadas pelo TCU. Em todos os casos, os ministros concederam decisões provisórias aceitando a dispensa da Lei de Licitações, que aguardam nesses 19 casos o julgamento definitivo”. Conclusão minha, o próprio STF, que não julga o mérito, está dando respaldo á contratação sem licitação. O TCU fez o seu papel mas não pode contrariar decisões judiciais exaradas mesmo que por liminares. Enquanto não derrubarem as liminares ou julgarem os processos, tem que ser respeitada. E isso, sem querer (ou querendo?), está auxiliando contratações que tem enriquecido muita gente boa. Empurrar com a barriga tem sido a defesa dos “pró homens” da Petrobras, desde 1998. Foi o motivo que me levou a encabeçar a coluna com o titulo “Quem tem medo de investigação?”Há denúncias, seja contra quem for, tem que investigar. Quem não procedeu errado não teme ser investigado. Até rimou. A sociedade tem que continuar a pressionar para que sejam apuradas todas as irregularidades. Mas a Copa do Mundo está bem perto. Ou não?


TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

5


6

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

POLÍTICA

Caixa 2 na campanha do prefeito de Pinheiro Machado é julgada improcedente A ação sobre a existência de Caixa 2, movida pela Coligação Pinheiro Machado Pode Mais (PSDB, PDT, PMDB e DEM), contra o prefeito Felipe da Feira (PTB) e o vice Ronaldo Madruga (PP) foi julgada improcedente pelo juiz da 35ª Zona Eleito-

ral, Fernando Carneiro da Rosa Aranalde. A decisão ocorreu na quarta-feira passada. A acusação já havia, anteriormente, sido arquivada pela ausência de individualização de fatos concretos e provas. Contudo, os denunciantes recorreram

e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinou a reabertura das apurações. O processo pedia a cassação dos mandatos dos atuais gestores municipais. Mesmo com a decisão, os acusadores podem apelar para uma instância superior.

Cláudia Souza e Caio Ferreira reiteram posição contra emenda que alterava níveis dos servidores Os vereadores da situação Cláudia Souza (PR) e Caio Ferreira (PT) reforçaram, na sessão ordinária de ontem, suas posições contrárias à emenda que alterava a lei de reescalonamento dos níveis dos servidores. Cláudia disse, em seu manifesto, que “em nenhum momento algum me posicionei contra o funcionalismo, mas sim disse que as emendas eram inconstitucionais, pois tinham vício de origem e solicitei um debate entre os vereadores”. A parlamentar, aliás, apresentou o ofício expedido pelo desem-

bargador Sérgio Fernando de Vasconcellos Chaves, que deferiu o pleito liminar e suspendeu a vigência do artigo terceiro da Lei. A vereadora ainda justificou que sua fala teve como meta responder a acusações, por parte de alguns grevistas, de que a Câmara seria contra a categoria. “Os vereadores não são contra os servidores”, garante. O vereador Divaldo Lara (PTB), naquele momento, pediu aparte para esclarecer que o processo não fora julgado, mas sim o pedido de liminar. “Foi uma antecipação de tutela concedi-

da”, salienta. O petista Caio Ferreira, logo na sequência, também lembrou que quando se colocou contrário à emenda fora criticado. “Disse que tratava-se de uma matéria inconstitucional, por parte do Legislativo, e que apenas o Executivo tinha esta autonomia. Acredito que se aprofundássemos o debate encontraríamos uma solução”, frisa. A suspensão da vigência do artigo 3º da Lei de Reescalonamento (5372/14), por parte da Justiça, fora publicada nesta coluna na edição de sábado.

Diretórios municipais afinam estratégias para eleições Pelos menos dois diretórios municipais iniciam, nesta semana, a definição de estratégias para as eleições de outubro. Ontem à noite, por exemplo, os correligionários do PTB estiveram reunidos, em sua sede, para avaliar e posicionar possíveis candidaturas a deputado estadual e federal. Conforme adiantado pelo vereador Divaldo Lara, a meta era garantir, já na data, uma pré-definição sobre o tema. Em função do horário de fechamento, esta coluna não pode trazer

mais detalhes sobre o encontro. Quem também prevê debate sobre o pleito deste ano é o Partido Comunista do Brasil (PCdoB). O diretório, para tanto, se reúne amanhã, às 19h, em sua sede. Para o evento, inclusive, está prevista a presença do vice-presidente estadual da sigla, Adalberto Frasson. De acordo com informações repassadas à coluna, o objetivo inicial é que o PCdoB tenha, ao menos, um candidato a deputado estadual para representar a região.

Evento acontece hoje na Câmara

Audiência Pública vai debater sobre raiva bovina

Por solicitação do vereador Antenor Teixeira (PP), a Câmara de Vereadores, por intermédio da Comissão de Agricultura e Pecuária do legislativo, realiza audiência pública, hoje, às 9h, para debater sobre a raiva bovina. Segundo Teixeira, o tema é importante em função da região so-

frer um surto da doença. “Queremos esclarecer aos produtores e demais trabalhadores do campo dúvidas sobre este assunto. Acredito que somente por meio destes debates e da conscientização da comunidade poderemos combater a raiva, uma doença que mata”, reiterou na tribuna, na sessão de ontem.


TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

7


8

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

Mercado agrícola PRODUTOS

RURAL

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul UNIDADE MÍNIMO MÉDIO Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

32,00 120,00 24,00 60,50 20,00 32,00 4,00 3,40 2,85 3,50 0,78

MÁXIMO

34,33 139,45 25,55 63,28 20,77 34,58 4,09 4,06 2,94 3,68 0,88

21.4.2013 a 25.4.2013

37,00 180,00 28,00 65,00 21,30 36,00 4,30 4,50 3,00 3,90 1,03

Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Com movimento intenso de caminhões, Lavras do Sul realiza segunda etapa da Feira de safra de soja altera cenário em Bagé Em mais um ano positivo para a safra de grãos de verão na região da Campanha, a soja é definida por muitos produtores rurais como uma cultura que já está consolidada na região da Campanha. Esse cenário pôde ser comprovado ontem, quando se observou o intenso fluxo de caminhões na avenida Visconde Ribeiro de Magalhães – onde está localizada a Cerealista Coradini. A movimentação de caminhões no local destaca o período de escoamento da produção de soja da atual safra. Mesmo com o alto volume de caminhões, o escoamento prossegue em ritmo normal, aponta o diretor da Cerealista Coradini, Valmor Coradini Júnior. O empresário afirma que a expectativa é de que até o final do mês toda a soja da região já tenha sido colhida. Em Bagé, a estimativa é de que 70% das lavouras de soja já foram colhidas. Foram cultivados 35 mil hectares com o grão neste ano, sendo a produtividade média variando entre os 35 e 40 sacos por hectare.

Fabiana Gonçalves/Especial FS

Outono de Terneiros

No último final de semana, o município de Lavras do Sul sediou a 34ª Feira de Outono de Terneiros, Terneiras e Vaquilhonas. A segunda etapa da feira promovida pelo Núcleo de Produtores de Terneiros de Corte do município contou com 135 lotes de 2268 terneiros e obteve um faturamento total de R$ 2.029.530,00. Foram vendidos 53 terneiros de outono, com média no valor de R$ 1.017,55, sendo peso médio 217,04 e média kg 4,69. Já os 2215 terneiros de primavera, tiveram média R$

891,92 e peso médio 183,72 média kg 4,85. A média de preço geral foi de R$ 894,95 e a média kg geral de 4,85. Conforme dados do Núcleo, o número de municípios compradores 12, entre eles, Lajeado, Cachoeira do Sul, Dom Pedrito, Santana do Livramento, São Gabriel, Caçapava do Sul, Bagé, General Câmara, entre outras cidades. As raças predominantes no remate foram Angus, Hereford e Braford. O maior comprador foi o produtor Luis Antonio Simões Lopes.

Nina Boeira /Especial FS

Projeção é que safra encerre no final do mês de maio

No entanto, produtores e a indústria esperavam números maiores. Segundo Junior, a redução na produtividade deve-se ao excesso de calor no início do ciclo e às precipitações registradas ao longo do período – também em excesso para a cultura. Da indústria o grão segue o caminho para a exportação na mesma velocidade em que chega.

Por dia são carregados entre 40 e 50 caminhões que partem direto para o Porto de Rio Grande. Produção da soja da região é exportada para os principais países importadores da oleaginosa, entre eles a China. Bagé, Hulha Negra, Candiota e Aceguá somam cerca de 80 mil hectares cultivados com o grão.

Com 2268 animais, feira obteve mais de R$ 2 milhões de comercialização


GERAL Músico é o mais novo patrocinado pela ESP Guitars

Guitarrista bageense é destaque de workshop em São Paulo

Não é de hoje que o talento do bageense Luis Kalil Menezes vem sendo reconhecido. No ano passado, a empresa EMG Pickups, fabricante de captadores para guitarras, passou a patrocinar e fornecer material para o jovem músico. Tudo por consequência da precoce capacidade de Kalil em executar harmonias complexas com o instrumento, fato que, desde cedo, repercute na redes sociais. Recentemente, Kalil passou a fazer parte do cast da ESP Guitars, empresa californiana consolidada no mercado de instrumentos desde os anos 1980, quando passou a fornecer instrumentos para músicos de peso, como a -banda Metallica e o guitarrista Jake oE. Lee, de Ozzy Osbourne. Em 26 de abril, Kalil partia cipou de um workshop exclusivo -da marca na loja Reference Music sCenter, uma das mais importantes ,da cidade de São Paulo. Tratado mcomo prodígio por músicos e sites ,especializados, o guitarrista bage,ense desponta no cenário roqueiro. e“Eu conheci o Luis via ESP USA, pois o vice-presidente me mostrou oele dizendo que era um garotinho ebrasileiro. Por causa disso, ficamos iamigos e decidimos fazer a clínica stocando juntos. Fizemos um esquema meio Racer X pela internet mesmo. SO moleque toca para cacete aos 14

Reprodução FS

Kalil com Bill Hudson, Vini Castellari e Jean Patton no evento na capital paulista

anos! Me lembra de mim mesmo na idade dele (inclusive fisicamente)”, disse o guitarrista Bill Hudson à redação do Whiplash, maior site brasileiro do segmento. Além de Hudson, radicado nos Estados Unidos há 10 anos, participaram do evento os músicos Jean Patton e Vini Castellari, da banda Project 46. “Os caras são feras. O Bill Hudson já tocou pelo mundo inteiro, dos Estados Unidos a Dubai, e toca em bandas como Jon Oliva’s Pain e Circle II Circle”, completa Kalil.

Tocando guitarra desde os nove anos, o jovem parece bastante determinado para a idade, 14. Além repercussão nas redes sociais e da banda Keeper Alive, a qual integrou até o ano passado, o jovem se mantém ativo e com planos que vão além dos eventos para o público especializado e os videos para internet. “O próximo passo é lançar meu disco, com minha banda solo em Porto Alegre, e ter um material autoral bem criativo. Acredito que o trabalho vai surpreender”, finaliza.

Professores participam de formação da 4ª Oficina da Olimpíada de Língua Portuguesa Na manhã de hoje, os Professores de Língua Portuguesa da Rede Municipal participaram da 4ª Oficina da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, iniciativa do Ministério da Educação e da Fundação Itaú Social, em parceria com o Conselho Nacional de Secretá-

rios de Educação (Consed), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o Canal Futura. A formação, que tratou sobre o gênero textual poesia, ficou a cargo da professora Taiane Basgalupp, da Universidade Federal do Pampa.

Em Bagé, 18 escolas e 31 professores da Rede Municipal aderiram à Olimpíada. Os professores podem realizar sua inscrição até o dia 15 de maio, através do site https:// olimpiada.escrevendoofuturo. org.br/inscricao_professor/index.php

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

9


10

SOCIAL

TERÇA-FEIRA

6 de maio de 2014

O

SOM do piano e do trompete invadiu a Catedral de São Sebastião como poucas vezes. Houve até a participação de luxo da solista Carolina Fernandes. Poderia ser um concerto de lugares limitados e até distribuição de senhas. Tudo valeria a pena para se assistir àquele momento mágico de som e luz. Mas, não era um concerto, era o casamento de SILVIA FERNANDES GRILLO e MARCELO BECK. NO CORAL (show) AUXILIADORA, regência Gilca Nocchi Collares, a excelência do trompetista Lucas Barros, muitos aplausos a ele! O repertório deste casamento pode servir de inspiração aos que vierem por aí. Do Fantasma da Ópera (com Carolina Fernandes e Renata Paim) à “Love is in the air”, passando pela tradicional Ave Maria de Gounod (solo de Carolina), Rosas (Cartola), La vie em Rose e por vai... Todo o espetáculo fotografado pela equipe Diones Alves e gravado pela Fuzion Multimídia; iluminação cênica perfeita by Fabrício Leal. Na decoração de Miriam Akagi, destaque para as capas que forraram o encosto dos bancos da Catedral; raramente elas aparecem; surgiram pela primeira vez na decoração do casamento de Luciana Moglia. Em outra edição, detalhes da festa no Clube Comercial e os clics Diones Alves para vocês. Os primeiros dias da lua de mel de Silvia e Marcelo será em Miami; depois, cruzeiro pelo leste europeu; a-p-l-a-u-s-o-s!

Diego Bernardes Almeida (Frodo), em ação na filmagem do casamento, pela equipe Fuzion Multimídia

Adelaide Brasil Sá e Clarice Contreiras Rodrigues

A solista Carolina Fernandes tem o ouvido cultivado desde o berço, pois era embalada pelo pai, Afrânio Fernandes, ao som de piano e de violino, uau!

Stela e Ronaldo Cantão

Paulo Roberto Pereira Jr e Márcia Moglia Suñe.

Iara Grillo e a filha Fernanda, belas e simpáticas; o troféu elegância é delas, claro!


SOCIAL

Natália Grillo Oliveira, Celinha e Márcio Oliveira, Juliana Grillo Oliveira

Da esquerda para direita médicos de Santa Cruz do Sul Marjana e Bruno Borba, Pedro Moraes e Amanda, Jessica e Rui Dorneles, Rafael Foergnes, Douglas Beling e Fabiane

Jorge Suñe Grillo e Carolina com a prima Isabela ao colo, uau!

Magali Collares Gonçalves viaja ao Rio, amanhã. Com certeza, incluiu na programação assistir ao filme “Getúlio”, que ganha as telas brasileiras no ano certo, no momento exato, no cinquentenário do Golpe Militar de 64

Lúcia Suñe, a dos doces (mesas) famosos em POA

Acauan Pereira Fernandes e Glauce

Júlia Fernandes, Paula Fernandes e Bruno Antunes

TERÇA-FEIRA

6 de maio de 2014

11


12

TERÇA-FEIRA

6 de maio de 2014

ENTRETENIMENTO

ANIVERSÁRIOS

HORÓSCOPO

Beth Infantini

- João Pereira Igura - Fabiane dos Santos - Melina Geisler - Igor Moreira Morales - Franciele Pinheiro Silva - Guilherme de Oliveira Freitas

Rio 2 [DUB]

cinema programação

18h30min

- Tamires Leal - Ênio Gonçalves Chaves - Luiz Laury Scarton - Elenice Ferreira - Anderson Paz - Fernanda Paz

Seu regente faz um tenso aspecto com Vênus movimentando seus relacionamentos. O momento envolve uma energia bastante dinâmica e perigosa, pois pode levar a brigas e rompimentos, tanto pessoais quanto profissionais.

Seu regente faz um tenso aspecto com Marte em seu signo movimentando de maneira intensa e dinâmica seus relacionamentos. O momento deve envolver cuidado com ações, palavras e reações, pois pode haver rompimentos.

Noé [LEG]

Seu regente recebe um tenso aspecto de Marte e você pode sentir uma forte tensão emocional uma situação que vem sendo arrastada há muito tempo pode ser definida hoje ou nos próximos dias. Um relacionamento pode chegar ao fim.

Nesta fase você deve tomar ainda mais cuidado com sua saúde, pois sua energia vital está bastante baixa. Vênus começa a receber um tenso aspecto de Marte e você pode sentir dificuldade em manter a energia em equilíbrio.

A tensão fica mais forte e uma energia ainda mais dinâmica toma conta de sua vida. O momento envolve discórdias, especialmente entre amigos ou em um romance. Os trabalhos em equipe também passam por certa tensão.

Vênus em Áries começa a receber um tenso aspecto de Marte e seus romances começam a pegar fogo, no bom e no mal sentido. Brigas e discussões podem fazer parte desta fase, especialmente se você for comprometido.

Com a entrada de Vênus em Áries, a tensão que estava mais leve começa a aumentar, especialmente em questões que envolvem sua carreira profissional. Um tenso aspecto com Marte pode trazer excesso de ansiedade.

Vênus em Áries começa a receber um tenso aspecto de Marte indicando uma forte tensão em sua vida domestica e nos relacionamentos em família. Evite se envolver em provocações, pois as possibilidades de brigas é bastante grande.

Apesar deste momento envolver uma possibilidade de sucesso, alguns projetos podem precisar de revisão ou não darem certo. Procure não se estressar com isso, pois novas oportunidades surgirão. O momento é positivo.

Vênus começa a receber um tenso aspecto de Marte e você fica mais agressivo do que nunca. A energia aumenta e sua ansiedade também. Tome bastante cuidado com acidentes, especialmente em estradas. Mantenha-se no controle.

Vênus começa a receber um tenso aspecto de Marte trazendo muita tensão emocional e uma necessidade de mudanças quase insustentável. Procure usar a razão e refletir, antes de qualquer decisão definitiva.

Vênus em Áries começa a receber um tenso aspecto de Marte e você deve manter suas finanças sob rígido controle. O momento envolve gastos imprevistos, portanto, nada de gastar além do necessário. Seja comedido.

20h30min

NOVELAS Catarina convida Serelepe para almoçar com ela e Pituca. Epaminondas sente que está perdendo a autoridade dentro de sua própria casa. Mãe Benta desconversa quando Zelão lhe pergunta sobre a identidade dos pais de Serelepe. Gina percebe que Ferdinando e Juliana escondem algo e questiona o que eles pensam em comprar na cidade das Antas. Davi recebe uma resposta positiva para o seu projeto. Jonas é atacado por um drone. Jonas recebe uma ameaça. Manuela visita Fred, que lhe pede para apagar todos os arquivos de seu computador. O comercial que Verônica fez para a loja de Barata volta para a mídia. Megan descobre que foi enganada por Alex e sofre um acidente de carro. Clara fica tensa e diz a Cadu que eles têm 30 minutos para chegar ao hospital. A esposa do operário que se acidentou aceita doar o coração do marido. Vanessa, chateada, decide botar Flavinha para fazer as fotos no lugar de Marina. André diz a Bárbara que não quer magoá-la. Começa o transplante de Cadu. Marina aparece para dar apoiar Clara. Luiza também vai para o hospital com Alice.


Secretaria de Turismo do Estado promove oficina de projetos em Bagé

Arquivo/FS

A Secretaria de Turismo do Estado (Setur) vai promover na um projeto piloto do 6º Forum Regional de Guias de Turismo, o Programa Oficina de Projetos. De acordo com secretario de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Juliano Munhoz, o curso visa auxiliar na produção de projetos que buscam a captação de verbas para serem produzidos. “Não apenas para profissionais do turismo, mas também para todos que têm projetos e querem auxílio financeiro para a execução do mesmo. É uma oficina para todos”, relata. A cidade de Bagé será modelo para os outros estados, já que a primeira execução da oficina será aqui. A oficina terá uma programação especial durante todo o dia 14, no Senac, em Bagé, inclusive com as novas normas que deverão ser atendidas, conforme orientação do CAGE. O evento é uma realização da Associação Pampa Gaúcho de Turismo, Prefeitura de Bagé e Senac.

A partir de julho deste ano, todos os municípios deverão ter um conselho e um fundo municipal de turismo. Em Bagé, o conselho e o fundo estão em funcionamento desde 2007. “Bagé foi a primeira cidade da região que teve conselho e

fundo municipal de turismo. É a única que tem um sistema de Turismo, que contempla tanto o Conselho como o fundo”, explica Munhoz. As inscrições poderão ser feitas através do número (53) 99778948, com Angelo Silva.

Hoje, durante todo o dia, a Liga Feminina de Combate ao Câncer irá promover o Pedágio da Esperança, evento de maior arrecadação do grupo. A presidente da Liga, Márcia Ivanoff, relata que a meta deste ano é ultrapassar o valor arrecadado no ano pasado. “Vamos tentar bater a meta do ano passado, onde arrecadamos cerca de R$ 45 mil ”, afirma. Serão mais de 200 voluntá-

rias trabalhando no projeto, que arrecada fundos para ajudar famílias com medicamentos, curativos, alimentos, fraldas geriátricas entre outras necessidades. “O valor é inteiramente dividido entre as necessidades dos assistidos. Nós não temos nenhum custo de funcionários, pois todos os que trabalham conosco são voluntários”, relata. O Pedágio da Esperança não apenas aborda carros, mas também

pedestres, nas esquinas, nos prédios comerciais e residências. “Nós fizemos um mapeamento da cidade e dividimos as voluntárias pelas ruas. Logo, vamos arrecadando em edifícios, residências”, explica. Márcia destaca que as voluntárias estarão devidamente identificadas e darão como retorno ao indivíduo que contribuir um adesivo com o logotipo da Liga Feminina. O pedágio será das 8 às 17 horas.

Secretário acredita que oficina de projetos é importante não apenas para setor turístico

Exigência de Conselho e Fundo Municipal

Liga Feminina promove Pedágio da Esperança

GERAL

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

13


14

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

GERAL

Eleição para diretoria Cpers Sindicato Bagé poderá ter três chapas Renata Lima

Rejane Oliveira quer mobilizar categoria pela luta do piso

Tiago Rolim de Moura

Comissão durante trabalho ontem à tarde: homologação ocorre no dia 8 de maio

Três chapas se inscreveram para concorrer à diretoria do Cpers Sindicato Bagé. O processo eleitoral é referente ao triênio 2014/2017. A homologação das inscrições está prevista para o dia 8 de maio. Pedidos por impugnações podem acontecer até amanhã. A votação ocorre entre os dias 10 e 11 de junho. O Cpers Sindicato Bagé abrange 60 escolas estaduais: são 2.200

servidores aptos a votar. A presidente da subcomissão eleitoral, professora Gladis Deble, explica que cada uma das chapas conta com nove nomes. Ela diz que o período de inscrições ocorreu tranquilamente. Informações podem ser obtidas na sede do núcleo do Cpers, na avenida João Telles, 1046. Ontem, a presidente do

Cpers Sindicato, Rejane de Oliveira, esteve em Bagé. Ela visitou escolas, mobilizando a categoria. Lembrou que, hoje, a luta é pelo pagamento do piso nacional. “Queremos incentivar a categoria a se mobilizar. Esse é um ano eleitoral. É o momento de cobrar promessas de campanha. Afinal, o governador se elegeu garantindo que iria pagar o piso”, argumenta.

A Associação de Apoio a Pessoas com Câncer de Bagé prepara o 2º Brechó Beneficente, dia 9 de maio, a partir das 8h, na sede que fica na rua General João Telles, 1601. Na primeira edição, mais de 100 pessoas prestigiaram a atividade, que reverteu a renda para a reforma da sala do Reiki e compra de material do artesanato. Segundo a assistente social da instituição, Cláudia Simone Lima, a expectativa é de que o público prestigie e contribua

com objetos que não estejam sendo utilizados. “Pretendemos manter as oficinas de artesanato, auxiliar na construção das cestas básicas, medicamentos, além de guardar algum dinheiro para a realização das nossas festinhas que acontecem no decorrer do ano”, explica. Os serviços oferecido pela Aapecan são destinados aos portadores de câncer com baixa renda, que contam com doações de cesta básica, atividades que proporcionam bem-estar emo-

cional e psicológico, oficinas terapêuticas e terapias alternativas que visam contribuir para a melhorara do astral de todos os envolvidos. Os interessados em contribuir com qualquer gênero para compor o brechó podem solicitar a visita de um mensageiro no telefone (53) 3241 9929, ou ainda, aqueles que desejarem fazer alguma doação em dinheiro a conta corrente é 3213-9 , agência 0495, op. 003 da Caixa Econômica Federal.

Aapecan promove nova edição de Brechó Beneficente


GERAL

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

15

Museu da Gravura Brasileira reinaugura com exposição de Sebastião Salgado Criado a partir de um encontro de Artes Plásticas em Bagé, em 1976, o Museu da Gravura Brasileira foi inaugurado em outubro de 1977. O espaço, que esteve fechado por seis anos, foi reaberto no início da noite de ontem, com a parceria do Da Maya Espaço Cultural, apresentou a exposição “Êxodos”, do fotógrafo Sebastião Salgado. A arquiteta, Eulália Anselmo, afirma que por ser um local tão importante no desenvolvimento da cultura e da arte local não poderia ficar fechado. “Em cima da exposição do Sebastião Salgado estamos fazendo uma série de reflexões e queremos levar isso para a comunidade. Entretanto, por ter imagens fortes do abandono do próprio ser humano, achamos interessante levar essa exposição para o Museu que ficou tanto tempo abandonado”, fala. Ela chama a atenção lembrando que a oficina de fotografia do projeto foi realizada no Museu da Gravura Brasileira. “Os museus e os

Tiago Rolim de Moura

Exposição Êxodos marca retorno das atividades

espaços culturais de Bagé precisam estar integrados para que possamos trabalhar no desenvolvimento cultural da cidade”, diz. As gestoras do Museu, professoras da Universidade da Região da Campanha Carmen Barros e Maria Luiza Piêgas, destacam que mesmo com o prédio fechado o acervo

do Museu sempre esteve exposto, no Museu Dom Diogo de Souza, através das 35 obras do Grupo de Bagé, restauradas através do Da Maya Espaço Cultural. Elas acrescentam que o acervo esteve exposto também no museu Leopoldo Gotuzzo, em Pelotas, e na casa do Governador, em Esteio. O Museu da Gravura Bra-

Reprodução/FS

Glênio Bianchetti foi incentivador da criação do local

sileira, juntamente com a Escola de Arte Maria de Lourdes Alcalde, foi um importante local para o desenvolvimento cultural do município. O objetivo, com a reabertura do espaço, é resgatar este norte e desenvolver oficinas, além de abrir para novas exposições. As gestoras complementam que o local passou por uma reforma,

mas que ainda há muito o que ser feito no espaço físico. O Museu da Gravura Brasileira ficará aberto de segunda-feira à sexta-feira, das 16h às 20h30min. Nesta primeira semana, até o dia 9, sempre às 19h, será exibido o documentário “Revelando Sebastião Salgado”, no Teatrinho, ao lado do museu.


16

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

GERAL

Acidente em 2010 revoltou Carlos Acosta, uruguaio que vive em Bagé há dez anos

Um acidente ocorrido em 2010, levou Carlos Acosta, uruguaio que há 40 anos vive no Brasil, na cidade de Bagé há dez, a recorrer à Justiça para ser ressarcido dos prejuízos que sofreu. O causador do acidente foi um buraco, o qual Acosta acabou caindo dentro, com sua motocicleta. Acosta, na época, procurou a Prefeitura para reclamar os danos que obteve, tanto físicos como materiais. Ele conta que foi atendido por dois secretários, mas não foi ouvido. “Mandaram eu procurar meus direitos na Justiça. Eu fiquei indignado com o descaso. Achei uma falta de respeito. Se eu que sou estrangeiro sou tratado assim, imagina quem é

daqui?”, lembra. Entretanto, após procurar a Defensoria Pública, em 2010, Acosta entrou com um recurso contra a Prefeitura, pedindo o retorno dos valores gastos e reclamando da negligência com o cidadão. No processo, o juiz Rodrigo Granato relatou que “é incrível que uma cidade que está prestes a comemorar os 200 anos, não tenha tido tempo de causar adequadamente suas vias públicas, fato ensejador de inúmeros acidentes, afetando a integridade corporal de seus cidadãos”. O ganho da causa, em última instância, saiu para Acosta, e só então o buraco foi fechado. Cristiano Lameira

Divulgação/FS

Morador de Bagé vai à Câmara reclamar do descaso da prefeitura com população

Buraco onde Acosta sofreu acidente foi fechado dois anos após o acidente

Acosta aponta falta de respeito das políticas públicas com a população

Mesmo após o ganho na causa e o fechamento do buraco, Acosta segue tentando contato com os políticos da cidade, para mostrar que a realidade das ruas não é condizente com a quantidade de taxas e impostos pagos pelos cidadãos. “É uma falta de respeito. Essa cidade é atrasada. Eu pedi este espaço para poder falar diretamente com as pessoas que viram as costas para mim,

e que devem virar para todo mundo”, destaca. O descontentamento do morador vai além dos buracos espalhados pela cidade, nos quais ele mesmo já se acidentou. “Têm muitas coisas erradas aqui. Por que que quando cometemos uma infração somos multados e quando a prefeitura comete um ato ilegal eles não respondem por isso? Como os tachões, por exemplo”, reclama.

Acosta irá falar na Câmara de Vereadores. Diz que irá expor todos os problemas pelo qual passou, e reclamar da precariedade da cidade. “Eu quero tornar isto público, pois é um direito das pessoas. Não deveria ser necessário que o Ministério Público interviesse na Prefeitura para proteger o povo. Nós temos que procurar nossos direitos”, declara.


GERAL

Márcio Blois Gasparri é admitido na Ordem de Rio Branco O diplomata Márcio Blois Gasparri, de 39 anos, foi admitido - no último dia 30 de abril – como cavaleiro na Ordem de Rio Branco (condecoração oferecida pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil). O diplomata, nascido na cidade de Pelotas, passou grande parte de sua infância e juventude em Bagé. Gasparri é formado em Direito pela Universidade Federal de Pelotas, fez mestrado em Direitos Humanos no Instituto Rio Branco e, antes de trabalhar na Presidência da República, atuou nas Embaixadas do Brasil, Peru e Venezuela, sendo na última Chefe do Setor Público. Gasparri diz que se sente feliz em ter recebido a condecoração. “Passei no concurso para trabalhar junto à federação em 2002, mas iniciei de fato no Cerimonial do Gabinete Pessoal da Presidência da República em 2011. O papel de um diplomata pode ser o mais variado possível, isso tudo depende do setor onde ele está locado. Atualmente, participo do planejamento de viagens nacionais e internacionais da presidente Dilma Rousseff”, garante.

Divulgação/FS

Diplomata foi condecorado no dia 30 de abril

Entretanto, ele destaca que, de um modo geral, o papel de um diplomata é informar Brasília do que acontece no país. “O diplomata tem três funções básicas: informar, negociar e representar o país. Então, dependendo do setor onde se está locado, podese trabalhar na negociação com países estrangeiros, representar o país ou então informar Brasília sobre o que está acontecendo nos demais estados”, explica. Gasparri informa que a

carreira da diplomacia está cada vez mais aberta. “A facilidade ao acesso de informações é cada vez maior. Por isso, acredito que muitos profissionais estejam buscando serem diplomatas. O Ministério de Relações Exteriores busca sempre manter um diálogo importante com o meio acadêmico e com o próprio meio político. Portanto, acredito que o diferencial durante a carreira é trabalhar com diversos temas e diferentes setores”, encerra.

Cpers apresenta irregularidades no Ipe Saúde A presidente do Cpers Sindicato, Rejane de Oliveira, esteve em Bagé, ontem, para mobilizar a categoria: visitou escolas para conversar sobre as principais demandas dos professores estaduais. Esteve no jornal FOLHA do SUL, quando apresentou denúncias ao Ipe Saúde e garantiu que o sindicato está mobilizado por um plano de saúde pública e de qualidade. É importante lembrar que na edição do dia 8 de abril, uma reportagem apresentou os principais problemas do Ipe Saúde, em Bagé, de acordo com representantes de categorias que utilizam o serviço de Saúde. Conforme Rejane, o Cpers formou um conselho para debater a situação financeira do Ipe Saúde e solicitou uma auditoria ao Tribunal de Contas. Isso ocorreu e foi detectado a principal causa do déficit financeiro: o fato de que os três últimos governos do Estado não estariam repassando os valores para manter a qualidade do serviço. Os descontos aos trabalhadores, porém, não

cessaram. Assim, o Cpers reivindica que a cada dois anos ocorra uma revisão atuarial – avaliação dos índices de contribuição do Estado e dos servidores. Desde 2006, tal avaliação não ocorre. “Pois se fosse feita seria detectado o não repasse”, pondera. Outra denúncia é quanto ao sucateamento de imóveis do Cpers e a utilização de espaços sem contratos. Também defendem uma investigação rigorosa quanto a postura dos médicos. Um dos casos relatados pelo Cpers apresenta um profissional que, das 20h às 6h, teria atendido 193 pacientes. “Isso quer dizer que atendeu uma pessoa a cada três minutos”, conta. “Qual médico que faz isso”, questiona. Assim, para ela, há quem esteja faturando e lesando os trabalhadores. O Cpers montou um fórum para organizar uma campanha pelo Ipe público, mas de qualidade. “Não vamos permitir uma privatização”, assinala. Conforme a presidente, diariamente o Cpers recebe denúncias sobre a baixa

qualidade do atendimento, falta de consultas e de leitos, não cobertura de diversos exames e procedimentos. Ainda, descredenciamento de médicos e de hospitais, falta de especialistas e de cobertura de anestesias. Outra denúncia apontada é de que médicos obstetras estariam cobrando cerca de R$ 2 mil para a realização de partos. O sindicato defende a responsabilização do governo pelo déficit financeiro e pela falta de qualidade no serviço. A ideia é promover uma campanha para que isso, de fato, ocorra. A bandeira pela não privatização é decorrente do fato de que há rumores de que há interesse do setor privado. Os sindicalistas garantem, ainda, que não aceitarão reajustes de alíquotas de contribuição dos trabalhadores, que hoje é de 3,1%. A responsabilidade pela situação do Ipe, para a presidente, é dos governos e, assim, o trabalhador não deve pagar mais do que já está diante dos problemas apresentados.

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

17


18

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

SEGURANÇA

OBITUÁRIO

Joelmir Cunha da Fontoura, 20 anos. Estudante. Residente na Rua Tancredo Neves, 361.

BM prende assaltante em Dom Pedrito

Divulgação/FS

A Brigada Militar de Dom Pedrito prendeu, no último dia 3, o assaltante de um comércio localizado no centro do município. O assaltante teria invadido a loja e com o uso de uma arma, roubou gêneros alimentícios, R$ 120,00 e o celular da proprietária, deixando o local em uma motocicleta de cor vermelha. A BM foi acionada e, após identificação do criminoso, Patreze Aloy Vargas, 21 anos, através de uma foto, iniciou o trabalho de buscas pelo acusado, que foi encontrado em uma residência próxima à Escola Vilamil. Em sua posse estavam alguns dos alimentos roubados e o celular da vítima. Ele foi encaminhado

à Delegacia de Polícia, onde foi Vargas foi encaminhado ao Predecretada sua prisão preventiva. sídio Regional de Bagé.

Em ação realizada na última sexta-feira, agentes da Delegacia de Polícia de Caçapava do Sul, coordenados pela delegada Fabiane Bittencourt, apreenderam na Rua XV de Novembro, um revólver e munições não deflagradas. Eles cumpriram diversos mandados de busca e apreensão, incluindo um na casa, onde o objeto fora encontrado. O

mandado na residência foi expedido pelo judiciário em decorrência de ameaças de morte que teriam sido feitas pelo morador. A arma e o portador foram encaminhados à Delegacia de Polícia, onde foi realizado o registro de ocorrência e a apreensão da arma. Logo após, o homem foi liberado e deve responder ao processo em liberdade.

Objetos estavam em posse do acusado

Polícia Civil apreende arma no centro de Caçapava do Sul

Divulgação/FS

Vidro cai de último andar na Sete de Setembro e danifica automóvel estacionado Por volta das 17h20min de ontem, um veículo estava estacionado em frente a um edifício na Avenida Sete de Setembro, 890, quando um vidro despencou do último andar, caindo e danificando o automóvel. O condutor conta que estacionou e entrou em uma farmácia para comprar

o cartão do estacionamento rotativo, quando ouviu um barulho. Primeiramente, teria pensado se tratar de um acidente de trânsito, mas ao sair do estabelecimento, notou o dano em seu veículo. Ele acionou uma equipe da BM que passava pelo local. Os policiais subiram até o apartamento

de onde supostamente o vidro despencou, mas não encontraram sinais dos moradores. O fato foi testemunhado por uma agente do estacionamento rotativo e também por ambulantes, os quais teriam informado que seguidamente fatos parecidos acontecem no local.

Agentes da Superintendência dos Serviços Penitenciários apreendem celulares durante revista Durante revista de rotina a visitantes de apenados do Presídio Regional de Bagé, os agentes da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe)

apreenderam dois celulares, dois chips e um fone de ouvido. Eles estavam sendo levados por uma visitante, que os carregava em uma sacola, dentro de uma

embalagem de cinco quilo de arroz. A acusada estava indo visitar um irmão e teve todos os objetos apreendidos, bem como seu cartão de visitante.


ESPORTES

TERÇA-FEIRA

19

6 de maio de 2014

Jogo que vai exigir Médicos na quadra muito de superação Às 20h de amanhã, o Bagé estará em campo, no Pedra Moura, para mais um compromisso extremamente difícil pela segunda divisão de profissionais, já em seu returno. Contando com o apoio de sua torcida, o time jalde-negro enfrentará o Esporte Clube São Gabriel, estreante deste ano no futebol profissional gaúcho e que, até agora, tem conquista-

do bons resultados, inclusive, como vice do primeiro turno, garantindo presença na decisão de uma vaga para a Série A2 do próximo ano. O treinador Murilo Costa do Bagé confirma, hoje, o substituto do zagueiro Rafael Cendoya, que cumprirá suspensão automática. Evandro Moreira, que não jogou contra o Farroupilha, volta ao time. A direção renova

apelo ao torcedor para que esteja em número expressivo no estádio. Afinal, é jogo decisivo às pretensões de classificação, e o fato de jogar em casa deve ser adequadamente valorizado. Com a eliminação do Inter de Santa Maria da Série A2, o lateral-direito Pedro Júnior e o zagueiro Wellitom foram contratados pelo Bagé e podem jogar amanhã.

Suspensão cumprida, três voltam ao time

A vitória maiúscula do Guarany diante do Rio Grande por 4x1 foi comemorada pelos alvirrubros, mas logo retornou o sentimento de que muito ainda resta ser feito para que o time venha a ganhar uma vaga para a próxima fase da segunda divisão. “Foi apenas um passo, a caminhada é muito difícil”, admite o treinador Osvaldo Rolim, agora projetando o jogo de amanhã con-

tra o Farroupilha. Fábio Souza e Foguinho, lesionados diante do Rio Grande, estão fora do jogo de amanhã, enquanto Gustavo Guerra passará por avaliação. De outra parte, Vágner Fonseca, Vítor e Cléber Oliveira, depois do cumprimento de suspensão automática, voltam ao time na partida desta quarta-feira. O site da Federação indicava, ontem, o estádio Nicolau Fico, do

Farroupilha, como local do jogo, mas isso não é considerado definitivo, dependendo da liberação oficial pelos órgãos de segurança. Se isso não ocorrer, o tricolor pelotense continuará mandando seus jogos no Antônio Aldo Dapuzzo, do São Paulo, em Rio Grande. O Farroupilha terá, amanhã, o desfalque de seu principal jogador, o meia-atacante Kesler Bastos, expulso diante do Estância Velha.

Há quase 40 anos, nas noites de quartas-feiras, um grupo de médicos e amigos confraterniza com jogos de futsal e churrasco. A iniciativa partiu dos médicos Celmar Oliveira Ferreira, Ivan Ratto da Silveira, Luís Mário Medina e o odontólogo Bernardino Saavedra e logo se expandiu. Quatro décadas depois, com a natural renovação, motivada por óbitos, transferência de domicílio, o objetivo é mantido e estendido, aos sábados, na sede da sede da Sociedade Bageense de Medicina, no bairro Higienópolis. O grupo tem muitos amigos que participam da confraternização, sendo citados, entre eles Diegão, Paulo Ricardo Pinguin, Hélio Karam, Canrobert Conceição (Caieira), Antônio Carlos Farias (Nininho), Itajaí de Bem, Fabian Duda, Dida (“um grande goleiro”, define Celmar), Júlio, Luciano, Bexiguinha. A cada quarta-feira, são formados dois times, comandados, respectivamente, pelos médicos Celmar Ferreira e Carlos Alberto Gularte Fico. Os jogos, ainda que amistosos, são

disputados de forma acirrada, mas culminam com o churrasco e a cerveja, em nome da desportividade. Quando dos antigos carnavais no ginásio do Serviço Social da Indústria, a quarta-feira era preenchida pelo time dos médicos e amigos no ginásio do Instituto Educacional Caminho da Luz. O grupo lembra com saudade a figura de antigos colaboradores já falecidos, como João Carlos Rosa (Dadá), José Nilson Camargo Borba (Zequinha), Luís Alberto Bittencourt (Luisinho), Jorge Ferreira (Ferreirão, antigo goleiro do Bagé), Carbajal. Também é citada a colaboração do médico Fernando Seffrin, juntamente com outros profissionais para que a equipe mantenha-se em plena atividade. Para manter a equipe, os médicos colaboram com anuidade, por meio da Unimed Bagé. “Conclamamos a todos os colegas para que se integrem ao nosso grupo, fazendo do esporte um instrumento de integração e a consolidação de amizades”, finaliza Celmar Ferreira.

Resumo esportivo higinobage@yahoo.com.br

FUTSAL – Returno da 6ª Copa Master 35 Anos será aberto na noite de hoje, no Gracianão, com as partidas Roma/HD Lanches x Moranguinho, Cruzeiro de Dom Pedrito x Celeste/York. O jogo Buteco x São Pedro vale pelo primeiro turno. BRASILEIRÃO – Internacional manteve sua invencibilidade, ganhando por 2x1, no Beira-Rio, do Sport Recife, voltando a jogar em casa, no sábado, às 18h30min, contra o Atlético Paranaense. Já o Grêmio vai a Santa Catarina para enfrentar, domingo, o Chapecoense. SÉRIE A2 – União Frederiquense x Ypiranga, Cerâmica x Santo Ângelo, Brasil de Farroupilha x Tupi, Avenida x Riograndense de Santa Maria, os jogos de mata-mata das quartas de final. Equipes fortes, como o Inter de Santa Maria, do treinador Badico, e o Santa Cruz, ficaram fora da fase decisiva.

SEGUNDA DIVISÃO – Pelo grupo A, Guarany 4x1 Rio Grande, Estância Velha 1x0 Farroupilha, São Gabriel 3x0 Sapucaiense. Pela chave B, Palmeirense 2x0 Garibaldi, Gaúcho 2x5 Três Passos (do treinador Leco). Jogos de amanhã: Bagé x São Gabriel, Estância Velha x Rio Grande. VETERANOS – Campeonato dos 60 anos, promovido pela Liga Bageense de Futebol de Veteranos apresentou, no fim de semana, Flamengo 9x1 Brasil, Gente Bem 1x1 Caixeiral, Hulha Negra 2x1 Juventus, Caixeiral 4x2 Caixeiral Campestre. Classificação: Caixeiral, 13 pontos; São Pedro (que ainda não folgou), 12; Hulha Negra, nove; Caieira, Gente Bem e Flamengo, sete; Juventus, três; Brasil e Caixeiral Campestre, zero. Próxima rodada: Flamengo x Juventus, Caixeiral x São Pedro, Caieira x Gente Bem, Hulha Negra x Caixeiral Campestre, folgando o Brasil.

3/05/14

FEDERAL

1º 70.877 2º 54.794 3º 57.219 4º 00.783 5º 62.555 MEGA-SENA Nº 1596 01 05 07 10 12 45 LOTOMANIA Nº 1448 03 09 15 17 18 28 40 42 43 49 53 55 58 68 69 83 84 89 95 97

LOTOFÁCIL Nº 1050 01 04 06 07 10 12 13 15 16 17 19 21 22 24 25 QUINA 3479 01 03 13 27 56 DUPLA-SENA Nº 1277 Primeiro sorteio 14 31 35 40 45 49 Segundo sorteio 03 13 23 31 36 41


www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014

Gaúcho

FOLHA SUL


FOLHASAÚDE

BAGÉ, QUARTA- FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 - Ano 2 - N° 92

Mais do que espirro

Espirros e coriza são sintomas de alergia. Por vezes, podem ser acompanhadas de dores de cabeça. Incômodos consequentes das trocas de temperatura constantes, como ocorre em estações como primavera e outono. Amanhã, é Dia de Combate a Alergias. Por isso, a reportagem apresenta um guia de identificação dos problemas mais frequentes nessa época do ano, em que calor e frio incomodam por sua inconstância. A estudante Beatriz Martins de Carvalho, 24 anos, diz que convive com alergias desde pequena. A rinite é uma companheira de vida. A troca de temperatura é a principal vilã, assim como o pó. A nebulização é uma aliada nos dias que a alergia incomoda, mas as atividades diárias não podem ser deixadas de lado. Os principais sintomas que Beatriz apresenta, diante das mudanças climáticas, é a coceira no nariz, acompanhada de irritação na garganta. Os espirros também são constantes quando a alergia é desencadeada. O nariz começa a escorrer e, por vezes, lidar com o pó faz com que os problemas se intensifiquem. “Eu tenho rinite, que é mais alérgico, meu pai tem sinusite e sofre com fortes dores de cabeça”, comenta. As pequenas irritações são apenas o começo, comentou Beatriz. Entretanto,, após os primeiros sintomas da rinite, ela começa ter dificuldade para respirar. As vias respiratórias, geralmente, ficam obstruídas. “Mesmo que meu principal problema seja o pó, com as trocas de temperatura, tudo se agrava e isso me atrapalha muito para estudar, para me concentrar”, diz. “Mas é bem complicado evitar”, relata. “No caso do meu pai, a dor de cabeça é tão forte e a dificuldade de respirar também que ele não consegue se concentrar. É difícil cumprir tarefas simples”, acrescenta. Os dois sempre recorrem à nebulização. O pai de Beatriz, agora, investiga o problema com um médico especializado - já que as crises são constantes. Outra alternativa, caseira, é a utilização de vapor de eucalipto. A inalação da fumaça da água com eucalipto, por vezes, diminui os sintomas, sobretudo a sensação de obstrução das vias. Luiz Mário Moraes, 27 anos, diz que apresenta todos os sintomas da sinusite, mas que nunca consultou com um médico para verificar se, de fato, esse é o problema. “Tenho muita dificuldade para respirar por causa da constipação nasal. É a pior coisa que tem”, destaca. Para ele, tais sintomas incomodam sobretudo na hora de dormir. O descanso é afetado. Os sintomas também aparecem diante da troca da estação ou quando há oscilação no clima - não apenas calor e frio, mas índices de umidade, por exemplo. Moraes também sofre com a alergia ao pó - isso desencadeia os outros sintomas; após a rinite, a sinusite. Na maioria das vezes, Moraes recorre aos medicamentos para desobstruir as vias respiratórias, mas nunca recorreu a antialérgicos. Muitas pessoas são como Beatriz e Moraes: percebem os sintomas, sofrem com as consequências das reações alérgicas, mas não procuram orientação profissional. É importante entender que rinites e sinusites podem causar problemas sérios.


2

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

SAÚDE

Rinite alérgica: tratamento da doença A alergia e as doenças respiratórias ligadas a essas irritações começam a aparecer nesta época, onde acontecem grandes mudanças de temperatura em um mesmo dia. De acordo com a Pneumologista Dra. Flávia Marzola, o alérgico é uma pessoa que reage de uma forma exuberante a diferente situações e exposições a fato-

res externos. “As pessoas que sofrem de alergias têm uma reação maior a uma quantidade menor de exposição a fatores como mudança de temperatura, poeira doméstica, pólen, pelos de animais, entre outro”, afirma. A fumaça de cigarro também pode ser motivo de irritação e promover uma reação alérgica.

Dra Flávia Marzola diz que alérgicos devem procurar se manter afastados de situações de risco

Tratamento

Genética

O alérgico que tem doenças respiratórias já tem uma predisposição genética. A alergia pode ser maior ou menor, dependendo da exposição, porém geralmente o individuo

que tem rinite tem alergias a vários fatores. “A asma é outra doença que, para tê-la, o indivíduo já tem uma predisposição genética a doenças respiratórias”, destaca Flávia.

Sinusite Alérgica

Expediente Reportagens:

Niela Bittencourt e Renata Lima

Esta edição semanal é encartada no Jornal FOLHA DO SUL GAÚCHO e não pode ser vendida separadamente. Editor-geral: Glauber Pereira e-mail: nielabittencourt@gmail.com renata.lima.jornalismo@gmail.com Fotos: Divulgação Diagramação: Cristiano Lameira Revisão: Lucimar Camargo Nunes

Academia Sesc Bagé. Vive melhor quem vive aqui.

Matricule-se nas modalidades abaixo • Jump • Step • Ritmos • Pilates de solo • Ginástica para 3ª idade

Horário da Musculação: das 7h30 às 22h Sesc Bagé Rua Barão do Triunfo, 1280 (53) 3242.7600

O acumulo de secreção causado pela rinite pode desencadear o quadro da sinusite. A sinusite é uma

infecção da mucosa nas maças do rosto ou seios da face. O processo atinge tanto o rosto como a mucosa nasal.

Segundo Flávia, o alérgico deve identificar os fatores “gatilho” para as alergias. “O paciente deve se manter o máximo possível distante destes fatores, como não manter carpetes em casa, não ter animais domésticos, pisos de fácil limpeza para não acumular pó”, destaca. Além disso, pode ser feito o tratamento preventivo para quem sofre com essas doenças. “Existem sprays antialérgicos e anti-inflamatórios que mantêm a mucosa nasal

umidificada”, alerta. Outros métodos de prevenção, como plantas fervidas, pode aumentar mais a reação alérgica do individuo exposto, devido aos compostos químicos da planta. “Têm pessoas que são sensíveis a várias coisas, estes tratamentos caseiros podem piorar a situação”, explica. Outro fator de prevenção que pode ajudar é a vacinação contra a gripe. O medicamento não previne a doença, mas é um agressor a menos para as vias aéreas.


Doenças crônicas

É importante estar atento ao fato de que nem sempre os sintomas comuns a rinites e

s o a o a e , s , Pulmonar -Doença Obstrutiva Crônica aesta é uma doença crônica, Oprogressiva e irreversível aque afeta os pulmões, aprersentando como principal característica a destruição de muitos alvéolos pulmonares e o comprometimento dos restantes. É mais comum em indivíduos do sexo masculino com idade avançada, sendo que também é frequente sua observação em indivíduos que já tiveram tuberculose. Os principais fatores que levam ao aparecimento da DPOC relacionam-se ao tabagismo, vindo em seguida o fumo passivo, exposição à poeira por longos anos, poluição do ambiente e, em certos casos, fatores genéticos. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), aproximadamente 80 milhões de pessoas apresentam DPOC moderada a severa. No Brasil, esta afecção acomete em torno de 5,5 milhões de pessoas por ano, segundo o Conselho Brasileiro de DPOC.

SAÚDE

sinusites são exclusivos dessas doenças. Outras enfermidades, mais graves, também podem ter

sintomas semelhantes. Por isso, é importante procurar a orientação profissional para rece-

ber o tratamento mais adequado. Conheça as principais doenças do aparelho respiratório.

Normalmente, os pacientes com DPOC apresentam sintomatologia tanto da bronquite crônica quanto do enfisema pulmonar. Deste modo, atualmente utiliza-se mais o termo DPOC quando se faz referência a bronquite crônica e enfisema pulmonar, uma vez que, normalmente, as mesmas coexistem no mesmo paciente apresentando obstrução do fluxo de ar.

Normalmente, sua etiologia reside na exposição prolongada ao tabaco ou produtos químicos tóxicos.

comuns, sendo que sua incidência no mundo todo vem aumentando 2% a cada ano. A mortalidade por esse tipo de neoplasia é muito elevada e o prognóstico está relacionado à fase em que é diagnosticado. O principal fator de risco para o aparecimento dessa neoplasia é o tabagismo. Atualmente, este último corresponde a 90% dos casos desse tumor. É mais comumente observado em homens do que em mulheres; todavia, o número de casos em mulheres está aumentando, enquanto que o número de casos em homens está diminuindo. Esta neoplasia também pode ser causada por certos produtos químicos, como: arsênico, berílio, asbesto, radônio, níquel, cromo, cádmio e cloreto de vinila, especialmente observados em ambiente ocupacional. Outros fatores relacionados ao surgimento desse tumor são os dietéticos, genéticos, histórico da DPOC e histórico de câncer de pulmão na família.

Bronquite Crônica - a bronquite crônica é definida como uma inflamação dos brônquios. Geralmente, surge depois de 20 a 30 anos de exposição dos brônquios a fatores irritantes, como o tabaco, poluição do ar, entre outras fontes. Sua ocorrência é mais comum em mulheres do que em homens. Esta afecção pode preceder ou acompanhar o enfisema pulmonar. Enfisema Pulmonar -

Asma - a asma, também

conhecida como asma brônquica ou bronquite asmática, é uma afecção pulmonar caracterizada pela inflamação das vias aéreas, que leva à diminuição ou até mesmo obstrução do fluxo de ar. Sua fisiopatologia está ligada a fatores genéticos e ambientais, manifestando-se por meio de crises de falta de ar. Nos Estados Unidos, essa doença leva a óbito aproximadamente 5% dos adultos. Tanto as internações quanto os óbitos, relacionados a essa doença, têm aumentado. No Brasil, dentro do SUS, a asma representa a terceira causa de internações, sendo que, no ano de 2007, foram registradas 273.205 internações por asma no Brasil (2,41% das internações totais).

esta é uma doença crônica, na qual ocorre destruição gradativa dos tecidos pul- Câncer de Pulmão - o monares, passando estes câncer de pulmão é um dos a ficarem hiperinsuflados. tumores malignos mais

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

3


SAÚDE

TERÇA-FEIRA 6 de maio de 2014

Clareamento dentário O clareamento dentário é uma técnica que se tornou muito popular nos últimos anos devido ao apelo estético por dentes brancos e bem alinhados. Ele pode ser feito em casa (caseiro) ou no consultório dentário. A técnica do clareamento caseiro é feito com a moldeira, utiliza-se géis em concentrações (15%, 16% e 20%) como agente clareador, usado durante a noite ou, até mesmo, durante o dia, pelo período de 15 a 30 dias. Este é o mais comum hoje em dia e também possui um custo mais baixo.

A técnica do clareamento de consultório, que é realizado pelo dentista, é uma alternativa para quem não quer se sujeitar ao uso das moldeiras e quer atingir resultados mais rapidamente, pois as concentrações de peróxido de hidrogênio são mais elevadas, 35% na maioria dos casos. A utilização de fontes luminosas, como o laser, é rotineira nesse tipo de clareamento. Neste caso, o tempo de tratamento é menor e, em geral, a sensibilidade dentária é menor do que o caseiro, entretanto tem maior custo.

Como funciona o clareamento? O mecanismo clareador é um processo complexo, mas basicamente funciona com uma reação de oxidação dos pigmentos do dente. Ou seja, os peróxidos do gel clareador liberam oxigênio na estrutura dental que vai oxidando os pigmentos amarelados, tornando-os pigmentos mais claros. Durante o processo de clareamento, é normal que os dentes se tornem ligeiramente sensíveis. Que alimentos devemos evitar para não manchar os dentes? Deve-se evitar o uso de tabaco, café, chá, vinho tinto, ingestão de alimentos altamente pigmentados como

cerejas, amoras, beterraba, etc. Devo usar pastas de dente branqueador durante o clareamento para acelerá-lo? Não. As pastas de dente que têm essa expressão “whitening” (branqueadoras), contêm partículas abrasivas que removem a camada superficial do esmalte junto com as manchas mais superficiais. Com a remoção contínua de esmalte, devido ao uso prolongado da pasta, a dentina, que é a camada abaixo do esmalte e é mais amarelada, fica mais visível, deixando o dente, por conseguinte, mais amarelado. Durante o clareamento, o esmalte pode ficar mais frágil, contraindicando, ainda mais, o uso dessas pastas.

Restaurações e clareamento O clareamento é frequentemente combinado com outros procedimentos estéticos restauradores como restaurações de resina, facetas e coroas. O clareamento é sempre oferecido antes, pois

é impossível clarear as facetas e as coroas após sua confecção. Deve-se aguardar de uma a duas semanas para se ter a estabilização da cor do dente e aí sim fazer os outros procedimentos. Então,

poderemos tornar as restaurações mais parecidas com o dente natural. Converse com o seu dentista e chegue a um plano de tratamento específico e adequado para você.

Aline Calvete Portela Barbosa

Sharing Ortodontia Especializada


Folha do Sul Gaúcho Ed. 1221 (06/05/2014)