Page 1

Arquivo/FS

VISTORIA

Vereadores visitam localidade das Palmas para apurar veracidade sobre denúncias de ameaças Antenor Teixeira (PP) solicitou averiguação da Comissão de Educação, Cultura e Direitos Humanos após receber relatos de moradores Página 4

CARVÃO Multinacional confirma meta de construir usina com capacidade de 1,2 mil megawatts em Candiota Vice-presidente da China Western Power Industrial Co. Ltd (CWPC), Li Hong visitou cidade ontem e externou que, se concretizada, estrutura deve consumir 800 mil toneladas do mineral por mês Página 17

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 - Ano 4 - N° 1216

Definição de novo titular, aguardada para hoje, garantiria manutenção dos atendimentos

Centro de Registros de Veículos Automotores de Bagé pode ter serviços suspensos Tiago Rolim

TARIFA Projeto que amplia isenção para idosos a partir de 60 anos volta a ser debatido na Câmara

Página 4

CONCURSO Prefeito de Hulha Negra encaminha projeto prevendo contratação de 81 novos servidores Página 8

FERIADO Reportagem detalha quais os principais serviços que funcionarão no Dia do Trabalhador

Página 14

TRÂNSITO Retomada campanha para conscientizar motoristas e pedestres ao uso correto da faixa de segurança

Página 16

Uma indefinição quanto a homologação do novo titular do Centro de Registros de Veículos Automotores de Bagé (CRVA) pode acarretar na suspensão dos serviços no âmbito municipal. A decisão, por parte da Justiça, é esperada para hoje, o que garantiria a permanência das atividades, sem interrupção. Apesar disto, caso o serviço seja paralisado, mesmo que só por alguns dias, aqueles que necessitarem dos atendimentos deverão recorrer às estruturas de outras cidades, como Dom Pedrito e Candiota, o que pode representar uma diminuição na arrecadação de concessionárias da Rainha da Fronteira, até porque um simples emplacamento poderá ser impossibilitado. Página 15

ACIDENTE Carro pega fogo na BR-153 e é totalmente consumido pelas chamas

Página 18

O TEMPO HOJE Bagé - RS

19º 16º

Sol, alternando com chuva em forma de pancada rápida e isolada


2

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

OPINIÃO Waldir Alves Ramos

Léo Leguísamo Vieira

O clamor dos inocentes Às vezes

Nos momentos difíceis da vida, a esperança não deve morrer em nossos corações. Este sentimento que leva o homem a olhar o futuro, de ser portador de condições melhores que as oferecidas pelo presente, seria mais de lutar pela vida e de alcançar novos objetivos da existência, o qual enseja a todos indivíduos a pensar o que deve ser feito para que os sentimentos sejam respeitados e imaculados no coração das pessoas. Na verdade, o melhor fruto da sabedoria nos ensina por exemplo: num texto escrito e que o autor na sua inspiração acredita na sua obra criadora. Certamente é nesse caminho que existem outros temas prioritários, sobretudo quando seus autores têm uma qualificação de maior preferência. Porém, esta esperança é que fica por muito tempo batendo na cabeça de quem sabe de suas limitações. Não obstante, muitas vezes este sentimento cheio de ais, de dor e lamento, deve mostrar a razão e o bom senso do pensamento que por vezes obriga outros indivíduos a não descrer das boas ações e dos sonhos acalentados que acalma o coração insensível de homens com pouca fé. O intento maior seria de seguir o melhor caminho a percorrer. Este clamor dos inocentes não impede das pessoas de proceder sem juízo, isto é, que sabe o bastante para não se enganar e que não tem nenhum motivo ou interesse para enganar ou falsear ao servir-se de uma ficção para inventar uma história ou fatos da vida. O que pode-se fazer para superar as barreiras e os obstáculos que se deparam neste caminho da existência? Por tais motivos é que muitos dizem que a política é a arte de enganar o próximo. Afinal, são todas as pessoas mentirosas? Na verdade, não. Os poucos que existem são aqueles que passam como a fumaça, de onde vem e para onde vai ninguém sabe. Só o tempo dirá o destino deles. A palavra nunca deve ser distorcida. Neste caso, os administradores e governantes é que costumam empurrar os problemas para o futuro. Distribuem benesses e adiam compromissos, conscientes de que o mandato tem prazo para acabar e a carreira política fica comprometida, mais pelos erros dos maus políticos. Justamente, seria esse descompromisso com a coisa pública que determinado juiz fez sua crítica, concluindo com uma indagação provocadora. “A quem interessa que a situação mude?’’. Ora, com certeza, no Brasil os corruptos têm cadeira cativa nos parlamentos. Por tais fatos é que os jornais e a televisão mostram diariamente os intocáveis ladrões ocupando cargos importantes e de relevo na administração pública do país. Certamente, o Tribunal de Contas do Estado, sempre enfrentando volumosos processos, deve ter na sua imensa lista de transgressores, muitos prefeitos e administradores envolvidos em desvio de dinheiro das prefeituras e instituições. O exemplo encontra-se no prefeito de Cachoeirinha, Luiz Vicente da Cunha Pires e o ex-prefeito José Stédile que estão arrolados em contas duvidosas. Por isso, deverão devolver R$ 53.666.860,00 (Observem o número do diabo, 666) aos cofres públicos. O Tribunal de Contas do Estado, vigilante na fiscalização dos administradores públicos por tentar encher seus bolsos com o dinheiro alheio, diga-se, tirado do bolso do contribuinte que paga os seus impostos com pontualidade, é sugado e extorquido para pagar com juros elevados o atraso nas prestações e nos pagamentos em muitas prefeituras. Certamente, o prefeito Dudu tem lutado como um administrador zeloso com suas obrigações, o que muito honra os seus cidadãos.

De Santana do Livramento sempre me vieram recordações especiais. Encaminho, à oportuna leitura das entrelinhas, aquelas emoções que aqui não permite a limitação do espaço. Em 1967, na Conferência do saudoso Luís Cezar Leal, governador do Distrito 468 do Rotary International, redigimos, esperançosos, a moção para o Distrito empenhar-se na implantação da rodovia Uruguaiana-Rio Grande. Após repercutir a matéria “Bagé Norte desfralda a bandeira da BR-293”, no boletim do clube rotário, o prefeito José Wilson Barcelos constituiria a Comissão Pró BR-293, que integrou 19 municípios, e foi vitoriosa. Na década de 70, o exercício profissional levounos à linha fronteiriça, para construir e equipar o Quarentenário de Livramento, importante unidade da Comissão de Combate à Febre Aftosa, com financiamento do BID, adjudicada à Teorema Engenharia pelo Ministério da Agricultura, após concorrência internacional, que incluía ainda os de Jaguarão e Aceguá. Também a cidade tantas vezes me atraiu para reuniões da Federasul, e o estreitamento das relações entre a ACIBA e a Associação Comercial de Livramento, na qual, nomes como Uriel dos Santos, Rosa Ilha, Enzo Nochhi, Tomaz Albornoz Neto, Planela, e tantos outros, serão sempre lembrados como exemplares na

comunidade regional. Nos anos 90, em movimentações políticas, lá estivemos, no lançamento da campanha do santanense Antônio Brito ao Governo do Estado. Dois encontros emocionaram-me naquele dia: um com o renomado médico Ney Almeida, contemporâneo no Colégio Júlio de Castilhos, na capital, e companheiro, embora às vezes adversário, na prática do basquete, desde a fase juvenil – ele craque, e eu esforçado coadjuvante; e tive a felicidade de agradecer a Luís Alberto Damboriarena que, 30 anos antes, socorrera a mim e a meu pequenino filho Pedro, após capotagem entre Dom Pedrito e Bagé. E até compareci, a seu convite, à inauguração da Zona Franca de Rivera, que ele presidia, distinguindo-me com honrosa apresentação ao presidente do Uruguai, seu xará Luís Alberto Lacalle Herrera. Mais emocionante ainda foi estar, neste 11 de abril, no lado brasileiro da más hermana de todas las fronteiras, para a formatura, em Ciências Econômicas da UNIPAMPA, do meu primeiro neto, Tiago Ramos Riet, com direito a comemorar, também, os 18 anos de outro neto querido, Artur Ramos Molina, bixo de Ciências Biológicas da UFPEL. Com direito a registro neste espaço do vô, uma coluna que, sem as tais emoções, acho que até nem mesmo existiria. Josias Borges

Notícias e mercado de ações Acompanhar a mídia e tentar ganhar dinheiro no mercado de ações apenas observando o apresentado pela imprensa é algo bastante comum entre muitos principiantes no mercado financeiro. O fato de diariamente a bolsa de valores oscilar leva o amador a pensar que pode obter ganhos fáceis diariamente. O que ocorre de fato é que o mercado de ações está sempre projetando o futuro. A todo instante são revisadas as perspectivas das empresas quanto a seu fluxo de caixa, faturamento, capacidade de pagar dividendos, etc. Em virtude disso, algumas empresas tornam-se mais voláteis a um determinado tipo de notícia. Um exemplo interessante que temos nos dias de hoje está relacionado a Petrobrás. A petrolífera, gigante brasileira, está no epicentro do furacão. Não é em vão. Na verdade o mercado financeiro como um todo não gosta nada da forma como a presidente Dilma Roussef comanda o destino das

empresas comandadas pelo Governo Federal. Na verdade a voz mais comum dentro do mercado financeiro é de aversão à Dilma, preferindo inclusive que Lula seja o candidato do PT. Por isso, a simples divulgação de uma pesquisa eleitoral faz com que o mercado de ações movimente-se com força para cima ou para baixo. Tentar adivinhar o futuro e saber o que irá ocorrer no dia de amanhã no mercado de ações é verdadeiramente muito difícil. O fato é que nunca sabemos qual interpretação o mercado dará a um determinado fato e tentar adivinhar isso certamente não é a maneira mais adequada de ganhar dinheiro no mercado de ações. Antes de acabar, um detalhe importante: o mercado na maioria das vezes reage antes dos fatos ganharem a grande mídia. Observe. Geralmente, a queda ou a suba de hoje precedem a notícia dos próximos dias e não o contrário. Tenha um ótimo dia!

facebook.com/JornalFolhaDoSul

Direção

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado

Repórter Fotográfico: Cristiano Lameira - Tiago Rolim de Moura Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício -Edgar Muza - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos - Eurico Salis - Fernando Velloso

REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Vanessa Gon- Estagiária: Renata Lima çalves Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues Diagramação comercial: Diego Almeida Revisão: Lucimar Camargo Nunes Reportagem: Gilmar de Quadros - José Diagramação: Cristiano Lameira e Vinícius Silva Higino Gonçalves - Juliana Andina - Marcos Pintos - Niela Bittencourt - Stela Vasconcellos - Marcelle Ceolin - Émerson Sabedra


Indicadores econômicos INDICADORES Salário Mínimo Salário Regional TJLP SELIC IGP-M

VALAR ATUALIZAÇÃO R$ 724,00 2014 R$ 868,00 2014 5% a.a. 11% a.a abril 2013 + 0,29% nov. 2013

EMPRESARIAL

MOEDAS COMPRA Dólar Comercial 2,241 Dólar turismo (em R$) 2,100 Euro (em R$) 3,097 Pesos Ur.(em R$) 0,0979 Pesos arg.(em R$) 0,281

VENDA 2,242 2,360 3,099 0,0975 0,279

Casario Restaurante apresenta nova proposta no Centro Stela Vasconcellos

QUARTA-FEIRA 23 de abril de 2014

Stela Vasconcellos Museu Dom Diogo de Souza valoriza seu potencial Mantido pela Fundação Átila Taborda, o Museu Dom Diogo De Souza tem um grande potencial histórico e cultural. Segundo a diretora Carmem Barros, os atrativos mais interessantes são os que mostram a identidade da Campanha, como os objetos regionais. “Algumas

crianças vão ao Museu e se espantam ao ver uma palmatória, outras, com a máquina de costurar como a que viu na casa da avó e estudantes surpreendem-se ao ver objetos reais da escravidão. Os visitantes buscam a identidade a alma da região”, argumenta.

O Museu Dom Diogo abre de terça-feira a domingo: durante a semana pela manhã, das 8h30min às 11h30min e, à tarde, 14h às 18h. Aos sábados

e domingos, o horário vai das 14h às 18h. Os grupos grandes precisam agendar a visita, para melhor serem atendidos, principalmente as escolas.

Quem desejar participar dos registros da história de Bagé, pode contribuir com o museu, que aceita doações de fotografias, documentos, jornais, livros e objetos que possam ajudar uma comunidade a aproximar-se de uma história, que é a sua. “O Museu é quase totalmente constituído da generosidade da doação dos bageenses e de outros que percebem a importância de um acervo coletivo para uma comunidade, para processarmos conjuntamente reflexões sobre passado, presente e futuro”, complementa Carmem. Ela explica que, antigamente, o museu era para fatos marcantes contados por e para algumas pessoas ou para “vultos” ilustres. Atualmente, o museu contemporâneo busca seu espaço junto a reflexões expondo a diversidade de ob-

jetos, histórias e de humanidades. “Um simples objeto ou fotografia pode nos conduzir a uma leitura de um outro tempo, um outro contexto de pessoas, sentimentos, vestuários, entre outros”, salienta. Segundo ela, o objeto mais solicitado pode ser o objeto mais simples, “habitado pela memória, vestido do humano suor de uma história que contada junto a outros, passa a ser coletiva”, resume. O Museu Dom Diogo de Souza foi fundado em 1956, a princípio na Vila Vicentina. Em 1975, mudou-se para o prédio da Beneficência Portuguesa desde sua fundação até os dias atuais os Museus fundados por Tarcísio Taborda: Museu Dom Diogo de Souza, Museu da Gravura brasileira e Museu Patrício Corrêa da Câmara são administrados pela Fundação Áttila Taborda.

Horários

Doações

Paulo Roberto Monteiro e Tina Valério respondem pelas funções mais importantes no estabelecimento

por Stela Vasconcellos O investimento da empresária Eloni Monteiro valorizou o prédio onde funcionou o Correio. O espaço amplo recebeu um restaurante que funciona com buffet executivo ao meio-dia e eventos à noite. Casario Restaurante conta com um ambiente preparado para atender bem os clientes.

Festas e eventos

O buffet do almoço inclui 10 pratos quentes e 10 saladas elaborados pelo chef Paulo Roberto Monteiro. O quilo custa R$ 29,90 e o atendimento contempla os horários das 11h20min às 14h30min, de terça-feira a domingo. O Buffet de sobremesas sai R$ 30,90 o quilo.

Tina Valério responde pela coordenação do salão. Ontem, foi o dia do Nhoque da Fortuna, como todo dia 29. O Casario vai funcionar normalmente neste feriado do dia 1º de maio e, no Dia das Mães, terá um buffet especial, anuncia Eloni.

À noite, o empreendimento equipe completa. Os produtos poA equipe conta com o trabaatende festas fechadas e eventos, dem incluir salgados e doces, con- lho de 11 integrantes, incluindo a com toda estrutura da casa e a forme a necessidade do cliente. proprietária.

Onde Rua Bento Gonçalves, 150 D Fone: 3312-0594 | site: www.casariorestaurante.com.br

3

Contatos: museudomdiogo@hotmail.com Fone: 3242-8244 Av. Emilio Guilayn , 579

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAGÉ DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTOS DE BAGÉ EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2014 O Departamento de Água e Esgotos de Bagé-DAEB torna público que, no dia 14 de maio de 2014, às 9h, será realizada a licitação na modalidade Pregão Eletrônico, do tipo TÉCNICA E PREÇO, pelas condições estabelecidas no presente edital e seus anexos, para AQUISIÇÃO DE RETROESCAVADEIRA E PÁ CARREGADORA. Informações pelo telefone (53) 32407800 - Ramal 208/221 ou pelo e-mail: materiais@daeb.com.br . ANTÔNIO KIWAL FAGUNDES PARERA Diretor Geral do DAEB


4

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

POLÍTICA

Comissão da Câmara fará visita, hoje, na localidade das Palmas

Vereadores apuram denúncias sobre ameaças a quilombolas contrários às desapropriações A desapropriação de terras em prol de remanescentes quilombolas, na localidade das Palmas, vem gerando uma espécie de conflito interno. Ao menos é o que sugerem denúncias relatadas à esta coluna. Conforme apurado, moradores que seriam contemplados com medidas governamentais não estariam aceitando integrar o programa que prevê a criação de uma Associação Quilombola na região. O motivo é que, ao aderirem ao processo, os que já adquiriram terras anteriormente perderiam seus espaços e passariam, então, a usufruir dos locais de maneira coletiva, assim como orientado

pela Associação. Uma fonte confidenciou à reportagem que quem é contrário a aderir às medidas estaria sofrendo ameaças. “Quem é da Associação recebe benefícios e outros, às vezes mais pobres e necessitados, não recebem nada. O pior é que quem não concorda com a alteração, mesmo podendo ser contemplado, vem sendo pressionado”, disse. O fato, inclusive, foi levado à Câmara de Vereadores. Por este motivo, a Comissão de Educação, Cultura e Direitos Humanos realiza, na manhã de hoje, a partir das 10h, uma espécie de audiência para apurar os

fatos. A atividade ocorre junto ao Armazem da Marta, localizado na estrada da Coxilha das Flores. O grupo de parlamentares é presidido por Geraldo Saliba (PTB) e também composto por Carlinhos do Papelão (PTB), Sônia Leite (PT), Omar Ghani e Lelinho Lopes (ambos do PT). O vereador Antenor Teixeira (PP) foi quem recebeu as denúncias no legislativo e solicitou a averiguação por parte da Comissão. “A ideia é conversar com a comunidade e ver se os fatos são verídicos. Não integro esta Comissão, mas participarei da reunião”, comentou o vereador.

faria a desapropriação das terras – mediando pagamento aos proprietários– e encaminharia os espaços para que os novos moradores usufruíssem da produção, mesmo não sendo os seus donos. Em Bagé, o processo gerou conflito, principalmente com produtores, em 2010. Na

época, inclusive bloqueios em estradas foram efetivados quando os mesmos souberam que seriam visitados por representantes do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e que, a partir disto, poderiam ver parte de suas terras desapropriadas.

Lembre

O processo prevê a instauração de uma área quilombola em Palmas surgiu em 2003. Com a instituição do decreto federal 4887, de 2004, foi estabelecido que remanescentes quilombolas, reconhecidos, poderiam definir a amplitude de seu território. Com base nisto, o governo

PT quer proporcionalidade nas comissões Por mais de uma vez, vereadores do Partido dos Trabalhadores (PT) vêm questionando a mesa diretora da Câmara de Bagé sobre o item proporcionalidade para a composição de Comissões. Acontece que, na atualidade, a sigla – mesmo sendo a maior bancada – só tem indicado um nome. As demais vagas são para o PTB (1), PP (1) e PRB, PR e PMDB (com as duas restantes, por sorteio ou acordo). O tema, inclusive, foi levantando mais uma vez na sessão de segunda-feira. Os petistas Rafael Fuca e Caio Ferreira questionaram o então presidente dos trabalhos, Edimar Fagundes, sobre a questão no momento que antecedia a composição de duas comissões de revisão – uma sobre a doação de dois terrenos para Federação Nacional das

Entidades Habitacionais dos Empregados dos Correios e Telégrafos e similares (FENAHTECT) e outra para tratar sobre a instituição de Área Especial de Interesse Social (AEIS), que define parâmetros urbanísticos e denomina o Conjunto Habitacional Residencial do Cerro. Na ocasião, Fagundes lembrou que um acordo, quando da gestão de Paulinho Parera, estipulou que cada bancada indicasse um nome e as três siglas com apenas um vereador definissem quem assumiria as demais vagas. E deste modo, a votação transcorreu como de costume. Fagundes apenas sugeriu que um ofício, por escrito, fosse encaminhado à presidência. Apesar disto, o tema não deverá ser deixado de lado. Em

conversa com este colunista, Omar Ghani, também do PT, argumentou que, em sua visão, como Parera não atua mais na Câmara e como acabou a aliança do PT com PRB e PMDB, o acordo não deveria ser mantido. “Creio que o correto, agora, é seguirmos a legislação interna”, defende. Assim, ele argumenta que, então, o PT teria o direito de indicar dois nomes. A seguir, PTB e PP listariam seu representante e PRB, PR e PMDB definiriam apenas um para integrar a Comissão referente. “E nós ainda teríamos o direito de apontar um último representante para a composição”, avaliou. Ghani, inclusive, disse que o partido deve, em breve, apresentar ofício reafirmando este posicionamento na Câmara.

Felipe Valduga Empresários apontam perdas de 60 mil passagens mensais com auxílios já existentes

Isenção no transporte coletivo para idosos a partir dos 60 anos volta à pauta Depois de surgir no legislativo por meio de um projeto de Lei do vereador Carlinhos do Papelão (PTB), o debate sobre a possibilidade de isenção no pagamento da tarifa do transporte coletivo para idosos a partir dos 60 anos foi retomado na Câmara, ontem, em reunião da Comissão de Finanças e Or-

çamento (CFO). Atualmente, a legislação municipal prevê a isenção apenas para maiores de 65. Contudo, a mudança deve gerar uma diminuição na receita das empresas que atuam na cidade e, por este motivo, o assunto passa pela CFO antes de poder ir à votação em plenário.

A discussão de ontem reuniu dirigentes das empresas Statdbus e Anversa, através dos empresários Laurício Vasconcelos e Maria da Graça Anversa Vargas, respectivamente, que expuseram sobre o impacto financeiro com a isenção. Conforme comentado na atividade, não existe um cálculo oficial quanto ao número de passagens que deixariam de serem cobradas. No entanto, hoje, conforme exposto, as duas empresas contabilizam em torno de 60 mil passagens mensais com isenção, somando idosos a partir dos 65 anos, pessoas deficientes e meia passagem para estudantes. O vereador Antenor Teixeira demonstrou sua preocupação com “quem pagará a conta”, pois ele acredita que haverá prejuízo para as empresas. Maria da Graça sugeriu que o município reduzisse o Imposto Sobre Serviço como forma de subsídio. Ela também lembrou que, em 2005, um projeto semelhante foi aprovado pela Câmara, mas sem ação

efetiva devido a um Acórdão Judicial com Ação Direta de Inconstitucionalidade. O projeto começou a tramitar em 2003, com autoria do então vereador Luis Eduardo Colombo. Outro ponto destacado pela sócia proprietária da Anversa se refere às tratativas para a implantação do novo sistema de transporte coletivo em Bagé, quando houve a garantia de que um milhão de passageiros seriam transportados nos ônibus no período de 30 dias. Hoje, este número, às vezes, chega a 700 mil, mas com as isenções a soma totaliza pouco mais de 640 mil passageiros. Também presente, Antônio Luis Arla da Silva, secretário municipal de Transporte e Circulação, demonstrou preocupação com a aprovação da lei, pois acredita que o impacto financeiro será grande. Ele defendeu que, nos tempos atuais, uma pessoa com 60 anos está em pleno vigor físico. O que foi contestado pelos vereadores Esquerda Carneiro e Carlinhos do Papelão (ambos do PTB).

Divaldo Lara, novo presidente da CFO, encerrou a reunião, não colocando em pauta a votação. Ele preferiu continuar a discussão da matéria, mas, no entanto, lembrou que a Legislação Municipal prevê isenção de IPTU e Taxa de Água para o proprietário de um único imóvel com renda até 1,5 salário mínimo com idade a partir dos 60

anos, assim como outros benefícios. No entanto, para a passagem, é diferente. Ele solicitou aos empresários que enviem à Comissão de Finanças, Orçamento e Contas o real impacto da isenção, bem como o número de passageiros mensais e os já isentos, com idade a partir de 65 anos. Na próxima terça-feira, às 10h, o debate deverá continuar.

Debate

Tramitação


POLÍTICA

O que os olhos não vêem

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

5

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral

Minha rápida estada em São Paulo, mostrou embora que superficialmente, uma realidade que a maioria da população nem se apercebe. Muito mais pela falta de tempo do que por falta de interesse. Em Bagé vivo ligado e escutando notícias. Acompanho o que a imprensa noticia e tiro minhas conclusões. Nem sempre agradam, o que é natural. A unanimidade é burra, segundo Nelson Rodrigues. Aqui em São Paulo não tive tempo de ligar um canal, acessar a inter-

net e muito menos escutar rádio. Detalhe importante os táxis, que uso para me deslocar, só escutam musica ligados em FM. Nestes dias dentro da capital paulista já andei mais de 200 quilômetros. Não é brincadeira. Não consegui passar por nenhuma interrupção e trânsito. Não vi nenhum ônibus incendiado. Não vi nenhum prédio depredado. Nenhuma manifestação, ordeira ou bagunçada. Portanto, a vida aqui, concluo, está normal. Mas não é assim. Eu e os leitores sabemos que

não é a realidade. Eu é que estou “desligado” do mundo. E aí fica a pergunta: o brasileiro é feliz? Pela aparência é. Não tendo acesso aos noticiários, ele não sabe o que está se passando. Então, a imprensa é culpada porque só notícia crimes, depredações, incêndios em veículos? Não, a imprensa cumpre seu papel. Acontece que a grande maioria do povo não têm acesso a estas informações. Para ele está tudo normal. Vai e volta do trabalho, no caso de São Paulo, perde quatro

horas no trânsito e volta para casa. Quem se aproveita das notícias? Os bagunceiros que normalmente são “acionados” por políticos que visam se eleger. Para realizarem suas “quebradeiras” recebem de 100 a 150 por dia. É seu mercado de trabalho. A imprensa divulga, os “patrocinadores” dos protestos controlam a polícia e incentivam os agressores. Esta é a realidade que consegui sentir visitando a maior cidade brasileira. Enquanto isso, as instituições, embora um tanto

contidas, realizam seu trabalho e prendem corruptos. Mas a grande massa da população não está nem aí. É uma triste realidade. Portanto, é o que senti na passagem por São Paulo, a máquina que move nossa economia. Os leitores estão notando que não abordei o Grande Prêmio São Paulo de turfe. Razão simples, estou redigindo a coluna na Zona Leste da capital no domingo de manhã, antes de ir para o Hipódromo de Cidade Jardim. Em minha volta conto alguns detalhes. Certo?

Rapidamente, às 11h da manhã, consegui acessar os blogs que comentam política. Segundo o título deste tópico. ”Finalmente descobriram o fogo amigo”. Leiam a manchete que colei da “veja”: “A disputa de poder no PT expõe um racha inédito na história do partido”. A reportagem mostra as intrigas, ameaças, traições e corrupção que colocam em risco

a reeleição de dona Dilma. Até aí não há novidade. Acontece que a oposição (existe?) é frágil e não deslancha. O Supremo autorizou a CPI exclusiva para investigar os rombos da Petrobras. Alas do Partido comandados pelo Lula estão aproveitando para conspirar contra a candidatura dela. Por quê? Tcham, tcham tcham, tcham! O volta Lula, que muitas vezes eu

abordei neste espaço, está bem presente. E o time do Lula é forte. É o mais forte dentro do PT. Pois bem, se a intenção é jogar a culpa na dona Dilma, como já fez o Sergio Gabrielli da equipe do Lula, tirem o cavalo da chuva. A CPI vai provar a “origem” de todas as roubalheiras que aconteceram no Brasil. Pelos menos é a leitura que faço. Onde começou o mensalão? No

governo Lula. Onde foi realizada a compra de Pasadena? No Governo Lula. Uma CPI pode destampar a fossa da podridão. É exatamente isso que o grupo do Lula não quer. Com ele de candidato, junta todas as forças de Sarney, Maluf, Collor e algumas outras forças de empreiteiras que se locupletaram e podem amenizar os resultados da CPI. Ou até mesmo podem

“empurrar” com a barriga para após as eleições. Então, cabe aqui a afirmação: se preparem que vem chumbo grosso. Se ela cumprir seu recado vai vender caro sua queda. Vamos a sua frase: “Prefiro perder a eleição a ter que me sujeitar a este tipo chantagem”. Para que a tirem da jogada vai ser preciso muito esforço. Ela foi “guerrilheira”. Concordam ou não?

Finalmente descobriram o fogo amigo


6

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

Mercado agrícola PRODUTOS

RURAL

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul UNIDADE MÍNIMO MÉDIO Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

32,00 120,00 24,00 60,50 20,00 32,00 4,00 3,40 2,85 3,50 0,78

34,33 139,45 25,55 63,28 20,77 34,58 4,09 4,06 2,94 3,68 0,88

21.4.2013 a 25.4.2013

Caco Argemi/EspecialFS

Fetag entrega pauta do Grito da Terra a Tarso Genro

MÁXIMO 37,00 180,00 28,00 65,00 21,30 36,00 4,30 4,50 3,00 3,90 1,03

Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Municípios da Campanha recebem equipamentos para melhorar qualidade de estradas rurais Na região da Campanha, os municípios de Caçapava do Sul e Lavras do Sul foram contemplados com caminhão basculante e motoniveladora, na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O objetivo do repasse dos equipamentos é para que as prefeituras possam melhorar a qualidade das estradas, vias

de acesso e escoamento da produção. No total foram entregues pelo governador Tarso Genro e o ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, 78 motoniveladoras e 91 caminhões basculantes para 169 municípios. Devem ser beneficiados 131 mil agricultores, o investimento chega a R$ 283 milhões.

Sindicato Rural informa que prazo para contribuição sindical encerra no dia 22 Documento contém 44 itens que abordam preocupações do movimento sindical

A Fetag entregou ontem, ao governador do Estado, Tarso Genro, a pauta do Grito da Terra Brasil. Diretores e lideranças da Federação acompanharam o presidente Elton Weber na audiência. O documento contém 44 itens, que envolvem dez secretarias e Casa Civil, e retrata as preocupações do movimento sindical, em especial relacionados a temas estruturantes voltados à melhoria

da qualidade de vida, renda e sucessão rural. A Fetag espera respostas da pauta no dia 20 de maio, data de encerramento do Grito da Terra, em Brasília, bem como em todos os 27 estados. Em Porto Alegre, a Fetag e os Sindicatos dos Trabalhadores Rurais vão mobilizar cerca de cinco mil pessoas para ouvir as respostas do governo do RS.

Weber aproveitou a oportunidade e pediu providências ao governo do Estado em relação ao ocorrido em Faxinalzinho, com o assassinato de dois agricultores, ressaltando ao governador Tarso Genro que o Rio Grande do Sul, através de seus mecanismos, garanta a segurança dos homens e das mulheres agricultores familiares nas regiões de conflitos.

A assessoria de comunicação do Sindicato Rural de Bagé informa os produtores rurais que maio é o mês de pagamento da Contribuição Sindical Rural ou CNA, e que o prazo se encerra no dia 22. Os contribuintes que ainda não receberam a guia de pagamento devem contatar a

entidade com antecedência para que o documento seja emitido a tempo do vencimento. Dúvidas ou informações podem ser obtidas pelos telefones (53) 3242 5262 ou 3242 5426, das 8h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min, de segunda à sextafeira.


QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

7


8

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

REGIÃO

Divulgação/FS

Erone encaminha projeto para realização do concurso público O prefeito Erone Londero encaminhou na última segundafeira, dia 28, um projeto para a apreciação da Câmara de Vereadores para a realização do concurso público. O projeto tem um total de 81 vagas nas diversas áreas e deverá ser apreciado

pelos vereadores nos próximos dias. Londero disse que está cumprindo com o que diz a lei. “Com este projeto a administração municipal quer qualificar e regulamentar o serviço público cumprindo o que determina a lei”, finaliza.

Prefeito de Hulha Negra destaca que projeto contempla 81 vagas

*Válido para poltronas promocionais, para viagens realizadas entre 10/03/2014 e 30/06/2014, para compra presencial. Serviço intermunicipal: compras com, no mínimo, 03 dias de antecedência. Serviço interestadual: conforme disponibilidade. Consulte regulamento no site www.ouroeprata.com

Com o objetivo de discutir a construção da creche municipal de Hulha Negra, a vice-prefeita Ester Koester reuniu-se com o engenheiro civil Carlos Alberto Gonçalves da MVC Plásticos e Cia Ltda (empresa vencedora da licitação do MEC). Também estiveram presentes no encontro de ontem, o secretário de educação e cultura Erni de Picoli, o secretário de obras, serviços públicos e trânsito, Valdinei Roque de Mattos, o coordenador pedagógico Vinícius Kercher, além do engenheiro Flávio Gonçalves e do arquiteto Nael Abd-Ali. Carlos Alberto Gonçalves apresentou um vídeo explicativo com a tecnologia que será usada na construção da creche, o wall system que não tem desperdício de material e atende a norma NBR 15.575/2013. O engenheiro ainda falou de como a empresa pretende trabalhar no município. Gonçalves destacou que deverão ser feitos pequenos reparos no terreno. Conforme o engenheiro, após estas adequações a empresa

Divulgação/FS

Reunião define ações para construção da creche de Hulha Negra

Prazo de entrega da creche é de até sete meses

se instalará e iniciará a obra. “São apenas pequenas adequações como o nivelamento do terreno, acredito que em até 60 dias já possamos estar iniciando a obra”. Ester Koester, que na reunião, representava o prefeito Erone Londero que cumpre agenda em Porto Alegre, disse que nos próximos dias a equipe da prefeitura

irá realizar o trabalho solicitado pela empresa. “Já pedi ao secretário de obras para que o mais rápido possível sejam atendidas estas solicitações”. Após a realização do trabalho da prefeitura, o prazo de entrega da creche é de até sete meses, devendo estar inaugurada por meados de janeiro de 2015.

Prova ciclística pelo aniversário de Aceguá Encerram-se hoje às inscrições para a primeira edição do Desafio Misto Internacional Bagé/Aceguá. O evento será realizado no domingo, dia 4, em comemoração ao aniversário de Aceguá. A prova é organizada pela Ciclo Regert e terá largada

às 7h no posto CCI Internacional, na avenida General Osório. As inscrições podem ser efetuadas na loja Ciclo Regert no valor de R$ 25,00. Os participantes podem selecionar o seu roteiro preferido, podendo ir por asfalto ou estrada de chão até o município

de Aceguá, ainda com opção de retornar pedalando, ou não, com as seguintes quilometragens: 60k, 90k, 120k ou 150k. Mais informações através do telefone (53) 3242 4866 ou pelo e-mail heronregert@gmail.com e também pelo site WWW.cicloregert.com.br.

Companhia Riograndense de Mineração divulga datas das edições do projeto Trilha Verde As datas em que acontecerão as novas edições da Trilha Verde – Caminhada e Corrida Orientada – na Mina de Candiota da Companhia Riograndense de Mineração (CRM) foram divulgadas na quinta-feira, 24, pelos integrantes do Projeto Verde! Sinal de Vida IluMINAda. A (CRM) divulgou as novas

edições da Trilha Verde – caminhada e corrida orientada na Mina de Candiota. A atividade é uma realização do Projeto Verde! Sinal de Vida IluMINAda. A primeira edição aconteceu em dezembro de 2013 e obteve êxito. A 2ª Trilha acontecerá no dia 1º de junho pela manhã, em um trajeto da

malha dois na Mina de Candiota. Já a 3ª Trilha Verde será no dia 14 de setembro e a 4ª, no dia 14 de dezembro. Podem participar todos colaboradores da CRM e seus dependentes, desde que maiores de 18 anos. A orientação conta com auxílio dos profissionais do Sesi, parceiro da CRM no Projeto Verde.


GERAL

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

9

Exportando estudantes e importando cultura e educação

Quem não gostaria de poder adquirir conhecimento em um país desenvolvido como os Estados Unidos? Ou poder compartilhar da cultura e vivenciar a receptividade do povo

mexicano? Essas oportunidades de sair do país para estudar em uma escola de ensino médio ou Universidade estão levando cada vez mais estudantes para fora do Brasil. Existem inúmeras

formas de conseguir bolsas com custo reduzido em programas que levam estudantes para o exterior. Porém, também existem inúmeras regras, deveres e prérequisitos a serem preenchidos.

Com certeza quem consegue essas oportunidades, e com os menores custos para não pesar no bolso, sai na frente na corrida pela melhor colocação no mercado de trabalho.

O programa do governo federal leva estudantes universitários para estudos de graduação, tecnólogo, pós- graduação, doutorado e mestrado, entre outros. O objetivo do programa é incentivar e qualificar o profissional que futuramente trará avanço para sociedade, oferecendo um ensino de qualidade nas melhores instituições de ensino fora do país. O estudante precisa cumprir os pré-requisitos necessários para tentar a vaga, como por exemplo, estar matriculado na universidade com no mínimo 20% e no máximo 90% do curso concluído, ter tirado mais de 600 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio, ter proficiência

mínima comprovada na Língua do país ao qual se candidatou a vaga, e estar cursando uma graduação que se encontre nas áreas contempladas pelo programa, em maioria, Engenharias, Ciências Exatas, Ambientais e Saúde. A bolsa cobre todos os custos do estudante, desde a passagem aérea, pagamento da mensalidade da instituição de ensino, até uma mesada mensal para ajuda de custos. A estudante da Universidade Federal do Pampa, que cursa Engenharia Química, Gabriela Cáceres, está na Austrália, desde agosto de 2013, e retorna para o Brasil em fevereiro de 2015. “Foi um sonho que está realizado,

porque estou tendo a oportunidade de viver novas experiências, conhecer novas culturas e ver as coisas com outros olhos”, afirma. Ela passou pelas etapas eliminatórias, foi homologada pela Unipampa, e se candidatou para estudar na Austrália, onde vive, hoje, na cidade de Adelaide. “No início a adaptação é um pouco difícil por causa do idioma, tudo é muito diferente. Mas com o tempo a pessoa acaba acostumando, pois aqui e tudo mais fácil, tudo funciona. Tudo é muito seguro e a qualidade de vida é muito boa”, fala. Desde que chegou a Adelaide, Gabriela tem estudado inglês, básico e acadêmico, para

no próximo semestre começar a cursar Engenharia Química. A maior dificuldade, segundo ela, foi a Língua. “Às vezes é difícil fazer com que as pessoas me entendam, mas também é difícil entender o que elas falam. No início porque não sabia inglês muito bem, mas até agora passo esse tipo de situação, pois o sotaque deles e muito diferente. Além disso, têm muitas gírias que só o falante nativo conhece”, declara. Após ter aceito essa experiência, mesmo com a saudade da família e dos amigos, Gabriela acredita que foi muito bom para o currículo. “Eu aceitaria qualquer desafio que fosse bom para a minha carreira”, finaliza.

Através do Rotary também é possível realizar intercâmbio. O jovem interessado deve ser indicado por um rotariano o qual seu grupo seja conveniado ao programa. As etapas de seleção acontecem na cidade do governador do Distrito, no caso do Distrito 4780, que Bagé faz parte, este ano será em Santana do Livramento. O coordenador do Distrito, Vladimir Rodrigues, destaca que o estudante interessado recebe uma melhor classificação se tiver conhecimento de Línguas, como Inglês e Espanhol. “As vagas podem ser para vários países. Porém, os melhores colocados podem esperar abrir as vagas para o país que deseja ir, que geralmente são os de Língua Inglesa”, fala. O estudante de intercâmbio pode concluir o ensino médio numa instituição fora do país, ou ingressar em uma universidade. O baixo custo da viagem se dá pelo motivo de que o estudante é recebido por uma família, logo, não existe custo com hospedagem. O estudante deve se moldar às normas da família. Entretanto, existem regras de comportamento, como ingerir bebidas alcoólicas, namorar ou usar drogas. “Os intercambistas ficam quatro meses com cada família, passando por três casas durante a viagem, que dura 12 meses”, relata. As famílias no Brasil, também podem receber intercambistas do mundo todo, entrando em contato com um agente do Rotary. ”Com certeza é uma oportunidade inesquecível, poder conhecer outra realidade, outra cultura”, declara.

A estudante da Universidade Federal de Rio Grande (Furg), que cursa Engenharia Civil, Luísa Machado Spuldar, fez o intercâmbio do Rotary e morou um ano na cidade de Culiacán, no norte do México. “A realização de um sonho, quando eu tinha 13 anos minha prima foi para os Estados Unidos, fazer o intercâmbio. Quando ela voltou e me contou da experiência, decidi que também queria participar do programa”, fala. Ela conta que sempre se interessou por outras Línguas e culturas. “Quando eu entrei para o programa foram oferecidas vagas para Tailândia, onde uma amiga minha conseguiu, uma para Venezuela e outra para o México. Não tínhamos a escolha de qualquer lugar, então escolhi o México. Eu conhecia muito pouco do pais e nunca tinha ouvido falar de Culiacán, que no final das contas virou um dos meus lugares preferidos no mundo”, declara. Ela morou 11 meses, em três casas de família cujos filhos também estão no programa, relata ter sido tratada como uma filha pela família adotiva. “Nos primeiros seis meses frequentei uma escola de ensino médio, mas nos últimos cinco estou na universidade, onde sou uma estudante como todos outros”, destaca. Luísa conta que demorou dois meses para conseguir se comunicar em espanhol. “A vida fora do Brasil é como a vida no Brasil. Isso é algo que aprendi no meu intercâmbio, por mais que as culturas sejam diferentes, todos temos problemas parecidos, pois todo pais tem coisas boas e coisas ruins”, finaliza.

Ciência Sem Fronteiras

Rotary Club

Fotos: Divulgação/FS

Oportunidades de intercâmbio chamam atenção de jovens bageenses

Gabriela na Austrália, país onde faz graduação

Luísa e outros intercambistas em viagem para conhecer o México


10

QUARTA-FEIRA

SOCIAL

30 de abril de 2014

“O convívio com pessoas inteligentes faz de nós pessoas mais interessantes e consistentes” MP Frase dedicada à Déa Grillo Dini

Domingos soberbos

Brinde ao Golfe Na segunda-feira, Paralelo veiculou fotos do jantar que brindou o Aberto LeBon de Golfe, no Cantegril Clube. Pois bem, foram Mário Castro e Piragibe os responsáveis pelo top churrasco que levou muitos elogios dos convidados habitués e de fora da cidade. No menu de sobremesas, os doces caseiros elaborados pelas senhoras dos golfistas anfitriões também levaram confetes. O “diretor de sobremesas”, eleito por unanimidade e anunciado no protocolo, foi Pico Lacerda. Digno (risos!). Mas o que chamou mesmo à atenção foi a irmandade democrática que flui entre os golfistas. Liderado pelo empresário Flávio Staevie, o departamento de Golfe do Cantegril é eclético em sua formação contando com profissionais de diversos segmentos e faixas etárias – prova de que esse esporte não é mais uma prática distante, dita “elitista”. Definitivamente, não. Um exemplo disso são três jovens que conheci no jantar. Saídos da periferia, hoje, Carlos Eduardo Guedes, Herik Machado e Sandro Tavares ganham os campos brilhando como promessas do Golfe gaucho. Tudo graças ao talento, disciplina, mas, sobretudo, por acreditarem nos sonhos. Guris NOTA DEZ. Em seu discurso, a presidente do Cantegril, Veveca Madeira foi feliz ao afirmar que é graças à união entre os departamentos que nasce essa renovada atmosfera que paira sobre o clube. Trata-se de bonito exemplo, onde a soma dos esforços individuais resulta no sucesso do todo – percebe-se que o “Nós” é palavra de ordem no pico da colina. Debutando nos eventos do Golfe, Paralelo aproveita para agradecer a cordialidade dos anfitriões. A coluna foi recebida com a afabilidade que sempre faz com que voltemos à casa de quem nos convida. Uma honra. Parabéns a todos pelo evento. Que venham muitos mais... No Rio de Janeiro, o encontro das bageenses Silvia Parera e Andréia Calvete nos agitos do Baixo Gávea, reduto de artistas e badalados na Zona Sul carioca

Auro e Deborah Acevedo também foram presenças no domingo gastronômico capitaneado pelos chefs Marcos Souza e Oséas Barreto no Da Maya Porão

Retorno à cena gastronômica

Com a postura que tão bem a caracteriza, Michele Brasil é habitué no Tarragona Café

Tarde dessas, MP deu rasante no Tarragona Café para um break com os amigos Rafael Godoy e Michele Brasil e que notícia recebe?! Que o chef Roselito Rivero Larracharte é o mais novo integrante do sttaf! Sim! Joselito é um uruguaio dez, hermanito que se apaixonou por Bagé e aqui resolveu se aquerenciar de mala e cuia. Lembram dele? O chef ficou conhecido na cena gastronômica local pela sua criativa atuação frente à cozinha da extinta MadreMaria. Deixou saudade nos apreciadores da boa mesa (assim como a própria Madre) e, agora, nessa bela sacada de Ana Alice Valls, retorna à ativa. Resta, então, desejar boa sorte a Roselito no novo desafio e parabenizar a equipe Tarragona pela excelência cada dia mais expressa nos serviços de café, almoço e pâtisserie.

Definir os brunchs dominicais do Da Maya Porão não é tarefa fácil. Neles, os amantes da boa mesa encontram mais do que um refúgio para os seus “bel prazeres”; encontram, sim, um oásis gastronômico que poderia figurar em qualquer capital brasileira com direito a estrelinhas no Guia Michelin. Entre os habitués dos brunchs estão Iolanda e Brenorlei Silveira com as filhas Flávia, Luciana + Tiago Martins + Maria Lúcia. E no último domingo, Anna Suñé escolheu o Porão para brindar a marca 4.0 ao lado do marido Alexandre, dos filhos Bethina, Martim e Antônio, do pai José Paulo Pereira e sua esposa, Fátima Spillari. Também prestigiando a aniversariante estiveram Andréia Pons Suñé, Roberta Moglia e Renata Vidal. Ainda apreciando as delícias elaboradas pelos chefs Marcos Souza e Oséas Barreto: Mara Moglia, Suzana Magalhães, Iara Bender, Cenir Mendes Costa, Talita Suñè, Michele e Paulo Saibro Ferreira com Helena, Maria da Graça e Jorge da Costa, Antônia Scalzilli e Bruno Salis Costa e Silva, Rodrigo Brasil, Deborah e Auro Acevedo, Raquele e Sofia Gonçalves, Elias Kalil Neto, mais, mais...


SOCIAL

Guia Michelin: o céu – ou inferno – dos chefs Ao falar nos brunchs do Da Maya Porão, mencionei que o restô poderia muito bem contar com estrelinhas do Guia Michelin. Mas o que é o tal guia, MP? Trata-se de um guia turístico publicado pela primeira vez em 1900 por André Michelin, industrial francês co-fundador da fabricante de pneus homônima. O objetivo de André era o de promover o turismo para o crescente mercado automobilístico alastrando a fama de hotéis e restaurantes. Conseguiu. Impresso com o máximo sigilo e com tiragem desconhecida o Michelin tornou-se o mais respeitado guia do planeta e condecora os melhores restaurantes classificando-os com estrelas (de uma a três) que representam o sonho – ou o pesadelo – de qualquer chef. Ganhar uma estrela do Michelin significa a ascensão do restaurante e de seus chefs ao passo que perder uma delas pode levar até mesmo a uma tragédia. Vejam o caso de Bernard Loiseau. Em fevereiro de 2003 o chef francês se suicidou, aos 52 anos, desesperado com o rumor de que seu estabelecimento perderia a classificação de “três estrelas” do Michelin. Pode?! Também não é pra tanto.

Gurias campeiras: Camila Ceolin, Carolina Bordin e Fernanda Polino curtindo o feriado na Estância Ibaté

Mara Moglia e Cenir Mendes Costa clicadas pela coluna em domingo de brunch no Da Maya Porão

Flash News · Na próxima segundafeira, 5, Bagé comemora a reabertura do Museu da Gravura Brasileira. A exposição de reestreia será “Êxodos”, a mesma que movimenta o Espaço Cultural da Maya até hoje, às 19h30. Em evidência, as imagens registradas pelo renomado Sebastião Salgado, fotógrafo que peregrinou por 40 países no período de seis anos em busca da essência dos povos. #Imperdível. · E falando em Da Maya, a marca foi, junto à LeBon, a grande patrocinadora do XII Aberto de Golfe do Cantegril Clube. · O Grupo de Apoio à Pediatria da Santa Casa empreende mais obra no setor. Seguindo as normas da Vigilância Sanitária, um dos quartos está sendo adaptado com recursos do Grupo para o isolamento preventivo. #Dez! · A Casa de Cultura Pedro Wayne convida para o vernissage da exposição “Faces de Maria”, dia 6 de maio, às 19h. · Começam a circular os ingressos para a 9ª edição do Almoço Campeiro, evento capitaneado pelos integrantes do Rotary Clube de Bagé Campanha. O almoço acontece em 1ª de junho, no Santuário da Conquistadora, e terá sua renda destinada ao Instituto Caminho da Luz e à Liga Feminina de Combate ao Câncer. · No dia 23 de maio, um dos ícones da sociedade bageense, Cenir Mendes Costa, receberá amigos e apoiadores no jantar que comemorará os 14 anos de sucesso do seu programa, “Sabor em Sintonia”, veiculado aos domingos pela Rádio Difusora. O evento será por adesão e terá o Mercado Gourmet como palco. Paralelo confirma presença!

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

11


12

QUARTA-FEIRA

30 de abril de 2014

ENTRETENIMENTO

ANIVERSÁRIOS Roberta Ferreira Guasque, filha de Adriana e Daniel Guasque

HORÓSCOPO Robson - Carlos Roberto Thompson Flores Rezena - André Luís Vicêncio - Silvana Caetano - Natalia Jussara Weber Martins - João Vitor Moreira Pinto - Yasmin Veloso Deble - Cristiane Aurich

12 Anos de Escravidão

18h30min

cinema programação

A Lua continua em sua fase Nova em Touro, abrindo oportunidades financeiras e possibilitando o aumento de seus rendimentos. Plutão traz as mudanças necessárias de forma tranquila e Saturno estabiliza suas emoções.

A Lua continua em sua fase Nova no signo de Touro, trazendo mudanças importantes em todos os projetos que envolvem sociedades. As mudanças em suas finanças acontecem de maneira tranquila, aumentando seus rendimentos.

A Lua continua em sua fase Nova em seu signo, trazendo ótimas oportunidades e mudanças para todos os setores de sua vida. A fase é de concretização de projetos e fechamentos de contratos que aumentarão seus rendimentos.

A Lua continua em sua fase Nova em Touro, trazendo novas oportunidades em seus relacionamentos. A vida social ganha um novo movimento e novas amizades chegam em sua vida. Criação de novas estruturas em suas relações.

A Lua continua em sua fase Nova em Touro e você se mantém mais reflexivo. É hora de pensar com seriedade em mudanças emocionais que deve fazer em sua vida. O momento envolve trabalhos e projetos individuais.

A Lua continua em sua fase Nova no signo de Touro, trazendo novas oportunidades em seus projetos de trabalho. Um novo projeto pode começar a ser desenvolvido com grande chance de estruturação de uma nova rotina de trabalho.

A Lua Nova continua em Touro, movimentando e trazendo mudanças de maneira tranquila aos seus trabalhos em equipe. Surgem novos amigos e os antigos reaparecem. Vida social agitada nos próximos meses.

A Lua continua em sua fase Nova em Touro, movimentando de maneira bastante positiva e trazendo estabilidade aos seus relacionamentos afetivos. A relação com os filhos melhora sensivelmente. Criatividade em alta.

A Lua continua em sua fase Nova em Touro, movimentando e trazendo mudanças positivas à sua carreira e seus projetos profissionais dão um grande salto. A fase é de concretização de planos e estabilização de sua vida e trabalho.

Hoje é dia de Lua Nova em Touro que chega acompanhada de um eclipse trazendo mudanças significativas à sua vida domestica. A Lua continua em sua fase Nova em Touro, movimentando sua vida familiar e afetiva.

A Lua continua em sua fase Nova em Touro, trazendo novas ideias e oportunidades à sua vida profissional. As viagens estão beneficiadas, assim como os estudos fora de seu país. Momento de renovação de fé e crescimento.

A Lua Nova em Touro chega acompanhada de um eclipse movimentando tudo o que diz respeito à comunicação.O momento é ótimo para começar um curso ou fazer uma viagem de trabalho. Novas amizades surgem em sua vida.

21h

NOVELAS Izidoro conta para Epaminondas que Serelepe está na casa de Mãe Benta. Epaminondas avisa a Catarina que mandará Mãe Benta e Zelão para fora de sua fazenda, em defesa de Pituca. Epaminondas dispensa Zelão e diz a ele que quer a casa de volta. Zelão fica envergonhado ao saber de Juliana que as cartas escritas por Rodapé para ela em seu nome são só garranchos. Não perca as emoções da última semana de Além do Horizonte.

Clara dá total apoio a Cadu, preocupada com seu possível transplante de coração. Diogo diz a Marina que ficará hospedado em um hotel, mas promete encontrar a filha no dia seguinte. Helena se irrita ao pensar que Luiza está mesmo se envolvendo com Laerte. Branca volta a implicar com Murilo e diz a Giselle que ele não é o namorado certo para ela.


GERAL

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

Tiago Rolim de Moura

Programas habitacionais foram divulgados na oportunidade

Moradores do Prado Velho se reúnem com secretário de Habitação No final da tarde de ontem, os moradores do bairro Prado Velho tiveram um encontro com o secretário de Habitação, Augusto Nadal, para discutir sobre as invasões de áreas verdes e programas habitacionais do governo municipal. O presidente da Associação de Moradores, Júnior Augusto da Silva Morais, afirmou que o encontro visou esclarecer dúvidas da comunidade. “Esse tema das áreas verdes tem pre-

ocupado muitos moradores do bairro. Então, marcamos uma reunião com o secretário para que os habitantes tivessem a oportunidade de debater suas preocupações”, destaca. Conforme Nadal, o encontro já havia sido sinalizado numa audiência pública no dia 12 de fevereiro. “Conversamos com alguns moradores e verificamos a situação de residências para tentar encaminhar uma solução.

Fora isso, aproveitamos para esclarecer o porque as áreas verdes são importantes para a máquina pública”, explica. Durante o encontro foram divulgados os empreendimentos habitacionais que deverão contemplar os moradores daquela região. Após a reunião, que ocorreu no Centro Comunitário, foram feitas inscrições dos interessados para as casas populares do programa Minha Casa, Minha Vida e Moradia Legal.

13

Unipampa realiza seleção de bolsistas para Inclusão e Acessibilidade

O Núcleo de Inclusão e Acessibilidade da Universidade Federal do Pampa abriu seleção específica de monitoria para os Núcleos de Desenvolvimento Educacional da instituição. A seleção busca contribuir com a política de atendimento educacional especializado nos campi da universidade. São duas bolsas na modalidade de tutoria e monitoria. Isso por unidade acadêmica, destinadas a 16 horas semanais de atividades, com valor de R$ 320. As bolsas terão vigência de maio a dezembro de 2014. O bolsista selecionado deverá prestar tutoria e monitoria, inclusive em horário de aula, em atividades relacionadas ao processo de ensino aprendizagem do acadêmico atendido, auxiliar na realização de atividades de gestão referentes, auxiliar no provimento de tecnologia assistida, participar das atividades propostas pelo núcleo referente à área de inclusão e acessibilidade, auxiliar na organização de eventos na área de inclusão e acessibilidade e participar de estudos ou pesquisas pedagógicas com essa temática. As inscrições começam dia 5 de maio e estendem até o dia 9. Isso pelo site https:// www10.unipampa.edu.br.


14

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

GERAL

Saiba o que funciona no Dia do Trabalhador O Dia do Trabalhador foi criado em um Congresso Socialista realizado na França, em 1889. A data foi escolhida em homenagem à luta pela redução da jornada de trabalho para oito horas diárias dos operários norte-americanos – os Mártires de Chicago – que deflagraram uma greve geral em 1º de maio de 1886. No Brasil, o Dia do Trabalhador foi consolidado pelo Presidente Artur Bernardes que instituiu, em 1925, o 1º de maio como feriado nacional. Assim, o dia é celebrado com feriado em vários países em memória destes trabalhadores.

Supermercados Após acordo coletivo entre os sindicatos patronais e de categoria foi estabelecido que os supermercados não vão

Arquivo FS

Transporte coletivo vai trabalhar em horários diferenciados

funcionar neste 1º de maio. A decisão também se estende para o Dia das Mães, que será no dia 11 de maio. A rede de supermer-

cados Peruzzo informa que na quinta-feira, apenas a Padaria Moderna irá atender ao público, das 8h às 21h.

lixo não será oferecido durante o feriado do Dia do Trabalhador, mas retorna normalmente na sexta-feira e sábado. A Prefeitura de Bagé e o Departamento de Água e Esgotos (DAEB) terão ponto facultativo na sexta-feira, 2. Os serviços de atendimento ao pú-

blico devem voltar ao normal na segunda-feira. O DAEB não terá atendimento ao público e nem no setor administrativo, funcionando nestes dias apenas o plantão de atendimento (115 ou 0800-510-2219), na quinta-feira das 8h às 20h e na sexta-feira das 8h às 23h.

Serviços Coletivos Os b a n c o s n ã o te r ã o expediente na quinta-feira, retornando às atividades na sexta-feira das 10h às 15h. Já as linhas do transporte coletivo irão trabalhar nos horários descritos como domingos e feriados. O serviço de coleta de


GERAL

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

15

Poderá ser homologada hoje, a decisão do Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Rio Grande do Sul quanto ao novo titular do Centro de Registros de Veículos Automotores de Bagé. Isso pela Corregedoria de Justiça do Estado. Pelo menos essa é a expectativa do chefe da divisão de registros do Detran/RS, Túlio Felipe Verdi Filho. Caso a homologação ocorra, de fato, hoje, amanhã o novo titular já deverá assumir. A atual titular, a tabeliã Saraiaba Molina, permanece à frente do CRVA apenas até hoje. Filho explica que

há risco de que a homologação não aconteça hoje, “porque isso não depende de mim”. Ou seja, é possível que os serviços sejam suspensos no CRVA Bagé, mas por poucos dias, já que o processo deverá ser concluído o mais rápido possível. Sobre a seleção do novo titular, Filho explicou que se candidataram outros sete CRVAs do Estado. Esse é um dos critérios para participar de tal seleção: é preciso que o titular seja um oficial de registro civil de um CRVA já existente. Entre os outros, também há a exigência de que o CRVA

não tenha sofrido nenhuma penalidade, pelo Detran. O faturamento também é considerado: dos que se candidatam, é verificado qual apresenta menor arrecadação. No total, sete cartórios do Estado se apresentaram. “O que foi uma surpresa. Isso mostra que Bagé é importante”, comenta. Sobre possíveis recursos, após a homologação, Filho garante: isso não impedirá que o selecionado assuma o CRVA. Ele ponderou, também, que os critérios são rígidos e que aqueles que recorrerem poderão ter acesso às documentações.

Caso o serviço seja suspenso em decorrência da não homologação, ainda que por alguns dias, aqueles que necessitarem dos serviços dos CRVAs deverão recorrer aos centros de outras cidades, como Dom Pedrito e Candiota – duas das mais próximas. É justamente isso, porém, que incomoda o despachante Fernando de Paulo. Ele explica que a notícia

da possível suspensão temporária dos serviços entristece e surpreende. Para ele, o processo deveria ter sido antecipado, já que vários segmentos dependem do CRVA. “Vai trancar Bagé”, pondera. Ele se refere, sobretudo, a arrecadação de concessionárias. A tendência é que diminua, diante da suspensão. Ele explica que carros zero

quilômetro não poderão ser emplacados, já que não devem ser conduzidos até a cidade mais próxima. “As vendas vão cair. Isso tudo foi muito mal conduzido”, finaliza. Filho rebate ao afirmar que as concessionárias podem contatar o CRVA mais próximo e agendar que uma equipe atenda em Bagé, nas instalações do estabelecimento

Possíveis problemas

Tiago Rolim de Moura

Homologação de novo titular do CRVA poderá ocorrer ainda hoje

Caso ocorra suspensão, emplacamentos estão entre serviços que serão prejudicados

Entenda

comercial. “Isso é balela. As vendas já estão bastante reduzidas. Não vamos colocar isso nas costas do Detran”, pondera. Sobre outros serviços, ele diz que é possível se deslocar com o automóvel, desde que o motorista esteja munido de documentação obrigatória. “Se estiver licenciado, não existe restrição. Não é nada traumático”, alega.

A titular do CRVA solicitou afastamento dos serviços de registros de veículos no dia 21 de março, já a seleção de posto avançado começou no dia 2 de abril, cujo certame encerrou no dia 13 de abril. A Corregedoria foi informada sobre o resultado no dia 25 de abril - no dia 24, a seleção foi finalizada.


16

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

GERAL

Rotary Bagé Minuano faz campanha sobre respeito e uso de faixa de segurança O perigo no trânsito em Bagé tem feito com que o jornal FOLHA DO SUL abordasse de várias maneiras a falta de segurança e as armadilhas das faixas de pedestre. Na manhã de ontem, o Rotary Bagé Minuano fez uma blitz de orientação sobre o uso da faixa de pedestres, em frente à escola São Pedro, na Santa Tecla. De acordo com o presidente do Rotary Bagé Minuano, Rafael Marinho, a campanha “Se você parar, a vida continua”, vem sendo trabalhada pelo grupo há três anos. O objetivo é conscientizar motoristas e pedestres para o uso correto da faixa de segurança. “Nós marcamos um dia e buscamos um ponto onde tenha bastante movimento, mas que tenha faixa de pedestres, geralmente uma escola. Então, vamos a campo, abordamos os pedestres e motoristas e pedimos licença para adesivar o carro”, fala. O adesivo faz parte do material informativo utilizado pelos agentes do Rotary no momento da abordagem. A campanha já vem sendo anunciada na TV há duas semanas, sendo divulgada também

Divulgação/FS

Ação procura orientar pedestres e motoristas

em rádios e mídia impressa. “Estamos chamando a atenção para esta ação, pois é muito importante a segurança no trânsito. Fazemos duas campanhas por ano, promovendo rodízio entre as escolas para realização das abordagens”, declara. O Rotary entregou um ofício aos Agentes Municipais de Trânsito, que auxiliaram na realização da ação. “Muitas vezes o pessoal pensa que estamos fazen-

do um pedágio, mas na verdade é apenas uma orientação para aumentar a segurança no trânsito”, afirma. São aproximadamente 40 agentes que trabalham na adesivagem e abordagem com entrega de material informativo, com apoio dos grupos Interact e Rotaract. “Quando começaram a asfaltar a cidade, mudou o ritmo do trânsito, então resolvemos começar esta campanha, finaliza Marinho.


GERAL Carvão mineral

Empresa chinesa poderá investir em Candiota

Divulgação/FS

S

Comitiva visitou áreas onde poderá ser instalada usina de 1,2 mil MW

O vice-presidente da China Western Power Industrial Co. Ltd (CWPC), Li Hong, visitou o município de Candiota e externou o interesse da empresa multinacioénal em investir na cidade. A visita -ocorreu ontem, e Hong, juntamente ,com uma comitiva de investidores, efoi recebido pelo superintendente ada Mina de Candiota da Compamnhia Riograndense de Mineração ,(CRM), engenheiro José Fernando eOliz. Os investidores visitaram a oa unidade junto com empreendesdores de uma empresa brasileira ade engenharia a ETM e, ainda, a chinesa AMP Construção Portuária Ltda. O grupo também percorreu áreas onde se possibilitaria a instalação de uma usina de 1,2 mil MW tendo abrangência aproximada de

200 hectares. Hong informou que a usina, se instalada no município, poderá consumir 800 mil toneladas de carvão por mês ele consultou a possibilidade de ter a CRM como fornecedora. “Viemos da China para buscar mais informações e estabelecer a viabilidade do investimento”, acentuou o vicepresidente que acrescentou que a CWPC produz diretamente mais de 10 mil megawatts/ano com quatro termelétricas na China. O superintendente, acompanhado dos gerentes de mineração e beneficiamento, engenheiros Paulo Fernandes e André Felipe Rodrigues, respectivamente, visitou com o grupo a mina da Companhia e o britador/moega. Oliz garantiu que a CRM é capaz de fornecer o volume supracitado desde que estabelecidos em contrato ajustável

ao tempo de obra. “Já conhecemos os projetos que contemplam Candiota e por isso estamos sondando a cidade”, complementou o vicepresidente. Esta é mais uma possibilidade que se apresenta, sendo que foi uma empresa chinesa a responsável pela construção da Fase C da Usina Termelétrica Presidente Médici e que o país vem demonstrando intenções ostensivas de investir na Capital Nacional do Carvão. No ano passado, o presidente da CRM, Elifas Simas, governador do Estado, Tarso Genro, prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador, e demais autoridades do Rio Grande do Sul, estiveram na China apresentando o potencial do carvão gaúcho, o que começa com esse tipo de interesse a demonstrar resultados e atrair investidores.

Rotary Club Bagé Norte realiza torneio de futebol do Dia do Trabalhador Na próxima quinta-feira, 1º, o Rotary Club Bagé Norte realiza o tradicional Torneio de Futebol do Dia do Trabalhador. A atividade busca celebrar a data através do esporte e da interação entre as empresas. Segundo um dos membros do clube, Ângelo Silva, a competição já acontece há 43 anos. “Os jogos serão realizados a partir das 8h30min, nos campos de futebol do Militão”, afirma. Devem participar da competição 20 equipes que já estão dividas em grupos. Assim, participam da competição os seguintes times: Curtume Bagé, Marfrig Pampeano Almox, Marfrig Hulha Negra / 3º RCMec / Action, BIG / Seradil Representações / Transporte Lima, Brigada Militar “A”, Brigada Militar “B”, Peruzzo, Corpo de Bombeiros, Stillus

Em edição anterior, time do Marfrig foi campeão

Boy’s, Pampeano Câmaras 1º T. / Lima, Tendal Noturno / Hertz Ltda / Obino, Mercosul / Freitas e Pucineli, Nicolini, Santa Casa / NET / Posto Baluarte, Expresso

São Miguel / Conesul / Producarne, Conesul / Nicolini / Charles Ferreira, Pampeano Alimentos, Carregamento Noturno / G.E. Bagé, Obino “A” e Obino “B”.

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

17


QUARTA-FEIRA

18

30 de abril de 2014

SEGURANÇA Divulgação/FS

Veículo ficou completamente deteriorado

Carro é destruído por incêndio na BR-153 Por volta das 21h30min do dia 28 de abril, a Polícia Rodoviária Federal atendeu um acidente no KM 594 da BR-153. Segundo o proprietário do veículo PUMA, de Bagé, com placas não identi-

ficadas, o automóvel apresentou sinais de fumaça. Ele tentou conter as chamas, mas não obteve êxito. Apesar do carro ficar completamente destruído, o acidente teve apenas danos materiais.

OBITUÁRIO

Antonio Teixeira, 71 anos. Ronda Noturno Inativo. Residente na Rua Francisco Garibalde, 945. Deixa a esposa Isadege Maria Lopes Teixeira e os filhos Gildomar, Ricardo e Sandro. Yolanda Castro Candiota, 75 anos. Costureira. Residente na Rua Amaro Robaina, 157. Deixa o esposo Antonio Luiz Salgado Candiota. Juaninha Nogueira Antunes, 95 anos. Do lar. Residente na Rua Pedro Amaral, 2999. Deixa os filhos Altidor, Cenira Maria, Guiomar, Lucimar, Luis Mario, Manoel Lecedonio e Neli

Patrulha Ambiental flagra caçadores na BR-153

A Patrulha Ambiental da Brigada Militar de Bagé prendeu, em flagrante, na madrugada de ontem, três caçadores encontrados em uma propriedade localizada nas proximidades da ponte do Camaquã. A Patrulha Rural foi acionada pelos proprietários, que viram uma caminhonete escondida no local. A guarnição da BM surpreendeu os ocupantes da Mitsubishi, placas IRN 7605, de Dom Pedrito, que foi abordada no km 583 da BR-153, enquanto se deslocava para a estrada. No veículo, com marcas no para-brisa semelhantes à tiros, foram encontrados três tatus, cinco cães de caça, uma pá e um facão, utilizados para o crime. Os três foram encaminhados ao 2º Grupo de Polícia Ambiental, onde foi lavrado um termo circunstanciado. Eles devem responder por crime contra a fauna nas esferas penal, cível e administrativa. A multa prevista por cada animal encontrado é de R$ 500,00.

Fotos: Tiago Rolim de Moura

Caminhonete foi utilizada por caçadores próximo à ponte do Camaquã

Multa prevista é de R$ 500,00 por animal

Polícia Civil cumpre mandado de prisão no centro de Bagé Em cumprimento a mandado, expedido pela Vara de Execuções Criminais local, a Polícia Civil prendeu, na tarde de ontem,

o acusado Emerson Hernandes de Freitas, 36 anos. Ele foi encontrado na Rua Santos Souza, no centro de Bagé. Hernandes foi encami-

nhado ao Presídio Regional de Bagé, onde deve cumprir pena de oito anos em regime fechado pelo crime de tráfico de drogas.

Ciclista rouba pedestre no bairro Ibajé Uma mulher de 29 anos foi vítima de furto por volta das 5h do dia 28 de abril, na Rua Dr. Penna, bairro Ibajé. Enquanto voltava para sua residência, no mesmo bairro,

a vítima avistou um ciclista de características branco, alto e cabelo curto. O ciclista aproximou-se da vítima e furtou-lhe uma bolsa de couro contendo cartões, docu-

mentos de identidade, um telefone celular da marca LG, e a quantia de R$ 300,00 em dinheiro. Conforme registro, o indivíduo fugiu em direção ao interior do bairro.

Um veículo Fiat Uno, azul, placas IJJ1997, de Bagé, foi alvo de furto. O fato aconteceu entre às 19h do dia 28 de abril e o início

da manhã de ontem. Segundo a condutora, a porta do motorista foi entortada e do interior do automóvel, furtado um rádio cuja

marca não soube especificar, além de uma carteira com documentos e cartões de crédito, e documentos de sua filha.

Rádio automotivo é furtado na Marechal Floriano


ESPORTES

19

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

Farroupilha no caminho do Cristo Rei é o líder Bagé na abertura do returno Arrancar positivamente no returno da segunda divisão de profissionais é o grande objetivo do Bagé com relação ao jogo de amanhã, às 15h30min, contra o Farroupilha, em Rio Grande. Na primeira fase do campeonato, o jalde-negro bageense chegou às quartas de final do turno, perdendo nos pênaltis para o 15 de Novembro de Campo Bom.

Para o returno, o grupo perde o lateral Yan (de São Leopoldo) e o atacante Anderson (Uruguaiana), que deixaram o clube, ganhando a técnica e a experiência de Anderson Paim, o Son, o que poderá ser fundamental para os objetivos jalde-negros, dando ao time o necessário equilíbrio em campo. Evandro Moreira ainda é dúvida, por lesão.

Quanto ao Farroupilha, do treinador Geverton Duarte, terá o desfalque do meio-campo Rafael Pelezinho, cumprindo suspensão automática. Duarte confirmou seu time com Samuel, Willian Dill, Evandro Garcia, Rudiere, Dudu, Alair, Cristiano, Juliano Madalena, Kesler Bastos, Luís Eduardo e Douglas.

Novo Guarany em campo O Guarany espera motivar o seu torcedor para o jogo de domingo, às 15h30min, no estádio Antônio Magalhães Rossell, contra o Rio Grande, na segunda rodada do returno da chamada Serie C do futebol gaúcho.

Depois de chegar às semifinais no primeiro turno, sendo eliminado pelo próprio Rio Grande, o alvirrubro bageense modifica principalmente seu grupo de jogadores, com dispensas e contratações. A diretoria trabalha para

colocar todos os novos reforços em plenas condições para o jogo de domingo, aumentando, assim, as opções do treinador Osvaldo Menezes Rolim, que também terá desfalques por suspensões automáticas.

Há cerca de 40 anos, o empresário José Silva resolveu agir mais fortemente para a divulgação do xadrez em Bagé. As adesões vieram ao natural, até o surgimento do Bagé Xadrez Clube, hoje uma entidade consolidada, que funciona na rua Tiradentes, 808, em frente à Praça das Carretas, em área central da cidade. Pessoas dos mais diversos segmentos da comunidade participam ativamente das atividades do clube, desde crianças até adultos. Isto permite a realização e atividades regulares, com um calendário anual muito bem definido, não impedindo os enxadristas locais

quanto à participação em eventos da modalidade realizados fora de Bagé. A cada ano, várias são as entidades homenageadas pelo clube, dando seu nome respectivo a cada uma das etapas classificatórias, sendo o certame apoiado pela Secretaria Municipal da Juventude, Esporte e Lazer. No fim de semana, na segunda etapa do municipal, foi homenageada a Rádio Difusora A Voz de Bagé, que completou, em 27 de fevereiro, 58 anos de marcante presença no cenário das comunicações. Na categoria absoluto, o

campeão foi Maurício da Costa, seguido, pela ordem, por Luciano Sberse Godoy e Carlos Jeismann. Nas demais categorias, foram vencedores Maicon Chaves (juvenil), Jociele Corrêa (feminino), Henrique Proença (infantil), Leonardo Costa (militar) e J.J. Silva (veterano). Na principal categoria, após duas etapas. Carlos Jeismann lidera, com 17 pontos, seguindo-se Emílio Roberto Mansur, 16; Luciano Godoy, 15; Ignácio Marrero e J.J.Silva, 10. A terceira etapa, homenageando a Rádio Delta FM, será no dia 17 de maio, na sede do Bagé Xadrez Clube.

Xadrez cada vez mais fortalecido em Bagé

Sob a coordenação do desportista Éverton Gonçalves do Santos, o Campeonato de Integração de Futebol Sete da Zona Leste está em franco desenvolvimento, com jogos nas tardes de sábado, no Centro Social Urbano “Dr. Áttila Taborda”, no bairro Pedras Brancas. A terceira rodada, disputada no fim de semana, apresentou Nacional 2x1 Bayer. Porto 0x0 Furacão, São Luiz 2x1 São

Caetano. Os jogos do próximo sábado, 3 de maio, serão Furacão x São Luiz, Castelinho x Nacional, Bayer x São Caetano, Porto x Cristo Rei. Em razão de briga generalizada, na segunda rodada, Malafaia e Valério foram eliminados do torneio, com o que os oito clubes remanescentes já estão classificados para a próxima fase, enfrentando-se para definir os respectivos cruzamentos.

As atrações do veloterra A terceira etapa do Campeonato Zona Sul de Veloterra está programada para o dia 11 de maio, no Camping Modelo, às margens da Br-293. A promoção é de Brasil Eventos, cujo titular, César Brasil, destaca que pilotos de Bagé, Dom Pedrito, Pelotas, Rio Grande, Taquari, Santana do Livramento,

Jaguari, Pinheiro Machado, Pedras Altas e Rivera já confirmaram presença, sendo divididos em 14 categorias. A premiação inclui troféus para os cinco primeiros colocados. Informações adicionais estão sendo disponibilizadas pelo próprio César Brasil (9968.3435) ou pelo site www.brasileventos.com.

Resumo esportivo FUTEBOL SETE – Promovido pela Liga Independente de Arbitragem, acontecerá amanhã, a partir das 8h30min, no Complexo Esportivo Presidente Médici, torneio de integração. Participarão equipes como Pampa Gaúcha, Galácticos, Navegantes, Cristo Rei, São Caetano, Machado Lanches e Sonico de Aceguá. INTER-HARAS – Também de parte da Liga Independente de Arbitragem, sob a liderança de Jairo Moraes, a informação de que a segunda edição do torneio de futsal entre os haras da região terá seu início em junho. REFORÇO – A equipe do Arvorezinha, que disputa o campeonato da categoria sênior, primeira divisão,

higinobage@yahoo.com.br

da Liga Bageense de Futebol de Veteranos, passa a contar com o meia Ricardo Lopes Geisler, o Esquerda, que, nas temporadas de 1992 e 93, foi atleta profissional do Bagé. LIGA DOS CAMPEÕES – Hoje, às 15h45min, na Inglaterra, jogo de volta pelas semifinais, Chelsea x Atlético de Madri (primeira partida, 0x0). Ontem, Bayern Munique 0 x 5 Real Madri. Guarany - O clube apresentou ontem, o lateral esquerdo Eduardo Melo, 22 anos, ex- São José de Porto Alegre. GUARANY - O clube apresentou ontem, o lateral esquerdo Eduardo Melo, 22 anos, ex- São José de Porto Alegre.

26/4/13

FEDERAL 1º 13.696 2º 27.789 3º 14.192 4º 10.856 5º 83.158

MEGA-SENA Nº 1594 06 07 08 23 43 53 LOTOMANIA Nº 1446 01 04 08 13 16 21 22 27 39 42 43 44 46 55 62 68 70 76 86 92

LOTOFÁCIL Nº 1048 01 02 03 05 06 07 09 10 15 16 17 18 20 21 25 QUINA 3475 09 24 65 74 77 DUPLA-SENA Nº 1275 Primeiro sorteio 01 15 39 42 44 47 Segundo sorteio 04 07 33 38 39 42


www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014

Gaúcho

FOLHA SUL


BAGÉ, QUARTA- FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 - Ano 2 - N° 47

Papel dos objetos transicionais no desenvolvimento da criança

Qual criança nunca teve uma fraldinha ou um ursinho de pelúcia e dele não queria se desfazer? Estes brinquedos, roupas ou demais artigos são chamados de objetos transicionais e desempenham um papel importante no desenvolvimento dos pequenos. Como explica a psicóloga infantil, Catiéli Malaguez, a criança ao nascer não tem nenhuma noção do mundo externo e acha que não existe nada além dela. “A criança não consegue entender que é outro ser diferente da mãe, ou seja, ela e a mãe são um só ser. Ela nasce indefesa, e preparada para o desenvolvimento, o que ela precisa é de uma mãe (ou alguém que faça o papel dela) e ofereça o suporte necessário para que ela se desenvolva adequadamente e compreenda os estímulos externos”, afirma. A psicóloga destaca que o vínculo ‘mãe-bebê’ deve levar em consideração a sensibilidade epidérmica da criança – tato, temperatura, sensibilidade auditiva, sensibilidade visual, sensibilidade às quedas – assim como o fato de que a criança desconhece a existência de tudo o que não seja ela própria. “E isso inclui toda a rotina de cuidados ao longo do dia e da noite. Cabe ainda, em especial, o fato físico de sustentar a criança nos braços, e como essa mãe está constituindo uma forma de amar”, diz. Todo esse processo é importante para o desenvolvimento da criança que a um determinado momento do crescimento pode se apegar aos objetos transicionais. “Estes objetos têm o papel de intermediar o seu mundo interno do mundo externo. Eles ocupam um papel ilusório para as crianças, pois eles ‘representam’ a mãe. Quando a criança passa a viver um fenômeno transicional, significa que a mãe está interiorizada de uma forma positiva, pois do contrario dificilmente o fenômeno ocorreria”, ressalta. Catiéli comenta que este processo se dá aos poucos. “Quando o bebê deixa de depender absolutamente da mãe e passa a ter uma dependência relativa, a mãe começa a ser substituída e denota que a vínculo ‘mãe-bebê’ está tendo outro formato, passando por várias etapas até concluir uma confiança no ambiente. Por isso, fraldinhas, bichinhos, paninhos, cheirinhos, podem ter um valor significativo na vida dos pequenos, já que eles tranquilizam e deixam as crianças mais seguras”, pontua. Ela sugere que o uso dos objetos transicionais sejam utilizados mais no período da noite, quando a criança se sente mais sozinha e insegura. “O que os pais devem ficar atentos é com o uso excessivo durante o cotidiano, e que ele não se estenda por muitos anos no desenvolvimento da criança (normalmente por volta dos dois anos de idade onde outros interesses surgem: como brincadeiras mais autônomas como jogar bola, simbolizar) faz com que a criança dê menos importância pelos objetos”, garante. A psicóloga encerra explicando que cada criança tem sua particularidade, algumas criam ou precisam de algum objeto e outras não, e apenas com a figura da mãe conseguem passar a compreender o mundo externo e seus estímulos.

QUANDO

EVANTLAARMEAMNHÃ LColégio PE EPITAM SEMPRE R Auxiliadora MARIA.

AVE

Av.Marechal Floriano, 1335 Bagé - RS Tel: (53)32425580 - www.colegioauxiliadorabage.com.br


2

QUARTA-FEIRA

QUARTA-FEIRA

30 de abril de 2014

30 de abril de 2014

Espírito Santo realiza atividade para estimular leitura e escrita O 4º ano do ensino fundamental do Colégio Espírito Santo realiza diversas atividades em todas as disciplinas. Entretanto, o objetivo é aproximar a teoria e prática tornando a aprendizagem mais prazerosa. Alguns projetos estão sendo desenvolvidos desde o início do ano letivo, outros serão desenvolvidos no decorrer do ano, mas todos serão de forma interdisciplinar com uma grande atividade de encerramento no mês de dezembro. Um dos projetos desenvolvidos na disciplina de Língua Portuguesa chama-se “Fábulas pra que te quero”, e tem como objetivo aprimorar a produção textual de forma mais dinâmica. Outras atividades desenvolvidas foram nas disciplinas de Ensino Religioso e Ciências, com dinâmicas voltadas para o conteúdo trabalhado nas aulas, incluindo atividades práticas no laboratório de ciências.

Click

Não esqueça de enviar a foto dos pequenos para nossa galeria. Envie uma foto da criança com o nome completo e idade, junto ao nome dos pais, para o e-mail juliana.andina@gmail.com. Participe!

Ana Clara Domingues França, de um ano, é filha de Carla e Paulo Roberto

Inácio Jardim Santos, de cinco meses. Filho de Luana e Cléber

João Lorenzo Leal Landa,de cinco meses. Filho de Joseane e Luciano

A construção de pequenas peças teatrais faz parte da rotina das crianças do Jardim Auxiliadora. As datas comemorativas e históricas normalmente são apresentadas para o grupo geral de alunos, usando a linguagem do teatro ou da dança por determinada turma. Desta vez, os alunos do Infantil cinco usaram a criatividade

Alunos do Colégio Auxiliadora visitam Exposição Êxodos

As turmas de 1º e 5º ano do Colégio Auxiliadora prestigiaram a Exposição Êxodos, do fotógrafo Sebastião Salgado, no Da Maya Espaço Cultural. Foi um momento de aprendizado e conscientização da realidade mundial retratada através da fotografia, que contribuirá com a proposta pedagógica nas áreas de Educação Artística e Língua Portuguesa. Os alunos dos primeiros anos tiveram contato através de vídeos sobre o autor e suas obras. Os alunos criaram obras em preto e branco utilizando carvão. O trabalho deverá ter sequência com coleta de fotos de família em preto e branco e registros fotográficos da realidade de uma comunidade da cidade.

Juliana Franco Vianna, seis meses e meio é filha de Anni e Fabrício João Manoel da Paixão Rabello, dois anos e sete meses. Filho de Leonardo Rabello e Valéria Paixão

Cavalinho de Pau inicia aula de Alunos do Jardim Auxiliadora apresentam teatro do Descobrimento do Brasil danças tradicionalistas Buscando resgatar as raízes da tradição gaúcha, a escola Cavalinho de Pau investe este ano na Invernada Mirim. As aulas acontecem semanalmente, atendendo os alunos dos berçários II e III até o pré II. O objetivo é trabalhar o ritmo e conhecer os nossos costumes. Dirigidos por Cecilia Brum, os pequenos aprendem a nossa história, exercitam a tradição oral e repassam o conhecimento adquirido.

3

para contar como o Brasil foi descoberto, na semana em que o País completou 514 anos. Esta atividade tem como finalidade estimular a linguagem oral e a desenvoltura, proporcionando à criança o contato com diferentes formas de expressão artística. Assim, mais uma vez, os pequenos tiveram a oportunidade de aprender brincando.

Agenda No próximo dia 3, a porquinha Peppa Pig chega a Bagé com sua família. A apresentação teatral acontece às 19h, no Centro Cultural Auxiliadora. Os ingressos estão à venda na Ótica Conquistadora e na Nova Era.


4

QUARTA-FEIRA 30 de abril de 2014

Castelinho dos Sonhos trabalha cultura popular com estudantes A escola de educação infantil Castelinho cultura popular. Toda terça-feira, os estudantes de música, teatro, capoeira e dança. A escola crianças de zero a seis anos. Os interessados dos Sonhos desenvolve junto aos seus alunos a participam de diferentes atividades, como aula trabalha das 7h30min às 19h30min e recebe podem ligar para o (53) 3241-4563.

Crianças e aprendizado do inglês

Todos sabem que as crianças têm maior facilidade de aprender outro idioma. Seja pelo seu desprendimento ou por não terem vergonha dos coleguinhas. Visando isto, o Yázigi oferece uma série de cursos voltados para o público infantil e que ajudam no desenvolvimento infantil. Com aulas divertidas e animadas a escola

de idiomas oferece cursos a partir dos três anos de idade. Como explica a coordenadora pedagógica do Yázigi, Eliane Christo, todas as atividades utilizam a realidade da criança. “As aulas são muito interativas e buscamos usar o que elas vêem no dia a dia para que o aprendizado se torne mais fácil”, garante.

Desta forma, cada aula é um mundo novo onde as crianças mergulham no universo em inglês e aprendem através de histórias, músicas, mas principalmente através de seus sentidos, como o tato. Assim, o Yázigi oferece quatro turmas voltadas para as crianças. Little Kids para

crianças entre os três e cinco anos de idade; Kids para crianças entre os seis e oito anos; Magic Links dos nove aos 10 anos; e o Yteen para aqueles entre os 11 e 12 anos. Para quem ficou interessado o Yázigi fica localizado na avenida Marechal Floriano, 1498, e o telefone é (53) 3242-1761.

Caderno Folhinha

Expediente

Reportagens: Juliana Andina Esta edição semanal é encartada no Jornal FOLHA DO SUL GAÚCHO e não pode ser vendida separadamente. Editor-geral: Glauber Pereira E-mail: nielabittencourt@gmail.com Fotos: Divulgação Diagramação: Cristiano Lameira Revisão: Lucimar Camargo Nunes

Folha do Sul Gaúcho Ed. 1216 (30/04/2014)  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you