Page 1

FUTEBOL

POLÊMICA

Vitória do Guarany contra o Estância Velha pode encaminhar, hoje, classificação para mata mata

Presidente do PMDB, ex-vereador Gustavo Morais garante que partido segue no governo de Colombo

Página 19

Em uma nota clara e direta, o ex-vereador afirmou que decisão nunca ocorreu e que reunião para romper coligação jamais foi agendada. Morais acusou companheiros de sigla de serem pessoas “sem dignidade, sem moral e deslumbradas com o poder” Página 4

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, QUARTA-FEIRA, 9 DE ABRIL DE 2014 - Ano 4 - N° 1199

Veículo precisou de auxílio de guincho para ser removido do local

Motorista perde controle, bate em árvore e capota na José do Patrocínio

Fotos: Tiago Rolim

Um acidente envolvendo um Renault Sandero Stepway interrompeu o tráfego de veículos, por alguns instantes, ontem, na avenida José do Patrocínio. Conforme relatado à Brigada Militar, o carro trafegava no sentido bairrocentro quando teve a frente cortada por outro veículo e, ao tentar desviar, bateu no canteiro central, colidindo com uma árvore e capotou. Testemunhas afirmaram à reportagem que os dois automóveis envolvidos aparentavam Página 18 estar fazendo um “pega”.

LEGISLATIVO Presidente Uílson Morais descarta críticas e nomeia João Batista Benfica para TV Câmara

Página 4

CINEMA Documentário bageense sobre as vozes do rádio é exibido em Portugal Página 9

DEBATE Comando de greve dos municipários tem assembleia que pode determinar fim da paralisação

Página 9

CEEE Eletricitários de Bagé acompanham audiência conciliatória, hoje, no TRT em Porto Alegre

Página 13 O TEMPO HOJE Bagé - RS

23º 13º

Predomínio de sol, apenas com pouca variação de nuvens


QUARTA-FEIRA

2

9 de abril de 2014

OPINIÃO

Editorial

Uma TV à mercê da política A reportagem da FOLHA do SUL trabalha, desde ontem, com a notícia de que a direção da TV Câmara será substituída por um profissional sem diploma de jornalismo (Curso superior de Jornalismo). A função exercida pela antiga diretora será assumida por um profissional de perfil político, já que, de acordo com as normas da casa, o organismo de comunicação é “tão” importante que pode ser comandado por um CC – ou Cargo de Confiança. A notícia é polêmica por, pelo menos, duas razões. O primeiro e mais importante motivo de preocupação é o fato da classe política local ainda entender que atividade jornalística só pode ser valorizada naquilo que mais rende exposição aos políticos. Pelas declarações que se ouviram até aqui, é possível compreender que jornalista só é importante se ele estiver na função para reproduzir o discurso autorizado de quem o contrata. Por isso, os detentores de cargos eletivos ou públicos nomeiam simpatizantes sem concurso e com razoáveis salários para cargos estratégicos, entre eles, direções de veículos de comunicação pública. Com raras exceções, perdem o veículo e a comunidade porque se expõem ao risco do proselitismo político e da censura prévia. Profissionais acabam com pautas contingenciadas ou publicistas (vide Nílson Lage), preocupados em não publicar temas que sejam ásperos ao chefe ou ao partido. Se um jornalista que recebe formação ética e social já sofre tais riscos, tudo isso pode ficar ainda pior quando o cargo é exercido por funcionário sem qualificação ou diploma, título mínimo para exercer função jornalística. A segunda razão que traz preocupação ao tema é

Glauber Pereira

glauber.pereira@hotmail.com

o fato de que, no caso em tela, a criação da TV Câmara representa um claro investimento público, com recursos do povo para devolver informações e conhecimentos a partir da atividade jornalística. O trabalho é destinado a incentivar táticas de cidadania, participação popular e de conscientização sobre importantes áreas da atuação legislativa em cada comunidade onde atua. Mas em nenhum momento sequer foi aventada a possibilidade de que tal atividade seja exercida por jornalista formado devidamente concursado, como acontece para inúmeras outras funções. Vale dizer que a direção da TV Câmara não deve ser interpretada como um cargo de interesse pessoal de qualquer que seja o presidente da Casa. Os presidentes passarão, a TV passarinho. Estes dois aspectos: a falta de importância do veículo público, exercido como um experimento “eterno” e a falta de funções concursadas capazes de dar independência ao trabalho produzido vêm somar-se para tornar o tema uma grande oportunidade de correção. Espera-se que o atual presidente, assim como garantiu estar fazendo em outras iniciativas, corrija esta rota e, a partir de um compromisso sério com a comunidade, determine a abertura de concurso para as vagas da TV. Então, com uma direção técnica e fixa, os telespectadores da TV Câmara - conquistados a duras penas - não ficariam mais à mercê dos bailes políticos que acontecem a cada troca de presidência. O veículo, assim, assumiria papel decisivo na comunidade, pois com programação diversificada e permanente iria adquirir maior credibilidade. O povo que paga a conta dessa brincadeira ficaria grato. Josias Borges

Independência financeira O estudo das finanças pessoais traz ao nosso dia a dia diversos conceitos muito interessantes, como por exemplo, o da Independência Financeira. São inúmeros os trabalhos que citam a independência financeira como o primeiro objetivo de um investidor, daquela pessoa que dedica parte de seu tempo às finanças. A coluna de hoje é destinada a desmistificar este conceito. Imagine que você, para manter seu padrão de vida, precise dispor de R$ 5 mil por mês. O conceito de independência financeira apontado pelos especialistas é o seguinte: você será independente financeiramente quando tiver condições de manter seu mesmo padrão de vida sem depender de seu trabalho. Isso mesmo, os R$ 5 mil que você precisa para manter seu padrão de vida devem ter origens diversas a seu trabalho/salário. Quando isso ocorrer você poderá, enfim, dizer que é independente financeiramente. A primeira vista pode parecer estranho este conceito. Vamos a alguns detalhes: 1 – Mantenha o hábito de poupar uma pequena fatia de seu salário. Fazendo isto você estará realizando o melhor de todos os exercícios rumo a independência financeira: gastar menos do que ganha; 2 – Confie no poder dos juros compostos. Mesmo poupando uma pequena fatia de seu salário, seus investimentos irão crescer exponencialmente, pois você estará

sempre alimentando suas reservas e, através da remuneração por juros, a própria reserva se retroalimentará; 3 – Tenha paciência. O mercado financeiro não costuma beneficiar os apressados. A calma é sua amiga. O projeto de independência financeira é de longo prazo; 4 – Estude sobre finanças. Procure entender os motivos pelos quais se faz muito mais vantajoso o hábito das compras à vista ao invés de compras parceladas. Entenda as melhores formas de investir seu dinheiro, etc; 5 – Cuidado com cartões de crédito e cheques especiais. Eles podem ser seus amigos em emergências. Entretanto, podem transformarem-se nos principais inimigos de suas finanças; 6 – Saiba quanto você realmente pode gastar. Fazer crediário e ter muitos cartões criam a ilusão de que você possui dinheiro. 7 – Veja suas reservas crescerem e comemore sempre com sua família. O reforço positivo é sempre muito bem-vindo em projetos de longo prazo; 8 – De nada adianta você passar a ganhar mais dinheiro, em um determinado emprego ou atividade se, no mesmo instante, aumenta seu custo de vida. Deixe passar algum intervalo de tempo entre o aumento de sua remuneração e o momento de contrair novas dívidas. Isso evita agir por impulso.

Luiz Coronel

Escritor, poeta e publicitário

A Copa do Mundo O jantar está na Copa. Todos querem erguer a taça, sorver o vinho da vitória. Por favor, não exulte felicidade antecipada. Galinha cantando não é gemada no caneco. Há uma euforia precoce. “A Copa é nossa, com brasileiro, não há quem possa”. Que bom se pudéssemos dizer: “entre um hospital e um estádio, os dois”. Não foi assim. Após a Copa, em alguns estádios o time dos fantasmas enfrentará o vento, a chuva, a solidão. Poderiam os estádios ser escolas, centros de treinamento para os saudáveis jogos olímpicos. Não foi assim. O vendaval eletrônico derrubou as fronteiras. A camiseta das seleções envolve os signos nacionais. Não vivemos momentos ufanos. A Petrobras pisou na bola e as ruas estão inquietas. Há entraves na área.

A esperança chuta de escanteio nossas divergências. A um simples apito, acordes do hino, grito de golo, nas mansões do Morumbi, embaixo da ponte, no cubículo dos presídios, nas coberturas da Viera Souto, algo misterioso nos aproxima e identifica. E retumba dentro de nós uma inquieta voz que canta: Salve a Seleção! Agora é tarde. As fronteiras nacionais caem como castelos de cartas ante o vendaval eletrônico. Restaram as seleções. Elas são hino, bandeira. identidade de povos com a bola nos pés. Não sejam as vitórias embriaguez insana, ou as derrotas naufrágio. A Petrobrás pisou na bola e as ruas estão inquietas. Mas encontramos um caminho para superar rancores, pular divergências, por 90 minutos um misterioso sentimento de nação nos aproxima. Salve a seleção!

facebook.com/JornalFolhaDoSul

Direção

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado

Repórter Fotográfico: Cristiano Lameira - Tiago Rolim de Moura Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício -Edgar Muza - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos - Eurico Salis - Fernando Velloso

REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Vanessa Gon- Estagiária: Renata Lima çalves Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues Diagramação comercial: Diego Almeida Revisão: Lucimar Camargo Nunes Reportagem: Fernanda Mendonça Diagramação: Cristiano Lameira e Vinícius Silva Gilmar de Quadros - José Higino Gonçalves - Juliana Andina - Marcos Pintos - Niela Bittencourt - Stela Vasconcellos - Marcelle Ceolin


Indicadores econômicos INDICADORES Salário Mínimo Salário Regional TJLP SELIC IGP-M

VALAR ATUALIZAÇÃO R$ 724,00 2014 R$ 868,00 2014 5% a.a. 11% a.a abr. 2013 abril 2013 + 0,29% nov. 2013

EMPRESARIAL

MOEDAS COMPRA Dólar Comercial 2,325 2,243 Dólar turismo (em R$) 2,130 2,180 Euro (em R$) 3,205 3,072 Pesos Ur.(em R$) 0,1016 0,0980 Pesos arg.(em R$) 0,292 0,280

VENDA 2,327 2,244 2,460 2,400 3,207 3,076 0,1013 0,0976 0,631 0,280

Pesquisa do Senac identificou perfil do consumidor de Bagé

Atendimento comercial é regular para 47% dos entrevistados

Divulgação/FS

Equipe de pesquisa identificou necessidades

por Stela Vasconcellos Uma pesquisa desenvolvida e aplica pelos alunos do Curso Técnico em Administração do Senac Bagé, entre os dias 17 e 21 de fevereiro de 2014, traçou o perfil do consumidor de Bagé e identificou que a maioria deles (47%) avalia o atendimento comercial como regular. Considerando dados do IBGE do ano de 2010, quando Bagé tinha uma população de 116.794 habitantes, o trabalho desconsiderou 24.175 crianças e adolescentes, de zero a 14 anos, por não possuírem renda própria. Portanto, a população da pesquisa é representada por

92.619 pessoas, das quais responderam 556 (0,60%). Os professores Gidião Monteiro e Jorge Brião Ferreira explicam que o objetivo geral da pesquisa foi verificar a satisfação dos clientes em relação ao comércio em Bagé e o objetivo específico, apontar o índice de satisfação dos clientes em relação ao atendimento em Bagé, ouvindo a opinião dos consumidores em relação ao comércio e promovendo ações práticas e contínuas de melhoria para o comércio. Entretanto, “verifica-se que existem investimentos cres-

centes em todas as áreas (indústria, comércio e serviços) e precisávamos verificar se o atendimento está acompanhando este desenvolvimento. Observa-se uma expansão no poder aquisitivo da população em nossa cidade, em decorrência precisa-se verificar se estamos conseguindo atender as necessidades de consumo das pessoas”, relata Monteiro. Segundo ele, o cliente é o senhor que mantém todas as organizações econômicas, não basta uma empresa possuir os melhores recursos e não corresponder em atendimento.

A tabulação dos dados revelou que 371 mulheres e 185 homens participaram da pesquisa: 60 (até 20 anos), 142 (21 a 30 anos), 141 (31 a 40 anos), 112 (41 a 50 anos) e 93 (acima de 50 anos). A maioria (47%) avalia o atendimento

comercial de Bagé como regular; 23% consideram-no regular e 21%, bom; Ainda 5% acham ótimo o atendimento e 4%, péssimo. Em relação aos produtos, 46% dos entrevistados disseram que procuram somente o que in-

teressa. O que mais desagrada são as filas e 53% do total considera o atendimento como fator decisivo na hora de comprar. Quando se fala em exposição de preços, 88% diz que prefere que os valores sejam mostrados na vitrine.

Segundo Monteiro, a pesquisa identificou a necessidade de desenvolver ações preventivas e corretivas. “Possuímos um grande comércio que movimenta nossa

economia e precisamos desenvolver melhorias em benefícios dos consumidores e logicamente retorno a classe empresarial. Atender é encantar, superar ex-

pectativas deixar o cliente satisfeito e para isso precisamos entender que ele é o fator de manutenção das organizações econômicas”, finaliza.

Resultados

Conclusão

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

3

Stela Vasconcellos

População opina Leia os comentários de alguns clientes de Bagé e confira os gráficos. Você vai compreender que o consumidor é direto. Já passou o tempo, por exemplo, de obrigá-lo a entrar na loja para conferir um preço. Ele quer se sentir livre e bem informado antes mesmo de procurar um vendedor. Depois, quer encontrar o produto que procura e receber um atendimento melhor do que vem recebendo na maioria dos estabelecimentos. O que você acha do atendimento em Bagé? Por quê? Consumidor A: “ Falta preparo no geral, porque os vendedores acabam discriminado as pessoas, julgando pela aparência.” Consumidor B: “ Quando vou nas lojas, demoram para atender, não demonstram interesse e parece que querem se livrar da gente.“ Consumidor C: “ Médio, porque às vezes os funcionários estão conversando e não estão dando a devida atenção aos clientes.“ Consumidor D: “ Na maioria, falta preparo na forma de tratar as pessoas, ou seja, os clientes. Então o atendimento é ruim em algumas lojas e empresas, mas existem exceções, lugares que tratam você com atenção e educação “.

Curso ensina a vender

Nos dias 23, 24 e 30 de abril, a ACIBA e a Renova RH vão promover um curso de vendas. O foco é priorizar o aumento dos negócios na segunda melhor data de vendas do ano: o Dia das Mães. O curso será de 12 horas/aula das 19h às 22h. Sócios da ACIBA pagam R$ 100 e não-sócios, R$ 150. Informações: 3311.3651 e 9977.3651.


4

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

POLÍTICA

Felipe Valduga

João Batista Benfica vai coordenar TV Câmara O presidente do legislativo, Uílson Morais (PMDB), confirmou, ontem, que João Batista Rosado Benfica passará a coordenar a TV Câmara. A decisão ocorre um dia após a ex-coordenadora, Munique Monteiro, ter sido exonerada. Vale destacar que Benfica já integrava o quadro de servidores efetivos do legislativo, lotado no Setor Administrativo. Mesmo atuando como oficial, o novo

coordenador é conhecido por ser ex-proprietário do extinto jornal bajeense Correio do Sul, onde atou por nove anos. Ele também foi o primeiro coordenador da emissora, onde permaneceu até junho de 2011. Ao confirmar o novo responsável, Morais disse à coluna que discorda dos posicionamentos da antiga coordenadora, publicados na edição de ontem. Se mostrou

descontente com o atual panorama da emissora que, de acordo com ele, “estava andando a passos de tartaruga”. Morais afirmou que, de fato, existia um acordo com o antigo presidente do legislativo, Paulinho Parera. Porém, sintetizou que era “uma parceria de ambos os lados”. A manifestação deu a entender de que algo foi descumprido, o que ele não comentou.

Procurado pela reportagem, Benfica concedeu entrevista à FOLHA do SUL. Apontou que sua primeira “grande meta” será trazer a programação da emissora para “seu objetivo primordial” que, de acordo com ele, é “informar sobre os trabalhos dos vereadores, sobre as leis em debate e todas

as ações que envolvem a Câmara”. “Precisamos transmitir, mas fazer com que as pessoas entendam do que trata a lei em discussão”, completa. Para tanto, uma das novidades que ele pretende adotar será a transmissão, ao vivo, das reuniões das Comissões. Ao menos daquelas que

tratam de assuntos de destaque. “A TV, no meu entendimento, desde que saí, sofreu um desvirtuamento de função no sentido de divulgar atividades do poder legislativo”, avalia. Neste panorama, ele espera que a nova grade de programação atenda, primeiramente, as prerrogativas mencionadas.

Um assunto que chegou à coluna dava conta que, de fato, Benfica assumiria o comando da TV. Contudo, alertava que seria de maneira

provisória. Ao ser questionado sobre esta possibilidade, ele disse existir, realmente, “uma possibilidade de me licenciar para atender atividades pes-

soas”. Por outro lado, atestou que, para o momento, ele está totalmente focado para o desenvolvimento de seu compromisso junto à emissora.

Tema que vem gerando debates quanto ao canal do legislativo é a extinção do convênio com a Universidade da Região da Campanha (Urcamp), no início deste ano, que garantia a permanência de pessoal para atender as

demandas da emissora. O novo coordenador, ao avaliar o atual cenário, lembrou que quando fundada, em 2010, a emissora contava com apenas cinco pessoas e, destas, três por meio do convênio. “Com este pessoal, montamos a TV,

criamos e mantivemos uma grade de programação. Lógico que conhecia os profissionais e tinha plena confiança nas suas capacidades. Vou avaliar os atuais, mas não vejo isto como um possível entrave para desenvolvermos um bom trabalho”, argumenta.

Antes de encerrar a conversa com este colunista, Benfica fez questão de destacar um tema: a profissionalização. Reconheceu que, diferentemente da antiga coordenadora, não cursou

uma faculdade de Jornalismo, porém destacou que atua na área desde 1975. “Sou jornalista profissional registrado no Ministério do Trabalho, assim como publicitário registrado. Somente no

Correio do Sul, atuei por nove anos, inclusive como diretor de Redação”, salientou que justificar, deste modo, que é capacitado e está tranquilo a respeito da nova função.

Metas

Licenciamento

Estrutura

Profissionalização

Gustavo Morais afirma que coligação em Bagé está mantida Na edição de ontem, esta coluna trouxe um manifesto do segundo vice-presidente do PMDB de Bagé, Manoel Luiz da Silva Chaves (mais conhecido como Néco), afirmando que a Executiva do partido havia decidido, em encontro na semana passada, pelo rompimento com o governo municipal. A oficialização, segundo ele, ocorreria hoje, em reunião do Diretório.

Porém, ontem à tarde, a reportagem foi procurada pelo presidente da sigla, Gustavo Morais. Ele encaminhou nota contestando as informações repassadas por Chaves. Disse que a decisão pelo rompimento jamais ocorreu e que a reunião do diretório, nem sequer estava agendada. Abaixo, a resposta na íntegra:

“Como presidente do PMDB de Bagé, quero repudiar as afirmações do segundo vice-presidente Néco, porque a verdade é uma só, e ela está conosco. Não foi determinado pela Executiva, na quarta-feira passada, em reunião, a saída do PMDB do governo, pois ficou para tratarmos deste assunto em outra data. Não ficou marcada data nenhuma para reunião do diretório, pois não haverá reunião enquanto este Presidente não decidir. Fizemos uma coligação em 2012 para ganharmos a Prefeitura e governarmos juntos com o prefeito Dudu. Até o ano passado estava tudo bem, bastou o PT de Bagé cumprir o acordo feito comigo de entregar-me a Câmara de Vereadores de Bagé para o PMDB, na pessoa do vereador Paulinho Pareira, que certos companheiros, sem dignidade e sem moral, estão deslumbrados com o poder e hoje querendo colocar fim numa coligação que foi vitoriosa nas urnas. A partir deste momento saio do casulo para mostrar a sociedade bageense a verdade que está acontecendo na Câmara de Vereadores de Bagé, cortando na própria carne, porém mostrando a verdade, embora doa em quem doer, mas os compromissos assumidos pelo PMDB de Bagé, na minha pessoa, serão honrados. Não vou aceitar negociatas criminosas e insanas de algumas pessoas que não têm compromisso com nossa causa, alguns contrariados nem são filiados ao partido e vivem pelos corredores fazendo fofocas. O meu PMDB é um partido de lutas históricas, comprometido com a democracia, com a classe trabalhadora deste País, porém não é um partido de porcos que comem e viram o cocho. As aves de rapinas que voem de volta para seus ninhos, porque a nossa caminhada continua.” Luis Gustavo Moreira de Morais Presidente do PMDB de Bagé Gleider Ayres / Especial FS

Parecer de emenda que impede inauguração Próximo trabalho previsto é a pintura do prédio do Legislativo de obras inacabadas é aprovado na Câmara Reforma do plenário deve O parecer da Comissão de entrega de obras públicas consideradas me de que algumas obras, mesmo que Constituição, Justiça e Redação Fi- incompletas ou que, mesmo concluí- não 100% prontas, são entregues para, somente depois, serem corrigidas”, jus- ser concluída nesta semana nal ao projeto de emenda supressiva das, não atendam ao fim previsto. tifica. Assim, diz ele, a meta é instigar Conforme o vereador, sua inten(4569/14) do vereador Geraldo Saliba à Lei 190/13 foi aprovado na última ção é garantir uma fiscalização mais segunda-feira. A medida busca, dessa efetiva nas obras públicas da cidade. maneira, impedir a inauguração e a “Infelizmente, em Bagé, há um costu-

uma fiscalização rigorosa. “Não tinha algo para controlar isso. Agora, espero que seja mais controlado”, conclui.

Edimar Fagundes defende grevistas e diz que vai convocar diretora de escola para prestar contas Ao utilizar a tribuna, na sessão ordinária de segunda-feira, o vice-presidente da Câmara, Edimar Fagundes (PRB), explanou sobre a greve dos municipários em Bagé. Disse que a ação é legítima e fez algumas manifestações contra acontecimentos os quais considera incorretos. O vereador relatou que um mutirão organizado pela prefeitura teve início, recentemente, para garantir a limpeza das ruas da cidade. Contudo, disse que a medida é um “boicote com o antigo secretário de Atividades Urbanas, Eduardo Mendes”. A citação, con-

forme ele, é que quando Mendes ocupava o cargo “não tinha gente para executar o serviço e, agora, existem funcionários se atropelando e trabalhando”, enfatiza. Isto, no seu entendimento, seria uma clara medida para desmotivar os servidores paralisados. “É um momento de mostrar respeito. Não podemos frouxar o garrão”, disse ele aos municipários presentes na sessão. Outra fala do parlamentar foi em tom de acusação. Segundo ele, uma denúncia chegou ao seu gabinete acusando uma diretora de Escola de Educação Infan-

til – o nome foi mencionado na oportunidade, mas não será citado nesta matéria. O fato em questão, segundo ele, seria que a diretora teria colocado uma professora à disposição de outra instituição após ela ter se negado a limpar uma sala de aula. “Vou chamar a diretora aqui para prestar contas. A professora é uma educadora ou faxineira? Vou exercer minha função e enquadrar essa senhora”, explana. Fagundes disse que, de acordo com o relato repassado para ele, a professora teria sido alocada para outra escola longe da sua residência.

A reforma do plenário da Câmara de Vereadores de Bagé deve, ainda nesta semana, ser concluída. Esta é a perspectiva do diretor de Licitações do legislativo, Armandino Ferreira. Procurado pela coluna, na segunda-feira, ele comentou que o trabalho, iniciado em fevereiro, foi complicado. “Devemos considerar que os serviços ocorreram em meio às sessões. Ou seja, sempre que uma atividade ocorria, a reforma parava”, argumenta. Conforme o relato de Ferreira, a obra teve uma rápida parada, nos

últimos dias, pela falta de carpete – utilizado na formatação do novo piso da Casa. “Já compramos o que precisava e deve ser entregue hoje (segunda)”, completa. Ele detalha, ainda, que a conclusão, além da finalização da colocação do piso, deve ser concentrada, agora, nos arremates finais. “Toda a estrutura de madeira, em verniz, foi recuperada. Foi um processo detalhado para o lixamento das mesas e painéis. Agora, resta a instalação de estruturas de alumínio e reposição de iluminação”, cita.

Uma novidade, adiantada por Ferreira, é sobre a pintura externa do prédio da Câmara de Vereadores. “É algo que está sendo estudado pelo presidente (Uílson Morais). Nós, por outro lado, já estamos levantando os custos desta obra”, confirma. Morais confirmou a ideia à coluna. “Agora, depois de encerrarmos a reforma interna, queremos fazer a

revitalização externa do prédio. Esta obra deve ocorrer junto ao processo de instalação do elevador, mas com licitações separadas”, relata. O presidente do legislativo disse que se trata de uma prioridade de sua gestão e, mesmo sem estimar prazos para o início dos serviços, acredita que ambos os procedimentos devam ser concluídos até o final do ano.

Revitalização externa


POLÍTICA

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

5

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral

Se pode complicar para que facilitar? dade de assumir cargos de direção em sua sigla, e cai fora. Imediatamente começa a formar um novo partido. Eu chamo isso de “multiplicação” partidária com objetivos de arrumar “tetas” nos governos estabelecidos. O que fazem os ditos partidos grandes? Querem ganhar a eleição, o que é democrático, somam os segundos de mídia de cada partido nanico e compõem uma base. Mas é uma base sem alicerce.

É o chamado palanque eletrônico. Criado o “filho” tem que sustentar. Os governantes têm que ser mágicos para agradar sua base. Já é difícil agradar a todos seus filiados. Imaginem agradar filiados de outros partidos. Este é o preço da democracia. Dá para resolver? Dá. É aparentemente fácil para quem está de fora. Mas não é politicamente certo, segundo os políticos. Se o governo tem a maioria na câmara formada

por composições eleitoreiras, e em determinado momento não consegue passar seus projetos, é sinal que a base está descontente. Ela quase sempre afirma que não está sendo consultada. Na realidade, a maioria das vezes ela não recebeu os cargos combinados. Ora o melhor para forçar a “ser consultado” é votar contra o governo. Já é um princípio de negociata. Mas qual a solução? Seria simples se não dependesse de re-

gulamentação de Leis. Porém, e sempre tem um porém, criar ou modificar Leis é tarefa do Legislativo. Quem vai querer proibir composição partidária? Ninguém legisla contra seus interesses. Ou, para ser mais justo, grande parte dos políticos não legislam contra seus interesses. Então, fica difícil uma solução. O ideal seria que cada partido concorresse com seus candidatos. A tal chapa pura. Certo?

Usando o exemplo das empresas privadas, nem sempre fácil na pública, a primeira coisa que deve ser concretizada é: “Enquadrar os gastos dentro da arrecadação”. Isto implica em diminuição da máquina pública. Os “infiéis” da base

perderiam seus cargos. E não só isso, o governo deveria deixar os ministérios vagos. Para que 39 ministérios, alguns deles sem sequer saber suas atribuições? É só cabide de emprego. As emendas parlamentares, que é um tipo diferente de “troca de favores”,

seriam suprimidas. Formariam um bolo que seria dividido proporcionalmente com os Municípios e Estados. Em cada ente da federação é mais fácil controlar a aplicação destes recursos. Não teria a intermediação do político autor da emenda. Menos uma

moeda de troca, desta feita, com o eleitor. Um dos fatores que facilita a corrupção é o excesso de mãos, pelas quais passam os recursos públicos. Em cada uma, os fatos têm comprovado, fica um pedaço do dinheiro. Não teria tanta burocracia. Da União,

que arrecada, direto para os Estados e Municípios, geradores do bolo. É uma ideia exequível para a iniciativa privada, mas para os administradores públicos nem tanto. Mas alguém tem que tomar a iniciativa. Quem se habilita?

É outro tema fácil de resolver pela iniciativa privada que administra em cima de um planejamento. O Governo o faz em cima do orçamento. Orçamento é uma peça que não

necessita “dar algo em troca” para sua execução. É seguir o que foi aprovado pelos legisladores e pronto. Mas o senil está querendo terminar com o Legislativo? Isso não é democracia.

Não quero não. O que quero é que os legisladores cumpram sua verdadeira função: fiscalizar e cobrar dos governos, a execução do orçamento. É claro que nem passa pela cabeça dos

dirigentes públicos tais ações. Não se reelege se assim proceder. Por isso, gostaria que a reeleição, aprovada no Governo Fernando Henrique, acabasse. Faz uma eleição geral, presi-

dente, governador, prefeito, deputados: estadual e federal, senador e vereadores. Pode ser mandato de cinco ou seis anos. A economia será espantosa. Concordam?

Do lado de fora da administração pública a gente pensa ser fácil resolver os problemas. Em certos casos é. Se não fosse a tal política de governabilidade, tudo seria diferente. Nossa legislação eleitoral para formação de partidos é muito falha. Eu diria que é proposital. Senão vejamos. Determinado grupo fica brabo com a direção de seu partido, na maioria das vezes por não ter oportuni-

Tem solução? E qual é?

Como faz para governar, eis a questão


QUARTA-FEIRA

6

9 de abril de 2014

Mercado agrícola PRODUTOS

RURAL

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul UNIDADE MÍNIMO MÉDIO Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

32,00 120,00 22,00 64,00 19,60 32,00 3,90 3,30 2,80 3,40 0,80

33,95 137,64 24,67 66,23 20,63 33,29 4,08 3,90 2,88 3,62 0,86

28.3.2013 a 4.4.2013

Lavras do Sul

Primeira etapa da Feira de Outono abre temporada de vendas de terneiros

O

R D E P OD U

RE TO

S

NÚC LE

O município de Lavras do Sul sediou no último dia 5, a primeira etapa da Feira de Outono de Terneiros, Terneiras e Vaquilhonas. O evento foi o primeiro da temporada de feiras de outono do Rio Grande do Sul e colocou em pista 51 lotes com 765 terneiros. A feira é uma inovação promovida pelo Sindicato Rural de Lavras do Sul que no ano passado, já tinha promovido a feira de primavera em duas etapas. A feira realizada no Parque Olavo de Almeida Macedo contou com liquidez total na oferta e médias de R$ 4,81 o quilo vivo. O valor é acima da média da temporada passada segundo o Sindicato dos Leiloeiros Rurais do Estado (Sindiler-RS), que foi de R$ 4,31 o quilo vivo. De acordo com o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, o resultado da feira de Lavras do Sul atesta a tendência de valorização dos terneiros e terneiras para a temporada. “Os leilões que ocorrem neste final de semana, em especial a liquidação da King (Remate de Produção Anual da Fazenda King que ocorre no dia 12, em São Gabriel, que terá a maior oferta individual de outono, com 1500 animais, entre terneiros e terneiras), devem ratificar esta postura de alta acima dos R$ 5,00 o quilo”, acredita.

BAGÉ-RS

Rematam:

Agropec e AT remates 3242.5094 9974.2714

3241.3306 9977.4947

Nina Boeira / Especial FS

MÁXIMO 37,00 180,00 27,50 68,15 21,30 35,00 4,20 4,50 3,00 3,80 0,96

Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Comitê de Fruticultura da Metade Sul projeta Seminário de Vitivinicultura O Comitê de Fruticultura da Metade Sul discutiu em Santana do Livramento no dia 7, juntamente com a Associação de Produtores de Vinhos da Campanha Gaúcha, o seminário de vitivinicultura que deverá ocorrer no mês de junho. Conforme o presidente

do comitê, Adelino Luiz dos Santos, haverá diversas visitas nas vinícolas da região, para que sejam ouvidas as demandas dos produtores para elaboração de projeto. Também foi discutida a construção do novo site da entidade, entre outros assuntos.

Farsul conclama produtores para discutir ações de desapropriação para formação de terras indígenas

Número de animais em pista foi de 765

Com produtores compradores de Lavras e da região, a feira, segundo o presidente do Núcleo de Produtores de Terneiros do município, Angelo Etchichury, o evento teve uma comercialização muito boa, mesmo com o número reduzido de animais. O total de vendas chegou a R$ 734.010,00. “O objetivo foi alcançado de trabalharmos em duas etapas, como já tínhamos feito na feira de primavera. Devido a inovação neste outono, talvez os produtores tragam mais animais para a segunda etapa, programada para ocorrer dia 3 de maio”, afirma Etchichury. O presidente do Núcleo destaca que a ideia de dividir as feiras em duas etapas,

possibilita que o evento seja menos desgastante para vendedores e compradores, por ser tradicional a grande oferta de animais em Lavras do Sul. A expectativa é que para a segunda etapa, sejam levados à pista mais de 2500 animais. Angelo Etchichury ressalta que a ideia da entidade é manter a programação com quatro etapas de feiras, duas edições no outono e duas na primavera. “Queremos convidar os produtores para participarem da segunda etapa da feira de outono. As inscrições estão abertas e esperamos pelos produtores de toda a região que conhecem a tradicional qualidade dos animais comercializados em Lavras do Sul”, declara.

O município de Passo Fundo receberá na sexta-feira, dia 11, uma audiência pública de comissão da Câmara Federal que debaterá a questão da desapropriação de terras para formação de reservas indígenas. O objetivo é debater a PEC 215, que transfere da União para o Congresso a homologação de terras indígenas e tem apoio da Farsul. A entidade está convocando produtores rurais ligados aos seus sindicatos para comparecer ao evento. “O espaço para a população discutir essas questões é nessas audiências que serão feitas em todo o país. Convocamos todos os produtores, não apenas aqueles ameaçados de perder suas áreas para participar. A sociedade, representada no parlamento, tem de ser ouvida antes dessas desapropriações”, destaca o presidente da Comissão de Assuntos Fundiários, Paulo Ricardo de Souza Dias. Atualmente, o Brasil tem 13% da área em reservas indígenas, enquanto os Estados

Unidos tem menos de 2%, e a Austrália, em torno de 3,8%, comparou o dirigente. No Rio Grande do Sul, já existem 21 áreas indígenas em 31 municípios, totalizando 96 mil hectares. Segundo levantamento da Farsul, a Funai pretende ampliar para 30 áreas, retirando 4.150 famílias de produtores rurais de suas localidades, aumentando em 100 mil hectares as áreas indígenas. Os mais afetados são os pequenos produtores. “Isto causa um desarranjo social e econômico nessas comunidades atingidas, porque faz com que este produtor migre do campo, causando inchaço das cidades’, explica Dias, destacando a criação de um comitê estadual formado por um comitê estadual - reunindo entidades como Famurs, Fetag e Farsul - para discutir com a sociedade a situação de terras indígenas e quilombolas. “Esta política atual não tem resolvido os problemas dessas comunidades, que são de alimentação, moradia e fome”, enfatiza Dias.

40ª Feira de Terneiros de Bagé 24 de abril de 2014 16h na Rural de Bagé Informações: 53-3242.7797 - www.terneirosbage.com.br


QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

7


8

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

REGIÃO

Moradias do Residencial Candiota serão entregues dia 17 Mais de 800 pessoas, segundo a Caixa Econômica Federal, serão beneficiadas no dia 17 de abril, às 10h, em Candiota. Isto porque na data serão entregues, oficialmente, 200 moradias do Residencial construído junto à sede do município. O empreendimento, destinado a famílias com renda de até R$ 1,6 mil (Faixa I), recebeu investimento total de R$ 9 milhões, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e contrapartida de R$ 200 mil da Prefeitura Municipal. O evento contará com a presença do prefeito de Can-

diota, Luiz Carlos Folador, e de diversas autoridades municipais. Pela Caixa, o superintendente regional, Adilson Christovam, o gerente regional da Construção Civil, Anderson Possa, e o gerente da Filial Habitação Pelotas, Paulo André de Abreu Alves, além de técnicos da instituição e representantes da construtora, ACPO Construções. Localizado no bairro Dario Lassance, em terreno de 45.697,90m², o empreendimento é composto por 194 casas com área total de 38,19 metros quadrados e seis casas com 50,81 metros quadrados adaptadas para

portadores de necessidades especiais (PNE), todas divididas em dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço, com piso cerâmico em todos os ambientes e uma vaga de estacionamento. O condomínio dispõe de centro comunitário, quadra esportiva e playground. Cada moradia está avaliada em R$ 46 mil. Para quitar a residência, a prestação máxima será de R$ 80. O Residencial é equipado com infraestrutura completa, pavimentação, redes de água, esgotamento sanitário, drenagem, energia elétrica e disponibilidade de acesso ao transporte público.

Agenda Data: 17 de abril de 2014 (quinta-feira) Hora: 10h Local: Rua Ulysses Guimarães, s/nº – Bairro Dario Lassance – Candiota (RS)

Hulha Negra já prepara 1ª Mostra do Comércio de Confecções A Sociedade Concórdia, Cultural e Recreativa da Trigolândia realiza, no próximo dia 4 de maio, a 1ª Mostra do Comércio de Confecções de Hulha Negra. O evento consistirá em um desfile de moda da coleção outono/inverno 2014, que será realizado pelas lojas da cidade, os participantes poderão ainda comercializar seus produtos no local. Será oferecido um chá para envolvidos no evento. Segundo o presidente da Sociedade Helmuth Koester, o objetivo do projeto é de divulgar e desenvolver

o comércio local e ainda incentivar e fomentar a comercialização dos produtos aumentando a arrecadação no município, além de proporcionar um evento cultural e recreativo para a comunidade. Na primeira reunião realizada, na última sexta-feira (4), todas as 13 lojas do município (Tatilar, Empório Econômico, Bazar da Joice, Bruna Variedades, Impacto Modas, Loja Novo Tempo, Loja Maranata, Dani Papelaria e Confecções, Loja Rosa de Saron, Center Confecções, Loja Estilo da

Moda, Loja Berger e Lanas Lar), foram convidadas a participar. Entretanto, algumas acabarão não comparecendo, uma das organizadoras do evento Ester Koester salienta que estas empresas, nas quais não confirmaram presença podem confirmar até sexta, dia 11. “As empresas podem procurar eu ou a Andressa Vidarte que também está responsável pelo evento”, finaliza. Mais informações podem ser obtidas diretamente com as organizadoras ou pelo telefone (53) 9942-0343.

Reprodução/FS

Banco disponibilizou R$ 1 milhão para evento que visa conservação do campo nativo

Banrisul vai financiar animais no 1º Remate Alianza Del Pastizal em Lavras do Sul

O Banrisul disponibilizou logias que melhorem a produção R$ 1 milhão para o financiamento forrageira nativa e o respectivo de aquisição de bovinos e ovinos desempenho econômico da ativino 1º Remate Alianza Del Pasti- dade. “Dentro desse conceito, fica zal, que vai acontecer no próximo fortalecida a política de sustentadia 26 de abril, em Lavras do Sul. bilidade adotada criteriosamente O evento, promovido pela Se- pelo Banrisul”, salienta. cretaria Estadual da Agricultura, O Sindicato Rural de Lavras Pecuária e Agronegócio (Seapa), do Sul também vai realizar mais pelo Sindicato Rural de Lavras do três edições do Remate Alianza Sul e pela Alianza Del Pastizal, Del Pastizal no Estado, todos no faz parte do calendário de eventos mesmo modelo de Lavras do Sul. agropecuários oficiais do Estado. De acordo com os organizadores, Mais de 1,5 mil bovinos e 300 existe uma expectativa de faturaovinos do pampa gaúcho estarão à mento de aproximadamente R$ disposição dos produtores rurais. 2 milhões. De acordo com o superinOs produtores rurais intetendente da Unidade de Negócios ressados na aquisição de animais Rurais do Banrisul, Carlos Bar- no remate podem procurar a rede bieri, a iniciativa colabora para de agências do Banrisul e solicitar incentivar a utilização dos pastos a carta de crédito pré-aprovado. nativos do pampa, estimular sua Com o documento, o cliente checonservação, reduzir a emissão de ga no dia do remate com condicarbono, bem como utilizar tecno- ções para fazer os seus negócios. Alianza Del Pastizal – é uma iniciativa sul-americana, criada em 2006, para integrar a produção rural com a conservação dos campos nativos do pampa sul-americano e reúne organizações conservacionistas, universidades, governos e produtores rurais em quatro países do Cone Sul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai). Entre as atividades atuais da Alianza, está o desenvolvimento de um selo ambiental, certificando a carne produzida em condições compatíveis com a conservação dos campos nativos, de melhor qualidade e que demanda menor produção de CO2.


GERAL Tiago Rolim de Moura

Servidores durante manifestação, na semana passada, após pararem trânsito da Santa Tecla

Municipários grevistas e Executivo poderão firmar acordo hoje Conforme o servidor público Carim Saliba – integrante do grupo que propôs a readequação dos salários por níveis - procuradoria municipal, administração e servidores públicos se reuniram ontem, definindo que hoje, em mais uma reunião, poderão, de fato, firmar um acordo. A tendência é que a greve que se arrasta desde o dia 19 de março também tenha fim. Contudo, Saliba lembra que tudo só

ocorrerá se os trabalhadores concordarem. A categoria será consultada hoje, antes da reunião com o governo. A conversa dos grevistas acontecerá pela manhã, durante mobilização. Ele não antecipou os possíveis acertos, mas garantiu que a conversa está sendo conduzida para a aplicação da proposta. “Porém, ainda não discutimos questões legais e orçamentárias”, salienta. “Mas a decisão

é da categoria”, destaca. Pela proposta original do grupo de servidores – aprovada na Câmara, vetada pelo prefeito, cujo veto foi derrubado - o nível um passaria a receber R$ 737,29; o nível dois, R$ 877,72; o nível três, R$ 938,05; o nível quatro, R$ 1.158,60; e o nível cinco passaria a ganhar R$ 2.001,21. “Mas isso ainda será debatido, levando em consideração o limite prudencial”, finaliza.

Filme produzido em Bagé é exibido no Festin em Portugal Premiado no V Festival Internacional de Cinema da Fronteira, o curta metragem “As vozes que ouvi” participa agora do FESTin (Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa). Exibido no dia 6, o roteiro foi montado a partir da ideia de quatro bageenses de resgatar a memória oral da cidade. Desta forma, o curta mostra em pequenas histórias a vida de radialistas que foram peças importantes na formação da comunicação local. Um dos diretores, Paulo Renato Pinheiro, destaca que a seleção do curta é uma forma de valorização do movimento de cinema em Bagé. “Nós todos somos consequência do que o Zeca Brito sempre acreditou: a capacidade criativa da cidade. O nosso festival vem recebendo reconhecimento e isso é bom para todos que participam e acreditam nisso. Se recebemos o convite para participar do Festival Itinerante é devido ao crescimento na qualidade que estamos investindo”, comenta. Ligado a isso, Pinheiro afirma que ter a oportunidade de levar a história dos bageenses para os países com a Língua Portuguesa é muito empolgante. “O fato de uma história de Bagé estar sendo exibida no mundo inteiro através do Festival Internacional de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa é algo surreal. Não penso no exterior, mas penso nas pessoas que falam português assistindo o filme e con-

Divulgação/FS

Paulo Ricardo Pinheiro, Antônio Almeida, Tom Peres e Edson Larronda são responsáveis pela produção

seguindo compreender a história de cada personagem. É o que o cinema oferece, um momento onde você se sente parte da história que está sendo contada”, destaca. Junto a todo este reconhecimento o diretor acredita que aumenta a responsabilidade. “A responsabilidade recai nas costas dos realizadores, pois agora, precisamos manter o nível das produções realizadas. Saber que no próximo ano, precisamos realizar de forma que o público possa sentir a evolução técnica e profissional do movimento cinematográfico”, diz. Entre os quesitos importantes para o curta ser exibido, Pinheiro acredita que o empenho de todos

os quatro diretores foi fundamental. “Decidimos chamar de direção coletiva, pois o projeto só foi realizado com a dedicação de todos. Em algum momento do projeto, cada realizador teve importância fundamental para conclusão. Todos captaram áudio, todos fizeram câmera, todos produziram”, ressalta. Para encerrar ele completa dizendo que a experiência de “As Vozes que Ouvi”, sendo exibido em Portugal, sirva de incentivo para todo movimento. “A cidade, a região é rica em conteúdo. E o movimento está criando pequenos grupos de realização, onde a união de potencialidades vai oferecer mais títulos que vão concorrer”, encerra.

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

9


10

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

SOCIAL

“Identificar a dor alheia sem julgá-la ou colocá-la em evidência, tendo como única intenção abrandá-la, é típico dos verdadeiramente grandes de espírito” MP

Chá & Chocolate

Nota Zero: “Quem nunca?” Teoricamente, as pessoas que passam por provas na vida, sejam elas da natureza que for – saúde, financeira, perdas... – deveriam tirar proveito da experiência para tornarem-se melhores em espírito e como seres humanos. Infelizmente, esse desenvolvimento moral não sucede as lágrimas da maioria. Uma pessoa, por exemplo, que passou por toda espécie de trabalho num casamento falido e que, da mesma forma, viu seus bens se esvaírem com as próprias alianças, deveria, no mínimo, ser mais humilde depois de recobrar as forças. Nota ZERO para quem empina o nariz, faz caras e bocas para o próximo sem olhar para o próprio passado iludindo-se que é melhor seja lá em que aspecto for. Outro caso digno de um zero REDONDO vai para aqueles pais que, com telhado de vidro rachado, julgam os filhos dos outros sem olhar para os seus próprios “anjinhos”. Poxa, quanta hipocrisia há em chegar em rodas tecendo comentários ferinos contra crianças e adolescentes que apenas estão vivenciando as experiências da idade. Certas ou erradas, não cabe a mim nem a você que me lê evidenciar o que pode estar fazendo um pai e uma mãe sofrerem. A isso se dê o nome de maldade. É preciso ter cuidado. É preciso entender que o mundo dá voltas e que a lei de Ação e Reação (baseada na visão newtoniana) é categórica em sua forma de devolver ao agente da maledicência a sua própria peçonha. Aqui podemos aplicar a velha e boa frase do Cristo: “Atire a primeira pedra QUEM NUNCA errou”. Thiago Lacerda no leilão de 10 anos do programa Cavalos Crioulos. Global arrematou bonitos exemplares da raça em parceria com Marcelo Moglia. Clic Graciela Freitas

MP nas alturas

Empresária Leilah Kalil Castro fotografa junto à apresentadora do GNT Fashion, Lilian Pacce, na 14ª edição da Minas Trend, Semana de Moda mineira que encerra amanhã com tema Sob os Olhos do Mundo

Nesta quinta-feira, as integrantes da Casa da Amizade estarão reunidas em torno das comemorações à Páscoa. Assim, nada mais apropriado do que degustar as deliciosas trufas artesanais by Leslie Mendes bem como apreciar os objetos de décor referentes ao tema da Mimos y Regalos (leiase Lúcia Segredo Blanco). As responsáveis por assinar o evento são as integrantes do grupo das Bromélias, composto por Julietinha Silveira Bandeira, Terezinha Caminha Leal, Maria Zilma Karam, Ieda Soares, da própria Leslie Mendes, Alda Magda Gaffrée Dias e Kátia Saraiva. Vale lembrar... O sentido da Páscoa nasce do maior dentre todos os sacrifícios descritos na linha do tempo humana. Aquele em que Jesus entregase para mostrar ao mundo que é somente pela via da humildade e pelo sacrifício do orgulho e do egoísmo que conseguiremos atingir a iluminação. Logo ele, um ser de luz que não tinha nada a expiar...

Imaginem que, sexta-feira, tive a satisfação de realizar mais um sonho – dos tantos que movem a minha personalidade pisciana. À convite de Leandro Lignon e da Fly Frisson, sobrevoei Bagé de helicóptero para entrevistar o amigo e cap do programa Cavalos Crioulos, Jônio Salles. Minha gente, sobrevoar a Rainha da Fronteira, num dia de outono, vendo o azul do céu beijar o verde do Pampa num horizonte de indizível profundidade, é algo que jamais vou esquecer. Entre uma pergunta e outra a Jônio, meus olhos liam inquietos essa paisagem que é totalmente diferente quando apreciada das alturas. Nunca havia voado de helicóptero. Imaginem ter essa “primeira vez” num dos dias mais bonitos do ano. Escrevo esta nota no Dia do Jornalista (7/4). Assim, agradeço a sincronicidade do Universo por haver me colocado numa profissão que me proporciona tantos momentos de alegria e descobertas. Uma profissão que me permite voar em todos os sentidos, libertando os sentimentos que não estão sujeitos à gravidade, mas, ao pensamento e as coisas do coração. Mais uma vez, cabe parafrasear Mercedes Sosa: “Gracias a la vida, que me ha dado tanto...”.


SOCIAL

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

11

Première Mercado Café Vórgia e Pedro Obino receberam amigos e imprensa, ontem, para apresentar o novo espaço de badalos do Obino Hotel. Trata-se do Mercado Café, confeitaria de elegante atmosfera que conta com cardápio assinado pela nutricionista Mariane Acordi – a mesma que vem revolucionando o menu do Mercado Gourmet. Chás importados, cafés, tortas, finger foods e canapés são protagonistas no espaço que abrirá de segunda a sábado, sempre às 16h. Vórgia, com seu bom gosto reconhecidamente apurado, cuidou pessoalmente dos detalhes para que tudo realmente primasse pela excelência – nesse quesito, a empresária é imbatível. A mesma estrutura funcionará para eventos como aniversários, chás de bebê e formaturas. Claro, na sexta-feira, como a coluna antecipou, também reabrirá com a nova proposta das noites de Boteco & Violão com música de qualidade e comidinhas especialmente elaboradas. Larissa Leão assume a assessoria de imprensa prometendo manter Paralelo MP devidamente abastecida com as últimas informações. Clics da première na coluna de sexta-feira...

Flash News

a

Fernanda Gomes ao lado do namorado, Rodrigo Sarasol, na noite em que o publicitário reuniu amigos para comemorar b “day

Aniversário & Requinte

Gente com ganas, corazón caliente e ponchos al viento: Felipe Maciel de Salles e Joaquim Cachapuz Moglia rodopiando seus palas ao som de Una Fiesta, musica interpretada por La Sole Pastorutti na abertura da festa de 10 anos do programa Cavalos Crioulos. Clic Alexandre Teixeira

Os comentários giram em torno da festa que marcou os 80 anos do senhor João Carlos Souza Martins da Silva. A elegante comemoração aconteceu no complexo Da Maya Pousada, com estrutura digna de um dândi. O acesso dos convidados se deu pela entrada principal, onde ao lado da esposa, Greice Mara, o anfitrião recebeu a todos sob clics de Gleider Ayres. Algumas mesas foram dispostas no salão de café da manhã, local que ostenta nada menos que três obras de Vik Muniz – o badalado artista que revolucionou as artes plásticas brasileiras por utilizar novas mídias e materiais em suas criações. Entre elas, “O Beijo”, grande fotografia produzida por Vik junto a catadores de lixo – a mesma que abriu a novela “Passione”, da Rede Globo. Lembram? As demais mesas foram alocadas sob a pérgola que une a Da Maya Pousada ao Complexo Contemporâneo, espaço que ganhou bonita iluminação de Fabrício Leal. Lírios e Gérberas compunham o décor assinado com leveza por Miriam Akagi. Presentes, todo clã Martins da Silva em suas distintas gerações junto aos amigos que o senhor João Carlos colecionou durante toda vida. Momento memorável da temporada social 2014.

· Recebendo com carisma, Rodrigo Borba Moglia merece parabéns em seu papel de anfitrião à frente da Semana Crioula Internacional de Bagé. · Ontem, 8, o quarteto Pedro Sá, Márcio Costa, Lucas Gross e Guilherme Collares protagonizou o Recital “Folklore 4”, viagem musical pelo folclore dos países de terroir platino. O evento integrou as comemorações dos 93 anos do IMBA. · Com DJ Marcelo Vinhas a frente da picape, Rodrigo Sarasol recebeu a turma sábado, na comemoração de mais um b’day. Entre os que foram abraçar o publicitário, Vanessa Mattos, dentista que ganha a nota DEZ da coluna de hoje pelo seu magnetismo. Também na vip list: Júlia Vasconcellos, Filipe Teles, Patrícia e Márcio Reis, Taty Mattos, Juliane Solari e Rafael Godoy... · Outro jovem show de bola que esteve de níver, só que na segunda-feira, foi Frederico Moglia Suñé. E quem deu rasante em Bagé no último finde foi Clara de Carvalho, namorada de Frederico que agora mora em Porto Alegre, onde se prepara para o terceiro grau. · Ana Luísa e Roberto Bandeira não escondem a faceirice pela estreia do vovozado. Roberta, filha primogênita do casal, também espera o seu primogênito ao lado do marido Paulinho Parera. #Parabéns!


12

QUARTA-FEIRA

09 de abril de 2014

ENTRETENIMENTO

ANIVERSÁRIOS

Schirlei Oliveira da Silva Garcia

Pedro Henrique Nobre Rodrigues

HORÓSCOPO

Núria Mansur Marum Pons

- Décio Raul lahorgue - Sérgio Zaballa Bittencourt - Marielen Freitas Lucas - Alessandra Barcelos de Lima - Lorena Schanz Von Ahn - Andreia Feijó - Josie Oliveira - Maria Duarte - Gustavo Viegas

300 - A Ascensão do Império [LEG]

cinema programação

19h

300 - A Ascensão do Império [LEG]

21h

Mercúrio começa a caminhar através de seu signo e, por enquanto, movimenta e melhora extremamente as negociações e acordos de negócios. O momento é ótimo para a comunicação e tudo o que a envolve.

Mercúrio começa sua caminhada anual através de Áries, movimentando de maneira positiva sua vida social. Mesmo que você queira ficar no seu canto, a vida não vai permitir, pois os convites serão uma constante.

A entrada de Mercúrio em Áries vai marcar o início de uma nova fase em seu trabalho. Bons acordos e negócios podem ser feito nas próximas semanas e um novo projeto pode começar a sair do papel. Você estará mais fechado.

Sua rotina de trabalho ganha um novo movimento com a entrada de Mercúrio no signo de Áries. Um novo projeto ou uma nova fase de trabalho pode começar. A comunicação entre colegas e superiores melhora significativamente.

Seu regente deixa o signo de Peixes e alguns mal entendidos e confusões ficam para trás. A comunicação melhora e sua vida social ganha movimento. Novas amizades podem surgir durante as próximas quatro semanas.

Mercúrio começa a caminhar através de Áries e sua vida social ganha um novo movimento. A criatividade melhora ainda mais nas próximas semanas. O momento é ótimo para fazer novas amizades, sair e divertir-se com seu amor.

Mercúrio começa a caminhar através de Áries e você poderá sentir um novo movimento em seus planos de carreira. A comunicação é beneficiada, portanto, não é hora de se esconder. Ótima fase para apresentação de projetos.

Aentrada de Mercúrio no signo de Áries vai movimentar de maneira bastante positiva sua vida doméstica e seus relacionamentos em família. Ótimo momento para convidar amigos e parentes mais próximos para reuniões em sua casa.

A entrada de Mercúrio no signo de Áries movimenta seus projetos futuros, especialmente os que envolvem pessoas estrangeiras. As viagens serão beneficiadas, especialmente as ao exterior. Fique atento às oportunidades.

Mercúrio começa sua caminhada anual através de Áries e a comunicação, assim como tudo o que diz respeito a ela, melhora sensivelmente. A fase é ótima para reuniões e acordos de negócios. As viagens e os estudos serão beneficiados.

Mercúrio deixa o signo de Peixes e começa a caminhar através de Áries, trazendo algumas mudanças importantes em suas emoções mais profundas. As negociações financeiras com sócios e parceiros serão todas favorecidas.

Mercúrio deixa seu signo e começa a caminhar através de Áries, melhorando significativamente seus acordos de negócios. O momento é ótimo para novos investimentos que envolvam o aumento de seus rendimentos.

NOVELAS Mãe Benta se lamenta de ter perdido uma das crianças que ajudou a nascer. Zelão diz a Rodapé que Epaminondas quer que ele coloque fogo na escola. Juliana enfrenta o Coronel Epaminondas, que fica furioso. Ferdinando fica admirado com a professora e tenta conversar com ela. Pituca pede para Catarina adotar Serelepe. Juliana tenta falar com Gina sobre Ferdinando. Tereza não revela para Angelique o conteúdo do bilhete. LC invade a cela de William e flagra Lili e Marlon com ele. Angelique ensina Tereza a operar a máquina. Celina convence Keila a pedir para ficar com o bar de Kléber. Álvaro tenta imitar Jorge, mas Inês não gosta da surpresa. Kléber procura Keila. Tereza leva LC para ver Angelique. André resolve investigar melhor o orfanato. Shirley resolve leiloar um quadro e doar o dinheiro para o galpão. Chica pede que Ricardo resolva logo seu divórcio com Branca. Marina dá uma carona para Clara até a escola de Ivan. Cadu fica incomodado ao vê-las juntas. Laerte não para de pensar em Luiza. Clara procura Marina. As duas se abraçam.


GERAL

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

13

Hoje, às 15h30min, os eletricitários participarão de uma audiência de conciliação. A Companhia Estadual de Energia Elétrica também participará. Será no Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região, em Porto Alegre. Os eletricitários estão em greve desde o dia 31 de março. Conforme o diretor do Sindicato dos Eletricitários do Rio Grande do Sul, Ubiratan Noble, 46 eletricitários de Bagé acompanharão o encontro. Um ônibus rumará a capital gaúcha hoje pela manhã. A expectativa, de acordo com o sindicalista, é que a empresa apresente uma nova proposta. “E deixe de ser intransigente”, enfatiza. Antes da greve começar, a empresa havia oferecido reajuste salarial de 5,38%, referente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor, parcelado em quatro vezes. As outras reivindicações não foram citadas. Logo, a empresa propôs também 5,38% de reajuste no plano de saúde. Após,

a CEEE ofereceu reajustes no auxílio alimentação e saúde de 5,62% e 7,27%, respectivamente. A reposição salarial, dessa vez, seria parcelada em duas vezes. A empresa apresentou o mesmo índice de reajuste salarial - 5,38% - no dia 4 de abril. De acordo com tal proposta, já não ocorreria o parcelamento. Quanto ao auxílio saúde, o reajuste oferecido foi referente a 9%. Já o índice do auxílio refeição ficou em 6,25%. Os trabalhadores pedem 12% de reajuste salarial. Além disso, eles querem que o vale alimentação passe de R$ 800 para R$ 1,2 mil; reivindicam, também, que a participação da CEEE no auxílio saúde seja de R$ 600 – hoje é de R$ 275. Bagé conta com mais de 100 eletricitários – na região são mais de 150 profissionais. A regional de Bagé abrange também os municípios de Dom Pedrito, Candiota, Lavras do Sul e Pinheiro Machado.

O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul obteve a condenação da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) ao pagamento de multa de R$ 1 milhão por irregularidades graves na segurança do ambiente de trabalho. A decisão da 30ª Vara do Trabalho de Porto Alegre julgou procedente ação civil pública proposta pelo MPT em janeiro de 2013. De acordo com inquérito civil do MPT, entre 2008 e 2012, foram registrados 69 acidentes de trabalho com os funcionários da empresa e quatro acidentes fatais. Houve também uma morte de empregado de empresa terceirizada. A CEEE-D se negou a firmar termo de ajustamento de conduta, proposto pelo MPT em agosto de 2010. Foram encontradas inade-

quações na Análise Preliminar de Riscos, na composição técnica de equipes de trabalho, na falta de supervisão de profissional indicado, de iluminação adequada, de ferramentas e de instrumentos fornecidos, bem como no excesso de jornada de trabalho e no desrespeito aos intervalos intrajornadas e intersemanais previstos em lei. Além da multa de R$ 1 milhão, a título de dano moral coletivo, reversível a entidade a ser definida, a CEEE-D foi condenada a cumprir as normas do trabalho e a exigir o mesmo das prestadoras de serviço terceirizado, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil. Estas normas incluem diversos dispositivos da Norma Regulamentadora nº 10, sobre segurança em instalações e serviços em eletricidade, e da CLT, como a concessão

CEEE é condenada em R$ 1 milhão por dano moral coletivo

Tiago Rolim de Moura

Eletricitários e CEEE terão audiência conciliatória hoje

Expectativa é por nova proposta da empresa

de descanso semanal remunerado de 24 horas consecutivas e período mínimo de 11 horas entre as jornadas de trabalho. A sentença ainda obriga a CEEE-D a supervisionar as prestadoras de serviço terceirizado, previamente ao início das atividades destas e a cada seis meses, mediante exigência de apresentação de documentos que comprovem o cumprimento de dispositivos das NRs nº 4 (existência de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, o Sesmt), nº 5 (existência de Comissão Interna de Prevenção de Riscos, a CIPA), nº 6 (fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual, os EPIs), nº 7 (existência de procedimentos protocolizados de prestação de primeiros socorros).

A empresa deve também elaborar relatório de todo e qualquer acidente de trabalho que ocorra com trabalhador terceirizado, que deve ser encaminhado e discutido em reunião com a terceirizada, em que a CEEE-D deve propor medidas preventivas e corretivas. Também foram deferidos pela Justiça os pedidos da procuradora responsável pela ACP, Aline Zerwes Bottari Brasil, de realização, por parte da CEEE-D, de capacitação sobre riscos do emprego da energia elétrica e medidas de prevenção de acidentes de todos os trabalhadores que lidem com instalações energizadas e de manutenção preventiva nas estruturas e rede de distribuição elétrica, obrigação que a CEEE-D não havia reconhecido como sua durante a instrução do processo.


14

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

GERAL

Educador cubano, Pablo Rodriguez relatou sua experiência no tema

A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) deu início, ontem, ao ciclo de palestras intitulado “Educação e Estética”. As falas do evento ficam por conta do educador cubano Pablo René Estévez Rodríguez. O ciclo se estende até amanhã, dia 10, e ocorre das 19h às 21h30min no Da Maya Espaço Cultural, a entrada é franca. O educador cubano foi reconhecido pela Associação de Pedagogos de Cuba como Educador Destacado do século XX, é doutor em Ciências Filosóficas, professor e colaborador do Departamento de Educação Artística e membro da Comissão Nacional de Planos e Programas de Ensino do Instituto Central de Ciências Pedagógicas, do Ministério de Educação (MINED/Cuba). Rodríguez já recebeu várias condecorações do Conselho de Estado por aportes à educação e a cultura, entre elas a Medalha da Alfabetização e a Distinção pela Educação Cubana. A pró-reitora de Extensão

e Cultura da Unipampa e coordenadora do Comitê Gestor para a Formação Continuada de Profissionais de Educação, Vera Lúcia Cardoso, explica que a escolha pelo palestrante se deu por ele ter uma visão humanizadora da educação, por trabalhar com conceitos diferenciados de estética na educação. Lúcia comentou que a atividade também faz parte das atividades promovidas pela Universidade para a formação de professores que atuam na Educação Básica. “Nós aproveitamos a presença dele na região, para oportunizar o contato dele com toda a comunidade”. Hoje, Rodriguez fala sobre “Educação e Estética: a experiência cubana”. No último dia o debate ocorre em torno do tema “Educação e Estética: experiências na Ucrânia, no México e no Brasil”. Não é necessária inscrição prévia, os presentes recebem atestado de participação a cada dia.

Tiago Rolim de Moura

Ciclo de palestras discute “Educação e Estética”

Evento se estende até amanhã


GERAL

Últimos preparativos para Congrega Urcamp A Universidade da Região da Campanha (Urcamp) trabalha nos últimos detalhes para começar o trabalho de divulgação do Congrega Urcamp 2014. Este ano, o evento retorna a Bagé e acontecerá nos dias 22, 23 e 24 do mês de outubro, como já é tradicional. O vice-reitor da Urcamp, Paulo Siqueira, fala que o evento acadêmico é prioritário da Urcamp, logo, a cada ano são elaboradas estratégias diferenciadas para ter uma abrangência ainda maior. “Desde o ano passado, procuramos dar um cunho internacional, agora aceitamos trabalhos em Língua Inglesa e Espanhol, sendo que no mesmo ano já tivemos trabalhos estrangeiros submetidos”, relata.

Este ano, o evento acadêmico que terá como tema “Superar desafios, compartilhar ideias, renovar saberes”, além de várias novidades na estrutura de submissão de trabalhos. De acordo com Siqueira, nos anos anteriores, o Congrega tinha uma visão definida dos cursos da Urcamp, dividindo a submissão através dos Centros educacionais da Universidade. Para este ano, foram utilizados as divisões de áreas conforme o Centro Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), igualando a apresentação de trabalhos a outras competições científicas nacionais. “Os nossos centros foram descartados este ano. Vamos utilizar a divisão apresentada pelo CNPQ,

que é comum a todos os eventos de pesquisa científica. Queremos que cada vez mais alunos participem da nossa apresentação, inclusive toda a comunidade acadêmica, e não só os nossos alunos”, declara. O concurso de fotografia, lançado no ano passado, será mantido este ano, tendo uma eliminatória para a escolha das fotografias que vão para o mural, para serem votadas pelos congressistas. “Vamos receber as fotos submetidas e passar a uma comissão julgadora pessoas que ainda serão convidadas para tal, e então serão escolhidas as 30 que irão para o painel receber o voto dos congressistas “, comenta. Os valores do evento ainda estão sendo definidos.

Empresas disponibilizam descontos especiais

Serasa oferece oportunidade para devedores saudarem suas dívidas através da internet Está à disposição da população, desde a última segundafeira, dia 7, até dia 17 de abril, a oportunidade para os devedores limparem o nome com os seus credores através da internet. O Feirão Limpa Nome Online, que está na sua segunda edição, é promovido pela empresa de análise de crédito Serasa Experian e pode ser acessado gratuitamente pelos consumidores. O Feirão permite que o devedor negocie suas dívidas diretamente com as empresas, pela internet, com condições especiais de pagamento, através do site www.serasaconsumidor. com.br/limpa-nome-online. O serviço fica disponível 24 horas por dia. Para participar, o interessado deve entrar no endereço eletrônico e preencher um cadastro. Após, o internauta é direcionado para uma página onde estão relacionadas as empresas do Limpa Nome Online com as quais o consumidor possui pendência financeira e que constam na base de dados da Serasa. E chat, e-mail ou telefone, e coclicar nas empresas, o próximo meçar a negociação. passo é entrar em contato atraEntre os estabelecimentos vés do canal disponibilizado, que participam do Feirão, estão

os principais bancos privados, financeiras, empresas de telefonia móvel e algumas lojas de eletrodomésticos.

De acordo com o indicador de inadimplência do consumidor fornecido pela Serasa Experian, em fevereiro foi registrado uma queda de 1,7%, na comparação com janeiro do mesmo ano. Na variação anual, fevereiro de 2014, contra o mesmo mês de 2013, o indicador caiu 2,3%, representando o nono recuo consecutivo. O primeiro bimestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano anterior,

ção do índice em fevereiro. Além dos títulos protestados que tiveram variação negativa de 16,7%. Já a inadimplência não bancária, junto aos cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica, água, entre outros, teve crescimento de 2,6% e contribuiu para que o índice não caísse ainda mais em fevereiro de 2014.

A inadimplência

também apresentou declínio de 3,2%. De acordo com os economistas da Serasa, a inflação em alta, os aumentos sucessivos das taxas de juros e o crescimento fraco da economia contribuem para desacelerar a curva descendente da inadimplência do consumidor. As dívidas com os bancos e os cheques sem fundos foram os principais responsáveis pela redu-

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

15


QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

GERAL

Ministério da Educação

AVISO A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA divulga a abertura de inscrições e das normas relativas à realização de Concurso Público de Provas e Títulos, conforme Edital 60/2014, destinado a selecionar candidatos para o cargo de Professor do Magistério Superior/Classe A. O período de inscrições será de 08/04/2014 a 22/04/2014. As inscrições e as informações estão disponíveis em www.unipampa.edu.br/portal/concursos. Bagé, 07 de abril de 2014 ULRIKA ARNS Reitora

Qualidade da água da região ultrapassa índices exigidos pelo Ministério da Saúde Um estudo do Serviço de Vigilância da Qualidade da Água aponta que a região conta com hídrico para consumo de boa qualidade. A série histórica dos últimos cinco anos do Programa de Qualidade da Água para Consumo Humano – Programa Vigiagua – foi apresentado pelo coordenador regional da atividade, Nereu Luiz. Conforme os dados, o controle de qualidade das prestadoras em 2009, obteve índice de 69,44%; em 2010, 65%; em 2011, alcançou 75,42%. O percentual de qualidade foi maior em 2012, 85,87%; e, em 2013, chegou a 93,56%. Já a leitura de amostras de cloro pela Vigilância atingiu 91,41% em 2009; 95,45% em 2010; e 95,13% em 2011. Baixou para 90% em 2012 e para 87,82% em 2013. Já as amostras de turbidez (transparência da água) alcançaram o índice de 94,81% em 2009; 95,77% em 2010; e 96,03% em 2011; Em 2012, os percentuais chegaram a 93,14%; baixou para 88,72% em 2013. Por fim, as amostras de coliformes totais podem ser comemoradas, já que nos cinco anos ultrapassaram os 100%: 117,30% em 2009; 116,59% em 2010; 108,81% em 2011; 114,13% em 2012; e 104,68% em 2013. Esses são parâmetros exigidos pelo Ministério da Saúde – o mínimo exigido

Cristiano Lameira

16

Percentual de qualidade foi maior em 2012

nesses quatro indicadores é 60%. É importante destacar, segundo Luiz, que os coliformes totais é considerado o principal indicador da qualidade de água para consumo humano. Todos os percentuais apresentados são referentes ao estudo realizado pelas equipes de vigilâncias Sanitária e Ambiental dos municípios de Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra e Lavras do Sul, que fazem parte da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde. Tais resultados, ponderou o coordenador, garante tranquilidade: mostra que os municípios da região contam com bons la-

boratórios e sistemas de controle de qualidade. Para Luiz, a importância desse estudo é quanto a promoção e proteção da saúde pública, levando em consideração o controle das doenças diarreias e das hepatites do tipo A, além de outros problemas que acometem sobretudo as crianças. Sobre as oscilações, Luiz explicou que podem ser consideradas normais, levando em consideração a logística. Acontece que cada município realiza as coletas e envia as amostras para o laboratório regional, na Sétima Coordenadoria Regional de Saúde.


GERAL Primeiros que entregarem declaração terão prioridade no pagamento

Restituição do imposto de renda começa em junho

*Válido para poltronas promocionais, para viagens realizadas entre 10/03/2014 e 30/06/2014, para compra presencial. Serviço intermunicipal: compras com, no mínimo, 03 dias de antecedência. Serviço interestadual: conforme disponibilidade. Consulte regulamento no site www.ouroeprata.com

A entrega da declaração do Imposto de Renda começou no dia 6 de março e se estende até o dia 30 deste mês. Até o fim do prazo, a Receita Federal espera receber cerca de 27 milhões de declarações. Até o início deste mês foram entregues 7 milhões de declarações. Não deixar a entrega para a última hora tem a sua vantagem. A Receita Federal divulgou o calendário de restituição do Imposto de Renda, e deverá pagar nos lotes iniciais, os primeiros que entregaram a declaração. O pagamento começa no dia 16 de junho e vai até dezembro. Devem ser pagos sete lotes. Pessoas com mais de 65 anos têm prioridade para receber a restituição do imposto, além de doentes graves e deficientes físicos. Já na sequência, deverão ser liberadas as restituições de acordo a ordem de envio da declaração à Receita. Para receber é necessário que o declarante não tenha nenhuma pendência ou irregularidade, senão a declaração vai para a malha fina. Quem não declarar ou perder o prazo está sujeito a multa, que inicia em R$ 165,74. Confira o calendário de restituição.

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

17


9 de abril de 2014

SEGURANÇA Arquivo/Polícia

Carro com placas de Minas Gerais colide com furgão na BR-293 Um veículo Renault Fluence, placas OQD0136, Belo Horizonte/MG, se chocou com um furgão de Sapucaia do Sul, no Km 137 da BR-293, trevo de acesso ao município de Candiota.

Segundo policiais da PRF, o motorista do carro e um passageiro, com possíveis fraturas, mas sem maiores gravidades, foram socorridos no local. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

Testemunhas afirmam que jovens saíram do carro mas homem de 44 anos assumiu acidente

Motorista perde controle e capota veículo na José do Patrocínio No início da tarde de ontem, um capotamento chamou a atenção de quem passou pela Avenida José do Patrocínio, no Bairro São Judas. O Renault Sandero Stepway placas ITD7684, trafegava no sentido bairro-centro. Segundo relato dado a Brigada Militar, outro veículo lhe cortou a frente, o primeiro bateu no canteiro, em uma árvore e acabou sendo arremessado para o outro lado da pista. Não foram divulgadas informações sobre o segundo veículo envolvido. Contudo, segundo testemunhas oculares do fato, as quais preferiram não se identificar, os veículos aparentavam estar fazendo um ‘pega’ e, devido a velocidade, houve a perda de direção e consequentemente o acidente. Transeuntes comentaram que

Tiago Rolim de Moura

QUARTA-FEIRA

Trânsito foi interrompido até remoção do Sandero

dois jovens estavam no Renault, mas pela BM como J.N.P, de 44 anos. quem assumiu o fato foi o pai de um Além do dano ao veículo, não houve deles, cujas iniciais foram divulgadas gravidade no acidente.

Curso vai aperfeiçoar profissionais para confronto à droga

Capacitação para enfrentamento do Crack inicia em Bagé Na tarde de terça-feira, a Prefeitura de Bagé, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Universidade Federal de Rio Grande, deu início às aulas do curso de Enfrentamento ao crack e outras drogas. A aula inaugural, realizada na Universidade da Região da Campanha, faz parte de um total de 60 horas de curso, divididas entre as terças-feiras do mês de abril. O objetivo do curso, ministrado pela equipe técnica do Centro Regional de Referência sobre o Crack e outras drogas (CENPRE), CRR/FURG, e Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), é garantir o treinamento de profissionais para combater as drogas e prestar um atendimento mais específico para os usuários. Segundo a secretária de Saúde, Aura Stela Centeno, o curso foi implantado no nosso município devido a magnitude do consumo de substâncias psicoativas, especial-

Antônio Augusto Sapper/EspecialFS

18

Meta é treinar agentes para prestar atendimento aos usuários

mente o crack, que associado ao contexto de vulnerabilidade de crianças, adolescentes e jovens no Brasil, vem prejudicando a vida dos usuários. “Bagé está comprometida a tratar todas as pessoas que não conseguem

largar este vício, temos a nossa casa de atendimento para os usuários e o Centro de Atendimento Transitório (CAT), para auxiliar e melhorar a vida dos que não conseguem perder este vício”, afirma a secretária.

OBITUÁRIO

Carlota Bica Brião, 75 anos, viúva. Do lar. Residia na Rua Luiz Carlos Menezes, 1020. Deixa os filhos Candido Adoricio, Luiz Eduardo, Paulo e Vera Regina. Hipolito Munhoz Gomes, 88 anos. Produtor Rural. Residente na Rua 11, 80. Deixa a esposa Silvia da Rosa Gomes e os filhos Mara Neida, Marlete, Neiva Maria, Rocelino, Rosselei e Rosseletra. Talysson da Silva Ferreira, três dias. Residente na Rua José do Patrocínio, 1311. Deixa os pais Bruno de Oliveira Ferreira e Gabrielli Costa da Silva. Antonio Elen Marques, 80 anos. Comerciário. Residente na Rua 18 de maio, 249. Não deixa filhos.


ESPORTES

19

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

Vitória pode encaminhar a classificação alvirrubra Em uma semana, o Guarany passou de equipe de pior campanha entre os 13 participantes da segunda divisão de profissionais a terceiro colocado do grupo A, com amplas chances de garantir presença nas finais do primeiro turno. As vitórias consecutivas diante do Sapucaiense e Bagé, sob o comando do treinador Osvaldo Rolim, alteraram o panorama alvirrubro, fazendo com que o time se tornasse candidato a uma vaga para o mata. Hoje, às 20h, o Guarany joga em casa, diante do Estância Velha de Canoas, este em sua primeira temporada como profissional e tentando a sua primeira vitória na competição. Trata-se de um elenco jovem, que vem exigindo muito de seus adversários, tendo, na rodada anterior, tirado dois pontos preciosos do São Gabriel, que, com isso, acabou complicando suas chances de classificação. Com relação ao time que venceu o Ba-Gua, o Guarany terá

Tiago Rolim de Moura

Guraany quer manter embalo

os desfalques de Alex Sander, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e Taynã Nogueira, lesionado, entrando, respectivamente, Norton e Alex Carioca. O

alvirrubro espera o apoio maciço de seu torcedor, comparecendo em grande número ao estádio Antônio Magalhães Rossell. Prováveis formações:

GUARANY – Vágner Quadros, Rudiere, Vágner, Fábio Souza e Carlos Júnior; Norton, Vítor, Cléber Oliveira e Alex Carioca; Gustavo Sapeka e Raphael Paraíba. Treinador: Osvaldo Rolim ESTÂNCIA VELHA - Eliandro, Henrique, Iuri, Vinicius e Ivan. Venecius, Esquilo, Coringa e Rogério, Jeremi e Ledesma. Treinador: Bruno Saimon

Bagé tem novo atacante Depois de passagens pelo Brasil de Farroupilha e Nova Prata, o atacante Diego faz sua primeira apresentação com a camisa do Bagé no importante compromisso de hoje à noite, fora de casa, contra o Rio Grande, altamente decisivo às pretensões de classificação dos jalde-negros à segunda fase do primeiro turno

Arquivo/FS

da competição. O Bagé precisa de resultado positivo diante do líder da chave A da segunda divisão de profissionais para decidir vaga em casa, com o apoio de sua torcida, no domingo, diante do Sapucaiense. O zagueiro Héberson Collina, que entrou ao longo do Ba-Gua e que era importante opção do

Destaques do kart A primeira rodada etapa do citadino de kart foi das mais concorridas, com ampla participação de pilotos brasileiros e uruguaios. Na etapa Terrasul, categoria 125cc, uruguaia, pela ordem de classificação, Alexandre Cuello, Jorge Barroz e Bruno Ferrari,

todos de Melo. Cadetes 7/11 anos, vitória de Marcelo Telles, de Uruguaiana, segundo, Bruno Ávila, de Melo. Speed graduados teve vitória de Marcelo Pilon, com Sérgio Dachery em segundo. Leandro Ribeiro em terceiro, todos de Bagé.

treinador Murilo Costa, não fica à disposição em Rio Grande. Ele que foi expulso, por agressão, após o Ba-Gua 414. A delegação jalde-negra, levando toda a esperança do seu torcedor, viaja na tarde desta quarta-feira, para Rio Grande. Prováveis formações no estádio Arthur Lawson:

RIO GRANDE – Luciano, Anderson, Gralack, Gustavo e Edinei; Alexandre, Fabiano, Gleisson e Rafael Pelezinho; Léoi Jacks e Leandro Fernandes. Treinador: Júlio Batisti. BAGÉ - Thales Sayago, Alex, Dieisson, Rafael Cendoya e Matheus: Tiago Rocha, Evandro Moreira, Luís Fernando e Fernandinho; Anderson (Diego) e Alessandro Maranhão. Treinador: Murilo Costa

Dupla começa no estadual Com a participação da dupla Ba-Gua, o campeonato estadual de juniores B começa no próximo fim de semana. O Guarany, do treinador To-

tonho, jogará sábado, fora de casa, contra o Rio Grande. No mesmo dia, o Bagé, treinador por Adenilson Caldeira e mantendo parceria com o Projeto Descobrindo Talentos

(coordenado pela professora Maísa Tolledo Moreira e desenvolvido pela Secretaria Municipal da Juventude, Esporte e Lazer), enfrentará o Ferro Carril, em Uruguaiana.

Resumo esportivo SEGUNDA DIVISÃO – Jogos de hoje: Guarany x Estância Velha, Rio Grande x Bagé, Sapucaiense x Farroupilha. DETALHE – O Sapucaiense (com dois pontos) ainda tem três partidas e disputar: hoje e sexta, em casa, contra Farroupilha e Estância Velha; domingo, no Pedra Moura, diante do Bagé. LIBERTADORES – Jogos de hoje: Union Espanhola x Independiente Santa Fé, San Lorenzo x Botafogo (22h), Cruzeiro x Real Garcelaso (22h), Defensor x Universidad do Chile, Flamengo x Leon (19h45min), Bolívar x Emelec do Equador.

higinobage@yahoo.com.br

MMA – Bagé Vale Tudo destacou-se no 2° Canfight, em Canguçu, durante grande evento que teve show do cantor Vavá e escolha da Rainha do Ringue. Daniel Índio Maia venceu com mata, logo no primeiro minuto, a Vítor de Piratini. Tiago Echeverria, ainda no primeiro round, superou Almir Freitas; Ronaldo Costa precisou de três rounds para derrotar Kennedy. Outros integrantes da equipe, como Paulo Vítor Júnior, Vinícius Trindade e Daniel Baiano perderam por pontos, após combates equilibradíssimos. COPA DO BRASIL – Nesta quarta-feira, Nacional de Manaus x Lajeadense, Novo Hamburgo x Joinville.

5/4/13

FEDERAL 1º 04.365 2º 27.042 3º 71.491 4º 63.126 5º 18.294 MEGA-SENA Nº 1588

23 29 32 36 45 49 LOTOMANIA Nº 1441 06 12 13 16 18 19 20 27 31 41 42 48 49 61 69 78 86 90 93 96

LOTOFÁCIL Nº 1040 01 02 04 06 08 09 10 12 13 16 20 21 22 23 25 QUINA 3459 15 18 43 65 77 DUPLA-SENA Nº 1269 Primeiro sorteio 03 12 14 19 28 33 Segundo sorteio 03 08 11 33 39 41


www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, QUARTA-FEIRA, 9 DE ABRIL DE 2014

Gaúcho

FOLHA SUL


BAGÉ, QUARTA- FEIRA, 2 DE ABRIL DE 2014 - Ano 2 - N° 43

Hora de cozinhar e aprender

Cozinhar, para muitos adultos, é um prazer. Para as crianças é sinônimo de diversão. Contudo, para os especialistas em educação, essa é uma oportunidade de ensinar não só receitas deliciosas. A professora Carla Cavalheiro, por exemplo, aproveitou a aula de culinária para trabalhar o raciocínio lógico matemático. A noção de quantidade é um dos aprendizados que a preparação de uma paçoca, por exemplo, pode ajudar os pequenos a desenvolverem. Foi essa a receita trabalhada pela professora com alunos do jardim – crianças com três anos de idade. Além disso, pondera, a manipulação de alimentos ajuda no desenvolvimento da coordenação motora, da memória, da percepção e linguagem. Para cozinhar é preciso entender a receita, lembrar os ingredientes e a ordem em que devem ser preparados ou misturados. A educadora explica que as crianças dessa idade estão em fase de adaptação, esse tipo de atividade ajuda a integrar os pequenos, tanto com os colegas quanto com os professores. Além disso, a prática deve ser incentivada pelos pais, já que cozinhar também é sinônimo de conviver. A professora indica que os pais convidem seus filhos ajudarem em receitas simples, sobretudo na Páscoa, quando por vezes o consumo é supervalorizado. “Quando trabalhamos com eles a receita de paçoca, não só aprenderam sobre quantidade. Todos participaram, trouxeram os ingredientes da receita e, devagarzinho, cada um foi colocando sua contribuição para que a receita ficasse bem gostosa”, comenta. “A paçoquinha ficou uma delícia. Os pais puderam levar para casa uma provinha da primeira receita de seus pequenos e os funcionários da escola também apreciaram o resultado”, acrescenta. Outros benefícios desse tipo de atividade é aprender a provar alimentos com menos preconceito e ter mais noções de higiene são algumas. Acontece que crianças quando aprendem a cozinhar são estimuladas a consumir alimentos mais saudáveis com maior facilidade. Aproveite a proximidade da Páscoa para cozinhar com as crianças. Confira a dica.

Ingredientes - Quatro xícaras de cenouras raladas (cruas) - Duas xícaras de chá de açúcar - Uma lata de leite condensado - Açúcar cristal ou granulado (cor laranja) - Galhinhos de cenouras ou salsinha. Se preferir faça raminhos com papel crepom, com a pontinha enrolado em papel alumínio.

QUANDO

LEVANETLAARMEAMNHÃ

Colégio P EPITAM SEMPRE R Auxiliadora MARIA.

AVE

Av.Marechal Floriano, 1335 Bagé - RS Tel: (53)32425580 - www.colegioauxiliadorabage.com.br

Modo de preparo - Leve ao fogo a cenoura com o açúcar; - Misture bem, mexendo de vez em quando até formar uma calda grossa; - Acrescente o leite condensado e continue a mexer até que se desprenda do fundo da panela; - Despeje a massa em um prato untado com manteiga e deixe esfriar; - Enrole no formato de cenourinhas e passe pelo açúcar granulado; - Finalize com os raminhos; - Misture corante vermelho e amarelo no açúcar granulado branco (aos pouquinhos) até chegar a cor desejada. Estes docinhos são super nutritivos, as crianças nem percebem o gosto da cenoura.


2

QUARTA-FEIRA

QUARTA-FEIRA

9 de abril de 2014

9 de abril de 2014

Click

Passeio comemorativo

Não esqueça de enviar a foto dos pequenos para nossa galeria. Envie uma foto da criança com o nome completo e idade, junto ao nome dos pais, para o e-mail juliana.andina@gmail.com. Participe!

Os primos Rodrigo Lima de Souza, oito anos, filho de Ricardo Souza e Rosane Lima, e Raíssa de Lima Moraes, seis anos, filha de Liliane Lima e Abílio Moraes, passeando em Capão da Canoa

3

As irmãs Isabeli e Luise Gomes, dois e sete anos , filhas de Lisiane Martins e Diogo Gomes

No dia 29 de março, aconteceu um passeio ciclístico de alunos, educadores e familiares em comemoração aos 110 anos do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora. Mais de 300 participantes saíram do prédio da instituição de ensino, em direção a sede campestre Cesarino Espaço Recreativo, localizado a cinco quilômetros do centro da cidade. Cada um pode realizar atividades de lazer e esportivas. Um risoto foi servido no almoço, preparado por Vanilson Pudell. Os avós Paulo Pereira e Magda com Léo, Murilo,Thamíris, Mauro e as pequenas Marina, Valentina e Manuelaque completam quatro anos.

Helena Senger de Lima, cinco meses, filha de Faustino e Juliane Senger de Lima

Carlos Augusto Oliveira, nove anos, filho de Rosana Oliveira

Brenda, sete anos, e Monique, dois anos. Filhas de Queli Bubols e Andrei Cabral.

Bruna comemora seu primeiro aniversário com os pais Bere Borges e Ronaldo Estevan

Aposta no faz de conta Incentivar o faz de conta, a fantasia, é uma das preocupações da equipe do colégio Espírito Santo. Por isso, a aposta é a Hora do Conto: o ponto de partida para diversas atividades desenvolvidas pelas professoras Liane Silveira, Cláudia Marques, Heloisa Fonseca, Mara Cristina Moyses e Bruna Corrêa, das turmas do terceiro ano. “Vários são os objetivos de se contar histórias para crianças, como formar o gosto pela leitura, divertir e estimular

o desenvolvimento da imaginação, atenção, observação, memória e reflexão”, explica a coordenadora dos anos iniciais Silvana Sousa. “Ouvir as histórias leva a perceber as características da língua escrita e, assim, ampliar o vocabulário”, acrescenta. “As histórias têm uma magia e um encantamento capazes de despertar no leitor todo um potencial criativo. Isso se reflete nas produções textuais dos educandos”, finaliza.


4

QUARTA-FEIRA 9 de abril de 2014

Atenção à saúde Eletricidade no dia a dia Em comemoração ao Dia Mundial da Saúde, o Jardim Auxiliadora promoveu uma série de atividades para destacar a importância de manter o corpo e a mente saudáveis. Os alunos visitaram a Unidade Móvel de Assistência à Saúde, da Secre-

taria de Saúde do município, na última segunda-feira. Os olhares atentos e curiosos das crianças mostraram o interesse por descobrir as diferentes formas de se cuidar, com dicas sobre higiene, prevenção de doenças e vacinação.

Artes Circenses na Cavalinho de Pau

As práticas significativas que relacionam os conteúdos a fatos curiosos presentes em nosso dia a dia, além de facilitar a aprendizagem, tornam as aulas mais dinâmicas. Esse é o objetivo das alunas do terceiro ano do Ensino Médio do Instituído Anglicano Mélanie Granier, elas desenvolveram experiências relacionadas ao estudo da eletricidade na disciplina de Física. A professora Miriam Duarte salien-

ta que “os conceitos, quando trabalhados de forma diferenciada, contribuem para que os estudantes construam seus próprios conceitos”. “A aula fica muito mais atrativa e a participação do grupo é visível”, acrescenta. Nas experiências realizadas, por meio de artefatos montados pelas próprias alunas, foram trabalhados conteúdos como as formas de eletrização e condutores de eletricidade.

Alunos e educadores do turno da tarde do Colégio Auxiliadora, engajados na campanha de conscientização sobre o autismo, montaram um símbolo

humano e trabalharam sobre o tema “Ser diferente é normal”, por meio de vídeos e histórias de Maurício de Souza e Ziraldo.

“Ser diferente é normal”

Caderno Folhinha

Expediente

Reportagens: Niela Bittencourt Esta edição semanal é encartada no Jornal FOLHA DO SUL GAÚCHO e não pode ser vendida separadamente.

A Cavalinho de Pau recomeçou suas aulas de Artes Circenses, com o professor Matheus Rocha. Uma alegria para a criançada e um estímulo ao desenvolvimento de

habilidades, tais como: espontaneidade, imaginação, percepção, observação e criatividade. Para a escolinha, aprender com diversão é uma sugestão.

Editor-geral: Glauber Pereira E-mail: nielabittencourt@gmail.com Fotos: Divulgação Diagramação: Cristiano Lameira Revisão: Glauber Pereira

Folha do Sul Gaúcho Ed. 1199 (09/04/2014)  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you