Page 1

CONVÍVIO Residentes das proximidades Caminhão tranca da Urcamp relatam que na Ponte Seca e interrompe circulação liminar que delimita horário de estabelecimentos na Presidente Vargas comerciais não é respeitada

Suélen Delabari Nogueira

TRÂNSITO

Secretário anuncia suspensão do tráfego de veículos de modelo baú pelo trecho a partir de hoje

Promotor de Justiça, Everton Meneses comenta que município foi orientado a regulamentar estudo de impacto da vizinhança

Página 10

Página 21

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2014 - Ano 4 - N° 1131

Legislativo confirma demissões e veda viagens de parlamentares para cursos

Vereadores ficam sem estagiários

Gleider Ayres

FEOVELHA Farsul sedia lançamento oficial da trigésima edição do evento em Porto Alegre

Página 4

LEITE Presidente de associação prevê redução de 30% na produção do mês em função do calor

Página 5

POLÍTICA Lelinho questiona medida que impede uso de bonés e outras roupas na Câmara e diz que importante é a postura

Página 9

Com a meta de não exceder os gastos do Legislativo, em 2014, o presidente da Câmara de Vereadores de Bagé, Uílson Morais, confirmou medidas que vão desde a demissão de 17 estagiários que atuavam junto aos parlamentares até o não pagamento de inscrição e diárias para cursos de aperfeiçoamento. Além disso, segundo informações apuradas pela reportagem do Jornal FOLHA do SUL, novos cortes ainda podem ocorrer. Isso porque, estima-se, o aumento do repasse oriundo da Prefeitura, para o ano, será de R$ 700 mil e não de R$ 1,2 milhão, como era esperado. O valor total a ser encaminhado deve ser de R$ 7,6 milhões. Páginas 8 e 9

RADIOTERAPIA Técnicos vistoriam terreno e previsão é que empresa responsável por obra seja definida até abril

Página 17

FOLIA Comissão define datas e lançamento oficial do Carnaval em Bagé acontece dia 25

Página 20

ACIDENTE Menino de nove anos é atropelado próximo ao Cemitério da Santa Casa

Página 21 O TEMPO HOJE Bagé - RS

33º 20º

Céu claro, com predomínio de sol ao longo do dia


2

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

OPINIÃO

Editorial Felipe Valduga

felipelvalduga@gmail.com

Combustíveis e eleição A informação ainda não foi confirmada pelo Governo Federal, mas já surgiram os primeiros boatos de uma nova alta dos combustíveis. Reportagem da Folha de São Paulo, publicada na quarta-feira, alertou que o Ministério da Fazenda e a Petrobras estimam, para junho, um novo aumento da gasolina e do diesel. Conforme a publicação, a medida faria parte de um calendário, ainda não divulgado ao mercado, que integra um dos pontos do mecanismo aprovado em dezembro pelo conselho de administração da empresa, presidido pelo Ministério. Na reunião, diz a Folha, o conselho iniciou

uma nova política de preços com o reajuste de 4% para a gasolina e de 8% para o diesel. O interessante é que a ação culminou com a inflação de dezembro, atingindo 0,92%, a maior em uma década. Vale ressaltar que, como estamos em ano eleitoral, o controle da inflação deve ser uma das metas do governo, até mesmo porque comprometeria uma possível vitória da então presidente Dilma na hora do voto. Ou seja, tudo está ligado. Resta saber se, assim, os combustíveis subirão, novamente, antes do período eleitoral. O consumidor, que é quem paga – e vota –, espera que não. Josias Borges

Taxa Selic em 10,5%: hora da renda fixa Está confirmado: Taxa Selic em 10,5% ao ano. A nova taxa fica em vigor, pelo menos, pelos próximos 45 dias, quando teremos nova reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central, o Copom. Este cenário deixa a poupança ainda mais defasada em relação às outras oportunidades do mercado. Manter

dinheiro em caderneta de poupança, hoje, é correr risco de possuir rentabilidade real negativa, ou seja, total de juros recebidos menor que a inflação do mesmo período. Neste cenário, a pergunta que surge é: quais as boas oportunidades existentes no mercado com estas características? Veja:

O Certificado de Depósito Bancário, CDI, é a referência de rentabilidade para a maior parte da renda fixa. O CDI sempre anda muito perto da Taxa Selic e, portanto, com a alta da Selic todos os investimentos que seguem este indexador contam com ampliação de rentabilidade, ou seja, rendem ainda mais do que rendiam antes da suba da taxa básica de juros. Portanto, enquanto a taxa de juros

estiver neste patamar e com viés de alta, não há porque buscar outras opções, como a poupança por exemplo. A bola da vez ainda são investimentos atrelados ao CDI e isentos de imposto de renda, como as Letras de Crédito Imobiliário - LCI e Letras do Crédito do Agronegócio – LCA. Por outro lado, os CDBs também estão rendendo mais, porém sobre o rendimento destes incide o imposto de renda.

O mercado de ações sempre fica mais volátil em tempos de juros altos, portanto, exporse muito ao mercado acionário, agora, pode não ser uma boa ideia. Os títulos atrelados à

inflação também desaceleram a rentabilidade em época de juros ascendentes. Para comprar estes títulos só quando a taxa se estabilizar ou voltar a cair.

Foco no Certificado de Depósito Bancário

O que é mais arriscado no momento?

Léo Leguísamo Vieira

Os homens do poder O famoso empresário Adir Assad tem histórias para contar a respeito das falcatruas praticadas por gatunos de colarinho branco neste país. As notícias dizem muito acerca desse esperto e sórdido vilão; diga-se, com vocação e inclinada tendência para desviar R$ 1 bilhão para uma rede de empresas importantes no Brasil. O que nos chama atenção é que essas empresas não existem, mas mostram um serviço difícil de ser executado, visto que o que é legal torna-se ilegal pela corrupção e financiamento; certamente, bem escondido para campanhas eleitorais, incluindo empreiteiras deste país, consórcios, bancos e consultorias; claro, sem esquecer os amigos do poder. Adir Assad ostenta uma bilionária contabilidade para enganar o governo, aliás, vítima desses verdugos de plantão. O que é devéras vergonhoso e imoral, seria a referência de que ele, durante décadas, trabalhou na captação de patrocínios para shows e espetáculos, vindo daí a sua esperteza, onde estava sempre em companhia de gente importante e famosa para enganar. Dizem que toda essa esperteza teve início com o aprendizado do pai, um mascote de origem libanesa; por certo poderia ser gente habituada no furto. De outro modo, as grandes empresas de fachada tinham nomes expressivos como Andrade Gutierrez, Galvão, Triunfo, UTC, Mendes Júnior, Alusa, Friboi e outras que engordavam seus cofres de dinheiro sonegado e escondido. Certamente, ao ser garantido o repasse dessa avalanche de dinheiro sob forma de propina e caixa dois eleitoral, quem se serviu foram servidores públicos e políticos corruptos. Por tais fatos é que o faturamento das empresas de Assad cresceu extraordinariamente, atingindo 574 vezes em quatro anos a duplicação de sua riqueza. Por isso ele trocou o noticiário de celebridade pelo policial. Na verdade, dizem que os grandes reis, os chefes de estados, os estadistas, os políticos da ilegalidade, os homens do poder, são os que entraram no esquema de distribuição clandestina de recursos para enriquecer com R$ 1 bilhão. Assad é tão esperto que todo seu patrimônio de montanhas de dinheiro continuam registradas em nome de outras pessoas. A Delta, que era a principal fornecedora da União, fez uso de uma extensa rede de empresas-fantasmas, para pagar propina a servidores públicos e financiar ilegalmente campanhas eleitorais no país. O buraco profundo desta nação tem aumentado com esse exército de facínora que nos rodeiam. Por sua vez, a crônica policial registra diariamente a apreensão e captura dessas quadrilhas que infestam e saqueiam no Brasil; eles não temem a prisão, sabem que no mesmo dia estarão soltos. Eles sabem sim que a lei é protetora dos bandidos. Por exemplo, vejam os outros mensaleiros livres de qualquer punição. Até quando não sabemos. Os brasileiros estão na expectativa de que os culpados poderão ser presos. Aos poucos, vamos perdendo a esperança de ver um país livre dessas injustiças.

facebook.com/JornalFolhaDoSul

Direção

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado

Repórter Fotográfico: Cristiano Lameira Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício -Edgar Muza - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos - Eurico Salis - Fernando Velloso

REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Vanessa Gon- Estagiárias: Giuliana Bruni - Renata Lima çalves Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues Diagramação comercial: Diego Almeida Revisão: Taisa Soares Reportagem: Emanuel Müller - Fernanda Mendonça - Diagramação: Cristiano Lameira e Vinícius Silva Gilmar de Quadros - José Higino Gonçalves - Juliana Andina - Marcos Pintos - Niela Bittencourt - Rochele Barbosa - Stela Vasconcellos - Marcelle Ceolin


EMPRESARIAL

Indicadores econômicos INDICADORES Salário Mínimo Salário Regional TJLP SELIC IGP-M

VALAR ATUALIZAÇÃO R$ 724,00 2014 R$ 868,00 2014 5% a.a. 10% nov. 2013 + 0,29% nov. 2013

MOEDAS COMPRA Dólar Comercial 2,355 Dólar turismo (em R$) 2,367 Euro (em R$) 3,220 Pesos Ur.(em R$) 0,1124 Pesos arg.(em R$) 0,352

SEXTA-FEIRA

3

17 de janeiro de 2014

Stela Vasconcellos O Boticário de Bagé recebe nova administração

VENDA 2,356 2,487 3,222 0,1119 0,350

Acessórios liquida com preço único e descontos

O empresário Antônio Augusto Lovatto chega, hoje, para assumir a franquia de Bagé. Recentemente, ele fechou negócio com a empresária local, Déa Dini. Com experiência de sobra no segmento, desenvolvida em 15 lojas, Lovatto tem nome reconhecido na mídia gaúcha e brasileira. Stela Vasconcellos

Stela Vasconcellos

Descontos proporcionam boa economia

Ofertas O Boticário

Rosires apresenta variedade de produtos com preço reduzido

por Stela Vasconcellos A Acessórios Boutique quer proporcionar economia as suas clientes neste mês de janeiro. A liquidação acaba de começar. Além de uma seção de preço único – que reúne cerca de 100 modelos de sandálias e chinelos, com diferentes saltos – a loja separou produtos por

percentuais de desconto. A empresária Rosires Corrêa Bernardes explica que os itens de preço único custam R$ 45. São sandálias com pedras e strass, opções rasteiras e alguns modelos com salto Anabela. Os chilenos também apresentam detalhes diferenciados.

Os cintos, disponíveis em várias cores, estão com 20% de desconto à vista, assim como os demais acessórios, incluindo colares e anéis. “Os brin-

cos também têm preço único. Qualquer modelo custa R$ 5”, observa. A Acessórios oferece ticket de estacionamento a seus

Outras peças

Destaques Sapatos de meia-estação, sandálias de salto alto, mocassins, sapatênis e outros modelos de calçados ganharam 30% de desconto à vista. Rosires mostra a variedade em bolsas de couro, com desconto de 20% à vista. clientes. O horário de funcionamento vai das 8h às 11h30min e das 15h às 19h30min. O atendimento é realizado pela proprietária.

Onde: Rua Bento Gonçalves, 98 | Fone: 3242-6476

A loja da Avenida Sete de Setembro está recheada de ofertas. A linha de perfumaria ganhou descontos de 20% a 40% no ciclo atual. Perfumes masculinos, femininos e infantis estão com preços reduzidos, constituindo excelente oportunidade de aquisição de presentes e abastecimento pessoal. Para se ter ideia, os perfumes femininos Linda Inspiração e Linda Miami, de R$ 94, estão por R$ 56,40. O masculino campeão de vendas, Malbec, de R$ 104, está R$ 83,20. A loja oferece também uma promoção interna de maquiagem, com 50% de desconto. O Palette de Maquiagem Rio Sixties, de R$ 182, está custando R$ 91. As oportunidades são tentadoras e, certamente, virão mais por aí.

Serviços Lust Sex Creative A Lust Sex Creative, além de loja de sex shop e de lingeries, também organiza chás de lingerie e despedidas de solteiras. A cliente que deixar sua lista na Lust pode escolher a organização entre várias opções de chás de lingerie, desde a mais comportada até a mais ousada. A loja trabalha com todos os cartões e funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 19h. Nos sábados, a loja abre das 9h às 18h, sem fechar ao meio-dia.

Onde Hotel do Comércio, sala 13 Fones: 84330911 e 99354578


SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

Mercado agrícola PRODUTOS

RURAL

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul UNIDADE MÍNIMO MÉDIO Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

33,00 124,00 21,00 60,00 20,00 33,00 3,50 3,70 2,90 3,20 0,80

MÁXIMO

34,44 144,56 23,70 62,90 20,65 34,30 3,63 3,83 3,01 3,42 0,92

37,00 180,00 30,00 68,00 21,30 37,00 4,00 5,20 3,20 3,70 1,00

06.01.2014 a 10.01.2014 Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Feovelha é lançada oficialmente em Porto Alegre

Ontem, no auditório da Farsul, em Porto Alegre, ocorreu a solenidade de lançamento da 30ª edição da Feovelha. O evento contou com a presença de autoridades estaduais, locais, jornalistas e organizadores do evento que ocorre, de 29 de janeiro a 2 de fevereiro, no Sindicato Rural de Pinheiro Machado. Presente na solenidade, o vice-governador Beto Grill ressaltou a importância da organização de feiras para expor o potencial do setor primário gaúcho, bem

como o fomento à ovinocultura promovido pelo Governo do Estado através do programa Mais Ovinos no Campo, que elevou o rebanho em 350 mil cabeças no Rio Grande do Sul desde sua implantação, em 2010. “A Feovelha cresce muito com o estreitamento da relação entre os produtores e as parcerias estabelecidas entre o Poder Público e a iniciativa privada”, avalia. O presidente do sindicato, Rossanto Lazzarotto, projeta, para este ano, excelentes negócios na

feira, uma vez que a 30ª Feovelha já registra número superior de animais inscritos em relação à edição passada. “Até o momento, cerca de 10 mil animais já haviam sido inscritos, superando em 1,6 mil animais a 29ª edição”, afirma. O presidente da Farsul, Carlos Sperotto, falou sobre a importância da Feovelha para a ovinocultura gaúcha. “A festa é uma vitrine para toda cadeia produtiva da região da Campanha, não só pela carne, mas também pela lã, que é de ponta”, diz.

6ª Agrovino

Exemplares da raça Corriedale são destaques, aponta especialista O terceiro dia da 6ª Agrovino foi de julgamentos de admissão de todas as raças e, à tarde, o início do julgamento morfológico de todas as raças a galpão e rústicos. Com um bom número de produtores participantes, a Agrovino demonstra estar consolidada como expofeira de verão. O médico veterinário e técnico da Associação Brasileira de Criadores de Ovino (ARCO), Sérgio Muñoz, afirma que a Agrovino cresce a cada ano e a raça Corriedale é, atualmente, uma das três mais importantes do Brasil. “Pelo que eu pude observar, o nível de ponta dos animais da raça Corriedale apresentados aqui certamente estarão disputando os primeiros lugares em Esteio, durante a Expointer, situação que já se tornou costumeira nos últimos anos”, aponta Muñoz. O técnico ressalta também o crescimento das outras raças dentro da Agrovino, como a Texel e a Ideal. “Isso se dá pelo excelente trabalho realizado pela diretoria da Abaco que, hoje, trabalha com afinco para inovar a feira a cada edição, ampliando sua importância para fora do Rio Grande do Sul”, destaca. Opinião semelhante tem o jornalista Gabriel Becco, da revista

Gleider Ayres

4

Nova infraestrutura para remates ovinos é diferencial desta edição

uruguaia La Propaganda Rural. Para Becco, o crescimento da Agrovino se dá ano a ano de forma gradativa e sólida. “A Agrovino é uma exposição que está fomentando a ovinocultura, e esse trabalho da Abaco deve ser ressaltado porque essa atividade não pode desaparecer. Ela faz parte da cultura, tanto do gaúcho quanto do uruguaio”, reforça o jornalista da revista que foi inaugurada em 1901 e está presente no Brasil desde o ano de 1953. O presidente da Abaco, Ge-

Programação para hoje 9h – Início do julgamento da raça Corriedale a galpão; 14h – Início do julgamento da raça Corriedale rústicos; 21h – Coquetel de confraternização e entrega de prêmios

raldo Brossard Corrêa de Mello, destaca que a feira já comprova o crescimento se comparado com a edição passada. “Hoje, nós temos a maior feira da raça Corriedale no Rio Grande do Sul. E esse cenário não se traduz apenas em números, mas também em qualidade”, declara. À noite, no Salão Nobre da Rural, houve palestra técnica gratuita com o médico veterinário uruguaio Pedro Scritini, que debateu o tema da engorda de cordeiro em pastagem de inverno em rodízio.


RURAL Calor afeta produção leiteira em Bagé Assim como as regiões produtoras de leite, no Centro e Norte do Estado, a bacia leiteira da Campanha também registra impactos por conta das altas temperaturas das últimas semanas. As vacas leiteiras sofreram com o estresse calórico na segunda quinzena de dezembro e primeira semana de janeiro, e isso acarreta em uma queda de produção.

Conforme reportagem do jornal Correio do Povo, a projeção é de redução na produção gaúcha de até 10% em fevereiro. O presidente da Associação Bageense dos Produtores de Leite (Abaleite), Paulo Poschi, destaca que os impactos foram sentidos também para os produtores locais. O calor em excesso aliado à falta de chuvas afetou

o rebanho da região. “Acredito que teremos uma diminuição de cerca de 30% na produção, isso porque o calor e a estiagem que já estava ocorrendo afetou na alimentação dos animais”, explica. Com o bom volume de chuvas registrados, na semana passada, Poschi acredita que a produção será recuperada em fevereiro.

Secretaria da Agricultura e Emater avaliam safra da olivicultura na Metade Sul Nesta semana, técnicos da Secretaria da Agricultura e da Emater realizaram uma série de visitas a produtores de oliveiras da Metade Sul do Estado. O objetivo foi avaliar o comportamento da safra atual. As vistorias indicaram boas perspectivas de colheita em 2014. Durante o trabalho, foram visitadas diversas propriedades em Caçapava do Sul, Pinheiro Machado, Candiota e Santana de Livramento. Segundo o engenheiro agrônomo da Seapa, Paulo Lipp, o volume colhido neste ano deverá ser

bem superior ao de 2013. Além disso, a evolução dos pomares na Metade Sul tem sido animador, o que vem se traduzindo em novos investimentos para a região. Em todo o Estado os plantios já ultrapassam mil hectares e o azeite gaúcho já está nas gôndolas de supermercados de vários estados brasileiros. A Seapa, através da Câmara Setorial das Oliveiras, está organizando a terceira edição da Abertura Oficial da Colheita de Oliva que, em 2014, será realizada no mês de

março, no município de Pinheiro Machado. Quando também deve ocorrer uma reunião do Grupo Técnico da Olivicultura, composto por extensionistas, pesquisadores, assistentes técnicos e professores que atuam no setor. Também participaram das visitas o agrônomo da Secretaria da Agricultura, Jorge Hoffmann, e da Emater, Tailor Garcia, além de dois representantes do grupo Spanish Olive Technology, que vieram conhecer o cultivo desta oleaginosa no RS.

Remate na Ferraria Amanhã, a partir das 15h, Em pista, 250 animais. O remate Irmã Estefânia, 1060-A, Centro, ou ocorre, na Ferraria, mais um remate tem como leiloeiro Aluizio Azeve- pelos telefones (53) 3242-1265 e de gado geral da Santa Fé Remates. do. Cadastros e informações na rua (53) 99773800.

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

5


6

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

REGIÃO

Definidas as 14 músicas Água escura gera classificadas para a reclamações em Dom Pedrito Comparsa da Canção Ziza Garske da Fontoura/EspecialFS

A Comissão Julgadora da Comparsa da Canção, festival que ocorre em paralelo à Feovelha de Pinheiro Machado, formada por Nelcy Vargas, Cristiano Quevedo e Claudiomar Fagundes, definiu as 14 composições classificadas para participarem do evento. No total, foram 628 inscritas. As composições classificadas serão divididas em duas apresentações: sete na noite do dia 31 de janeiro e as demais na data seguinte. Após, as 14 músicas voltam ao palco do festival, no dia

2 de fevereiro, para reapresentação e definição dos vencedores. O festival acontece entre os dias 31 de janeiro e 2 de fevereiro de 2014, no Parque Charrua, em Pinheiro Machado, durante a XXX Feovelha. Entre as atrações, na área artística, estão ainda os shows de Cristiano Quevedo (sexta), Os Mateadores (sábado) e Mano Lima (domingo). No dia 30 deste mês, acontece um evento pré-festival, com show da banda gaúcha Papas da Língua.

Classificadas e ordem de apresentação

Mesmo com coloração, Corsan garante que consumo não traz prejuízos à saúde

Desde o ano passado, a comunidade de Dom Pedrito vem sofrendo com um problema cada vez mais constante. A água, distribuída pela Corsan, está saindo das torneiras com uma coloração marrom, com aspecto de suja. Apesar do transtorno, a Corsan garante que a água passa por tratamento e é potável. Ainda, cita que busca mecanismos para solucionar o impasse a respeito da coloração. Segundo a empresa, a tonalidade se deve à presença

de alguns resíduos liberados pela tubulação, que seria antiga, que possui substâncias químicas de ferro e manganês. Mesmo assim, o tema tem gerado inúmeras reclamações nas redes sociais. Pelo Facebook, por exemplo, alguns questionamentos, como o de Rogério Machado Silveira, transparecem o descontentamento: “essa água suja não era nem para ser cobrada, mas se nós não pagarmos imediatamente eles cortam”. Por sua vez, Geni Batista

Batista, moradora de Porto Alegre, disse que ao visitar a cidade ficou chocada com a situação. “Passei uma semana aí e fiquei apavorada com a água. Comprei água mineral”, afirma. A Corsan orienta os moradores que, em caso de registros desta ocorrência, o cliente deve ligar para o 0800 646 6444 ou para o telefone (53) 3243-3344, para que seja feito o expurgo (retirada da água). E garante que o procedimento não terá custo adicional na conta.

Dia 31 de janeiro 1 – A Um Par de Orelhas Alertas Polca, com letra de Matheus Costa (Dom Pedrito) e música de Alexandre Brose (Bagé) 2 – Quando um Mate Traz Saudades Milonga, com letra de Giba Trindade (São Paulo) e música de Volmir Coelho (Livramento) 3 – Um Pequeno Proprietário Chote, com letra e música de Caine Teixeira Garcia (Bagé/RS) 4 – Ao Sul da Alma Milonga, com letra de Adriano Silva Alves e Xirú Antunes (Pelotas/RS) e música de André Teixeira (São Gabriel) 5 – Criado sem Mamadeira Chamarra, com letra de João Sampaio (Itaqui) e música de Amigo Souza (São Borja) 6 – Na Mesma Poesia Chamarra, com letra de Rômulo Chaves (Palmeira das Missões) e música de Émerson Martins (São Vicente do Sul) 7 – Cabo de Guerra Chamamé, com letra de Diogo Corrêa (Bagé) e música de Giordan Gomes (Pinheiro Machado) Dia 1º de fevereiro 1 – O Mouro do Pelo Grosso Chacarera, com letra de Adriano Silva Alves e Evair Soares Gomes (Pelotas) e música de Juliano Gomes (Porto Alegre) 2 – Coplas pra Juca Tesoura Rasguido Doble, com letra de Marcelo Paz Carvalho (Três de Maio), Dalvam Medina (Três de Maio) e Paulo Costa (São Gabriel) e música de Marcelo Paz Carvalho (Três de Maio) 3 – Da Campeira Essência Chamarra, com letra de Juca Moraes (Cruz Alta) e música de Émerson Martins (São Vicente do Sul) 4 – Um Regalo pra Ana Flor Toada, com letra de Henrique Calvete Corso (Canoas) e música de Cristian Camargo (Pelotas) 5 – Simples à Sombra Milonga, com letra de Gujo Teixeira (Lavras do Sul) e música de Luciano Maia (Porto Alegre) 6 – Cruz das Cordas Milonga, com letra de Marco Antônio Gotuzzo Antunes (Pelotas) e música de Fábio Peralta (Pelotas) 7 – Raízes Pampeanas Chamamé, com letra de Luiz Coronel (Porto Alegre) e música de Norma Coronel Trindade (Pinheiro Machado) Suplentes (em ordem) 1 – Quarto de Ronda Toada, com letra de Jorge Rodrigues (Santa Maria) e música de Cícero Fontoura (Santa Maria) 2 – Mouro Pampa Milonga Arrabalera, com letra de José Carlos Batista de Deus (Piratini) e música de Zé Renato Daudt (Porto Alegre) 3 – Romance de Basto e Carona Milonga, com letra e música de Marquito Ferreira da Costa e Cristiano Fantinel (Alegrete) 4 – Milonga dos Deserdados Milonga, com letra de Douglacimar Radaelli (Porto Alegre) e música de Aírton Pimentel (Porto Alegre)

Prefeitura de Pinheiro Machado vai contratar empresa para realização de concurso A Prefeitura de Pinheiro Machado, por meio de edital, confirmou a realização de licitação para contratar empresa especializada destinada a desenvolver um concurso público. No dia 5 de fevereiro, às 9h, nas dependências do Executivo,

acontece a abertura dos envelopes apresentados pelas empresas interessadas. A necessidade de provimento de alguns cargos públicos já havia sido mencionada, ano passado, pelo prefeito José Felipe da Feira.


SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

7


8

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

POLÍTICA Emanuel Müller

emamuller@gmail.com Presidente informa demissão de estagiários de vereadores, veda viagens de participação de parlamentares para cursos e estuda medidas para controle financeiro da Câmara em 2014

Pior do que parecia ser Uma reunião, na tarde do último dia 15, selou as primeiras medidas da nova presidência da Câmara de Vereadores em relação às questões financeiras para este ano. As notícias não foram nada boas. Esperava-se no Legislativo um aumento no repasse da Prefeitura no valor de aproximadamente R$ 1,2 milhão. O que virá são cerca de R$ 700 mil. Parece muito, mas em uma estrutura com 17 vereadores, funcionários, assessores e manutenção, mais uma vez o aperto financeiro

estará presente na Câmara. Entre as primeiras medidas adotadas estão a demissão de 17 estagiários que atuavam junto aos gabinetes dos vereadores (no período de recesso), a decisão de não pagar inscrição e diárias para cursos de aperfeiçoamento (assim como já ocorrera em 2013), demissão de uma assessora técnica especial (que atuava junto à TV Câmara) e até suspensão da assinatura de jornais da capital. E pode ser só o começo. O problema é que a decisão

não foi comunicada aos vereadores ainda no último dia 15. Ao chegarem, ontem pela manhã, no Legislativo, os estagiários souberam da demissão. Tão logo a reunião da Comissão Representativa começou, ontem pela manhã, o presidente Uílson Morais (PMDB) pediu a interrupção para reunião com os vereadores. Pelo menos em um primeiro momento não será necessário demitir assessores parlamentares, como ocorrera ano passado.

O Legislativo tem sua receita fatiada da seguinte forma: até 70% podem ser destinados ao pagamento dos funcionários - incluídos os próprios parlamentares, funcionários do quadro e cargos em comissão. Os

estagiários não entram nessa cota, por se tratar de um convênio com o CIEE. Eles integram a cota restante de 30%, destinada à manutenção e serviços realizados pela Câmara - neste valor estão, por exemplo, os recursos para

diárias, TV Câmara e o acordo firmado em 2013 para garantir repasse de valores a 15 entidades assistenciais (que será parcelado e será de R$ 200 mil). O vale-transporte dos estagiários também sai desse percentual.

O grande problema é que a Câmara trabalha em ambos os casos no limite. Com o acréscimo do pagamento de férias e 13º salário a vereadores, funcionários e assessores, o gasto já ultrapassa o percentual - delimitado pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Com a estimativa de receita prevista, a Câmara poderia utilizar até R$ 37 mil mensais a mais que em 2013, com os acréscimos dos direitos trabalhistas. Apenas com a folha de janeiro o valor chegou a R$ 390 mil. O Legislativo, por outro lado, já leva em conta a

reposição da inflação nesse cálculo. “Se não tomarmos algumas atitudes, vou sofrer apontamento do Tribunal de Contas (do Estado). Os números são bem claros”, explica Morais. A decisão de dispensa dos estagiários para o recesso é porque, naturalmente, há um menor movimento no Legislativo durante esse período. Dos R$ 700 mil que a Câmara terá de incremento no duodécimo (6% da receita tributária que a Prefeitura poderá repassar), R$ 490 mil podem ser utilizados com a folha. “Se não cumprir a lei, o presidente

receberá apontamento do Tribunal de Contas, o que é uma das piores coisas que pode acontecer, porque corre risco de inelegibilidade”, pondera o procurador jurídico da Câmara, Eduardo Deibler, que participou da reunião. A preocupação não é só com a folha. As despesas de manutenção da Câmara também estão perto do limite, segundo Morais. A intenção do presidente é recontratar os estagiários para os gabinetes dos parlamentares em março - o que é preciso esperar é para saber se será no início ou final

Estrutura de receita

Matemática

O SEU

FUTURO COMEÇA AQUI.

Fotos: Emanuel Müller

Vereadores questionam por não terem recebido aviso

do mês. A economia ficará ao redor de R$ 20 mil. Com a suspensão de assinaturas de jornais de Porto Alegre, a economia ficará em R$ 10 mil ao ano. Outros 15 estagiários que atuam em diferentes setores da Câmara serão mantidos, sob justificativa de que atuam para o trabalho legislativo como um todo e não individualmente para cada parlamentar. Outra medida foi a suspensão de participação de vereadores em cursos de aperfeiçoamento. “Não tem como. Cada inscrição para um

curso custa cerca de R$ 360, além de diárias para o vereador e motorista. Nossa ideia é trazer cursos do IGAM (Instituto Gamma de Assessoria a Órgãos Públicos) para Bagé, onde terão abrangência a todos os vereadores”, ressalta Morais. Os vereadores Rafael Fuca (PT), Lelinho Lopes (PT) e Geraldo Saliba (PTB), que haviam apresentado requerimento para participar de cursos na União dos Vereadores do Rio Grande do Sul (Uvergs), em Porto Alegre, retiraram os pedidos, ontem, em plenário.

MATRÍCULAS ABERTAS.

GARANTA SUA VAGA!

Av. Marechal Floriano, 1335 Bagé - RS Tel: (53)32425580 www.colegioauxiliadorabage.com.br


POLÍTICA Alternativas

Algumas saídas para solucionar a crise financeira da Câmara foram apresentadas na reunião entre os vereadores. Como não há forma de aumentar a receita, a necessidade é reduzir despesas. Uma delas seria redução de funcionários adidos (que são da Prefeitura, mas estão cedidos à Câmara e recebem pelo Legislativo, inclusive com benefícios próprios dos servidores da Casa) ou mesmo a exoneração de CCs. Hoje, a Câmara conta com seis servidores adidos. “Vamos analisar todas as possibilidades”, reforça Morais.

Questionamentos

Joaquim Barbosa é a bola da vez

Presidente alerta para necessidade de contenção de despesas, como já ocorrera em 2013

Janise Collares (PT), Rafael Fuca (PT), Lelinho Lopes (PT), Omar Ghani (PT) e Caio Ferreira (PT). “Entendo a preocupação dos vereadores, mas a situação é alarmante”, reconhece Morais. Carlinhos e Caio voltaram a pedir para que decisões importantes sejam comunicadas aos parlamentares, enquanto Ghani criticou a falta de diálogo. “No ano passado, o então presidente Pauli-

nho Parera trouxe demonstrativos e conversou conosco antes de tomar a decisão. Acredito que se tivéssemos sido chamados e pudéssemos informar aos estagiários a notícia da demissão teria sido menos impactante”, pondera o líder do governo. Janise pediu a Morais que avalie a possibilidade de diminuição de CCs da Câmara (não dos vereadores) e dos adidos.

Morais enfatiza que pretende realizar os cortes necessários para garantir tranquilidade nos próximos meses ao trabalho dos vereadores.

O presidente reafirmou que com a economia pretende, ainda em 2014, implantar uma rádioweb para disponibilizar o áudio das sessões, bem

como instalar um elevador para acesso de pessoas com deficiência. Morais destacou a necessidade de reformas no plenário e em alguns gabinetes.

A discussão sobre implantação de uma verba de gabinete para os vereadores foi sepultada. Morais informou na

reunião que consultou o Tribunal de Contas do Estado sobre a possibilidade, mas os auditores foram taxativos. “Não há como

fazer, sob risco de apontamento. Algumas câmaras que instituíram a verba de gabinete estão extinguindo”, revela.

Os leitores podem questionar: como a Câmara pode alegar crise financeira se houve a devolução de R$ 800 mil para a Prefeitura em 2013? Acontece que, a bem da verdade, não se trata de uma devolução. Todo

o orçamento do Legislativo é baseado em estimativa, segundo a contadora da Câmara, Adriana Kisata. A cada mês, o presidente do Legislativo comunica à Prefeitura o valor necessário para as despesas com a Casa. O valor a

que o Legislativo teria direito é de X por mês. Mas, se não houver necessidade, com base na estimativa, o Executivo não repassa todo o valor - apenas aquilo que a Câmara indicou como necessário para sua necessidade. É a sobra.

Sem verba de gabinete

Como funciona a devolução do duodécimo

Presidente responde que quer apenas postura de assessores em plenário

Lelinho vai à tribuna com boné e camisetas de clubes

As medidas adotadas pela Mesa Diretora, divulgadas pela FOLHA do SUL, na edição do último dia 14, sobre a postura de assessores em plenário, repercutiu na reunião de ontem da Comissão Representativa. Acompanhado de duas camisetas - uma do Grêmio e outra do Grêmio Esportivo Bagé - além de um boné, o vereador Lelinho Lopes (PT) realizou manifestação na tribuna sobre o assunto. Embora destacasse que respeita a decisão, manifestou que não concorda com as determinações. “A política que fazemos não está na roupa, está no compromis-

so que temos com a população”, aponta o petista. Para Lelinho, o que interessa é a forma de atuação. Identificado com a juventude, justificou a forma com a qual se veste, de maneira mais esportiva e acompanhado do boné. Mesmo tendo levado as camisetas dos times que torce e o boné, o vereador não as vestiu. “Eu mudaria minha postura se viesse para a Câmara de terno e gravata”, considera. O petista encerrou sua manifestação dando uma cutucada nos colegas. “Se a Mesa Diretora que está aí foi Petista afirmou que política não está eleita é porque também contou com na roupa, mas no compromisso com o meu voto”, dispara. a população

Pouco tempo depois foi a vez de Uílson Morais (PMDB) ocupar a tribuna. O presidente não fugiu do debate. “Conversei com o senhor, vereador Lelinho, hoje pela manhã, e o senhor parecia ter entendido as medidas”, assinala. “Eu só pedi postura em plenário, não critico ninguém por estilo próprio. Mas como

vou cobrar do senhor que não utilize boné no plenário se o seu assessor utilizar?”, indaga. As regras, em ordem de serviço da Câmara, estabelecem regras para a assessoria dos vereadores durante as sessões, no plenário. Está proibida pelas assessorias que acompanham os trabalhos a utiliza-

Reação

9

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral

Os vereadores manifestaram contrariedade com a decisão, sobretudo pelo fato de não terem sido informados da medida. Morais pediu desculpas pelo que admitiu ter sido “precipitação” - inclusive voltou a pedir escusas na tribuna. Durante o encontro, o presidente ouviu as ponderações de Carlinhos do Papelão (PTB), Esquerda Carneiro (PTB), Geraldo Saliba (PTB),

Foco

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

ção de bonés, bermudas, chinelos, calção, shorts, camisetas de times de futebol, bem como qualquer tipo de propaganda. A justificativa é a necessidade de se manter a boa disciplina e a boa imagem do parlamento municipal, levando-se em conta a transmissão pela TV Câmara das sessões plenárias.

Só não se dá conta quem não quer. Existe uma “organização” formada para tentar desmoralizar as instituições. Ontem, abordei a resolução do TSE em condicionar as investigações do Ministério Público Eleitoral a uma decisão do juiz. O Congresso já havia falhado na tentativa quando teve, por força do grito das ruas, de arquivar a PEC 37 que tratava do mesmo tema. Tempos atrás, a Polícia Federal só atuava quando a chefia mandava ir a fundo. Então, o tema que vou abordar hoje, não foge ao esquema montado. E o que é pior, a “bola da vez” é o ministro Joaquim Barbosa. Aliás, após a condenação dos mensaleiros, a tentativa de desmoralizá-lo tem sido muito grande. Nada até agora “pegou”. Ele é culpado, único, segundo interpretei nas declarações, da condenação dos mensaleiros. Os demais que votaram com o relator seriam, para os denunciantes, uns idiotas. Uma Maria vai com as outras. São simplesmente meros coadjuvantes. Ontem, li uma matéria na imprensa nacional que me deixou com a pulga atrás da orelha. O presidente do Supremo, em viagem de férias, teria recebido diárias. Ele está na Europa. Achei aquilo meio estranho. Visado como só ele, deixar este “furo” para seus críticos seria muita burrice. Mas dei a notícia no Visão Geral Rádio. No entanto, como faço sempre, fui conferir a informação. O próprio site do Tribunal informa as diárias. Porém, tem um adendo muito importante: presidente Joaquim Barbosa interrompe as férias para representar o Supremo na França e Inglaterra. Como grande parte da imprensa não salientou este “pequeno” detalhe, a informação serve para denegrir a imagem do ministro. O cidadão que me encontrou na porta da rádio para me dar a informação assim se manifestou: “caiu a máscara do Barbosa”. Sua fonte foi um jornal de Porto Alegre. Trocando em miúdos a informação, o presidente do Supremo foi convidado, no ano passado, a apresentar detalhes sobre o sistema judicial brasileiro. Todos sabiam porque foi manchete. Mas o que a maioria da imprensa omitiu foi a interrupção de suas férias para representar a Suprema Corte. Fato que lhe dá o direito de receber diárias. Tem dedo de mensaleiros ou de seus defensores, na publicação da matéria. Mas também tem omissão jornalística no sentido de apurar a veracidade dos fatos. Até eu, senil confesso, tive acesso à nota do Supremo. Só não teve quem não quis. Li a frase de um colunista da Veja, Ricardo Setti, que esclarece bem o momento atual: “O ministro Joaquim Barbosa: por acaso representar a Suprema Corte do Brasil em palestras diante de auditórios qualificados na Europa acarreta algum prejuízo ao país ou a sua imagem?”. Respondo ao ouvinte que me deu a notícia: “não caiu a máscara do Joaquim Barbosa. Ele, até prova em contrário, não tem máscara”. Mas não se iludam, a tentativa de desmoralizar as instituições vai continuar. O que precisa é confirmar as informações que nos chegam toda hora. O resto credito à eleição.

Câmara de Vereadores X Tribunal de Justiça

O presidente da Câmara de Bagé, em reunião com a Mesa Diretora, resolveu proibir o uso de bermudas, chinelos, bonés e camiseta de física no plenário da casa. Alguns interpretaram mal e taxaram a medida como ditatorial. Hoje em dia, está na moda ir almoçar, em um restaurante, e não tirar o boné (chapéu, boina, etc) à mesa. Para nós, os antigos, aquilo é falta de respeito. Para os mais jovens, é moda. A plateia que assiste às sessões segue como “dantes”. Leiam matéria da coluna radar intitulada “Sem paletó e gravata”. “O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro liberou os advogados do uso do paletó e gravata nos tribunais de primeira instância até 21 de março, último dia de verão. Mas a presidente do TJ, Leila Mariano, ressalva que não foi abolido o uso “da calça social e camisa social devidamente fechada”. De qualquer forma, é uma novidade marcante: no Judiciário, o uso do terno e gravata sempre foi uma lei pétrea, que nunca se ousou quebrar. Que decisões que não só podem como devem ser quebradas. Uma delas aconteceu em Bagé e a outra no Rio. Como as duas cidades têm afinidades, pois seu padroeiro é o mesmo, São Sebastião, nada melhor que decisões com estas para mexer com o marasmo. Gera discussões. E como é bom! Não é?


10

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

Gleider Ayres

Meneses diz que orientações já foram passadas ao poder público

Alvarás

Meneses ressalta que nenhum dos três estabelecimentos tem autorização para realizar festas ou mesmo colocar mesas e cadeiras nas calçadas. “Outra

GERAL

Promotor destaca que falta ‘Estudo de Impacto da Vizinhança’

Moradores afirmam que limite de horário de estabelecimentos próximos à Urcamp não é cumprido a quinta-feira, e até a meia-noite, nas sextasfeiras, sábados e domingos, o que não está sendo respeitado”, acrescenta. A reclamação dos moradores é quanto o som alto que, segundo eles, vai até tarde da noite. “Moram aqui trabalhadores, pessoas idosas, alguns doentes, precisamos da noite para descansar. Eles querem fazer festa nas calçadas e é a isso que somos contra”, destaca. O responsável pela 1º Promotoria Especializada, Everton Luis Resmini Meneses, enfatiza que falta ações da Prefeitura. “Os estabelecimentos estão localizados em área residencial, então é comum que surja este tipo de reclamação. Pedimos que a Prefeitura aumentasse a fiscalização, o que foi feito, e

que um Estudo de Impacto da Vizinhança fosse regulamentado dentro do Plano Diretor da Cidade”, pontua. Meneses explica que este estudo deve ser feito antes da liberação do alvará de funcionamento. “Este estudo precisa estar regulamentado através de lei municipal, o que não acontece na cidade. Fizemos esta orientação ao município e aguardamos retorno”, comenta. O secretário da Fazenda, Tirso Delabary, garante que tudo já está sendo providenciado. “A fiscalização dos alvarás segue normalmente. Quanto à criação da lei para o estudo, está sob análise no Setor de Fiscalização da Sefaz, com auxílio da Projur”, destaca.

orientação repassada ao município foi Outro ponto levantado pelo promoa não renovação dos alvarás destas em- tor é a falta de um local específico para presas até que o Estudo de Impacto da que os jovens possam se reunir. “Não Vizinhança seja feito”, diz. existe, hoje, em Bagé, um local especí-

fico para que o público jovem possa se reunir e ouvir música, beber sua bebida. Esta seria outra opção a ser pensada na cidade”, encerra.

Após a publicação da matéria sobre o abaixo-assinado de um proprietário de bar, no entorno da Urcamp, na edição de quinta-feira, moradores dos arredores do local afirmam que o cumprimento da liminar – que estipula horário para funcionamento – não está sendo obedecido, e que som alto e venda de bebidas continuam após às 22h, nos dias de semana, e após a meia-noite, nos finais de semana. De acordo com uma moradora, que preferiu não se identificar, Quadrilátero do Silêncio não existe mais. “Na verdade, o que existe agora é uma liminar contra três estabelecimentos responsáveis pelo barulho e perturbação. Foi estipulado, na Justiça, que eles podem funcionar até às 22h, de segunda


GERAL

SEXTA-FEIRA

11

17 de janeiro de 2014

As várias facetas de São Sebastião Fotos: Renata Lima

r

e r o a -

-

.

Catedral de São Sebastiãoo

Catedral de São Sebastião

Capela do Cemitério Municipal

Prefeitura

Capela de São João

O padroeiro da cidade, São Sebastião, será homenageado no dia 20 de janeiro, com a tradicional cavalgada. Porém, o santo é lembrado todos os dias pelos fiéis católicos, já que está presente em muitas igrejas da cidade. A imagem mais antiga, apesar de não haver precisão de data, é a que está abrigada na Catedral de São Sebastião, e é levada para a procissão. Além dessa, que é itinerante, há outra que fica no santuário da igreja. O pároco da Catedral, Jair

da Silva, conta que assim que a cidade começou a ser povoada, em 1887, foi construída a primeira capela, que deu origem à Catedral, como era de costume. No local, havia uma imagem do santo, que pode ter sido trazida do Rio de Janeiro. Porém, acredita-se que essa não é a que está hoje na igreja, pois ela teria sido destruída. O que é possível observar é que a imagem do altar, possivelmente da década de 60, é mais requintada e tem adornos na cor de ouro, ao

contrário da que é mais antiga, em que o saiote aparenta ser de um tecido simples. Ainda na paróquia, há outra imagem de santo instalada em frente à casa paroquial. O São Sebastião também está na capela do Cemitério Municipal, porém, lá, a imagem é diferente e o santo aparece retratado com cabelos longos e com o corpo não tão esguio quanto os demais. As variações podem se explicar, como relata o produtor da cultura religiosa, Sávio Ma-

chado, pois havia somente uma imagem original. “Um artista imaginou e fez a obra, os demais fazem réplicas”, salienta. Sendo assim, cada um faz o santo como deseja. O saguão da Prefeitura também abriga uma imagem da santidade, mas ela guarda poucas características da original, já que quando o prédio passou por restauro, um trabalhador da obra a teria pintado com tinta de PVC. Apesar de não estar exposta, a igreja Conceição guar-

da uma imagem peculiar de São Sebastião, que somente mostra as chagas, sem as flechas. “Eu achei essa imagem aqui no meio de outras coisas e recuperei ela”, relata. Na Capela de São João Batista, que foi construída em 1935, por João Turco, há outro São Sebastião. Dessa vez, com cabelos curtos, com aspecto dos militares, também sem as flechas, somente com as chagas a mostra e sem amarrações, como na maioria das retratações.

Uma das possibilidades, de acordo com a pesquisadora Elizabeth Fagundes, é que a imagem de São Sebastião tenha chegado ao Brasil por volta de

1820, trazida por Estácio de Sá, em homenagem ao rei de Portugal, São Sebastião. O fato é uma versão da história, como diz Elizabeth.

Ela conta que há indícios de que também houve uma imagem de São Sebastião em Santa Thereza. A suspeita é que o santo possa estar em outra igreja.

Sobre a disseminação das imagens pelas várias capelas da cidade, a pesquisadora acredita que o fato se dá pela oferta dos vendedores de imagens e pela

doação dos fiéis. “Eu acredito que havia bastante produção de imagens de São Sebastião, por isso há tantas pela cidade”, pondera.

Origem


12

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

por Giuliana Bruni interina

O tom de Nadi

N

ão sei definir meu sentimento pela arte”. Assim responde Ronaldo Barcellos, conhecido como Nadi, de 46 anos. Ele, que é artista plástico nas horas vagas, trabalha na Secretaria de Assistência Social durante o dia. Quando a inspiração lhe chega, são as tintas que dançam no papel, transformando a tela branca em uma linda obra de arte. Nadi tem voz mansa e sorriso constante no rosto. Trabalhou por 20 anos na área de publicidade e propaganda, pintando painéis. Quando Nadi decidiu que entraria para a faculdade, há cinco anos, resolveu escolher o curso de Artes, na Urcamp. A garagem da casa se transformou em um mundo encantado, onde as paredes foram coloridas por quadros pendurados. Materiais de diversas origens se encontram na peça. Além das telas, o artista utiliza muito o disco de vinil. É que nos anos 80 ele era DJ, e a coleção está na sala, em uma estante junto ao toca-discos. “Os discos de vinil que já estão muito velhos e arranhados eu uso para pintar”, explica. O bageense improvisa e tudo vira arte nas suas mãos. Ele já expôs os trabalhos algumas vezes, mas muitas das vendas acontecem entre amigos. “Algumas pessoas vêm me visitar e quando enxergam os quadros na parede gostam e acabam comprando”, conta. Sobre o futuro, não muito longe, o artista pretende organizar uma exposição, mas ainda não há data marcada. Quando pergunto sobre a inspiração, ele explica: “tem dias que não consigo olhar para as tintas, mas em outros a inspiração chega do nada”, revela. Nadi é casado com Iara, que produz artesanato. A casa parece uma grande tela, cheia de detalhes artesanais. O ex-DJ e ex-publicitário, sempre foi artista. “Sempre gostei de fazer coisas diferentes das outras pessoas na escola”, ressalta. Em uma tela improvisada na própria parede da garagem, Nadi vai unindo cores, transformando objetos e trazendo novos significados ao seu próprio dia a dia. Criativo, ele mistura o dom ao tom de cada aquarela pendurada.

SOCIAL


SEXTA-FEIRA

SOCIAL

17 de janeiro de 2014

13

Verão e as piscinas Nada melhor do que se refrescar neste calor. E, para quem fica na cidade, a solução é aproveitar o dia nos clubes. Confira nas fotos os bageenses que andam circulando por aí.

Gabriel de Ávila foi direto para a piscina se refrescar

O pequeno PJ ao lado da mãe, Márcia Rochinhas, e do mano Fernando Rochinhas

Os amigos Luiz Alberto Milano e Rosalvo Perez também aproveitaram o dia para ir ao clube

Willian Walker e Lázaro Leite aproveitam a tarde para curtir o sol

O casal Leda de Ávila e Antônio Carlos Santana

O pequeno Afonso Soares se diverte muito


14

SEXTA-FEIRA

17 de janeiro de 2014

ENTRETENIMENTO

ANIVERSÁRIOS

HORÓSCOPO

- Jesus Madruga - Ibanor Trentini - Maria Diva Severo Lopes - Cláudio Fernandes Brasil - Jéssica Marin

- Viviane da Silveira - Daniella Mór - Flávio Antônio Varella - Marcelo Infantini - Ana Paula Magalhães Silveira

O Hobbit: A Desolação de Smaug [LEG]

Crô - O Filme

cinema programação

19h

21h

O dia segue mais tranquilo, mas com as paixões e os desejos à flor da pele. Procure tirar um tempo para estar ao lado de seu amor. Caso esteja só, é possível que conheça alguém nos próximos dias. Um amor do passado pode voltar.

As energias estão bem mais tranquilas nesta fase, apesar de Marte continuar em seu signo. Questões relacionadas às finanças continuam fazendo parte de suas preocupações. O dinheiro demora, mas quando chegar, vem para ficar.

Vênus, seu regente em movimento retrógrado unida à tensão de Marte, conseguiu afastar as pessoas mais importantes de sua vida, mas este processo ainda não terminou. Uma reviravolta ainda é possível até o final do mês.

Saturno continua exigindo compromisso e responsabilidades em todos os setores de sua vida. Este processo continua durante todo o ano. O momento é ótimo para refletir sobre os próximos passos em direção à novas estruturas.

A fase começa a melhorar significativamente para suas finanças. O momento envolve crescimento e expansão de contatos e possíveis contratos assinados. Aprofundamento emocional continua fazendo parte deste momento.

Sua saúde continua frágil e você deve cuidar dela com mais carinho. Uma boa alimentação e um programa de exercícios adequado podem ajudar na retomada de sua energia vital. O momento envolve muito trabalho.

A fase é de grande melhora depois de tempos de turbulência. Questões relacionadas ao amor mexem com seu coração. É hora de ter aquela conversa importante, agora sem a tensão e a possibilidade de brigas e rompimentos.

Dias mais leves, depois de muitas turbulências, devem ser aproveitados. O momento ainda envolve resoluções no amor e no trabalho. Alguém do passado pode ter voltado e mexido novamente com você. Não decida nada agora.

Seus projetos de trabalho e saúde retomam o equilíbrio necessário. É hora de cuidar-se com mais carinho e entender que seu corpo também passa por um processo de mudanças e fragilidade. Que tal um bom programa de exercícios?

Os dias seguem bem mais tranquilos e você começa a retomar o equilíbrio perdido. As emoções, mesmo que ainda um pouco confusas, também começam a retomar seus lugares. Novas estruturas são criadas em sua carreira.

Os estudos e projetos de viagens continuam sendo seu foco e fazendo parte de importantes decisões em sua vida. No entanto, questões relacionadas ao amor precisam ser conversadas para a retomada do equilíbrio.

Você tem estado bastante insatisfeito com seus projetos. Procure ter um pouco mais de paciência, pois algo novo pode chegar para direcionar você a uma nova vida. Uma longa viagem pode ser o ponto chave das mudanças vindouras.

NOVELAS Mundo, Iolanda e Pérola conseguem despistar o delegado. Amélia procura Pilar para saber por que ela mentiu para o juiz. Manfred manda Venceslau sair de seu apartamento. Sonan escreve uma carta para Matilde declarando o seu amor. Disfarçado, Franz segue Manfred e o vê conversar com Kleber. Odilon beija Belmira. Miquelina procura o delegado para perguntar sobre Kleber e Arlindo fica furioso ao vê-los. Franz segue Kleber. Keila e Kléber são dopados por Heloísa. William vê os seguranças o seguindo e avisa Marlon. William enfrenta Tereza. Edu entra na casa de Kléber no momento em que Heloísa e Flávio procuram pistas. Marlon não consegue encontrar a chave da ala proibida do laboratório. Tereza ordena Breno a ligar a máquina em carga total, e William se apavora. Valdirene destrata os fãs, e Márcia a repreende. Félix fala para Silvia que Fabrício foi sequestrado. Carlito decide ficar com Raquel, depois de levar um fora de Valdirene. Félix e Eron brigam no hospital, e Paloma repreende os dois. Félix e Niko falam com Simone e descobrem que Amarilys foi para Angra dos Reis.


GERAL

15

Filme

Crônica

Antônio Almeida

Lendas de égaB Há em égaB um antigo contador de histórias. Com centenas de luas de idade, ele acompanhou o nascimento do reino vindo a tornarse o guardião de todos os segredos que existiam naquele pedaço de terra. Diz ele que muito antes do nascimento do reino passaram por ali dois irmãos, lebA e miaC, que estranharam-se profundamente após a oferta de um presente a sueD. A desavença não terminou bem e miaC acabou matando lebA. Desgostoso com o ocorrido, sueD, com voz de trovão, teria amaldiçoado miaC assim dizendo: “e agora maldito és tu, sobre a terra, que abriu a sua boca para receber o sangue de teu irmão derramado por tua mão. Quando lavrares a terra, ela não te dará mais sua força; serás fugitivo e errante na Terra”. Ainda profundamente irritado, sueD ainda teria dito: “da mesma forma que a terra recebeu sangue, miaC também receberia o sangue em sua boca. Os frutos retirados da terra, aqueles mesmos que miaC ofereceu ao Senhor, não mais o alimentaria, somente pelo sangue de animais ou dos homens ele poderia sobreviver. Foi assim, segundo o contador, em decorrência deste fato que o visionário monarca da época acabou criando um ocnaB ed eugnaS. Teria o rei justificado a ação dizendo que, se alguém precisasse de fluído vital, ele ali estaria sendo coletado e depositado. Tudo aconteceu sem transtorno, até que no reinado de uduD o ocnaB deixou de existir. Desde então, inúmeros problemas apareceram. O reino cresceu e os doentes que precisavam de fluídos ficavam em um portal à espera do pior. Chegaram a colocar carruagens para transportar familiares e amigos até o vizinho reino de satoleP, onde ainda existia um ocnaB. As experiências não foram boas e até mesmo essa ação acabou tendo desdobramentos não favoráveis aos necessitados. Com este problema, disse o ancião, égaB ficou sendo conhecida como a mais segura cidade do reino. Em decorrência desse problema, todos os vampiros que vagueavam pelo mundo jamais realizavam paragens no lugar. Temiam, eles, ser acometidos por alguma moléstia que os fizessem necessitar de fluídos vitais. Os vampiros foram os primeiros a sentir o problema. Atualmente, todo o reino teme por uma desgraça que, se acontecer, levará muita gente embora para um plano bem diferente deste. Ao terminar a história o contador tinha lágrimas nos olhos. Há bem pouco sua mãe precisara de eugnaS e morreu pela falta dele. Quase balbuciando, ele pediu a sueD não permitir que isso aconteça com algum nobre mandatário. A dor é imensa e não vale a pena ser repetida. av_almeida@yahoo.com.br

Ricardo Belleza

Capitão Phillips (EUA-2013)

Drama com suspense baseado em fato real dirigido por Paul Greengrass. Navio cargueiro norte-americano levando comida e mantimentos para a Somália é perseguido e abordado por piratas que sequestram o seu capitão. Tom Hanks interpreta o capitão sequestrado, fazendo o que ele sabe de melhor desde “O Náufrago” (2000), ou seja, interpretar superação e raciocínio em situações extremas. O roteiro foca o suspense arrebatador de um americano sequestrado por piratas da Somália, e seu relacionamento dentro de um pequeno barco salva-vidas. Barkhad Abdi interpreta “Muse”, o capitão dos piratas, e se sai muito bem contracenando com Hanks. Não esperem um grande filme, é um filme bom, bem feito, sobre pessoas de um país pobre entrando em contato com uma pessoa de um país rico. Vê-se claramente que se trata de um filme com razões políticas. Tal qual “Argo” (2012), “Capitão Phillips” é uma espécie de super propaganda para contar uma história com pouco conteúdo, que parece ter sido feita unicamente para intimidar este tipo de crime. As estrelas desta produção são novamente os “Navy Seals” ou “focas da marinha americana”, uma força militar especial treinada em terra, ar e mar. Esse comando especial foi o mesmo que matou Bin Laden e, agora, é o grande trunfo das forças armadas norte-americanas contra seus inimigos. Dedico essa coluna ao amigo, artista plástico, e também cinéfilo de carteirinha, Carlo Andrei Rossal.

O ordenamento íntimo Tempos atrás houve um senso nacional, cujo resultado foi pela preferência popular por um governo de ditadura, o que, aliás, já havia aparecido em manifestações anteriores semelhantes e que, talvez, possa ser compreendido à luz da evolução do comportamento humano. Em primeiro lugar, há que ser valorizada na raça humana a existência intrínseca de uma condição animal com todas as suas características, a qual vai desaparecendo à medida que o cérebro vai tendo o seu amadurecimento completado, a partir do nascimento e durante o primeiro ano de vida, que é quando o ser neonato obtém uma condição anatômica e fisiológica conveniente, capaz de absorver o aprendizado, base da socialização. E é este, o aprendizado, e quem o ministra, que retira o ser humano da rusticidade da condição irracional.

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

Assim é durante seis ou sete anos de vida, período em que se sedimenta a base da personalidade, associado à formação dos parâmetros de conduta, como fruto do que é aprendido, quando a criança introjetará conhecimentos que se transformarão em regras e, depois, em moral, bem como, absorverá a figura daquelas pessoas que os ensinaram, os quais passarão a ser evocados como os guardiões emblemáticos do que é certo ou errado ao longo da vida; é a fisiologia básica imutável do comportamento. E para sempre o ser humano sentirá a necessidade de ser norteado por estas noções fundamentais e seus representantes, as autoridades primeiras, o ordenamento familiar. Ao longo da vida, a obediência a essa fórmula será mandatória, necessária e confortante; a sua desobediência, por vários motivos psicopatológicos, representará a transgressão às regras,

muitas vezes desconfortável e afeita somente à minoria da sociedade. Regras essas que a natureza se encarregou de vincular às figuras - as autoridades – que as ensinaram, de forma inseparável quanto a sua eficácia. Ou seja, a presença real ou simbólica da “autoridade familiar” é fundamental ao ordenamento, este, o ponto fundamental de nosso tema. Advindo daí a frequente necessidade que o homem experimenta de ter de buscar recurso na reafirmação do ordenamento dado pelo pai, pelo professor, guarda, síndico, padre, pelo líder do bairro e demais figuras introjetadas na forma de suas autoridades. Há algum tempo, na cidade de São Paulo, foi experimentado o uso de bonecos infláveis, vestidos de guardas de trânsito, nas esquinas mais movimentadas, verificando-se uma diminuição

Coluna do Doutor

José Brasil Teixeira

das infrações naqueles locais. É fácil observar que a figura do guarda imóvel em uma área da cidade é suficiente para que diminuam as ocorrências, fruto, por certo, do efeito da antiga presença de nossos pais em determinado ambiente como fator de inibição de uma “arte” infantil, mais um fator de ordenamento do comportamento de que o homem necessita para que a vida social seja ordeira, caso contrário, o “ordenamento animal” é o que prevalece. Retire-se a polícia das ruas e muitos viram saqueadores, invasores, pichadores, malfeitores e assim por diante. Assim, retire-se o filho do seio da família - como são as crianças de rua - e criaremos prováveis infratores. Como os entrevistados da pesquisa inicial queriam uma autoridade, materializada em uma entidade entendida como se fosse uma ditadura. Conclui-se, por esse racio-

cínio, que a liberdade é belíssima e necessária, que a democracia - materialização governamental desta liberdade - é o melhor dos governos, mas que elas são idealizadas dentro de determinados fundamentos que as limitam - os limites do homem – a serem obedecidos por uma sociedade madura, ilustrada, controlada, socializada, solidária, com comportamento e conduta bem formados. E, sobretudo, bem governada por representantes íntimos do ordenamento humano, aqueles necessários ao bom funcionamento de cada um. Um ordenamento que se transmude para a sociedade ideal, cujos cupins são a miséria, a corrupção, o desemprego, a fome, a insegurança, a ignorância, a falta de cultura, a malversação das vidas, o descaso com a natureza e o ambiente, o desvirtuamento moral e frequente, sem deixar de citar-se os eloquentes maus exemplos.


SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

GERAL

Bagé fora dos planos da Copa Arquivo/FS

16

Local teria sido apontado como um possível estacionamento de aeronaves

Depois de ter sido levantada a hipótese do aeroporto de Bagé, Comandante Kraemer, servir como estacionamento para as aeronaves das confederações das seleções, nada foi confirmado até agora. Conforme tinha sido anunciado, havia a possibilidade do pátio do local ser utilizado por aeronaves como ponto de parada. De acordo com o superintendente substituto do aeroporto, Márcio Galvão, o local não foi procurado por nenhuma empresa. “Até o momento,

não recebemos a confirmação, nem fomos procurados pelas empresas aéreas. Acredito que isso não irá ocorrer, pois Bagé fica longe de Porto Alegre”, informa. Galvão ainda afirma que o pátio do aeroporto é pequeno. “Temos um espaço limitado aqui, que comportaria uma ou duas aeronaves pequenas. Por isso, acredito que não irá se confirmar o rumor, porém pode ser que alguém entre em contato conosco nas próximas semanas”, comenta.


GERAL

Técnicos do Ministério da Saúde vistoriam terreno onde será instalado serviço de radioterapia Na última terça-feira, técnicos do Ministério da Saúde visitaram a área, ao lado do CIOM, onde será construído o prédio da radioterapia, que abrigará o bunker e o acelerador linear, para confrontar com o projeto da obra. O provedor da Santa Casa de Caridade, Luis Alberto Vargas, acredita que a verificação foi positiva, já que os visitantes não fizeram nenhuma observação. A radioterapia vai garan-

tir a ampliação dos serviços de oncologia na cidade, que já conta com a quimioterapia, fechando o ciclo de atendimentos. A perspectiva é que, em abril, a empresa que fará a obra já esteja definida. “O próximo passo após a visita é o processo de licitação”, explica Vargas. Depois da concorrência para contratação de empresa de engenharia para a execução das obras físicas, os novos aparelhos devem ser instalados no

ano seguinte, quando as obras de criação ou ampliação serão finalizadas. O espaço deve beneficiar, de forma direta, cerca de 200 pacientes, número médio de usuários que precisam se deslocar para outras cidades, como Pelotas e Rio Grande, para receber o atendimento. O serviço, além de trazer conforto, trará economia para o município, pois não precisará mais fornecer o transporte para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Hoje, o SUS conta com 248 equipamentos de radioterapia, distribuídos em 155 serviços, que são responsáveis por 9,6 milhões de sessões de radioterapia por ano. Com o novo lote de compra, 41

novos e ampliação de 39 serviços já existentes, a população passa a contar com 328 equipamentos e 196 serviços, com capacidade para a realização de 13 milhões de sessões por ano. A radioterapia,

juntamente com outras técnicas, é indicada para tratamento do câncer, que representa a segunda maior causa de mortes no país. São cerca de 500 mil casos novos por ano no Brasil.

Cenário

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

Arquivo FS

17

Coopersul terá eleição em março A Cooperativa Regional de Eletrificação Rural Fronteira Sul LTDA. (Coopersul) publicou edital, no dia 15, declarando aberto o processo eleitoral para a escolha dos membros do Conselho de Administração e Conselho Fiscal da entidade. O pleito, aliás, já tem data marcada. Será no dia 16 de março, das 8h às 17h. A Coopersul, presidida, atualmente, por Vital Cardoso Abreu, atende regiões rurais dos municípios de Aceguá, Bagé, Candiota e Hulha Negra.

Vargas acredita que em abril será conhecida a empresa que fará a construção do prédio em Bagé


18

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

UM CRESCIMENTO PUXA O OUTRO: QUANTO MAIS O ESTADO SE DESENVOLVE, MAIS O SALÁRIO MÍNIMO REGIONAL AUMENTA. O RIO GRANDE DO SUL ESTÁ MELHOR. 12,7% DE REAJUSTE PARA O SALÁRIO MÍNIMO REGIONAL MAIS DE R$ 1,3 BILHÃO GIRANDO NA ECONOMIA GAÚCHA Em 2013, o Rio Grande do Sul cresceu duas vezes mais do que o Brasil. Agora, com o reajuste que deixa o salário mínimo regional 20% maior do que o nacional, o Governo do Estado beneficia os trabalhadores e todo o Rio Grande do Sul. Este aumento injeta mais recursos e gera um ciclo virtuoso na economia do Estado. Assim, mais gaúchos aumentam seu bem-estar, as empresas têm seu crescimento estimulado e o desenvolvimento de todo o Rio Grande do Sul é promovido cada vez mais. Esta é a igualdade que faz a diferença.


GERAL

IFSul publica lista de aprovados em primeira chamada

Já está disponível no site do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sulrio-grandense (www.ifsul.edu. br) a lista de aprovados em 1ª chamada no Vestibular de Verão 2014 do campus Bagé. Mais de 600 candidatos disputaram

uma das 120 vagas ofertadas para os quatro cursos técnicos da instituição. O período de matrículas será de 21 a 23 de janeiro, pela manhã, para os cursos integrados e, à noite, para o subsequente.

As matrículas serão realizadas no setor de Registros Acadêmicos do campus Bagé, localizado na Avenida Leonel de Moura Brizola, 2 501, no bairro Pedra Branca. É importante o candidato estar atendo à documentação

necessária para efetivar sua matrícula. A listagem dos documentos necessários está disponível no endereço www.ifsul.edu.br/ processoseletivo. O início do ano letivo 2014 está previsto para o dia 17 de fevereiro.

Fique atento

Datas e Horários Cursos Integrados de Agropecuária e Informática - Dia 21/01/2014: das 8h30min às 11h30min - Dia 22/01/2014: das 8h30min às 11h30min - Dia 23/01/2014: das 8h30min às 11h30min Cursos Subsequentes Informática para Internet e Agroindústria - Dia 21/01/2014: das 18h às 20h30min - Dia 22/01/2014: das 18h às 20h30min - Dia 23/01/2014: das 18h às 20h30min

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

19


20

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

GERAL Lançamento da folia acontece dia 25

Comissão do Carnaval define datas do concurso da Rainha de Bagé e do Estado

Liliane Ferrarelli / Especial FS

Grupo esteve reunido ontem pela manhã

Uma reunião, realizada na manhã de ontem, entre membros do Executivo e da Comissão do Carnaval, definiu algumas datas da folia, entre elas o concurso da Rainha do Carnaval de Bagé e do Estado, além do lançamento do Carnaval 2014. “Estamos trabalhando para realizar, mais uma vez, um grande carnaval. Contamos com o apoio das entidades para a realização desta festa popular”, declara o prefeito Dudu Colombo, presente no encontro. O gestor municipal também firmou parceria para a realização do Rainha do Estado, que é promovido pela

Associação Bageense das Entidades Carnavalescas. De acordo com o presidente da Comissão do Carnaval, Douglas Vinhol, o governo está dando todo o aporte para o carnaval de 2014. “Esperamos que, neste ano, Bagé tenha um grande carnaval e que os bageenses aproveitem as atividades previstas”, salienta, ao divulgar as datas dos eventos de carnaval da cidade. “Ainda teremos outros eventos alusivos ao carnaval e que irão compor este calendário. Nossa ideia é divulgar a programação completa no dia do lançamento do carnaval”, antecipa.

O lançamento do carnaval acontece no dia 25 deste mês, às 11h, na Praça Silveira Martins - também palco, aos sábados, do projeto Praça do Samba. O concurso da escolha da Rainha do Carnaval de Bagé, por sua vez, foi confirmado para o dia 22 de fevereiro, no Militão. No mesmo local, dia 28, será a vez do concurso estadual. O carnaval 2014, em Bagé, acontece entre os dias 1º e 4 de março, no sambódromo montado na rua Caetano Gonçalves, em frente ao Centro Administrativo.


SEGURANÇA

Jovem atropela criança e foge do local Na noite de quarta-feira, um jovem, de 21 anos, conduzia o veículo Gol, de placas IQL 5558, na praça que fica próximo ao Cemitério da Santa Casa de Caridade de Bagé, quando acabou atropelando uma criança de 9 anos. De acordo com o boletim

de ocorrência, o jovem estaria realizando manobras perigosas e não viu o menino que estava no banco da praça. Ele teria atropelado a criança enquanto dava ré. O menino, que está internado na Santa Casa de Caridade de Bagé, teve fratura nas duas pernas e vários ferimentos no

corpo. Testemunhas acionaram a Brigada Militar e o SAMU. O carro foi encontrado em frente à residência do irmão do acusado e foi recolhido para o depósito. O homem fugiu do local sem prestar socorro à criança. Testemunhas informaram à BM quem seria o condutor do veículo.

Caminhão interrompe trânsito na Presidente Vargas

Suélen Delabari - Especial/FS

Veículo ficou preso na Ponte Seca

Um caminhão, com 4,2 metros de altura, trafegava na Avenida Presidente Vargas quando, ao passar pela conhecida “Ponte Seca”, ficou trancado no local. A altura permitida para a passagem sob a ponte é de 4,1 metros. Os

agentes de trânsito tiveram que fazer a interrupção do trecho. O secretário municipal de Transporte e Circulação, em exercício, Gustavo Morais, suspende, a partir de hoje, o tráfego de caminhões-baú na Avenida

Presidente Vargas, com o objetivo de preservação do patrimônio histórico e cultural. Deste modo, fica a opção pela rótula da Avenida Presidente Vargas próximo à Praça Santos Dumont ou à direita pelo Anel Rodoviário.

Pônei é furtado no bairro Parque Silveira Martins Pedro Valmir Pereira Gon- bairro Parque Silveira Martins, e çalves comunicou que, na madru- furtaram seu pônei mouro. De acordo com o boletim gada de quinta-feira, entraram em seu pátio, na Travessa 92, no de ocorrência, registrado na

DPPA, Gonçalves não possui suspeitos do crime. Ele também informou que a porteira estava aberta.

Trator desaparece em Hulha Negra Na propriedade rural da Serra da Hulha Negra, foi furtado um trator Massey Ferguson, 275, na madrugada de quinta-feira. De acordo com a Polícia

Civil, os suspeitos furtaram o trator e danificaram a porteira com outro veículo. Os policiais destacam que os ladrões também arrobaram a

porta da residência e furtaram bebidas. Os rastros do trator foram até Seival, em Candiota, indo em direção a Jaguarão. A vítima não possui suspeito.

OBITUÁRIO

Adolfo Rodrigues da Silva, 73 anos, operador de máquinas pesadas inativo, casado com Balduina Francisco Vaz Da Silva. Residia na rua 31, 1 113, Vila Operária, Candiota/RS. Deixa os filhos Jucelino Edson, Adelino Luiz, Adenice Terezinha e Marcelino Francisco. Maria de Lourdes Ferreira Cabral, 80 anos, inativa, viúva. Residia na rua do Esperanto, 232, bairro Pedra Branca. Deixa os filhos Vera Lúcia, Francisco Rafael, Vera Elena, Mara Regina, Leonora e Braúlio Ventura.

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

21


22

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

ESPORTES

Sem tempo a perder Sérgio Galvani – Especial FS

Alvirrubros prestigiaram assembleia

O professor Mário Medina Dorneles e o empresário Heráclito Tato Moreira foram aclamados, respectivamente, como presidente e vice do Guarany para 2014, durante assembleia realizada anteontem e dirigida pelo desportista Marco Antônio

Pizarro, que preside o Conselho Deliberativo do clube. Medina revelou, na ocasião, que ainda nesta semana deverá ser definida a nova comissão técnica e também iniciados os contatos com jogadores que podem ser confirmados para a formação do

grupo que, a partir de 23 de março, disputará a segunda divisão de profissionais. O presidente eleito convidou a dedicada alvirrubra Magda Segredo para coordenar os festejos dos 107 anos do Guarany, em 7 de abril, o que foi prontamente aceito.


ESPORTES

23

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

Interesse pelos garotos A equipe sub-13 de Descobrindo Talentos/Associação Atlética Ponte Preta foi eliminada da Copa Cidade Verde, em Três Coroas, na derrota de 3x1 para o Prata da Casa, de Lajeado.

Mas isso não significou decepção. “Chegamos à segunda fase e, além disso, nossos jovens atletas despertaram o interesse de outros clubes”, diz a coordenadora do projeto, professora Maísa Tol-

ledo Medeiros, citando o exemplo de Matheus Nunes, Álisson, Welington e Andrei, sondados pelo São José de Porto Alegre. “Agora, devem procurar os pais dos meninos”, conclui Maísa.

Uma excelente campanha leva o Esporte Clube Fiorentina, do bairro Castro Alves, à decisão do campeonato da categoria sênior, primeira divisão, da Liga Bageense de Futebol de Veteranos. O confronto está programado para domingo pela manhã, no campo 2 do Militão, contra o 3º Esquadrão Independente, este já

acostumado a decisões. Fiorentina, cujo uniforme tem as cores azul e branco, foi campeão da segunda divisão sênior, em 2012, ascendendo à primeira no ano passado e mostrando seu potencial. O presidente e treinador é José Luís Alves Oliveira (Zeca), com o assessoramento direto dos des-

portistas Luís do Amaral, Régis e Alex da Cruz (Catita). O grupo de jogadores é formado por Renato, Jáder, Sandro, Mimi, Arilson Schio (exzagueiro da dupla Ba-Gua), Flavinho, Chico, Leonardo, Clóvis, Adriano, Pacheco, Manoel, Nando, Régis, Zago, Saragoza, Graxa, Tiaco e Marcelinho.

Clubes da Série A2 (antiga Divisão de Acesso) e disputantes da segunda divisão de profissionais, que começarão em fevereiro e março, respectivamente, continuam aquecendo o mercado gaúcho. Agora, o Grêmio Atlético Farroupilha, rebaixado à se-

gundona e que chegou a viver a expectativa de disputar a Série A2, mas o Canoas confirmou participação à última hora, vem de anunciar a contratação de dois atacantes que já passaram pela dupla Ba-Gua. Um dos reforços é o atacante Hamilton Jabá, autor de

três gols na vitória do Bagé diante do Guarany, por 3x2, em 2011. Outro é Kesler Bastos, também com passagem pelos clubes bageenses. Aliás, Kesler somente se apresentará no Fragata após o encerramento de seu contrato com o CEOV do Mato Grosso do Sul.

Criada no ano passado pelo advogado Ricardo Pizarro, formado pela Universidade da Região da Campanha, em 2010, a empresa RP Assessoria Jurídica e Esportiva está ampliando sua atividade. Representa cerca de 30 atletas e treinadores de futebol, cuidando de seus interesses no mercado de trabalho. E o Tupi de Crissiumal, que neste ano disputará a Série A2, como campeão da segunda divisão de profissionais, já se

tornou parceiro da empresa. Depois de contratar o lateral-canhoto bageense Diego Saraçol, o clube, através da RP, garantiu a presença do meia uruguaio Wilington Javier Camejo Calfani, de 21 anos. Jogador, que atuou pelo Bagé no ano passado, já esteve também em clubes como a dupla Bra-Pel, Farroupilha e São Paulo de Rio Grande.

Fiorentina: a ascensão e o grande momento

Mais um negócio com a marca RP

Sérgio Lo Iacono – Especial FS

Novos rumos de ex- atletas da dupla Ba-Gua

Ricardo Pizarro: negócios crescem

Resumo esportivo higinobage@yahoo.com.br

FUTEBOL JÚNIOR – Internacional avança na Copa Cidade de São Paulo, vencendo por 4x1, na decisão por pênaltis, o Linense (SP), depois de 1x1 no tempo normal. Na nova fase, o adversário colorado será o São Carlos, jogo programado para hoje. FUTEBOL JÚNIOR (II) – Já o Juventude de Caxias do Sul, que vinha de excelente campanha, foi eliminado da Copa São Paulo ao ser goleado pelo Corinthians Paulista por 7x1. ESTABILIDADE – Produto da fusão entre os clubes amadores Dalban e Veranense, o Veranópolis foi fundado 1992 e, já no ano seguinte, foi campeão

da segunda divisão de profissionais, com o Bagé em segundo. Ambos subiram em 1994 para o Gauchão, onde o VEC mantém-se até hoje. PUNIÇÃO – De volta ao Gauchão em 2014, o São Paulo de Rio Grande foi punido com a perda de quatro mandos de campo, em razão dos incidentes no jogo contra a Associação Riopardense, no ano passado, pela Série A2. DIEGO FORLÁN – Cada vez mais iminente a saída do atacante uruguaio do Internacional. Ele teria propostas dos Estados Unidos, da Europa e também do futebol chinês.

15/01/14 FEDERAL

1º 45.217 2º 01.598 3º 29.740 4º 83.129 5º 01.135 MEGA-SENA Nº 1565 18 37 39 41 43 51 LOTOMANIA Nº 1417 03 14 16 17 24 25 34 35 37 40 46 54 55 56 62 70 71 74 76 85

LOTOFÁCIL Nº 1006 01 03 04 05 06 07 09 13 14 15 16 20 22 23 24 QUINA 3391 35 39 40 79 80 DUPLA-SENA Nº 1246 Primeiro sorteio 11 22 26 31 46 48 Segundo sorteio 21 29 30 37 38 45


www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2014

Gaúcho

FOLHA SUL


BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2014 - Ano 2 - N° 74

CONTEMPORÂNEO


MP

Redação

2

Bagé, 17 de janeiro de 2014

Dica da Alice Meninas, mais duas dicas da Alice Salazar fáceis de colocar em prática e infalíveis na hora de arrasar na automake.

BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2014 - Ano 2 - N° 74

CONTEMPORÂNEO

A aparência diz muito do que somos e sobre nossa personalidade ou como a moda é capaz de esconder quem somos. Quando conhecemos alguém, num primeiro momento, pré-julgamos, mesmo sem querer, a pessoa sobre sua aparência. E quando fala-se em aparência não estamos falando em beleza ou a falta dela. Mas, sim, de um conjunto de fatores como higiene, roupa alinhada, passada e por aí. Descobrimos também que o cabelo diz muito sobre a personalidade que o “escolheu”. Acompanhe nas páginas 8 e 9 os tipos de corte e cor de cabelo e o que eles representam. Sabemos também que o cabelo, muitas vezes, é um sonho de consumo para muitas mulheres. Buscamos informações sobre mega-hair e outras formas de ter o cabelo dos sonhos. As técnicas que já foram consideradas caras, hoje estão bem mais acessíveis e conquistando cada vez mais adeptas. Nas páginas centrais, o editorial de moda da loja da galerinha, Madalena Kids. Em Moda & Conteúdo, a cor que está fazendo a cabeça das mulheres. Produzimos para vocês, boa leitura! Marcelle Ceolin Jornalista - Pós-graduanda em Moda

Capa Nesta edição, as estrelas do editorial da Madalena Kids são Roberta Gonçalves da Rosa e Tállis Cuadros Freitas Brião. Ambos tem 9 anos e passaram para o 4º ano da escola Justino Quintana. Tállis já fez fotos outras vezes, assim como Roberta, que também já desfilou e participou de comerciais na TV. Na capa, ela veste blusa e short Colcci Fun + sapatilha Pampili + tic tac Likanenê. Ele, bermuda Hering + camiseta PUC + tênis All Star.

Diagramação Cristiano Lameira

1- Como garantir que o batom dure mais tempo? O segredo é, ao passar a base, usar um pouquinho dela também nos lábios e só depois aplicar o batom por cima. Esse macete faz a cor durar mais e garante que o batom fique da cor original. 2- Como garantir que você faça uma pele impecável? Tentar fazer com que só um pouquinho de base e pó rendam para todo o rosto não dá o efeito de pele de princesa que você quer alcançar. Não economize.

*Dica retirada de um vídeo da Alice Salazar no Youtube.

Moda infantil

Os últimos ingressos do primeiro lote para o evento da Alice Salazar, que acontece em Bagé, no dia 16 de março, estão se esgotando. Corre graubi!

Tendências do Verão 2014

A moda infantil também se renova a cada estação. No verão 2014, entre as tendências estão a inspiração barroca, a década de 50 e a moda artesanal. A barroca se destaca pelos laços e florais e une-se a efeitos ópticos de listras ritmadas, desenhos ondulados e sequenciais. Ornamentos se destacam entre aplicações douradas ou glitterizadas, tal como superfícies rendadas, brocados e bordados; o luxo adaptado ao público infantil. Já a década de 50 é formada pelas formas delicadas, arredondadas e nostálgicas. Entre florais e animais, é possível encontrar também poás, xadrezinhos e microestampas. Nas roupas aparecem lacinhos, superfícies rendadas, babados e flores de crochê, assim como o efeito envernizado e o perolado. A moda artesanal é inspirada pela etnia e miscigenação. Diferentes pesos, texturas e materiais surgem combinados como tendência. Formas bem definidas trazem consigo texturas, bem como efeitos manchados e desgastados. Palhas, ráfias coloridas e motivos indígenas geometrizados agregam identidade à estação.

Dicas da Casa das Revistas

EXPEDIENTE Jornal FOLHA do SUL Editor Geral Glauber Pereira Edição e Reportagem Marcelle Ceolin

CONTEMPORÂNEO

Fotografia Editorial Diones Alves Fotos Divulgação

Colaboração Marcos Pintos e Giuliana Bruni

Gerenciamento Comercial Leisa Soria

Revisão Taisa Soares

Este caderno é um suplemento do Jornal FOLHA do SUL, não pode ser vendido separadamente.

Na Máxima deste mês, aprenda a combater os diversos tipos de dor de cabeça. E saiba como tomar sol com saúde e garantir a vitamina D

Já a revista Nova traz dicas imperdíveis de sexo e de beleza da praia à balada para você ter um verão top


Em pauta L’Eau d’Issey Pour Homme: para homens de personalidade

Moda Masculina Cinco dicas para caprichar no visual em 2014

Este perfume reflete a personalidade do criador, mostrando a sua originalidade, independência e espírito anticonformista. Para homens ousados, elegantes e surpreendentes. A fragrância expressa liberdade, harmonia e energia pessoal do próprio Issey Miyake. Um perfume fresco e com personalidade é capaz de marcar sua presença discretamente, sem ostentar.

1 – Experimentar uma nova peça de roupa que nunca havia provado só para ver como fica É comum ver alguém indeciso a respeito de uma peça de roupa só porque ela nunca fez parte de seu repertório. A melhor maneira de resolver esse problema é provando. Se não gostar tudo bem, mas se gostar, seu mundo acaba de ficar mais amplo. 2 – Comprar baseado em qualidade e estilo, sem esquecer o custo/benefício Muita gente está preocupada com a grife, outros com tendências que podem desaparecer em um piscar de olhos. Se for investir seu suado dinheirinho pense em qualidade e estilo, imagine o quanto vai usar o produto, quais serão as ocasiões em que ele será necessário e se vai durar em seu guarda-roupas. 3 – Prestar mais atenção nos acessórios Do básico ao mais sofisticado, tudo fica melhor se você escolher um acessório bacana, seja ele uma simples pulseira ou uma imponente pasta

Com o ano de 2014 começando é um bom momento para tomar algumas resoluções de ano novo e tentar se tornar um homem com mais estilo. A lista abaixo contém algumas prioridades referentes à moda masculina. Com certeza você vai se identificar com alguns deles ou lembrar imediatamente de alguém que precisa dar uma lida neste texto.

de couro. Os acessórios são aqueles detalhes que mostram o quanto você se importa com a imagem que quer passar. 4 – Tomar cuidado com roupa que traz muita informação Essa é uma armadilha comum na moda masculina: polos com bordados em todos os lugares, camisetas totalmente estampadas, calças com todo tipo de detalhes, sapatos exóticos, às vezes este tipo de roupa pode parecer moderninha e alinhada com as tendências, mas o homem que tem estilo sabe que menos é mais. 5 – Inserir o grooming na equação Porque nem só de roupas vive um homem. Uma barba bem aparada, o cabelo com um bom corte e a pele protegida do sol são algumas das coisas que também fazem parte da rotina do homem moderno. Não adianta estar alinhado se o corpo estiver desleixado e sem saúde. Cuide-se! Fonte: http://www.canalmasculino.com.br

Papo co m M P

Bagé, 17 de janeiro de 2014

CONTEMPORÂNEO

3

MP


MP

Eleita a cor da primaveraverão 2014, o tom de azul tem sido sinônimo de ousadia e sofisticação. A tonalidade estourou na primavera e é a sensação do verão. Cor bastante usada para compor looks color blocking, nas principais composições a tonalidade é misturada com laranja, verde e amarelo, como aparece nos looks. Com preto, branco e acessórios metalizados também vai bem. De qualquer forma, o look inteiro azul é o que mais tem sido visto. Democrática, a cor pode aparecer em produções mais informais ou em looks para festas. O melhor é que também combina com todos os tipos de pele. E como é uma tonalidade não muito aberta, vai bem para vários tipos de silhuetas. Pode variar um pouco mais para escuro ou mais para claro. Inspire-se!

Mo da & Co nteúdo

4

Bagé, 17 de janeiro de 2014

Dazzling Blue

CONTEMPORÂNEO


Como uma onda no mar Independente do tom, o azul vem fazendo o maior sucesso. As clássicas e discretas normalmente optam por tons mais neutros, sejam eles escuros ou claros. Já as personalidades contemporâneas e mais criativas gostam de cores vivas. Garimpamos na loja MANIA DE VIVER algumas peças de estilos e tons diferentes, mas todas na cor do verão: o azul. Escolha a que mais combina com você. A camisa sem mangas pode compor um look romântico e também um mais ousado. Para um estilo meigo, use com saia rodada. Para uma composição ousada, short jeans destroyed é uma boa opção

Tendência

Bagé, 17 de janeiro de 2014

CONTEMPORÂNEO

MP

Mesclado com outras cores ou all look, o dazzling blue aparece em diversas produções

A pantalona de linho com cintura alta e marcada alonga a silhueta. O ideal é usar com salto

As saias longas são confortáveis e estilosas, quando em malha são ótimas para o dia a dia e até um happy hour

Shortinho de cintura alta valoriza o corpo e é versátil. Mude a parte de cima e essa peça te acompanha do street style à balada

Looks neutros podem entrar nessa onda se jogados com calçados ou acessórios blue

O vestido comportado e de um tom mais escuro fica poderoso se usado com calçado vermelho

5

As calças desta cor são um ótimo investimento, use com preto, branco, laranja, verde, amarelo e, até mesmo, azul


MP

Conjuntinho D.viller + rasteirinha Pink Cats + tiara Carinhoso

Lo o k B ook

6

BagĂŠ, 17 de janeiro de 2014

CONTEMPORĂ‚NEO

Madalena Kids conforto para a volta

Conjunto Carinhoso + rasteirinha Grendene by Anitta


BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 17 DE JANEIRO DE 2014 - Ano 1 - N° 20

Cristiano Lameira

Frutos do mar e verão formam uma dupla perfeita. O FOLHA SABORES traz a receita de massa à tailandesa, com todas as dicas e segredos da cozinheira Helena Amilivia. Além disso, conheça os benefícios que o consumo de frutos do mar traz para a saúde. Boa leitura e um ótimo apetite!


2

SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

Curiosidades Gastronômicas O consumo frequente de frutos do mar pode fornecer ao organismo uma variedade considerável de vitaminas (A, complexo B, D e E) e sais minerais, como ferro, zinco, iodo, cálcio, potássio e magnésio. O ômega 3, por exemplo, traz benefícios à saúde, atua na diminuição do risco de doenças cardiovasculares e contribui para normalizar os níveis de colesterol e triglicérides no organismo.

Dica de filme: “Comer, rezar, amar” Expediente Reportagens: Giuliana Bruni

Esta edição semanal é encartada no Jornal FOLHA DO SUL GAÚCHO e não pode ser vendida separadamente.

Editor-geral: Glauber Pereira Fotos: Divulgação Diagramação: Cristiano Lameira Revisão: Taisa Soares

Liz Gilbert (Julia Roberts) tinha tudo o que uma mulher sonhava em ter: um marido, uma casa e uma carreira bemsucedida. Mas ela começa a se sentir perdida e inicia uma busca do que realmente deseja na vida. Recentemente divorciada e em momento decisivo, Liz sai da zona de conforto e arrisca tudo para mudar sua vida. Assim ela embarca em uma jornada ao redor do mundo pela busca do autoconhecimento. Nas viagens, ela descobre o verdadeiro prazer da gastronomia na Itália, o poder da oração na Índia e, inesperadamente, a paz interior e o equilíbrio de um verdadeiro amor em Bali. O filme é baseado no best-seller autobiográfico de Elizabeth Gilbert.


SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

3

Verão combina com praia. À beiramar, a maior parte dos pedidos são os petiscos e pratos com frutos do mar. Por isso, o FOLHA SABORES traz a receita de uma deliciosa massa com frutos do mar. Não é preciso sair de casa para deliciar essa verdadeira obra de arte. A cozinheira Helena Amilivia começou a atuar na área de gastronomia há 3 anos. “Minha cunhada, a Iara Coronel, fez o convite para eu trabalhar no Bistrô e resolvi aceitar”, revela. Helena sempre teve paixão por cozinhar, mas o convite trouxe a

oportunidade da aprendizagem. “Com a Iara me aperfeiçoei na cozinha. Ela é a base de tudo”, declara. Para a cozinheira é preciso ter originalidade. “Se a pessoa gosta de cozinhar ela sempre vai encontrar um jeito de preparar as receitas, mas tem que fazer com criatividade”, ressalta. De acordo com Helena, o segredo para preparar pratos com frutos do mar está no tempo. O tempo médio para refogar qualquer fruto é de um a dois minutos, senão eles podem passar do ponto.

Fotos: Cristiano Lameira

Foco nos frutos do mar: aprenda a preparar massa à tailandesa

Confira a receita de massa à tailandesa Ingredientes Talharim Mariscos Azeite de oliva Pimentões Camarões Molho shoyo Pimenta preta

Modo de preparo Refogue os camarões e os mariscos no azeite de oliva. Adicione os pimentões coloridos, sal e pimenta do reino a gosto. Atenção: o tempo para refogar os frutos do mar varia de um a dois minutos para ficar no ponto certo. Depois de refogado é hora de preparar a massa. Despeje o molho e adicione, por último, o molho shoyo. Dica de acompanhamento Salada de alface com tomates em cubos, fios de queijo e palmito. Helena acredita que essencial é cozinhar com criatividade


SEXTA-FEIRA 17 de janeiro de 2014

y hour no Da

ia e Rômulo

O casal Mirlúc

ite de happ Silveira em no

Maya Porão

Dirce Borges e Daiane Bianc he aproveitam na Neisa Con a tarde feitaria

Ivete Guimarães Severo no Bistrô

Restaurante O sócio-proprietário do Retrô Bar, Thomás Morales, ao lado do amigo Geraldo Tavares


oferece estilo e às aulas da galerinha

Conjunto Passagem Secreta + chinelo Ortopé

Look B o o k

Bagé, 17 de janeiro de 2014

CONTEMPORÂNEO

7

MP

Conjunto Passagem Secreta + chinelo Mormaii


MP

Vida & Harmonia

8

Os tipos de colocação de cabelos Mega-hair: são mechas colocadas uma a uma com queratina ou lastex. A manutenção deve ser feita de três em três meses. O tempo de colocação varia de cabelo para cabelo, mas a média é de duas horas. O mega-hair é um peso extra, então, quando opta-se pelo mega-hair, deve-se buscar por cabelos compatíveis na textura e no peso, para que o cabelo possa suportar o peso extra sem danos. Faixa de interlace: são faixas de cabelos entrelaçadas, presas com tictac. A manutenção deve ser feita de dois em dois meses. O alongamento é instantâneo. Próteses: para pessoas que têm alopersia parcial. Podem ser tecidas no cabelo ou em micropele. A manutenção é mensal e o efeito é natural, de preenchimento. Peruca: artifício rápido e de fácil mudança. Importante Para garantir que não haja prejuízo aos fios, é importante respeitar os prazos para manutenção. Caso contrário, o fio enreda, causa dor na hora de tirar e quebra. Atenção Nessa época de praia e piscina, em que as pessoas procuram alongar os fios, alguns cuidados extras são fundamentais. Sempre que for mergulhar o ideal é prender o cabelo, já que o cloro e a água do mar endurecem o fio e fazem com que o cabelo enrede com mais facilidade. Como é um cabelo sem vida, ele não absorve os nutrientes, por isso é tão importante os cuidados extras. A cliente Soleci de Borba Lopes, maquiadora e depiladora, usa megahair há cerca de cinco anos. Ela conta que não consegue mais viver sem os fios extras. “Me sinto mais poderosa, uso para volume e comprimento. De tempo em tempo reveso com interlace para dar uma ‘folga’ para o cabelo”, relata.

Bagé, 17 de janeiro de 2014

CONTEMPORÂNEO

O poder que o cabelo tem Para muitas pessoas ter o cabelo que sempre desejou é uma questão que vai muito além da estética. Mexe com a autoestima e, consequentemente, com uma sequência de fatores, é o que explica o cabeleireiro Sérgio Borges, graduando em Estética e Imagem Pessoal. “Um dia, uma cliente, depois que colocou mega-hair, falou, emocionada, que se ela soubesse o bem que o cabelo faria não teria feito anos de terapia para melhorar a autoestima. O fato dela se sentir bem, em harmonia, me fez pensar que isso também é uma questão de saúde. A pessoa passa a se valorizar e a se sentir mais feliz”, ressalta. Sérgio conta que vem surgindo um grupo novo de interessados no preenchimento dos fios. “São as pessoas que tem alopecia, aqueles espaços sem cabelo. Nesses casos é feito volume e preenchimento nos espaços que sofreram queda”, afirma. O cabeleireiro ressalta que num primeiro momento devem ser procurados o dermatologista e o endocrinologista e, logo após, o profissional para preenchimento. Pois nesses processos de queda o mega não é a solução para o problema, o ideal é esperar cessar a queda para então recorrer ao recurso estético.

Soleci durante e após aplicação das mechas


Tudo o que você precisa saber sobre...

A imagem que se passa através dos fios

Nossa imagem comunica, antes mesmo de emitirmos qualquer palavra. Foi na década de 50 que a primeira pesquisa a respeito foi feita e, desde então, os estudos se aprofundam, comprovando que a imagem tem sim papel decisivo na percepção dos outros a nosso respeito. “E se a ‘primeira impressão’ realmente é a que fica, nada mais inteligente do que cuidarmos dela, como um todo: cabelo, maquiagem, vestimenta, gestual... e para isso contamos com diferentes profissionais e dicas que contribuem para atender nossa expectativa de imagem”. explica Vandressa. Uma das funções do Visagismo, de forma simples é objetiva, é aplicar técnicas e estudo para adaptar o cabelo à personalidade, objetivo de imagem e estética que melhor se adapte. Nem sempre, por exemplo, o cabelo pensado apenas esteticamente se adéqua à profissão, estilo e praticidade necessária a uma pessoa. O profissional, consultor de imagem, consegue saber qual a estética do cabelo que melhor representa o estilo desejado. Seguindo as associações de tipos de penteados e cortes, com os estilos existentes, alguns exemplos: Cabelos extremamente diferentes, fora dos padrões, sinalizam uma pessoa um tanto ousada, corajosa e impulsiva. Aspectos da personalidade marcantes que com certeza podem beneficiar algumas profissões e situações, e outras nem tanto. A criatividade é explícita e essas pessoas definitivamente não temem correr riscos. Fonte: http:// diferenciese.wordpress. com/2012/01/03/mitos-everdades-sobre-cabelos/

O cabelo estilo sexy é o que tem volume, é ondulado e comprido. Linhas onduladas, tanto em cabelos como em roupas sempre remetem às curvas e, portanto, bem mais sensuais do que as linhas retas. O volume fica por conta de chamar atenção, e quanto mais balanço tiver melhor. Cuidado: o estilo sexy muitas vezes está associado à futilidade e vulgaridade e, dependendo do ambiente e imagem desejada, pode não ser bem visto. Fonte: http://vejasp.abril.com.br/ blogs/marco-antonio-biaggi/2012/10/05/cabelo-sexy-7/

Vida & Harmonia

Bagé, 17 de janeiro de 2014

CONTEMPORÂNEO

9

MP

Vandressa Pretto, consultora de Moda e Estilo, formada em Consultoria de Imagem pela Ecole Supérieure de Relooking, especialista em Desenvolvimento de Produto de Moda, estilista e personal stylist. Atua como consultora de estilo pela Clínica Slimlifecenter e pela empresa onde é proprietária: Veste Consultoria de Imagem. É diretora e professora com exclusividade no Brasil da Ecole Supérieure de Relooking

Cabelos anelados, com tranças, detalhes delicados, sempre remetem a uma personalidade romântica. A delicadeza e a imagem frágil imperam na percepção dos outros. Ter cautela em ambientes de trabalho ou onde se impor é necessário. Fonte: http://www.casamentos.com.br/ forum/veu-na-hora-de-casar--t52261

Cabelos levemente ondulados, de forma bagunçada, refletem o estilo natural-despojado ou moderno. Se estiver com raiz aparente então, mais reforça esse estilo. Não é indicado para pessoas que atuam em profissões mais sérias e formais ou pretendem passar uma imagem de seriedade. Fonte: http://raquellmake.com/tag/cabelo-ondulado/

O cabelo elegante tem comprimento nos ombros ou um pouco abaixo, geralmente em cor natural ou próxima ao tom (sem aparência de coloração), o corte é impecável e está sempre alinhado e bem arrumado. A imagem que passa é de uma pessoa segura, discreta, atenta para os detalhes, formal e bem sucedida. Fonte: http://www.mixdicas.com/corte-de-cabelo-nosombros-dicas-e-fotos/


MP

Am b ie n te e Deco r a ç ã o

10

Bagé, 17 de janeiro de 2014

CONTEMPORÂNEO

Ambientes clean unidos ao colorido dos detalhes

Um apartamento com espaços integrados e otimizados. A harmonia entre os móveis e a decoração foi planejada e o resultado saiu de acordo com as necessidades de um jovem casal. Assim pode-se definir a reforma realizada com o planejamento da equipe RM Arquitetura, feito pelas arquitetas Rachel Morgado e Fernanda Barasuol. Confira nas fotos.

Detalhes como a luminária e o vaso de plantas complementam a decoração

Na sala de jantar foram escolhidos tons claros para os móveis em MDF. Já os coloridos trazem harmonia e charme para o ambiente


Bagé, 17 de janeiro de 2014

Am b ie n te e Deco r a ç ã o

CONTEMPORÂNEO

11

MP

Foram escolhidos tons sóbrios para a cozinha, dando um ar clean e sofisticado ao ambiente. O planejamento foi realizado pela Bentec

Objetos de decoração em tons coloridos fazem mix às cores claras usadas no mobiliário. O teto recebeu forro de gesso com iluminação suave e indireta, que cria uma atmosfera intimista

Os objetos de decoração fazem diferença e dão sofisticação ao ambiente


fashion ople

CONTEMPORÂNEO Bagé, 17 de janeiro de 2014

pe

Fotos: Divulgação

e ita d a vis brinha u e o b s rece te e tique ki, clien u o B ws Nory a Kozlo per p l e t K a o Es orm N e d

Jaqueline Corrêa Pereira foi a ganhadora de um chequepresente na promoção Coquetas Coquetiando por aí Luis Mariano e sua esposa Berenice Carbonel com look Lumina

Ana Theresa e Cláudia Bittencourt em compras na La Campera

Lessana Gonçalves e seus filhos Maria Rita e João Antônio agitam a tarde na Sela e Salto

Leilah Kalil Castro e a cliente Solaetela, Loló Ribeiro

A lindinha Ester Goulart confere as novidades da Baby Look

Thainá Sotilli escolheu modelito Strelitza para festa de aniversário do seu filho, super moderna, arrasou usando saia assimétrica Missbella e top cropped by Lucy in the Sky

Folha do Sul Gaúcho Ed. 1131 (17/01/2014)  
Advertisement