Issuu on Google+

Grupo Da Maya lança projeto de 14 estações para preservar saúde do Arroio Bagé

HOMENAGENS Entrega do troféu Bravo Álvaro Godoy destaca, hoje, 18 bageenses

Arquivo/FS

Página 10

Jônio Salles

ARTE Panela do Candal une cinema, sinfonia e atitude

Tradicional evento reconhece valor profissional e social dos conterrâneos tanto na cidade quanto em outras partes do mundo Página 16

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 29 DE NOVEMBRO DE 2013 - Ano 3 - N° 1093

Delegada de Dom Pedrito informa que há um envolvido com foro privilegiado

Operação Grande Família aponta participação de bageense

PRATA DA CASA Mostra Competitiva inicia hoje com trabalhos locais no Festival Internacional de Cinema da Fronteira

Gleider Ayres

Página 11

MORADIA Sem associação, descarte de lixo e de móveis gera insatisfação entre moradores no Residencial Charrua

Página 17

RELIGIÃO Frei franciscano que vai ser ordenado no final de semana teve vocação revelada depois de adulto

Página 19

Operação liderada pela delegada Marina Dillenburg, em outubro, revelou uma série de indícios de irregularidades na gestão do Programa Primeira Infância Melhor no vizinho município de Dom Pedrito. Em coletiva de imprensa na tarde de ontem, a delegada informou que entrega hoje o inquérito ao Poder Judiciário da cidade, mas revelou que o trabalho aponta nove indiciados – um deles servidor da sétima Coordenadoria de Saúde de Bagé. Além disso, informou que há um envolvido com foro privilegiado, mas sem revelar o nome. Procurado pela reportagem, o prefeito Lídio Bastos reconheceu ter foro privilegiado, mas não adiantou estratégias de defesa. “Vou esperar ser citado formalmente”, antecipa o mandatário. Página 21

SOLIDARIEDADE Nando Farinha angaria apoios para promover primeiro Ba-Gua do amor em 22 de dezembro

Página 22

O TEMPO HOJE Bagé - RS

28º 12º

Predomínio de sol, apenas com pouca variação de nuvens


2

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

OPINIÃO

Editorial Glauber Pereira

glauber.pereira@hotmail.com

Um conselho para o Charrua

O caráter recorrente e, às vezes até inovador, das demandas provenientes dos residenciais, aponta uma preocupação estrutural com o andamento do programa. Questões de convivência e da satisfatória prestação de serviços básicos expõem moradores ao um nível de estresse que pode vir a dificultar a convivência – ou pelo menos a impor obstáculos consideráveis. Desafio mesmo fica para a operadora destes imóveis, já que o objetivo social não deve cessar somente com o sorteio da chave e a entrega dos apartamentos. A vida para aqueles beneficiários está apenas começando. Na edição de hoje, a reportagem verifica um problema até então não previsto no programa. Com a justificativa de aumentar a capacidade de renda dos moradores cadastrados aos programas sociais, o governo criou um direito a descontos para aquisição de móveis através de um cartão exclusivo. Adquirido o bem móvel, chega a hora de descartar

o antigo, mas não há coleta deste tipo de descarte no condomínio habitacional Charrua. Pronto, problema à vista para a imobiliária responsável em fazer a gestão destes pequenos e permanentes conflitos. O clima de reclamação repercute nos ânimos de outros moradores que se aliam para apontar problemas de esgoto, de barulho e inúmeros outros detalhes do cotidiano local. Contudo, a operadora responsável pela manutenção do ambiente de moradia popular em questão, soma quase 90% de inadimplência para com o pagamento da taxa de condomínio – recurso que viabilizaria inúmeros trabalhos. Tudo isso indica uma necessidade real e cada vez mais urgente de um trabalho de conscientização entre os moradores. A solução para o dilema do Charrua é a criação urgente de uma associação de moradores ou de um conselho de condomínio capaz de indicar as iniciativas das partes envolvidas: moradores, operadora e município. Josias Borges

Coluna do Mainardi Mais Água Mais Renda Estivemos, nesta semana, na Zona Sul do Estado. Além de uma série de contatos e reuniões com lideranças da região, participamos de dois atos importantes para a revitalização da Companhia Estadual de Silos e Armazéns (CESA) e que estão inseridos no conjunto de ações que realizamos para recuperar a empresa. Em Capão do Leão, retomamos a armazenagem de produtos de origem animal e, em Rio Grande, autorizamos a retomada de instalação do tombador mecânico. As duas unidades exercem um papel estratégico para a economia do Estado. Temos outros projetos para executar em Rio Grande e Capão do Leão que, igualmente, fortalecerão ainda mais aqueles dois espaços. Estamos obtendo o SIF para Capão do Leão e conquistando o alfandegamento para o de Rio Grande. Também pensamos em transformar a unidade de Capão do Leão num porto seco.

Os primeiros filhos do Dissemina

Nasceram, nesta terça-feira, no interior de Capão do Cipó, os primeiros terneiros e terneira do Programa Dissemina. Localizado próximo a Santiago, Capão do Cipó foi o primeiro a inseminar o rebanho de leite, programa que iniciou em fevereiro deste ano. Numa das propriedades, nasceram dois terneiros e, na outra, uma terneira, todos filhos do touro americano Ruan Rudolph Nova. Uma das propriedades tem 24 hectares e a outra 15. A notícia me deixou muito feliz, pois é a concretização daquilo que planejamos ao lançar este programa, coordenado pela Fepagro. Levar qualidade genética para pequenos e médios produtores que, sem esta parceria do Estado, do Governo Federal e dos municípios, não teriam condições de melhorar seus rebanhos. Em Capão do Cipó devemos chegar a cerca de 100 propriedades.

Ainda na zona sul

Confirmado: Selic em 10% ao ano Foi divulgado, oficialmente, pelo Comitê de Política Monetária – Copom, que a Meta da Taxa Selic agora é 10% ao ano, válido pelo menos até a próxima reunião ordinária do Comitê de Política Monetária, que deve acontecer dentro de 45 dias. A suba de 9,5% para 10% significa que a meta da Selic irá finalizar o ano de 2013 em dois dígitos, ambiente desfavorável para o governo Dilma, que teve de voltar a elevar a taxa de juros mesmo após conseguir fazer com que a Selic atingisse seu menor patamar da história: em 7,25%. As brigas agora são

muitas. O Brasil enfrenta uma persistente crise fiscal, no qual a luta é gastar menos do que se arrecada (está difícil). Por outro lado, a cotação do dólar elevada indica fuga de capital do Brasil, pois os investidores precisam comprar a moeda americana para investir lá fora. Quanto mais se compra a moeda mais caro ela fica. Há ainda a batalha contra a inflação. Juros mais altos freariam a economia, fazendo com que houvesse menos consumo e, consequentemente, menor pressão inflacionária. Olhando por outro lado, como ficam os investimentos?

Será que é hora de comprar títulos pré-fixados? Poucos têm coragem de recomendar compra agora, pois se a Taxa Selic seguir subido, os títulos ficariam ainda mais baratos. No entanto, certamente os títulos pré-fixados são uma excelente alternativa para o momento, Investimentos atrelados ao CDI: quem acompanhou a coluna anterior pode perceber que existem ótimas sugestões de investimentos atrelados ao CDI (em alta no momento), inclusive com isenção do Imposto de Renda. Resumindo: a nova alta da Taxa Selic, torna os dividendos dos fundos imobiliários mais atrativos, os títulos pré-fixados, muito interessantes, e os inves-

pois respeitando o prazo de resgate o investidor estaria garantindo uma bela remuneração de seu patrimônio, mesmo que dentro de alguns meses (com possíveis novas altas) as taxas fiquem ainda mais atrativas. timentos atrelados ao CDI, imbatíveis no momento. Ah, sim, só para lembrar: previsão que a Taxa Selic permaneça estável até o final do ano que vem. No mercado de crédito significa que quem financiou carro, casa ou até mesmo pegou um empréstimo pessoal no banco no início deste ano, fez uma bela economia em comparação com quem fizer o mesmo empréstimo agora! Um excelente final de semana para você. josias.borges@gbinvestimentos.com.br

Comprovamos, em visita à Josapar, no município de Pelotas, o acerto da medida adotada pelo governador Tarso Genro, estabelecendo novos percentuais progressivos de crédito fiscal presumido, que variam de 3,5 a 7%, nas compras de arroz gaúcho pelas indústrias locais. Acompanhado do presidente do IRGA, Cláudio Pereira, ouvimos dos diretores que a empresa, além de adquirir tudo o que necessita de arrozeiros do nosso Estado, também conseguiu ampliar sua presença no mercado, chegando a Minas Gerais e São Paulo. Está é uma decisão que traz benefícios para todos, inclusive para o Estado. Por falar em arroz, intensificando o trabalho que vem realizando de busca de novos mercados para o produto, mantivemos, nesta semana, contato com importadores nigerianos e fechamos acordo com o governo iraquiano para a exportação de até 180 mil toneladas. Estas medidas contemplam o nosso planejamento, de ajustar a produção à demanda, buscando maior inserção junto aos principais compradores do mundo, para melhorar a renda da cadeia produtiva, especialmente a dos produtores. Aliás, acompanhei Cláudio Pereira em encontros com arrozeiros em Santa Vitória do Palmar e Arroio Grande, onde pudemos debater o bom momento porque passa a cultura.

O avanço da equivalência na fiscalização

Concluímos, na semana passada, mais um módulo de treinamento para técnicos que atuam nos serviços municipais de inspeção. A equipe da Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Cispoa) vem capacitando os fiscais municipais para que estejam prontos a aderir ao Susaf ou ao Sisbi-Poa. Trabalhamos para que cada vez mais aumente o número de municípios com equivalência na fiscalização de produtos de origem animal, o que é importante para que a produção da agroindústria municipal possa ser comercializada em outros municípios e até para fora do Estado. O que contribuirá para aumentar a renda dos produtores e dos próprios estabelecimentos municipais.

Parceria com a APIL

Estivemos, no último sábado, em Bento Gonçalves, participando da assembleia de eleição e posse da nova diretoria da Associação das Pequenas Indústrias do Leite, ocasião em que discutimos os projetos que, a partir de amplo diálogo com o setor, foram encaminhados à Assembleia Legislativa, onde devem ser votados nos próximos dias. A entidade reconhece a importância do FundoLeite e do ProdeLeite, assim como também apoia a criação do Instituto Gaúcho do Leite. Das conversas surgiu um novo projeto: construirmos uma central de comercialização e distribuição dos produtos lácteos, especialmente do queijo, produzido pelos pequenos laticínios que tem, na falta de uma logística adequada, o principal gargalo para ampliar a comercialização.

facebook.com/JornalFolhaDoSul

Direção

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado

Repórter Fotográfico: Cristiano Lameira Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício -Edgar Muza - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos - Eurico Salis - Fernando Velloso

REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Vanessa Gon- Estagiárias: Giuliana Bruni - Renata Lima çalves Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues Diagramação comercial: Diego Almeida Revisão: Taisa Soares Reportagem: Emanuel Müller - Fernanda Mendonça - Diagramação: Cristiano Lameira e Vinícius Silva Gilmar de Quadros - José Higino Gonçalves - Juliana Andina - Marcos Pintos - Niela Bittencourt - Rochele Barbosa - Stela Vasconcellos - Marcelle Ceolin


Indicadores econômicos INDICADORES Salário Mínimo Salário Regional TJLP SELIC IGP-M

VALAR ATUALIZAÇÃO R$ 678,00 2013 R$ 770,00 2013 5% a.a. 10% nov. 2013 + 0,29% nov. 2013

EMPRESARIAL

MOEDAS COMPRA Dólar Comercial 2,327 Dólar turismo (em R$) 2,273 Euro (em R$) 3,165 Pesos Ur.(em R$) 0,1103 Pesos arg.(em R$) 0,382

VENDA 2,329 2,440 3,167 0,1096 0,381 Stela Vasconcellos

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

3

Stela Vasconcellos Tradisul Motors inaugura filial em Uruguaiana

Divulgação/FS

O Grupo Felice inaugurou, na última segundafeira, a primeira filial da concessionária Tradisul Motors. Depois de um ano de inserção da marca Mitsubishi em Santa Maria e região, a empresa apresenta a segunda loja do ramo 4x4, agora, em Uruguaiana. A nova loja está localizada no centro de Uruguaiana. Além deste novo empreendimento, em outubro, o grupo inaugurou as novas instalações de uma concessionária em São Borja e, ainda, para o próximo ano há previsão de novos empreendimentos, promovendo o crescimento social, econômico e cultural do Rio Grande do Sul.

Tok Final inova em presentes

Cláudia tem grande expectativa para hoje

Black Friday Obino garante descontos de até 70% por Stela Vasconcellos Famosa por suas ofertas, a Obino vive hoje um dia único. Das 8h30min às 21h, sem fechar ao meio-dia, as sete lojas Obino de Bagé realizam o primeiro Black Friday. Mais de 500 produtos de todas as linhas estarão com descontos a partir de 30%, até 70%, como confirma a gerente da Obino Galeria, Cláudia Martins.

A gerente de Marketing, Márcia Vasconcellos Vaz, explica que a ideia vem dos Estados Unidos, onde o Black Friday começou. O nome foi criado pelo varejo norte-americano para nomear ação de vendas anual, que acontece sempre na última sexta-feira de novembro. Há vestígios de que a denominação tenha começado na década de 60,

na Filadélfia. Atualmente, até as lojas virtuais estão aderindo à promoção, observa Márcia. Ela acrescenta que as lojas Obino vão esperar os clientes totalmente decoradas. Faltando pouco mais de 20 dias para o Natal, a gerente considera uma grande oportunidade de compra aos bageenses.

Na loja Obino Galeria, a equipe está preparada para atender a demanda especial. Cláudia explica que a parte de confecção

terá descontos de até 70%. Ela destaca também a oportunidade de compra nos setores de calçados, eletroeletrônicos, bazar, móveis

e telefonia, entre outros. “Tenho grande expectativa, porque é a primeira vez do evento na região”, conclui Cláudia.

Super ofertas

Onde: Av. 7 de setembro, 1079 Fone: 3242-8454 Rua Bento Gonçalves, 279 Fone: 3241-6435

Rua Dr. Freitas, 146 Fone: 3242-9355 Av. 7 de setembro, 826 Fone: 3242-8177 Rua Mélanie Granier, 260 Fone: 3242-7877

Rua Bento Gonçalves, 120 D Fone: 3242-2569 Rua Monsenhor Costábile Hipólito, 987 Fone: 3242- 8741

Onde: Marechal Floriano, 1 501 Fone: 3311-4511

A expectativa do Natal tem movimentado as lojas especializadas em presentes. Com o objetivo de facilitar as compras e proporcionar economia, a Tok Final recebeu grande variedade com preços acessíveis. Conforme a empresária Andréa Scardoelli, há porta-retratos a partir de R$ 10. A loja tem canecas e copos para amigos-secretos, um grande número de painéis magnéticos flexíveis para geladeira, carrinhos para enfeitar quartos de meninos e muitos outros itens.

Simone Hair lança promoções O salão Simone Hair está com promoções que vão ajudar o orçamento das clientes neste fim de ano. A progressiva, que custa R$ 80, oferece um corte de presente. Há ainda cauterização capilar a partir de R$ 35; plástica capilar a partir de R$ 50 e hidratação a partir de R$ 25. O corte feminino sai R$ 20 e o masculino R$ 15. Simone Hair trabalha com massoterapia, destacando as modalidades modeladora, linfática, terapêutica, relaxante, de hidratação e com bambuterapia.

Onde Av. General Osório, 1 098, sala 2 Fones: 3242-8263 e 9996-4485 e 9163-4204


4

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

Mercado agrícola PRODUTOS

RURAL

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul UNIDADE MÍNIMO MÉDIO Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

31,50 105,00 21,00 64,50 18,40 35,00 3,20 3,50 2,20 2,90 0,74

33,29 134,33 23,39 66,90 19,90 36,17 3,36 3,99 2,88 3,04 0,88

25.11.2013 a 29.11.2013

Prova dos Potros de 21 Dias é destaque na Rural de Bagé O Parque da Associação e Sindicato Rural foi sede, ontem, da primeira das diversas atividades promovidas pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Bagé neste final de semana. A programação do 5º Tempranito e da 9ª Festa da Família Crioulista de Bagé iniciou com a Prova dos Potros de 21 dias. Em pista, 48 animais inscritos e a participação de 35 competidores demonstraram força e a destreza dos exemplares da raça Crioula. O presidente do Núcleo, Alexandre Suñé, informa que a prova contou com participantes de diversas regiões do Estado e que foi muito qualificada. “As provas foram muito bem executadas, o que comprova um sentimento de evolução dos domadores“, declara Suñé, que afirma ser a prova a garantia da continuidade dos exemplares Crioulos para o Freio de Ouro. “Essa prova é onde tudo começa. Ela incentiva os domadores a buscarem a excelência em termos funcionais”, salienta. Os jurados da Prova de

36,50 180,00 26,50 70,00 21,30 39,00 3,40 4,50 3,20 3,15 1,04

Fonte: EMATER/RS-ASCAR Franceli Couto/EspecialFS

Cristiano Lameira

Produtores observaram resultados obtidos com roçadeira química

Tarde de Campo Limpo em Aceguá apresenta medidas para controle de invasoras Programação da raça Crioula iniciou ontem

Potros de 21 dias foram Vinícius Freitas e Marcos Silveira. Até o fechamento desta edição, ainda não havia sido divulgado os vencedores da disputa. Hoje, a programação do Tempranito continua com julgamento morfológico com o incentivo a galpão, julgamento de trios e grandes campeonatos. Alexandre Suñé ressalta que a

expectativa é muito boa devido à alta qualidade morfológica. Foram inscritos 116 animais para o julgamento de diversos municípios gaúchos e até de outros estados. Também ocorre, hoje, a partir das 21h, o leilão Firmeza Sem Reserva, que é comemorativo aos 70 anos da Cabanha Firmeza.

Reunião na Coordenadoria da Secretaria da Agricultura discute Dissemina O desenvolvimento do Programa Estadual de Incremento da Qualidade Genética da Pecuária de Carne e Leite – Dissemina foi debatido em reunião realizada na última quarta-feira, na sede da Coordenadoria Regional da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, em Bagé. Conforme o coordenador

MÁXIMO

regional da Agricultura, Gilson Machado, durante o encontro foram avaliadas as atividades futuras para execução do programa. Entre os encaminhamentos ficou definido que a Prefeitura de Bagé vai elaborar, em conjunto com as associações de produtores da região, um Plano de Trabalho para o desenvolvimento das ações.

Na ocasião, a pesquisadora da Fepagro, Adriana Tarouco, salientou a importância de garantir a qualidade genética do material de multiplicação animal disponibilizado pelo Programa. A pesquisadora ainda colocou a Fepagro à disposição para dar suporte técnico na inseminação artificial nas propriedades, visando maior eficiência na reprodução.

Na última quarta-feira, a propriedade de Vilson Kühn, na localidade Banhado do Minuano, em Aceguá, recebeu mais de 20 produtores para o evento Tarde de Campo Limpo promovido pela Emater/RS-Ascar e Embrapa Pecuária Sul, com o apoio da Prefeitura de Aceguá. Na ocasião, houve a palestra “Controle e supressão de plantas invasoras com roçadeira química”, do pesquisador da Embrapa, Naylor Perez. O pesquisador apresentou alguns tipos de plantas invasoras tóxicas comuns na região e que podem levar os animais à morte. Uma das citadas é a Senecio Spp, conhecida como maria-mole. Além disso, destacou os métodos de controle como a roçadeira química Campo Limpo.

Após a palestra, os produtores foram a campo, onde puderam conhecer a tecnologia da roçadeira e observar os resultados obtidos após a aplicação na propriedade de Kühn. Para o produtor, o resultado da aplicação foi positivo. “Com o campo mais limpo há mais produtividade”, afirma. A médica veterinária da Emater/RS-Ascar, Roberta Medina, destacou que o evento atendeu uma das demandas do pecuarista familiar que é conhecer uma das formas de controle das plantas invasoras. Participaram do evento os representantes do Banco Sicredi, Camal, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e produtores de Aceguá e Bagé.


Produtores exigem melhorias em estradas rurais

RURAL Divulgação/FS

Em contato com a reportagem do jornal FOLHA do SUL, produtores rurais do interior do município de Bagé reclamaram das péssimas condições da estrada do Passo do Acampamento. Os produtores da localidade, que preferiram não se identificar na reportagem, utilizam a via para escoar a produção. A estrada também é usada para transporte dos alunos através da Secretaria Municipal de Educação (SMED), transporte coletivo rural que dá acesso à Coxilha do Aedo e Passo do Bento Rengo. Os moradores também externaram a preocupação da falta de acessibilidade na estrada quando chove. “Isso porque devido ao desvio realizado para a construção da Barragem da Arvorezinha que transborda, deixa alunos, produtores e demais usuários da estrada sem alternativa”, relata um dos produtores. Segundo o grupo, o secretário da pasta do Desen-

volvimento Rural, José Roberto, anunciou que estaria começando o patrolamento da estrada nesta semana. “É urgente que se façam melhorias no local. Qualquer dia

pode ocorrer um acidente. Precisa ser feito aterramento nas cabeceiras das pontes do Passo das Pedras, Passo do Silveira, ambas do mesmo caminho”, destaca.

Em contato telefônico, a reportagem ouviu o secretário José Roberto. Segundo o titular do Desenvolvimento Rural de Bagé, um trabalho de reparos está sendo feito nas estradas de Serrilhada e de Joca Tavares. Duas máquinas estão trabalhando, outra está em conserto.

“Sabemos da situação da estrada do Passo do Acampamento e começaremos as melhorias nela e na estrada da Igrejinha, na próxima semana”, afirma. Segundo José Roberto, o trabalho de assistência obedece a um cronograma e que as estradas que estão sendo atendidas ti-

veram prioridade por terem um escoamento de produção ainda maior. O secretário finalizou reiterando que o trabalho de melhorias nas estradas rurais não está parado. “As chuvas constantes têm dificultado a continuidade das ações de reparos”, argumenta.

O problema das chuvas

Aterramento na cabeceira de ponte é uma das solicitações

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

5


6

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

REGIÃO

Sem emergência, por enquanto A possibilidade da Prefeitura de Aceguá decretar situação de emergência, em função das chuvas que atingiram o município em novembro, não deve se confirmar. Ao menos não no momento. Na quarta-feira, integrantes do Conselho de Defesa Civil estiveram reunidos e apresentaram relatórios a respeito dos prejuízos. Contudo, como os dados levantados não registraram perdas superiores aos R$ 4 milhões, o decreto não deve ser efetivado. Apesar disso, conforme alerta a assessoria de imprensa do

Executivo, ainda não foi concluído o levantamento sobre perdas na agricultura. “Estão esperando o final da colheita para ver se vai ter prejuízo ou não”, explica nota do setor. O resultado, porém, deve ser apresentado até meados de dezembro e, assim, divulgado um parecer concreto. Caso as perdas identificadas sejam significativas, a situação de emergência poderá se decretada posteriormente. Até o momento, os principais danos registrados são relativos às estradas vicinais do município.

Promover a criação racional de peixes visando à diversificação nas pequenas propriedades rurais, melhorar a qualidade da alimentação dos produtores e disponibilizar carne de pescado no mercado local. Estes são alguns dos objetivos do curso de piscicultura que acontece, de 2 a 4 de dezembro, na sede da igreja Evangélica Irmãos Menonitas, na Colônia Pioneira, em Aceguá. A capacitação será coordenada pela Emater/RS-Ascar e ministrada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/ RS). O curso abordará questões sobre criação e manejo na piscicultura, espécies mais recomendadas para a criação na região, formas de criação de peixes e

alimentação até o abate. A capacitação será ministrada pelo instrutor do Senar, Fábio Miguens, e acompanhada pelo assistente técnico estadual em piscicultura da Emater/RS-Ascar, Henrique Bartels. O primeiro dia do curso será teórico e terá início às 10h. Já nos dias 3 e 4, haverá a parte prática em açudes na Colônia Pioneira e nos assentamentos da região. Nestes dias, o horário do curso será das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min. Para a médica veterinária e chefe do escritório da Emater/ RS-Ascar de Aceguá, Roberta Medina, o curso pretende iniciar um trabalho com a piscicultura na região pautado em orientações técnicas.

Emater promove curso de piscicultura em Aceguá

Hulha Negra realiza nova edição dos Jogos de Integração da Juventude Rural Hoje e amanhã, a Emater/RSAscar e a Prefeitura de Hulha Negra, com apoio do comércio local, realizam a 15ª edição dos Jogos de Integração da Juventude Rural. Já tradicional na zona rural do município, o evento acontecerá na zona urbana, com o objetivo de integrar campo e cidade.

As atividades ocorrerão em diversos locais, entre eles o Ginásio Municipal e as escolas de Hulha Negra. São esperados, pelo menos, 200 jovens. As modalidades nas categorias feminina e masculina são vôlei, futsal, cabo de guerra, corrida de 100 metros rasos, revezamento 4x100, arremesso

de peso, salto em distância, corrida do saco, tiro de laço em vaca parada e bocha mista. Os vencedores receberão troféus e medalhas. No sábado, será escolhido o Rei, Rainha e Princesas do 15º Jogos de Integração da Juventude Rural.

Projeto de teatro encerra atividades com apresentação no Dia dos Mineiros Com patrocínio da Companhia Riograndense de Mineração (CRM), a peça teatral resultante de oficinas coordenadas pelo ator Pedro Delgado, será encenada na próxima quarta-feira, Dia dos Mineiros, às 14h, no CTG da Vila Operária, em Candiota. O projeto foi selecionado no edital de patrocínios 2013/02 da CRM devido a seu caráter de inclusão social e incentivo à arte. A peça é resultado das oficinas realizadas, de agosto a dezembro, e pretende arraigar a cultura teatral nas cidades

de Minas do Leão e Candiota. Através de oficinas quinzenais, foram 60 horas de total imersão para preparo dos jovens participantes que resultaram em uma montagem coletiva a partir do tema “Ressignificando Valores, cultura e cidadania – Histórias de homens e lixos”. Conforme Delgado, a iniciativa deve levar à continuidade dos grupos para atrair e incentivar o interesse no campo das artes cênicas, além de formar protagonistas da reflexão sobre questões

sociais. O ator ressalta o ângulo diferenciado do texto voltado à quebra de paradigmas. Segundo ele, os jovens conheceram uma leitura social e humanista das nuances que envolvem a sociedade e o meio ambiente. “A proposta permite uma reflexão dos jovens sobre o lixo e seus reflexos sociais e ambientais”, explica. A apresentação do projeto em Minas do Leão está prevista para o dia 14 de dezembro, às 18h, no estádio ao lado do Centro Integral do Alunado (CIA).


SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

7


8

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

POLÍTICA Emanuel Müller

emamuller@gmail.com

Negativa de vistas a Antenor Teixeira causa confusão, com vereador chamando presidente do Legislativo de “palhaço”

Câmara aprova Orçamento 2014 e acerta acordo para repassar recursos a 14 entidades O Legislativo aprovou, ontem, a proposta da Lei Orçamentária Anual (LOA) e da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2014. A sessão foi longa - durou cerca de sete horas e meia - e teve polêmica. Como era esperado, o vereador Antenor

Teixeira (PP) pediu vistas dos projetos. Entretanto, a presidência da Câmara apresentou um parecer do Instituto Gamma de Assessoria a Órgãos Públicos (IGAM) ressaltando que o prazo estabelecido pela Lei Orgânica Municipal para envio à sanção do prefeito (que

expira no dia 30) fosse cumprido. O pedido de vistas foi submetido ao plenário e rejeitado. Por outro lado, o acordo realizado entre os demais vereadores (a exceção foi Teixeira) e a Prefeitura para repassar valores às entidades foi homologado e assinado.

A primeira parte das extraordinárias parecia destinar um final tranquilo à proposta orçamentária. Representantes de 14 entidades estiveram na Câmara e presenciaram o termo de compromisso assinado entre vereadores e Prefeitura (representada pelo procurador geral do Município, Luiz Fernando Meira) que garante o repasse de recursos às instituições beneficentes. Pelo acordo, a Câmara devolverá R$ 200 mil à Prefeitura, que custeará outros R$ 80 mil. Serão beneficiados a Liga Feminina de Combate ao Câncer (R$ 36 mil), Liga Bageense de Futebol de Veteranos (R$ 30 mil), Fundação José e Auta Gomes,

APAE, Caminho da Luz, Vila Vicentina, Recanto (Viva o Doce Prazer de Viver), Fazenda Esperança e Casa da Menina (todos com R$ 24 mil). Também recebem recursos a Casa do Guri, clubes de mães, Ecoarte, Grupo Renascer da Terceira Idade e Casa Vida - todos com valores de R$ 12 mil. Agora, as instituições necessitam firmar convênio com a Prefeitura para começar a receber os valores - que segundo o vereador Divaldo Lara (PTB) são destinados para custeio. Vereadores como o presidente da Câmara, Paulinho Parera (PT), e o líder do governo, Omar Ghani (PT), Caio Ferreira (PT) e Uílson Morais (PMDB) desta-

caram a importância histórica do ato. Morais ressaltou por mais de uma vez que se o orçamento não fosse aprovado ontem não haveria condições para o cumprimento do acordo. Já Carlinhos do Papelão (PTB) lembrou que se não tivesse pedido vistas na sessão do último dia 21 o acordo não teria sido discutido. Divaldo destacou que a ação não é uma negociação ou negociata, mas uma obrigação política. “Hoje é o dia da Câmara dar grande exemplo de maturidade”, registra. Parera transformou a sessão extraordinária em especial. O presidente pondera que a Câmara demonstra uma atitude democrática ao assinar o termo

Entendimento

Pricilla Reis / EspecialFS

Integrantes das entidades ocuparam galerias para acompanhar termo de compromisso

de compromisso construído pelo parlamento, por intermédio de todas as bancadas. “A boa política se faz com bons acordos”, reitera. Teixeira, entretanto, foi voz

discordante. No momento da leitura do termo de compromisso, aos gritos, afirmou que não assinava acordo algum. E pediu a retirada de seu nome do documento.


POLÍTICA

Explosão No momento da votação, Teixeira pediu vistas do projeto da LDO. Parera leu parecer do IGAM. O presidente, na verdade, se antecipara e fizera a solicitação para precaver-se da possibilidade de adiar a votação do orçamento. O parecer destaca que a Lei Orgânica estabelece os prazos, dispondo na Constituição que os processos legislativos têm prazo específico. Parera alegou que os prazos haviam sido cumpridos pelo Executivo - que enviou a matéria à Casa Legislativa dia 30 de setembro. E que se houvesse conflito entre Lei Orgânica e Regimento Interno deve-se obedecer a primeira. Parera leu o artigo 18 da Lei Orgânica, que trata do juramento dos parlamentares, que prometem cumprir

e fazer cumprir o que dispõe a legislação. “Se não enviarmos o orçamento até o dia 30, estaremos descumprindo o que estabelece a Lei Orgânica”, ressalta o presidente. Teixeira entregou requerimento pedindo parecer jurídico sobre a negativa de vistas, solicitando que a Comissão de Constituição e Justiça analisasse o pedido. Pediu também a interrupção da sessão. Parera passou a decisão ao plenário, para protesto de Teixeira. Com exceção da bancada do PP, os demais parlamentares rejeitaram o pedido de vistas. O progressista pediu a palavra, mas Parera disse que se tratava de “matéria vencida”. Teixeira não gostou. Se levantou da bancada e, aos gritos, chamou Parera

de “palhaço”. Ao sair do plenário, dirigiu-se à bancada do PTB chamando os parlamentares de “cambada de traíras”. O presidente afirmou ao colunista que não pretende encaminhar o caso à Comissão de Ética Parlamentar. “Entendo que o vereador Antenor Teixeira foi movido pelo calor da emoção. E em sã consciência não faria o que fez, portanto, vou relevar”, afirma. Parera ressalta que a decisão de não conceder vistas foi do plenário, cuja decisão é considerada soberana. “Os vereadores entenderam que é preciso cumprir o juramento à Lei Orgânica e garantir que todo o movimento que fizemos durante a semana tivesse resultado”, ressalta.

Apesar da vitória na questão das vistas, uma manobra da oposição acabou deixando o descontentamento explícito sobre recursos destinados ao Parque do Gaúcho, ao Gabinete do Prefeito e à criação de novas secretarias. Isso porque Divaldo Lara e Sônia Leite (PP) pediram destaques

nas rubricas específicas em relação aos três itens. A atitude, prevista no Regimento Interno, deixou os governistas em compasso de espera. O objetivo do pedido foi deixar clara a insatisfação com a dotação prevista para os três órgãos de governo - em especial a possibilidade de criação

de novas secretarias. Mesmo assim, o governo garantiu a aprovação dos projetos. Por outro lado, embora participado do acordo que resulta na destinação de verbas às entidades, os oposicionistas não podem ser acusados de aprovar o Orçamento municipal na íntegra.

Destaques

Vereadores usam tribuna para criticar Unipampa sobre curso de Medicina A situação não é nova. Em outubro, já haviam ocorrido manifestações de Edimar Fagundes (PRB), Uílson Morais (PMDB) e Sônia Leite (PP). Ontem, foi a vez do presidente da Comissão Especial que trata da instalação de um curso de Medicina em Bagé, Divaldo Lara (PTB), criticar a reitoria da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) pela falta de apoio à iniciativa. Morais e Sônia endossaram a reclamação. Divaldo cobra uma posição oficial da universidade, por meio da reitoria, pró-reitores e diretores. O petebista disse que o movimento surgiu em Bagé, lembrando a presença do presidente Lula ao anunciar a instituição, bem como a mobilização política e de entidades ainda na proposta inicial de federalizar a Urcamp. “A reitora é contra Bagé. Nem ao menos fizeram uma pesquisa, um estudo para verificar a possibilidade de instalar o curso de Medicina em

Uruguaiana. A decisão é dela, porque o assunto ainda não passou pelo Conselho Universitário da Unipampa”, frisa o vereador. O vereador, entretanto, não diminuiu o teor da indignação. Se a Unipampa tem cursos na área da saúde agradeça à movimentação que iniciou em Bagé”, afirma. Os demais parlamentares que compõem a comissão se manifestaram. Omar Ghani (PT) classificou a falta de apoio de absurda. “Até as questões técnicas são a favor de Bagé, já que os leitos do SUS no município são mais da metade do que dispõe Uruguaiana”, manifesta. Sônia disse que a postura da reitora Ulrika Arns é “radical”. “Gostaria que seja feito um convite à reitora para explicar publicamente aqui na Câmara porque a Unipampa não quer o curso de Medicina em Bagé”, assinala. Divaldo destacou que há professores da instituição favoráveis

à ideia dos bageenses e que a reitora corre o risco de tornar-se “persona non grata” em Bagé. Morais havia informado a realização de uma caminhada de mobilização marcada para 4 de dezembro, com saída às 10h, da Câmara de Vereadores, para mobilizar a comunidade quanto ao curso de Medicina. E sugeriu que o percurso vá até a Unipampa e fique marcado como forma de protesto. A Assessoria de Comunicação Social da Unipampa já havia informado à FOLHA do SUL que a reitora Ulrika Arns recebeu a comissão de vereadores, ouviu a demanda apresentada e esclareceu que a Universidade Federal do Pampa se comprometeu com o MEC em apresentar uma proposta de curso de Medicina para a região no campus de Uruguaiana. Isso porque o local possui cursos de graduação, especialização, mestrado e doutorado na área da saúde.

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

9

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral

Ainda sobre a prisão de mensaleiros “Em qualquer país medianamente culto e estável, prisioneiro não é assunto. Nos Estados Unidos, Bernard Maddof, ex-presidente da bolsa eletrônica Nasdaq, condenado a mais de 150 anos de prisão, sumiu do noticiário tão pronto como se consumou seu julgamento. Entre nós, dois ou três apenados pelo STF encontram respaldo em importantes veículos para grasnar cansativas ladainhas, em que se declaram vítimas de uma elite incorpórea, digna de figurar em narrativas mitológicas, em meio a ninfas, faunos e unicórnios. Por que isso acontece? Possivelmente mais um caso ligado ao fenômeno que se popularizou como jabuticaba, fruta que, diz-se, só dá no Brasil. Bem menos difícil do que explicar o ruído em torno das prisões é prever sua consequência. O grosso da tropa que Lula arregimentou sob a denominação de base aliada é avessa a radicalismos. Seu único propósito é apropriar-se do bem público, quando não através do saque, por meio da pródiga distribuição de cargos e benesses. Tudo sob proclamas de amor à lei, ao Estado de Direito, à liberdade de imprensa. Daí que as palavras de ordem incendiárias que emanam da papuda e do Diretório Central do PT, visando a desmoralizar a Justiça, assustam a companheirada e, se não forem contidas, acabarão por provocar deserção em massa”.

O décimo terceiro está a perigo

Segundo a Famurs, mais de 100 municípios gaúchos não terão dinheiro para pagar o abono de final de ano. Pelo menos Bagé, pelo que se sabe, o dinheiro está garantido. As causas todos sabem, embora a maioria não declare. As isenções fiscais é uma delas. A arrecadação caiu e a despesa aumentou. Alguns municípios cortaram serviços de infraestrutura, iluminação e até saúde. Uma lástima que ninguém diminuiu a máquina pública. Pois bem, eles estão pedindo ao Governo do Estado uma parcela extra do ICMS. Até agora as prefeituras não foram atendidas. Desconfio que nem serão. O Estado, cuja máquina também está inchada, não tem “caixa” para bancar. Os prefeitos sugeriram o uso de parte dos depósitos judiciais para cumprirem com o pagamento do décimo. Bueno, pensei, aí ficam todos comprometidos com a irregularidade. Depósito judicial não pertence aos estados e muito menos aos municípios. Não poderia ser usado. Mas usam e ninguém diz nada. Nem a Justiça. Vivemos um período eleitoral, mais ou menos semelhante “ao faz de conta”. Faz de conta que ninguém está percebendo. Não podemos prejudicar nossos candidatos à reeleição. Deixa assim e arrumamos depois. Mais ou menos a letra do samba cujo final explica tudo: “se o Braz é tesoureiro, a gente acerta no final”. Com o aumento da taxa de juro a situação tende a se complicar. Os municípios que recorrerão a empréstimos bancários para fechar suas contas receberam uma ótima notícia: o juro subiu. O endividamento aumenta e a arrecadação está em queda. A máquina pública? Vai bem, obrigado. Deixa como está. Certo?

Começo hoje uma contagem regressiva

O tema que já abordei na coluna. Como sou repetitivo, vou seguir comentando. O Estado recebe, todos os meses, do Ministério da Saúde, a quantia de R$ 95 mil para repassar ao Hospital Universitário, por conta da classificação da CTI, de tipo um para tipo dois. Desde janeiro de 2012. A papelada está “dormindo” em alguma gaveta e o dinheiro deve estar sendo usado para pagamento de outras coisas. Taxei de “apropriação indébita”. Até ontem, não havia sido liberado. Segundo sei, por acompanhar todos os detalhes referentes à saúde, o HU teve que recorrer a empréstimo para não atrasar o salário de funcionários. Diferente de muitos municípios, o hospital tem um monte de “pilas” para receber. Conseguido com a prestação de serviço ao SUS. Contrariando a própria lei, não lhe repassam o que tem direito. A lei diz: “serviço prestado tem que ser pago”. A gestão do Estado em saúde, pelos menos em referência ao HU, é catastrófica. Não encontro argumento para explicar o prejuízo causado. E o pior, quando o Estado repassar, será apenas o principal. Sem juros. É um bom negócio, para o Estado. Até quando nossos representantes políticos ficarão em silêncio? Os leitores sabem?


10

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

GERAL Jônio Salles

Projeto terá duração de 14 meses

É dada a largada para o Percurso da Da Maya Lançado, ontem à noite, na Panela do Candal, que foi palco de um espetáculo musical e de cinema, o Percurso da Maya, elaborado pelo Da Maya Espaço Cultural, tem 14 estações traçadas ao longo trajeto do Arroio Bagé. O objetivo é conhecer o impacto da cidade e do homem na relação à natureza, promover o patrimônio histórico construído e natural e destacar a presença do arroio, conhecendo o que há no entorno.

As estações serão visitadas durante 14 meses. A iniciativa pretende envolver profissionais e estudantes de Artes Plásticas, Música, Poesia, Cinema, Teatro, História, Biologia, Arquitetura, Ciência da Saúde, Dança, Botânica, Recursos Hídricos, Ciências Sociais, entre outros. Além da comunidade, trabalha a conscientização para valorizar, cuidar e exigir, do Poder Público, investimento para a preservação dos espaços.


GERAL

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

11

Bageenses na telona

Festival de Cinema da Fronteira exibe produções locais Hoje é dia do V Festival Internacional de Cinema da Fronteira exibir a cara da cidade que o abriga. As mostras regionais acontecem a partir das 14h, no

Centro Histórico Vila de Santa Thereza, onde os bageenses poderão assistir à produção local e de toda a Campanha, que disputam a mostra competitiva.

Entre as produções apresentadas está o documentário, de 22 minutos, “Atilla Taborda - vida e obra”. A sua representante é a publicitária Adriana Gonçalves, já que os demais colegas não residem mais em Bagé. Ela conta que o documentário foi feito em 1998, quando cursava Comunicação Social. “A produção fez parte do curso e, na época, foi coordenada pela professora Cárlida Emerin”, conta. Adriana relata que a equipe do filme, todos acadêmicos, produziram, roteirizaram e dirigiram o documentário, que fala sobre a trajetória de vida, desde a sua infância, de Atilla Taborda. Para isso, foi feita uma pesquisa detalhada e entrevistas, inclusive com os filhos do protago-

nista. “Nós fomos até Porto Alegre para falar com eles”, lembra. A representante pontua que mesmo que a produção não seja atual é importante contar o legado de uma pessoa que foi fundadora de uma instituição de ensino (Urcamp). Como o material foi produzido há muito tempo e demorou para ser digitalizado, a publicitária comenta que a qualidade da imagem acabou prejudicada. “Ele foi feito com uma tecnologia muito antiga, a hi-8”, destaca. Apesar da qualidade, a publicitária diz que a história de Taborda não pode passar em branco. “Ele foi uma pessoa importante na história da cidade e deixou um legado. Eu me sinto orgulhosa de ter participado

deste trabalho”, salienta. O documentário ainda foi importante na vida da profissional, pois despertou a sua vocação para o audiovisual. “Hoje eu sou produtora no Festival de Cinema”, destaca.

Outro bageense que teve o seu filme selecionado para o festival foi o policial Antônio Almeida, com “As vozes que ouvi”. O começo de tudo partiu da vontade dele, e de outros profissionais que fazem parte da equipe, dar um presente para a cidade. “Se alguém está de aniversário podemos dar um perfume. Para presentear a cidade fizemos um registro da sua história”, afirma.

Almeida diz que no filme foi retratado a história do rádio, desde os seus primórdios, quando havia o rádio poste, em que eram colocadas caixas de som na rua para que todos ouvissem a transmissão. Entre os personagens da produção está o jornalista, que foi o primeiro locutor esportivo da cidade, Mário Lopes, além de Alcides Martins. “Vamos falar da origem do rádio, de como ele começou e

como era feito naquela época”, diz. Sobre a expectativa para a exibição no festival, ele comenta que espera alguma coisa, só não sabe o que: “quem se inscreve no festival e diz que não espera nada está mentindo”, garante. O profissional acrescenta que, independente do retorno recebido dos espectadores, os idealizadores do filme já deixaram um registro eterno para Bagé.

Da casa

O rádio no cinema

Pereira comenta que produção do documentário era obrigação

Adriana diz que tem orgulho da sua produção

Almeida ressalta que registro será eterno

Curso de Comunicação Social Ainda entre as produções que serão exibidas hoje na mostra regional, estão cinco filmes realizados por acadêmicos e professores do curso de Comunicação Social da Universidade da Região da Campanha (Urcamp). Entre eles o documentário “Sarau noturno”, orientado pela professora Clarisse Ismério e produzido pela turma do 2º semestre da graduação. Também estão concorrendo os filmes “O bruxo”, do aluno Leo Peçanha, “A professora” e “As cadeiras”, do aluno Fabrício Fagundes e o documentário “Bagé, o tempo e o vento”, coordenado pelo professor Glauber Pereira e que teve origem de um projeto experimental da disciplina de Telejornalismo. “É o primeiro documentário institucional inscrito no festival”, destaca Pereira. O documentário foi realizado pelos alunos do curso de Jor-

nalismo para retratar a passagem do longa-metragem “O tempo e o vento”, gravado no município, no ano passado, com o objetivo de avaliar, daqui há alguns anos, o que a produção deixou para Bagé. O professor acredita que era uma obrigação da universidade retratar um momento tão importante como a gravação do filme. “Estar inscrito no festival já é um grande feito”, afirma. Ele acrescenta que o evento se torna importante no momento que difunde o trabalho acadêmico. “É irrelevante falar sobre a importância do festival para a cidade, pois é um dos melhores momentos para Bagé”, pondera. Para Pereira, somente o fato de ter a oportunidade oferecida pelo festival é um luxo. “Nós não temos ambição. Esperamos o que vier. Mas já ganhamos em fazer parte do festival”, salienta.


12

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

SOCIAL

Firmeza: muito mais do que uma estância Abro a coluna de hoje com frase de Johann von Goethe que vai ao encontro de uma saga emocionante de nome Firmeza. Ao folhar o catálogo do remate da estância do senhor Paulo Tavares Moglia e dona Zilá Gomes Moglia, entrei em uma máquina do tempo que me levou a um Rio Grande precursor, inóspito, por assim dizer, selvagem... Nesse tempo (1930), a lida com o gado era feita a campo, numa parceria imperativa entre homem e cavalo – como até hoje o é, em circunstâncias mais cômodas. Longas distâncias, temporais, Minuano na face: nada poderia impedir os rumos da tropeada pelas coxilhas solitárias. Assim, com a necessidade do aprimoramento genético do cavalo, tem início uma história de trabalho e sonho protagonizada por grandes homens... Tudo começou em 1937, quando José Carrion Moglia, filho do industrial do charque, Rodolpho Moglia, arrendou seu primeiro campo aproximando-se ainda mais da pecuária e, consequentemente, do cavalo Crioulo. José Carrion teve dois filhos, Paulo e Mário Moglia que, do pai e do avô, herdaram o talento e o amor pelo trabalho a campo. Em 1938, o visionário José Carrion sente a necessidade de aprimorar a manada, importando do Uruguai a égua Índia Guasuvira. Inicia a saga... Em 1940, o pioneirismo a serviço da raça faz com que Carrion importe, também das bandas orientais, o reprodutor Gaúcho 12, procurando aperfeiçoar ainda mais o plantel, considerando sempre a relevância dos animais para o serviço. Os cruzamentos começam a gerar exemplares de alta categoria e, em 1945, “los hermanos” Paulo e Mário adentram o universo das competições levando a raça Crioula para além das fronteiras gaúchas, arrematando prêmios em várias cidades da América do Sul. No ano de 1950, Paulo Moglia vai a Dom Pedrito para apenas fechar um negócio de gado, quando La Pampa sopra ao Destino para que ele receba oferta para arrendar uma estância em Rosário do Sul. FIRMEZA! Foi conhecê-la. Apaixonou-se. De volta à querência bageense, expõe a proposta ao pai e ao avô, que lhe diz: “o negócio nos serve, mas com uma condição: que tu o atendas”. Paulo retorna a Rosário, fecha o arrendamento para, pouco tempo depois, comprá-la em nome da família. Hoje, aos 91 anos, como bem lembram Glênio Guimarães, Henrique Borges e Jônio Salles nos textos do catálogo, Paulo Tavares Moglia pode ver o fruto do trabalho de uma vida coroada com a satisfação de ter produzido um grande cavalo que sintetiza toda a sua trajetória. É em respeito e reconhecimento a esse trabalho que sua esposa, Zilá Gomes Moglia, e os filhos Carmen Sylvia, José, Maria Cecília, Paulo e Zilá prestam essa homenagem possibilitando aos demais criadores a aquisição da estupenda genética dos afixos Firmeza (fêmeas) e Piraí (machos). Lá se vão 70 anos do início dessa saga, protagonizada por um homem aguerrido que colaborou de forma decisiva com o aperfeiçoamento do maior signo do Pampa, o Cavalo Crioulo.

Reprodução / FS

“Quando a criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança as forças de sua alma, todo o universo conspira a seu favor”. Johann Wolfgang von Goethe

Paulo Moglia, Zilá e seus filhos

Laura Bezerra Dias em sua festa de 15 junto aos pais, Alvin e Liliane Dias. Gabbana

Henrique e Alice Salis (à espera do primogênito); Cristina Resende Moglia e Gilberto Von Hügel Lisboa em noite de brindes e boa mesa na MadreMaria

Gaúcho de Bagé/Aceguá, Ignácio Blanco Suñé posa cheio de estilo junto ao carro conquistado com a égua Três Cerros Domingueira, da Cabanha Três Cerros, dos pais Michelle e Rafael Pons Suñé. IV Cabresto de Ouro, Camaquã


13

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

SOCIAL

No Altar: Luíse Dalé & André Machado

O final de ano na Rainha da Fronteira vem sendo marcado por festas dignas de sua corte. E prestes a entrar para esse badalado hall, está o casamento de Luíse da Costa Dalé e André Fagundes Machado. Depois de mais de uma década namorando, a filha de Lysiane Bispo da Costa Dalé e Luis Fernando Mello Dalé, dirá o Sim ao primogênito de Maria do Carmo Fagundes Machado e Manoel Luiz Gonsalves Machado, em cerimônia marcada para às 20h, na igreja Auxiliadora. Em seguida, os noivos e suas famílias receberão os convidados no Clube Comercial de Bagé sob a batuta das cerimonialistas Simone Salles e Mana Romero. Por lá, o serviço de Cliff Buffet será harmonizado às bebidas servidas pelo staff de Clodoaldo Monteiro. Já o décor, tanto da igreja quanto do clube, ganhará a assinatura inconfundível de Miriam Akagi. E quem embala a noite dos 400 convidados com um top set list , é o Dj tradição Favorino Collares. Luíse – detentora de um tom de pele moreno belíssimo e personalidade suave – vestirá modelo assinado por Célia Dalmolin prometendo ser uma das mais belas noivas da temporada. Aos noivos, os comprimentos e felicitações de Paralelo MP!

Flash News, especial remate “Firmeza sem reserva” · A coordenação geral do catálogo do remate da Estância Firmeza (hoje, às 21h, na Rural de Bagé) teve coordenação geral de Henrique Borges; edição do Grupo Futura.RS; projeto gráfico de Rafael Zart; diagramação de Rafael Zart e Rodrigo Palhares; textos Glênio Guimarães, Henrique Borges e Jônio Salles; revisão de Gabriel Rosa e Glênio Guimarães. · Muitas das fotos que integram o catálogo foram tiradas pela própria senhora Zilá Gomes Moglia. · Os demais fotógrafos foram Diones Alves, Alexandre Teixeira, JB Martini e Felipe Ulbrich. · A Contexto Produções volta a campo para assinar o projeto, ambientação e cenografia do remate. Conforto e requinte serão dispostos em uma área de 2,5 mil metros quadrados, compreendendo o pavilhão palco do leilão, assim como a área no entorno – os animais estarão em exposição demonstrando a funcionalidade aos convidados. · Em síntese, um remate à altura dos 70 anos de pioneirismo e trabalho de um grande homem. Dá-lhe!

Flash News

Ronaldo Santos Schonke e Fernanda Caminha Leal Valls entre os pais dela, Maria Enora Caminha Leal Valls e Antônio de Moraes Valls. Clic Diones Alves

Padrinhos

Abençoarão Luíse da Costa Dalé e André Fagundes Machado... Civil: Adriana e Marlon Maciel; Lyara e César Severo. Religioso: Luis Paulo Dalé e Silvia Suñe, Luis Felipe Dalé e Fernanda Machado, José Fernando Dalé e Waleska Bozetti, José Luis Macuado e Ana Irene Silveira, Ademir e Ana Lucia de Souza, Paulo Inácio Dias e Camila Fagundes, Cláudio Del Duca e Maurem Dalé, Hugo Rodrigues e Arima de Souza, Maurício e Silvia Vaz, Felipe Pons e Mariê Dalé, Ricardo e Tanise Ligocki, Gabriel Altmayer e Mariana Bertuol, Daniel e Lívia Valério, Thiago Chagastelles e Dandara Barros, Marcelo Mibliavacca e Mariah, Fábio Salis e Thaisa Buzzi, Pedro Silveira e Mariana Thomaz, Maurício e Lenise Ratto, Luísa Alcalde e Lucas Furquim, Bruno Correa e Luisa Antunes.

Neste sábado, Luíse da Costa Dalé diz o Sim a André Fagundes Machado na igreja Auxiliadora. Depois, festa para 400 convidados no Clube Comercial de Bagé

· Quem comemorou o níver em grande estilo, terça-feira, 26, na Capital Federal, foi Carol Kalil. Globetrotter de carteirinha, Carol possui terroir bageense e figura entre as “badaladas” da roda jovem brasiliense. · Laura Bezerra Dias, filha de Liliane e Alvin Dias, completou 15 anos em 16 de novembro e, de quebra, ganhou big festa para 200 convidados na Boate Gabbana. Elisa Quinatilha comandou o cerimonial; Patrícia Kloppenburg o décor; Marcelo Correa o buffet, Viviane Budó, Isinha Saraiva e Oficina do Sabor a mesa de doces finos. · A bailarina e coreógrafa Luisa Martins comanda a 12ª edição do Festival de Dança do Ventre do Grupo Chams-Mai. O evento acontece domingo, às 21h, no Ginásio Militão. No palco, mais de 100 bailarinas dançarão o ritmo oriental datado, aproximadamente, de 7.000 anos a.C (leia-se antigo Egito). · A diretoria do Bagé Tênis Clube realiza, no finde que inicia, a segunda Copa de Tênis Clínica Previtalli de Cirurgia Plástica. O evento também marcará o início da temporada verão 2013/1014. Ti-buuum! · Logo mais, atores, diretores, produtores, badalados e badaladas de plantão irão se encontrar no Parador Griffe na festa do 5º Festival Internacional de Cinema da Fronteira. No palco, os guris da SRC mandam ver o melhor do samba rock seguidos de Celinho e Banda. No camarote, MP estará recebendo a viparada em alto e bom estilo.Tim-Tim!


14

SEXTA-FEIRA

29 de novembro de 2013

horóscopo A Lua em Libra faz um tenso aspecto com Plutão e Urano em seu signo, podendo trazer alguns problemas e dificuldades aos seus relacionamentos. Procure não se envolver demais nesses problemas, pois a energia é passageira

Vênus recebe um tenso aspecto de Júpiter, trazendo certa euforia e excesso de otimismo. Um relacionamento que não ia bem pode começar a ganhar um novo colorido. Um mal entendido no trabalho não deve ser levado a ferro e fogo.

A Lua em Libra faz um tenso aspecto com Urano e Plutão, trazendo problemas em seu romance. Uma cena de ciúme, sua ou de seu amor, pode desencadear mal estar. Não leve tudo muito a sério, pois a energia é passageira.

ENTRETENIMENTO novelas

A Lua em seu signo recebe um tenso aspecto de Urano e Plutão, deixando seu dia mais denso. Procure não se envolver em mal entendidos, pois seu humor estará péssimo. Um projeto de trabalho ganha um novo movimento.

A Lua tensa em Libra deixa você mais fechado e introspectivo. Não permita que pensamentos negativos envolvam seu espírito e o torne pessimista. Essa energia é passageira e não vale a pena dar-lhe muita importância.

Júpiter em Câncer faz um dinâmico aspecto com Vênus em Capricórnio, movimentando suas finanças de maneira positiva. Tome cuidado com o excesso de otimismo. No amor, uma boa novidade pode surgir.

A Lua em Libra em tenso aspecto com planetas poderosos traz um problema de família à tona. Suas emoções passam por um momento mais profundo e obrigam você fazer uma revisão. No amor, tudo continua bem tranquilo.

Vênus em seu signo recebe um dinâmico aspecto de Júpiter em Câncer, movimentando seus relacionamentos afetivos. O momento é ótimo para sair e se divertir com amigos. Sua vida social ganha um novo movimento e cor.

A Lua tensa em Libra mexe com sua maneira de pensar e pode levá-lo ao pessimismo. O momento é de reflexão e introspecção, mas não de decisões definitivas. Novos projetos de trabalho definem um novo rumo para você.

Procure não se envolver em investimentos que você não tenha claro sua eficácia, pois o momento pode envolver perdas financeiras. No trabalho, uma boa novidade pode chegar. Você pode ser convidado para um novo projeto.

Marte ainda em seu signo faz um ótimo aspecto com Vênus em Capricórnio, trazendo dias de paixão à sua vida. O momento é ótimo para a vida social e para novas amizades. Lua tensa em Libra pede cuidado com as finanças.

Netuno em seu signo faz um tenso aspecto com o Sol em Sagitário e pode trazer algum mal entendido junto de pessoas do trabalho. Nesta fase é possível que você pense em mudar algo em sua vida profissional.

HOJE NA TV GLOBO

Silveira conta para Toni que conseguiu localizar o orfanato onde Peteleco morou. Franz chama Sílvia para conversar sobre os detalhes da separação. Mundo é eleito deputado federal e todos no cortiço e no cabaré comemoram. Furioso, Ernest diz a Manfred que tentará provar que houve fraude na eleição. Franz recebe um bilhete anônimo apontando um endereço onde ele pode descobrir a verdade sobre Sílvia. Franz chega em um quarto de hotel, vê os quadros da mulher pintados por Viktor e se espanta ao ver o irmão ali.

Heloísa afasta Thomaz no momento em que Marcelo aparece para observá-los. O Luminoso Mestre detecta a invasão pelo computador de Líder Jorge, e William fica apreensivo. Lili encontra Marcelo em sua cama e o expulsa de seu quarto. Olívia discute novamente com André. Rafa e Lili fazem as pazes. Sandra fica entusiasmada com o encontro com Osvaldo. Cláudia beija André na frente de todos, que ficam constrangidos. Celina cai em uma armadilha na mata e grita por socorro. Aline convence César a beber o uísque alterado. Amarilys manipula Eron, e Niko fica magoado. Gina começa a namorar Elias, e Ordália aprova. Aline faz um bolo para César e coloca a medicação na massa. Jefferson sugere para Valdirene e Murilo que tenham uma conversa com um ex-participante do reality show para conseguir algumas dicas sobre o programa. Félix ameaça Tamara, e Edith desconfia. Aline e Ninho se unem contra César. Bruno se irrita ao ver Félix trabalhando no bar de Denizard.

ANIVERSÁRIOS Franciele Garcia Gonçalves - Fernandinho Teixeira - Heloisa Fonseca - Roberto Luiz Pinto Paim Paim - Jonas Flores - Marcelo Mouchet - Paulo Lacerda - Elizete Scarton - Leonardo Pacheco - Marah Benitez - Odair Granato Veiga - Elenara Nunes Ianzer - Olga Maria Coronel - Elisângela G. Medeiros - Roberta Klein - Jaderson Jardim - Alceu Moreira - Nilo Salvador Ferreira Saraiva - João Francisco Simões - Roberta Pereira de Souza - Bruna Jardim Molins Bagesteiro - Arlete S. Gonçalves - Iara Rodriguez Jardim - Angélica Quadros - Dora Zuleika da Luz Deamili - Enzo gabriel

cinema programação FILMES EM CARTAZ SEXTA-FEIRA

Serra Pelada - 19:30 Thor - O Mundo Sombrio [LEG] - 21:15

00:20 Amor & Sexo 01:00 Jornal da Globo 01:35 Programa do Jô 03:10 Paranoia 05:00 Telecurso Educação Básica 06:00 Globo Rural 06:30 Bom Dia Rio Grande 07:30 Bom Dia Brasil 08:30 Mais Você 09:55 Bem Estar 10:40 Encontro com Fátima Bernardes 12:00 Jornal do Almoço 12:45 Globo Esporte 13:20 Jornal Hoje 13:50 Vídeo Show 14:35 O Cravo e a Rosa 16:00 Aquamarine 17:54 Globo Notícia 17:57 Malhação 18:25 Joia Rara 19:20 RBS Notícias 19:35 Além do Horizonte 20:30 Jornal Nacional 21:10 Amor à Vida 22:25 Globo Repórter 23:25 A Mulher do Prefeito

BAND 00:30 Agora é Tarde 01:30 Jornal da Noite 02:15 Claquete 02:55 Minuto do Futebol - Boletim 03:00 Igreja Universal 06:00 Popeye 07:30 1º Jornal 08:00 Dia Dia 09:10 Victorious 09:35 Tartarugas Ninjas 10:00 Transformers Prime 10:25 Supah Ninjas 10:50 iCarly 11:10 Jogo Aberto 13:00 Os Donos da Bola 15:00 Kenan & Kel 15:25 iCarly 15:50 Os Simpsons 16:50 Brasil Urgente 18:50 Band Cidade 19:20 Jornal da Band 20:25 Minuto do Futebol - Boletim 20:28 Show da Fé 21:20 Zoo 21:30 Os Simpsons 22:30 Pânico na Band - Reapresentação

SBT 00:15 Conexão Repórter 01:15 Jornal do SBT 02:00 The Big Bang Theory 02:30 Mike & Molly 03:00 The Lying Game 04:00 Jornal do SBT 06:00 Jornal SBT Manhã 07:00 SBT Rio Grande 07:30 Jornal SBT Manhã 09:00 Bom Dia & Cia 11:50 SBT Rio Grande 12:45 Três é Demais 13:30 As Visões da Raven 14:30 Maria do Bairro 15:30 Cuidado com o Anjo 16:30 A Madrasta 17:30 O Privilégio de Amar 18:30 Eu, A Patroa e as Crianças 19:45 SBT Brasil 20:30 Chiquititas 21:15 Rebelde 22:00 Programa do Ratinho 23:00 Confusão na Austrália

RECORD 01:15 Programação IURD 06:30 Direto da Redação 07:15 Rio Grande No Ar 08:40 Fala Brasil 10:00 Hoje em Dia 12:00 Balanço Geral 14:30 Programa da Tarde 17:15 Cidade Alerta 19:55 Rio Grande Record 20:40 Jornal da Record 21:30 C.S.I. NY 22:30 Pecado Mortal 23:30 Câmera Record


GERAL Crônica

Antônio Almeida

As Vozes Que Ouvi Toda a história precisa ser recuperada independentemente da sua maior ou menor importância. É com o resgate dos fatos, fragmentos e momentâneos que efetivamente se pode lançar novos olhares e entender a dinâmica das engrenagens que movimentam o mundo. Olhar, perceber e entender aquilo que em determinado momento foi presente, nos torna críticos. Ali estão escritos os hábitos, os costumes, a moda, a política, a literatura e todo um mosaico de acontecimentos que adornam essa gigante tela chamada mundo. Trazer a tona esses fatos é como abrir a tampa de uma panela na qual está sendo preparada deliciosa iguaria. Recentemente, através da mágica experiência do cinema, pude me dar esse luxo. Com a parceria do Edison Larronda, Paulo Renato Pinheiro e Tom Peres, corri atrás de algo que sempre me encantou, o rádio. Dessas reminiscências todas, vindas da quase remota infância, trago dentro da memória músicas, narrações de futebol, notícias e comerciais. Creio ter sido nessa época que comecei a desenvolver a soberana arte da imaginação onde, a todo custo, tentava descobrir o cheiro que tinha a alma, nesse caso o sabonete Alma de Flores. Preocupava-me também o destino que certos personagens tomavam durante o curso das rádionovelas, o prenuncio de tempestades com intensos trovões e o acelerado tropel de cavalos. Intrigava-me sobremaneira como uma caixinha tão pequena podia conter tanta diversidade de vida. Assim, movido por singular desejo, saí à caça desses raros sobreviventes de uma época encantada onde as facetas artesanais, por necessidade, se sobrepunham à escassa tecnologia. Aos poucos, fomos descobrindo coisas, mergulhando na mente de cada um desses personagens que, efetivamente, nos deram mais atenção do que aquela que merecíamos. Ouvir Mário Lopes, Mário Codevila, Edegar Muza, Sebastião Pereira, Vacionir Lopes, Alcides Martins, o professor Tidão, Sivaldo Souza, Claudiran Nunes, Aristides Kucera e tantos outros por eles resgatados, nos fez bem. Recuperamos um fragmento da história do rádio em Bagé, um presente que deixamos, porque As Vozes Que Ouvi podem, agora, para sempre serem ouvidas. av_almeida@yahoo.com.br

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

15

Filme Ricardo Belleza

Serra Pelada (Brasil-2013)

Drama brasileiro com toques de filme de gangster, dirigido por Heitor Dhalia. Dois amigos decidem deixar São Paulo para se aventurarem em busca de fortuna no garimpo amazonense de Serra Pelada, no final da década de 70. Eu realmente curti este filme. Primeiro, porque sempre tive curiosidade sobre o que acontecia nesse famoso garimpo. Na época, lembro-me das capas das revistas estampando aquele formigueiro humano, aquele caos. E, segundo, porque se sabia que tinha muita bandidagem lá e prostituição também, um garimpo daquela magnitude era o inferno na terra, pior que aquilo só uma guerra. Neste filme tudo isso é mostrado, e do jeito que eu gosto, com realismo. Os dois antagonistas vividos por Matheus Nachtergaele (Coronel Carvalho) e Wagner Moura (Lindo Rico) dão show de interpretação deixando os protagonistas Juliano Cazarré (Juliano) e Júlio Andrade (Joaquim) meio ofuscados. O grande porém deste filme está na falta de originalidade do roteiro que, embora siga muito os passos do ótimo “Cidade de Deus” (2002), de Fernando Meirelles, dando a dinâmica necessária para contar a epopeia no garimpo, lembra em muito a clássica versão de Brian de Palma para “Scarface”. Deixando de lado esses deslizes, o filme realmente me encantou por trazer uma violência forte, digna de clássicos exploited que, infelizmente, estamos acostumados aqui no Brasil. Outro ponto alto de “Serra Pelada” é a música brega da época, os carros setentistas com placas amarelas, o dinheiro inflacionado daquele tempo e o figurino. A brasilidade étnica de Sophie Charlotte, que interpreta a personagem Tereza com longos cabelos cacheados, talvez faça com que aumente o número de “gringos” lotando os voos internacionais para o Brasil. Serra Pelada é isso: garimpo, prostituição e bandidagem, um retrato meio hollywoodiano para ser exportado exatamente para eles, basta saber a classificação que será dada para o filme lá na terra do tio Sam.


16

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

GERAL

Bravo ocorre hoje à noite Acontece hoje, às 20h30min, o Concerto Bravo. Isso em frente à igreja Nossa Senhora Auxiliadora. Uma realização do jornal FOLHA do SUL que agraciará personalidades que se destacam por suas ações, pela vontade de fazer algo pela comunidade, conforme salienta o editor do jornal, Glauber Pereira. Serão 18 homenageados: todos bageenses ou que nesta terra trabalharam. O jornalista Gilmar de Quadros destaca que o Bravo somente é concedido a quem preenche determinados requisitos. “As indicações ao prêmio são feitas por quem quer homenagear um amigo, familiar ou conhecido”, comenta. É claro que, para ser agraciado, o indicado precisa contar com um currículo interessante. Eles receberão as distinções durante a apresentação da orquestra jovem do SESI de Lajeado: os troféus serão entregues pelos jovens do Rotaract e Interact. Vale destacar que o Concerto Bravo é aberto ao público. Ou seja, os bageenses poderão conferir esse espetáculo em local público. Para aqueles que não poderão comparecer ao evento, estejam em Bagé ou em outros municípios, o Bravo será transmitido ao vivo, Indicados

José Artigas Lemos Renato Paim Francisco Hillal Botelho Danilo Flores Fuchs Roberto Bittencourt Martins Patricia Ketermann Nunes Sérgio Magalhães

Emília Rosa / Especial FS

Concerto é aberto ao público

pela internet. É a primeira vez que isso ocorre. A empresa R38, de Santa Maria, será a responsável pela transmissão. Uma Unidade Móvel de transmissão equipada com seis câmeras de vídeo de alta definição levarão as imagens a diferentes cantos do mundo. A internet, no local, será disponibilizada pela empresa Alternet, que irá montar uma estrutura apenas para o evento, o que possibilitará o upload das imagens. Além de conferirem a cerimônia, os internautas poderão interagir por meio do envio de men-

sagens via chat, que estará disponível no site www.jornalfolhadosul.com. br. O diretor da FOLHA, Jônio Salles, afirma que o Bravo é um evento grandioso, cuja repercussão é impar, tal qual sua importância cultural. Daí a justificativa para investir na transmissão do concerto pela internet. A também diretora da FOLHA do SUL, Leisa Soria, destaca que após a premiação, que ocorrerá durante o concerto, os convidados serão recepcionados na Casa Hermosa para um coquetel de confraternização.

Sérgio Luis da Silva Lopes Lia Rejane Mendes Barcellos Tiago Camargo Correia Nei Brasil Neto João Vicente Gallo Jane Barcellos Anna Isabel Caputti Pereira Suñe Luis Alberto Araújo

Sulenir Abreu da Rosa Cláudio Nery Martins – Cinco Salsos Cerealista Pillon Bagé Tênis Clube Mariana Kalil Premio Mérito - Grupo Amor Solidário


GERAL Gleider Ayres / Especial FS

Contêiner será colocado para recolher lixo

Moradores do Residencial Charrua reclamam de descarte inadequado de móveis Uma moradora do Residencial Charrua procurou a reportagem para desabafar: acontece que nas últimas semanas, seus vizinhos passaram a depositar móveis antigos na frente dos prédios. Ela acredita que com a facilidade do programa Minha Casa Melhor, muitos estão renovando seus móveis e, logo, depositando aquilo que já não tem utilidade em local totalmente impróprio. Alguns utilizam as lixeiras do residencial, mas vale lembrar que o caminhão de lixo e os lixeiros não recolhem tais itens. “Tem lixo, churrasqueiras, pias, torneiras, parte de material para telhado, pisos e sofás”, relata. A moradora, que preferiu não se identificar, diz que a convivência é difícil e que, ao que parece, ninguém se importa com o bem-estar comum. “É uma falta de respeito. Eu não me animo a levar minha filha à pracinha porque, às vezes, há cacos de vidro e muita sujeira por ali”, comenta. A moradora também relatou que tais práticas se repetem em terrenos próximos. Segundo ela, alguns vizinhos deixam o residencial para o descarte nos vazios urbanos. Outra moradora, Madalena Silva, de 36 anos, comentou que seu esgoto está entupido e não

consegue orientação de como proceder. Ela confessa que não paga a taxa de condomínio, assim como 90% dos moradores. A justificativa é o fato de que o valor de R$ 30 mensais não é cobrado junto à mensalidade do apartamento. “Seria melhor”, diz. Além disso, ela reclama que os administradores nem ao menos cortam a grama do residencial. “O esgoto está a céu aberto. Já tentei de tudo e me disseram que só eu mesma posso resolver”, salienta. Ela diz que tentou contatar a administradora, porém, não obteve êxito. O administrador do residencial, Manoel Macedo, garantiu que, hoje, estará disponível para os moradores um contêiner para o recolhimento dos móveis. “Vamos tentar amenizar o problema”, pondera. O corte da grama também está previsto para a partir de hoje. Quanto ao esgoto, ele comentou que um caminhão já fora realizar tal serviço na semana passada, mas que a situação relatada por Madalena não chegou até a administração. Macedo informa que já arrumou o portão do residencial por cinco vezes e que, agora, toda a fiação fora arrancada. Ele diz que a situação é complicada.

Acúmulo ocorre em frente aos prédios

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

17


GERAL Escola Silveira Martins desenvolve 1ª Jornada Cultural 18

SEXTA-FEIRA

29 de novembro de 2013

Divulgação/FS

Cristiano Lameira

Cento e cinquenta bailarinas participarão da apresentação

Grupo Chams Mai realiza festival neste final de semana Luana diz que atividade serviu para aproximação de colegas

Os alunos do Ensino Médio da Escola Estadual Silveira Martins participaram, na manhã de ontem, da 1ª Jornada Cultural. O projeto foi desenvolvido a partir da parceria entre escola e acadêmicos do curso de Literatura da Unipampa, através do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e tem por objetivo final a formação de leitores. Durante toda manhã, os estudantes participaram de oficinas nas mais diferentes áreas. Para a professora supervisora do Pibid Literatura na escola, Eliana Rodrigues dos Santos Marafiga, o projeto funciona na escola desde 2012. “A jornada é a quinta ação na escola e a primeira que envolve apenas as turmas de Ensino Médio.

Entre oficinas, a de cinema foi a mais procurada

Nosso objetivo central é desenvolver e promover a formação de leitores de Literatura”, afirma. Neste ano, os universitários trabalharam com a obra “As vantagens de ser invisível” e também com contos que estimularam a fantasia através do Realismo. Participante do Pibid, Júnior Ferreira conta que a relação com os alunos foi positiva. “Criamos, junto com os estudantes, um livro digital com cartas, com suas impressões pessoais sobre o primeiro livro. Mesmo não tendo sido publicado, o resultado foi muito interessante”, salienta. A aluna do 2º ano, Julia Santos, de 16 anos, diz que a presença do Pibid na escola garante aulas mais divertidas. “Eles nos trouxeram coisas diferentes da nossa rotina de apenas estar dentro da sala de aula. Gostei muito das atividades que foram rea-

lizadas conosco, me fez gostar mais de estudar”, comenta. Já a estudante Luana Corrêa, de 17 anos, gostou da proposta das oficinas. “É um dia diferente dentro da escola. Participei da oficina de orientação profissional e achei muito bom, pude saber do que eu realmente gosto e me aproximar mais dos colegas”, garante. Diferentes oficinas foram oferecidas com a participação de outros grupos do Pibid, professores e estudantes da Unipampa. O projeto de formação de leitores literários do Pibid é realizado na escola Silveira Martins pelos universitários Júnior Ferreira, Eduarda Silva, Taiana Azevedo, Andressa Machado e Denise de Oliveira. A coordenação geral do Pibid em Bagé está a cargo da professora Zila Letícia Pereira Rego.

Ocorre neste domingo a 12ª edição do Festival de Dança do Ventre do grupo Chams Mai. O evento, que conta com 150 bailarinas, acontecerá no Ginásio Militão e apresentará coreografias premiadas em festivais e também novas peças. A professora de dança, Luisa Martins, conta que desde abril as coreografias estão sendo montadas. “Estarão no palco 150 bailarinas, de 2 anos até a maturidade ativa, mostrando o trabalho realizado durante todo o ano. Este é um momento muito importante para todas do grupo, pois é quando mostramos todo o nosso trabalho”, conta. Luisa relata que muitos acessórios serão utilizados nas coreografias. “Será usado um véu de borboleta que deixará a apresentação mais bonita. Além dos acessórios, ainda vamos apresentar danças folclóricas egípcias”, comenta. Nas edições anteriores, o festival levou até o Militão mais

de mil pessoas. “Entre as coreografias, haverá apresentações entre mães e filhas, mostrando que a dança do ventre não tem idade. É neste festival que a dedicação de todo o ano, a evolução de cada bailarina é revelada na hora da apresentação”, garante. A apresentação, segundo Luisa, é a compensação pelo trabalho desenvolvido durante o ano. “Após horas de ensaios, cursos, festivais, preparação de figurinos e organização do evento é o momento em que as alunas sobem ao palco e mostram aos seus convidados todo o seu esforço e dedicação”, destaca. Os ingressos antecipados podem ser comprados ao valor de R$ 15, pelo telefone (53) 99764862. A apresentação está marcada para às 21h, no Ginásio Militão. O grupo Chams Mai pede que seja levado um brinquedo novo ou em boas condições para doação a instituições beneficentes.


Bageense recebe ordenação sacerdotal neste sábado Seguindo a vocação adulta, frei Nilo Cardoso Trindade, de 48 anos, receberá a ordenação a padre neste sábado, na igreja Nossa Senhora Conceição. O filho de Roselino Rodrigues Trindade e Esmeralda Cardoso Trindade sempre esteve próximo da vida religiosa, ingressando com os freis capuchinhos no ano de 2003, na cidade de Flores da Cunha. Ele conta que descobriu sua vocação já na idade adulta e que a caminhada para se tornar padre começou há algum tempo. “Professei os votos temporários em 2005, vindo a professar os votos perpétuos em 2010. Depois, fiz a faculdade de Filosofia, na Universidade Católica de Pelotas e, em seguida, o curso de Teologia, na Escola Superior de Teologia e Espiritualidade Franciscana. Agora, após a preparação humana e cristã, irei me tornar padre”, conta. Quanto à vocação, ele afirma ter descoberto no seio de sua família. “Lembro de ir junto aos meus pais e meus irmãos na missa aos domingos, às 7h. Junto a estas memórias, estão o trabalho junto aos grupos de catequese, encontros de batismo e também a participação de grupos de Emaús e trabalho com os jovens. Penso que tudo isso contribuiu para

minha escolha”, destaca. Em relação à pouca procura pela vida religiosa, Trindade destaca dois motivos. “Percebemos, nos dias de hoje, uma mudança no mundo, em que as pessoas procuram correr para ter um bem-estar material e, de certa forma, deixando a vida religiosa em segundo plano. Além disso, hoje, as famílias são pequenas”, considera. Seu lema como padre será: “avançai para águas mais profundas, e lançai vossas redes para a pesca (...) Serás pescador de homens” (Lucas 5, 4.10) – Para construção do Reino de Deus e ensinar a viver na Paz e no Bem. “Enxergo na rede de pesca a união. O pescador que atira a rede na água espera retornar com ela cheia de peixes, tanto bons como doentes. Acredito que a religião funciona do mesmo modo, trazendo as pessoas para perto e as ajudando”, ressalta. Entre os alicerces na atuação como padre ele diz que terá como norte Jesus Cristo e o povo. “Meu guia será Cristo e minha motivação a comunidade. Que sempre onde eu estiver possa levar a alegria e a palavra do senhor”, afirma. A ordenação acontece junto à missa das 17h, e contará com

Juliana Andina

Aos 48 anos, Trindade conta que segue sua vocação

a presença de 30 sacerdotes, do bispo Dom Gílio Felício e do ministro da Universidade Saint Leo da Flórida (EUA). Depois de ordenado, Trindade será vigário na Paróquia Nossa Senhora da Penha, na cidade de Rio Grande.

GERAL

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

19


20

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

GERAL Câncer: estratégia da saúde é conscientização O Ministério da Saúde estima que, em 2014, o país terá 576,580 mil novos casos de câncer. O tumor de pele, não melanoma, o mais frequente tanto entre homens quanto em mulheres, deverá atingir 182 mil pessoas, o equivalente a 31,5% do total. As maiores taxas da doença são esperadas para as regiões Sul e Sudeste do país, que registram maiores índices populacionais e de envelhecimento. A previsão é a de que ocorram 299,730 mil casos novos no Sudeste e 116,330 mil no Sul. A secretária de Saúde do município, Aura Stella Pereira, diz que os casos de óbitos em Bagé são consideráveis. O tipo de câncer que mais mata, no município, é justamente o de pele. Os homens são a maioria nesta estatística. Logo, o câncer de próstata é o que mais preocupa. Para ela, isso está associado ao hábito do

homem do campo, que não usa protetor solar e não considera os filtros solares como forma de prevenir a doença. Além disso, há preconceito quanto ao exame que pode diagnosticar o câncer de próstata. No mínimo uma vez por ano este exame deve ser feito. A secretária destaca que a estratégia da saúde do município é a conscientização. O acesso aos exames e ao tratamento também estão entre as preocupações: hoje, interessados a se submeter a um exame podem procurar um posto de saúde da rede. O posto encaminhará o paciente. “A rede está bem preparada. Precisamos agora acabar com o preconceito”, pondera. A secretária comentou que há uma parceria entre o município e o Centro Integrado de Oncologia e Mama. Isso para realizar exames e encaminhamentos para preven-

ção do câncer do colo do útero, boca e próstata. Aura Stella garante que o acesso, hoje, pode ser considerado rápido: entre diagnóstico e início do tratamento, o tempo médio é de um mês. Para a secretária, isso é uma vitória. Segundo o Sistema de Informação sobre Mortalidade, em 2012, ocorreram sete mortes em Bagé em decorrência do câncer de próstata. O coeficiente é de 12,5% - considera a cada 100 mil homens. No Rio Grande do Sul, o número de óbitos referente a 2012 foi de 1.001 óbitos, um percentual de 19,1%. Já o câncer de mama, em 2012, matou 17 mulheres – um coeficiente de 27,8%, que também considera o montante de 100 mil mulheres. No Rio Grande do Sul, 1,1 mil mulheres morreram de câncer de mama em 2012 – 19,9%. Não constam informações quanto à mortalidade por câncer de pele.

Sindicato dos Contabilistas tem eleição hoje OBITUÁRIO

Darck Raquel Gonçalves Pereira, 49 anos, dona de casa, casada com Jorge Luiz Pereira. Residia na rua Raul Donazar, 881, bairro Stand. Deixa os filhos Letiere e Marta Vitória.

Mário Onei Danieres da Silva, 65 anos, mecânico, viúvo. Residia na rua Danton Garrastazu, 75, bairro Ipiranga. Deixa os filhos Toni Gilson e Aristotelina.

Durante o dia de hoje, das 13h às 19h, acontece a eleição para escolha do novo presidente do Sindicato dos Contabilistas da região. A votação ocorre junto à sede da entidade, na Avenida General Osório, 671, em Bagé. Conforme o atual presidente do Sindicato, Girley Vaz Dutra, estão aptos a votar todos os sócios e inscritos no Conselho Regional da categoria. Na função desde 2007,

Dutra aponta que as principais conquistas de sua gestão estão relacionadas ao melhoramento físico da sede da entidade, a efetivação de convênios em prol dos associados e aproximação junto ao Conselho. A definição do novo presidente deve ocorrer ainda à noite, com apuração logo após o fim do período de votação. Concorrem, pela Chapa 1, Valdemir Sousa Dias (Miro) e, pela Chapa 2, Ângela

Maria Borges Irala. O vencedor assume o cargo por três anos, na gestão 2014/2016. A posse está agendada para 3 de janeiro de 2014. O sindicato atua nos municípios de Aceguá, Bagé, Dom Pedrito, Candiota, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pedras Altas. Nesta área de abrangência, o número estimado de profissionais atuantes é superior a 400.


SEGURANÇA Funcionário da Coordenadoria Regional de Saúde de Bagé é um dos indiciados

Polícia Civil conclui inquérito da Operação “Grande Família”

Gleider Ayres / Especial FS

por Rochele Barbosa Uma mega operação, denominada “Grande Família”, foi deflagrada em Dom Pedrito, no dia 23 de outubro, pela Polícia Civil, coordenada pela Delegacia de Polícia do município. Vários funcionários públicos foram investigados por desvio de verba do Programa Primeira Infância Melhor (PIM), do Governo do Estado. A Polícia Civil pediu o afastamento de três servidores, sendo a secretária municipal de Educação, Mônica Leal Menegás, a coordenadora municipal do PIM, Rosângela Moura Carvalho, e o digitador do programa, Cristiano Vaz. Na tarde de ontem, em entrevista coletiva à imprensa local, na Delegacia Regional de Polícia Civil em Bagé, a delegada Marina Dillenburg, titular da Delegacia de Dom Pedrito, apresentou o inquérito já concluído e que será remetido ao Poder Judiciário daquele município, hoje. “Após um mês de investigação e também dos cumprimentos de

mandados expedidos pela Justiça, também com interceptações telefônicas autorizadas, estamos remetendo hoje o inquérito, com as provas e com os nove indiciados para o Judiciário”, destaca. A operação Grande Família iniciou as investigações há oito meses e cerca de 100 famílias podem ter sido prejudicadas pelo desvio de verbas do PIM.

A Delegacia de Polícia Fazendária (Defaz), o Departamento de Investigações Criminais (DEIC), a Delegacia de Dom Pedrito e a Delegacia da 9ª Região ficaram à frente da operação e o inquérito foi confeccionado por três policiais civis de Dom Pedrito, com o objetivo de combater crimes de desvio de dinheiro público e licitatórios.

Durante as investigações, alguns percalços foram atravessados pela equipe, como o nome de uma pessoa que teria foro privilegiado. “Estamos, inclusive, entregando também, para o Ministério Público e Judiciário, o relatório sobre esse indivíduo que tem prerrogativa. Também foi interceptado em uma das ligações um crime contra a honra de policiais civis cometido por um jornalista, que já está sendo investigado”, relata a delegada. As investigações chegaram ao nome de nove indiciados, que não foram publicados pela Polícia Civil. Um desses é uma pessoa de Bagé, funcionário da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde, segundo a delegada. “A orientação da chefia de polícia é de não publicar ainda os indiciados, mas hoje estará público pelo Poder Judiciário. Os crimes investigados e discriminados no inquérito são de peculato, crimes licitatórios, falsidade ideológica, irregularidades de licitação e formação de quadrilha”, informa Marina. O Programa Primeira Infância Melhor teria sido utilizado como um

cabide de empregos, em que os cabos eleitorais haviam sido contratados por afinidades com partidos políticos e a nova administração, conforme declara a titular da Polícia Civil de Dom Pedrito. “Durante as investigações, averiguamos envolvimentos e outros tipos de relacionamentos, inclusive íntimos, para conseguir os cargos. O dinheiro era depositado num fundo de saúde, em que alguns nomes nem existiam, pessoas que foram chamadas para serem ouvidas nunca trabalharam como visitadoras do PIM. Não sabemos o valor desviado, nem para onde foi esse dinheiro, mas sabemos do desvio e foi comprovado. Se continuássemos as investigações, com certeza acharíamos mais irregularidade. Não haviam prestações de contas do programa e a Prefeitura não cobrava”, garante. A 7ª Coordenadoria Regional de Saúde também estaria envolvida no processo falso de escolha dos visitadores, havendo cumplicidade entre as coordenadorias de Bagé e Dom Pedrito. “Também tivemos problemas com comentários, quando

a polícia teria tomado partido. Já explicamos e novamente estamos dizendo: a Polícia Civil não tem partido político, toda investigação e interceptações telefônicas foram legais e com autorização judicial”, esclarece a delegada Marina . O programa deveria ser administrado no município pelas secretarias de Educação, Saúde e Assistência Social, mas, devido ao convênio, a Santa Casa era responsável pelas contratações dos funcionários. “Começamos o trabalho com a suspeita de que o hospital contratava indicados por pessoas da Prefeitura e que teriam sido cabos eleitorais”, destaca. Vários documentos foram apreendidos, entre eles certificados de cursos de capacitação dos servidores, que poderiam ser falsos. “As contas do programa social foram apontadas com irregularidades pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE)”, informa. Foram cumpridos, em outubro, mandados deferidos pela Justiça, sendo 12 mandados de busca e apreensão, 14 de condução coercitiva e três afastamentos de cargos públicos.

O foro privilegiado ou foro por prerrogativa de função é, como o próprio nome diz, um privilégio concedido a autoridades políticas de ser julgado por um tribunal diferente ao de primeira instância, em que é julgada a maioria dos brasileiros que cometem crimes. Apenas os crimes de respon-

sabilidade e os comuns de natureza penal são submetidos a essa regra. Os demais ilícitos, entre os quais está o de improbidade administrativa, submetem-se ao foro comum, juízes de Direito e juízes federais, de acordo com o caso. São beneficiados pelo foro privilegiado, na Constituição Federal, no Tribunal

de Justiça: prefeito e deputado estadual. O prefeito Lídio Bastos de Dom Pedrito confirmou à reportagem ter foro privilegiado e que só irá se manifestar caso for citado no processo, após análise de advogados. “Vou esperar ser citado formalmente”, diz.

A delegada Marina Dillenburg afirma que foi também foi averiguada outra irregularidade, em que um servidor público estaria desviando

combustível. “Ele estaria vendendo finaliza. diesel, usado para os veículos do Para este processo, há outro programa, para produtores rurais inquérito instaurado pela Polícia da região, no valor de R$ 1 o litro”, Civil, denominado Mercador.

Inquérito

Prefeito de Dom Pedrito

Operação Mercador

Coletiva de imprensa contou com diversos veículos de comunicação

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

21


22

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

ESPORTES

Ba-Gua do Amor: as atrações e o caráter de solidariedade O jornalista Nando Farinha é responsável pela série de bemsucedidos eventos de caráter beneficentes em favor de entidades assistenciais. Agora, mais uma promoção que leva a sua marca. O “Ba-Gua do Amor” está programado para o dia 22 de dezembro, sábado, a partir das 17h, no Pedra Moura. Inicialmente, a presença em campo de 40 garotos de NG Futsal, de 9 a 12 anos de idade. Na sequência, jogo entre convidados e pessoas de diversos segmentos da comunidade. Por fim, a partida dos craques, colocando em ação ex-atletas profissionais de Bagé e de outros centros. Na equipe visitante, Nando Farinha já tem a confirmação da presença de Sandro Sotilli, um dos maiores artilheiros do futebol gaúcho em todos os tempos, e Arilson, ex-meia da dupla Gre-Nal e da própria Seleção Brasileira.

Divulgação FS

Cristiano Lameira

Estrutura montada para um grande evento

Nando Farinha, organizador da festa, tem muitos apoiadores

“Contamos uma vez mais com o prestígio dos bageenses, emprestando seu apoio a uma promoção que já se torna tradicional e que, além do seu caráter atrativo, leva em conta a alegria natalina de crianças carentes”, explica o organizador.

Os ingressos, que serão trocados por um brinquedo, novo ou em bom estado, estarão à disposição, a partir de hoje, em vários locais, como York Modas, ASM Esportes, CC Corretora de Seguros e Tterrasul.

Resumo esportivo FESTA DO MENGÃO – Com todos os méritos, o Flamengo conquistou a Copa do Brasil e vaga direta para a Libertadores de 2014. Isso foi conseguido na vitória de 2x0 diante do Atlético Paranaense, no Maracanã. A SURPRESA – Rebaixada no Brasileirão, a Ponte Preta garantiu presença na decisão da Sul-americana, empatando em um gol com o São Paulo, em Mogi das Cruzes. PESAR – Nota do presidente da Liga Independente de Arbitragem, Jairo Moraes, lamenta o trágico falecimento, em acidente de trânsito, de Manoel de Souza Ferreira, funcionário do Old Friends/Fronteira e um dos idealizadores do Inter Haras de futebol sete. JALDE-NEGRO HISTÓRICO – Nascido justamente no ano em que o Bagé foi campeão estadual, o aposentado Paulo Poty Machado comemora 88 anos cercado do carinho dos familiares, entre os quais o médico Paulo Roberto Sandim Machado, ex-presidente e grande entusiasta da agremiação do Pedra Moura. CATEGORIAS DE BASE – Programação dupla hoje à tarde, no estádio Antônio Magalhães Rossell. Às 16h, a equipe sub-17 do Guarany enfrenta a seleção do Quartel General; 18h30min, pela Copa José Carlos Teixeira Giorgis de Futebol Sub-16, Escola do Grêmio x Stand.

higinobage@yahoo.com.br

UMA FIGURA – O bageense Odair Granato Veiga foi um ponteiro-canhoto de muita técnica. Ele iniciou sua carreira como atleta em Livramento, pelo Grêmio Santanense, transferindo-se depois para o 14 de Julho, que vendeu seu passe ao Pelotas. No período de 1969 a 72, foi jogador do Bagé, tendo, em 1973, atuado pelo Guarany. Teve participação também no futebol de veteranos, sendo hoje proprietário e condutor de táxi. Nesta sexta-feira, Odair completa 75 anos de vida. A ENCICLOPÉDIA EM BAGÉ – Nilton Santos, que foi um extraordinário lateral-esquerdo e que morreu anteontem, aos 88 anos, foi jogador do Botafogo do Rio e da Seleção Brasileira. Ele esteve em Bagé em maio de 1951, quando o alvinegro carioca venceu o Guarany por 4x1. É atribuído a Nilton Santos, que era conhecido como “a enciclopédia do futebol”, um dos lances mais bonitos da partida, aplicando drible desconcertante num jogador alvirrubro. LEÃO DA FRONTEIRA – O 14 de Julho de Livramento encerrou as atividades do futebol profissional deste ano, já que o grupo vinha treinando normalmente. Caberá à nova diretoria traçar os rumos do clube para a temporada de 2014. RECONHECIMENTO – O professor José Luís Cavalheiro, radicado na Grande Porto Alegre, será homenageado amanhã à tarde, no SESC, por um grupo de 40 pessoas, seus ex-alunos de handebol.

Copa Previtali: número recorde de inscritos

Nesta sexta-feira, às 16h, no Bagé Tênis Clube, começa oficialmente a Copa Clínica Previtali de Tênis, um evento de grandes proporções, que terá jogos também no sábado e no domingo. Um dos responsáveis pela organização, Bruno Pichler, exulta com o fato de que foram registradas 136 inscrições, o que fará com que tenham que ser disputadas 12 partidas no Círculo

Militar de Bagé. Fato marcante é a presença de atletas profissionais de São Paulo e da Argentina, grandes atrações do evento. A estrutura do BTC está pronta, inclusive com cinco quadras de saibro em plenas condições, supervisionadas pela Federação Gaúcha de Tênis. Os tenistas serão divididos em 15 categorias distintas.

Studio comemora conquistas

Divulgação FS

Haroldo Teixeira e seus comandados

A Academia Studio, sob a liderança de Haroldo Teixeira, obteve excelentes resultados na 10ª Copa Internacional de Levantamento de Peso Vilmar Oliveira, promovida pela Academia Corpo e Saúde Fitness, no Palacete Pedro Osório. Foram campeões Éder Pereira, levantamento básico; João Moraes e Paulo César Lopes, aga-

chamento; Adão Maurente, agachamento terra; Neila Bozzan, power bíceps, Bruno Limberger, segundo no levantamento terra. Outros destaques: Bruna Werner, maior levantamento terra feminino, com 160 quilos, e Haroldo Teixeira (patrocinado pela Farmácia da Terra), categoria até 90 quilos, levantando 226 quilos no open.


ESPORTES

23

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

Aeromodelistas locais apresentam-se em São Sepé

O aeromodelismo tem um grupo de 16 participantes em Bagé. Eles se reúnem nos fins de semana, no Parque do Gaúcho, fazendo apresentações e buscando sempre S novos adeptos para um esporte dos mais atraentes. Renato Cavaliere Molina, presidente do Clube de Aeromode-

s

-

r

-

Divulgação FS

27/11/13 FEDERAL

1º 79.496 2º 33.276 3º 48.339 4º 80.223 5º 88.933 MEGA-SENA Nº 1551

Grupo se reúne no Parque do Gaúcho

lismo de Bagé, destaca o crescente interesse em torno das atividades, levando familiares e amigos ao Parque do Gaúcho. Aliás, ele pleiteou, junto ao Governo Municipal, melhoramentos no local como, por exemplo, a construção de dois banheiros para o público, encontrando-se o respectivo projeto

com o secretário de Coordenação e Planejamento, Gustavo Morais. No próximo fim de semana, os bageenses participarão, em São Sepé, de festa comemorativa aos 20 anos da União Sepeense de Aeromodelismo (USA), existindo também convites para apresentações em outras cidades.

02 15 19 21 23 38 LOTOMANIA Nº 1404 04 09 15 23 24 29 30 33 40 43 44 46 49 51 54 71 73 84 86 95

LOTOFÁCIL Nº 987 02 04 05 06 07 09 11 12 13 15 18 19 20 22 23 QUINA 3351 13 29 39 55 69 DUPLA-SENA Nº 1232 Primeiro sorteio 06 07 24 30 36 45 Segundo sorteio 07 18 22 23 33 47


www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 29 DE NOVEMBRO DE 2013

Gaúcho

FOLHA SUL


BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 29 DE NOVEMBRO DE 2013 - Ano 1 - N° 67

CONTEMPORÂNEO


MP

Redação

2

Bagé, 29 de novembro de 2013

Beauty Moment

CONTEMPORÂNEO

BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 29 DE NOVEMBRO DE 2013 - Ano 1 - N° 67

A primavera sempre que chega é muito bem recebida. Os dias mais quentes vêm tomando conta, as flores chegam para colorir o astral. E, com elas, as alergias afloram, certo? Errado. Na verdade, elas realmente afloram na primavera, mas não necessariamente em função dessas flores lindas e coloridas. Isso porque o principal causador dessa alergia é o pólen das gramíneas. Quer saber mais sobre o que você pode fazer para evitar ou amenizar o problema? Leia a matéria com o alergista Luiz Antônio Duarte, na editoria Vida & Harmonia. No FOLHA SABORES, Giuliana Bruni traz os benefícios do azeite de oliva. Marcos Pintos fala sobre moda masculina e aproxima você de uma exposição que acontece em Paris, tudo isso em Papo com MP. Em Moda & Conteúdo os estilos folk e boho que estão fazendo o maior sucesso. Em Tendência, as peças destes estilos que garimpamos na Strelitza. Nas páginas centrais, o editorial de moda da Nory Boutique contempla vários gostos e idades. A página 9 cede espaço ao Estilo de Estrela – a editoria que traz o estilo e hábitos dos artistas que se apresentam em Bagé –, Alexandre Pires é o artista da vez. Produzimos para vocês. Boa leitura! Marcelle Ceolin Jornalista - Pós-graduanda em Moda

Capa Nesta edição, a modelo que veste os looks da Nory Boutique é Vanessa Bernardes, estudante de agropecuária do IFSul, de 18 anos. Va n e s s a j á f e z f o t o s para o Contemporâneo, também para a Nory, e vem despontando em comerciais de TV em Bagé. Na capa, ela usa vestido longo chiquérrimo da Ton Âge.

O foco da maquiagem da beauty artist de Contemporâneo, Tainá Brito, foi no azul. A pálpebra superior passou por quatro tonalidades da cor. As sombras duo cromáticas têm a função translúcida. Ainda no olho, foi usado lápis azul turquesa pastel na parte inferior e lápis preto para finalizar. Na boca, batom rosa metálico. A pele mate foi finalizada com iluminador dourado. Se na primavera e no verão as cores invadem o closet, na maquiagem elas chegam com força total. E mais, Tainá e seu singular trabalho provam, a cada edição, que a make colorida pode ser ao mesmo tempo discreta - se isso for da vontade de quem vai fazer - elegante e sexy. É hora de aproveitar as estações das cores e deixar o pretinho básico para depois. No cabelo, o hair stylist Lucas Lopes investiu em uma escova anelada para deixar em evidência as espetaculosas madeixas da modelo Nory Boutique. Acompanhe o resultado nas páginas centrais do caderno.

Dica da Alice Como combinado, a cada edição vou contando mais novidades sobre o evento da Alice Salazar em Bagé e publicando algumas dicas de maquiagem dessa gaúcha que está ganhando o mundo com suas técnicas e a irreverência de seus vídeos. Então, preparem-se que o evento será no dia 16 de março, às 15h, na nova loja Nicola Veículos. Os convites estarão à venda a partir da próxima semana, na Nicola Veículos. Após suas férias nos USA, Alice desembarca diretamente em Bagé com milhões de novidades exclusivas. O primeiro lote do ingresso normal custará R$ 60, e o primeiro lote VIP, com direito às primeiras fileiras, canapés e salgadinhos by Delícias da Edu e espumante custarão R$ 120. Itens básicos de maquiagem que toda mulher deve ter na bolsa - Corretivo variado (do bege mais - Base claro ao marrom escuro) - Pó (escolha um tom - Batom (pode ser da cor próximo ao da sua pele) da pele) - Blush (escolha um tom - Lápis de olho mais escuro que a sua - Máscara de cílios pele) - Pincel (para sombra e - Estojo de sombras para o blush) Na próxima edição, dicas de como usar cada um destes itens. *Dica retirada de um vídeo da Alice Salazar no Youtube.

Diagramação Cristiano Lameira

Dicas da Casa das Revistas A revista Nova traz na capa a atriz Tatá Wernek, a Valdirene de Amor à Vida. Também, matérias sobre amor, sexo, internet e empreendedorismo.

EXPEDIENTE Jornal FOLHA do SUL Editor Geral Glauber Pereira Edição e Reportagem Marcelle Ceolin

CONTEMPORÂNEO

Fotografia Editorial Diones Alves Fotos Divulgação

Colaboração Marcos Pintos e Giuliana Bruni

Gerenciamento Comercial Leisa Soria

Revisão Taisa Soares

Este caderno é um suplemento do Jornal FOLHA do SUL, não pode ser vendido separadamente.

A revista LOfficiel traz uma entrevista exclusiva com a musa Taís Araújo. Na capa, Taís aparece com corpo de dar inveja em qualquer menininha


Em pauta: Fleur du Male Conheci o poder de Fleur Du Male em Londres. Numa balada em Soho, um amigo japonês – e ultra fashion – usava o perfume que me apaixonou ao primeiro contato. Trata-se de um convite ao sossego que revela um novo homem, o mesmo que supera suas reinvidicações passadas e que não teme mostrar-se descoberto. Um homem que não tem nada para esconder, que vive em harmonia consigo mesmo, que se mostra resplandecentemente, puro e livre. A imagem de uma nova harmonia entre o homem e a sua masculinidade, a fragrância de Fleur du Male gira em torno de uma flor branca aparentemente inocente, gustativa e fresca, eterna e sensual: a flor de azahar. Borrife e conheça o céu!

Papo co m M P

Bagé, 29 de novembro de 2013

CONTEMPORÂNEO

3

MP

por Marcos Pintos

Moda Masculina Nave: o estilo mar invade o verão 2014

A inspiração marinheiro está na moda e não precisa mais correr atrás da última marinheira de Jean-Paul Gaultier. Muitos se empossaram das âncoras marinhas, pullovers marinheiros ou bonés de capitão. Tudo está permitido, com a condição que haja conivência com o mar. Presença de muitas listras em toda a vestimenta masculina. As aparências são de bem comportado e muito fashion. Horizontal ou vertical, sempre haverá uma que poderá combinar com você.

Homens nus A Exposição “Masculine/Masculine”, em cartaz até 2 de janeiro, no Musée D’Orsay, em Paris, quebra tabus ao focar no fascínio que o nu masculino exerce sobre as artes. De fotos com temáticas gay e pop, como as de David LaChapelle e da dupla Pierre ET Gilles, às pinturas clássicas, como “Patroclus”, de Jacques-Louis David (foto), veja – sem sair de casa – a galeria online com o melhor da mostra a partir do dia 26 de novembro (www.vogue.com.br).

Dica de Etiqueta

MP apresenta, hoje, a segunda parte das dicas de organização e etiqueta à mesa que vão ajudá-lo a aproveitar as festas com charme e elegância.

Ao comportamo-nos com requinte, acumulamos pontos sociais que gerarão créditos a nosso favor, desde a vida pessoal à profissional. Voilà! 10. Acerte nos talheres: use o garfo na mão direita, enquanto a faca descansa sobre a parte superior do prato (e com a lâmina voltada para dentro). 11. Não enfie a cara na comida: ela deve ser levada à

boca e não o contrário. 12. Dobre as folhas da salada: em vez de cortá-las, basta fazer uma trouxinha com a ajuda dos talheres. 13. Jogue os caroços no cinzeiro: a regra serve para azeitonas servidas como aperitivo. Quando elas fizerem parte da comida, use o garfo e coloque o caroço no canto do prato.

14. Segure o frango com guardanapo: se ele for servido à mesa, e não como aperitivo, retire as lascas de carne com o garfo. 15. Enrole o macarrão: para prevenir garfadas grandes demais, pegue os fios que estiverem na ponta do prato. E se sobrar algum fora da boca, corte-o com o dente, de forma natural, deixando-o cair de volta no prato.


MP

Mo da & Co nteúdo

4

Bagé, 29 de novembro de 2013

Estilos Folk e Boho A moda sempre se inspirou nos movimentos culturais e históricos para reproduzir novas tendências e estilos. Algumas inspirações são passageiras e outras nem tanto, como é o caso do ‘boho’ e ‘folk’ que vieram para ficar tanto nas passarelas como na moda urbana. Apesar da estética parecida, com a influência de tons terrosos e muitos acessórios, cada estilo tem sua origem e por isso preserva particularidades nas peças.

Folk A palavra deriva do inglês e significa “povos”. Na “folk music”, as inspirações vêm da tradição rural ou da música folclórica, elementos traduzidos para a moda através de peças rústicas e artesanais. Peças-chave: os tons terrosos misturam-se a flores campestres e estampas delicadas. Franjas, coletes, tricôs, botas pesadas e muito camurça.

Boho ou Boho Chic Boho vem do “Bohemian of Soho”, movimento francês da década de 20, na qual um grupo de intelectuais acreditava na simbiose da moda e da arte. Já na década de 60 e 70, o movimento tomou força no bairro de Soho, em Londres. O estilo mistura ao hippie chic – visual sessentista – como o boêmio e elementos étnicos. Peças-chave: couro, túnicas, pele de animais, padronagens fluidas, seda e muitos acessórios, como por exemplo o chapéu boho – super tendência.

CONTEMPORÂNEO

Inspire-se em alguns looks do estilo Folk

Dica A revista Vogue deste mês traz ainda o editorial “Caubói de Salto”, onde mesclam-se estes estilos. Por serem muito parecidos, as pessoas acabam pegando elementos de ambos para montarem seu estilo. A revista destaca as estampas étnicas, bordados delicados, saias e microshorts como a base do visual vaqueira de boutique do momento. Para quem curte o estilo vale a pena conferir. Inspire-se em alguns looks do estilo Boho


Hippie de Boutique Buscamos inspiração na revista Vogue deste mês e garimpamos muitas peças bacanas na

STRELITZA para quem tem muito estilo e ousadia para aderir a essa

tendência - mescla de várias culturas - que vem conquistando celebridades e fashionistas.

Tendência

Bagé, 29 de novembro de 2013

CONTEMPORÂNEO

5

MP Fotos: Marcelle Ceolin

Os shorts também são aliados de quem veste este estilo. Aparecem no jeans e em tons terrosos (by Vogue) #shortFarm

Cintura decorada - o uniforme faroeste pede um bom cinto de couro decorado com tachas e arrematado por fivela extravagante (by Vogue) #cintoBonequinhadeLuxo

A saia longa substitui a tradicional calça jeans e, dentro de uma cartela neutra, ganha a companhia de franjas e bordados étnicos, que se misturam sem preconceito (by Vogue) #saiaFarm Combinados a texturas brasileiríssimas como o crochê, couro e camurça ganham contornos mais tropicais (by Vogue) #colarFarm

A bolsa com franjas vira carteira e pode compor tanto um visual casual como um look para a balada #bolsaSchutz

Motivo Rupestre - índios encontram caubóis graças às peças com estampa tribal (by Vogue) #calçaEspaçoFashion #vestidoétnicoÁguaDoce

Com ou sem salto, os calçados com franja caracterizam o estilo #calçadosSchutz

Garanta feminilidade apostando no trabalho artesanal que aparece tanto na camisa jeans quanto nas pulseiras feitas de tecido colorido (by Vogue) #croppedjeansFarm


MP

Lo o k B ook

6

Blusa Malharia Nacional + calça Nutrisport + sapato Claudina

Bagé, 29 de novembro de 2013

CONTEMPORÂNEO

Sofisticação e qualidade Nory Boutique, peças

Vestido Ton Âge

Blusa Ton Âge + calça Ton Âge + sapatilha Claudina


Cristiano Lameira

BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 29 DE NOVEMBRO DE 2013 - Ano 1 - N° 13

O sabor é característico e fácil de detectar quando uma receita é feita com este óleo: azeite de oliva. Ele, que já foi conhecido como ouro líquido, é a pauta do FOLHA SABORES de hoje. São inúmeros os benefícios que o azeite de oliva traz. E para você saborear, o chef de cozinha Marcos Sousa ensina um prato em que o azeite é utilizado a gosto: arroz ao camarão! Além disso, saiba mais a respeito do curso de Sensibilização sobre a qualidade do azeite de oliva que aconteceu em Bagé. Boa leitura!


2

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

Curiosidades Gastronômicas Sete motivos para inserir o azeite de oliva na alimentação 1- O azeite de oliva tem ação antioxidante por conter vitaminas poderosas que dão uma força para manter a pele longe das rugas. O azeite também tem propriedades anti-inflamatórias e é indicado como hidratante facial para quem tem a pele seca. A dica também é válida para quem tem os lábios rachados. 2- O azeite reduz a formação de placas ateromatosas (compostas por lipídeos e tecido fibroso, que são responsáveis por entupir os vasos sanguíneos e artérias). O azeite também é rico em vitamina. E protege do câncer e doenças cardíacas, como o infarto. Além disso, já foi comprovado, pelos pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica, em Bordeaux, na França, que a opção também ajuda a prevenir derrames. 3- As vitaminas contidas no azeite ajudam a hidratar e fortalecer as unhas. A dica vale para quem tem unhas escamadas, manchadas, quebradiças ou para quem vive trocando de esmaltes (o que acaba enfraquecendo as unhas). A dica é: aplique o azeite nas unhas, com algodão, depois da limpeza, hidratação e antes de aplicar o esmalte. Assim, as unhas ficarão fortes e hidratadas para receber o cosmético. 4- Ele é um dos principais alimentos ricos em gorduras monoinsaturadas, que ajudam a conter o mau colesterol (LDL Lipoproteína de Baixa Densidade). Não é recomendado o consumo em excesso, mas, se ingerido moderadamente, é capaz de reduzir as taxas do colesterol ruim e aumentar as taxas do colesterol bom. 5- De acordo com uma pesquisa realizada no Instituto Científico Monell Chemical Senses Centre, na Filadélfia, o azeite pode

Notas gastronômicas Dica de filme Expediente Reportagens: Giuliana Bruni

Esta edição semanal é encartada no Jornal FOLHA DO SUL GAÚCHO e não pode ser vendida separadamente.

Editor-geral: Glauber Pereira Fotos: Divulgação Diagramação: Cristiano Lameira Revisão: Taisa Soares

substituir o analgésico ibuprofeno: 50 gr de azeite equivale a um décimo de uma dose do remédio, o que torna esse óleo um anti-inflamatório. 6- Por ser um hidratante natural, o azeite pode ser usado como uma opção para dar vitalidade aos cabelos. O truque é ideal para quem tem muito contato com o cloro da piscina ou ficou exposto ao sol forte na praia. A dica é aplicar o azeite em temperatura morna nos cabelos e envolver os fios com uma toalha aquecida ou toca térmica. Depois, é só deixar agir por 15 minutos e lavar os cabelos normalmente. A aplicação pode ser realizada uma vez ao mês. 7- De acordo com estudos realizados na Universidade de Córdoba, na Espanha, o azeite contém a substância oleuropeína, um anti-inflamatório que tem os mesmos efeitos do cálcio no organismo. Ou seja, consumir o óleo moderadamente ajuda a prevenir a osteoporose.

O FOLHA SABORES de hoje traz a dica de um filme que trata de gastronomia: Estômago. Raimundo Nonato (João Miguel), o protagonista, descobre um caminho a parte: ele aprende a cozinhar. E é nas cozinhas de um boteco, de um restaurante italiano e de uma prisão - o que ele fez para acabar ali? - que Nonato vive sua intrigante história. Além disso, ele aprende as regras da sociedade dos que devoram ou são devorados. Regras que ele usa a seu favor, porque mesmo os cozinheiros têm direito a comer sua parte - e eles sabem, mais do que ninguém, qual é a parte melhor. Uma história sobre o poder, o sexo e a culinária. Para mais informações sobre o filme, acesse o site oficial www.estomagoofilme.com.br.


3

SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

Cristiano Lameira

Azeite de oliva e a receita de arroz ao bacalhau

Arroz ao bacalhau Hoje, o chef Marcos traz todas as dicas e explicações de como preparar esse delicioso prato, em que pode ser utilizado azeite de oliva a gosto.

Ingredientes 200 gr de bacalhau desalgado em lascas 50 gr de mix de pimentões picados 2 ovos (fritos em flocos) 50 gr de azeitonas pretas fatiadas 100 gr de batata palha 200 gr de arroz branco Azeite de oliva (a gosto) Cebolinha verde (a gosto)

Modo de preparo

E

le já foi conhecido como ouro líquido. A cor e o sabor são inigualáveis, afinal, o azeite de oliva dá aquele toque a mais em qualquer refeição. Pode ser usado em saladas, peixes, ervas, batatas... e os sabores se transformam com a magia deste óleo. O consumo de azeite de oliva cresce a cada dia. No Brasil, não poderia ser diferente: de 2006 a 2009, o consumo subiu 169%. Cerca de 70 mil toneladas de azeite são consumidas por ano e o brasileiro é o maior consumidor e o segundo maior importador do produto no planeta. De acordo com o chef de cozinha Marcos Sousa, o azeite é essencial. “Para mim, é de grande importância o uso do azeite. Ainda é um tema um tanto complexo, porque, antigamente, era muito caro, mas hoje os preços são acessíveis. Além disso, a variedade de azeites é cada vez maior”, explica. Ele relembra que, por mais saudável que seja o consumo, é preciso ter cuidado. “Tudo em excesso faz mal”, destaca. São muitos os mitos que giram em torno do azeite de oliva. O FOLHA SABORES de hoje traz explicações para todas as dúvidas em relação a este óleo. Confira.

Quais os tipos de azeite mais comuns no mercado? Azeite virgem de oliva Ele é extraído em condições térmicas que não adulteram o azeite (extração a frio). Segundo a classificação europeia, neste grupo estão os azeites do tipo extravirgem, virgem e azeites virgem corrente. O sabor e aroma são mais acentuados e específicos de cada rótulo, variando entre picantes, frutados e suaves. A variação de acidez é: extravirgem com até 0,8%, virgem com até 2% e azeites virgem corrente com até 3,3%. Já acima de 3,3% não são apropriados para consumo. Azeite de oliva refinado Ele é obtido pelo refino do azeite virgem de oliva por métodos que não levam a alterações na sua estrutura. Tem, no máximo, 0,3% de acidez, que geralmente é corrigida por processo químico. Compõem azeites comerciais de qualidade inferior aos virgens de oliva. Azeite de oliva, sem mais especificações Ele é o óleo de oliva composto por uma mistura de azeite refinado e de azeites virgens. Mais comum e mais barato no mercado, tem cor mais clara que os azeites virgens e perfume e sabor menos acentuados. Pode ter até 1% de acidez.

Em uma frigideira, frite a cebola e os pimentões até cozinhar. Acrescente o bacalhau e as azeitonas e frite por mais dois minutos. Finalize com os ovos fritos e o arroz (já cozido). Misture bem e acrescente o azeite de oliva (a gosto).

Dica do chef Sirva com vinho branco e de acompanhamento salada verde.

5º Curso de Sensibilização sobre a qualidade do azeite de oliva No dia 25 de novembro, foi realizado o curso de Sensibilização Sensorial da Qualidade do Azeite de Oliva, no Da Maya Porão, em Bagé. O curso teve como públicoalvo empreendedores da área gastronômica e hotelaria. Além disso, apreciadores e formadores de opinião também estiveram presentes. O foco foi estimular o paladar para o consumo do azeite de oliva. Os participantes degustaram cerca de 40 marcas de azeites, nacionais e importados. O curso foi ministrado pelos pesquisadores da Embrapa Clima Temperado, Enilton Coutinho e Rogério Jorge. A organização e promoção do evento ficou a cargo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), através do fiscal federal agropecuário e assessor de comunicação, Ricardo Furtado, e da assessora de comunicação, Maria Augusta Schirmer. Em Bagé, a fiscal federal agropecuário, Rita Souza, foi a responsável pela divulgação.


SEXTA-FEIRA 29 de novembro de 2013

go e Cláudia Camar Daniela Gomes eitaria nf Co isa e em Ne aproveitam a tard O casal Cléber Ca

rvalho e Eneida

Voigt no Bistrô Re

staurant

Euda Saraiva comemoro u o aniversário de 84 ano s junto aos amigos e fam iliares, na Pizzaria La Pie dra

e Lizandra Duarte curtindo O bonito casal Cristian Delabary o. Clic Natali Braga um happy hour no Da Maya Porã

n Pötter em degustação na A confreira Carla e Isadora Herman Londrina Confraria Feminina do Vinho de


Bagé, 29 de novembro de 2013

definem a coleção verão da vão do casual à festa

Blusa Ton Âge + saia Ton Âge + sapato Claudina

Look B o o k

CONTEMPORÂNEO

7

MP

Blusa Reserva Natural + short Ambicione + casaquinho Ambicione


MP

Vida & Harmonia

8

Bagé, 29 de novembro de 2013

CONTEMPORÂNEO

Primavera X alergia Na rinite vasomotora acontece o uso sem orientação de descongestionantes nasais, que deixa crônico o problema. Melhora na hora, porém, volta com intensidade maior.

Os piores dias para quem tem alergia a pólen são os dias secos e ventosos. Nestas condições o pólen pode chegar até 50 quilômetros.

É fundamental consultar o médico, porque pode ser feito o tratamento de prevenção antes do período da primavera. E, em primeiro lugar, estabelecer o diagnóstico. Alergista Luiz Antônio Duarte dá dicas para evitar crises alérgicas

De acordo com o alergista Luiz Antônio Duarte, se tem observado um aumento no número de alergias, em nível mundial. “Geralmente, nas mudanças de estação, é que dá-se o aumento desses processos. As variações da temperatura - a amplitude maior que 15°/20° durante 24 horas - também favorecem esses processos, principalmente rinite”, explica. A i n d a , s e g u n d o o a l e rg i s t a , n e s s a é p o c a , principalmente na região Sul do Brasil, é bastante comum a alergia por polens. “Principalmente por pólen de gramíneas e, aqui na nossa região, ainda mais porque se planta muita gramínea (trigo, azevem), estas liberam grande quantidade e eles flutuam no vento. Diferente dos polens de árvores e flores, que são carregados por insetos ou pássaros, por serem mais pesados, então eles não têm impacto tão grande no organismo, a menos que a pessoa vá cheirar a flor, porque assim pode inalar o pólen”, explica. A rinite por pólen também pode ocasionar conjuntivite por pólen, muita coceira, coriza, espirros. Também é bastante comum a rinite por ácaro, mas esta acontece mais no inverno. A rinite vasomotora ocorre conforme as mudanças de temperatura, é muito semelhante à alergia, os sintomas são espirro, coriza, mas nesta entope mais o nariz.

Para lavar o nariz, use somente soro fisiológico. Tome bastante água. A hidratação é importante e ajuda a diminuir. Alimentos que contenham vitamina D como frutas e alimentos folhosos escuros como brócolis e espinafre.

- Evite se automedicar. Alguns antialérgicos causam sonolência e diminuição de reflexos. - Evite andar de moto ou bicicleta sem proteção. Óculos de sol ajuda a proteger. - Sempre que chegar em casa tomar banho, pois o pólen fica depositado no cabelo e nas roupas. - Evite dormir de janela aberta, pois de manhã e a tardinha existe concentração maior de pólen. - Quem tem essa alergia deve evitar cortar a grama, pois lança o pólen no ar. - Quem viaja e usa ar condicionado, deve usar filtro antipólen no carro. - Não coloque roupa úmida para secar na rua. O ideal é secar em ambientes internos fechados, na garagem, por exemplo.

Para amenizar ácaros Coloque roupas de cama no sol.

A produtora comercial Lorena Riambau Garcia sempre sofre com alergia nesta época do ano, “Eu fiz um exame com médico alergista e a minha alergia é ao pólen – principalmente de gramíneas, e ácaros”, conta Lorena. Ela diz que os sintomas mudaram com o tempo, “Até os 12, 13 anos eu tinha crises respiratórias agudas, mas foram passando com o tempo. Hoje em dia, sinto muita coceira nos olhos, nariz, espirro bastante. Acompanha ainda uma vermelhidão nos olhos, nariz e aumento de secreção, que parece água”, afirma a produtora, que só tem as crises na primavera.

Lorena tem crises alérgicas desde a infância


9

MP

Como já é de costume, a cada grande show que acontece na cidade, esta editoria cede espaço ao “Estilo de Estrela”. Aqui relembramos o estilo de vestir do artista no início da carreira e buscamos informações sobre mudanças no vestuário até hábitos do dia a dia. to Fo antiga Na última sexta-feira, Bagé recebeu o super do show do grupo Só Pra Contrariar, banda capitaneada grupo por Alexandre Pires. Voltando alguns anos, lá nos anos 90, os integrantes do Só Pra Contrariar usavam roupas de cores fortes, em combinações nada discretas de blazers, camisas e coletes, bigodinhos finos e cabelos encaracolados compridos no alto e raspados nas laterais. O look, que hoje parece um tanto estranho, fazia sucesso com os fãs na época. O líder do grupo, Alexandre Pires, que iniciou uma carreira solo em 2001 e agora está de volta ao SPC, adotou um estilo mais sóbrio e discreto ao longo dos anos. O cantor, em entrevistas para imprensa, falou sobre transformações no visual. “Eu até tentei deixar o cabelo crescer novamente, mas raspado é muito mais prático. Você veste a roupa e já está pronto. Cabelo de negão é um trabalho extra!”, explica. O estilo de Alexandre Pires foi mudando ao longo do tempo com o auxílio de estilistas como Amaury Borghetti, Fabiana Kherlakian e Ricardo Almeida. O cantor acredita que o artista é também uma imagem, não apenas o talento. Por isso, a mudança no visual teve grande importância. Em relação ao estilo do passado, Alexandre revela: “acho que fez parte de uma história, mas era cafona pra burro. Eu tenho muita saudade dessa época, especialmente quando aparece algum fã com material antigo para autografar. Guardo todas as roupas com muito carinho, desde o primeiro show. É uma lembrança muito boa, fazia parte de um momento e nos gostávamos daquele jeito. A gente achava que abafava, e hoje é muito legal ver como era tudo aquilo”, conta. De acordo com o atual produtor executivo da banda, Felipe Solino, é Alexandre quem escolhe tudo no show. “É ele quem monta mentalmente a turnê, tanto a parte musical quanto cenografia e figurino. Nos shows, é ele quem escolhe o que vai vestir, somente nas turnês uma figurinista acompanha a banda”, destaca. Ele é o único que troca de roupa durante o mesmo show, os demais integrantes da banda usam terno em cores neutras. Quanto aos hábitos saudáveis, Alexandre Pires faz musculação e joga futebol por hobby sempre que tem tempo. Quanto à alimentação, ele frequenta nutricionista, gosta de comidas leves, mas não é fissurado com comida e nem com horários das refeições. Fotos: Cristiano Lameira

Estilo de Estrela

Alexandre Pires

Vida & Harmonia

Bagé, 29 de novembro de 2013

CONTEMPORÂNEO

Alexandre durante apresentação em Bagé


MP

Am b ie n te e Deco r a ç ã o

10

Bagé, 29 de novembro de 2013

CONTEMPORÂNEO

Móveis planejados para valorização do espaço

P

ara esta edição, a equipe de Contemporâneo visitou o apartamento de Isidro Silveira, de 28 anos, formado em Administração. Para melhor aproveitamento dos espaços do apartamento, o jovem optou por móveis planejados, consequentemente, mais contemporâneos. Mas o administrador conta que gosta da mistura do novo com o antigo. É possível ver alguns objetos antigos que ele usou da casa mãe, como a geladeira vermelha, localizada no ambiente de churrasqueira.

Proprietário tinha em mente o que queria e, com a ajuda da designer de interiores, Martha Souza, da Casa Hermosa, que projetou e executou o projeto, deixou os ambientes aconchegantes e atuais

A ideia do quarto também partiu do proprietário, com ambiente que ele viu em revista


Bagé, 29 de novembro de 2013 Vista da cozinha, pela porta de entrada, ao fundo é possível observar a lavanderia

Am b ie n te e Deco r a ç ã o

CONTEMPORÂNEO

Fotos: Marcelle Ceolin

Eletrodomésticos embutidos garantem contemporaneidade

Geladeira vintage é mescla do antigo com o novo

Banheiro com nichos é atual e arrojado

Ambiente central da sala integra a parte de lazer com churrasqueira e sala de jantar

11

MP


fashion ople

CONTEMPORÂNEO Bagé, 29 de novembro de 2013

pe

Rose de Carvalho, Elisa Quintanilha, Raquele Chagas, Rosmari Fara e Juçara Sonza no coquetel de inauguração da loja Urban Chic

Fotos: Divulgação

Alex Ceolin Bettanzo confere as novidades da Closet

Tábata Acosta arrasou com seu look Strelitza, super charmosa ela usa short Hering, regata e colar Divina Pele, blazer Farm, carteira Missbella e sapato Schutz

Larissa Mansur, Milene Mansur e Flávia Vieira em tarde de compras na MG. Larissa mora em São Paulo e quando está de visita a Bagé dá uma passadinha com a cunhada Milene para conferir as novidades da MG. Flávia é de Porto Alegre e aproveitou o feriado para passear em Bagé com os amigos e conferir a coleção Carmen Steffens, na loja MG

Carmen Flávia Goulart confere a coleção verão Jorge Bischoff na Solaetela

Simone Dourado Mendonça com suas filhas, Paola e Pâmela, garantiram algumas peças da coleção verão Lumina

Natascha Abascal e Alice Barros em tarde de compras na La Campera Bianca Blanco, Manuela Barbosa Pavanatto e Natália Dias no lançamento da coleção verão Essencial

Lídia Cabral com as clientes Rosane e Raphaela Lima na Coqueta


Folha do Sul Gaúcho Ed. 1093 (29/11/2013)