Page 1

NANDO REIS EM BAGÉ

PARCERIA PREMIADA

Página 11

Página 5

O eterno Titã supera as expectativas dos fãs, em show inesquecível no Militão

Confira os primeiros premiados da promoção do jornal FOLHA do SUL, Baluarte Veículos e JW

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE SETEMBRO DE 2013 - Ano 3 - N° 1017

Corrida de Archotes

Chamas da Pátria descem à Avenida Sete Fotos: Antonio Rocha

POLÍTICA Câmara debaterá o crime no campo Página 4

EXPOINTER Bageenses vencem a final da Paleteada

Página 6

COOPERATIVISMO Sicredi inaugura nova unidade em Bagé

Página 7

FOLCLORE Evento na Vila de Santa Thereza movimenta o domingo

Página 12

SPECIAL DAY Evento promove a inclusão social de portadores de necessidades especiais

Página 13

SEGURANÇA Acidente na BR 293 deixa três pessoas feridas

Página 14

O TEMPO HOJE Bagé - RS Sol com muitas nuvens. Períodos de céu nublado com chuva. À noite o tempo fica firme.

16º

Na noite de sábado, os quatro quarteis do Exército Brasileiro instalados em Bagé realizaram a tradicional corrida que antecede o acendimento da Pira da Pátria, a Corrida de Archotes. Com o ato de acender a chama na praça Silveira Martins, inicia-se a programação da Semana da Pátria

Página 10

25º


SEGUNDA-FEIRA

2

2 de setembro de 2013

OPINIÃO

ENQUETE Internautas reprovam instalação da área verde do estacionamento rotativo Na última semana, o jornal FOLHA do SUL apresentou enquete sobre a implantação da área verde do estacionamento rotativo. A prefeitura de Bagé justificava a medida apostando no aumento de vagas e de tempo disponível no centro. Contudo, entidades representativas como a Associação Comercial e Industrial de Bagé discordam que as duas medidas tenham sido implantadas simultaneamente, ou seja: aumento de área e aumento de valores. A pergunta era se os internautas concordavam com as alterações? A resposta NÃO recebeu 87% dos votos do internauta sob o seguinte argumento: porque já está difícil para encontrar estacionamento que seja gratuito no centro e agora ele ficou ainda 50% mais caro. Já a reposta SIM obteve apenas 12.2% da preferência dos internautas, por conta do seguinte argumento: porque com o aumento da frota para 54 mil veículos, Bagé precisa garantir espaços de estacionamento pago, uma vez que o aumento do valor deve ser mantido por dois anos e meio.

Enquete da semana

Na última segunda-feira, dia 26, manifestantes saíram às ruas de Bagé para protestar. Munidos de cartazes e palavras de ordem, reivindicaram aspectos locais como a construção da Barragem da Arvorezinha, construção da Unidade de Pronto Atendimento e a redução nas tarifas de transporte público. Porém, diferente das manifestações de junho, apenas 40 pessoas participaram da mobilização. Um dos motivos para a baixa adesão dos manifestantes foram as baixas temperaturas daquele dia. O jornal FOLHA do SUL quer saber se você concorda ou não que as manifestações em Bagé, assim como no Brasil, “esfriaram” em termos de mobilização e participação.

SIM. Porque em junho a pauta das reivindicações coincidiu com a Copa das Confederações tornando as manifestações das ruas um “evento” social que ganhou ampla cobertura da mídia nacional impulsionando que milhões se mobilizassem. NÃO. Porque após a amplitude das manifestações em todo o Brasil, influenciadas pelo contexto da Copa das Confederações, as manifestações agora se tornaram pontuais com exigências e reivindicações locais. Participe: www.jornalfolhadosul.com.br

Foto do Dia Divulgação/FS

A empresa Stadtbus, em conjunto com a Prefeitura Municipal de Bagé, na presença do gerente da unidade Christian Venzon e do Secretário da SMTC Luiz Antônio Arla da Silva, lançaram uma nova e inovadora ação com foco nas crianças. Na parada do Calçadão foram instalados dois balanços para dar um pouco de distração e alegria as crianças enquanto esperam pelo seu ônibus. É uma forma de tornar o ato da espera nas paradas em brincadeira e diversão para garotada.

Sérgio Meth É sempre bom procurar ver os movimentos sociais e as escolas de pensamento dentro de um contexto histórico amplo. No período histórico conhecido como Idade Média, temos uma predominância ideológica voltada para o espírito. As razões para isso são claras: uma sociedade na maior parte analfabeta, muita pobreza e média de vida muito curta. Um bom filme sobre o assunto é “O Nome da Rosa”, com Sean Connery. Com o advento das Grandes Navegações, Descoberta do Caminho das Índias, Descoberta da América e a subsequente Revolução Comercial, todo um contexto muda. Mais riqueza circula, e a base da sociedade feudal começa a ser corroída. Seguem-se no rastro do debate ideológico, a Reforma e a Contra-Reforma, que geraram guerras ao longo dos séculos 16 e 17, até que por fim com o acordo conhecido como Paz de Westfália (1648) tem-se o fim de conflitos na Europa devido a divergências religiosas. Toda uma mudança de pensamento ocorreu neste período. Um mundo mais materialista começava a dar seus passos. Hoje, depois de toda uma caminhada histórica, incluindo a já citada Revolução Comercial, Revolução Industrial, conflitos ideológicos (principalmente comunismo versus capitalismo) e avanços tecnológicos, desembocamos numa sociedade altamente voltada para os bens materiais onde o importante é o agora e onde tudo é descartável. Muitas vezes nos esquecemos de que dinheiro resolve apenas problemas imediatos e que muitas vezes não basta apenas dinheiro para alcançarmos a tão sonhada felicidade. Temos tanto orgulho de nossa posição hodierna que nos esquecemos que somos seres falíveis e que muito embora realmente tenhamos uma vida bem mais longa que nossos antepassados, esta continua a ter uma duração limitada. Temos hoje no mundo todo um renascimento religioso de raízes ligadas a este problema. Muitas pessoas se sentem desencantadas com a vida moderna e querem uma saída espiritual para problemas de ordem pessoal que dinheiro não conseguiria a principio resolver. Poderíamos dizer que todo um refluxo de ideias está ocorrendo. Novos princípios baseados em uma visão sobre conceitos muito antigos parecem estar cada vez mais presentes ao mesmo tempo que uma reflexão sobre isto é feita. A busca moderna pela religião é justamente na nossa valorização como seres humanos e pelo respeito que devemos ter uns com os outros. Uma posição de maior humildade frente a problemas existenciais muitas vezes difíceis. Interessante notar que um conceito muitas vezes incompreendido é o de humildade. Humildade no sentido de se sentir um ser limitado. Ao reconhecermos nossas limitações talvez estejamos dando um grande e imenso passo para nos tornarmos seres humanos melhores, pelo menos no plano espiritual, com óbvias repercussões no plano material. Em outras palavras, sairíamos da necessidade total pelo dinheiro e coisas materiais e teríamos pelo menos um aprimoramento da nossa capacidade espiritual. Qual será o desembocadouro destas novas tendências? Na verdade elas existem desde o inicio da Revolução Industrial, 200 anos atrás. Recomendo o livro “A Era das Revoluções” de Eric Hobsbawn onde existe um capitulo dedicado especialmente a este tema. Certamente a necessidade espiritual de um ser humano moderno cheio de riquezas mas com um vazio pessoal tornam estas mudanças muito necessárias. Duzentos anos depois podese ver que esta procura continua a ser uma necessidade por parte de pessoas que não conseguem ser felizes apenas com a satisfação das suas necessidades materiais imediatas. O que nos espera? Neste momento saímos da claridade do presente e entramos na escuridão do futuro. Dedico este pequeno texto aqueles que através da religião buscam ser, independente da crença, uma luz em um mundo em que muitas vezes estamos imersos em escuridão moral e espiritual. Sérgio Meth é professor da Unipampa – Universidade Federal do Pampa – Campus Bagé

Aniversários -Eduardo Ramos - Raquel Roscoff Fonseca

facebook.com/JornalFolhaDoSul

Direção

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado

Marcelle Ceolin Repórter Fotográfico: Antonio Rocha Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício -Edgar Muza - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos - Eurico Salis - Fernando Velloso

REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga - Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Camila Soares Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues Estagiária: Giuliana Bruni Diagramação comercial: Diego Almeida Revisão: Stela Vasconcellos Reportagem: Emanuel Müller - Fernanda Diagramação: Cristiano Lameira e Vinícius Silva Mendonça - Gilmar de Quadros - José Higino Gonçalves - Juliana Andina - Marcos Pintos - Niela Bittencourt - Rochele Barbosa - Stela Vasconcellos -


GERAL

Indicadores econômicos INDICADORES Salário Mínimo Salário Regional TJLP SELIC IPCA IPC IGP-M INPC

Valor

Atualização

R$ 678,00 R$ 770,00 5% a.a. 9% + 0,03% - 0,13% + 0,26% - 0,13%

2013 2013 julho 2013 julho 2013 julho 2013 julho 2013 julho 2013

MOEDAS Dólar Comercial

Variedade O Cinturão oferece o melhor da culinária típica gaúcha. O suculento e variado espeto-corrido inclui dezenas de opções. Dentre os cortes mais solicitados, estão em evidência picanha, costela, maminha, entrecot e carne de cordeiro, informa Dedé. “Essas são asa carnes mais consumidas pela clientela da região, assim como as entradas, como o coração de frango”, complementa Rolim. Dedé explica que o Buffet apresenta 12 pratos quentes e 16 saladas. O cardápio é planejado com variações da comida caseira e opções de receitas mais elaboradas, para agradar exigentes paladares e o gosto de toda a família, das crianças aos mais experientes gaúchos.

3

Compra

Venda

2,385

2,385

Dólar turismo (em R$)

2,370

2,497

Euro (em R$)

3,152

3,152

Libra (em R$)

3,694

3,692

Pesos arg.(em R$)

0,421

0,420

Pesos Ur.(em R$)

0,1067

Churrascaria Cinturão completa dois anos A administração dos empresários Osvaldo Moacir Menezes Rolim e Erivelton Gravi (Dedé) completa dois anos neste mês de setembro. O aniversário será festejado no dia 29 de setembro. Mas os clientes poderão aproveitar o preço promocional do almoço de segunda a sexta-feira. Nesses dias, o buffet livre está custando R$ 18 e espeto-corrido, com buffet, R$ 38. O Cinturão, que mantém parcerias com a Capa Negra Agropecuária e com a Coradini Agropecuária, abre todos os dias com buffet e churrascaria ao meio-dia e à noite. A empresa também atende festas e encontros, salientam os proprietários. Inclusive à tarde é possível marcar um evento.

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

0,1056

Stela Vasconcellos Stela Vasconcellos

Viva setembro

O mês de setembro anuncia a primavera e toda uma mudança de hábito nos gaúchos, que vivem divididos entre as baixas temperaturas do inverno e o sol escaldante do verão ao longo do ano. A meia estação serve para calibrar os termômetros biológico e produtivo. Assim como as preciosas horas de frio preparam as videiras para produzir boa uvas, todas as demais atividades da economia frutificam, ao final do ano, os investimentos realizados nos meses de reclusão. A primavera de 2013 terá ainda mais destaque - não só porque o inverno foi rigoroso e está custando a passar – mas porque desnuda mudanças na economia do país, que volta aos altos juros e à importante necessidade de reeducação financeira nas famílias. O poder de compra do consumidor caiu muito e quem não percebeu vai sofrer as consequências lá no verão. O comprador endividado será o primeiro, mas o lojista que não avaliar bem o crédito deverá pagar pelo erro. O aspecto positivo da mudança cíclica está na renovação de estoques, lançamentos e aceleração de setores que estavam só esperando o frio passar. Quem souber aproveitar a oportunidade que se cria, vai largar na frente.

PGQP faz doação à Liga

Divulgação/FS

Rolim e Dedé já conhecem a preferência dos clientes

Onde

Av. Santa Tecla, 2181 Fone: 3247-2266

PÓS-GRADUAÇÃO JURÍDICA PRIME E ONLINE

25%

de desconto

www.LFG.com.br

na matrícula, até dia 06 de Setembro!

Não perca!

(53) 3247.7494

LFGRS

Rua Flores da Cunha, 226 (ao lado da Receita Federal)

Reunião do Sags aconteceu na noite de sexta-feira

O Comitê Regional da Qualidade de Bagé vai entregar algumas peças, que haviam sido doadas pela produção do filme “O Tempo e o Vento”, à Liga Feminina de Combate ao Câncer. São as peças que não forram arrematadas no leilão do ano passado, que beneficiou a Vila Vicentina e ocorreu em parceria com a Sociedade São Vicente de Paulo. A presidente do comitê, Sandra Farias de Moraes informou que a entrega foi marcada para as 18h desta terça-feira, dia 3 de setembro na loja Solaetela. Na última sexta-feira, o Comitê reuniu empresários e administradores na Aciba. A reunião do Sistema de Avaliação da Gestão Simplificado (Sags), foi coordenada por Evilásio Luveriaga.


4

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

Emanuel Müller

POLÍTICA emamuller@gmail.com

Lelinho analisa demora para constituição da Comissão para revisar situação do transporte coletivo As coisas na política, geralmente, não andam no ritmo que a grande maioria da população deseja. Esse é um fato que ficou límpido e cristalino durante as manifestações que ocorreram em todo o país nos meses de junho e julho. Em Bagé, uma situação que provoca mobilização de setores da sociedade nas redes sociais, especialmente a juventude, é o valor da tarifa do transporte coletivo. A montagem de uma Comissão Municipal para discutir a possibilidade de revisão tarifária parece demorar mais do que deveria para iniciar os trabalhos. O representante do Poder Legislativo no grupo, vereador Lelinho Lopes (PT), reconhece a ne-

Rodrigo Sarasol/EspecialFS

cessidade de reformar a política, sua lógica e funcionalidade para ocorrer maior agilidade nos encaminhamentos. Entretanto, como vereador da base governista, Lelinho acredita que o prefeito Dudu Colombo gostaria de responder com mais agilidade a questão da possível redução da tarifa do transporte em Bagé. “O próprio processo democrático que é uma conquista e um avanço jovem na história política do nosso país, não permite que sejamos injustos e principalmente exige a representação de setores e segmentos para que as decisões possam ser tomadas após ouvir e analisar os fatos com autonomia e responsabilidade”, pondera.

Vereador petista acredita que redução na tarifa pode chegar a R$ 0,10

O vereador petista (que deve ser o líder da bancada na Câmara em 2014) reconhece que a Câmara se atrapalhou no encaminhamento do representante para a Comissão fato que causou polêmica durante a semana porque o Legislativo optara por indicar dois titulares - Lelinho e Divaldo Lara (PTB). Entretanto, o Executivo enviou ofício à Câmara informando que deveria ser indicado apenas um vereador como titular e

outro como suplente. Lelinho ganhou a indicação no voto. Divaldo não quis a indicação para a suplência, que acabou com Cláudia Souza (PR); “Neste sentido, hoje já reunimos as condições de realizar as primeiras reuniões de trabalho. Eu acredito e isso é público, que temos as condições de reduzir até R$ 0,10 no valor da tarifa, haja visto que o governo federal vem desde o ano passado ajudando o setor”, ressalta Lelinho.

O exemplo é a redução de 20% para 2% da contribuição do INSS patronal do faturamento bruto das empresas de transporte de passageiros. “Não é justo as empresas aumentarem seus lucros na medida que recebem incentivo para reduzirem o valor do transporte”, salienta o parlamentar. O petista defende a análise da planilha Geipot, utilizada pelas empresas para formação do preço da passagem.

O vereador admite que o serviço de transporte coletivo melhorou no município, mas sustenta a necessidade de melhoramentos pela influência na mobilidade

urbana. “Quero deixar claro que o desafio na comissão não é só o de verificar se é possível ou não reduzir o valor da tarifa, mas também, ouvir a população para

ajustar os horários, assim como a criação de novos horários e itinerários que facilitem e melhorem a qualidade do serviço na cidade”, acrescenta Lelinho.

A escolha

Melhoria de horários

Câmara terá audiência pública para debater combate ao crime no campo

O Poder Legislativo publicou edital para a realização de uma audiência pública no dia 27 de setembro, a partir das 16h, na Câmara de Vereadores. A meta é tratar sobre ações coletivas visando ao combate dos crime no campo. A mobilização é feita em caráter regional. Os secretários estaduais de Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Luiz Fernando Mainardi, e de Segurança Pública, Aírton Michels, devem participar do ato.

No último dia 28, os vereadores Antenor Teixeira (PP) e Márcia Torres (PT) participaram do ato de assinatura da implantação do Comitê de Gestão da Transversalidade das Ações de Combate ao Abigeato e Abate Irregular de Animais, na Expointer, em Esteio. Na ocasião, a vereadora sugeriu uma alteração no decreto, para que além dos órgãos já convidados a participar do comitê sejam integrados também a Secretaria

Estadual de Justiça e Direitos Humanos e um representante da Câmara de Vereadores de cada município onde o comitê for instalado. As ações integradas do Comitê vão desde o controle de estoque do rebanho, trânsito do animal, passando pela fiscalização sanitária das condições de abate e comercialização da carne. Após as reuniões dos grupos de trabalho, começam as ações práticas, como a fiscalização.

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral

Nem tudo que reluz é ouro. Nem tudo que balança cai

O poeta popular, principalmente entre os grandes compositores brasileiros, tem nos mostrado o outro lado da moeda ou, pelo menos, nas entrelinhas de suas composições, sempre deixam uma “dica” para reflexão. Eu costumo me aprofundar nesta análise. Mais uma vez vou usar deste estudo para refletir sobre os fatos do momento. Jorge Valmor costuma dizer: “Nunca se mente tanto como durante uma guerra, numa campanha política e após uma pescaria”. A possibilidade de mais uma guerra estamos vivendo. A justificativa é o uso de armas químicas pela Síria, contra seu povo. Como já vivemos outra mentira, que foi o uso de armas nucleares pelo Iraque justificando o ataque americano aquele país, cada notícia que fornecem sobre a atuação do governo Sírio, eu fico com um pé atrás. Principalmente após o Parlamento Inglês desautorizar a entrada de seu país neste possível ataque americano. A primeira coisa que vem á mente é: “aí tem coisa”. Primeira etapa de três temas que vou abordar. A segunda é a fuga do Senador Boliviano para o Brasil. Auxiliado pela nossa embaixada. O político boliviano afirma que sua “perseguição” foi causada porque enviou um documento ao Evo Morales, denunciando a participação de membros de seu governo no narcotráfico. Apareceu até a denúncia contra o embaixador Boliviano no Brasil cujos laços com os produtores de coca é bem forte e preocupante. O governo boliviano contra ataca afirmando que o Senador “fujão” é um corrupto e está sendo julgado por este motivo. Quem está com a razão só o tempo dirá. Uma coisa é certa o Brasil ficou na “corda bamba” Senão vejamos. Se nos acreditarmos nos argumentos do governo Evo e extraditarmos o Senador, estamos mandando, embora um “criminoso” comum. Se é criminoso porque o Brasil o abrigou por mais de ano em sua embaixada? Se é político não pode mandar embora. Já imaginaram na ditadura brasileira, se os países que abrigaram os políticos conterrâneos tivessem se negado a tal, o que seria? Os direitos humanos valem para todos. Outra conclusão também importante é se mandarem embora o Senador Boliviano, sob qualquer pretexto, terão que tomar a mesma atitude com o italiano Batisti. O título que encabeça este espaço tem muito a ver com a situação atual. Não podemos acreditar em nenhum dos lados. Temos que usar a lógica para não nos contaminarmos com possíveis mentiras. Pois bem o terceiro item que abordaremos é o programa Mais Médicos. Cada um diz uma coisa. Com quem está a verdade? Eis a questão. O governo brasileiro teria voltado atrás ao abrir vaga para médicos brasileiros. O tempo, que não foi muito longo, acabou de desmitificar a afirmativa. O projeto estava pronto a mais de ano. Instrutores brasileiros teriam viajado a Cuba para dar aula de português e do SUS, aos profissionais de lá. Isso está comprovado por documentos que a imprensa apresentou. Que o Brasil aceitou as regras impostas pelo governo Raul Castro, também é verdade. O que comprova a afirmação é que nos teremos que mandar parte do salário dos médicos Cubanos para o governo Castro. Pois agora surge outra informação através do “site” da Veja, que publica entrevista com médico Cubano, hoje nos Estados Unidos cuja declaração é manchete em grande parte da imprensa brasileira. Confiram: “Nossa medicina é quase de curandeirismo” O cubano Gilberto Velazco Serrano, de 32 anos, é médico. Na ilha dos irmãos Castro ele aprendeu seu ofício em meio a livros desatualizados e à falta crônica de medicamentos e de equipamentos. Os sonhos de ajudar os desamparados bateu de frente, ainda durante sua formação universitária, com a dura realidade de seu país: falta de infraestrutura, doutrinação política e arbitrariedade por parte do governo. “É triste, mas eu diria que o que se pratica em Cuba é uma medicina quase de curandeirismo”. “Ao ser enviado à Bolívia em 2006, para o que seria uma ação humanitária, o médico se viu em meio a uma manobra política, que visava pregar a ideologia comunista. “A brigada tinha cerca de 10 paramilitares, que estavam ali para nos dizer o que fazer”. Velazco não suportou a servidão forçada e fugiu. Sua primeira parada foi pedir abrigo político no Brasil, que permitiu sua estada apenas de maneira provisória. Hoje, ele mora com a família em Miami, nos Estados Unidos, onde tem asilo político e estuda para revalidar seu diploma”. São temas diferentes que abordamos hoje. Cada parte da sua versão. Em quem acreditar? Eis a questão. Foi aí que lembrei a canção: “Nem tudo que reluz é ouro, nem tudo que balança cai”.


GERAL Primeiro sorteio da “Parceria Premiada” entrega motocicletas para vencedor e Rotary Na manhã de sábado, após uma grande carreata, a promoção “Parceria Premiada”, do jornal FOLHA do SUL, Baluarte Veículos e JW, entregou duas motocicletas Zero quilômetro, uma para o sorteado, Pedro Moacir Orabe e a outra para o Rotary Bagé Minuano, escolhido pelo vencedor. Durante o período de seis meses os clientes destas empresas estarão concorrendo a duas motos por mês, uma para o próprio sorteado e outra para ser doada a um clube de Rotary de sua preferência. Após este primeiro sorteio, todos os cupons continuam concorrendo aos demais sorteios. Serão cinco chances de ganhar e cinco chances de colaborar com os Clubes de Rotary, que auxiliam várias outras entidades assistências. Restam agora quatro sorteios, nos quais serão sorteadas oito motocicletas. Segundo o ganhador da promoção, Pedro Orabe, é uma alegria ganhar a moto. “Gostaria de agradecer a atenção da vendedora de uma das entidades parceiras e desejar sucesso para essa grande promoção”, afirma. O representante do Rotary Clube Bagé Minuano, Rodrigo Duarte, também destaca a grande promoção. “É um belo presente. Iremos prosseguir realizando obras e ajudando entidades assistenciais. Nós ficamos muito felizes com este sorteio”, ressalta. A carreata que saiu da JW na avenida Santa Tecla, foi até a sede do Jornal FOLHA do SUL, onde culminou com o sorteio. A equipe da SMTC acompanhou todo o trajeto, garantindo a segurança e total organização do evento.

Fotos: Antonio Rocha

Rodrigo Duarte, com o filho, e Pedro Orabe foram os primeiros ganhadores

Os cupons seguem valendo para os outros quatro sorteios

Grande promoção “Parceria Premiada” teve seu primeiro sorteio na manhã de sábado

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

5


6

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

Mercado agrícola PRODUTOS

RURAL

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul UNIDADE MÍNIMO MÉDIO Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

31,00 90,00 26,00 53,80 22,40 30,00 3,20 3,30 2,10 2,90 0,70

MÁXIMO

32,64 123,58 28,35 56,66 22,73 31,46 3,29 3,69 2,59 2,95 0,75

25.02.2013 a 01.03.2013

Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Projeto do novo Parque Assis Brasil terá museu agropecuário, agroshopping, centro educacional e hotel A história da agropecuária gaúcha terá lugar reservado no projeto do novo Parque de Exposições Assis Brasil. Um museu pretende resgatar a memória do campo desde os tempos que precederam a famosa e revolucionária máquina de debulhar milho até a tecnologia mais moderna. A ideia foi apresentada pelo secretário de Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, ao diretor do Sindicato das

Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas do RS, Claudio Bier. “Queremos mostrar todos os aspectos ligados ao campo: as formas de cultivo, a evolução das tecnologias e das pesquisas ao longo dos tempos”, disse Mainardi. Claudio Bier gostou da ideia. Disse que vai buscar junto às empresas filiadas ao sindicato parceiros que queiram investir. Depois de pronto o projeto, o governo tentará sua aprovação na

Lei Rouanet, do Ministério da Cultura, para poder ir atrás dos recursos. A proposta deve contemplar artigos físicos que contem a história, como tratores, arados, por exemplo, a uma espécie de área digital com projeções e simulações em terceira dimensão. Universidades, institutos de pesquisa e a imprensa também estarão presentes.

O Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio, passará por uma ampla modernização. Além de melhorias necessárias em função das quatro décadas de atividade, as novidades planejadas para o parque de 134 hectares miram o futuro. As

inovações para o parque de exposições mais tradicional do Estado preveem investimentos de R$ 280 milhões e oito anos de obras. Entre as novidades, estão a criação de um Centro Educacional, Parque Tecnológico, hotel e Museu Agrope-

cuário. Um projeto de lei enviado pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa visa regulamentar e assegurar juridicamente o investimento privado e de entidades representativas do setor agropecuário no Parque, por meio de Parcerias Públicos-Privadas (PPPs).

Encerradas todas as etapas da modernização, o visitante da Expointer, além de poder frequentar o espaço em outras épocas do ano, encontrará as seguintes novidades: - Centro Educacional: espaço destinado à capacitação, uma parceria com UFRGS e Instituto Federal de Educação está em fase de estudo - Parque Tecnológico: espaço

destinado a busca de inovação e produtividade do setor agropecuário - Museu Agropecuário: acervo de equipamentos que retratam a história da agropecuária gaúcha - Agroshopping: complexo comercial e de serviços ligados à agropecuária. - Centro de Eventos: espaço para três mil pessoas destinado a realização de

congressos e mostras - Hotel: previsão de 125 apartamentos, cuja concessão do espaço deverá ocorrer mediante licitação - Centro Institucional Agrofácil: Baseado no conceito do “Tudo Fácil”, o espaço concentrará órgãos públicos e entidades que permitirá o encaminhamento e soluções de trâmites de modo a agilizar o serviço e facilitar o processo ao cidadão.

Novo parque

Novidades

35,00 140,00 31,00 59,00 23,00 35,00 3,40 4,20 2,80 3,10 0,83

Diego Chagas/Especial FS

Mainardi e presidente do Simers, Claudio Bier, olham uma das peças que estarão no museu da agropecuária

Plano Diretor O novo Plano Diretor – ainda em fase de análise – prevê novas estruturas que vão possibilitar o funcionamento do parque durante o ano inteiro, com investimentos das entidades parceiras do espaço. Entidades como a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) deverão investir R$ 15 milhões no local para possuir o direito ao uso da área por 25 anos. A associação construirá a nova Arena do Cavalo Crioulo, onde serão realizadas provas como o tradicional Freio de Ouro. O Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas do RS (Simers) também vai investir R$ 20 milhões nas instalações.

Além de adquirir o direito ao uso, o Simers avalia a possibilidade de antecipação do recurso após a aprovação do projeto de lei no Parlamento e oficialização pelo governador Tarso Genro. “Hoje, todo o ano temos que fazer um contrato com a Seapa para uso do lote, o que às vezes costuma ocorrer com alguns meses de antecedência e que nos impede de antecipar obras no verão, por exemplo, além da possibilidade de trabalharmos mais efetivamente na área com a segurança que utilizaremos o espaço no ano seguinte”, explica Claudio Bier. “As estruturas montadas são caríssimas e talvez se pagassem em dois anos, num prédio físico”, completa.


Sicredi comemora abertura de segunda unidade de atendimento da cidade

Na noite da última sexta-feira, foi realizada cerimônia de inauguração da segunda unidade de atendimento da Cooperativa Sicredi Fronteira Sul. A nova estrutura, ampla e moderna, recebeu os convidados que puderam conhecer as dependências do prédio que está localizado na avenida General Osório, 735. A unidade vai atender pessoas jurídicas e associados da cidade e da região a partir das 10h desta segunda-feira. Durante o evento, o presidente da cooperativa de crédito, Geraldo Ott Filho e seu vice-presidente, João Eduardo Tavares, conduziram o evento que contou com a presença do prefeito Luis Eduardo Colombo, do conselheiro de administração da Central Sicredi Sul, José Paulo Salerno e do superintendente regional da Sicredi Fronteira Sul RS, Luiz Alberto Machado Lopes, juntamente com lideranças de diversas entidades do município, além dos conselheiros, coordenadores de núcleo e colaboradores da cooperativa de crédito. Fundada na cidade em 1981, como CrediBagé, por um grupo de 30 produtores agropecuários, hoje oa cooperativa de crédito é denomienada como Sicredi Fronteira Sul -RS e abrange uma região com 11 e o e a a r a s a o s e m

Antonio Rocha

Autoridades prestigiaram evento

municípios, contando com cerca de 24 mil associados. Em seu discurso, Ott Filho destacou os diferenciais da cooperativa de crédito. “Nossos recursos são captados e reinvestidos nas comunidades onde atuamos. Tendo nossos associados voz ativa nas decisões e participação no resultado da cooperativa”,enfatiza. Na nova unidade, com aproxi-

madamente 400 metros quadrados, os associados terão acesso a todos os produtos e serviços do Sicredi, como poupança, consórcios, financiamentos, investimentos, cartões, seguros, entre outros, contando ainda com o diferencial de concentrar o atendimento as empresas associadas da instituição.

GERAL

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

7


8

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

SOCIAL “A medida que deixamos o peso das imperfeições pelo caminho, nos tornamos leves para caminharmos rumo a felicidade que aguarda aqueles que vencem a si mesmos” MP

Depois de dias especialíssimos a frente da cobertura social da 36ª Expointer, a nave Paralelo MP aterrissa novamente em Bagé. Como de costume, escrevo esta coluna na manhã de domingo – exatamente 8h36min – recebendo a energia do sol e respirando, deliciado, o aroma do “jasmim do poeta” que inunda o ambiente trazido pelo o sopro de um vento que sussurra a chegada da chuva. Ontem, empreendi caminhada ao topo de uma coxilha para apreciar o último por do sol de agosto. Lá, do alto, em posição de lótus e contemplando Bagé sob uma ótica espetacular, agradeci pelo fim do ciclo e, com a alma feliz em si mesma, senti algo que, para um pisciano, é o Nirvana: os primeiros acordes da primavera. Sou do tipo “pessoa mística” mesmo. Acredito, sobretudo, que Deus comanda, em todos os reinos, seres responsáveis pelos fenômenos da Natureza – os chamados Elementais. Desde criança, esses seres me fascinam e, por acreditar mesmo que existem, creio senti-los em sintonia com a minha vibração. Habitantes do mundo invisível, os Elementais possuem ligação direta com os elementos da Natureza. Essas criaturas são, por isso, chamadas de “espíritos da natureza”, uma vez que vivem em contato permanente com a fauna e flora, as quais têm a missão de defender e coordenar os fenômenos. Viagem ou não, imagino que a cada troca de estação, deva haver grande mobilização no astral para que os novos ciclos possam acontecer. A exemplo disso, convido a todos que coloquem suas forças a serviço do novo, deixando para trás o frio dos tempos tristes que já se esvaem no rio das memórias. Renascer em nós mesmos é um direito que nos é garantido por Deus. Utilizemos essa dádiva para refazermos caminhos sem medo de encontrarmos, logo ali a diante, a face da felicidade!

O mais novo casal do high bageense, Helena Salles e Rafael Alcalde, em noite badalada na Expointer

O casal de jornalistas/artistas Chrystian Ribeiro e Giana Cunha no Ginásio Militão, curtindo as sonzeras de Nando Reis (ao fundo). Clic Lucia Brundo

Atelier democrático

Maria Eugênia Kalil e Felipe Azambuja na Expointer

Sempre por dentro do mundo fashion, a astralíssima Vera Lúcia Silveira Pereira optou pelo azul para dar o chic na Expointer

A artista plástica e arteterapeuta Judith Plentz inaugurou com grande sucesso o seu “Atelier Judith Plentz & Artistas”. O vernissage aconteceu na sextafeira, 23 de agosto, no Bairro Moinhos de Vento, com a presença de inúmeros conterrâneos da artista além de outros tantos integrantes da fervilhante cena artsy porto-alegrense. Bacana é que, ao pensar o Atelier, Judith teve a integração como foco da sua filosofia. Assim, convidou artistas que expõem no Brique da Redenção a igualmente mostrar suas obras no espaço. Ah, por lá também acontecem oficinas de aquarela, de arteterapia e de materiais criativos – direcionado a crianças e adolescentes.


9

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

SOCIAL

Première de “O Tempo e o Vento” em Bagé O red carpet vai bombar em 18 de setembro quando acontece o pré-lançamento de “O Tempo e o Vento” na Rainha da Fronteira. Segundo fontes da coluna, o longametragem dirigido por Jayme Monjardim resultou em verdadeira obra prima do cinema nacional tendo os campos de Aceguá, Bagé e Candiota como sets. Duas sessões, uma à tarde; outra à noite, acontecerão no Cine 7 – primeira sala de cinema do país a receber o filme baseado na obra homônima de Érico Veríssimo. Stop! As filmagens de “O Tempo e o Vento” iniciaram em 26 de março de 2012, com 60% delas em solo bageense. O filme conta a história de duas famílias inimigas: os Terra Cambará e a Amaral, que viveram em confronto durante mais de um século. Paralelo a esse combate, o longa acompanha a formação do Rio Grande do Sul; a povoação do Brasil e a demarcação da gigantesca linha de fronteira brasileira. Agora, resta saber mesmo se Fernanda Montenegro, Thiago Lacerda, Marjorie Estiano, Paulo Goulart, Cléo Pires e José Abreu – intérpretes dos principais personagens da narrativa – desfilarão pelo tapete vermelho. Será?

Kuka Nagelstein foi ao Parque Assis Brasil prestigiar o lançamento do site de Bia Lamego

Chocolate da Amizade Fulvia Augusta Grande de Macedo – a porta voz da Casa da Amizade junto à imprensa – envia e-mail contando que, em 15 de setembro, as senhoras estarão reunidas novamente, dessa vez, em torno do “Chocolate da Amizade”. “A partir das 16h, será servido um chocolate super saboroso acompanhado de buffet de sanduíches, mini-pizzas, cachorrinho quente, tortas, bolos, rocamboles, etc.”, disse Fulvia. Vale lembrar que o evento é aberto à comunidade, ou seja, todos poderão se deliciar com as iguarias da tarde beneficente mediante o pagamento do ingresso. Promete...

Cândice e Panta Avancini Pereira, fotografadas pela coluna em noite de lançamento na Casa da Associação Brasileira de Hereford e Braford. Parque Assis Brasil, Esteio

Flash News · Francisco Blanco e Mateus Marin estiveram anfitriões de MP na temporada Esteio 2013. Os amigos, mais uma vez, mostraram aquele bem receber que deixa a gente como se estivesse em casa. Thanks, guys! · O lançamento do site de Bia Lamego bombou a casa da Associação Brasileira de Hereford e Braford, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. O site, criado pela equipe da Impulso Soluções Digitais, tem seu foco voltado à fotografia – uma das paixões de cap do restô MadreMaria. · Nando Reis levou verdadeira constelação de conhecidos ao Ginásio Militão na noite de sábado. Tudo rolou de forma sincronizada para comemorar os 11 anos de La Gitana Produções. A galera pediu mais shows desse quilate. Alooou, Fabiano Marimon... · Depois de ter algumas obras do acervo do “Grupo de Bagé” restauradas pelo Da Maya Espaço Cultural (DEZ!), oito delas foram expostas na Casa do Governador, durante a Expointer, com grande visitação. · Falando em arte, mais um “trâmite político” deixou a coluna e muitos dos integrantes da cena cultural bageense de boca aberta: a saída de Sapiran Brito da Secretaria de Cultura. Todos sabem que Sapiran é um homem apaixonado pelo Belo; soldado que luta incansável pela disseminação do ideal educativo através da produção artística. Primeiro, Lula Barros; agora, Sapiran. A pasta da Cultura, me parece, serve mesmo para suprir acordos eleitoreiros que vão contra a valorização de quem é verdadeiramente especialista na área. Onde vamos parar?


10

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

GERAL

Seminário Cultural Festejos Farroupilhas ocorre hoje no Palacete Pedro Osório Hoje, a partir das 9h, ocorre no Palacete Pedro Osório, o Seminário Festejos Farroupilhas 2013. A programação incluí palestra com o tema “O Rio Grande do Sul Imaginário Social – Tema festejos”, com Rogério Bastos; apresentação teatro “Lenda do Negrinho Pastoreio”; palestra “Rio Grande do

Sul – Literatura, Cultura e Ensino” com Milena Abott; apresentação do cd “Piá”, com o grupo Sonido Del Alma Gaucha; palestra abordando o tema da “Influência do negro na cultura do RS”, com Cézar Jacinto e apresentações artísticas da rede pública de ensino. A entrada é gratuita.

Corrida dos Archotes marca a abertura da Semana da Pátria Na noite de sábado, os quatro quartéis do Exército Brasileiro instalados em Bagé, 25ª GAC, 3º Blog, Quartel General e 3º RCMec realizaram a tradicional corrida que antecede o acendimento da Pira da Pátria, a Corrida de Archotes. O ponto alto do evento é quando é acessa a chama na praça Silveira Martins. Todos os anos, atletas, soldados, comunidade e entidades descem a Avenida Sete, sendo guiado pelo atleta escolhido para carregar a Pira para a abertura oficial da Semana da Pátria.

Este ano, o sargento Narciso França Batista, 42 anos, do 3º Batalhão Logístico foi o escolhido para carregar a Pira. Segundo o atleta que já faz parte do Exército Brasileiro há 23 anos, é um orgulho carregar a Pira da Pátria. “Eles realizaram uma análise do meu curriculum. Sou atleta desde 1994, já venci diversas maratonas, entre elas, a Ultramaratona de Santa Maria, onde percorri 163 km”, explica o sargento. Batista, em outra oportunidade, já havia carregado a Pira para a

abertura da semana da pátria. “Há cerca de quatro anos já havia participado da corrida dos archotes, é um orgulho acender a Pira e fazer parte da história”, enfatiza. O ato de acendimento da Pira contou com a entrega de uma centelha para a secretária de Educação de Candiota, Nazonélia Ferreira e também diversas autoridades, abrindo oficialmente a Semana da Pátria. A corrida foi organizada pela parceria entre Secretaria Municipal de Educação e Comando da 3ª Brigada de Cavalaria Mecanizado

Atletas, soldados e comunidade participaram da corrida dos archotes

Antonio Rocha


por Rochele Barbosa Cantando em coro, o público, fã do roqueiro nacional Nando Reis, recebeu o cantor no ginásio Militão na noite desse sábado. Com diversas músicas do novo álbum, “Sei”, o ex-titã levou músicas também de outros CDs e da época da renomada banda de rock. Em entrevista ao jornal FOLHA do SUL, Nando Reis destacou que o show faz parte da turnê, mas que o público ia conferir muitos sucessos. “Algumas músicas marcam a história de um cantor, adoro fazer shows e vir com a minha amada banda, mostrar o meu novo álbum

independente, com sistema moderno de venda online e informatizado”, ressalta. Nando Reis também destacou que neste show tocou músicas que há muitos anos não incorporava em seu repertório. “Não vou me adaptar” e “Família” são músicas que há muito não tocava. Eu sou um titã, faz parte da minha história como músico e da minha vida, 20 anos de história”, enfatiza. O militão pode conferir várias músicas como “Relicário”, “O mundo é bão, Sebastião!” e “Por onde andei”, além das duas composições da Banda Titãs.

SEGUNDA-FEIRA

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

11

2 de setembro de 2013

Antonio Rocha

Nando Reis leva fãs de rock nacional para o Militão

GERAL

Interação do público com cantor foi ponto alto do show

A jornalista Bruna Ricardo Neto foi uma das primeiras a adquirir seu ingresso pra conferir o espetáculo. A jovem afirma que foi o melhor show da sua vida. “Olha, eu estou sem palavras, porque fui surpreendida positivamente. Superou todas as minhas expectativas”, informa a jornalista. Bruna também relata que

Divulgação/FS

o show foi um passeio pela carreira dele. “Acredito que agradou todos, o público de todas as idades estavam gostando, foi o que eu senti. Fora que ele teve muita presença de palco e o público estava disposto a sentir e viver tudo aquilo”, finaliza a fã do músico do rock nacional. O cantor também autografou o tênis da jornalista Bruna Ricardo Neto. All Star autografado de fã de Nando Reis


12

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

GERAL Festa do Folclore de Santa Thereza movimenta domingo A quarta edição da festa do folclore da Vila de Santa Thereza, em comemoração ao dia do Folclore (22 de agosto), movimentou o domingo em Bagé. O centro histórico Vila de Santa Thereza abrigou diversas atrações artísticas e mostra da cultura gaúcha e brasileira, conta a coordenadora do centro histórico, Adriana Gonçalves. “Teremos músicas, danças e o objetivo é enaltecer a cultura gaúcha e o folclore. Valorização neste mundo globalizado que tanto faz esquecer as raízes, este é o papel principal desta festa”, garante. Com diversas atrações como mateada, tendas de benzedura, Sociedade Uruguaia, invernadas artísticas, dança de quadrilhas, dança do facão, capoeira, dança circular, artesanato do Alto Camaquã, artesanato da Vila de

Antonio Rocha

Com várias atrações o dia do folclore foi homenageado

Santa Thereza, conto de lendas (a história da Panela do Candal) promovido pelo Sesc e Jogo de Osso. Adriana destaca que essa é uma

ação educativa promovida pelo Centro Histórico. “A ideia é valorizar e lembrar as pessoas de não esquecer as suas raízes”, finaliza.

Bagé elege três entidades para o Fórum de Juventude O Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual dos Direitos Humanos, lançou, no ultimo mês, o edital de inscrição para o fórum de juventude do RS, fórum este que servirá para eleger 30 cadeiras que formarão o Conselho Nacional de Juventude Secção Rio grande do Sul (Conjuve – RS). Para o processo de escolha dos membros do Fórum de Entidades da Juventude (Feju) em que estão inscritas 137 instituições e agremia-

ções, a cidade de Bagé colocou três entidades selecionadas: a União Bageense de Estudantes Secundaristas (UBES) que será representada por Luã Silva dos Santos; o Grupo de Ação Afirmativa Afro Descendente Ceafro Quilombo, representado por Marlon Monteiro; e o Diretório Acadêmico Tarcísio Taborda do Curso de Direito da Urcamp, este representado por Luis Diego Soares. Nesta segunda-feira, ocorrerá a primeira reunião do Feju, às 18h,

no prédio anexo da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH), na rua Miguel Teixeira, 86, em Porto Alegre. O representante do Grupo de Ação Afirmativa Afro-Descendente Ceafro Quilombo, Marlon Monteiro, destaca que além da tarefa de escolher as 30 entidades que irão instituir o Conselho Estadual da Juventude, o fórum será um local de permanente debate e elaboração de políticas públicas.


GERAL

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

13

Special Day promove alegria e “Eu danço, tu danças, inclusão social através do esporte nós dançamos”

Um lindo dia de sol e calor, que se tornou especial pela alegria e integração por meio das práticas esportivas. Assim pode-se descrever o evento “Special Day – Tênis para todos”, que ocorreu na tarde de sábado no Círculo Militar de Bagé. Na ocasião, o clube recebeu crianças, jovens e adultos portadores de necessidades especiais que puderam se divertir com uma apresentação de tênis não voltada para a competição, aulas do esporte, mini-corrida, palestras para pais dos alunos assistidos, além de brinquedos infláveis, brincadeiras e muita música. O projeto estreou em Bagé e será levado para outras cidades do país, tais como Porto Alegre, São Paulo e Belo Horizonte. A idealizadora do Special Day, a bageense Carla Larini é professora de tênis e aconta que pratica o esporte desde os sonze anos de idade. A ideia para o ,projeto nasceu quando conheceu um menino cadeirante com problemas ecognitivos que jogava tênis com ela. e“Ele sempre demonstrava muita ale,gria quando jogava”. Com esse con-tato, nasceu na professora a vontade rde promover uma ação de inclusão osocial sem fins lucrativos às pessoas e s

Antonio Rocha

A Casa de Cultura Pedro Wayne realiza hoje, a partir das 15h, a atividade “Eu danço, tu danças, nós dançamos”. O evento tem como objetivo fomentar e divulgar a prática da dança, bem

Projeto que agradou os participantes será levado a outras cidades do país

com deficiência. “Após quatro meses de trabalho, captamos recursos com diversos apoiadores e dessa forma hoje estamos oferecendo esse evento de lazer e convivência pelo esporte”, declara Carla Larini que enfatiza a importância do esporte para os alunos especiais. “O tênis além de promover a inclusão, traz inúmeros benefícios para a saúde”, comenta. A professora destaca que a ideia da atividade é formar, posteriormente, uma equipe de tênis para que se disputem as Olimpíadas Especiais.

Para Carla Larini, o evento é pensado para que as crianças, jovens e adultos com algum tipo de necessidade especial possam ter um momento dedicado a elas e com o esporte obterem uma maior inclusão na sociedade. Opinião semelhante a da presidente da APae Bagé, Fernanda Oliveira. “Gostaria de agradecer a oportunidade de estarmos aqui, pois os nossos assistidos poderão praticar esportes como o tênis”, reitera. O evento também contou com programação no domingo, dia 1º de setembro.

como comemorar o “dia do bailarino”. Na ocasião, vários grupos e academias participarão do evento com apresentações e oficinas gratuitas de dança de salão, jazz, entre outras.


14

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

SEGURANÇA

OBITUÁRIO Abílio Luiz Pires, 60 anos, trabalhador rural, solteiro. Residia na rua Alberto Pasqualine, 320, bairro São Judas. Não deixa filhos. Domingos Barbosa, 90 anos, carpinteiro inativo, viúvo. Residia na rua Almirante Gonçalves, 644. Deixa os filhos Carlos Elpídio e Jorge Maurílio. Silvério Rodrigues Etchegaray, 57 anos, eletricista, viúvo. Residia na rua Cântidio de Quadros, 731. Deixa as filhas Adriana e Cátia.

Homem é preso por porte ilegal de arma Em ações de patrulhamento preventivo, os policiais do Pelotão de Operações Especiais da Brigada Militar foram avisados, por uma condutora, que, na avenida Tupi Silveira, esquina Hipólito Ribeiro, o veículo Fiat Strada estava sendo conduzido por um homem que po-

deria estar embriagado. Conforme informações do boletim de ocorrência, os policiais militares encontraram, na avenida General Osório, o veículo e, em revista ao interior, foi encontrado um revólver, marca Taurus, calibre 22, municiado com um cartucho na

câmara e três cartuchos no pente. A arma de fogo estava atrás do banco do motorista, no assoalho do veículo e em cima do tapete. O condutor Tiago Pereira Coutinho, 30 anos foi preso em flagrante por Porte Ilegal de Arma e encaminhado para o Presídio Regional de Bagé.

Conseg e Anversa doam bateria para músicos do bairro Ivo Ferronato

Antonio Rocha

Banda Nossa Levada Top recebeu o instrumento na tarde de ontem

Na tarde de ontem, o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) e a Empresa Anversa realizaram uma doação de uma Bateria para a Banda Nossa Levada Top, do bairro Ivo Ferronato. Segundo o presidente do Conseg, Josué Monteiro a empresa Anversa fez a doação para auxiliar a aumento da cultura no bairro. “É uma ação de combate à violência

também, pois, quando os jovens estão com a música não estão em meio a criminalidade”, destaca. O vice-presidente do Conseg, Jandir Paim, também salienta a importância destas ações para o enfrentamento contra a violência. “Incentivo à cultura é também papel de combate à criminalidade e também esses jovens estão sempre ajudando o conselho em ações

comunitárias”, garante. O músico Bruno Xarão que recebeu a bateria informou que é um sonho se realizando. “Somos da periferia e estamos realizando um sonho em ter instrumentos novos, sempre ajudamos o Conseg para este trabalho de ações contra violência, vamos levar os jovens para a música e também para longe do crime”, finaliza.

Veículos ficaram bem danificados

A Polícia Rodoviária Federal de Dom Pedrito atendeu, na noite de sexta-feira, por volta das 18h30, um acidente de trânsito envolvendo três veículos na BR 293, próximo ao quilômetro 236, no qual ficaram três pessoas com lesões. De acordo com os policiais rodoviários federais, o acidente foi uma colisão lateral onde a camionete S10, placas ITR 5997 de Santana do Livramento, foi ultra-

passar o Ford Ka, placas IUA2943, de Bagé, e acabou colidindo com o Fiat Strada, placas ISZ 3546 de Dom Pedrito. Com a colisão o condutor da Fiat Strada, Luis Carlos de Leon Vargas, a passageira do Ford Ka, Mirian Mercedez de Paula e o condutor da S10 Renato Ucha Moreira ficaram lesionados e foram encaminhados pelo Samu para o Hospital de Pronto Socorro de Dom Pedrito.

Na madrugada de domingo, Matheus Ferreira Silveira, 21 anos, comunicou, na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, que estava no interior de uma boate,

no Centro de Bagé, e teria sido agredido por dois seguranças do estabelecimento. Na ocasião, o jovem teria levado um soco na boca e perdido

um dente, com a agressão. A vítima relata que não havia feito nada. no local, que fosse motivo para isso e foi retirado do ambiente. O jovem possui testemunhas do fato.

Acidente na BR 293 deixa três pessoas feridas na noite de sexta-feira Divulgação/FS

Vítima de agressão em boate local fica sem um dente


ESPORTES

A saída de Leco, a derrota e novo treinador alvirrubro

Antonio Rocha

Foi a quarta derrota consecutiva do Guarany

Depois de três derrotas consecutivas na segunda divisão, dirigentes do Guarany resolveram, na manhã de sábado, pela saída do treinador Paulo Afonso Coelho (Leco), assumindo interinamente o cargo o auxiliar técnico Omar Souza, que comandou a equipe ontem contra o Rio Grande. O novo preparador pode ser anunciado a qualquer momento, assumindo na quarta-feira, quando o grupo voltar aos treinamentos. No terreno das especulações, um nome citado é o de Benhur Marchiori, delegado de Polícia aposentado, homem de

comunicação na Grande Porto Alegre e cuja ligação com o Guarany surgiu no final da década de 1990, em função de sua amizade com o advogado bageense Álvaro Codevilla Severo, notório alvirrubro residente na capital gaúcha. Aliás, ambos assistiram ao jogo contra o Rio Grande. Até ontem, o departamento de futebol trabalhava com três nomes para definição do novo treinador. No dia 22, o Guarany inicia a serie de seis partidas pelo returno da segundona, jogando como visitante contra o Sapucaiense.

Ontem à tarde, sem qualquer chance de classificação, Guaran y e Rio Grande protagonizaram um jogo dos mais movimentados, que terminou com a vitória dos visitantes por 3 x 2. Raphael Paraíba abriu o escore para os rio-grandinos, tendo Cléber Oliveira, em cobrança de falta, empatado. Na etapa final, o time visitante voltou a ficar em vantagem no empate, até que Alan estabeleceu a nova igualdade. Mas, já nos acréscimos, Cristian Fabri aproveitou-se de confusão defensiva do Guarany e estabeleceu os 3 x 2 definitivos.

15

SEGUNDA-FEIRA 2 de setembro de 2013

Resumo esportivo higinobage@yahoo.com.br

VETERANOS – Categoria master 50 anos da Liga Bageense teve no sábado Hulha Negra 7 x 2 Brasil, Grêmio dos Subtenentes e Sargentos 2 x 1 União Ferroviário, Juventus 1 x 1 Três Corações, São Pedro 3 x 0 Nacional, São Luiz 2 x 0 Palmeiras, Santa Flora 2 x 2 São Carlos. Na manhã de domingo, sênior, segunda divisão, Aimoré 2 x 1 Valério, Doce 6 x 0 São Simão, Prado Velho 1 x 0 Caieira, Gaúcho 3 x 0 Caieira. Primeira divisão, 2º Esquadrão 1 x 1 Asa Branca, São Pedro 1 x 0 Hulha Negra, São Martim 3 x 2 Industrial, Arvorezinha 1 x 1 Stand, Mascarenhas de Morais 5 x 1 Nápoli, Fiorentina 3 x 1 São Sebastião. BRASILEIRÃO – Sábado, pela Serie A, o Grêmio chegou à quinta vitória consecutiva, ganhando da Ponte Preta por 1 x 0, gol de Cléber, na Arena. Outros resultados: Goiás 0 x 0 Atlético Mineiro, Náutico 1 x 4 Atlético Paranaense, Portuguesa de Desportos 4 x 2 Bahia, Fluminense 0 x 2 Santos. BRASILEIRÃO (II) - Serie B: Ceará 2 x 2 Palmeiras, Chapecoense 1 x 2 Icasa, Paraná 4 x 0 Guaratinguetá, Bragantino 0 x 0 Paysandu. BRASILEIRÃO (III) – Caiu o último invicto de todas as series do Campeonato Nacional. Em casa, o Guarani de Campinas perdeu para a SER Caxias por 1 x 0, gol de Jéferson. ATIRADORES - Provas de saque rápido movimentaram o Clube de Tiro e Caça de Bagé no fim de semana. Na categoria pistola, venceu Vinicius Gomes, com 292 pontos, seguindo-se Paulo Roberto Jardim, 286; Luís Mário Lucas, 278; Juliano do Couto, 277; Arlei Vieira dos Santos, 220; Ruy Pereira Niederauer, 194. Em revólver: Juliano do Couto em primeiro, 291 pontos; depois, Luís Alberto Vieira, 289; Marcelo Bender, 279; Arlei Santos, 165, e Ruy Niederauer, 211. CATEGORIAS DE BASE – O Guarany levou suas divisões menores a Cachoeira do Sul para amistosos no sábado, diante do São José. Os comandados de Totonho ganharam por 2 x 0 nas categorias sub-13 e 15, ficando nos 2 x 2 na sub-17, com gols de Lucas e Matheus Sabedra.

Ficha técnica Guarany 2x3 Rio Grande Estádio Antônio Magalhães Rossell Arbitragem – Maicon Soes Zuge, com os assistentes Itatiã da Silva Nunes e Rodrigo Macedo Guilherme 1° tempo – 1 x 1, gols de Raphael Paraíba aos 23 minutos e Cléber Oliveira aos 32 Final – 3 x 2, gols de Dauod, aos 10 minutos; Alan, aos 29, e Cristian Fabri, aos 47 minutos GUARANY – Lúli, Marcelo Oliveira, Sandro Muller, Ilson (Alex Sander) e Ivan Lima; Bicudo (Rodrigo Magalhães), Almir, Cléber Oliveira e Thiago Saraçol (Alan); Michel Souza e Zé Anderson. Treinador: Omar Souza RIO GRANDE – Álisson, Flavinho, Fábio Souza, Da Silva e Macaé (Ricardo); Cristiano, Tainã (Gabriel), Leomar e Cristian Fabri; Raphael Paraíba (Dauod) e Danilo. Treinador: Júlio Batisti

Bagé perde na despedida do primeiro turno turno Três dirigentes do Bagé, o presidente Marco Aurélio Egas Ribeiro e os diretores de futebol Alencar Dal-Molin e Tunai Quintana Pinto, acompanharam a delegação jalde-negra à região metropolitana de Porto Alegre, para o jogo de ontem diante do Grêmio Esportivo Sapucaiense. Aliás, a direção, depois de prestigiar o treinador Badico, com voto de confiança em seu trabalho, pode anunciar a qualquer momento

mudanças no grupo de jogadores, com a saída de alguns e a devida reposição. Pela Copa Regional, zonal Sul/Fronteira, o jogo Bagé x Brasil passou de quarta para quinta-feira, às 15h, no “Pedra Moura”. Na abertura da segundona, os jalde-negros jogarão em casa, dia 22, contra o Rio Grande. Ontem, em seu último compromisso no primeiro turno da segunda divisão, o Bagé jogou em

Sapucaia do Sul, sendo derrotado pelo Grêmio Esportivo Sapucaiense por 2 x 0. Os gols foram marcados por Fábio Alemão aos 22 minutos do primeiro tempo e Juliano aos dois da etapa final. Os demais resultados da rodada de ontem foram Palmeirense 4 x 0 Milan, Garibaldi 1 x 0 Tupi, 14 de Julho 1 x 1 15 de Novembro, Nova Prata 1 x 1 Guarani de Venâncio Aires, Marau 1 x 0 Três Passos.

31/08/13 FEDERAL

1º 17.679 2º 55.733 3º 16.633 4º 84.631 5º 31.352 MEGA-SENA Nº 1526 10 16 28 47 51 59 LOTOMANIA Nº 1379 06 16 24 26 37 40 55 57 58 61 67 69 73 75 76 77 79 80 88 95

LOTOFÁCIL Nº 951 03 07 08 09 10 13 14 15 17 19 20 21 22 23 25 QUINA 3280 24 36 38 65 70 DUPLA-SENA Nº 1207 Primeiro sorteio 14 24 37 38 42 43 Segundo sorteio 07 11 22 42 45 49


www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE SETEMBRO DE 2013

Gaúcho

FOLHA SUL

Folha do Sul Gaúcho Ed. 1017 (02/09/2013)  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you