Page 1

Sem poder utilizar equipamentos para outros trabalhos, empresários acumulam prejuízos e já optam pela demissão de funcionários Página 16

Fotos: Antonio Rocha

POLÊMICA Embargo em obra da barragem isola máquinas de empresas terceirizadas

SEMINÁRIO SE SEGURANÇA

Secretaria Estadual anuncia Delegacia da Mulher, Patrulha Maria da Penha e duas unidades de Policiamento Comunitário para o segundo semestre de 2013 Página 21

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2013 - Ano 3 - N° 955

Bagé entra no mapa das manifestações populares

Barragem da Arvorezinha vira tema de protestos locais

FISCALIZAÇÃO Sultepa já instala máquinas para retomar obras de pavimentação na estrada Bagé-Lavras

Página 8

REGIÃO Emenda da bancada gaúcha deve viabilizar Via Transcampesina e obra começaria em Aceguá

Página 9

FRIO Reportagem descreve previsão geral sobre inverno de 2013 que chegou hoje

Página 10

Tarifa de ônibus, corrupção e impunidade foram os temas gerais abordados pelos protestos de Bagé na noite de ontem. Porém, como mobilização local, os manifestantes identificaram o tema das investigações da Polícia Federal e da demora na obra da Barragem da Arvorezinha. A questão foi levantada quando a manifestação tomou o rumo da sede da Prefeitura, na avenida General Osório. A comunicação da Prefeitura adiantou que Dudu acertou com manifestantes um encontro para às 11h de hoje, em seu gabinete. Em seguida, o movimento seguiu pelas avenidas Sete de Setembro, Página 18 Presidente Vargas até chegar à avenida Santa Tecla. UPA e Centro Administrativo também foram alvo de manifesto.

INCÊNDIO Casa do bairro São João pega fogo pela segunda vez em dois anos

Página 21

O TEMPO HOJE Bagé - RS Chuvoso durante o dia e a noite

14º


2

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

OPINIÃO

Editorial Glauber Pereira

glauber.pereira@hotmail.com

“Nós saímos do Facebook” A frase destacada como título do espaço editorial de hoje é mais profunda do que uma pretensa definição de origem. Utilizada por um dos anônimos manifestantes que desfilaram pelas ruas de Carazinho (RS), a placa procurava dar uma resposta para autoridades e sociedade sobre de onde teria saído tanta gente a preencher as ruas e avenidas das capitais e que, agora, se estendia pelas vias públicas dos municípios de interior – assim como aconteceu na noite de ontem em Bagé. O cartaz, carregado com orgulho, está impregnado de novos e antigos significados. Há nele um resgate da importância da internet como ferramenta de aproximação coletiva, ao contrário de teorias apressadas sobre a solidão dos internautas. Em vez de uma suposta alienação frente a conteúdos sem credibilidade, responsável pela separação e individualismo, surge da cultura das redes sociais uma manifestação de união que chega com uns 10 anos de atraso. E essa reação social aos ritos administrativos e comportamentos excessivamente pragmáticos no Brasil,

preserva semelhanças quanto aos meios, mas se afasta das demais primaveras geradas pelo mundo através das redes porque, em vez de um único motivo, sustenta-se em uma espécie de exaustão cheia de razões. Identificados com temas como a tarifa do transporte coletivo, os cidadãos virtuais veem-se “realizados” em carne e osso nas mobilizações contra o modelo tradicional de agendamento público para os demais serviços básicos e, principalmente, quanto à falta de qualidade na gestão dos recursos e o fantasma de inflação. Se não isola, promove a reunião. Quem diria que a população jovem daria ao país uma resposta tão uníssona a desmandos que gerações anteriores acabaram deixando passar por conformismo ou por falta de informação. Quem diria que, desde a adolescência grudado no computador, estes meninos e meninas um dia iriam atender ao clamor da mãe: - sai do computador menino. Pois bem, os meninos e meninas saíram do Facebok. E entraram para a história.

Foto do Dia

Centro do Idoso no ritmo junino Vívian Pereira/EspecialFS

Coluna do Mainardi

Reforma política A volta de milhares de brasileiros às ruas, nesta semana, em movimento que não ocorria desde o “Fora Collor”, fortaleceram minha convicção de que necessitamos, urgente, de uma reforma política e partidária. Entendo que o recado que vem destas manifestações é de que o atual sistema já se esgotou. Que é necessário estabelecermos uma relação mais comprometida entre eleitor e eleito, que vá além do toma-lá-dá-cá, e consolide compromissos com base num programa. Para isso, é fundamental convocar uma Assembleia Nacional Constituinte, de caráter exclusivo, eleita por fora dos atuais partidos, para elaborar um novo contrato político e social para a consolidação da democracia brasileira. Digo isso a partir do entendimento de que as soluções para esta crise só se operam pela via política.

Nigéria Recebemos, nesta semana, visita da diretora de Gestão da Legacy Investment & Management, grupo nigeriano especializado em atrair investimentos para aquele país africano. Enitan Obasanjo – Adeleye, é filha do criador do grupo e primeiro presidente do país após a redemocratização, Olusegun Obasanjo. A visita é o primeiro resultado concreto da missão que coordenamos à Nigéria, entre os dias 26 e 31 de maio, já que Enitan veio conhecer empresas e experiências gaúchas nas áreas do arroz, do frango e do leite. Recebemos a diretora, especializada na elaboração e implementação de estratégias, pesquisa e análise para apoiar a tomada de decisão de investimento, em nosso gabinete, ocasião em que reafirmamos a intenção do Governo do Estado de contribuir para o desenvolvimento da Nigéria, através de intercâmbios comerciais e acordos de cooperação.

Quatro novas inspetorias

Entregamos, aos produtores e funcionários da Secretaria da Agricultura, na semana passada, mais quatro novas Inspetorias de Defesa Agropecuária, as antigas IVZs. As inspetorias de Cristal, São Lourenço, Camaquã e Pelotas integram o nosso programa de revitalizar todas as 258 unidades que temos espalhadas no interior, visando oferecer melhores condições de trabalho aos funcionários e um ambiente mais agradável e moderno para o atendimento dos produtores rurais de nosso Estado.

Festival de Gastronomia

Em clima junino, cerca de 300 atendidos integraram, ontem à tarde, a tradicional festividade desenvolvida pelo Centro do Idoso, em Bagé. Quadrilhas e danças características embalaram as comemorações.

A Secretaria da Agricultura, juntamente com o GT de Gastronomia, promove de 25 a 30 de junho, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, o 1º Festival de Gastronomia do Rio Grande do Sul. O Festival tem como tema central a gastronomia e os vínculos com o desenvolvimento agrário, cadeias produtivas, pequenos agricultores e agricultores familiares, turismo, cultura, economia, saúde, segurança alimentar, desenvolvimento social, ecologia e educação. Dessa forma, os visitantes terão contato com a origem dos alimentos – seja animal ou vegetal – desde a produção até o produto final que chega à mesa do consumidor. Esperamos todos vocês neste evento que também terá encontro de prefeitos, curso de aperfeiçoamento das merendeiras da rede estadual de educação, mostra de filmes e 140 workshops e oficinas totalmente gratuitas.

facebook.com/JornalFolhaDoSul

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Direção Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga Repórter Fotográfico: Antonio Rocha - Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Camila Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício Soares Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues -Edgar Muza - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi Revisão: Taisa Soares Reportagem: Emanuel Müller - Fernanda Mendonça - Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos Gilmar de Quadros - José Higino Gonçalves - Juliana Andina - Marcos Pintos Estagiária: Giuliana Bruni Diagramação comercial: Quélen Leal - Niela Bittencourt - Rochele Barbosa Diagramação: Cristiano Lameira e Vinícius Silva


EMPRESARIAL

Indicadores econômicos INDICADORES

Valor

Salário Mínimo Salário Regional TR TJLP SELIC IPCA IPC IGP-M INPC

R$ 678,00 R$ 770,00 0,000% 5% a.a. 8% 0,147 0,17 0,21 0,60

Atualização 2013 2013 junho 2013 junho 2013 março 2013 março 2013 março 2013 março 2013

MOEDAS Dólar Comercial

Compra

Venda

2,260

2,261

2,217

2,360

Euro (em R$)

2,986

2,988

Libra (em R$)

3,487

3,471

Pesos arg.(em R$)

0,421

0,419

Pesos Ur.(em R$)

0,1082

0,1070

Josias Borges Espaço do Investimento

Antonio Rocha

Equipe aposta no atentimento com qualidade por Stela Vasconcellos

No ano em que completa 10 anos, a De Bem Imóveis comemora a ampliação de uma proposta que obteve êxito e, atualmente, tornou-se um verdadeiro indicador da economia de Bagé. O proprietário Luiz Guarani de Bem, que já era corretor, mas não exercia a função, recorda que abriu a imobiliária em 8 de janeiro de 2003,

depois de abandonar a vida pública. De Bem Imóveis tem foco na venda e administração de imóveis urbanos e propriedades rurais. Trabalhando com o filho Marcelo de Bem, o irmão Sepé de Bem e uma equipe qualificada, Guarani avalia o mercado e procura atender as necessidades de seus clientes. Segundo ele, em relação aos imóveis

urbanos, a maior procura é por aqueles que se enquadrem no programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. “Há uma certa saturação de imóveis para venda e locação, devido aos inúmeros empreendimentos colocados no mercado. Mas já começou um aquecimento de novo, provocado por uma nova demanda”, destaca Luiz Guarani.

Na zona rural, a maior procura recebida pela imobiliária é de campo para arrendamento, para o plantio de soja. O empresário explica que não há uma faixa fixa de preço, que varia conforme a localização, o tamanho da propriedade e o tipo de negociação fechada. O proprietário e o arrendatário podem, por exemplo, acertar que o campo vai ser entregue com pastagem,

o que barateia o arrendamento. Geralmente, o preço é acertado em sacas do produto: de quatro a 10 por hectares. A soja também tem norteado a venda de propriedades rurais. “A soja é uma realidade, vem se incorporando ao que nós já tínhamos, com variedades adaptadas ao nosso clima, e a produtividade se equipara aos municípios sojeiros por excelência”, argumenta

Guarani. O preço dos campos destinados à soja, na região, varia de R$ 8 mil a R$ 12 mil o hectare, enquanto, nas regiões tradicionais, como Cruz Alta, Carazinho e Júlio de Castilhos, o custo do hectare chega a R$ 35 mil ou R$ 40 mil. Na comparação pelo Estado, os produtores concluem que Bagé tem os campos mais baratos para a agricultura.

Rua João Telles, 1295 | Fone: 3241-6152

3

Dólar turismo (em R$)

De Bem Imóveis comemora 10 anos

Soja alavanca arrendamentos

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

Alta volatilidade no mercado de ações O dia de ontem, no mercado acionário, foi fantástico. O pessimismo dominou o humor dos investidores no início do pregão. O índice Bovespa abriu os trabalhos com queda de mais de 2%, ampliando ainda mais as perdas durante o dia. Isso significa que nossa bolsa voltou a trabalhar em patamares ainda mais baixos do que os experimentados em 2011, quando chegamos na casa dos 47 mil pontos. O detalhe é que os compradores parecem ter acordado durante o dia e, como em um passe de mágica, o índice recuperou-se e fechou na máxima, trabalhando em patamares positivos. É sabido por todos que, no mercado acionário, deve-se comprar na baixa e vender na alta. O incrível é que muitos investidores deixam-se abalar emocionalmente e, quando está chegando a hora de comprar, acabam vendendo suas posições acionárias, realizando prejuízos, enquanto na verdade, seria hora de comprar, plantando para o futuro. Não é a toa que Warren Buffet, considerado o papa dos investimentos, proferiu a célebre frase: “compro ao som dos canhões e vendo ao som dos violinos. Caro leitor. Nunca sabe-se até que ponto uma ação pode subir ou cair. Embora existam inúmeros indicadores que permitem avaliar se uma ação está barata ou cara, no final das contas, o que manda mesmo, é o mercado. Agora, uma informação é incontestável: o mercado acionário encontra-se em um patamar baixíssimo e comprar ações, agora (na baixa), parece muito mais promissor do que comprar depois, quando o mercado voltar a subir. Pense nisso e veja as oportunidades que aparecem para você. Um ótimo final de semana.

josias.borges@gbinvestimentos.com.br


4

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

Mercado agrícola PRODUTOS

RURAL

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul UNIDADE MÍNIMO MÉDIO Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

31,00 120,00 60,00 60,00 18,80 30,00 3,20 3,50 2,20 2,90 0,75

MÁXIMO

32,96 132,27 61,56 61,56 20,27 30,54 3,33 3,88 2,27 3,00 0,79

17.06.2013 a 21.06.2013

34,00 180,00 65,00 65,00 21,00 33,00 3,50 4,20 2,30 3,15 0,95

Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Governo do Estado realizará ações para promover vinhos da região da Campanha O Governo do Estado enviou projeto de lei à Assembleia Legislativa pedindo abertura de crédito complementar de R$ 600 mil à Secretaria da Agricultura para investimento em ações de comunicação e mídias dirigidas. O objetivo é a fixação da marca e maior visibilidade aos vinhos de qualidade produzidos na região da Campanha. Através de convênio com o Comitê de Fruticultura da Metade Sul, estão previstas mídias em TV, construção de página na web para o comitê e para Associação de Vinhos da Campanha, outdoors, material de divulgação impresso, treinamento e capacitação de 600 garçons e agentes de vendas, melhoria da loja da associação e realização do X Seminário de Vitivinicultura.

Região é responsável por 15% da produção de vinhos finos

Na última década, o setor vitivinícola brasileiro sofreu transformações que resultaram num grande salto de qualidade. Depois de experimentos feitos no passado, a região da Campanha acompanhou esse movimento nacional e reencontrou sua aptidão para o setor.

Fernando Dias / Especial FS

O Projeto de Lei foi aprovado, na última terça-feira, por unanimidade e trata de suplementação orçamentária ao Fundovitis que, dentre as funções, também está a de promover o vinho; alémde ter sido aprovado pelo conselho deliberativo. De acordo com o secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, o Governo do Estado tem investido no crescimento da vitivinicultura gaúcha, citando como exemplo a duplicação dos recursos repassados ao Fundovitis. “Temos compromisso com o fortalecimento das matrizes produtivas locais e, por isso, apostamos na consolidação dos vinhas da Campanha, que é uma nova fronteira de produção e vinificação de uvas que tem conquistado mercados”, justifica Mainardi.

Baseada nas qualidades do clima e do solo, propícias ao plantio de uvas, os vinhos desta região estão alcançando mercados nacionais e internacionais. O coordenador das Câmaras Setoriais das Cadeias da Uva e das Oliveiras da Secretaria da Agricultura, Jorge Hoffmann

Iniciativa busca fixar marca e dar visibilidade ao vinho da região

diz que a região é responsável por 15% da produção de vinhos finos do país. “São 17 vinícolas e mais de dois mil hectares de uva”, afirma. Por outro lado, porém, diz ele, enfrenta certa dificuldade logística em função da localização em relação ao resto do Brasil.

O secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, está otimista em relação à Campanha. Um dos incentivadores da fruticultura na Metade Sul, nos ano 90, não tem dúvida de que a diversificação da cultura é uma forma de agregar

valor aos produtos e trazer mais renda ao produtor. A concorrência dos vinhos de países vizinhos, como Uruguai e Argentina, segundo ele, também motivam o setor, especialmente nessa região, a se aperfeiçoar e aumentar a qualidade.


RURAL Novo presidente do Sindicato Rural de Pinheiro Machado assume dia 26 por Marcelo Pimenta e Silva

Na próxima quarta-feira, assume como presidente do Sindicato Rural de Pinheiro Machado Rossano Luiz Lazarotto, que estará à frente da entidade no próximo triênio. Lazarotto tem 33 anos de idade e tem formação em Viticultura e Enologia. Já era integrante da diretoria do Sindicato Rural desde o ano de 2004 e o convite formal foi feito pela atual presidente Jaqueline Maciel. O produtor tem como expectativas e ações iniciais em seu mandato a manutenção da política de defesa dos diferentes interesses dos associados, a aproximação aos clientes indiretos do SR, a aplicação da Lei de Incentivo à Feovelha (Rouanet) para captação de recursos com o objetivo de ampliar a Feovelha do ano que vem, e que será realizada de 29 de janeiro a 02 de fevereiro de 2014, além de realizar

Divulgação FS

investimentos em infraestrutura no Parque Charrua. Lazarotto observa o atual momento do setor rural no município como interessante, tendo como desafio aumentar a produtividade e o resultado das nossas propriedades rurais, bem como a atração de novos investidores no agronegócio. “A legislação ambiental também tem importância no sentido em que as informações cheguem aos produtores rurais para a sua plena aplicabilidade”, analisa o futuro gestor da entidade, que destaca como um dos desafios conseguir investimentos em infraestrutura e armazenamento no meio rural, bem como, tentar agregar valor nos produtos na tentativa da criação de novas agroindústrias. A solenidade de posse da nova diretoria ocorre no Parque de Exposições Charrua, a partir das 20h, do dia 26.

Lazarotto assume presidência após indicação de Jaqueline Maciel

Grupo Marfrig e ABHB assinam parceria para criação de programa de fomento O Grupo Marfrig anunciou, ontem,uma carta de intenções com a Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) para criação do Programa Fomento Marfrig Hereford. A iniciativa é vista como uma importante ação para o aprimoramento constante do relacionamento da Empresa com os pecuaristas, com o objetivo de garantir a produção padronizada e certificada de carne bovina, oferecendo um produto de alta qualidade ao consumidor.

O acordo foi oficializado pelo representante da Marfrig Beef, James Cruden, e pelo presidente da Associação Brasileira de Hereford e Braford, Fernando Lopa, durante a Feicorte 2013, em São Paulo. Ainda com o propósito de incentivar os produtores de Hereford e Braford para aumentar a oferta de matéria-prima, além de suprir a demanda de mercado para produtos com qualidade superior, a Marfrig está apresentando, durante a

feira, a nova tabela de bonificação para produtores de todo o Brasil. Em vigor, a partir de 1º de julho de 2013, a tabela prevê uma bonificação maior, com o objetivo de aumentar a compra de animais terminados. “Queremos incentivar a produção de carne de qualidade para ampliar cada vez mais o fornecimento de carcaças padronizadas e peças de alto valor agregado, fazendo com que a rentabilidade do pecuarista aumente e que o consumidor perceba este valor”, reforça James Cruden.

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

5


6

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

POLÍTICA Emanuel Müller

emamuller@gmail.com Divergência entre bancadas do PP e PTB se torna pública e definição de integrantes pode ocorrer dia 24

Oposição não se entende sobre CPI

Mais uma vez a definição dos nomes para compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre as obras da Barragem da Arvorezinha “empacou”. O vereador Antenor Teixeira (PP), defensor da proposta, pediu, na sessão de ontem, à presidência do Legislativo, exercida interinamente por Uílson Morais (PMDB), já que Paulinho Parera (PT) cumpre agendas em Brasília, que formasse a Comissão. Morais argumentou que o despacho do requerimento que solicita a instalação ainda não havia chegado até ele. Teixeira não insistiu, apenas solicitando para que a composição seja realizada na sessão do próximo dia 24. Mas há outros fatores, nos bastidores, que podem complicar a situação. Integrantes da bancada do PTB preferem a continuidade da Comissão Especial para Estudo, Acompanhamento e Investigação das obras, que já está formada e com a nominata definida. A divergência entre PP e PTB quanto ao formato ideal para constituir

uma comissão ficou notória na manifestação de Teixeira, ontem, na tribuna. O teor do discurso do progressista foi de cobrança. Teixeira pediu à bancada do PTB para continuar com a linha de trabalho de defesa à população, reiterando o apoio à formação de uma CPI. Além disso, o vereador criticou a administração municipal. Afirmou que, se estivesse no governo, pagaria a obra e prestaria contas sobre “os serviços prestados que eu enxergasse”. O parlamentar pondera que se o Governo Municipal e seus dirigentes não devem nada, não tem porque temer uma CPI. “Esta casa tem obrigação e responsabilidade com o povo de Bagé de investigar e apontar a responsabilidade do gestor público”, manifesta. A colega de bancada, Sônia Leite, adotou posicionamento semelhante. “A CPI é uma necessidade. O povo quer a CPI. Quem não aceitar pode se considerar morto”, dispara. O líder da bancada do PTB, Divaldo Lara, não ocupou a tribuna ontem. Mas não fugiu das perguntas sobre o

fato. O petebista confirmou que há divergência na bancada. “Sempre fomos a favor da CPI. Mas entendemos que ela pode se manter suspensa. A Comissão Especial está formada e pode prosseguir os trabalhos”, argumenta Divaldo. Para o petebista, o campo de inquérito já está concluído, após as investigações realizadas pela Polícia Federal. “O que falta é a apuração dos nomes para que possamos tomar as devidas ações”, salienta o vereador. Mesmo que os fatos não venham à tona, os petebistas estariam no aguardo da divulgação de nomes de agentes públicos que possam estar envolvidos. No momento, a oposição descarta a convocação do prefeito Dudu Colombo e do diretor do Departamento de Água e Esgotos de Bagé, Antônio Kiwal Parera, para prestar esclarecimentos no Legislativo. Apesar da discordância entre as bancadas do PP e do PTB, ambas protocolaram na Câmara um requerimento ao Poder Executivo solicitando cópia, com urgência, do processo referente à

Fotos: Divulgação FS

Teixeira pediu ao PTB que siga parceiro na proposta de CPI medida cautelar movida pela Advocacia Geral da União e Ministério Público Federal, que resultou no embargo das obras da Barragem da Arvorezinha, em processo que já está com a Procuradoria Jurídica da Prefeitura. Da mesma forma,

Divaldo acredita que Comissão Especial já pode iniciar trabalhos a bancada petebista quer informações a respeito da conta onde foi depositada a caução na qual que se refere a cláusula 13 do contrato 003/2011, da Barragem da Arvorezinha, bem como o comprovante do depósito.

Ranking desatualizado de partidos corruptos acirra discussões na Câmara Na sessão de ontem, o clima estava aparentemente calmo até a manifestação do vereador Rafael Fuca (PT). Ao se pronunciar a respeito das manifestações realizadas em todo o país contra diversos temas, o colega de bancada Omar Ghani pediu aparte. E nele apontou levantamento do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, com base em dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, com os

partidos com maior número de parlamentares cassados por corrupção desde 2000. Ghani citou os cinco primeiros: DEM, com 69 cassações, PMDB (66), PSDB (58), PP (26) e PTB (24). Ghani ainda reafirmou que o PT, posicionado em 9º lugar no ranking, com 10 cassações, era um dos partidos que teve a iniciativa de sempre procurar as ruas para demonstrar o descontentamento da população sobre

temas de interesse da sociedade A partir daí, os discursos ficaram inflamados. Divaldo Lara (PTB) disse que “ladrão tem em todos os partidos”. O petebista manifestou que não estar nas cinco primeiras posições do ranking não era motivo de orgulho. “A discussão levantada nas ruas é contra o sistema, contra os governos. Não tem santo nisso. Tem alguns palhaços, ladrões, corruptos.

Aqueles que defendem o santo, vale lembrar que eles não estão no parlamento”, pondera. Colegas de bancada, como Geraldo Saliba e Bocão Bogado, também destacaram que não estavam ali para dizer quem é mais ou menos corrupto. E sim que a população exige respostas da classe política. O mesmo tom foi utilizado nas manifestações de Lelinho Lopes, Rafael Fuca (ambos do PT), Sônia Leite (PP) e

Uílson Morais (PMDB). O que nenhum dos vereadores checou foi o período do ranking. Ele foi divulgado desde 2010. E veio agora, com força, nas redes sociais, após os protestos que se esparramaram pelo país contra o sistema político, transporte coletivo e corrupção. Os vereadores abordaram o que se chama no Jornalismo de “pauta vencida”.


Saliba solicita audiência pública para debater situação do Anel Rodoviário O vereador Geraldo Saliba (PTB) solicitou à Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Transportes do Legislativo a realização de uma audiência pública para tratar sobre a retomada das obras do Anel Rodoviário de Bagé. O evento está marcado para o dia 28 de julho, às 14h, na Câmara de Vereadores.

Foram convidados para o evento lideranças comunitárias e políticas, como a presidente da Associação de Moradores da Vila Gaúcha, Estela Mara Pereira Machado, representantes da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística, Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), além do deputado federal Afonso Hamm e dos deputados

POLÍTICA

estaduais Luís Augusto Lara e Luiz Fernando Mainardi. Para o petebista, o encontro promoverá discussões importantes para o progresso da obra. “Estamos há meses trabalhando nesta causa e unindo cada vez mais lideranças para mobilizar e fazer sair do papel esta importante obra para a comunidade bageense”, ressalta Saliba.

Esquerda e Carlinhos apoiam iniciativa que beneficia auditores do Ministério do Trabalho

Divulgação FS

Os vereadores Esquerda Carneiro e Carlinhos do Papelão (ambos do PTB) visitaram a subdelegacia do Ministério do Trabalho em Bagé. Na ocasião, estiveram reunidos com o auditor fiscal Bob Machado, que conversou com os vereadores sobre dificuldades encontradas, hoje, no exercício da função. “Os auditores fiscais do trabalho atuam na linha de frente de maneira contínua e permanente na prevenção, controle, fiscalização e repressão a diversos delitos transfronteiriços nas localidades de fronteira”, ressalta Machado. Uma das maiores dificuldades enfrentadas pela administração pública federal é quanto à fixação dos funcionários públicos na sede onde são lotados. Nas zonas de fronteira a situação é pior. Existem problemas de adaptação que resultam no pedido de transferência dos servidores. Os petebistas protocolaram na Câmara uma Moção de Apoio à inclusão da carreira de auditoria fiscal do trabalho

Carlinhos, Bob Machado e Esquerda no projeto de lei nº 4.264/2012, em andamento no congresso nacional, bem como a celebridade em sua tramitação, para tentar solucionar este problema. “Hoje, temos

Omar critica projeto da “cura gay” Não apenas pelo aspecto político, mas pelo profissional. Assim pode ser definida a postura do vereador Omar Ghani (PT) em manifestação, ontem, na tribuna. Com um discurso forte, Ghani disparou contra o Projeto de Decreto Legislativo 234/2011, criado pelo deputado federal João Campos (PSDBGO), para mudar uma resolução do Conselho Federal de Psicologia sobre tratamento psicológico de homossexuais. A votação ocorreu no último dia 18, na Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal. O petista é psicólogo de formação. O vereador repudia o projeto que ficou conhecido como “cura gay”. Ghani afirma que o projeto enfraquece a luta pelos direitos humanos e mi-

norias no Brasil e é um retrocesso de direitos conquistados pela sociedade. “A homossexualidade não constitui doença para carecer de tratamento, nem distúrbio, tampouco perversão. Nesse sentido, a Psicologia pode e deve contribuir com seu conhecimento para o esclarecimento sobre as questões da sexualidade, permitindo a superação de preconceitos e discriminações”, enfatiza Ghani. “Acredito que deve ser um sentimento dos vereadores que isso nos remete ao retrocesso e ao repúdio”, reitera. O projeto da “cura gay” vai passar agora pela apreciação das comissões de Seguridade Social e Família (CSSF) e Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), antes de ir ao Plenário da Câmara dos Deputados. O Conselho

dois auditores fiscais atuando em Bagé, sendo que um deles está por se aposentar. É uma situação insustentável”, pondera Esquerda. Divulgação FS

Ghani condena ação proposta pela CDH da Câmara Federal Federal de Psicologia vai continuar o movimento contrário à aprovação do Projeto em todas as instâncias. Ghani recebeu a solidariedade de Antenor Teixeira (PP). O progressista relatou que irá solicitar à bancada gaúcha do PP na Câmara Federal para que rejeite a proposta.

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

7

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral E o mensalão, a quantas anda? Eu diria, cretinamente, que vai bem, obrigado. Está simplesmente sumindo da mídia. Aqui, ali e acolá aparece alguma notícia. Você, leitor, já parou para pensar? Eu parei (às vezes penso! Ha, ha, ha). Vou ativar a memória do leitor, que são poucos, mas fiéis. Cada vez que há uma denúncia sobre qualquer fato grave no país e/ou no mundo, a mídia nacional vira tudo de cabeça para baixo e esquece a gravidade anterior que lhes garantiu a venda de jornais e/ou o aumento de audiência que colocou mais dinheiro em seus cofres. O movimento que se formou para tentar a tarifa zero no transporte coletivo, obteve a primeira “vitória”. São Paulo e Rio resolveram revogar o aumento (que não foi aumento, foi apenas a correção de inflação) e continuar com o mesmo valor de antes da pressão popular. O que poucos falaram e escreveram, porque não lhes interessa, é que o governo da União resolveu isentar as empresas do transporte coletivo de alguns tributos. Por si só, embora não conheça o peso das isenções, era motivo para a tarifa ser reduzida. Pela decisão tomada, as empresas não sairão perdendo nada. A arrecadação continuará a mesma e sua despesa com tributos será reduzida. Esse é o resultado do movimento. O que é salutar, diga-se de passagem. Vamos ao outro lado da medalha. A receita da União deverá diminuir. Mas isso já aconteceu quando liberaram o IPI que incidia sobre os veículos e linha branca. O detalhe é que os estados e municípios terão redução em seus fundos de participação. Já estou imaginando algo bom. Para não quebrarem totalmente, Estados e Municípios terão que reduzir suas máquinas. Diminuir seus gastos. Nuca me entrou na cabeça que o movimento não tenha “ninguém por trás”. Mesmo que a intensa cobertura jornalística tenha enfatizado fortemente que o movimento se criou ao natural. Ontem, alguns entrevistados afirmaram que a causa não era somente os 20 centavos. Pensei comigo. Então tá. Já escrevi sobre o tema. Não vi ninguém com “cara” de trabalhador no movimento. Ao contrário. O horário em que tinha início, o trabalhador estava exatamente... trabalhando. A grande maioria de estudantes, se usavam ônibus, trem ou metrô, pagavam meia passagem. É lei. As pessoas idosas são isentas. Restava realmente os trabalhadores que, também por lei, pagam 6% de seu salário e o restante são os empregadores que pagam. O movimento, no entanto, acabou se transformando em algo muito importante nos regimes democráticos. Eu estou dizendo “se transformou”, embora não descarte que possa ter sido a primeira etapa de um projeto que visava à desmoralização das instituições. A segurança pública das grandes capitais foi desmoralizada quando lhes tiraram a autonomia de “manter a ordem”. Então se viu exatamente a “destruição de patrimônio público e privado”. Pois bem, isso já afirmei em outras colunas. Creio que o “tiro saiu pela culatra”. Hoje, os protestos estão assustando os corruptos. Estão assustando os governantes que gastam mal nosso dinheiro. Estão contrários à Copa do Mundo, cujos gastos para cumprirem o contrato com a FIFA são babilônicos. E o roubo muito maior. Uma pena que chegou um pouco tarde. Agora não há mais volta. O gasto está feito e esperamos que tenha algum retorno para o Brasil. Para a FIFA, com certeza. Enquanto isso, os mensaleiros continuam soltos. O Supremo não começou a julgar os recursos. Tem ministro, como o Tóffoli, dando declarações que não será concluído antes de dois anos. Nossas leis são até engraçadas, para não dizer outra coisa, que já estou pensando algo que poderá levar o leitor a pensar que, novamente, estou vendo “chifre em cabeça de cavalo”. É o seguinte: se a sentença não for publicada, os condenados estarão impedidos de concorrer no próximo pleito? Fundamento minha desconfiança (mais uma) no fato de que empossaram o Zé Genuíno. Não dá para pensar nesta hipótese? Para não fugir ao tema vou enfatizar que, embora possa haver um “esquema” por trás do manifesto que tomou conta do país, estou satisfeito com a parte ordeira do mesmo. Que deixem a polícia trabalhar em sua função: manter a ordem. E que a classe política se aperceba que estão no “olho do furação”. Que o Sarney volte a falar. Enquanto estiver quieto eu estou preocupado. Concordam?


8

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

REGIÃO

Maquinário chega e trabalhos recomeçam na Bagé-Lavras Assim como adiantado pela FOLHA do SUL, o maquinário necessário para a retomada das obras na RSC-473, entre Bagé e Lavras do Sul, chegou nesta semana. Com isso, o ansiado reinício dos trabalhos – que inclusive motivou manifesto da população – já pode ser identificado. Segundo o supervisor da obra e representante da empresa Sultepa, Auri Tartari, as primeiras ações consistirão na limpeza da área de

atuação. “Anteontem, as primeiras máquinas chegaram. Outras ainda virão. Neste momento, elas servirão para limpar a pista. Conforme o andamento, a obra vai pegando ritmo”, sintetiza. A reportagem esteve na via ontem e, logo no acesso próximo à BR-293, em Bagé, pode ser verificado o serviço. Assim como dito por Tartari, o maquinário está em processo de alargamento da estrada.

Em nota oficial, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) confirmou o retorno dos trabalhos. Ainda, segundo o informe, a obra está divida em três etapas. “Neste momento, é realizada a limpeza da rodovia e, posterior-

mente, será executada a drenagem, a terraplanagem e o patrolamento. A rodovia, com extensão de 22,7 quilômetros, é uma das prioridades deste governo e está contemplada no Programa de Ligações Regionais do Plano de Obras 2012/2014”, cita.

DAER confirma retorno

População de olho Uma das responsáveis pelo protesto que reuniu bageenses, lavrenses, bem como a comunidade de Dom Pedrito, em maio, Luciane Delabary, disse que vai acompanhar o andamento das atividades. “Preci-

Fotos: Antonio Rocha

Serviços atuais consistem na limpeza da pista

samos ter certeza que não estão só colocando panos quentes e que este asfalto vai sair mesmo”, argumenta. Ela garante que, por utilizar a via com frequência, estará atenta à execução dos serviços.

Equipamentos atuam desde terça-feira


REGIÃO

SEXTA-FEIRA

9

21 de junho de 2013

Asfaltamento da Transcampesina deve iniciar por Aceguá Uma reunião do Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental dos Municípios da Bacia do Rio Jaguarão (Cideja), realizada ontem, em Aceguá, decidiu, por unanimidade, que a obra de pavimentação asfáltica da RS-615 – chamada de Transcampesina – deve beneficiar, inicialmente, o trecho entre a cidade fronteira e Hulha Negra. No encontro, estavam presentes dos prefeitos de Aceguá, Julio Pintos, Candiota, Luiz Carlos Folador, Hulha Negra, Erone Londero, e de Pinheiro Machado, José Felipe da Feira. Também acompanharam a atividade, o vice-prefeito de Herval, Luiz Alberto Perdomo, e alguns vereadores dos municípios integrantes

do Consórcio. Além de debater temas internos e projetos paralelos, o tema principal do encontro era definir questões para a contratação, via licitação, de uma empresa para a elaboração de um projeto básico visando o empreendimento. A transcampesina compreende um trecho aproximado de 150 quilômetros e é responsável pela ligação das cidades de Herval e Aceguá, passando pelo interior de Hulha Negra, Candiota e Pedras Altas. Segundo Folador, que também preside do Cideja, a obra já conta com R$ 40 milhões aprovados, através de emenda da Bancada Gaúcha, junto ao Ministério de Integração Nacional, para o ano de 2013. “É o terceiro

maior investimento aprovado pela Bancada”, frisa. Ele explica que, com isto, o empreendimento terá os recursos necessários até sua conclusão. Porém, para iniciar a obra, o Consórcio necessita apresentar um projeto básico junto ao MIN. Por este motivo, a entidade trabalha em sua elaboração. Contudo, para abertura do processo de contratação de uma empresa, ainda restam alguns ajustes internos para a constituição de uma Comissão de Licitação do Cideja – pauta debatida na ocasião. “Este é o passo inicial. Feito isto, o Daer (Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem) fará o projeto técnico básico, necessário para a execução dos trabalhos”, relata Folador.

Para finalizar o encontro, e visando estabelecer uma rota aos trabalhos as serem executados, os presentes definiram que o primeiro trecho vai abranger entre Aceguá e Hulha Negra. O presidente do Cideja propôs a abrangência. De acordo com ele, iniciar de uma ponta e seguir até a outra é o mais sensato. “Já presenciei muitos empreendimentos destes e acredito ser a melhor opção. A escolha de Aceguá, penso eu, é

por possuir o Hospital da Colonia Nova, referência de atendimentos na região”, justifica. O prefeito de Aceguá agradeceu a opção, enalteceu a necessidade de unir as pequenas propriedades existentes, bem como defendeu que o município é localizado em um ponto estratégico. “Assim, teremos como estreitar as distâncias com a BR-153, uma das mais importantes de nossa região, pela sua ligação direta com

o Uruguai”, disse Pintos. O chefe do executivo de Hulha Negra também concordou. Segundo ele, o município conta com cerca de mil famílias conveniadas com o Hospital da Colonia Nova. “Assim, vamos reduzir custos com transporte e trazer mais segurança para os beneficiados”, atesta Londero. Felipe da Feira enaltece que o principal objetivo é desenvolver a região. “Independente de onde come-

Decisão

Brunna Ayres/Especial FS

Prefeitos debateram detalhes do empreendimento ontem

ce, é um empreendimento que trará benefícios para todos”, argumenta. Mesmo representando o trecho final que seria contemplado, o vice-prefeito de Herval disse entender as prioridades locais. “É uma região mais povoada. Entendo que seja um critério válido. E, além disto, trata-se de uma obra grande que também chegará ao nosso município”, aponta. Aliás, os recursos libera-

dos devem atender exatamente a conclusão do trecho apontado. Segundo Folador, é uma obra de asfaltamento, mas com um diferencial. “Não estamos falamos é uma pista completa. Mas algo com sete metros de largura que, em sua essência, facilite a circulação, o transporte da produção, diminua as distâncias” avalia ao destacar que a decisão, de forma unânime, representa a “unidade do Cideja”.


10

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

GERAL

Inverno deverá ser frio e com chuva dentro da normalidade por Juliana Andina

Iniciou hoje, às 2h04min, a estação mais fria do ano: o inverno. No Hemisfério Sul, a estação também é conhecida como “inverno austral”, inicia neste dia 21 de junho e termina com o equinócio (dias e noites com a mesma duração) de primavera, que acontece em 21 de setembro. A tendência para os próximos três meses são de frio alternado com dias quentes e chuva. De acordo com o meteorologista da Fepagro (Fundação Estadual de Pes-

quisa Agropecuária), Flávio Varone, a previsão é de que a região da Campanha tenha um inverno normal. “Haverão sobre o Estado, passagem de frentes frias, que irão despertar mecanismos de chuva. Sendo a estação caracterizada pelo frio, chuva e veranicos”, aponta. Ele afirma que esta mescla de temperaturas se dará pelo fato de passagens de ondas de frio. “A tendência é que ingressem, no Rio Grande do Sul, massas de ar polar, o que deverá deixar

em alguns dias a temperatura próxima de zero e até mesmo negativa”, diz. Varone ainda acrescenta que, com isso, ocorrerão os fenômenos de inverno, como nevoeiros e geadas. “Quando o ar frio e seco fica próximo à superfície, gera os nevoeiros, que temos acompanhado nas últimas semanas. Esta será uma tendência nesta estação. Somado há isso, nos dias mais frios e secos será comum a formação de geada sobre as superfícies”, explica.

ar quente e seco comum nesta época na região central do país”, complementa. Quanto ao volume de chuvas para a região da Campanha, Varone conta que o mês de julho poderá ficar com as precipitações um pouco abaixo da média. “Junho já ficou um

pouco abaixo do esperado e julho deverá seguir esta tendência, ficando as precipitações entre os 110 e 130 milímetros. Em agosto, a chuva aparece mais, podendo atingir a média de 100 e 120 milímetros. Nada que possa gerar estiagem”, conclui.

Chuva e calor O meteorologista enfatiza que os dias frios serão intercalados com dias quentes. “A previsão nos mostra que poderão ocorrer períodos mais quentes. E isso deverá acontecer quando as massas de ar frio estiverem estagnadas fora do Estado, prevalecendo a entrada do


Bagé terá espetáculos teatrais O mês de junho está chegando ao fim, mas ainda dá tempo de conferir as atrações do Arte SESC – Cultura por toda parte, em Bagé. São dois espetáculos teatrais voltados para diferentes públicos, que acontecem nos dias 21 e 27 deste mês. O projeto SESC Teatro a Mil leva às cidades a peça infantil “Como Papai e Mamãe se Apaixonaram”. Em Bagé, será no dia 21, no Ginásio do SESC, às 10h e às 15h. A peça conta a história de Ernesto e Salomé, duas crianças que se vêem surpreendidas pela chegada de um novo membro na família. Em meio as suas brincadeiras, tentam descobrir, “afinal, de onde surgem os bebês?”, mas isso começa muito antes, “lá quando o papai e a mamãe se apaixonaram”. Uma brincadeira com um questionamento de adultos e crianças. A atração é exclusiva para as escolas da rede pública previamente agendadas. Já no dia 27, é a vez dos adultos conferirem o espetáculo “Os Canalhas”. Realizado por Edson Bueno, o texto traz um apanhado de crônicas de Nelson Rodrigues. A apresentação será no

Complexo Cultural Dom Diogo de Souza (rua Caetano Gonçalves, s/n), às 20h. Os ingressos estão à venda no SESC Bagé, e custam R$ 5 para comerciários e dependentes com Cartão SESC/Senac, R$ 10 para empresários e dependentes com Cartão SESC/Senac e R$ 20 para público em geral. Maiores de 60 anos e estudantes pagam meia entrada. Outras informações sobre as atividades podem ser adquiridas no SESC Bagé, localizado na rua Barão do Triunfo, 1.280, ou pelo telefone (53) 3242-7600. O Arte SESC – Cultura por toda parte foi criado em 2007. O programa reúne todas as atividades culturais desenvolvidas pelo SESC no Rio Grande do Sul, entre teatro, música, artes plásticas, literatura e cinema. Além de promover troca de experiências e ampliar o acesso à produção artística, o Arte SESC busca ser reconhecido como promotor de ações culturais no Estado, sendo elas não só apresentações artísticas, mas também de caráter formativo e educacional, orientadas por três eixos: transversalidade, diversidade e acessibilidade.

Programação 21 de junho

“Como o papai e a mamãe se apaixonaram” Horário: 10h e 15h Local: Ginásio do SESC Bagé, na rua Barão do Triunfo, 1280 Classificação: Livre Entrada franca para escolas agendadas previamente

27 de junho

“Os Canalhas” Horário: 20h Local: Complexo Cultural Dom Diogo de Souza (rua Caetano Gonçalves, s/n) Classificação etária: 18 anos Ingressos a R$ 5 para comerciários e dependentes com Cartão SESC/ Senac, R$ 10 para empresários e dependentes com Cartão SESC/ Senac e R$ 20 para público em geral

GERAL

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

IMBA promove Festa Junina neste sábado Divulgação/FS

Caipiras da festa de 2012 A tradicional Festa Junina do Ins- de outubro”, fala. tituto Municipal de Belas Artes (IMBA) Além disso, a diretora afirma acontece neste sábado. O evento está que o evento ainda será o momento de programado para iniciar às 14h e deverá mostrar o que os alunos vêm desenvolcontar com apresentações artísticas dos vendo durante as aulas. “Aproveitamos alunos da instituição. a ocasião para mostrar o trabalho que De acordo com a diretora do desenvolvemos com nossos estudantes, IMBA, Renata Tunholi Barcellos, o ob- tanto de música como de dança. Este ano, jetivo central da festividade é arrecadação vamos contar também com a participação de dinheiro para as turmas que participa- voluntária do professor César Palomeque, rão do Bento em Dança. “A entrada será que irá realizar uma apresentação de gratuita, mas na nossa miniquermesse mágica”, completa. vamos vender bebidas e comidas típicas A festa inicia às 14h e vai até às da Festa de São João, para arrecadarmos 17h. Junto às apresentações artísticas dinheiro para auxiliar na viagem de ainda serão realizadas brincadeiras típicas nossos alunos de Jazz e Ballet, no mês de Festa Junina, boate e comidas típicas.

11


12

SOCIAL

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

“A corrupção não é uma invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa”. Jô Soares

O despertar do gigante Abro a coluna de hoje com frase de Jô Soares que sintoniza com um dos muitos agentes da indignação popular que ganha voz nas ruas do Brasil: a impunidade histórica. É ela quem garante a liberdade de ação aos corruptos que agem livres e tranquilos, certos de saíram ilesos dos crimes cometidos. E vejam bem, não me refiro apenas aos corruptos da classe política não! A “decomposição da ÉTICA” acontece quando todo e qualquer cidadão não devolve o troco recebido a mais; quando fura a fila do banco; quando suja as ruas para logo reclamar do serviço municipal; quando deixa de defender uma causa digna preferindo a zona de conforto da alienação. Motivados, também, por esse sentimento inquietante que é a impunidade, centenas de bageenses ganharam as ruas, ontem, para unir suas vozes a de todos os demais brasileiros que parecem ter despertado do coma social. No próximo domingo, mais uma manifestação acontece, com concentração às 16h, na Praça da Catedral. Paralelo MP une-se a todas as demais vozes para acordar o gigante adormecido. “Brasil! Mostra tua cara, quero ver quem paga, pra gente ficar assim”, já dizia o saudoso Cazuza...

A aniversariante Joyce Alves Paz fotografada por Diones Alves com a bonita turma de amigas

Nota Zero

Stéphanie Caminha Bedin, filha de Naira e Ricardo Bedin, recebe a geração dourada, amanhã, em big party de 15 no Clube Comercial, clic Diones Alves

Vocês que acompanham a mídia devem se perguntar: “mas essa notícia já não saiu com as mesmas palavras em outro espaço?”. De tal modo, muito do que se lê parece cópia. E é minha gente. Vou lhes contar porque isso acontece. Alguns jornalistas (ou aspirantes a tal) não se dão ao trabalho de decodificar as informações recebidas pelas assessorias de imprensa para a linguagem de suas próprias personalidades textuais. Claro, muitos não possuem personalidade alguma, por isso, só se dão mesmo ao trabalho de copiar e colar os textos da caixa de e-mails. Assim, vamos combinar, qualquer um “faz Jornalismo”. É preciso ir além. É preciso buscar a alma do fato para transformá-lo em notícia. É preciso, ainda, ter uma percepção que ultrapasse a barreira do visível (leia-se pesquisa) por respeito aos receptores. E o que é pior, nessa conjuntura “ctrl+c, ctrl+v”, nota-se que alguns jornalistas – vejam bem, “alguns” –, mal entendem o que estão copiando para veicular em seus espaços. Não me incomoda o fato de ficar mais de hora encima de uma só nota talhando-a para o leitor. Incomodar-me-ia, sim, o fato de transcrever algo copiado que fosse além da minha compreensão. Na atual conjuntura midiática, pouco se cria, tudo se copia, infelizmente!

Fala-se em Literatura: Luiz Coronel autografa “LivroCarta” Na sua bem estruturada narrativa literária, Luiz Coronel jamais deixa de exaltar o amor por Bagé. Patrono da 58ª Feira do Livro de Porto Alegre e estrela brilhante do céu cultural gaúcho, Coronel autografa, amanhã, das 11h às 13h, os livros que integram a coleção “Livro-Carta”, sugestão dada a ele por Danúbio Gonçalves quando este retornou de Paris. Fazem parte da coleção: “Vinte Poemas de Amor e Uma Balada Indagativa”, “O mar”, “Poemas da Aguerrida Esperança” e “Coração Farroupilha” (apanhado da obra regional do autor, onde constam os Cantos de Gaudêncio 7 Luas e Cantos de Leontina Das Dores). Serão autografados e distribuídos 200 exemplares, entregues GRATUITAMENTE aos presentes, numa promoção da Editora Mecenas e da Livraria LEB, com apoio da Cia. de Comédias Bufões da Rainha.

Revolução: do pão francês à passagem brasileira Ao olhar o povo tomando as ruas, meu pensamento voltou no tempo e parou na França do século XVIII, mais exatamente, no evento máximo que culminou na Revolução Francesa, a Queda da Bastilha. À época, o “Terceiro Setor”, formado pelos trabalhadores urbanos, camponeses e pequena burguesia comercial, levantou-se para lutar contra os impostos que eram pagos somente para garantir os luxos da nobreza. Tem início a Revolução Francesa, considerada como o acontecimento que deu início à Idade Contemporânea abolindo a servidão e os direitos feudais e proclamando os princípios universais de “Liberdade, Igualdade e Fraternidade” (Liberté, Egalité, Fraternité). E você, que lê esta coluna, achando que 20 centavos não é motivo para ir às ruas e mudar tudo, sabe qual foi, também, o estopim dessa Revolução que mudou a história do mundo? O PREÇO DO PÃO! VOILÁ!

O estiloso Artur Vasconcellos ativa os brothers, hoje, SKATEBOARDING DAY!, para brindar o níver, no Complex, em Porto


SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

13

SOCIAL

Flash News

Luis Portuga agita a noite do Bauhaus, hoje, quando reúne só a galera top na comemoração dos 4.0

Poesias & Flores Muito além do Belo, as provas da vida também inspiram a escrita... No leito de hospital, enquanto passava pelo tratamento contra o câncer, Marli Vieira usou seu tempo para escrever lindas poesias com uma finalidade apenas: colaborar com a causa da Liga Feminina de Combate ao Câncer (LFCC). Pois bem, hoje, Marli integra os círculos celestes, todavia, sua obra continua incólume no propósito a que foi destinada. Kalanchoe, Mi Ventana, Mistura da Terra, Consultório de Fisioterapia e Pilates Márcia Suñè e Patrícia Vilella receberam “Poesias de Marli” para comercializar em favor da LFCC. NOTA DEZ! Falando nisso... Luciana Duarte estará anfitriã na “Tarde de Poesias & Flores”, sarau com declamações dos poemas de Marli que acontece na Mi Ventana, segundafeira, às 14h30min.

15 anos em grande estilo A festa de 15 anos de Stéphanie Caminha Bedin promete movimentar Bagé amanhã, 22, quando Naira e Ricardo Bedin receberão a sociedade ao lado da filha no Clube Comercial. O evento, com cerimonial de Elisa Quintanilha, vem sendo programado minuciosamente a mais de um ano e acontece em dois momentos: às 20h, com jantar para os adultos (leia-se Cliff Buffet); e às 23h, quando a golden generation começa a chegar para a balada, comandada por Som da Cor e Dj Higino. Toda decoração by Miriam Akagi ganhará tons em azul turquesa, já que a família tem no Grêmio o time do coração. Ainda na ficha técnica, Diones Alves nos clics; doces da Oficina do Sabor, Pelotas, e trufas de Leslie; bolo, Vivi Budó; luzes, Fabrício Leal (cada mesa será composta por iluminação de led exclusiva). No foyer, os convidados serão recepcionados pelos anfitriões ao som de Marcelo (Violino) e Magela (Piano). Os telões, comandados por Felipe Antunes, e a produção de vídeo, pelo expert Filipe Teles. Sem esquecer, é claro, que os vestidos das mulheres da família foram adquiridos em New York City. Sem dúvida, muitos conhecidos da cena jovem e jurídica passarão pelo red carpet...

- Toda “boba”, Luciana Ferreira não esconde o orgulho de ver a primogênita chegar aos 15 anos. Giovana Ferreira Kader esteve de níver dia 19, mas optou por não fazer festa. Linda e morena, ela embarca em julho para os States, onde curte os parques da Disney. - “Abrace essa ideia. Aqueça um irmão” é o slogan da segunda edição da Festa do Cobertor que rola, logo mais, no Gabbana. Nando Farinha e os integrantes do Interact Club Rainha da Fronteira comandam a noite e informam que o ingresso será uma coberta em boas condições. Na picape, os Djs Favorino Collares e Tiago Garcia. - Sempre na vibe, estiloso e o “terror das gatinhas”, o it boy Artur (Mr.) Vasconcellos comemora o níver hoje, em Porto Alegre, junto ao amigo Leonardo (Bacana) Ferri. A dupla “ativa os de fé” no Complex – mix de bar, balada & pista de SK8 – localizado na Protásio Alves. Legal é que a data coincidi com o Dia Internacional do Skate. GO SKATEBOARDING DAY, GUYS! - E quem chega aos 4.0 dando pinta de guri é Luis Portuga. A festa do Dj vai reunir só a galera top do eixo Pelotas/RioGrande/Cassino no Bauhaus. Na composição do line, ninguém menos que Alec Araújo, Dennis Rocha, Patrick Dalpaz, Cecílio Marques, Rodrigo Sarasol, Taffa Aroug... Só eles! - Cássia e Luis Fernando Medeiros recebem, logo mais, em torno de Martinha Rover Duarte. O jantar oferecido à fisioterapeuta é em agradecimento à indicação de profissionais que atualmente integram a Clínica Nutrivida. - Arquibancadas esgotadas para o show de Naldo, domingo, no Centro Cultural Auxiliadora. O evento, produzido por GDO e La Gitana, celebra os 30 anos da Rádio Delta FM. A abertura dos portões está marcada para as 20h e o show inicia às 22h.

Joyce Alves Paz completou 15 anos no último sábado e, de quebra, ganhou mega festa dos pais, Maria Thereza e Jorge Paz, no Círculo Militar, clic Diones Alves


14

SEXTA -FEIRA

21 de junho de 2013

ENTRETENIMENTO

Mercúrio e Vênus fazem um ótimo aspecto com a Lua em Escorpião e questões relacionadas a acordos com sócios ou divórcios estão beneficiadas. As parcerias para seus negócios passam por um ótimo momento.

Nesta fase, sua imagem pública e profissional melhora sensivelmente, criando novas oportunidades de sucesso e de aumento de seus ganhos. O momento é ótimo para planejar viagens e projetos que envolvam o exterior.

As energias estão mais amenas e dificuldades relacionadas às suas finanças ficam para trás. Evite gastar mais do que o planejado e tudo voltará a correr bem. Bons aspectos trazem algumas alegrias nos relacionamentos.

A Lua em seu signo faz um ótimo aspecto com Vênus e Mercúrio em Câncer, trazendo novas oportunidades em projetos, especialmente os que envolvem pessoas estrangeiras. Equilíbrio emocional.

Um ótimo aspecto envolvendo seu signo promete maior ritmo em seus projetos. Uma fase maior de crescimento e expansão recomeça. A Lua em Escorpião com seu regente e Vênus, melhora sensivelmente suas finanças.

A Lua em Escorpião recebe ótimas vibrações de Vênus e Mercúrio em Câncer e sãs emoções começam a encontrar maior equilíbrio. Você estará mais sensível e profunda, mas bem. Finanças em alta nesse período.

Vênus e Mercúrio em seu signo fazem um ótimo aspecto com a Lua em Escorpião, movimentando de maneira bastante positiva suas emoções. O momento é para amar e se apaixonar. Aproveite as oportunidades.

A Lua em Escorpião, em ótimo aspecto com Vênus e Mercúrio em Câncer, promete uma ótima fase em que você estará mais voltado para as amizades e as atividades sociais. O momento envolve empatia.

Cassiano apoia o namoro de Taís com Mantovani. Ester se emociona com declaração que recebe de Cassiano. Cristal decide ir para Vila dos Ventos. Mila desmarca seu encontro com Hélio. Veridiana descobre que Dadá saiu escondida e manda Candinho e Lino a trazerem de volta. Mantovani e Taís se beijam. Juliano pede Natália em casamento e Doralice fica arrasada. Ester ouve Dionísio mandar Alberto enviar seu tesouro para a Europa e tenta achar a chave do elevador que leva à fortuna de Dionísio. Quirino tenta convencer Doralice a aceitaro casamento de Juliano e Natália. Ester encontra a chave do elevador e fica horrorizada com o que vê no esconderijo.

Fabinho marca um encontro com Irene. Lara se faz de vítima no programa de Sueli Pedrosa. Amora se recusa a falar sobre Simone e rasga o postal que recebeu. Amora convence Bento a manter seu namoro escondido. Kevin filma Bárbara com máscara no rosto. Fabinho é obrigado a voltar para a Class Mídia e teme por seu encontro. Érico, Bento e Rosemere expulsam Sueli Pedrosa do hospital. Fabinho consegue acertar o slogan para a campanha e é liberado por Natan. Charlene arruma Giane, que fica surpresa com seu visual. Sheila chega ao esconderijo de Tito. Malu enfrenta Amora.

Félix troca a medicação de Paulinha por água. Márcia tira Valdirene da delegacia. Félix conta para Tamara o que fez contra Paulinha. Lutero entrega a Eron os contratos dos fornecedores. Atílio fala para Valdirene tentar conquistar um jogador de futebol. Rogério leva Nicole em casa depois do tratamento. Thales visita Nicole. César tenta disfarçar quando um mensageiro do seguro do carro de Aline o procura na frente de Pilar. Niko conta a Eron que fingirá ser o namorado de Patrícia. Paloma acorda na hora em que Paulinha está sendo levada para a UTI.

ANIVERSÁRIOS Helena Artigas Leite completa 2 aninhos hoje Você ainda passa por uma fase de excesso de trabalho e concretização de novos caminhos profissionais. O momento é ótimo para traçar novas metas e objetivos. Um novo e promissor projeto pode acontecer.

A Lua em Escorpião, em ótimo aspecto com Mercúrio e Vênus, abre portas e traz novas oportunidades em sua carreira ou em um projeto de trabalho. Seu coração e sua vida passam também por um ótimo momento.

A partir de agora você volta a ter vontade de divertir-se socialmente. O momento é ótimo para fazer novas amizades ou se dedicar a novos contatos comerciais. Um grande salto profissional pode ser dado neste período. Fique atento.

A Lua em Escorpião faz um ótimo aspecto com Mercúrio e Vênus em Câncer, movimentando de maneira positiva seus planos e projetos, trazendo mais otimismo e abrindo seu coração para o amor, que está favorável.

- Tarcisio Fortes - João Vicente Soares - Marcel Silva - Kamilli Leal - Andreia Cristian Artigas - Gleidson Leite

FILMES EM CARTAZ

00:10 Jornal da Globo 00:45 Programa do Jô 02:15 Castle 03:05 Elektra 04:55 Sagrado 05:00 Telecurso Educação Básica 06:05 Globo Rural 06:30 Bom Dia Rio Grande 07:30 Bom Dia Brasil 08:30 Mais Você 09:55 Bem Estar 10:40 Encontro com Fátima Bernardes 12:00 Jornal do Almoço 12:45 Globo Esporte 13:20 Jornal Hoje 13:50 Vídeo Show 14:40 O Profeta 16:15 O Medalhão 17:47 Globo Notícia 17:50 Malhação 18:20 Flor do Caribe 19:10 RBS Notícias 19:30 Sangue Bom 20:30 Programa Político Partidário 20:40 Jornal Nacional 21:20 Amor à Vida 22:30 Globo Repórter 23:30 O Dentista Mascarado

00:00 Agora é Tarde 01:00 Jornal da Noite 01:45 Claquete 02:45 O Encantador de Cães 03:10 Popcorn TV 04:00 Igreja Mundial 06:00 Igreja Mundial 06:50 1º Jornal 07:30 Local 08:00 Dia Dia 09:10 Kenan & Kel 09:35 Drake & Josh 10:00 Victorious 10:25 Supah Ninjas 10:45 iCarly 11:10 Jogo Aberto 12:30 Local 15:00 Futurama 15:50 Os Simpsons 16:45 Brasil Urgente 18:50 Local 19:20 Jornal da Band 20:25 Show da Fé 21:20 Zoo 21:30 Os Simpsons 22:30 Pânico na Band - Reapresentação

SEXTA-FEIRA Velozes & Ferozes 6 [leg] - 18:30 Faroeste caboclo - 20:45

00:00 Conexão Repórter 01:00 Jornal do SBT 01:45 Dois Homens e Meio 02:15 The Big Bang Theory 02:45 Chase 03:30 Suburgatory 04:00 Jornal do SBT 06:00 SBT Manhã 07:00 SBT Rio Grande 07:30 SBT Manhã 09:00 Bom Dia & Cia 12:10 SBT Rio Grande 12:45 Três é Demais 13:15 Arnold 13:45 Chaves 14:30 Marimar 15:30 Cuidado com o Anjo 16:30 Rubi 17:30 Casos de Família 18:30 As Visões da Raven 19:20 Eu, A Patroa e as Crianças 19:45 SBT Brasil 20:30 Carrossel 21:15 Programa do Ratinho 22:45 Tela de Sucessos 00:15 House 01:15 Programação IURD 06:30 Direto da Redação 07:15 Rio Grande No Ar 08:40 Fala Brasil 10:00 Hoje em Dia 11:50 Record Kids - Pica Pau 12:45 Balanço Geral 14:50 Programa da Tarde 17:15 Cidade Alerta 19:45 Rio Grande Record 20:30 Jornal da Record 21:15 C.S.I. NY 22:15 Dona Xepa 23:15 Câmera Record


GERAL Crônica

O ciclo da história

Ricardo Belleza

Comboio (Convoy) - EUA, 1978 Divulgação FS

Inspirado pelas manifestações que estão rolando no Brasil e em outros países, lembrei-me desta pérola que assisti pela primeira vez na televisão na década de 80. Trata-se de um filme de ação dirigido por Sam Peckinpah e estrelado por Kris Kristofferson e Ali MacGraw, baseado em uma música country escrita por C.W. McCall e Chip Davis. Conta a história de um comboio de caminhões que cruzam os Estados Unidos liderados por Martin “Pato de Borracha” Penwald (Kristofferson) no seu caminhão Mack. Tudo começa quando o xerife Wallace (Ernest Borgnine), um policial rodoviário corrupto do estado do Arizona, começa a cobrar altas “propinas” dos caminhoneiros em um trecho desértico com pouquíssimo movimento. Depois de uma confusão por racismo e abuso de poder em um restaurante de beira de estrada, por parte do corrupto e esquentado Wallace, os caminhoneiros partem unidos para reivindicarem justiça e direitos pelas estradas americanas, parando as cidades por onde passam e atraindo a imprensa em uma super greve de transportadores rodoviários. Esse filme lançou a moda do rádio amador nos Estados Unidos e pode ser comparado ao o que acontece hoje em dia nas redes sociais, tais meios de comunicação quando bem utilizados podem ser de grande valia contra as injustiças e corrupções por parte dos poderosos. As cenas de ação e velocidade com caminhões são únicas na história do cinema. Peckinpah, chamado de “O Poeta da Violência” por alguns críticos, usa de várias tomadas em diversos ângulos da mesma cena e mistura câmera lenta, o efeito é incrível. O carisma do cantor, compositor e ator Kris Kristofferson é poderoso e, junto com o charme e a beleza da atriz Ali MacGraw (Love Story), acabam formando um casal não convencional, uma fotógrafa patricinha e um caminhoneiro durão. Dedico essa coluna ao amigo Reinaldo Vasques, que curte um bom filme de ação e tem grande conhecimento sobre caminhões e seus motores.

Distúrbio incomum de mau aprendizado escolar Em sala de aula, existem crianças que acompanham o aprendizado dos demais porque têm grau de inteligência semelhante, bem como há outras que captam os conteúdos com mais rapidez e, por isso, têm disponibilidade para prestarem atenção em outras coisas, parecendo desatentos. Outras, são crianças que, muitas vezes e com causas aparentes, têm acompanhamento pedagógico, psicológico, neurológico ou psicopedagógico, principalmente, tratamento medicamentoso com bons resultados. Normalmente, as causas da desatenção do aluno estão ligadas a vários fatores, desde aqueles ocorridos no “funil” do parto, como a cianose neonatal, que faz com que os neonatos nasçam com dificuldade de oxigenação cerebral e suas previsíveis consequências sobre o rendimento intelectual e outras deficiências or-

gânicas. Mas, existe um rol de outras causas para a baixa capacidade do rendimento escolar, causada pelos fatores a seguir, como: pais que também tiveram dificuldades escolares quando na mesma idade; baixa estimulação durante o desenvolvimento da criança; desnutrição na gravidez; uso de fumo, drogas ilícitas ou álcool durante a fecundação e a gravidez; gravidez não desejada, incluindo o uso de drogas abortivas e o desleixo natural e consequente com o neonato; transtorno de déficit de atenção com hiperatividade; pais relapsos no acompanhamento do estudo dos filhos, em casa; desestrutura familiar; filhos criados por outras pessoas que não os pais biológicos, com envolvimentos negativos; ruptura ou ameaça de ruptura da estrutura familiar (o que leva a uma sensação permanente de abandono da criança ou sua ameaça);

15

Filme

Antônio Almeida

Não sei o que anda se passando no Brasil, mas a verdade é que, por algum motivo, a história, como um disco arranhado, empacou num determinado ponto e não para de se repetir. Todos os fantasmas que já atormentaram muitas consciências, de forma inexplicável, começam a ganhar vida e emergem com vitalidade impressionante. O passado fez solida aliança com o futuro e, num acordo difícil de entender, a exemplo desses que os governantes fazem em nome da pseudo administrabilidade dos entes federativos, acaba tornando, ainda mais difícil, algo que na verdade nunca foi tarefa fácil de entender. Por incrível que possa parecer, a saúde continua internada em estado grave e respira com o auxílio de aparelhos. A violência e a criminalidade assustadoramente atingem patamares absurdos e, o que poderia ser considerado como problema social, tem, hoje, o status de guerrilha urbana. O desajuste das leis e a sua total inépcia quanto à capacidade de alcalinizar os efeitos de tantos crimes cometidos perdeu, há muito, a capacidade de dar o mínimo de satisfação à sociedade. O resultado é funesto, milhares de reais patrimonialmente perdidos, pessoas sequeladas e pilhas de cadáveres sendo diariamente depositados em cemitérios. Somado a isso, juntam-se as desigualdades, o desemprego, a poluição e o frágil sistema educativo reinante em escolas e universidades. Mesmo que não se queira, o caldo está a entornar e a sua digesta é, por demais, complicada. O interessante nessa questão toda é que a pedra de ontem se transformou em vidraça e, o aparato repressivo, antes criticado, volta a ser usado sem a menor parcimônia. Há quem diga que os tempos, hoje, são outros, que a liberdade existe e o pensamento não é molestado. Tudo mentira. Até a imprensa, se depender de determinadas vontades, pouco ou nada poderá expressar. Sair às ruas para protestar é arriscado e até o uso do vinagre torna-se uma conduta delituosa. Cuidado, portanto, com as compras realizadas na próxima vez que for ao supermercado, um frasco desta mortal substância pode levá-lo a uma Delegacia de Polícia. Como a história usa roupas cíclicas e gosta de flash back, até mesmo a inflação resolveu colocar as mangas de fora e, bem alimentada, passou a rondar o sono de economistas que, num esforço descomunal, tentam dizer aos mandatários que não estamos vivendo um milagre econômico. A culpa de tudo, dizem, é do tomate. Não entro nesse mérito mas, pelo menos, ele parece ter ainda um pingo de vergonha. Ou alguém vai dizer que todo aquele vermelhão não tem causa aparente. av_almeida@yahoo.com.br

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

filhos de pais que brigam muito entre si; filhos de pais separados; muitas causas, identificadas ou não, de depressão infantil e, também, o abuso infantil. Cada uma dessas causas mereceriam um capítulo, algumas até um livro, como é o caso da depressão infantil, que além da dificuldade escolar, apresentam um leque muito grande de sintomas, que ao lado do mau rendimento apresentam também outras e diferentes manifestações, incluindo com prejuízo comportamental. Mas, mesmo assim, mesmo sem causas (ou, então, reconhecendose as causas), é queixa comum entre os pais e professores de crianças desde a pré-escola, a existência de alunos aparentemente normais, mas que retém os conteúdos escolares abaixo da média do grupo e cujo único motivo aparente é a falta de atenção.

Coluna do Doutor

José Brasil Teixeira

Na verdade, existem inúmeros motivos que levam uma criança a apresentar esse tipo de déficit e que já foram listados, todas eles causando um tipo de injúria cerebral ou emocional (ou mais tarde mental), no nascimento ou logo depois desse. Mas, existe um tipo de causa da falta de atenção escolar que, muitas vezes, escapa à percepção da maioria dos profissionais. Pode-se imaginar que uma criança que apresenta dificuldades respiratórias (inspiratórias) por alergia, hipertrofia de cornetos, adenoides aumentadas, etc., possa ter dificuldades de aprendizado por distúrbio de atenção? Pois pode! São crianças que roncam e que, por

consequência, respiram mal durante a noite; por tal, superficializam o sono além do normal. E por ter um dos tipos de insônia, cronicamente, a criança acaba acordando cansada, por mal dormida de longa data. E uma das consequências mais comuns dessa síndrome da privação de seu sono é o distúrbio de atenção. Daí a explicação para a deficiência de aprendizado para esse tipo incomum de queixa e mais incomum ainda de percepção. E que deve ter um tratamento que foge da ortodoxia escolar e seus suportes, por um especialista, geralmente e naturalmente, um pouco distanciado das escolas: um especialista em vias respiratórias.


16

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

GERAL

Prestadores de serviços são prejudicados por embargo da Barragem da Arvorezinha Antonio Rocha

por Niela Bittencourt

Tudo o que está no canteiro de obras deve permanecer no local. Isso em decorrência do embargo da Barragem da Arvorezinha. Inclusive máquinas e caminhões de empresas que prestavam, até o dia 11 de junho, serviços para a executora do empreendimento, a Marco Projetos e Construções. O empresário André Bordin, por exemplo, tem uma empresa de equipamentos de terraplanagem: no canteiro de obras, estão caminhões, tratores e escavadeiras. Seu prejuízo diário é de cerca de R$ 5 mil. Ele explica que esse montante é o que deixa de faturar com os equipamentos fora da obra. Ou seja, ele poderia estar investindo em outros empreendimentos, enquanto a obra da barragem está parada. No total, são sete equipamentos parados: há financiados entre eles, “que não estou conseguindo pagar, porque não estou conseguindo usar”, diz. En-

tre as preocupações, está também a possível perda da garantia em decorrência da situação e as condições em que cada um está exposto. Não há perspectivas, por hora. O advogado tentará recorrer à Justiça para que o impasse seja resolvido. “Mas não temos nem ideia de quando isso vai acontecer”, afirma. A incerteza motiva também a demissão de funcionários: dos 15 trabalhadores que atuam com ele, apenas seis ou sete permanecerão. “Não estou conseguindo manter”, pondera. O empresário Volmir Vorbagel atua com britagem. Ele montou uma central de britagem no canteiro de obras. “Estávamos produzindo dia e noite e, agora, está tudo parado”, explica. O problema é que o investimento foi alto, segundo o empresário, e o retorno até agora não ocorreu. Além disso, o equipamento, por não estar sendo usado,

Prejuízos diários ultrapassam R$ 5 mil para empresário

está se estragando. A ideia é tentar a retirada das máquinas, porém ele e seus advogados estão cautelosos, na espera de novidades no

inquérito que motivou o embargo. Vorgagel é da cidade de Erechim e está em Bagé apenas para esse trabalho. Ele não só está gastando

com aluguel para permanecer aqui, como ainda paga a locação de um carro, que está na área embargada.


SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

17


18

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

GERAL

Bageenses ganham as ruas em clima de manifesto

Pela Barragem da Arvorezinha e pela UPA Na noite de ontem, foi a vez dos bageenses saírem às ruas. Pacificamente, entoando gritos ufanistas ao país, como “Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor”, além das falas que reivindicavam as irregularidades na obra da Barragem da Arvorezinha e a abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Cerca de 1,8 mil manifestantes, de acordo com a organização do movimento, saíram da Praça Silveira Martins e se dirigiram, primeiramente, à frente da Prefeitura Municipal, onde o líder do Executivo, Dudu Colombo, já estava à espera dos participantes, que gritavam palavras de ordem, questionando a não conclusão da barragem. Um encontro, entre os líderes do movimento e representantes da Prefeitura, foi agendado para hoje, às 11h. Entre as pautas, está a tarifa de ônibus, sobre a qual Dudu se comprometeu a reestudar o valor. Após, o protesto subiu a avenida Sete de Setembro, onde as lojas estavam com as grades cerradas mesmo antes do horário de fechamento, até a avenida Presidente Vargas, de onde se dirigiram à UPA. Lá, pararam mais uma vez e questionaram o motivo do local ainda não estar atendendo a população. As cariocas estudantes da

Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Beatriz Assunção e Paola Polla, foram à passeata em solidariedade aos seus amigos que participam dos movimentos no Rio de Janeiro e São Paulo. “Os nossos amigos estão lá lutando. Acho que também podemos sair para a rua e fazer movimento aqui”, relata Beatriz. As jovens pediam por melhorias na educação. “Ficamos cinco meses sem aulas, em greve, pela falta de melhorias”, comenta Beatriz. Paola lembrou da PEC 37, que teve a votação adiada. O estudante Felipe Lima quis estar presente no ato para sentir o clima da cidade, já que o momento que vive o país é incerto. “Tem muita produção de textos e muita gente fazendo análises neste momento, mas é preciso entender o que está acontecendo. Ter senso crítico”, argumenta. Ele destacou que ações como cantar o Hino Nacional e outras atitudes que se têm dentro de um estádio de futebol podem ser contraditórios em um protesto. Lima criticou o trajeto feito por lideranças de pessoas ligadas a partidos políticos, já que a maioria critica a presença dessas organizações dentro dos protestos. “Quem está liderando é partidário. As palavras de baixo calão na frente da Prefeitura é uma

Fotos: Antonio Rocha

Bernadete, aos 71 anos, também foi para a rua

Questões locais pautam manifestação

fala despolitizada”, pondera. Destoando da maioria jovem que compunha a passeata, Bernadete Nicoloso, 71 anos, caminhou junto com os demais. A sua presença era símbolo da indignação com a corrupção. Mas ela salientou que os protestos não podem acabar em caravanas para assistir aos jogos da Copa do Mundo. Para finalizar, o organizador da manifestação, Émerson Rodriguez, avaliou o acontecimento como positivo. Ele acredita que os bageenses aproveitaram a ocasião para protestar por questões municipais.

Concentração começou às 18h


GERAL

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

19

Organizador da Luiz Coronel em sessão de 2ª Festa do Cobertor autógrafos na Livraria LEB convida comunidade A 2ª edição da Festa do Cobertor acontece hoje, às 21h, no Gabana. O evento que tem por principal objetivo auxiliar as famílias carentes neste inverno ainda precisa de voluntários. Conforme o organizador, o jornalista Nando Farinha, a expectativa de participação é grande. “Esta é uma causa tão nobre e contamos com a solidariedade dos bageenses. Estamos pedindo apoio também aos empresários ou voluntários que queiram colaborar conosco para a realização do coquetel”, complementa. Farinha afirma que alguns cobertores já foram levados até a Rádio Difusora. “Já temos alguns cobertores, mas será na sexta-feira à noite que teremos o maior número de arrecadações. Convidamos os voluntários que queiram nos ajudar na distribuição a participarem conosco na próxima semana”, pontua. O organizador também explica que a entrada com o cober-

Arquivo/FS

Jornalista fala que participação é muito importante

tor será válida até às 24h, sendo depois cobrado ingresso da casa noturna. “A festa será aberta às pessoas que participarem conosco do coquetel, mas queremos ressaltar que, após a meia-noite, a portaria é da Gabana e não da Festa do Cobertor”, encerra.

O escritor Luiz Coronel visita a cidade no próximo sábado, trazendo para os leitores quatro títulos que constituem um excelente trabalho gráfico intitulado Livro-Carta, em formato de um livro de bolso, nas dimensões 19X10, com 40 páginas, com ilustrações assinadas por Danúbio Gonçalves, Miriam Barbieri, Clébio Sória, Edmundo Castilhos e, ainda, fotos de Eurico Salis e Lula Helfer. Foram editados seis mil exemplares de “Vinte Poemas de Amor e Uma Balada Indagativa”; “O mar” (seis mil exemplares); “Poemas da Aguerrida Esperança”, de cunho social (dois mil exemplares) e “Coração Farroupilha”, apanhado da obra regional do autor, onde constam os Cantos de Gaudêncio 7 Luas e Cantos de Leontina Das Dores. A coleção terá lançamento no Memorial do Ministério Público em data próxima. As quatro obras formam a coleção Livro-Carta, que Luiz Coronel estará pré lançando em Bagé, quando serão distribuídos gratuitamente 200 exemplares durante a sessão de autógrafos no Espaço Café da LEB Livraria, neste sábado, a partir das 11h. Ainda no espaço da Livraria, estarão à

Divulgação/FS

Autor lança livro de bolso

disposição dos clientes e convidados, desde a sexta-feira, todos os títulos já publicados pelo escritor, que poderão ser adquiridos e também autografados na mesma sessão. O evento é promovido pela LEB Livraria e Editora Mecenas, com produção local da Cia de Comédias Bufões da Rainha - 10 anos, que juntamente com o poeta bageense estarão produzindo o lançamento literário da obra “Luiz Coronel, um Cronista Inesperado”, em Bagé, no mês de

julho, durante as comemorações de aniversário do autor e do município. Trata-se de um livro que abarca a memória da infância do autor em Bagé, temperando humor e inquietações, obra dedicada a todos seus amigos de infância, a maior parte deles transitando pelas largas avenidas da cidade. Nesta quinta-feira, Luiz Coronel realiza palestra em Rivera, para juízes do trabalho, brasileiros e uruguaios versando sobre o tema “O tempo e a Justiça”.


20

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

GERAL Comissão das mães quer criação de secretaria especial para pessoas com deficiência A Comissão Provisória de Pessoas com Deficiência e Mães se reuniu, ontem, no Caminho da Luz. No encontro, foram discutidas questões ligadas aos direitos humanos. Para tanto, participaram da reunião o coordenador municipal dos Direitos Humanos, Márcio Garcia, e o representante da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores, Geraldo Saliba. Durante a discussão, Garcia falou sobre o plano nacional dos direitos da pessoa com deficiência, Viver sem Limites, que é um compromisso do Governo Federal com as prerrogativas da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, ao qual o município aderiu. O coordenador disse que o projeto vai ganhar um comitê gestor. “Eu tomei a liberdade de incluir a comissão no comitê. Assim como outras instituições”, conta. O órgão vai auxiliar na seleção das demandas mais urgentes para os deficientes. Além disso, ele também anunciou a criação de um conselho, que vai aglutinar o comércio, diversas secretarias municipais, instituições e comissões que cuidam dos deficientes. “Um conselhão, em que todos os setores vão participar e poder discutir as questões sobre pontos de vista diferentes”, explica.

Antonio Rocha

Márcio Garcia diz que apoia comissão

A idealizadora da comissão de mães, Simone Barbosa, afirmou que, depois de alguns encontros, o grupo chegou a duas conclusões. A primeira seria a criação de uma secretaria específica para cuidar de assuntos voltados a pessoas com deficiência, já que as mães, quando precisam, querem reivindicar os direitos dos filhos e não sabem a quem recorrer. E a segunda seria a construção de uma escola que tivesse a estrutura complemente adaptada, onde estudariam todas as crianças. “Uma escola adaptada, mas que receberia as crianças ditas normais”, argumenta Simone. Ainda no momento do encontro, a criadora da comissão recebeu um

telefonema da primeira-dama e responsável pela pasta municipal de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa, Silvana Caetano, que informou a data de uma reunião que deve acontecer no dia 3 de julho, com a sua presença, a do promotor Marcos Saralegui, e as integrantes da comissão. O encontro deve estabelecer uma pauta para um futuro encontro com o prefeito Dudu Colombo. “Essa é a nossa grande oportunidade para nos mobilizarmos para que a situação mude”, pondera. Ela acrescentou que é preciso lutar pelos filhos e construir um novo mundo para eles. Além disso, Silvana relatou que estava com o promotor avaliando as primeiras cinco fichas com as solicitações das mães.

Município debate ações de enfrentamento à homofobia A Secretaria Municipal de Educação promoveu, ontem, um encontro de formação pedagógica para os gestores escolares (diretores, supervisores e orientadores educacionais). Com objetivo de destacar alternativas no enfrentamento da homofobia e transfobia, tanto no ambiente escolar quanto na sociedade, foi convidada como palestrante a professora Maria José Machado

de Lima (mestre em Políticas Públicas e Gestão da Educação e membro da Associação dos Supervisores do RS). Denominado “Desafios e possibilidades da gestão escolar”, o encontro foi aberto pela secretária municipal Janise Collares, que aproveitou a oportunidade para divulgar os cartazes que serão distribuídos às escolas na campanha “Homofobia: conteúdo que não se

copia”, para marcar o Dia Municipal de Combate à Homofobia, em 28 de junho. Janise também detalhou a Lei Municipal nº 5.229, de 07/05/13, que determina aos órgãos da Administração Pública Municipal, Câmara de Vereadores e iniciativa privada o reconhecimento e adoção do nome social de travestis e transexuais, que é de sua autoria quando ocupou o cargo de vereadora.

Tema inspira novo encontro Já no dia 28 de junho, Dia Municipal de Combate à Homofobia, a Secretaria Municipal de Educação promoverá o seminário “Escola e Diversidade: discutindo as sexualidades e o enfrentamento

à homofobia”, a partir das 14h, no Palacete Pedro Osório. Na abertura do evento, além da secretária de Educação e do prefeito Dudu Colombo, estará presente o coordenador geral de Promoção dos Direitos de LGBT

da Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República e atual presidente do Conselho Nacional LGBT, Gustavo Bernardes, que representará a ministra Maria do Rosário.


SEGURANÇA

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

Delegacia da Mulher, Patrulha Maria da Penha Foragido é e Policiamento Comunitário chegarão a Bagé capturado fazendo Bruna Netto / Especial FS

por Rochele Barbosa

O representante da Secretária Estadual de Segurança Pública, coronel Júlio César Marobin, que também é coordenador do Policiamento Comunitário do Rio Grande do Sul, anunciou, durante o seminário de prevenção à violência, realizado na tarde de ontem, no Complexo Cultural do Museu Dom Diogo de Souza, que até o segundo semestre Bagé contará com a Delegacia da Mulher, Patrulha Maria da Penha e também duas unidades de Policiamento Comunitário. O presidente do Conselho Municipal de Segurança Pública, Josué Monteiro, abriu os trabalhos do quarto Seminário Municipal de Prevenção à Violência em Bagé. “Idealizamos o projeto junto com a Fadisma, Observatório da Criminalidade, através do coordenador do Núcleo de Segurança Cidadã e pesquisador Eduardo Pazzinatto, e também o Poder Público. É o momento de declarar ações e reivindicações do que precisamos para o combate da violência”, descreve. Na ocasião, o major Emílio Barbosa, comandante do 6º Regimento de Cavalaria Montada da Brigada Militar, explanou sobre a importância deste evento, que colabora para a prevenção da criminalidade. “Bagé se tornou referência, tem um grande mérito por ter gestores interessados em combater a violência”, declara o major. O delegado regional da Polícia Civil, Jucelino Oliveira, afirmou no ato a importância dos conselhos municipais de segurança e também de universidades e setores da educação participarem e colaborarem neste debate. “Acredito que o Poder

título de eleitor

OBITUÁRIO Paulo Roberto Corrêa Rodrigues, 59 anos, serviços gerais, solteiro. Residia na rua Orvandil Luz, nº 375, bairro Getúlio Vargas. Deixa os filhos Alex Sandro e Neiva Maria.

Coronel Júlio César Marobin, da Secretaria Estadual de Segurança Pública, fez o anúncio Judiciário deveria também estar presente e discutindo com a comunidade sobre este tema importante”, ressalta. Presente também no evento, o coordenador-geral da OAB e também coordenador-geral da Comissão de Direitos Humanos da OAB, Rodrigo Puggina, informou a importância da multilateralidade de trabalho. “Todos os órgãos envolvidos na segurança pública estão aqui presentes, o que torna esse contexto importante, pois há uma intenção de todos em colaborar”, explica. A importância do evento e também o anúncio da vinda da Delegacia da Mulher, Patrulha Maria da Penha e também as duas unidades de Policiamento Comunitário foi

destacada pelo coronel Marobin. “Estou aqui anunciando, em nome do secretário Airton Michels, que, em Bagé, chegará já para o próximo semestre, a Patrulha Maria da Penha, a DEAM, Delegacia Especializada da Mulher, e também duas unidades de Policiamento Comunitário, pois acreditamos que se faz necessário e há demanda. Há alguns anos atrás não havia tantos crimes envolvendo menores e contra a mulher, o que hoje é muito frequente e precisa ser combatido e evitado”, garante. O prefeito de Bagé, Dudu Colombo, ressaltou a importância deste tema. “Ninguém vive sem segurança, todos temos que colaborar e prevenir crimes, fico feliz com a chegada destes órgãos”, finaliza.

Integrada e Participativa de Segurança: Construindo o Policiamento Comunitário em Bagé, e Cidadão como

Agente de Transformação Social: políticas de gênero, direitos humanos e de controle de drogas.

Incêndio na Peri Coronel pode ter sido proposital Antonio Rocha

O Corpo de Bombeiros de Bagé atendeu, na tarde de ontem, um chamado da comunidade na rua Peri Coronel, nº 127, onde uma residência abandonada estava incendiando. Segundo informações do sargento Alves, do Corpo de Bombeiros, os vizinhos informaram que um homem teria entrado na casa e ateado fogo nos entulhos que estavam no local. “Contivemos o fogo com pouca água. Já é a segunda vez que há incêndio neste local”, destaca. A primeira ocorrência foi em 27 de julho de 2011. Casa foi danificada com o fogo

Veículo pega fogo na José do Patrocínio Devido a uma pane na mangueira da gasolina do veículo, um Santana, de placas ICS 0079, o carro pegou fogo na avenida José do Patrocínio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o condutor Gildomar Farias não sofreu lesões, mas o carro ficou queimado, tendo perda total.

Antonio Rocha

Com mandado de prisão expedido, Daniel Romário Martins Lopes, de 22 anos, estava fazendo o título de eleitor no fórum da comarca de Bagé quando foi preso. O jovem é acusado de furto de veículo e tinha prisão decretada desde dezembro de 2012, no regime aberto, por três anos.

Programação Na ocasião, as mesas de trabalho foram sobre Segurança como Política Pública de Estado, Gestão

21

Antonio Rocha

Santana teve perda total

Almira Bezerra Mendes, 69 anos, dona de casa, solteira. Residia na rua Atlântica Sul, nº 1.264. Deixa os filhos Valderleia, Élton Luis, Carla Rosane e Paulo Sérgio. Sérgio Daneris Silveira, 65 anos, funcionário público municipal inativo, casado com Ângela Maria Portella Silveira. Residia na rua Paulino Vaz, nº 250, Vila dos Anjos. Deixa os filhos Anderson, Tiago e Gabriel.


22

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

ESPORTES

Brasil x Itália para definição do grupo

Duas vitórias convincentes, 3x0 diante do Japão e 2x0 contra o México, a par da notável individualidade de Neymar, e a desacreditada Seleção Brasileira volta a animar o torcedor. Em queda livre, nos últimos anos, a ponto de figurar num modestíssimo 19° lugar no ranking da FIFA, o Brasil tem excelente campanha na Copa das Confederações. Já classificado para as semifinais, vai enfrentar a sempre forte Itália, amanhã, às 16h, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Com ambos garantidos na próxima fase, o confronto servirá para definir o primeiro colocado na chave A e, que, assegurada esta posição, se livraria de enfrentar a poderosa Espanha antes da finalíssima. A Itália também vem de duas vitórias. Na estreia, ganhou do México por 2x1 e, anteontem, numa partida espetacular, saiu dos 2x0 negativos para os 4x3 diante dos japoneses.

Zona Leste vive clima de decisão

Fotos: Divulgação FS

Bangu, um dos candidatos ao título

Consecutivamente, o campeonato de futebol sete da zona Leste chega a sua segunda edição. Mas, como explica Gilmar Mendonça, o Bolão, colaborador importante na organização do evento, já havia sido realizados seis torneios anteriormente. Todos no Centro Social Urbano Dr. Áttila Taborda, coordenado por José Eduardo Ávila Neto, e que sedia a realização da Secretaria Municipal

Pedra Branca, outro finalista

do Trabalho e Assistência Social, cuja titular é Andréia Quadros Rosa. O Jornal FOLHA do SUL, como parte de seu comprometimento com as mais diversas manifestações esportivas da comunidade, emprestou seu apoio à promoção, na parceria marcante com a Loja AP Esportes, esta tendo à frente o empresário Antônio Carlos Machado Ferreira. Pois, neste sábado à tarde, no

bairro Pedras Brancas, começa o clima de decisão, com os jogos de ida, tanto para definir o terceiro lugar como o campeão da temporada. Às 14h30min, Nacional e Furacão estarão em campo para iniciar a decisão do terceiro lugar. Às 15h30min, Pedra Branca e Bangu começam a decidir o título. Os jogos de volta estão programados para o dia 29.


ESPORTES

Hulha Negra, Gaúcho e Mascarenhas lideram O fim de semana será marcado por novas rodadas dos campeonatos da Liga Bageense de Futebol de Veteranos, no Complexo Esportivo Presidente Médici. No sábado, às 13h30min, a categoria master, 50 anos, terá a oitava rodada do primeiro turno, com os jogos São Pedro x São Carlos, Três Corações x Santa Flora, União Ferroviário x Palmeiras, Brasil x Nacional, Gente Bem x Grêmio dos Subtenentes e Sargentos, Gente Bem x Hulha Negra. Folgam São Luiz e

Juventus, que ganharam os pontos dos desistentes Arvorezinha e Caixeiral. O líder é o Hulha Negra, com 100% de aproveitamento, ganhando os sete jogos até agora disputados. São Pedro é o vice, com 17 pontos, seguindo-se Gente Bem, Nacional e São Luiz, 16. Na manhã de domingo, as atrações da categoria sênior. Na segunda divisão, já no returno da primeira fase, a rodada terá, às 9h, Prado Velho (15 pontos) x Aimoré (11), Gaúcho (líder, 16) x São Simão (2), Caixeiral (15)

x Valério Doce (8), Unidos do Povo Novo (4) x Caieira (10 pontos). Às 11h, pela primeira divisão, pela 9ª rodada, Mascarenhas de Morais (líder, com 20 pontos em 24 possíveis, 6 vitórias e 2 empates) x São Sebastião (4 pontos), São Martim (13) x Arvorezinha (10), São Pedro (10) x Nápoli (12), Industrial (3 pontos) x 2° Esquadrão Independente (14), Stand (7) x Hulha Negra (13), Asa Branca ( 17 pontos, time dos irmãos Candiota, Donei e Ivan, ex-profissionais da dupla Ba-Gua) x Fiorentina (12 pontos).

SESI classifica para Olimpíada Regional

A cidade de Rio Grande vai sediar, em setembro, a Olimpíada Regional do Serviço Social da Indústria. Bagé e região vão marcar presença em várias modalidades. Nas S disputas coordenadas pelo SESI, em nossa cidade, contando com empresas da região, já estão definidos: - basquetebol, Frigorífico Marfrig; - bocha, Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE);

- bolão por equipes, a classificação local foi CGTEE e Companhia Riograndense de Mineração (feminino), CGTEE-A e Companhia Riograndense de Mineração-B (masculino); - dominó, EMS em primeiro e CGTEE-A em segundo lugar; - futebol sete master, Pampeano Alimentos; - futebol, Pampeano Alimentos; - ping-pong trio, Pampeano Alimentos (Sid Santos, Ricardo Almeida

e Anderon Santos) foi o vencedor, em segundo a CGTEE (Anderson Prado, Leandro Evangelista e Douglas Martinez); - tênis de mesa, Pampeano Alimentos (Anderson Santos e Sid Santos); - vôlei trio, Frigorífico Marfrig; - xadrez, Sistema Engenharia, com Emílio Mansur. Estão em andamento as disputas de futebol sete livre e futsal sênior.

O campeonato gaúcho da segunda divisão de profissionais começará em 3 de agosto, com participação da dupla Ba-Gua. Há 40 dias do início da competição, é tempo de intensificar o trabalho. O Bagé confirmou o treinador Rinaldo Lopes Costa (Badico) e está com o grupo praticamente formado, mantendo jogadores do ano passado, junto com reforços pontuais. O Guarany, com Paulo Afonso Coelho (Leco), deve anunciar a qualquer momento a relação oficial do grupo, que deve ter novidades.

O Rio Grande anunciou o treinador Júlio Batisti, ex-14 de Julho. O Tupi de Crissiumal renovou contrato com o treinador Paulo Henrique Marques (ex-preparador da dupla Ba-Gua) e acertou-se com 12 novos jogadores, entre os quais os meias Juninho Oliveira e Geovane Teixeira, que atuaram pelos clubes bageenses. O Atlético de Carazinho, presidido por Tarso Martini, ex-treinador do Bagé e auxiliar técnico do Guarany, será treinado por Jair Bala. O Nova Prata,

por Everaldo Medeiros Alves. Sérgio Rios será o comandante do time do 14 de Julho de Livramento. Ronaldo Rangel (Bagé) comanda o processo de reerguimento do Palmeirense. Marcelo Gaúcho vai treinar o Milan de Júlio de Castilhos, enquanto o Três Passos tem como treinador Jair Galvão. Gepo de Tupanceritã, Sapucaiense (provavelmente com o bageense Luciano Corrêa) e Garibaldi devem confirmar seus treinadores nos próximos dias.

De olho na segundona

23

SEXTA-FEIRA 21 de junho de 2013

Resumo esportivo higinobage@yahoo.com.br

O JOGO ESPETACULAR - Itália x Japão, anteontem, em Recife, pela Copa das Confederações, foi um confronto empolgante. Os japoneses abriram 2x0, os italianos viraram para 3x2, depois 3x3. Até que a Itália chegou aos 4x3 e se classificou para a próxima fase, juntamente com o Brasil. Japão e México enfrentam-se para cumprir carnê. A REAÇÃO – Em jogo atrasado pela Série A2, o Brasil de Pelotas, já classificado para a decisão de vaga para o Gauchão, vencia com naturalidade o União Frederiquense por 2x0, até os 31 minutos do segundo tempo. AÍ, os visitantes reagiram e chegaram aos 2x2. Moral da história: o União chegou aos 14 pontos e, mesmo se for derrotado pelo Inter, em Santa Maria, salva-se do rebaixamento, desde que o Farroupilha não vença o Riograndense, no Nicolau Fico. TUDO OU NADA – Aliás, a rodada decisiva da primeira fase do returno da Série A2 acontece neste domingo, com o princípio da absoluta igualdade, ou seja, todos os jogos começando às 15h30min. Os confrontos: Panambi x Aimoré (já classificado para a próxima etapa), Farroupilha (tenta escapar do rebaixamento) x Riograndense (ainda com chances de classificação), Santo Ângelo x Brasil de Farroupilha (a luta direta por uma vaga), Avenida (no páreo para manter-se vivo na competição) x São Paulo (já garantido no Gauchão-2014), Ypiranga (praticamente classificado) x Glória (remotíssimas possibilidades), Internacional de Santa Maria (classifica-se com vitória simples) x União Frederiquense (buscando, ao mesmo tempo, a classificação ou a fuga ao rebaixamento), Riopardense (precisando vencer e dependendo de combinação de resultado) x Brasil de Pelotas (já classificado). O jogo Gaúcho x Guarany de Camaquã foi cancelado, por não ter qualquer interesse, eis que ambos já foram rebaixados. Na chave A, a classificação, nas principais colocações, indica Aimoré, 13 pontos; Avenida, 9 pontos e 3 vitórias; Brasil de Farroupilha e Santo Ângelo, 9 pontos e 2 vitórias; Riograndense, 8 pontos. No grupo B, Brasil de Pelotas, 14 pontos; Ypiranga, 12; Internacional de Santa Maria, 9 pontos e 3 vitórias; União Frederiquensee, 9 pontos e 2 vitórias; Riopardense, 8; Glória, 7. A BICHARADA – Para atrair seu torcedor no jogo decisivo de domingo contra o Brasil de Farroupilha, a direção do Santo Ângelo vai sortear uma cabrita, casal de gansos, mais kit churrasco, fardo de cerveja, salsichão, jogo de copos e colchão terapêutico. JOGOS DO SESI – Pelo futsal master, hoje à noite, no ginásio do Serviço Social da Indústria, ASM x Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE). O Marfrig desistiu da competição. TONHO – O antigo zagueiro, que veio em 1990 do Novo Hamburgo para o Guarany, jogando depois também pelo Bagé, reside em sua terra natal, São Borja. Lá, trabalha como vigilante em agência bancária.

19/6/13

FEDERAL 1º 88.347 2º 80.078 3º 76.650 4º 57.869 5º 01.319

MEGA-SENA Nº 1504 02 10 12 30 41 42

LOTOFÁCIL Nº 920 01 02 03 04 05 06 10 12 13 15 16 19 20 22 23 QUINA 3220 15 48 59 69 76

LOTOMANIA

DUPLA-SENA

Nº 1358 03 04 07 16 17 18 20 22 27 35 37 41 42 46 49 57 59 65 72 87

Nº 1186 Primeiro sorteio 15 19 26 35 39 45 Segundo sorteio 030625384445


www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, SEXTA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2013

Gaúcho

FOLHA SUL


BAGÉ, SEXTA- FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2013 - Ano 1 - N° 49


Bagé, 21 de junho de 2013

Dica de Etiqueta

Gafes, fuja delas!

Papo com MP

E

is que, hoje, 21 de junho, tem início o inverno no Hemisfério Sul! A estação fria traz com ela o período mais charmoso do ano, quando as roupas ganham toques generosos de sofisticação. Assim, nada melhor que iniciar a temporada apresentando peças que, além de lindas e confortáveis, refletem a essência do homem e da mulher do Pampa... Sela e Salto chega com tudo na edição de hoje, sugerindo looks que exaltam o rural chic em cada detalhe. Confira nas centrais. Na sessão Tendência, visitamos as lojas parceiras em busca das trends que são a pedida do inverno. Nesse “garimpo”, o frio foi substituído pelo calor da parceria existente entre ConteMPorâneo e as suas fiéis anunciantes.

Já em Ambiente & Decoração, imergimos no mundo da advocacia ao visitar o clássico escritório do advogado José Olivier Saliba, projetado pelas arquitetas Carla Schons, Kátia Vinciprova e Luciani Corrêa. Luxo e comodidade em cada detalhe. Na sessão mais “apetitosa” do caderno, Gastronomia, apresentamos Oseias Barreto Cavalcante como o mais novo chef de Patisserie do Da Maya Porão. Na matéria, contamos como foi o caminho trilhado por ele até chegar à Rainha da Fronteira. Finalizamos com Fashion People e desejando um inverno cheio de calor humano e aconchego aos leitores conteMPorâneos. Coloque fogo na lareira, abra um bom vinho e aprecie FOLHA do SUL sem moderação!

Seguir as regras de etiqueta em um jantar elegante vai muito além de não colocar os cotovelos sobre a mesa. Siga as dicas conteMPorâneas e não corra o risco de cometer gafes. Que talher eu uso primeiro? Em uma mesa elegante, tudo é arrumado para ajudar na hora da refeição, e não para complicar. A regra é: os talheres são distribuídos na ordem de seu uso, de fora para dentro. Se ficar alguma dúvida, espere com discrição até que alguém comece a comer. Sem deixar o copo sujo... Para evitar que o copo fique sujo e com restos de alimento, limpe discretamente sua boca antes de tomar bebidas. Cada talher na sua mão... A faca deve ser segurada com a mão direita, e o garfo com a esquerda. Se o alimento não precisa ser cortado, o garfo pode ser usado na mão direita. Outras regrinhas básicas... Não soprar uma comida muito quente; não beber água ou vinho, ou qualquer outro líquido, de uma só vez; não falar de boca cheia; não encher o prato de comida; não comer rápido (e nem muito devagar); sempre colocar o guardanapo de pano no colo.

Alta perfumaria masculina

Street Style

Azzaro Pour Homme

O inverno ALARANJOU! Na temporada primavera/ verão 2012 ele já foi um fenômeno. Agora, o LARANJA volta com força total, injetando sua vibração no alto inverno 2013. Desde os tons como tangerine tango até o laranja hermès, a cor dá um ar de vivacidade aos looks. Seja num total orange ou apenas usada em acessórios, o laranja se tornou o “pretinho básico” deste inverno. Invista na trend, que é sucesso entre celebridades e fashionistas, e arrase por aí!

No mundo da alta perfumaria, ele é um clássico. Azzaro é um dos perfumes masculinos mais vendidos das últimas três décadas. A fragrância é justamente voltada para o homem sedutor que tem na conquista um estilo de vida. A propaganda do perfume mostra o cavalheiro sendo acariciado e desejado pela mulher que não resiste ao seu cheiro. Trata-se de uma “joia”, só que para homens mais maduros. A fragrância não combina com juventude.

EXPEDIENTE Jornal FOLHA do SUL Editor Geral Glauber Pereira Edição e Reportagem Marcos Pintos

Fotografia Editorial Gleider Ayres

Estagiária Giuliana Bruni

Diagramação Cristiano Lameira

Gerenciamento Comercial Leisa Soria

Revisão Taisa Soares

Este caderno é um suplemento do Jornal FOLHA do SUL, não pode ser vendido separadamente.

Como não poderia deixar de ser em, se tratando de Sela e Salto, o estilo predominante em roupas e também no make foi o rural chic. Tainá Brito inspirou-se no Pampa e utilizou tons em bege e marrom nos olhos. Para dar ainda mais destaque ao olhar da modelo, o delineador em tom café foi a pedida, da mesma forma que o rimel, também marrom, conferiu ar natural aos cílios. Para alegrar a produção, o blush em tom pêssego. Nos lábios, a cor escolhida foi o rosa velho.

BAGÉ, SEXTA- FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2013 - Ano 1 - N° 49

Beauty Moment

Capa

Ela figura na lista das It Girls bageenses e, hoje, estreia em ConteMPorâneo para Sela e Salto. Azucena Netto Costa da Fonseca, 17 anos, fotografa ao lado do estudante de Medicina Veterinária Aluízio Perez, 18, tendo como cenário a paradisíaca Pousada Chácara das Roseiras. No look de capa, Azucena veste camisa e culote CRIOULA + bota Cielo Paris MALACARA. Aluízio, camisa e colete CUATRO TACOS + calça CRIOULA + botina MALACARA.


Bagé, 21 de junho de 2013

O outono se despede dando passagem ao inverno que inicia hoje no Hemisfério Sul! A estação mais fria do ano chega trazendo o charme das roupas mais pesadas que fazem a alegria de quem aprecia trajar-se com elegância e estilo. Assim, para arrasar no frio, a edição de hoje apresenta as trends que estão bombando nas ruas e passarelas sob a ótica das lojas que formam o casting ConteMPorâneo. Inspire-se e arrase no Inverno 2013! Fotos: Giuliana Bruni

Chic! A combinação vestido + blazer com detalhes em couro by CHEK imprime um ar formal à mulher conteMPorânea. #Ficadica PRIMÁLLI

O casaco TON ÂGE preto com estampa de rosas é elegante opção para os eventos nas noites frias do Pampa. #Ficadica NORY BOUTIQUE

Para quem corre, mas não abre mão do estilo, a pedida é o tênis MIZUNO WAVE CREATION 14! #Ficadica MADALENA SPORTS

A bota estilo montaria ANZETUTTO é puro estilo, ainda mais com a opção removível que é pura versatilidade. #Ficadica SOLAETELA

O casaco em lã VANEWS é peça curinga e confirma uma das top trends da estação: os botões transpassados. #Ficadica MAGUÍ

A mochila em tecido com fio metalizado trend! - da MISSBELLA é a cara do street style neste inverno. #Ficadica STRELITZA

O suéter em lã DUDALINA com motivos geométricos é perfeito para os gentlemans que não abrem mão da elegância. #Ficadica ASM MODAS

A calça, da KIDINS GIRLS, em tecido que imita o jeans, é tendência no guarda-roupa teen. Os detalhes em oncinha complementam o estilo. #Ficadica PICORRUCHO Para os pés das pequenas, a tendência sneaker continua em alta! O modelo em rosa e dourado é a pedida da PAMPILE. #Ficadica MADALENA KIDS


Bagé, 21 de junho de 2013

Para enfrentar o minuano com comodidade e alto inverno 2013. Renda-se ao rural chic Para encarar o frio do Sul com elegância e conforto, pala e culote CRIOULA + bota Cielo Paris MALACARA

Azucena veste camisa e blusão CRIOULA + culote jeans e bota montaria MALACARA. Aluizio, camisa e bombacha CRIOULA + colete CUATRO TACOS + bota MALACARA


Bagé, 21 de junho de 2013

eestilo, Sela e Salto apresenta a sua coleção ce arrase na estação fria que começa hoje! Aluizio traja camisa e bombacha CRIOULA + colete CUATRO TACOS + bota MALACARA. Azucena, camisa, colete e culote CRIOULA + cinto BELTIN

Ela, camisa CRIOULA + cinto BELTIN + culote hípica CRIOULA + bota Compay Flor de Liz MALACARA + bolsa Doma Índia MALACARA. Ele, camisa e bota CRIOULA + bota MALACARA

Elegância e conforto no campo: Azucena veste manta e saia CRIOULA + bota Cielo Paris MALACARA. Aluízio veste blusão e bombacha CRIOULA + bota MALACARA


Bagé, 21 de junho de 2013

Office: a sofisticação do clássico Quando José Olivier Saliba adquiriu o prédio onde instalaria o seu escritório de advocacia, logo pensou em transformar os ambientes segundo as necessidades da rotina. Para tanto, o advogado escalou as arquitetas Carla Schons, Kátia Vinciprova e Luciani Corrêa que planejaram cada detalhe com cuidado, unindo tons como o marrom e o branco à vibração do vermelho. O resultado culminou em ambientes clássicos com pitadas generosas de requinte.

O advogado José Saliba em seu gabinete. O ambiente possui atmosfera clássica e voltada à comodidade dele e dos clientes. Marrom e branco se sobressaem deixando o escritório clean e ao mesmo tempo aconchegante Fotos: Giuliana Bruni

A sala de reuniões tem como proposta o clássico. Para dar uma quebra no branco e marrom, a opção foi texturizar uma das paredes em vermelho

Na recepção, os sofás cedem espaço às cadeiras. A combinação vermelho + amarelo + marrom transmite charme ao ambiente

O móvel serve como espaço para o café, tornando o ambiente intimista. O frigobar e as cadeiras complementam a composição com praticidade


Bagé, 21 de junho de 2013

Patisserie: a doce arte de criar sobremesas

“Eu trabalho com afeto. Quando vejo o resultado final, sinto que fiz algo que realmente amo”. Assim, Oseias Barreto Cavalcante define sua paixão pela gastronomia. Natural de Campina Grande, Paraíba, Cavalcante foi, aos três anos de idade, com os pais e mais sete irmãos, para o Rio de Janeiro. Hoje, em Bagé, atua como chef de Patisserie no Da Maya Porão. Fotos: Giuliana Bruni

Com brilho nos olhos, o chefe conta que, ainda na infância, ficava fascinado ao olhar sua mãe preparar bolos em casa. Na adolescência, era ele o responsável por reunir ingredientes para preparar tortas e doces para as festividades da escola. Aos 18 anos, surge então a oportunidade de realizar a primeira formação. “A turma do curso técnico de cozinha já estava com todas as vagas preenchidas. Assim, comecei a fazer o curso de garçom, mas sempre de olho nas práticas de gastronomia”, conta aos risos. Quando conclui o curso, o chefe começa a adquirir experiência. Em 1998, ano em que deveria entrar para o Exército, Cavalcante acabou não sendo selecionado. É então que outra oportunidade surge: foi chamado para um estágio no badalado Iate Clube do Rio de Janeiro. Com a experiência do dia a dia, Oseias começou a conhecer pessoas ligadas à área, principalmente renomados chefes de cozinha. Depois do estágio, ficou, durante um ano, fazendo bolos, doces e salgados para eventos.

Em São Paulo

O atual chefe começa, de fato, a carreira em São Paulo, aos 19 anos. A oportunidade surgiu através de um chefe de cozinha da Rede de Hotéis Sheraton. Depois de passar pelo meijer salads e café da manhã, Oseias é promovido a 1º cozinheiro, onde permanece por dois anos. Para respirar novos ares e acrescentar mais experiência ao currículo, o chef ruma à capital gaúcha. No Clos Du Moulin, conhecido restaurante da Rede de Hotéis Sheraton, em seis meses, Cavalcante começa a atuar na área de confeitaria, onde permanece por quatro anos. Para continuar a caminhada, foi ao Paraguai, onde escolheu

o Restaurante Canvas para atuar por dois anos, também como chefe de confeitaria. Do Paraguai ele retorna a Porto Alegre, exercendo trabalhos freelancer por um ano: tortas, doces confeitados, salgados para eventos...

Rio de Janeiro

Da capital gaúcha ele embarca para Búzios, no Rio de Janeiro, onde trabalha como cozinheiro no Restaurante Comida Mineira. E quando perguntado sobre seu prato preferido, Oseias responde com orgulho: “Petit gateau de

fromage blac”, justamente a receita que chamou a atenção do consultor gastronômico do Da Maya Porão, Paulo Ribeiro, que o trouxe à Rainha da Fronteira. Para o chefe de confeitaria, a proposta e o desafio do Da Maya é flertar com produtos naturais. “Esta oportunidade de trabalhar com produtos orgânicos, vindos da cabanha Da Maya, está sendo maravilhosa, ainda mais numa época onde tudo é industrializado” diz. O chef está em Bagé há apenas um mês e conta que não teve tempo suficiente para conhecer a

cidade, mas já sentiu que o povo bageense é bem receptivo. “Os campos daqui são muito lindos. As pessoas são bem receptivas” comenta a ConteMPorâneo. Com mais de 15 anos de experiência, o chefe aprecia o que faz. “É preciso ‘comer com os olhos’, apreciar o prato, seja salgado ou doce, para depois degustá-lo” finaliza. Atualmente, o chefe cria de terça-feira a domingo, no Da Maya Porão, onde comanda toda parte de sobremesas. É a Rainha da Fronteira mais doce e sofisticada!


Bagé, 21 de junho de 2013

Fotos: Divulgação

A consultora Jô Sousa recebe Ana Lúcia Dalé em tarde de compras na NÚRIA ROUPAS E ACESSÓRIOS

A gatinha Maria Fernanda Azeredo de Mello em look KIDS & CO.

Vanessa Bernardes e Bruna Barbachan são clientes e “manecas” NORY BOUTIQUE Tailini Dias usa vestido Lucy in the Sky by STRELITZA A baby Ana Helena veste Paraíso e Bebelândia no setor infantil ASM

A elegante Jacir Palma Santos esteve na feira Paraná Business Collection Summer 2013/2014 conferindo as trends do próximo verão para sua PRIMÁLLI

O fofíssimo Martin Barbosa na maior diversão em visita a TOKO DE GENTE

Marcele Contri, grávida de seis meses, prepara enxoval de Helena na PICORRUCHO

Bruna e Lucel Brum Betiollo em uma tarde de compras na BOUTIQUE SELA E SALTO

O casal vencedor da promoção LUMINA Dia dos Namorados foi Caline Camargo e Junior Silveira. Eles aproveitaram a noite mais romântica do ano em jantar na MadreMaria

Folha do Sul Gaúcho Ed. 955 (21/06/2013)  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you