Issuu on Google+

DESEMPREGO

QUEM VAI FISCALIZAR?

Sindicato da Alimentação afirma que demissões do Frigorífico Marfrig devem afetar quase 200 trabalhadores em Bagé

Senado aprova que venda de álcool a menores de idade seja considerada crime no Brasil Em Bagé, o comando policial acredita que a medida é útil, mas que o atual aparato impede que a fiscalização e aplicação da lei sejam consideradas tarefas fáceis de cumprir

Página 7

Página 5

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, SEGUNDA-FEIRA, 22 DE ABRIL DE 2013 - Ano 3 - N° 904

Meta de imunização contra vírus Influenza para mais de duas mil pessoas foi alcançada

Campanha do Dia D sensibiliza bageenses

Fotos: Gleider Ayres

PRODUÇÃO Líder de comissão, Afonso Hamm debate, em Brasília, a criação de um pólo regional tecnológico para o carvão mineral

Página 4

DISSIDÊNCIA Grupo de atletas e dirigentes geram polêmica ao pretender fundar liga independente de futebol municipal Página 15

ESPECIAL Guarany reúne dirigentes, autoridades e torcedores para jantar comemorativo dos 106 anos de fundação

Página 15

O TEMPO HOJE Bagé - RS Sol com algumas nuvens. Não chove

13º

Considerado o Dia D da vacinação contra a Gripe A, o último sábado notabilizou-se por um trabalho que, segundo as autoridades municiais do setor, alcançou a dois mil bageenses. A primeira semana da campanha contra a Influenza (H3N2) já havia alcançado 50% da meta total de imunizações da cidade, calculada em 24 mil vacinas. O trabalho pode ainda ser mantido até depois do limite atual, previsto para o dia 26 de abril. Página 11

23º


SEGUNDA-FEIRA

2

22 de abril de 2013

OPINIÃO

ENQUETE

Enquete da semana A semana que antecede o Dia das Mães é tradicionalmente um alvo para a instalação de feiras itinerantes na cidade. Você concorda com a presença deste tipo de comércio na cidade?

SIM. Porque o comércio deve obedecer às leis de

Sérgio Meth

NÃO. Porque a rede local de comerciantes ofere-

Um Novo Horizonte

oferta e demanda e as feiras são mais uma oportunidade de garantir um consumo barato.

ce produtos e preços competitivos durante todo o ano e não é justo que, exatamente na segunda melhor data de vendas, a cidade seja invadida por comerciantes de fora. Participe pelo site www.jornalfolhadosul.com.br

Prefeitura destaca manifestação sobre paralisação do funcionalismo

Nota oficial

Na última reunião entre Prefeitura de Bagé e os sindicatos representativos do funcionalismo municipal, ocorrida no dia 05 de abril de 2013, o Prefeito Dudu Colombo optou pela prudência e anunciou aos presentes que estenderia por mais uns dias os estudos sobre quadro financeiro do município, levando em consideração principalmente as dívidas com precatórios (mais de R$ 20 milhões), com o INSS (mais de R$ 20 milhões) e com o FUNPAS (mais

de R$ 270 milhões), antes de divulgar os índices de reajuste deste ano. A decisão do Simba, em deflagar uma paralisação, tomou o executivo de surpresa, visto que, durante a reunião citada, os presentes não se opuseram ao prazo apresentado pelo Prefeito Dudu, quando disse que, até o final do mês, apresentaria proposta ao funcionalismo. Deste modo, o Governo Municipal está trabalhando para chegar a um índice que, acima de

tudo, tenha condições de cumprir, como sempre fez. Contudo, cabe ressaltar que entre as últimas gestões, a atual concedeu avanços históricos, levando o funcionalismo a uma realidade muito diferente de tempos em que nem sequer salários recebiam, ou somente recebiam a reposição da inflação ou nem isso. Nos últimos quatro anos, uma série de melhorias e diferenciais foram concedidos por esta gestão, conforme segue:

novo Plano de Carreira do Magistério foi 2012, após mais de duas décadas sem atualização. O novo Plano de Carreira trouxe diversas novas conquistas aos professores: mais tempo de férias, substituição do desdobramento pelo Regime Suplementar com acréscimo do valor, criação de duas novas classes e dois novos níveis à carreira, entre outras. Já na sanção do Plano de Carreira, em

janeiro, centenas de professores foram automaticamente promovidos para as novas classes E e F, terminando com a estagnação na carreira com que a categoria sofria. - Em abril de 2011, ocorreu a sanção da Lei, que garante gratificação Adicional, para Motoristas que realizam o transporte escolar: na zona urbana, de 60% e na zona rural, de 100% do PMS.

de 4% de ganho real. - No vale-alimentação, o Governo Municipal avançou muito. Em 2008 o vale-refeição era de R$ 2,50. Em 2012, os servidores viram o valealimentação ser acrescido em 100%,

passando a R$ 5,00 por dia trabalhado. - Atendeu uma reivindicação de mais de 20 anos, ao conceder 15% e 25% do piso municipal aos servidores com 15 e 25 anos de serviço, respectivamente.

recebeu acréscimo de meio piso municipal sobre o salário; incluindo os inativos. - A partir de 2012, foi concedido, entre outras melhorias, equiparação para os servidores estatutários e celetistas do quadro antigo para com os do quadro novo; concessão de meio piso municipal para os funcionários dos quais são feitas exigências de habilitação específica bem como para os cargos técnicos; concessão de 0.3% ao quadro geral de funcionários; concessão do adicional por melhoria na formação aos funcionários que comprovarem com documento, nos percentuais de 30%, 40% e 50%;

licença maternidade de 180 dias; extensão a todos os funcionários do benefício do IPE. Deste modo, o Governo Municipal entende a manifestação dos municipários, mas mantém a afirmação, mediante o relato acima, que possui um histórico positivo de avanços e melhorias. Neste contexto de trabalhar pela melhoria da condição do servidor público, é que ainda nesta semana, conforme calendário estipulado junto aos sindicatos representativos, ocorrerão novas tratativas e apresentação de índices para todas os segmentos de municipários.

Magistério

- Em 2012, o reajuste do Piso Salarial dos professores foi de mais de 22%, um aumento como raras categorias profissionais alcançam. Com quatro anos de vigência da Lei, o Piso Salarial do Magistério em Bagé foi reajustado em mais de 66%, e sobre o Piso incidem todas as demais vantagens previstas no novo Plano de Carreira do Magistério. - O primeiro ano de vigência do

Funcionalismo

- Para o quadro de servidores municipais, o Governo Municipal concedeu o que há anos não acontecia, que foi o Ganho Real no salário. Nos quatro anos da primeira gestão do Governo Dudu, o município alcançou a marca

DAEB

- O Departamento de Água e Esgotos de Bagé integra a estrutura administrativa da Prefeitura de Bagé. É uma autarquia municipal e, como tal, possui um sistema financeiro diferenciado, o que vem possibilitando novos avanços e melhorias salariais para o seu quadro de servidores. - Em 2009 o vale-refeição, para celetistas, passou de R$ 3,50 para R$ 12,60, e dos estatutários, de R$ 9,36 para R$ 12,60. (último reajuste havia ocorrido em 2005); Atualmente, o valerefeição dos funcionários do DAEB é de R$ 13,20. - Desde 2009, o quadro do DAEB

Existe algo de novo no ar. Este algo novo são as perspectivas de novos investimentos na região, principalmente no município de Candiota. As imensas reservas de carvão mineral existentes neste município são praticamente inesgotáveis por séculos, mesmo com uma exploração intensa. Praticamente meio por cento do carvão mineral do planeta está lá! Por ser extraído a céu aberto, seu custo é extremamente baixo e com um número mínimo de acidentes. Atualmente praticamente todo o carvão obtido é usado nas usinas termelétricas também localizadas no município, gerando renda, empregos, impostos, etc. Toda uma cultura industrial foi formada na nossa região com base nestas indústrias. Por razões que prefiro não debater aqui, ocorreu todo um movimento político, para que os investimentos nesta area ficassem estagnados por muitos anos. Finalmente, no final da década passada, a fase C das usinas em Candiota foi posta em operação. Foi necessária a possibilidade de novos apagões no pais para que o governo se sensibilizasse e desse sinal verde para a expansão deste setor e com isso viabilizando novos empreendimentos na nossa região. É dificil e complicado precisar quantas usinas e qual o valor do investimento que irá se realizar, mas certamente serão muitos bilhões de dólares. Com a possibilidade do Polo Carboquímico e da instalação de unidades de cerâmica baseadas na argila da mina de carvão, este número deverá ser varias vezes maior. Outras empresas já estão se instalando em Candiota (Vogel, Fida e Revepam) para uso da cinza do carvão em produtos de alto valor agregado voltado para construção civil. Todos esses investimentos certamente também trarão outros em manutenção, infra-estrutura, etc. Uma bola de neve começa a se formar e será importante que a região se prepare para o impacto que está para acontecer. Deverá haver um fluxo migratório de tamanho considerável de pessoal técnico e administrativo, além de mão de obra não tão qualificada que deverá vir, atraída pelos empregos que irão ser ofertados. Certamente entraremos em um novo ciclo de demanda e construção de imóveis e o comércio deverá viver um grande momento. Quem sabe não iremos ter finalmente um Shopping? Será importante que exista uma preparação para este momento que se aproxima. Na instalação da fase C, chegou-se a instalar pessoal em containers, pois era impossível encontrar imóveis para todo mundo. Aliás, seria importante revisar as lições que foram aprendidas neste período, para se evitar a repetição dos mesmos problemas, que aliás deverão estar à espreita, em escala muito maior. Se por tantos anos a região esteve estagnada, urge que ela agora esteja preparada para toda uma nova dinâmica que irá ocorrer. Prefeituras e empresas devem estar atentas a uma situação que, mais que uma crise, deverá ser de grandes oportunidades. Inclusive o símbolo chinês para crise é o mesmo que para oportunidade. As universidades locais poderão também tomar grande partido da situação, pois a demanda por novos profissionais, atividades de apoio (pesquisa e extensão) ou simplesmente consultoria de campo deverá ser bastante grande. Compete, mais do que nunca, que estas instituições de ensino estejam na vanguarda dos acontecimentos.

Aniversários Michel Perrone Simão Renato Paim Catarina Ercolani Gomes Felipe da Silva Nunes Ruth Cunha Pereira dos Santos

Renato Paim

facebook.com/JornalFolhaDoSul

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Direção Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga Repórter Fotográfico: Antonio Rocha - Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Camila Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício Soares Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues -Edgar Muza - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi Revisão: Stela Vasconcellos Reportagem: Emanuel Müller - Fernanda Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos Mendonça - Gilmar de Quadros - José Higino Gonçalves - Juliana Andina - Estagiária: Jéssica Pacheco Diagramação comercial: Quélen Leal Marcos Pintos - Niela Bittencourt - Rochele Barbosa Diagramação: Cristiano Lameira e Vinícius Silva


GERAL

Indicadores econômicos INDICADORES

Valor

Salário Mínimo Salário Regional Global 40 TR CDI SELIC IPCA IPC IGP-M INPC

Atualização

R$ 678,00 R$ 770,00 128,31% 0,000% 6,94% 7,25% 0,86 1,15 0,29 0,92

2013 2013 4 março 2013 4 março 2013 4 março 2013 16 janeiro 2013 16 janeiro 2013 10 out 2012 10 out 2012 10 out 2012

MOEDAS Dólar Comercial

Onde:

1,9810

2,7178

2,7188

Libra (em R$)

2,9867

Pesos arg.(em R$)

0,3916

0,3921

Pesos Ur.(em R$)

0,1040

0,1030

Fora do horário

A Multicar abre no horário comercial, porém os clientes podem solicitar atendimento no intervalo do almoço ou depois das 19h, agendando diretamente com seus vendedores.

Av. Presidente Vargas, 267 - Fone: 3247.6220

da Mulher Empreendedora (Cobame). O encontro será amanhã, às 12h, no Galeto Mário. Irá palestrar o médico res-

1,9795

Euro (em R$)

Nota do Bom Negócio A CTSul Bagé está convidando as empresárias da região para a próxima reunião-almoço do Conselho Bageense

Venda

2,0400

Grandini entrega encomendas em sete dias

Como a garantia dos carros é oferecida pelas próprias fábricas, o comprador pode realizar revisões na concessionária mais próxima.

Compra

1,9000

Antonio Rocha

Garantia

3

22 de abril de 2013

Dólar turismo (em R$)

Multicar vende carro zero mais barato por Stela Vasconcellos Como a Multicar consegue comercializar carros zero quilômetro por valores abaixo do mercado? O gerente Alexandre Roman Grandini esclarece: “Trabalhamos com concessionárias grandes, que ganham no giro, por isso o preço fica mais baixo”. A revenda local, que se tornou conhecida pelos semi-novos, agora arranca na oferta de novos de todas as marcas nacionais e importadas. Grandini acrescenta que a Multicar trabalha com um sistema interligado, que inclui veículos disponíveis em todo o Brasil. “Nosso sistema facilita a compra da opção desejada e na cor escolhida. Os dados, disponibilizados na internet, são atualizados diariamente, o que garante a conferência dos carros disponíveis”, explica o gerente.

SEGUNDA-FEIRA

ponsável pela CTSul, Conrado Tramunt. Ele vai falar sobre o tema “Prevenção, utilizando o diagnóstico por imagem”.

2,9897

Josias Borges

Atitude do investidor diante da instabilidade Atualmente, o Brasil é um país que experimenta uma certa ressaca econômica, com diversas peculiaridades. Após o crescimento acelerado que experimentamos nos últimos anos, vivemos um momento de busca do equilíbrio e a manutenção das conquistas já finalizadas. Queremos conquistar mais espaço no cenário internacional, queremos baixar mais a taxa Selic, queremos manter o pleno emprego, queremos voltar a crescer. Tendo em vista todas estas peculiaridades, o Brasil ainda tem que reencontrar o caminho do crescimento. O detalhe que mais chama atenção nisso tudo é a capacidade que temos de manter o pleno emprego, mesmo que com crescimento lento. Este cenário é desafiador. Precisamos ainda saber o que vai acontecer com os principais indicadores da economia (desemprego por exemplo), caso o Brasil não reencontre urgentemente os caminhos do crescimento, poderemos começar a nos preocupar com o futuro. É importante lembrar que é indispensável começar a pensar seriamente em manter o que já foi conquistado. O mercado financeiro, por exemplo, está vivendo um momento bastante difícil, principalmente no que diz respeito às ações. A inflação segue na mira do governo, ficando difícil seu controle. Diante de um cenário incerto que se aproxima, os investimentos mais recomendados por especialistas seguem sendo aqueles ligados a inflação, tendo em vista que a instabilidade econômica acaba se refletindo na elevação das projeções de inflação. O investidor deve buscar se proteger deste cenário, adquirindo títulos que permitem a reposição da inflação, mais uma taxa de juros previamente acordadas. Alguns investimentos existentes, neste sentido, são: debêntures, títulos públicos federais e fundos de investimento em renda fixa. josias.borges@gbinvestimentos.com.br


4

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

Emanuel Müller

POLÍTICA emamuller@gmail.com

Hamm destaca proposta de Polo Carboquímico em Candiota O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS) usou a tribuna da Câmara para destacar a agenda da Frente Parlamentar do Carvão Mineral, com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp e o secretário executivo, Luís Antonio Elias, ocorrida nesta semana. A pauta de reivindicação entregue ao ministro foi para abertura de Edital na área de Carvão Mineral, para financiamento de Bolsas de Estudo em diversas áreas; para financiamento de Projetos de Pesquisa, Equipamentos de Pesquisa e apoio à indústria em suas demandas junto aos fundos de financiamento do BNDES. Presidente da comissão, Hamm apresentou, ao ministro, a proposta pautada pela Associação Pró-Carvão, fundada em 2012, em Candiota, no sentido de defender a adoção dessa nova tecnologia em projetos futuros de termoeletricidade a carvão mineral, em

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral Consulta popular e cidadã

conjunto com a Unipampa. A proposta visa a instalação de um Pólo Carboquímico em Candiota, em parceria com as esferas governamentais, que poderia fornecer o syngás (gás de síntese do carvão mineral), para possíveis empreendimentos termoelétricos na região. Outra proposta apresentada é para criação, em médio a longo prazo, de um programa de desenvolvimento tecnológico da produção e do uso do carvão mineral nacional dentro de uma economia de baixo carbono, baseado nas ações sugeridas no Roadmap Tecnológico do Carvão Mineral. “A sugestão da Associação é para a criação de um programa de pesquisa e inovação no desenvolvimento de um gaseificador que utilizasse o carvão mineral com as características do carvão gaúcho”, salienta Hamm ao comentar que este assunto chegou ao seu

Divulgação/FS

Deputado defende criação de programa de pesquisa e inovação tecnológica

conhecimento por Anselmo Malaguez, da Associação Pró-Carvão de Candiota e pelos professores da Unipampa, Jocemar Parizzi e Sérgio Meth.

Programa do PSB nacional critica usinas termelétricas

Uma das inserções do programa de rádio e televisão nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), exibido até o último dia 18, deixou políticos da região alvoroçados. O marketing em torno da divulgação do nome do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, aborda diversos temas, já que o socialista é cotado como pré-candidato à Presidência da República em 2014. E um deles é justamente a geração de energia. Em um dos programas, o texto destaca: “temos a matriz energética mais limpa do planeta. Mas gastamos mais de 400 milhões de reais por mês para manter termelétricas poluidoras”.

Reprodução/FS

Trecho do programa que chama termelétricas de “poluidoras”

Para aqueles que lutam pela construção de empreendimentos terinclusão do carvão mineral nos leilões melétricos em Candiota, a propaganda de energia elétrica e da expectativa pela política do PSB não pegou nada bem.

Farpas sobre Centro de Qualificação Profissional

A inauguração do Centro de Inclusão e Qualificação Profissional pela Prefeitura de Bagé suscitou debates na última sessão da Câmara. Cláudia Souza (PR), Paulinho Parera e Omar Ghani (PT) destacaram o trabalho da comissão que fora formada para tratar do assunto, referente à decisão dos salesianos de fechar o Instituto São Pedro de Educação e Assistência (Ispea). Aproveitaram para rebater as críticas recebidas na votação das emendas ao Orçamento Municipal, em novembro de 2012. Na ocasião, Cláudia, Parera e Ghani chegaram a ser ofendidos por votarem contra a emenda que destinaria recursos à instituição que já havia informado, publicamente, a decisão de fechar as portas. Ghani chegou a declarar que os vereadores (além de Cláudia e Parera, Lelinho Lopes, do PT, também participou das discussões sobre o Centro) “não trouxeram pessoas de forma demagógica para

Gleider Ayres

Antonio Rocha

Divaldo argumenta que se oposição não propusesse emendas em benefício do Ispea, comissão sequer seria formada

Ghani disse que vereadores da Comissão não levaram pessoas para dentro da Câmara de maneira demagógica

a Câmara”, alfinetou. O petista parabenizou o trabalho do prefeito Dudu Colombo. “Mesmo não sendo obrigação do município, o prefeito abraçou a ideia e agora implanta o Centro de Inclusão e Qualificação Profissional”, reiterou.

Divaldo Lara (PTB) não deixou por menos. O vereador salienta que se não fosse movimentação dos vereadores da oposição à época, como ele mesmo e Sônia Leite (PP), a comissão formada para tratar sobre o futuro do Ispea não teria sido formada.

O nome já diz. É a população livremente determinar quais são suas prioridades, o que falta em sua região. O governo do Estado, através de Lei aprovada pela Assembleia, determina o montante do orçamento que será destinado para a escolha da população. Determina, inclusive, os valores que cada secretaria coloca à disposição de cada região, para que a população opine. Pode não ser a maneira ideal, mas está servindo para o crescimento das regiões. Porque ”pode “ não ser a maneira ideal? Ora, é muito simples. Se o governo determina que nossa região terá, à disposição, “x” reais e quais ás áreas que serão beneficiadas, não precisaria fazer consulta á população. Libera o dinheiro e pronto. Simples, não? O importante é o outro lado da moeda. Demonstrar que a democracia impera e que a população é importante na formatação dos orçamentos. Nossa região tem sido exemplo em união. Estamos organizados e, acima de tudo, unidos. Dividimos os recursos disponíveis dentro das necessidades de cada cidade que a compõe. O resultado tem se visto no dia a dia. Equipamentos para a segurança (Brigada, Bombeiros e Polícia civil), equipamentos e obras que propiciaram novos serviços em saúde. Enfim, é uma série de melhorias que só não vê quem não quer. Sempre nos posicionamentosM contra o plebiscito. Se é votação de prioridades quem tem que determinar, e a Lei é clara, é o eleitor mediante apresentação de título eleitoral e ou identidade. As assembleias, de que tanto os governos falam, não podem ser realizadas contrariando a Lei. O que o comude de Bagé tem feito é exatamente respeitar a Lei. Que o modelo de escolha de prioridades seja através do voto, assim como acontece na Consulta Estadual. Está na Lei. Além do mais, a mesma Lei determina que os Comudes são responsáveis pelo processo de Consulta Popular e hoje, Cidadã. Está errada a Lei, não serve aos objetivos do governo do Estado? Mudem a Lei. A Assembléia Legislativa está aí mesmo, para apreciar e se for o caso, aprovar emendas. O que estamos presenciando e sentindo na pele, que não é de hoje, é uma tentativa de interferência no modelo. Repito, para que tal aconteça não precisaria Consultar a população. Bastaria dividir os recursos ao bel prazer dos governos. Não, a população é importante no sentido de dar “transparência” e respaldo político ao processo. É exatamente aí que nossa região tem mostrado força. Seguimos a Lei, mesmo contrariando projetos políticos. Nesse sentido, os comudes da Região, que formam o Corede Campanha, têm uma reunião marcada para o dia 30 de abril, às 14 horas, em Aceguá. Vamos elencar as prioridades de cada cidade e dividirmos os recursos. Na Regional, inicialmente marcada para julho, apenas votaremos compactos no que for decidido. É importante a presença de todos os municípios. A reunião será realizada com qualquer número de cidades. Espero que todas compareçam. Dado o recado. Consulta estadual Já começa com polêmica. Deixei transparecer na última reunião realizada. O Governo do Estado quer realizar a Consulta da seguinte maneira: em cédulas, votação manual, num dia só. É o que diz a Lei. Pela internet em três dias. Isso a Lei não diz. Ao contrário, em seu artigo segundo, parágrafo segundo, é bem clara: “A Consulta, a ser realizada em data única, para cada região, será precedida de ampla divulgação regional, patrocinada pelo Governo do Estado” Está claro que a Consulta tem que ser realizada em um único dia. Qual seria o motivo que o governo quer permitir a votação por internet em três dias? Simples, pelo menos para mim, se as demandas aprovadas pela população não forem do agrado do governo, eles movimentam seu amplo quadro funcional em cada região e votarão no que for determinado. Pelo menos é minha desconfiança. Acrescento outra coisa que também é importante: o controle da internet é feito exclusivamente pelo governo. Ele sabe, na hora, o que o eleitor votou. Sabe, no fim do dia, o que as urnas determinaram. E aí, de dono da bola, move seu esquema para derrotar, no voto eletrônico, o que o eleitor manual, em cédulas individuais, escolheu. Além de contrariar a Lei, irá se transformar em “jogo de cartas marcadas”. Por isso sou contra. O que não quer dizer nada. Como sou democrata, vou para o voto. Espero que os delegados, os presidentes de todos os coredes, pensem como eu. Não permitam a votação fora do que diz a Lei. Em um dia único. Para tal, vou brigar até o fim. Concordam?


GERAL STIA tem informações de que até 180 trabalhadores podem ser dispensados

Demissões no Marfrig chegam a Bagé O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Bagé e Região está preocupado com demissões realizadas pelo Marfrig Group em todo o Brasil. Em nota emitida na tarde de ontem, a entidade reitera que ocorrem demissões em massa, sem nenhuma negociação com os sindicatos. A unidade de Capão do Leão foi fechada há alguns meses. Agora, acontecem demissões em São Gabriel e Alegrete. Em Bagé, a dispensa de trabalhadores já come-

çou – e haveria chance de o número ultrapassar 180 demissões. O presidente do Sindicato, Luiz Carlos Cabral, está preocupado não apenas com a saída do emprego por parte dos empregados, mas do acúmulo de funções – especialmente na sala de abate. “Muitos trabalhadores se acidentam ou são encaminhados para a Previdência Social, aumentando ainda mais o elevado numero de trabalhadores afastados por acidentes ou doenças relaciona-

das com o trabalho em Frigoríficos”, afirma Cabral. O líder sindical reforça que as empresas recebem incentivos fiscais dos governos estadual (por intermédio do Agregar/RS) e federal (pela diminuição de 32% na tarifa de energia elétrica para as indústrias) para aumentar as contratações de funcionários. “Ao invés de contratações, as empresas recebem dinheiro público e estão demitindo os trabalhadores”, adverte o presidente.

Diretores do STIA/Bagé estarão em Brasília nestes dias 23 e 24. Na oportunidade haverá a apresentação de uma pesquisa inédita realizada pela subseção do Dieese na Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (CNTA Afins), sobre a evolução do trabalho no setor, no Brasil. O estudo denominado Perfil dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação será lançado na terçafeira, durante Assembleia Geral da categoria, no Hotel Nacional, em

Brasília (DF). A pauta do encontro inclui discussão da proposta orçamentária para 2014, estratégias de organização e políticas para as secretarias nacionais da entidade e preparação para a Marcha Brasília pelo Trabalho Digno, que irá tomar conta da Esplanada dos Ministérios na manhã do dia 24. A pesquisa aponta que as mulheres têm baixa participação nas indústrias e a remuneração de apenas 72,4% da remuneração média masculina. A concentração regional

no Sul e no Sudeste é outro dado relevante. A partir de um diagnóstico mais apurado, é possível fazer ações mais focadas em determinado setor, já que a indústria da Alimentação tem setores muito díspares, muitas vezes atrelados e dependentes de outros setores. Representam Bagé nos eventos em Brasília, o presidente do Sindicato, Luiz Carlos Cabral, além dos diretores Paulo Roberto da Silva, Alex Pires da Silva, Tanira Ramos dos Santos e Fábio Antônio da Silva.

Mobilização em Brasília

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

5


6

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

Mercado agrícola Produtos

RURAL

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul Unidade Mínimo Médio Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

30,00 190,00 23,00 52,00 20,00 30,00 3,25 3,40 2,00 2,90 0,70

31,20 127,09 24,98 53,35 20,47 30,92 3,29 3,69 2,48 2,96 0,75

08.04.2013 a 12.04.2013

Reunião na Rural abordará assuntos da Feira de Outono de Terneiros (as) e Vaquilhonas

Máximo 33,00 150,00 30,00 56,00 21,00 36,00 3,40 4,00 2,60 3,00 0,87

Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Bocal de Ouro

Vencedores garantem Núcleo de Produtores vaga para disputar o de Terneiros de Corte Freio de Ouro 2013 promove assembleia

Tradicionalmente, na semana em que ocorre a Feira de Outono, promovida pelo Núcleo de Produtores de Terneiros de Corte de Bagé, acontece a assembleia em que são tratados assuntos como fixação de preço mínimo para animal (machos e fêmeas), sorteio de mangueiras, prazo de pagamento, entre outros assuntos relacionados ao evento. Desta vez,

a reunião com os produtores que inscreverem animais para a 39ª Feira de Outono de Terneiros (as) e Vaquilhonas é nesta segunda-feira, com primeira chamada às 19h, com um terço dos participantes e, em segunda e última convocação, às 20h, com qualquer número de presentes. A reunião acontece no Pavilhão de Remates da Associação e Sindicato Rural de Bagé.

Depois de nove etapas, com a participação de 87 competidores, em quatro dias de disputas, chegou ao fim a 14ª edição do Bocal de Ouro, com a definição de mais oito classificados à final do Freio. A prova, realizada entre os dias 18 e 21 de abril, no Parque Assis Brasil em Esteio, foi a segunda semifinal do circuito 2013 da maior seletiva de cavalos Crioulos. Depois da prova realizada em Buenos Aires, na Argentina, o Bocal de Ouro foi a primeira classificatória realizada no Brasil, em evento que também incluiu, em

sua programação, a 11ª Exposição Morfológica Outonal e a final do Campeonato de Paleteada Internacional da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Na categoria fêmeas, Divisa De Los Campos, criada e exposta por Aldo Vendramin; La Rinconada Golosa, exposta por André Rosa; Jotace Tranca, do criador e expositor João Cantarelli e Que Más Quieres Carapuça do Infinito, exposta por Roberto Davis e Rubens Zogbi, tiveram o melhor desempenho e conseguiram a

Fêmeas

Bocal de Ouro

Divisa De Los Campos, filha de Mackenna Guindo e AS Malke Mimosa; criador e expositor Aldo Vendramin, Estância Vendramin, Palmeira/PR Ginete: Fábio Teixeira Da Silveira Nota final: 21,843

Bocal de Prata

classificação. A prova foi julgada por Ciro Manoel Canto de Freitas, Jorge Demiate Junior e Rouget Gigena Wrege. Entre os machos, julgados por André Narciso Rosa, Carlos Loureiro de Souza e José Francisco Pereira de Moura, as vagas no Freio ficaram com: Cadejo da Maior, exposto por Santo Izidro e Ouro Fino; Buzzo da Maya, criado e exposto por Zuleika Torrealba; Moirão dos Três Pinhais, da expositora Rita de Souza e Farandola da Mangueira Velha, de Bertilo Schlickmann.

Machos

Bocal de Ouro

Cadejo da Maior, filho de JLS Hermoso e Maravilha de Santa Angélica; criador André Ricardo Souto Maior e expositor Santo Izidro e Ouro Fino Crioulos, Cabanha Santo Izidro/Ouro Fino, Santa Maria/RS Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira Nota final: 21,838

La Rinconada Golosa, filha de Santa Isabel Embustero e Los Nichos Divisa; criador Eduardo Tamayo Ordenes e expositor André Luiz Narciso Rosa, Estância Guapuruma, Navegantes/SC Ginete: Lindor Collares Luiz Nota final: 21,310

Bocal de Prata

Bocal de Bronze

Bocal de Bronze

Jotace Tranca, filha de Jotace João Balaio e Jotace Lamparina; criador e expositor João Juraci Cantarelli, Estância Eldorado, Barra do Quaraí/RS Ginete: Onildo Gonçalves Nunes Nota final: 20,268

4º Lugar

Que Mas Quieres Carapuça do Infinito, filha de Cônsuelo do Infinito e AS Malke Daluza; criador Roberto Sidney Davis Júnior e expositor Rubens Elias Zogbi e Roberto Sidney Davis Junior, Cabanha Carapuça e Agropecuária Infinito Ltda, Cristal e São Sepé/RS Ginete: Lindor Collares Luiz Nota final: 19,948

Buzzo da Maya, filho de Butiá Olodum e BT Harpa do Junco; criador e expositor Zuleika Borges Torrealba, Cabanha Da Maya, Bagé/RS Ginete: Raul Lima Nota final: 20,609 Moirão dos Três Pinhais, filho de BT Harmônico e Hornada dos Três Pinhais; criador Vilson Aozane Bilibio e expositor Rita de Cássia de Sousa, Cabanha Santa Rita, Arambaré/RS Ginete: César Augusto Freire Nota final: 20,462

4º Lugar

Farandola da Mangueira Velha, filho de Estimado da Terra Nativa e JA Umbanda; criador Leandro Luís Vieira e expositor Bertilo Schlickmann, Imobiliária Cinco Estrelas e Cabanha Costa Nobre, Braço do Norte/SC Ginete: Fagner Crescencio Nota final 19,962


GERAL

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

7

Comando da Brigada Militar diz que é preciso contar com denúncias

Legislação promete mais rigor contra venda de álcool a menores por Niela Bittencourt

Um comerciante, que preferiu não se identificar, atua em uma área central e próxima a uma universidade. Ele sabe que vender bebidas alcoólicas para menores é proibido e garante que exige o documento de identidade antes de cobrar pelos produtos. Contudo, ele também sabe que menores, por vezes, recorrem a amigos com mais de 18 anos, para ter acesso ao consumo. Diz que é comum e que até mesmo já verificou isso em uma festa, quando viu um jovem pedindo para outro, provavelmente desconhecido, fazer o “favor”. “Lembro que o outro moço negou. Disse que não ia fazer isso porque sabia que era errado, que não compraria para ele”, comentou. Ele acrescentou que o menor até pareceu constrangido, mas que tentou convencer o outro. São justamente situações como essas consideradas, pela Brigada Militar, como o principal desafio de fiscalizar a venda de bebidas alcoólicas para menores, porque quem compra não são os meno-

res. É claro que nessa história, a postura do maior foi diferente, de responsabilidade. O problema poderá acabar com a criminalização da venda ou fornecimento de bebidas para menores de 18 anos, aprovada pelo Senado na semana passada. Com a proposta, torna-se crime vender, fornecer, até mesmo gratuitamente, servir ou entregar bebida alcoólica para aqueles que não atingiram a maioridade. Se isso se tornar lei, quem fizer poderá ser punido com pena de dois a quatro anos de prisão, além de multa, que pode chegar até R$ 10 mil. A proposta é de caráter terminativo e deverá seguir para a Câmara, ou seja, não passará pelo plenário, a não ser que haja recurso. O comandante do Pelotão de Operações Especiais da Brigada Militar e Oficial de Operações, o tenente Roberto Lopes Nogueira, diz que, de fato, hoje a dificuldade é detectar essas situações, até porque seria necessário que os policiais presenciassem o fato

ou que a população denunciasse. Quando há uma denúncia, é possível realizar ações de inteligência e observar os locais apontados nas informações e, assim, tomar as medidas legais. Mas Nogueira confessa que há dificuldade em fazer a fiscalização, quando não e pode contar com a população. O número de policias disponíveis é um dos empecilhos. As denúncias são “raríssimas”, conforme ele. O contingente precisa atentar a outros encargos, como o tráfico de drogas ou aquilo que representa maior risco para a sociedade. É claro que ele admite que esse é um problema sério e que deve ser fiscalizado, mas, hoje, pede sobretudo que a população seja parceira. O policial alerta também para outro contexto: o consumo ocorre cada vez mais cedo. Para ele, isso se deve a uma série de fatores: a falta de orientação, o incentivo por parte do grupo de amigos e ao fato de que as famílias estão cada vez mais desestruturadas. É em decorrência

Gleider Ayres

Principal desafio é identificar aqueles que fornecem bebidas

da desagregação familiar, para ele, que ocorre a supervalorização dos amigos, das companhias. Ele também aponta, como um problema, a criança crescer vendo seus pais bebendo: ou seja, aprendem a beber em casa. Apesar de apontar essas dificuldades, o tenente diz que, a partir da lei, será preciso repensar as medidas para, assim, tentar

coibir o consumo, concentrando os esforços em locais de concentração de público. Ainda diz que será preciso responsabilizar os pais. Ele retoma a ideia de que há menores que foram incentivados pelos pais a beber. “Há uma falta de controle também. Há pais que não se importam com quem os filhos andam, onde estão e o que estão fazendo”, conclui.


8

SOCIAL

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

“Sentir-se bem sozinho é a certeza de ter alcançado o cume do autoconhecimento” MP

Tradição: os 106 anos do Guarany

Na sexta-feira, a família alvirrubra esteve reunida na Churrascaria Cinturão, para celebrar os 106 anos do Guarany Futebol Clube. Além de torcedores, diretores, patrocinadores, convidados, imprensa e ex-atletas, também esteve por lá o presidente da Associação dos Jovens Empresários de Porto Alegre, Willian Dias, responsável por intermediar as negociações entre o Guarany e a Adidas Mundial, marca que está muito próxima de ser a fornecedora do material esportivo utilizado pelos atletas. O mestre de cerimônia, Geraldo Saliba, leu bonito texto, contando a história do Guarany, sob os aplausos apaixonados do numeroso público. Emocionado, o atual presidente Tato Moreira exaltou o nome de Álvaro Meira, presidente do clube em 2012, relembrando que foi Meira quem o convidou para participar da diretoria alvirrubra. Outra presença marcante foi a da eterna primeira dama do Guarany, Magda Segredo – sempre linda! – acompanhada da inseparável turma de netos. Parabéns à família alvirrubra pelos 106 anos de tradição e história. Que as conquistas sejam constantes na vida do mais antigo clube futebolístico bageense. DÁ-LHE GUARANY! Divulgação

Álvaro Meira e Tato Moreira em momento de homenagem na noite que celebrou os 106 anos do Guarany Futebol Clube

Divulgação

O casal presidente do Guarany Futebol Clube, Tato e Marleide Moreira, prestando homenagem à eterna primeira dama alvirrubra, Magda Gomes Segredo

Pais e filhas! Os amigos de infância Eduardo (Dado) Moglia Pons, José Frederico (Dedé) Barros Gomes e Augusto (Guto) Madeira com as respectivas filhotas: Antônia, Maria Laura e Lívia.

Imersão fashion

Marcos Pereira (leia-se casting Solaetela) esteve em Porto Alegre, onde participou de curso fashion na sede da grife masculina Spirito Santo – Iguatemi Shopping. Por lá, o pupilo de Leilah Castro aprendeu como marcar ternos de alfaiataria; conheceu os tecidos que compõem as peças da nova coleção, além de ter imergido nas trends que irão bombar no verão 2014. Interessante é que boa parte do processo de criação da coleção inverno 2013 Spirito Santo acontece em Milão, capital mundial da moda masculina. “A coleção inverno é forte e arrojada, com destaque aos ternos transpassados. Entre os materiais, destaque à lã”, disse Marcos, super empolgado, à coluna.

“Spirito Santo”: a grife que veste a alma masculina

O que comunicamos ao mundo vai muito além da voz. A comunicação também se dá nos detalhes, no estilo próprio e na vibração da energia de cada um. Buscar o diferente onde todo mundo vê apenas o óbvio. Traduzir o “Spirito” de cada um. Este é o conceito que forma a Spirito Santo, grife brasileira de moda masculina que nasce de quase um século de tradição em alta alfaiataria e uma das prediletas deste colunista. O know-how da marca transmite em cada roupa uma forte tradição em confecção e qualidade, bem como, uma paixão pela alfaiataria e um amor exacerbado pela moda. Elegância, qualidade, perfeccionismo e atualidade são palavras muito presentes na cultura da Spirito Santo, presente em Bagé com exclusividade nas araras da Solaetela.


SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

Nutrivida, completa!

Por lá, é um entra e sai de gente conhecida em busca de relaxamento – para a alma e para o corpo – tratamentos estéticos e nutricionais alto padrão. Logo que se chega à Clinica Nutrivida, percebe-se que a excelência é a linha guia de todos os serviços prestados por uma equipe altamente qualificada. Eliana Martins, por exemplo, é a responsável pelas técnicas chinesas, que fazem os pacientes saírem levitando da clínica de Cássia Medeiros. Entre tais técnicas a acupuntura, Shiatsu (terapia corporal que utiliza pressões com os dedos ao longo do corpo), Auriculoterapia (tratamento através da orelha, utilizada por Hipócrates, pai da Medicina – reduz significativamente a ansiedade), Tui Na (a conhecida massagem chinesa), aromoterapia, cromoterapia... No frenesi do dia a dia, onde o stress faz cada vez mais parte do cotidiano, permitir-se a momentos de relaxamento é pura qualidade de vida. Fica a dica!

EXTRA-EXTRA!

Fernando Moglia Lisboa chegou ao mundo! O filho de Cristina Resende Moglia e Gilberto Von Hügel Lisboa nasceu na sexta-feira, 19, às 13h30, pesando 3,415 Kg e medindo 49 cm. Fernando é o primogênito do casal e o quarto netinho de Isabel e Paulo Gomes Moglia. A turminha que agita a Estância da Lagoa fica cada vez maior!

A jet setter de terroir bageense, Carol Kalil, prestes a embarcar para mais um finde de badalação no Rio de Janeiro

From Rio, to Bagé

9

SOCIAL

A bonita Silvia Dias reuniu a galerinha pop bageense para brindar os 1.8, sábado, em casa

Quem deu rasante na cidade, no finde, foi Marcelo (Orelha) Cachapuz. Desde que partiu para fazer a faculdade de Cinema no Rio de Janeiro, o filho de Flávia e Roberto Cachapuz ainda não havia retornado à terrinha. Na sexta-feira, Orelha foi recepcionado na casa dos pais em jantar dos mais animados. Depois, ele rumou ao Atelier Coletivo, para conferir o espaço que é o mais artístico e criativo da cidade sob a assinatura de Carlo Andrei Rossal. Também no Atelier: Marta Rover Duarte, Rodrigo Sarasol, Tatiana Soares de Mattos, Betinho e Cibele Martinez, João Paulo Bazerque, Luciana (Gugo) Ferreira e, ainda, o casal mais festejado da temporada, Patrícia Rosa e Márcio Reis.

Flash news - A bonita Sílvia Dias reuniu a pop generation sábado, para comemorar os 1.8. A função rolou no estruturado salão de festas da casa de Denise Dias, mãe da aniversariante, até alta madrugada entre muitos brindes, sonzera e azaração. - No primeiro domingo de maio, dia 5, a partir do meio-dia, o Rotary Clube de Bagé Campanha promove o 8º. Almoço Campeiro, evento de caráter beneficente já efetivado no calendário anual de atividades do clube e que, este ano, marcará o inicio das festividades dos dez anos de criação do Clube, fundado em 3 de junho de 2003. - Se liguem: no universo da moda masculina, em que as cores ousadas ainda são vistas só nas gravatas, comemora-se a chegada dos tons de azul vibrante como a grande e bem aceita novidade para o guarda- roupa da estação. O azul está BOMBANDO! - Cercada pelo carinho dos filhos e dos melhores amigos, Andreia Mercio comemorou os 5.0 no último sábado. Como sempre, as comidinhas elaboradas por Anida Souza roubaram a cena – o arroz com bacalhau, especialmente! - O “debut” da Novolar Imóveis será festejado no próximo sábado, às 19h, no Centro Cultural do Museu Dom Diogo de Souza. Como anfitriões, os sempre atenciosos Ana Lucia e Ademir de Souza. - Na Europa, cumprindo agenda cinematográfica, o conterrâneo Zeca Brito. Em sua companhia, a primeira e única Luisa Olé, sobrinha de Zeca é uma das atrizes mais versáteis da nova geração. Inclusive, Luisa roubou a cena ao interpretar Arminda, mãe de Bibiana, em “O Tempo e o Vento”.

Com seu regente unido ao Sol, a vontade de colocar em prática seus planos e projetos relacionados às finanças é imensa. No entanto, ainda existe algo a ser feito ou avaliado antes que isso aconteça. Reveja o que for preciso e mãos à obra. Seu regente caminha em seu signo, mas com a pressão de Saturno as questões que se referem ao amor e às finanças podem ser frustrantes. O momento pode envolver dor e dificuldades nos dois setores. Tenha calma, pois tudo voltará ao seu lugar. A comunicação fica ainda mais facilitada com o encontro de seu regente com Urano. Tome cuidado apenas para não falar impulsivamente, pois pode deixar escapar o que não deseja. A possibilidade de conquistar o sucesso profissional, pelo qual lutou bravamente nas últimas quatro semanas, é enorme. Procure apenas manter sua ansiedade sob controle. Uma longa viagem pode trazer transformações importantes. Urano e Mercúrio unidos em Áries pedem algumas revisões e mudanças em seus projetos internacionais. As viagens, os estudos ou mesmo uma mudança de país também podem estar neste pacote. Mercúrio em Urano unidos em Áries movimenta intensamente sua rotina, especialmente no trabalho. Novas amizades são feitas no setor e as antigas são renovadas nesta fase de muita agitação. Seu regente continua beneficiando todos os setores de sua vida, especialmente os que envolvem amor e finanças. O momento é ótimo para sair e se divertir com amigos. Seus relacionamentos continuam passando por um momento de teste e muitas coisas devem ser revisadas. O momento pode ser delicado e pedir paciência, mas você deve colocar alguns pingos nos is.

Mercúrio e Urano continuam unidos em Áries, movimentando sua vida social e trazendo algumas alegrias no amor. Prazer e divertimentos estarão presentes nesta fase.

Seu coração pode estar bastante apertado nesta fase em que seu regente pressiona Vênus e seus relacionamentos amorosos. Os prazeres e os divertimentos também podem estar abalados.Tenha paciência. O momento pode trazer algumas tensões à sua vida doméstica, mas nada que não possa ser solucionado com compreensão e uma boa conversa. Suas emoções e sentimentos passam por confusão. Mercúrio em Urano unidos em Áries pedem muito discernimento e controle nos gastos. Cuidado com novos investimentos. Não permita que o peso do pessimismo tome conta de seus pensamentos.


10

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

GERAL

Comunidade do Passo das Pedras é chamada à escola por Niela Bittencourt

A comunidade do bairro Passo das Pedras encontrou a escola Fued Kalil de portas abertas na sexta-feira, quando oficinas foram oferecidas para alunos e seus pais. O destaque foi a participação dos professores, que engajados na busca por um Ideb melhor, atuaram como cabeleireiros e manicures. Mas não só isso: os estudantes também participaram de jogos pedagógicos e atividades recreativas, tudo com a participação de acadêmicos da Universidade da Região da Campanha. Conforme a diretora da instituição, Magda Gonçalves, a ação busca o “aprender coletivo”, fazendo com que haja interação entre a comunidade escolar. Toda a programação foi organizada em três dias, porque os responsáveis se envolveram com a ideia de ajudar como podiam. Alguns professores ministraram oficinas de artesanato, e alunos da Urcamp ofereceram seus conhecimentos, possibilitando para pais de alunos e moradores do bairro a medição da pressão arterial. Também foi possível participar de uma aula de ginástica e, ainda, de Muay Thai. “A ideia é chamar todos para interagir, para fortificar a comunidade escolar”, destacou a diretora. A professora Elisângela Palma, atuou como cabeleireira, e diz que essa foi uma oportunidade de humanizar as relações que, antes, ficavam restritas a assuntos escolares. “Pudemos conversar mais e conhecer melhor cada um”, comentou. Entre as “clientes”, a cabeleireira Lourdes Colares Domingues, de 64 anos, que também é aluna da escola, na Educação de Jovens e Adultos.

“Adorei esse dia e ela fez um trabalho muito bem feito”, brincou. Para ela, esse é um ambiente escolar que faz com que até mesmo pessoas com mais idade tenham vontade de aprender. “Minha filha participou de um projeto, então eu comecei a frequentar as aulas. Gosto daqui”,

falou. A supervisora pedagógica, Daici Freire, justifica o projeto: “não se constrói uma escola sozinha, é preciso envolver a família”. É preciso entender que as atividades, que devem se repetir, sobretudo em finais de semana, integram o projeto Ideb Melhor.

Fotos: Antonio Rocha

Jogos pedagógicos divertiram estudantes

Cantinho da beleza atraiu pais de alunos e vizinhos da escola


GERAL

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

11

Dia D da campanha de vacinação atinge dois mil bageenses

Fotos: Gleider Ayres

por Niela Bittencourt O dia D da campanha de vacinação contra a Influenza (H3N2) atingiu a meta de vacinar dois mil bageenses. É o que afirma a secretária de Saúde, Aura Stella Pereira. Aliás, a primeira semana da campanha imunizou 50% do objetivo. A expectativa é alcançar o montante de 24 mil bageenses até o dia 26 de abril. Esses integram os grupos considerados de risco. O aposentado Thé de Aquino Gomes, de 81 anos, está em um dos grupos e diz que desde que se vacinou pela primeira vez não voltou a se gripar. É o que também afirma a aposentada Maria Helena Andrade, de 63 anos: “nunca mais senti nada e nunca tive qualquer tipo de reação à vacina”. Raquel Correa de Santi não só se vacinou como levou a filha Valentiny, de cinco anos, para fazer o mesmo. A menina tem dificuldade respiratória e por isso está entre os grupos que precisam se imunizar. É preciso lembrar que devem se vacinar idosos com mais de 60 anos, crianças de seis meses a dois anos de idade, trabalhadores de saúde, indígenas aldeados, gestantes e mulheres que deram a luz até 45 dias após o parto. Também precisam procurar os postos pacientes com doenças crônicas cardíacas, pulmonares, que

tenham se submetido a transplante de rim, também que sofram com obesidade, doença neurológica, renal ou de fígado, diabéticos e pacientes que usam medicamentos imunossupressores – todos precisam apresentar atestado para comprovar a necessidade de vacinação. A secretária destaca que hoje se reunirá com as equipes dos postos a fim de traçar estratégias para que a meta seja atingida. Aura Stella comenta que no dia D os postos receberam poucos bageenses, enquanto as unidades móveis, localizadas nas praças Silveira Martins e de Esportes receberam muitos interessados. O que é encarado como um desafio para os servidores é resistência dos idosos em se vacinarem. A secretária pede que os familiares conversem sobre a importância da imunização e dos problemas que a Influenza podem gerar ao grupo. “Existe um preconceito que foi desencadeado pelos rumores de que, após tomar a dose, a pessoa fica gripada. Isso é mentira, porque o vírus é morto”, explica. A secretária lembra que a campanha poderá ser estendida e garantiu que a paralisação dos servidores municipais não prejudica a campanha. De acordo com ela, dos 1,1 mil servidores da saúde, apenas 38 pararam.

Thé de Aquino Gomes, de 81 anos

Maria Helena Andrade, de 63 anos

Valentiny de Santi, de cinco anos


12

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

GERAL

Feira da Serra comemora vendas no final de semana por Niela Bittencourt

O primeiro final de semana da Feira da Serra Gaúcha, no Complexo Cultural do Colégio Auxiliadora, atraiu os bageenses. De acordo com os expositores, nem mesmo o clima ameno inibiu aqueles que buscam, no espaço, variedade de peças e preços. A professora Marilene Vaz Silveira diz que gosta de conferir as novidades para a estação e pesquisar os preços, que, avalia, são acessíveis. É o que também afirma Caroline Romano, que diz que na feira encontra peças diferentes das disponíveis no comércio local. A expositora Valéria Filieiro, de Santa Maria, diz que as vendas refletem esse pensamento. “Já tenho clientes certos, e mesmo com essa meia estação, o pessoal compra,

prepara-se para as temperaturas mais baixas”, comenta. As peças que mais têm saído são malhas, que custam a partir de R$ 20. Há três anos participando da feira, Valéria acredita que as vendas estão boas, mas não arrisca dizer se esse é o melhor ano: “tudo influencia – a data, a temperatura e as condições de pagamento”. Hoje, a maioria dos expositores oferece o pagamento parcelado por meio de cartões de créditos. Há peças também, que têm até dois anos de garantia contra defeitos de fabricação. O expositor de Passo Fundo, Marcos Martinez, comparece há quatro anos e já afirma que 2013 será uma das melhores edições. “Creio que o poder aquisitivos da cidade

População busca variedade de produtos e preços

tem aumentado no decorrer dos anos. As vendas estão excelentes, acima da expectativa”, argumenta. No local, é possível encontrar roupas com preços que variam de R$ 17 a R$ 125. Fotos: Gleider Ayres

Marilene Vaz Silveira


Fórum debate Santa Fé como potencial turístico por Niela Bittencourt A quarta edição do Fórum dos Guias de Turismo, uma promoção do Senac, abordou a cidade de Santa Fé e seu potencial turístico. Logo no início do evento, estudantes do curso receberam outros alunos e a comunidade, trajados de Capitão Rodrigo e Ana Terra. “Somos responsáveis pela organização do fórum, e estamos recebendo os novos alunos: queremos convidar a todos para o debate dessa forma”, justificou Sandra Cavalheiro, 26 anos, que cursa o segundo módulo da capacitação. Para ela, um dos principais desafios do turismo em Bagé e, assim, dos futuros profissionais da área, é fazer com que os bageenses acreditem no potencial do município. “O povo não sabe e, muitas vezes, critica a proteção das casas antigas. Mas sonham em visitar cidades como Buenos Aires, que conta com o mesmo tipo de arquitetura”, pondera. Outro foco é fazer com que o fluxo de turistas seja constante e, para isso, a aposta é a promoção da cidade, sobretudo por meio de seus próprios habitantes. É o que defende o professor coordenador do curso, Juliano Munhoz, que também justificou a escolha do tema que norteou o debate central do fórum. De acordo com ele, cidades turísticas necessitam de um atrativo âncora e Santa fé teria esse potencial. A sugestão é promover a cidade, utilizando a imagem da vila cenográfica e pensar em eventos contando com o cenário.

Fotos: Gleider Ayres

Estudantes do Senac foram responsáveis pela organização

Munhoz defende Santa Fé como atração âncora

Para Sandra população precisa valorizar cidade

GERAL

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

13


14

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

Vacas furtadas

SEGURANÇA

Francisco Madruga informou animais tinham aproximadamente que foram furtadas quatro vacas de três anos. Ele diz que não suspeita corte da Estância Santa Angélica. Os de ninguém. OBITUÁRIO Gelci Brião Domingues, 86 anos, viúva. Residia na avendia Itália, 137, no bairro Castro Alves. Deixa a filha Ieda Maria. Teodora Domingues de Oliveira, 82 anos, viúva. Residia na rua México, 275, no bairro Vila Gaúcha. Deixa os filhos Dalva, José Luiz, Maria Regina, Abel, João Carlos, Sandra Mara e Vagner. Rudimar Vasques Dutra, 53 anos, casado. Residia rua Teodoro Torres, 8. Deixa o filho Marcelo. Julio Madruga Azambuja, 74 anos. Residia na rua Cabral, 278, no bairro Rio Branco, em Porto Alegre. Não deixou filhos. Jacira Araujo Luiz, 84 anos, viúva. Residia na rua Francisco Lopes Meirelles, 1.479. Deixou os filhos Rosália, Zilmar, Zirleth, Ivete, Rudimar, Ivonir, Miguel, Juares, Adimar, Roberto e Ivone.

R$ 9,1 mil roubados em Dario Lassance Jadir Domingues, ao sair de uma casa noturna, no sábado, em Dario Lassance, foi abordado por um cidadão alto e magro.

Ele portava uma faca e pediu para que Domingues entregasse a carteira. Dentro da carteira havia documentos e cartões de

crédito, além de um cheque no valor de R$ 9, 1 mil . Também foi levado um telefone celular da marca Sansung.

Casa arrombada na São Judas Na sexta-feira, Angela Oliveira, ao retornar para a residência, na avenida São Judas, constatou que sua

janela lateral havia sido arrombada. chapinha e um secador de cabelos Foram furtados, segundo ela, um profissional. Além disso, os cômonotebook da marca Positivo, uma dos foram revirados.

Julia Graciela de Paula Veiga deixou a bicicleta do filho, uma Lennoz,

aro 20, no local onde ficam os veículos, em seu prédio, no Residencial Guarani.

Furto no Residencial Guarani

Após retornar, já não encontrou o bem. O registro ocorreu no sábado.

Tentativa de arrombamento Na madrugada de sábado, tentaram entrar na loja Gathi Calçadas. A gerente do estabele-

cimento, Daiane Lopes Vargas, contou que as engrenagens do motor da grade protetora foram

arrebentadas. O alarme não foi acionado, provavelmente porque não forçaram a porte de vidro.

Agressão na Marechal Floriano Rudolfo Kegler caminhava, no sábado, pela avenida Marechal Floriano, quando foi abordado com um soco. Ao cair

no chão, o agressor pegou sua carteira, R$ 50 e um celular da marca Nokia. A vítima foi socorrida e levada ao Pronto-

Socorro, porque machucou o braço direito com a queda. Também apresentava escoriações no rosto.

Veículo arrombado no centro João Pereira Gonçalves feira, e, quando retornou, após porta-malas, havia sido arrombaestacionou seu veículo na rua um serviço no centro da cidade, da. Do bem, foi levada uma lixaGeneral Sampaio, na sexta- percebeu que a porta traseira, do deira da marca Black & Decker.


ESPORTES

106 anos em grande estilo A presença de figuras marcantes na história antiga e atual do Guarany foi uma forte marca do jantar comemorativo aos 106 anos do clube, na Churrascaria Grande Cinturão. E o evento ganhou repercussão estadual pela ativa e entusiasmada participação do jornalista Ernâni Campello, da Rádio Guaíba, inclusive gravando matéria sobre a festa alvirrubra. Ele recebeu homenagem do Guarany, pelo decano do jornalismo bageense, Mário Nogueira Lopes. Como mestre de cerimônias, o radialista e vereador Geraldo Saliba leu texto alusivo, com base na matéria especial publicada no dia 19, pelo Jornal FOLHA DO SUL, e conduziu exemplarmente a festa. Ao longo do jantar, que superlotou as dependências do Cinturão, destacaram-se presenças de antigos atletas alvirrubros, como Max Ravaza (que, vencido pela emoção, não chegou a se manifestar), Saulzinho e Abílio Chaves. Juntos, eles marcaram 311 gols com a camisa alvirrubra. Além de patrocinadores e colaboradores do Guarany, foi destacada a presença do prefeito Dudu Colombo e do presidente da Câmara de Vereadores, Paulinho Parera. Entre os campeões do bicentenário da cidade, foram home-

nageados o ex-presidente Álvaro Pimenta Meira, o diretor de futebol Cléo Coelho e os assessores Ricardo Pizarro e Márcio Muza. O treinador Leco e os jogadores Bicudo e João Luís, os veículos de comunicação (jornais, rádios AM e FM e canais de televisão) também receberam o reconhecimento do Guarany, por seu presidente atual, Heráclito Tato Moreira, tal como o presidente do Conselho Deliberativo, Marco Pizarro. Antes da eloquente manifestação do conselheiro Décio

Lahourge, houve a homenagem do ex-presidente Álvaro Pimenta Meira ao atual, Tato Moreira, com uma placa alusiva. O presidente da Associação dos Jovens Empresários de Porto Alegre, William de Assis, apresentado pelo diretor de comunicação do Guarany, Sérgio Galvani, também prestigiou a comemoração, durante a qual foram anunciadas as adiantadas tratativas com a multinacional Adidas para o fornecimento de material esportivo. Divulgação/FS

Tato e Meira prestam homenagem ao prefeito Dudu e muitos colaboradores

A bomba: desponta a liga independente Ganha força no cenário esportivo da cidade a criação (ou recriação?) da Liga Bageense de Futebol Amador. Trata-se de um movimento de vários clubes, tornando independente a realização do campeonato citadino, em titulares e reservas, até agora vinculado à Secretaria Municipal da Juventude, Esporte e Lazer. Inclusive, uma reunião preliminar já foi realizada, com a presença de representantes de 16 dos 34 clubes participantes da composição atual. A expectativa é a confirmação de 24 entidades, com o início do campeonato pre-

visto inicialmente para maio. A repercussão não se restringirá tão somente ao aspecto esportivo, mas, até mesmo, no quadro político da cidade, considerando os tradicionais redutos, principalmente, na zona periférica. De parte da administração municipal, o secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Sidenir Ferreira (Bagé), disse à reportagem na manhã deste domingo que já tomou conhecimento do fato. “Encaminhamos o assunto ao Controle Interno e à Procuradoria Jurídica do Município. E recebemos o parecer de que vamos continuar realizando o campeonato

citadino, no “Militão”, e também premiando os vencedores, no fim da temporada, como é tradicional”, acrescentou. E deixou claro não ser contra a criação da liga, mas esclarecendo que “só podemos acertar parcerias, sem fugir a detalhes, por exemplo, como não cobrar taxa de inscrição dos clubes participantes”, sempre mantendo a condução do campeonato”. Já o coordenador de futebol amador da Smjel, Paulo Roberto Cardoso, está convidando os clubes interessados para reunião quinta-feira, às 19h, no salão “Camilo Moreira”, da chamada “Prefeitura da Osório”.

15

SEGUNDA-FEIRA 22 de abril de 2013

Resumo esportivo higinobage@yahoo.com.br

COPA FGF – Pela categoria sub-17, o Guarany, jogando em casa, perdeu para o Progresso por 1x0 e, sábado, em Pelotas, enfrentará o mesmo adversário, já pelo returno do grupo 8. O Fragata derrotou o Pelotas por 1x0. Classificação: Progresso e Fragata, 6 pontos; Guarany, 3; Pelotas, zero. Quarta-feira, jogo atrasado, Pelotas x Progresso. COPA SAFERGS – Escola Conveniada do Grêmio em Bagé estreou positivamente, em Capão do Leão, com duas vitórias sobre o Santa Tecla: 3x2 na categoria mirim, 4x2 nos infantis. VETERANOS – Primeira rodada da categoria master, 50 anos: Nacional 3x0 Arvorezinha, Juventus 7x3 Palmeiras. Grêmio dos Subtenentes e Sargentos 8x2 Santa Flora, Hulha Negra 2x1 São Carlos, São Luiz 3x1 Gente Bem-B, São Pedro 2x1 Gente Bem, União Ferroviário 7x0 Brasil. VETERANOS (II) – Jogos da categoria sênior, segunda divisão: Aimoré 2x2 Unidos do Povo Novo, Caieira 2x0 Valério, Caixeiral 3x1 São Simão, Gaúcho 2x1 Prado Velho. Na primeira divisão, 2° Esquadrão Independente 3x1 Arvorezinha, Stand 5x3 São Sebastião, Asa Branca 2x2 São Pedro, Fiorentina 3x2 São Martim, Hulha Negra 3x2 Nápoli, Mascarenhas 6x1 Industrial. VETERANOS (III) – Abertura da categoria 60 anos, promoção da Secretaria Municipal da Juventude, Esporte e Lazer: Gente Bem 5x1 Juventus, Hulha Negra 4x3 Caieira, Flamengo 5x2 Santa Flora, Caixeiral 3x3 São Pedro. BASQUETEBOL – Nos Jogos do Sesi, o título da modalidade ficou com o Frigorífico Marfrig, na vitória de 31x30 diante contra a CGTEE, que ficou em segundo, enquanto o Pampeano foi o terceiro colocado. A equipe campeã contou com os atletas Luciano Veleda, Maico Lopes, Renan Faria, Paulo Lopes, Michel Richard, Orlando Cardoso, Márcio Gomes, Rodrigo Nogueira, Édipo Meneses e João Saldanha (cestinha do torneio com 37 pontos). BOLÃO – Na modalidade, também nos Jogos do Sesi, naipe masculino, individual, campeão Otto Brahm, 161 pontos; Alexandre Ferreira, 159, ambos da CGTEE; terceiro, Luís Augusto Lopes (CRM), 158. Por equipes: CGTEE, 611 pontos; CRM-A, 562; Correios (Bagé) e Pampeano Alimentos, 481. No feminino, individual, Valda Santos, 161; Joana Silva, 156; Sirlei Meireles, 154, todas da Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica, que também prevaleceu coletivamente, somando 605 pontos, contra 433 da Companhia Riograndense de Mineração e 426 do Frigorífico Marfrig. AUTOMOBILISMO – Sebastian Vettel venceu o Grande Prêmio de Fórmula 1, no Bahrein, mantendo a liderança da temporada. Kimi Raikkonen e Romain Grosjean completaram o pódio, enquanto o brasileiro Felipe Massa ficou fora da zona de pontuação. CANOAS – Mesmo rebaixado à Serie A2 do Gauchão, o clube confirmou presença na Taça Willy Sanvito (Copa Federação), no segundo semestre.

20/04/13 FEDERAL

1º 55.091 2º 41.219 3º 52.428 4º 67.378 5º 63.086 MEGA-SENA N�� 1487 04 09 17 23 28 53 LOTOMANIA Nº 1341 02 07 10 13 14 18 20 22 24 30 31 37 45 60 61 73 75 79 80 93

LOTOFÁCIL Nº 895 02 03 04 05 06 08 11 12 13 16 17 18 19 21 25 QUINA 3174 04 11 33 59 76 DUPLA-SENA Nº 1169 Primeiro sorteio 18 20 26 28 37 50 Segundo sorteio 04 13 14 41 42 45


www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, SEGUNDA-FEIRA, 22 DE ABRIL DE 2013

Gaúcho

FOLHA SUL


Folha do Sul Gaúcho Ed. 904 (22/04/2013)