Issuu on Google+

Reprodução FS

PIONEIRISMO

OS 100 DIAS DE DUDU

Inédito em todo o Brasil, reconhecimento de adoção por casal homoafetivo completa três anos em Bagé

Prefeito de Bagé comenta situação financeira no primeiro período de seu segundo mandato

No momento em que nação assume a discussão sobre reconhecimento das relações homossexuais, bageenses reconhecidas oficialmente pela Justiça avaliam contexto das conquistas sociais Página 16

Página 5

www.jornalfolhadosul.com.br

Gaúcho

FOLHA SUL

R$ 1,50

BAGÉ, QUARTA-FEIRA, 10 DE ABRIL DE 2013 - Ano 3 - N° 894

Pedido do Ministério Público foi originado de reclamação de moradores

Justiça estipula perímetro do silêncio próximo à Urcamp

Fotos: Antonio Rocha

PACKING HOUSE Avaria em portão da Casa do Produtor arrisca conservação de equipamento que nem foi utilizado

Página 6

CLIMA Oscilação de temperatura traz agasalhos e o frio pode vir para ficar

Página 9

FUNCIONALISMO Eletricitários da CEEE promovem paralisação hoje e Simba convoca categorias para assembleia

Página 9

Uma decisão da juíza Célia Cristina Veras Perotto, da segunda Vara Cível de Bagé, determina um quadrilátero nas proximidades da Universidade da Região da Campanha onde estabelecimentos deverão ter limite de horário para funcionamento a partir do próximo dia 30. A ação tramita desde o ano de 2012, impetrada pelo promotor público João Francisco Kcless Filho em resposta à demanda de moradores que reclamam da falta de sossego e da algazarra permanente durante a noite e madrugada. A decisão foi comunicada à Prefeitura que, a partir de então, não deverá mais renovar nem conceder novos alvarás sem que haja o limitador de horário. O novo horário deverá vigorar no dia 1º de maio. Página 17

PAGAMENTO O Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde reclama de constantes atrasos no salário

Página 18

O TEMPO HOJE Bagé - RS Sol com algumas nuvens. Não chove.

11º

24º

2

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

OPINIÃO

Editorial Glauber Pereira glauber.pereira@hotmail.com

Pioneiros da homoafetividade

A discussão sobre o reconhecimento dos direitos de casais homoafetivos, além de uma conquista para a sociedade brasileira, reserva para Bagé um lugar de destaque. Não são poucas as personagens locais que fizeram desta história um exemplo de sucesso a ser seguido pelo Poder Judiciário em todo o território nacional. No mesmo mês de abril, há três anos, uma decisão de primeira instância julgada procedente pelos demais patamares da Justiça brasileira elevava ao nível de jurisprudência o posicionamento do juiz bageense Marcos Danilo Edon Franco. Profissional do Direito que demonstrou ao conjunto social que não é preciso gozar dos benefícios dos grandes centros para desenvolver um pensamento lúcido e um desempenho atualizado e pioneiro. Mas se a atuação do juiz era inovadora e perspicaz na leitura das demandas daquele contexto, também é verdade que sua decisão trazia um conjunto infindável de motivos para a felicidade de Lídia Guterrez e de Luciana Maidana. No dia 28 daquele mês elas se tornavam o primeiro casal homoafetivo a ter reconhecimento oficial de uma adoção. O motivo para tamanha alegria foi a sentença unânime da quarta turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em manter o que já havia sido garantido na comarca de Bagé. As duas tinham agora o direito reconhecido de adoção de três crianças já acolhidas. À época, Lídia e Luciana chegaram a agradecer também à defensora pública Patrícia Katermann (que já não mora mais em Bagé) pelo desempenho na defesa do que consideram mais os direitos das crianças do que os delas próprias. Se à época o interesse delas era focado apenas nos benefícios dos filhos, a decisão influenciou tanto no momento histórico que logo a seguir, em 2011, já estavam casadas, com a formalização judicial de sua relação homoafetiva. Polêmicas à parte, é hora de a tutela do Estado garantir o benefício da boa vontade contra o resistente ranço do estigma.

Foto do Dia Divulgação FS

Na noite da última segunda-feira, o trabalho da Liga Feminina de Combate ao Câncer foi homenageado na Câmara de Vereadores de Bagé. A proposta foi do vereador Carlinhos do Papelão (PTB). A entidade tem despesas ao redor de R$ 14 mil mensais e conta apenas com a colaboração de doações da comunidade por meio de campanhas, eventos, doações e das contribuições de seus 750 associados. “Estive acompanhando os atendimentos realizados pelas voluntárias da Liga, fiquei realmente comovido com tamanha dedicação aos portadores da doença, são pessoas carentes, quer seja de remédios, alimentos ou até mesmo de atenção psicológica, e lá eles recebem tudo isso”, afirma o vereador.

Sapiran Brito Deles temos um pouco A nobre vereadora Márcia Torres está propondo que se dê nome a uma rua de Bagé em homenagem ao Alaor. Graciosa proposta, mas não seria justo que só um fosse lembrado, deveríamos estender a lista para outros tantos que povoaram nossas ruas nos transmitindo alegria com seus trejeitos e manias e se tornaram marca registrada dessas verdadeiras personalidades. Particularmente, sempre tive encanto por alienados, considero-os figuras intocáveis e que devem ser por todos nós acarinhados, afinal, suas insanidades podem ser cotejadas com as nossas que não estão lá tão distantes das deles. Pesa a seu favor que eles são despidos de maldade e seus modos e costumes, via de regra, inofensivos à sociedade, além da graça que provocam nos divertindo. Nossa cidade está assinalada por nomes e personalidades que desconhecemos, muitos dos quais jamais puseram seus pés em Bagé. A maioria deles, nomes oriundos da política ou das armas. Por exemplo, por influência do velho Borges de Medeiros e seus adeptos fomos brindados sem que se auscultasse nossa vontade como uma série de nomes de figurões e efemérides que dizem respeito somente à antiga república. Os nomes poéticos que nossas ruas eram denominadas antigamente foram substituídos e, em seu lugar, entraram as batizadas ao gosto dos “amigos do rei”. O dia que for inaugurada a placa com o seu nome, fica convocado o doutor Décio Lahorgue para fazer o discurso. Ele que abastecia o Alaor com apitos adquiridos na antiga Marisa, comprava as dúzias, a Brigada tirava um e ele, discretamente, entregava outro ao nosso Alaor. Nesse dia, o doutor Décio irá ali na Waffá, comprará cinco quilos de apitos de plástico, distribuirá entre nós, todos simpatizantes da figura, que faremos não um minuto de silêncio, mas cinco minutos de silvados, trinados e qualquer outro barulho infernal que o apito possa produzir. Puxei pela memória e lembrei-me de alguns que mereceriam homenagem semelhante à proposta ao guarda de trânsito que se autonomeou. O meu preferido, “Tibúrcio”, podia virar metade da avenida Sete, a outra metade seria consagrada ao “Franquito”. Aquela travessinha ali do Calçadão receberia muito bem o nome do Serafim Laranjeira. A Flores da Cunha, a partir do Ginásio Perseverança, onde ele fazia ponto, seria rua “Caminha” e moldurada com seus desenhos. O “Carlinhos do Vassourão” seria o trecho da Caetano onde se localiza o Sambódromo, só não dividiria com o “Vampiro” porque me consta que esse roeu a corda e ficou certo. Lá em baixo, na Barão, perto da antiga Praça Duque de Caxias, seria divido entre a “Didoca” e a “Siá Toca”. O meu irmãozinho Jair ficaria nos Fundos da Rodoviária, na atual Barão do Itaqui, com isso já estariam homenageados sua mãe, a “Ninha”, e o “Maneco do Pandeiro”, autor do samba de um só verso: “Tá Morta a Cobra”. E por falar em barão, o “Barão”, faxineiro ambulante, tinha que pegar um trecho da Juvêncio Lemos. A outra parte ficaria com o “Coruja”, que exercia profissão similar e foi a figura popular mais votada a vereador em Bagé sem ser oficialmente candidato. A Sete, da Catedral em direção ao cemitério, deveria chamar-se “Continha”. O “Capincho”, que durante muito tempo circulou como entregador de jornal, poderia pegar da Catedral para cá, a partir do antigo Correio do Sul. Parte da Marcílio Dias, ali onde se localiza a Lotérica Luiz, deveria ser consagrada ao “Lucas”, “compra, desgraçado”. Este trecho da Ismael Soares, onde está a Padaria Continental, do Neco, poderia muito bem ser batizada de “Adelaide do Turbante”. Para resolver os problemas de tráfego que a engenharia não resolveu, parte da Santa Tecla poderia se chamar avenida “Direção”, quem sabe não diminuiria o risco que se transformou o transitar por aquela via. E por falar nisso, agora que está por inaugurar a avenida Leonel Brizolla, com todo respeito à memória da liderança, ali nas proximidades da Balança, poderia ter um trecho em homenagem ao “Bejeja” (Preguinho), que morava por ali e era pedetista de “cruz na testa”. O Jeférson ainda não tem currículo, ficaria aguardando. Já o meu pupilo Luis Antônio, pelo tamanho que está, podia receber a placa em frente ao Centro Administrativo que passaria a denominar-se “Largo Luis Antônio”. Eu já me sentiria homenageado, não tenho pressa, mas espero que reservem uma pra mim, de preferência próximo ao cruzamento Juvêncio Lemos e Barão do Triunfo, que era a rua do “Tem-Tem”. As sugestões que apresento são as que me vêm à memória. Vocês, meus leitores, devem ter outras tantas, afinal muitos não me vieram à lembrança, até porque cada dia que passa eu fico mais parecido com eles e almejo um dia atingir o patamar alcançado por essas figuras memoráveis que povoaram minha infância, juventude e maturidade. Meu carinho a todos eles, porque mesmo tratando-se de uma brincadeira, não se trata de deboche ou escárnio. Eles todos estiveram ou estão próximos da santidade.

facebook.com/JornalFolhaDoSul

CNPJ. 11.381.681/0001-00 Endereço: Rua Bento Gonçalves, 49-E/ Fones: Assinaturas: (53) 3242-1020 Redação: (53) 3311-3915 jornalismo.folhadosul@gmail.com anunciosfs@gmail.com www.jornalfolhadosul.com.br Impressão Correio do Povo

Direção Administrativa: Jônio Tavares Ferreira de Salles Neto Comercial: Leisa Soria Marketing e eventos: Fabiano Marimon Circulação: Aceguá, Bagé, Candiota, Dom Pedrito, Hulha Negra, Lavras do Sul e Pinheiro Machado REDAÇÃO - Editor Geral: Glauber Pereira Subeditor Geral: Felipe Valduga Repórter Fotográfico: Antonio Rocha - Chefe de Redação: Marcelo Pimenta Coordenadora Comercial: Camila Colunistas Colaboradores: Afonso Hamm - Dom Gílio Felício Soares Gerente de Circulação: Daniel Guasque Comercial: Fabiana Rodrigues -Edgar Muza - Josias Borges - Léo Vieira - Luiz Fernando Mainardi Revisão: Taisa Soares Reportagem: Emanuel Müller - Fernanda Mendonça - Luís Augusto Lara - Sérgio Meth - Waldir Alves Ramos Gilmar de Quadros - José Higino Gonçalves - Juliana Andina - Marcos Pintos Estagiária: Jéssica Pacheco Arte Final: Quélen Leal - Niela Bittencourt - Rochele Barbosa Diagramação: Cristiano Lameira e Vinícius Silva

EMPRESARIAL

Indicadores econômicos INDICADORES Salário Mínimo Salário Regional Global 40 TR CDI SELIC IPCA IPC IGP-M INPC

Valor R$ 678,00 R$ 770,00 128,31% 0,000% 6,94% 7,25% 0,86 1,15 0,29 0,92

Atualização 2013 2013 4 março 2013 4 março 2013 4 março 2013 16 janeiro 2013 16 janeiro 2013 10 out 2012 10 out 2012 10 out 2012

MOEDAS Dólar Comercial

Ivaniza inicia negócio com moda feminina

Avenida General Osório, 1327 Fone: 3312-4001

Venda

1,9795

1,9810 2,0400

Euro (em R$)

2,7178

2,7188

Libra (em R$)

2,9867

Pesos arg.(em R$)

0,3916

0,3921

Pesos Ur.(em R$)

0,1040

0,1030

Fotos: Antonio Rocha

Onde

Compra

1,9000

A empresária Ivaniza Vieira Rossato trouxe a experiência adquirida em Dom Pedrito - em 21 anos de dedicação ao setor de vestuário - para Bagé. Há três meses, ela decidiu apostar no mercado local, inaugurando a loja Faroo e Tato, na avenida General Osório, no belo prédio que sediou a Polícia Civil. Ivaniza foi proprietária das empresas Moda Caliente e Paraíso InfantoJuvenil, em Dom Pedrito, chegando a atender o consumo de toda a família. Em Bagé, o novo negócio começou dedicado à moda feminina, mas ela planeja ampliá-lo para comercializar, também, artigos masculinos. A loja Faroo e Tato apresenta uma política de Pintura valoriza prédio tradicional preços que atende diferentes demandas: do acessível ao sofisticado. Da mesma Lançamentos forma, a numeração é ampla: vai do “A moda Faroo e Tato é deJaquetas em couro vegetal, tamanho 36 ao 54. dicada a jovens, jovens-senhoras e blazers e muitas saias compõem o senhoras”, informa a proprietária. As mix da loja. Ivaniza mostra saias de calças jeans - que custam entre R$ todos os comprimentos: curtíssimas, 79,90 e R$ 200 - destacam modelos preferidas pelas adolescentes; execujustos e pantalonas. Esses produtos tivas e longas. Para compor o visual estão em evidência, assim como as feminino, as clientes encontram camisas do estilo usado pela per- diversos acessórios. Os cintos e as sonagem Helô, delegada da novela bolsas são as peças mais procuradas. da Salve Jorge (Globo). “Temos A loja também oferece colares, brincamisas que custam a partir de R$ cos e anéis. “Nossas bolsas custam a 79,90”, conta. partir de R$ 99,90”, acrescenta ela.

Faroo e Tato trabalha com todas as bandeiras de cartão de crédito e parcela as compras em até seis vezes. À vista há 10% de desconto.

3

Dólar turismo (em R$)

Experiência de 21 anos na loja Faroo e Tato

Condições de pagamento

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

NOTA DO BOM NEGÓCIO

A Morena Flor Moda e Acessórios está concluindo a promoção de bolsas, com descontos de até 70%. Revendedora exclusiva Kímica, a loja está localizada da avenida Tupy Silveira, 1624. Informações pelo 3311-4502.

2,9897

Josias Borges Espaço do Investimento

Rentabilidade nominal e rentabilidade real Toda pessoa que investe seus recursos em alguma empresa ou instituição, investe com expectativa de obter retorno sobre este investimento. A este retorno damos o nome de rentabilidade. A rentabilidade é a parcela de recursos que você pode ganhar por ter emprestado seu dinheiro e esperado um determinado tempo para resgatar estes recursos. Vamos ao exemplo: uma pessoa realizou um investimento de 10 mil reais e, através da taxa de juros contratada, obteve como retorno mil reais. Poderíamos então afirmar que o retorno deste investidor foi de 10%. Isso sem considerar Imposto de Renda sobre o lucro nem mesmo outras taxas administrativas. Neste caso, podemos afirmar que a rentabilidade nominal deste investidor foi de 10%. Agora que já sabemos o que é taxa nominal de um investimento, o que seria então a rentabilidade real? É simples. Rentabilidade real leva em conta a inflação. Digamos que neste mesmo período em que o investidor em questão obteve 10% de rentabilidade nominal, a inflação tenha sido de 5%. Neste caso, para saber a taxa real de retorno, é preciso fazer (basicamente) a seguinte subtração: (taxa nominal) 10 % - 5% (inflação). Fazendo isso, teremos a chamada taxa real de retorno, que nada mais é do que o retorno de um investimento além da inflação. Na prática, indica o quanto um investimento fez crescer o poder de compra dos recursos de um determinado indivíduo. Para tornar a explicação um pouquinho mais complexa, podemos incrementar o conceito de rentabilidade líquida. Neste caso, deveríamos levar em consideração o Imposto de Renda e todas as taxas envolvidas na negociação, entretanto, isso é assunto para outra coluna. O que vale muito a pena ser mencionado aqui, é que existem títulos que garantem ao investidor um retorno real sobre seus investimentos. É o caso dos títulos de inflação, que por natureza repõem ao investidor a inflação do período acrescido de uma taxa extra de juros. Interessante, não? Pense nisso e um ótimo dia.

4

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

POLÍTICA

Emanuel Müller

emamuller@gmail.com

Márcia Torres desabafa sobre projeto que dá nome de rua a Alaor

Bruna Netto/ Especial FS

Em nota oficial, a vereadora Márcia Torres (PT) manifestou-se sobre a polêmica em torno do projeto de lei que denomina a figura popular de Alaor Lima da Silva uma via pública em Bagé. “Eu não desisto daquilo que me proponho e daquilo que me comprometo com as pessoas”, afirma. A parlamentar argumenta que Alaor foi um cidadão que nunca foi desatendido pelos governantes por seus problemas mentais. E que o fato seria comprovado por depoimentos da sociedade. Márcia justifica que Alaor pregou a paz e a educação, inclusive no trânsito. “Mostrou, na prática, a cultura que um cidadão com problemas mentais pode conviver em sociedade como um fator de inclusão social”, destacou. O projeto da vereadora, inclusive, é tema da edição na página da FOLHA do SUL na internet esta semana. Márcia, entretanto, respondeu à polêmica com uma acusação forte. Sem citar nomes, relatou que “não daria um nome de rua esperando algo em troca,

como muitos políticos fazem para bancarem, depois, a parte financeira de suas campanhas”, disparou. Márcia reforça que seu trabalho é voltado na acolhida às pessoas, nas diferenças e nas etnias. Reitera que aceita críticas, mas pede que as pessoas provoquem o debate conhecendo as regras - no caso a Lei Orgânica Municipal e o regimento interno do Poder Legislativo. “Eu sinto muito se não agradei, mais nem Jesus agradou a todos, por isso digo: não tem no mundo algo que possamos fazer e agradar a todos”, ressalta. Márcia relata que também gostaria de fazer a homenagem a pessoas e personalidades de caráter humanitário e que muito fizeram pelo município, como os médicos Luiz Kalil, Breno Gasparri (falecidos este ano) e Álvaro José de Godoy (falecido em 2010). “Mas a Lei ainda não me permite. Eu a cumpro”, finaliza a vereadora. Vereadora diz que não faz projeto de nome de rua para bancar sua campanha política

Valores de R$ 2,9 milhões seguem bloqueados A Prefeitura de Bagé trabalha na tentativa de liberar os R$ 2,9 milhões que foram bloqueados pelo Tribunal de Justiça do Estado. Entretanto, até agora o valor não foi liberado. O procurador jurídico da Prefeitura, Luiz Fernando Meira, esclarece um detalhe importante. As contas do Município não estão bloqueadas. Os

valores que estavam na conta livre do Município foram repassados a uma conta específica, para o pagamento de precatórios, na qual o Tribunal de Justiça tem acesso. “A Prefeitura está efetuando pagamentos e recebimentos normalmente”, explica Meira. A expectativa é que haja uma medida administrativa, por parte do

TJ, para a liberação dos valores. O problema ocorreu porque o Município pagava valores destinados a dívidas trabalhistas junto ao Tribunal Regional do Trabalho e para o Tribunal de Justiça. A decisão do órgão judiciário determinou que os valores são destinados ao pagamento de precatórios de forma específica ao TJ.

Prefeitura quer implantar Conselho Municipal de Comunicação Social A proposta ainda está sob formatação do Governo Municipal. Mas a ideia de implantar em Bagé o Canal da Cidadania deverá resultar na criação do Conselho Municipal de Comunicação Social. Um dos pré-requisitos para que a emissora atue é a constituição do órgão. Ainda não há uma definição sobre estrutura e funcionamento. Mas já há equipes na Prefeitura atuando no assunto. Aliás, a coordenadora de

Comunicação Social da Prefeitura, jornalista Marcela Mello, esteve na sessão da Câmara de anteontem. E deverá estar presente a partir de agora em todas as sessões. O objetivo é o assessoramento da bancada situacionista com informações do Governo Municipal. O projeto do Canal da Cidadania veio à tona no começo do ano, em proposta do vereador Uílson Morais (PMDB) ao Executivo. A emissora faz parte do conjunto de

canais públicos explorados por entes da Administração Pública direta e indireta em âmbito federal, estadual e municipal, e por entidades das comunidades locais, dentro do Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD). Serão quatro faixas de conteúdo: a primeira para o Poder Público municipal, a segunda para o Poder Público estadual e as outras duas para associações comunitárias, que ficarão responsáveis por veicular programação local.

Edgar Abip Muza Muza Visão Geral O Feliciano me faz feliz Desculpem o trocadilho, mas o deputado, pastor Feliciano, me faz feliz. Endureceu o queixo defendendo seu direito. Ontem pela manhã, se reuniu com os líderes dos diversos partidos que, na semana passada, haviam solicitado o encontro. Não conseguiram convencê-lo a renunciar ao cargo para o qual foi eleito, unanimemente, pelos seus pares. Ele está respaldado no regimento interno da câmara. Só sai se quiser. Não tem lei que o obrigue a sair. A única coisa que conseguiram foi que as sessões da comissão voltem a ser aberta ao público. Agora, atentem: na primeira “bagunça” organizada pelos manifestantes ele poderá evacuar o recinto. Ali ele é autoridade maior. Vou transcrever a matéria, na íntegra, que “colei” na internet: “Marco Feliciano diz que só deixa comissão se Genuíno sair da CCJ”. “Líderes partidários se reuniram por duas horas com o parlamentar, que reafirmou que não renunciará à presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Por causa dos protestos, Feliciano havia vetado a presença do público na comissão. Como já era esperado, as quase duas horas de reunião para tentar convencer o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) a renunciar à presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara não tiveram efeito. Mesmo após a insistência dos líderes partidários e também do presidente da Câmara para que Feliciano deixe o comando da comissão, o parlamentar manteve-se irredutível. A conversa, realizada no fim da manhã desta terça-feira, resultou em apenas uma mudança: as reuniões presididas pelo parlamentar voltarão a ser abertas ao público. O colégio de líderes acabou se dividindo sobre a permanência de Feliciano, o que lhe deu ainda mais argumentos para que continuasse no cargo. Na reunião, o pastor chegou a ironizar que só deixaria a presidência da comissão se João Paulo Cunha e José Genuíno, ambos do PT de São Paulo, saíssem da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Os dois parlamentares foram condenados no julgamento do mensalão e podem perder o mandato ainda neste ano. A reunião ocorreu sob clima de forte tensão. Eleito, legitimamente, o diálogo é a única forma que os deputados têm para convencer Feliciano a renunciar. No encontro, agendado há duas semanas, pelo presidente da Casa, representantes de alguns partidos, como do PSOL, do PT e do PPS, fizeram o apelo por um novo comando. Além desses partidos, grupos pedem a renúncia de Feliciano sob a acusação de que o parlamentar manifestou opiniões racistas e homofóbicas. Líderes de PMDB, PR, PSD, PRB e PMN defenderam que o pastor tinha o direito de continuar no cargo. Alguns líderes não chegaram a se pronunciar diante da insistência do pastor em continuar. O PSDB tomou uma decisão partidária de nem sequer participar do encontro após avaliar não haver saída regimental para resolver o problema”.

Voltei É a tal coisa: não se dá moral de cueca. Era o que queriam alguns líderes. Primeiro, a Câmara resolveu dar posse ao Zé Genuíno. Lá, já estava o João Paulo Cunha, ambos condenados pelo Supremo. Ainda, desaforadamente, a Câmara deu posse a ambos na Comissão de Constituição e Justiça. Ora, ainda queriam que o Feliciano renunciasse? Estou torcendo por ele, não pelo que ele defende, mas pelo direito que tem de pensar e agir. Sentou os garrões no chão, como diria um bom gaúcho. E está se tornando conhecido no Brasil inteiro. O que irá acontecer daqui para a frente cada vez que acontecer reuniões da comissão presidida por ele? Talvez, na primeira, possa haver uma tentativa de bagunça. Depois volta ao normal. Até mesmo porque a ameaça de seu partido (PSC) de lançá-lo à presidência da República deve ter repercutido no governo. Perder um “parceiro” na véspera de eleição não deve ser nada agradável. O “time” que está por trás dos “bagunceiros” será aconselhado a “baixar a bola”. O PT já tem a ameaçada saída do Campos (PSB), se juntar o Feliciano, aí sim, “o bicho pega”. Concordam ou não?

POLÍTICA

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

5 Antonio Rocha

Dudu destaca que busca “medidas políticas e administrativas corretas”

Primeiros 100 dias do novo governo são marcados por readequação à realidade financeira Embora enfrente temas polêmicos, como a possibilidade de uma CPI na Câmara de Vereadores para investigar as obras na Barragem da Arvorezinha, a negociação com o funcionalismo municipal visando ao reajuste da categoria e as dificuldades financeiras enfrentadas pela Prefeitura, o prefeito de Bagé, Dudu Colombo, não perde a calma. Mas as duas palavra do momento no dicionário do chefe do Executivo são adaptação e adequação. No dia de hoje, a nova gestão completa 100 dias. Dudu sabe que precisa enfrentar a realidade da maioria dos municípios brasileiros, que no primeiro quadrimestre de 2013 estão com dificuldades financeiras. “Trabalhamos muito para

encontrar saídas. Temos a certeza que passaremos por esse momento como foi na crise de 2009, quando conseguimos superar as dificuldades e, ainda, realizar grandes projetos”, ressalta o prefeito. O Município ainda enfrenta o problema do bloqueio de valores - R$ 2,9 milhões - pelo Tribunal de Justiça do Estado, destinados a pagamento de precatórios cuja sentença é oriunda do TJ. A tarefa não é fácil. Dudu encontra dificuldades para aprovar a criação de três secretarias (Turismo, Segurança Pública e Geral de Governo) no Legislativo. Recebe críticas por não conseguir definir, até agora, um índice de reajuste ao funcionalismo - uma categoria com 4 mil pessoas em Bagé. A Prefeitu-

ra recebeu auditores do Tribunal de Contas do Estado, nas últimas duas semanas, verificando toda a situação administrativo-financeira do Município. O chefe do Executivo sabe que é complicado aprovar a criação das novas pastas enquanto há adaptações feitas na própria gestão para adequar o valor da receita corrente líquida aos padrões determinados pela Lei de Responsabilidade Fiscal - a Prefeitura encerrou 2012 com um percentual acima de 56%, quando o limite máximo é 54%. “Para todas as dificuldades que têm surgido, temos buscado medidas políticas e administrativas corretas, conforme a situação, dentro da normalidade da gestão pública”, argumenta o prefeito.

Preocupação com dívidas anteriores Dudu não analisa a criação das secretarias como a dor de cabeça política do início de sua nova administração. “São prerrogativas regimentais dos vereadores que provocam um retardamento no processo. Mas espero que, em breve, tenhamos ferramentas próprias dentro

do governo para alavancar projetos na área do Turismo, da Segurança Pública, assim como o desenvolvimento de ações dentro da própria estrutura do governo com a Secretaria Geral”, ressalta. As dificuldades maiores, conforme o prefeito, são a dívida com os precatórios - que

provocaram, inclusive, o bloqueio de contas da Prefeitura há cerca de 10 dias - e as dívidas previdenciárias. “Isso é motivo de preocupação, pois são débitos não da nossa gestão, mas ocorridos ao longo dos anos, inclusive do século passado”, afirma o chefe do Executivo.

Prefeito quer concluir planejamento estratégico para o restante do mandato até fim do semestre

Projeção Para os próximos 100 dias, Dudu projeta muito trabalho. A intenção é concluir a montagem do planejamento estratégico para o restante do mandato. A expectativa

é terminar o cronograma até o final do primeiro semestre. “Queremos vislumbrar toda a gestão da máquina pública, das políticas sociais e da infraestrutura”, ressalta Dudu.

6

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

Mercado agrícola Produtos

RURAL

Acompanhamento de preços recebidos pelos produtores do Rio Grande do Sul Unidade Mínimo Médio Valores em reais

Arroz em Casca Feijão Milho Soja Sorgo Granífero Trigo Boi para Abate Cordeiro para Abate Suíno Tipo Carne Vaca para Abate Leite (valor líq. recebido)

50 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg 60 Kg Kg vivo Kg vivo Kg vivo Kg vivo Litro

30,00 90,00 25,50 54,30 21,60 30,00 3,20 3,30 2,10 2,80 0,66

Máximo

31,25 120,67 27,43 56,02 21,87 31,04 3,27 3,30 2,10 2,80 0,66

18.03.2013 a 22.03.2013

33,00 145,00 30,00 58,00 22,00 38,00 3,30 4,00 2,70 3,00 0,83

Fonte: EMATER/RS-ASCAR

Dano no galpão que abriga Beef Summit Sul discute futuro da pecuária equipamentos do projeto da de corte e premia personalidades do setor Divulgação/FS agroindústria preocupa produtor Porto Alegre foi sede, na úlAntonio Rocha

Secretário garante que reparo no galpão será feito em breve

por Marcelo Pimenta e Silva Recentemente, um produtor rural de Bagé entrou em contato com a redação do jornal FOLHA do SUL preocupado com as condições da Packing House e de equipamentos como a máquina de classificação de frutas que estão abrigadas no complexo da Casa do Produtor. O produtor que preferiu manter o anonimato, afirmou que um portão do galpão, onde estão os equipamentos, estaria danificado há meses e que isso poderia resultar em prejuízos para o material. “São equipamentos caros que foram destinados para a tão sonhada agroindústria e que podem, por exemplo, se perder pela exposição ao sol e a chuva”, comentou a fonte. A reportagem entrou em contato com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Bagé, Alencar Dal Molin, que explicou que o gal-

pão que abriga as máquinas para a agroindústria teve o portão dos fundos deslocado no vendaval do dia 25 de dezembro do ano passado. Segundo Dal Molin, não há risco de prejuízos para os equipamentos, pois eles não estão expostos às intempéries. “Já estamos tratando do assunto e realizamos uma avaliação junto aos engenheiros da Prefeitura e da Secretaria de Coordenação e Planejamento do município de Bagé (Scoplan) para que eles emitissem um orçamento para o conserto desse portão”, declara o titular da pasta do Desenvolvimento Econômico. Conforme Alencar Dal Molin, o portão não caiu, ele está deslocado e será arrumado em breve. “Acredito que dentro de pouco tempo iremos consertá-lo, pois já há as tratativas para a licitação desse reparo”, garante.

tima sexta-feira, do Beef Summit Sul, evento com formato inédito organizado pelo Beef Point e Associação Brasileira Hereford e Braford (ABHB) e que contou com a presença de mais de 400 pessoas no Teatro do CIEE. O evento teve como objetivo abordar a atualidade e o futuro da cadeia produtiva da carne. Com a presença de palestrantes de nível internacional de diversos setores da cadeia produtiva da pecuária. O Beef Summit Sul contou com a participação do presidente da ABHB, Fernando Lopa, que abordou o trabalho desenvolvido da associação. Já o gerente do Programa Carne Certificada Pampa®, Guilherme Dias, mostrou um estudo de caso de programa de carne de qualidade focado em diferenciação, segurança e rastreabilidade, mostrando o case de sucesso do programa de certificação oficial das raças Hereford e Braford. No final do evento, houve a entrega do prêmio Beef Point às personalidades que fazem a diferença na pecuária de corte brasileira. Em um primeiro momento, os destaques foram eleitos através de um formulário divulgado pelo

Joal Brazzale Leal recebeu homenagem pelo trabalho desenvolvido em genética, melhoramento e reprodução

Beef Point. Em uma segunda etapa, o público escolheu, através de votação, o vencedor de cada categoria. Um dos homenageados foi o pesquisador da Embrapa Pecuária Sul, Joal Brazzale Leal. Leal foi o vencedor na Ca-

tegoria Profissional – Genética, Melhoramento e Reprodução, principalmente em decorrência das inúmeras contribuições do pesquisador para o desenvolvimento e a melhoria da qualidade da produção pecuária no Brasil.

do Rio de Janeiro, e com mestrado na Universidade Federal de Minas Gerais, o pesquisador desenvolveu atividades em diferentes áreas, como reprodução animal, produção animal, inseminação artificial, melhoramento genético, entre outras. Segundo o pesquisador, entre suas maiores contribuições para a pecuária está a consolidação das raças sintéticas Braford e Brangus, hoje, uma realidade e uma opção para pro-

dutores de todo o país. “Gostaria de salientar que ninguém ganha prêmio sozinho. Faz parte de um processo coletivo, que envolve desde os trabalhadores que atuam no campo na Embrapa, os colegas pesquisadores e os produtores rurais”, ressaltou Leal. Além de pesquisador, Joal Leal é atuante em julgamentos de gado de corte em exposições, tendo participado de mais de 140 eventos no Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina.

Quase 50 anos de trabalho pela pecuária de corte Joal Brazzale Leal desenvolve pesquisas com pecuária de corte há quase meio século. Em 1964, ele ingressou no Ministério da Agricultura, atuando na Fazenda Experimental Cinco Cruzes, em Bagé, que, em 1975, foi transformada na Embrapa Pecuária Sul. Joal Brazzale Leal, além das atividades de pesquisador, foi em duas oportunidades chefe geral do Centro de Pesquisa. Formado em Veterinária, pela Universidade Rural

GERAL

QUARTA-FEIRA

7

10 de abril de 2013

Vazio urbano no bairro Menino Deus causa problemas aos moradores Fotos: Antonio Rocha

Moradores do bairro Menino Deus convivem, há anos, com problemas como lixo, pasto alto e um buraco que acumula água. O problema é fruto de um grande vazio urbano, que não é cercado e nem recebe manutenção. Os detritos, como restos de animais mortos, lixos domésticos, móveis, pneus, sobras de construção e sucata são depositados por residentes da região e por demais pessoas que vão até o local. Já o buraco, foi feito pelo Departamento de Água e Esgoto de Bagé (DAEB), e como a obra, que seria uma estação de tratamento de esgoto está abandonada, oferece perigo às crianças do entorno, que usam a água para tomar banho no verão. A segurança dos moradores também é colocada em risco com as condições do terreno. De acordo com relatos, usuários de droga ocupam o espaço durante a noite e assaltantes se aproveitam da falta de visibilidadepara montar esconderijo. “É um corre-corre aqui de noite. Várias vezes tivemos que chamar a polícia”, conta a estudante Vanessa Fernandes Martins. A pensionista Zulma Cunha, que mora na esquina do vazio, diz que já chegou a capturar um mosquito suspeitando ser da dengue, por ter o acúmulo de água perto da sua residência. “Eu achei o inseto diferente e mandei para análise. O resultado deu negativo”, conta. Outro incômodo também é causado pelo mau cheiro decorrente do lixo. “No verão é insuportável”, afirma.

A estudante diz que muitas vezes foi atrás dos que estavam fazendo o depósito de materiais e pediu para que a ação não fosse feita, mas a solicitação não teve resultado. “Eles colocam até animais mortos aqui. A gente pede, mas não adianta”, frisa. Ela comenta que já fez denúncia e tem fotos que comprovam a ação, mas nunca obteve um retorno. A propriedade do terreno não foi confirmada, porém, segundo Vanessa, o espaço seria de uma empresa de ônibus - a garagem fica próxima ao local. A moradora recolheu assinaturas para que o campo fosse fechado e limpo, no ano passado, e levou até a empresa, porém não foi recebida na ocasião. A reportagem tentou entrar em contato, por mais de uma vez, com a possível proprietária, mas não obteve retorno. Lixo está espalhado pelo terreno

Projeto sem execução

Sobre o buraco, que foi aberto pelo DAEB, as vizinhas relataram que após a queda de uma criança, resultando em machucados, o órgão colocou sinalização no local, porém os objetos foram furtados. “Eles já colocaram, por duas vezes, postes e cercas, mas as pessoas roubam”, lembra Vanessa. A assessoria de imprensa do DAEB informou que o buraco se destina à construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que faz parte da obra de saneamento básico dos bairros Alcides Almeida e Mingote Paiva. E que, nos últimos anos, por duas vezes, o contrato com

as empresas licitadas para executar o empreendimento foi rescindido. Recentemente, uma nova empresa foi licitada, a Portosan Construções Ltda. Na manhã de ontem, o diretor do Departamento, Antônio Kiwal Parera, se reuniu com representantes da Caixa Econômica Federal, gestora do recurso. Na ocasião, foi definida a retomada da obra. Ficou determinado que a equipe técnica do órgão deverá entrar em contato com a empresa para acertar a data de início das atividades, com a implantação da rede coletora e priorizando a conclusão da ETE.

Estudante comenta que já buscou resoluções para o fato, porém sem sucesso

Zulma diz que não se sente segura

8

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

REGIÃO

Hulha Negra

Levantamento dos prejuízos do temporal deve ser concluído hoje Os estragos resultantes do temporal que atingiu Hulha Negra, na semana passada, ainda não foram contabilizados em sua totalidade. Segundo o prefeito, Erone Londero, o Executivo aguarda uma definição quanto aos prejuízos para tomar as devidas providências. “Temos uma avaliação breve, como o número de casas atingidas, e auxiliamos no que foi possível. Contudo, a Emater ainda realiza a coleta de dados junto às áreas de produção”, informou. Em Hulha Negra, a destruição atingiu, principalmente, as localidades de Salvador Jardim, Nova Esperança, Sanga dos Vimes e o assentamento Capivara. O vento forte destelhou mais de 30 casas e arrancou árvores. O granizo destruiu estruturas e a chuva atingiu precipitações de 130 milímetros em alguns pontos. A escola municipal Nova Esperança, inclusive, cancelou as aulas por ter suas estruturas afetadas.

Divulgação/FS

As secretarias de Administração e de Obras e Serviços Públicos, de Candiota, desenvolvem, nos próximos dias, um roteiro de audiências públicas. O objetivo é colher as proposições da comunidade para a construção do Plano Plurianual (PPA) do período de 2014 a 2017. A ação também busca a composição das propostas para a Conferência das Cidades, que acontece em 22 de maio, no CTG Batalha do Seival. Para o secretário de Obras, Artêmio Parcianello, que é um dos coordenadores dos trabalhos, é importante que a população se mobilize. “Através do Plano, as discussões

acerca do destino dos recursos públicos dos próximos quatro anos acontecem de forma lúcida, responsável, democrática e participativa, levando em conta interesses coletivos e não individuais”, frisou. O chefe de gabinete, Adriano dos Santos, que também coordena as ações do PPA, destaca que o Plano é uma forma de ampliar a participação popular na formulação de políticas públicas. “Este é o processo pelo qual o prefeito apresenta à sociedade as suas diretrizes e também ouve as necessidades sociais, seus problemas e soluções, que podem ser incluídas no programa de governo”, destacou.

Confira a agenda Principais pontos atingidos foram na zona rural

Londero relata que se os prejuízos comprometerem mais de 8,33% do orçamento anual da Prefeitura é possível que seja decretado

situação de emergência. “Acredito que, até esta quarta-feira (hoje), possamos ter estes dados completos em mãos”, concluiu.

Conferência Municipal da Cidade de Dom Pedrito acontece amanhã A Prefeitura de Dom Pedrito apresentou, na última semana, a programação oficial da Conferência Municipal da Cidade. A atividade está agendada para ocorrer nesta quinta-feira, junto ao Country Club. Cada cidade do Rio Grande do Sul deve realizar sua conferência até 1º de junho, com a meta de formular propostas de políticas, debater o Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano e eleger a delegação para a Conferência Estadual, que ocorre entre 15 e 17 de agosto, no Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre. As conferências - municipal e estadual - integram a 5ª Conferência Nacional das Cidades, que este ano terá a temática “Quem muda a cidade somos nós: Reforma Urbana Já” e será realizada entre os dias 20 e 24 de novembro, em Brasília. O objetivo é debater, construir e implementar o Sistema Nacional de Desenvolvimento Ur-

Candiota inicia tratativas do Plano Plurianual

bano, que busca integrar, consolidar Municipal) às políticas de moradia e definir os papéis dos entes fede- digna, mobilidade, saneamento e rados (Governo Federal, Estadual e planejamento urbano.

Programação 8h – apresentação, credenciamento e solenidade de abertura; Painel de Palestras 8h30min - “Impactos dos instrumentos do Plano Diretor Municipal de Dom Pedrito, na promoção da reforma urbana”; Palestrantes Rudimar Tonini Soares – promotor de Justiça de Dom Pedrito; Cláudia Damásio – arquiteta e urbanista – Latus Consultoria, Pesquisa e Assessoramento de Projetos Ltda.; 10h30min – intervalo coffe break; 10h45min – “Políticas de Integração dos Municípios, Frente às Novas Propostas de Reforma Urbana”; Palestrantes Aurélio Froener – engenheiro civil – diretor do Departamento de Desenvolvi-

mento Urbano – Secretaria de Habitação e Saneamento RS; Carlos Roberto Comassetto – engenheiro agrônomo – vereador Câmara Municipal de Porto Alegre; 12h – almoço; 13h – “Urbanismo, Arborização e Saneamento Básico”; Palestrantes Leonardo Paz Deble – biólogo – Universidade Federal do Pampa, Campus de Dom Pedrito; Companhia Estadual de Saneamento Corsan. 15h – coffe break; 15h15min - organização dos grupos de trabalho por tema; 16h15min – apresentação e defesa das propostas; 16h45min – votação das propostas e escolha dos delegados; 17h - encerramento.

12/04 – 19h, na Associação de Moradores do bairro João Emílio; 17/04 – 13h30min, no Centro Comunitário do assentamento 20 de agosto; 19h, no PTG Combate do Seival; 26/04 – 13h30min, no Centro Comunitário do assentamento Santa Marta; 19h, no Sindicato dos Mineiros; 03/05 – 13h30min, no Centro Comunitário do assentamento Santa Lúcia; 19h, no Clube Social Recreativo Candiota, na Vila Residencial; 10/05 – 19h, no CTG Batalha do Seival, na Vila Operária.

Município conta com 148 empresas cadastradas no Nota Fiscal Gaúcha A Prefeitura de Dom Pedrito desenvolve ações de incentivo à emissão de notas fiscais. O objetivo, com isto, é elevar a arrecadação e gerar mais investimentos. Um dos projetos aplicados é referente ao programa Nota Fiscal Gaúcha, criado, este ano, pelo Governo do Estado. A chefe do setor de ICMS, Caroline Simões Corrêa, explica que o programa incentiva a parceria entre Estado e sociedade na arrecadação e aplicação de recursos públicos, além de fomentar a cidadania ativa na valorização social do tributo, no qual o cidadão pode indicar entidades das áreas de saúde, educação, esporte e assistência social para receberem repasses de recursos, que serão aplicados em seus projetos. “A adesão dos comerciantes ao programa está sendo satisfatória. A partir do ano que vem essa participação será obrigatória. Em apenas

três meses, 148 empresas estão cadastradas em Dom Pedrito” relata. Para participar, basta informar o CPF no momento da compra, depois, cadastrar-se no site indicando entidades sociais para serem beneficiadas. Serão gerados pontos que dão direito a cautelas. Os prêmios variam de R$ 50 a R$ 100 mil mensais, sendo também um prêmio de R$ 1 milhão sorteado anualmente. Quanto mais cidadãos participarem, maiores serão os repasses do Tesouro do Estado. Caroline informa, ainda, que já neste primeiro semestre, será implantado um projeto de educação fiscal, o qual está em fase de encaminhamento à Câmara de Vereadores. “A idealização é uma parceria das secretarias de Educação e da Fazenda, visando trabalhar a questão tributária com alunos do município”, aponta.

GERAL

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

9

Eletricitários da CEEE Outono deve ter podem entrar em greve temperaturas Assim como aconteceu na última segunda-feira, os eletricitários que trabalham na Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) vão paralisar, hoje, mais uma vez as suas atividades, por pelo menos duas horas. O protesto acontece das 8h às 10h. O motivo é a falta de acordo entre a Estatal e a categoria, que reivindica, entre outras questões, aumento salarial. A proposta do Sindicato

dos Eletricitários do Rio Grande do Sul (Senergesul) é de 10% mais INPC, incidindo em todas as cláusulas econômicas. De acordo com o presidente da delegacia do Senergersul em Bagé, Marco Aurélio Bastos, a CEEE propôs o índice de 0% de ganho real. A Companhia também não se mostrou favorável a renovar o percentual de participação no Programa de Participação nos Resultados

(PPR) da empresa. Após dois encontros entre empresa e os representantes sindicais, as paralisações começaram em todo Estado. Caso, mais uma vez, em assembleia realizada na capital, hoje, não houver acerto, os trabalhadores podem entrar em greve. “Existe o indicativo de greve, que será confirmado ou não após o término da reunião”, esclareceu Bastos.

Simba convoca assembleia

Arquivo/FS

abaixo do padrão

O outono, que começou com temperaturas abaixo do padrão climatológico, deve permanecer dessa forma. Assim como ocorreu nos meses de fevereiro e março, as temperaturas máximas e mínimas, na maior parte do Estado, não alcançaram a média da estação, de acordo com informações do Centro de Pesquisas e Previsões Meteorológicas (CPPMet). Uma das causas desse fenômeno é a Temperatura da Superfície do Mar (TSM) no Pacífico Equatorial que, no segundo mês do ano, teve áreas com anomalias negativas. Devido à combinação desses fatores, os meses de abril, maio e junho devem ter chuvas irregulares, condição que favorece as temperaturas menos elevadas. As mínimas devem perma-

necer abaixo da média no mês de maio. Já as máximas, de abril e junho, estarão dentro do padrão climatológico em todo o Estado. Apesar dessas previsões, devem ocorrer pequenos períodos com temperaturas elevadas, especialmente em dias que antecedem a entrada de frentes frias. Na cidade, até sexta-feira, as temperaturas máximas devem ficar entre 24º e 27º. As mínimas entre 11º e 17º. A chuva deve chegar na quinta-feira e se estender até sexta-feira à noite. No final de semana, apesar do tempo seco, as máximas caem e ficam nos 21º, com mínimas entre 5º e 8º. Na próxima semana, o tempo deve permanecer seco, com pancadas de chuvas previstas para o dia 16 e temperaturas que chegam aos 25º.

Nos meses de abril e maio, as precipitações ficam pouco abaixo do padrão climatológico em grande parte do Rio Grande

do Sul. Em junho, as precipitações tendem a estar dentro do padrão climatológico na maior parte do Estado.

Chuvas

O Sindicato dos Municipários de Bagé convoca os funcionários públicos para assembleia no dia 18 de abril. A pauta do encontro é a indefinição do percentual

de reajuste da categoria. Na última sexta-feira, a diretoria do Simba se reuniu com o Executivo, que adiou a divulgação de um percentual. A assembleia ocorrerá na sede do sin-

dicato, na rua Caetano Gonçalves, 963. O vale-alimentação também está em pauta. A primeira chamada é às 17h e a segunda e última às 17h30min.

Inicia hoje o período de inscrições para o concurso destinado à contratação de professor auxiliar para a Universidade Federal do Pampa (Unipampa). O prazo vai até o dia 28 de abril. O processo disponibiliza 63 vagas e os salários variam de R$ 3.594 (com graduação) e R$ 8.049 (com doutorado). As vagas são para formados em diversas áreas e contemplam

os campi de Caçapava do Sul, São Gabriel, Alegrete, Bagé, Dom Pedrito, Itaqui, Jaguarão, Santana do Livramento, São Borja e Uruguaiana. A maior parte das oportunidades é para graduados em Engenharia. Contudo, ainda têm chances os graduados em cursos como Música, Matemática, Física, Química, Geologia, Agronomia, Nutrição, Letras, Química Industrial, Quími-

ca, Ciências Econômicas, Comunicação Social, Medicina Veterinária, Farmácia, Ciências Biológicas, Educação Física e Fisioterapia. Para concorrer, o único requisito é ser formado, com nível de graduação. Mesmo assim, haverá concorrência com pontos por titulação. As inscrições devem ser feitas pela internet, no site www. unipampa.edu.br.

Unipampa abre concurso com 63 vagas para professor auxiliar

10

QUARTA-FEIRA

10 de abril de 2013

ENTRETENIMENTO

A Lua em seu signo faz um tenso aspecto com Plutão e você pode sentir-se mais denso e fechado. Essa energia é passageira, mas você deve estar atento para a sutil mensagem que ela traz a você. Nada de adiar uma mudança.

A Lua entra em Áries e, unida a Plutão, pode trazer à tona emoções mais pesadas ou mais profundas. Você pode ficar chateado com um amigo(a) ou com seu amor. Procure não levar nada tão à sério, pois essa energia é passageira.

A Lua entra em Áries e, unida a Plutão, pode deixar você um pouco mais fechado e meio baixo astral. Pegue leve nas atividades no dia de hoje, pois sua energia está mais baixa. Ótimo momento para os estudos e leituras.

A Lua entra em Áries e, em tenso aspecto com Plutão, pode trazer à tona um problema de relacionamento em seu trabalho. É possível que você se chateie, mas procure não levar tão à sério, pois essa energia é muito passageira.

A Lua entra em Áries e faz um tenso aspecto com Plutão, podendo trazer um pequeno problema à tona. Um amigo pode estar passando por dificuldades e precisar de sua ajuda. Evite o burburinho social.

A Lua entra em Áries e, em tenso aspecto com Plutão, pode trazer à tona emoções não muito bem vindas por você. O amor ou um romance pode estar incomodando seu coração, mas procure não dar tanta importância.

A Lua entra em Áries e, em tenso aspecto com Plutão, pode trazer à tona um pequeno problema relacionado à sua carreira ou a um projeto. Se houver tensão no dia de hoje, saiba que ela é passageira. Mantenha a calma.

A Lua entra em Áries e, em tenso aspecto com Plutão em seu signo, pode trazer à tona um mal estar vivido em família há algumas semanas. Procure não dar muita importância ao fato, pois essa energia é passageira.

A Lua entra em Áries e, em tenso aspecto com Plutão, pode gerar um pequeno problema em um projeto que envolva pessoas de cultura diferente da sua. Solucione o que for necessário calmamente, pois a energia é passageira.

A Lua entra em Áries e faz um tenso aspecto com Plutão, aprofundando emoções e pensamentos. Não se deixe levar pelo pessimismo, pois essa energia é passageira. O momento é ótimo para aprofundas os estudos.

A Lua entra em Áries e, unida a Plutão, pode aprofundar pensamentos e sentimentos. Um relacionamento pode ganhar importância extra no dia de hoje também. Um pequeno problema financeiro pode preocupar você.

A Lua entra em Áries e, em tenso aspecto com Plutão, pode trazer à tona uma preocupação com dinheiro. Se puder adie qualquer decisão para amanhã, pois essa energia é passageira demais para você levá-la tão a sério.

Cassiano conta para Ester tudo o que passou durante os sete anos em que esteve preso no Caribe. Ester fica confusa e prefere se afastar de Cassiano. Juliano convida Natália para sair de barco. Donato resolve ir para o mar sozinho, sem Juliano, que fica preocupado. Duque explica a Cassiano o motivo de ter falsificado seu atestado de óbito, revelando que sua intenção era salvar o piloto. Bibiana fica apavorada com a tempestade que se forma e Donato no mar sem dar notícia. Candinho encontra Ariana. Alberto vai à casa de Cassiano.

Juliana chega à casa de Felipe, impedindo Dino de conversar com ele. Roberta pede para Charlô aconselhar Juliana. Felipe comemora a briga entre Juliana e Nando. ZRoberta pede para Vânia convencer Juliana a aceitar que Nando seja o modelo de sua empresa. Nando leva Dominguinhos para sair pela cidade, e Charlô decide segui-los. Charlô e Zenon perseguem Nando e Dominguinhos. Juliana reclama do noivo para Olívia. Roberta decide contar sobre os diamantes para Felipe. Dominguinhos e Nando voltam para a mansão, e Charlô tenta descobrir aonde foram.

Helô convence Morena a conversar com Théo. Almir conta para a delegada sobre a evolução de Jô na missão e avisa sobre Riva, nova integrante da quadrilha. Morena cobra uma explicação de Théo sobre a denúncia de Lívia. Érica manda um recado para o marido por Áurea. Russo e Irina conhecem Riva. Mustafa vê uma joia de Berna na vitrine de uma loja e desconfia. Wanda vê as fotos de Aída e Nunes. Zyah fala para Bianca que não abandonará Ayla. Lívia insiste em continuar acusando Théo. Helô recrimina o ex-marido por pensar em depor a favor de Lívia. A delegada avisa a Morena que Jéssica não irá com ela para Turquia.

FILMES EM CARTAZ João e Maria: Caçadores de Bruxas (leg) - 19:00 Dezesseis Luas (dub) - 21:00

ANIVERSÁRIOS - Helena Siefert Matos, filha de Dina e Airton Matos - Zeca Brito - Andressa Lucas Ribeiro

- Luís Epifânio Dutra Mello - Alícia Teixeira de Carvalho

00:10 Jornal da Globo 00:45 Programa do Jô 02:15 Linha do Tempo 03:05 O Forasteiro 04:55 Sagrado 05:00 Telecurso 05:55 Globo Rural 06:30 Bom Dia Rio Grande 07:30 Bom Dia Brasil 08:30 Mais Você 09:55 Bem Estar 10:35 Encontro com Fátima Bernardes 12:00 Jornal do Almoço 12:50 Globo Esporte 13:20 Jornal Hoje 13:50 Vídeo Show 14:40 O Profeta 15:45 Barcelona x PSG - Vivo 17:50 Malhação 18:20 Flor do Caribe 19:10 RBS Notícias 19:30 Guerra dos Sexos 20:30 Jornal Nacional 21:00 Salve Jorge 22:00 Copa Libertadores: Grêmio x Fluminense 00:00 Agora é Tarde 01:00 Jornal da Noite 01:45 Claquete 02:45 Festival de Desenhos 04:00 Igreja Mundial 06:00 Igreja Mundial 06:50 1º Jornal 07:30 Imóvel Class 08:00 Dia Dia 09:10 Mighty B! 09:35 Danny Phantom 10:00 True Jackson 10:25 Kenan & Kel 10:50 I-Carly 11:10 Jogo Aberto 12:30 Jogo Aberto RS 13:10 Brasil Urgente RS - 1ª Edição 14:00 Ponto de Luz 15:00 Futurama 15:15 Barcelona x PSG 17:40 Brasil Urgente 18:50 Band Cidade 19:20 Jornal da Band 20:25 Momento da Sorte 20:28 Show da Fé 21:20 Pré-Jogo 21:30 Flamengo PI x Santos - Vivo 00:45 Jornal do SBT 01:30 Dois Homens e Meio 02:00 The Big Bang Theory 02:45 História Fora do Normal 03:30 Cadê Você, Chelsea? 04:00 Jornal do SBT 07:00 SBT Rio Grande 07:30 Carrossel Animado 09:00 Bom Dia & Cia 12:10 SBT Rio Grande 12:45 Três é Demais 13:15 Arnold 14:00 Chaves 14:30 Rosalinda 15:30 Cuidado com o Anjo 16:30 A Usurpadora 17:30 Casos de Família 18:30 As Visões da Raven 19:20 Eu, A Patroa e as Crianças 19:45 SBT Brasil 20:30 Carrossel 21:15 Programa do Ratinho 22:45 Cante se Puder 00:15 Smash: Segundo Teste 01:15 Programação IURD 06:30 Direto da Redação 07:20 Rio Grande No Ar 08:40 Fala Brasil 10:00 Hoje em Dia 11:50 Record Kids - Pica Pau 12:30 Balanço Geral 14:40 Programa da Tarde 17:30 Cidade Alerta 19:45 Rio Grande Record 20:30 Jornal da Record 21:45 José do Egito 22:30 Balacobaco 23:30 American Pie - Caindo em Tentação

GERAL

Prefeitura de Bagé anuncia lançamento de projeto Silvipastoril para dia 24 Murilo Gonçalves/Especial FS

Anúncio foi divulgado em reunião na Prefeitura de Bagé

Como publicado na edição de 2 de fevereiro, deste ano, o município de Bagé receberá o projeto Silvipastoril da Região da Campanha. Ontem, em reunião na Prefeitura de Bagé, ficou decidido que o lançamento do projeto ocorrerá no próximo dia 24 e contará com a participação de representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O projeto é desenvolvido através de uma parceria entre Emater, Embrapa, Secretaria Estadual do Meio Ambiente, MAPA, Urcamp e Prefeitura de Bagé. O objetivo é implantar a cultura, no mesmo espaço produtivo, de diferentes cultivos, como o plantio de árvores aliado à criação animal e ao plantio de pastagens.

No total, serão 20 produtores da cidade cujas propriedades servirão aos estudos e experimentos do projeto. Atualmente, cinco produtores já deram início ao plantio de eucaliptos e a próxima etapa será o plantio de sementes forrageiras, nos intervalos entre bosques, para a produção de feno, que será usado na suplementação da alimentação animal.

As inscrições para o Concurso Público do Banrisul, no cargo de técnico em Tecnologia da Informação II, abrem hoje. Os candidatos poderão se inscrever até 29 de abril. O certame será realizado pela Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH). As inscrições devem ser realizadas pela internet (www.fdrh.rs.gov.br).

O processo destina-se ao preenchimento de 266 vagas, além de cadastro reserva, para atuação em seis áreas: Administração de Rede/ Sistemas/Produtos; Suporte de Rede/ Sistemas/Produtos; Segurança de TI; Desenvolvimento de Sistemas; Desenvolvimento de Sistemas Mainframe; e Desenvolvimento de Sistemas Teste de Software.

Para concorrer, o candidato precisa possuir Ensino Superior completo e contar com as atribuições exigidas para cada área de atuação. As vagas serão destinadas para a cidade de Porto Alegre, podendo ser alocadas em outras cidades. Do total, 43 são reservadas para negros e pardos e 27 para pessoas com deficiência.

Inscrições para concurso do Banrisul abrem hoje

Dados

Concurso Público do Banrisul - técnico em Tecnologia da Informação TI II Inscrições: de 10 a 29 de abril de 2013, no site www.fdrh.rs.gov.br Carga horária: 30 horas semanais Remuneração e cargos: R$ 2.403,38 + benefícios Taxa de inscrição: R$ 137,19

Vagas por cargo

Área 1 - Administração de Rede/Sistemas/Produtos (47 vagas + cadastro reserva - CR); Área 2 - Suporte de Rede/Sistemas/Produtos (47 vagas + CR); Área 3 - Segurança de TI (7 vagas + CR); Área 4 - Desenvolvimento de Sistemas (78 vagas + CR); Área 5 - Desenvolvimento de Sistemas Mainframe (11 vagas + CR); Área 6 - Desenvolvimento de Sistemas Teste de Software (6 vagas + CR)

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

11

12

SOCIAL

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

“No silêncio da solidão conhecemos a nós mesmos”. MP

Trabalho, juventude & carisma Dizem os poetas que a educação é a lapidação da alma. Certamente que sim. Pessoas que já alcançaram este nobre estado de espírito possuem ao redor uma espécie de atmosfera magnetizante, energia que as aproxima da nobreza divina e das salutares frequências do Universo. O resultado? O Todo conspira em favor daqueles que sabem tratar as pessoas com respeito, auferindo a estes, o SUCESSO pessoal e profissional (leia-se Ação e Reação). E se há em Bagé, dois jovens que despontam na corrida evolutiva pelo tato social e elegância ao tratar a todos – sejam seus funcionários, amigos, familiares, etc. –, estes jovens chamam-se Luíse e José Dalé. Os manos assumiram, com nobre responsabilidade, tarefas capitais da empresa da família mostrando um talento que encanta e motiva a todos que os cercam. Observar a atual juventude bageense, com sua nobre missão diante do destino da cidade, é ter a certeza que uma Bagé ainda mais brilhante está por vir... Mãos à obra, gurizada!

Mirella Godoy fotografada por Roberta Hecht. A jovem completa 15 anos, em 25 de maio, com direito a grande festa na campestre do Clube Caixeiral

As Bromélias e a Hora do Chá

Fúlvia Augusta Grande de Macedo é o elo entre a Casa da Amizade e as mídias da cidade, inclusive, cumpre o papel com digna competência. E é Fúlvia quem comunica à coluna que a próxima Hora do Chá acontece amanhã, às 16h, na sede da entidade, sob a responsabilidade do Grupo das Bromélias. Como diretora social deste grupo, ninguém menos que Julietinha Bandeira; as vogais, Ângela Scardoelli, Carmen Gonçalves e a própria Fúlvia. A atração da tarde fica a cargo da apresentação fashion comandada por Leilah Kalil Castro, que apresentará as tendências outono/inverno Solaetela. Também a talentosa Rossana Dalé irá mostrar suas habilidades através dos encantadores biscuits que levam a sua assinatura. E dentro do objetivo beneficente do evento, será arrecadada massa e/ou óleo para posterior doação à Liga Feminina de Combate ao Câncer. Très bien!

Flash news - Amanhã, os caps do Banco Sicredi estarão reunidos com a imprensa local em café da manhã no Spaço Neisa, repassando informações sobre as assembleias Sicredi 2013 e, ainda, sobre as principais ações da cooperativa em andamento. - Também amanhã, a cena cultural promete movimentar o Museu Dom Diogo por conta do lançamento de “Os Reverbel”, livro assinado por Gustavo Gomes da Silveira que conta a história desta família que, desde a Idade Média, produz, na França, o leite para a produção do queijo Roquefort. - O povo fashion volta a se reunir na próxima segunda-feira, quando acontece o lançamento da coleção outono/inverno ASM, às 20h, na loja matriz. À frente do style do desfile, Karina Guimarães. - E falando em moda, o que vocês me dizem da “estileira” de Ivan Pons? O filho de Núria Pons é a personificação do “it boy” mundial. E não é para menos... Em Pelotas, Ivan capitaneia uma das lojas mais badaladas pela alta juventude, a NConcept, onde encontra-se grifes poderosas como a carioca Reserva – uma das prediletas deste colunista! - Pop e querido por todos, João Olavo Egas comemora o níver na próxima sexta-feira, na reabertura do Maori Universitário, na AABB. - Até sábado, acontece o Brik da Associação Pró-Santa Thereza, das 9h às 12h e das 14h30min às 18h30min, na garagem da Casa de Cultura Pedro Wayne. - Linda de viver, cheia de estilo e com aquela simpatia de sempre, Silvia Pereira Carvalho encheu o estúdio da Pop Rock na manhã de ontem. A linda foi divulgar o torneio Caio Carvalho (seu pai é um dos grandes tenistas da história bageense que partiu há 18 anos rumo à morada espiritual) que acontece, no próximo finde, no Bagé Tênis Clube e Clube Cantegril. Com mais de 120 inscritos, o torneio reunirá amigos e admiradores de Caio em torno da sua inesquecível memória. - Falando em Sílvia, a garota conseguiu a proeza de ser aprovada nas duas etapas da prova da OAB, ou seja, já sairá da academia de Direito com a tão sonhada carteira em mãos. Eta guria dedicada e talentosa essa!

Linda e inteligente, Silvia Carvalho fotografada no estúdio da Pop Rock. Sílvia, ao lado da mana Júlia, é quem organiza o Torneio de Tênis Caio Carvalho que acontece no próximo finde, no Clube Cantegril e Bagé Tênis Clube. Mais de 120 inscritos...

Paulo César e Beatriz Vieira; Renê e Rosane Isoppo, em recente jantar baile no Bagé Tênis Clube. Clic João Batista

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

13

SOCIAL

Jantar dos Destaques no Ponche Verde Em 27 de abril, o colunista social pedritense, Sidney Castilhos, estará anfitrião do tradicional Jantar Baile dos Destaques, às 21h, no Dom Pedrito Country Club. A edição 2013 do evento, que reúne, anualmente, nomes bem conhecidos do high pedritense, ganhará um toque a mais de beleza e glamour graças às comemorações dos 24 anos de colunismo social de Castilhos nas pradarias do Ponche Verde. MP sente-se honrado pelo atencioso convite ao mesmo tempo que envia ao colega os mais salutares votos de sucesso, paz e saúde. Ao final do convite, assim está escrito: “Colunismo social, um estilo de vida”. Verdade!

NOTA DEZ O Rotary Bagé Sul realizou a doação de 4 mil reais ao Instituto Caminho da Luz. O cheque foi entregue pela presidente do Rotary, Rosa Cardona, ao casal presidente do Caminho da Luz, Iara e Ruibar Freitas, em reunião no dia 8 de abril. O Instituto Caminho da Luz é uma das entidades beneficiadas pelo bombado Almoço do Peixe, promovido, recentemente, pelos rotarianos daquele clube. A Fundação Geriátrica José e Auta Gomes e a Escola Municipal Visconde de Ribeiro Magalhães também receberão parte da renda obtida no almoço, que contou com a participação maciça da comunidade de Bagé e região. Envolvimento magnífico de toda a comunidade. Assim, a nota é... DEZ!

Luis Coronel e Marcelo Beltrand no lançamento de O Solo e o Homem, de Eurico Salis, no foyer do Theatro São Pedro. Clic Márcia Mello

Beleza e simpatia de mãe para filho: Alexandre Rosa Cachapuz e Ana Lúcia Rosa

Constelação de afetos Em 2012, o artista capixaba Hilal Sami Hilal visitou Bagé a convite de Zuleika Torrealba e prometeu voltar. E voltou. De ontem até amanhã, Hilal está na Rainha da Fronteira coletando subsídios para a exposição “Constelações”, que acontece de 22 de junho a 24 de agosto, no da Maya Espaço Cultural. O grande barato dessa exposição é que ela contará com a participação da comunidade. Em quatro worshops, serão produzidos papéis artesanais. “Desde que nascemos, acumulamos papéis. Por isso, a instalação vai reunir todos os nomes que a comunidade produzir, criando uma grande tecelagem colorida. A poética de Constelações é a possibilidade de fusão de tecidos individuais que criam um corpo único”, comentou o artista. A partir desses workshops, é necessário multiplicar em 10 vezes o número de integrantes para instalar essa constelação de memórias e afetos. Maiores informações pelo telefone 3311-1874 ou pelo e-mail contato@ damayaespacocultural.art.br.

BAGÉ, QUARTA- FEIRA, 10 DE ABRIL DE 2013 - Ano 1 - N° 35

Saiba como agir diante da tossi canis

O

principal sintoma da doença de nome tossi canis é a tosse seca. É possível verificar tal problema após o animal praticar exercícios físicos. Logo, a tosse piora consideravelmente. A secreção nasal é outro sintoma que acompanha a tosse. Em casos mais graves, também há secreção nos olhos, coriza, falta de apetite e febre. O tratamento para essa gripe é feito à base de xaropes para alívio da tosse, antiinflamatórios e cuidados para que o animal não fique exposto ao frio, vento e umidade. É preciso entender que uma simples gripe pode evoluir para uma doença ainda mais séria. Diante disso, um médico veterinário deve ser procurado. Apenas um profissional está capacitado a receitar medicamentos para os animais de estimação.

Outras dicas para enfrentar o inverno Também é importante atentar a um prática que pode gerar problemas no inverno. Acontece que, se os animais não estão habituados a dormir dentro de casa, sobretudo os gatos, podem procurar dormir no motor dos carros. Ao ligar o veículo, os donos podem acabar machucando e até matando o pet. A orientação é bater no capô do automóvel para fazer barulho e dar oportunidade para que o animalzinho fuja antes de ligar o motor. Uma rotina básica deve ser alterada no período de temperaturas mais baixas: aumentar, consideravelmente, a quantidade de comida, especialmente as ricas em proteínas. Isso manterá os pets mais saudáveis e com o pelo mais bonito, além de conferir mais energia aos cães e gatos. Os veterinários poderão indicar rações mais proteicas ou se há a necessidade de suplementos alimentares.

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

Pet solidariedade Esse é o Apolo: o cãozinho da Jéssica Sanches, que fugiu de uma residência próxima ao atacado Nicolini, na avenida Santa Tecla, no dia 1º de abril. “Ele é um dálmata albino, tem algumas pintinhas pequenas e é tudo para mim”, contou Jéssica. “Estou desesperada à procura dele. Ele é hiperativo, tem porte médio e é muito sapeca. Peço que se alguém o achou, por favor, devolva”, apela. Quem avistou o cachorro também pode entrar em contato por telefone: (53) 3242 5584 ou (53) 8116 9534. Ela reside na rua Maurity, 273, à direita, no centro. Está disposta a pagar recompensa.

Pet do leitor Esses são os irmãos Aisha e Merlin: cães da raça maltês de apenas dois meses de idade. O macho é da Yasmin Marimon, e a cadela é de Mariani Oviedo.

Merlin

Apolo

Merlin e Aisha

Núcleo informa O Núcleo Bageense de Proteção aos Animais está vendendo uma rifa no valor de R$ 2 o número. É uma forma de ajudar os mais de 400 animais que estão no abrigo para serem doados. O prêmio é uma massagem, além de cabelo (luzes, pintura ou escova progressiva) e um kit da Natura. O sorteio ocorre no dia 10 de maio, às 16h. Os pontos de venda são o Bicho Urbano, Cães e CIA, Shane’s Pet Shop e com o pessoal do NBPA.

Aisha

Expediente

Reportagens: Niela Bittencourt

Esta edição semanal é encartada no Jornal FOLHA do SUL GAÚCHO e não pode ser vendida separadamente. Editor-geral: Glauber Pereira E-mail: nielabittencourt@gmail.com Fotos: Divulgação

Diagramação: Cristiano Lameira Revisão: Taisa Soares

16

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

GERAL

União homoafetiva e a realidade das novas famílias

Cristiano Lameira

Caminho da Luz e Lions Dom Diogo inauguram sala para mães na instituição Antonio Rocha

Casadas, oficialmente, Lídia e Luciana já adotaram três crianças

por Juliana Andina Mesmo com os recentes casos noticiados pela mídia de união homoafetiva de celebridades e a repercussão polêmica do então presidente da Comissão de Direitos Humanos, Marco Feliciano, a lei que regulamenta este tipo de união e garante direitos aos casais ainda não foi aprovada. Conforme explica José Carlos Teixeira Giorgis, desembargador aposentado e especialista em Direito de Família, até o momento não houve nenhuma modificação na legislação brasileira. “Por ora, consta apenas o projeto no Congresso. Todos os casamentos que foram autorizados por decisão judicial, no caso de conversão de união homoafetiva estável em matrimônio e outros, a autorização partiu do juiz, examinando processo de habilitação”, coloca. Companheiras há 16 anos, Luciana Reis Maidana e Lídia Méri Brignol Guterres foram pioneiras na união homoafetiva e na adoção de crianças. Casadas, oficialmente, desde de dezembro de 2011. Segundo Luciana, a sociedade criou uma imagem errada perante o relacionamento de pessoas do mesmo sexo. “Temos uma vida

normal, trabalhamos, cuidamos dos nossos filhos. Temos uma casa e uma família normal. Infelizmente, as pessoas criaram um mito que não existe”, relata. Giorgis esclarece que os casais interessados em ter a certidão de união homoafetiva devem entrar com pedido junto ao Cartório de Registro Civil. “O casal que deseja oficializar deve comparecer no Cartório de Registro Civil. Se o titular for adepto da tese, providenciará na habilitação (papéis), se for contra, vai suscitar uma dúvida que o juiz decide, acolhendo (aí sairá o casamento) ou negando (aí dependerá de recurso ao Tribunal)”, coloca. Luciana conta, ainda, que os filhos entendem perfeitamente e que nunca questionaram a relação de suas duas mães. “Adotamos três crianças e já estamos encaminhando os papéis para adotar a quarta. Somos uma família feliz e nosso casamento não interfere em nada na orientação sexual das crianças, como muitos afirmam. Temos uma relação de respeito e carinho familiar”, complementa. O advogado esclarece que os casos de adoção têm acontecido com

maior frequência. “Em vista de o Supremo ter aceito o casal homossexual como uma entidade familiar, os juízes, em maioria, acolhem a possibilidade de adoção. Bagé foi pioneiro nisto. Agora, com mais frequência se providenciam adoções. Mas quando o juiz resiste, devem os interessados recorrer ao Tribunal que, se houver benefício para o adotado, autorizará a medida”, complementa. Em relação às barreiras que surgem diante à aprovação da oficialização da relação homoafetiva, Giorgis destaca que ainda existe muito resistência da sociedade civil e no Congresso. “A repetição dos exemplos, seguramente, amainará as tempestades. Penso que no futuro, como na maioria dos países, está questão estará equacionada”, afirma. Em relação ao preconceito, Luciana diz que nunca sofreram. “Vemos muita surpresa nas pessoas na hora que apresentamos a certidão de casamento, mas nunca sofremos preconceito. Nunca escondemos das crianças nem da sociedade, mas claro que nos preservamos e mantemos uma postura de respeito, como devem ser em qualquer tipo de relacionamento”, encerra.

Espaço destinado às mães dos assistidos

Na tarde de ontem, as mães dos assistidos da União Espírita Bageense/Caminho da Luz passaram a contar com um local para aguardar os filhos enquanto recebem os atendimentos prestados pela entidade. A sala de espera para as mães foi inaugurada. Os recursos para a construção foram possíveis mediante à realização de uma feijoada beneficente organizada pelo Lions Clube Bagé Dom Diogo, em 2012. Com o valor de R$ 5.250,00 foi possível reformar o espaço, que conta ainda com um banheiro à disposição. O projeto foi desenvolvido pela arquiteta Adriane Alves, de foma gratuita. “Sem esse ato voluntário não conseguiríamos realizar a obra”, destaca o presidente da UEB/ Caminho da Luz, Ruibar Freitas. Além da reforma, o Lions Dom Diogo também doou cortinas para decorar o ambiente. O local terá ainda cadeiras, um televisor 24 polegadas e um ar-condicionado, adquiridos através do projeto “Acolhendo com Amor e Fazendo a Diferença”, por meio de recursos

provenientes da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos. A instituição cedeu uma geladeira para o novo espaço. “Com certeza, nesta sala, está um pouco do nosso carinho, do nosso afeto e da disposição em trabalhar pela comunidade”, ressalta a presidente do clube de serviço, Ana Magali Kanaan Marques. Para Cléia Fernandes, mãe do assistido Cleiver, o conforto é uma demonstração do cuidado da instituição em relação às famílias. “O meu filho está no Caminho da Luz desde os 11 meses. Agora tem 13 anos. Quando cheguei aqui, sequer sabia como lidar com ele e, hoje, eu agradeço pelo atendimento que ele recebe aqui”, acrescenta Cléia, que mora no município de Hulha Negra. “Temos muitas dificuldades para manter a instituição. Atitudes como a do Lions Dom Diogo nos possibilitam garantir melhor qualidade na prestação de serviços pela possibilidade de oferecer às mães um local agradável para esperarem seus filhos”, enfatiza Freitas.

GERAL

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

Medida busca garantir sossego de moradores da região

Justiça limita horário de funcionamento para estabelecimentos comerciais próximos à Urcamp por Niela Bittencourt A segunda Vara Cível de Bagé deferiu liminar que determina ao município a não concessão ou renovação de alvarás para estabelecimentos comerciais localizados no entorno da Universidade da Região da Campanha. Isso enquanto não for determinado o horário máximo de funcionamento desses locais. De acordo com a decisão, o inquérito civil foi instaurado “diante de sucessivas e constantes reclamações da comunidade”, motivadas pela perturbação do sossego, que seria “gerado pelas atividades”. O município informou, por meio da Procuradoria Jurídica, que irá acatar a determinação e que já está informando os empresários do novo horário, exigência para renovação da permissão. Ainda segundo a liminar, o município seria omisso à situação relatada por vários moradores daquela área, uma vez que os documentos não apontavam limites. Também delimitou o espaço considerado como problemático: trata-se do quadrilátero entre as ruas General Osório, Alan Kardec, Marcílio Dias e Venâncio Aires, além de suas imediações. Uma região considerada pela Justiça e pelo Plano Diretor do Município como “essencialmente residencial”. A procuradora do município, Liliane Pereira Moreira, ponderou que o principal problema não são os estabelecimentos, mas seus

Antonio Rocha

Quadrilátero compreende ruas General Osório, Alan Kardec, Marcílio Dias e Venâncio Aires

frequentadores. Ela explicou que são os consumidores que ficam em frente às casas bebendo. Para ela, impor horários aos estabelecimentos poderá não mudar tal postura. Inclusive, a Procuradoria tentou argumentar justamente isso com a Justiça. Liliane também falou que o município tenta atuar na fiscalização desse tipo de problema, mas que a demanda é grande. Assim, agora, o Executivo está avisando os mais de 20 estabelecimentos do entorno da universidade de que

irá impor os seguintes horários para funcionamento: de segunda a quinta-feira, até às 24h, e de sexta-feira a domingo, até à 1h. Os alvarás delimitadores serão expedidos para os estabelecimentos funcionarem a partir do dia 30 de abril – é até essa data que valem os atuais alvarás. A reportagem buscou conversar com moradores das ruas do quadrilátero apontado pela Justiça. Alguns dos bageenses abordados não quiseram se manifestar, por temer represálias. Uma moradora

falou, mas preferiu não se identificar. Conforme seu relato, os estabelecimentos próximos a sua casa costumam fechar as portas cedo, por volta da 1h. Contudo, os frequentadores permanecem na rua até às 5h ou 6h. Não apenas bebem e conversam em voz alta, como também mantêm o som dos carros em um volume que atrapalha o sono. Na frente de sua residência, por vezes deixam garrafas e copos. Sobre a decisão judicial, ela enfatizou: “não vai adiantar, porque isso é falta de educação”.

17

18

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

GERAL “Há quatro anos nós não recebemos o pagamento na data estabelecida”, declarou o presidente do Sindacs

Agentes comunitários de saúde reclamam do atraso dos salários Alguns profissionais do setor da saúde, que são remunerados pela Prefeitura Municipal, através da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), estavam com os seus salários atrasados até a última segunda-feira. A remuneração devia ter sido repassada até o 5º dia útil do mês, ou seja, sexta-feira, mas não ocorreu. Apesar de poucos dias de atraso, a reivindicação do Sindicato dos Agentes Comunitário de Saúde do Rio Grande do Sul (Sindacs/RS) se dá pelo fato da persistência desse atraso, que, conforme relato do diretor estadual, Paulo César Veiga, se dá há quatro anos. O sindicalista informou que, em contato com a Urcamp, que faz o repasse, foi informado que o cheque para o pagamento dos profissionais constava o valor inferior ao que deveria ser pago. “Há quatro anos passamos por isso, o problema só foi resolvido durante o período eleitoral, em que muitas vezes recebemos antes do dia designado”, diz. Mas Veiga expõe que o fato do constante atraso também pode ter relação com a troca de escritório de contabilidade feito pela universidade. “Ultimamente, a Urcamp trocou três vezes de escritório de contabilidade. Pode ser que tenha dado um problema na folha de pagamento”, destaca.

Ele conta que médicos, enfermeiros, trabalhadores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), recepcionistas e agentes passam por dificuldades, já que não conseguem pagar as contas com as quais se comprometem. “As pessoas já colocam o vencimento para o dia 10 e, mesmo assim, não conseguem quitar na data prevista. Temos que pagar juros no cartão de crédito”, explica. A universidade faz o repasse para os profissionais graças a um convênio que foi estabelecido com o Poder Público, em 2008. “O contrato foi feito, pois, na época, a universidade seria federalizada. Como tinha a necessidade de terceirizar esse serviço, foi determinado que o pagamento fosse depositado pela Urcamp”, conta. De acordo com a reitora da universidade, Lia Quintana, a Urcamp não se manifesta sobre a questão, pois só faz o repasse do valor aos profissionais. Mas ela garantiu o que foi confirmado pelo diretor do sindicato, que o pagamento entrou na conta dos profissionais ontem à tarde. A Secretaria Municipal da Fazenda não quis se manifestar sobre o caso, portanto, as dúvidas de que o cheque seria de valor inferior

Reprodu ção FS

Diretor diz que profissionais não aguentam mais os atrasos

ao determinado e de que os atrasos acontecem há quatro anos, não foram sanadas. A secretária de Saúde do município, Aura Stela Pereira, afirmou que o pagamento foi feito no valor correto e que os problemas de atraso serão resolvidos quando os funcionários forem pagos diretamente pela Prefeitura.

Comitê do Rio Ibiqui em Bagé O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Negro promove, amanhã, uma reunião com foco no desenvolvimento regional. A atividade está agendada para às 8h30min, na sede da Associação Comercial e Industrial de Bagé

(Aciba). Segundo o presidente, Luciano Balssamo Carbona, o encontro contará com a presença do presidente e da secretária executiva do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do

Rio Ibiqui, Ivo Mello e Marisa Beck, respectivamente. “O tema do evento é a formação do Comitê da Bacia do Rio Uruguai, além de debater sobre a importância de um órgão como este para o desenvolvimento da região”, salienta.

Nova direção na OMEB

GERAL Divulgação FS

Grupo escolhido por unanimidade

A Ordem dos Ministros Evangélicos de Bagé (OMEB), representante do segmento evangélico na cidade, realizou, no último sábado, a sua assembleia bianual para eleição da nova diretoria, período 2013 e 2014. Como resultado, o presidente, pastor Ruben

Ferreira, foi reeleito por unanimidade para o mandato de mais dois anos. A nova formação da diretoria é a seguinte: Presidente: Pr. Ruben Ferreira; Vice-presidente: Pr. Marwin Reinchn; 1° Secretário: Joel Cougo; 2° Secretário: Antônio Maurício; 1° Tesoureiro:

Joel Costa; 2° Tesoureiro: Paulo Lucas Conselho Fiscal: 1° Pr. Jader Queiroz; 2° Pr. Paulo Rosa; 3° Pr. Jorge Eugênio A OMEB realiza suas reuniões habituais no primeiro sábado de cada mês. Para mais informações: (53) 99742956 e (53) 9975-7288.

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

19

20

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

GERAL

Prefeitura busca apoio para Abaleite A Associação Bageense de Produtores de Leite (Abaleite) foi criada no ano de 2006 com o intuito de potencializar os produtores da bacia leiteira da região. A partir disso, abriram-se as possibilidades para que o Governo Municipal passasse a desenvolver políticas públicas voltadas ao setor, bem como oferecer assistência técnica aos produtores entre outras ações, como transporte, resfriadores de leite comunitários, patrulha agrícola para o plantio e silagem, tudo para o estímulo à produção. Inicialmente a associação contava com 15 produtores e produzia cerca de 3 mil litros de leite por mês. Hoje, sete anos após a criação, a Abaleite conta com

cerca de 100 produtores, com uma produção mensal de 13 mil litros. O ganho em produtividade trouxe mais demandas e novas necessidades. Neste sentido, o prefeito de Bagé, Dudu Colombo, deve encaminhar à Secretaria Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, um ofício solicitando apoio para a associação, para o empréstimo de um caminhão para o transporte do leite. O prefeito explica que já existe uma emenda do deputado Paulo Pimenta destinada a compra de um novo veículo, mas esta compra deverá se concretizar apenas no segundo semestre deste ano. “Em função disso, e sabedores da

real e imediata necessidade dos produtores, estamos reforçando este pedido de apoio junto ao Governo do Estado, para que efetue o empréstimo de um caminhão até que seja adquirido o novo caminhão da Abaleite”, comentou Colombo. O secretário municipal do Desenvolvimento Econômico Alencar Dal Molin, explica que um segundo caminhão vai qualificar a produção e, por outro lado, também contribuirá com a economia dos cofres públicos. “São necessárias várias viagens durante o dia, o que gera um custo muito alto. Com o empréstimo deste caminhão para a coleta do leite, vamos qualificar e agilizar o trabalho”, acredita.

DAEB inscreve quatro projetos de água e esgoto na seleção do PAC 2 Saneamento básico para oito bairros, uma adutora para abastecer a zona Oeste da cidade, um novo reservatório na ETA e a implantação da setorização no sistema de água. Estes são os projetos que foram inscritos pelo Departamento de Água e Esgotos de Bagé (DAEB) na seleção de Programas e Ações de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. A autarquia vinha aguardando a abertura do processo específico para municípios com mais de 100 mil habitantes. O investimento deve totalizar R$ 49.436.540,73, recurso federal, sem contrapartida do município. Caso os projetos sejam con-

templados, irão receber obra de saneamento básico os bairros Floresta, Castro Alves, Ivone, Comandante Kraemer, Tiaraju, Bonito, Santa Luzia e Santa Flora. O valor estimado do investimento é R$ 23.854.309,26. Além disso, estão sendo almejados recursos para a construção de um novo reservatório na Estação de Tratamento de Água (ETA) e de uma adutora de 6,8 mil metros, que abastecerá a zona Oeste da cidade, região muito afetada durante os racionamentos dos últimos anos. A iniciativa irá beneficiar os moradores dos bairros Passo do Príncipe, Vila Gaúcha, Ibajé, Stand, Floresta, Santa Carmem, Santa Cecília, Menino Deus, Mingote Paiva,

Fênix, Vicente Gallo Sobrinho, Vila Damé e arredores. O valor total do investimento, do novo reservatório e adutora, é de R$ 10.656.446,59. Por fim, também está concorrendo na seleção para recursos o projeto de setorização do sistema de água do município. O objetivo é uma melhora significativa na qualidade do serviço de distribuição de água tratada através da regularização das pressões e das vazões que trarão benefícios para a totalidade da população. A ação tem um investimento estimado de R$ 14.925.784,88. O DAEB aguarda o resultado da seleção, que ainda não tem data prevista de divulgação pelo Ministério das Cidades.

Executivo e Caixa discutem projetos Na manhã de ontem, integrantes da Prefeitura de Bagé e da Caixa Econômica Federal (CEF) realizaram uma reunião de trabalho para tratar sobre a revisão dos projetos em andamento e a busca de soluções para demandas apresentadas pelo município junto à instituição financeira. De acordo com o prefeito, Dudu Colombo, a reunião tratou sobre 34 projetos referentes à Secretaria de Saúde, Departamento de Água e Esgoto (DAEB), Secretaria de Planejamento e Secretaria de Atividades Urbanas. “Estamos buscando soluções para o bom andamento dos projetos”,

salientou. Segundo ele, os projetos em execução totalizam R$ 64 milhões, sendo a contrapartida de R$ 8 milhões e o repasse de R$ 56 milhões. “Ainda tem projetos não iniciados, porém já contratados junto à CEF que abrangem R$ 6 milhões, ou seja, R$ 300 mil de contrapartida e repasse de R$ 5,7 milhões”, detalhou o chefe do Executivo. Dudu ressaltou que estes recursos são oriundos de repasse do Governo Federal, através de diversos Ministérios, tais como: Turismo, Cidades, Agricultura, Esporte, Desenvolvimento Agrário, Saúde. “A reunião visa estreitar a

relação entre Prefeitura e Caixa, no sentido de agilizar o atendimento de diligências e elaboração de projetos pelo Governo Municipal e análise de projetos pela Caixa”, argumentou. O gerente regional da CEF, Chagler Zandavalli, ressaltou que a reunião reforça a parceria entre o banco e o órgão. “Temos o interesse em prestar um atendimento qualificado para a Prefeitura. Para isso, melhoramos a estrutura, pois a Caixa se considera o banco do município. Em maio, vamos realizar um treinamento para a equipe do governo de gestor municipal de convênio”, adiantou.

GERAL

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

21

Pórtico da APAE foi inaugurado ontem

Fotos: Antonio Rocha

Obra traz maior visualização e segurança ao local

Presidente afirma que foi uma grande consquista

Secretária do grupo diz que construção foi feita por muitas mãos

localização do local. Segundo a secretária do grupo, Umbelina Silva Tavares Azambuja, a obra foi construída com o esforço de muitos parceiros. “O Grupo Amor Solidário uniu forças para realizar essa obra que traz maior segurança aos usuários do serviço”, reforça.

quistas para a entidade em 2013. “Temos em nosso planejamento o aumento da verba do SUS, para podermos aumentar o número de assistidos – que atualmente é 250 -, concluir a obra iniciada em 2006, regularizar nossos documentos, maior participação em projetos sociais e, principalmente,

a continuidade de nosso trabalho com a eleição no mês de outubro”, argumenta. Ao final da inauguração, os assistidos da APAE Bagé realizaram a apresentação de dança da música ‘Amigo’, de Milton Nascimento, como forma de agradecimento.

por Juliana Andina Com o objetivo de oferecer maior segurança aos usuários do serviço oferecido pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), foi inaugurado, ontem, o pórtico da entidade. Construído em parceria com o Grupo Amor Solidário, a obra proporciona proteção e melhor

Para Cláudia Pires, de 40 anos, o portão faz a diferença. “Os pais que quiserem deixar seus filhos brincar no pátio ficam mais tranquilos, e a gente também. Ficou muito lindo, adoramos”, fala. Como destacou o presidente da entidade, Marco Antônio Borba Bidone, esta foi uma das con-

22

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

SEGURANÇA

Motociclista sofre Agressão a um casal na tarde lesões em acidente de terça-feira tem outra versão Foi comunicado, na tarde de ontem, na DPPA, pela vítima Valdo dos Santos Jardim, que estava trafegando com sua motocicleta na avenida General Osório quando uma Kombi, da Prefeitura de Candiota, atravessou sua frente e cortou a preferencial do motociclista.

Segundo o boletim de ocorrência, Valdo Jardim caiu e teve uma queimadura na perna esquerda. A motocicleta Honda CBX 250, placa ILH 0489, ficou danificada na parte dianteira, espelhos, guidon, aro, tampa lateral, teve um pneu estourado e empenou as bengalas.

Na manhã de ontem, a mãe do acusado de ter agredido um casal, que havia estacionado seu caminhão na Marechal Floriano, em frente ao número 1049, procurou a redação do Jornal FOLHA do SUL e informou que a briga, envolvendo seu filho, teria sido por motivo de demarcação do espaço. Segundo o relato de Gleneci Jardim Rodrigues, que é proprietá-

ria de uma loja ao lado da empresa de segurança, o caminhoneiro e sua esposa haviam colocado cones delimitando espaço para estacionar o veículo. “Na ocasião, meu filho foi até a esposa do caminhoneiro e disse que iria tirar o cone e, então, estacionou seu carro no local. Foi quando o condutor do caminhão o agrediu”, explicou.

Gleneci também contou que o funcionário da empresa SecuriSystem apenas foi auxiliar seu filho e não estava envolvido. “Meu filho, na realidade, foi a vítima e o funcionário da empresa foi apenas ajudar, prestar socorro e apartar a briga”, destaca. Em contato, a empresa preferiu não se manifestar a respeito do acontecido.

Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, DPPA, na tarde de ontem, pela mãe de um adolescente, que seu

bus que faz o trajeto do bairro Ivone. Na ocasião, contou a mãe da vítima, um homem passou a mão nas

A mãe retirou o menino do local onde estava o acusado e se dirigiu para a Polícia para registrar o fato.

Difamação e ameaça no Menor é assediado dentro de coletivo bairro Getulio Vargas Foi comunicado no plantão da filho foi assediado dentro de um ôni- pernas do menino e ainda o arranhou. Foi comunicado, na tarde de ontem, pela vítima Maritana Dias Madruga, que uma mulher do bairro começou a lhe xingar e fazer ameaças. Na ocasião, Maritana estava com sua neta de 10 meses no colo

e a acusada atirou um balde de água em sua direção. A vítima enfatiza que a acusada também ofende seu outro neto, menor de idade, com palavras de baixo calão. Ela irá representar judicialmente contra a autora.

Jovem é ameaçada com um facão A vítima Tatiane Centena Barreto informou para o plantão da DPPA que, na tarde de ontem, foi ameaçada verbalmente por uma senhora, que é sua ex-sogra, e também pelo seu ex-cunhado.

O rapaz se dirigiu até a casa da vítima, segundo relato do Boletim de Ocorrência, e bateu com um facão na cerca de arame da residência de Tatiane. A vítima ressalta que a briga

é por motivo de ela ter ficado com alguns objetos do seu companheiro, que já é falecido. A ex-sogra acha que tem direito sob os pertences. Tatiane também irá representar criminalmente contra os autores das ameaças.

Concurso para Polícia Rodoviária Federal O Diário Oficial da União apresentou na edição de ontem que está autorizada a realização de concurso para Polícia Rodoviária

Federal. Segundo informação, a abertura será de mil vagas para agente policial rodoviário, com escolaridade de nível superior. Ainda

não está aberto o edital e sim apenas a confirmação da autorização. O edital deverá ser anunciado para os próximos meses.

ESPORTES

Jiu-Jitsu no contexto dos destaques do esporte

Rodrigo Sarasol / Especial FS

Grupo de atletas da Academia Body Fight Club

O primeiro torneio de JiuJitsu, a chamada “arte suave”, realizado em Bagé, pela Academia Body Fight Clube, foi marcado por ampla participação e bom nível técnico. A iniciativa partiu de André Godoy, a partir da experiência vivida no período em que residiu em Porto Alegre. Foram destacadas as presenças dos atletas Kapincho Rafael Godoy, Guile Calvete, Diogo Mor-

gado, Jê Costa, Daniel Salim, Luís Filipe Flores, Renato Hernandes, Ronai, Pabllo Rangel, Diogo Esquilo e Paulão (considerado a lenda do boxe bageense), este estreando no Jiu-Jitsu. Como destaques individuais, foram citados Guile Calvete (Body Fight), vencedor da categoria absoluto; Diogo Esquilo (Equipe Élder Lara), vencedor dos 60 quilos, e o

próprio Paulão, que, aos 46 anos, participa pela primeira vez de competição de Jiu-Jitsu, enquanto seu filho Pabllo Rangel ficou em primeiro lugar na classe dos 85 quilos. O faixa marrom Henrique Curvello é o professor-técnico da academia, que tem sede na rua Melvin Jones, 156, próximo à sede do DAER, abrindo suas portas diariamente.

Festa dos campeões Em dependências do Bagé Tênis Clube, a SER Nacional, sob a presidência do desportista Ricardo Vasconcellos, promoveu festa de confraternização para comemorar o título do Torneio de Verão AP Esportes/Jornal FOLHA do SUL, categoria 50 anos, instituído pela Liga Bageense de Futebol de Veteranos. Num clima de ampla descontração e camaradagem, os atletas campeões receberam medalhas alusivas. Sidnei Barcelos Pereira, o Caçapava, foi destacado como o fotógrafo que, para o Jornal FOLHA do SUL, acompanhou todas as rodadas da competição. A diretoria da Liga Bageense de Futebol de Veteranos e a FOLHA do SUL, bem como a Loja AP Esportes, também foram alvo de homenagem. O repórter amador,

Sidnei Barcelos / Especial FS

Rubro-negros durante comemoração

José Élcio Castêncio, Canela, estava vestido a caráter: com o uniforme

rubro-negro do Nacional, clube pelo qual nunca escondeu sua simpatia.

Tenistas locais evocam memória de Caio Carvalho Novos e antigos destaques do tênis bageense e gaúcho estarão reunidos, no fim de semana, em Bagé, para um evento que terá caráter especialíssimo. Trata-se do torneio em homenagem ao saudoso Caio Lemos de Carvalho, falecido, prematuramente, e que projetou sobremaneira o nome de Bagé

no cenário nacional e mesmo no estrangeiro. Atletas de várias regiões do Rio Grande do Sul foram convidados a participar dos jogos do fim de semana, no Bagé TC e no Cantegril, nas categorias masculina (primeira, segunda e terceira classes, 35 anos A e B, 45 anos A e B, 55 anos ou

mais e juvenil), feminina (primeira, segunda e terceira classes e juvenil) e duplas (nos dois naipes). Exposição de fotografias, raquetes e depoimentos de amigos, lembrando a figura marcante de Caio Carvalho, fazem parte do coquetel que acontecerá, na noite de sábado, no Bagé Tênis Clube.

23

QUARTA-FEIRA 10 de abril de 2013

Resumo esportivo higinobage@yahoo.com.br

SÉRIE A2 – Jogo atrasado, hoje, às 15h30min, em Santa Maria, Riograndense x Brasil de Pelotas. Anteontem, em Santa Cruz, Avenida 2x2 União Frederiquense (que chegou a estar vencendo por 2x0). LIBERTADORES – O grande destaque desta quarta-feira fica por conta do clássico Grêmio x Fluminense, às 22h, em Porto Alegre. Jogo decisivo para ambos no grupo 8, cuja classificação apresenta Huachipato e Fluminense, 7 pontos; Grêmio e Caracas, 6. LIBERTADORES (II) – Também para hoje estão programados os jogos Corinthians (10 pontos) x San José da Bolívia (5), Tijuana do México (1) x Millionários da Colômbia (3), pela chave 5. No grupo 6, Real Garcilaso do Peru (7 pontos) x Cerro Porteño do Paraguai (que ainda não pontuou). BASQUETEBOL – O 2° Encontro 25° Grupo de Artilharia de Campanha, disputado no fim de semana, teve em primeiro lugar o Sarandi de Rivera, Uruguai; segundo, Veteranos (Bagé), terceiro, o próprio 25° GAC, em quarto, a equipe uruguaia de Melo. Nos dias 27 e 28 deste mês, haverá o 2° Torneio Colégio Espírito Santo/Charrua, categorias adulto e juvenil, no ginásio daquela escola franciscana. XADREZ – Segunda etapa do campeonato citadino, homenageando a Rádio Difusora, será realizada neste domingo, a partir das 14h30min, na sede do BXC, na rua Tiradentes, 808. Disputas acontecerão nas categorias geral, juvenil, infantil, feminino, veterano e visitante. Informações mais amplas com J.J. Silva, fone 9954-6888. FESTA JALDE-NEGRA – Continuam à venda convites (R$ 25) e mesas (R$ 40) para o jantar-dançante que o GE Bagé realizará no próximo sábado, a partir das 20h30min, no Pedra Moura. Reservas podem ser feitas com o presidente Carlos Alberto Ducos, telefone 9962-0411. LEÃO DA FRONTEIRA – O 14 de Julho de Livramento anuncia em seu site a liberação do estádio João Martins para locação a particulares, no chamado período de entressafra do futebol profissional, na medida em que a segunda divisão somente começará em agosto. O aluguel é válido por duas horas, custando R$ 500 durante o dia e R$ 800 à noite. LEÃO DA FRONTEIRA (II) – Também consta no site do 14 de Julho notícia a respeito de doações que o clube vem recebendo da Delegacia da Receita Federal em Livramento. Trata-se de produtos e artigos apreendidos pela fiscalização do órgão, incluindo, por exemplo, perfumes, bebidas, bolsas, mochilas, tênis e materiais variados, que passam a ser comercializados no bazar rubro-negro. No ano passado, o 14 recebeu um microônibus para transporte de atletas.

5/4/2013 FEDERAL

1º 52.026 2º 03.878 3º 23.600 4º 73.870 5º 96.202 MEGA-SENA Nº 1483 01 35 39 53 55 56 LOTOMANIA Nº 1337 12 16 17 25 26 35 38 41 45 47 48 52 57 63 69 70 73 90 93 00

LOTOFÁCIL Nº 890 01 02 03 04 05 06 07 08 11 16 17 18 19 23 24 QUINA 3163 24 40 45 49 68 DUPLA-SENA Nº 1165 Primeiro sorteio 03 04 13 30 38 41 Segundo sorteio 11 14 15 23 28 36

www.jornalfolhadosul.com.br

BAGÉ, QUARTA-FEIRA, 10 de ABRIL DE 2013

Gaúcho

FOLHA SUL


Folha do Sul Gaúcho Ed. 894 (10/04/2013)