Issuu on Google+

Ano X - Edição n° 445 Sul Fluminense, 7 a 13 de abril 2012 redacao@folhadointerior.com.br

Dica de Livro

Distribuição Dirigida

Interior forte, Estado forte!

Página 10 - Entretenimento

TERMINAL DE PETRÓLEO DA ILHA GRANDE

Sem Tebig, Angra perderá R$ 500 milhões anuais Petrobrás estaria com dificuldades para obter EIA/RIMA; governo do Estado teme forte impacto na área de proteção ambiental; Itaguaí e Marica brigam pela obra. Página 8 Folha

&

Social

BARRA MANSA

Complexo educacional deve abrir 3 mil vagas para estudantes Página 11 - Social

Moscow Circus on Ice no Teatro da Aman

Além da Faetec, Centro Vocacional Tecnológico (CVT), Centro de Curso Técnico Tecnológico, e Pós-Graduação (CETEP) e o Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cederj) – que engloba as unidades do Cefet, Uenf, UERJ, UFF, UFRJ, UFRRJ e Unirio estarão no complexo. Página 3

Excesso de iluminação e ruídos pode causar danos à saúde do bebê Ruídos podem produzir lesões físicas, alterações psíquicas e comportamentais. Página 2

População de baixa renda paga o equivalente a 46% de sua renda em impostos indiretos ICMS continua sendo o vilão das micro e pequenas; imposto não volta significativamente para os municípios e novo pacote de estímulo à economia tenta movimentar o cenário econômico. Página 9

Espetáculo mistura patinação artística, ballet e universo circense. Página 10


Saúde

2

7 a 13 de abril 2012

Excesso de iluminação e ruídos pode causar danos à saúde do bebê Ruídos podem produzir lesões físicas, alterações psíquicas e comportamentais; Essa é uma das preocupações da Política Nacional de Humanização, que existe desde 2003 no Brasil Arquivo FI - Vitor Rocha

vimentação necessária, precisa ser acompanhada levando em consideração às fragilidades de um bebê recém-

Nacional Autoridades em saúde vêm levantando preocupações e cuidados em manter um ambiente mais tranquilo e adaptado para os pacientes internados um Unidades de Terapia Intensiva Neonatal. Essa é uma das premissas da Política Nacional de Humanização, que existe desde 2003 no Brasil para efetivar os princípios do SUS no cotidiano das práticas de atenção e gestão, na tentativa de qualificar a saúde pública no Brasil e incentivar trocas solidárias entre gestores, trabalhadores e usuários. Segundo Bárbara Poubel de Castro, enfermeira coordenadora da UTI Neonatal PróBaby, a humanização é tratada como uma das prioridades no atendimento neonatal e pediátrico, seguindo alguns pilares, dos quais, a preocupação com o ambiente do recém-nascido é uma das mais relevantes. Nesse aspecto leva-se em consideração, por exemplo, a circulação de pais, familiares, mé-

nascido e principalmente dos que estão recebendo cuidados numa Unidade de Terapia Intensiva Neonatal.

Silêncio!

Bárbara Poubel explica a importância da humanização no atendimento neo-natal e pediátrico

dicos, enfermeiros, outros profissionais da área de saúde e os responsáveis pela limpeza do local. Tanta mo-

Na UTI, os bebês já estão naturalmente expostos a ruídos causados por ventiladores, incubadoras, monitores, alarmes, aspiradores de secreção, saídas de oxigênio e ar comprimido, telefones, diálogos estabelecidos entre os profissionais e familiares que se não forem adequadamente administrados podem comprometer o bemestar do bebê e prejudicar seu desenvolvimento. Os ruídos podem produzir lesões físicas, alterações psíquicas e comportamentais. Por isso, uma das medidas adotadas pelas UTIs é o controle de sons nesse ambiente. Como explica Bárbara Poubel de Castro. “Há uma movimentação normal dentro da UTI com pessoas envolvidas no cuidado do paciente. Com a política

de humanização, tornou-se maior também a participação dos pais nesse ambiente, o que é ótimo para o desenvolvimento da criança. Porém, nesse sentido precisamos ficar de olho em certos ruídos e movimentações que podem ser descartados ou mesmo amenizados para que não causem transtornos aos pacientes”, explicou. Bárbara lembra que atitudes simples, em procedimentos de rotina, por exemplo, fazem toda a diferença. “Os profissionais evitam ficar aglomerados conversando, quando o fazem para discutir algum procedimento a ser realizado, fazem de maneira suave. Além disso, o manuseio de equipamentos que podem gerar ruído deve ser o mais delicado possível”, lembrou.

Luminosidade não controlada dificulta na percepção dia/noite A iluminação do ambiente de internação dos recém-nascidos é outra preocupação dos especialistas na promoção da política de humanização. Por se tratar de um ambiente mantido por muitas máquinas e luz, os pro-

fissionais que trabalham na UTI adotam períodos de menor iluminação para que a criança possa se ajustar ao ciclo dia/noite. A luz constante pode atrasar a manifestação dos ritmos circadianos levando à privação

do sono. “Os recém-nascidos dormem em média 20 horas por dia, se a gente não adotar métodos como diminuir luminosidade durante um período na UTI, apagando algumas lâmpadas e utilizando tecidos para

cobrir incubadoras, eles não se acostumam com o ciclo dia/ noite e apresentam sinais de irritabilidade, dificuldade para se alimentar e para dormir, por exemplo, e isso vai causar danos à saúde dele”, ressaltou.

Cuidados em casa Alguns procedimentos utilizados durante a internação na UTI também podem ser aplicados quando o bebê chega em casa. O principal deles é respeitar o limite de decibéis. A Associação Americana de Pediatria recomenda 55 dB (decibéis) durante o dia e 35 dB durante a noite. Acima de 120 decibéis, a sensação acústica chega a ser dolorosa. “Como os pais podem perceber isso? Cada criança tem um ritmo. Se começam a perceber que a criança está tendo dificuldade para dormir, para se alimentar, irritabilidade e outros sinais de incômodo, é bom ficar atento”, disse Bárbara Poubel. A enfermeira lembra ainda que é importante que os pais ensinem os filhos a identificar o que é dia e o que é noite. “Mesmo que a criança durma durante o dia, é melhor que não crie um ambiente escuro para ela. À noite, sim, deve-se manter um ambiente com pouca luminosidade, assim a criança aprende a diferenciar os diferentes períodos do dia”, concluiu.

Expediente Empresa Jornalística Folha do Interior Redação: R. Jose Marcelino de Camargo, 1.041, sala 801, Centro – Barra Mansa – RJ CNPJ – 05.587.149/0001-32 Insc. Estadual: 77.531.688 – Insc. Mun.: 525.218 Telefones: (24) 33248666 / (24) 88644154 E-mail: redacao@folhadointerior.com.br Site – www.folhadointerior.com.br

O Jornal Folha do Interior é uma publicação exclusiva da Emp. Jornalística Folha do Interior. Os textos não podem ser reproduzidos. Os artigos, colunas e opiniões assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores sob todos os aspectos legais e não vinculam a opinião do jornal. Circulação semanal aos sábados nas cidades: Barra Mansa, Volta Redonda, Porto Real, Quatis, Pinheiral e Piraí. Impressão: Gráfica Diário do Vale

Diretor e Editor – Vinicius Ramos Gerente Administrativo e Circulação – Vítor Rocha Jornalismo (Site) – Marcus Modesto Colaboradores – Luciano Ribeiro, José de Oliveira, José Roberto Medonça e Luciano de Paula.


Política

7 a 13 de abril 2012

3

BARRA MANSA

Complexo educacional deve abrir 3 mil vagas para estudantes Além da Faetec, Centro Vocacional Tecnológico (CVT), Centro de Curso Técnico Tecnológico, e PósGraduação (CETEP) e o Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cederj) – que engloba as unidades do Cefet, Uenf, UERJ, UFF, UFRJ, UFRRJ e Unirio estarão no complexo Barra Mansa Uma equipe da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) vistoriou na terça-feira, dia 3, a área onde será instalado o Complexo de Educação Profissional de Barra Mansa. A visita foi acompanhada pelo secretário de Planejamento Urbano, José Marcos Rodrigues Filho, e o diretor executivo da Superintendência de Obras e Serviços Públicos (Susesp), Célio José Magalhães. O terreno, próximo ao Colégio

Baldomero Barbará, tem 4 mil metros quadrados. O assessor especial da presidência da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), Uelinton Farias Alves, acompanhado de um diretor de engenharia e uma pedagoga da Faetec aprovaram a área e ressaltaram o ganho que será para Barra Mansa, região e o Estado. A equipe ressaltou a importância do município abrigar cursos voltados principalmente para o setor metalmecânico, além da boa localiza-

ção, que facilita a acessibilidade, pela proximidade com um dos colégios estaduais com maior número de alunos e por ser uma área onde passam várias linhas de ônibus. De acordo com o prefeito Zé Renato esse é um compromisso, principalmente com os jovens. “Nosso objetivo é buscar formação técnica para nossos jovens. Sabemos da necessidade de capacitar mão de obra para nossa região que tem se desenvolvido. A área escolhida é de

Câmara aprova a castração gratuita em Barra Mansa Barra Mansa A Câmara de Barra Mansa aprovou na terça-feira, 03, um projeto de lei de autoria do vereador Marcelo Borges (PT), que torna obrigatória a castração de cães e gatos no município. O projeto, aprovado por unanimidade, caracteriza a obrigatoriedade como medida de saúde pública por ser o abandono um fator de proliferação de zoonoses e doenças transmissíveis pelos animais. De acordo com o vereador, seu projeto também proíbe o extermínio de animais urbanos excedentes ou abandonados como controle populacional. A castração gratuita tem como consequência a diminuição de animais abandonados e em situação de risco. As cirurgias de esterilização, que só poderão ser realizadas sob o efeito de anestesia, deverão acontecer em estabelecimentos municipais já credenciados ou novas instalações criadas para o fim.

fácil acesso, pois passam ônibus por aqui e além disso fica perto de um dos colégios com maior número de alunos de Barra Mansa – explicou. A expectativa inicial é a criação de cerca de 3 mil vagas para os cursos do Complexo, que reunirá as unidades da Faetec, já instalada em Barra Mansa – no Parque da Cidade, Centro Vocacional Tecnológico (CVT), Centro de Curso Técnico Tecnológico, e PósGraduação (CETEP) e o Centro de Educação a Distância do Es-

tado do Rio de Janeiro (Cederj) – que engloba as unidades do Cefet, Uenf, UERJ, UFF, UFRJ, UFRRJ e Unirio. O secretário de Planejamento Urbano ressaltou que a instalação da unidade será rápida. “O início das obras está previsto para o mês de abril e segue o padrão adotado pelo Estado, havendo apenas possíveis adaptações em Barra Mansa, mas a instalação é rápida. Esperamos que fique pronto num período de 40 dias a partir do início da obra”, concluiu José Marcos.

Jerônimo deixa a Secretaria de Obras para disputar vaga na Câmara Novo secretário será o arquiteto Roberto Pimenta, também funcionário de carreira da SMO Volta Redonda O secretário municipal de Obras de Volta Redonda, o engenheiro José Jerônimo Telles Filho, deixou o comando da pasta desde a última quarta-feira (dia 4), para concorrer a uma vaga na Câmara Municipal, pelo PSC. O novo secretário será o arquiteto Roberto Pimenta, assim como Jerônimo, funcionário de carreira da Secretaria Municipal de Obras (SMO). Jerônimo atua há 34 anos como engenheiro concursado da SMO, e estava há 18 anos à frente da pasta. Segundo ele, a candidatura é um processo natural. “O processo de candidatura é uma expansão do que desenvolvo como funcionário

público há 34 anos. É só mais uma etapa do que faço, trabalhando pela cidade”, afirmou. O prefeito Antônio Francisco Neto disse que avalia a candidatura de Jerônimo como positiva, tendo em vista os excelentes prestados por ele ao Município como secretário. “Lamento a baixa na equipe, com certeza, mas fico muito feliz que a política está ganhando uma pessoa como o Jerônimo, sério e muito comprometido com tudo o que faz. Com certeza, se eleito, ele fará um grande trabalho no Legislativo de nossa cidade”, avaliou Neto. O arquiteto Roberto Pimenta é chefe de gabinete de Jerônimo há 18 anos, e também está na SMO – como funcionário concursado - há mais de 30 anos.


Cidades

4

7 a 13 de abril 2012

O cinema como transformção social Acadêmicos do 3º, 6º, 8º e 10º períodos do Curso de Direito do UGB no Projeto Cinema, que leva entretenimento da sétima arte para a Casa de Custódia de Volta Redonda Volta Redonda Usar a sétima arte como ferramenta de transformção social dentro de uma cadeia pública. Esta é uma das propostas dos acadêmicos do 3º, 6º, 8º e 10º períodos do Curso de Direito do Campus Volta Redonda do Centro Universitário Geraldo Di Biase (UGB) que participam do projeto ‘O Direito Promovendo a Transformação Social. Todas as sextas-feiras os alunos da Instituição, acompanhados da professora de Sociologia Jurídica Lucia Maria Curvello Studart, estão realizando uma sessão de cinema para os detentos da Casa de Custódia dentro do Projeto Cinema. “O objetivo do projeto é estender as atividades acadêmicas do Curso de Direito à comunidade, neste caso

específico aos presos. É propor meios de inclusão social dos detentos, exercendo a cidadania e restabelecendo a dignidade como pessoa hu-

O feriado de Páscoa será animado no PátioMix Resende. No sábado, dia 7, o horário de funcionamento do shopping será normal, das 10h às 22h, e no domingo (08), a praça de alimentação funcionará das 11 às 22h, as demais lojas e quiosques, a partir das 15h até às 21h. Nestes dias, a programação infantil especial de Páscoa

Nesta primeira etapa o filme escolhido foi ‘A Procura da Felicidade’, com o ator Will Smith. “Esse filme mostra as dificuldades que ele (ator) passa na trajetória da vida. É abandonado pela mulher, fica sozinho com o filho, sem lugar para morar e, apesar de toda dificuldade que enfrenta, não perde o rumo”, contou a professora, informando que, depois que o filme é exibido, os acadêmicos realizam um debate com os detentos sobre o tema.

começa a partir das 16h. O parque de diversões, que está instalado no estacionamento do shopping, também estará aberto durante os três dias. Os ingressos custam R$ 3 e devem ser adquiridos na bilheteria do parque. O horário de funcionamento do parque é das 16h às 22h. Os horários das sessões do cinema podem ser conferidos no site www.cinemais.com.br.

Usina Angra 2 volta a operar Costa Verde A Usina Nuclear Angra 2 voltou a operar depois de um mês parada para reabastecimento e manutenção. A usina havia sido desligada no dia 3 de março e foi religada ao Sistema Interligado Nacional (SIN) na semana passada. Durante a parada, um terço do combustível da

março, será realizado até o final do primeiro semestre, mas a intenção, segundo Lucia Studart, é que ele continue também no segundo semestre.

Realidade e ressocialização

Shopping PátioMix estará aberto no feriado de Páscoa Resende

mana”, destacou o Coordenador do Curso de Direito, professor Alex Martins. Inicialmente o projeto, que teve início no dia 23 de

central nuclear foi recarregado. Além disso, mais de 4 mil tarefas de inspeção e manutenção foram realizadas por 1,3 mil profissionais. Segundo a Eletronuclear, estatal responsável pelo Complexo Nuclear de Angra dos Reis, no litoral sul fluminense, Angra 2 deve ser reabastecida novamente em meados do ano que vem.

O projeto permite aos acadêmicos de Direito ficar em contato direto com os detentos e conhecer melhor o sistema carcerário. Já para os detentos, sua ressocialização. “O foco é o crescimento do aluno como ser humano e como profissional de Direito, com uma visão mais humanista da sociedade e do preso, que se sente acolhido. Através de projetos como este o preso sente que a sociedade é capaz de acolhê-lo e que,

quando sair, terá seu espaço. Nossa função como Instituição de Ensino é dar essa contribuição para a sociedade”, frisou a professora. Além da exibição do filme e do debate, os acadêmicos do Curso de Direito estão doando para cada detento um Kit de Higiene Pessoal, contendo creme dental, sabonete e escova de dente. “Nossa intenção com essa iniciativa é desenvolver a solidariedade entre os alunos”, frisou Lucia Studart.

Uma nova Pinheiral Além do novo Pronto Socorro, governo entrega ainda construção de novo escadão e reforma e ampliação do Cemitério Municipal de Pinheiral Pinheiral O prefeito Antônio Carlos Leite Franco, Doutor Toninho inaugurou na quarta-feira, dia 4, as novas instalações do Pronto-Socorro Municipal de Pinheiral. O prédio construído há mais de 20 anos foi reformado e vai oferecer atendimento em espaço amplificado e modernizado aos pinheiralenses que necessitam dos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com informação do secretário de Saúde, Ed-

nardo Barbosa Oliveira, a nova sede do Pronto-Socorro foi reformada com recursos da prefeitura no valor de R$ 113.156,00 mil e de emenda parlamentar com indicação do deputado federal Deley de Oliveira no valor de R$ 211.378,69, além de equipamentos adquiridos com recursos do Governo do Estado através do Programa de Apoio aos Hospitais do Interior (PAHI) no valor de R$ 130.000,00. O valor total da obra é de R$ 324.534,69 (sem contar o recurso do PAHI).

CLASSIFICADOS OPORTUNIDADE DE EMPREGO Vendedor com experiência e com moto para Barra Mansa e arredores. Currículo c/ CPF, telefone e pretensões para: paulomaack@hotmail.com ver site www.venenox.com.br

Alerta: Via Dutra já tem 58 radares em operação Rio/São Paulo Para complementar a fiscalização de velocidade realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) com radares móveis, estão em operação na Rodovia Presidente Dutra, 58 pontos de controle com radares fixos, que apoiam a ação policial. A CCR NovaDutra segue até domingo, dia 8, coma Operação Páscoa. A Concessionária prevê que o tráfego na rodovia deverá ficar intenso entre 16h00 e 20h00 de domingo, quando os turistas retornam de viajem. A Via Dutra será monitorada por mais de cem viaturas e 500 profissionais, entre agentes de atendimento, médicos e enfermeiros e equipes de emergência, distribuídos em 11 Bases Operacionais ao longo da via Dutra, que estarão 24 horas por dia à disposição dos usuários, em regime de revezamento. Além do Disque CCR Nova Dutra (telefone que atende gratuitamente pelo número 0800-0173536), os usuários da Via Dutra contam com telefones de emergência, dispostos ao longo de toda a rodovia, a cada quilômetro, nos dois sentidos. Informações sobre condições da rodovia, podem também ser obtidas no site da Concessionária na Internet (www.grupoccr.com.br/ novadutra).


CIdades

7 a 13 de abril 2012

5

Rio precisa de 400 mil unidades para cobrir déficit habitacional Os dois pilares da fé cristã são baseados em mitos Os dois pilares que sustentam a fé cristã são a morte de Jesus na cruz como remissão dos pecados e sua ressurreição. Para um bom observador, esses fundamentos estão, aos poucos, perdendo força e credibilidade. Como explicar Jesus ter morrido na cruz para salvar a humanidade dos pecados se a humanidade nem mesmo existia? Deus não enviou Jesus ao mundo para ser cuspido, chicoteado e pregado numa cruz para, depois de todo esse suplício, perdoar os pecados que nem mesmo tinham sido cometidos. Ninguém é perdoado por antecipação. Sobre a ressurreição, há relatos de que o deus Hórus, do antigo Egito, também ressuscitou no terceiro dia. Da mesma forma que Krishna também ressuscitou. No Bhagavad Gitá, Krishna era considerado o deus encarnado na Terra, o salvador do mundo. Nasceu miraculosamente de uma virgem e declarava: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”. E, para surpresa dos cristãos, Hórus ressuscitou El-Azaru, que, traduzido para o latim, é Lázaro. Se a história diz que Jesus ressuscitou esse homem, Hórus o fez muito antes de Jesus nascer. O Jesus histórico foi mitificado por Paulo para ser aceito pelos romanos e se igualar a outras divindades cultuadas por religiões mais antigas. Nota-se que os dois pilares da fé cristã não estão baseados em fatos originais, mas em mitos. Todavia, essa mítica não desmerece a figura do Jesus histórico, que nos trouxe ensinamentos elevados de boa conduta que servem para todos os seres humanos por serem universalistas. Sigamos, pois, os seus ensinamentos e deixemos os mitos de lado, porque não nos levará alugar algum.

Que MAU exemplo, hein! Câmeras de segurança flagram estudantes de universidades furtando coelho gigante na Praça Brasil Volta Redonda As câmeras de segurança mostraram mais uma vez que podem ser úteis ao serviço de ordem pública. O inspetor Ferreira e o guarda Amparo foram acionados pelo Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública), às 4h de quinta-feira, dia 5, que flagrou estudantes furtando um coelho de pelúcia de dois metros de altura, que estava ornamentando a Toca do Coelho montada na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília. As imagens mostram os jovens tentando colocar o coelho de pelúcia

no Peugeot, placa EVM 8851 (Taubaté – SP). Os GMs não conseguiram achar o carro, saindo em rondas e visualizaram o coelho na varanda de uma república de estudantes na Rua 16, no mesmo bairro. No local estava sendo realizada uma festa de aniversário do estudante Diego José Soares, de 22 anos, que se apresentou como sendo a pessoa que retirou o coelho da praça e levado até a república. Cerca de cinco estudantes compareceram à 93ª DP, levado pelos GMs. O jovem pagou fiança e foi liberado, mas responderá pelo crime de furto.

Acompanhe nosso jornalismo on line diariamente e fique bem mais informado.

www.folhadointerior.com.br

Carência atinge moradias habitadas por mais de uma família e sem condições físicas, além de famílias que utilizam mais de 30% da renda familiar para pagamento de aluguel Volta Redonda O subsecretário de Estado de Habitação, Reginaldo Balieiro Diniz afirmou durante reunião que marcou a terceira etapa do Plano Estadual de Habitação de Interesse Social do Rio de Janeiro que o déficit habitacional do Estado hoje é de 400 mil moradias. “Com projeção de 1 milhão de habitações até 2027 para famílias com renda familiar de até três salários mínimos. Esse déficit atinge moradias habitadas por mais de uma família e sem condições físicas, além de famílias que utilizam mais de 30% da renda familiar para pagamento de aluguel”, explicou. Reginaldo ressaltou a importância do encontro e do Plano de Habitação que nascerá a partir de debates como esse, promovidos pelo governo fluminense

em todo o Estado. O direito à moradia de qualidade inserida no contexto urbano; a diversidade de programas habitacionais; a institucionalidade; a publicidade das ações; a democracia, a participação social e a sustentabilidade social, ambiental e econômica foram os principais temas debatidos no encontro. O diagnóstico, que identifica e caracteriza as necessidades habitacionais, é instrumento fundamental para a orientação do Governo do Estado nas formulações de programas e ações para o setor, e na elaboração do Plano Estadual de Habitação de Interesse Social, que valerá para os próximos 15 anos. De acordo com o subsecretário de Estado de Habitação, Reginaldo Balieiro Diniz, essa é a terceira e última etapa das oficinas de trabalho. “Durante

esse encontro vamos falar sobre programas e ações prioritárias, metas a serem alcançadas até 2027, além de recursos e fontes de financiamento do programa e do diagnóstico feito no estado com relação ao setor habitacional”, explicou. Para o Secretário Municipal de Planejamento de Volta Redonda, Lincoln Botelho, é preciso adequar a estrutura para avançar na questão habitacional da cidade. “Ninguém faz habitação sem participação social e planejamento continuado. É preciso se adaptar, estudar e perceber que estamos em outro ordenamento constitucional. Precisamos vencer tabus e usar instrumentos como a Constituição e o Estatuto da Cidade”, disse o secretário destacando que a reunião servirá para incentivar o Plano Municipal de Habitação.


6

7 a 13 de abril 2012

Werneck recebe Bruno Covas no CEA Júlio Branco Secretário de Meio Ambiente do Estado de São Paulo visita CEA Julio Branco, ligado a Oscip Piratingaúna e diz que Região da Serra do Mar paulista está em plena recuperação Fotos Divulgação

Barra Mansa “Queremos trabalhar com Ong’s e Oscip’s sérias”. Com estas palavras o secretário de Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Bruno Covas, neto do ex-governador Mário Covas, iniciou sua visita ao Centro de Estudos Ambientais (CEA) Júlio Branco, no bairro KM-4, em Barra Mansa no sábado, dia 31 de março. Coordenado pela Oscip Piratingaúna, o CEA Júlio Branco é referência em produção de mudas de Mata Atlântica e no trabalho de pesquisa cientifica feito por alunos do Curso de Biologia do UBM (Centro Universitário de Barra Mansa). Bruno estava acompanhado de Ricardo Maciel e foi recebido pelo presidente da Oscip, Eduardo Werneck que o levou para conhecer os viveiros onde são produzidas cerca de 120 espécies de mudas entre elas pau ferro, ipê amarelo, roxo e branco, guapuruvu, aroeira, pau jacaré, monjoleiro, cácia barbatimão, pitanga, jussara, manacá da serra, lobeira e outras. “Esta-

implantação de um viveiro bastante grande na região entre Bananal e Arapeí para atender o Estado de São Paulo”, explica. Bruno Covas acredita que em curto espaço de tempo, o Estado de São Paulo pretende ampliar sua cobertura vegetal. “Nossa meta é sair de 15% para 17,5%. Mas temos projetos em andamento que estão dando certo como esgotamento, lixo, água, arborização construções sustentáveis. Hoje, temos 426 programas de coleta seletiva em andamento no Estado de São Paulo espalhados pelos 645 municípios”, disse.

Bruno Covas e Eduardo Werneck vistoriam área do viveiro

mos visitando os projetos que dão certo e quem faz um trabalho sério a frente das Ong’s e Oscip’s. Temos uma região muita rica em biodiversidade e que faz divisa com Estado do Rio aqui em Bananal e queremos aumentar a área verde da Serra do Mar, que possuiu uma biodiversidade muito maior que a da Ama-

zônia”, disse Bruno Covas, durante entrevista exclusiva ao jornal Folha do Interior. De acordo com o presidente da Oscip, Eduardo Werneck, hoje, existem mais 300 mil sementes em processo de germinação. “Até 2013, vamos plantar mais 300 mil mudas. Estamos em fase final do projeto de


7 a 13 de abril 2012

7


Economia

8

7 a 13 de abril 2012

TERMINAL DE PETRÓLEO DA ILHA GRANDE

Sem Tebig, Angra perderá R$ 500 milhões anuais Petrobrás estaria com dificuldades para obter EIA/RIMA; governo do Estado teme forte impacto ambiental na área de proteção ambiental; Itaguaí e Marica brigam pela obra Angra dos Reis Um entrave jurídico/ambiental pode atrapalhar os planos da Petrobrás para conseguir a ampliação do Terminal de Petróleo da Baía da Ilha Grande. Uma reunião entre as principais forças políticas de Angra dos Reis marcou o início da mobilização do município em defesa da obra de ampliação do Tebig. Por iniciativa da Câmara Municipal, os deputados federais de Angra, Fernando Jordão (PMDB) e Luiz Sérgio (PT), os partidos políticos, associações, sindicatos, vereadores e a prefeitura acertaram uma agenda de eventos comum destinada a pressionar a área ambiental do Governo do Estado a conceder a licença para a modernização do Terminal. Para o presidente da Câmara,

José Antônio Gomes (PCdoB), foi um encontro histórico. — Somos todos a favor da ampliação do Terminal e não podemos perder esta oportunidade. A união que conseguimos aqui é a mensagem que levaremos ao governador Sérgio Cabral. O Tebig é nosso, queremos e precisamos que ele seja ampliado — resumiu José Antônio. A arrecadação municipal poderia ter uma queda de até 60%, ou seja, menos R$ 500 milhões anuais nos cofres públicos. Outra consequência da queda na movimentação do Tebig, em poucos anos, seria a exclusão de Angra da Zona de Produção Principal de petróleo, o que representaria outra perda, de até 90% dos royalties. Dos atuais R$ 84 milhões anuais, a cidade passaria a receber pouco mais de R$ 12 milhões.

Neste momento, a Petrobras\Transpetro considera outros dois sítios para o empreendimento: Maricá ou Itaguaí. Em ambos os casos, no entanto, a obra sairia mais cara do que em Angra dos Reis, onde todo o impacto ambiental do Terminal já foi absorvido desde sua construção, nos anos 70. A ampliação do Tebig custaria cerca de R$ 3,5 bilhões, enquanto que em outro local, os cálculos iniciais estimam a obra em R$ 5 bilhões. Fernando Jordão concordou, mas destacou que, neste momento, é a área ambiental do Governo do Estado quem oferece a maior oposição à ampliação do Tebig. Para Fernando, o governador do Rio estaria sendo ‘induzido a erro’ na avaliação dos impactos e até mesmo da importância do Termi-

nal para toda a região. — Eu não ouvi do governador que ele é contra a modernização do Tebig. Mas há uma orientação da área ambiental do Governo recomendando fortemente que se negue a licença

para a obra. Temos todas as condições de receber esse investimento e todo o impacto ambiental já foi absorvido ao longo dos últimos 30 anos, portanto essa justificativa não é suficiente - disse Fernando.

Mais de 100 movimentações sem acidentes O gerente do Tebig, Virmar Muzitano, deu alguns detalhes da operação do Terminal, destacando a segurança das instalações. Nos últimos seis anos, por exemplo, não houve nenhum incidente grave no local, nem tampouco na Baía de Angra, envolvendo atividades do Tebig. No período foram realizadas mais de cem operações do tipo ‘ship to ship’, com transbordo de petróleo de uma embarcação para outra, também sem acidentes. Segundo Virmar,

além de ampliar a capacidade de movimentação do Terminal, a obra pretendida pelo setor de engenharia da Petrobras aumentará ainda mais as normas e equipamentos de segurança nas instalações de Angra. — O Tebig está pronto para crescer e a hora é agora, pois tudo que não cresce, morre. No Rio de Janeiro, esta é uma obra importante para a Petrobras, que pode inclusive reduzir a necessidade de investimentos em outras áreas — disse ele.


Economia

7 a 13 de abril 2012

9

População de baixa renda paga o equivalente a 46% de sua renda em impostos indiretos ICMS continua sendo o vilão das micro e pequenas; imposto não volta significativamente para os municípios e novo pacote de estímulo à economia tenta movimentar o cenário econômico Estado A presidente Dilma Rousseff anunciou na última semana que o governo vai abrir mão de R$ 10 bilhões em impostos em 12 meses. A renúncia fiscal faz parte do pacote de estímulo à economia, sobretudo industrial, e refere-se à mudança no pagamento da contribuição patronal para a previdência. Uma das medidas desse pacote prevê a desoneração da folha de pagamento de 15 setores. Isso significa que a empresa deixará de pagar alíquota de 20% sobre a folha de pagamento e passará a arcar com alíquota entre 1 e 2,5 % sobre o faturamento. Ou seja, o empregador paga um percentual sobre o faturamento bruto da empresa, diferente de hoje, pois quanto mais funcionários o empregador tem, quanto maiores os salários que ele concede, maior a conta que ele tem que pagar à previdência. Para compensar as renúncias haverá aumentos de impostos para alguns setores, como bebidas e fumo.

O Sistema Firjan divulgou em nota que o plano é bem-vindo pelo setor empresarial. “O plano anunciado hoje apresentou um grupo de medidas visando estímulos à indústria nacional. Além disso, a iniciativa contrapõe as políticas que vêm sendo adotadas por países em crise que, de modo geral, têm resultado em apreciação do real e crescimento das importações. Dessa forma, tais medidas vão na direção correta e são bemvindas pelo setor empresarial do Estado do Rio de Janeiro”. Por se tratar de Medida Provisória, o pacote terá 90 dias para entrar em vigor. Com isso, as medidas apenas passarão a vigorar a partir de julho. Os setores beneficiados pelas mudanças serão: têxtil, confecções, couro e calçados; móveis, plásticos, material elétrico, autopeças; indústria naval, de ônibus, aéreas e bens de capital e mecânica, alíquota de 1% sobre do faturamento. Já as áreas de hotéis, tecnologia da informação, call center e designer house terão alíquota de 2% sobre o faturamento.

Micro e pequenas empresas: há controvérsias Apesar das manifestações a favor do novo pacote, para alguns especialistas, a medida pode ser considerada uma tentativa para driblar a velha e conhecida história da reforma tributária, que nunca sai do papel. Segundo eles, as micro e pequenas empresas continuam sofrendo com a desigualdades. Nesse novo plano foram contempladas apenas na redução das taxas de 6,5% para 5,5% e terão maior afrouxamento na liberação para o financiamento sem precisar mais passar por uma comissão que analisa as exportações. O número de normas criadas para o sistema tributário continua emblemático. Desde a vigência da Constituição Federal, em 1988, foram editadas mais de 250 mil normas de matéria tributária, sendo mais de 60 tributos e no quesito ICMS, o país possui 27 legislações diferentes. "Fora essas, temos uma centena de obrigações acessórias, sendo que o custo para o cumprimento dessas obrigações é em torno de 2% do faturamento. O excesso de tributos pode comprometer a longevidade de pequenos e

médios empresários", alerta a advogada Cecília Galício, da Ragazzi Advocacia e Consultoria Empresarial. A micro empresária, dona de uma confecção em Volta Redonda, Creuza Rodrigues, disse que os pequenos empresários continuam sendo pouco "ajudados" pelas medidas do governo. "Existe a lei do empreendedor individual, que não me encaixo mais porque minha empresa cresceu e agora essas medidas que ajudam mais os grandes empresários. Nós que estamos no meio disso tudo não temos tantos estímulos e por isso tantas empresas fecham cedo", lamentou. A sensação de Creuza é comprovada por dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que constatou que quatro em cada dez empresas fecham antes de completarem dois anos. Entre as empresas que contavam com um a nove empregados, o percentual foi de 20,1%. Nas companhias com dez ou mais empregados, o porcentual foi de 11,9%. ICMS e falta de planejamento são os grandes vilões Os vários impostos pagos

pelas micro e pequenas empresas, com destaque para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e a falta de planejamento são os principais vilões para a não permanência delas no mercado. De acordo com o secretário de Fazenda da prefeitura de Barra Mansa, Éverton Rezende, essas são as principais queixas de quem procura a prefeitura para fechar uma empresa. Segundo ele, município e estado não têm ingerência sobre a cobrança relacionada ao ICMS. O necessário seria mais uma vez a tal reforma tributária. Ainda de acordo com ele, muito pouco do que se arrecada com o tributo volta para o município. "Do total arrecadado, 75% ficam com o Governo Federal. Os outros 25% restantes voltam para Governo do Estado. Deste 25%, ¾ são geridos pelo governo estadual e ¼, ou seja, 25% são distribuídos entre os 92 municípios", explicou, lembrando que em 2012 a porcentagem de Barra Mansa é de 0,855 e está entre as dez melhores posições da região, mas ainda é insuficiente para a demanda gerada nas áreas de saúde e educação, por exemplo.

Burocracia no imposto de renda Mas não são apenas as pessoas jurídicas que sofrem com os impostos e a burocracia. Dados da ONU apontam que a população de baixa renda paga o equivalente a 46% de sua renda em impostos indiretos, enquanto uma camada da sociedade brasileira repassa 16%. O trabalhador que ganha de um a sete salários mínimos gasta tudo o que ganha em seu sustento: alimentação, vestuário, transporte, medicamentos. Os tributos sobre o consumo já são embutidos no preço da mercadoria. Alguns de forma direta,

outros de forma indireta. Em época de declaração de Imposto de Renda, a advogada Cecília Galício alerta que o contribuinte deve buscar informações ou especialistas em tributos na hora de preparar a declaração ao fisco, porque diversas pessoas caem na “malha fina” devida a complexidade. “O sistema da Receita Federal é um dos mais modernos do mundo. A tecnologia faz com que os cruzamentos de dados sejam feitos rapidamente e com isso, os cidadãos podem ter problemas”, avisa. Cecília Galício

acredita que é preciso que as entidades de classes empresariais e de categorias profissionais ligadas às atividades econômicas atuem em conjunto para procurar pressionar os representantes do poder legislativo, para a redução do ritmo de produção de leis e outros atos normativos, submetendo-os sempre à análise de sua necessidade e conveniência, visando identificar as exigências burocráticas que podem ser eliminadas, sem prejuízo dos controles necessários por parte do setor público.


Entretenimento

10

Jorge Vercillo no SESI Barra do Piraí Sul Fluminense O cantor Jorge Vercillo se apresenta neste sábado, dia 7, às 21h, no SESI Barra do Piraí, e promete embalar o público com sucessos do novo CD “Como diria Blavastsky”. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). A classificação é de 18 anos. No show, Jorge traz sua nova

música, “Sensível Demais”, canção composta por ele, que já foi gravada pela dupla Chrystian e Ralf e por Maria Bethânia. No repertório também estão sucessos como “Memória do Prazer”, música que embalou o casal Amália e Rafael (interpretado pelos atores Sophie Charlotte e Marco Pigossi) na novela Fina Estampa, da Rede Globo.

7 a 13 de abril 2012 Fotos K.Ivanov

Moscow Circus on Ice no Teatro da Aman

Lançado novo catálogo de prêmios Sider Prime Volta Redonda Volta Redonda O programa de fidelidade do Sider Shopping está perto de completar um ano. E no mês de abril, o Sider Prime lança o catálogo com diferentes opções para os públicos adulto e infantil. Entre as novidades deste mês, o programa oferece prêmios como MP4, cafeteira elétrica, máquina fotográfica, barbeador elétrico, uma filmadora, hospedagem e massagem relaxante em Spa. O catálogo também contempla o público infantil. Para a garotada que gosta de jogos, as opções são o laptop Turma da Mônica e bicicleta. Para participar do programa, o cliente deve se cadastrar e registrar as compras no balcão de atendimento, localizado

no segundo piso. Mensalmente é lançado um catálogo com prêmios que possuem diferentes pontuações. Tais prêmios podem ser resgatados de acordo com a pontuação acumulada pelo cliente, considerando que um ponto equivale a R$1 em compras. O balcão de atendimento funciona de segunda a sábado, das 9 às 21 horas, e aos domingos, das 15 às 21 horas. Criado em maio de 2011, com o objetivo de estreitar os laços entre os clientes e o Sider, o programa de fidelidade tem sido um sucesso. A gerente de marketing do Sider, Camile Teixeira, destaca sua importância. “Por meio do programa obtemos informações importantes, que passaram a nortear estratégias para a melhoria de nossos serviços”, disse.

Brasil - EUA: a rivalidade emergente (1950-1988) A obra de referência ganha edição revista e ampliada pelo professor Luiz Alberto Moniz Bandeira. O estudo revela que a "tradicional amizade" entre os dois países sempre constituiu um estereótipo ideológico manipulado com o objetivo de influenciar a política exterior do Brasil. Baseado em ampla documentação, Moniz Bandeira mostra como o relacionamento entre as duas potências das Américas nem sempre foi suave e tranquilo. As necessidades da industrialização, impulsionada pelo

presidente Getúlio Vargas agravaram as contradições com os Estados Unidos, o que concorreu decisivamente para o golpe militar de 1964, entre outros momentos marcantes da relação desses dois países.

Serviço Autor: Luiz Alberto Moniz Bandeira Páginas: 280 Preço: R$ 49,90 Editora: Civilização Brasileira

Espetáculo mistura patinação artística, ballet e universo circense Resende Amantes do circo podem se programar para uma das apresentações mais encantadoras do mundo do circo. Por meio de uma parceria entre a prefeitura de Resende e Casa de Cultura Macedo Miranda, o Moscow Circus on Ice chega ao Médio Paraíba, no dia 22 de maio, no Teatro da AMAN. O espetáculo faz parte da tur-

nê brasileira em comemoração aos 50 anos de fundação em 2012, que passará por 15 cidades a partir dos dias 21 e 22 de abril. Em Resende a entrada do show será gratuita a partir de uma parceria com empresas e instituições. O Circo - Desde sua estreia, em Bruxelas (1964), a companhia vem conquistando uma sólida reputação junto ao público e à crítica internacional,

graças à surpreendente e inovadora combinação entre o universo circense, o ballet clássico tradicional e a patinação artística. Fundado por um dos mais importantes diretores de dança artística da extinta União Soviética, o coreógrafo Arnold Gregoryevich, o Circo hoje é dirigido por Natalia Abramova e reúne 35 bailarinos especializados em patinação artística.


7 a 13 de abril 2012

Social

11

Bela da

Semana A bela da semana é a repórter Thatiana Brasil. A linda jornalista de Volta Redonda está na Record. Linda, competente e humilde sempre! Sucesso amiga

Por Angélica Leal

Sábado tem Jorge Vercillo em Barra do Piraí O cantor Jorge Vercillo estará neste sábado (7), á partir das 20h, no SESI Barra do Piraí.

As lindinhas Maria Paula e Maria Luiza

Dj Austríaco sábado na Pullse Volta Redonda recerá neste sábado (7), á partir das 23h, o Dj Austríaco Michael Kutalek e os brasileiros Pedro Oliveira e Felipe Carvalho com a atração Welcome To Brasil. Fica a dica!

Minuto de Sabedoria Há homens que perdem a saúde para juntar dinheiro e depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde. Por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem o presente, de tal forma que acabam por nem viver no presente nem no futuro. Vivem como se nunca fossem morrer e morrem como se nunca tivessem vivido... (Confúcio)

Dj Grafith e o saxofonista Josué Otoni

O Grupo de pagode de Volta Redonda que vem encantando a todos. Na foto com o jogador Dedé do Vasco, padrinho do grupo. Sucesso!

O mestre de cerimônias Tégno Leonardo. Parabéns pelo trabalho!

Quem completou mais um ano de vida essa semana foi o jogador de volei Bruno Felicio do Volta Redonda . Felicidades!

Dj Campelo, Augusto Mattos ( Chacrinha ) e Dr. Carlos Gustavo na festa de confraternização. Dr. Carlos se despede do cargo de diretor da UPA de B.Mansa

Muito bom ouvir essa locutora maravilhosa da Rádio 96,1. Mariangela Leal além de uma ótima locutora é uma excelente cantora


Esporte

12

7 a 13 de abril 2012 Divulgação

Ippon! Volta Redonda confirma fama de Cidade do Esporte e será sede da última competição mundial de judô antes das Olimpíadas de Londres; serão mais de 500 atletas de 40 países

Uma demissão estranha no Volta Redonda

Volta Redonda A fama de Cidade do Esporte está transformando Volta Redonda. Não bastasse o futebol, vôlei, showbol futsal, ginástica, hipismo, ciclismo, kart, e outros, agora, é o judô que está chegando com força total na cidade. O prefeito Antônio Francisco Neto acertou com a Confederação Brasileira de Judô os últimos detalhes para que Volta Redonda seja sede do Grand Slam de Judô, disputado nos dias 09 e 10 de junho. O torneio deve receber mais de 500 atletas, de cerca de 40 países, com transmissão ao vivo para 43 nações. O torneio seria disputado no Maracanãzinho - na cidade do Rio de Janeiro - mas a pedido do governador Sergio Cabral, Volta Redonda passou a ser a sede do torneio, por ter toda estru-

tura e para que a cidade se acostume a receber grandes eventos. O município é candidato a

receber as delegações internacionais para a disputa dos Jogos Olímpicos Rio-2016.

Preparação para 2016 O prefeito Antônio Francisco Neto se mostrou muito feliz com a escolha da cidade e garantiu todo o apoio do Poder Público municipal ao evento. “Estamos muito felizes de ser sede de um torneio importantíssimo, na qual os principais atletas do mundo estarão presentes na nossa cidade, por este ser um torneio de preparação para os jogos de Londres. Va-

mos dar todo apoio para os atletas, turistas e para a organização. Volta Redonda é uma cidade totalmente estruturada para receber grandes eventos. Mais uma vez mostramos que realmente nossa cidade é a Cidade do Esporte”, disse Neto. O Grand Slam é tradicionalmente disputado em quatro das principais cidades do mundo: Paris, Moscou, Tóquio e Rio de Janeiro.

Time completo em Londres O Brasil tem atualmente atletas classificados em todas as 14 categorias em disputa nas Olimpíadas diretamente pelo ranking mundial e olímpico, sem uso da conta continental. Além do Brasil, apenas o Japão conseguiu este mesmo desempenho. França e Coréia do Sul levariam 14 judocas usando a cota e a Grã Bretanha, por ser anfitriã, tem vaga garantida sem neces-

Ninguém entendeu até agora a decisão da diretoria do Volta Redonda de demitir o diretor Executivo Paulo Carneiro. A saída foi estranha e curiosa. Segundo informação, o cartola trabalhou normalmente na semana que antecedeu sua demissão. No dia seguinte ao retornar à Bahia, recebeu um e-mail, comunicando o seu afastamento. Cercado de muita expectativa em sua chegada, pela sua bagagem, o diretor cumpriu em parte o que estava no planejamento do clube. Há muito tempo que o time não tinha uma regularidade na competição. Sempre brigava para não cair. Pelo menos este ano o time já assegurou sua permanência na primeira divisão. Já é um avanço para poder melhorar no futuro. A diretoria alegou que o cartola era mais do que um dirigente. Isso todos sabiam. Isso deve ter causado ciúmes em alguns dirigentes. O que mais me chamou a atenção foi a demissão por e-mail. Sinceramente eu ainda não tinha conhecimento desse fato no futebol brasileiro. O Volta Redonda está moderno em demasia, e isso, é perigoso.

sidade de qualificação. Estarão classificados para Londres os 22 homens e 14 mulheres mais bem colocadas na lista. “Fizemos um grande investimento neste ciclo olímpico para que os judocas brasileiros conquistassem suas vagas em Londres e, pela primeira vez, iremos com uma equipe completa às Olimpíadas. Levaremos para o Pan-Americano

atletas que fazem parte deste grupo de elite, para que ganhem ritmo de competição, e também dois jovens judocas para representarem o Brasil nas categorias onde ainda existe disputa interna pela vaga olímpica”, explica Ney Wilson, referindo-se às categorias até 90kg (Hugo Pessanha e Tiago Camilo) e 100kg (Leonardo Leite e Luciano Corrêa).

Acompanhe nosso jornalismo on line diariamente e fique bem mais informado.

www.folhadointerior.com.br

Showbol no domingo de Páscoa Amistoso entre Flamengo e Volta Redonda será ás 11h, no Ginásio do Retiro, na Avenida Antônio de Almeida Volta Redonda Domingo de Páscoa (dia 8) é dia de reunião em família, mas também é dia de assistir bons espetáculos e uma diversão sadia para todas as idades: uma ótima opção esta reservada para o Ginásio Amaro Inácio, no Retiro, com o amistoso de Showbol entre os times do Flamengo - considerado um dos melhores do País - e o Volta Redonda, que há dois anos se formou e vem participando com regularidade do

Campeonato Estadual. Craques como Djalminha, Júnior Baiano, Marquinhos, Fábio Baiano, Andrey, entre outros, vão marcar presença em um amistoso para matar saudade de craques consagrados pelo Volta Redonda, como Paloma, Humberto, Vilas, Tatu, Sandro, Silva, Vicente, e Ari, em um verdadeiro festival astros, que em passado recente encantaram as plateias do País. Volta Redonda e Flamengo entram em quadra às 11h com entrada franca.

4ª Copa de Judô de Resende deve receber mais de 400 atletas Resende Os atletas interessados em participar da 4ª Copa de Judô de Resende têm até o dia 12 de abril para se inscrever na competição,

que será realizada no próximo dia 15 de abril, entre 8 e 17 horas, no ginásio do Colégio Salesiano. O torneio vai ser promovido por meio de uma parceria da Prefeitura, via FUNRESP

(Fundação Resende Esportes), com a Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro. As inscrições podem ser feitas junto ao 5º Núcleo Regional de Judô do Vale do Paraíba, lo-

calizado em Volta Redonda, através do telefone (24) 3350-4641. Através deste contato, poderão ser obtidas todas as informações sobre taxas de inscrições e regulamento da copa.

A previsão é que o evento esportivo reúna cerca de 400 atletas de academias e escolas das cidades de toda região, que deverá ser representando por aproximadamente 150 atletas.


/20124993155