Page 1

Ano IX - Edição n° 401 Sul Fluminense, 21 a 27 de maio 2011 redacao@folhadointerior.com.br www.folhadointerior.com.br

Folha &

Social

Por Angélica Leal

Distribuição Dirigida

Interior forte, Estado forte!

Nono e Matheus Página 11

Acompanhe nosso jornalismo on line diariamente e fique bem mais informado - www.folhadointerior.com.br

População relaxa e dengue avança no Sul Fluminense Somente em Volta Redonda, Barra Mansa e Resende, 4868 casos já foram notificados, sendo 973 confirmados; saúde pública dos municípios diz que população conhece as dicas de prevenção, portanto também tem responsabilidade no problema. Página 2 - Geral

Acordo coletivo: proposta da CSN é rejeitada por 90% dos metalúrgicos Vitor Rocha

Com dificuldades na negociação, Renato Soares não descarta greve. “A proposta ainda está longe das expectativas dos trabalhadores”. Página 3 - Política

Obra na Curva da Pedra desaba e isola Vista Alegre

Armazém, que está sendo construído às margens do km 268 Via Dutra, deve ficar pronto no início do próximo ano; investimento é de cerca de R$17 milhões; logística e operacionalidade foram decisivos para investimento. Página 8 - Economia

Gacemss recebe Orquestra de Sopros da CSN Concerto didático será realizado na próxima terçafeira, dia 24; escolas podem se inscrever para participar da apresentação. Página 10

Centro de Distribuição da Droga Raia pode gerar 300 empregos em B.Mansa

Baianinho Fornecimento de luz e tráfego de pedestres foram comprometidos por mais de 10 horas; engenheiro diz que faltou espaço para máquinas chegarem ao topo do morro. Página 9

MERCADO DE TRABALHO

Região gera mais três mil vagas em 2011 Sul Fluminense manteve alto nível de geração de empregos em relação ao ano passado; maiores contribuições foram dos municípios de Angra dos Reis e Volta Redonda. Página 9 Economia

denuncia mau cheirona Fábrica da Bom Gosto em BM Página 3


Geral

2

21 a 27 de maio 2011

VR pode declarar epidemia de dengue Bairros com mais registro da doença são Retiro, Santo Agostinho e Jardim Normandia Volta Redonda Colocar areia em pratinhos de plantas, desfazer recipientes que possam acumular água, limpar calhas, retirar água de pneus. Atos simples como esses poderiam ter ajudado a evitar os 4868 casos de dengue notificados na região. A situação na Cidade do Aço é a mais preocupante. A secretária de saúde de Volta Redonda, Suely Pinto, informou que os números apontam para uma possibilidade de epidemia em Volta Redonda. Neste ano, 3431 casos de dengue foram notificados e 426 casos confirmados na cidade. “Em maio, geralmente observamos uma diminuição dos casos da doença, o que não acontece nesse mês. Os casos continuam aparecendo por toda a cidade, o que caracteriza a transmissão sus-

tentada. Se continuar dessa forma, estamos caminhando para uma epidemia que somente o estado pode declarar”, diz Suely Pinto. Um homem de 56 anos foi a primeira vítima fatal por dengue hemorrágica em Volta Redonda. João Domingos da Cruz, o “João Bolinha do Ferro Velho”, morador do bairro Retiro, chegou no HSJB (Hospital São João Batista) na noite de segunda-feira, dia 16, apresentando fortes dores de cabeça e baixa no nível de consciência. O corpo de João foi enterrado no Cemitério Portal da Saudade. A esposa da vítima, Maria Glória da Cruz, também teve dengue. Esta semana, outro caso de dengue hemorrágica foi confirmado. Trata-se de um menino de 11 anos, que permanece internado no Hospital do Retiro, em estado regular.

Resende tem 795 casos notificados e 185 confirmados A dengue já colocou o município no patamar de alta incidência da doença, com 795 casos notificados e 185 confirmados entre 01 de janeiro e 19 de maio deste ano. O diretor interino da Vigilância em Saúde, Marco Antonio de Carvalho, manifestou a preocupação da Prefeitura com relação ao ano de 2012, quando a maioria dos municípios do estado do Rio de Janeiro, corre o risco de viver uma nova epidemia de dengue. Ele lembrou que em 2002, Resende teve uma epidemia da doença. Naquele ano, foram notificados mais de 2.500 casos. Atualmente, segundo Marco Antonio, dos 92 municípios do estado do Rio de Janeiro, 43 estão na faixa de alta incidência,

quando a cidade registra 300 casos da doença para cada grupo de 100 mil habitantes. Em Resende, este número é de 591 casos para 100 mil habitantes. Os bairros com maior número de casos notificados de dengue são: Novo Surubi, Paraíso, Cidade Alegria, Liberdade e Vila Julieta, mas de acordo com o secretário de Saúde do município, Daniel Brito, todos os bairros registraram casos suspeitos. Outra preocupação é com o índice de infestação do mosquito, que no bairro Jardim Brasília II chega a 6.47%, quando o índice adequado indicado pelo Ministério da Saúde é de 1% (um foco para cada 100 casas). Em 32 áreas da cidade o índice é superior a 1%.

“Um mosquito não pode derrotar Barra Mansa”, afirma secretário Em Barra Mansa, foram notificados até agora 642 casos de dengue. Desses, 362 foram confirmados (sendo 342 dengue clássica; 2 casos com complicação; 18 dengue hemorrágica com 2 óbitos). Os bairros mais afetados são: Ano Bom, Vista Alegre, Centro, Goiabal, Santa Clara, Saudade, Bocaininha e o distrito de Rialto. Segundo a Secretaria de Saúde, a situação ainda não é considerada como epidemia, pois usa-se a estatística de 300 casos/100.000 habitantes, ou seja, seria praticamente o dobro do quantitativo atual, que é de 362 casos confirmados. De acordo com o secretário de Saúde de Barra Mansa, Wilton Néri, normalmente as ocorrências da doença começam a sofrer declínio nessa época do ano, por conta da diminuição da tem-

peratura. Porém, este ano aconteceu o inverso. Segundo Néri, a situação da dengue em Barra Mansa começou a preocupar em 2002, quando a cidade registrou quase 3 mil casos da doença. Em 2005, o número caiu para 26. Já em 2010, 129 pessoas foram contraíram a doença. O secretário ressalta que o município está em estado de alerta e que todas as medidas de prevenção e combate à dengue realizadas pela Secretaria estão sendo reforçadas. “O Comitê Municipal de Controle e Combate à Dengue, que é formado por diversas secretarias, entre elas Fazenda, Saae, Ordem Pública e Meio Ambiente, tem feito trabalho permanente de conscientização em todos os bairros. Trabalhamos com 107 agentes preparados para informar a popu-

lação com linguagem clara e de fácil entendimento. Acredito que, após 10 anos de combate à, a população já deveria saber que com o mosquito não se brinca. Nós não temos como fazer tudo, os moradores de Barra Mansa precisam ajudar. Contamos com a participação de todos nessa luta”, pede Néri. Barra Mansa já registrou duas mortes em razão da dengue. A primeira morte ocorreu no fim do mês de abril. Magnólia Cunha, de 42 anos, que morava no bairro Saudade, estava internada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), mas não resistiu às complicações da doença e morreu. Sofhia Campbel, de seis meses, morreu na madrugada do dia 9 deste mês, por complicações causadas pela doença.

Pacientes lotam hospitais e reclamam do atendimento Os principais hospitais e centros médicos da região não param de receber pacientes com suspeita de dengue. Na UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) de Barra Mansa, desde o dia 1º de maio, foram registrados 560 atendimentos de pessoas com suspeita da doença, representando um aumento de 30% no volume normal de atendimentos. “Em dias normais, atendemos cerca de 320 pessoas por dia, com problemas gerais. Só nessa semana, já atendemos 450 pessoas, a maioria com suspeita de dengue”, diz o coordenador da unidade, Carlos Gustavo Medeiros. Por conta do grande núme-

ro de pacientes com suspeita da doença, Barra Mansa teve que alugar leitos em hospitais da região. “Em Volta Redonda, alugamos dez leitos e em Porto Real, três. Além disso, adaptamos alas na Santa Casa”, diz o secretário de saúde. O HSJB (Hospital São João Batista), em Volta Redonda, apresenta uma média de 20 internações de pacientes apresentando sintomas de dengue por dia. Apesar da secretaria de saúde alegar que tem trabalhado para atender rapidamente os doentes com dengue, muitos pacientes denunciam o péssimo atendimento prestado nos serviços públicos de saúde de Barra Mansa.

Para o torneiro mecânico Jorge Luiz de Carvalho, de 55 anos, o atendimento na Santa Casa poderia ser bem melhor. Ele, que teve que esperar por 6 horas para ser atendido, é vítima da doença pela primeira vez. “Eu comecei a sentir os primeir os sintomas no domingo, dia 15. Tive muita febre e dor no corpo. Na segunda-feira, fui à Santa Casa e, após horas e horas de espera, consegui receber atendimento. Também estive na UPA, as filas estão enormes, a situação é muito ruim. É muito triste você com dor, prostado pela doença, ter que passar por isso tudo”, reclama o morador do bairro Boa Sorte.

Expediente Empresa Jornalística Folha do Interior Redação: R. Jose Marcelino de Camargo, 1.041, sala 801, Centro – Barra Mansa – RJ CNPJ – 05.587.149/0001-32 Insc. Estadual: 77.531.688 – Insc. Mun.: 525.218 Telefones: (24) 33248666 / (24) 92936572 E-mail: redacao@folhadointerior.com.br Site – www.folhadointerior.com.br

O Jornal Folha do Interior é uma publicação exclusiva da Emp. Jornalística Folha do Interior. Os textos não podem ser reproduzidos. Os artigos, colunas e opiniões assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores sob todos os aspectos legais e não vinculam a opinião do jornal. Circulação semanal aos sábados nas cidades: Barra Mansa, Volta Redonda, Porto Real, Quatis, Pinheiral e Piraí. Impressão: Gráfica Diário do Vale

Diretor e Editor – Vinicius Ramos Gerente Administrativo e Circulação – Vítor Rocha Departamento Jurídico – Giani Mendes Jornalismo - Marcus Modesto Colaboradores – Luciano Ribeiro, José de Oliveira e José Roberto Medonça Estagiários – Carlos Jefferson Teixeira e Guilherme Gomes


Cidades

21 a 27 de maio 2011

3

Trabalhadores recusam proposta da CSN Cerca de 90% dos metalúrgicos votaram contra a proposta da CSN Volta Redonda Os metalúrgicos da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) rejeitaram a terceira proposta de acordo coletivo apresentada pela direção da empresa. Dos trabalhadores que votaram, 90% se manifestaram contra a proposta, quatro votaram em branco e 11 anularam o voto. A proposta da CSN foi de 7,89% de reajuste salarial. São 6,3% - total do INPC - mais 1,5% de ganho real. Já o valor proposto do cartão-alimentação dos empregados passaria de R$ 200 para R$ 230 e o auxílio-creche seria reajustado de R$ 330

para cerca de R$ 350 por mês. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, Renato Soares, afirma que vai tentar resolver o impasse por meio da negociação. Entretanto, o sindicalista não descarta a possibilidade de uma paralisação. “A greve prejudica a todos, mas os trabalhadores estão insatisfeitos com a proposta e a CSN não colabora. Esperamos que a empresa sensibilize e nos chame para uma nova rodada de negociação”, diz. A direção da CSN, procurada pelo Jornal Folha do Interior, nada declarou a respeito do Acordo Coletivo 2011.

Trabalhadores aceitam proposta da Peugeot Os trabalhadores da Peugeot aprovaram, em votação realizada na terça-feira, dia 17, a proposta para o acordo coletivo 2011/2012. Foram 2.256 votos favoráveis, 1.023 contra a proposta e 3 votos entre brancos e nulos, num

total de 3.282 votantes. Com isso, os trabalhadores terão seus salários reajustados conforme o INPC (6,3%) + 2% de aumento real. Além de uma PPR no valor de R$ 5.500,00, com um adiantamento de R$ 3.500,00 no dia 20 de maio.

Na presença de Lupi, Renato Soares se filia ao PDT O presidente do sindicato dos metalúrgicos do Sul Fluminense, Renato Soares, assinou na sextafeira, dia 20, em Volta Redonda, o

documento de filiação ao PDT (Partido Democrático Trabalhista). O ato teve a presença do Ministro do Trabalho, Carlos Lupi.

Forte odor em fábrica de BM preocupa Baianinho Vitor Rocha

Barra Mansa

empresa para pedir explicações e cobrar providências. Segundo Baianinho, o mau cheiro também pode ser sentido nas imediações da Delegacia Legal e do Cemitério. “O que apuramos é que esse problema acontece porque ficam resíduos nos tanques da empresa e, quando chega a água, o mau cheiro acaba. Além de causar incômodo aos moradores, queremos saber se a empresa está respeitando o Meio ambiente”, declara o parlamentar.

Atendendo à solicitação de moradores dos bairros de Fátima e Jardim Boa Vista, o presidente da Câmara de Barra Mansa, Cláudio Cruz, o Baianinho (PV) vai enviar um ofício à prefeitura pedindo a fiscalização da Fábrica de Laticínios Bom Gosto, que funciona no Centro, devido às constantes reclamações sobre o mau cheiro exalado da fábrica. Baianinho pretende conversar com a direção da

Servidores de Piraí ganham 7% de aumento Câmara Municipal também aprova resolução reajustando os salários dos servidores do Legislativo municipal e os subsídios dos vereadores Piraí A Câmara de Vereadores de Piraí aprovou, por unanimidade, reajuste salarial de 7% - acima do IPCA, de 6,51% -, a todos os funcionários, proposto pelo prefeito Arthur Henrique Gonçalves Ferreira (Tutuca). Com a aprovação urgente, servidores ativos, inativos, aposentados e pensionistas já receberão com aumento o salário de maio, que será pago no dia 30. Na mensagem encaminhada à Câmara de Vereadores, o prefeito Tutuca destacou que, apesar dos problemas enfrentados desde o início do ano, entre eles significativas perdas de receita, tanto por conta do repasse do ICMS, quanto na distri-

buição dos royalties do petróleo, procurou garantir uma reposição salarial acima dos índices oficiais estipulados pelo Governo Federal, aguardando a publicação do IPCA, o mais representa-

tivo deles. A Câmara Municipal também aprovou resolução reajustando os salários dos servidores do Legislativo municipal e os subsídios dos vereadores no mesmo percentual.


Cidades

4

21 a 27 de maio 2011

Acidentes de trânsito já mataram 13 pessoas em 2011 em BM e VR Atropelamento é a principal causa de morte em Barra Mansa, onde o aumento de acidentes nos primeiros meses de 2011 em relação ao igual período de 2010 é de cerca de 160%. Além disso, em Volta Redonda, acidentes sem vítimas têm crescido devido a imprudências e falta de respeito, alerta especialista Arquivo FI - Vitor Rocha

B.Mansa/V.Redonda O índice de acidentes no trânsito tem crescido consideravelmente na região. Em Barra Mansa e Volta Redonda há um aumento nas ocorrências em 2011, ao comparar os casos ocorridos nos primeiros quatro meses de 2010. Em Barra Mansa, por exemplo, essas ocorrências tiveram um salto de cerca de 160%. Em 2010 foram registrados 86 acidentes e em 2011 esse número subiu para 228, levando em consideração também os acidentes envolvendo veículos em estradas que cortam o município. Embora os casos tenham aumentado, a gravidade dos acidentes diminui. Prova disso é que em 2010 oito pessoas faleceram em decorrência de atropelamento e, em 2011, foram registradas quatro mortes pelo mesmo motivo. O número de mortos em decorrência de acidentes envolvendo motorista caiu de oito em 2010 para três nos primeiros quatro meses de 2011. Porém, o funcionário da funerária municipal de Barra Mansa, Joaquim Raimundo Oliveira, ressaltou que o número de mortes causadas por acidentes pode ser maior. “Nós não temos como saber se esse número é maior, pois são consideradas apenas as vítimas que perdem a vida na hora ou pouco tempo depois. Mas alguns casos que chegam para a gente com outras causas de morte estão relacionados com acidentes. Por isso sabemos que esse número seria maior se considerássemos a causa da entrada [acidente] no hospital como causa da morte”, explicou. E mesmo os casos de acidentes sem vítimas preocupam autoridades de seguran-

Orientar para coibir

Aumento do número de mortes no trânsito são as constantes brigas e falta de paciência

ça. Em Volta Redonda, entre janeiro e abril de 2010 foram registrados 774 e no igual período de 2011 foram registrados 835. E o número de mortes também caiu, assim como em Barra Mansa. Em 2010, entre janeiro e abril foram registradas nove mortes e em 2011 nesse mesmo período, seis pessoas perderam a vida em decorrência de acidente de trânsito. De acordo com a psicóloga do Detran de Barra Mansa, Gilcéa Pinho, ações simples podem fazer a diferença para evitar acidentes. Para os motoristas, respeitar as regras do código de trânsito e sinalizar as manobras, regular os faróis, parar antes dos cruzamentos e não estacionar na faixa de pedestre são atitudes que devem

fazer parte do dia a dia. Outros fatores relatados pela especialista como motivos para o aumento da violência no trânsito são a falta de paciência e de respeito ao próximo. “Hoje a gente vive em uma sociedade de risco, em que parece que tudo é permitido. No nosso país o que mata são os comportamentos reinantes, porque as nossas leis nem sempre são cumpridas e a desobediência é a tentativa de superação dos limites. Com os avanços científicos, os valores materiais não possuem mais o significado de bem-estar, mas sim o significado de mal-estar. A nossa sociedade precisa ser reeducada, isto é, valorizar, preservar a vida e compreender que esse é o nosso maior bem”, explicou.

Imprudências são uma das principais causas de acidentes

Dados da Organização Mundial de Saúde mostram que 44% dos países no mundo não têm políticas que estimulem o uso de transportes públicos. Por isso a Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro prepara um projeto de lei para responsabilizar autoridades públicas por tragédias causadas no trânsito. O deputado federal Hugo Leal (PSCRJ), presidente do bloco e autor da Lei Seca explica que o Ministério das Cidades e o Denatran têm sido omissos na questão. De acordo com o deputado Hugo Leal, o Governo não aplica toda a verba que tem à disposição para a prevenção de acidentes. Mas no final, segundo ele, o custo acaba sendo bem maior, já que os mortos e feridos no trânsito custam ao país cerca de R$ 30 bilhões por ano, com base em estimativas do IPEA. - O principal foco da Frente Parlamentar do Trânsito Seguro é salvar vidas, preservar vidas. Nós estamos aqui para aprimorar, para poder apoiar naquilo que for necessário do ponto de vista legislativo e do ponto de vista que é o outro papel do parlamentar, da fiscalização: para onde estão indo os recursos que devem ser aplicados na prevenção de acidentes? Esse é um dos principais focos que nós vamos atuar também - explicou, afirmando que o Governo Federal tem cerca de R$ 500 milhões por ano para evitar acidentes de trânsito. Esse dinheiro vem dos 5% das multas e do seguro obrigatório a que a União tem direito. Ainda de acordo com o deputado, intervenções como essas vem dando resultados

positivos. Prova disso é que o último relatório divulgado pelo Ministério da Saúde revela que 2.302 vidas foram poupadas no trânsito brasileiro após a implantação da Lei 11.705 – batizada de Lei Seca – em 20 de junho de 2008. O número de óbitos em acidentes de carro caiu 6,2% no país. A maior queda foi verificada no Rio de Janeiro – 32%. Em Barra Mansa, o trabalho educativo tem sido realizado na abordagem direta aos motoristas. Os últimos dados divulgados revelam que as infrações mais cometidas no município são: estacionamento irregular, sendo responsável por 52% das ocorrências, seguido do uso de celular ao volante, com 16%, falta do cinto de segurança, 13% e o avanço no sinal vermelho, que ficou com 7% das notificações. Para coibir e diminuir o número de infrações que cresceu cerca de 90%, o gestor de Segurança Pública Municipal, Jefferson Mamede, explicou que atualmente a Guarda Municipal atua dando prioridade à educação e conscientização dos condutores. - Prova de que esse trabalho vem dando certo é que, apesar do índice de infrações ter registrado um aumento significativo, o número de autuações aplicadas pela guarda caiu em 43%, nesse primeiro trimestre de 2011, se compararmos com o mesmo período do ano passado. De janeiro a março de 2010 foram 1.709 multas e, nos três primeiros meses de 2011 apenas 984. Já o índice de advertências teve um aumento de 230%, saltando de 1.702 em 2010 para 5.620 em 2011 – comparou o gestor.


Cidades

21 a 27 de maio 2011

5

Vítima de violência no trânsito relata ataque por disputa de vaga Depois de permanecer internado por cerca de 40 dias, ainda se acostuma com a nova rotina, uma vez que perdeu os movimentos das pernas e está se locomovendo por meio de cadeira de rodas Outros fatores que têm contribuído para o aumento do número de mortes no trânsito são as constantes brigas e falta de paciência, como alerta a psicóloga Gilcéa Pinho. “A violência no trânsito mesmo sem a gente querer pode acontecer. Às vezes a gente sai de casa tranquila e se envolve com um conflito no trânsito, por diversas razões. Cada motorista tem o seu tipo de personalidade e existem diversos fatores que influenciam o seu comportamento no trânsito, como os papeis que desempenha na vida, a influência da família, os fatores e tendências de tem-

peramento e personalidade e os estados alterados por estresse, álcool e drogas”, disse. Foi o que aconteceu recentemente com o técnico em manutenção de equipamento médico e dono de uma empresa que presta os serviços, Afrânio Viana Martins, de 45 anos. Ele contou com exclusividade ao Jornal Folha do Interior como está se recuperando de um atentado, do qual foi vítima no dia 17 de março deste ano, ao disputar uma vaga num posto de gasolina, em Barra Mansa. O cabo da PM Jackson Laranjeira da Silva, de 34 anos,

suspeito de atirar em Afrânio foi preso por policiais do 28º Batalhão da Polícia Militar de Volta Redonda e foi conduzido para o Batalhão Prisional da PM no Rio de Janeiro. Afrânio ainda se recupera em casa, depois de ter sido atendido na Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa e permanecer internado por cerca de 40 dias. Martins ainda se acostuma com a nova rotina, uma vez que perdeu os movimentos das pernas e está se locomovendo por meio de cadeira de rodas. Ele conta como tudo aconteceu. - Eu estava na fila aguar-

Atropelamento é a maior causa de mortes de crianças no trânsito As últimas estatísticas do Seguro do Trânsito – DPVAT divulgadas apontam que mais da metade das indenizações envolvendo crianças com idade entre 0 e 10 anos foram para mortes; o restante, por invalidez. Segundo a Seguradora Líder, responsável pela administração do DPVAT, essa é a principal causa de morte de crianças dessa faixa etária no trânsito. O Seguro do Trânsito, que todo proprietário de veículos é obrigado a pagar, ofe-

rece coberturas para três naturezas de danos: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares. As principais causas dos acidentes apontadas pela seguradora são alta velocidade, imprudência e embriaguez. Outro tipo de atropelamento frequente é o causado quando o motorista entra ou sai de uma vaga, seja em garagens ou em casa. A seguradora recomenda nunca deixar a criança sozinha dentro do car-

ro, verificar se o dispositivo de segurança é utilizado de acordo com as normas de segurança, olhar em volta do carro antes de ligá-lo e deixar as crianças aguardando em lugar seguro e visível, além de alertar os menores de 10 anos a nunca brincarem dentro ou perto de veículos e não permitir que brinquedos fiquem no caminho do estacionamento ou garagem, além de trancar o carro se estiver parado, para que as crianças não entrem sozinhas.

Saiba o que é o Seguro DPVAT Muitas pessoas ainda desconhecem um direito que têm de seguro em caso de acidentes: o Seguro DPVAT é obrigatório por lei (6.194/ 74) e indeniza vítimas de danos pessoais causados por veículos automotores de Via

Terrestre. Por isso não se enquadram trens, barcos, bicicletas e aeronaves. O DPVAT, por ser um seguro destinado exclusivamente a danos pessoais, não prevê cobertura de danos materiais causados por colisão, roubo ou furto

de veículos. A cobertura do seguro não está vinculada às regras de trânsito. As indenizações são pagas independentemente de apuração de culpa, desde que haja vítimas, transportadas ou não pelo veículo automotor.

dando para sair do posto de gasolina quando o cara cortou e parou na minha frente de forma errada, então não dava para eu passar. Aí eu abaixei o vidro e pedi para que ele me desse licença, mas ele se recusou. Então eu saí do carro e fui falar com ele, quando cheguei ao local ele já estava posicionado para atirar – lembrou. Os disparos atingiram o pulmão e a coluna. De acordo com ele, um dos médicos que o atenderam disse que o quadro é definitivo, mas Martins consultou um outro especialista que disse que com novos

tratamentos e fisioterapia é possível reverter o quadro. “Eu sou cristão e acredito que Deus pode me curar e até mesmo por essa fé que tenho em Deus eu vejo que poderia ter agido diferente. Eu me levantei para falar com ele mesmo sem violência, mas acredito que poderia ter feito diferente. Poderia ter esperado, mas não imaginei que ele estivesse armado”, lamentou, ressaltando que assim como aconteceu com ele poderia ter acontecido com qualquer um, porque, segundo a vítima, o que mais se vê no trânsito é negligência e desrespeito.

Números nacionais Dados do Seguro de Danos Pessoais causados por veículos automotores de via terrestre (DPVAT) mostram que o brasileiro tem dirigido de maneira cada vez mais violenta e imprudente. Como consequência, em 2010, cerca de 50 mil pessoas perderam a vida nas ruas e estradas brasileiras. Os números cada vez mais espantosos colocam o Brasil entre os dez países responsáveis por 62% das mortes no trânsito no mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), no mundo 1,3 milhões de pessoas morrem anualmente no trânsito e a previsão é de que até 2030 esse número suba para 2,4 milhões. Ainda de acordo com o estudo, mais de 90% dos acidentes com vítimas fatais ocorrem em países de baixa e média renda, que concentram 48% da frota mundial de veículos. Os usuários mais vulneráveis são pedestres, motociclistas e ciclistas. Prova disso é que no ano passado, acidentes com mo-

tos representaram 60,7% das indenizações pagas pelo Seguro Obrigatório DPVAT. Além da imprudência, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) ressalta que o crescimento da frota também pode ser um fator que contribui no aumento do número de acidentes. Em 11 anos a frota de veículos dobrou no Brasil. Em 2010 o aumento foi 8,4 %, totalizando 64.817.974 veículos em todo o país. Os automóveis alcançaram 37.188.341, correspondendo a 57,37% da frota total. Já as motocicletas somam 13.950.448 e são 21,52% da frota nacional. Na região, esse crescimento também vem acontecendo. Em Volta Redonda a frota já alcançou a marca de 97.821 veículos, sendo 72.354 automóveis. Barra Mansa fica em segundo com uma frota correspondente a 48.691 veículos, sendo 33772 automóveis. Resende, em terceiro lugar, tem 45.329, desses, 31.236 são automóveis.


6

21 a 27 de maio 2011


7

21 a 27 de maio 2011

Continuação página 8


Economia

8

21 a 27 de maio 2011

Farmacêutica investe R$ 17 milhões em Centro de Distribuição em BM Expectativa é que cerca de 200 mil produtos sejam distribuídos, diariamente, a partir do local Divulgação

Barra Mansa A rede paulistana de farmácias Droga Raia – já instalada em seis estados do país – vai inaugurar, em breve, um Centro de Distribuição em Barra Mansa. O CD está sendo construído pelo Grupo Toniato, às margens do km 268 Via Dutra, na altura do bairro Vila Principal. O armazém de 11.000m² servirá como CD amplo e especialmente projetado para atender as demandas da rede. A parceria com o Grupo Toniato ocorreu pelo fato de que a empresa é especializada em desenvolvimento de empreendimentos de alta qualidade voltados ao

setor construção de CDs, de transporte e logística. Para a construção serão investidos cerca de R$12 milhões pelo Grupo Toniato e posteriormente na operação, que inicialmente será realizada pela própria Droga Raia, está previsto o investimento de cerca de R$ 5 milhões. Na primeira fase está prevista a geração de 150 empregos podendo dobrar esse número nos próximos dois anos. A expectativa é que o Centro comece a ser operado no início do próximo ano e abasteça todas as lojas do estado do Rio com 200 mil produtos por dia. De acordo com Fernando Kozel Varela, vice-presidente de operações da Droga

Instalação do CD deve abrir 300 postos de emprego nos próximos dois anos

Raia, Barra Mansa foi escolhida levando em consideração fatores que facilitassem a instalação e a logística da empresa. “Nós fizemos uma pesquisa para levantar os possíveis locais de implantação de Centro de Distribuição e notamos

que em Barra Mansa tínhamos diversos pontos favoráveis. Primeiro a localização. Segundo, por essa parceria com a Toniato e os incentivos da Prefeitura. E terceiro, pela mão-de-obra qualificada e que podemos qualificar por

aqui”, diz, ressaltando que o município possui um dos melhores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) e um dos menores índices de criminalidade no estado. Segundo o prefeito Zé Renato, coube à Prefeitura garantir incentivos para a instalação da empresa. “É com muita alegria que lançamos mais esse empreendimento em Barra Mansa. A instalação da empresa vai gerar cerca de 300 empregos diretos. Como poder público, coube à Prefeitura conceder o máximo de incentivos para que fosse viável que a construção desse CD fosse aqui. Além disso, procuramos ajudar a agilizar o processo de instalação do centro”, destaca.


Economia

21 a 27 de maio 2011

9

MERCADO DE TRABALHO

Sul Fluminense contratou 3,2 mil no 1º trimestre deste ano, aponta Firjan No estado do Rio de Janeiro foram registrados 23.883 novos postos de trabalho Antonio Batalha

Sul Fluminense A região Sul Fluminense registrou saldo positivo de 3.282 novos postos de trabalho no primeiro trimestre de 2011. Com relação ao ano passado, o alto nível de contratações foi mantido (+2.908). Os municípios que mais contribuíram para esse resultado foram Angra dos Reis (+1.311) e Volta Redonda (+1.290), os principais geradores de emprego na indústria da região. Os dados estão na Nota Técnica Acompanhamento do Mercado Formal de Trabalho Fluminense – 1º trimestre de 2011, divulgada pelo Sistema FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), com dados do Minis-

Angra: indústria naval fechou o trimestre com 787 contratações

tério do Trabalho e Emprego. Angra dos Reis teve resultados significativos na Construção Civil, com geração de 716 novas contratações,

principalmente para construção de rodovias e ferrovias, e na Indústria Naval, que mesmo tendo desacelerado em relação a 2010, fe-

chou o trimestre com 787 contratações. Já Volta Redonda apresentou contratações importantes na Indústria Metalúrgica (+628) para a produção de laminados planos de aço. Os setores que se destacaram em todo o Sul Fluminense foram os de Construção Civil (+944), Indústria de Material de Transporte (+926), Indústria Metalúrgica (+848) e Serviços (+1.187). O Comércio teve retração e fechou o trimestre com 778 demissões.

Estado No estado do Rio de Janeiro foram registrados 23.883 novos postos de trabalho. Apesar de o número ser pouco mais de dois ter-

ços do que foi gerado no mesmo período do ano passado (+34.681), este é o terceiro melhor primeiro trimestre desde 1995. De acordo com o gerente de Estudos Econômicos do Sistema FIRJAN, Guilherme Mercês, o saldo ainda é positivo. “A geração de postos de trabalho tem acompanhado a desaceleração da atividade, mas ainda é expressiva tanto no Brasil quanto no estado do Rio de Janeiro”, ressalta Guilherme. Ele acrescenta que o número expressivo foi puxado pelo mês de fevereiro (19.921 novas vagas), que compensou a queda no mês de janeiro, com as típicas demissões, e em março devido ao fraco desempenho por conta do Carnaval. Vitor Rocha

Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de BM Rua Imprensa, 120 - Ano Bom - Barra Mansa-RJ

O Sindicato dos Rodoviários está disponibilizando uma profissional no ramo de nutrição para seus associados às terças-feiras, a partir das 8 horas, na sede da entidade, no bairro Ano Bom. Em breve a sede campestre estará totalmente reformada em julho, no Dia dos Rodoviários, com salão de festas, quatro represas para pesque pague e muitas atrações. Sindicalista visite a sede campestre no Km 4 Estrada Barra Mansa/Bananal O Sindicato dos Rodoviários conseguiu 10% de aumento para a categoria. Um ganho real. Uma grande vitória para a família dos rodoviários. Sindicato dos Rodoviários do Sul Fluminense Direção: Raimundo Filho

Obra na Curva da Pedra desaba e isola Vista Alegre Fornecimento de luz e tráfego de pedestres foram comprometidos por mais de 10 horas; engenheiro diz que faltou espaço para máquinas chegarem ao topo do morro Barra Mansa Parte da obra de abertura da Curva da Pedra, localizada no acesso ao bairro Vista Alegre, em Barra Mansa, desabou na manhã de sexta-feira, dia 20, por volta de 10h30mim. Uma máquina que estava trabalhando no alto da pedra também deslizou e acabou atingindo a estrutura metáli-

ca de segurança da obra. De acordo com o encarregado da obra, Hércules de Souza e Silva, funcionário da empresa Fábio Bruno Construções, o trecho no sentido Vila Nova já estava interditado para passagem de veículos antes mesmo do acidente, por isso ninguém ficou ferido. Os pedestres que precisavam passar pelo local tiveram que

utilizar a linha férrea. O bairro ficou sem luz durante todo o dia, já que os cabos condutores de energia elétrica foram arrebentados com o desabamento. A obra, parceria entre a prefeitura e o Governo do Estado, prevê a retirada de rochas, construção de ciclovia, acostamento e pavimentação, num investimento de cerca de R$ 6 milhões.


Entretenimento

10

21 a 27 de maio 2011

Gacemss recebe Orquestra de Sopros da CSN Concerto didático será realizado na próxima terça-feira, dia 24; escolas podem se inscrever para participar da apresentação

Divulgaç

O Teatro Gacemss, em Volta Redonda, recebe na próxima terça-feira, dia 24, às 15h, mais uma apresentação da Orquestra de Sopros da Fundação CSN. A entrada é franca e escolas e grupos podem fazer agendamento com a Fundação CSN. O concerto da Orquestra de Sopros, formada por 45 integrantes, entre membros da Orquestra Sinfônica Jovem e do Projeto Oficinas Culturais, é o primeiro de uma série de

ão

Volta Redonda

quatro concertos que serão realizados em 2011. O público-alvo dos concertos são alunos da Rede Pública de Ensino, mas as apresentações serão também abertas para a

Espetáculo "O Pica-Pau" retorna a Volta Redonda Volta Redonda O espetáculo infantil "O Pica-Pau" promete divertir o público de Volta Redonda no dia 29 de maio, domingo, às 11h e 16h30. A história envolve também o conhecido personagem trapaceiro, Zeca Urubu. Segundo o autor e diretor da montagem, Felipe Nogueira, a peça está com texto inédito. Para ele, a diversão é garantida com o personagem mais marcante do universo infantil. "Estamos

investindo ainda mais no humor e no dinamismo do espetáculo. Uma produção fiel ao desenho, moderna e bastante divertida", diz Felipe.

Serviço Espetáculo “O Pica-Pau” 29 de maio, ás 11h e 16h30, no Gacemss Ingressos: R$ 10 (meia); R$ 15 (com panfleto): R$ 20 (inteira) Informações:(24) 3343 3033

Festa Imprensa Aqui, Mas Não Divulga! Volta Redonda É estudante de Comunicação, publicitário, jornalista, assessor de Imprensa, produtor cultural, web designer ou simplesmente gosta de uma balada? Então venha rever os amigos de faculdade ou encontrar os colegas de profissão na primeira edição da Festa Imprensa Aqui, Mas Não Divulga! Realizada pela Mega Entretenimento e Casa do Baralho. O encontro acontece no dia 27 de maio de 2011, no Pianos Bar Embaixador, em Volta Redonda. Na programação, jingles, propagandas e som mecâni-

co a noite toda e apresentação ao vivo do projeto Sonsual Família Real (Amplexos + Beatbass High Tech).

Serviço Festa Imprensa Aqui, Mas Não Divulga! Dia 27/5, sexta-feira, às 22h Ingressos: R$ 10 (lista amiga) e R$ 15 Para incluir seu nome na Lista Amiga, envie e-mail com Nome completo + RG + telefone para megaen tretenimento@uol.com.br, com o título “Lista Amiga”Classificação: 18 anos

toda a comunidade. O regente da Orquestra de Sopros, professor Alexandre Castro, explica que o Concerto Didático contará com a participação de atores, que

vão contar um pouco sobre a família dos instrumentos que compõe uma orquestra de sopros: as madeiras (flautas, clarinetas, oboé, fagote e saxofone) e os metais (trompete, trompa, trombone e tuba). "O repertório é mesclado, transitando da música popular ao erudito. O evento é denominado Concerto Didático já que, interagindo com o público no decorrer do espetáculo, a orquestra demonstra de maneira instrutiva e didática os tipos de som e as fun-

Os Indecentes - Crônicas sobre amor e sexo Crônicas costumam ter vida curta, mas algumas delas fogem desse destino. Uma prova disso é o livro Os indecentes crônicas sobre amor e sexo, que reúne os 100 textos mais exagerados, irônicos, furiosos e, claro, indecentes da escritora Stella Florence. O estilo da autora, tão verdadeiro e desabrido, sem disfarces ou limites, faz com que os leitores (especialmente as leitoras) vejam em Stella a amiga que os compreende. Essa intensa sensação de partilha é a marca registrada de sua literatura. A crônica "O que um homem faz na cama com você, ele fará fora dela também" abre o livro com força. E mais: "Se ele insiste em pedir a você uma segunda mulher na cama, ele já tem (ou em

breve terá) uma segunda mulher fora dela. (...) Se ele vive te comparando a outras mulheres, outras que faziam gostoso todas as aberrações que você se recusa a fazer, se ele traz o espectro dessas outras para a sua cama, ele irá seguir te humilhando vida afora sempre que tiver uma oportunidade", explica a autora. Cenas de filmes, trechos de livros e até mesmo aquelas frases soltas que acabamos ouvindo na fila do banco, no salão de beleza ou no shopping são o ponto de partida usado pela autora para tratar de questões que afligem todos os que amam. Os Incidentes - Crônicas sobre amor e sexo Autor: Stella Florence Páginas: 224 Preço:R$ 28,00 Editora: Rocco

ções dos instrumentos", ressalta Alexandre.

Serviço Apresentação da Orquestra de Sopros da Fundação CSN Próxima terça-feira, dia 24, às 15h Teatro Gacemss - Endereço: Rua 14 nº 315 – Vila Santa Cecília – Volta Redonda Contatos: (24) 3343-3033/ 3343-1770/3342-4202

Peça “Porca Miséria” é encenada em Resende Resende A leitura dramatizada da comédia “Porca Miséria”, de Marco Caruso e Jandira Martini, promete divertir a plateia do programa Câmara Cultural. Com direção de Anna Zelma, “Porca Miséria” tem no elenco: Dayse Marques, Eduardo Silva, Glória Maria Marques, Luiz Fernando, Mabelle Pinheiro, Marina Araújo e Paulo Cezar Coelho, além da própria diretora. O texto, encenado no país pela primeira vez em 1994, conta a história de uma família de imigrantes italianos que luta para sobreviver num país de excluídos. Sucesso de público e crítica, “Porca Miséria” recebeu o prêmio Shell, APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) e Mambembe de Melhores Autores em 1994.

Serviço Peça “Porca Miséria” Data: 27 de maio Hora: 19h Local: Plenário Jorge Miguel Jayme (Rua Padre Couto, nº 10, Centro. Entrada: Gratuita


Social

21 a 27 de maio 2011

11

Por Angélica Leal

Festa do Peão de Rio Claro Começou na quinta-feira (19) a Festa do Peão de Rio Claro, comemorando os 162 anos do município. A tradicional Festa do Peão trouxe na quinta (20) show do Bonde do Forró, sexta (21) Vitor e Léo, sábado (22) tem Banda Eva e domingo (23) Swing e Simpatia. Vai fazer o friooooo de sempre, então tirem os casacos bem quentinhos do armário.

Os empresários Maninho e Fabrício ( Fronteiras)

Os empresários Kiko (Gaia Grill) e Marcelo Coelho (Telões)

Quem avisa... Tem um rapaz da região que acha realmente que é cantor. O pior é que o pai e mãe ficam rodando os estabelecimentos de show pedindo uma oportunidade pro rapaz e nem sabem se é isso que ele quer. Gente, em tudo na vida, a primeira coisa que temos que fazer é nos aperfeiçoar para tentarmos algo. Primeiro tem que ter talento, depois ensaio, disciplina, etc...O pior é o papai e a mamãe indo junto...é só um toque!

Cuidados com a pele no inverno. Pele ressecada não dá! Use protetor solar durante o dia, inclusive no inverno e a noite é essencial a utilização do hidratante. Os lábios também merecem proteção, como filtro solar (incolor ou colorido) ou manteiga de cacau. Procure não tomar um banho muito quente e nem demorar demais no chuveiro. O sabonete neutro, de glicerina ou aveia são os ideais. E na hora de se vestir, opte por roupas que combatam o frio, mas que sejam leves. Evite a exposição constante em ambientes secos, e a utilização de umidificadores no quarto é uma ótima alternativa pra a salvação de sua pele ressecada! Procure tomar pelo menos dois litros de água por dia, além de saudável, hidrata o organismo tornando sua pele ainda mais bonita.

O casal e músicos Suzi e Carlinhos Meningite

Nono pertigiando o neto Matheus, o campeão da classe B do Rio Sul Open de Tênis

Felipe Augusto Coutinho comemorando seu aniversário com amigos no Fronteiras

O casal Hermano e Thaís Ramos

Parte da equipe do Jornal Folha do Interior comemorando as 400 edições do jornal

Jean, tecladista do Elymar Santos com o cantor Thiago Oliveira do Raul Gil no Área Restrita

Os empresários Ailton e Ricardo do Área Restrita

Espaço Kids

O Espaço Kids é o lindo Davi


12

21 a 27 de maio 2011

RIO SUL OPEN DE TÊNIS

Matheus Viana leva o título na Simples B Jovem atleta de Barra Mansa, de apenas 16 anos, derrotou adversários experientes no maior torneio de tênis da região; na categoria A, Thiago levou a melhor sobre Marcelo Vitor Rocha

Sul Fluminense Camila Neves

Sérgio e Rodrigo vencem na A

Uma grande festa de confraternização marcou no último domingo, dia 15 de maio, o término do Rio Sul Open 2011, o maior Torneio de Tênis da Região Sul Fluminense, que aconteceu desde o último dia 02 de maio, nas quadras de saibro do Clube dos Funcionários da CSN, em Volta Redonda. Os atletas, que alcançaram os 1º e 2º lugares, nas Chaves Simples e Duplas das Classes A, B, C, Feminino e Iniciante foram premiados, entre mais de 170 participantes. No domingo, dia 15, foram realizados quatro jogos finais das Chaves Simples e Duplas das Classes A e B. Os primeiros a entrarem em quadra foram as duplas: Sérgio e Rodrigo, que venceram de 3x6, 6x0 e 10x6 de Marcelo e Arthur, na Classe A. Cadinho e Beto também venceram de 7x5 e 6x3 da dupla

No sábado, dia 14, os jogos iniciaram às 9 horas, com as finais das Categorias Feminino e Iniciante. Hellen levou a melhor sobre Letícia e venceu com sets de 3x6, 6x2 e 10x6 e Guilherme Sepúlveda garantiu o 1º lugar com 6x3, 6x4 e 10x8 sobre Dudu, na Categoria Iniciante. Às 11 horas, aconteceram os jogos finais das Chaves Simples e Duplas da Classe C. Na Chave Simples, João Vitor ganhou de 6x3 e 7x5 de Pistarino, enquanto na de Duplas, Idelcides e Denise venceram por sets de 4x6, 6x0 e 10x7 da parceria de Davison e Luiz. O tenista Sergio Silva, de 35 anos, vencedor da Chave Duplas da Classe A em parceria com Rodrigo, disse que o tempo todo acreditou na vitória. “Foi um jogo muito constante, mas acreditamos que iríamos

Matheus derrotou advesários experientes como Oswaldo e Guto

formada por Ernani e Helton. Na Chave Simples das Classes A e B, a vitória ficou para Thiago com sets de 6x1 e 7x5 sobre Marcelo e Matheus com vitória de 6x4 e 6x4 sobre Osvaldo, respectivamente. Em seguida, foi realizada a solenidade de premiação para os 1º e 2º lugares de todas as categorias, que receberam troféus individuais

Expedito: “Clube sempre investiu forte no esporte”

Expedito ao lado dos jogadores Marcelo e Thiago

Segundo o Diretor de Tênis do Clube dos Funcionários da CSN, Expedito Gonçalves Aquino, a expectativa é tornar o Rio Sul Open de Tênis um evento tradicional no calendário do Clube e com a participação de grandes atletas da Região Sul Fluminense e do Estado. “Essa é a nossa visão, que seja o início de um Torneio de Tênis marcante para a nossa Região”, afirmou o Diretor de Tênis do Clube, acrescentando que o Clube dos Funcionários da CSN sem-

pre investiu no esporte, mas evoluiu com as ações voltadas à prática do tênis. Hellen Aparecida Rodrigues Bamplona, de 53 anos, vencedora da Categoria Feminino, disse que o mais gostoso é a superação e integração promovida através do esporte. “Entrei no torneio sem expectativa nenhuma de vencer porque têm muitos jovens e com preparo físico melhor. Estou muito feliz com o resultado, pois sempre fui motivadora das mulheres no tênis”.

e brindes dos patrocinadores. Somente os 1º e 2º lugares das Chaves Simples e Duplas da Classe A receberam prêmios em dinheiro: R$ 700,00 para o 1º lugar e R$ 300,00 para o 2º colocado. Ao todo, aconteceram 131 jogos, dos quais, oito partidas decisivas foram realizadas sábado e domingo, dias 14 e 15, respectivamente.

Santini destaca parcerias e diz que resultado foi positivo O presidente do Clube dos Funcionários, Renato Santini, destacou a importância do Rio Sul Open. “É um evento que estimula a prática do esporte, além de revelar talentos visando já as Olimpíadas de 2016. Atualmente, o Clube possui cerca de 300 tenistas e dispõe de cinco quadras de saibro em excelente estado, que são compostas por terra e argila, coberta com pó de tijolo. É o mesmo piso das quadras do Torneio de Roland Garros, o principal torneio de tênis do mundo realizado em Paris, na França. Nossa expectativa é que Prefeitura e empresas privadas também invistam nesse projeto”, afirmou Renato Santini.

Dupla Idelcides e Denise vencem

ganhar. A nossa estratégia com saques bons e na rede foi fundamental para garantir a vitória no torneio”, afirmou Sérgio, que é o 2º do ranking do Clube. Para Thiago Marioti, de 26 anos, líder do ranking do Clube na Classe A, a vitória foi resultado de muito treino e dedicação no esporte. “Sou professor e número 1 no ranking, então entro com a responsabilidade de ganhar. E em todos os jogos entro com o meu máximo. Ganhar do Marcelo foi muito bom porque ele é um adversário que treinou demais”, explicou.

Hoje começa o Campeonato Brasileiro, uma das mais longas competições do mundo. Serão 20 equipes brigando pela conquista do título. Claro que algumas entram apenas com o intuito de permanecer ou conquistar uma posição na Copa Libertadores da América ou na Sul-Americana. Essa última desde 2010, garante ao campeão uma vaga na Copa Libertadores da América, no ano seguinte. Os quatro primeiros times garantirão vaga para a Libertadores em 2012, os oito seguintes (5º ao 12º) irão disputar a Sul-Americana. Para evitar dúvidas com relação a comentários de que um time “entregou” um resultado para prejudicar um rival, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) decidiu programar clássicos regionais nas duas últimas rodadas. É saber agora como vão se comportar os times cariocas. Acredito que nenhum no momento pode se considerar favorito ao título. Apesar de ter conquistado o estadual, o Flamengo precisa de reforços e ainda não engrenou. O Vasco melhorou, mais está muito longe de ser um postulante. O Botafogo está à procura de reforços e fica sem Herrera e Loco Abreu, suspensos devido aos incidentes no jogo contra o Avaí. No Botafogo, até Seedorf foi cogitado. O Fluminense, ainda sem comandante, precisa se firmar. O momento é de pessimismo com relação ao futebol do Rio, mas ao longo da competição o quadro pode reverter. Hoje, sábado, o Barra Mansa enfrenta o Estácio, no Estádio Leão do Sul. O time está na segunda posição com quatro pontos ganhos ao lado de Portuguesa, Sendas e Friburguense. Aliás, a torcida do Leão está devendo. Poucos torcedores estão comparecendo para prestigiar o time na Segunda Divisão.


/2011524141555  

Somente em Volta Redonda, Barra Mansa e Resende, 4868 casos já foram notificados, sendo 973 confirmados; saúde pública dos municípios diz qu...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you