Issuu on Google+

Ano IX- Edição n° 389 Sul Fluminense, 19 a 25 de fevereiro de 2011 redacao@folhadointerior.com.br www.folhadointerior.com.br

Dica de Livro

Distribuição Dirigida

Interior forte, Estado forte! Página 10

Acompanhe nosso jornalismo on line diariamente e fique bem mais informado - www.folhadointerior.com.br VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Deam: mais de 240 mulheres são agredidas em BM e VR todo mês Do total de ocorrências registradas em 2010, 30% foram de lesões corporais e 40% de ameaças; delegada pede que mulheres não tenham medo e denunciem seus agressores; psicóloga alerta para traumas decorrentes da agressão. Páginas 4 e 5

Volta Redonda, Resende e Barra Mansa foram as cidades que mais contrataram no setor de metalurgia. Página 9

Sindicato quer solução para crime na Votorantin Divulgação

Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, Renato Soares, lidera vigília pedindo a prisão imediata dos envolvidos no assassinato de Maria Aparecida. Página 8

Uso da camisinha pode evitar DST durante a folia

César Abranches assume a CDL de olho na “Classe C”

Campanha apoiada pelo jornal Folha do Interior quer reduzir índice de infestação de Doenças Sexualmente Transmissíveis. Página 6

Novo presidente da CDL de Volta Redonda pretende aumentar em 30% número de associados e expandir parcerias. Página 8

Carnamar abre o Carnaval em Paraty Divulgação

Região criou 14 mil empregos em 2010, revela pesquisa Firjan

Organização espera receber mais de 100 embarcações neste ano. Página 10


Geral

2

19 a 25 de fevereiro de 2011

Sider Shopping promove liquidação Etiqueta Amarela

josedeoliveira_@hotmail.com

A galinha dos ovos de ouro

Roupas, calçados e acessórios com até 70% de desconto

É de tirar o chapéu. Tem gente que consegue transformar o nada, o vazio, em puro ouro. A receita é simples: É só montar uma casa luxuosa, enorme, com churrasqueira, piscina, academia etc e selecionar algumas pessoas, preferencialmente bonitas, saradas e polêmicas para que convivam durante cerca de 70 dias, sob os olhos de curiosos e desocupados, diante da TV. Para esquentar o clima, avise que é um jogo e que, periodicamente, dois ou três serão indicados para o paredão e um deles será eliminado, de acordo com a vontade do povo. Que terá que votar, por telefone ou sms. E pagará por isso, é claro! Convença-os de que estão confinados e que eles são verdadeiros guerreiros. Promova a prova do líder, semanalmente. Não exija qualidade para isto. Faça sorteio, tipo bolas coloridas em uma sacola. Instigue a discussão e seremos presenteados com papos do tipo quem ficou com quem, quem disse o quê, quem vota em quem etc. Papo cabeça! Não se esqueça das festas regadas a bebidas e besteiras. Faça sorteios de apartamentos, carros e outras regalias. Tudo com sacolas e bolinhas ou coisa semelhante. Evidencie os patrocinadores e use os brothers como garotos-propaganda. Eles vão amar! Cabe ao telespectador espiar e ligar. Serão milhões de reais em caixa. Cada um que sair será aplaudido por todos e terá um mundo de oportunidades lá fora. Alguns serão repórteres, modelos ou farão programa de humor. Outros farão ensaios eróticos para sites e revistas masculinas. O campeão ganhará cerca de R$ 1,5 milhão. E, para nós, pacatos cidadãos, sobrarão o aumento das contas de energia elétrica e telefônica e um pouco mais de terreno baldio no cérebro. Pense nisso, brother!

O Sindicato dos Rodoviários está disponibilizando uma profissional no ramo de nutrição para seus associados. A nutricionista está atendendo todas às terças-feiras, à partir das 8 horas, na sede da entidade, no bairro Ano Bom. Sindicalista visite a sede campestre no Km 4 – Estrada Barra Mansa/Bananal Sindicato dos Rodoviários do Sul Fluminense Direção: Raimundo Filho

Fotos Arquivo FI

Volta Redonda O Sider Shopping se prepara para a liquidação “Etiqueta Amarela”, que acontecerá entre os dias 24 e 27 de fevereiro. Na ocasião, mais de 100 operações, entre quiosques e lojas, estarão com ofertas de até 70%. A gerente de marketing do Sider, Sandra Escoton, explica que a liquidação acontece duas vezes por ano e tem pontos positivos tanto para os lojistas quanto para os clientes. “Para os lojistas é uma oportunidade de queimar os produtos da estação que está chegando ao fim e, assim, renovar o seu estoque. Já para o consumidor, é uma boa chance de adquirir produtos de qualidade com grandes descontos”. Para chamar a atenção do consumidor, as lojas vão expor seus produtos em araras nos corredores dos pisos. “Será uma grande liquidação que, assim como as edições anteriores, promete ser um grande sucesso”, finaliza.

Serviço Liquidação Etiqueta Amarela Local: Sider Shopping – Rua 12, nº 300 – Vila Santa Cecília – Volta Redonda Dias 24 a de 27 de fevereiro

Shopping recebe mais de 18 mil pessoas todos os dias

Associação Ecológica Vale do Paraíba CNPJ: 04.458.779/0001-38 Travessa Dona Tereza, 08 – Aptº 201 Centro – Barra Mansa – RJ. CEP.: 27.327-000 Telefone: (24) 8801-8663 EDITAL DE CONVOCAÇÃO Assembleia Geral Ordinária – Eleitoral Barra Mansa, 13 de fevereiro de 2011. A Associação Ecológica Vale do Paraíba - CNPJ: 04.458.779/0001-38, Travessa Dona Tereza, 08 – Aptº 201 -Centro – Barra Mansa – RJ, CEP.: 27.327-000, vem através do presente Edital, fixado em local próprio na sede da entidade e dado conhecimento aos sócios, com finalidade de convocar seus associados para a Assembleia Geral Eleitoral, à realizar-se em sua sede, no dia 28 de Fevereiro de 2011, em primeira chamada às 19:00 horas e em segunda às 19:30 horas, conforme o estatutos. 01 – Instalação do Processo Eleitoral 02 – Apresentação das contas aprovadas pelo conselho fiscal 03 - Leitura das Chapas Concorrentes 04 – Apuração dos Votos ou por aclamação se for chapa única 05 – Proclamação dos Eleitos e posse imediata período 2011-2014 06 – Lavratura da Ata Denival da Costa Presidente

Expediente Empresa Jornalística Folha do Interior Redação: Av Domingos Mariano, 83, sl 406, Centro – Barra Mansa – RJ CNPJ – 05.587.149/0001-32 Insc. Estadual: 77.531.688 – Insc. Mun.: 525.218 Telefones: (24) 33248666 / (24) 92936572 E-mail: redacao@folhadointerior.com.br Site – www.folhadointerior.com.br

O Jornal Folha do Interior é uma publicação exclusiva da Emp. Jornalística Folha do Interior. Os textos não podem ser reproduzidos. Os artigos, colunas e opiniões assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores sob todos os aspectos legais e não vinculam a opinião do jornal. Circulação semanal aos sábados nas cidades: Barra Mansa, Volta Redonda, Porto Real, Quatis, Pinheiral e Piraí. Impressão: Gráfica Diário do Vale

Diretor e Editor – Vinicius Ramos Gerente Administrativo e Circulação – Vítor Rocha Departamento Jurídico – Giani Mendes Colaboradores – Luciano Ribeiro, Jose de Oliveira e José Roberto Medonça Estagiário – Carlos Jefferson Teixeira, Dayane Quadra Viana e Guilherme Gomes


Política

19 a 25 de fevereiro de 2011

3

Mesmo com a crise, Neto concede aumento de 10% para servidores Aumento – pago em fevereiro - será retroativo a janeiro; nenhum servidor da cidade recebe menos de R$ 1 mil Volta Redonda Os servidores públicos de Volta Redonda começaram 2010 com uma boa notícia. O prefeito Antônio Francisco Neto anunciou na quarta-feira, dia 16, o aumento de 10% no salário dos funcionários da prefeitura e das autarquias. O aumento – pago em fevereiro – será retroativo a janeiro. O prefeito ressaltou que os efei-

tos da crise econômica mundial de 2009 só estão sendo sentidos agora pela Prefeitura de Volta Redonda, por causa da queda de 10% no repasse do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), mas, apesar do momento financeiro que inspira cuidados, o aumento é uma forma de reconhecer o trabalho dos servidores. “É um momento difícil, mas

Câmara aprova contas de 2009 do prefeito Zé Renato A Câmara Municipal de Barra Mansa aprovou, por unanimidade as contas do prefeito José Renato Bruno de Carvalho (PMDB), relativas ao Exercício de 2009. As contas receberam parecer favorável do Tribunal de Contas do Estado (TCE), com ressalvas e determi-

nações. Segundo o parecer da Comissão de Finanças e Orçamento, favorável à apreciação da matéria, tais ressalvas referem-se a medidas exeqüíveis à administração pública municipal, orientando-as para as próximas prestações e adequandoas à legislação pertinente.

Gustavo Tutuca participa de inauguração de mais um CVT O Deputado Estadual Gustavo Tutuca (PSB) participou na quarta-feira, dia 16, da inauguração de mais um CVT (Centro Vocacional Tecnológico), no bairro de Engenho Novo, no Rio de Janeiro. A unidade (25ª) terá capacidade para formar 1.406 alunos em cursos profissionalizantes por ano, nas mais diversas áreas, como construção civil, informática e moda. As primeiras turmas já foram preenchidas. Em maio novas turmas serão formadas.

Tutuca destacou a importãncia dos CVTs, que representam avanço significativo na capacitação e inserção ao mercado de trabalho de jovens e adultos. "Esses cursos de capacitação de mão-deobra são de grande relevância para o desenvolvimento da região onde se instalam e darão significativa contribuição para a capacitação profissional dos trabalhadores, com reflexo na melhoria também da renda e qualidade de vida".

há um reconhecimento da parceria do funcionário público com a cidade. Após este aumento, não há um trabalhador na Prefeitura de Volta Redonda que tenha uma remuneração menor que R$ 900”, salientou Neto, afirmando ainda que o compromisso dele é que até o final do mandato, nenhum funcionário da Prefeitura tenha uma remuneração menor que R$ 1 mil.

Sergio Hotz faz balanço de sua gestão na Secretaria de Obras de Porto Real O Ex-Secretário de Obras e Infraestrutura de Porto Real, Sergio Hotz, fez um balanço na manhã de quintafeira, dia 17, dos dois anos em que esteve à frente da pasta. Ele destacou algumas obras importantes da administração Serfiotis que foram iniciadas neste período, como a cobertura de quadras poliesportivas, a creche do Jardim das Acácias, o Horto Municipal, além de outras realizações como a construção do posto de saúde do Programa Saúde da Família (PSF) do Bairro São José, a elaboração do Plano Diretor e as melhorias na estrada de acesso à Fazenda Santa Rita. O Hospital Municipal São Francisco de Assis, cuja construção foi iniciada em 2007 pela administração municipal e que teve sua inauguração no ano passado, também foi outra realização da prefeitura que ganhou destaque por parte do Ex-Secretário.

CÂMARA DE BARRA MANSA

Portal da Transparência será implantado Baianinho nomeia comissão especial para viabilizar o serviço e pede maior participação popular nas decisões do Legislativo Muncicipal Barra Mansa O presidente da Câmara Municipal de Barra Mansa, Cláudio Cruz, o Baianinho (PV) nomeou uma Comissão Especial, para cuidar da implantação imediata do Portal da Transparência, em cumprimento á Lei Complementar 131/2009. A comissão será formada pelo Controlador Interno da Câmara, Júlio Cesar Fialho Esteves, pela Chefe do Setor de Recursos Humanos, Rita de Cássia Lacerda de Barros, pelo Diretor Administrativo e Financeiro Frederico Mendes da Silva e por Constantino Fernandes Rebello Neto, da Tesouraria. “O objetivo deste Portal é permitir que, ao entrar no site da Câmara, qualquer cidadão possa ter acesso a informações detalhadas sobre os gastos do Poder Público, no caso o Legislativo Municipal. Além de cumprir

uma Legislação Federal, a Câmara de Barra Mansa quer contribuir nesse processo de transparência, que é uma tradição dessa casa – explicou o presidente. “Quero que este Portal da Transparência esteja no ar o mais rápido possível”, completou. Além da implantação do Portal da Transparência, a Lei Complementar 131 determina o incentivo à participação popular e realização de audiências públicas, durante os processos de elaboração e discussão dos planos, lei de diretrizes orçamentárias e orçamentos e também a implantação o dispositivo que determina “a adoção do sistema de adoção de sistema integrado de administração financeira e controle, que atenda a padrão mínimo de qualidade estabelecido pelo Poder Executivo da União e ao disposto no art. 48-A”.


Cidades

4

19 a 25 de fevereiro de 2011

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Isabel: “mais da metade das mulheres não denunciam seus agressores” Do total de ocorrências registradas em 2010, 30% foram de lesões corporais e 40% de ameaças; delegada pede que mulheres não tenham medo e denunciem seus agressores; psicóloga alerta para traumas decorrentes da agressão B.Mansa / V.Redonda Prestes a completar 40 anos e mãe de duas meninas, Ana Cláudia, moradora de Barra Mansa, tem passado por momentos de medo e insegurança. É que seu ex-marido, de 45 anos, está

ameaçando-a de morte há um mês. Ana conta que, durante o tempo em que permaneceram juntos, seu marido mostrou-se uma pessoa agressiva e ciumenta. “Fui agredida várias vezes, inclusive na frente das crianças. Aos domingos, ele me dei-

xava com as meninas em casa e passava o dia inteiro bebendo na companhia de outras mulheres. Quando chegava, perguntava onde ele tinha andado e, inconformado com meus questionamentos, me insultava e me espancava”, revela.

Delegada: “Denuncie! O silêncio é cúmplice da violência” Vitor Rocha

“Nosso objetivo é contribuir para ampliação da cidadania feminina na luta contra a violência doméstica e sexual. Não se acostume a conviver com a violência. Denuncie! O silêncio é cúmplice da violência”, afirmou a delegada titular da DEAM, Isabel Cristina Camargo Leite. Segundo ela, vários fatores contribuem para que a mulher não denuncie o agressor. “Estima-se que mais da metade das mulheres agredidas sofram caladas e não peçam ajuda. Para elas é difícil dar um basta naquela situação. Muitas sentem vergonha ou dependem emocionalmente ou financeiramente do agressor; outras acham que “foi só daquela vez” ou que, no fundo, são elas as culpadas pela violência; outras não falam nada por causa dos filhos, porque têm medo de apanhar ainda mais ou porque não querem prejudicar o agressor, que pode ser preso ou condenado socialmente. E ainda tem também aquela idéia do “ruim com ele, pior sem ele. Mas, felizmente, isso está mudando e em 2010 registramos um aumento de 25% do número de registros em relação a 2007”, comemora. A delegada explica o trabalho de acompanhamento que a DEAM realiza e pede que a vítima não retire a queixa. “Toda mulher que for agredida, física

Lei Maria da Penha: marco na defesa da mulher Na definição da Convenção de Belém do Pará (Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência Contra a Mulher, adotada pela OEA em 1994), a violência contra a mulher é “qualquer ato ou conduta baseada no gênero, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto na esfera pública como na esfera privada”. Nesse sentido, com o objetivo de coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do art. 226 da Constituição Federal, foi sancionada, em 7 de agosto de 2006, a Lei número 11.340, conhecida como Lei Maria da Penha. Para a delegada Isabel, a lei é um marco na luta pelos direitos da mulher.” A partir desta lei, pode-se definir o que é violência, o tipo de violên-

cia, o papel de cada órgão. Antes dela, a mulher não tinha uma lei especifica, era muito geral. As estatísticas mostram que as mulheres tem tido um comportamento diferente de anos atrás. Hoje elas possuem muito mais acesso a informação, e com o amparo da lei, perdem o medo de denunciar seus agressores. Além disso, a lei faz com que o homem pense duas vezes antes de bater em uma mulher. É necessário entender que os Direitos das Mulheres são também Direitos Humanos. Modificar o ignorante entendimento da subordinação de gênero requer uma ação conjugada e seriamente articulada entre os programas dos Ministérios da Justiça, da Educação, da Saúde, do Planejamento e todas as entidades protetivas existentes”, finaliza.

DEAM registra 240 casos de violência por mês

Delegada Isabel: “Toda mulher que for agredida, física ou verbalmente, ou se sentir ameaçada, deve procurar uma delegacia para expor seu problema e buscar ajuda. Faremos o atendimento e tomaremos as providências cabíveis”

ou verbalmente, ou se sentir ameaçada, deve procurar uma delegacia para expor seu problema e buscar ajuda. Faremos o atendimento e tomaremos as providências cabíveis. Nossos policiais são preparados para atender essas mulheres em situação de violência e oferecemos tratamento psicológico as vítimas. Nossa maior dificulda-

de é em relação aos 80% das mulheres que retiram a queixa antes mesmo da ocorrência ir a Justiça. Como a mulher é dependente, tanto emocionalmente quanto financeiramente, acaba cedendo e convencida em retirar a queixa. É fundamental concluir o inquérito, pois quem bate uma vez, vai agredir para sempre”, defende.

Histórias como a de Cláudia são cada vez mais comuns e retratam a triste realidade das mulheres vítimas de violência no Sul Fluminense. Estatísticas da DEAM (Delegacia Especializada ao Atendimento à Mulher) de Volta Redonda e Barra Mansa, mostram que, em 2010, foram feitas mais de 2. 880 ocorrências tendo como vítimas mulheres, média de 240 casos por mês

ou oito por dia. Do total de ocorrências, 30% foram de lesões corporais, 40% de ameaças, injúrias e difamação e 30% das ocorrências se referem as vias de fato (tapas e chutes). Os números da delegacia também revelam que, em 70% dos casos, o crime é cometido por companheiros, namorados e ex-maridos, com idade entre 18 e 40 anos, portanto violência doméstica.

Central de atendimento a mulher - Ligue 180 Polícia Militar - Ligue 190 Disque Denúncia - Ligue (21) 2253-1177


Cidades

19 a 25 de fevereiro de 2011

5

Estado tem 71.242 casos de ameaça contra a mulher Divulgação

O Dossiê Mulher, estudo apresentado anualmente pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro, trouxe informa-ções consolidadas sobre a violência contra a mulher no Es-tado do Rio de Janeiro durante o ano de 2009, com base nas ocorrências registradas nas delegacias policiais fluminenses. Em 2009 foram registrados 4.120 casos de estupro e de atentado violento ao pudor (AVP), 71.242 casos de ameaça, 79.244 casos de lesão corporal dolosa, 4.471 casos de tenta-tiva de homicídio e 5.793 casos de homicídio doloso. Destes totais, os percentuais de mulheres vítimas foram, respecti-vamente, 72,9%, 66,0%, 63,6%, 11,9% e 6,4%. Ou seja, com exceção do homicídio doloso e tentativa de homicídio, as mulheres são a maioria das vítimas dos delitos mencionados. Grande parte desses delitos ocorreu no espaço doméstico e no âmbito de relações familiares. As ameaças contra mulheres registram o número de 47.027. São, aproximadamente, 128 vítimas por dia. Nesse sentido, verificou-se um aumento de 13,4% nas ameaças contra mulheres de 2008 para 2009. Mais da metade das mulheres vítimas de ameaça (50,2%) tinham no companheiro ou ex-companheiro o provável au-tor do delito. Sofreram ameaças por parte de pais ou pa-rentes 9,8% das mulheres, e 12,3% delas foram vítimas de pessoa conhecida ou próxima. Quanto ao perfil da mulher vítima, observou-se que 56,8% das mulheres que sofreram ameaça tinham entre 25 e 44 anos; 50,2% eram brancas e 50,4%, solteiras. O número de mu-lheres vítimas de atentado violento ao pudor e estupro corresponde a aproximadamente

Pandeló acompanha casos de violência contra a mulher na região A presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Alerj, deputada Inês Pandeló (PT), afirmou que tem trabalhado em conjunto com a secretaria de Políticas Públicas para Mulheres e o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher para divulgar a Lei Maria da Penha. “Defender a mulher é nosso objetivo prioritário, por isso no início do meu mandato assumi a comissão e iniciamos as discussões para definir as datas das campanhas de conscientização. Queremos mobilizar os homens a assumirem um compromisso no combate a violência contra as mulheres”. Inês destaca, ainda, que tem dado especial atenção a dois crimes graves cometidos contra a mulher no Sul Depressão é uma das maiores sequelas

três quartos do total registrado, contabilizando, em 2009, 72,9% das vítimas. Em 49,3% dos casos, as vítimas conheciam os acusados (companheiros, ex-companheiros, pais, padrastos, pa-rentes e conhecidos). Destes, 29,0% tinham relação de parentesco com a vítima (pais, padrastos, parentes). Esses crimes ocorridos no Estado do Rio de Janeiro em 2009 apresentaram uma média 250 mulheres vítimas por mês, o que significa dizer que cerca de oito mulheres foram vítimas de AVP ou estupro por dia. Em relação à tentativa de homicídio observou-se que 12,0% das vítimas eram mulheres. Esse delito vem apresentando um aumento gradativo de cerca de 5,0% no período de 2007 a 2009. A média mensal de mulheres

vítimas de tentativa de homicídio no ano de 2009 foi de 44. Das 531 mulhe-res vítimas, 44,8% tinham entre 18 e 34 anos; 36,3% eram pardas, 42,7%, brancas e 14,7%, pretas; e 45% eram solteiras. A maior parte das mulheres (45,8%) conhecia os acusados, sendo que 30,3% delas eram suas ex-com-panheiras ou companheiras. O delito lesão corporal dolosa apresentou um aumen-to de 10,2% no total de mulheres vítimas, em compara-ção a 2008. Deste total, 46,4% das vítimas eram brancas, 39,1%, pardas e 13,0%, pretas; 55,3% tinham entre 18 e 34 anos, e 33,6%, entre 25 e 34 anos; 56,5% eram solteiras e 31,4%, casadas ou “viviam junto”. Das víti-mas, 51,9% eram companheiras ou ex-companheiras dos acusados.

Fluminense. “O caso da Maria Aparecida Roseli Miranda, assassinada em fevereiro de 2008, supostamente no interior de uma siderúrgica, em Barra Mansa, precisa ser esclarecido. O culpado deveria ter sido encontrado rapidamente, o assassinato ocorreu dentro de uma empresa que possui câmeras de segurança e vigilância permanente. É bem verdade que houve troca de delgados na cidade, mas nada justifica tanto atraso, a vida humana não pode cair num descrédito como este. O outro caso que tenho acompanhado é o de um vereador de Porto Real acusado de estupro. Não vou sossegar enquanto os crimes permaneceram sem solução”, promete.

Psicóloga alerta para risco de depressão Embora muitas vezes o álcool, drogas ilegais e ciúmes sejam apontados como fatores que desencadeiam a violência contra a mulher, a psicóloga Mariza Elizabeth Ramos Furtado Dias acredita que na raiz de tudo está a maneira como a sociedade dá mais valor ao papel masculino, o que por sua vez se reflete na forma de educar os meninos e as meninas. “Esse tipo de barbaridade acontece porque em nossa sociedade muita gente ainda acha que o melhor jeito de resolver um conflito é a violência e que os homens são mais fortes e superiores às mulheres. É assim que, muitas vezes, os maridos, namorados, pais, irmãos, chefes e outros homens acham que têm o direito de impor suas

vontades às mulheres”. De acordo com a especialista, a violência contra a mulher pode se manifestar de várias formas e com diferentes graus de severidade. “Os tipos mais comuns de violência contra a mulher são a violência de gênero, intrafamiliar, doméstica, sexual, psicológica e institucional. A mulher agredida pode sofrer traumas profundos como a depressão, a perda da autoestima, além de diversas fobias e até mesmo desejo de suicídio. É necessário que toda a população reconheça que a violência contra a mulher é um atentado aos Direitos Humanos, um obstáculo ao desenvolvimento e à consolidação plena da democracia no Brasil”, alerta.


6

19 a 25 de fevereiro de 2011

CARNAVAL 2011

Uso da camisinha pode evitar DST durante a folia Campanha apoiada pelo jornal Folha do Interior quer reduzir índice de infestação de Doenças Sexualmente Transmissíveis, principalmente, o HPV Estado do Rio Uma campanha da Secretaria Estadual de Saúde está mobilizando municípios de todo Estado do Rio para ajudar no combate às DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis). O alerta é dado para todos foliões que abusam do álcool e fazem sexo sem o uso de preservativos. A maior preocupação são os vírus: ao contrário do que se pensa, não se trata de apenas um tipo de vírus, mas sim de uma família de vários tipos. Os papilomavírus humanos (HPV) são vírus das famílias Papovaviridae, que possui mais de 100 subtipos diferentes identificados. As doenças mais comumente associadas a esses vírus são lesões de pele ou mucosa, que normalmente mostram crescimento limitado e regridem espontaneamente após uma resposta

imune. Os subtipos 6 e 11 são encontrados na maioria das verrugas genitais (condilomas acuminados), também chamados de “crista de galo”. Já os subtipos 16 e 18 são considerados de alto risco e relacionados a tumores malignos, em especial câncer de colon do útero. Na maior parte das vezes, a infecção pelo HPV não apresenta sintomas. A mulher tanto pode sentir uma leve coceira, dor durante a relação sexual ou notar corrimento. O mais comum é ela não perceber qualquer alteração em seu corpo. Na maioria dos casos essa infecção não resulta em câncer, mas é comprovado que até 99% das mulheres que tiveram câncer no colon do útero foram infectadas por esse vírus. No Brasil, cerca de 7.000 mulheres morrem anualmente por esse tipo de tumor. Em seus estágios iniciais, as le-

sões causadas pelo HPV, denominadas displasias, podem ser tratadas com suces-

so em cerca de 80% a 95% dos casos, impedindo que a paciente tenha mais complica-

Maiores dúvidas

ções no futuro. Portanto, a melhor arma contra o HPV é o diagnóstico o quanto antes.

Previna-se contra o HPV e lembre-se:

Os homens também desenvolvem doenças associadas ao vírus? Sim. Também nos homens as manifestações clínicas mais comuns são as verrugas genitais, causadas pelos subtipos 6 e 11 do vírus. Mas alguns tipos de HPV, como o 16 e o 18, também causam câncer, como o de pênis e o da região anal. Como o HPV é transmitido? A transmissão do HPV se dá por contato direto com a pele infectada, sendo que os HPV genitais são transmitidos nas relações sexuais. Como posso saber se tenho HPV? Os seguintes exames podem ajudar: Papanicolaou É o exame preventivo mais comum. Ele não detecta o vírus, mas sim as alterações causadas nas células. Colposcopia Exame feito por um aparelho chamado colposcópio, que aumenta o poder de visão do médico, permitindo identificar as lesões. Biópsia É a retirada de um pequeno pedaço de tecido para a análise. Captura Híbrida É um exame que consegue diagnosticar a presença do vírus mesmo antes de a paciente ter qualquer sintoma. Esse é o único exame capaz de dizer com certeza se a infecção existe ou não.

*A maioria das pessoas infectadas pelo HPV não desenvolve o câncer de colon de útero. Mas por ser o principal causador do câncer do colo do útero, o HPV precisa ser descoberto o quanto antes. Por isso, sempre faça seus exames preventivos anualmente. *Use preservativos (a proteção não é de 100%). *Fique atenta a esses sintomas: coceira, corrimento, sangramento anormal (principalmente fora da menstruação) e dor durante a relação sexual. Se você tiver algum desses sintomas, procure seu ginecologista. *Fumar, beber em excesso ou usar drogas afeta o sistema de defesa do organismo, fazendo com que o HPV atinja a mulher com mais facilidade.


19 a 25 de fevereiro de 2011

7


Economia

8

19 a 25 de fevereiro de 2011

César Abranches assume a CDL de olho na “Classe C” Novo presidente da CDL de Volta Redonda pretende aumentar em 30% número de associados, expandir parcerias e preparar seus mais de 8 mil associados para atender o público da “Classe C”, que representa mais de 50% do consumo do país Vitor Rocha

Volta Redonda O presidente do grupo Supermarket, César Abranches, é o novo presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Volta Redonda. Ele tomou posse na última quinta-feira, dia 17, em cerimônia no Clube Comercial, reunindo lideranças de todo Estado, empresários e políticos. Em entrevista exclusiva ao jornal FOLHA DO INTERIOR, Abranches afirmou que pretende preparar os mais de 8 mil associados da entidade para receber os consumidores da classe C, que, segundo ele, estão transformando os modelos de negócios de vários se-

César Abranches é o novo presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Volta Redonda

tores do comércio e serviços. “Em 2011, vamos aumentar o número de palestras e cursos. Nosso setor representa 90% da economia de Volta Redonda. Temos que nos profissionalizar ainda mais. Uma cidade que tem um PIB que chega a R$ 6,7 bilhões tem que estar preparada para receber novas tecnologias e tendências da cadeia de consumo”, acredita. Para Abranches, combater a pirataria, o comércio ilegal e aumentar as parcerias com o poder público são as principais estratégias de fortalecimento do comércio de Volta Redonda nos próximos anos de sua gestão.

Sindicato quer solução para crime na Votorantin Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, Renato Soares, lidera vigília pedindo a prisão imediata dos envolvidos no assassinato de Maria Aparecida Barra Mansa Três anos após o assassinato de Maria Aparecida Rosalina Miranda, de 22 anos, no interior da Siderúrgica Barra Mansa (SBM), o crime continua sem solução. Para chamar a atenção das autoridades e demonstrar a insatisfação e revolta dos companheiros de trabalho, o Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, em conjunto com diversas associações, organizou uma vigília na porta de acesso da SBM na ma-

drugada da última quinta-feira, dia 17. Maria Aparecida, que trabalhava na cozinha da SBM, por uma empresa terceirizada, foi dada como desaparecida no dia 17 de fevereiro de 2009. O corpo foi encontrado dois dias depois, enrolado em sacos plásticos, dentro de uma lixeira próxima ao seu local de trabalho. A polícia acredita que Maria tenha sido asfixiada. A vigília teve como objetivo chamar a atenção das autoridades para o fato de que, mesmo três anos após o

assassinato, nenhum dos suspeitos foi preso. “Precisamos da ajuda dos companheiros da empresa para que denunciem, pois é difícil acreditar que, com tantos trabalhadores na fábrica, ninguém viu ou ouviu nada. Essa família precisa de justiça e não vamos descansar até que o assassino seja preso” disse Renato Soares. O sindicato também promoverá no dia 23 de fevereiro, às 14h00min, no Fórum de Barra Mansa, um culto ecumênico.

TIM lança em VR projeto piloto para o Brasil Empresa aposta na força do comércio e do setor de serviços de Volta Redonda para ampliar carteira de clientes Vitor Rocha

Volta Redonda A TIM escolheu Volta Redonda, pelo seu potencial econômico, para dar início a um projeto pioneiro no Brasil e que está provocando uma reação em cadeia na redução de preços e melhoria nos serviços. Uma parceria entre a BestTel, representante TIM na Cidade do Aço e a CDL está oferecendo um plano diferenciado para os associados da entidade. O diretor Sales Business da TIM Celular, Lauro Monteiro, explicou que a parceria pioneira está provocando fortes reações e será expandida para o restante do país. “A empresa reduziu o plano TIM Liberty Empresa de R$ 39,00 para R$ 29,00 e incluiu o SMS e MMS ilimitados para aparelhos TIM. É o conceito ganha, ganha, ganha, onde toda a cadeia de consumo: empresa, representante, entidade e consumidor final, sai ganhando”, explica Lauro. Hoje, segundo dados da empresa, a TIM detém 22%

Lauro Monteiro: “Queremos expandir e estamos oferecendo o melhor para o mercado”.

da fatia das telecomunicações móveis no Sul do Estado do Rio. “Queremos expandir e estamos oferecendo o melhor para o mercado. Fizemos este desenho de oferta para o pequeno comércio usando telefonia, banda larga e SMS”, ressaltou o executivo da TIM. O telefone para contato com a BestTel é 3346-6908.

Acompanhe nosso jornalismo on line diariamente e fique bem mais informado.

www.folhadointerior.com.br


Economia

19 a 25 de fevereiro de 2011

9

Região criou 14 mil empregos em 2010, revela pesquisa Firjan Volta Redonda, Resende e Barra Mansa foram as cidades que mais contrataram no setor de metalurgia Sul Fluminense O mercado de trabalho do Sul do Estado fechou 2010 com alta na criação de empregos em relação a 2009: foram 14 mil novos postos com carteira assinada, com destaque para o setor de metalurgia. O segmento gerou 3 mil novos empregos, com maior contribuição das cidades de Volta Redonda, Resende e Barra Mansa. Os dados estão na Nota Técnica Acompanhamento do Mercado Formal de Trabalho Fluminense, divulgada pelo

Sistema Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro) com dados do Ministério do Trabalho. A indústria de material de transporte também avançou na região, com mais 3.200 novos empregos, impulsionada pela expansão das atividades da indústria naval de Angra dos Reis e da indústria automotiva de Porto Real e Resende. Na construção civil foram criados 2.500 novos postos, por conta do aquecimento econômico da região e consequente demanda para obras de construções de edi-

fícios e de rodovias. O Estado do Rio gerou 190 mil novos postos com carteira assinada, saldo 23,3% maior do que o registrado em 2008, e fechou 2010 com recorde de criação de empregos na série histórica. O número resulta das contratações – também recordes – em Serviços (+104.852), no Comércio (+46.103), na Indústria de Transformação (+29.004) e nos Serviços Industriais de Utilidade Pública (+5.142). O saldo é cinco vezes mais alto que o de 2009 e supera em quase 60% o de 2008.

Metalurgia foi o setor da indústria estadual que obteve o saldo mais expressivo (5.509 vagas), impulsionado pela nova siderúrgica na capital e pela demanda da Construção Civil e da Indústria Naval. Depois vêm Material de Transporte (4.963), Produtos Alimentícios, Bebidas e Álcool Etílico (4.701) e Química (3.972), com contratações em diversas atividades, de farmacêutica a refino do petróleo, passando por embalagens plásticas. Com saldos menores, as indústrias Mecânica, de Bor-

racha, do Material Elétrico e Comunicação também contribuíram para o resultado estadual, a reboque da Indústria Automotiva. O segmento de Produtos Minerais Não-Metálicos foi outro que bateu recorde, com 1.647 vagas puxadas pelo fornecimento de cimento, concreto, cerâmica e vidro à Construção Civil. A indústria Têxtil e do Vestuário, embora não tenha registrado recorde, empregou 2.606 pessoas a mais, mantendo alto nível de contratações desde 2008, principalmente em Nova Friburgo.

TAV

Projeto do Trem Bala é discutido na Aciap Evento reuniu empresários e representantes da sociedade civil; Zé Renato quer que Barra Mansa seja sede da estação Barra Mansa

ACESSE: WWW.FOLHADOINTERIOR.COM.BR

Empresários, políticos, membros da sociedade civil, além de diversos órgãos de segurança municipal e regional se reuniram na manhã de quinta-feira, dia 17, no auditório da Associação Comercial, Industrial, Agropastoril e Prestadora de Serviço de Barra Mansa (Aciap-BM) para discutir o projeto do Trem de Alta Velocidade (TAV). O Prefeito Zé Renato, que apresentou o modelo da estação aos presentes por meio de um filme, ressaltou que o vídeo era apenas um modelo e não o projeto executivo. O documento foi confeccionado para o governo municipal tentar viabilizar, junto aos empreendedores, a implantação da estação do trem de alta velocidade no município. Zé Renato enfatizou que, independente da cidade que sediará a estação, o raio de influência

vai ser muito grande. “Se a estação for em Barra Mansa, todas as cidades da região terão influência desse empreendimento”, garante. Ainda de acordo com o prefeito, a Prefeitura contratou uma empresa de São Paulo para montar uma ideia do que seria a estação do TAV em Barra Mansa. “Depois da apresentação pronta, fizemos com que o documento chegasse até os representantes da ANTT com o objetivo deles apresentarem o projeto para os empreendedores dos três consórcios que participarão do processo de licitação do TAV, marcado para abril. A estação do TAV é um sonho de todos nós e buscamos despertar o interesse do investidor em Barra Mansa - que tem todas condições de abrigar o empreendimento”, acrescenta o prefeito, ao informar que o projeto já ganhou o prêmio do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), na categoria Edificações.


Entretenimento

10

“Sesc Mais Humor” segue neste fim de semana em BM Quinta edição do festival vai até dia 26 de fevereiro Barra Mansa As mais variadas formas de humor, em um projeto inovador no sul do Estado do Rio. Esta é a proposta do Sesc Mais Humor, evento realizado no Sesc de Barra Mansa, no mês de fevereiro, com a produção da Mega Entretenimento e Comunicação. Em sua quinta

edição o festival reúne grupos de stand up e improviso do Rio de Janeiro e interior em um festival feito só para rir. O Sesc Mais Humor dá espaço ao público, pois apresenta espetáculos a preços populares. Segundo o curador da quinta edição, Celso de Carvalho, o Sesc Mais Humor privilegia as mais inovadoras formas de Fotos Divulgação

humor. “Escolhemos uma programação com base no humor, para que todos possam se divertir. Os espetáculos são abertos a todas as idades e nossas expectativas são as melhores; queremos casa cheia todos os dias”. Confira a programação completa no site do jornal www.folhadointerior.com.br.

PARA O MUNDO

Paraty promove Press Trip para jornalistas Paraty

Carnamar abre o Carnaval em Paraty e recebe uma multidão para o tradicional desfile de barcos Paraty Neste fim de semana, em Paraty, acontece uma das principais festas de aquecimento para o Carnaval na Costa Verde. O Carnamar, iniciativa da Secretaria de Turismo do município, terá como ponto alto a Folia no Mar, no domingo, dia 20, com desfile de barcos à partir das 9h00min. As embarcações mais origi-

nais, as mais enfeitadas e as mais animadas receberão prêmios de até R$ 7 mil. A procissão marítima do dia 20 tem concentração marcada para as 9h00min e saída às 11h00min do Cais da cidade, rumo à Praia Vermelha. A organização do evento espera receber mais de 100 embarcações neste ano, com mais de 3 mil pessoas participando do evento náutico.

A prefeitura de Paraty promove nos dias 18, 19 e 20 de fevereiro um Press Trip jornalístico buscando mostrar as belezas da cidade e divulgar a programação dos eventos a serem realizados durante o primeiro semestre do ano de 2011. Em fevereiro, Paraty realiza o tradicional Carnamar, que além de atrair muitos turistas, distribui premiações de até R$ 7.000,00. O evento acontece domingo dia 20, a partir das 9h. A abertura acontece no porto e a chegada prevista para a Praia Vermelha, às 10h onde serão avaliados os barcos. Ainda em fevereiro, no dia 28, a cidade comemora seu aniversario de 344 anos com shows. Sexta-feira dia 25, o palco montado no Areal do Pontal, no Centro, receberá o cantor gospel Kleber Lucas, no sábado a banda Afro Reggae será a atração. No domingo, Biquíni Cavadão comanda a festa. Segunda-feira é a vez do cantor sertanejo Daniel apresentar seus maiores sucessos. Os shows acontecem a partir das 22h e serão gratuitos.

19 a 25 de fevereiro de 2011

Bravura indômita O livro que deu origem ao clássico filme com John Wayne lançado agora em nova versão pelos irmãos Coen. Considerado uma obra excêntrica e, sobretudo, cômica, Bravura Indômita conta à história de Mattie Ross, uma menina de Dardanelle, Arkansas, que aos 14 anos decide abandonar a fazenda natal para caçar o homem que matou traiçoeiramente seu pai e roubou os seus poucos pertences. Com a ajuda de Rooster Cogburn - o mais inclemente dos agentes federais à sua disposição - e de um homem da lei texano, ela parte numa jornada em território desconhecido à procura de vingança. Com uma incrível personalidade, a jovem protagonista tem de enfrentar homens violentos e a própria inconstância de seus aliados.

Sua obstinação, no entanto, tem a capacidade de enfraquecer toda e qualquer resistência ao seu redor. “Ninguém põe fé que uma menina de 14 anos possa sair de casa e viajar em pleno inverno para vingar a morte do pai, mas na época não pareceu tão estranho, embora eu deva reconhecer que isso não acontece todo dia. Eu tinha só 14 anos quando um covarde que atende pelo nome de Tom Chaney meteu uma bala em meu pai lá em Fort Smith, Arkansas, e roubou sua vida, seu cavalo e 150 dólares em dinheiro, mais duas moedas de ouro da Califórnia que ele levava em uma faixa na cintura.” Bravura indômita Autor: Charles Portis Páginas: 192 Preço: 29,90 Editora: Objetiva


11

19 a 25 de fevereiro de 2011

Bela da

Semana Por Angélica Leal

Olá, semana passada paramos no Planejamento de Casamento no 4º mês. Então, segue mais dicas. Por aí...

Laura Valle, de 16 anos, é a Bela da Semana. Natural de Rio das Flores, a jovem está cursando o ensino médio na cidade de Vermontville, no estado americano do Michigan.

Camisa 10 em Volta Redonda

3 meses antes: Vá ao cartório, para dar andamento na documentação do casamento civil. Faça orçamentos com floristas para a decoração da Igreja e do salão. Reserve o dia da noiva, ou então seu cabeleireiro e maquilador. Escolha o buquê e a grinalda. Escolher a roupa do noivo. Converse com as mães das damas e pajens (se houver), acertando todos os detalhes e as roupas. Selecione as lojas onde você vai deixar as listas de presentes. 2 meses antes: Escolha dos acessórios (sapatos, jóias, meias, luvas). É aconselhável usar um pouco os sapatos dentro de casa, para evitar “problemas” no dia. As alianças já devem estar escolhidas, e mandá-las para gravar os nomes e data do casamento. Comece a distribuição dos convites, que devem estar entregues até 3 semanas antes do casamento. 45 dias antes: Peça sugestões sobre penteado e maquiagem, e marque um teste. Decida quem vai levar a noiva à igreja, ou contrate serviços de uma locadora de automóveis.

Maestro em Volta Redonda

Espaço Kids

Tico, Alanna, Alexandre e Anna Rita

1 mês antes: Veja se há acomodações para convidados de outras cidades. Reserve o hotel para a noite de núpcias. Faça o teste de penteado e maquiagem. Comece um “programa de beleza” (com banhos, cremes, massagens etc.) para estar radiante no dia do casamento. Faça o chá-de-panela. Faça um chá-bar Continuamos semana que vem. Se tiver dúvidas me escreva em angelicafolhadointerior@hotmail.com

O Espaço Kids vem com os primos Dominique e Gabriel

Cleide Delgado e Márcio

Patrícia e Viviane


Esporte

12

19 a 25 de fevereiro de 2011

SUPERLIGA DE VÔLEI

Voltaço recebe o Pinheiros em busca da reabilitação Após perder a sétima partida consecutiva, time entra em quadra para tentar garantir vaga na próxima fase da Superliga; técnico pede tranquilidade na hora de decidir Divulgação

Volta Redonda Os Gigantes do Aço enfrentarão o Pinheiros/Sky neste sábado, dia 19, pela nona rodada da Superliga Masculina 2010/ 2011. A partida acontecerá no ginásio da Ilha São João, em Volta Redonda, às 18h00min. Na quinta-feira, dia 17, jogando contra o Sesi, os “Gigantes” mais uma vez tiveram uma boa atuação, porém saíram derrotados de quadra. O jogo foi equilibrado e os adversários tiveram que suar a camisa, já que o time de Volta Redonda complicou a vida dos paulistas e perdeu a partida por 3 sets a 2. Foi a terceira partida seguida que o

Volta Redonda perde no quinto set e a sétima derrota consecutiva na Superliga. A equipe do Sul Fluminense continua em 11º lugar ao menos momentaneamente, e longe da próxima fase. Para o treinador Alessandro Fadul, além de jogar bem, é pre-

ciso ter personalidade para definir os jogos. “Estamos fazendo boas partidas, mas temos errado nos momentos decisivos. Perdemos os últimos três jogos no tie-break, quando nos faltou tranquilidade para superar os adversários”, comentou Fadul.

Mentira tem pernas curtas Acredito que muita gente acompanhou pelos veículos de comunicação (rádio, internet, jornais e televisão) a despedida do jogador Ronaldo, o Fenômeno, dos campos. Depois de dizer que “o corpo me venceu” - e deve ter vencido mesmo - mas não foi o motivo principal do seu afastamento, Ronaldo disse que sua gordura era em função de um hipotireoidismo (doença que causa falta de hormônio da tireóide), que levou-o a antecipar sua aposentadoria. “Há quatro anos no Milan descobri que tenho distúrbio de hipotireoidismo. E para controlar eu teria que tomar hormônios que não são permitidos no futebol, que seriam dopping. Muita gente deve estar arrependida agora de brincar com meu peso”, disse o jogador. Claro que, sob forte pressão, emocionou também à todos. Essa foi a primeira mentirinha do Fenômeno. Especialistas reprovaram a afirmativa do jogador, pois o remédio que substitui o hormônio em pessoas com hipotireoidismo, não é considerado substância dopante pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), não havendo nenhuma referência a ela no regulamento de controle de dopagem da entidade. A segunda mentirinha: o lateral esquerdo Roberto Carlos, que deixou o clube, revelou que o vandalismo de parte da torcida corintiana, após o fiasco na Libertadores, teve papel importante na decisão do Fenômeno. “Ronaldinho só esperou eu tomar a decisão para tomar também”, disse Roberto, em entrevista à Rádio Bandeirantes (SP). Pegou mal usar de artimanhas para apressar em deixar o futebol, onde fez sucesso e fez muita gente feliz, simplesmente para ficar bem com a torcida corintiana. Pelo Menos é Minha Opinião.


/2011221181620