Page 6

06

Folha do E. Santo Terça-Feira, 10 de Maio de 2011

PESQUISA

geral

Cachoeiro de Itapemirim (ES)

As comemorações das comunidades negras de Cachoeiro de Itapemirim pelo dia 13 de maio começaram no último sábado

www.romariovargas.com.br romario@romariovargas.com.br

Artigo Romário Vargas, Consultor

Entre o positivo e o negativo Tanto na vida como nos negócios, a maioria das pessoas ficam mais focadas naquilo que não pode ser feito, deixando de pensar naquilo que pode ser feito a fim de se reverter uma situação negativa em uma situação positiva. Elas se martirizam e se aniquilam pensando: “Não vou conseguir falar com o meu cliente potencial pelo telefone. Ninguém irá responder meus e-mails. Ninguém irá retornar minha ligação. Ninguém irá me admitir em um emprego. Ninguém irá querer me receber. Eu me esqueci. Eu me perdi”. Ou até mesmo, pateticamente: “Estou fazendo o melhor que posso”. Essa situação leva milhões de pessoas ao fracasso, uma vez que não concentram suas energias naquilo que podem, e devem, fazer para mudar qualquer situação, usando a inteligência, a habilidade, o talento e o dom que Deus coloca à disposição de qualquer pessoa antes mesmo de nascer. A diferença entre os que triunfam e os que fracassam está na capacidade de descobrir e desenvoler essas habilidades, acompanhadas de muito estudo e, acima de tudo, boas escolhas, pois durante toda a nossa existência, a vida é feita de escolhas. Você será o resultado daquilo que escolher. Falando sobre as vendas, diante dessa função fantástica, onde não há limites para a criatividade, nunca reclame se você não está atingindo suas metas, pois o motivo principal é o

fato de não estar focado no seu cliente. Sempre penso em uma frase, que li no livro “A Bíblia de Vendas”, dita por Red Motley, em 1946: “Nada acontece até que uma venda seja feita”. Para quem está focado no seu trabalho, nada pode atrapalhar. Não culpe a chuva, o carro, o telefone, o cliente que não lhe atendeu ou não retornou sua ligação, não culpe o produto. Não ponha a culpa na situação, pois o único culpado é você. Se não faz nenhum esforço a mais, quando surge um problema, se não quer trabalhar um pouco a mais, fora do expediente normal para conquistar mais clientes. Nunca culpe as circunstâncias pela situação que você se encontra. Jeffrey Gitomer em seu livro: “A Bíblia de Vendas”, dá oito atitudes no trabalho para que se mantenha o foco: “Pare de culpar as circunstâncias pela situação. Conheça melhor seu cliente efetivo ou potencial. Persista até obter uma resposta. Saiba qual a sua posição, ou qual deveria ser. Trabalhe em suas habilidades todos os dias. Oriente-se para solucões. Pense antes de falar”. E, por fim, acrescenta: “Oportunidade e atitude: Você recebeu um saco de cimento e um balde de água. Você pode construir um degrau (uma ponte) para subir ou um bloco para tropeçar”. A escolha sempre foi somente sua. Não deixe passar as oportunidades por estar muito focado nos obstáculos. Pense nisso.

Cachoeiro comemora o dia 13 de maio

A

s comemorações das comunidades negras de Cachoeiro de Itapemirim pelo dia 13 de maio começaram no último sábado na localidade de Vargem Alegre, no distrito de São Vicente, destacando os 123 anos da abolição da escravatura. Participaram da festa centenária grupos de jongo e caxambu em atividade no sul do Estado, além de folias de reis e bate-flechas. Este ano, a festa de Vargem Alegre, que é organizada pela mestra Canuta Caetano, do Caxambu Alegria de Viver, teve uma novidade. Um grupo de terno de reis, folguedo que é uma variação da folia de reis, muito rara no Estado, participou dos festejos. As comemorações em Vargem Alegre também foram marcadas pela inauguração da biblioteca comunitária da localidade. Fruto de uma parceria entre a prefeitura de Cachoeiro e a Associação de Folclore do município, ela vai funcionar em um centro comunitário. Na próxima sexta-feira, os festejos serão realizados a partir das 19h, simultaneamente, no bairro Zumbi e em Monte Alegre, no distrito de Pacotuba, com

COMUNIDADES negras comemoram 13 de maio, dia da abolição apresentações culturais. No Zumbi, a festa acontece há mais de 30 anos, com a organização da mestra Niecina Ferreira de Paula, a dona Isolina. Além de roda de caxambu, os moradores promovem uma tradicional feijoada. Em Monte Alegre, única comunidade quilombola reconhecida do município, quem organiza a festa, realizada há mais de 100 anos, é Maria Laurinda Adão, mestra do Caxambu Santa Cruz. As três mestras que organizam as festas do 13 de maio em Cachoeiro são reconhecidas pela prefeitura como patrimônio vivo do município, por meio da Lei Mestre João Inácio. Além disso, seus grupos de caxambu foram declarados patrimônio cultural nacional pelo Instituto Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Programação Sexta-feira Monte Alegre Apresentação de grupos de caxambu e feijoada. Monte Alegre fica a cerca de 40 quilômetros do centro de Cachoeiro. O acesso é pela BR-482, na altura do trevo de Burarama. Próximo à Fazenda Experimental do Incaper fica a entrada para a localidade. Zumbi Apresentação de caxambu e feijoada, na Rua Lorival da Silva, 49, bairro Zumbi.

Enfermeiros comemoram o dia da classe Os enfermeiros de Cachoeiro de Itapemirim-ES prepararam uma série de atividades para comemorar o dia do profissional de enfermagem comemorado na próxima quinta-feira. Para isso será realizada a Semana da Enfermagem, entre os dias 12 a 20 deste mês, com o objetivo de fortalecer a classe que é de vital importância no dia a dia dos hospitais, casas de recuperação e abrigo de idosos, entre outros. Um dos coordenadores do evento, Rodrigo enfermeiro destaca que “a enfermagem é um trabalho de amor e como todo escultor que usa as suas mãos para moldar uma imagem, o profissional da enfermagem usa suas mãos para salvar vidas”, afirma. Na sessão da Câmara de Vereadores, da próxima terça-feira, vários profissionais da enfermagem receberão a comenda Angélica Francisca Calazans Turine

PROGRAMAÇÃO Quinta-feira 8h – Campanha de doação de sangue “Enfermagem na veia” onde os profissionais e acadêmicos irão participar como doadores de sangue no Hospital Evangélico e na Santa Casa onde os bancos de sangue das instituições estão sempre necessitando de novas doações. Sábado 20h – Grande baile beneficente da enfermagem com a banda Art & Vozz com toda a renda destinada a Casa de Apoio aos portadores de câncer de Cachoeiro de Itapemirim. Os ingressos estão à venda na Maison Belas Artes e na Proaenf

Terça 10/05/2011  

Adição N° 41019