Issuu on Google+


Política.

02 | FOLHA DIÁRIO - Videira e região, quinta-feira, 09 de janeiro de 2014

TEMP. MÍNIMA

TEMPO

HOJE

SOL COM NUVENS DE MANHÃ Sol com poucas nuvens.

SOL COM PANCADAS DE CHUVA DE TARDE Sol com poucas nuvens e chuva.

NASCER DO SOL

ENCOBERTO À NOITE Nebulosidade variável.

DEDICAÇÃO PELA POLÍTICA Pessoas que fizeram história política em Videira, estão aposentados da vida pública em definitivo e não pensam em retornar aos pleitos eleitorais. Dentre estas figuras, um deles chama atenção pelo número de vezes que disputou o voto, o ex-vereador, José Emílio Bogoni (PT). Em sua trajetória, esteve por sete vezes com seu nome entre os candidatos, saindo vitorioso em três e derrotado em quatro oportunidades. No cargo de vereador, disputou a eleição de 1988, quando

ficou como suplente. Venceu as eleições para vereador em 1988, 1992 e 1996. Já para deputado estadual, disputou por quatro vezes uma cadeira na Assembleia Legislativa: em 1990, 1994 e 2002, sendo o mais votado no município em todas elas. Através dessa biografia, fica evidente a vontade de Bogoni ajudar o município de alguma forma, sendo referência para outros nomes que ainda tem energia e vontade para ajudar no desenvolvimento e crescimento político desta terra.

Av. Dom Pedro II, 410 Centro Comercial Valdameri (Próximo a Chevrolet) - Centro Videira/SC Acesso também pela Av. Beira Rio Fones: (49) 3566-2019 / 9995-1983

FORA DO SECRETARIADO

Lideranças políticas de Videira se mostraram surpresos pela ausência do nome do ex-prefeito interino, Lourenço Becker (PMDB), na lista de novos secretarios municipais anunciados pelo prefeito Carelli, esta semana. A maioria acreditava que devido ao seu empenho na ausência do titular, mereceria um cargo no primeiro escalão como forma de retribuição a sua fidelidade ao partido a ao atual prefeito. Por outro lado, fontes ligadas a Becker dizem que ele não teria vontade de integrar o Executivo e optaria em ficar na Câmara de Vereadores, onde é o atual presidente.

CÂMARA TERÁ 10 VEREADORES Depois da Câmara de Vereadores ter negado a liberação do vereador Wilson Paese (PSD) para a realização de um curso na área de segurança em Portugal, o vereador, baseado na Lei Orgânica do Município, terá que se ausentar durante as 12 sessões que acontecerão no período que ficará fora do país. Em razão da decisão do Legislativo de manter Paese em sua cadeira, não será possível convocar o primeiro suplente, o ex-vereador Nédio Martins (PR), para que assuma a vaga. Assim, a Casa de Leis deve ficar por 90 dias com dez integrantes. Paese tentou argumentar que seria de interesse público a capacitação que vai receber naquele país, mas não foi ouvido pelos colegas e precisou buscar alternativas para realizar a especialização.

Rua Padre Anchieta, 1125 Bairro Matriz - Videira/SC Fones: (49) 3566-2566 / 9995-1983 Rod. SC 453, n° 260 - Km 55 - Vidira/SC Fones: (49) 3566-2566 / 9995-1983

EXPEDIENTE

EDITORA FOLHA DE VIDEIRA

Rua Severino José Pasqual, 1013 - Universitário videira@folha.com.br - Telefone: (49) 3566-2727 CNPJ: 06.017.462/0001-06 www.folhavideira.com

CAFÉZINHO

Executivo estadual no início da próxima semana. Enquanto isso, PMDB e PSD buscam emplacar seus indicados e ganhar musculatura nos cargos do Governo do Estado da região. O ex-prefeito Antoninho Baldissera (PSD) e a servidora de carreira da Gered, Rita de Cássia Soares (PMDB), são os favoritos.

IUV MÁXIMO

ALAN SANTOS

COLUNABASTIDORESDOPODER@FOLHA.COM.BR

A i n d i c a ç ã o d o n ov o nome para ocupar a Gerência Regional de Educação (Gered), vaga aberta após a saída de Roberta Martinez (PDT) para assumir a educação da Rede Municipal, será feita após a chegada do governador Raimundo Colombo (PSD), que se encontra em viagem oficial e deve re assumir a chef ia do

PÔR DO SOL

Sem Nuvem

BASTIDORES DO PODER

ESPERANDO COLOMBO

TEMP. MÁXIMA PROB. DE CHUVA

PDT estadual estaria a procura de um nome para lançar como candidato a deputado estadual pela região de Pinheiro Preto, Tangará e Ibiam. Alguns nomes foram levantados, mas os debates continuam em torno da escolha. Lideranças políticas de Fraiburgo começaram o ano desconversando sobre possíveis pré-candidatos a deputado na terra da maçã. Só especulações rondam a cidade e a palavra de ordem é a cautela. As obras de recuperação da rodovia SC 135 entre os municípios de Videira e Tangará, estão paradas devido as férias de final de ano. A expectativa é de que os trabalhos sejam retomados logo, afinal, em ano eleitoral, é preciso que tudo esteja adiantado até o início dos programas de televisão.

DIREÇÃO ADMINISTRATIVA

Fabiano Luiz Marafon diretor@folhavideira.com

DIREÇÃO EXECUTIVA

Felipe Schuler editor@folhavideira.com

REDAÇÃO

redacao@folhavideira.com Patrícia Hoffelder Kelly Dandolini Caroline Carboni

ADMINISTRAÇÃO Daniele Vendrami Marafon adm@folhavideira.com Mário Luis Bogoni financeiro@folhavideira.com

DIAGRAMAÇÃO Camila P. Panigas

EDITOR CHEFE

Felipe Schuler editor@folhavideira.com

COMERCIAL

comercial@folhavideira.com adm@folhavideira.com

VENDAS

Gian Carlos Delziovo vendas@folhavideira.com

As opiniões emitidas em artigos assinados são de responsabilidade de seus autores, não correspondendo necessariamente a opinião deste jornal. Registro de pessoa jurídica 077, no livro PJ-01, registro Nº4 no livro B - 1, folha 04, em 09 de maio de 2013.

Com a ausência do vereador Wilson Paese (PSD), pelo período de 90 dias, a Câmara de Vereadores deve ficar sem uma voz de oposição, sendo que os outros dois vereadores da bancada oposicionista não se mostram tão combativos quanto o colega do PSD. Calmaria à vista!

À vista: R$ 200,00 Celesc: (fatura de energia) 12x R$ 19,90 (R$ 238,80) Boleto Bancário: 12x R$ 22,00 (R$ 264,00)

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DENÚNCIAS, ENTRE EM CONTATO PELO EMAIL

Contato para assinaturas: 3566-2727 ou pelo e-mail: adm@folhavideira.com. Confira as vantagens de ser um assintante Folha Diário.

ante Restaur ndo s a m i R O nde está ate io-dia , o r t n e C me dias ao t. todos os delicioso Buffe s e m t co noi bém nas ábado m a t e d n S Ate a-feira e o de quart om um delicios e c e t La Car s. À o i p á d car as pizza saboros

ASSINATURAS ASSINATURA ANUAL

ASSINATURA SEMESTRAL À vista: R$ 139,00 Celesc: (fatura de energia) 6x R$ 25,00 (R$ 150,00) Boleto Bancário: 6x R$ 29,00 (R$ 174,00)

CONHEÇA ALGUNS DE NOSSOS PRATOS À LA CARTE • Filé Mignon a Parmegiana • Filé Mignon Medalhão ao Molho Madeira • Chester a Moda da Casa • Salmão a Moda da Casa • Camarão a Grega E muitos outros pratos à sua disposição.

DE QUATA A SÁBADO HAPPY HOUR RIMA’S COM PETISCOS E CHOPP Conheça nosso espaço Criança Rima’s tragam seus filhos e tenham um ótimo jantar! Rima’s Restaurante, cozinhar é nosso talento


Free Dogs sempre com novidades!

TOSA JAPONESA

ARMAS E MUNIÇÕESHOSPEDAGEM - BANHO - TOSA - ADESTRAMENTO

Rua Miguel Jacob,

o

83 | Bairro Vinhed

www.freedogshotel.com.br

Agricultura. Polícia Civil prende INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Cidade.

Videira e região, quinta-feira, 09 de janeiro de 2014 FOLHA DIÁRIO | 03

Videira e região, quinta-feira, 19 de dezembro de 2013 FOLHA DIÁRIO | 03

homem em fl agrante Senai recebe mais uma unidade móvel de Ensino Prefeitura produtores Vandalismoalerta no Aeroporto A preocupa pilotos e população para a troca dos blocos P FRETES E MUDANÇAS

NOTAS FISCAIS INSEGURANÇA

POLÍCIA TAMBÉM ENCONTROU DIVERSAS CARNES DE ANIMAIS SILVESTRES, POSSIVELMENTE DE TATU E VEADO, NO FREZZER ALTAMIR GÊNERO INSCRIÇÕES ESTÃO ABERTAS PARA OS INTERESSADOS EM INGRESSAR NO CURSO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS QUE INICIA EM JANEIRO (49) 9105-7778 (49) 9903-8539 Polícia Civil de (49) 3566Vi d 4096 eira prendeu em flagrante CAROLINE CARBONI

FOTO: POLÍCIA CIVIL/VIDEIRA

peito estaria vendendo FOTOS: CAROLINE CARBONI/FOLHA DIÁRIO no comércio da cidade. tila, caderno, mochila e Educação através das A equipe Delegacia estojo com da materiais. O escolas públicas, trabada Comarca (DPCó) de lhadores podem procuClaudiomir Gonçalves diretor do Senai, EvanVideira, sob comando G u i maarraã e as ,t e3n5d ea nr o as , dro Desidério, salienta rar a gerência de suas d o od curso e l e g a dé ototalmente Ad r i an o empresas ou até mesmo n a q ugrande a r t a - f edemanda i r a ( 1 1 ) , que Mo r e i rPRAZO ,fornece i dPARA e n tADMINISTRAÇÃO fTROCA i c o uDOS DOdo LOCAL, CASOS DE VANDALISMO CONTRA AS CERCAS DEANTECIPADOS PROTEÇÃO E PESSOAS no município. res- gratuito Aitodos BLOCOS DE NOTAS DE AGRICULTOR E PRESTAÇÃO DE CONTAS FORAM POR FORÇANADEPISTA, LEI SÃO CENAS COMUNS eaSEGUNDO através Sine. de procuraElepelos e l o c a l i z ou o su sp e i ponderá pela prática do Outro diferencial cursos técnicos de insta- os subsídios para que os FOTO: KELLY DANDOLINI/FOLHA DIÁRIO to. Na quarta-feira, foi cr ime de p oss e i lega l FOTO: ARQUIVO/FOLHA DIÁRIO alunos se formem bons da instituição é o forlações elétricas, o Senai d a d o c u mpr i m e nt o a esquecer que eles tem um de arma de fogo e cri- profissionais. de Videira trouxe uma mês a menos para levar necimento de um cartão KELLY DANDOLINI CARBONI me CAROLINE ambiental, previs- um mandado de busca e Na primeira parte, de débito com um valor unidade móvel de ensi- suas notas na naprefeitura”, residência to no artigo 39 15 dadias, Lei apreensão ós últimos estudantes aprendem a para ajuda de custo aos no para ano suarecém instituição. come- os afirma. dele, localizada na Li9.605/98. As investigaoçou Aeroporto Ângelo CARTUCHOS E ESPINGARDA FORAM APREENDIDOS e já traz con- fazer instalações prediais As mudanças não Nela, estão todos os equinha Vista Alegre, Rural alunos do Pronatec. “Não ções duraram cerca de Ponzoni de Videira sigonecessários mudanças básicas acabameaí, a prestanapois segunda par- é um valor alto, mas aupamentos de Videira. foi mais vez alvo 20 alguns dias, uma iniciadas comdeo ção em setores, como de contas das notasa xiliaARMAS FORAM ENCONTRADAS NA RESIDÊNCIA DO ACUSADO te estudam e praticam àqueles que precipara teoria e prática das admi- f is c ais,Durante as buscas, levantamento dao inforévândalos. o caso Segundo dos produtoque até ent ão predial, onde sam de transporte pra vir instalações elétricas em automação nistrador do local, Carlos os policiais espingarda calibre 36, traram diversas carnes mação de que oLuiz suspeito res rurais, que precisam era anual, encontraram passa a ser Ganzalla, a cerca que faz a são simuladas instalaaté a escola e ainda sobra22 de animais silvestres, um ambiente confortável espingarda calibre ficar atentos aosanimais novos auma estaria caçando cada dois meses em um revólver calibre de umaque daspor laterais alarmes, pouco para ajudar na eproteção climatizado comluneta, uma prazos impostos lei ções 222 0 1com 4de , suj e ito aportões mu ltesa um e diversas munições. Os possivelmente carnes de silvestres. foi novamente derrubada. para troca das notas. eletrônicos, sistemas de alimentação. O Senai não por atraso. “As notas que porta a16 estudantes. pingarda calibre 12, uma policiais também encon- tatu e veado, no frezzer. Além disso, o sus“Constantemente esses fatos O secretário interino da vigilância forem preenchidas neste faz a gestão sobre como por câmeras, O curso é oferecivêm acontecendo, sendo que ano devem ser levadas à Agricultura e Meio Amentre outros. A unida- o aluno gasta este valor, do portodos meio do Prograquase os dias um funbiente do município, Gil- prefeitura a cada 60 dias de ficará disponível até apenas dá a ajuda para ma Nacional de Acescionário precisaexplica fazer serviço mar Rissardi, que para dar baixa, diferente as aulas so ao Ensino Técnico e agosto de manutenção concertodos devem para se dirigir do quede era2014 feitoe até ago- que o estudante possa tar a cerca quebrada”, conta. começam na s egunda aEmprego prefeitura(Pronatec) para trocare ra, onde os produtores vir estudar”, explica DeA ação teria sido quinzena as que não janeiro. tinham odeprazo de um sidério. os notas alunosfiscais classificados, motivada por pessoas das proforam usadas até o dia 31 ano para Os prestar i nte re contas”, ss a d o s Segundo Desialém de recebem o paUNIDADE MÓVEL CONTA COM TODOS OS EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS PARA TEORIA E PRÁTICA DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ximidas que utilizam a pista ressalta Rissardi. Vale deste mês. devem procurar a Se- dér io, o S enai t rab agamento da mensalidade como atalho paraque atravessar “O prazo antes reforçar que aquele que motocicleta. Tudo o que características públicas. cretaria de Assistência lha buscando preparar relata. através do programa, e por caminhões, que necesera até 29 de fevereiro foi atrasar sua prestação de ESPINGARDA CALIBRE 36 COM SETE CARTUCHOS tange uma motocicleta “Isto significa que nós O u t r a u n i d a d e município, recebem todo o material antecipado para o dia 31 Social contas do estará sujeito aa o profissional ou futuro DEFLAGRADOS E UM INTACTO FORAM APREENDIDOS Regional de profissional a atuar no móvel disponível no Se- destas de uso regular, só compramos através de didático, camiseta, aposde janeiro, por isso os Gerência uma multa que ainda será SAIBATINHA MAIS MOTORISTA LATAS E GARRAFAS DE BEBIDAS ALCOÓLICAS NO INTERIOR DO VEÍCULO agricultores devem levar estipulada pela prefeitura mercado de trabalho de nai desde setembro deste que são as que mais ven- licitações, contratamos O Aeroporto de manhã do últi-funcionários chas, pólvora,através nove cartuos blocos de notas não municipal. de curso de manu- dem e mais ademandam maneira pró ativa, qua- ano é oFOTO: Videiraainda, possui onde DIVULGAÇÃO/FACEBOOK/PM/VIDEIRA mo dia 9, após dichos plásticos defl agrados utilizados O setor de bloco processo seletivo púmanutenção, é aprendido tenção de motocicletas, urante o último várias com o conteúdo lificada e produtiva. “O estrutura ligências realizadas de calibre 28, dois cartuchos receberão umcom carimbo de notas da prefeitura blico, mantemos todo o ressalta. já consumido. Nos dois grande dilema da eco- que atualmente recebe aqui”, pela final de semana, capacidade Polícia Militar (PM) de deflagrados de metal do ou novos blocos para válidos está funcionando das 7h acervo e inventario do Desidério expli60 alunos, divididos em casos, os condutores fonomia brasileira neste Polícia Militar às 18h30, sem intervalo. para voos estea comerciais ano”, explica Fraiburgo acabou sendo re- mesmo calibre, além ainda pista derealizou “Para seguindo a legisram presos pelaintegralconduta momento, conseguir que duas turmas. “Lá eles ca ainda que o Senai é Senai (PM)com de Videira Rissardi. funcionar alizada abordagem a LCMP de 15 cartuchos vazios, popraticada e conduzidos lação C om36oe privada Já asmetros. not emi- mente, duas1.400 prisões pelaasdireção dois funcionáriosa a industria tenha condi- fazem toda a condição uma instituição onde foi encontrado em rém pública. novos, de calibre Atualmente Delegacia de Polícia. tidas no ano de 2013, a lter nam os horár ios, lucro a gente mantém e à Federação de veículo automotor sob ções de que o seu traba- necessária para manu- pertencente sua posse uma espingarda 20 espoletas, materiais estes recebe, em devem ser entregues até o para que nenhum produA PM de Videira efeito de álcool. Em amna estrutura da do Es-seminveste calibre 36, oxidada, lhador produza mais na tenção de motocicletas. das Indústrias que seriam utilizados para média, sete no se- tor dia fevereiro deixe suas quedea prestar consciência bos15 osde casos, os conduto- reitera marca, número 531989, um escola e em iniciativas tado de Santa Catarina Os materiais disponíveis fins de recarga. mesma fração de tempo. tor deaeronaves bloco de por produtor contas por incompatibie educação no trânsito Estas res haviam se envolvido cartucho intacto do mesmo Diante odos fatos que favoreçam ensino (Fiesc), que é a reunião p er mitem aos a lunos unidades móveis RISSARDI: “AS NOTAS QUE FOREM PREENCHIDAS NESTE ANO DEVEM SER LEVADAS À PREFEITURA A CADA 60 DIAS PARA DAR BAIXA, entre ruraldia, da prefeitura. An- lidade de horas”, relata. DIFERENTE DO QUE ERA FEITO ATÉ AGORA, ONDE OS PRODUTORES TINHAM O PRAZO DE UM ANO PARA PRESTAR CONTAS” é dever de todos. A pocalibre e sete cartuchos deem acidentes de trânsito. LCMP foi detido e conduzipúblico, como as unidados maiores empresápraticarem a parte básica e até 15 de tes o pousos prazo era Rissardi responde são extremamente úteis, lícia frisa queE FORÇAM o flagrados. O“Outro primeiro foique fla- interinamente do, juntamente com a arma PILARES ESTÃOainda QUEBRADOS A CERCA QUE FOI INSTALADA EM NOVEMBRO PASSADO decolagens. móveis quede custam Santaquase Catarina como fANO reios, susp en-o rios março. prazo critório, estão férias, sadasde e estão todas des que aos secretaria está que éDO um trabalho que pelo setor, pois jovens que ativa, aqui motorista deve ser resAlém disso, foi engrado inclusive com latas e materiais apreendidos, foi antecipado foi para pois o secretário Celso estudarem porém, tem semprecerca gente em funcionamento. com todo oestarão seu conjunto município vem fazendo Sesi, Se- individualmente alinhamento, motor ejáadministram prepa- são, culação de voospara comerciais, o “O prefeito Wilmar sitam namobrar na estrada foi feito. contrada uma caixa conten-aqui ponsável e est se for dirigir, pela polícia a Delegacia e gar rafas de b ebidas as notas preenchidas, os Brancher para atender os agriParte dos funcionários, de máquinas. “Neste final há muito tempo, as máá em s eu rados de R$ 1 conta milhão cada”, nai e oiniciou Instituito Evaltodo sistema para lidar com este também aeroporto também com Carelli a obra e ela lateral, que é estreita. Ganzalla DESIDÉRIO: “SENAI TRABALHA BUSCANDO PREPARAR O do apetrechos para recarga não consuma de Políciafinaliza. Civil para tomada produtores podem período alcoólicas não no interior cultores”, principalmente do es- finaliza. quinas estão sendo revide fériasbeebidas conta de mês começa a silagem, elétrico mas mantém e eletrônico da do PROFISSIONAL PARA ATUAR NO MERCADO DE TRABALHO” mercado que os espera”, diz que dos instrutores nãoLodi, foideterminada devido aosbu-aulas a maior preocupação cartuchos, chumbo, HOMEM FOI DETIDO COM BEBIDAS ALCOÓLICAS DENTRO DO CARRO daspráticas providencias cabíveis. do veículo, entre elas, alcoólicas. do Aeroclube, o que faz com

N O

EM FRAIBURGO

EMBRIAGUEZ AO VOLANTE

PM realiza duas prisões •

N

D

Polícia Militar realiza apreensão de arma de fogo e munições

está com a segurança dos empasses políticos durante pilotos e das pessoas que por esse período. Assim, apenas ali passam, além da falta de alguns reparos de manutenforam realizados, mas consideração com o patrimo- ção Bazar Luagel ainda é preciso terminar a nio público. extremidades e Ele diz que nos 26 cerca peçasnasimperdíveis, anos em que trabalha no Ae- colocar as placas indicativas. Só foram feitas as cercas e bermudas jeansda roporto, sempre viu situaçõescalças assim. “As pessoas invadem a lateral”, diz. a partirNesse de: 59,00 período de fépista e não se preocupam com rias, aumenta ainda mais a o que pode acontecer”, enfa-sapatilhas tiza. Ganzalla informa que a preocupação no local, já que jogam bolas prefeitura tinha providencia- muitas a partircrianças de: 49,00 do toda a estrutura de cerca nas proximidades e acabam ao redor do Aeroporto em invadindo a pista, causando

que a pista fique bastante movimentada nesta época. “Temos um segurança que cuida de todo o espaço aqui, mas acredito que só ele já não está sendo suficiente. É preciso conscientização da população que mora nos arredores, não apenas pela segurança, mas também porque há sanções penais de dois a cinco anos de reclusão para quem invadir a pista de pouso e decolagem. Depois


Cidade.

04 | FOLHA DIÁRIO - Videira e região, quinta-feira, 09 de janeiro de 2014 FOTO: DIVULGAÇÃO

SÓ SE FOR

DIREITO *POR MARCOS RAFAEL MARTIN

DOCUMENTO PARTICULAR, DOCUMENTO PÚBLICO E REGISTRO PÚBLICO

EM DIVULGAR SEU ESPAÇO DEVEM DESCREVER SE É LOCAÇÃO OU DIVISÃO DE ALUGUEL, DESCRIÇÃO DO IMÓVEL, • INTERESSADOS ENDEREÇO, PONTO DE REFERÊNCIA, NOME DA PESSOA RESPONSÁVEL PELO LUGAR E TELEFONE PARA CONTATO

SAE

Portal da Unoesc auxilia na busca de moradia para estudantes INÍCIO DE SEMESTRE É O PERÍODO QUE APRESENTA MAIOR PROCURA POR ALUGUEL DE IMÓVEIS

CAROLINE CARBONI

O

início do primeiro semestre do ano representa, para os estudantes, a preparação para o retorno às aulas e, para aqueles que vêm de fora do município para aqui estudar, começa a procura por uma moradia. Entre os meses de janeiro, fevereiro e julho a procura por imóveis próximos à universidade ou com um valor razoável aumenta

consideravelmente. Em Videira, a Unoesc conta com o serviço de Apoio ao Estudante (SAE), que disponibiliza entre seus serviços o Programa de Habitação, destinado a alunos que necessitam encontrar residência no município. Segundo a auxiliar administrativa do SAE, Marcia Mattias, o setor mantém um cadastro de imóveis com opções como pensões, casas e apartamentos. “Para participar, os proprietários de imóveis de-

vem comparecer pessoalmente no departamento ou via e-mail, para preencher uma ficha cadastral, para que posteriormente possamos publicar as informações em nosso portal”, conta. Marcia explica que as pessoas interessadas em divulgar seu espaço devem descrever se é locação ou divisão de aluguel, descrição do imóvel, endereço, ponto de referência, nome da pessoa responsável pelo lugar e telefone para contato.

“Os dados estão à disposição dos estudantes e anunciantes no portal da Unoesc, no endereço www. unoesc.edu.br. Através do link SAE na barra de opções, escolha o item “classificados” e, posteriormente, a categoria “moradia”. Nesse espaço as pessoas vão encontrar arquivos em PDF, os quais terão informações relativas à locação À partir deste momento, o próprio estudante entra em contato com o negociante para negociar um valor”, explica.

Neste pequeno texto abordaremos as principais características dos documentos com o intuito de esclarecer suas diferenças, inclusive daqueles que são elaborados pelos cartórios ou a eles são levados. Documento é todo objeto que contenha uma informação. Pode ser um texto inserido no papel, na madeira, no couro, uma foto ou até mesmo em meio digital. Logo, nem mesmo precisa ser palpável para ser documento. Nos dias de hoje, um arquivo digital tem tanta força legal quanto uma folha de papel escrita. Veja-se, por exemplo, um cartão postal de ano novo, qual a diferença se ele vier por correspondência comum ou por e-mail? Enquanto cartão postal, pelo menos, não haverá diferença alguma, pois a lei não exige que os cartões postais sejam escritos em material flexível, rígido, assim ou “assado”. Os dois serão simples documentos de felicitações. Para simplificar, falaremos apenas do documento escrito em suporte físico, como o papel. Comecemos pelo documento particular, que é aquele assinado por um particular ou elaborado a seu mando, ainda que não esteja assinado. Será particular o documento quando ele não for produzido por pessoa que tenha fé pública, ou seja, sempre que não for público. O documento particular, uma vez contestada a assinatura, e se essa não for comprovada, perde sua característica de documento verdadeiro. Do mesmo modo, perde sua qualidade de veracidade quando for alegada alteração no preenchimento de seu conteúdo. Nota-se que uma simples contestação/alegação já são suficientes. O documento será público quando for criado ou emitido por agente público no exercício de sua função, por exemplo, documentos de identificação, escritura pública, sentença judicial, etc. O primeiro assinado pelo delegado, o segundo pelo tabelião e o último pelo juiz, todos no exercício de suas funções. Portanto, se um delegado deixar um aviso escrito em casa para um familiar, este aviso não será documento público, pois não foi feito em decorrência de sua atividade de delegado, e sim como uma pessoa comum. Dentre os documentos públicos a escritura pública é o documento realizado pelo tabelião. Consiste na elaboração de um documento a pedido de alguém, como um contrato de compra e venda, um testamento, uma procuração, etc. Por ter sido feito pelo tabelião, tem fé pública, isso quer dizer que todo o conteúdo do documento, bem como a menção de quem participou ou solicitou a produção do mesmo, são verdadeiros e só uma declaração judicial poderá fazer cessar essa veracidade, o que dá uma garantia jurídica maior ao mesmo. Registro Público é o local onde devem ser levados os documentos particulares ou públicos para que sejam registrados. A lei estipula que alguns documentos, mesmo que elaborados por um tabelião, para surtirem efeitos precisam ser levados a registro, por exemplo, um contrato de locação. Isso ocorre porque a elaboração do documento pode ocorrer em qualquer lugar, mas os registros não. Estes precisam ser formalizados no local onde a lei disser, pois só assim se permite a publicidade do documento de forma correta, permitindo saber tanto a quem quer dar publicidade quanto a quem quer tomar conhecimento onde deixar e encontrar o documento. Em regra, para se dar publicidade a um contrato (público ou particular) ele deve ser registrado no cartório do endereço dos contratantes, e se for relativo a imóvel deve ser levado ao cartório do local deste ou ainda nos dois cartórios (do endereço do contratante e do imóvel), dependendo da exigência da lei. Independente de como for elaborado o documento eles precisam ser levados a registro, para se dar publicidade e/ou gerar efeitos. Uma escritura pública de emancipação de menor só produzirá efeitos se for levada ao Registro Civil, sem essa providência não há emancipação. Por isso, mesmo os documentos públicos (como a escritura pública) precisam ser levadas ao Registro Público. Uma característica que nem todos os documentos públicos possuem é quanto a sua reprodução, ou seja, se houver a perda ou destruição do documento deve ser feito um novo. Os realizados pelos cartórios não precisam ser refeitos, basta uma certidão, que é o documento público dos Registros Públicos e dos tabeliões. * MARCOS É OFICIAL DE REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS, REGISTRO DE TÍTULOS E DOCUMENTOS E DE PESSOAS JURÍDICAS DE VIDEIRA


Ensino.

Videira e região, quinta-feira, 09 de janeiro de 2014 - FOLHA DIÁRIO | 05

GRATUITOS

Ação Social abre inscrições para 15 cursos SÃO 15 TIPOS DE CAPACITAÇÕES QUE PODEM SER FEITAS POR PESSOAS COM IDADE ENTRE 16 E 59 ANOS

O

D e p a r t a m e nt o de Ação Social da Prefeitura de Videira em parceria com o Instituto Federal Catarinense (IFC) - campus Videira, o Ser viço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o SEST/SENAT darão início a novos cursos técnicos e profissionalizantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “Já formamos centenas de videirenses e mais uma vez estamos buscando formas de oferecer capacitação profissional à nossa gente, criando novas alternativas de ganhos para famílias de baixa renda”, destaca o prefeito Wilmar Carelli.

Iniciou nesta segunda-feira, 6 de janeiro e prossegue até o próximo dia 28 de fevereiro as inscrições para 15 diferentes cursos: Assistente de Vendas, Auxiliar de Pessoal, Artesão de Bordados a Mãos, Artesão de Pintura em Tecido, Confeiteiro, Costureiro, Eletricista Industrial, Eletricista Predial, Frentista, Mecânico de Refrigeração e Climatização Industrial, Operador de Computador, Operador de Empilhadeira, Padeiro, Pedreiro e Soldador Mig/Mag. Podem participar dos cursos pessoas com idade de 16 a 59 anos, com renda familiar de até três salários mínimos ou os beneficiários titulares

SERVIÇOS DE LAVAÇÃO A SECO LIMPEZA DE TETO, BANCOS E ESTOFADOS REMOÇÃO DE MANCHAS R. Severino José Pasqual Bairro Carboni - (49) 88187901

ou dependentes de programas federais de transferência de renda (Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada). As matrículas podem ser feitas no Departamento de Ação Social, que funciona em cima da Rodoviária, no horáriodas 12h30 às 18h. A diretora do Departamento de Ação Social, Rosani Schneider ressalta que os interessados deverão estar cadastrados no CADUNICO e apresentar os seguintes documentos: CPF, Identidade, comprovante de residência, comprovante de renda e histórico escolar. Dúvidas poderão ser esclarecidas pelos telefones (49)3566 - 2202 e/ou (49)3566 - 2191.

FOTO: DIVULGAÇÃO

EM DEZEMBRO DO ANO PASSADO A PREFEITURA FORMOU 24 ALUNOS NO CURSO DE AUXILIAR ADMINISTRATIVO

VITRINE DO AUTOMÓVEL

ACESSÓRIOS BATERIAS/ PE

LÍCULAS/

PNEUS/SOM/ RASTREADORES Videira Rua Alberto Zoller, 175 –

(49)3533-2033

(49) 3566-7151 RUA SAUL BRANDALISE N° 1098 - CENTRO • PNEUS • ESCAPAMENTO• SUSPENSÃO • SERVIÇOS MECÂNICO

AR CONDICIONADO LINHA LEVE E PESADA SOM AMBIENTE E AUTOMOTIVO Rua Saul Brandalise, 889 (49) 3566-1042/9957-1514

Rodo. SC 453, 1750 – Dois Pinheiros

MANUTENÇÃO E RECUPERAÇÃO DE RODAS ESPORTIVAS, PINTURA E SOLDAS EM ALUMÍNIO

Rua Padre Anchieta, 697/Matriz 3533-0951

Rua José Domingos de Francio Esquina Saul Brandalise, 1109 – Santa Tereza. Tel.:(49) 3566-7050(49) 9934-2164/9101-9852

PLANTÃO (49) 9929-5571

INSPEVIDE INSPEÇÃO SEGURANÇA VEICULAR

Rua Saul Brandalise, 962 – Centro tieppoautomecanica@hotmail.com

Rua Alberto Grando, 1884 – São Cristõvão

(49) 3566- 1089 / 8408-0638

(49) 3566-4234 (49) 3566-1329

(49) 3566-6723 9805-0124 (TIM) 9193-3835 (Vivo)

RECUPERAÇÃO DE AMASSADOS MANTENDO A PINTURA INTACTA. Rua Severino José Pasqual, 120 – Carboni


Polícia.

06 | FOLHA DIÁRIO - Videira e região, quinta-feira, 09 de janeiro de 2014

2013

COLUNA NA

Embriaguez ao volante e Maria da Penha foram as principais ocorrências

SÓ POR HOJE!

DELEGACIA DE POLÍCIA DA COMARCA REALIZOU DEZ AUTOS DE PRISÃO EM FLAGRANTE

D

urante as festas de final do ano, a Delegacia de Polícia da Comarca (DPCó) registrou, principalmente, casos de embriaguez ao volante e relacionados com a Lei Maria da Penha, nas ocorrências de maior gravidade. Em Videira, foram dez Autos de Prisão em Flagrante O delegado Adriano Delfino Moreira frisa que foram quatro flagrantes por embriaguez ao volante, quatro pela Lei Maria da Penha e dois por furtos. Os dados são referentes ao período compreendido de 21 a 31 de dezembro do ano passado, ou seja, um flagrante por dia. De acordo com Moreira, todos os casos referentes a Lei Maria da Penha estão relacionados

com o consumo exagerado de bebidas alcoólicas. “Os maridos bebem, agridem as companheiras e alguns se arrependem depois, mas o crime está consumado”. Nos casos de embriagues ao volante, os condutores dos veículos vão responderá a um processo crime e outro processo administrativo. O cidadão poderá ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por um período de até dois anos. Os furtos não tiveram relação com bebidas alcoólicas. “Os trabalhos tiveram o mesmo ritmo do ano passado. Nesta época do ano, é comum acontecerem alguns tipos de ocorrências, algumas motivadas devido ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas”.

FOTO: MAX FEITEN/FOLHA DIÁRIO

O único requisito para ser membro de Narcóticos Anônimos (NA) é o desejo de parar de usar. NA é uma Irmandade ou sociedade sem fins lucrativos, de homens e mulheres para quem as drogas se tornaram um problema maior. Somos adictos em recuperação que nos reunimos regularmente, para ajudarmos uns aos outros a nos mantermos limpos. Não há matrículas ou taxas. Você não tem que estar limpo quando chegar, mas depois da sua primeira reunião sugerimos que continue voltando, e que venha limpo. Não tem que esperar uma overdose ou prisão para receber a ajuda de NA; a adicção não é uma condição sem esperança da qual não há recuperação. É possível superar o desejo de usar drogas com a ajuda do Programa dos Doze Passos de Narcóticos Anônimos e do companheirismo de outros adictos em recuperação. A adicção é uma doença que pode acontecer a qualquer um. Alguns de nós usavam drogas porque gostavam, enquanto outros usavam para reprimir os sentimentos que tinham. Outros sofriam de doenças físicas ou mentais e ficaram adictos à medicação prescrita durante o tratamento. Alguns de nós se juntavam de vez em quando à turma que usava drogas, só por estar na moda, e mais tarde descobriram que não podiam parar. Muitos de nós tentavam superar a adicção e às vezes conseguiam um alívio temporário, mas que era geralmente seguido de um envolvimento ainda maior do que antes. As circunstâncias realmente não importam. A adicção é uma doença progressiva como o diabetes. Somos alérgicos às drogas. Nosso fim é sempre o mesmo: prisões, instituições ou morte. Se a vida se tornou incontrolável e você quer viver sem a necessidade de usar drogas, nós descobrimos uma maneira.

• MOREIRA: “TIVEMOS UM FLAGRANTE POR DIA”.

ARMA DE FOGO

Polícia Militar prende homem com revólver ARMA ESTAVA COM A NUMERAÇÃO RASPADA E ERA DE CALIBRE 32, COM QUATRO PROJÉTEIS INTACTOS

A

Polícia Militar (PM) de Videira deteve um homem e apreendeu um revólver calibre 32, marca Taurus, com quatro projéteis intactos na rua Prefeito César Augusto Filho, no bairro Dois Pi-

• ARMA APREENDIDA É CALIBRE 32

nheiros. A arma estava com a numeração raspada. A PM estava atendendo uma ocorrência de acidente de trânsito quando realizou a detenção do homem por porte ilegal de arma de fogo. A polícia localizou a arma no interior de um dos veículos que se envolveram no acidente. Diante da constatação, o proprietário do veículo em que foi encontrada a arma foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia da Comarca (DPCó) para os demais procedimentos cabíveis.

O ÚNICO REQUISITO É O DESEJO...

FOTOS: FACEBOOK/PM/VIDEIRA

INFORMAÇÕES PELO FONE (49) 8816-9615 NARCÓTICOS ANÔNIMOS – NA GRUPO CONQUISTA Pinheiro Preto Reuniões: Segundas-feiras Horário: 20 horas Local: Centro Educacional Padre Trudo Plessers Rua: Oclides Scortegagna GRUPO RENASCER Videira Reuniões: Terças-feiras Horário: 20 horas Local: Centro de Eventos Vitória - Cevi Rua: XV de Novembro – Centro

• HOMEM FOI CONDUZIDO PARA A DELEGACIA

GRUPO BOA VONTADE NAR-ANON Videira Reuniões: Sextas-feiras Horário: 20 horas Local: Colégio Wilson Kleinubing Rua: Constantino Crestani – Cidade Alta


Esporte.

Videira e região, quinta-feira, 09 de janeiro de 2013 - FOLHA DIÁRIO | 07

INTERCOLEGIAIS

Competição reuniu mais de 2,4 mil alunos NO TOTAL, PARTICIPARAM DAS DISPUTAS 16 ESCOLAS DAS REDES MUNICIPAL, ESTADUAL, PARTICULAR E FEDERAL ESTABELECIDAS EM VIDEIRA FOTOS: ARQUIVO/FOLHA DIÁRIO

Os Jogos Intercolegiais são uma febre para os alunos dos estabelecimentos de ensino do município. Classificatórios para os Jesc, reúne mais de 2,4 mil alunos para disputar as modalidades. O professor Júnior Peranzoni é o organizador do certame e vem trabalhando com o esporte desde 2009. Na época, ainda estava no Exército Brasileiro e era responsável pelo treinamento físico do quartel onde servia, trabalhando também com futebol e atletismo lá dentro. A partir de 2010, veio a trabalhar mais especificamente com o futebol, no Esporte Clube Internacional, de Santa Maria (RS), como preparador físico nas categorias de base e equipe profissional até o inicio de 2013. Quando chegou para trabalhar como professor da modalidade de futebol na Fundação Municipal de Esportes de Videira (FMEV), no início de março deste ano, recebeu a função de coordenador dos Jogos Intercolegiais de Videira também. Desde a infância, Peranzoni sempre gostou de praticar atividades físicas, e via no futebol e no futsal a oportunidade de praticar. “Como todo menino fiz parte de escolinhas de futebol. O basquete também faz parte do meu gosto por praticar atividades físicas, mas nunca joguei profissionalmente nenhuma modalidade de esporte”. F OL HA D IÁ R I O - Q u a i s modalidades que foram realizadas neste ano? PERANZONI – Futebol, com o Moleque Bom de Bola, futsal, handebol, basquete, tênis de mesa, xadrez e vôlei. Todas as etapas dos Jogos Intercolegiais de Videira reuniram 2.422 alunos de 16 escolas das Redes Municipal, Estadual, particular e Federal, que estão estabelecidas em Videira. FOLHA DIÁRIO - Qual o fator para o sucesso da competição em Videira? PERANZONI - A cultura pelo esporte que a cidade possui, pelo empenho dos professores de educação física nas escolas e claro pelo incentivo a prática

de esporte que a Secretaria de Educação e Fundação Municipal de Esportes de Videira (FMEV) fornecem para a sociedade. FOLHA DIÁRIO - Como você avalia o momento das categorias de base em Videira? PERANZONI - Os jogos servem para futuras avaliações e descobertas de talentos, os quais possam a vir representar o município de Videira nas diversas competições longe da cidade. Todas as modalidades possuem excelentes alunos/ atletas. FOLHA DIÁRIO – Existem outras órgãos que apóiam a realização da competição?

MOLEQUE BOM DE BOLA FEZ PARTE DA PROGRAMAÇÃO

• XADREZ FOI UMA DAS MODALIDADES DISPUTADAS PERANZONI – A Secretaria de Educação e Fundação Municipal de Esportes são parceiras na realização das diversas etapas da competição. F OL HA DIÁ R I O – Q u em foram os campeões por modalidade? PERANZONI - No futebol foram Waldemar Kleinubing nas duas categorias. No futsal infanto masculino Cepar, infanto feminino Cepar, infantil masculino Gennius, infantil feminino Waldemar Kleinubing, mirim masculino Waldemar Kleinubing e mirim feminino Fidélis Fantin. No handebol infanto masculino Superação, infanto feminino CIC, infantil masculino Gennius, infantil feminino Gennius, mirim masculino Superação e mirim feminino Superação. No xadrez infanto masculino Anita Brasileira, infanto feminino Joaquim Amarante, infantil masculino Joaquim Amarante e infantil feminino Joaquim Amarante. No tênis de mesa

infanto masculino Adelina Régis, infanto feminino Superação, infantil masculino Vilson Kleinubing e infantil feminino Vilson Kleinubing. No basquete infanto masculino Superação, infanto feminino CIC, infantil masculino Paulo Penso, infantil feminino Waldemar Kleinubing, mirim masculino Superação e mirim feminino Superação. No vôlei infanto masculino Cepar, infanto feminino CIC, infantil masculino Joaquim Amarante, infantil feminino Paulo Penso, mirim mas c ulino Joaquim Amarante e mirim feminino Paulo Penso FOLHA DIÁRIO - Quais as dificuldades em realizar as competições? PERANZONI - Os jogos intercolegiais ocorreram dentro da normalidade, apenas com pequenos ajustes feitos durante a realização de cada modalidade. FOLHA DIÁRIO – Como é a participação das meninas na

competição? PERANZONI – Excelente. Sempre presente com um bom número de alunas/atletas em todas as modalidades disputadas. FOLHA DIÁRIO – Existe um planejamento para as competições futuras? PERANZONI - Sim já existe um pré-planejamento, mas precisamos acertar nosso calendár io de acordo com o calendário da Fesporte, o qual deve ser divulgado no inicio do ano que vem. FOLHA DIÁRIO – Quais os objetivos dos Jogos Intercolegiais? PERANZONI - É promover a integração e socialização através da prática do esporte e incentivar os alunos de maneira prazerosa a prática esportiva saudável, não levando em consideração apenas a prática como competição, mas também como cooperação onde vencer é importante, mas não é tudo.


Geral.

08 | FOLHA DIÁRIO - Videira e região, quinta-feira, 09 de janeiro de 2014

RECONHECIMENTO

Fiat é líder do mercado brasileiro pela 12º vez

ENTRE OS DEZ MODELOS MAIS VENDIDOS NO PAÍS, QUATRO SÃO DA MARCA

A

F i at Aut om ó veis encerrou o ano de 2013 na liderança do mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves pela décima segunda vez. E tem a comemorar a diferença recorde que estabeleceu em relação ao segundo e terceiro colocados no mercado brasileiro. Foram mais de 96 mil unidades à f rente do segundo colocado e mais de 113 mil unidades de vantagem em relação ao terceiro colocado. A Fiat registrou 762.980 unidades vendidas em 2013, consolidando a liderança do mercado, com 21,3% de market share. Entre os dez modelos mais vendidos no Brasil em 2013, quatro são da marca Fiat – Uno, Pa lio, Siena e St rad a. Ent re os dest aques, o Siena foi o sedan mais

vendido no País, com o recorde de 129,9 mil unidades em 2013. A picape Fiat Strada, com 123 mil unidades emp l a c a d a s , t amb é m a l cançou volume recorde de vendas e o décimo quarto ano de liderança no segmento. O modelo Uno totalizou 183.693 vendas e o Palio alcançou 171.875 unid ades empl ac ad as, sendo que ambos os modelos somados responderam por 22,3% de seu segmento. No segmento de veículos comerciais, a Fiat comemora o bom desempenho do Ducato, com 12,7 mil unidades vendidas e líder no segm e nt o c o m 2 3 , 3 % d o m e rc a d o, d o F i or i n o, com 12,4 mil unidades e líder no segmento desde 1990, além do volume re c ord e d e ve nd as d o Doblò Cargo, com mais de 6 mil unidades emplacadas.

“A liderança de mercado reflete o esforço da Fiat em promover a sustentabilidade dos seus negócio por meio de tecnologia de ponta, segurança, iniciativas ambientais, atendimento, disponibilidade de peças e serviços e principalmente foco no consumidor. Nós da Carboni temos orgulho em sustentar a participação regional acima da média nacional e contribuir para este número expressivo”. LEONARDO CARBONI, GERENTE DA CARBONI FIAT FOTO: ARQUIVO/FOLHA DIÁRIO


09 janeiro