Page 1

1ª quinzena de janeiro/ edição 412

Umuarama News Edição Mensal 002 | Janeiro de 2017 | Tiragem: 2000 exemplares

Realização:

Parceiros:

1


2

1ª quinzena de janeiro / edição 412

Palavra da Diretoria Sobre Réveillon Antes de mais nada queremos agradecer aos associados e não associados que acreditaram em nosso Réveillon e nos honraram com suas presenças. Foi um ótimo trabalho em equipe através de parcerias imprescindíveis. O trabalho foi árduo, porém gratificante, tivemos um belo resultado. O empenho de nossa diretora social e demais diretores, além de todos os funcionários do clube foram fundamentais. Todos fizeram o melhor, contribuindo para o sucesso deste grande evento. Uma noite linda com certeza! E com intuito de promover cada vez mais nosso clube daremos prosseguimento à nossa agenda social, cultural e esportiva para este ano. O lucro do Réveillon será investido no clube. Pretendemos usar o saldo dos eventos em investimentos na estrutura e também em eventos gratuitos para os associados. E podem aguardar, o Umuarama mudou para melhor e novidades e melhorias serão anunciadas e apresentadas a vocês. Queremos que o Umuarama Clube seja uma opção cada vez melhor de reunirem com amigos e familiares. Aos nossos parceiros Folha de Lagoa e All Black, foi um prazer dividir com vocês nosso anseio e em equipe trabalhamos com intuito de proporcionar um evento sensacional. Os parceiros também agradecem o prestígio e confiança. E fiquem atentos às programações de 2017! Diretoria 2016/2018

Helder Sivelli(Dedeco)

Alex Antônio da Silva

Silvana Mesquita

Luzmaia da Silva Oliveira

Carlos Abraão Batista

Keli Maciel

Expediente: •Edição nº: 002 •Produção Gráfica: Agenciá •Circulação: Janeiro 2017 •Distribuição: Gratuita •Realização: Agenciá Publicidade e •Contato: 3261-2457 Eventos e Umuarama Clube

Para anunciar: 3261-2775

E-mail: jornalumuaramanews@yahoo.com

Nossos Colaboradores são Voluntários O jornal não se responsabiliza pela opinião de seus colaboradores.


1ª quinzena de janeiro/ edição 412

Pérolas do ENEM

3

Fonte: http://blogdoenem.com.br/perolas-do-enem-frases-geniais/

“As moléculas de água quando congelam viram Duréculas” E quando vaporizam viram vaporéculas… física é tão simples, ou melhor é simpéculas. “Apóstrofes são os 12 homenzinhos que comeram com Jesus e que Michelangelo bateu a foto”. “O meio de transporte mais utilizado no deserto da Arábia é o tapete”, Disse o Aladim. “Cada vez mais as pessoas querem conhecer sua família através da árvore ginecológica”. “A pérola é a fecundação do esprematozoide de uma concha, com uma pedra… de acordo com o tamanho da pedra fica o tamanha da pérola” Ele acredita na cegonha, só pode. Os animais foram salvados do dilúvio graças à “Arca de Noel” – Grande papai Noel, salvou as renas. Será que foi isso que o gênio aí tentou dizer? “A 2ª guerra mundial foi um período de paz e de prosperidade para a Alemanha” E o professor de história pira na resposta.

tanta energia que virou tchu tcha. “A leitura permite ao homem tornar-se míope” E o funk permita ao homem tornar-se surdo. “Vasos capilares são aqueles pontinhos em que plantamos os pés de cabelo” E os vasos sanguíneos são onde se planta sangue?? “A unidade de força é o Newton, que significa a força que se tem que realizar em um metro da unidade de tempo, no sentido contrário” Isso que ocorre com quem dorme na aula de física. Vira Pérolas do Enem.

“O Senado, habitat dos políticos, está corrupto” Gênio!

“A floresta tá ali paradinha no lugar dela e vem o homem e créu.” velocidade 5 do créu! “Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta.” Pra deixar bem claro o tamanho da destruição

“O célebro é muito espantoso: hoje em dia ele é usado até pelos pobres”. Menos por você!

“Animais ficam sem comida e sem dormida por causa das queimadas.” Esqueceu que também ficam sem o IPhone, sem olhar novela e sem os dvd’s do Chaves.

“A alimentação é o meio de digerirmos o corpo.” Ahh?????????

“Precisamos de oxigênio para nossa vida eterna.” Tá bem Niemeyer.

“Uma tonelada pesa pelo menos 100Kg de chumbo” Claro por que 100kg de água são 100kg e de Chumbo são uma tonelada.

“Retirada claudestina de árvores.” Claurálio!

“Lenini e Stalone eram grandes figuras do comunismo na Rússia” Ai depois Lenini resolveu cantar e colecionar orquídeas.” “Os portugueses, depois que descobriram Fernandes de Noronha, assinaram o Tratado de Tortas Ilhas” Próximas férias vou para Fernandes de Noronha. Aluno gênio descobrindo regiões do Brasil desconhecidas pelo resto do mundo. “A finalidade das Cruzadas era passear pelo deserto em busca de aventuras” Passear pelo deserto ai rola uma batalha, tudo em nome da aventura.

“O que mais falta no Brasil é a falta de ética”

“Temos que criar leis legais contra isso.” Por que leis chatas, são muito sem graça, por isso vamos distribuir Camaro amarelo para todo mundo ficar doce e legal! “A camada de ozonel.” E o buraco nessa camada pode acabar com o “planetel” “A amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor.” Agora vamos colocar uma galerinha engraçada para cortar árvores e tudo fica bem! “Convivemos com a merchendagem e a politicagem.” Que burragem“

“Eles negão de pés juntos que não são corruptos” Negou de pé junto quer dizer que a porra ficou séria.

Na cama dos deputados foram votadas muitas leis.” Esse só pensa malicia já colocou tudo na cama.

“Estamos sendo roubados por pessoas políticas escolhidas para este propósito” Ai, essa doeu no meu pâncreas.

“Os dismatamentos é a fonte de inlegalidade e distruição da froresta amazonia.” Que burro, dá 0 pra ele.

“O Brasil não cresce mais porque, como diz o poeta, está deitado em berço estreito” Alarguem o berço do Brasil, por favor.

“O que vamos deixar para nossos antecedentes?” Um box da coleção completa dos DVDs do Chaves, pode ser? Ai você vai entregar!

“Na China, o presidente Maose Tung continua vivo, apesar de morto” Respira apesar de não ter oxigênio, caminha apesar de não andar…viu como a lógica é uma coisa simples.

“A situação tende a piorar: o madereiros da Amazônia destroem a Mata Atlântica da região.” Eles viajam muito.

“O povo coreano tem tanta energia, que virou nuclear” E no Brasil é

“O coração é o único órgão que não deixa de funcionar 24 horas por dia!” Já o cérebro deste individuo deixou de funcionar bem na hora da prova.


4

1ª quinzena de janeiro / edição 412

Theresa Hilcar

COLUNISTA CONVIDADA

Theresa Hilcar: "Quem quer ser adulto" Jornalista, escritora, cinco livros publicados, membro da Academia Sul/ Mato-Grossense de Letras e Lagopratense com muito orgulho! Lembra quando a gente era criança e queria muito ser adulto? Lembra quando a gente tinha seis, sete anos (hoje acho que a idade seria outra) e queria usar salto alto e batom?

crescer. Que nem seus pais, avós, tios, ninguém tinha manual com instruções precisas e seguro vitalício contra os perigos do mundo, a solidão e a total impotência que vez por outra nos assalta.

Ou quando tinha quinze e queria sair de casa para ser independente, namorar, viajar, sem ter que dar satisfações aos pais? E quando a gente vivia de mesada, não tinha preocupação alguma em pagar contas e o dinheirinho que a gente recebia, sem trabalhar, era exclusivo para nossos “alfinetes”, heim? Lembra a época em que você não precisava se preocupar com a conta de água e luz – tomava banhos demorados e passava a noite com a luz acesa? Sabe aquela sensação de não ser responsável por nada, nada que não fosse apresentar o boletim escolar com notas azuis?

E o que podemos dizer da adolescência? Fase em que temos absoluta certeza de tudo, inclusive da imortalidade. Qual adolescente fica sem dormir porque a taxa de desemprego está aumentando, a inflação comendo o salário dos pais, e a corrupção está corroendo a escola, a saúde e tudo mais que estiver por perto? Adolescente pode até passar noites em claro, mas por motivos bem mais prosaicos: o fora da namorada, a vontade de ter um celular mais moderno, o trabalho da escola (raro, mas há quem se preocupe com isto, felizmente), ou porque as curtidas do seu Facebook diminuíram drasticamente na última semana.

Alguém, em sã consciência, poderia imaginar que, ao contrário do nosso sonho, tornar-se adulto é perder a liberdade para sempre? Esta foi a conclusão que a personagem da série americana, “Grey’s Anatomy”, chegou logo que terminou a faculdade e foi direto para a labuta. Foi quando percebeu que, a partir daquele momento, a palavra que nunca sairá do vocabulário é a tal Responsabilidade.

Poderia passar o dia escrevendo sobre o período em que não éramos responsáveis por nada, às vezes nem pela gente mesmo. Simplesmente porque acreditávamos que sempre haveria quem nos protegesse, nos cuidasse, nos alimentasse e pagasse todas as nossas contas. E que nunca nos faltaria abraços, beijos, milagres, amores, viagens e sonhos. E que tudo simplesmente seria apenas justo e bom.

Ora, ora. Nem nos nossos piores pesadelos poderíamos imaginar o fardo de uma palavra como esta, tatuada em cada centímetro do nosso corpo. Ou vai me dizer que quando você jogava amarelinha com seus colegas, estava imaginando o quanto iria pagar de IPVA, IPTU, INSS, Condomínio, aluguel, telefone, tv a cabo, internet e mais uma dezena de itens que devem ser pagos regularmente?

De repente, sem aviso nem bilhete, a gente cresce, fica adulto e, ingênuo, entra no sistema de onde é praticamente impossível sair ileso. Vai para um lugar onde é proibido se cansar, parar, respirar e viver com alguma dignidade o terceiro tempo. Pois é, quem poderia imaginar que justo quando você está cansada, sim muito cansada, o sistema decide que você não trabalhou o suficiente. Que é preciso pagar mais, trabalhar mais, contribuir mais, para que eles, do sistema, que nunca precisarão de aposentadoria, possam gastar à vontade às nossas custas.

Naquele dia, brincando no balanço, feito de pneu, debaixo de uma frondosa árvore no quintal, você não pensou que no futuro não existiria mais balanço, nem árvore, nem amigo pra te empurrar lá pro alto e você gritando; mais alto, mais alto!

Aposto que você, nem eu, nem ninguém, sabia o que significava

Quer saber? Para o mundo que eu quero descer. E voltar para aquele balanço debaixo da mangueira, onde a vida nos parecia tão fácil. E era.


1ª quinzena de janeiro/ edição 412

Cobertura Réveillon

5

Como começou esta festa? Por Fabricio Azevedo

Há dois anos que o Clube não realizava o Réveillon. Antes disso, os dois últimos realizados não agradaram, deram pouco público e geraram prejuízos ao clube. Neste ano, a nova diretoria, até mesmo antes de ser eleita, já apresentava um certo dinamismo e vontade de revigorar o clube. Um dos membros desta diretoria me procurou e me convidou a fazer parte da mesma. Por projetos pessoais, não pude aceitar, mas me comprometi a ser um incentivador e dar sugestões caso tomassem posse. Tomaram posse e fui cobrado para dar algumas ideias. A partir daí, comecei a pensar em qual seria a melhor

forma do Clube voltar com força total. Pensei no Réveillon mas desisti. Achei que seria arriscado demais. Já era setembro e o tempo urgia. Procurei a Silvana (diretora social), Luzmaia e outros da diretoria. A esta altura, eu já havia feito planilha de custos para um eventual Réveillon e já conversado com alguns dos parceiros que poderíamos contar caso a ideia fosse adiante. Para “incrementar” a ideia, conversei paralelamente com os sócios do All Black e passei minha ideia para tentarmos fazer uma parceria: eu, o Clube e o All Black. Fui “aprimorando” a ideia e a viabilidade da mesma

até que todos concordaram em fazer uma reunião para discutir a pauta. Reunidos, acordamos que seria viável, mas havia riscos. Peitamos a briga. Isso feito, o clube levou a proposta ao Conselho Administrativo e Fiscal do Clube. Houve a reunião e comparecemos para apresentar detalhes do projeto que, diga-se de passagem, foi aprovado por unanimidade pelo conselho. Isso aconteceu uma semana antes de lançarmos oficialmente a ideia e marcarmos a venda de mesas no salão. Tivemos uma atitude ousada, pois não sabíamos como isso seria aceito pelo associado e pela sociedade de forma geral. O resultado vocês já

sabem: todas as mesas vendidas em poucas horas, na mesma semana do lançamento. A partir daí, partimos para reuniões, fechamento de contratos, divulgação, enfim, a parte preparatória da festa. Paralelo a isso, criei para o Clube a AGENDA 2017 que já está em execução e isso já movimenta o clube. Esse projeto foi feito pela nova agência de publicidade da cidade, a AGENCIÁ PUBLICIDADE E EVENTOS, comandada por mim e que oficialmente será inaugurada em breve. Essa agenda será amplamente divulgada no recém lançado UMUARAMA NEWS, o jornal do Umuarama, que também é um projeto criado pela AGENCIÁ!


6

1ª quinzena de janeiro / edição 412

Cobertura Réveillon

O Salão Social! As mulheres estavam deslumbrantes. Todas. Os homens, em trajes mais descontraídos, todavia também todos enquadrados na proposta inicial de uma festa mais informal. O salão escandalosamente bonito. A iluminação negra e os balões e bolas deram um clima lúdico ao espaço. O colorido veio da pista de led, da iluminação da banda e das plumas e frutas que sofisticamente compuseram a decoração. As mesas de café, de

buffet e cantinho mineiro, todas de muito bom gosto. O lounge também ao nível da proposta. A ideia inicial de se usar bolas e balões ao invés de flores foi de Marlizinha Bernardes e prontamente avalizada pela organização. A execução destes serviços ficou a cargo de Maria Antônia. Demais itens de decoração foram executados pela equipe da Divina Gula. Mesas de apoio foram da D decoração, do competente Rogério Madeira. A equipe de Madu

Braga também teve participação neste espaço, todavia, seu ponto forte foi a área externa, que está detalhada em outra matéria desta edição. Não há muito o que se estender, a não ser que o atendimento do Buffet Divina Gula foi impecável, servindo desde salgados tradicionais a itens sofisticados. Tudo com fartura e feitos ou finalizados na hora. Além dos salgados e frutas, neste ambiente foram servidas massas e um completo cantinho mineiro. As bebidas neste ambiente

foram Wiske Red Label, Prosseco, Vodka Absolut, Runs Bacardi e Montilla, cervejas de marcas variadas, água mineral e sucos. Praticamente todos os presentes neste espaço ficaram na festa até o final, onde a banda de André Gouvêia realizou algumas músicas como bis. Boa parte do público do salão desceu para a área externa e por lá ficou até o sol raiar. E raiou, lindo, coroando o fim da festa com luminosidade de verão!


1ª quinzena de janeiro/ edição 412

Cobertura Réveillon

7


Como começou esta festa¿

8

1ª quinzena de janeiro / edição 412

Cobertura Réveillon

A área externa do Clube! Para este ambiente, esforços não foram medidos para oferecer o melhor ao público, formado, em sua maioria por jovens. A ambientação ficou totalmente compatível com a proposta tropical e foram usadas bananeiras, frutas, coqueiros, folhas e plantas naturais para enriquecer ainda mais a beleza do local, já rodeado por árvores e belos jardins. Madu Braga e sua equipe brilharam na decoração. Emerson Morais foi o paisagista decorativo que também foi impecável no que lhe fora encomendado. A equipe da Lagoa Tendas garantiu que todo o espaço no entorno da piscina fosse coberto e em caso de chuvas, todos estariam protegidos com conforto. Alexandre Couto fez a diferença com seu trabalho com malhas.

A que ficou ao centro da piscina foi de bom gosto incontestável. O palco, som e iluminação ficaram a cargo da equipe do mega eficiente Telles. Para garantir que nenhum imprevisto ocorresse, foi contratado um gerador de grande potência. A segurança de toda a festa ficou sob o comando da equipe do Rato, que foi impecável. O público não deu nenhum problema e a paz e harmonia prevaleceram do início ao fim. Nesta área foram servidos coquetéis de abacaxi servidos na própria fruta, picolés diversos da Picogel, Wisky Red Label, Vodka Absolut e de outras marcas, Rum, Tequila, Catuaba, cervejas de diversas marcas, sucos, água mineral e refrigerantes. No buffet, além dos salgados da Divina Gula, foi montada uma lanchonete que

serviu empadões, pizzas e hambúrgueres. Estes salgados foram feitos pela equipe da Leninha Salgados. O charme surpresa foi uma churrascaria montada na área próxima aos campos, onde a equipe de Thiago (Bom Despacho) serviu tudo feito na hora, e os pães de alho da Padaria Pão Quente do Centro. Tudo delicioso. E quando se fala em fartura, o negócio foi exagerado: tudo servido o tempo todo, ininterruptamente e ao final da festa, continuava assim. Muita coisa sobrou e os itens foram direcionados para doação. Na recepção e portaria, o pessoal se desdobrou para que todos entrassem no clube o mais rápido. Somente os que chegaram muito tarde ao clube entraram após a virada que aconteceu com uma linda queima de fogos. No palco da área externa

se apresentaram Pedro Otávio e Banda, Mamonas Assassinas Cover e vários Djs. A filmagem ficou a cargo da equipe de Lindomar Fotógrafo e as fotos são de João Victor, arquivos pessoais e Mateus Rios. Ao final da festa, sobraram muitas bebidas, de praticamente todos os itens. Durante a festa houve necessidade emergencial de se repor mais gelo, cervejas e vodkas. Isso foi feito com rapidez e apenas por cerca de 15 minutos alguns dos vários pontos de bares ficaram sem esses itens. A partir daí, tudo normalizado e até as 6 da manhã, tudo servido ao sistema all inclusive. Foram 7 horas e meia de festa. Por volta de 6 e meia da manhã foi que parte do público foi embora, com o dia lindo, todos felizes e em segurança.


1ª quinzena de janeiro/ edição 412

No Réveillon no Umuarama Clube, vários looks de bom gosto, pessoas lindas e muito felizes com o novo ano que chegou. Confira algumas fotos:

9


10

1ª quinzena de janeiro / edição 412

Por: Fabricio Azevedo

AFINS

fabricioaz@hotmail.com

Reforma da Câmara

Triste realidade

Inegável é que a sede da Câmara Municipal precisava de reformas há muito tempo. Foram feitas, mesmo com polêmicas e até interdição judicial. O resultado foi ótimo. A fachada ficou de bom gosto e seguindo as tendências contemporâneas, ganhou até um jardim vertical. O interior ainda não conheci, mas já fiquei sabendo que também ficou muito bom.

A ótima sorveteria Uai Frozen fechou suas portas na avenida Getúlio Vargas. Os produtos eram excelentes e os proprietários pessoas muito simpáticas. Eles manterão a fábrica de sorvetes e açaís na cidade, onde distribuem por atacado. O motivo maior do fechamento: descompromisso de funcionários. Contaram-me os proprietários que a falta de comprometimento da equipe os levou à exaustão e ao desânimo. E todos sabemos que mão de obra na cidade é difícil mesmo. Pena!

Saudosismo, elegância e legado! Essa foto, em hasteamento de bandeira no Colégio Nossa Senhora de Guadalupe registra, nos idos de 1960, dois grandes homens da história de nossa cidade: Sr. José Antônio Guadalupe e o ex-prefeito Fausto Rezende. Reparem na elegância de ambos. Foram homens que fizeram história na educação e na Administração Pública. E ainda: são homens que deixaram legado e famílias admiráveis.

Que siga o exemplo! A sede da Prefeitura também precisa de passar por reformas ou até mesmo de mudança de local. Muito já se falou em vender o terreno da mesma e construir em outro local. Onde ela está, complica o trânsito e já não atende o porte da cidade. Sou favorável à venda e tenho até uma dica: que tal se pensar na sede ao fundo da Praça da Paz? Sim, há espaço na Praça (que nunca é feita como se promete) para estacionamento arborizado e o prédio em si, poderia ser ao fundo, perto do “Caminho das Árvores”.

Pela Tailândia Foi no exótico país asiático que Stênio Azevedo comemorou seu aniversário e passou a virada de ano. Viajou acompanhado de amigos como Paulo Andrade e outros.

Lindomar na Nova Zelândia! Depois de, no ano passado, ter realizado um belo trabalho para uma debutante em Las Vegas, nos Estados Unidos, o competente fotógrafo viajará nos próximos dias para a Nova Zelândia onde irá trabalhar em um casamento.


11

1ª quinzena de janeiro/ edição 412

... André de Castro e Cláudia Lacerda Além de estarem muito felizes e bem acomodados na nova e linda residência às margens de nossa Lagoa, o casal tem um motivo a mais para entrar em 2017 com muita alegria: o filho Diêgo, que mora na Alemanha está por aqui em férias. Registra-se, em opinião pessoal, que a casa tem uma das salas (que conta com ambientes interligados) mais bonitas que já conheci e se fosse para “ranquear”, por mim, ficaria em primeiro lugar como a mais top da cidade!

Maria Olívia Em companhia de amigos e familiares, a ex-deputada passou alguns dias em Escarpas do Lago. Na ocasião, comemoraram o aniversário de sua irmã Gena.

Réveillon 2017 Ficha Técnica Realização: Umuarama Clube, Jornal FOLHA DE LAGOA e All Black Pub Buffet: Divina Gula (equipe de mais de 50 profissionais). Decoração Salão Social: Balões (Maria Antônia), Divina Gula e Madu Braga. Decoração área externa: Madu Braga (equipe) e Emerson Morais (paisagismo). Espetaria: Thiago (Bom Despacho) Lanchonete: Leninha Salgados Picolés: Picogel Assistente de Produção: Marlizinha Bernardes Hostess: Clarice Araújo, Bárbara Santos e Eduardo Santiago. Portaria: Valdir Silva e Valdir Filipe.

Mary Vidal: Experiência de sobra! Registramos os parabéns a excelente profissional, Mary Vidal de Oliveira, comandante da Drogaria Americana. Mary completa e comemora neste mês, nada mais nada menos que 50 anos de trabalho na área farmacêutica. Seus amigos, funcionários e clientes agradecem pela dedicação e a mensagem abaixo, vai também com nossa homenagem, nosso abraço e nossos parabéns! O tempo demonstra os verdadeiros vencedores. Tudo o que se perpetua é fruto de muita luta e amor pelo que se faz. A você Mary Vidal de Oliveira desejamos saúde e garra. Parabéns pelos seus 50 anos a frente da farmácia, e atualmente no comando da Drogaria Americana.

Recepção: Norma, Flaviane, Eliete, Adriana e Andréia . Secretários do clube: Cleiton e Carla. Segurança: equipe do Rato (30 profissionais). Equipe de atendimento bares: 32 profissionais. Equipe de banheiros: 6 profissionais. Equipe de limpeza: 3 profissionais. Equipe de logística: 5 profissionais. Equipe de som: Telles (cerca de 8 profissionais). Equipe de Tendas: Lagoa Tendas (cerca de 8 profissionais). Assistente geral: Gelinho. Banda Salão: André Gouvêia. Bandas e djs área externa: Mamonas Assassinas cover, Pedro Otávio e banda e os djs: Almanac, Peu, Gusta, Beavis. Equipe de divulgadores: 8 profissionais. Equipe de apoio de criação: FOLHA DE LAGOA E AGENCIÁ PUBLICIDADE. Advogado: Rodrigo Sampaio. Móveis: D Decoração (Rogério Madeira). Empresas fornecedoras de produtos e serviços: Gráficas F5, Gráfica rápida José Olympio, Clickprint, Criarte; Cobeb, atacadistas variados, Disk Tudo, Nosso Posto, Leninha Salgados, Padaria Pão Quente do Centro, Requintes Padaria e Café, Supermercados Prado e Miranda, Lagoaplas e outros.


12

1ª quinzena de janeiro / edição 412

Backdrop


1ª quinzena de janeiro/ edição 412

Apoiam a programação do Umuarama Clube:

13


14

1ª quinzena de janeiro / edição 412

Depoimentos sobre o Réveillon Parabéns. A festa foi linda. Fomos muito bem servidos, e estava tudo de muito bom gosto! Brilharam!

O Réveillon foi sucesso total! Tudo perfeito. Parabéns!!!!

Andreia Santos

Lucilia Castro

Galera toda da organização, parabéns! Festa boa demais, valeu a pena cada esforço de vocês!

Ótima festa. Parabéns! Romero Júlio

João Victor

Foi um sucesso!!! Parabéns aos envolvidos na organização da festa!!

Foi sensacional. Todos de parabéns! Só falo uma coisa: que venha 2018!

Roberta Lorena Vidal

Bruna Rezende

Parabéns a Fabricio Azevedo, ao Umuarama Clube e ao All Black!!! Foi tudo lindo! Sensacional! Noite inesquecível! Lairce Lacerda

Festa top! Que vibe! Foi “foda”. Douglas Mourão

Gostei muito. Estava tudo ótimo. A festa foi ótima. E vai melhorar ainda mais nos próximos anos. Parabéns pela parceria nota 10! Maria do Rosário Bessas

Glaucia Silva

Festa top. Parabéns a todos pela organização!

Show de festa, estava ótimo. Obrigado por contar com nosso trabalho novamente.

Vitor Gonçalves

O melhor Réveillon dos últimos tempos. Aguardando 2018. Parabéns a toda equipe.

Lindomar Rodrigues

Foi um sucesso! Parabéns pela organização do evento! Estava tudo delicioso e muito bem servido!! A banda foi top! Daniela Sampaio

Claudia Bernardes Maciel Festa top! Brilharam!

Parabéns

a

todos!

Márcia Miranda


1ª quinzena de janeiro/ edição 412

Backdrop

15


16

1ª quinzena de janeiro / edição 412

Apoiam este evento:

Umuarama News 02  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you