Page 1

Distribuição gratuita, patrocinada por nossos anunciantes

Diretor: Aparecido Rodrigues |

Cotidiano 1

PÁGINA 3

Setembro de 2008 Ano 2 - N° 21 | www.folhadejandira.com.br

Saúde

PÁGINA 6

Dica Animal

PÁGINA 6

Política

PÁGINA 5

Espaço Mix

PÁGINA 8

Barulho Eleitoral

Cuidado com o mel

Leishmaniose

Debate político

Eva Mendes

Jandirenses reclamam do alto volume produzido pelos carros de som dos candidatos às eleições 2008.

Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) recomenda não dar mel para crianças menores de um ano.

Doença infecciosa parasitária, transmitida por mosquistos, que causa lesões na pele do animal.

Candidatos a prefeito participaram de um debate promovido pela TV Multimídia.

Atualmente a atriz Eva Mendes causa polêmica nos EUA, em comercial de perfume da grife Calvin Klein.

Passagem de ônibus em Jandira é a mais cara da região O município possui apenas 16,5 km quadrados e mesmo assim a tarifa é igual ao de cidades maiores como Barueri e Itapevi. Em época eleitoral, tudo é motivo para questionamento e o alto custo do transporte público de Jandira não passou ileso. Citado, questionado e combatido por candidatos a prefeito, os R$ 2,30 deixados na catraca é considerado por alguns como abusivo e a passagem de maior valor da região, tendo por base que a cidade possui apenas 16,5 km quadrados e mesmo assim a tarifa é igual ao de cidades maiores como Barueri e Itapevi. Há reclamações também da demora excessiva e de superlotação em horários de pico. Para a dona de casa Cleusa de Jesus, moradora do Jardim Gabriela, a passagem é cara. “Eu uso pouco ônibus, imagina quem precisa todo dia!”, disse. Aparecida Lisboa e Josefa Ferreira engrossam a lista dos descontentes com o valor. “É mais caro que comprar pão. Sou sozinha, então com esse valor eu compro pão para uma semana”, exclamou. Ambas moram no jardim Alvorada. A moradora do Jd. Gabriela, Patrícia Ferreira, comenta que está indignada. “Apesar do alto preço da passagem de ônibus, a qualidade do transporte é baixa e não respeita os horários previstos”, reclamou. Já o aposentado Manoel Mateus diz haver um contraponto. Ele afirmou que é preciso avaliar os custos da empresa, que tem de arcar com aumento do combustível, com salários e com o conserto dos veículos. “É caro, mas também temos que ver o lado da empresa. Não dá para fazer de graça”, disse. De acordo com João Lopes, Secretário de Transporte e Trânsito

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR.

da Prefeitura, a empresa determina o preço da passagem de acordo com os custos operacionais para prestar o serviço. Segundo ele, uma planilha contendo valores de salários, e depreciação do veículo, além de custos de manutenção e combustível é apresentada para justificar um pedido de reajuste. “As pessoas não entendem que o prefeito não aumenta a tarifa. Ele autoriza o reajuste, por meio de decreto, levando em consideração o custo operacional apresentado pela empresa”, explicou João Lopes. Segundo ele, há ainda outros fatores que prejudicam uma possível redução na tarifa. “Em municípios maiores e mais populosos, há uma renovação de passageiros, o carro nunca está vazio. Em Jandira é diferente. O ônibus chega lotado ao centro e segue vazio sentido bairro”, continuou João Lopes que ainda afirma que a geografia da cidade, com muitos morros, ocasiona maior gasto com o combustível e com manutenção. “E ainda devemos levar em conta o valor do óleo diesel, que subiu mais do que a gasolina no último ano”, afirmou. Em Jandira, a empresa ainda tem que competir com o transporte irregular, explicou o secretário. “Nós temos notícias e denúncias de que há táxi transportando passageiros como lotação e estamos elaborando uma forma de coibir essa prática por meio de lei e fiscalização”, finalizou João Lopes. Nossa reportagem entrou em contato com a empresa que tem a concessão do transporte público diversas vezes

por e-mail e telefone, mas não tivemos nenhuma resposta até o fechamento desta edição. Vale lembrar que em ano

eleitoral o assunto vem a tona e candidatos a prefeito e vereadores fazem muitos discursos calorosos a

respeito do assunto, porém ano após ano, nada de concreto é feito, e o problema só se agrava.


2 - FOLHA DE JANDIRA - SETEMBRO DE 2008 Publicação da Spar Comunicação e Marketing Ltda. Redação e Administração: Av. Conceição Sammartino, 120 C - Centro Jandira - 06600-080. Tel: 11-4789-6397 Diretor: Aparecido Rodrigues - editor@folhadejandira.com.br Administração: Ana Rodrigues - adm@folhadejandira.com.br Jornalista Responsável: Simone Rocha Ética em primeiro lugar!

Colaboração: Beatriz Carvalho E-mail: reportagem@folhadejandira.com.br Comercial: Brando Rodrigues - comercial@folhadejandira.com.br Cartas de leitores: cartas@folhadejandira.com.br Diagramação: Michelle Roque - Spar Comunicação e Marketing Impressão: Metromídia

Os colaboradores não mantêm vínculo empregatício com este jornal. Os artigos assinados e informes publicitários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste jornal.

Editorial

Há um ano...

Por Aparecido Rodrigues

Retrospectiva - Setembro de 2007 Uma escolha para quatro anos!

A matéria de capa da edição de Setembro de 2007 trouxe a polêmica do pedido de demissão da secretária da Saúde pela Câmara. A edição mostrou o encontro de motociclistas em Jandira, assim como abordou também o perigo de acidentes na Estrada Velha de Itu. Por fim, mostramos a declaração de Paulinho Bururu, assumindo que a Vila Márcia pertence ao município de Barueri. Para ler na integra todas as edições anteriores, acesse nosso web site:

www.folhadejandira.com.br

Seu Direito

Dr. Rubens da Silva Alencar

Exigência de experiência para contratação não pode ser maior do que seis meses A Lei n.º 11.644, que entrou em vigor em 11/03/08 e acrescentou à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) o artigo 442-A, impede que as empresas exijam comprovação de experiência prévia superior a seis meses na contratação de mão-de-obra. A norma objetiva corrigir uma distorção existente no público jovem, que enfrenta dificuldades de conquistar o primeiro emprego. O artigo 442-A não trata de contrato de experiência mas da contratação do trabalhador. A CLT já tem regra específica sobre contrato de experiência de 90 dias (par. único art. 445). As empresas na prática vão poder continuar a exigir experiência, sem colocála em anúncios ou torná-la explícita. A experiência do empregado será

analisada por seu currículo e registros anteriores. O projeto que originou a lei considera discriminação exigir experiência superior a seis meses do candidato, apesar de não parecer discriminação, e sim avaliar se o candidato tem experiência profissional para ocupar a função. Haveria discriminação se fosse exigida, por exemplo certa idade para ocupar a função. A crítica que se faz, é que o empregador que irá ter de qualificar o trabalhador, sendo que este papel deve ser feito pelo Estado. A não observância do artigo, importa a aplicação da multa administrativa. Seu direito é colaboração mensal do Escritório Oliveira e Alencar Advogados para os leitores da Folha de Jandira.

Está chegando o grande dia em que os jandirenses ricos e pobres, empregados e desempregados, com saúde ou pouco saudáveis, com formação superior ou ensino fundamental serão iguais. Serão juízes e carrascos, dirão sim ou não através do seu voto. Está chegando o dia “D”. D de decisão, pois o povo decidirá quem irá comandar o futuro da cidade ocupando as cadeiras de prefeito e vereadores. E também D de desespero para aqueles que se acostumaram a viver de política e correm o risco de serem substituídos. Política não é profissão. Lembrem-se disso. Ser político é ter a oportunidade de trabalhar pela coletividade, ter o privilégio de representar o interesse de milhares de famílias e não os do próprio bolso através de nepotismo e negociatas. Ser político é oferecer conhecimento, talento e trabalho pelo bem de uma comunidade. Por isso, na hora de escolher, temos que analisar se o candidato tem perfil, se é de confiança e se sua mensagem política falou ao seu coração. Escolha de acordo com seus princípios e pensando no futuro que você deseja para sua família e sua cidade. Não se deixe levar por estratégias marketeiras ou por gente que ofereça favores na época das eleições. Isso é crime! Quem tenta comprar o seu voto, certamente possui um caráter duvidoso. Não importa em quem você irá votar. O que importa é que você tenha a tranqüilidade de que escolheu a pessoa em quem você confia. Afinal, depois você terá quatro anos para se arrepender ou para se orgulhar. Pense nisso na hora de digitar seu voto na urna no dia 5 de outubro.

Foto Flagrante

E-mails para reclamações: reportagem@folhadejandira.com.br

Morador da rua Hidelbrando Firmino está indignado O morador Douglas T., da rua Hidelbrando Firmino, reclama de uma poça d’água em frente a sua casa há mais de um ano. O acúmulo de água causa mau cheiro e depósito de larvas, inclusive do mosquito da dengue, e ficou pior depois do recapeamento. Segundo o morador, a Secretaria de Obras da Prefeitura foi informada, mas até o momento não havia resolvido o caso. A reportagem da Folha de Jandira entrou em contato com o setor e recebeu a informação

de que a empresa que fez o recapeamento já foi notificada do ajuste que precisa se feito e está aguardando solução, e que tomará as medidas necessárias caso o empresa não corrija o problema nos próximos dias.

Esporte Radical Easy Center patrocina evento da Taig Brasil No último dia 14 aconteceu em Jandira o campeonato de Tuning da Taig Brasil com patrocínio da Easycenter. O evento teve a participação da equipe Força e Ação radicalizando em manobras que surpreenderam o público. Segundo os organizadores, este tipo de evento está crescendo muito, com participações em feiras e campeonatos do Brasil. Colaboração: Alessandro B. Dos Santos

47896397 EDITAL DE CONVOCAÇÃO Associação Consciência Negra, inscrita no CNPJ 02.198.725/0001-61, registrada no cartório de registros civil das pessoas jurídicas de Barueri sob o nº 093433 em 08/08/1996 com sede à rua João Gomes de Carvalho, 31 - Parque Patrícia - Jandira - CEP: 06608-390, está convocando com urgência no período de noventa dias a partir da publicação, os associados dos seguintes períodos. José Feliciano, Maria dos Santos, Alzira Rodrigues e Florismar como tesoureiro e Natalina, sendo os associados de 2004 até a presente data, para fins de novo recadastramento para organizar documentos e pagar o IPTU de 2005 à 2008, para finalizar o que será feito com a área de quatro mil e oitocentos e dezesseis metros e noventa e dois cm² de área que foi adquirida para os associados. O não comparecimento neste prazo redime a Presidência de futuros problemas já que é a quarta chamada de direito, mas temos deveres a serem cumpridos. Favor comparecerem à rua São Bernardo do Campo, 35A, Parque Santa Tereza e falar com Hélio ou Sandra, deixar endereço e telefone atualizados, saber dia da reunião, levar recibos ou documentos provando serem inscritos por quem e quando. Agradecemos a comprensão em nome da associação. Jandira, 23 de Setembro de 2008 Natalina Teixeira Santiago – Presidente


3- FOLHA DE JANDIRA - SETEMBRO DE 2008

Cotidiano Barulho Eleitoral: Carros de som provocam poluição sonora Se um carro de som já incomoda muita gente, imagine vários passando ao mesmo tempo na rua e na maioria das vezes, os jingles não tem nenhuma criatividade. O som é propagado pela atmosfera e é invasivo. Por exemplo, quando a pessoa não quer ver determinada cena, ela pode fechar os olhos, mas quando ela não quer ouvir, por mais que tape os ouvidos, ela vai acabar escutando um pouco daquele barulho. Os carros de som comprovam este fato. Dentro das casas, no comércio, nas escolas e até mesmo passeando pelas ruas, o barulho produzido por alto-falantes ligados em veículos incomodam e atrapalham o desempenho de atividades simples, como ler, assistir televisão, falar ao telefone e, no caso do comércio, atrapalha o atendimento ao consumidor. Para piorar, a época é propícia ao barulho eleitoral e para se defender, comerciantes e munícipes não sabem a quem recorrer.

A reportagem da Folha de Jandira entrou em contato com o setor da Fiscalização da Prefeitura para saber como o munícipe deve agir quando se sentir prejudicado pelo volume de um carro de som. A orientação dada por funcionários é de que, quando o carro for de propaganda eleitoral, o munícipe deve procurar o cartório eleitoral e formalizar a denúncia/reclamação. O Código Nacional de Trânsito (Contran) também legisla sobre o volume dos carros de som e estabelece que os equipamentos não podem ultrapassar a 80 decibéis que devem ser medidos a sete metros do veículo. Quando a norma é descumprida, a infração é grave e a multa é de R$ 127,69, com perda de cinco pontos na carteira de habilitação, e pode causar até a retenção do veículo para regularização. O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) disponibiliza para qualquer cidadão a possibilidade de denunciar propaganda irregular dos

candidatos durante o processo eleitoral. O denunciante deverá preencher formulário disponibilizado no sistema

onde indicará a localização da propaganda que entende ser irregular, o seu conteúdo e os nomes dos pretensos candidatos ou partidos

políticos que nela constam. O endereço on-line para denúncia é w w w. t r e - s p . j u s . b r / D e n u n c i a / formulario.jsp.


4- FOLHA DE JANDIRA - SETEMBRO DE 2008

Cotidiano em alta

em baixa Inclusão digital do Rotary

Sessões cada vez mais curtas e rápidas

Em mais uma iniciativa de grande alcance social, o Rotary Club de Jandira lançou a campanha “Ajude a deletar a exclusão digital” que consiste em captar computadores usados, fazer a manutenção e encaminhar para entidades que ensina jovens e crianças carentes. Se você ou sua empresa trocou o computador e não sabe o que fazer com o usado, escreva para contato@rotary jandira.com.br. A iniciativa conta com o apoio da ASSIJA – Associação Industrial de Jandira.

Parecia que isso não aconteceria em Jandira, mas aconteceu. As sessões da câmara estão cada vez mais rápidas, com menos projetos e requerimentos em discussão e votação. “É que eles (veredores) tem que ir pra rua pedir voto, senão...”, explicou um amigo jornalista, que classificou de ‘relâmpago’ os trabalhos da última terça-feira. Enquanto a Câmara passa por dias letárgicos, sem muito movimento, candidatos fazem barulho nas principais ruas. Afinal, a corrida pelo voto está no fim e a hora da verdade está chegando.

Funcionário Público afirma estar sem salário há meses e Iprejan contesta declarações O funcionário público municipal Joaquim Solon do Nascimento Filho afirmou à reportagem do Folha de Jandira não estar recebendo salário desde o mês de março e que está passando por diversas dificuldades financeiras. De acordo com Solon, que também buscou ajuda de vereadores da Câmara Municipal, na sessão do dia 9 de setembro, é soropositivo portador do HIV e não tem condições de desempenhar as tarefas concernentes ao seu cargo - Agente Comunitário de Saúde. O funcionário explicou que está afastado desde janeiro e que não pode comparecer a duas perícias marcadas pelo Iprejan (Instituto de Previdência de Jandira), em fevereiro e março, e que foi impedido pelo próprio Instituto de realizar a que estava marcada para o mês de maio. “Tomo remédios fortes, inclusive o

coquetel e não tenho condições de trabalhar. Fiquei em isolamento em março e quando foi remarcado para maio, o funcionário do Iprejan não deixou eu passar pelo médico”, afirmou. Procurado pela reportagem, o diretor executivo do Iprejan, Otávio Gomes Pereira Filho, contestou as afirmações de Solon e por meio de carta, explicou o processo de requerimento de auxílio doença do funcionário. Segundo Pereira, o servidor público municipal Joaquim Solon do Nascimento Filho, em 4 de março deste ano, requereu o benefício de auxílio doença e foi notificado da data da sua perícia médica inicial, em 18/03/2008. “O servidor não compareceu a esta perícia e não apresentou ao Iprejan, em momento algum, comprovação de que a falta se deveu a motivo de força maior”, relatou o diretor, na carta. Pereira continua informando as datas

das correspondências oficiais e das novas perícias, remarcadas. Em 31 de março, foi tentado contato, sem sucesso. Em maio, Solon procurou o Iprejan e alegou motivos pessoais para não comparecer as perícias. “O Iprejan marcou nova perícia médica que seria no dia 13 de maio, porém, mais uma vez, o servidor não compareceu e não apresentou justificativa de sua ausência. Entretanto, por medida de prudência, o Iprejan agendou nova perícia, desta vez para o dia 21 de maio, mandando para sua residência novo telegrama, e mais uma vez, os Correios, por três tentativas, não obtiveram êxodo na entrega. Assim, não restando alternativa, o Iprejan, em 17 de junho de 2008, indeferiu de pronto o requerimento do servidor remetendo para arquivo, pelo motivo de não comparecimento à perícia médica”, continou Pereira.

Segundo o diretor, Solon compareceu no Iprejan em 12 de agosto, e requereu novo benefício de auxílio doença, juntando, para tanto, documentação de praxe, inclusive novo atestado médico. A perícia médica foi realizada em 19 de agosto e o parecer do médico foi favorável à concessão do benefício de auxílio doença a partir de 07/08/ 2008. Uma nova perícia deverá acontecer em 4 de novembro deste ano. “Vale salientar que o referido servidor está recebendo do Iprejan desde 07/08/2008 benefício de auxílio doença e que a Prefeitura Municipal pagou ao servidor o período de 08/ 07/2008 a 06/08/2008. É importante informar que a Prefeitura, no período de março a junho de 2008, tentou por diversas vezes entrar em contato com o servidor por telefone, carta e telegrama e também não obteve sucesso”, finalizou o diretor.

Assija homenageia Policiais Militares A ASSIJA realizou no dia 13 de setembro a quinta homenagem aos policiais militares de Jandira. O evento que acontece uma vez por ano, visa reconhecer a prestação de serviço à comunidade, valorizando essencialmente os soldados. Como forma de reconhecer o trabalho dos policiais, a ASSIJA não mede esforços para inovar ano após ano. Desta vez, o encontro aconteceu em um hotel fazenda na cidade de Itú onde os policiais convidados da 4ª CIA ds PM de Jandira juntamente com seus familiares puderam passar um dia agradável conhecendo a cultura cafeicultora desde a produção até a chegada ao mercado consumidor. Estiveram presentes Alcides Aguiar coordenador do projeto e outros diretores, além dos oficiais da PM Cap. Rogério Vieira, Cap. Brambilla, Major Dorival, Major Carmo e Coronel Sabatini. Foram entregues também troféus em homenagens aos policiais destaque da 4ª CIA de Polícia em Jandira indicados pelo comando. “Reconhecer quem ajuda tanto a população é um trabalho que fazemos com muita satisfação, pois sabemos que eles merecem”, declarou o presidente da ASSIJA, o empresário Fábio Galesi.


5- FOLHA DE JANDIRA - SETEMBRO DE 2008

Política

Seja assinante Preencha o formulário através do site

www.folhadejandira.com.br

Debate na TV Multimídia Brando Rodrigues

Ausência de Paschoalin foi criticada por candidatos e munícipes

Da esquerda para a direita: Julinho, Dr. Sato e o mediador do debate Aparecido Rodrigues Realizado no estúdio da TV Multimídia no último dia 5 de setembro, o debate entre os candidatos teve grande repercussão entre população que assistiu através de TV a Cabo (assinantes) ou telõe instalado em frente a sede da TV. O Debate foi transmitido ao vivo, e teve a mediação de Aparecido

Rodrigues, empresário e diretor da ASSIJA - (Associação Industrial de Jandira) e do Jornal Folha de Jandira. Devidamente autorizado pela Justiça Eleitoral de Jandira, o programa questionou os candidatos sobre Educação, Transporte Público, Emprego e Desenvolvimento Industrial e Comercial, Saneamento

Confira no site, a íntegra do debate e sua repercussão no município. www.folhadejandira.com.br

Básico, Infra-estrutura e Saúde. No segundo e terceiro bloco, os candidatos fizeram perguntas entre si com direito a réplica e tréplica e a Saúde voltou a ser tema de perguntas e respostas, uma vez que é, segundo os próprios candidatos, a área mais carente da administração pública. O candidato Braz Paschoalin

(PSDB) não compareceu ao debate e justificou sua ausência, informando motivos pessoais. Mesmo aceitando as regras concordando com o debate e conhecendo antecipadamente o roteiro, PSDB soltou no dia seguinte ao evento, um panfleto insinuando que o debate teria sito uma

“armação” para prejudicar seu candidato nas eleições 2008. Passado o desconforto, a emissora convidou novamente os candidatos para entrevista individual. Braz Paschoalin desta vez compareceu e respondeu às perguntas do entrevistador. Disse também que o real motivo de sua ausência no encontro foi evitar o confronto entre a militância dos partidos, uma vez que os ânimos poderiam se acirrar, gerando agressões. “Achei melhor preservar a integridade física dos meus eleitores e também dos meus adversários, uma vez que minha família e pessoas ligadas à minha campanha, têm sido agredidas neste processo eleitoral” Disse Paschoalin na entrevista. Já pára o candidato do PT, o Julinho, Braz não teria comparecido pois não tem propostas. “ Ele fugiu, pois não tinha respostas” Concluiu. Dr Sato parabenizou iniciativa da emissora e a isenção com que o debate foi conduzido e também lamentou a ausência do candidato. Os candidatos do PT Julinho e do PMDB Dr. Sato também já estão com agenda para entrevistas individuais junto à emissora.


6 - FOLHA DE JANDIRA - SETEMBRO DE 2008

www.folhadejandira.com.br

Saúde

As matérias desta página e outras notícias sobre o dia-a dia da cidade podem ser lidas e comentadas em nosso site.

E-mail: reportagem@folhadejandira.com.br

Anvisa recomenda não dar mel a menores de um ano

Dica Animal

Leishmaniose A Leishmaniose é uma doença infecciosa parasitária, transmitida por mosquitos, que causa lesões na pele do animal e pode matá-lo. Também pode ser transmitida a humanos se o cão for picado pelo mosquito transmissor da doença e o inseto contaminado picar pessoas. Se não houver tratamento, a Leishmaniose mata em 90% dos casos. A Procuradoria Geral da República em Minas Gerais, expediu recomendações para que os Ministérios da Saúde e da Agricultura revoguem recente portaria que proibiu o uso de medicamentos contra a Leishmaniose canina. A medida condena indevidamente os bichos doentes à morte, ao

mercados e feiras livres, estavam contaminadas com a bactéria. A bactéria Clostridium botulinum é uma ameaça principalmente para os bebês com idade entre 3 e 26 semanas, cuja flora intestinal ainda não está totalmente formada. Se não for tratada logo, a doença pode até matar, dificultando os movimentos respiratórios e exigindo até o uso de um respirador artificial.

Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou que os pais não dêem mel para seus filhos com menos de um ano. A preocupação é com o botulismo, doença potencialmente fatal causada por bactérias. O mel embalado sem controle adequado, pode abrigar os microrganismos. Resultados de pesquisas apontam que 7% das 100 amostras de mel vendidas por ambulantes,

Divulgação

Dr. Edsom Daleffe Médico Veterinário em Jandira

suspender a única alternativa disponível de tratamento, não tem embasamento legal e interfere na autonomia dos veterinários. Os Ministérios proibiram o tratamento dos cães, principal reservatório do parasita causador da infecção, com a justificativa de evitar a disseminação do problema na população urbana. Nos últimos anos, houve um aumento de 61% do número de casos da doença entre pessoas. Em 2001, foram 2.806 infecções confirmadas no Brasil, contra 4.526 em 2006. Em nota, o Ministério informou que o uso rotineiro das drogas em cães leva ao risco de selecionar parasitas resistentes às drogas utilizadas para o tratamento humano, “conforme já demonstrado em países da Europa”, e contestou a existência de estudos

Foyer marca presença no desfile da Independência

que confirmem a eficácia de fármacos. As medidas cruéis para combater doenças transmitidas por animais acabam gerando respostas negativas da população que não seguem as medidas, escondendo a doença e sendo desta forma pior. Precisamos combater o mosquito. Vários trabalhos demonstram que o tratatamento da Leishmaniose canina, não somente leva à cura clínica dos cães, como também pode ser utilizado no controle da expansão da doença.

Na comemoração do 186º aniversário da Independência do Brasil, a Foyer - Escola Técnica, marcou presença no desfile da independência no município de Jandira, onde tem instalada a sua matriz. Neste 7 de setembro esteve presente mais de 80 componentes, dentre eles, alunos e toda equipe técnico-pedagógica, administrativa e corpo diretivo. A escola prestou serviços de orientações básicas de saúde e aferição de P.A., pelos alunos do curso técnico de enfermagem e enfermeiros. Há 5 anos, a Foyer vem atuando na formação técnica e capacitação profissional, conduzindo centenas de profissionais ao mercado de trabalho, oferecendo cursos técnicos de Enfermagem, Logística Empresarial, Segurança do Trabalho e Massoterapia; e também cursos profissionalizantes de Massagem Terapêutica, Drenagem Linfática, Farmácia, Estética facial e Assistente Administrativo. Mais informações: 4789-4340.

Achamos em Jandira Para os adeptos ao tratamento de acupuntura, já é possível realizar sessões em Jandira. Achamos, na rua Massao Yamamoto, 94, sala 1, um consultório, onde, além de simples acupuntura, é possível fazer acupuntura estética, drenagem linfática, massoterapia, RPG e Pilates. Gostou? Então marque uma visita: o telefone é 4619-4802.

Classificados A Supporte Assessoria Esportiva está contratando professores de educação física com CREF para ministrar aulas de ginástica laboral na região de Jandira. É necessário possuir motocicleta e estar devidamente habilitado. Os interessados deverão entrar em contato com Juliano Lopes (11) 7674-4084 juliano@supporte saude.com.br) ou Carlos Rizetto(11) 7310-7580 / carlos@supportesaude.com.br).

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR.


7 - FOLHA DE JANDIRA - SETEMBRO DE 2008

Universo Feminino

Look do mês

Uma produção requer uma grande dose de sensatez. O conjunto de peças a ser escolhido pode transformar-se em uma bela obra ou num desastre. Você, de certo, tem dentro do seu guarda-roupa os mais variados tipos de peças que nunca foram usadas, e para a sua surpresa saiba que elas podem fazer você andar na moda tranquilamente, sem cometer abusos, claro! A grande aliada de estarmos de bem com o nosso guarda-roupa, nada mais é do que nossa própria imagem refletida no espelho. Também é dito por muitos que somos o que vestimos, ou seja, características de nossa personalidade acabam surgindo e se delatando através das roupas que usamos. Portanto, antes de sair para qualquer local e ocasião é totalmente indispensável checar se está de acordo com o objetivo e, muito importante, estar em completa harmonia com o seu tipo físico. Mais se você acha que no seu guarda-roupa não tem nada que se salve, calma! Preparamos dois looks para inspirar você. Confira!

Para aquelas que precisam de um look formal, seja para o trabalho ou algo assim, preparamos este, sem fugir das tendências e das novidades da moda. Nesta combinação, a modelo veste:

COLUNISTA ANA RODRIGUES

Modelo: Tamara Castro Fotografia e maquiagem: Foto Studio Veneza Lojas participantes: Natália Modas, Calçados Sérgio, Magah Modas e Yumi Presentes. Sapatos confortáveis e uma bolsa prática completam este look, e são coadjuvados com acessórios fashion, como as pulseiras largas. Nesta combinação, a modelo veste:

Pulseira da Yumi Presentes

Pulseira e brincos da Yumi Presentes

Bolsa da Betty Boop da Yumi Presentes

Saia jeans Rotina e camisa Grupo Bela da Natália Modas

Sandália Zabumba café da Calçados Sérgio

Bolsa da Yumi Presentes

Mini Veste Adora Bypamel e legue Blue Bada da Magah Modas.

Sapatos Sugan Shoes lilás da Calçados Sérgio


Divulgação

“O vídeo tem a marca da Calvin Klein, é sexy e provocante”, afirma a atriz Eva Mendes. Frase sobre o comercial censurado nos EUA, mas pode ser visto no Youtube.

Espaço Mix COLUNISTA BRANDO RODRIGUES

Divulgação

Uma atriz talentosa e belíssima. Eva Mendes estava estudando marketing no final da década de 90 quando apareceu em um videoclip da banda Aerosmith. Estreando no cinema em Children of the Corn V: Fields of Terror, Mendes fez seu caminho através dos atores aspirantes para aparecer em filmes famosos como “Lenda Urbana 2” e “Era uma vez no México”. Em 2003 a carreira de Mendes decolou, com a atriz assumindo papéis maiores em quatro filmes de sucesso diferentes. Em “Mais Velozes e Mais Furiosos” foi a agente alfandegária, trabalhando com Paul Walker para detonar um cartel de drogas em Miami. O filme “Por um triz” a colocou ao lado, novamente, de seu parceiro em “Dia de

treinamento”, o famoso ator Denzel Washington. Testando suas habilidades na comédia, Mendes atuou em “Ligado em você” e também no “Era uma vez no México” fez outra agente do governo, ao lado de Johnny Depp. Realizou no ano de 2005 seu grande sucesso no cinema “Hitch - Conselheiro amoroso”, dessa vez ao lado de Will Smith. E finalizando em 2007, ela estrelou “Os donos da noite” e “Motoqueiro Fantasma”. Atualmente a atriz Eva Mendes causa polêmica em comercial do perfume Secret Obsession da grife Calvin Klein, que foi censurado nos EUA por conter uma cena de topless. No filme de 30 segundos, ela aparece rolando na cama com os seios à mostra. O comercial pode ser visto no Youtube.

Divulgação

Eva Mendes, aprecie com moderação Amy Winehouse A cantora Amy fez 25 anos no dia 14 de setembro, filha de um motorista de táxi e de uma farmacêutica, Winehouse faz a felicidade dos paparazzi, com escândalos e poses decadentes. Mas ela gosta mesmo é de cantar. Seu disco ‘Back to Black’ vendeu mais de dois milhões de cópias. Melhor aguardar o seu novo CD e torcer para que seu estilo de vida ‘Sexo, drogas e rock’n roll’ não estrague seu talento para a música.

Jandira Park comemora 10 anos Divulgação

Inaugurada em 1998 pelo empresário Marcelo Tchalian, o estacionamento Jandira Park completa 10 anos de sucesso, sendo um dos primeiros em nossa cidade. Atualmente atende diversos clientes entre avulsos e mensalistas, lojistas, industriais e o público em geral. Destacamos também a sua excelente equipe, composta pelo manobrista Everton e o atendente Eversom. Localizado na av. Carmine Gragnano, 44 (atual n° 18) no centro de Jandira, funciona das 7 às 20 horas, de segunda à sábado.

Edição 21  

Folha de Jandira

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you