Issuu on Google+


04 04 MENSAGENS Mensagens 07 DE JOVENS 07INTERCÂMBIO Programa Rotary de às Drogas 08 Prevenção NOVEMBRO MÊS DA 12 Juventude ROTÁRIA FUNDAÇÃO

13ONG Intercâmbio de Jovens 10 BRASIL 14VISITAS Instituto Rotary no Brasil 12 OFICIAIS

15 ROTARY Visitas Oficiais 14 PREVENÇÃO 16 DROGAS Seminário Multi-informação ÀS 17 Massa Crítica PÚBLICOS 16 ASSUNTOS 18 Estatísticas 17 MASSA CRÍTICA

Liderança Por ser a figura representativa do clube, os associados esperam que o Presidente os represente bem, dentro e fora das atividades rotárias, pois estará transmitindo uma mencom que todos estejam integrados aos propósitos do clube. É sagem para a comunidade que atinge a todos os membros proporcionar um ambiente acolhedor para que os associados e do clube. O papel do líder de um Rotary Club é cuidar do seu grupo. É fazer

cônjuges queiram comparecer às reuniões semanais e aos eventos de companheirismo.

O Presidente deve conquistar a estima e a confiança dos seus associados deixando de agir em interesse próprio, mas Neste sentido, o pensamento de Mário Quintana resume bem a agindo pelo bem do seu clube. preocupação que o líder deve ter no desempenho de seu papel: Fonte: Manual de Procedimentos de Rotary

“não se preocupe em ir atrás das borboletas; cuide de seu jardim que as borboletas virão até você”.

Mande notícias do seu clube O Distrito 4610 tem a disposição de todos os clubes os meios de comunicação: o site www.rotary4610.org.br, o Bis – Boletim Informativo Semanal e a Carta Mensal, para que sejam enviadas quaisquer tipos de informações: notícias, avisos, matérias jornalísticas que envolvam as atividades dos clubes, campanhas em andamento, enfim, tudo que for relacionado ao mundo rotário. Veja como Fazer: São relatos de projetos, ações ou eventos realizados pelo clube em benefício à comunidade ou do programa de intercâmbio de jovens. Os relatos devem ser atuais e de interesse aos rotarianos e comunidades em que os clubes estão inseridos. Envie sua notícia por e-mail. noticias@rotary4610.org.br O texto deve ser enviado num anexo Word. Não se esqueça de incluir: Nome completo do clube. - Data e local em que foram realizadas as ações noticiadas. - Nome completo da entidade beneficiada (se for o caso). - Breve relato sobre o projeto ou ação, explicando sua importância junto à comunidade. Nomes dos parceiros (se for o caso). - Foto digital (uma foto). Não cole a foto no e-mail nem no Word. Anexe-a ao e-mail como arquivo. As fotos devem estar em alta qualidade para o caso de carta mensal. Fotos tiradas de celulares precisam ter no mínimo 3MPx. - Para foto de grupo, até seis pessoas, mencione nome e sobrenome de todos os que aparece, a partir da esquerda. - A notícia não poderá ultrapassar o equivalente a 20 linhas de texto do Word. - Informe nome e telefone de contato do remetente no caso de qualquer dúvida. Sobre o uso e a publicação de textos e imagens: O clube colaborador deve aceitar e se responsabilizar pela autoria e originalidade do material enviado, bem como pela autorização de terceiros citados ou constantes nas fotos. Para melhor leitura, a equipe de comunicação dá-se o direito de condensar ou adaptar textos e imagens a serem publicadas, bem com o de não publicar todas as notícias recebidas por motivo de espaço de publicação ou interesse da notícia. Estamos esperando para ver seu clube dando o que falar!


MENSAGEM DO GOVERNADOR

Prezados companheiros deste Distrito 4.610, Neste mês de Novembro, mês dedicado à Fundação Rotária, podemos refletir sobre a oportunidade que temos de contribuir para fortalecermos esta importante instituição, para que seus recursos sejam utilizados para o bem dos mais necessitados, por meio de projetos implementados pelos Rotary Clubs. Além das atividades que tivemos neste mês, promovemos uma reunião específica sobre Fundação Rotária no dia 30 de novembro, onde foram anunciados os clubes contemplados com recursos de nossos subsídios distritais. O montante dos projetos apresentados ultrapassou o valor de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) e nossa alegria é saber que estes projetos farão grande diferença para as comunidades atendidas. É sempre importante lembrar que, com estes projetos, estaremos transformando vidas de pessoas. Estaremos colocando em prática o lema de nosso ano rotário. Estaremos seguindo o caminho de Deus. Como esta Carta Mensal será entregue aos rotarianos no mês de Dezembro, gostaria de lembrar que no dia 25 de dezembro, comemoraremos o aniversário Daquele que transformou e continua transformando a vida das pessoas para melhor. Feliz Natal para todos e um excelente ano novo com muita paz, amor e realizações.

Claudio Moyses Governador gestão 2013-14

MENSAGEM DA PRIMEIRA DAMA

Prezados Cônjuges, Voluntários das Associações de Famílias de Rotarianos e Casas da Amizade.

Analisando este mês de novembro, pude presenciar a força das casas de amizade e dos cônjuges nas ações de ajuda à Santa Casa de Misericórdia. Tenho certeza de que estas ações de preocupação com o próximo e de fraternidade continuarão no mês de dezembro, especialmente por ser o mês do Natal. Com a aproximação do Natal, costumamos fazer um balanço de nossas vidas, do caminhar da humanidade e de nosso papel neste caminho, balanço este que gostaria de dividir com vocês. Acredito que nós todos, como humanidade, deveríamos nos preocupar mais em acendermos a Luz do Amor Verdadeiro em nossos corações do que nas fachadas de nossas residências. Em termos fartura de palavras de fé, de consolo para alimentar a alma dos que necessitam, do que fartura em nossas ceias. Em termos um interior sincero, transparente e verdadeiro que refletisse luz em nosso semblante e fosse colocado a serviço de nossos irmãos. Em termos um coração humilde para admitirmos com toda a certeza que sem Deus nada somos e que tudo o que temos e somos vem d´Ele. Agradeço a vocês pela demonstração de amor e transformação de vidas que pude testemunhar durante todos estes meses. Esta vivência vem transformando minha vida. Obrigada. Um Santo Natal para todos.

Sylvia Regina Bellintani Fontana Moyses

4

Carta Mensal 005


MENSAGEM DO PRESIDENTE DO RI

“‘A Fundação veio para Fazer o Bem no Mundo” Ron Burton Presidente do RI

Caros rotarianos, Cada um tem seus próprios motivos para se associar ao Rotary. Muitas vezes a razão pela qual uma pessoa decidiu se juntar não é a mesma pela qual ela decidiu ficar. Quando fui convidado para me associar ao Rotary, eu aceitei porque pensei que seria uma boa opção para me envolver mais em minha comunidade. Porém, o que mais me entusiasmou foi um recurso que nem sequer conhecia quando me associei: a Fundação Rotária. Eu sabia que através do Rotary Club de Norman eu poderia fazer muitas coisas boas, mas através da Fundação eu teria a possibilidade de colaborar com clubes e distritos do mundo inteiro. Eu poderia ajudar na erradicação da pólio, e ter a certeza de que meu trabalho havia sido útil. Depois que você percebe isso, dá mais vontade de continuar. Ao longo dos anos, tive a sorte de ver em primeira mão a incrível quantidade de trabalho da nossa Fundação, e quanto mais eu vejo, mais entusiasmado eu fico. Quando visitamos uma escola para órfãos

da aids e vemos que eles estão recebendo cuidados e educação, nos damos conta de que se não fosse pela Fundação elas estariam dormindo na rua, se alimentando de lixo. Com isso, aprendemos a valorizar nossa Fundação ainda mais. Estamos vivendo um dos anos mais emocionantes da história da Fundação Rotária. Lançamos o novo modelo de subsídios, que irá desafiar e inspirar todos a pensar grande e implementar projetos mais ambiciosos com impacto mais duradouro. Aceitamos um novo desafio da Fundação Bill e Melinda Gates, que se comprometeu a equipar na proporção de 2 para 1 cada dólar que o Rotary contribuir para a erradicação da pólio nos próximos 5 anos, até US$35 milhões por ano. Além disso, estamos vencendo as últimas batalhas da guerra contra a pólio – uma guerra que temos, e iremos vencer. A Fundação veio para Fazer o Bem no Mundo. Agora que contamos com um novo modelo de subsídios, não estamos satisfeitos apenas em fazer o bem, e sim, fazer o melhor que pudermos e da maneira mais duradoura possível. Carta Mensal 005

5


MENSAGEM DA DIRETORA DO RI

Viver Rotary, Transformar vidas O desafio e a oportunidade de mudarmos o mundo estão diante de nós

entre o 1% das pessoas no mundo que têm ensino médio ou superior, ou que têm um computador.

“Quando menos esperamos, a vida coloca diante de nós um desafio, para testar nossa coragem e nossa vontade de mudança.” – Paulo Coelho

Está entre os 20% das pessoas que vivem em casas confortáveis, ou entre os 50% das que têm comida e, portanto, são mais saudáveis do que os outros 50% que sofrem de desnutrição. E está entre aqueles que, graças à educação que receberam, têm mais oportunidades de emprego do que os 70% que são analfabetos.

Querida Família Rotária: todos os dias, nós, seres humanos, passamos por lições que fazem parte do processo de aprendizagem nesta escola em tempo integral chamada vida. Essas lições nos fazem mudar de atitude e, constantemente, nos adaptarmos às mudanças que percebemos em nós mesmos e na sociedade que nos rodeia. Pessoalmente, tive o privilégio de estar praticamente toda a minha vida no Rotary e de testemunhar a evolução pela qual a organização passou para se manter firme e forte ao longo do tempo. Aprendi que nosso mundo está cheio de minorias. Há minorias raciais e étnicas, há minorias religiosas e existem minorias políticas, além de vários outros tipos. Nós, rotarianos, também constituímos uma minoria, já que com mais de sete bilhões de pessoas no mundo, somos apenas um pouco mais de 1,2 milhão. O que nos torna diferentes é que somos uma minoria privilegiada, já que a maioria dos rotarianos está

6

Carta Mensal 005

Ou seja, nós, rotarianos, temos muito a agradecer, e o Rotary é o instrumento que nos permite compartilhar o que recebemos com os desafortunados que estão desabrigados, não têm educação nem saúde e que, embora muitas vezes permaneçam invisíveis, estão presentes em cada uma das nossas comunidades. SERVIR Como rotarianos, nosso desafio é fazer interagir uma minoria como a nossa com outras minorias que vivem com deficiências graves, e oferecer a eles um serviço que faz a diferença e que incentiva outros a fazer o mesmo, com o objetivo de construir uma sociedade com maiores possibilidades de vida digna para mais pessoas. Podemos ser construção de trabalhar para a crescer alinhada

protagonistas na novos tempos e nossa organização com seus valores,

princípios e potenciais. A tarefa é fortalecer nossos Rotary Clubs para que por meio deles cada um de seus associados materialize o objetivo do Rotary e trabalhe em seu clube para promover companheirismo, amizade e trazer pessoas qualificadas para o Rotary; para servir por meio de sua ocupação, praticando e promovendo elevados padrões éticos; para servir a sua comunidade e gerar transformações que promovam melhoras; para servir em nível internacional e promover a compreensão e a paz por meio do contato com outras pessoas do mundo e para servir às novas gerações trabalhando por e com elas. Nas palavras de Santo Agostinho: “As pessoas dizem que os tempos são difíceis. Nós somos os tempos e assim como nós somos, serão os tempos”. Se formos corajosos o suficiente para pensar que podemos mudar o mundo, certamente poderemos. Se formos capazes de viver o Rotary, transformaremos vidas, a começar por nossas próprias vidas. Nossos desafios e oportunidades estão diante de nós: Viver Rotary, Transformar Vidas!

Cordialmente, Celia Giay Diretora do Rotary International


Dê a um jovem a oportunidade de uma vida inteira com o Intercâmbio de Jovens do Rotary. A exposição a novas culturas e costumes é uma excelente maneira de promover a paz e a compreensão mundial. E não são apenas os estudantes que se beneficiam; seu Rotary Club e as famílias anfitriãs também. Que tipos de intercâmbios estão disponíveis? Os intercâmbios podem ser de curta ou longa duração. Os intercâmbios de curta duração duram de alguns dias a vários meses e, muitas vezes, ocorrem fora do período letivo. Os estudantes normalmente ficam com uma família no país anfitrião, mas podem também participar de um acampamento de jovens ou passear pelo país com estudantes do mundo todo. Durante um intercâmbio de longa duração, os estudantes passam um ano em outro país vivendo com famílias anfitriãs diferentes e assistindo aulas na escola local. Como os intercâmbios variam muito entre os distritos, entre em contato com o presidente da Comissão Distrital do Intercâmbio de Jovens para saber o que está disponível em sua região. Como o meu clube pode se envolver? Embora o Intercâmbio de Jovens seja administrado pelo distrito, um intercâmbio bem-sucedido depende do envolvimento ativo dos clubes locais, dos rotarianos, suas famílias e da comunidade. Se seu clube estiver interessado em participar, entre em contato com o presidente da Comissão Distrital do Intercâmbio de Jovens para saber

como. Antes de iniciar um intercâmbio, consulte o Manual do Intercâmbio de Jovens e as normas do seu distrito. Responsabilidades do clube Além de organizar a logística para os estudantes locais e do exterior, seu clube pode ficar encarregado de: Coordenar as atividades do Intercâmbio de Jovens com o distrito; Participar de reuniões distritais do Intercâmbio de Jovens; Garantir que os estudantes participem de eventos obrigatórios, como orientações ou Conferências Distritais. Saiba mais no Manual do Intercâmbio de Jovens. Patrocinando estudantes locais que viajam para o exterior. Organizar para que um jovem fique um período em outro país é uma grande responsabilidade. Entre as suas tarefas, podem estar: Promover o programa a estudantes da comunidade; Entrevistar candidatos para a seleção final do distrito; Fornecer orientações ou treinamento antes da viagem; Trabalhar com os pais dos estudantes para garantir que eles entendam suas obrigações financeiras e as regras do programa; Manter contato com os estudantes durante o intercâmbio. Recebendo estudantes do exterior na sua comunidade Seu clube servirá como o centro de boas-vindas para estudantes do exterior. Dependendo de como o programa de intercâmbio do seu distrito é administrado, suas funções podem ser: Recrutar, fazer uma triagem e selecionar famílias anfitriãs confiáveis; Servir como contato entre o clube e a escola que o estudante frequentará; Treinar voluntários e famílias anfitriãs; Comunicar-se com os estudantes

antes de eles chegarem ao país; Fornecer orientações depois que os estudantes tiverem chegado; Envolver os estudantes na sua comunidade e em atividades do clube, como eventos do Interact, Rotaract e RYLA Segurança do estudante e certificação do distrito Viajar para o exterior é uma experiência incrível, mas também pode apresentar riscos, como instabilidade política, desastres naturais, crimes, ferimentos ou doenças. Para garantir a segurança dos estudantes de intercâmbio, seu distrito pode obter acertificação do RI antes de participar do programa de Intercâmbio de Jovens do Rotary. Consulte a lista de distritos não certificados antes de planejar um intercâmbio. Você pode encontrar o Código de Conduta para Trabalhos com Jovens do Rotary e mais informações com relação à segurança do estudante e ao gerenciamento de riscos no documento Prevenção de Abuso e Assédio - Manual de Treinamento e Guia para Líderes. Para saber mais sobre a certificação do RI, entre em contato conosco pelo e-mail youthexchange@rotary.org. Como posso me candidatar a um intercâmbio? Entre em contato com um Rotary Club da sua região para conhecer as oportunidades de intercâmbio. Apoio rotário Dúvidas? Envie um e-mail intercambio@rotary4610.org.br

para

Ligeia Benícia de Almeida Stivanin GD 2011-12 - Chair 4610 Fonte: Rotary International

Carta Mensal 005

7

INTERCMÂMBIO DE JOVENS

Inicie um Intercâmbio


FUNDAÇÃO ROTÁRIA

Fundação Rotári do Rotary Inte A Fundação Rotária é o grande braço filantrópico do R.I., financiando projetos sociais, importantes, tanto humanitários como educacionais ou culturais em todo o mundo. É uma instituição independente do R.I, mas administrada por rotarianos denominados curadores ( 14 membros , 4 ex. presidentes, sendo a presidência um ex. presidente de Rotary Internacional, mandato de 4 anos. Ela está entre as melhores e maiores entidades não governamentais e nem ligada a qualquer entidade religiosa ou empresas privadas tem um caráter bem definido principalmente sem fins lucrativos. Hoje ela ocupa uma posição de destaque entre as fundações de todo mundo, por exemplo, nos Estados Unidos dentre as 200.000 lá existentes, a nossa fundação esta entre as 50 melhores do país, conforme a Charity Navigator, empresa que avalia as Fundações. A eficiência administrativa, os investimentos sólidos e o excelente controle sobre seus programas foram os motivos para que recebesse a classificação máxima de 4 estrelas. Hoje seu patrimônio líquido está

8

Carta Mensal 005

acima de 900 milhões de dólares. A história da fundação (F.R) teve início em 1917 com Arch C. Klumph seu idealizador com sede nos EUA no estado de Illinois, cidade de Evanston. Inicialmente ele criou um fundo de dotações com a finalidade de receber doações e “ Fazer o bem no mundo”, através de programas e projetos nas comunidades. Somente em 1928, ele se transformou em Fundação Rotária. Em 1938, ficou estabelecida como uma corporação sem fins lucrativos. Até 1947 com o falecimento de P.H ela praticamente não recebeu quase nenhuma doação com um caixa de U$2.500, mas com sua morte houve uma avalanche de doações por parte dos rotarianos chegando à U$ 2 milhões de dólares. A partir daí, surgiu em 1948, o 1º grande projeto financiado pela F.R., 18 bolsas educacionais, ou assim chamada de bolsas de estudos. Sua missão está bem definida, fazer o bem no mundo através de programas e projetos elaborados pelos rotarianos em todo o mundo, e também capacitá-los cada vez mais para que possam promover a boa vontade, a paz e a compreensão entre os povos.

Cada vez mais, nós rotarianos devemos apoiar as iniciativas de melhoria da saúde, da educação e do combate a pobreza nas comunidades locais, como também no mundo. As contribuições são direcionadas para os seus 3 principais fundos:

1 – Fundo Anual 2 – Fundo Permanente 3 – Fundo Pólio Plus Fundo Anual:- As contribuições para o Fundo Anual de Programas são investidas durante 3 anos, sendo os rendimentos também utilizados para cobrir os custos administrativos da entidade, isto é, mais de 100% dos dólares doados vão financiar os nossos projetos e programas, 3 anos mais tarde. Fundo Permanente:- O Fundo Permanente é considerado o meio mais importante para assegurar o futuro dos programas da Fundação. Apenas os rendimentos são utilizados. O principal permanece aplicado de forma a fornecer um suplemento seguro e regular para apoiar a Fundação em seus programas


humanitários, educacionais e culturais, sempre garantindo um nível mínimo de atividades e possibilitando a expansão e lançamento de novas iniciativas no futuro. Fundo Pólio Plus:- é uma campanha do Rotary para erradicação global da poliomielite. O programa foi lançado em 1985. O Rotary trabalha em parceria internacional com a OMS – Organização Mundial de Saúde, com a UNICEF e com o Centro Norte Americano de Prevenções e Controle de Doenças, além de governos nacionais e outros para alcançar essa meta. Hoje, a Fundação precisou de alguns reajustes em algumas áreas, pois o financiamento desordenado de pequenos projetos e programas, sem qualquer visibilidade na comunidade e na mídia, com alto custo administrativo levou o staff à implantar um plano chamado de visão do futuro. Essas modificações ocorreram com os seguintes objetivos: Simplificar o processo e as regras dos subsídios da Fundação. Realizar projetos maiores, com um

impacto sustentável e duradouro. Ajudar mais pessoas e dar destaque a imagem pública do Rotary. Capacitar rotarianos proporcionando mais autonomia e flexibilidade em suas atividades e projetos. E finalmente, harmonizar e concentrar os esforços de serviços de rotarianos em seis áreas de enfoque.

O subsídio distrital, comandado pelo governador do distrito, recebe 50% daquilo que foi arrecadado nos 3 anos anteriores; para aplicação em programas e projetos elaborados pelos clubes ou para o financiamento do IGE ( intercâmbio de grupo de estudos) ou ajudando os projetos de subsídio global. Subsídio global, o antigo subsídio equivalente, hoje ele tem que estar inserido dentre das 6 ênfases do Rotary:

1ª) Saúde 2ª) Educação 3ª) Prevenção de doenças 4ª) Saneamento básico e principalmente recursos hídricos

FUNDAÇÃO ROTÁRIA

ia braço filantrópico ernational 5ª) Saúde materno-infantil 6ª)Desenvolvimento econômico – comunitário O Projeto de subsídio global terá que ter obrigatoriamente um parceiro internacional e deverá atingir a cifra acima de U$ 30.000. Ter sustentabilidade e visibilidade na comunidade e na mídia. Estas são a grosso modo e de forma simplificada as modificações vigentes hoje sem relação à projetos globais. Em relação aos projetos prédefinidos existem várias universidades e entidades parceiras da FR que capacitam grupos de pessoas para determinados fins. Companheiros, apoiem a F.R pois ela continua fazendo esforços para que os nossos objetivos como rotarianos sejam alcançados, construir a Paz, a Compreensão entre os povos , e a melhoria da qualidade de vida para as nossas comunidades e para humanidade.

Nadir Zacarias Governador 2003 - 2004 RCSP Jardim das Bandeiras

Carta Mensal 005

9


ONG BRASIL

Distrito 4610 participa

Dentro dos princípios defendidos pela Comissão Distrital Representação em Assuntos Públicos que acredita que o Rotary deva participar ativamente em todos os fóruns das comunidades onde está inserido, nosso Distrito participou de 28 a 30 de Novembro, no Expo Center Norte em São Paulo, na ONG Brasil 2013, evento consolidado como o maior e mais completo encontro de responsabilidade social da América Latina. O evento ONG Brasil reúne Feira e Congresso das organizações sociais, do investimento social privado e da participação em políticas públicas,

onde formadores de opinião da iniciativa privada, poder público e organizações da sociedade civil se conectam em prol de uma causa comum: fomentar e impulsionar o desenvolvimento social de nosso país. Independentemente da discussão, colocada por alguns, do Rotary ser ou não uma ONG, é de importância vital para a nossa entidade mostrar seus princípios, valores e projetos para a sociedade, ocupando dessa forma um espaço que já ocupou e onde agora é quase invisível. Essa ausência deu a oportunidade

para muitas outras entidades ocuparem esse espaço, que de alguma forma também faz parte de nossos objetivos (fomentar, catalisar esforços para atingir nossos objetivos), mas de outro dá oportunidade para que alguns poucos denigram a imagem da grande maioria de ONGs que realizam projetos maravilhosos e tem de ser estimulados, também, pelo Rotary. Em nosso estande estiveram presentes rotarianos de vários clubes, provenientes de vários Estados brasileiros, além de várias ONGs que nos visitaram querendo


ONG BRASIL

da ONG Brasil 2013

saber sobre nossos objetivos, projetos, ações, propondo parcerias e ações conjuntas. Apresentamos vídeos e imagens do Proerd, Intercâmbio de Jovens, Casas de Apoio, Ensino Profissionalizante, Laboratório de Microcirurgia, entre muitas outras ações realizadas em nosso Distrito e no Rotary Internacional. Nossos agradecimentos a companheira Bete Antolino que permaneceu os 3 dias comandando nosso estande e a todos os companheiros de vários clubes de nosso Distrito que se

revezaram em nosso estande e participaram de palestras do Congresso.

o Camp Pinheiros e o Distrito 4.600 que também se fizeram representar na ONG Brasil.

Vamos reocupar nosso espaço, participando e opinando sempre. Finalmente, congratulamos o Rotary Club SP Alto de Pinheiros,

Raul Casanova Junior RCSP Avenida Paulista Governador 2002-03 Carta Mensal 005

11


ACONTECEU

Visitas Oficiais


ACONTECEU Carta Mensal 005

13


ROTARY Prevenção áS DROGAS

Lançamento do Programa

Após o lançamento do Programa ROTARY PREVENÇÃO ÀS DROGAS realizado no Palácio dos Bandeirantes no dia 24 de setembro de 2013, com a

Presença do Governador do Estado de São Paulo, Dr. Geraldo Alckmin. Os clubes do Distrito 4.610 abraçaram a causa

Programa Rotary Prevenção às Drogas Cada clube de Rotary do nosso Distrito entrou em contato com as escolas de seu respectivo território e participou da aplicação do Proerd para as crianças do 1° e do 5° ano.

14

Carta Mensal 005

Os diretores das escolas e os Instrutores do Proerd foram convidados à visitarem os clubes de Rotary e transmitirem aos associados a importância deste trabalho na prevenção às drogas.

e “adotaram” escolas nos seus respectivos territórios de atuação, apoiando o PROERD, aplicado pela Polícia Militar.


O momento mais emocionante foi a formatura de cada turma, onde as crianças prestaram juramento de escolherem o caminho do bem, longe das Drogas.

A Imagem Pública de nossa instituição está sendo transmitida por meio de ações como estas, que visam a transformação de vidas em nossa sociedade.

Parabéns Distrito 4.610, pela ação de Prevenção às Drogas, um mal que visa destruir a célula vital de nossa sociedade: a família.

ROTARY Prevenção áS DROGAS

Formaturas do PROERD Rotary Club de Jandira - 25 de novembro EMEB’s Wilmar Soares da Silva; Moisés Cândido Vieira; João Batista Soldé; Moacir Thomaz da Silva e Escola Recanto Feliz. 834 formandos.

Rotary Club de Itapevi - 28 de novembro E.E. Dimarães A. Sandei - 1.360 formandos

RCSP Butantã - 29 de novembro E. E. Prof. Adolfino de Arruda Castanho - 100 formandos

RC’s Santana de Parnaíba , Aldeia da Serra e Centro Histórico - XX de novembro 23 escolas municipais de Stna. de Parnaíba. - 1.500 formandos

Rotary Club de Barueri Alphaville - 4 de dezembro EEFMT Prof. Maria Theodora Pedreira de Freitas - 500 formandos


ASSUNTOS PÚBLICOS

Comissão de Representação

Rotária em Assuntos Públicos Rotariano Gunter Polack apresenta alternativas de mobilidade para SP

O Companheiro Gunter Pollack, do Rotary Club SP Memorial da América Latina, apresentou ao Vereador Police Neto uma proposta para a melhoria da mobilidade em São Paulo. A proposta consiste dividir em dois turnos todo o sistema de transporte da cidade (público e privado).

A ideia é utilizar o sistema existente ampliando o horário de funcionamento. A proposta tem o objetivo de melhorar os fluxos de deslocamentos pela cidade e pela Região Metropolitana, que estão concentrados nos horários de entrada e saída do trabalho e da escola.

Conselho Participativo Municipal A eleição do Conselho Par ticipativo Municipal de São Paulo, em dezembro, passou a ser universal, ou seja, os eleitores poderão votar em candidatos de outros distritos eleitorais,

mesmo que não sejam os seus locais de trabalho ou residência. Esta mudança permitirá a todos os rotarianos votarem em candidatos

de qualquer localidade do município de São Paulo. A par tir de 30/10 foi publicado no Diário O ficial do Município os candidatos.

Plano Diretor da Cidade Os rotarianos Gunter e Raul participaram no dia 14/10 de audiência promovida pelo Vereador José Police Neto, na Câmara Municipal de São Paulo para discutir os desafios do novo Plano Diretor. Quando especialistas Prof. Dr. José Armenio de Brito Cruz (presidente do IAB-SP), Dr. Carlos Leite (professor da FAU/

16

Carta Mensal 005

Mackenzie), e do especialista em mobilidade urbana Frederico Bussinger (ex-secretário Municipal de Transportes de SP e consultor do IDELT) defenderam uma ocupação mais inteligente da cidade, com maior adensamento nas áreas dotadas de infraestrutura urbana e integração de classes sociais, a integração dos diversos modais existentes (terrestre,

ferroviário, aquático e aéreo), a necessidade de que o Plano Diretor seja amparado por um estudo econômico adequado que aponte a sua viabilidade. O projeto do novo Plano Diretor chegou à Câmara Municipal no dia 26 de setembro e deverá passar por uma série de audiências com a população antes de ser votado.


Corruptus! Corrupção!

Já abalou a credibilidade mútua entre governo e sociedade civil. O que encoraja ainda mais, os “malfeitores” de toda espécie e que proliferam contando com uma impunidade despudorada. Os danosos efeitos da corrupção ocupam grande espaço nos veículos de comunicação e, com forte eco nos programas de entretenimento. É tamanha a banalização da corrupção que ela parece compor um “estilo de vida”. Na prática, porém, resulta em prejuízo em tudo o que prezamos: A nossa segurança pessoal – integridade física e psíquica, nossa vida e nossa propriedade. O nosso presente e o nosso futuro (filhos, netos...) e nosso entorno. Aliás, o “entorno” merecendo a máxima atenção! Pois nele reside a nossa qualidade de vida e, é assim, faz parte significativa de nossa missão, de formação de opinião, como rotarianos.

impotência “uma andorinha não faz o verão”? Além das 1.166andorinhas, que compõem quadro associativo de nosso Distrito 4610, há 56.105 andorinhas, neste Brasil Continental além, de muitas outras “andorinhas” que fora de Rotary convergem com nossas colocações. Penso que, temos o direito e mesmo o dever de alertar as forças produtivas do nosso país, tanto da extensão dos danos que advêm da corrupção, quanto dos ativistas empenhados no combate ao malfeito e a impunidade. Dispomos para tal, de um significativo “banco de informações”, que em boa parte procede às matérias divulgada na mídia e, que pode ser acessado no web site do nosso distrito. Num dos artigos com o curioso título “Pornopolítica e violência black bloc”, o M.D. Dr. Em Comunicação Carlos Alberto Di Franco, afirma:

Eis, junto aos vários “entornos” que podemos / devemos empenhar-nos para manifestar (e dar), o nosso parecer quanto os malfeitos que, em escala crescente, estão roendo os alicerces de uma nação que já chegou à quinta potência econômica mundial e, está a caminho de uma sociedade mais justa e igualitária.

“O custo humano e social da corrupção brasileira é assustador. O dinheiro que desaparece no ralo da delinqüência é uma tremenda injustiça, uma bofetada na cidadania, um câncer que, aos poucos e insidiosamente, vai minando a República. As instituições perdem credibilidade numa velocidade assustadora. Os protestos que tomam conta das cidades precisam ser interpretados à luz da corrupção epidêmica, da impunidade cínica e da incompetência absoluta da gestão pública.”

Questiono, teríamos condições para influir realmente na correção dos desvios que viabilizam a corrupção? E desfazer a corriqueira expressão de

Um resumo sumamente feliz que mais adiante complemento. A corrupção: “Rola solta. A percepção de impunidade é muito forte”.

MASSA CRÍTICA

Quebrar em pedaços, apodrecer, segundo a Wikipédia. Ao que tudo indica passou dos limites e está solapando todas as estruturas de governabilidade, em nosso país

Outra fonte que ilustra a extensão da corrupção em nosso país e a compara num contexto mundial é Barômetro Global da Corrupção 2013. Há 10 anos, a organização Transparência Internacional realiza pesquisa sobre a corrupção mundo. Em 2013, 107 países participaram. Mostram quais são as instituições consideradas mais corruptas no mundo e compare a percepção de corrupção, no Brasil, com a média global http:// o g l o b o. g l o b o. co m / i n fo gra f i co s / transparencia-internacional-corrupcao/ A oportuna e pertinente abordagem holística das várias contingências, que colocam obstáculos ao desenvolvimento brasileiro, é ao mesmo tempo ilustrativa e orientadora, dos passos a serem seguidos, para evitar que cerca de R$ 1 trilhão vão para o ralo. Concluindo: O formador de opinião, (cada uma dos milhares de andorinhas estará suficientemente armada para “virar o jogo”)... e convidado a comentar, complementar, criticar, sugerir o acima exposto com a Massa Crítica com desta Carta Mensal.

Gunter W. Pollack Participante do Conseg Perdizes, Fórum Suprapartidário (Plano Diretor 2020) Associado do RCSP Memorial da América Latina Comissões Distritais 2012-2013: Imagem Pública / Serviços Internacionais/ Relações Institucionais / Novas Gerações: Rotaract – Interact 2013-2014: Imagem Pública Acompanhe e comente este e outros artigos no site: www.rotary4610.org.br/massa-critica

Carta Mensal 005

17


Entrada de Associado RC de São Paulo: Hans Roberto Frenster, Nely Jeha, Hadla Milan Rachid Elias, Antonio Ernesto de Bittencourt Rodrigues, Rubens de Mello Andrade Coutinho. RCSP Parque Continental: Maria da Conceição Moreira, Osmar Leite de Oliveira. RCSP Campo Limpo: Walter Diniz, Elcio Lourenço Esteves.


A todos os rotarianos, cônjuges e familiares Melhor do que termos um monte de presentes sob a árvore de Natal, é termos a presença de uma família feliz. Desejamos que, em 2014, continuemos firmes em nosso propósito de transformarmos vidas para fortalecermos cada vez mais a célula vital para uma sociedade sadia: uma família unida, forte e feliz.

Feliz Natal e um ótimo Ano Novo!

COMPANHEIRISMO

Sylvia e Claudio Moyses

Viagem de Companheirismo “Dizem que a vida é curta, mas não é verdade. A vida é longa... para quem consegue viver pequenas felicidades.E essa tal felicidade anda por aí...brincando de escondeesconde. Infelizmente às vezes não percebemos isso e passamos nossa existência colecionando ‘NÃO ’: a viagem que não fizemos, a festa que não fomos, o amor que não vivemos... E como ela é feita de instantes, não pode nem deve ser medida em anos ou meses...Esta mensagem é um tributo ao tempo, ao seu tempo. Tanto aquele tempo que você soube aproveitar no passado, quanto aquele tempo que você não vai desperdiçar no futuro. Porque a vida é agora. A morte não é a maior

perda da vida. A maior perda da vida é o que morre dentro de nós mesmos enquanto vivemos”. Dalai Lama Caros companheiros e amigos, este texto nos faz refletir sobre a grande oportunidade que o Governador Claudio Moyses e sua esposa Sylvia estão nos proporcionando: de vivermos intensos momentos de alegria, descontração, harmonia, companheirismo e felicidade, começando o ano de 2014 com pessoas queridas que, certamente, tornarão esses dias inesquecíveis. O roteiro Santos-Buenos AiresPunta Del Leste-Santos, de 25 de janeiro a 02 de fevereiro de 2014, por si só já é um convite tentador; os preços imbatíveis em 10 suaves

parcelas, e vocês, os ingredientes perfeitos para tornar este o melhor dos eventos de companheirismo já realizado nos distritos. Consultem os companheiros abaixo, façam suas reservas e deixem-nos saber que vocês também farão parte desta história! Um grande abraço. Celia Maria S. Lagreca Acerbi Presidente do Companheirismo do Distrito 4610 Fernando Lucio Viagens e Turismo F: 3797-7550 www.fernandolucio.com.br vendas@fernandolucio.com.br GEHLTUR Agência de Viagens e Turismo - Jorge Carrano F: 3287 0899 gehltur@gehltur.com.br jcarrano@gehltur.com.br Carta Mensal 005

19



Carta novembro 05