Page 1

FOLHA DE ITAPETININGA FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 30 de outubro de 2012

ANO XLIll

Nº 6.310

homepage: www.folhadeitapetininga.com.br

Edição nº 6.310

Itapetininga, terça-feira 30 de outubro de 2012

Diretora-Proprietária Benedita Rosely Salem Cerqueira

página 1

nos A 43 ga nin peti o a t I giã Com e Re

E-mail: comercial@folhadeitapetininga.com.br

Cartório Eleitoral de Itapetininga atendeu quem justificou ausência no 2º turno

Finados : limpeza e pintura de sepulturas

No último domingo, de municípios de São Paulo e de outros Estados que sediaram eleições no 2º turno, o Cartório Eleitoral da 52ª, recebeu cerca de 700 justificativas de eleitores que estavam ausentes de seu

domicilio eleitoral. O Cartório de Itapetininga,em sua sede na Rua Venâncio Ayres, 514, recebeu justificativas de eleitores de sua jurisdição : cidade-sede, Alambari e Sarapuí.

Polícia Militar prende 2 por tráfico de entorpecentes no Jardim Bela Vista

No último domingo, dia 28, foi o prazo final para que as familias responsáveis por sepulturas nos Cemitérios “São João Batista” e do Santíssimo Sacramento efetuassem a pintura, reformas ou limpeza das mesmas, face à aproximação do Dia de Finados, 2 de Novembro. Embora o prazo estipulado pela Prefeitura e Zeladoria dos Cemitérios venceu, as famílias responsáveis ainda podem tomar suas providências. De sua parte, a direção dos referidos cemitérios já cuida dos mesmos, preparando-os para Finados, quando é grande o número de visitantes.

Forúm Regional de Economia Criativa acontece em novembro Itapetininga será sede do Fórum Regional de Economia Criativa e Turismo Rural, que será realizado no Clube Venâncio Ayres, nos dias 21 e 22 de novembro, a partir das 19h, com o intuito de esclarecer os interessados sobre Economia Criativa. Entidades como SUTACO,

SEBRAE, SESI, OAB, SENAI e ETEC, estarão presentes. A Economia criativa foi criada pelo Decreto 7743, de 1º de junho de 2012, a Secretaria da Economia Criativa (SEC), que tem como missão conduzir a formulação, a implementação e o monitora-

mento de políticas públicas para o desenvolvimento local e regional, priorizando o apoio e o fomento aos profissionais e aos micro e pequenos empreendimento criativos brasileiros. O objetivo é tornar a cultura um eixo estratégico nas políticas de desenvolvimento do Estado Brasileiro.

Palestra Rosacruz amanhã na Associação Comercial A Rosacruz Áurea promoverá importante palestra amanhã 31 de outubro, às 20 h, sobre o tema "AAlquimia dos Rosacruzes",no Auditório da Associação Comercial de Itapetininga, à Rua José Bonifácio, 608. A entrada é franca e todos estão convidados. Maiores informações poderão ser obtidas através dos telefones 15- 97426156, 97651393, 97027813, 32718601 e 32718914.

Anatel vai expandir uso do nono dígito para celular Pág 2

Na última 6ª feira, 26, por volta das 19 horas, após receber denúncia, a Força Tática da Policia Militar de Itapetininga, prendeu 2 individuos por tráfico. Detalhes pág 3

Festa da Batata acontecerá nos meses de novembro e dezembro tapetininga terá a Festa da Batata, na Praça Duque de Caxias, entre os dias 29 de novembro e 2 de dezembro, a partir das 17 horas. Especificamente em Itapetininga, a batata é um dos símbolos da agricultura e possui alta representatividade econômica para a sociedade local. A batata se caracteriza por ser a principal hortaliça em área cultivada no nosso país e se falarmos em aspectos mundiais, a batata está em 4º lugar no ranking dos produtos com maior importância econômica, ficando atrás apenas do trigo, arroz e milho. Sendo assim, a 1ª Festa da Batata foi idealizada para divulgar entre os moradores da cidade, e também para o público visitante, essa grande escala de plantio da batata que acontece em Itapetininga. O evento irá se caracterizar como um espaço para destaque da culinária voltada à batata, com pratos deliciosos e criativos feitos a partir deste

produto. Além disso, o público que visitar a festa também poderá desfrutar de diversas apresentações musicais durante todos os dias do evento, com bandas e grupos de alta qualidade de Itapetininga e região. Os organizadores do evento (Secretaria de Cultura e Turismo e COMTUR) irão oferecer aos estabelecimentos participantes a divulgação do evento, o local com estrutura de mesas e cadeiras e também tendas que irão abrigar todos os estabelecimentos presentes. Cada estabelecimento deverá trazer apenas a estrutura necessária para o preparo dos produtos que serão comercializados e montá-la da forma como achar viável, dentro do espaço que lhes for concedido. Portanto, queremos convidar sua empresa a fazer parte dessa ideia, ressaltando que tal parceria certamente trará inúmeros benefícios para a sua empresa e para o sucesso do evento


Edição nº 6.310

página 2

FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 30 de outubro de 2012

Economistas do mercado preveem aumento de juros só daqui a um ano O mercado financeiro prevê que a taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic, permaneça estável em 7,25% ao ano até outubro de 2013, quando deverá ser elevada, de acordo com as estimativas da maior parte dos analistas dos bancos, para 7,5% ao ano. A previsão consta na pesquisa Focus, conduzida pela autoridade monetária, na última semana, com mais de 100 instituições financeiras. O levantamento feito pelo Banco Central mostra forte alteração nas expectativas do mercado financeiro nos últimos dias. Em 5 de outubro, menos de um mês atrás, a previsão da maior parte dos analistas dos bancos era de que os juros básicos da economia retomariam uma trajetória de crescimento a partir de janeiro do ano que vem - quando subiriam para 7,5% ao ano. Saiba mais Mercado eleva estimativa de inflação de 2012 pela 16ª semana seguida Após atingir piso histórico, juro bancário de pessoa física sobe No dia 11 de outubro, porém, os economistas revisaram suas projeções e passaram a prever alta da taxa Selic em março de 2013. Já no dia 15 de outubro, o mercado alterou novamente sua estimativa, com o início do ciclo de alta da taxa Selic passando para agosto do ano que vem. Já no dia 18 de outubro, os economistas dos bancos passaram a prever aumento dos juros somente em outubro de 2013 (previsão que ainda permanece), ou seja, somente daqui a um ano. Crescimento menor dos

juros em 2013 Mesmo ainda acreditando em elevação dos juros básicos da economia no ano que vem, a intensidade do aumento também deverá ser menor, ainda segundo a previsão dos analistas. Em 5 de outubro, o mercado previa uma elevação de 0,75 ponto percentual, de 7,25% para 8% ao ano em 2013. Na semana passada, baixou a estimativa para os juros no fim do ano para 7,75% ao ano o que pressupõe um crescimento menor na taxa básica da economia, de 0,5 ponto percentual, no decorrer do ano que vem. Recado do BC e sistema de metas de inflação A mudança na percepção do mercado financeiro sobre o início do ciclo de alta dos juros aconteceu após o BC ter baixado os juros para 7,25% ao ano neste mês, quando parte do mercado acreditava em manutenção da taxa, e ter informado que os juros deveriam permanecer estáveis por um "período suficientemente prolongado" de tempo. A ata do Copom informou, em outubro, que o corte de juros do início deste mês deveria ser o "último". Pelo sistema de metas que vigora no Brasil, o BC tem de calibrar os juros para atingir as metas pré-estabelecidas, tendo por base o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Para 2012, 2013 e 2014, a meta central de inflação é de 4,5%, com um intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. Deste modo, o IPCA pode fi-

car entre 2,5% e 6,5% sem que a meta seja formalmente descumprida. Em 2011, o IPCA ficou em 6,50% - no teto do sistema de metas do governo brasileiro. Para este ano, a previsão dos economistas é de que a inflação some 5,45%, novamente acima da meta central de 4,5%. O BC informou recentemente, porém, que o crescimento da inflação neste ano está relacionado com a alta das "commodities" (preços de produtos básicos com cotação internacional, como minério de ferro, alimentos e petróleo, por exemplo) e que, por isso, estaria buscando convergência da inflação para a meta "de forma não linear" (em anos subsequentes, e não em 2012). A avaliação da maioria do Copom, para baixar os juros no começo deste mês, foi de que ainda "restavam incertezas quanto à velocidade de recuperação da atividade, em grande parte, decorrência das perspectivas de que o período de fragilidade da economia global seja mais prolongado do que se antecipava, com repercussões desinflacionárias sobre a economia doméstica". Com crescimento menor do PIB, também há, teoricamente, menos pressões inflacionárias. PAULO GOMES DOS SANTOS & CIA LTDA, estabelecida na Estrada da Chapada Grande, nº10, Chapadinha, Itapetininga /SP, inscrita no CNPJ sob nº 49.548.027/0001-02 e Inscrição Municipal sob nº 304.818.52.11, “DECLARA” para os devidos fins e sob as penas da Lei que encontram-se EXTRAVIADOS os Talões de Nota Fiscal de Serviços do nº 5.251 a 5.300, 5.451 a 5.500 e 5.701 a 5.750 usados.

* Atividades : Natação - Hidroginástica - Acqua Mix - Musculação * Programas : Bodypump - Power Jump - Bodycombat , DANÇA DE SALÃO / Y PILATES (pilates de solo) / Y RITMOS / ACQUA MIX

Rua Benedito Leonel Ferreira, 71 / Tel: 3373-3535/3511-5174

homepage: http://www.folhadeitapetininga.com.br e-mail: redacao@folhadeitapetininga.com.br Proprietários: Benedita Rosely Salem Cerqueira e filhos Jornalistas Responsáveis: José Octávio Salem Cerqueira - Registro nº 52.755/SP Marcello Salem Cerqueira - PR1226 Diretores Adjuntos:José Octavio Salem Cerqueira e Marcelo Salem Cerqueira Redator Chefe: Silas Gehring Cardoso Repórter: Jorge Luiz de Almeida - MTB 37782 Diretor Comercial - Carlos Renato M. Gomes, Diagramadores: Henrique José de Oliveira Almeida

Colaboradores Alberto Isaac, Carlos José de Oliveira, Cláudio Souto , Darcy Pereira Pinto, Dirceu de Campos, Dr. Bastos, Dr. Jorge Paunovic, Joel Franco, José Raimundo Correia, Manoel Silvério, Marcos Cintra, Mauro M. Leonel, Maria do Carmo A. Franco, Waldomiro B. Carvalho. Representante Exclusivo: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Brasília. Consórcio Brasileiro de Imprensa - CBI - Av. José Maria Whitaker, 890 CEP: 04057-000 - SÃO PAULO - SP FONE: (11) 5589-4643 - FAX (11) 5589-4662 A redação nao se reponsabiliza pelos conceitos e artigos assinados. Fica esclarecido que os colaboradores com colunas assinadas não tem vínculo empregatício com a Editora Folha de Itapetininga Ltda, exceto os que tiverem contrato assinado com a mesma.

O consumo de drogas nas escolas públicas do Distrito Federal cresceu 12% em um ano, indica levantamento da Secretaria de Segurança Pública. Entre janeiro e julho deste ano foram registradas 407 apreensões de drogas nas unidades de ensino, 44 a mais do que em 2011. O tráfico de drogas nas escolas públicas, no entanto, sofreu redução de 8% na comparação entre os

mesmos períodos. O levantamento da Secretaria de Segurança mostra que de janeiro a julho de 2012 foram registradas 146 ocorrências de tráfico de drogas dentro e ao redor das escolas públicas do Distrito Federal. Em 2011, foram 159 casos. Ceilândia é a região administrativa do DF com o maior número de ocorrências de tráfico e uso de drogas nas esco-

las. De janeiro a julho deste ano, foram 37 registros de tráfico e 75 de uso de droga. Brasília aparece em sexto lugar no ranking deste ano de tráfico de drogas, com sete ocorrências e à frente de regiões como São Sebastião, Recanto das Emas, Santa Maria e Brazlândia. No uso e porte de drogas, a capital está em quinto lugar, com 41 registros.

Anatel vai expandir uso do nono dígito para celular; veja cronograma O uso do nono dígito para números de telefones celulares, adotado em parte de São Paulo desde o final de julho, será expandido para o restante do país a partir de 2013. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) já definiu o cronograma, que deve ser votado nesta quinta-feira (25) pelo seu conselho. No caso de São Paulo, o nono dígito foi adotado na área com DDD 11, o que engloba 64 municípios, incluindo a capital paulista, para manter a oferta de novas linhas. Desde o dia 17

de outubro, ligações para celulares daquela região que não sejam precedidas pelo número 9 não são mais completadas. A expansão para o restante do país vai ter o objetivo de padronizar as discagens para telefonia móvel e evitar confusões. Não há mudança para os telefones fixos. Pelo cronograma da Anatel, o interior do estado de São Paulo vai ser a próxima região a ganhar o nono dígito para celulares. Até o final de 2013, nas

áreas com código DDD 12, 13, 14, 15, 16, 17, 18 e 19 será preciso digitar o 9 antes do número do telefone para completar as chamadas. Na sequência, a medida será adotada nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo (até o final de janeiro de 2014); na região Norte, com excessão do Acre (até o fim de 2014); em Minas Gerais e nos estados do Nordeste (até o fim de 2015); e, por fim, nas regiões Sul, Centro-Oeste e no estado do Acre (até o final de 2016).

Contas do governo têm superávit de R$ 1,25 bilhão em setembro

Natação & Fitness

Redação Administração, Publicidade: Rua Saldanha Marinho, 532 - Centro • Fone/Fax: (15) 3271-1576 Oficina: Rua Sofia Cerqueira, nº 125 - Centro CEP 18200-005 • Itapetininga • São Paulo Registrado no Cartório Oficial de Registro de Pessoa Jurídica de Itapetininga sob o nº 004437

Consumo de drogas nas escolas públicas aumenta 12%, diz GDF

As contas do Governo Central (União, Previdência Social e Banco Central) registraram, em setembro deste ano, o resultado mais baixo para este mês desde 2009, segundo números divulgados nesta segunda-feira (29) pelo Tesouro Nacio-

Empresa líder no mercado contrata vendedores com experiência preferencialmente em vendas externas. Disponibilidade para viagem na região. Capacidade para trabalho em equipe Trabalhar com foco no atingimento de metas estabelecidas A empresa oferece Ótimo ambiente de trabalho Salário fixo Registro imediato na carteira Comissões sobre metas alcançadas Cesta básica Interessados deverão comparecer no dia 28/04/ 2012 à partir das 8:00 às 16:00 h., munidos dos documentos , CTPS e Curriculo Vitae na Rua São Vicente de Paulo, n 149, Centro-Itapetininga

nal. No mês passado, segundo a instituição, o chamado superávit primário (economia feita para pagar juros da dívida pública para tentar manter sua trajetória de queda) somou R$ 1,25 bilhão. Contra o

mesmo mês de 2011, quando o superávit somou R$ 5,41 bilhões, foi contabilizada uma queda de 76,8%. Trata-se, também, do valor mais baixo para o mês desde 2009, quando foi contabilizado um déficit de R$ 7,8 bilhões.


FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 30 de outubro de 2012

página 3

Edição nº 6.310

Polícia Militar prende 2 por tráfico de entorpecentes no Jardim Bela Vista Na última 6ª feira, 26, por volta das 19 horas, após receber denúncia, a Força Tática da Policia Militar de Itapetininga, com o Sgt.Valderlei e Sds. André, Martins e Miranda, entre as Ruas Davino da Costa Calha-

res e Evandro Ruivo, no Jardim Bela Vista, efetuou a prisão de um adulto e a apreensão de um adolescente, os quais vendiam entorpecentes. Foram detidos M.H.R.P.( 19 anos) e D.S.M.(17 anos). Com os dois os

policiais apreenderam 13 pinos de cocaína, 20 porções de crack e R$ 96,75 . O adulto foi preso em flagrante e encaminhado a uma cadeia da região,enquanto que o adolescente ficou à disposição da Justiça.

Furtou residência em Vila Monteiro e foi preso Na noite do último sábado, 27, por volta das 19 horas, M.R.V.S. foi vítima de furto em sua residência, na Rua dos Expedicionários, em Vila Monteiro. A Polícia Mili-

tar foi acionada,sendo que a vítima descreveu as características físicas do larápio. O Cb Nogueira e o Sd. Sander, patrulhando a área, localizaram e prenderam I.G.S.(

41 anos ), que estava de posse de uma ferramenta(Serra Mesquita), de propriedade da vítima. Na DelPol, foi elaborado o B.O. de prisão em flagrante do detido.

PM apreende adolescente com drogas na Av.5 de Novembro Por volta de 1,30 hs. do último sábado, 27, os policiais militares Sgt. Ruivo e Sds. Robson e Phols efetuavam patrulhamento na Av.5 de Novembro, quando um jo-

vem, ao se deparar com a viatura policial, empreendeu fuga. Ele foi alcançado pelos PMs,detido e revistado, estando em seu poder 6 porções de cocaína,pesando 0,004

gramas. No Plantão da DelPol o adolescente detido, F.P.P.(14 anos de idade), ficou à disposição da Justiça, sendo elaborado o flagrante de ato infracional.

Motos da PM percorrem o trânsito no combate ao crime A moto da polícia liga a sirene e outras duas fazem a cobertura. Uma ordem é dada para que dois estranhos numa outra moto parem imediatamente. Os policiais militares, com o braçal de ROCAM (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas), com muita agilidade, descem e abordam os rapazes para fazerem a revista. Enquanto um vasculha por qualquer vestígio de coisa errada, os outros PMs garantem a segurança do colega. Nada é encontrado. Os documentos são averiguados e estão em ordem. Os policiais agradecem ambos pela colaboração e os liberam. A sequencia descrita acima poderia ter sido real mas fez parte de um treinamento que simula uma abordagem de policiais da ROCAM que, mesmo com a dificuldade do trânsito caótico da cidade de São Paulo, conseguem agir de forma cada vez mais rápida e eficiente. Divididos em dois pelotões, um matutino e um vespertino, os 186 policiais treinam diariamente como circular entre os carros, de forma ágil e cuidadosa, e também as abordagens a motocicletas. "Graças à facilidade do uso de motos, chegamos muito rápido na ocorrência. Por isso, treinamos também como agir em situações específicas”, explicou o 1º Tenente Luiz Roberto Riva. Hoje, as 120 motos do Batalhão da Rocam conseguem contornar o trânsito e chegar onde as viaturas demorariam muito. Mesmo assim, os chamados “veículos de quatro rodas” são importantes no apoio quando é

* Clínica

*Pet Shop

* Banho e Tosa

*Rações

*Medicamentos/Vacinas

Rua Lopes de Oliveira, 125 Centro-Itapetininga/SP

Rua Antonio Vieira de Moraes, nº 10

preciso, por exemplo, levar criminosos para a delegacia. Há oito deles no batalhão. A ROCAM (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas) foi criada em 1982 para a realização de um policiamento que não fosse atrapalhado pelos congestionamentos e conseguisse, com uma maior facilidade, abordar motos para averiguações de rotina de uma forma rá-

pida e eficaz. Inicialmente, a Rocam foi uma Companhia do 1º Batalhão de Choque (ROTA- Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) e, mais tarde, em 1986, foi transferida para o 2º Batalhão de Choque, onde permanece até hoje como a 3ª Companhia. Em 1998, a ROCAM começou a realizar escolta de autoridades, tarefa que executa até hoje.


Edição nº 6.310

página 4

FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 30 de outubro de 2012

ABO: 27 milhões de brasileiros nunca foram ao dentista No Dia Nacional do Cirurgião-Dentista e da Saúde Bucal, o presidente da Associação Brasileira de Odontologia (ABO), Newton Miranda de Carvalho, diz que gostaria de voltar ao sistema antigo em que, em vez de o profissional estar apenas no consultório, ele atuava nas escolas primárias. "Nós reduzimos muito o número de cáries com esse sistema", informa. "O problema básico é que a educação para a saúde ainda é deficiente. A ação governamental ainda é insuficiente" acrescenta. De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil tem 22.139 equipes de saúde bucal em atuação. Mesmo assim, Carvalho conta que ainda há 27 milhões de brasileiros que nunca foram a um dentista, por falta de informação ou por falta de acesso. "As 22 mil equipes

de saúde bucal que existem no Brasil são um grande avanço, mas insuficientes para colocar o problema da saúde bucal em patamares aceitáveis", diz Carvalho. Aline Lopes, dentista de um núcleo de saúde da família em Samambaia, cidade do Distrito Federal,destaca a importância da atuação de uma equipe como essa na comunidade. "A grande vantagem é que a gente consegue ficar próxima do paciente. Eu conheço as famílias que atendo. Consigo rastreá-las, acompanhá-las desde a raiz dos seus problemas", conta. O Brasil concentra o maior número de dentistas do mundo, mas "a má distribuição geográfica é o problema" , diz o presidente da ABO. Newton de Carvalho explica que em um simples exame o dentista pode detectar o início de

problemas que vão de uma simples cárie até algo mais sério, como o câncer de boca. "O câncer bucal esta aumentando de forma absurda. Em 2012, estimamos que cerca de 7 mil pessoas foram diagnosticadas com a doença. Para 2013, estimamos 14 mil. Isso é um índice muito alto, está dobrando em pouco espaço de tempo. É o fumo, o álcool, o sol sem proteção, a radiação ataca o lábio", alerta Carvalho. Além disso, o presidente da ABO explica que a literatura científica médica e odontológica é rica em exemplos de relações comprovadas entre a boca e doenças cardíacas e pulmonares, diabetes, hipertensão e até o nascimento de bebês prematuros. Newton de Carvalho recomenda a ida ao dentista de seis em seis meses. "Que escovem os dentes de três a quatro vezes por dia e não

deixem de ir ao dentista. Não é só quando o dente dói que devemos ir ao dentista. Muitas vezes

quando o dente dói, o problema já está avançado". Para ele, o Dia Nacional do Cirurgião-Den-

tista "não é só de comemorações, é para lembrar que existem doenças bucais".

Brasileiros são contra descriminalização de drogas, diz pesquisa Pesquisa realizada pelo instituto DataSenado a respeito da reforma do Código Penal revela que os brasileiros não são favoráveis à descriminalização do uso e do porte de drogas, uma das propostas do novo Código em análise por uma comissão especial da Casa.

De acordo com o levantamento, 89% dos entrevistados não apoiam a iniciativa. O instituto entrevistou por telefone 1,2 mil pessoas de 119 municípios. Em relação ao sistema penal, 36% dos entrevistados apoiam o aumento de 30 anos para 50 anos o tempo

Empreendimentos Imobiliários S/C Ltda.

R. Silva Jardim, 724 Fones: 3271-7720 / 32717721 e 3271-7722

máximo de prisão. Além disso, 70% defende a redução de pena para os que trabalham na prisão. A redução da maioridade penal de 18 para 16 anos é apoiada por 35% dos participantes da pesquisa. Houve ainda entrevistados que defenderam a redução da maioridade para 14 anos (18%) e 12 anos (16%). Um em cada quatro entrevistados defendeu redefinição da maioridade para aplicar a lei penal, mas

não definiu uma idade específica. A proposta de reforma do Código Penal foi elaborada por um grupo de juristas e está em análise em uma comissão especial. O texto já recebeu mais de 109 emendas. A previsão é que o relator-geral, senador Pedro Taques (PDTMT), apresente um parecer inicial até 21 de novembro.

CROSP-5.209

Clínica Geral - Ortodontia - Implantes

Cirurgias Avançadas Dr. Carlos Alberto do Nascimento Telefone para Contato (3271 0889) Rua Alberto Ernesto Güinter, 22 - Rechã - Tel.: 3307-3152 Rua Natal Favalli, 519 - Angatuba - Tel.: 3255-1205 Rua Monsenhor Soares, 1.032 - Centro - Itapetininga/SP

CÉU AZUL ALIMENTOS LTDA

CONTRATA Pessoas portadoras de necessidades especiais Os candidatos devem procurar a empresa na Rodovia Raposo Tavares, km 177, ou pelos e-mails: marcio.beneton@ceuazul.ind.br samuel.oliveira@ceuazul.ind.br

Auto Escola CFC A E CFC B

...35 anos de tradição Curso para renovação de carteira de habilitação diurno e noturno Av. Francisco Válio, 438 - Centro- Itapetininga - SP Fone: (15) 3271-2273

Internet gratuita WI-FI Venha conferir!


FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 30 de outubro de 2012

página 5

Edição nº 6.310

Ibama abre concurso para 108 vagas no DF e RJ O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) abriu concurso público para 108 vagas para o cargo de analista ambiental. O salário é de R$ 5.441,24. As vagas são para o Distrito Federal (93) e para o Rio de Janeiro (15). Os candidatos aprovados serão alocados nas unidades descentralizadas (superintendências e centros especializados) e na administração central do Ibama. O candidato deve ter curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação.

O analista ambiental tem entre as atribuições o planejamento ambiental, organizacional e estratégico de execução das políticas nacionais de meio ambiente formuladas no âmbito da União, em especial as que se relacionam com as seguintes atividades; regulação, controle, fiscalização, licenciamento e auditoria ambiental; monitoramento ambiental; gestão, proteção e controle da qualidade ambiental; ordenamento dos recursos florestais e pesqueiros; conservação dos ecossistemas e das espécies neles inseridas, incluindo seu manejo e proteção; e estímulo e difusão

de tecnologias, informação e execução de programas de educação ambiental. No momento da inscrição, o candidato deverá optar por um tema, a UF da vaga e pela cidade de realização de provas. Os temas são licenciamento ambiental; monitoramento, regulação, controle, fiscalização e auditoria ambiental; gestão, proteção e controle da qualidade ambiental. Para o tema licenciamento ambiental são oferecidas 45 vagas no Distrito Federal e 15 no Rio de Janeiro. Para o tema monitoramento, regulação, controle, fiscalização e au-

ditoria ambiental são 27 vagas no Distrito Federal e, para o tema gestão, proteção e controle da qualidade ambiental, são 21 vagas no Distrito Federal. As inscrições devem se feitas pelo site http:// www.cespe.unb.br/concurs o s / ibama_12_analista_ambiental das 10h do dia 5 de novembro às 23h59 do dia 26 de novembro. A taxa é de R$ 75. O concurso terá provas objetivas (de conhecimentos básicos e conhecimentos específicos) e prova discursiva (uma redação e duas questões práticas), que serão realizadas no Distri-

to Federal e na cidade do Rio de Janeiro. Observada a reserva de vagas para candidatos com deficiência e respeitados os empates na última colocação, serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos aprovados nas provas objetivas e classificados até as posições especificadas no edital. Os candidatos aprovados no concurso, convocados para posse e que entrarem em exercício participarão de Curso de Ambientação, para identificação, nivelamento e domínio dos conhecimentos necessários ao desempenho do cargo.

As provas objetivas e a prova discursiva terão a duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 20 de janeiro de 2013, no turno da tarde. Na data provável de 8 de janeiro de 2013, será publicado no Diário Oficial da União edital informando a disponibilização da consulta aos locais e ao horário de realização das provas. O candidato deverá, obrigatoriamente, acessar o endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/ c o n c u r s o s / ibama_12_analista_ambiental para verificar o seu local de provas, por meio de busca individual.

Incêndio em equipamento Financiamento federal para agricultura aumenta provocou blecaute no Norte e Nordeste do país 15% ante 2011

As contratações do crédito rural para a agricultura empresarial somaram 26,5 bilhões de reais nos meses de julho a setembro deste ano, informou nesta segunda-feira o Ministério da Agricultura, superando em quase 15 por cento o volume contratado no mesmo período de 2011. O desembolso representa 23 por cento do total de 115,2 bilhões de reais programados para o ano

safra 2012/2013. Segundo o ministério, os empréstimos dentro do Programa ABC (Agricultura de Baixo Carbono), que estimula boas práticas agrícolas, foram de 600 milhões de reais no período, ou 18 por cento dos 3,4 bilhões autorizados ao programa nesta temporada. O ministério afirmou em nota que a ampliação da demanda por crédito rural ocorre devido à "ampliação de re-

cursos e a redução dos juros das linhas de crédito disponíveis..., além das melhorias nas condições de financiamento ao médio produtor rural". Os produtores estão iniciando o cultivo da safra de verão no Brasil, e as expectativas são de produção recorde para a soja e manutenção de grande volume para o milho, segundo estimativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O incêndio em um equipamento entre as subestações de Colinas (TO) e Imperatriz (MA) foi a causa do desabastecimento de energia ocorrido na Região Nordeste e em parte do Norte do país, na madrugada do dia 26. O problema ocorreu justamente na interligação entre os sistemas Norte-Nordeste e Sul-Sudeste. Segundo informação da

assessoria de imprensa do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o problema ocorreu pouco depois da meia-noite e demorou pouco mais de uma hora para ser resolvido. Portanto, por volta de 1h30 da manhã, a energia na linha principal já tinha sido restabelecida. No entanto, as distribuido-

ras de energia levaram mais tempo para restaurar a energia nas linhas secundárias. Uma reunião de técnicos às 14h de hoje, na sede do ONS, no Rio, vai analisar mais profundamente o problema. Pela manhã, o assunto deve ser discutido em uma reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico, em Brasília.

Eletrobras decide até fim do ano se venderá distribuidoras A estatal de energia Eletrobras decidirá até o fim de 2012 se venderá as distribuidoras do grupo, afirmou nesta segunda-feira a jornalistas o presidente da empresa, José da Costa Carvalho Neto. Segundo ele, a Eletrobras vai analisar o resultado do processo de renovação antecipada e condicionada de concessões do setor

elétrico que venceriam entre 2015 e 2017 para rever sua estratégia. "Vamos fazer análises sobre a redução de custos que tenhamos que fazer ou aumento de receita, e inclusive propor algum aspecto de reestruturação organizacional que pode passar também por uma reorganização societária", disse ele, ao ser questionado sobre a

possível venda das distribuidoras federalizadas. Perguntado sobre quando a Eletrobras tomará uma decisão sobre as distribuidoras, Carvalho Neto disse que "até o fim do ano". Em 11 de outubro, duas fontes disseram à Reuters que a Eletrobras passou a estudar a possibilidade de vender as seis distribuidoras que

fazem parte da holding estatal, diante do novo cenário para o setor elétrico criado pela renovação das concessões.

As distribuidoras -que atuam no Piauí, Rondônia, Acre, Amazonas, Alagoas e Roraima-- acumulam preju-

ízos seguidamente e, de acordo com a própria Eletrobras, só devem ser rentáveis a partir de 2014.

Vende-se 7 galoes de defensivo Agricola GLIZ MAX fone: 96204484 Vende-se 30 novilha Nelore 96204484


página 6

Edição nº 6.310

FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 30 de outubro de 2012

Folha nos Esportes Fonte: Uol Esporte

Ganso treina com o grupo pela primeira vez e dá mais um passo para a estreia no São Paulo O meia Paulo Henrique Ganso realizou na tarde desta segunda-feira seu primeiro treino com os demais companheiros no São Paulo. O jogador deu mais um passo para enfim realizar a sua estreia com a camisa do Tricolor. Ganso realizou o aquecimento com os companheiros do São Paulo. Depois, o meia praticou atividades específicas para readquirir a forma física, já que não entra em campo desde o dia 30 de agosto, quando ainda atuava com a camisa do Santos e sentiu lesão no músculo reto femural da coxa esquerda no confronto contra o Bahia pelo Brasileirão. "É uma transição do Reffis para os trabalhos físicos. Vamos trabalhar essa semana em cima dessa evolução. Até domingo

teremos uma noção mais precisa de como vamos trabalhar a segunda semana do Paulo Henrique", explicou Alexandre Lopes, um dos preparadores físicos, ao site oficial do clube. "É como se fosse uma intertemporada. Vamos fazer uma readaptação dos trabalhos físicos e técnicos, para dar essa progressão e uma qualidade melhor para ele dentro da segunda semana", completou. Todos no São Paulo evitam falar em prazos. Mas Ganso trabalha em segredo para ter condições de estrear contra o Náutico, pela antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro, em partida inicialmente marcada para o dia 18 de novembro pela CBF. A estratégia de não se falar em prazos tem uma

explicação clara: evitar uma expectativa na torcida do São Paulo pela sua estreia, por Ganso ser um atleta de seleção brasileira e que custou muito aos cofres do São Paulo (R$ 16,4 milhões). Ganso foi apresentado no São Paulo no dia 23 de setembro. Na ocasião, os dirigentes acreditavam que ele poderia estrear em quinze dias. O técnico Ney Franco fez uma previsão mais pessimista ao afirmar que contava com ele para o jogo de quartafeira passada contra a LDU de Loja. Ganso não precisou a data da estreia pelo São Paulo: “Estou em fase final de preparação, em processo de transição do Reffis pra começar trabalho no campo. Já estou 100% e minha ideia é voltar o quanto antes”.

Havelange chama Mano de 'imbecil' e diz que escolheria Scolari e Parreira para a seleção Em entrevista feita em março, um dia após a má atuação da seleção brasileira na vitória contra a Bósnia por 2 a 1 (leia aqui como foi), o presidente de honra da Fifa, João Havelange, teceu duras críticas

ao time, em especial ao goleiro Júlio César, e disse que gostaria de ver Luiz Felipe Scolari e Carlos Alberto Parreira no lugar de Mano Menezes, a quem chamou de “imbecil”.

As declarações integram um projeto do Museu do Futebol em parceria com a Fundação Getúlio Vargas para registrar depoimentos de jogadores que já defenderam o Brasil em Copas do Mundo. Um site de esportes teve acesso à entrevista de Havelange, único dirigente ouvido no projeto. Em meio a considerações sobre sua trajetória como atleta e dirigente, Havelange pergunta ao entrevistador se este havia assistido ao jogo do dia anterior e comenta: “gostou do gol da Bósnia? Foi um frangaço, está certo? Com quantos anos ele (Júlio César) está? Está com mais de 32. Então nosso goleiro já não poderia estar lá, no meu entender ”. “Acho que o técnico fez uma análise, alguma coisa nesse sentido, mas é um imbecil, me perdoe a expressão. E tudo isso, se não modificar, nós não vamos chegar a nada. Eu, se fosse presidente, o

DESP ACHANTE POLICIAL DESPACHANTE Competência e R esponsa bilidade Responsa esponsabilidade Transf erência, licenciamento ansferência, licenciamento,, 1º emplacamento emplacamento,, reno vação de CNH, IPV A, m ultas enov IPVA, multas ultas,, etc etc..

Financiamento em até 12x. O mais completo escritório de despachante da EM NOVO ENDEREÇO: RUA Capitão José Leme, n º 258 região. Telefones: 3271-9155 e Telefax: 3271-8084

meu técnico seria o Scolari, com o Parreira em cima. Experiência total, dois homens de personalidade, retos e corretos. Eu não tenho nada a dizer desse porque não o conheço, mas não está conseguindo nada, o senhor me perdoe, e nós estamos em cima do lado.” O ex-dirigente do futebol brasileiro entre 1958 e 74 prossegue nas críticas ao desempenho da equipe, afirmando que o que viu no amistoso o “entristeceu e preocupou muito. Aquilo não é um time. O senhor faz aquilo no campeonato nacional ou no campeonato paulista ou do Rio, não vai ganhar nada”. No depoimento, Havelange ressalta o poder construtivo do futebol e lamenta o que considera aspectos negativos. “Às vezes fico triste, porque todo mundo só vê o futebol hoje para ver onde é que pode ganhar uns trocados. Quantos técnicos e dirigentes têm os contratos do jogador no bolso! Depende deles. Vendem e depois: ‘Não, é o clube’”. “Agora, o Scolari não tem isso, é reto. O Parreira não tem isso, o Dunga não tem isso. Mas os outros todos eu tenho minhas dúvidas. O sujeito faz o time de acordo com o interesse do bolso dele”, completa. A entrevista aborda inúmeros temas da trajetória de Havelange, inclu-

indo seu relacionamento com estadistas a quem elogia como Juscelino Kubitschek e Emílio Garrastazu Médici e menção à administração de Dilma Rousseff. “Ainda há pouco, no governo dessa senhora, por nenhuma razão, me retiraram o passaporte diplomático. Eu entreguei. ‘O senhor vai receber outro’. Estou esperando até hoje”, diz ele. No depoimento ele se diz apolítico, característica que o permite apreciar a organização da Olimpíada de Berlim de 1936, na qual competiu como nadador, organizada pelo regime nazista de Hitler. “Não entro na questão do regime da época porque nunca fiz política na minha vida, mas me lembro da organização. Até hoje é uma das melhores que já assisti.” Em março, dias após a entrevista que concedeu, Havelange foi internado em um hospital no Rio de Janeiro com uma infecção no tornozelo direito, que o deixou em estado grave. Depois de 64 dias, ele recebeu alta em

21 de maio, quando se prepararia para receber, em casa, uma dura notícia. No início de julho, a Justiça suíça determinou a divulgação dos detalhes do processo que examinou os casos de corrupção da Fifa na década de 1990. Com isso, tornou oficiais as suspeitas de que João Havelange e Ricardo Teixeira receberam propina de uma agência de marketing ligada à entidade-mor do futebol mundial. O episódio manchou a reputação mundial do cartola. Durante os Jogos Olímpicos de Londres, autoridades brasileiras foram muito questionadas sobre a relutância delas em romper com Havelange mesmo após o escândalo. No começo deste mês, o presidente da honra da Fifa fez sua primeira aparição pública desde a internação em março. Debilitado, ele foi a sede do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) participar da reeleição do presidente Carlos Arthur Nuzman.


FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 30 de outubro de 2012

página 7

Edição nº 6.310

Preços agropecuários registram alta pela 17ª semana seguida Dos produtos analisados no período, 14 apresentaram alta de preços, com destaque para batata, feijão, arroz e carne bovina. Ovos, carne suína e banana puxaram os índices para baixo. O IqPR – Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista registrou alta de 1,43% na primeira quadrissemana de outubro, de acordo com levantamento realizado pelo Instituto de Economia Agrícola (IEAApta), vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo (SAA). Os índices estão positivos desde junho, completando a 17ª quadrissemana consecutiva de aumento. Os produtos que registraram as maiores altas no período pesquisado em outubro foram: batata (33,88%), feijão (25,30%), arroz (8,38%), carne bovina (5,77%) e soja (5,17%), afirmam os pesquisadores Luis Henrique Perez, Danton Leonel de Camargo Bini, Eder Pinatti e José Alberto An-

gelo, autores do artigo. No caso da batata, o clima quente e seco prejudicou a cultura, ocasionando menos produção, o que provocou a elevação dos preços. O fim da safra de inverno e o atraso no plantio da safra das águas na região sudeste de São Paulo, devido à total falta de chuvas nas primeiras semanas de setembro estimularam a alta dos preços do feijão. A menor oferta do arroz causada pela seca e a retenção da oferta pelos produtores motivaram o reajuste dos preços do produto do campo ao consumidor final. Na carne bovina, a baixa qualidade das pastagens reduziu a oferta de animais prontos para o abate, acarretando a valorização da arroba do boi gordo. Os preços da soja, em São Paulo, neste mês fecharam em alta, influenciados pela demanda local e pelo pequeno volume ainda disponível para comercialização. Quedas

Os produtos que apresentaram as maiores índices negativos foram: banana nanica (12,47%), carne suína (8,19%) e ovos (4,82%). Excesso de chuvas em junho/julho e a estiagem rigorosa em agosto/setembro prejudicaram a formação dos cachos e levaram à colheita da banana de baixa qualidade, com consequente baixa nas cotações. Para a carne suína, a queda na demanda em virtude do consumidor entender que os preços estavam altos forçou a uma redução da cotação do produto. No caso dos preços dos ovos, o aumento na oferta recente reduziu os preços recebidos pelos granjeiros. Numa realidade de custos reajustados com o elevado preço da ração animal, o descarte adiantado de poedeiras tem sido a alternativa encontrada pelos empresários do setor com o objetivo de ajustar a produção ao consumo.

Novo terminal para transporte de açúcar e grãos é inaugurado em Itirapina O evento contou com a presença da secretária de agricultura e abastecimento, Mônika Bergamashi, e do governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin. Localizado próximo às principais rodovias paulistas e linhas ferroviárias do Estado, o novo terminal intermodal é um projeto da Rumo Logística, empresa do Grupo Cosan, que recebeu investimento de R$ 100 milhões de reais na primeira fase. "É um grande avanço do

ponto de vista logístico e de transporte que vai economizar combustível e reduzir a poluição ambiental. Isso aumenta a eficiência da iniciativa privada melhorando o empreendedorismo no Estado de São Paulo", destacou o governador Geraldo Alckmin e ressaltou que o terminal trará a competitividade necessária em um difícil momento pela qual o setor sucroalcooleiro está passando. A primeira fase do ter-

minal abrigará um armazém com capacidade para 110 mil toneladas. Quando todas as etapas estiverem concluídas, em 2015, mais três armazéns com capacidade de 110 mil toneladas (cada um) estarão à disposição do setor. Esta estrutura, além de garantir uma movimentação de 12 milhões de toneladas de açúcar e grãos por ano, será aproveitada como um “porto seco” para cargas destinadas à exportação pelo Porto de Santos.

INDICADOR PROFISSIONAL ADVOGADOS MÉDICOS Ginecologia DR. DAVID CAVALHEIRO SALEM JR. Clínica Geral CRM 27291 R. CEL: AFONSO, 422 - ITAPETININGA-SP FONE: 3271-8810 - CONSULTA C/HORA MARCADA CONVÊNIOS UNIMED, IAMSPE

Cardiologia • Cardiologia • Clínica Médica • Cardiogeriatria

Dr. Luiz Antonio Orsi Bernardes CRM 44559

Dentista

Adriana Quintella Ozi advogada R. Vicente Eugênio Piedade, 230 - Vila Barth CEP 18205-610 - ITAPETININGA -SP e-mail: adrianaozi@aei.com.br

(15) 3272-4447 LUIZ GONZAGA LISBOA ROLIM SEPTIMIO FERRARI FILHO Direito Família - Criminal - Trabalhista - Tributário Justiça Federal - Sustentação Oral nos Tribunais

Rua Major Fonseca, 85 SL 1-2 e 3 Sobreloja CONSULTAS COM HORA MARCADA E PARECERES - ESTACIONAMENTO PRÓXIMO

Fones: 3271-1331 Fax: 3272-5128 José Hércules Ribeiro de Almeida Uedney Junqueira do Amaral ADVOCACIA GERAL Escrit. Av. Domingos José Vieira, 1561 - fone/fax 3271-3062 Resid. R. Leonor A. Camargo, 166 - Fone: 3272-5437 CEP: 18200-000 - ITAPETININGA/SP

DR. VITOR CAMARGO HOLTZ MORAES OAB Nº 134.223

Advocacia Cívil, Criminal e Trabalhista e-mail: vitorholtz@ig.com.br R. Adolfo Arruda Melo, 210 - Jd. Italia Fone/Fax: (15) 3272-9300 / Cel. 9715-4602

Itapetininga -SP CEP 18201-750


página 8

FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 30 de outubro de 2012

Edição nº 6.310

A LENDA DO TUCUNARÉ DE BARBATANAS BRANCAS CALEIDOSCÓPIO 843 - DR. BASTOS Na pretensão de ser cronista, não passo de um contador de histórias , assim me disseram. Então lá vai mais uma de autor desconhecido, ou seja, eu mesmo. Lá pelo alto do rio Amazonas, onde ele deixou de ser chamado Solimões, havia um Dr. Bastos pescador e também um peiAJORI 372 xe o tucunaré que, segundo a lenda, tinha as barbatanas brancas. Era rápido e matrei- sessão de pesca. Só lhe intero, coisa que surpreendia por ressava mesmo capturar o tujá ter uma respeitável idade. cunaré de barbatanas Não sei qual é a longevi- brancas.Encabulado, sempre dade dos peixes mas era um estava a indagar-se se algum branquiado(se refere às brân- companheiro já não se antequias) nos limites da longe- cipara a ele. Nada! O procurado não vidade habitual. Quanto ao pescador, o pegava mesmo as iscas. Eis que um dia, quase ao Zoroastro, já era tão idoso como, proporcionalmente, o por do sol, com as nuvens tucunaré.. Ele pensava e res- rosadas, passeando pelo céu, mungava sempre: “ Ainda hei Zoroastro firme no seu posde fisgar esse peixe matrei- to, com os olhos fixos no mergulho da linha, foi agitaro”. Com uma vara de carre- do por uma valente fisgada. tilha, com linha de 40 metros De um salto pôs-se de pé.. O mais ou menos(bem se vê peixe saltou fora dágua: Era que não era pescador profis- ele. O pescador com o coração sional) tentava quase todos os dias, como lhe facultava a aos saltos, segurou firme na magra aposentadoria , uma vara, destravou a carretilha

COLUNA DO ENSINO

que passou a desenrolar-se rapidamente. Feliz, sentindo sabor da vitória, deixou o pescado que nadasse muito em vertiginosa velocidade, até o fim da linha. Um tranco final já demonstrava que o tucunaré estava alquebrado. Zoroastro, orgulhoso vencedor permaneceu estático a pensar na vitoriosa façanha . E pensou...pensou... ---Não devo retirar esse campeão das suas águas. Afinal ele é o rei deste pedaço. E recolhia a linha enquanto o tucunaré se debatia menos, mostrando fraqueza, vencido Quando chegou às mãos do pescador, que ia devolvelo ao rio, as brânquias foram diminuindo os batimentos, e o rei daquele pedaço não se debateu mais. Estava morto. Zoroastro acabrunhado, não o levou para casa. Devolveu-o, ainda que morto, ao seu habitat natural, o rio..

35% da população está desnutrida e muitas crianças morrem antes do primeiro ano de vida. Quando todos os brasileiros puderem, pelo menos, tomar o café da manhã, almoçar e jantar, teremos dado um grande passo em frente. O Brasil conquistou projeção em muitos setores, e se transformou em uma verdadeira potência industrial, mas não conseguiu acabar com a fome. Alguém falou isso com muita propriedade. O trabalho jornalístico nos aproxima do sofrimento do povo. Passamos a conhecer as grandes disparidades. Muitas vezes, o jornalista participa, à noite, de um acontecimento social de destaque, para na manhã seguinte, estar em uma vila miserável, ou em locais onde prevalecem a fome, o desemprego e a violência. O sofrimento humano cala profundo em quem passa a conhece-lo frente a fren-

Newton Albuquerque

Males da escola de hoje

Newton Albuquerque sociedade que adota o prazer como ideal, em todas as direções – para tal sociedade, o objetivo da civilização é se divertir sem limites. Ou seja. A escola desistiu de conduzir os jovens à vida adulta. Nesse sentido, as autoras acertam em cheio ao apontar, diz o articulista, a profusão de praticas extra curriculares, fáceis e sem conteúdo, que servem para matar o tempo do jovem, como um dos grandes problemas da escola hoje em dia. Nem se pode abandonar o ensino do conteúdo ou deixar que os alunos escolham o que que-

rem aprender. É possível incluir todos os alunos na escola , sem nivelar por baixo. Isso, dizem as autoras, sem falar nas ideologias que banalizam o ensino, como se o papel da escola não fosse tirar o aluno do ignorância. Finaliza, é preciso destruir certos conceitos tão em moda no Brasil, como 1- A qualidade inquestionável da eficiência do trabalho em grupo; 2 – A postura critica sobreposta à absorção do conhecimento; 3 – A frouxidão e a permissibilidade , em vez de disciplina e cobrança; 4 - A prioridade das atividades “sociais” em vez de estudo persistente; 5 – A valorização das metodologias em vez de conteúdo. Um pouco de humor E havia aquela historia do cara que tinha o apelido de disco voador; - Baixinho , chato e ninguém acreditava nele!

ROUPAS E CALÇADOS INFANTIS MODA GESTANTE JOVEM E ADULTO SETOR DO BRANCO PARA QUEM USA BRANCO NO DIA A DIA

te. Seguramente a fome em nosso meio é muito maior do que se imagina. As estatísticas dizem que 35% da população não está suficientemente nutrida. A situação é mais complicada. Fome não é apenas a falta de alimentos. Muita gente ingere quantidade, mas não ingere qualidade. Faltam proteínas, faltam vitaminas. Isso gera desânimo, que por sua vez, compromete o trabalho e o estudo. Em muitas famílias, reduz-se a alimenta-

Silas Gehring Cardoso é redator chefe dos jornais Folha de Itapetininga e Tribuna Popular e presidente da AJORI Associação dos Jornalistas e Radialistas da Região de Itapetininga.

AUTO POSTO PAQUETÁ 24 HORAS

Em destaque no maior jornal do país, foi publicada, recentemente, importante assunto educacional, sob o titulo “A escola e os alunos que não aprendem”, de autoria de Roberto Leal Lobo e Silva Filho, professor titular aposentado do Instituto de Física de S. Carlos, da USP – Universidade de S. Paulo, da qual foi, também , reitor. Afirma que a educação brasileira está em crise e é preciso rever certas praticas, afirmações , em voga atualmente, que desvirtuam a finalidade principal da escola, que é a aprendizagem do conteúdo. Continua, o citado articulista, citando que vale lembrar, neste momento o Livro de autoras francesas, apontando cenário de 1980, degradante para a escola daquele pais e que soa tão familiar em nossas escolas. Assim elas consideram que a falta de disciplina nas escolas reflete uma

Silas Gehring Cardoso Ajori - 033

ção básica como forma de contenção de despesas. Em outras famílias, os adultos restringem a sua alimentação para que as crianças possam comer um pouco mais. Parcela significativa das crianças morre antes de completar o seu primeiro ano de vida. É uma taxa escandalosa. As condições sócio-economicas são diretamente responsáveis. Pessoas idosas, que poderiam viver um pouco mais, estão morrendo antes do tempo, porque a desnutrição criou um quadro irreversível. Ainda não falamos, aqui, na falta de recurso para a aquisição de remédio. O gasto com remédio, em muitas famílias, é superior ao gasto com alimentos. Fica evidente, nesse quadro, o total desespero de quem ganha muito pouco ou está desempregado. Esse é o Brasil real. Não adianta "contarmos vantagens" para impressionar o Mundo, quando nossa realidade social é essa. Precisamos enfrentá-las com realismo e com um correto diagnóstico.

Seu carro na melhor forma!

FONE: 3271-8011


Folha 30/10  

O melhor e mais moderno jornal da região

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you