Page 1

FOLHA DE ITAPETININGA FOLHA DE ITAPETININGA quinta-feira,29 de março de 2012.

ANO XLIll

Nº 6.223

home-page: www.folhadeitapetininga.com.br

Edição nº 6.223

página 1

s o n 43 A

nga tini e p Ita ião Com e Reg

Diretora - Proprietária: Benedita Rosely Salem Cerqueira

Itapetininga, quinta-feira, 29 de março de 2012.

e-mail: comercial@folhadeitapetininga.com.br

R$ 2,00

Pedágio dificulta acesso de parte da zona rural a Itapetininga Condenado e foragido da Justiça é capturado em Alambari Na noite do dia 24, por volta das 19h., na Rua Rio Claro, em Alambari, a Policia Militar, pelo Sds. Leite e José, após solicitação para averiguação de briga na praça do Bairro Tatetú, se deparou com um individuo que tinha ferimentos no nariz. Após abordagem via Copom, constatou-se que se tratava de Claudinei Francelino de Jesus, o qual estava sendo procurado e era foragido do Complexo Penitenciário de Itapetinin-

ga, onde cumpria pena após ser condenado por furto. Ele

foi encaminhado à cadeia da região.

Professores da Rede Municipal de ensino lotaram o Plenário na discussão do Projeto do Estatuto do Magistério

Moradores do Bairro Sabiauna e adjacências estão sendo penalizados com o pagamento do pedágio caso desejem dirigir-se de carro à sede do município. O problema lembra o que aconteceu no Distrito do Morro do Alto, onde a solução acabou sendo a construção de um trevo . o assunto inclusive foi levantado pelo vereador Marcos Cunha que está solicitando providencias à concessionária CCR - SPVias

Sesi Itapetininga inicia a temporada 2012 do Sesi Música com a apresentação da Banda Os Opalas O grupo interpreta os grandes sucessos do samba-rock e de suas vertentes em sessão gratuita no sábado (31), às 20h.

O Teatro do SESI Itapetininga apresenta gratuitamente no dia 31 de março, às 20h, o show Mistura Cultural, da ban-

da Os Opalas. O espetáculo faz parte da programação do SESI Música 2012 – Popular, projeto itinerante do SESI-SP. Pág 2

Sabesp realizará concurso publico para aprendiz A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESPrealizará concurso público para o preenchimento de

552 vagas de Aprendiz no Curso de Aprendizagem Industrial para a formação de Agente Adminis-

trativo- Sabesp/ Senai. O concurso será realizado pela Fundação Carlos Chagas. Itapetininga vai ser sede regional das provas , inclusive com vagas reservadas para pessoas com deficiência, Itapetininga terá 28 vagas no concurso, sendo que ao candidato com deficiência será reservada 5% das vagas por regional. Os candidatos devem ter idade entre 14 e 21 anos e 7 meses. Sendo que a remuneração inicial é de R$ 662,00. A aplicação das provas está prevista para o dia 6 de maio de 2012. Mais detalhes e informações na Sabesp.

O Plenário Humberto Pellegrini, da Câmara Municipal de Itapetininga, ficou totalmente lotado na sessão desta última segunda-feira, quando da discussão do Projeto dispondo sobre o Estatuto e o Plano de Carreira, Cargos e Salários do Magistério Público Municipal de Itapetininga. O Presidente Fuad Isaac suspendeu os trabalhos para que representantes dos professores pudes-

sem se manifestar, lembrando que havia recebido dois abaixo assinados de teor diferente, um pedindo a votação imediata do Estatuto e outro solicitando um prazo maior para que os detalhes pudessem ser amplamente debatidos. Como há divergências em relação ao projeto original encaminhado pelo Executivo, e como há substitutivos a serem debatidos, o projeto está sendo analisa-

do com toda a cautela necessária ,abrindo-se, democraticamente, espaço para as manifestações das diferentes opiniões, antes da deliberação final pelos edis. Os vereadores Mauri de Jesus Morais e Adilson Marcos Nicoletti, em pronunciamento, afirmaram que nada substitui o concurso público, que realmente avalia os méritos dos pretendentes.

Jovens de Itapetininga participam de curso profissionalizante O curso de Rotinas Administrativos tem duração de dois anos e é promovido em parceria com a Associação Comercial do município Um adolescente e três ex-internos do CASA Esperança, em Itapetininga, iniciaram, no último sábado, 24, um curso de Rotinas Administrativas, com duração de dois anos, no Centro Profissionalizante Municipal de Itapetininga (Ceprom), promovido em parceira com a Associação Comercial local. O curso é dirigido a jovens com mais de 14 anos, que tenham cursado pelo menos a 5ª série do Ensino Fundamental e que buscam o primeiro emprego. As aulas ocorrem todos os sábados, das 14 às 18 horas. No curso, os jovensaprendem noções de recursos humanos, contabilidade, vendas e atendimento ao cliente, entre outros tópicos. Segundo a articuladora social do CASA Esperança, Bruna Pandagis, devido à parceria com a Associação Comercial de Itapetinga, os jovens que concluem o curso já saem encaminhados para o mercado de trabalho. Para Bruna, o fato de três

ex-internos realizarem o curso é uma prova de que o trabalho do centro socioeducativo está no caminho certo. “Estamos tornando cada vez mais abrangente a missão de socioeducar”, acredita. A articuladora social esclarece que os jovens fizeram a seleção para participar do curso enquanto estavam internados na Fundação CASA. No primeiro dia de aula, eles estavam acompanhados por familiares. “Foi visível a satisfação da família e dos jovens com mais essa porta que se abre na vida deles”, conta. Criado em 1991, o Ceprom é um órgão da Prefeitura de

Itapetininga. Oferece atualmente 12 cursos regulares, alguns em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), além de cursos de férias e outros esporádicos. CÉU AZUL ALIMENTOS LTDA

CONTRATA Pessoas portadoras de necessidades especiais Os candidatos devem procurar a empresa na Rodovia Raposo Tavares, km 177, ou pelos e-mails: marcio.beneton@ceuazul.ind.br samuel.oliveira@ceuazul.ind.br


página 2

Edição nº 6.223

FOLHA DE ITAPETININGA quinta-feira,29 de março de 2012.

Sesi Itapetininga inicia a temporada 2012 do Sesi Música com a apresentação da Banda Os Opalas O grupo interpreta os grandes sucessos do samba-rock e de suas vertentes em sessão gratuita no sábado (31), às 20h. O Teatro do SESI Itapetininga apresenta gratuitamente no dia 31 de março, às 20h, o show Mistura Cultural, da banda Os Opalas. O espetáculo faz parte da programação do SESI Música 2012 – Popular, projeto itinerante do SESI-SP realizado em 20 teatros da entidade no estado. O grupo assumiu a mis-

são de difundir a música brasileira, mundialmente respeitada por sua alta qualidade e variedade rítmica, por meio da interpretação do vasto repertório da vanguarda do samba-rock e dos gêneros que o compõem – samba, soul, rock, jazz, groove, reggae, afrobeat. SESI Música 2012 – Popular Espetáculo: Mistura Cultural (Os Opalas) Local: Teatro do SESI Itapetininga – Av. Padre

Antonio Brunetti, 1.360, Vila Rio Branco. Data e horário: sábado (31), às 20h Capacidade: 252 lugares, sendo seis para cadeirantes. Duração: 90 minutos Recomendação etária: Livre para todos os públicos. Informações: (15) 3275-7950 / 7951 Entrada franca – os ingressos serão distribuídos com 1 hora de antecedência do início da apresentação.

Clube Venâncio Ayres Amanhã, encontro inaugura amanhã a sala sobre formação e “Mirian Rabelo Orsi” reforma de pastagem Fábio Barros

A diretoria do Clube Venâncio Ayres, em feliz iniciativa de sua diretoria, realizará amanhã, às 20h., em sua sede social, a inauguração da Sala “Mirian Rabelo Orsi”. A homenagem é para perpetuar o valioso trabalho artístico que a profª. Mirian desenvolveu durante vários anos e Itapetininga, em especial nos eventos venancianos, com destaque para o carnaval e espetáculos de dança, entre outros acontecimentos culturais. A sala no salão superior, abriga o famoso piano alemão, de cauda longa , Grotina Steinng Nachf. Trata-se de um patrimônio valioso do Clube Venancio Ayres e o piano é um dos cinco exis-

* Clínica

Amanhã, 30, o Sindicato Rural e a 43ª ExpoAgro de Itapetininga promovem o Encontro de apresentação final do “Projeto Piloto de Formação e Reforma de Pastagem”, através da recuperação, melhoria e manejo em área de 1 há da propriedade do sócio Marco Antonio Rezende. O projeto será próximo ao Centro Comunitário do Bairro Sabiá-Una.

tentes no país. Além dos familiares e amigos de Mirian Rabelo Orsi, os associados venancianos são convidados, es-

*Pet Shop

* Banho e Tosa

*Rações

*Medicamentos/Vacinas

Rua Lopes de Oliveira, 125 Centro-Itapetininga/SP

perando-se, também, pela presença da homenageada, hoje aposentada, longe do brilhante mundo artístico onde conviveu em Itapetininga.

Um ônibus fretado sairá da frente do Sindicato às 13 h. No local do evento, após recepção , a abertura será às 14h., pelo presidente Amauri Elias Xavier; 14:30h., apresentação do Projeto- piloto pelo dr. Jairo Guida Filho, zootecnista e supervisor técnico da empresa Fertilizantes Heringer. Depois , no Centro Comunitário do bairro, às 15h., em ví-

deo sobre o projeto haverá explanação pelo dr. Jairo Guida Filho, seguindo-se a apresentação dos Projeto de Pastagem Adubada e Rotacionada. No final, considerações do Banco do Brasil sobre financiamentos disponíveis ao produtor rural. Informações e confirmação de presença na sede do Sindicato Rural ou pelo fone (15) 3271-0811.

Solicitadas informações sobre o valor pago pelas 48 câmeras de segurança em Itapetininga Lembrando que o programa Fantástico da Rede Globo apresentado neste ultimo domingo, destacou em matéria de grande repercussão, que valores pagos por câmeras de vigilância foram de R$ 32.000,00 por unidade, quando o mesmo modelo adquirido pelo Tribunal Regional do Rio Grande do Norte teria custado R$ 11.000,00 por unidade, o vereador Adilson Nicoletti, chamou atenção para o fato de que nosso município gastou, segundo informado pela imprensa, R$ 2.300.000,00 na compra de apenas 48 câ-

meras, valor que teóricamente aponta para um custo de aproximadamente R$ 48.000,00 por unidade. Diante desse quadro , Nicoletti está solicitando ao Prefeito as seguintes informações: 1) Qual o valor efetivamente pago por cada uma das 48

câmeras adquiridas pelo Município? 2) Quantas câmeras estão em funcionamento atualmente? 3) Enviar com urgência, cópia de todo processo licitatório para compra das 48 câmeras de vigilância. 4) Outras informações julgadas de importância.

Adriana Quintella Ozi advogada R. Vicente Eugênio Piedade, 230 - Vila Barth CEP 18205-610 - ITAPETININGA -SP e-mail: adrianaozi@aei.com.br

(15) 3272-4447

Redação Administração, Publicidade: Rua Saldanha Marinho, 532 - Centro • Fone/Fax: (15) 3271-1576 Oficina: Rua Sofia Cerqueira, nº 125 - Centro CEP 18200-005 • Itapetininga • São Paulo Registrado no Cartório Oficial de Registro de Pessoa Jurídica de Itapetininga sob o nº 004437

homepage: http://www.folhadeitapetininga.com.br e-mail: redacao@folhadeitapetininga.com.br Proprietários: Benedita Rosely Salem Cerqueira e filhos Jornalistas Responsáveis: José Octávio Salem Cerqueira - Registro nº 52.755/SP Marcello Salem Cerqueira - PR1226 Diretores Adjuntos:José Octavio Salem Cerqueira e Marcelo Salem Cerqueira Redator Chefe: Silas Gehring Cardoso Repórter: Jorge Luiz de Almeida - MTB 37782 Diretor Comercial - Carlos Renato M. Gomes, José Raimundo Correia Diagramador: Henrique José de Oliveira Almeida

Colaboradores Alberto Isaac, Carlos José de Oliveira, Darcy Pereira Pinto, Dirceu de Campos, Dr. Bastos, Dr. Jorge Paunovic, Joel Franco, Proj. Amar Bem (Dr. Moacir Costa), Manoel Silvério, Marcos Cintra, Mauro M. Leonel, Maria do Carmo A. Franco, Waldomiro B. Carvalho, Roque Rolim Guilherme. Representante Exclusivo: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Brasília. Consórcio Brasileiro de Imprensa - CBI - Av. José Maria Whitaker, 890 CEP: 04057-000 - SÃO PAULO - SP FONE: (11) 5589-4643 - FAX (11) 5589-4662 A redação nao se reponsabiliza pelos conceitos e artigos assinados. Fica esclarecido que os colaboradores com colunas assinadas não tem vínculo empregatício com a Editora Folha de Itapetininga Ltda, exceto os que tiverem contrato assinado com a mesma.

ESCRITÓRIO DE VENDAS


FOLHA DE ITAPETININGA quinta-feira,29 de março de 2012.

página 3

Edição nº 6.223

POLICIAIS

Alckmin entrega 200 bases da PM e anuncia outras 50 inclusive para região O governador Geraldo Alckmin entregou 200 novas Bases Comunitárias Móveis (BCM) na manhã desta segunda-feira (26), em cerimônia realizada no Vale do Anhangabaú, centro da Capital. Outras 50 bases tem previsão para serem entregues em abril. Com um custo de R$ 29,6 milhões, as novas bases serão incorporadas às 265 já existentes, totalizando 465 veícu-

los, distribuídos entre Capital, Grande São Paulo, litoral e interior. Essas bases móveis têm como principais recursos a possibilidade de registrar boletins de ocorrência, locomoverse entre diversos quarteirões, cobrindo uma área maior, e trabalhar em conjunto com os moradores da região. Essa aliança entre policia e comunidade é um dos pilares da Policia Militar. “A polícia

comunitária é um dos três princípios que regem a Policia Militar de São Paulo. Primeiro os direito humanos. Em segundo, o trabalho de gestão com uso de tecnologia. O terceiro princípio é o trabalho com polícia comunitária. É assim que vamos construir juntos, governo e população, a segurança de São Paulo. A participação de todos é fundamental, essa é a

filosofia da polícia comunitária”, explicou o comandante geral da PM, coronel Álvaro Camilo. A importância das novas bases também foi destacada pelo Governador Geraldo Alckmin. “A base dá um ganho de eficiência, aproximando a polícia do bairro. Às vezes, movendo-se dois ou três quarteirões, essas bases vão realizar um trabalho maior. Ela tem a mobilidade para surpreender atividades criminosas, levar o policiamento para todo o bairro ou a região”, afirmou o governador. “O bairro conhece o policial, confia nesse policial e trabalha com ele. Ao mesmo tempo, a polícia conhece o local, as pessoas e

CROSP-5.209

Clinica Ger al - Or todontia Geral Ortodontia Internet gratuita WI-FI. Venha conferir

Implantes

Cirurgias Avançadas Dr. Carlos Alberto do Nascimento Telefone para Contato 3271-0889 Rua Alberto Ernesto Güinter, 22 - Rechã - Tel.: 3307-3152 Rua Natal Favalli, 519 - Angatuba - Tel.: 3255-1205 Rua Monsenhor Soares, 1.032 - Centro - Itapetininga/SP

seus problemas”, concluiu Geraldo Alckmin. Os veículos contarão com computadores de bordo e poderão registrar ocorrências como furtos, roubo de veículos e desaparecimento de pessoas. Elas também funcionam para policiamento preventivo, reforçando locais estratégicos ou de maior risco. Além disso, os moradores do bairro terão liberdade para trocar informações e fazer denúncias aos policiais, que permanecerão sempre na mesma região para estreitar a relação com os moradores. As viaturas são distribuídas de acordo com os índices de criminalidade e estatísticas do Estado, que são

divulgadas mensalmente pela Secretaria de Segurança Pública. Distribuição A capital receberá 62 bases, 44 irão para a Grande São Paulo e 92 para as cidades do interior. Das duas restantes, uma fica na Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB) e outra na Escola Superior de Soldados (ESSd). Das 92 bases destinadas ao interior, 14 irão para a região de Campinas e mais 14 para a Baixada Santista e o Vale do Ribeira. O Vale do Paraíba e o Litoral Norte ficarão com 13. A região de Bauru recebe 11 bases, a de Ribeirão Preto terá mais dez, a de Piracicaba mais nove, a de Sorocaba mais oito e a de São José do Rio Preto mais seis. Quatro irão para a região de Araçatuba e três para a de Presidente Prudente. Com a entrega, as 265 Bases Comunitárias Móveis passam a ser 465 em todo o Estado – 170 na capital, 92 na Grande São Paulo e 199 no interior, além das duas que ficarão nas unidades da PM.


página 4

Edição nº 6.223

FOLHA DE ITAPETININGA quinta-feira,29 de março de 2012.

Aprovado aprova projeto que obriga executivo a apresentar documentos nos pedidos de informação Na sessão ordinária desta ultima segunda-feira, 26 de março, a Câmara Municipal de Itapetininga aprovou, em Primeira Discussão e Votação, a Proposta de Emenda à Lei Orgânica do Município de Itapetininga, incluindo, no parágrafo 3 do art. 73 dessa lei, a seguinte redação: “ As informações prestadas à Câ-

mara Municipal deverão ser acompanhadas de todos os documentos solicitados no requerimento do Poder Legislativo, sob pena de não ser considerada prestada a informação, sujeitando o infrator às responsabilidades legais”. Em suas justificativas, os dez vereadores autores enfatizaram que uma das funções do

Poder Legislativo é fiscalizar o Poder Executivo e que essa função, muitas vezes só pode ser efetivamente exercida se os parlamentares dispuserem dos documentos constantes na administração, lembrando que é principio básico do Poder Publico a publicidade de todos os atos administrativos.

Alckmin anuncia queda de 93% nos casos de dengue em SP Balanço aponta 2,2 mil casos autóctones neste ano, contra 32,5 mil no mesmo período de 2011 O número de casos de dengue no Estado de São Paulo caiu 93% em 2012 em comparação com o mesmo período do ano passado. É o que aponta balanço preliminar da Secretaria de Estado da Saúde com base em boletim produzido pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado (CVE) e anunciados pelo governador Geraldo Alckmin nesta quarta, 28. "Isso se deve ao engajamento político de todos: Governo do Estado, Sucen, prefeituras, informação, trabalho dos meios de comunicação, participação da sociedade. Um conjunto de fatores. E a dengue mata. A dengue hemorrágica ela é grave. Então, essa redução de casos autóctones, de casos do Estado, ela é uma extraordinária notícia", declarou Alckmin. De janeiro até a última semana os municípios paulistas informaram, por intermédio do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan), 2.253 casos autóctones (com transmissão dentro do estado) de dengue. No mesmo período do ano passado houve 32.579 casos confirmados da doença. A Secretaria trabalha, primordialmente, com diagnósticos sorológicos de dengue, realizados por intermédio da rede de laboratórios do Instituto Adolfo Lutz. A queda ocorre apesar da entrada do vírus do tipo 4 da dengue no Estado, em 2011. A cidade de Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, lidera o número de casos informados à Secretaria pelo Sinan, com 408, seguida pelo município de Pontal, com 300, e Potim, com 200. As regiões do Vale do Paraíba, Ribeirão Preto eAraraquara concentram 67% do total dos casos de dengue no Estado, com 1.350 confirmações.

Até o momento foi confirmada uma morte por dengue no município de Pontal, região de Ribeirão Preto, ocorrida em janeiro. No passado houve 50 mortes ocasionadas pela doença e, em 2010, 140 óbitos por dengue. Dos 645 municípios do Estado de são Paulo, 490 não registraram nenhum caso da dengue até agora. "A redução é expressiva, mas não podemos baixar a guarda. O trabalho deve ser diário e contínuo, com a fundamental colaboração de todos os paulistas no combate aos focos do mosquito Aedes aegypti", disse o secretário da Saúde, Giovanni Guido Cerri. São Paulo iniciou na última segunda-feira uma Semana Estadual de Mobilização Contra a Dengue. São 25 mil agentes de controle de vetores trabalhando em todo o Estado (http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=218192). Foram programadas atividades especiais, entre arrastões, panfletagens, pedágios, distribuição de adesivos e imãs de geladeira, palestras, apresentações de teatro, exposições e passeatas, além de mutirões de limpeza, visitas casa a casa, remoção de criadouros e visitas de imóveis estratégicos e especiais, como ce-

mitérios e ferros-velhos. Cada município programou suas atividades, que acontecem até dia 30 de março, sexta-feira, e em alguns locais até sábado. Ações contínuas A Secretaria investe anualmente R$ 40 milhões para ajudar os municípios paulistas no combate à dengue. Em outubro de 2011 a pasta lançou um Plano de Intensificação das Ações de Vigilância e Controle da Dengue, mobilizando prefeitos e gestores de saúde de 283 municípios paulistas considerados prioritários, definidos com base em indicadores como indicadores como série histórica de dengue, índices de infestação predial e densidade populacional. Foram novidades em relação às ações executadas nos anos anteriores, como apoio dos agentes da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) nas visitas casa a casa, não somente em ações de nebulização, capacitação dos agentes de controle de vetores, agentes comunitários e o chamado "Treinamento Express" para profissionais de saúde, no próprio local de trabalho, focando temas como manejo clínico, avaliação de risco e organização de serviços.

OU FICAR A PÁTRIA LIVRE OU MORRER PELO BRASIL Orlando Pinheiro ...Eu assisti ao vivo a famosa Revolução de 64, aquela que transformou o Brasil. Eu era um menino de calça curta, mas a minha memória ia longe. Comecei ruminar essas mudanças quando numa manhã igual à tantas, minha mãe e eu saíamos do açougue do Dito Das e vimos a Rua Manoel Fogaça tomada pela cor verde oliva dos batalhões acompanhados de tanques, enquanto aviões militares davam vôo rasante sobre a cidade. Não era ainda a Revolução de 64. Era o mês de agosto de 1961quando Jânio Quadros havia deixado o poder, fugindo pela porta dos fundos com medo das forças ocultas que Sempre assombravam o poder, se não conseguisse corrompê-lo. Que forças eram essas, capazes de fazerem o presidente desistir do mandato a gente nunca soube. Afinal, eram ocultas. ...Pensava-se que Jânio fugiria pela velha estrada da Ribeira (hoje SP-139) para alcançar o sul do país, conforme já tinha acontecido durante a Revolução de 32. Fatos semelhantes também já haviam acontecidos em 20 e 30, obrigando o povo a se esconder no mato. Somente quando a revista “O Cruzeiro” trouxe a notícia com foto de Jânio fugindo para Mato Grosso com sua DKW, o povo ficou mais tranqüilo. Mas o estopim já estava aceso. Em razão do imbróglio pelo qual passava o país que havia caçado até o vice-presidente João Goulart, os chefes políticos da cidade, sempre França e Fogaça, passaram a comentar sobre um tal de voto do “sim” e “não”. Votar sim era manter o presidencialismo o não, segundo os líderes da cidade, era abrir precedência para o parlamentarismo e isso favoreceria os comunistas, indo até contra os princípios defendidos até pelo padre Francisco, recém promovido a cônego. ...Comunismo era uma coisa que tomava forma assombrosa em São Miguel Arcanjo. Havia necessidade de muita oração para estancar esse mal social que poderia se instalar no país feito um cancro político. E se o comunismo não era bom para os americanos, não deveria ser bom para os brasileiros. Assim começou pre-

gando o padre Jayme que substituiu o padre Francisco e depois, o então cônego Francisco deu continuidade ao mesmo tema. Hoje, já homem feito fico questionando os temores daquela gente. Se a cidade atual é carente de tanta coisa, naquela época era muito pior. Não tinha nem saneamento básico e telefone. Fosse lá o regime qual fosse a cidade não tinha nada, mas nada mesmo a perder. ...O meu irmão Ari era um moço esperto. Havia conseguido ser correspondente de um dos melhores jornais do país, o famoso “Correio Paulistano”. Associado ao um amigo comum, chamado Plínio Maziero resolveu criar na época o Clube Literário “Asas Brancas” envolvendo poeta, cantores e compositores da cidade. Além da união dessa plêiade de astros de primeira grandeza, decidiu-se criar um jornal denominado “O Desbravador”, impresso na tipografia do Juventino de Almeida, com o slogan “um jornal a serviço da verdade”. Não deu outra! Antes que a revolução acontecesse-o jornal saiu em fevereiro - o delegado, o amigo do delegado e aquele outro que não quis dizer nome porque era muito amigo, cuidaram para que a edição se empastelasse. ...Plínio Maziero viemos saber tempos depois era um militar graduado com idéias diferentes àquelas apregoadas pelo regime. O capitão Plínio Maziero faleceu em Belém do Pará em 2006, promovido “post mortis”à major paraquediststa do CIGS (Centro de Instruções de Guerra na Selva) na Amazônia.A última vez que Plínio nos visitou em São Miguel foi em 1973 e ainda atuou como júri num concurso de beleza na Festa da Caridade. Antes, em 1970 ele apareceu como colecionador de mapas do município. Na verdade ele estava no encalço de Carlos Lamarca. Sem que a maioria percebesse, a situação começava a se modificar. Em pouco tempo as cabeças pensantes da cidade iam desaparecendo, incluindo um professor de matemática de nome grego, Xenofonte, defensor ferrenho do regime comunista soviético. ...A tomada de poder em 31 de março de 1964 foi um aconte-

cimento festivo na cidade que engalanou a noite, com políticos da região assumindo o coreto para apregoar a redenção do Brasil, agora na mão das Forças Armadas, que nomeou para Presidente o Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, que assumia com o compromisso de devolver sanado o pais atolado em dívidas desde os tempos das Capitanias Hereditárias, logo que Cabral se ajoelhou no chão desta Terra de Santa Cruz. A presença feminina da vereadora Itapetiningana Juliana Fabiano Alves desfraldando a bandeira do Brasil enquanto convidaram o jovem estudante Narlyr Miguel Neto para esconjurar publicamente os símbolos da foice e do martelo declamando solenemente: “Que caia sobre mim, o pendão verdeamarelo.Longe de mim, a foice e o martelo”. ...Dizem que até hoje existem inúmeros parlamentares que odeiam a foice e o martelo. São símbolos de serviço pesado. Mas, a inesquecível noite de 31 de março encheu de ufanismo aquela gente simples carente de tudo, sem nenhum recurso, salário digno e principalmente emprego para se livrar da escravidão de ser bóia fria a vida inteira, até o último suspiro. Tempos depois, a cruzada cívica tomava outro rumo conduzindo o povo a pagar com a derrama do suor, o imposto da liberdade propagada naquela noite. O povo agora tinha que “dar ouro para o bem do Brasil”. Num salão cedido pelo Policarpo Torrell Filho a população era convidada a participar. Mesmo aqueles que não tinham nem ouro e nem prata, mas se tivesse dez cruzeiros deveriam contribuir para engrandecimento da nação. Foi talvez pensando no futuro dos seus filhos neste país esmoleiro que meu pai, já alquebrado pelas procelas dos anos de serviço pesado, retirou dos dedos grossos a única jóia que trazia consigo como partilha de toda uma vida: sua aliança. Depositou-a humilde como se fosse seu dízimo aos pés do altar da pátria nesse instante, enquanto alguém lhe colocava no mesmo dedo, em substituição à dádiva oferecida, um anel de latão com as inscrições em alto relevo: “Dei ouro para o bem do Brasil”. ...Até a semana.

Tony Berchmans se apresentará no Sesi no dia 30 Acompanhando clássicos do cinema mudo, o pianista improvisa a trilha sonora musical ao vivo. A sessão gratuita será realizada na sextafeira (30), às 20h. O Teatro do SESI Itapetininga apresenta gratuitamente no dia 30 de março, às 20h, o show CinePiano, de Tony Berchmans. O espetáculo faz parte da programação do SESI Música 2012 – Erudito, projeto iti-

nerante do SESI-SP realizado em 20 teatros da entidade no estado. O espetáculo resgata a criatividade das antigas apresentações musicais que enriqueciam as exibições do cinema mudo. Acompanhando clássicos da época, o pianista e compositor improvisa a trilha sonora musical ao vivo, misturando excertos de composições eruditas com música original do próprio, sem

perder o sincronismo e os momentos emocionais. O pianista Tony Berchmans é autor do livro A Música do Filme – Tudo o que você gostaria de saber sobre a música de cinema. Compositor e produtor musical, o artista iniciou sua formação musical aos sete anos de idade tendo estudado piano, violoncelo, flauta e teoria musical. Espetáculo: CinePiano

(Tony Berchmans) Local: Teatro do SESI Itapetininga – Av. Padre Antonio Brunetti, 1.360, Vila Rio Branco. Data e horário: sexta-feira (30), às 20h. Capacidade: 252 lugares, sendo seis para cadeirantes. Duração: 60 minutos Recomendação etária: Livre para todos os públicos. Informações: (15) 32757950 / 7951 Entrada franca – os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início da apresentação

Aluga-se em Peruibe para temporada e final de semana. Temos Kitnets e suítes com frente para o mar Contato com Dalila ou Nico Tel:. (15) 3272 6483 (13) 3458 4239 WWW.pousadadadani.com.br

Natação & Fitness

* Atividades : Natação - Hidroginástica - Acqua Mix - Musculação * Programas : Bodypump - Power Jump Bodycombat

Rua Benedito Leonel Ferreira, 71 / Tel: 3373-3535/3511-5174


FOLHA DE ITAPETININGA Quinta-feira, 29 de março de 2012

página 5

Edição nº - 6.223

Folha Social “Nostravamos” em festa em seus 21 anos

Amigos em encontro familiar

Na noite do último dia 17, confraternizaram em jantar , amigos e familiares do panificador Luiz Carlos Antunes. Na foto, ao lado da esposa Eliete em pé, estão alguns familiares e amigos presentes ao acontecimento.

Na noite do último sábado , 24, o “Nostravamos”, agremiação esportiva que atua no Clube dos Bancários, festejou, em jantar dançante, seu 21º aniversario, reunindo diretores, sócios, atletas e familiares. Nas fotos, aspectos do salão festivo e dos diretores. Sábado, divulgaremos mais alguns detalhes da bonita noitada.

Carneiro - Pintado e Jaú na Brasa

Gurijuba

Filé de Truta Pirarucu Salmão

Jantar as Sextas 900

G.E.AP.A - Grupo de Evangelização e Apoio aos Portadores da AIDS - Itapetininga/SP Kit Medidor de Glicemia Performa – R$ 39,90 (Monitor + Lancetodor+agulha) Balança Digital – R$ 49,90 Fita teste Accu Chek Active c/ 50 n – R$ 75,00 Fita teste Accu Chek Performa c/ 50 n – R$ 79,00 Monitor de pressão digital pulso Omron R$ 159,00 Temos Fraldas Geriatricas Cobrimos Qualquer oferta da concorrencia

Vende-se 7 galoes de defensivo Agricola GLIZ MAX fone: 96204484 Vende-se 30 novilha Nelore 96204484

OS MELHORES PRODUTOS E OS MENORES PREÇOS!!!

R.: Padre Albuquerque, 182


página

6

Edição nº - 6.223

FOLHA DE ITAPETININGA Quinta-feira, 29 de março de 2012

Estudos do IAC ajudam a verificar que vírus do tomate também ataca a batata Transmitido pela mosca branca, inseto de difícil controle químico, o Crinivirus (Tomato chlorosis vírus – ToCV) já é velho conhecido dos agricultores de tomate. Em 2011, pesquisas com a participação do Instituto Agronômico (IAC), de Campinas, constataram que o vírus está atacando também os batatais do país. Além da redução na produtividade, que pode variar de 20% até mais de 50%, o vírus afeta também o uso da produção como batata-semente certificada, ou seja, de alta sanidade e livre de doenças. Em junho de 2012, o IAC completa 125 anos de ininterrupta pesquisa agrícola. Em meados da primeira década do século XXI, os batatais brasileiros voltaram a manifestar sintomas similares àqueles causados pelo vírus do enrolamento das folhas da batata – PLRV, praticamente erradicado na década de 1990. Esses fatos preocuparam muitos estudiosos da cultura, como o pesquisador do IAC, José Alberto Caram de Souza Dias, que logo levantou a possibilidade de o PLRV, transmiti-

do por pulgão, pudesse agora estar sendo também transmitido pela mosca branca. Testes realizados no IAC comprovaram que, apesar de a transmissão ocorrer de forma pouco eficiente pela mosca branca, a maioria das plantas com sintomas típicos causados pelo PLRV não estavam contaminadas por esse vírus. Foi só em 2011 que pesquisadores da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ), em testes para detecção de vírus transmitido por mosca branca em amostra de tubérculos de batata, constataram a presença de uma espécie de vírus recém-introduzida na tomaticultura brasileira, o Tomato chlorosis vírus (ToCV), que é uma espécie do gênero Crinivirus, transmitido por mosca branca. Esses pesquisadores, com base nos estudos do IAC, confirmaram a associação do ToCV com os sintomas típicos do PLRV em plantas de batata. “Verificamos a expansão de nova virose na bataticultura, o Crinivirus, que é transmitido por diferentes espécies da mosca branca, principalmente a Bemisisa taba-

ci, inseto de alta infestação e difícil controle químico, capaz de se alimentar de mais de 600 espécies de plantas e transmitir mais de 70 diferentes viroses na agricultura”, diz o pesquisador do IAC, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Os prejuízos financeiros são muitos. Além da redução na produtividade, o produtor é obrigado a comprar, com maior frequência, batata-semente certificada para garantir que a próxima safra esteja livre de viroses e outras doenças. “Para atender a demanda do produtor, o Brasil tem que importar cada vez mais lotes básicos de batatasemente de alta sanidade e livre de vírus, o que causa dependência do mercado externo”, afirma Caram. O melhor remédio contra o Crinivirus é a prevenção, uma vez que a cura de plantas infectadas por vírus não é um procedimento aplicável na agricultura. “As viroses são geralmente transmitidas por insetos vetores tais como o afídeo ou pulgão, o ácaro, o tripe e a mosca branca. Nesses casos, o controle deve ser

direcionado a esses agentes vetores, especialmente durante a fase mais jovem da plantação e, portanto, mais suscetível à contaminação em campo”, explica o pesquisador. Para evitar a contaminação das lavouras por viroses, Caram informa que é importante escolher local e época de plantio com menor incidência ou ausência do vírus e dos agentes vetores. Outra dica é escolher variedades mais resistentes às viroses e efetuar o controle dos insetos vetores de forma integrada, ou seja, químico, físico e biológico. Além disso, o pesquisador ressalta que é imprescindível avaliar a sanidade da cultura durante todo o ciclo. “O controle pode ser feito através da exposição de plantas indicadoras da virose e testes laboratoriais de amostras da produção”, afirma. Uma alternativa que pode garantir uma lavoura livre de viroses é a produção de batata-semente em estufa a partir da tecnologia Broto/Batata-Semente, desenvolvida pelo IAC. “Se o lote de tubérculos comprados como

batata-semente é livre de vírus, seus brotos serão livres de vírus”, diz o pesquisador. Enquanto os tubérculos desbrotados são plantados normalmente em campo, para aumento do lote de batatasemente básica, os brotos são plantados dentro de ambiente protegido. Esses brotos dão origem a minitubérculos também livres de vírus. “Todo o processo de produção de batata-semente se beneficia com menor custo na produção e maior sanidade”, completa. Com essa nova virose, transmitida por mosca branca, sempre que o produtor for plantar um lote de tubérculossemente de alta sanidade em campo, deverá pensar em obter maior taxa de multiplicação desse lote de batatasemente, fazendo o aproveitamento dos brotos, segundo a tecnologia IAC, do Broto/ Batata-Semente. Com essa tecnologia, o produtor dobra o lote de batata-semente básica (na forma de minitubérculos), reduzindo o risco da rápida contaminação que geralmente ocorre nos tubérculos batata-semente quando plantados no campo.

Com a aplicação dessas práticas recomendadas pelo IAC, evita-se a rápida contaminação e, portanto, consegue-se a manutenção da sanidade do lote de batatasemente básica “Se não há plantas infectadas no campo, e se este está distante de outros contaminados, o risco de o inseto vetor disseminar o vírus de fora ou dentro da lavoura é menor. No caso da plantação dos brotos, que é feita dentro de telados antiinsetos, também se reduz o risco de viroses na produção extra de minitubérculos-sementes”, explica Caram. O produtor interessado em conhecer a tecnologia do broto de batata-semente pode procur a r, n a F u n d a ç ã o d e Apoio à Pesquisa Agrícola – FUNDAG – (www.fundag.br), o CD que ensina o passo a passo para a produção de minitubérculos de batata a partir do broto. Além disso, o pesquisador do IAC José Alberto Caram de Souza Dias pode atender qualquer solicitação através do e-mail: jcaram@iac.sp.gov.br

Qualidade dos cafés será avaliada em concurso O secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Elmiro Nascimento, vai anunciar nesta hoje 29, às 16 horas, em Belo Horizonte, a realização do 9º Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais. A reunião contará com a participação de representantes das instituições vinculadas à Secretaria, entidades que congregam os produtores, universidades e órgãos de pesquisa parceiros na realização do concurso. A competição é aberta aos produtores das quatro re-

giões cafeeiras do Estado: Cerrado, Chapadas de Minas, Matas de Minas e Sul de Minas. O objetivo principal é oferecer estímulo aos cafeicultores estaduais, em sua maioria agricultores familiares, para buscarem a melhoria da qualidade, que possibilita o aumento da competitividade do produto no mercado interno e externo e a consequente elevação da renda nas propriedades. De acordo com o coordenador do concurso, Marcos Fabri Junior, os interessados

em submeter cafés à avaliação deverão entregar a partir de 6 de setembro, nas unidades da Emater-MG, suas amostras exclusivamente de café Arábica, produzido no ano safra de 2012. “As etapas de classificação e degustação serão de 10 de setembro a 11 de novembro. Já o encerramento, com o anúncio dos vencedores, ocorrerá na última quinzena de novembro”, informa. Os cafés com as melhores classificações serão leiloados depois da solenidade de encerra-

Matriz Av. 5 de Novembro, 2077 - Vila Nastri - Itapetininga

mento. No ano passado, o lance mais alto obtido no leilão foi de R$ 5 mil por uma saca de 60 quilos. Bons resultados De acordo com Fabri Junior, o Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas, na edição de 2011, contou com 1.637 amostras. Cento e seis foram classificadas para o final da competição, sendo 48 amostras na categoria natural e 58 na categoria descascado. O café de categoria natural da propriedade de Antônio Melo Canato (Carmo de Minas) ficou classificado em primeiro lugar no grupo do Sul de Minas e foi considerado também o melhor do Estado. Todos os produtores que participaram do concurso receberam um laudo de seus respectivos cafés com o resultado da análise sensorial, com notas de zero a cem, dentro das normas da Associação Brasileira de Cafés Especiais. Os cafeicultores que inscreverem seus lotes na competição deste ano também receberão o laudo, informa o coordenador.

Parceiros O 9º Concurso Estadual de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais é realizado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento – por meio da Emater-MG – em conjunto com a Universidade Federal de Lavras (Ufla). A iniciativa tem a parceria de diversas instituições, como o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Em-

presa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Organização das Cooperativas de Minas Gerais (Ocemg), Federação de Agricultura (Faemg), Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetaemg), Centro de Excelência do Café, Polo de Excelência do Café, e Instituto Federal de Ensino e Tecnologia de Machado.

Auto Escola CFC A E CFC B

...35 anos de tradição Curso para renovação de carteira de habilitação diurno e noturno

Av. Francisco Válio, 438 - Centro- Itapetininga - SP Fone: (15) 3271-2273

Filial / Av. Governador Lucas Nogueira Garcez nº 324 - Centro Capão Bonito


FOLHA DE ITAPETININGA Quinta-feira, 29 de março de 2012

página 7

Edição nº - 6.223

Matérias - Uol Esportes

Folha nos Esportes Demissionário, Ricardo Teixeira continua sócio do Comitê da Copa e pode lucrar no negócio Duas semanas após renunciar como chefe do comitê organizador da Copa 2014, Ricardo Teixeira ainda mantém seu nome nos arquivos da Junta Comercial do Rio de Janeiro (Jucerja), como sócio cotista da empresa. Enquanto essa alteração não for formalizada, Teixeira continua sócio da empresa COL, montada em 2008, ligada à Fifa e com fins lucrativos. O COL é uma sociedade limitada responsável por negócios da Copa das Confederações e Copa 2014. A empresa trabalha em sintonia direta com a Fifa e pode ter lucros comerciais na promoção, organização e realização dos eventos. Ricardo Teixeira renunciou ao cargo de presidente da CBF e do COL. Teixeira era sócio minoritário da empresa COL, tendo a CBF

que ele presidia como majoritária. José Maria Marin é o novo presidente da CBF. Mas até essa mudança na CBF precisa ser formalmente arquivada na Jucerja, para que seja formalizada a saída de Teixeira da administração das duas entidades. “A alteração é necessária pela empresa COL, mas a lei não dá prazo para o registro dessa mudança”, explicou a secretária da Jucerja, Valéria Gaspar Terra. A secretária disse ainda que o mercado costuma cobrar dos sócios das empresas alterações formais no quadro societário, sob risco de perda de valor em assinaturas de contrato e movimentações financeiras. Oficialmente, o COL é uma empresa ligada à Fifa e tem fins lucrativos. Seu contrato social estabelece a

constituição de um conselho administrativo e, até, de um conselho consultivo. Segundo o Código Civil, um sócio cotista que se desliga de uma empresa tem até 30 dias para transferir sua participação a um terceiro ou oferecer sua parte ao sócio majoritário. “Tecnicamente, Ricardo pode estar trabalhando no Comitê”, concluiu a secretária da Jucerja. Como sócia majoritária do COL, a CBF precisará arquivar na junta comercial um documento de mudança de presidentes, comunicando a saída de Ricardo Teixeira e a entrada José Maria Marin na direção da CBF. Como controladora do COl, a CBF terá ainda de comunicar a saída de Teixeira (sócio minoritário) do quadro da empresa ligada à Fifa para que um novo contrato

seja feito e aprovado. O nome jurídico da empresa é Copa do Mundo Fifa 2014 Comitê Organizador

Brasileiro Ltda. A empresa deverá ser encerrada em até 18 meses após o encerramento da Copa 2014.

A administração do COL, que tem sede no Rio de Janeiro, não forneceu por e-mail os nomes dos conselheiros e da

Em boa fase, Leão reclama de Recuperado de problema falta de atenção ao São Paulo: cardíaco, Renato Abreu volta "não se importam conosco" a treinar no Fla nesta quinta

Respaldado pela boa fase e pela recém conquista da liderança do Paulistão, o técnico Emerson Leão reclamou da falta de atenção dispensada pela mídia ao São Paulo. O treinador até tentou desconversar, mas deixou claro o descontentamento pela diferença entre as “manchetes” do seu clube e dos rivais na imprensa. “Não estavam olhando para nós. As manchetes, que já não eram do São Paulo, continuam sem ser do São Paulo. Não se importam conosco. E que continue assim porque está tudo bem”, declarou Leão. O São Paulo atravessa o melhor momento na temporada, pois vem de uma série de sete vitórias consecutivas e dez partidas sem ser derrotado. Em cinco destes jogos, o Tricolor não sofreu nenhum gol. O time do técnico Emerson

Leão foi recompensado pelo bom momento na última rodada, quando derrotou o Mirassol por 1 a 0 e, beneficiado pela derrota do Palmeiras no clássico contra o Corinthians, voltou a assumir a liderança da competição. Apesar de reivindicar holofotes, Leão tentou mostrar cuidado com as palavras ao exaltar a forma simples (no seu

ponto de vista) com que o São Paulo conseguiu reagir na temporada. O treinador confessou que não irá poupar esforços nem jogadores para se manter na primeira posição do Paulistão até o final do primeiro turno. “Nossa melhora não foi por acaso. Tivemos um desempenho muito simples de subida, de maneira consciente, sem barulho e com muita produção coletiva. Vale muito o primeiro lugar, porque foi conquistado depois de muito trabalho”, exaltou Leão. “Mas não é por isso que tem de ficar em êxtase, é preciso continuar atuando com simplicidade. Estamos na reta final, agora vão caçar o líder”, complementou o treinador.

Após passar por uma intervenção cirúrgica para corrigir uma arritmia cardíaca, o meia Renato Abreu está liberado para voltar aos treinos no Flamengo já nesta quintafeira. De acordo com o departamento médico do clube, o jogador apresentou uma evolução satisfatória após a operação e passou bem pelos exames realizados na última terça, ficando às disposição da comissão técnica rubro-negra. "Está tudo normal com o Renato. A evolução dele foi ótima e ele voltará a treinar já nesta quinta. Montamos uma programação para ele e isso já foi entregue ao departamento de futebol. Mas não existe nenhum problema", garantiu Serafim Borges, cardiologista do Flamengo que acompanhou todo o processo de recuperação do atleta. A ideia inicial da comissão técnica é que Renato ainda treine em um ritmo diferente dos demais companheiros, já que está há cerca de 20 dias sem realizar nenhuma atividade física. Aos poucos, o camisa 11 deverá recuperar o

ritmo ideal e ficar à disposição do técnico Joel Santana. "É um procedimento padrão. O programa de treinos é gradual só pelo fato dele ter ficado parado um tempo, recuperando-se de uma intervenção médica", explicou o médico rubro-negro, em entrevista ao site oficial do clube.

No último dia 10, Renato passou por um procedimento cirúrgico. Na ocasião, o jogador corrigiu uma arritmia cardíaca detectada em um exame de rotina que o impedia de jogar futebol. O procedimento consistiu na inserção de um cateter pela virilha do atleta, até o lado direito do coração.


página

8

Edição nº - 6.223

CORRUPÇÃO Parece que está havendo uma epidemia de corrupção, pois surge continuamente vários casos. Os grandes desonestos , os médios e os pequenos, em todas as classes sociais. Esperemos que sejam julgados, presos e obrigados a devolver o que tiraram, sem distinção, ricos, pobres, ou milionários. Mas se fizerem isso, o que farão com esse dinheiro todo? Será usado de maneira correta ou continuará sem controle. Será que sempre houve e ninguém percebia? Os dirigentes ( nem todos) do país, criam salá-

Maria do Carmo A Franco AJORI - 436. E-mail carminhafranco@hotmail.com

rios e ganhos extras, muita corrupção, etc.etc... Tem as empresas que colaboram, querendo sempre ganhar mais. Para que tanto dinheiro desviado? Pensam somente neles, querem viver muito bem, com conforto exagerado, andar de jatinhos. É um prazer efêmero. Se for dinheiro honesto, tudo bem e bom proveito.

Não sabem que dinheiro não compra tudo. Se sofrerem algum acidente ou doença, podem se tratar com conforto e mordomias, mas nem todas têm curas e sofrerão tanto quanto, qualquer outro mortal. Ou talvez mais, pois terão oportunidade de terem suas vidas prolongadas, mas sem proveito nenhum. Se tiverem um derrame ou enfarte, poderão ficar na cama da mesma forma que outro cidadão. E todo aquele dinheiro de que adiantará? Precisamos lembrar que existe nossa parte espiritual, que deve ser cultivada, com muitas coisas que sabemos muito bem quais são. E fazer sempre, antes que seja tarde, pois não sabemos o dia de amanhã. É o lado mais importante, pois ela sempre existirá. Nossa alma nunca fica doente, talvez com a velhice ela enfraqueça, mas tenho certeza que quando formos desta para melhor ela reviverá sã e salva. Encontrando o caminho que preparou durante seu curto passeio pela existência terrestre.

Qualificação do trabalhador Levantamento de uma consultoria internacional de recursos humanos revelou que em um grupo de 36 países o Brasil é o segundo onde as empresas encontram maior dificuldade para selecionar trabalhadores capacitados, ficando atrás apenas do Japão. Entre os empresários brasileiros, 64% afirmaram ter dificuldades para preencher vagas, sendo que o percentual médio das economias pesquisadas foi de 31%. A falta de trabalhadores qualificados em todos os níveis tem causado a entrada de um contingente crescente de estrangeiros no Brasil. Dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) revelam que em apenas três anos a mão de obra originária de outros países cresceu quase 70%. As autorizações saltaram de 25.440 em 2006 para 42.914 em 2009, sendo que chama a atenção nesse período o crescimento de 92% no número de trabalhadores com segundo grau completo ou formação técnica. O MTE mostra que as empresas estão importando muitos técnicos e profissionais com segundo grau. No ano passado eles somaram 16.538 indivíduos. Porém, o IBGE revela que 60% dos 1,6 milhão de desempregados nas regiões metropolitanas do país têm mais de onze anos de estudo. Ou seja, há um grande contingente de pessoas procurando emprego no Brasil que tem o mesmo nível de escolaridade de 40% da mão de obra importada em 2009.

Marcos Cintra Parte da mão de obra que vem para o país refere-se a profissionais especializados na supervisão de processos de transferência de tecnologia de ponta, mas o crescimento da importação de trabalhadores, sobretudo de pessoas com segundo grau ou formação técnica, deve ser inserido em um contexto onde fica evidente que o sistema educacional e de capacitação do profissional brasileiro não reage em sintonia com as necessidades da atividade produtiva. Urge repensar a qualificação do trabalhador brasileiro em todos os seus níveis, de tal forma que ela se torne uma política pública com ações de curto, médio e longo prazos e integre governo, empresas, entidades de classe e universidades. Um dos componentes dessa

política deve ser a vinculação dos programas de transferência de renda à participação de seus beneficiários em cursos de capacitação profissional. Simplesmente transferir renda sem exigir uma contrapartida dos beneficiários de ações como, por exemplo, o seguro desemprego ou o Bolsa Família desestimula a inserção de pessoas no mercado de trabalho. Enquanto recebem o benefício, muitos indivíduos não têm interesse em cursos de capacitação porque temem perdê-lo. Criar uma política nacional de qualificação do trabalhador, tendo como um de seus pilares básicos a vinculação dos programas de transferência de renda à participação de desempregados em cursos de qualificação profissional, seria uma forma de elevar a capacidade produtiva da mão de obra nacional. Essa ação teria um efeito multiplicador na economia por conta do aumento da produtividade do fator trabalho. Além disso, elevaria a renda do trabalhador e minimizaria os impactos sociais negativos gerados pelo desemprego e pela baixa capacitação laboral de uma grande massa de brasileiros. Marcos Cintra é doutor em Economia pela Universidade Harvard (EUA), professor titular e vice-presidente da Fundação Getulio Vargas.Internet: www.marcoscintra.org E-mail mcintra@marcoscintra.org

FOLHA DE ITAPETININGA Quinta-feira, 29 de março de 2012

Exemplo de respeito para com aquilo que é do próximo Recordo-me do caso de um jovem itapetiningano, que deu verdadeiro exemplo de honestidade, devolvendo um envelope com aproximadamente dois mil reais que havia sido perdido por uma senhora. Agiu de forma exemplar, quando muitas outras pessoas poderiam ter agido de forma diferente. Aquilo que não nos pertence, deve ser respeitado. Ninguém tem o direito de utilizar pretextos para avançar naquilo que não lhe pertence. A Lei de Causa e Efeito um dia poderá fazer com que a pessoa desonesta sofra as conseqüências de seu ato. Tudo é uma questão de formação, quem tem a mente conscientizada, numa circunstancia como essa vai imediatamente avaliar o possível prejuízo que alguém teve, antes de se locupletar com aquilo que entrou de forma desonesta. Os maus exemplos são tão grandes que há pessoas que che-

Silas Gehring Cardoso Ajori 033

gam a criticar uma atitude como essa. Isso acontece porque a ganância campeia abertamente em nosso meio, com o péssimo exemplo dos escalões mais elevados. Pessoas sendo flagradas carregando dinheiro na cueca, nas meias ou nos mais diferentes lugares estão permanentemente transmitindo um exemplo altamente negativo as jovens gerações. Aquilo que não nos pertence e que usufruímos indevidamente para prejuízos de terceiros, um dia teremos que prestar contas. O ser humano ainda carrega dentro de si muitas mazelas e subterfúgios, procurando transmitir sempre os piores exemplos. E precisa haver coragem para

tentar corrigi-los. Nesse aspecto o exemplo que acaba vindo de um jovem balconista comove na medida em que ele deixou de ter os "benefícios" de uma ação desonesta. Com certeza, muitos, principalmente as crianças de tenra idade e os jovens adolescentes poderão estar se mirando nesse exemplo, que acaba levando ao precipício moral. A nossa sociedade está doente sob o ponto de vista ético. É preciso, sim, educar as jovens gerações para o bem. Estaremos falhando com os nossos filhos se não soubermos dar um exemplo de ação desinteressada e inteiramente baseada na mensagem de amor ao próximo.

Silas Gehring Cardoso é redator chefe dos jornais Folha de Itapetininga e Tribuna Popular e presidente da AJORI Associação dos Jornalistas e Radialistas da Região de Itapetininga.

DESP ACHANTE POLICIAL DESPACHANTE

Competência e R esponsa bilidade Responsa esponsabilidade Tr ansf erência, licenciamento ansferência, licenciamento,, 1º emplacamento emplacamento,, r eno vação de CNH, IPV A, m ultas enov IPVA, multas ultas,, etc etc..

Financiamento em até 12x. O mais completo escritório de despachante da região. Rua Capitão José Leme, Nª 258 Telefones: 3271-9155 e Telefax: 3271-8084

Campos Sales, 395 FONE 3272-6300 Aristides Lobo, 128 FONE 3271-0105 Itapetininga Shopping FONE 3373-1577

TUDO EM ATÉ

6x

Folha 29/03  

O melhor e mais moderno jornal da região