Page 1

FOLHA DE ITAPETININGA FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 23 de outubro de 2012

ANO XLIll

Nº 6.307

homepage: www.folhadeitapetininga.com.br

Edição nº 6.307

Itapetininga, terça-feira 23 de outubro de 2012

Diretora-Proprietária Benedita Rosely Salem Cerqueira

página 1

nos A 43 ga nin peti o a t I giã Com e Re

E-mail: comercial@folhadeitapetininga.com.br

Criado o Conselho Municipal de Desenvolvimento de Itapetininga Pavimentação da Vila Sotemo é concluída

A Câmara Municipal de Itapetininga aprovou, na sessão ordinária do último dia 15 de outubro, o Projeto de Lei 119-12, de autoria do Executivo, instituindo o Conselho Municipal de Desenvolvimento de ItapetiningaCMDI , que terá o objetivo de assessorar consultivamente a Administração Municipal no esforço para viabilizar investimentos dos setores da indústria, do comércio, e da prestação de serviços. Ele será integradopor 14 membros e respectivos suplentes, sendo 3 da Prefeitura Municipal de Itapetininga; 1 da Associação Comercial; 1 do Sindicato Rural;

1 do Sindicato do Comércio Varejista; 1 da CPFL- Companhia Sul Paulista de Energia; 1 da SABESP; 1 da CETESB; 1 do CIESP; 1 do SEBRAE; 1 do IFSP; 1 da FATEC; e 1 do SENAI. O Presidente será indicado pelo Prefeito, dentre as pessoas por ele nomeadas, sendo que os demais cargos que compõem a misa diretora serão eleitos pelos integrantes. As funções de membro do Conselho Municipal de Desenvolvimento não serão remuneradas e seu exercício será considerado serviço de relevância pública prestada ao município

Mais uma edição da inspeção veicular gratuita acontece nos dias 24, 25, 26 e 27 de outubro

Na última semana, a Administração Municipal concluiu a pavimentação das ruas da Vila Sotemo, um investimento de R$536.154,54. do Governo

Federal e a Prefeitura de Itapetininga. O serviço asfáltico atendeu as vias do bairro, como a Benedito Vieira dos Santos, José Carlos de Abreu e Traves-

sa 1 (trecho da Francisco Cesar Rosa). De acordo com a Secretaria de Obras e Serviços, a previsão é que até o mês de dezembro sejam abertos

novos processos licitatórios prevendo a recuperação de o maior número possível de ruas, atendendo assim, aos pedidos da população.

Homenagem aos combatentes de 1932 terá solenidade amanhã Uma série de eventos vem marcando, desde 23 de maio as homenagens de Itapetininga aos heróis da Revolução de 1932. O coroamento dessas ações irá atingir o seu zênite nos dias

24 (amanhã) e 31 de outubro quando iremos, respectivamente, inaugurar placas comemorativas da condição de quartel e hospital militar na Revolução de 32 nos pré-

dios do Instituto Imaculada Conceição (dia 24 de outubro às 8 horas da manhã), DER.2 (dia 24 de outubro às 10 horas da manhã) e Escola Estadual Peixoto Gomide

(dia 31 de outubro às 10 horas da manhã). Nas edições de quintafeira e sabado estaremos apresentando todos os detalhes.

Etecs está com 415 para cursos técnicos As Escolas Técnicas do Bairro do Capão Alto, a Professor Edson Galvão e a do Bairro da Chapadinha, Professor Darci Pereira de Mo-

raes, está com inscrições abertas para onze cursos de ensino técnico e médio. Ao todo são 415 vagas. Na unidade do Capão Alto estão sendo oferecidos os cursos

de Agroindústria, Agropecuária, Agropecuária - Integrado ao Ensino Médio, Ensino Médio, Eventos, Meio Ambiente. Já na da Chapadinha,

são ofertados os cursos deEnfermagem, no período diurno, Segurança do Trabalho, Secretariado e Vestuário, no período noturno, além do Ensino Médio integrado com Administração, nos períodos manhã e tarde. As inscrições podem ser feitas pelo site vestibulinhoetec. com.br até as 15h do dia 25 de outubro. A taxa de inscrição é de R$ 25 e a prova será realizada no dia 2 de dezembro. Outras informações podem ser obtidas através do site ou nas unidades da Escola Técnica. A ETEC Professor Edson Galvão, localizada à Rodovia Gladys Bernardes Minhoto, Km 11, Bairro Capão Alto, Telefone (15) 3271-0444. A ETEC Professor Darci Pereira de Moraes situada a Avenida à Moises Nalesso, s/n, Bairro Chapadinha, telefone (15) 3271-1257.

A Secretaria Municipal de Trânsito e Cidadania, em parceria com a empresa de seguros Porto Seguro, promoverá nos dias 24, 25, 26 e 27 de outubro, a 3ª edição da inspeção veicular gratuita em Itapetininga. Este diagnostico será realizado por profissionais da seguradora, com equipamentos de última geração e impressão de laudo na hora. Nesta edição, devido ao grande sucesso dos check ups anteriores, a Porto Seguro realizará o evento com a Carreta de Serviços, onde serão analisados sem custos nenhum os seguintes itens: alinhamento, suspensão, freios, luzes, bateria, alternador e emissor de poluentes. Ainda no local, a seguradora realizará a cristalização do pára-brisa. Os serviços elencados serão inteiramente gratuitos e a Secretaria Municipal de Trânsito e Cidadania espera que, com essa ação, os índices

de acidentes de trânsito por falha mecânica e falta de manutenção diminuam, ou melhor, tornem-se nulos em nossa cidade. Nas edições anteriores o evento foi um sucesso, foram atendidos mais de 300 veículos, onde esses veículos passaram por um check up geral e ao final receberam laudo impresso com o resultado dos itens analisados, com isso cada proprietário pode conhecer as condições dos itens de segurança do seu veículo. A carreta de inspeção veicular da Porto Seguro estará instalada na Rua Pedro Voss, Praça Nossa Senhora Aparecida (em frente ao Horto Religioso). Atenderá nos dias acima citados nos horários das 9 às 17 horas, o atendimento acontecerá conforme a ordem dos veículos que chegarem ao local. Além disso, no evento haverá uma equipe de enfermagem para aferição de pressão arterial.

Comércio deverá contratar cerca de mil temporários As firmas comerciais de Itapetininga já se movimentam para as vendas do Natal. E,a par das campanhas promocionais , o comércio deverá contratar de mil a mais temporários, segundo previsão da Associação Comercial. E vale a pena lembrar, como

acontece nesses contratos de trabalho, que muitos temporários são efetivados nas lojas, após demonstração de eficiência no período que ocorre entre novembro e janeiro. Eis aí novas oportunidades de trabalho e emprego na cidade.

Clube Recreativo Itapetiningano : 96 Anos O Clube Recreativo Itapetiningano ( CRI ) amanhã, dia 24, às 19,30 horas , através de sua diretoria e a Assessoria IDEIA, convida

para o coquetel de resgate de 96 anos de sua história. O evento será na sede social do clube, à Rua Monsenhor Soares, 438.

Projeto “Escolas Contra Dengue” visita novas unidades escolares nesta semana Nesta semana, o projeto “Escolas Contra Dengue” uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica e em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, visita novas unidades escolares. Este projeto faz parte das várias ações educativas desenvolvidas pela administração municipal na prevenção à Dengue, além das ações rotineiras de monitoramento, vigilância e controle. O objetivo é desenvolver atividades interdisciplinares pedagógicas, visando interar de forma lúdi-

ca o aluno com a problemática dengue, “educar” para formas eficientes de controle do vetor, bem como para a “suspeita de casos”, de modo a formar vigilantes permanentes que multiplicarão as práticas aprendidas aos familiares e vizinhos. Para o sucesso da campanha todos precisam fazer a sua parte, com 10 minutos uma vez por semana é o suficiente para proteger sua família contra a Dengue. Faça sua lição, reserve uns minutos para cuidar de sua casa, converse com seus vizinhos e promova uma mobilização.


Edição nº 6.307

página 2

FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 23 de outubro de 2012

Pesquisa vai avaliar a saúde da população brasileira A partir de 2013, o Ministério da Saúde iniciará pesquisa com o objetivo de avaliar a saúde da população. Cerca de 16 mil pessoas, de 1.600 municípios, vão passar por exames de sangue e urina, além de medir a pressão arterial. A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) faz parte do Plano de Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis. A meta é colher dados sobre os hábitos de alimentação, tabagismo, uso de bebidas alcoólicas, da prática de atividade

física e sobre fatores associados a comportamentos não saudáveis da população. De acordo com o Ministério da Saúde, as informações vão ser base de ações de combate às doenças crônicas não transmissíveis, responsáveis por 72% das mortes no Brasil. O levantamento vai contar com a parceria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para levar questionários a 80 mil residências. Ele pretende estimar a cobertura de exa-

mes preventivos de câncer de colo de útero e de mama e quer ainda investigar a atenção dada aos doentes diagnosticados com hipertensão, diabetes e depressão, incluindo o acesso a medicamentos, exames complementares de diagnóstico e continuidade nos cuidados. A PNS se propõe ainda a delinear o perfil lipídico da população e a dimensionar o acesso ao diagnóstico de alguns problemas crônicos, como a hipertensão e o diabetes.

BNDES estimula acesso de empresas menores à bolsa O BNDES tem um plano para ajudar no desenvolvimento do Bovespa Mais, segmento de listagem de empresas de menor porte da BM&FBovespa. A iniciativa se soma à proposta que entidades do mercado prepararam para levar ao governo, com o objetivo de criar incentivos fiscais a fim de atrair pequenas e médias empresas para o mercado de capitais no Brasil, conforme noticiado pelo Valor na semana passada. A estratégia do banco de fomento é dividida em três frentes. A primeira é tentar estimular um grupo de 34 empresas de pequeno e médio portes em que a instituição já tem participação acionária a se listar voluntariamente no segmento. Essa carteira de investimentos, avaliada atualmente num total aproximado de R$ 800 milhões, é voltada para companhias de capital fechado, principalmente de base tecnológica, e com faturamento anual limitado a R$ 500 milhões. A expectativa do banco é que dez dessas empresas,

que atuam em segmentos como os de fármacos, tecnologia da informação e indústria química, aceitem a proposta de se listar no Bovespa Mais num intervalo de 12 meses, mesmo sem realizar uma oferta para captar mais recursos. Como segunda iniciativa, o BNDES passou a adotar como diretriz (embora seja um regra com exceções) que, nos acordos de acionistas dos novos investimentos que venham a ser feitos, as empresas se comprometam a entrar no Bovespa Mais no intervalo de um ano após o aporte. Dos quatro investimentos feitos neste ano, dois já se enquadraram nesse critério. Olhando para o médio e longo prazos, o terceiro passo previsto, que também poderá ter exceções, é que o banco de fomento não faça mais aportes nas empresas enquanto elas tiverem o capital fechado, mas que entre como uma espécie de investidor âncora em uma oferta pública inicial de ações organizada já no Bovespa Mais.

Uma das três empresas que já está no segmento, a Senior Solution, que desenvolve sistemas de informática para instituições financeiras, integra a carteira do BNDES. A Nortec Química, do ramo farmacêutico, é outra investida que já pediu registro de companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A estratégia foi descrita ao Valor por Luiz Antonio Gonçalves Souto, superintendente de capital empreendedor do BNDES. Segundo ele, é muito prejudicial para o país que não haja espaço para realização de ofertas de ações com valores inferiores a R$ 400 milhões ou R$ 500 milhões (ver quadro nesta página). "É por isso que o banco quer fortalecer esse mercado", diz ele. Souto está entre aqueles que o Bovespa Mais passará por um processo semelhante ao que ocorreu com o Novo Mercado. Depois de anos com apenas duas empresas listadas, o segmento de elevada governança corporativa final-

Natação & Fitness

* Atividades : Natação - Hidroginástica - Acqua Mix - Musculação * Programas : Bodypump - Power Jump - Bodycombat , DANÇA DE SALÃO / Y PILATES (pilates de solo) / Y RITMOS / ACQUA MIX

Rua Benedito Leonel Ferreira, 71 / Tel: 3373-3535/3511-5174 Redação Administração, Publicidade: Rua Saldanha Marinho, 532 - Centro • Fone/Fax: (15) 3271-1576 Oficina: Rua Sofia Cerqueira, nº 125 - Centro CEP 18200-005 • Itapetininga • São Paulo Registrado no Cartório Oficial de Registro de Pessoa Jurídica de Itapetininga sob o nº 004437

homepage: http://www.folhadeitapetininga.com.br e-mail: redacao@folhadeitapetininga.com.br Proprietários: Benedita Rosely Salem Cerqueira e filhos Jornalistas Responsáveis: José Octávio Salem Cerqueira - Registro nº 52.755/SP Marcello Salem Cerqueira - PR1226 Diretores Adjuntos:José Octavio Salem Cerqueira e Marcelo Salem Cerqueira Redator Chefe: Silas Gehring Cardoso Repórter: Jorge Luiz de Almeida - MTB 37782 Diretor Comercial - Carlos Renato M. Gomes, Diagramadores: Henrique José de Oliveira Almeida

Colaboradores Alberto Isaac, Carlos José de Oliveira, Cláudio Souto , Darcy Pereira Pinto, Dirceu de Campos, Dr. Bastos, Dr. Jorge Paunovic, Joel Franco, José Raimundo Correia, Manoel Silvério, Marcos Cintra, Mauro M. Leonel, Maria do Carmo A. Franco, Waldomiro B. Carvalho. Representante Exclusivo: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Brasília. Consórcio Brasileiro de Imprensa - CBI - Av. José Maria Whitaker, 890 CEP: 04057-000 - SÃO PAULO - SP FONE: (11) 5589-4643 - FAX (11) 5589-4662 A redação nao se reponsabiliza pelos conceitos e artigos assinados. Fica esclarecido que os colaboradores com colunas assinadas não tem vínculo empregatício com a Editora Folha de Itapetininga Ltda, exceto os que tiverem contrato assinado com a mesma.

mente decolou a partir de 2004 e hoje reúne mais de cem companhias. "A sensação que eu tenho ao conversar com representantes de fundos e empresas é que agora é a hora de esse mercado [de acesso] acontecer", afirma. Segundo ele, essas 34 empresas de carteira ainda estão investindo o dinheiro captado com o banco, e não precisam de novos recursos agora para os projetos existentes. "Por isso estamos conversando e sugerindo que elas entrem no Bovespa Mais, mas só se listando", diz o executivo. A conversa é feita na base do convencimento, já que os acordos de acionistas foram firmados no passado. Embora eles prevejam condições de saída para o banco em algum momento no futuro, não está determinado nenhum caminho pré-estabelecido. Mesmo já tendo recebido apoio do banco de fomento, é importante que essas empresas tenham uma porta aberta para captar novos recursos para projetos futuros. Valter Manfredi, chefe de departamento desta área no BNDES, ressalta que existe um limite para participação do banco no capital dessas companhias, que normalmente fica em 25%, mas não passa de 33%, e também para os financiamentos concedidos, levando em conta a relação dívida/patrimônio. Segundo Souto, o incentivo para que as empresas

Empresa líder no mercado contrata vendedores com experiência preferencialmente em vendas externas. Disponibilidade para viagem na região. Capacidade para trabalho em equipe Trabalhar com foco no atingimento de metas estabelecidas A empresa oferece Ótimo ambiente de trabalho Salário fixo Registro imediato na carteira Comissões sobre metas alcançadas Cesta básica Interessados deverão comparecer no dia 28/04/ 2012 à partir das 8:00 às 16:00 h., munidos dos documentos , CTPS e Curriculo Vitae na Rua São Vicente de Paulo, n 149, Centro-Itapetininga

se listem no Bovespa Mais não significa que o BNDES tenha urgência para se desfazer das participações. "Não temos pressa para sair. Podemos esperar seis meses, um ano, dois anos, três anos... sem problema." Normalmente, segundo o executivo, os investimentos são feitos com horizonte próximo de cinco anos. De acordo com ele, nos últimos anos criou-se um discurso pronto de que é muito caro se listar na bolsa, por conta de gastos com publicações, assessores jurídicos, auditorias etc. "Não que não seja importante, mas essa questão está perdendo peso no discurso", entende Souto. A BM&FBovespa também estuda alternativas de como facilitar o acesso das empresas menores ao mercado, mas ainda não divulgou seus planos. Cristiana Pereira, diretora de relacionamento com empresas da bolsa, revela, no entanto, que tem aumentado o interesse de intermediários de menor porte em se informar sobre como trabalhar em emissões de empresas menores e de volumes mais reduzidos. No exterior, não são os grandes bancos de investimento que coordenam as ofertas das empresas pequenas e médias em mercados de acesso.

A bolsa estuda ainda apresentar propostas aos reguladores no sentido de reduzir o custo com publicações em jornais e também a criação de ofertas com esforços restritos apenas para investidores qualificados, numa oferta simplificada, a exemplo do que existe para renda fixa. Na visão da BM&FBovespa, o lado do investidor não é um problema. "Tem gente que se interessa por esse mercado, mesmo com a liquidez menor, como "family offices", investidores de valor e fundos de pensão, mesmo que seja indiretamente, porque eles são muitos grandes", diz Cristiana. Em termos de custos de intermediários, a BM&FBovespa apurou que algumas das experiências internacionais envolvem mecanismos diferentes de remuneração. Enquanto no Brasil os advogados trabalham com honorários garantidos, em alguns países eles só recebem em caso de sucesso da operação, assim como já ocorre com os bancos. Em relação às instituições financeiras coordenadoras, lá fora é comum em operações menores que alguns bancos recebam pagamento via opções de ações da empresa que abre o capital. Isso ocorre até mesmo para manter o vínculo com a empresa e o alinhamento com os investidores, após a conclusão oferta.


FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 23 de outubro de 2012

página 3

Edição nº 6.307

Na Vila Prado, prisão por tráfico de entorpecentes Na noite da última 6ª feira, 19, os policiais militares Sgt Campos e Sds Duarte e Bianchi efetuavam patrulhamento na Vila Prado, quando avistaram um individuo em atitude suspeita por tráfico de entorpecentes. Os policiais abordaram A.A.S.( 36

anos de idade) com o qual apreenderam 0,008 kg de crack e 0,002 kg de cocaína. O detido recebeu voz de prisão,sendo encaminhado,com as drogas, ao Plantão da DelPol, onde o delegado ratificou a prisão, ficando A.A.S. à disposição da Justiça.

Ciclista vê PM e joga lata no chão com 70 pedras de crack Apanhado por policiais militares com 70 pedras de crack, às 11h50 desta segunda-feira (22), na Avenida Rangel Pestana, centro da Capital, morador de rua disse que tinha comprado a droga para revendê-la a usuários no Parque Dom Pedro II. Um ciclista baixo, magro e com a tatuagem de um arame farpado no braço direito pedalava sua bike tranquilamente pela Avenida Rangel Pestana por volta do meio-dia de hoje, mas mudou de humor rapidamente quando percebeu a aproximação de uma viatura. Jogou lata no chão Ele ficou visivelmente agitado, acelerou as pedaladas e jogou no chão uma pequena lata, fato que foi decisivo para ser abordado e revistado. Dentro da lata tinha 70 pedras de crack e a quantia de R$ 690. Na revista pessoal foi encontrado com o morador de rua

* Clínica

*Pet Shop

* Banho e Tosa

*Rações

*Medicamentos/Vacinas

Rua Lopes de Oliveira, 125 Centro-Itapetininga/SP

Rua Antonio Vieira de Moraes, nº 10

D.T.O.,26, três telefones celulares, várias baterias e chips, além de R$ 117,90. O ciclista falou que tinha comprado a droga para revendê-la a usuários no Parque Dom Pedro II. O dinheiro que levava era proveniente

daquele comércio de entorpecentes. Os plantonistas da 1ª Central de Flagrantes (Centro) autuaram D.T.O. por tráfico de entorpecentes e enviaram o material apreendido para exames periciais no Instituto de Criminalística (IC).


Edição nº 6.307

página 4

FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 23 de outubro de 2012

ANP abre concurso para 152 vagas em 7 cidades A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou edital de concurso público para 152 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível superior. Os salários variam de R$ 9.623,20 a R$ 11.374. As vagas são para as cidades de Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, Manaus, Salvador, Belo Horizonte e São Paulo. São 22 vagas para analista administrativo, 15 para especialista em geologia e geofísica do petróleo e gás natural e 115 para especialista em regulação de petróleo e derivados, álcool combústivel e gás natural. As inscrições podem ser feitas das 10h de 29 de outubro às 23h59 do dia 19 de novembro pelo site

www.cespe.unb.br/concursos/ANP_12. A taxa é de R$ 80 para as vagas de analista e de R$ 100 para as oportunidades de especialista. Analista administrativo Os cargos de analista administrativo são para as áreas de arquivologia, ciência contábeis, jornalismo, administração, análise de sistemas, ciência da computação, processamento de dados, sistemas de informação, informática, engenharia da computação, engenharia de sistemas e engenharia de redes. O vencimento básico, com a gratificação de desempenho, é de R$ 9.623,20. Após a primeira avaliação de desempenho, o salário pode chegar a R$ 10.429. Especialista em geologia e geofísica do petró-

leo e gás natural As vagas de especialista em geologia e geofísica do petróleo e gás natural também são de nível superior. O vencimento básico, com a gratificação por desempenho, é de R$ 10.019,20. Após a primeira avaliação de desempenho, o salário pode chegar a R$ 11.374. Os candidatos devem ter graduação nas áreas de geologia, engenharia geológica ou geofísica. Especialista em regulção de petróleo e derivados, álcool combustível e gás natural Os cargos são de nível superior. O vencimento básico, com a gratificação por desempenho, é de R$ 10.019,20. Após a primeira avaliação de desempenho, o salário pode chegar a R$ 11.374. São oferecidas vagas

para candidatos com nível superior em qualquer área ou com formação nas áreas de ciências econômicas, engenharia civil, engenharia de produção, engenharia elétrica, engenharia eletrônica, engenharia mecânica, engenharia mecatrônica, engenharia metalúrgica, engenharia naval, engenharia do petróleo, engenharia de minas, engenharia química, engenharia cartográfica, química, engenharia química biologia, ciências biológicas, oceanografia, oceanologia, engenharia ambiental, análise de sistemas, ciência da computação, processamento de dados, sistemas de informação, informática, engenharia da computação, engenharia de sistemas, engenharia de redes ou curso superi-

or completo na área de tecnologia da informação, química e química industrial. Todos os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, de conhecimentos básicos e específicos, prova discursiva, que compreende uma redação de texto dissertativo e duas questões práticas, e avaliação de títulos. Ainda haverá curso de formação para os cargos de especialista em geologia e geofísica do petróleo e gás natural e especialista em regulação do petróleo e derivados, álcool combustível e gás natural. O curso será ministrado na cidade do Rio de Janeiro. Os candidatos nomeados estarão subordinados ao regime jurídico único

dos servidores civis da união, das autarquias e das fundações públicas federais Na data provável de 18 de dezembro será publicado no Diário Oficial da União edital informando a consulta aos locais e ao horário de realização das provas. As provas objetivas serão aplicadas no dia 13 de janeiro, no turno da tarde, nas 26 capitais e no Distrito Federal. Já a perícia médica, para os candidatos que se declararem com deficiência, será nas cidades do Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Manaus, São Paulo e Distrito Federal. O concurso terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado, uma única vez, pelo mesmo período.

Voo da Gol: STJ mantém absolvição a dois controladores

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) que absolveu dois controladores de voo acusados de negligência no acidente

que matou 154 pessoas, em setembro de 2006, na região amazônica, entre um avião da Gol e um jato Legacy pilotado pelos pilotos norte-americanos Jan Paul Paladino e Joseph Lapore.

Empreendimentos Imobiliários S/C Ltda.

R. Silva Jardim, 724 Fones: 3271-7720 / 32717721 e 3271-7722

A Quinta Turma do STJ concluiu que o recurso do Ministério Público Federal (MPF) levaria ao reexame das provas reunidas no processo, que não é competência do tribunal e esbarra na Súmula 7. A ministra Laurita Vaz, responsável pela análise do recurso, disse que os dois controladores receberam a informação errada de que a aeronave Legacy mantinha seu nível de voo, quando, na verdade, estava no mesmo nível do avião da Gol, que ia em sentido contrário. O MPF denunciou que quatro controladores de voo, além dos dois pilotos norte-americanos, deveriam ser responsabilizados pelo

crime de atentado contra a segurança do transporte aéreo. O juiz de primeira instância decidiu pela absolvição sumária de dois controladores, acusados de terem falhado em não comunicar ao Centro de Controle de Área Manaus as informações sobre a falha no transponder do Legacy, o que, segundo o MPF, se tivesse sido feito, poderia ter evitado o acidente. A ministra Laurita Vaz considerou que houve "uma grave e inegável falha do Centro de Controle de Área Brasília, quando autorizou duas aeronaves a ocupar o mes-

mo nível de voo, na mesma rota, em sentidos opostos". No entanto, segundo ela, não foram os controladores que deram a

autorização. "Receberam informações errôneas tanto do equipamento como de seus antecessores no setor", disse.

CROSP-5.209

Clínica Geral - Ortodontia - Implantes

Cirurgias Avançadas Dr. Carlos Alberto do Nascimento Telefone para Contato (3271 0889) Rua Alberto Ernesto Güinter, 22 - Rechã - Tel.: 3307-3152 Rua Natal Favalli, 519 - Angatuba - Tel.: 3255-1205 Rua Monsenhor Soares, 1.032 - Centro - Itapetininga/SP

CÉU AZUL ALIMENTOS LTDA

CONTRATA Pessoas portadoras de necessidades especiais Os candidatos devem procurar a empresa na Rodovia Raposo Tavares, km 177, ou pelos e-mails: marcio.beneton@ceuazul.ind.br samuel.oliveira@ceuazul.ind.br

Auto Escola CFC A E CFC B

...35 anos de tradição Curso para renovação de carteira de habilitação diurno e noturno Av. Francisco Válio, 438 - Centro- Itapetininga - SP Fone: (15) 3271-2273

Internet gratuita WI-FI Venha conferir!


FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 23 de outubro de 2012

página 5

Edição nº 6.307

Prévia de sondagem mostra retomada disseminada na indústria, diz FGV O mês de outubro trouxe visível melhora na confiança da indústria da transformação, com indicações de recuperação mais disseminada entre as categorias de uso ? e não concentrada somente no setor de duráveis, alvo principal das ações de estímulo do governo?, avaliou o superintendente adjunto de Ciclos Econômicos da Fundação Getulio Vargas (FGV), Aloisio Campelo. Ele fez a observação ao comentar a prévia do Índice de Confiança da Indústria (ICI), anunciada hoje. O indicador subiu 1,3%, terceiro aumento consecutivo, ao avançar para 106,4 pontos. O resultado ficou acima da média do indicador (105,3 pontos) pela primeira vez em 15 meses. Campelo lembrou que a indústria tem apresentado resultados 'muito ruins' desde o segundo trimestre de 2011. Em meados deste ano, houve alguns resultados positivos na atividade industrial, admitiu, mas

ainda concentrados em bens duráveis, principalmente no setor automotivo, favorecido por ações de redução e isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) lançadas pelo governo. 'Agora, nesta prévia de outubro, observamos que há sinais de uma retomada mais disseminada na atividade industrial', afirmou. Entre as categorias de uso, a indústria de bens intermediários foi uma das que mostraram cenário favorável em outubro, na prévia do ICI. Isso seria um fator bem positivo, na opinião de Campelo, visto que o segmento indústria foi um das mais afetados pela concorrência acirrada com importados, que entravam com maior facilidade no mercado devido ao dólar mais fraco. Mas agora, com o dólar mais favorável para a competitividade da indústria nacional, em comparação com anos anteriores, a indústria de intermediários 'tomou um fôlego', nas palavras do especialista, mostrando sinais

de retomada em outubro. Outro ponto salientado por Campelo foi a prévia do Nível de Utilização de Capacidade Instalada (Nuci) de outubro, que ficou em 84,3%. Caso este percentual seja confirmado, seria o maior Nuci desde maio de 2011 (84,4%), afirmou o técnico. Campelo, no entanto, fez uma ressalva. Os sinais de recuperação existem, mas nada indica que esta será uma retomada sustentável. É preciso avaliar como se dará o processo de reaquecimento da economia brasileira, ainda lento; bem como o seu impacto na demanda interna, no longo prazo. Ele observou ainda que várias medidas de estímulo, lançadas pelo governo em relação à indústria, precisam de tempo para maturação. Para o especialista, o tom da recuperação da indústria, atualmente, é moderado e frágil. 'Melhorou um pouco. Mas nem todos os problemas da indústria já foram resolvidos', ressaltou.

BNDES aprovará de crédito R$900 mi para porto da MMX O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovará nas próximas semanas financiamento da ordem de 900 milhões de reais para o porto da MMX, mineradora de Eike Batista, disse à Reuters uma fonte com conhecimento da operação. O Superporto Sudeste, como é chamado pela empresa, está em fase avançada de construção no município de Itaguaí (RJ). É um projeto chave para a companhia escoar minério de ferro de seu principal projeto, Serra Azul, em Minas Gerais, e potencialmente de outras minas vizinhas, como a da Usiminas. Procurada, a assessoria de imprensa da MMX não comentou a informação.

O apoio do banco de fomento para a construção do porto deverá ser concedido após o empresário Eike Batista, controlador da holding EBX, ter comprado 31,2 milhões de ações da MMX. Com isso, ele elevou sua participação na companhia de mineração para 46,4 por cento, segundo anúncio feito nesta segunda-feira. O porto da MMX, com investimentos previstos em 2,4 bilhões de reais, já recebeu em anos anteriores financiamento do BNDES de 875 milhões de reais. Os recursos concedidos ao porto da MMX deverão fazer parte de um conjunto de desembolsos do BNDES para infraestrutura que podem chegar 23,4 bi-

lhões de reais neste ano, ante cerca de 18,7 bilhões de reais liberados em 2011. O banco de fomento já havia apoiado o projeto com um empréstimo de 70 milhões de reais, em 2009, e outro de 805 milhões de reais, em 2010. A capacidade inicial de movimentação do Superporto será de 50 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. Em uma segunda etapa, já em fase de licenciamento, o porto terá capacidade para movimentar até 100 milhões de toneladas de minério de ferro por ano. Cerca de 3 mil pessoas trabalham na construção do empreendimento, que tem previsão de iniciar as operações em 2013.

Dívida pública sobe 2% Petrobras investirá R$ 70 em setembro e atinge R$ milhões em parceria para 1,9 trilhão, Tesouro aquisição de navio

A dívida pública federal, o que inclui os endividamentos interno e externo, avançou 2% em setembro deste ano, para R$ 1,9 trilhão, divulgou nesta segunda-feira (22) a Secretaria do Tesouro Nacional. Em agosto, a dívida somava R$ 1,86 trilhão. Com isso, foi interrompida uma sequência de dois meses de queda na dívida. De acordo com o governo federal, o crescimento de R$ 37 bilhões na dívida pública no mês passado aconteceu, principalmente, por conta da emissão líquida de papéis no valor de R$ 23,5 bilhões. Dentro deste valor, está a emissão de cerca de R$ 21 bilhões para capitalizar o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal. Ao mesmo tempo, as despesas com juros totalizaram R$ 13,4 bilhões e

elevaram a dívida em igual proporção. Além disso, também houve uma emissão direta (ou seja, que não foi feita para o mercado, mas diretamente para a carteira dos favorecidos) Para 2012, a expectativa do Tesouro Nacional é que a dívida pública cresça entre R$ 83,6 bilhões e R$

183,6 bilhões, atingindo um patamar entre R$ 1,95 trilhão e R$ 2,05 trilhões. Deste modo, o crescimento ficará entre 4,48% a 9,84%. Essa previsão consta no Plano Anual de Financiamento (PAF) de 2012. No ano passado, a dívida subiu 10%, para R$ 1,86 trilhão.

A Petrobras aplicará R$ 70 milhões em acordo de cooperação conjunto com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o Ministério da Defesa e Marinha do Brasil e a Vale para a aquisição de um novo navio hidroceanográfico de pesquisa. Segundo a estatal, o valor total do empreendimento será de R$ 162

milhões. A compra do navio será de responsabilidade da Marinha do Brasil, que prevê a entrega da embarcação em 2013, informou a Petrobras em nota. A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) será a responsável pelo repasse dos recursos do MCTI, em um total de R$ 27 milhões, mesma quantia a

ser aportada pela Marinha. Ainda segundo a Petrobras, a Vale aplicará R$ 38 milhões no projeto. De acordo com a Petrobras, o objetivo da parceria é ampliar a infraestrutura embarcada existente no País, além de gerar conhecimento e formar de recursos humanos sobre o ambiente marinho na região do Atlântico Sul e Tropical.

Vende-se 7 galoes de defensivo Agricola GLIZ MAX fone: 96204484 Vende-se 30 novilha Nelore 96204484


página 6

Edição nº 6.307

FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 23 de outubro de 2012

Folha nos Esportes Fonte: Uol Esporte

Prefeitura do Rio 'destomba' centros esportivos para Estado privatizar Maracanã A Prefeitura do Rio de Janeiro “destombou” nesta segunda-feira dois centros esportivos anexos ao Maracanã. O Parque Aquático Júlio Dellamare e o Estádio de Atletismo Célio de Barros tiveram seu tombamento anulado por decreto assinado pelo prefeito Eduardo Paes. Os destombamento foi oficializado no mesmo dia em que o governo estadual iniciou o processo de privatização do complexo esportivo do Maracanã. Segundo proposta apresentada pelo governo, a empresa que assumir a administração estádio e seu entorno deverá demolir o Júlio Dellamare e o Célio de Barros, que até domingo eram considerados patrimônio culturais do Rio de Janeiro.

Os dois centros esportivos haviam sido tombados em 2002, junto com todo o complexo esportivo do Maracanã. Naquela época, o Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro havia recomendado por unanimidade o tombamento dos locais. Nesta segunda, a Prefeitura do Rio reverteu o tombamento. O município

informou que o destombamento foi feito a pedido do governo do Rio. A Prefeitura não disse se a ação havia passado pela análise do Conselho Proteção do Patrimônio Cultural mais uma vez. De acordo com o secretário estadual da Casa Civil, Regis Fitchner, a demolição dos dois centros esportivos é necessária para que o Maracanã

Paulinho diz que não houve oferta do Chelsea e reitera permanência no Corinthians para o Mundial O volante Paulinho comunicou nesta segunda-feira que não houve do Chelsea, diferentemente do que foi noticiado pelo periódico inglês Daily Mirror, e assegurou que disputa o Mundial de Clubes com o Corinthians. O jogador destacou o bom momento no time paulista e na

seleção brasileira, considerando que não está nos planos atuar para o exterior. “Mais uma vez vou dizer. Existem algumas especulações a meu respeito. Nunca deixei de colocar que quando surgisse uma oportunidade seria o primeiro a chegar e falar para vo-

cês. Não houve nada. Houve sim mais uma especulação com meu nome. Estou feliz no Corinthians, muito bem aqui. Tem jogos importantes e Mundial. Estou muito bem concentrado”, declarou Paulinho. O Corinthians comprou recentemente 50% dos direitos econômicos de Paulinho, que pertenciam ao BMG. A outra parte pertence ao Audax, time controlado pelo grupo Pão de Açúcar.Aequipe do Parque São Jorge teria desembolsado R$ 15 milhões para ter metade dos direitos do jogador. O Corinthians, entretanto, não confirma oficialmente o valor. Após cinco dias de descanso, Paulinho retornou aos treinos no Corinthians. Tite quer força máxima nos seis jogos restantes do Corinthians no Brasileirão como forma de preparação ao Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão. Ausente no empate contra o Bahia, 1 a 1, Paulinho enfrenta o Vasco, sábado, no Pacaembu. “Vamos jogar essas partidas finais no Brasileirão sem ficar pensando em quem vamos tirar pontos. Não nos interessa. Vamos jogar e fazer o nosso melhor”.

DESP ACHANTE POLICIAL DESPACHANTE Competência e R esponsa bilidade Responsa esponsabilidade Transf erência, licenciamento ansferência, licenciamento,, 1º emplacamento emplacamento,, reno vação de CNH, IPV A, m ultas enov IPVA, multas ultas,, etc etc..

Financiamento em até 12x. O mais completo escritório de despachante da EM NOVO ENDEREÇO: RUA Capitão José Leme, n º 258 região. Telefones: 3271-9155 e Telefax: 3271-8084

ganhe espaço para circulação de pessoas e estacionamentos que devem ser construídos pelo futuro administrador. “Precisamos abrir espaço para tornar o Maracanã atrativo e viabilizar a concessão”, explicou ele nesta manhã. Fitchner disse, porém, que os dois equipamentos esportivos devem ser reconstruídos em um terreno que pertence ao Exér-

cito, logo ao lado do Maracanã. Essas obras estão incluídas na proposta de privatização do governo e devem ficar prontas antes da Olimpíada de 2016. Além do Júlio Dellamare e o Célio de Barros, também será demolido o prédio do antigo Museu do Índio, localizado ao lado do Maracanã. A área pertencia a uma estatal federal, foi comprada pelo Estado do Rio de Janeiro por cerca de R$ 60 milhões e vai dar lugar a um estacionamento. Desde 2006, vivem naquele local cerca de 20 índios. Eles formam a Aldeia Maracanã e reivindicam a posse do antigo museu. Querem fazer do local um centro de cultura indígena. Esse projeto foi des-

cartado pelo governo, assim como a permanência dos índios na área do museu. Fitchner disse que o local não é adequado para residência de ninguém. A retirada dos índios que vivem ali será negociada com eles, disse o secretário. Além dos estacionamentos, o Maracanã deve ganhar um museu do futebol. Restaurantes e bares também serão abertos pela nova administradora do estádio. O Maracanã deve ser repassado à iniciativa privada em 2013. O estado quer R$ 7 milhões por ano para entregar o estádio a uma empresa. Va i e x i g i r t a m b é m obras que custarão cerca de R$ 496 milhões do futuro administrador.

Perda de títulos deve forçar Lance Armstrong a devolver US$ 3,7 mi de premiações

A anulação de todos os resultados de Lance Armstrong, incluindo os sete títulos da Volta da França (1999-2005) pode custar caro para o bolso do ciclista. Além do prejuízo esportivo, o norte-americano perdeu oito patrocinadores e corre o risco de precisar devolver o dinheiro obtido com premiações e apoiadores durante a carreira. A Federação Francesa de Ciclismo (FFC) solicitou no fim de agosto que Armstrong devolva o dinheiro obtido com suas sete vitórias na Volta da França e em outras competições, um valor de aproximadamente US$ 3,7 milhões. Armstrong ainda terá que pagar US$ 7,5 milhões obtidos em 2006 em longa batalha judicial contra a seguradora norte-americana SCA Promotions, que o havia patrocinado em suas vitórias na Volta da França. Devido às suspeitas de doping, a empresa havia solicitado o reembolso do valor. Com a decisão favorável, Armstrong manteve US$ 5

milhões das premiações e ainda embolsou US$ 2,5 milhões dos custos do processo. Com a confirmação do caso de doping, a seguradora já anunciou que espera uma revisão judicial do caso. O norte-americano corre até mesmo o risco de parar atrás das grades devido ao caso de doping. De acordo com relatório da Agência Americana Antidoping (Usada), Armstrong negou participar de um esquema de doping encabeçado pelo preparador italiano Michelle Ferrari. Por ‘falso testemunho’, o ciclista pode pegar 30 anos de prisão e ainda pagar US$ 1,5 milhão caso seja condenado. A perda de nove patro-

cinadores, entre eles a Nike, também causou prejuízos ao ciclista. De acordo com a revista Forbes, o rompimento de contrato com as empresas pode provocar perdas de aproximadamente US$ 150 milhões a Armstrong, que tem sua fortuna estimada em US$ 130 milhões. Os prejuízos causados pelo doping, porém, pouco afetaram a Livestrong, entidade criada por Armstrong para ajudar doentes de câncer. Apesar de alguns doadores terem pedido seu dinheiro de volta, os principais apoiadores da empresa mantiveram seus compromissos. Em 15 anos, a entidade já arrecadou US$ 500 milhões em contribuições.


FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 23 de outubro de 2012

página 7

Edição nº 6.307

Plantio de soja no Brasil está atrasado, diz Céleres O plantio de soja no Brasil avançou na última semana, mas está atrasado em relação a anos anteriores em função da chegada de chuvas depois do que era previsto pelos produtores, disse nesta segundafeira a consultoria Céleres. Da área projetada para a oleaginosa na temporada 2012/13, agricultores tinham semeado 15 por cento até a última sexta-feira, abaixo da média dos últimos cinco anos, de 18 por cento, para o período. O índice também é menor do que o registrado em 21 de outubro de 2011, quando o cultivo já havia sido realizado em 21 por cento das lavouras. "As chuvas chegaram um pouco mais tarde que o esperado e com isso o rit-

mo de plantio está aquém do que os produtores esperavam. Isso vale para Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul", disse à Reuters Anderson Galvão, diretor da Céleres. Na comparação com a semana até 12 de outubro, o plantio avançou 6 pontos percentuais. O Paraná é o Estado mais avançado no plantio em termos percentuais, atingindo 31 por cento. Mato Grosso vem logo atrás, com 24 por cento da semeadura realizada. O Rio Grande do Sul, terceiro Estado produtor após Mato Grosso e Paraná, ainda não registra plantio de soja, segundo a Céleres, ao contrário do mesmo período de 2011, quando 10 por cento das lavou-

ras estavam semeadas, ajudadas naquele momento por chuvas que chegaram mais cedo que neste ano. "Na soja, não existe preocupação (em função do atraso)", disse Galvão, referindo-se a fatores agronômicos. Um bom ritmo de plantio pode garantir que a soja chegue o quanto antes ao mercado, num momento em que compradores estão ávidos pela matéria-prima, em função do aperto na oferta global após quebras nas últimas safras de Brasil, Argentina e Estados Unidos. A semana começa com chuva forte no extremo sul do Brasil e apenas com chuvas isoladas no CentroOeste, segundo a Somar Meteorologia.

Valor da produção agropecuária deve cair para R$ 58,7 bi em São Paulo O valor da produção agropecuária e florestal de São Paulo deverá alcançar R$ 58,709 bilhões em 2012, conforme estimativa do Instituto de Economia Agrícola (IEA), vinculado à Secretaria da Agricultura do Estado. Se confirmado, o montante será 0,5% menor que o do ano passa-

do. Esse resultado reflete sobretudo a queda dos valores da produção de carne bovina e laranja destinada às indústrias de suco. Segundo produto em valor do campo paulista, a carne bovina deverá render R$ 5,612 bilhões neste ano, 4,2% menos que em 2011. Já a

laranja para indústria, em quinto no ranking, deverá amargar queda de 29,1% na comparação, para R$ 2,716 bilhões. Nos dois mercados houve queda de preços. No de carne bovina, a oferta confortável de animais para abate segue a segurar as cotações, com efeitos positivos sobre as

margens de lucro dos frigoríficos. No de laranja, mais uma supersafra, a segunda seguida, em tempos de demanda internacional retraída, continua a 'espremer' os citricultores. Já o valor da produção de cana, principal produto do agronegócio de São Paulo, deverá registrar crescimento após dois

anos de baixas. Segundo o IEA, serão R$ 26,920 bilhões em 2012, 2,3% acima do ano passado, por conta do aumento do volume produzido ? e apesar da queda do preço médio. Madeira de eucalipto e carne de frango, que completam o rol dos cinco líderes do agro-

negócio de São Paulo em valor da produção, tendem a registrar variações menores em relação ao ano passado. No primeiro caso, positiva (0,2%), graças a um leve aumento de preços; no segundo, negativa (1,7%), determinada por uma queda das cotações.

INDICADOR PROFISSIONAL ADVOGADOS MÉDICOS Ginecologia DR. DAVID CAVALHEIRO SALEM JR. Clínica Geral CRM 27291 R. CEL: AFONSO, 422 - ITAPETININGA-SP FONE: 3271-8810 - CONSULTA C/HORA MARCADA CONVÊNIOS UNIMED, IAMSPE

Cardiologia • Cardiologia • Clínica Médica • Cardiogeriatria

Dr. Luiz Antonio Orsi Bernardes CRM 44559

Dentista

Adriana Quintella Ozi advogada R. Vicente Eugênio Piedade, 230 - Vila Barth CEP 18205-610 - ITAPETININGA -SP e-mail: adrianaozi@aei.com.br

(15) 3272-4447 LUIZ GONZAGA LISBOA ROLIM SEPTIMIO FERRARI FILHO Direito Família - Criminal - Trabalhista - Tributário Justiça Federal - Sustentação Oral nos Tribunais

Rua Major Fonseca, 85 SL 1-2 e 3 Sobreloja CONSULTAS COM HORA MARCADA E PARECERES - ESTACIONAMENTO PRÓXIMO

Fones: 3271-1331 Fax: 3272-5128 José Hércules Ribeiro de Almeida Uedney Junqueira do Amaral ADVOCACIA GERAL Escrit. Av. Domingos José Vieira, 1561 - fone/fax 3271-3062 Resid. R. Leonor A. Camargo, 166 - Fone: 3272-5437 CEP: 18200-000 - ITAPETININGA/SP

DR. VITOR CAMARGO HOLTZ MORAES OAB Nº 134.223

Advocacia Cívil, Criminal e Trabalhista e-mail: vitorholtz@ig.com.br R. Adolfo Arruda Melo, 210 - Jd. Italia Fone/Fax: (15) 3272-9300 / Cel. 9715-4602

Itapetininga -SP CEP 18201-750


página 8

CALEIDOSCÓPIO 842 - DR. BASTOS

Já me referi ao dia dezessete de outubro, data natalícia de minha querida mãe que era mais velha que eu, apenas dezoito anos. Em homenagem á saudosa memória e em agradecimento pelo valioso aleitamento que foi exclusivo, no mínimo por um ano, cujos benefícios minha vida os atestam, à Orzila dedico o poema de Bastos Tigre que resume a gratidão que tenho pelo carinhoso trato.

Dr. Bastos AJORI 372

MÃE, A TEU FILHO DÁ TEU FARTO SEIO SÓ TEU LEITE A ELE SATISFAZ SEJA TEU ORGULHO E TEU ENLEIO DÁ-LHE O PÃO QUE EM TÍ PRÓPRIA AMASSARÁS. NÃO LHE SABE TÃO BEM O LEITE ALHEIO QUE SANGUE ALHEIO EM SUAS GOTAS TRAZ SEJA TEU ORGULHO E TEU ENLEIO DÁ-LHE O PÃO QUE EM TÍ PRÓPRIA AMASSARÁS.

COLUNA DO ENSINO

Newton Albuquerque

A culpa não é dos professores

Newton Albuquerque

profissionais, conforme se vê na mídia. Agora, noticia-se que a Comissão responsável na Câmara Federal, aprovou a possibilidade ou obrigatoriedade, dos executivos federal, estaduais e municipais aplicarem mais verbas na educação. A importância é volumosa e o projeto esta para ser encaminhado ao Plenário, para votação. Há controvérsias. Cremos como muitos, que é preciso, para melhorar a educação neste pais, que quantias substanciais sejam aplicadas nas esquecidas formação do professor, e que haja rigorismo nos estudos profissionais.

Pesquisa recentemente feita, demonstra que quase 50% dos alunos que cursam a USP, nas áreas da física e matemática, não pretendem lecionar. É outra questão seria, a valorização do professor, que ser fará através de digna remuneração. Sem boa formação e atrativos financeiros, não adiantam períodos integrais, numerosas salas de informática, quadras esportivas deslumbrantes excursões e que tais. Será dinheiro não muito bem direcionando! Um pouco de Humor O sujeito bate à porta da casa e é atendida por uma moça. - Bom dia eu sou afinador de piano. -Mas eu não mandei chamar nenhum afinador de piano, disse a moça. - Eu sei! – diz o a f i n a d o r, F o r a m seus vizinhos que me ligaram!

ROUPAS E CALÇADOS INFANTIS MODA GESTANTE JOVEM E ADULTO SETOR DO BRANCO PARA QUEM USA BRANCO NO DIA A DIA

A verdade não é monopólio de qualquer grupo "Por que vês tu, pois, o argueiro no olho do teu irmão, e não vês a trave no teu olho? Ou como dizes a teu irmão: Deixa tirar-te do teu olho o argueiro, quando tens no teu uma trave ? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então verás como hás de tirar o argueiro do olho do teu irmão" (Matheus, cap. 7 versículos 3-5). É voz corrente, que atirar pedras é bem mais fácil do que construir. E de sobra, traz uma retorno publicitário maior. No tempo em que Jesus esteve na Terra, isso já acontecia. Sabedor dessa realidade, ele fez constantes referências ao "modus operandi" dos fariseus. A seita dos fariseus surgiu aproximadamente

Silas Gehring Cardoso Ajori - 033

200 anos antes de Cristo, e manteve forte influência até a dispersão dos judeus, por volta dos anos 70 da era Cristã. Seus adeptos eram fortemente apegados à exterioridade e à forma, dando pouca importância ao conteúdo. O que interessava eram as aparências. Para garantir isso, esmeravam-se em atacar aqueles cujas atitudes poderiam

servir de pretexto para tanto. Conseguiam dessa forma manter uma imagem de defensores da "verdade". Os acontecimentos em Distrito Federal, envolvendo diversos grupos, servem para mostrar claramente que ninguém, sozinho, é dono da verdade. Todos podem errar, independentemente de pertencerem a este ou aquele grupo ou a este ou aquele esquema. Lentamente, o povo brasileiro vai aprendendo; por experiência própria, a não acreditar em "rótulos", e a não fazer aquela clássica divisão entre "grupos bons e grupos maus". Vai aprendendo que em todos os grupos existem bons e os maus, e que é ingenuidade acreditar no monopólio da verdade, por quem quer que seja. Talvez, deste momento difícil que o País atravessa, possam ser extraídas preciosas lições para o amadurecimento de nossa gente. Silas Gehring Cardoso é redator chefe dos jornais Folha de Itapetininga e Tribuna Popular e presidente da AJORI Associação dos Jornalistas e Radialistas da Região de Itapetininga.

AUTO POSTO PAQUETÁ 24 HORAS

DIA DE ESPECIAL SAUDADE

Se o Sistema de Ensino não vai bem, se ao final do curso os alunos, muitos, apresentam falhas, às vezes gritantemente, em sua aprendizagem, se as Escolas não atingem os seus objetivos primordiais, dentre os quais se destaca a apreensão densa do conteúdo, e estes fatos permanecem por longo tempo sem se vislumbrar mudanças positivas, é certo que a culpa não é dos professores. Existem casos pontuais , porem a culpa principal é do próprio sistema. Por quê? Entre outros motivos, eleva-se o de não incentivar a boa formação do professor. Existe uma lacuna na estrutura educacional, que é a falta de boa formação do profissional. Esta falha não é exclusiva do magistério, pois são freqüentes às criticas sobre a formação de outros

FOLHA DE ITAPETININGA Terça-feira 23 de outubro de 2012

Edição nº 6.307

Seu carro na melhor forma!

FONE: 3271-8011

Folha 23/10  

O melhor e mais moderno jornal da região.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you