Issuu on Google+

18 de MAIO de 2014

João Senechal/PMC

Para comemorar os 14 anos de fundação, Parque tem programação especial para os visitantes Página 6

Senado torna hediondo crime de exploração sexual infantil Página 3

> Saúde

Consumo nocivo de álcool gera 3 milhões de mortes por ano Página 6

> Agricultura Lei que cria o Fundo Municipal da Agricultura é sancionada João Senechal/PMC

Com o Fundo o produtor rural poderá ter acesso a recursos orçamentários para o desenvolvimento rural Página 6

> Depredação

Depredações causam prejuízos acima de R$ 2 milhões Prefeitura pede colaboração da comunidade para fiscalizar e denunciar atos de vandalismo na cidade.

O vandalismo contra o patrimônio público tem gerado um grande prejuízo aos cofres da prefeitura, estima que o valor ultrapasse R$ 2 milhões. A depredação atinge desde prédios como ginásios, escolas, centros de educação infantil até praças, placas de trânsito, lâmpadas, canchas entre outros espaços. Na última quarta feira após se instalado, foram quebrados durante a madrugada todos os pilares do alambrado do Centro de Convivência do Jardim das Graças, serviço que precisará ser refeito, mais um gasto para o contribuinte. Para diminuir estes casos a prefeitura pede para a população fiscalizar e denunciar quem pratica tal ato.

Página 3 Restauração do Centro de Convivência do Jardim das Graças nem terminou de ser concluída e foi alvo novamente de vandalismo

> Habitação

Divulgação

Parque Municipal da Gruta Bacaetava tem programação especial no mês de aniversário

Márcio Fausto/PMC

> Turismo

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

ANO 23 - Nº 798

Famílias de área irregular são cadastradas para reassentamento Para evitar novas ocupações, prefeitura realiza cadastramento de famílias que vivem em área irregular

Página 4

> Infraestrutura

> Cidadania

> Economia

> Cinema

Asfalto leva melhoria para região da Roseira e Osasco Página 4

Casamento gay registra mais de mil uniões

Pré-Sal bate novo recorde de produção diária Página 2

Cinema brasileiro se destaca no cenário nacional Página 7

Página 4

> Taça Paraná

> Cinema Festival de Cinema Europeu acontece em Curitiba

Para entrar na história

Página 7

> Música Karla da Silva lança álbum no próximo sábado Página 7

> Editorial

O desafio de evitar depredações de bens públicos Página 2

Depois de eliminar o Vila Hauer na semifinal, Bandeirantes começa a disputa pelo título contra o Fanático

Página 2


> Editorial

O desafio de evitar depredações de bens públicos

A

escala crescente de depredações do patrimônio público causam enormes prejuízos à cidade, recursos que deveriam ser investidos em melhorias e manutenção de outros equipamentos são novamente aplicados em setores que sofrem com ações de vandalismo. A destruição é generalizada, são sinalização rodoviária, abrigos de ônibus, pichação de fachadas de prédios, sistema de iluminação pública, monumentos históricos, entre outros que sofrem cotidianamente de alguma maneira com esses atos. O poder público e a sociedade devem fazer um trabalho constante para tentar conter e evitar essas depredações, principalmente se levar em consideração que o recurso destinado ao reparo destes estragos sai do próprio contribuinte. Mas o que leva os moradores a cometerem atos de vandalismo e depredação de patrimônio público? Seria a falta de conhecimento de quem paga a conta para o conserto, a falta de educação das pessoas e de cidadania, talvez não seja esta uma resposta certa. Poderíamos acrescentar também a qualidade urbanística das cidades, pois em geral são mal cuidadas e mal mantidas. Outro fator a se observar é a constância da manutenção dos espaços e equipamentos públicos, enquanto um local é sempre bem mantido outro não recebe a mesma atenção, o que possivelmente contribui para que haja menos depredação. Em Colombo o prejuízo com depredações ultrapassa os R$ 2 milhões por ano, conforme informou a prefeitura. Ainda em reforma, o prédio do Centro de Convivência do Jardim das Graças, sofreu novamente com atos de vandalismo, todos os pilares que estavam sendo colocados para segurar o alambrado foram quebrados. Na capital, a prefeitura de Curitiba atua fortemente na tentativa de evitar pichações para manter a cidade mais limpa, e quem é flagrado pichando participa da medida de uma punição socioeducativa chamada despiche, que tem entre os apoiadores o Ministério Público do Paraná, da Associação Comercial do Paraná (ACP). O desafio para se evitar a depredação do patrimônio público é grade, sociedade e administração pública devem trabalhar em conjunto para reduzir e eliminar no futuro esses atos de vandalismo. É preciso ter mais ações para que a cidade possa educar mais o cidadão, o fazer ter conhecimento do prejuízo, não apenas visual, que lhe causa tais atos. É preciso rejeitar o vandalismo da mesma maneira que não aceitamos a corrupção, pois este apenas desfalca os cofres público, alimentados com imposto do contribuinte, que não deve tolerar tal desperdício com o próprio recurso. Requerimento para Renovação de Licença Ambiental Itacolombo Ind. com de Minérios Ltda. torna público que requereu junto ao IAP a RENOVAÇÃO de sua Licença de Operação para extração, britagem, comercialização e transporte de calcário, cal virgem, cal hidratada e lama de cal, situado na Rua Victor Tosin, 232, Botiatumirin, município de Colombo, Estado do Paraná. "ABANDONODEEMPREGO" Sr. Leni de Jesus da Paz Tendo em vista encontrar-se em local não sabido, convidamos a Sra. Leni de Jesus da Paz, portadora da CTPS 00257 - Série 036 PR, a comparecer em nosso escritório, sito à Rua Victor Tosin nº 242, Guabirobal, Colombo , Pr., a fim de retornar ao emprego ou justificar as faltas desde 16 de abril de 2014, dentro do prazo de 24 horas a partir desta convocação, sob pena de ficar rescindido, automaticamente, o contrato de trabalho, nos termos do art. 482 da CLT. Colombo, 17 de maio de 2014 ITACOLOMBO INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MINÉRIOS LTDA.

Rua Victor Tosin, 242, Guabirobal - Colombo - PR

Diagramação: Exceuni - Aldemir Batista - 3657-2864 Impressão: Press Alternativa - 3047-4511

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

COLOMBO, 18 DE MAIO DE 2014

>

N

O

T

A

NOVOS MUNICÍPIOS O Senado aprovou as emendas do Projeto que estabelece normas para a criação, incorporação, fusão e desmembramento de municípios. O texto segue agora para análise da Câmara dos Deputados. Com 55 votos favoráveis e apenas um contrário, foram aprovadas duas emendas ao projeto. Agora o projeto, prevê que é preciso ter ao menos 6 mil habitantes na Região Norte e Centro-Oeste, 12 mil no Nordeste e 20 mil no Sul e Sudeste para pedir a emancipação. Ficou mantida a proposta de redução, de 10% para 3% da população, do número de pessoas que precisa assinar o requerimento de criação do município. Os novos municípios deverão ter área mínima de 200 quilômetros quadrados (km²) no Norte e no Centro-Oeste e de 100 km² no Sul, Sudeste e Nordeste, além de arrecadação de pelo menos 10% da média dos municípios do estado. VARGAS E A OPERAÇÃO LAVA JATO Parte da investigação da Operação Lava Jato onde aparece o nome do deputado André Vargas (sem partido) foi enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo ministro Teori Zavascki, uma vez que Vargas tem foro privilegiado. Por ser parlamentar, cabe ao STF apurar a relação entre Vargas e o doleiro Alberto Youssef, preso pela PF. O deputado não é investigado na Operação Lava Jato, no entanto, a suspeita de envolvimento entre o parlamentar e o doleiro foi descoberta durante as investigações. ECONOMIA NO SENADO Com a intenção de economizar cerca de R$ 5 milhões por ano, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), fará um corte de 15% no contrato de terceirização de serviços que atende à TV Senado. O contrato chega a custar R$ 29 milhões ao ano. Conforme o presidente "esse contrato da comunicação social se prorroga, de uma forma ou de outra, há 17 anos. É um contrato eivado de vícios e que precisa ser enquadrado não apenas na racionalização, mas na própria transparência do Senado Federal", disse. Os valores economizados serão juntamente investidos na modernização da TV Senado, especialmente na compra de equipamentos. No qual serão gastos R$ 15 milhões a R$ 20 milhões.

S

P

O

L

Í

REFORÇO Depois de uma semana conturbada na segurança pública, o governador Beto Richa (PSDB) anunciou a contratação de 75 novos delegados da Polícia Civil, o que deve deixar todas as Comarcas do Estado com delegados. Também serão incorporados 413 novos investigadores e 48 papiloscopistas. Conforme informou a Agência de Notícias do Estado, atualmente, o Paraná tem 21.213 policiais militares e bombeiros. A CASA TORNA O deputado André Vargas reassumiu na quarta-feira (14) seu mandato parlamentar. Vargas encaminhou um ofício ao presidente da Câmara para solicitar a interrupção da licença que se encerraria no próximo dia 5 de junho. O deputado se licenciou por 60 dias, após denúncias de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato. Vargas que responde a processo de quebra de decoro parlamentar, foi notificado nesta semana do processo de cassação do mandato dele no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar. Agora tem apenas 10 dias para apresentar defesa. CPI DA PETROBRAS A presidente da Petrobras, Graça Foster, e o ex-presidente da empresa Sérgio Gabrielli serão os primeiros a prestar depoimento à CPI da Petrobras no Senado. Gabrielli deve ser ouvido na próxima terça-feira (20), enquanto o depoimento de Graça Foster ficará para a outra semana, dia 27. No total, foram aprovadas as convocações de dezenas de pessoas, que serão obrigadas a comparecer à comissão, entre elas, o ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró, autor do relatório que teria embasado a decisão de comprar a refinaria de Pasadena, nos EUA. PATRIMÔNIO R$ 35 milhões. Este é o valor que o Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), ligado à Secretaria Nacional de Justiça (SNJ), recuperou aos cofres públicos em 10 anos, o montante é fruto de desvio por corrupção e lavagem de dinheiro. Além dos bens culturais e históricos, como obras raras, cujo valor não é mensurável, e que foram repatriados. Exemplo do quadro "Composition abstraite", de Serge Poliakff, pintor russo, de valor estimado em U$ 400 mil.

T

I

C

A

S

02 <

ILESO Para o ministro da Fazendo, Guido Mantega, o Brasil passou pela última crise internacional, que esta acabando, "melhor do que em outras". Mantega acrescentou que a melhora da economia brasileira será "gradual, mas dolorosa" e em sintonia com os demais países e lembrou que, mesmo no período de turbulência, o país foi um dos maiores receptores de investimento estrangeiro direto nos últimos quatro anos. Segundo o ministro, o que proporcionou esse desvio da crise foi o modelo de desenvolvimento adotado, no qual permitiu gerar empregos antes e durante a crise. Mantega ainda desmentiu a existência de elaboração de estudos no Ministério da Fazenda propondo alterações na composição do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). SEM CONTA O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a Procuradoria Geral da República a iniciar procedimentos para a transferência de ativos congelados no exterior, em consequência de ações penais a que responde o deputado federal Paulo Maluf (PPSP). Segundo a Procuradoria os valores no exterior chegam a US$ 53 milhões. O montante está localizado na Suíça, Luxemburgo, França e Jersey. Muluf sempre se defendeu das acusações dizendo que não tem contas no exterior. IMIGRAÇÃO Solicitação de refúgio para o Brasil cresceu 800% em quatro anos, é o que apontam os dados do Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), vinculado ao Ministério da Justiça. Em 2010 o número era de 566, em 2013 pulou para 5256. O perfil dos imigrantes normalmente está ligado ao impacto das crises humanitárias mundiais. A busca pelo país é em decorrência da maior visibilidade internacional, principalmente pelas baixas taxas de desemprego. O país com maior registro de pedidos no ano passado foi Bangladesh seguido de Senegal, Líbano, Síria e República Democrática do Congo. Para se enquadrar no grupo de refugiados, como define as convenções internacionais a pessoa deve estar sofrendo perseguição, em seu país de origem, em razão de raça, religião, nacionalidade, grupo social ou opinião pública.

> Economia

Produção do Pré-Sal bate novo recorde de produção diária A produção de petróleo nos campos da Petrobras, na camada pré-sal, nas Bacias de Santos e de Campos alcançou novo recorde diário, ao superar os 470 mil barris de petróleo por dia (bpd) até 11 de maio. A Petrobras informou ainda que o número foi atingido com a produção de 24 poços, sendo nove da Bacia de Santos. A produtividade média por poço no Polo pré-sal da Bacia de Santos alcançou 28 mil barris de petróleo por dia (bpd), um aumento de quase 30% em comparação com fevereiro de 2013, quando foi alcançado recorde de produção diária de 300 mil bpd.

A empresa atribuiu o bom desempenho à entrada em operação do poço 7-LL22D-RJS no dia 9 de maio, que tem vazão atual de 31 mil bpd e está interligado ao navio-plataforma FPSO Cidade de Pa raty, no campo de Lula. Este é o terceiro poço interligado com a tecnologia Boia de Sustentação de Riser e o primeiro conectado ao FPSO Cidade de Paraty. A Petrobras informou ainda que a primeira boia, instalada no FPSO Cidade de São Paulo, no campo de Sapinhoá, já possui dois poços em produção e o que o primeiro poço interligado tem sido o melhor pro-

dutor do país, com produção de aproximadamente 36 mil bpd. O segundo poço desta BSR foi interligado no início de abril e está produzindo 35 mil bpd. A instalação da terceira boia, também no FPSO Cidade de São Paulo, e da quarta boia, no FPSO Cidade de Paraty, foram concluídas em abril e maio, respectivamente. O FPSO Cidade de São Paulo produz atualmente cerca de 100 mil bpd, com três poços, e o FPSO Cidade de Paraty, cerca de 60 mil bpd, com dois poços. A companhia adiantou que novos poços serão interligados aos navios-pla-

taformas de São Paulo e de Paraty nos próximos meses com a nova tecnologia. A Petrobras espera atingir a capacidade máxima de produção dessas plataformas, que é de 120 mil bpd, ainda no terceiro trimestre. O campo Lula é operado em parceria com a BG E&P Brasil Ltda e a Petrogal Brasil S.A., sendo que a Petrobras detém 65% do empreendimento. Na operação do campo de Sapinhoá, a Petrobras tem como parceiros a BG E&P Brasil Ltda e a Repsol Sinopec Brasil S.A. Nesta operação a Petrobrás detém 25% do negócio. Fonte: EBC


03 COLOMBO, 18 DE MAIO DE 2014 > Depredação

Prejuízo com depredações ultrapassa os R$ 2 milhões pamentos da cidade, e pede para que o cidadão também exerça o papel de fiscalizador e denuncie as ações dos vândalos. Para exemplificar o descaso dos vândalos com o que é público, ou seja, construído com o dinheiro do contribuinte, o Centro de Convivência do Jardim das Graças, que passa por uma reforma completa no prédio, sofreu mais uma ação de depredação. Todos os pilares de concreto do alambrado que tinham acabado de ser colocados, e que fariam a delimitação da

Pilares do alambrado do Centro de Convivência do Jardim das Graças, que tinham acabado de ser instalados, foram todos quebrados por vândalos

área do local para garantir a segurança dos frequentadores, foram quebrados durante a madrugada da última quarta-feira, 14. Trabalho este, que

> Agricultura

Prefeita sanciona Lei que cria o Fundo Municipal da Agricultura João Senechal/PMC

Com a instituição do Fundo será possível mobilizar recursos orçamentários para dar suporte e estimular o desenvolvimento agropecuário no Município. A prefeita Beti Pavin sancionou a Lei que cria o Fundo Municipal da Agricultura e Desenvolvimento Rural, que ainda está em fase de ajustes. O Fundo tem por finalidade promover o acesso do produtor rural a recursos orçamentários e extra-orçamentários para que tenha condições de desenvolver programas e projetos que visem o uso racional dos recursos ambientais, assim como o estímulo às atividades rurais e agropecuárias, conforme especifica a Lei. O processo passa agora por uma fase de abertura de conta e estruturação do formato de arrecadação, dentre elas, seria reverter parte do Imposto Territorial Rural (ITR) para a reserva. Hoje, 50% do valor que o município arrecada com o imposto são revertidos para investimentos gerais em setores como educação e saúde, entre outros. O secretário da Agricultura e Abastecimento, Márcio Toniolo defende que a outra metade seja aplicada no Fundo. "Já revertemos uma parte, que beneficia a cidade como um todo, mas o projeto visa reverter os 50% restantes para o fundo, para que beneficie justamente quem contribui com o ITR, que mora no campo e depende dele para viver", salientou Toniolo.

Com a criação do Fundo Municipal da Agricultura e Desenvolvimento Rural, o produtor rural poderá ter acesso a recursos orçamentários e extra-orçamentários

Outra maneira de arrecadação seria converter parte da porcentagem do Fundo de Partição dos Municípios (FPM), repassado pelo Governo Federal com base na produção rural, para a reserva. Assim como o ITR, o repasse do FPM beneficia diversos setores do município, contudo esta porcentagem em especial será igualmente destinada somente ao setor agrícola, que é uma das principais atividades econômicas de Colombo. Estas e outras fontes deverão compor o novo Fundo Municipal da Agricultura, que, por meio destes investimentos, possui o objetivo único de alavancar o crescimento da produção rural do município e promover seu desenvolvimento econômico e social. Para a prefeita Beti Pavin, esta é uma ferramenta para melhorar as condições de trabalho no campo. "O orçamento li-

am receber a tela de proteção, mas agora vamos retirar o pedaço que restou para então refazer tudo, ou seja, cravar novos pilares para depois cercar o centro de convivência", explicou o diretor. O Centro passa por uma revitalização completa, recebe melhorias nos banheiros, troca dos vidros quebrados, pintura interna e externa para cobrir as pichações e colocação de divisórias para otimizar os espaços. "Com o que terá que ser reposto, poderíamos realizar outras benfeitorias que fi-

mitado por vezes impedia que o investimento em ações em prol do trabalho do agricultor de Colombo se desenvolvesse da forma mais adequada. Deste modo à criação do fundo amplia a oportunidade de injetar verba nos serviços realizados no campo, ampliando a produção no setor que é fundamental para nós", explicou Beti. O Fundo Municipal da Agricultura terá uma gestão administrativa compartilhada entre as secretarias municipais da Fazenda, da Agricultura e Abastecimento, Administração e de Planejamento. Além disto, o Conselho de Desenvolvimento Agropecuário de Colombo (Cedac) irá atuar dentro desta gestão compartilhada como responsável pela aprovação e aplicação do orçamento, fiscalizador e também tem o papel de orientar e votar a prestação de contas referente à aplicação dos recursos.

será feito novamente segundo do diretor de Obras da secretaria municipal de Obras e Viação, Ítalo Perini. "Estes pilares já tinham sido cravados no chão e iri-

carão para mais tarde", lamentou Perini. Na medida do possível a Prefeitura trabalha para fazer os reparos devidos as depredações, contudo acredita ser de fundamental importância a participação da população para ajudar na conservação e vigilância dos equipamentos que são de uso comum. Para isso, pede que ao se deparar com qualquer ato de vandalismo denuncie de forma sigilosa: (41) 3656-8000 (Prefeitura) e/ou 3621-0404 (Guarda Municipal).

> Proteção

Exploração sexual infantil é aprovado como crime hediond Projeto aprovado no Senado que vai tornar mais rigoroso o cumprimento da pena, segue agora para sanção presidencial. A Câmara dos deputados aprovou, em votação simbólica, o projeto de lei que torna hediondo o crime de exploração sexual de criança, de adolescente ou de pessoa vulnerável. O texto segue agora para a sanção da presidenta Dilma Rousseff. De acordo com a proposta, a pena prevista é de 4 a 10 anos de reclusão, aplicável também a quem facilitar essa prática ou impedir ou dificultar o seu abandono pela vítima. Os condenados por esse tipo de crime não poderão pagar fiança e não terão direito a anistia, graça ou indulto natalino. A pena imposta terá de ser cumprida inicialmente em regime fechado. Para a progressão de regime, será exigido o requisito objetivo de cumprimento de, no mínimo, 2/5 (dois quintos) da pena aplicada, se o apenado for primário, e de 3/5 (três quintos), se reincidente. "Há uma urgência em proteger nossas crianças e nossos adolescentes desse tipo

Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

A Prefeitura estima em mais de R$ 2 milhões o valor dos prejuízos causados por atos de vandalismo contra o patrimônio público, montante que deveria ser utilizado apenas para fazer a manutenção dos bens. As depredações não têm um alvo específico, atingem todos os lugares, ginásios, escolas, centros de educação infantil, praças, placas de trânsito, lâmpadas, canchas/ quadras, academias ao ar livre, entre outros espaços. A Prefeitura sozinha não tem como fiscalizar todos os equi-

Márcio Fausto/PMC

Vandalismo contra o patrimônio público acontece até em obras em execução, exemplo é Centro de Convivência do Jardim das Graças, que teve todos os pilares do alambrado quebrados.

Com a aprovação do projeto, condenado por exploração sexual infantil fica impedido de obter anistia, graça ou indulto

de crime que muitas vezes fica impune", disse a deputada Erika Kokay (PT-DF), que preside a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Ela destacou que a impunidade contribui para que o crime seja considerado uma prática "natural", difundindo "o temor a quem quer denunciar esta prática". A parlamentar citou o caso de Coari, no Amazonas, em que o prefeito da cidade, Adail Pinheiro, foi preso e afastado do cargo acusado de chefiar uma rede de exploração sexual de crianças e adolescentes no município. "Vimos esse temor de denunciar em Coari, em que as pessoas tive-

ram suas casas apedrejadas e foram espancadas ao denunciar um prefeito que criou uma rede de exploração sexual com recursos públicos naquele município", recordou Kokay. O projeto estipula como exploração sexual de criança e adolescentes a utilização destes em atividades sexuais remuneradas, a pornografia infantil e a exibição em espetáculos sexuais públicos ou privados. A proposta também diz que o crime ocorre mesmo que não haja ato sexual propriamente dito, mas qualquer outra forma de relação sexual ou atividade erótica que implique proximidade física e sexual entre a vítima e o explorador.


COLOMBO, 18 DE MAIO DE 2014

04

> Habitação

Ação identifica famílias de área irregular Trabalho tem o objetivo de cadastrar as famílias para promover o reassentamento, além de congelar a área para evitar novas ocupações tegendo o leito e o curso do rio. Conforme a prefeita Beti Pavin destacou, a ação é em prol do crescimento da qualidade de vida em Colombo. "Toda esta equipe que esteve realizando o trabalho no bairro traz justamente o auxílio de que a parcela da população mais precisa. É neste momento que estamos olhando para as famílias que mais precisam de governo", enfatizou Beti. A secretária da Ação Social e Trabalho, Maria da Silva Souza, explicou que o objetivo da iniciativa foi para identificar a situação das famílias, quantas são para cadastrá-las e realizar o congelamento da área. "Fizemos o trabalho de cadastra-

assistentes sociais conferiu qualidade à pesquisa que vem sendo realizada no local, dando visibilidade para as condições sociais das famílias residentes na região, a maioria quase absoluta, vivendo em situação de vulnerabilidade social.

Márcio Fausto/PMC

A Prefeitura Municipal de Colombo por meio das secretarias da Ação Social e Trabalho e Desenvolvimento Urbano e Habitação, realizou uma ação de caracterização das famílias que atualmente moram na Rua Campo do Tenente, no Guaraituba. A intenção é identificar as famílias que hoje moram no local, que fica ao longo das margens do Rio Palmital e é de proteção ambiental, para realizar o reassentamento destas pessoas para um lugar mais adequado e seguro. O trabalho é para evitar que novas ocupações nesta região, no futuro o lugar deve ser transformado em Parque Linear, com revitalização da área, pro-

Prefeitura realiza cadastramento de famílias em região irregular para reassentamento e para evitar novas ocupações na área

mento de cada uma das famílias para posteriormente encaminhá-las para uma nova área de habitação, longe dos riscos de morar na área de proteção, onde eles estão sujeitos inclusive a enchentes",

> Cidadania

Casamento gay chega a mil uniões A resolução, que impede os cartórios brasileiros de se recusarem a converter uniões estáveis homoafetivas em casamento civil, completou um ano de aprovação pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Neste período forma celebrados ao menos mil casamentos homoafetivos no País, o maior número de uniões ocorreu em São Paulo, onde somente na capital se registrou 701, segundo levantamento da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil). De acordo com o levantamento realizado pela Associação de Registradores da Cidade de São Paulo, o mês de outubro liderou a realização dessas celebrações com 90 cerimônias, seguido pelo mês de novembro, com 80 casamentos, maio, com 73, e agosto, com 71. Abril, com 57 casamentos, fecha a lista dos cinco meses com mais realizações. Pelos cálculos da Corregedoria do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), no mesmo período, o número de uniões de casais homoafetivos chegou a 130. Celebradas coletivamente no Dia da Família (dia 8 de dezembro), o evento chegou a ser considerado pela mídia mundial "o maior casamento homoafetivo coletivo do mundo". A cerimônia ocorreu no auditório do TJRJ e contou com o apoio do Governo do Esta-

Gil Ferreira/Agência CNJ

Após um ano de regulamentação, ao menos mil casamentos homoafetivos foram celebrados no País nos últimos 12 meses, São Paulo lidera o número de matrimônios

explicou Maria. Segundo a secretária esta foi a conclusão de mais uma etapa para o avanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), onde a equipe, composta por mais de 30

TRANSFERÊNCIA As famílias serão transferidas para um conjunto habitacional que será construído no bairro Belo Rincão, no projeto de reassentamento e a ação é vinculada ao PAC. O objetivo é retirá-los da área de risco, levando-os para um local seguro e livre de enchentes. Ao todo, serão oferecidas 520 casas para as famílias que serão rea-

locadas da Rua Campo do Tenente, no Guaraituba para o Belo Rincão. A construção das moradias passa por processo licitatório ainda neste mês de maio, e para a secretária da Ação Social e Trabalho, a realização desta ação é a garantia da dignidade a estas famílias. "Hoje nós vemos as condições em que estas famílias vivem em ocupação irregular e suscetível a doenças, justamente por que este não é um local feito para morar. Agora depois de passar pelo cadastramento eles vão aguardar a construção do novo conjunto habitacional e então terão moradia digna e de qualidade", concluiu Maria.

> Infraestrutura

Vias na Roseira e Osasco ganham asfalto novo Em um trecho a obra vai beneficiar importante ligação entre o bairro Monte Casteloe a Estrada da Ribeira, ao todo serão quase dois quilômetros de extensão em melhorias João Le Senechal/PMC

Em um ano ao menos mil casamentos homoafetivos foram celebrados no País

do do Rio de Janeiro, que destacou o movimento como um marco dos direitos humanos. Na avaliação do conselheiro Guilherme Calmon, esta regra equilibra as decisões dos tribunais em relação ao casamento gay, cessando a disparidade de entendimentos em relação a esse tema. "Dos 27 estados, 15 não se manifestavam em relação ao assunto e 12 já haviam editado normas favoráveis a esse tipo de união. Analisamos os casos e julgamos que estavam corretos aqueles que entendiam a legalidade do casamento civil entre uniões homoafetivas", explicou Calmon. De acordo com levantamento da Arpen nacional, entre maio de 2013 e fevereiro de 2014, foram celebrados 85 casamentos homoafetivos em Curitiba/PR; 81 em Brasília/DF e 68 em Porto Alegre/RS. Nem todos os estados perceberam grandes números de pedidos de casamentos homoafetivos. Em Roraima, por exemplo, apenas duas uniões foram feitas no Cartório de Registro Civil. No Acre, a procu-

ra para a realização de casamentos também tem sido baixa. Em Rio Branco, foram celebrados apenas dois casamentos civis homoafetivos. Para o conselheiro do CNJ, o baixo quórum de pedidos de casamentos homoafetivos em determinadas regiões brasileiras está relacionada ao preconceito da população. "Essa é uma questão complexa. Estamos falando de uma sociedade muito heterogênea; há pais que chegam a banir os filhos que assumem sua homossexualidade", disse.

A prefeitura realiza mais duas obras importantes de infraestrutura, é pavimentação de duas vias, uma localizada no bairro da Roseira e a outra no Osasco. A Rua Francisco Coradin, no Roseira, vai receber a pavimentação em um trecho de 1.400 metros de extensão. Esta é uma importante via que faz a ligação com o bairro Monte Castelo e a Estrada da Ribeira, além de dar acesso a importantes propriedades que compõem o Circuito Italiano de Turismo Rural. Segundo o Secretário de Obras e Viação João Maria Rodrigues, esta é uma obra projetada dentro de um padrão chamado baixo custo, porque na região não se faz ne-

Mais duas Ruas recebem melhoria e pavimentação no município, uma na Roseira e outra no Osasco

cessária à implantação de calçadas e meio fio e estará concluída até o final deste mês. Na Região do Jardim Osasco, a obra atende a uma necessidade estrutural para evitar alagamentos e deslizamentos de saibro, uma vez que na Rua Guilherme Nass o trecho

asfaltado é de 250 metros de extensão e está localizado declive e com revestimento rudimentar de saibro. Trata-se de uma via importante para evitar alagamentos ou até mesmo a erosão nos terrenos daquela localidade, segundo técnicos da Secretaria de Obras.


05 COLOMBO, 18 DE MAIO DE 2014 > Cidadania

País precisa melhorar serviço de assistência social Apesar dos avanços, população vulnerável ainda carece de políticas de assistência social de média e alta complexidade.

Embora nos últimos anos o Brasil conseguiu avanços significativos na área de assistência social a população vulnerável, conforme constatado no Suplemento de Assistência Social da Pesquisa de Informações Básicas Municipais (Munic 2013), o país ainda precisa melhorar do ponto de vista da implantação de políticas de assistência social de média e alta complexidade. Trata-se de unidades de acolhimento de proteção social para pessoas em situação de vul-

nerabilidade como moradores de rua, dependentes químicos, idosos e criança. Ao mesmo tempo em que constatou aumento de 44,9%, entre 2009 e 2013, no número de Centros de Referência em Assistência Social (Cras), apenas 2,8% dos municípios brasileiros tinham, em 2013, Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP). São apenas 175 centros POP distribuídos em 154 municípios. Na avaliação do IBGE, os números são coerentes com o pouco

tempo transcorrido desde que se iniciou a implantação desse tipo de unidade, bem como com o fato de ela ter sido pensada especialmente para cidades de grande porte e metrópoles, "considerando que uma das características mais marcantes da população em situação de rua é a sua prevalência nos grandes centros urbanos". Outro exemplo diz respeito aos centros de proteção social especial para pessoas com deficiência e idosos. Atendidos no Centro-Dia, unidades de média

complexidade criadas para abrigar o serviço de proteção social especial, os dados revelam que em 2013, em apenas 510 centros, públicos ou conveniados, em apenas 290 municípios (5,2% do total). Os dados revelam ainda que apenas 5,4% dos municípios brasileiros contam com Abrigo Institucional ou Casa-Lar para população em situação de rua, mulheres e pessoas com deficiência. São 482 unidades distribuídas em 300 municípios brasileiro. Os estados do Amazonas,

Amapá, Maranhão e de Roraima, não contam com nenhuma unidade assim. A proporção é mais expressiva no Sudeste (10%) coerentemente com o maior porte populacional dos seus municípios. Nas regiões Sul e Centro-Oeste, respectivamente, 6% e 6,2% dos municípios oferecem esses equipamentos para esse público específico. Os menores índices estão no Norte (1,8%) e no Nordeste (1,3%). Segundo o público a que se destinam, as unidades de acolhimento insti-

tucional pesquisadas de menor recorrência são as para mulheres. No país, são 192 unidades distribuídas em 152 municípios (2,7% do total). Entre as regiões, em um extremo está o Norte, apenas nove municípios, ou 2%, dispõem do equipamento. No Sudeste, 45 municípios (3,8%) possuem unidades para mulheres. O Amazonas, Amapá e Roraima também não contam com atendimento para esse público. O Distrito Federal, que em 2009 também não tinha unidades assim, agora tem uma.

> Concurso

Copa do Mundo inspira concurso nas escolas O concurso Brasil e o Futebol têm a intensão de estimular a pesquisa e a produção relacionada ao futebol em função da realização do Mundial 2014. As inscrições para o concurso cultural "O Brasil e o Futebol" terminam no dia 11 de junho, podem participar alunos da Rede Pública de Ensino de Colombo, a ideia é incentivar a pesquisa e a produção intelectual em torno da temática do futebol em fun-

ção da realização do Mundial 2014, no Brasil. São duas categorias nas quais os alunos podem se inscrever, poesia e desenho, sendo que cada escola poderá participar com dois trabalhos por categoria. "Serão premiados os três primeiros lugares de cada categoria e os vencedores serão conhecidos no dia 26 de junho", explicou a diretora de Cultura, Rita de Fátima Straioto de Souza.

A idealização do concurso é da Biblioteca Pública Municipal por meio do departamento de Cultura da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio, Turismo e Cultura e da Prefeitura Municipal de Colombo. O regulamento do concurso pode ser acessado na integrada no site da prefeitura - www.colombo.pr.gov.br - assim como a ficha de inscrição. Mais informações: (41) 3656-8041 / 3656-8054.


COLOMBO, 18 DE MAIO DE 2014

06

> Saúde

Álcool contabiliza mais de 3 milhões de mortes por ano, diz OMS Mortalidade por consumo nocivo de bebida alcoólica é superior à ligada ao HIV, violência e à tuberculose Aproximadamente 3,3 milhões de pessoas morreram em 2012 em todo o mundo em consequência do consumo nocivo de álcool, o que equivale a 5,9% de todas as mortes, segundo apontou a Organização Mundial de Saúde (OMS). A proporção de mortes associadas ao álcool é superior à mortalidade ligada ao HIV (2,8%), à violência (0,9%) e à tuberculose (1,7%), concluiu a organização no Relatório Global sobre o Álcool e a Saúde 2014.

Para a organização, sediada em Genebra, o consumo de álcool pode provocar dependência, mas também aumenta o risco de mais de 200 doenças, incluindo cirrose hepática e alguns tipos de câncer. O consumo nocivo pode ainda provocar violência e ferimentos, assim como a suscetibilidade dos consumidores a doenças infecciosas como tuberculose ou pneumonia. "Precisamos de fazer mais para proteger as populações das consequên-

cias negativas do consumo de álcool para a saúde", disse o diretor-geral adjunto da OMS para as Doenças Não Transmissíveis e a Saúde Mental, Oleg Chestnov. Citado em um comunicado da organização, o diretor sublinha que "não há espaço para complacência quando se trata de reduzir o consumo nocivo de álcool". O consumo nocivo de álcool é definido pela OMS como o consumo que causa consequências negativas para o consumidor, as

pessoas que o rodeiam e a sociedade como um todo, assim como padrões de consumo associados ao aumento do risco de problemas de saúde. De acordo com o relatório publicado dia 12, cada habitante do mundo com mais de 15 anos consome em média 6,2 litros de álcool puro por ano, o que equivale a 13,5 gramas de álcool puro por dia. No entanto, como apenas 38,3% das pessoas bebem realmente álcool, aqueles que consomem

em média 17 litros de álcool puro por ano. O documento informa ainda que há maior porcentagem de mortes relacionadas ao consumo de álcool entre os homens do que as mulheres - 7,6% das mortes masculinas contra 4% das mortes femininas -, embora as mulheres sejam mais vulneráveis a algumas doenças relacionadas ao álcool do que os homens. "Constatamos que em todo o mundo cerca de 16% dos consumidores têm episódios de consumo ex-

cessivo, que é o mais prejudicial para a saúde", explicou o diretor para a Saúde Mental e o Abuso de Drogas e Outras Substâncias da OMS, Shekhar Saxena. A OMS estabeleceu em 2011 a necessidade de ação intensiva para reduzir o consumo de álcool, considerado um dos quatro fatores de risco para a epidemia de doenças não transmissíveis juntamente com o tabaco, a alimentação desequilibrada e a falta de exercício físico.

> Turismo

Visitação a Gruta Bacaetava tem programação especial No mês que completa 14 anos de criação, o Parque Municipal Gruta do Bacaetava recebe uma programação diferenciada para o visitante entre os dias 15 de maio e 15 de junho. Serão atividades com alunos que irão ficar durante toda a manhã no parque para conhecer a Gruta e participar de atividades educativas extras. Também serão disponibilizadas algumas tarefas interativas direcionadas às demais crianças que visitarem o parque nesse período. A Gruta do Bacaetava foi descoberta por acaso pelo imigrante italiano Antônio Gasparin, que

morando no local preparava a terra para o plantio. Depois disso, o local passou a ser dos filhos de Gasparin, que repassaram à Igreja Matriz de Colombo, que por sua vez também a doou para a Santa Casa de Misericórdia, então vendido para a Prefeitura, que fundou o Parque Municipal Gruta do Bacaetava, no dia 13 de maio. O local é um dos símbolos das riquezas do município, a Gruta do Bacaetava constitui o patrimônio espeleológico mais importante da região. Ela encontra-se registrada no Cadastro Nacional de Cavidades Naturais Subterrâneas da Sociedade Brasileira de

João Le Senechal/PMC

Atividades fazem parte das comemorações dos 14 anos de criação do Parque Municipal Gruta do Bacaetava

Parque Municipal Gruta do Bacaetava comemora 14 anos de fundação e tem programação especial para os visitantes Espeleologia. O primeiro Olympio de Sá, antigo moregistro formal do local rador da região, à caverna. data de 1889, quando em Conservação Sebastião Paraná, é relaHoje o limite de visitas tada a visita do amigo é de 260 pessoas por dia

no verão e 240 no inverno. A Gruta tem aproximadamente 600 a 700 milhões de anos, e encontra-se ainda em formação. No interior da Gruta foram registradas 39 espécies da fauna, como os artrópodes das Classes Arachnida (aranhas e opiliões, além de uma espécie de carrapato parasita de morcegos), Diplopoda (piolhosde-cobra), Crustacea (tatuís), Insecta (grilos, besouros, mosquitos e formigas, etc), além de minhocas (Classe Oligochaeta) em bancos de sedimentos do rio. O morcego Chrotopterus auritus também é uma das espécies encontradas no local. Como se alimen-

tam de pequenos vertebrados e de insetos é possível observar, ao entardecer e ao amanhecer, a revoada de morcegos que saem em busca de alimento. Para não interferir no comportamento desses animais ou gerar sustos e acidentes, a visitação à gruta é limitada ao período entre 8h30 e 16h30.

SERVIÇO: Comemoração de Aniversário Parque Municipal Gruta do Bacaetava. Entre os dias 15 de maio e 15 de junho. Mais informações pelo telefone: (41) 36566600.


07 COLOMBO, 18 DE MAIO DE 2014 > Música Conhecida nacionalmente por participar da semifinal da primeira edição do The Voice Brasil, Karla da Silva faz show de lançamento seu primeiro disco solo, intitulado Quintal, em Curitiba, no Teatro do Paiol no próximo dia 24 de maio. "Nem tão Samba, nem tão Rock, nem tão Jazz", assim a cantora define o álbum. O espetáculo, com o patrocínio do Natura Musical, traz um repertório com sons e formas que traçam uma perspectiva mais urbana, de uma geração que recebe informações pela internet - onde dialo-

Divulgação

Karla da Silva apresenta o álbum Quintal

Karla da Silva faz show de lançamento do álbum Quintal, no Teatro do Paiol

ga-se com a arte do mundo inteiro e que através da imagem, da cybercultura, do download, bebe em muitas fontes. Acompanhada de quatro instrumentistas, Karla segue na linha de somar com compositores de sua geração, também apresentando ao público mú-

"Trajetória", de Arlindo Cruz, "Lover Man", de Jimmy davis e Ram ramirez e de "Samba à dois", de Marcelo Camelo. O espetáculo que é marcado por tons musico-teatrais promete, ainda, participações especialíssimas de artistas curitibanos.

sicas como "Hoje só volto amanhã" de João Bernardo, "Quintal" de Matheus von Kruger e "Samba do Bem" de Germana Guilherme. Além disso, busca influências no passado, resgatando canções como "Maçã do rosto", de Djavan, "Com a perna no Mundo", de Gonzaguinha,

SERVIÇO: Show Karla da Silva Local: Teatro do Paiol Pça. Guido Viaro, s/nº, Prado Velho. Data: 24/05/2014 Horário: 20h Informações: (41) 3213-1340. Ingresso: gratuito

> Palestra

A trajetória de Affonso Romano de Sant'Anna Autor que participou de uma conversa na BPP falou sobre carreira e da perda de identidade da crônica. Pode se dizer que Affonso Romano de Sant'Anna é uma lenda da cultura nacional, atuante no cenário literário desde os anos 1960 participou ativamente de movimentos políticos, sociais e culturais que marcaram o país nas últimas décadas. Afinal, poucos tiveram o privilégio de terem como interlocutores figuras como Rubem Braga, Carlos Drummond de Andrade, Fernando Sabino e Otto Lara Resende, entre tantos outros. Em um encontro na Biblioteca Pública do Paraná (BPP), Sant'Anna, que conviveu com essas personalidades e se tornou, ele mesmo, um autor tão importante

quanto os poetas e cronistas que admirava quando mais jovem, falou a respeito dessa trajetória, construída a partir de livros que já se tornaram essenciais em nossa bibliografia literária e sobre a crônica atua. O autor, jornalista, escritor e poeta mineiro foi o convidado do segundo encontro do projeto Um Escritor na Biblioteca em 2014. "O Wilson Martins me criou um grande problema a dizer que eu seria o sucessor de Drummond. Afinal de contas, essa história não tem nada a ver. Somos totalmente diferentes. E naquela época [os anos 1980], todo mundo queria ser o Drum-

mond, então fiquei em uma situação bastante delicada", disse o autor de Que país é este?. Mineiro de Juiz de Fora (1937), Sant'Anna disse ter se interessado pela literatura ainda criança, por meio da pequena biblioteca que seu pai mantinha em casa. "Minha trajetória está intimamente ligada a bibliotecas", disse o poeta que nos anos 1990 dirigiu a Biblioteca Nacional, em uma gestão que ainda hoje é lembrada como revolucionária. "Hoje os jornais têm centenas de colunistas. Na verdade, são comentaristas políticos e culturais, poucos, muito poucos são cronistas de verdade.

Isso é um assunto para as universidades estudarem, essa perda de identidade da crônica", afirmou o sujeito que, atualmente, escreve para os jornais Estado de Minas e Correio Braziliense. Com mais de 40 livros publicados, Sant'Anna foi vencedor de diversos prêmios literários, entre eles o Prêmio Mário de Andrade, Prêmio União Brasileira de Escritores e Prêmio Fundação Cultural do Distrito Federal. Pelo conjunto de sua obra ganhou o Prêmio da APCA, Associação Paulista de Críticos de Arte, e, em 2006, conquistou o Prêmio Jabuti, na categoria poesia, com a obra Vestígios.

> Cinema

Cinema brasileiro em alta Filmes nacionais venderam 7,3 milhões de ingressos, e renda cresce 26,3% em comparação com mesmo período de 2013, com arrecadação superior a R$ 82,3 milhões O informe publicado pela Superintendência de Análise de Mercado da Agência Nacional do Cinema (Ancine), aponta que o cinema brasileiro vendeu mais de 7 milhões de bilhetes e três filmes estão entre os dez mais vistos no primeiro trimestre de 2014. De acordo com o Informe de Acompanhamento de Mercado do Segmento Salas de Exibição, foram vendidos 7,3 milhões de ingressos para sessões de filmes brasileiros, pouco mais de um milhão, ou 15,9% a mais que o registrado no mesmo período do ano passado. Tomando por base a renda, o crescimento foi de 26,3%, com

arrecadação superior a R$ 82,3 milhões. Nitidamente puxado pelo resultado das produções nacionais, o público total em salas de cinema teve evolução de 2,4%. No mesmo período, o público para filmes estrangeiros se manteve praticamente estável, com leve queda de 0,6% em relação ao primeiro trimestre de 2013. Nas 13 primeiras semanas cinematográficas do ano, foram vendidos quase 35 mil bilhetes e arrecadados R$ 410 mil. O market share para o filme nacional também apresentou melhora, ficando em 20,4%, em comparação com os 18% registrados no mesmo período do ano passado.

BRASILEIROS ENTRE OS MAIS VISTOS Na lista das dez maiores bilheteria aparecem três filmes brasileiros: "Até que a Sorte nos Separe 2" ficou na segunda posição, com 2.921.553; "Muita Calma Nessa Hora 2" ficou em sexto, com 1.429.566; e "S.O.S Mulheres ao Mar" ocupou o décimo posto, com 1.060.605 ingressos vendidos. O número de telas ocupadas pelas estreias de filmes nacionais também aumentou, passando de 1.065 salas para 1.823 salas nesses três primeiros meses do ano, mesmo com um número menor de lançamentos (17 este ano contra 19 no ano anterior). Desses 17, qua-

tro títulos foram lançados em mais de 300 salas. NOVAS SALAS Somente no primeiro trimestre o País ganhou 11 novos complexos cinematográficos, além da expansão em uma sala já existente, totalizando 60 novas salas inauguradas mais do que o dobro em comparação às 29 salas inauguradas até março de 2013. Ganharam novas salas os estados do Ceará, Alagoas, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. O parque exibidor brasileiro encerrou o trimestre com 732 complexos de exibição e 2.738 salas de exibição.

> Cinema Cinemateca exibe o Festival de Cinema Europeu Divulgação

Cinemateca apresente Festival de Cinema Europeu durante a Semana da Europa

Com o objetivo de promover a cultura europeia no Brasil, acontece entre os dias 20 e 25 de maio o Festival de Cinema Europeu na Cinemateca de Curitiba. O Festival faz parte da Semana da Europa, que tem por finalidade unir diferentes manifestações culturais para celebrar o dia da Europa, comemorado em nove de maio. Criado para lembrar a paz e a unidade no continente, a Semana é celebrada desde 2004, a data assinala o aniversário da histórica Declaração Schuman, apresentada em Paris, em 1950, em discurso de Robert Schuman, então Ministro de Negócios Estrangeiros da França. Na declaração, Schuman propôs uma nova for-

ma de cooperação política para a Europa, que tornaria impensável uma nova guerra entre os países europeus. A declaração é considerada o início do que é hoje a União Europeia. Serão exibidos longas-metragens relacionados ao tema "Esporte e Cultura", em sua maioria inéditos no Brasil. A realização da Semana da Europa é da Delegação da União Europeia, European Union National Institutes for Culture (EUNIC), representado no Brasil por Instituto Gœthe, Cultura Inglesa, Instituto Cultural da Dinamarca, Instituto Cervantes, Aliança Francesa e Instituto Camões - e Embaixadas dos PaÍses Membros da EU.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO Terça-feira, dia 20 14h - A Quadra dos Sem-Teto, de Kasia Adamik. Polônia. Drama. Classificação 16 anos. 16h - Alma em Paz, de Vladmir Balko. Eslováquia. 18h - A Copa Esquecida, de Filippo Macelloni e Lorenzo Garzella. Itália (2011). Documentário. 95 minutos. Classificação livre. 20h - Lições de um Sonho, de Sebastian Grobler. Alemanha (2011). Drama. 113 minutos. Classificação Livre. Quarta-feira, dia 21 14h - Altos e baixos, de Jan H?ebejk. República Tcheca. Comédia/Drama. Classificação 14 anos. 16h - Peterka: o ano da decisão, de Vlado Skafar. Eslovênia (2003). Documentário. 120 minutos. Classificação 12 anos. 18h - Lições de um Sonho, de Sebastian Grobler. Alemanha (2011). Drama. 113 minutos. Classificação livre. 20h - A Copa Esquecida, de Filippo Macelloni e Lorenzo Garzella. Itália (2011). Documentário. 95 minutos. Classificação livre. Quinta-feira, dia 22 14h - Jogada Decisiva, de Jan Verheyen e Pieter Van Lees. Bélgica (2005). Drama. 90 minutos. Classificação livre. 16h - A Maratona, de Diederick Koopal. Holanda (2012). Drama/Comédia. 107 minutos. Classificação 9 anos. 18h - Mount St. Elias, de Gerald Salmina. Áustria (2009). Documentário. 101 minutos. Classificação 10 anos. 20h - Dias de Futebol, de David Serrano. Espanha (2003). Comédia. 113 minutos. Classificação 14 anos. Sexta-feira, dia 23 14h - A Maratona, de Diederick Koopal. Holanda (2012). Drama/Comédia. 107 minutos. Classificação 9 anos. 16h - Avalon, de Axel Petersén. Suécia (2011). Drama. 79 minutos. Classificação 11 anos. 18h - Dias de Futebol, de David Serrano. Espanha (2003). Comédia. 113 minutos. Classificação 14 anos. 20h - Nas Cordas, de Magaly Richard-Serrano. França (2007). Drama. 93 minutos. Classificação 12 anos. Sábado, dia 24 14h - Fintar o Destino, de Fernando Vendrell. Portugal (1997). Drama. 76 minutos. Classificação 12 anos. 16h - Peterka: o ano da decisão, de Vlado Skafar. Eslovênia (2003). Documentário. 120 minutos. Classificação 12 anos. 18h - Nas Cordas, de Magaly Richard-Serrano. França (2007). Drama. 93 minutos. Classificação 12 anos. 20h - Lançamento de livro e palestra com Andrzej Bukowinski. Polônia. Domingo, dia 25 14h - Mount St. Elias, de Gerald Salmina. Áustria (2009). Documentário. 101 minutos. Classificação 10 anos. 16h - Superclássico, de Ole Christian Madsen. Dinamarca (2011). Comédia. 99 minutos. Classificação 11 anos. 18h - Altos e baixos, de Jan H?ebejk. República Tcheca. Comédia/Drama. Classificação 14 anos. 20h - Sangue nas Águas, de Krisztina Goda. Hungria (2006). Drama. 123 minutos. Classificação 16 anos. SERVIÇO: Festival de Cinema Europeu Data: 20 a 25 de maio. Local: Cinemateca de Curitiba. Endereço: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 - São Francisco. Data(s): 20/05/2014 a 25/05/2014. Horário(s): 14h, 16h, 18h, 20h. Ingresso: gratuito. Mais informações: www.semanadaeuropa.org.br.


COLOMBO, 18 DE MAIO DE 2014

> Taça Paraná

08

Para entrar na história

Bandeirantes reverte placar contra o Vila Hauer e está na final da Taça Paraná. Com uma apresentação impecável, o Bandeirantes se recuperou da derrota do primeiro jogo da semifinal da Taça Paraná contra o Vila Hauer, venceu por 3 a 0 na casa do adversário e conseguiu a classificação para a final. O clube precisava de uma vitória por dois gols de diferença, uma vez que no confronto de ida perdeu por 2 a 1, agora quer repetir o feito do time de Colombo, em 2001, quando foi campeão da competição e levantar o caneco da Taça. A partida de ida da decisão acontece neste domingo (18) contra o Fanático, em Campo Largo, que no clássico contra o Internacional desbancou o atual tricampeão também por 3 a 0. Dentro de campo o Bandeirantes mostrou que eliminou também qualquer problema extracampo, apresentou um futebol

competitivo e de qualidade, e, sobretudo que tem um elenco forte e com plenas condições de ficar com o título. O clube ainda pode contar na final com o retorno de Laércio e George, ambos foram expulsos contra o V ila na primeira partida da semifinal. Confiante, o técnico do Bandeirantes Sergio Wolkmann, soube contornar as dificuldades iniciais, inclusive quando na semana seguinte a derrota o ambiente ficou conturbado, mas agora acredita na dedicação do grupo para chegar ao título. Na partida contra o Vila Hauer o Bandeirantes foi superior, e contou com a inspiração de Maicon, que marcou dois gols, o primeiro aconteceu aos 16 minutos, em jogada rápida ele passou pelo zagueiro e da entrada da área bateu cruzado no canto de Diogo, a bola ainda bate

> Quarentinhas

Bandeirantes reverte vantagem do Vila Hauer e se classifica para a final da Taça Paraná contra o Fanático

na trave antes de entrar. O segundo veio aos 33 minutos depois de uma boa troca de passe, Maicon aproveita o cruzamento por baixa e na pequena área desvia para o gol. Com o resultado o Vila Hauer estava eliminado e se lançou ataque, o que deixou mais espaço para o Bandeirantes trabalhar as jogadas ofensivas. E aos 32 minutos novamente em uma bela tabela o time colombense faz o terceiro, de-

pois do cruzamento Julianinho livre de marcação acerta de primeira um belo voleio para definir a classificação do Bandeirantes na final da Taça Paraná. FANÁTICO Para levantar o caneco o Bandeirantes não terá facilidade, do outro lado vai enfrentar um adversário duro, experiente na competição e com muita qualidade. Com seis títulos o Fanático quer vencer

pal favorito ao título Internacional e chega forte para a disputa. Juninho sabe bem como é disputar a Taça Paraná, e conhece os atalhos da competição, em 2012 fez uma boa campanha no comando do Sartori, de São José dos Pinhais, mas foi eliminado nas quartas de final, e em 2013 terminou como vice-campeão com o Iguaçu, e neste ano não quer deixar o título escapar.

novamente depois de 28 anos, a última conquista do time campo-larguense foi em 1986 contra o Flamengo, de Marechal Cândido Rondon. A equipe começou bem o campeonato, mas caiu de produção e conseguiu a classificação para a segunda fase no aperto. Com o baixo rendimento o clube contratou o técnico Juninho, que deu nova configuração a equipe, eliminou o arquirrival e princi-

FICHA TÉCNICA -SEMIFINAL TAÇA PARANÁ VILA HAUER 0X3 BANDEIRANTES VILA HAUER: Diogo, Italiano, Elizio, Alex, Mazinho (Gabriel), Carlão, Luiz Augusto (Gema), Felipe Caron, Rafinha, Macio Mexerica, Dolinha (Marquinhos). Técnico: Marinho Lima. BANDEIRANTES: Jonas, Andrezinho (Massai), Bruno, Luciano, Everson, Junio, Maicon, Gelson (Alisson), Zé Nunes, Jonathan (João Paulo), Joãozinho (Julianinho). Técnico: Sergio Wolkmann. GOLS: Maikon (2) e Julianinho marcaram para o Bandeirantes. RESULTADOS Vila Hauer 0x3 Bandeirantes Internacional 0x3 Fanático

Quarentinhas volta a campo

Depois da folga do dia das mães, acontece a 8° rodada do campeonato do Quarentinhas da Liga de Colombo. Para alguns clubes a folga do dia das mães no Quarentinhas veio em boa hora, principalmente depois da sétima rodada, com a paralização as equipes tiveram tempo para descansar e consertar as falhas para conseguir um melhor desempenho na reta final da competição. O Ana Terra permanece na liderança com 17 pontos, e com mais uma vitória praticamente garante a classificação com três rodadas de antecedência, uma vez que o Roça Grande, em nono lugar com oito pontos pode apenas empatar no número de pontos, contudo tem boas chances de passar para segunda fase. O Juventude se recuperou contra o lanterna Alto da Cruz e aplicou a maior goleada do campeonato, 8 a 1, com o resultado o clu-

Bola de Ouro busca reabilitação contra o Alto da Cruz para continuar na briga

be permaneceu em terceiro lugar. Para o Alto da Cruz a situação se complicou, precisa vencer as quatro partidas restantes para continuar com chances de classificação. O Juventus vive situação parecida, depois da derrota para o Independente o clube amarga o penúltimo lugar com quatro pontos, e uma derrota para o XV neste domingo pode signi-

ficar a eliminação prematura da equipe, o Independente pulou para quinto colocado. Depois de um bom começo o Bola de Ouro amarga três derrotas seguidas, caiu para décimo e tem uma tabela complicada pela frente e pode ficar de fora se não reagir novamente. Neste domingo enfrenta o Alto da Cruz, depois pega Imperial, Ana

Terra e encerra contra o Juventude. O Roça Grande entrou no certame sem muita expectativa, também têm adversários complicados na reta final, mas tem condições de disputar uma das vagas e apagar a fraca campanha de 2013. Vai enfrentar o Colombo, que tem uma equipe bastante competitiva e defende a oitava posição. O Gralha Azul, com 11 pontos, joga para manter a boa fase, vem de duas vitórias importantes e enfrenta o Nacional, concorrente direto com 10 pontos, uma vitória deixa o clube bem posicionado e supera o adversário. O Independente tem uma partida complicada, enfrenta o líder Ana Terra, mas se perder permanece entre os oito.

RESULTADOS - QUARENTINHA - 7° RODADA Juventude Bola de Ouro Imperial Roça Grande Juventus XV de Novembro

8 2 2 0 3 0

x x x x x x

1 3 2 0 5 0

Alto da Cruz Gralha Azul Ana Terra Nacional Independente Colombo

8° RODADA QUARENTINHA Imperial x Juventude - 9h45 Local: Estádio Jardim Adriana Bola de Ouro x Alto da Cruz - 9h45 Local: Lordes Geraldo. Ana Terra x Independente - 9h45 Local: Zacarias c. de Souza. Colombo x Roça Grande - 9h45 Local: Evaristo Trevisan. Nacional x Gralha Azul - 9h Local: Estádio da Porteira XV de Novembro x Juventus - 10h45 Local: Estádio da Porteira.


Edicao798