{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

operação em combate a exploração sexual infantil cumpre mandado em Cachoeirinha

Entre em contato com a redação pelo Whatsapp (51) 9 9415.3122

Página 8

Divulgação/PC

Folha

Quarta-feira | Cachoeirinha, 19 de fevereiro de 2020 | ANO VIII | Edição 1721 | DIÁRIO | Venda avulsa: R$ 1,50 Divulgação/PMC

Hortas urbanas serão instaladas através de convênio com Governo

locais escolhidos serão escolas e centros sociais localizados nos bairros em situação de vulnerabilidade social. projeto é uma parceria com Governo do rs e Ministério da Cidadania

Homem é preso com mais de 200 pedras de crack na Vila da Paz Página 8

12

na Libertadores: inter está pronto para jogo decisivo

7


2 2

Variedades

Quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020 quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

PREVISÃO DO TEMPO

Fonte: ClicTempo

Dados apurados pela Confederação nacional de Dirigentes Lojistas (CnDL) e pelo Serviço de proteção ao Crédito (SpC Brasil) mostram que o volume de consumidores com contas em atraso cresceu 1,38% em janeiro deste ano na comparação com igual período do ano passado. Apesar da alta, trata-se da segunda menor variação para os meses de janeiro em 10 anos de série histórica.

RADAR Ao menos 84 migrantes foram resgatados no mar mediterrâneo, em uma área próxima à costa da Líbia. Nesta terça-feira (18/2), a tripulação do navio humanitário Ocean Viking recebeu o grupo que viajava em condições precárias em um barco improvisado de madeira. A ONG SOS Méditerranée, responsável pelo navio, disse que há 21 menores não acompanhados entre os resgatados que vêm de Bangladesh, Marrocos e Somália. Segundo a organização, o barco improvisado estava "perigosamente sobrecarregada." Fabienne Lassalle, diretora adjunta da SOS Méditeranée, disse à agência France-Presse que a ação que foi realizada "na maior desordem" por conta das autoridades líbias. A guarda costeira do país africano é responsável por coordenar os resgates na região. No final de janeiro, a SOS Méditerranée resgatou mais de 400 migrantes em 72 horas, que

Rahmat Gul/ AP

desembarcaram no sul da Itália. "A atividade na área é densa", destacou Lassalle. Em 2019, a Organização Internacional para as Migrações (OIM) registrou 1.283 mortes no Mediterrâneo, a principal rota entre o norte da África e a Itália. Pelo menos 19.164 migrantes teriam morrido no mar nos últimos cinco anos. G1

"Ocean Viking" resgata 84 pessoas na costa da Líbia — Foto: Anthony Jean/ ONG SOS Méditerranée/Divulgação

NAS REDES Para quem acha que mudança climática é coisa de esquerdista: A organização meteorológica mundial, com sede nos EUA, alerta que este foi o verão mais quente da Antártida, com a media de 21 graus. Imaginem o impacto disso na temperatura dos oceanos e de todo hemisfério sul... João Pedro Stédile | @stedile_mst

Folha

Variedades

opinião

CARNAVAL É TEMPO DE FOLIA OU DE TRABALHO? O Carnaval normalmente é esperado ansiosamente por todos os trabalhadores, tanto pelos que querem se divertir e cair na folia, quanto por aqueles que querem descansar, porque, tradicionalmente, em vários locais, nos dias de Carnaval não há expediente em empresas, repartições públicas e bancos. E essa tradição, aliada ainda ao fato da maioria dos calendários trazerem a data da terça-feira de Carnaval em vermelho, induz as pessoas a acreditarem que o Carnaval é feriado nacional. No entanto, a Lei n.º 9.093 de 1995, que dispõe sobre os feriados, diz que são considerados feriados os dias declarados como tal em lei federal, a data magna do Estado fixada em Lei Estadual, que no caso de São Paulo, por exemplo, é no dia 09 de julho, bem como os feriados municipais, previstos em lei municipal, que envolvem normalmente os feriados religiosos de guarda de acordo com a tradição local, que não podem ser superior a quatro dias, já considerando a Sexta-Feira da Paixão. Assim, são considerados feriados Nacional o dia 1º de janeiro (Confraternização Universal – Ano Novo), a Sexta-Feira da Paixão, 21 de abril (Tiradentes), 1º de maio (Dia do Trabalho), 7 de setembro (Independência do Brasil), 12 de outubro (Nossa Senhora Aparecida), 2 de novembro (Finados), 15 de novembro (Proclamação da República) e 25 de dezembro (Natal). Além desses feriados, os Estados e municípios, obedecendo a tradição local, podem estabelecer como feriado no município o dia de Corpus Christi, do Aniversário da Cidade, do Padroeiro da Cidade, Carnaval ou outra data determinada pelo Município. Dessa forma, se o Estado ou município não estabeleceu o Carnaval como feriado, este é um dia normal de trabalho e o não comparecimento do empregado poderá oca-

sionar, dentre outros, desconto do salário, ausência de benefícios que são condicionados à assiduidade, bem como a aplicação de sanções disciplinares como advertências, suspensões ou até mesmo, em casos específicos, a demissão. Como o Carnaval é uma festa de rua que atinge a grande massa e a maioria das cidades ficam intransitáveis é possível que mesmo nos locais em que o Carnaval não foi decretado como feriado, os trabalhadores possam usufruir desta folga sem prejuízos na sua remuneração, desde que previsto em norma coletiva, em acordo individual de bancos de hora, ou mesmo por mera liberalidade do empregador. Nos locais onde o Carnaval é considerado feriado, os empregados que trabalharem nesses dias deverão receber horas extras, exceto se houver folga compensatória em outro dia da semana conforme previsão em norma coletiva ou acordo particular entre as partes. Os empregadores que concedem a folga por mera liberalidade a seus empregados, mesmo sem lei, estabelecendo-o como feriado sem a previsão em norma coletiva, devem se atentar para o fato de que a concessão de folga no Carnaval e na sua véspera, ainda que por mera liberalidade, de forma de automática, por um longo período, pode levar à alteração tácita do contrato de trabalho, ou seja, o direito à folga no Carnaval passa a ser incorporado, em definitivo, ao contrato de trabalho. Assim, apesar do Carnaval não ser feriado propriamente dito, é possível tratarmos como se fosse, de acordo com os interesses da empresa e do empregado.

Jânia Aparecida P. dos Reis

especialista em relações do trabalho do Cunha Ferraz Advogados. Pós-graduada em Direito do Trabalho pela Escola Superior de Advocacia

Cnsphoto/Reuters

clIck Voluntários com equipamento de proteção desinfetam uma estação ferroviária chinesa para combater o surto de novo coronavírus.

acesse 2mnoticias.com.br


Folha

Geral Cidade

quarta-feira, fevereiro de Quarta-feira, 1919 dedefevereiro de 2020 2020

33

Tudo pronTo para a volTa às aulas na rede municipal de gravaTaí Rotina escolar retorna nesta quarta-feira, 19 de fevereiro

O período de férias é sempre muito bom, mas voltar para a rotina do ambiente educacional, reencontrar amigos e construir novos laços é igualmente gratificante. Os alunos da rede municipal de ensino de Gravataí voltam às aulas nesta quarta-feira (19/2). De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Smed), 30 mil estudantes são aguardados nas unidades de ensino do município. As escolas municipais de Educação Infantil (EMEIs) e Comunitárias de Educação Infantil (ECEIs) já iniciaram as atividades na semana passada, 10 de fevereiro. “Para começar o ano com o pé direito, equipes diretivas costumam preparar uma série de atividades recreativas para receber os alunos, reduzir um pouco a ansiedade e também estimular, desde o primeiro dia, a integração social e a importância da convivência e relacionamentos saudáveis entre colegas e professores”, disse Sonia Oliveira, secretária da Smed. Durante o período de férias, diversas ações foram realizadas com objetivo de oferecer um ambiente seguro e acolhedor para os alunos na volta às aulas. Todas as escolas municipais receberam serviços de recu-

PMG/Divulgação

cia, por conta da área verde próxima a escola e isso também já foi solucionado", destaca a secretária. A EMEI Bem-Me-Quer tem capacidade para atender 188 crianças de zero a cinco anos de idade. A nova estrutura é totalmente acessível e conta com salas amplas, berçário, cozinha totalmente equipada e playground, entre outros espaços. A obra, inaugurada em outubro passado possibilitou que a Prefeitura retirasse o serviço de uma casa alugada e o colocasse em um prédio próprio.

Material didático para todos os alunos

peração predial, de acordo com a necessidade de cada unidade. Além das demandas específicas, todas as unidades de ensino tiveram serviço de limpeza e reparos nas instalações elétrica e hidráulica.

Bem-Me-Quer também inicia suas atividades

A Secretaria Municipal da Educação informa que as aulas da Escola Municipal de Educação Infantil Bem-Me-Quer, no Bairro Dom Feliciano, iniciam também nesta quarta-feira, junta-

mente com a rede de ensino fundamental. Os problemas pontuais que atrasaram as atividades já foram sanados, conforme a secretária Sonia. "Tivemos três licitações vazias para a construção da subestação de energia elétrica, o que acabou atrasando todo o processo." Além disso, por conta da chuva forte que atingiu Gravataí no sábado, 8 de fevereiro, ocorreram alguns pontos de infiltração no forro, o que também já foi sanado. "Constatamos que a limpeza das calhas precisa ser feita com maior frequên-

A Prefeitura de Gravataí disponibiliza, desde 2014, o Sistema de Ensino Aprende Brasil, da Editora Positivo, para alunos de 1º ao 5º ano, através da distribuição de livros didáticos, assessoria pedagógica, plataforma de aprendizagem, sistemas de avaliação e gestão. Em setembro de 2018, Gravataí registrou sua maior nota no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2017, com 5,4, conforme dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) Anísio Teixeira, vinculado ao Ministério da Educação.

Alunos receberão uniformes e kits completos de mAteriAl escolAr Em março iniciam as entregas dos uniformes escolares, que é distribuído desde 2014, para todos os 30 mil estudantes da rede municipal, assim como, também, os kits completos de materiais escolares, que é entregue desde 2019, para os alunos da educação infantil (pré-escola), anos iniciais (1º ao 5º ano) e anos finais (6º ao 9º ano). É importante ressaltar que a SMED solicita bom senso aos pais na compra dos materiais escolares. Não há necessidade de adquirir todos os itens da lista emitida pela escola. Realizar a compra apenas do necessário para o início das aulas e o que não está contemplado no kit, que será entregue em março pela Prefeitura de Gravataí. composição dos kits escolAres Educação infantil (pré-escola): apontador, avental, borracha, caderno de desenho, caneta hidrográfica 12 cores, cola, giz de cera, lápis de cor 12 cores, massa de modelar, pinceis, tinta guache 6 cores, tesoura, toalha mão e lápis preto. Séries iniciais (1º ao 5º ano): apontador, borracha, caderno de desenho, caneta hidrográfica 12 cores, cola, lápis de cor 12 cores, tesoura, lápis preto, caderno brochurão, caderno universitário, régua e caneta marca texto. Séries finais (6º ao 9º ano): apontador, borracha, caneta hidrográfica 12 cores, cola, lápis de cor 12 cores, tesoura, lápis preto, caderno universitário, caneta marca texto, caderno universitário, compasso, caneta azul, caneta preta, caneta vermelha e régua.

palesTra especial aos professores A Secretaria Municipal de Educação (Smed) realizou nesta terça-feira, na véspera da “Volta às Aulas” na rede municipal de ensino, o Encontro de Formação Continuada de 2020, no Teatro do Sesc Gravataí. O evento foi planejado exclusivamente para os professores como forma de valorização da categoria e como estimulo para a nova jornada que inicia. “Estamos num ano desafiador. Ano que vamos implementar a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Trabalho esse que iniciou em 2019, com uma equipe dentro da Secretaria de Educação. Discutida amplamente com o setor pedagógico e com o Conselho Municipal de Educação. Assim, a discussão se estendeu

até as escolas. Nesse sentido, espera-se que a BNCC ajude a superar a fragmentação das políticas educacionais e seja balizadora da qualidade da educação”, disse Sonia Oliveira, secretária de Educação. O educador Max Haetinger foi o convidado especial da manhã. Ele veio à cidade para compartilhar a grande experiência que tem na área da Educação, com ênfase em Aprendizagem Lúdica e Educação a Distância, atuando principalmente nos temas ensino-aprendizagem, criatividade, tecnologia aplicada na educação, mídia e imagem na aprendizagem, educação para corporeidade e jogos e dinâmicas. “O objetivo é incentivar nos educadores

PMG/Divulgação

momentos de reflexão e promoção de novas

ideias. Teremos a oportunidade de fazer com

que os nossos professores tirem o máximo de proveito das experiências do professor Max Haetinger. O tema proposto é Escola que Encanta e Transforma Vidas”, disse Sonia Oliveira. De acordo com Max Haetinger, é preciso encontrar caminhos para que alunos e professores se encantem por estarem juntos e se sintam bem numa escola que dialoga com a sua comunidade. "Hoje a escola não lida apenas com conteúdo, mas com comportamento e valores. O professor não se preocupa só com o livro, mas com a iniciativa, autonomia e empregabilidade do seu aluno. E o aluno, por sua vez, tem um novo perfil", contou. Diante de tantas mudanças na área da educação, Max sinaliza a

importância do professor estar aberto para aprender com seus alunos, assim como os alunos precisam saber que o professor é fundamental para o seu aprendizado. "Hoje os alunos têm muito mais acesso às informações do que nós, quando tínhamos na idade deles, mas eles têm menos desenvolvimento emocional e de valor do que nós". O educador esclarece ainda que o professor continua ensinando a ler, mas hoje é também necessário estimular o desenvolvimento de competências como valores e ética. "É preciso ensinar os alunos a terem iniciativa, criatividade, tomada de decisões e autonomia, valências fundamentais que o mercado de trabalho exige", complementa Max Haetinger.


4

Folha

Política

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Pelos bastidores da política

L. Pimentel pimentel.ddc@gmail.com

“Honestidade é um presente muito caro. Por isso não espere isso de pessoas baratas”. Warren Buffett

um PRESIDENTE SEM ESCRÚPULOS Agindo na posição em que se sente mais confortável, a de meme de grupo de WhatsApp, Jair Bolsonaro repetiu a grotesca violência de cunho sexual contra a repórter Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de S.Paulo, na manhã de terça (18), em frente ao Palácio do Alvorada. A agressão já havia sido feita por um depoente na CPMI das Fake News e por seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro. "Ela queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim", afirmou Bolsonaro. Ao afirmar - de forma inconcebível para o líder de uma democracia - que uma jornalista ofereceu sexo em troca de informações, ele reforça a percepção de que é incapaz de ocupar a Presidência da República. Apesar de seu comportamento agressivo, egocêntrico, pouco empático e sem remorso demonstrar psicopatia, ele mostrou mais uma vez que usa, compulsivamente, o cargo de forma racional e consciente para cometer crimes contra aqueles que enxerga como adversários e no intuito de defender sua família. Caso as instituições que exercem freios e contrapesos ao Poder Executivo estivessem funcionando normalmente, a Câmara dos Deputados autorizaria a abertura de um processo criminal contra ele no Supremo Tribunal Federal. Ou começaria um impeachment, nem que fosse apenas para mostrar à sociedade que há limites. Mas não há. E, em nome das "reformas", tudo é perdoado. Horas depois, a Folha de S.Paulo publicou as trocas de mensagens dela com o depoente, bem como documentos por ele fornecidos. Verificou-se que era ele quem havia dado em cima dela, ação que a repórter, educadamente, ignorou. Com isso, Bolsonaro entreteve a claque que todo dia vai beijar sua mão na frente do palácio, rindo com a ignorância de seus próprios fãs, que a tudo aplaudem. Mas também animou os milhares de seguidores que compartilharam, nos últimos dias, memes com a acusação de que uma das mais premiadas jornalistas brasileiras trocou informação por sexo. Mantém, com isso, os soldados excitados e prontos para a "guerra cultural". Uma lástima!

A LUTA PELO REEQUILÍBRIO DO ESTADO

Em uma série de entrevistas concedidas à imprensa gaúcha e nacional durante o mês de janeiro – mês que completou seus 90 anos -, o ex-senador Pedro Simon defendeu com veemência um pacto de forças políticas do Rio Grande do Sul pela revisão da dívida do Estado a partir da devolução dos valores referente às compensações da Lei Kandir. O desafio lançado por Simon foi aceito por representantes de 11 partidos – de várias correntes político-ideológicas – que, reunidos na manhã de segunda-feira, 17, participaram de reunião-almoço no Chalé da Praça XV, no centro de Porto Alegre. O presidente do PSB-RS, Mário Bruck, que organizou o colegiado, abriu o debate sustentando que a atual dívida do Rio Grande do Sul com o Governo Federal é "insustentável". Disse ele: "Só temos uma alternativa: esquecer as diferenças, unir forças e procurar esse encontro de contas". Presente ao debate, o também ex-governador Pedro Simon

falou sobre a luta e a garra do povo gaúcho em busca de desenvolvimento. Para contextualizar, mencionou o livro "Diáspora do Povo Gaúcho", de sua autoria, editado pelo Senado Federal em 2009. A obra conta a saga do povo sul-rio-grandense pelas novas fronteiras agrícolas de todo o país. Com essa referência histórica, Simon falou que o Rio Grande do Sul, por sua localização geográfica, tem posição de destaque no mapa do Brasil e deve ser respeitado pela sua história e pelo empreendedorismo de sua gente. Para o ex-governador - que conhece de perto as batalhas travadas pelo Rio Grande em Brasília - o debate que precisa ser feito é o encontro de contas entre aquilo que se deve à União e o que se tem a receber referente às compensações da Lei Kandir. E questionou: "Essa luta não pode ser entregue, porque se a perdemos, não há mais o que fazer. Vamos ter vender um pedaço do Rio Grande à Argentina para pagar a dívida?" Com o

tom conciliador que lhe é habitual, disse que é preciso dialogar e racionalizar os valores. "O governo federal diz que não nos paga porque não tem dinheiro, mas também não temos dinheiro para pagar a dívida. É preciso debater para fazermos um encontro de contas", argumentou Simon. E arrematou: "Precisamos nos dar as mãos por um novo Rio Grande". DINHEIRO QUE NÃO VEIO Desde que a Lei Kandir entrou em vigor, em 1996, o Estado deixou de receber R$ 54 bilhões. Somente no exercício de 2018, o valor líquido perdido pelo RS é de R$ 4,9 bilhões. A atual dívida com a União é de R$ 63 bi. Os deputados estaduais do MDB, Sebastião Melo e Tiago Simon, participaram do encontro. Em nome do partido, Tiago destacou que a bandeira da Lei Kandir é histórica e precisa ser retomada. "Vejo aqui uma grande oportunidade e o MDB está fechado nessa causa", garantiu o parlamentar.

* Os textos assinados são de responsabilidade de seus autores e não emitem a opinião do jornal Diretor geral: Moacir Menezes Departamento Comercial: Adilson Mendes Filiado:

51- 3497.1078

Redação/Diagramação: Filipe Foschiera e Jacson Dantas

www.2mnoticias.com.br

folhadecachoeirinha@gmail.com

Av. Dorival Cândido Luz de Oliveira, 6125. CEP: 94070-001 - São Vicente - Gravataí/RS - Brasil

RESULTADO Foi consenso no colegiado que o próximo movimento será buscar a adesão do governador Eduardo Leite (PSDB) à causa e, imediatamente, buscar o apoio do Congresso Nacional a partir da votação do Projeto de Lei Complementar 511/2018. De autoria de uma Comissão Especial Mista da Câmara dos Deputados, o PPL obriga à União a compensar os estados por perdas com a desoneração de ICMS. Se aprovado o projeto, o repasse da União aos estados em decorrência da Lei Kandir subiria para R$ 39 bilhões anuais, aproximadamente 20 vezes o que vinha sendo repassado nos últimos anos. O encontro contou ainda com a presença do presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo, e dos deputados Frederico Antunes (PP), Luciana Genro (PSol), Luiz Fernando Mainardi (PT) e Pompeo de Mattos (PDT).

Folha DIÁRIO Publicação da empresa Jornal Diário Oficial dos Municípios Ltda ME CNPJ nº 08.070.493/0001-48 Registro nº 39987 do livro A-4 Fundação: 15 de janeiro de 2013


Geral Geral

Folha

Quarta-feira, 1919 dedefevereiro de 2020 2020 quarta-feira, fevereiro de

eduardo leite sanciona mudanças na previdência e carreira dos servidores do rs

55

Governador sancionou cinco projetos que inteGram a reforma rs e uma medida para tornar mais atrativo incentivo em três áreas

Desde segunda-feira (17/2), os servidores públicos estaduais passam a contar com novas regras previdenciárias e mudanças nas carreiras. O governador Eduardo Leite sancionou, em cerimônia no Salão Alberto Pasqualini do Palácio Piratini, cinco dos oito projetos que fazem parte da Reforma RS, a mais abrangente reforma estrutural do funcionalismo gaúcho. Uma sexta medida também foi sancionada, tornando mais atrativo à iniciativa privada o sistema de incentivo para programas públicos da Cultura, do Esporte e da Assistência Social. Proposto pelo Executivo e elaborado juntamente com a sociedade, as agora leis da Reforma RS promovem a criação de

Itamar Aguiar / Palácio Piratini

um novo plano de carreira para os professores da rede estadual; a atualização das regras previdenciárias de servidores civis e militares, que foram equiparadas à legislação federal; a modernização dos estatutos do funcionalismo; e a modificação nos formatos de remuneração, para possibilitar reajustes justos, retirando

gratificações que pesam sobre a máquina pública. (Veja a lista de propostas ao final do texto). “Ouvimos a maioria silenciosa, que quer pagar menos impostos e ter maior retorno em serviços, e trabalhamos muito para que pudéssemos chegar a esta data das promulgações dessa Reforma”, iniciou dizendo o

governador, aproveitando para agradecer aos “protagonistas” que foram os deputados, responsáveis pelas aprovações das medidas, e também à equipe de governo, responsável por desenhar e articular as mudanças. Leite lembrou que o Rio Grande do Sul tem a pior situação previdenciária proporcional à população no país, com déficit de R$ 12 bilhões. “Quem está pagando esta conta, com altos impostos e precarização dos serviços públicos, é toda a população gaúcha. Com a aprovação da Reforma, que não é a que sonhamos ou almejamos, mas a possível neste momento, não vamos mudar a situação do Estado do dia para a noite. Mas passamos a ter uma perspectiva

de futuro”, pontuou o governador. No âmbito da Reforma RS, durante a convocação extraordinária, os deputados aprovaram seis medidas. A PEC 285/2019, que atualiza regras previdenciárias e altera carreiras dos servidores, foi promulgada dia 2 de fevereiro – tornando-se a Emenda Constitucional 78/2020. Outro projeto (PLC 5/2020), que propunha alterações na previdência dos militares estaduais, foi retirado da pauta, mas segue tramitando na Casa. O governo aguarda por uma posição do Supremo Tribunal Federal (STF) para dar seguimento ao tema. Ainda em 2019, os deputados aprovaram o projeto (PLC 503/2019),

que adequa as regras de previdência dos servidores civis gaúchos à legislação federal e foi sancionado em 22 de dezembro, tornando-se a Lei complementar nº 15.429. A economia prevista com o conjunto de medidas da Reforma RS, para os próximos dez anos, é de R$ 18,7 bilhões – R$ 13,9 bilhões em previdência e R$ 4,8 bilhões no restante. “O que nós estávamos fazendo era pegando o dinheiro do presente para pagar o passado, porque é isso que acontece quando se paga mais aposentados e pensionistas do que servidores em atividade. Agora, escolhemos que, com o dinheiro do presente, vamos investir no futuro do nosso RS”, concluiu Leite.

Frente Parlamentar de Combate aos Privilégios é lançada na assembleia legislativa Foi lançada na Assembleia Legislativa a Frente Parlamentar de Combate aos Privilégios. Com o apoio de 23 deputados estaduais, o grupo tem o objetivo de enfrentar irregularidades e imoralidades no setor público. O ato de lançamento aconteceu no início da tarde desta terça-feira (18/2), no Salão Júlio de Castilhos. No primeiro ano, a frente será coordenada pelo deputado estadual Sebastião Melo (MDB). Entre os privilégios que a Frente visa combater está o pagamento de licenças prêmio não gozadas a conselheiros do Tribunal de Contas (TCE). No mês de dezembro, membros da Corte foram indenizados em aproximadamente R$ 3 milhões. Os valores pagos variam entre R$ 80 mil e R$ 700 mil. Indignados com a situação, os deputados encaminharam, em janeiro, um pedido de informações ao TCE. As respostas indicam que o órgão estadual contabilizou o tempo de mandato como parlamentar no cômputo das licenças prêmio indenizadas a

conselheiros. “A gente precisa definir por qual lei são regidos os pagamentos de verbas indenizatórias, e não 50% eu sou regido por tal lei, os outros 50% por uma outra lei e quando me interessa eu vou buscar em qualquer legislação uma vantagem para receber um benefício”, analisou a deputada Any Ortiz (CDN). Extinta pela Assembleia Legislativa em 2019, a licença prêmio concede três meses extras de férias a cada cinco anos contínuos de serviço público. No entanto, pela lei, deputados não tinham direito ao benefício. Diante da evidente irregularidade, o grupo analisa ingressar com uma ação judicial para restituir os valores. "O instrumento que encontramos para impedir que essa ilegalidade se perpetue foi a ação popular. Ao nosso entender, ocorreu uma grave lesão ao erário. Estamos redigindo a peça que será ajuizada nas próximas semanas, buscando a anulação desse ato do TCE e a devolução dos valores

Vinicius Reis/ALRS/Divulgação

pagos de forma ilegal", explicou o deputado Giuseppe Riesgo (Novo). Conforme o deputado estadual Fábio Ostermann (Novo), a ação judicial é uma demonstração concreta da disposição dos parlamentares em confrontar privilégios no setor público. "Os deputados que quiserem subscrever conosco essa ação popular que vai buscar restituir esses valores certamente estarão dando uma demonstração do seu compromisso contra um privilégio tão absurdo e ilegal quanto esse", ressaltou Ostermann. A deputada Franciane

Bayer (PSB) lembrou que o assunto faz parte da pauta dos parlamentares há muito tempo e foi intensificado durante a convocação extraordinária. "Todos estavam cientes da instalação e dos propósitos da Frente que será instalada com a assinatura de 23 deputados", ponderou. Conforme o deputado Sérgio Turra (PP), o movimento demonstra o interesse do Parlamento de enfrentar os problemas do Estado. "A Frente Parlamentar vai ao encontro do que a sociedade espera de nós, deputados. Além disso, representa a impor-

tância da política. Quando nos unimos em torno de um problema, podemos mudar a realidade. E é o que esse grupo vem fazer. Vamos investigar a fundo os privilégios e buscar cortar aqueles que não são mais condizentes com os dias atuais", destacou o progressista. De acordo com o deputado estadual Tiago Simon (MDB), a prática de combater privilégios tem sido recorrente entre os parlamentares gaúchos. "Estamos fazendo a nossa parte. Reduzimos os gastos da Assembleia em 2019, devolvemos R$ 150 milhões aos cofres do

Estado, acabamos com a aposentadoria especial e não aumentamos nossos salários", disse o deputado do MDB. Nos últimos meses, o Parlamento também extingiu o benefício do auxílio mudança para deputados, combateu os auto-aumentos do Poder Judiciário e barrou o pagamento de honorários de sucumbência para a Procuradoria Geral do Estado. Pluripartidário, a Frente Parlamentar de Combate aos Privilégios reúne deputados de 11 bancadas. São eles: Airton Lima (PL), Any Ortiz (CDN), Capitão Macedo (PSL), Dalciso Oliveira (PSB), Elton Weber (PSB), Fábio Ostermann (Novo), Franciane Bayer (PSB), Fran Somensi (REP), Frederico Antunes (PP), Giuseppe Riesgo (Novo), Issur Koch (PP), Luiz Marenco (PDT), Mateus Wesp (PSDB), Pedro Pereira (PSDB), Rodrigo Lorenzoni (DEM), Sergio Peres (REP), Sérgio Turra (PP), Silvana Covatti (PP), Tenente Coronel Zucco (PSL), Tiago Simon (MDB), Vilmar Lourenço (PSL) e Zilá Breitenbach (PSDB).


6

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Cultura

Folha

CAMPANHA DA LBV AJUDA COMBATER A EVASÃO ESCOLAR Vai ser nesta quinta-feira (20 de fevereiro), às 10 horas, a entrega dos kits de material escolar para cerca de 200 crianças e adolescentes de famílias em vulnerabilidade social atendidos pela Legião da Boa Vontade em Glorinha. A ação faz parte da campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro, promovida pela LBV em todo o Brasil, com o objetivo de apoiar as famílias que não tem recursos para a compra do material escolar e incentivar os estudantes a frequentar a escola e a continuar os estudos. Em todo o país, a campanha vai entregar mais de 15 mil kits em dezenas

de municípios brasileiros. Serão beneficiados: crianças, adolescentes, jovens e adultos que estudam nas escolas (Educação Infantil, Ensinos Fundamental, Médio e EJA – Educação para Jovens e Adultos) da LBV, meninas e meninos atendidos nos Centros Comunitários de Assistência Social da Instituição, além de adolescentes e jovens que frequentam o Programa Aprendiz da Boa Vontade. Os kits são compostos de itens de acordo com a faixa etária dos estudantes e contém estojo, lápis preto e de cor, canetas, apontador, borrachas, tesoura, tubos de cola, tinta guache, cadernos, mochila, régua, dicionário de português entre outros.

Deputados propõem meiaentrada universal no RS Os deputados estaduais do Partido Novo apresentaram na Assembleia Legislativa um projeto de lei para universalizar a meia-entrada no Rio Grande do Sul. Se aprovada, a proposta garantirá a todos que residem no estado o direito de pagar a metade do valor do ingresso em eventos culturais. Na prática, o projeto corrige as distorções criadas pela política nacional da meia-entrada e torna mais igualitário o acesso à cultura e ao lazer no RS. "Queremos tornar igual o benefício a todos os gaúchos, promovendo de forma mais efetiva o acesso à cultura e corrigindo distorções geradas por políticas públicas mal focalizadas, que - ao contrário do que pretende -, favorece muitas pessoas que não precisam deste tipo de subsídio", justifica o deputado Fábio Ostermann. Como o Parlamento Gaúcho não têm prerrogativa para revogar a legislação federal, a Bancada do Novo optou por propor a extensão do benefício a todos. Conforme o texto do projeto, a meiaentrada universal é válida para jogos esportivos e espetáculos de cinema, teatro, música e circo, entre outros. Para ter direito ao desconto, será necessário apresentar comprovante de residência e documento de identidade com foto."O atual formato da meiaentrada é injusto e excludente. Privilegia de forma irrestrita um grupo muito amplo de pessoas, sem distinção social, como idosos ricos e universitários de classe alta, e prejudica os mais pobres que não tem acesso ao benefício. Por exemplo, uma empregada doméstica de 45 anos que ganha um salário mínimo paga o valor inteiro, enquanto uma estudante de medicina da PUCRS paga meia", alerta o deputado estadual Giuseppe Riesgo. Outro efeito nocivo da atual política nacional da meia-entrada é o aumento generalizado dos preços. Diante da obrigação de oferecer desconto de 50% sobre o valor original, organizadores de eventos culturais e desportivos costumam elevar o valor de todos os ingressos para compensar as perdas com a meia-entrada. "Trata-se de um política sem efeito prático, que encarece o valor do ingresso para todos. O mais razoável é tornar a meia-entrada universal, permitindo que promotores de espetáculos possam criar promoções específicas, resguardando assim a livre iniciativa e permitindo que sejam criadas outras formas mais efetivas de acesso à cultura para a população mais vulnerável", defende Ostermann.

Show gratuito de Diogo Nogueira marcará a final do Circuito Verão Sesc Música e esporte marcarão o fechamento do veraneio 2020 no Rio Grande do Sul com a programação da final do 19º Circuito Verão Sesc de Esportes. Além da decisão dos campeões estaduais, nos dias 07 e 08 de março, a atração musical será Diogo Nogueira com show gratuito na noite de sábado (07/03), em palco montado na Praia dos Molhes, em Torres, a partir das 21h. Com o show Tá Faltando o que?, o músico trará os principais sucessos da carreira e seus últimos lançamentos, além de homenagens a grandes nomes da MPB e do samba como Djavan, Martinho da Vila, Caetano Veloso, Zeca Pagodinho e João Nogueira. O show marca a final do Circuito Verão Sesc de Esportes 2020, considerado o maior evento de praia do Sul do País, com a participação de atletas de 100 municípios gaúchos, classificados nas etapas municipais. As modalidades em disputas neste ano são: Basquete 3X3, Beach Soccer, Handebol de Areia, Voleibol de Duplas, Futevôlei e Beach Câmbio. A realização do evento é do Sistema Fecomércio-RS/Sesc, em parceria com as Prefeituras Municipais. Confira mais informações em www.sesc-rs.com.br/ circuito.


Folha

Esporte

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Circuito Amazing Runs tem etapa de Garopaba em abril

7

Serão provas de distâncias além do Desafio da Baleia Franca, no litoral sul de Santa Catarina A 5ª edição da Amazing Runs Garopaba está confirmada para sábado, 18 de abril de 2020. A novidade desta edição é que todos os desafios acontecem em único dia. A corrida em trilha com padrão internacional de execução, leva atletas de diversos estados brasileiros e até do exterior para o litoral sul de Santa Catarina. Serão provas com percursos de 5,5k; 10,5k; 27k; 50k; além do Desafio da Baleia Franca 27k + 10,5k. Inscrições abertas. A região de Garopaba concentra algumas das mais belas praias e paisagens do Brasil, como as praias da Silveira, Rosa e Ferrugem. O nome Garopaba tem origem indígena e significa “Enseada de barcos”. Assim como a etapa da Ilha do Mel, a etapa de Garopaba também conta com percursos para todos os perfis de corredores, do iniciante ao avançado. “A etapa da Amazing Runs Garopaba teve sua primeira edição em 2016 e

ganhou um lugar especial no coração da organização. Todos os percursos foram desenhados para que os atletas tenham contato o tempo todo com a natureza, seja na orla da praia, nos costões da Silveira, nas dunas do Siriú ou nas regiões de alta montanha da famosa pedra branca e o caminho antigo da trilha dos cavaleiros. Com essa qualidade de percurso e experiência ímpar de turismo

libertadores: inter está pronto para mais um jogo decisivo

O duelo colorado pela Copa Libertadores da América se aproxima e o Inter treina forte para as partidas que terá contra o Tolima-COL. Valendo vaga na fase de grupos da competição continental, o jogo de ida entre as equipes será realizado nesta quarta-feira (19), às 21h30, no estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué. Após eliminar a Universidad de Chile na segunda fase preliminar da Libertadores, o Inter precisa superar mais um adversário para alcançar a fase de grupos da competição continental. O Tolima, no mata-mata anterior, derrotou o Macará-EQU. A decisão está marcada para a semana seguinte, na quarta-feira (26/02), às 21h30, no estádio Beira-Rio. A delegação colorada já está em Ibagué, na Colômbia, cidade do jogo, onde treinou na tarde de ontem.

para os atletas e seus familiares, temos a perspectiva que, muito em breve, essa prova torne-se uma das corridas em trilha mais importantes do Brasil”, comenta Arthur Trauczynski, diretor de negócio da Global Vita Sports. O Circuito Amazing Runs, além de ser um projeto esportivo, é uma ferramenta importante de promoção do turismo e geração de renda para as co-

munidades locais. Com base na pesquisa pós-evento, mais de 60% do público participante é de fora do estado de Santa Catarina e 42% dos atletas ficam dois ou mais dias na região, interagindo com o destino e gerando uma importante receita para a região. Considerando o feedback dos atletas sobre a etapa – 93% deu nota 8 ou superior para sua experiência no evento

Pia Sundhage convoca Seleção Feminina para disputa do Torneio França A técnica Pia Sundhage anunciou, nesta terça-feira (18), a lista das 24 atletas convocadas para a disputa do Torneio Internacional da França. A competição será disputada na primeira Data FIFA do ano, entre 2 e 11 de março. Na competição preparatória para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, o Brasil irá enfrentar a Holanda, o Canadá, e a anfitriã França.Entre as convocadas, duas estreias nas listas de Pia, a goleira Natasha e a lateral-esquerda Jucinara. Outro ponto é o aumento do número de atletas que atuam no Brasil. Na última Data Fifa, em novembro de 2019, foram 5 convocadas, nesta serão 10.Perguntada sobre essa mudança, a técnica frisou a evolução pela qual tem passado o futebol feminino no Brasil e o fortalecimento das competições no país. "O fato da CBF ter uma liga competitiva é excelente. Eu fico sonhando com jogadoras lá de fora virem jogar aqui. Isso não é impossível, mas podemos chegar nesse nível com bons técnicos, boas jogadoras e transmissão dos jogos. O primeiro adversário do Brasil na competição será a Holanda, atual vice-campeã mundial e 8ª colocada no ranking da FIFA. As duas equi-

pes se enfrentam na quarta-feira (4), no estádio da Copa do Mundo 2019, o Stade du Hanaiaut, em Valenciennes (FRA). Na sequência a Seleção Feminina terá as donas da casa pela frente. No sábado (7), no mesmo local da estreia, as brasileiras reencontrarão a França, adversária que eliminou a equipe nas oitavas de final do do Mundial. O Brasil encerra a participação diante do Canadá, na terça-feira (10), no Stade de L'Epopée, em Calais (FRA).

Defensoras: Bruna Benites (Internacional), Daiane (Tacón), Erika (Corinthians), Jucinara (Levante), Letícia Santos (Frankfurt), Rafaelle (Changchun Dazhong), Tayla (Santos) e Tamires (Corinthians). Meio-campistas: Aline Milene (Ferroviária), Andressa Alves (Roma), Andressinha (Corinthians), Debinha (North Carolina), Duda (São Paulo), Formiga (PSG), Luana (PSG) e Thaisa (Tacón).

lista de convocadas: Goleiras: Aline (Granadilla Tenerife), Bárbara (Avaí), Natascha (Paris FC)

Atacantes: Bia Zaneratto (Palmeiras), Cristiane (Santos), Geyse (Madrid CFF), Ludmila (Atl), Marta (Orlando Pride).


Geral Geral

2020 88 Quarta-feira, quarta-feira, 19 19 de de fevereiro fevereiro dede2020

Folha

Operação em combate a exploração sexual infantil cumpre mandado em Cachoeirinha PC/Divulgação

Na manhã desta terça-feira (18/2), a Polícia Civil participou da Operação Luz na Infância IV, uma ação de âmbito internacional em combate a exploração sexual infantil. Participam da operação as Polícias Civis de 12 Estados da Federação, além de outros quatro países (Colômbia, E.U.A, Paraguai e Panamá). Até a tarde de ontem uma pessoa havia sido presa em flagrante em Flores da Cunha, e equipamentos de informática foram apreendidos para serem periciados pelo IGP. A Operação é coordenada de dentro do CICCN em Brasília. No Rio Grande do Sul foram cumpridos três mandados de busca e apreensão nas cidades de Caxias do Sul, Flores da Cunha e Cachoeirinha, comandados pelos Delegados Caio Brisolla, titular da DPCA de Caxias do Sul e Delegado Anderson Spier, titular da 1°DP de Cachoeirinha.

Cibernéticas da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça, Alessandro Barreto, o perfil dos criminosos abrange “pessoas acima de qualquer suspeita”, das “mais diversas classes sociais” e com idade que vai dos 17 a mais de 80 anos. Segundo ele, é muito comum a ocorrência de pessoas reincidentes nessa prática criminosa. “Um dos presos de hoje já tinha, inclusive, mandado de prisão por abuso e exploração sexual”. Ele disse também ser comum encontrar pessoas que produzem esse tipo de conteúdo. “Em todas as fases [da Operação Luz da Infância] conseguimos prender abusadores e produtores. Nessa fase não será

Um homem foi preso por tráfico de drogas na manhã desta terça-feira (18/2), em Gravataí. Segundo a BM, durante patrulhamento realizado no beco Ambaju, no bairro Santa Cruz, M.I.F., de 27 anos, foi abordado. Com ele foram apreendidas 50 pedras de crack, um celular e R$375,20 em dinheiro.

preso com 235 pedras de crack na Vila da paz

diferente. Certamente terá produtores e, nesse caso, a pena é ainda mais severa”, informou.

Denúncias

Barreto fez um apelo para que a população use os canais de denúncia para relatar casos suspeitos desse tipo de prática criminosa. “As denúncias são muito importantes para as investigações ficarem mais robustas”, argumentou. A população pode procurar a delegacia de polícia mais próxima ou ligar para o Disque 100, que recebe denúncias anônimas sobre violações de direitos humanos. A ligação é gratuita e o serviço está disponível 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e

calizadas 235 pedras de crack, 26 pino de Cocaína, uma faca e uma quantia em dinheiro.

feriados. Barreto também destacou a importância de os pais estarem sempre atentos ao que os filhos consomem na internet. “É muito comum aos pais instruírem seus filhos a não falarem com estranhos na rua. No entanto, esquecem de fazer o mesmo com relação à internet, que é um ambiente onde criminosos se fazem passar por crianças e acabam captando informações e dados”, explica o investigador. Para evitar problemas desse tipo, ele sugere que os pais estabeleçam o controle parental tanto na internet como nos aplicativos de mensagens, redes sociais e jogos online utilizados pelas crianças e adolescentes.

FALE COM A REDAÇÃO pelo whatsapp

51 9 9415 3122

Se prefeir, contate-nos pelo email jornaldegravatai@gmail.com ou folhadecachoeirinha@gmail.com

BM/Divulgação

Na manhã desta terça-feira (18/2), policiais militares do 26° Batalhão de Polícia Militar, efetuaram a prisão de um homem por tráfico de drogas em Cachoerinha. Durante patrulhamento em local conhecido como ponto de vendas de drogas, a guarnição avistou o indivíduo que estava em situação suspeita efetuando a abordagem. Com ele foram lo-

nO brasil

A Operação deflagrada para identificar autores de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes, contabiliza 38 prisões. São 94 mandados de busca sendo cumpridos por 579 agentes em 12 estados. Outros 18 mandados estão sendo cumpridos em quatro países: Colômbia, Estados Unidos, Paraguai e Panamá. No Brasil, 14 prisões em flagrante foram feitas em São Paulo; nove em Santa Catarina; seis no Paraná; quatro em Mato Grosso do Sul; duas no Ceará e uma em cada um dos estados de Mato Grosso, Goiás e Rio Grande do Sul. De acordo com o coordenador do Laboratório de Operações

DetiDO COm 50 peDras De CraCk nO santa Cruz


Folha

Geral

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Divulgação/PMC

Bolsonaro dá posse a Braga Netto na Casa Civil O presidente Jair Bolsonaro deu posse ao general Walter Souza Braga Netto na chefia da Casa Civil, na tarde desta terça-feira (18). A solenidade também marcou a posse de Onyx Lorenzoni no Ministério da Cidadania, em substituição a Osmar Terra, que reassumiu seu mandato de deputado federal pelo Rio Grande do Sul. Em seu discurso, dirigindo-se diretamente à Braga Netto, o presidente reafirmou que a principal missão do novo ministro será a coordenação das demais pastas e programas do governo. Ele também elogiou o trabalho do general à frente do Estado Maior do Exército. "O senhor acaba de deixar a chefia do Estado Maior do Exército, uma missão difícil, e só quem tem liderança pode exercê-la. Agora, o senhor ocupa a chefia da Casa Civil, semelhante à chefia do Estado Maior do Exército. Coordenará e me auxiliará, e muito, no contato com os ministros e na solução dos problemas que vão se apresentar para nós", afirmou. Aos 66 anos de idade, Braga Netto é general do Exército Brasileiro e ocupou importantes funções militares. Em julho de 2016, foi nomeado Comandante Militar do Leste, um dos oito comandos nacionais do

Exército, com sede no Rio de Janeiro. Em 2018, ficou nacionalmente conhecido após ser nomeado, pelo então presidente Michel Temer, como interventor federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro, cargo que exerceu até o final do mesmo ano, durante a vigência da intervenção. "Espero corresponder aos anseios do senhor e da nação brasileira. Não me faltarão empenho, dedicação, lealdade e abnegação de contribuir para o crescimento do país", afirmou Braga Netto, em breve discurso. No Ministério da Cidadania, Onyx Lorenxoni vai comandar as principais políticas sociais do governo federal, incluindo o programa Bolsa Família, que está em processo de reformulação pela atual gestão. Em seu discurso de posse, o ministro disse que pretende

seguir o trabalho do antecessor e buscar a redução das desigualdades. "Parto para um novo desafio, uma nova missão. Seguir o trabalho iniciado por Osmar Terra, com amor pelo seu semelhante, na luta incansável para a redução das desigualdades e da atenção àqueles que realmente precisam. No time Bolsonaro, a gente pode trocar de número, mas a camiseta é sempre a mesma, apaixonadamente verde e amarela", afirmou. Jair Bolsonaro ainda disse, durante a solenidade, que as autoridades de todos os poderes devem buscar o entendimento para solucionar os problemas do país e que o mundo está voltando a confiar no Brasil. "Como sempre digo, o Brasil tem tudo para ser um grande país. Prezados privilegiados, aqui presentes, ministros,

autoridades do Legislativo, chefes do Judiciário, basta apenas o entendimento entre nós, basta apenas que conversemos cada vez mais e, na prática, venhamos a apresentar propostas que venham a colocar em lugar de destaque no mundo. Uma das coisas mais importantes que aconteceu, desde a chegada dos senhores ao governo, foi a recuperação da confiança que o mundo não tinha conosco". De volta à Câmara dos Deputados, Osmar Terra agradeceu a Bolsonaro e prometeu continuar auxiliando o governo no Poder Legislativo. "Vou continuar trabalhando ao seu lado, onde eu estiver. Sou um soldado para que esse país mude. O senhor [Bolsonaro] representa a única oportunidade de fazer com que esse país mude", afirmou. (Agência Brasil)

Câmara Temática do Mercosul recebe líderes do agro e debate cenário global de desafios As perspectivas para o agronegócio do Rio Grande do Sul e os desafios comerciais, sanitários e geopolíticos globais foram o tema central de reunião da Câmara Setorial do Mercosul e Comércio Exterior realizada na sede da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), em Porto Alegre. Cerca de cem pessoas, entre líderes e representantes de entidades da agropecuária gaúcha, lotaram o auditório para ouvir a explanação do consultor Carlos Cogo, que detalhou vários pontos de impacto para a evolução das exportações brasileiras. “O Rio Grande do Sul precisa ter presença e expertise para se posicionar e abrir mercados”, resumiu o secretário da Agricultura, Covatti Filho, ao fazer a abertura do encontro. O diretor do Departamento de Políticas Agrícolas e Desenvolvimento Rural da Seapdr, Ivan Bonetti, destacou que a Câmara Temática Mercosul e Comércio Exterior tem entre seus objetivos antecipar-se para evitar crises e reduzir assimetrias existentes na produção, comercialização e industrialização de produtos agropecuários. Subsídios Presente à reunião realizada na segunda-feira (17/2), o senador Luis Carlos Heinze fez defesa do agro nacional e detalhou que os valores subsidiados por Estados Unidos, União Europeia e China equivalem a US$ 1,4 bilhão por dia, ao passo que o Brasil significa US$ 7 bilhões anuais, conforme dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O painelista Carlos Cogo apresentou um panorama global do agro, abordando desde “a confusão sanitária global”, com possíveis impactos do coronavírus e da peste suína africana, que causou forte impacto na produção de suínos na China, maior consumidor mundial desse tipo de carne, e levou o país a duplicar importações, pressionando os preços. O consultor falou sobre o interesse do RS de retirar a vacinação contra a febre aftosa e ter evolução no status sanitário. “Se fomos vigilantes até agora, precisaremos fazer o triplo para proteger nossas fronteiras e nosso rebanho”, disse.

whatsapp da FOLHA

ANUNCIE A SUA MARCA AQUI Ligue 3423.1792

ou 3421.3381

Folha

Assine já! por apenas

2mnoticias.com.br

R$ 300,00

al Assinatura anu R$

75,00

trimestral

Atendimento de 2ª a 6ª das 8h as 18h

R$

150,00

semestral

9

51 99415 3122 Ligue

51 3423.1792 Folha Compromisso com a verdade


10 quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Folha

MundoPet

10 CURIOSIDADES QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NÃO SABE SOBRE OS GATOS

No dia 17 de fevereiro foi celebrado o Dia Mundial do Gato – espécie que vem ganhando o coração e os lares dos brasileiros De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o mercado pet brasileiro é o segundo maior do mundo em faturamento, atrás apenas da China.

Boa parte deste crescimento está relacionado ao aumento da população de animais de estimação nos lares, sobretudo de gatos que, em seis anos, cresceu mais que o dobro do que a de cães. Os brasileiros estão cada vez mais gateiros e os dados comprovam: já são mais de 22 milhões de gatos no país, e a expectativa é ultrapassar 30 milhões até 2022, segundo dados do IBGE. Além de serem animais inteligentes e amorosos, o aumento da população de felinos aconteceu também devido à

mudança no estilo de vida das pessoas: independência e fácil adaptação a ambientes pequenos são alguns dos fatores que têm levado o brasileiro a se interessar e optar cada vez mais pelos bichanos. Com este crescimento, é preciso informação para que se realize a guarda responsável. Uma pesquisa recente realizada pela ROYAL CANIN®, marca líder em alimentação super premium para gatos e cães, descobriu que, embora 45% dos tutores de gatos os considerem como um membro da família, metade deles adiam a visita ao consultório veterinário. O dado é preocupante, uma vez que atrasa a identificação de um possível problema. Visando mudar essa realidade, a marca lançou a campanha “Meu Gato no Vet”, para conscientizar tutores sobre a importância da visita periódica ao MédicoVeterinário.

a Médica-Veterinária Natália Lopes, elencou 10 curiosidades sobre os felinos para um melhor entendimento da espécie: 1.A domesticação dos gatos começou a ocorrer a partir de 7.500a.C. Os primeiros fosseis foram encontrados em uma região desértica, no norte da África. Esse fato explica muito sobre a fisiologia urinária dos felinos – em um ambiente com escassez hídrica, o organismo concentra a urina e ele é capaz de sobreviver com pouca ingestão de água. Esse fato explica os gatos atuais ainda beberem pouca água e concentrarem a urina. 2.Gatos possuem visão tridimensional e noturna, fator que garante que sejam exímios caçadores. Hoje, o comportamento de caçar mesmo sem ter fome é um reflexo da sua ancestralidade. 3.O paladar dos gatos é menos desenvolvido se comparado aos cães e aos humanos: possuem aproximadamente 475 receptores gustativos, enquanto os cães têm 1.700 e os humanos 9.000. Gatos também não sentem o sabor doce. 4.O olfato, diferente do paladar, é bem desenvolvido, e é o primeiro sentido que atrai o gato para o alimento. Depois do olfato, os gatos poderão mostrar preferência pela sensação do alimento na boca, provocada pelo tamanho, forma, textura e sabor. 5.A audição dos felinos é bastante aguçada e melhor que a de um cão. Eles têm capacidade de orientar o ouvido na direção do

som, pois contam com 32 músculos na região, enquanto cães tem cerca de 18 e os humanos têm apenas 6. Esse sentido é um fator-chave para seu comportamento alimentar de caça. 6.A infância do gato é dividida em duas fases distintas: a primeira, que vai até os 4 meses e se caracteriza por um crescimento intenso, quando ele adquire até 50% do peso que terá quando adulto. A segunda vai dos 4 meses a 1 ano, e se caracteriza por um crescimento mais harmonioso. 7.A fase madura se inicia aos 7 anos. A partir dos 12 anos, ele entra no estágio senil. 8.O período de socialização dos gatos ocorre em sua primeira fase de vida: esse é o momento para lhes apresentar, por exemplo, texturas diferentes de alimentos e colocá-lo em contato com outros animais. 9.Os gatos se comunicam com seus tutores de diversas maneiras por meio do corpo, sons e gestos. Por exemplo, o ronronar pode representar submissão e contentamento, já o gesto de movimentar o rabo demonstra geralmente irritação, ao contrário dos cães, que costuma ser interpretado como satisfação. 10.A paixão por gatos chama-se ailurofilia. O termo vem do grego, que significa gato + paixão.


Variedades Variedades

Folha

www.coquetel.com.br

Quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020 11 quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020 11

CAÇA-PALAVRA

© Revistas COQUETEL

Procure e marque, no diagrama de letras, as palavras em destaque no texto.

De olho na saúde bucal Quando chegam os períodos FESTIVOS, como a PÁSCOA e o NATAL, guloseimas DOCES se multiplicam nas lojas e nos mercados por todos os lados. Para que essas GOSTOSURAS não se tornem inimigas do SORRISO, alguns CUIDADOS devem ser tomados. Quando o assunto é SAÚDE bucal, a FREQUÊNCIA da ingestão de doces é mais importante do que a QUANTIDADE consumida. Isso porque se a pessoa ingerir PEQUENAS quantidades ao longo do dia, o AÇÚCAR vai estar em CONTATO com os dentes com mais INCIDÊNCIA, provocando DANOS maiores. Sem falar que diversos alimentos GRUDAM na superfície DENTÁRIA, causando ainda mais malefícios. Para evitar o problema, uma boa ideia é escolher um momento do dia para comer as IGUARIAS açucaradas e, logo em seguida, ESCOVAR os dentes. Dar preferência a chocolates AMARGOS, que contêm menos açúcar, evitar os chocolates BRANCOS e realizar bochechos com enxaguantes BUCAIS também são formas de manter a saúde da boca em dia. E N E S N R P A S C O A I S N

S G R F D A I C N E D I C N I

O R Y E T S O D A D I U C L T

R F R E Q U E N C I A T B N M

R E C D N N B S R N L N D N A

I S A I R A T N E D E O O T D

S T F I R R L N S Y N B N L U

O I I M D F N S S A U D E D R

N V D D D O C E S Y G B D F G

T O T R G A Ç U C A R N A A D

N S A N E U Q E P R A L D F B

M L R G F N T M M H B T I C O

C R T T S G C T O H R D T C T

S T L B G O G G Y B A F N Y A

I R A R C T N G H T N R A R T

A R T B Y N T A L T C B U T N

C A A R N C G L D F O F Q Y O

U V N T G O N M Y D S F N T C

B O L R B C L B O M N R T L T

E C T H G O S T O S U R A S G

L S A I R A U G I F D T D G E

F E N C L Y R L A M A R G O S 25

Solução P A S C O A S O D A D I U C

S O R R F E R E Q U E N C I A

A I C N E D I C N I

I S A I R A T N E D D

B O C S E A I R A U G I A M A R G O S G O S T O S U R A S

É possível a aprovação de um projeto ou promoção. Você se mostra mais dinâmico e focado em alcançar seus objetivos de carreira.

As relações familiares são estimuladas. Pode começar uma negociação referente à compra ou à venda de uma propriedade.

O período é de envolvimento em projetos de viagens, publicações e contato com pessoas de outros países com Marte em Capricórnio.

É possível que um contrato seja firmado. A vida social ganha força e movimento, aproximando pessoas que serão importantes para o seu crescimento.

Você se volta para a reflexão e busca novas formas de elevar a sua renda, sobretudo se estiver envolvido em parcerias financeiras.

Você se mostra determinado para aumentar os seus lucros e deve criar novas estratégicas para que seus objetivos sejam alcançados.

O período é de movimento na vida social e nas relações pessoais e profissionais com Marte em Capricórnio e em ótimo aspecto de Urano em Touro.

O período é de foco. Você se mostra mais dinâmico e assertivo. Espere boas mudanças para a sua vida. Novas atividades estão a caminho.

Nas próximas semanas, alguns passos serão dados com muita determinação de sua parte. A rotina pode ser cansativa e com alguns obstáculos para superar.

Evite pessoas e ambientes negativos. O momento é de receptividade e, sendo assim, é necessário cuidar do corpo e do mundo emocional.

O período é de intensidade na vida social e nos processos ligados a sua autoimagem com Marte em Capricórnio e em ótimo aspecto de Urano em Touro.

A vida social passa por boas mudanças. Um novo contrato com uma empresa pode ser firmado. Você pode ser convidado para liderar um projeto em equipe.

Cesar Tralli é pai da pequena Manuella, de apenas sete meses, e faz a linha “coruja”. O âncora do ‘SPTV 1’ – telejornal exibido no horário do meio-dia pela TV Globo para o Estado de São Paulo - publicou um clique lindo com a única filha na última segunda-feira (17/2) e encantou os seguidores. “Lição de amor. Desejamos uma semana de muitos sorrisos e alma leve”, escreve Tralli em post. A bebê é fruto do casamento do jornalista com Ticiane Pinheiro. A apresentadora também é mãe de Rafaella Justus, de 10 anos. Os fãs e amigos da família se derreteram pelo sorriso da menininha. “Que fofura”, comenta o jornalista Ivan Moré. “Lindona”, escreve Felipe

Reprodução/Instagram

A

I A C U R A V A T A N

N

N C O S

A U Q

O T A T N O C

S O S T I V O S A L N D E S O A U O C Ç Q E U E S S C P A A U R B R A D E D A D I T N

M A D U R G

HORÓSCOPO

Cesar Tralli e a filha apareCem sorridenTes em Clique fofo

Andreoli. “Momento lindo... Eu que tirei”, revela Ticiane. “A cara do papai”, “sua cópia” e

“esse sorriso faz os nossos dias serem melhores” são outras mensagens que ele recebeu. YC


12 quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Folha

Contracapa

Hortas urbanas serão instaladas através de convênio com Governo locais escolhidos serão escolas e centros sociais localizados nos bairros em situação de vulnerabilidade social. projeto é uma parceria com Governo do rs e Ministério da Cidadania Nessa segunda-feira, dia 17, o prefeito Miki Breier se reuniu com a secretária estadual do Trabalho e Assistência Social, Regina Becker, para tratar sobre um novo projeto que fará a instalação de hortas urbanas no município. Os locais escolhidos para receber a novidade serão escolas e centros sociais localizados nos bairros em situação de vulnerabilidade social. “O projeto visa a estimular o convívio familiar e comunitário, proporcionando segurança alimentar e fortalecer o trabalho coletivo de forma cooperativada com a perspectiva da economia solidária”, destaca o prefeito Miki Breier. A iniciativa é fruto de um convênio firmado entre a Secretaria do Trabalho e Assistência Social e o Ministério da Cidadania. Essa parceria garantiu R$ 253.377,65 para a instalação de 30 hortas urbanas nas cidades de Porto Alegre, Cachoeirinha, Canoas, Alvorada e Guaíba. O projeto começa a ser implemen-

tado em abril. Serão de cinco a seis hortas por cidade. As hortas terão até 500m² e deverão conter no mínimo 10 canteiros de 15cm de comprimento

por 1m de largura. Os terrenos usados serão cedidos pelos parceiros locais, e as hortas deverão ser, preferencialmente, 100% naturais, sem uso de

agrotóxicos, com aproveitamento de materiais reutilizáveis. Deverá, ainda, ser construída uma composteira para o reaproveitamento de resíduos

orgânicos. Caso as hortas sejam plantadas nas escolas, serão realizadas atividades pedagógicas de apoio à alimentação saudável e de sustentabilidade.

Um segundo. Agora foram três. Quando passarem sete, pelo menos uma pessoa terá sofrido violência no pais. Junte mais 400 e a criminalidade terá causado uma morte. Drogas sendo vendidas a céu aberto, pirataria, venda de mercadoria roubada , menores com acesso a álcool, brigas no trânsito e em todo lugar, armas sem registro: cada crime, segundo a segundo, atesta a manutenção da violência. Mas um dia tem 86.400 segundos. São 86 mil pequenas escolhas que você toma e que podem decidir se a violência para aqui ou se ela vai adiante. Não deixe que a criminalidade mude a sua vida. DEDIQUE 1 SEGUNDO CONTRA A VIOLÊNCIA. VOCÊ DECIDE SE ELA AVANÇA.

Profile for Folha de Cachoeirinha

Quarta-feira | Cachoeirinha, 19 de fevereiro de 2020 - ANO VIII | Edição 1721  

Quarta-feira | Cachoeirinha, 19 de fevereiro de 2020 - ANO VIII | Edição 1721  

Advertisement