Page 1

folhadeaguasclaras.com.br ANO 5 - EDIÇÃO 128

24 a 30 de novembro de 2018

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Parlamentares vão escolher administrador

Eleição direta, consulta às lideranças comunitárias, lista tríplice... nada disso. Tudo não vai passar de promessa de campanha do Governo Rollemberg e de Ibaneis. A indicação dos próximos administradores regionais vai passar mesmo é pelos parlamentares da Câmara Legislativa, Câmara dos Deputados ou Senado, da base aliada do governo. Páginas 2 e

Mulheres no comando Elas estão à frente de negócios rentáveis e inovadores, impulsionando a economia de Águas Claras. As chefs Dayse Paparoto, Je Lacerda e as empreendedoras Suellen Souza, Marcelli Sepúlveda e Raquel Rocha são algumas das mulheres que apostaram no mercado neste mês em Águas Claras. Páginas 9, 11 13, 14 e 15


2

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE ÁGUAS CLARAS

Cara e inoperante As Administrações Regionais, entre elas a de Águas Claras, servem apenas como cabine de empregos. Nem mesmo as Licenças de Funcionamento são mais responsabilidade do órgão

O

que deveria ser a ponta do poder executivo nas cidades, representando e executando os programas do governador do Distrito Federal, transformou-se em mero cabide de empregos ao longo dos últimos anos. No governo de Rodrigo Rollemberg, em especial nos últimos dois anos, o órgão não executou nenhuma ação de relevância e tem sido esquecido pela população. A perda de funções levou às Administrações a um limbo administrativo, onde seu papel não é mais claro. Antes, a Administração analisava e autorizava as obras na cidade, emitia a Licença de Funcionamento para empresas e fiscalizava as suas atividades. Era também a Administração Regional a responsável por incentivar a vida cultural e esportiva das cidades do Distrito Federal, além de ter papel fundamental em todas as ações do governo. Todas essas atribuições foram perdidas. Até mesmo a Ouvidoria é apenas um braço físico da ouvidoria geral do Governo do Distrito Federal. Esta imobilidade administrativa somou-se à retirada do poder fiscalizador das Administrações, com a criação da Agência de Fiscalização, ainda no governo Arruda. E à perda do poder de aprovar grandes projetos arquitetônicos, que foi delegado à Central de Aprovações de Projetos do Distrito Federal. Tornando a Adminidtração Regional em um cartório, onde se registram queixas, demandas e projetos que são submetidos a outros órgãos do poder executivo.

2018

Até o momento, sob o comando de Jerusa Ribeiro, a Administração de Águas Claras gastou neste ano R$ 7.347.108,26 apenas em pessoal. Mais R$ 90 mil foram gastos também com pessoal, no convênio com a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso. Através deste contrato, pessoas que cumprem penas trabalham para os órgãos públicos em troca de um pequeno salário e a diminuição de suas penas. São esses apenados que fazem o trabalho pesado da Adminidtração, como a limpeza de bocas-de-lobo, pequenos reparos nas vias e calçadas da cidade. Sem eles, o papel da Administração seria ainda menor.

Apenas R$ 649.623,80 foram gastos em obras na cidade, menos de 10% do que foi gasto no pagamento dos próprios funcionários. São 95 servidores lotados no órgão, sendo 31 concursados e os outros 64 comissionados sem vínculo com o governo, indicados politicamente.

Reestruturação

O recém-eleito governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, prometeu uma reestruturação nas Administrações Regionais. Duas medidas já foram anunciadas: a realização de concurso público para a ocupação dos cargos nas cidade e a escolha do administrador através de uma lista tríplice. A primeira proposta torna os serviços administrativos mais confiáveis, transparentes e eficientes. Afinal, para os cargos comissionados não há nenhum tipo de seleção, sendo ocupados majoritariamente por conta da relação política e não pela competência. Porém, pode gerar mais custos, já que o servidor público concursado tem direito a benefícios que o comissionado sem vínculo não tem. Mas, ao menos, diminui a influência dos deputados distritais e outras forças políticas nas Administrações.

A lista tríplice é uma incógnita. Esta forma é tentada a cada mudança de governo e nunca colocada em prática. O mesmo aconteceu às vésperas de Rodrigo Rollemberg assumir. O único efeito prático é uma corrida dos candidatos a administrador pela própria indicação. O interesse novamente é político e pouco tem a ver com a gestão da cidade. A movimentação dos candidatos a figurar nesta lista já começou.

Candidatos a administrador

Nas redes sociais algumas lideranças da cidade se colocam como candidatos a figurar na lista tríplice anunciada pelo governador eleito. “Não se pode ter administradores escolhidos apenas pelo dedo do governador. Eles precisam ter vínculo com a população. A participação dos moradores na indicação é importantíssima. Vou ouvir a população. Será definida uma lista tríplice e dos três nomes vou indicar um. E os moradores vão avaliar os administradores. Vou dar todas as condições para eles trabalharem, mas se forem mal avaliados, serão retirados, e a população indicará outro nome." Ainda não é a eleição direta prometida por Rollemberg, mas é uma

abertura para a comunidade se manifestar sobre a escolha do principal representante do governo na sua cidade. Difícil será encontrar uma fórmula para fazer essa consulta, e depois a escolha, sem correr o risco de indicar quem tenha feito oposição ao governador eleito durante a campanha ou que não esteja afinado com suas ideias. Outra questão é: a quem consultar? Diante da impossibilidade técnica de ouvir todos os moradores, restaria ouvir as instituições organizadas da cidade. Difícil será definir parâmetros sobre a representatividade de cada uma. A julgar pelo movimento dos pré-candidatos ao cargo, Ibaneis não terá como fugir da pressão dos aliados, sejam eles interessados diretamente no cargo ou parlamentares que gostariam de apadrinhar seus afilhados. A ideia de ouvir a comunidade não é nova e já foi tentada outras duas vezes. A primeira no segundo Governo Roriz, quando foi feita a mesma promessa e abriu-se uma lista de interessados. O A lista foi apenas um subterfúgio para dar caráter de democracia à escolha, porque já se sabia quem seria o escolhido. Foi um jogo de cartas marcadas. Em Águas Claras se colocam como possíveis candidatos João Carlos Bertolucci, assessor de Telma Rufino, jornalista e defensor do Parque de Águas Claras; Andrea Quadros, advogada e responsável por projetos sociais na cidade; Vasco Pigatto, empresário da construção civil que figurou na lista no início do atual governo; Winston Lima, segundo mais votado na cidade, atrás de Telma Rufino, e membro da Associação de Moradores e Amigos de Águas Claras; Valdeci Machado, ex-administrador da cidade ; a atual administrador Jerusa Ribeiro; o empresário Adriano Galeno e o presidente da AMAAC Roman Cuatrin. Alguns destes nomes tem uma relação muito próxima com Rodrigo Rollemberg, outros tem pouco trânsito na cidade e podem sofrer rejeição de aliados de Ibaneis Rocha. O fato é que sem critérios e sem um formato, a escolha do popular do administrador regional ainda é apenas uma promessa de campanha.


24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

3

Administradores regionais serão indicados por parlamentares O futuro chefe da Casa Civil do governador eleito Ibaneis Rocha afirma que o governo vai ouvir deputados distritais, federais ou senadores aliados nas indicações. E que promessa de ouvir a comunidade é difícil de executar

T

erminado o Governo Rollemberg e nada da prometida eleição para administrador regional. Vai começar o Governo Ibaneis e a também prometida consulta à comunidade parece que também não vai vingar. Durante a campanha, o então candidato a governador incluiu entre suas bandeiras a nomeação de administrador regional de uma lista tríplice escolhida pelos moradores de cada cidade. Mas, tudo indica que o governador eleito não vai fugir da velha prática do toma-lá-dá-cá entre governo e parlamento, institucionalizada desde a emancipação política do Distrito Federal em 1990. Depois que a promessa de campanha desencadeou uma corrida de candidatos ao cargo, em busca de apoio de quem acham quem são os eleitores que poderiam definir a escolha, o próprio futuro governo trata de jogar uma ducha de água fria nas pretensões de quem sonha pelo menos ser incluído na tal lista tríplice. Na primeira entrevista após ser indicado como novo titular da Casa Civil a partir de janeiro, Eumar Novacki adiantou que há “dificuldades operacionais” para fazer as eleições para administradores regionais. Ele está analisando as propostas sobre o tema, mas acredita não ser possível concretizar a medida de imediato. “Se não

fizermos no primeiro ano, faremos até o último. O certo é que, nesta gestão, não vamos trabalhar com negociação de facilidades”, afirmou na entrevista. “Até o último” é a senha para não acontecer, repetindo o que aconteceu com o governo Rollemberg. Numa outra entrevista, na sexta-feira passada, 16 de novembro, o próprio Ibaneis disse que vai cuidar pessoalmente do assunto. “Eu mesmo vou escolher quem vai administrar cada cidade, após conversar com todos os partidos e representantes das regiões”, explicou. “Todos os partidos” leia-se como os parlamentares eleitos que vão fazer parte da base aliada. Nada de novo. E nem tem como poderia ser diferente, por uma razão muito simples: além de precisar de apoio nas votações de seu interesse na Câmara Legislativa ou no Congresso, o governo não tem como prescindir das emendas parlamentares para investir nas cidades, porque elas tomam boa parte do que sobra do Orçamento do DF para investimento em obras e serviços - cerca de 87% da arrecadação do GDF está comprometida com o custo da máquina pública, entre salários, encargos e aluguéis.

E Águas Claras?

Nessa ótica, a deputada distrital Telma Rufino prova-

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

velmente indicará o próximo administrador regional de Águas Claras. Mesmo tendo feito parte da base de Rodrigo Rollemberg e seu partido ter lançado Eliana Pedrosa como candidata ao governo, Telma é conhecida por ser uma hábil negociadora. Hoje, é uma das mais queridas entre os próprios parlamentares. Mesmo com seu jeito impetuoso não impediu de ter conquistado o carinho dos colegas. Telma é, inclusive, presença garantida na mesa diretora da Câmara Legislativa em 2019, provavelmente como vice-presidente da casa. Ela também galgou uma grande distância na regularização de terras no Distrito Federal, uma das prioridades do governador eleito. Por estes motivos ela certamente influenciará na escolha do administrador de Águas Claras. Dentro da própria equipe de Telma Rufino há três nomes autoindicados para ocupar o cargo. A atual administradora Jeruza Ribeiro já disse que gostaria de permanecer e o jornalista João Carlos Bertolucci é outro que se movimenta. O empresário Vasco Pigatto também conta com a simpatia da parlamentar e tem grande influência entre os empresários da cidade. Pioneiro, é um dos que mais tem chance entre os postulantes. Também candi-

O mais provável é que Telma Rufino continue indicando o nome do administrador de Águas Claras

datam-se responsáveis por grupos e páginas em redes sociais, como Cléber Barreto, do site DF Águas Claras, e Roman Cuattrin, da Associação de Moradores e Amigos de Águas Claras (que negou interesse no cargo), além de candidatos derrotados nas eleições, como Winston Lima, e os empresários Adriano Galeno, Tércio Mendes e Jurandir Siqueira. Mas, há ainda a possibilidade de Flávia Arruda, eleita deputada federal e moradora de Águas Claras, indicar o

próximo administrador. Tudo vai depender da divisão dos cargos nos próximos meses. O fato é que a eleição popular de administrador regional ainda é uma realidade distante. Em resumo, se o cenário for esse desenhado até agora, os nomes mais fortes para assumir a Administração do Guará são esses acima. Mas, como dizia o velho político mineiro Magalhães Pinto, “política é como nuvem: você olha e ela está de um jeito. Você olha de novo, e ela já mudou”.

ISSN 2357-8823

Circulação

Editor: Rafael Souza (DRT 10260/13)

A Folha de Águas é um produto da Editora Jornal do Guará, há 34 anos no mercado de comunicação comunitária. A edição impressa semanal da Folha de Águas Claras e distribuída aos sábados gratuitamente no comércio da cidade, em padarias, prédios comercias, agências bancárias e grandes condomínios residenciais. Editada por jornalistas profissionais compromissados com o desenvolvimento da cidade, a Folha de Águas Claras acredita no protagonismo do jornalismo comunitário.

Reportagem: A  lcir Alves de Souza (DRT 767/80) Endereço: EQ 31/33 Ed. Consei Sala 113/114 71065-315 • Guará • DF Diretor Comercial: Antenor Júnior - (61) 984149654

61 33814181

folhadeaguasclaras.com.br

UM PRODUTO

/folhadeaguasclaras

contato@folhadeaguasclaras.com.br

61 996154181


BRASÍLIA ESTÁ PRONTA PARA O FUTURO. AS PRÓXIMAS GERAÇÕES AGRADECEM E QUEM AMA ESSA CIDADE TAMBÉM. COM TODA DEDICAÇÃO, HONESTIDADE E TRANSPARÊNCIA DOS ÚLTIMOS ANOS DE GOVERNO, MUITA COISA PÔDE SER FEITA PELO DESENVOLVIMENTO DE BRASÍLIA E, PRINCIPALMENTE, PARA MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA DE SEUS MORADORES. CONHEÇA ALGUMAS DAS GRANDES REALIZAÇÕES DO GOVERNO:

Universalização do ensino para todas as crianças de 4 a 5 anos inscritas no 156. 55 unidades educacionais entregues: sendo 28 creches, 18 escolas e 9 Centros Interescolares de Línguas. Lançamento do Bilhete Único, com integração entre metrô, micro-ônibus, ônibus e BRT. Mais de 700 mil pessoas beneficiadas com a entrega e reforma de 17 terminais rodoviários. Combate a fraudes no Passe Livre com a utilização da biometria facial nos ônibus do Distrito Federal. Economia estimada em R$ 100 milhões ao ano com a suspensão do benefício utilizado de forma indevida. Ampliação de 67,8% da cobertura da Estratégia Saúde da Família, levando a atenção primária para perto de cerca de 2 milhões de pessoas. Menor índice de homicídios dos últimos 29 anos e maior redução de assassinatos no país nos últimos três anos. Saiba mais em:

bsbprontaprofuturo.df.gov.br

Ana Jullya


24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

CALISTENIA

5

no parque de Águas Claras

Os benefícios atividade física que usa o peso do corpo e é amplamente praticado em Águas Claras, com incentivo do grupo Calistenia Brasília DO METRÓPOLES

T

onificar a musculatura, fortalecimento, resistência, emagrecimento. Esses são os objetivos da calistenia, prática que utiliza apenas o peso do próprio corpo deixando a pessoa forte, ágil e resistente. Por serem feitos ao ar livre, os exercícios são gratuitos e podem ser realizados por todos os grupos de pessoas, mesmo por quem não tem experiência com a modalidade. A calistenia surgiu ainda na Grécia Antiga. Para os gregos do período, os ideais de beleza eram uma grande preocupação e, portanto, os exercícios tinham como principal objetivo melhorar a estética corporal de quem os praticava. Foi apenas no sé-

culo 19 que a modalidade se sistematizou como educação física e recebeu o nome atual, já mais focada em saúde e no bem-estar. Em alta, a prática tem ficado cada vez mais conhecida pelas vantagens que traz a quem a realiza. De acordo com o profissional de educação física Marcelo Torres, a calistenia é totalmente diferente do exercício feito em academia, por exemplo. “A vantagem dela é que trabalhamos todas as partes do corpo. Ela não se limita a exercícios isolados, como na academia. Coloca o peso todo a ser trabalhado em harmonia, em sintonia”, explica.

Em grupo

Em agosto de 2014, Marcelo, em conjunto com quatro

Acima, Luiz Anísio leva as filhas de 7 e 10 anos para os encontros, e abaixo, Gracielle Dias pratica calistenia há um ano e meio, e vai ao encontro do grupo todos os sábados

Todos os sábados dezenas de praticantes e curiosos se reúnem em torno dos equipamentos de calistenia no Parque de Águas Claras

amigos, fundou o grupo Calistenia Brasília. Em encontros gratuitos realizados no Parque de Águas Claras, os participantes praticam os exercícios e ajudam-se quando preciso. Além disso, os profissionais de educação física do grupo auxiliam a todos no local, desde os iniciantes aos mais experientes. Gracielle Dias, 32 anos, começou a praticar calistenia há um ano e meio, e logo entrou para o grupo Calistenia Brasília. Mesmo com pouco tempo, ela afirma já ter notado fortes diferenças tanto em seu corpo quanto em sua mente. “A mudança foi radical, o físico realmente mudou muito. Coisa que eu não consegui em cinco anos de academia atingi com a calistenia, porque exis-

te mais consciência corporal. Notei toda uma diferença na musculatura, perda de peso e o melhor: a mudança na minha mente.” Outra rotina que mudou por causa da calistenia é a do servidor público Luiz Anísio Batitucci, 42 anos. Luiz aponta que a modalidade chamou sua atenção por ser acessível. “Eu comecei a pesquisar por algum esporte que eu pudesse fazer e não ficar muito distante das minhas filhas nem pagar um valor muito alto. Então, descobri o grupo no Parque de Águas Claras e fui conhecer”. Desde então, o servidor, que já chegou a pesar 105kg, passou a pesar 78kg. “Eu nunca me dei bem com academia e rapidamente desistia. Hoje, com os exercí-

cios progressivos, eu me sinto estimulado a buscar mais desafios.” Segundo o profissional de educação física e também praticante da modalidade Jorge Sevillis, a calistenia possui exercícios mais funcionais, como flexão, barra, paralela e agachamento, e gera um trabalho muito maior a membros superiores do corpo que aquelas séries feitas com máquinas em academias. Para quem acha o nível de dificuldade muito alto, ele orienta que o ponto é exatamente o contrário. “Os iniciantes começam com métodos mais leves e, ao manter um ritmo, rapidamente evoluem de nível. É possível atingir um ótimo resultado após um ano de prática”, afirma.


/CamaraLegislativaDoDistritoFederal @ComunicaCLDF

cl.df.gov.br

youtube.com/TVWebCLDF

TV CLDF A CÂMARA COM VOCÊ.

Você sabe como funciona o trabalho da Câmara Legislativa? Conhece os assuntos tratados por seus representantes? Agora, você pode acompanhar tudo isso de onde você estiver. A Câmara Legislativa lançou a TVCLDF. Um canal de web TV onde você pode acompanhar do seu smart phone, do seu computador ou da sua smart TV tudo o que acontece aqui.

Conheça as ferramentas para você acompanhar o trabalho da CLDF. Acesse cldfcomvoce.com.br Baixe o aplicativo CLDF NA SUA MÃO.


24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

Castanhas à mesa (sem gastar muito)

7

O casal Adeilson e Juliana estão à frente de uma das principais bancas da Feira do Guará. Além de todos os tipos de castanhas eles também oferecem frutas secas, temperos, óleos especiais e outras iguarias

I

tens nobres, como castanhas e frutas secas, não precisam ser caros. Comprar em um local onde a fidelidade do consumidor é a prioridade tem muitas vantagens. Há 10 anos o casal Adeilson Lobo e Juliana Lobo começaram a vender suas castanhas na Feira do Guará. Adeílson, o Galego, já trabalha na feira há 24 anos, mas uma excelente oferta de um fornecedor o fez perceber que poderia oferecer produtos excelentes por um preço bem abaixo do mercado. Assim, nasceu a loja mais completa da feira.

Castanhas

Além de castanhas brasileiras e importadas, nozes, amêndoas, em diversas apresentações, como descascadas, salgadas, trituradas, a loja oferece uma enorme quantidade de alimentos funcionais e diferenciados. As frutas secas são um grande destaque. As frutas secas facilmente substituem um doce, sem agredir a saúde, pois são ricas em nutrientes e contam com açúcares naturais. Além de serem ótimas na montagem e decoração de pratos e na elaboração de sobremesas. Adeilson e Juliana oferecem mais de 20 tipos de frutas secas.

A banca estará aberto todos os dias a partir do dia 28 de novembro. A grande variedade de produtos atrai pessoas de todo o Distrito Federal

Guloseimas

O mix de vegetais desidratados é a grande novidade da loja de Adeílson e Juliana (na foto à direita), que conta com farinhas, carne na lata e adoçantes naturais

Alguns produtos são exclusividade da loja em Brasília, e têm feito sucesso, como o mix de verduras desidratas, o milho peruano e o biscoito de arroz integral. Afinal, biscoitos e queijo desidratado são petiscos importantes em toda a reunião social. Além

dos biscoitos, a loja ainda oferece farinhas funcionais, adoçantes naturais, macadâmia, sementes, vinagres e óleos especiais, doces e uma grande variedade de itens para quem gosta de cozinhar e cuidar da saúde.

Entrega

Quem não tempo para ir

à Feira do Guará, pode solicitar a entrega de sua encomenda por telefone. Tudo é escolhido e embalado cuidadosamente pelos funcionários treinados e entregue em poucas horas, tanto no Guará como em Águas Claras. A partir de dezembro, a Feia do Guará vai funcionar todos os dias da semana.

Adeilson & Juliana Castanhas

35679510 998017597 Box 526B/528 Feira do Guará *entregas de compras a partir de R$150


8

24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

A febre dos Hambúrgueres A ascensão das hamburguerias parece não ter data pra acabar. Cada dia com mais qualidade e ingredientes inusitados, em Águas Claras elas tem dominado o mercado gastronômico THAIS UMBELINO, DO METRÓPOLES

C

rise econômica? As novas hamburguerias inauguradas em Águas Claras nadam contra as más notícias. Nos últimos quatro meses, a Região Administrativa inaugurou pelo menos cinco casas especiais da comida e provou que o hambúrguer continua fazendo sucesso. A chef e empresária Lídia Nasser, proprietária da Dólar Furado, acredita que a comida nunca sai do cenário gastronômico por um simples motivo: as pessoas sempre procuram lanches rápidos e um preço acessível. “O pão combina com

basicamente tudo e, no caso do hambúrguer, a base é sempre a mesma. Os ingredientes que compõem a comida são muito versáteis e dá para atrelar bastante criatividade com sabor", explica a chef. Morador de Águas Claras desde 2015, André Knychala, de 32 anos, tem percebido o crescimento das hamburguerias na região. “Lá perto de casa abriram três recentemente”, enumera. Para ele, o cenário gastronômico é bastante rico, o que lhe possibilita ter várias opções sem atravessar grandes distâncias. A LIFEBOX abriu recentemente. O diferencial da hamburgueria é o horário de atendimento (das 18h às 6h). O cardápio traz, todos os dias, opções para os clientes com hambúrgueres feitos com carne 100% angus. Entre os sandubas mais pedidos, estão o Tradicional, por R$ 35, e o Retrô (foto), por R$ 32. De acompanhamento, o cliente pode pedir as fritas picantes, a partir de R$ 12, e os milk-shakes de Leite Ninho, Oreo e chocolate (R$ 17), morango com Nutella e pipoca (R$ 18). A carta de sobremesa tem como destaque a cheesecake de Ferrero Rocher (R$ 25). Águas Claras, Rua 12 Norte, lote 2, loja 2, Edifício Corporate (Águas Claras). Telefone: (61) 32574064. De segunda a quinta, das 18h às 6h; e de sexta a domingo, das 17h às 6h

Inaugurado em julho deste ano, o DÓLAR FURADO é um espaço lúdico que inspira os hambúrgueres no mundo dos super-heróis. Entre as opções pensadas pela proprietária e chef Lídia Nasser estão os sanduíches Darth Vader e Hulk, ambos por R$ 38; Princesas (foto), por R$ 21, e o Manda-Chuva, por R$ 24. Já os sabores dos shakes são o Homem Biscoito, com sorvete de chocolate, calda de hortelã e cookies de chocolate (R$ 22); Pipoca doce de leite ninho (R$ 24) e Superpoderosas, com sorvete de maçã verde da Docinho, calda de morango da Florzinha e algodão-doce azul da Lindinha (R$ 18). Para o início de dezembro, a casa apresenta a novidade do combo com 4 mini-hambúrgueres, 2 chopes e batata frita, servido de sexta a domingo, das 12h às 18h. Complexo Gastronômico do Grupo Empório Árabe – Avenida Castanheiras, Lote 1060, Edifício Vila Mall, Loja 15 (entrada ao lado da Dolce Far Niente), Águas Claras (DF). Telefone: (61) 34514770. Segunda, das 18h à 0h. De terça a domingo, das 12h à 0h

Na hamburgueria SECRETO, os carros-chefes são o Secreto hambúrguer, feito com pão de forma, queijo muçarela e cheddar, duas carnes, bacon e molho secreto (à base de páprica), que vem acompanhado de batata frita e sai a R$ 48, e o Onion Burger, feito com hambúrguer de carne, pão de hambúrguer, salada crua e molho de bacon (R$ 24, individual, ou R$ 31 o combo com batata e refrigerante). Ainda há no menu o Camembert, feito com hambúrguer de carne e queijo Camembert, por R$ 38 (R$ 45, o combo). Para beber, algumas das opções são o milk-shake de Oreo (qualquer sabor por R$ 20), Soda Italiana de maçã verde, por R$ 12, e o suco de amora com limão (R$ 13). Avenida das Araucárias lote 4530, Loja 38, Residencial Península – Águas Claras. Telefone: (61) 3263-5383. De segunda a domingo, das 19h à 0h


24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

Dayse Paparoto em Águas Claras

No melhor estilo Velho Oeste, a hamburgueria artesanal DURANGO BURGUER traz uma carta com variedade de sanduíches, além de chope gelado, sobremesas e músicas temáticas. Entre as alternativas estão o Durango (hambúrguer com queijo brie e geleia de pimenta); o Buffalo Bill, com blend de carne bovina, abacaxi, farofa de bacon e queijo cheddar e o Woody (pão brioche, hambúrguer 150g, muçarela e maionese da casa). Os preços saem a partir de R$ 22. Também merece destaque o Shake de Oreo com Nutella e o shake de paçoca com Doce de Leite. Ambos por R$ 18.

A primeira ganhadora do MasterChef Profissionais desembarca na cidade, no dia 28 de novembro, para inauguração da fábrica Oh!Coxinha

Rua 31 Sul, lote 9, Loja 4, Ed. Mozart – Águas Claras Sul. Telefone: (61) 3553-8454. De segunda a domingo, das 17h30 às 23h15

No HUM BURGUER, o cliente vai encontrar desde os combos Black Hambúrguer (blend de carne 150 g), três fatias de queijo cheddar, cebola grelhada, bacon crocante, maionese secreta e pão australiano) e American Burguer (blend de angus, três fatias de queijo muçarela derretido, alface americana, tomate italiano, cebolas roxas, picles e molho clássico american Sauce e pão brioche artesanal). Os valores saem a partir de R$ 34 (bebida de 300ml e batata com molho). Destaque para o milk-shake de marshmallow (300ml, por R$ 14, e 500 ml, por R$ 19) e para as Onion Rings (R$ 10 com molho de acompanhamento). As saladas saem a partir R$ 22. Rua 33/34 Norte, Lotes 1/2, Loja 21 Complexo Beverly Hills (Águas Claras). Telefone: (61) 3222-7334. De segunda a domingo, das 17h à 1h

Também presente na Asa Sul, a hamburgueria Meatz nasceu de um food truck. A casa oferece três sabores: Duplo Classic (R$ 26), Duplo Bacon (R$ 28) e Classic – carne, queijo prato e pão brioche, (R$ 18). A clássica batata frita frisada pequena e média é vendida por R$ 5 e R$ 10, respectivamente. Condomínio Edifício Bahamas Center, Av. Jequitibá, 685 – 33 (Águas Claras). Telefone: (61) 99669-9119 e 99981-8001. 105 Sul, Bloco B. Terça a sábado, das 11h às 23h; domingo e segunda, das 17h às 23h

9

A

gora os brasilienses vão poder desfrutar de um cardápio assinado exclusivamente pela chef para o Oh!Coxinha. Para a criação do cardápio, Paparoto uniu os seus principais pratos e transformou em coxinhas, o que resultou em diversos sabores. Para atender a todos os gostos, o menu está recheado de variedades. Os sabores especiais são compostos por picadinho na cerveja – massa de batata doce com recheio de picadinho de carne bovina no molho de cerveja preta, feijoada – massa de feijoada com recheio de calabresa cremosa; – mortadela refogada com cream cheese, moqueca de camarão e costelinha suína com barbecue. Para quem não come carne, outra novidade são as opções vegetarianas. Os clientes podem desfrutar das coxinhas com recheio de cenoura assada com alho, tomilho e queijo, além de cebola glaceada no OH! COXINHA

www.ohcoxinha.com.br @ohcoxinhaoficial @ohcoxinha Pedidos de domingo a domingo, das 15h à 00h

tabasco e queijo meia cura. O cardápio conta também com os sabores tradicionais, como frango e frango com catupiry, além das opções doces, como torta de limão, banana assada com creme de avelã e maçã verde com canela. Para acompanhar são oferecidos também sugestões de molhos, como maionese de carvão, maionese tradicional, picante, de alho e ervas. Inicialmente, a fábrica Oh!Coxinha vai funcionar apenas com delivery, oferecendo combos de 15 a 30 coxinhas (escolhendo até três sabores) e 60 coxinhas (escolhendo até seis sabores), além do combo Happy Party com 120 coxinhas. Os valores são de R$19,90, R$ 35,90, R$ 69,90 e R$ 139,90, respectivamente.

Oh!Coxinha

Para colocar o projeto em prática, cuja proposta é trazer o salgado mais idolatrado do Brasil de uma forma nunca vista, os três sócios foram ousados ao inovar no mercado alimentício: “A nossa paixão por coxinhas nos motivou a trazer o melhor produto para Brasília. A ideia é que o consumidor sinta uma experiência diferente em cada mordida,” garante o empresário Márcio Gomes. Ainda segundo Márcio, a ideia é trabalhar com franquias: “O nosso objetivo é expandir. Queríamos uma fábrica com produtos de qualidade e que o menu fosse assinado por uma chef renomada. Foi um grande desafio, mas conseguimos executar perfeitamente os nossos projetos”, relembra o proprietário.


10

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

Para tomar um bom café Workshop realizado em cafeteria de Águas Claras apresenta as novidades dos cafés especiais. Os inscritos aprenderam a escolher grãos de qualidade, preparar e degustar um café de excelência POR STEPHÂNIA WALKER DOURADO

O

D’Lurdes Café de Águas Claras e a Anero Café realizaram um workshop para os amantes do bom e velho cafezinho – segunda bebida mais consumida no Brasil - perde apenas para a água. Segundo uma pesquisa realizada pela Abic (Associação Brasileira da Indústria de Café), estima-se que o brasileiro beba 80 litros de café por ano. O objetivo do workshop era trazer para pessoas comuns uma introdução ao universo dos cafés especiais e ensinar o passo a passo minucioso que é a preparação da bebida.

Sorteada

Priscilla Sâmela de Oliveira foi uma das sorteadas na página do D’Lurdes Café no Instagram e pôde levar uma amiga para participarem da oficina de introdução aos cafés especiais. Priscilla veio de Samambaia e estava satisfeita com tudo que estava aprendendo. “Eu bebo café todos os dias, meu marido também toma muito café, mas não sabia que a qualidade dos cafés tradicionais era tão ruim. Passei a me interessar muito mais pelos cafés especiais agora, e acho viável prepara-lo em casa”,

A aula

Rodrigo Augusto explicou que existem hoje no mercado basicamente quatro classificações de café – tradicional, superior, gourmet e o especial. O café tradicional é o produto comum que encontramos nos supermercados, seu preço é acessível, porém a qualidade é muito ruim. Galhos, folhas, insetos e palha são torrados e moídos juntos com os grãos que não tem nenhuma seleção. O superior tem um pouco mais de qualidade e valor agregado que o tradicional e deve vir embalado a vácuo ou com válvula aromática. O café gourmet possui um sabor mais acentuado e levemente adocicado

(naturalmente) e geralmente é produzido com grãos 100% arábica, o preço também sobe de acordo com a qualidade. Por fim, o melhor e mais puro, o café especial. Enquanto alguns tipos de café são produzidos em grande escala, podendo ser torrado e moído até uma tonelada de uma só vez, com os cafés especiais o processo é diferente. No máximo três quilos por vez são levados para a torra e antes disso, são expostos a uma criteriosa seleção que começa desde a região em que a semente é plantada. A torrefação é artesanal e o produto final precisa atingir uma pontuação acima de 80 pontos, de acordo com uma metodologia de avaliação sensorial da SCA (Specialty Coffee Association) que é a mesma utilizada no mundo todo. Os cafés tradicionais do supermercado normalmente têm uma nota entre 50 e 60 pontos. Aroma, doçura, acidez, harmonia e sabor são alguns dos itens analisados por profissionais durante a avaliação. A pontuação máxima vai até 100 pontos, mas ainda não existe no mercado brasileiro um produto com essa nota ainda. Rodrigo Augusto destaca algumas dicas importantes. Ele recomenda que as pessoas nunca comprem um café extra forte ou super intenso. Os grãos são torrados por mais tempo para dar uma tonalidade mais escura e acaba tendo um sabor amargo. Segundo Rodrigo, “o café de verdade não deve ser amargo, ele deve inclusive ter uma doçura natural.” Os cafés extra fortes têm mais impurezas (galhos) e uma moagem muito fina para esconder as imperfeições. Um bom café deve ter grãos da espessura de um grão de areia, nunca ser tão fino como talco.

Energiapositiva

Outra dica do mestre de torra é que, se possível, separe um tempo para tomar seu café especial, e durante esses minutos aproveite para focar

O evento foi apresentado pelo mestre de torra, Rodrigo Augusto (abaixo), da Anero Café que deu uma verdadeira aula, tanto teórica quanto prática, para os participantes conhecerem desde a diferença entre os grãos e o quão importante é o processo de torrefação, até as várias maneiras de se preparar um excelente café, bem diferente do cafezinho tradicional que estamos acostumados no dia a dia

em energias positivas, esqueça os problemas, e busque em suas lembranças uma memória afetiva e curta o momento. Queijo, tapioca, pão de queijo e até o pão francês são bons acompanhamentos para esse tipo de bebida. “É interessante ver como o mercado cafeeiro tem crescido e atraído um público variado, mas principalmente tenho observado adolescentes de 13, 14 anos que já entendem do assunto, sabem preparar um bom café especial, essa é a maior mudança que tenho observado. E também o aumento da quantidade de pessoas que apreciam a bebida não só nas cafeteiras, mas optam por conhecer mais

desse universo, como é o caso de quyem foi ao evento, investem em produtos e preparam a bebida para ser apreciada em casa”, afirma Rodrigo Augusto. Francisco Rubens Albuquerque, aposentado, esteve presente no workshop e disse estar atento a tudo que é relacionado aos cafés especiais. “Já fazem uns oito meses que descobri e me interessei pelos cafés especiais. Comprei balança, moedor, estou sempre experimentando grãos diferentes, é uma delícia. Quando estou com pressa pela manhã, tomo um café mais normal, mas quando chega a tarde ou a noitinha adoro preparar uma

boa xícara de café especial e curtir aquele momento sem pressa.” Após as explicações teóricas todos os participantes tiveram oportunidade de preparar cafés com características diferentes (notas de chocolate e textura amanteigada, frutado e até com nuances de chocolate e cocada, lembrando que essas sensações e sabores são naturalmente agregados aos grãos dependendo do solo, clima e altitude onde é plantado). Além da variedade de grãos, métodos de infusão foram testados pelos presentes. Prensa francesa, Aeropress e Coador Hário V60 foram alguns dos aparelhos utilizados.


24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

11

Chef Je Lacerda Em novos cursos online a chef aposta em pratos do dia a dia e também em sabores sofisticados

A

chef Je Lacerda é apaixonada por gastronomia, abandonou sua formação em Direito para dedicar-se a alquimia dos sabores. Com vivência internacional na França e na Inglaterra, formação no tradicional curso de cozinheiro Chef Internacional em São Paulo, aprimorou seus conhecimentos na Le Cordon Bleu e na École Nationale Supérieure de la Pâtisserie, do estrelado chef Alain Ducasse, em Yssingeaux, ambos na França. O mercado de gastronomia cresceu muito no Brasil nos últimos anos. De acordo com os dados da Associação de Bares e Restaurantes (Abre), mais de 45 mil postos de trabalho estão à disposição em diferentes funções dentro das cozinhas. As aulas acontecem presencialmente em pequenos grupos, no seu espaço gourmet. Assim oferece atenção exclusiva a cada aluno e também através do site www. jelacerda.com com cursos

De elaboradas ceias de Natal à gastronomia do Oriente Médio, pasando por dezenas de especialidades e nacionalidades, Jê Lacerda ensina em seus cursos online e presenciais (no ParkWay, ao lado de Águas Claras) receitas e técnicas que podem ser reproduzidas em casa

diversos das culinárias, portuguesa, peruana, chinesa, mediterrânea, balinesa, tailandesa, espanhola, indiana, vietnamita, italiana, francesa. Há também as opções oriente médio, risoto, frutos do mar, burger, confeitaria, carnes, cozinha de boteco, cozinha prática e jantares incríveis. Há opções já disponíveis para o acompanhamento e outras

serão lançadas até novembro. “Meus cursos são voltados para qualquer pessoa que deseja aprender a cozinhar de maneira fácil, sem complicações. Desde os sabores do dia a dia, para receber os amigos em casa e aproveitar com a família, até os pratos elaborados para ocasiões especiais o que ainda pode resultar em uma nova formação ou ne-

gócio, o mercado de gastronomia está a pleno vapor no Brasil”, explica a chef.

Mais sobre Je Lacerda

Mestre em Gerontologia com ênfase em Gastronomia e pós-graduada em Gastronomia pela Universidade de Brasília (UnB). Professora dos cursos de Gastronomia e Nutrição da Universidade

Católica de Brasília. Dentre as experiências profissionais estão diversas atuações como chef em hotéis na França, Brasília, além da embaixada da França e professora homenageada pela primeira turma de gastronomia de Brasília na faculdade Unieuro. Também prestou consultoria em vários restaurantes da cidade.


12

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

Bar em Bar 2018 chega em 27 bares D ia 15 de novembro começou o festival gastronômico dedicado à comida de boteco, o Bar em Bar. Em sua 12ª edição, o Bar em Bar terá parceria com a 9ª edição do Sabor Suíno e, juntos, prepararam um festival diversificado: os 27 estabelecimentos participantes poderão utilizar uma das proteínas mais saborosas e saudáveis da gastronomia mundial, a carne suína. Para o presidente da Associação de Criadores de Suínos do Distrito Federal (DFSuin), Ivo Jacó de Souza, o Festival é uma oportunidade de mostrar ao consumidor as qualidades da carne suína produzida no Distrito Federal e desmistificar alguns preconceitos que ainda existem com a proteína. “Tínhamos vontade de mudar o modelo do Sabor Suíno e, então, surgiu à oportunidade da parceria com o Bar em Bar. Resolvemos abraçar essa ideia na expectativa de receber um público maior e diferenciado das edições anteriores. Nosso objetivo é encantar o público

Varanda Dudu Bar e o Villa Carioca representam Águas Claras na disputa

Cones do Cerrado do Vila Carioca mix de bolinhos rústicos – bolinhos de carne de lata puxado no pão e bolinhos de frango com pequi, acompanha molho de cajuzinho e molho de pequi. Serve duas pessoas e custa R$30

Scooby Doo do Varanda Dudu Bar): triângulos de massa de pastel frito cobertos de purê de batata e mostarda, salsicha grelhadas ao molho de tomate da casa, coberto de maionese de cheddar com farofa de bacon e cajuzinho do cerrado - custa R$30

com receitas que harmonizam bem com as cervejas, vinhos e cachaças”, destaca Souza.

res do Distrito Federal. “Nos últimos anos, o Bar em Bar orienta os estabelecimentos a sempre escolherem os ingredientes produzidos na cidade, valorizando os pequenos e médios produtores locais. Esse ano, com a parceria do Sabor Suíno, teremos os criadores de carne suína do DF como um dos principais parceiros do nosso festival e são parcerias como essa

O festival

Serão 18 dias de evento e os bares e restaurantes participantes criaram petiscos exclusivos a preço promocional de R$30, que servem de uma a quatro pessoas. “Nossos chefs criaram petiscos que possam agradar a todos os ti-

pos de público. Temos menus individuais e para compartilhar, para os vegetarianos e os apaixonados por carne e também para quem prefere um petisco mais sofisticado”, comenta o presidente da Abrasel-DF, Rodrigo Freire. Com o tema “Viva a melhor porção da vida”, o festival busca promover o caráter democrático e social dos bares e valorizar os produto-

que fortalecem a identidade gastronômica de Brasília”, comenta Rodrigo Freire. Outro trabalho social promovido pela Abrasel-DF e DFSuin, realizadores do festival, é a doação de R$ 1 do valor de cada prato vendido para uma instituição social de Brasília, que será escolhida por meio de uma votação nas mídias sociais da Abrasel-DF.


24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

www.VALERIALESSA.com.br

@VALERIALESSAA

Vila Doce no DF Plaza A

Personagens que animam a vila do Papai Noel, à direita Valéria Lessa, anfitriã do evento e abaixo Lilian Lemos e filho

conteceu nesta semana a inauguração decoração natalina do shopping DF Plaza, com direito a café da manhã para influenciadores de Brasília. Á frente do projeto esteve a digital Influencer Valéria Lessa, anfitriã e responsável pela reunião dos convidados.

Marcelo Marques, Valeria Lessa, Patricia e Karl Jeanneth, à direita Pietra Almeida, digital influencer mirim e influenciadores com o Papai Noel

Nana Ferro e Cristina Coimbra, à esquerda

EU INDICO!!

Clínica Dermanew A Clínica Dermanew foi idealizada pela médica dermatologista Suellen Souza e seu marido empresário Rafael Covas, onde iniciaram no Rio de janeiro a sua primeira Clínica e foi um grande sucesso, devido a excelência, segurança e qualidade em cada atendimento. Neste ano de 2018 os empresários Abbas Yousef e Rafael Covas, fizeram com que a Clínica chegasse a cidade de Aguas Claras. Trazendo atendimento personalizado e humanizado, com preços acessíveis, em um ambiente luxuoso e confortável. Além da garantia no uso dos melhores produtos e equipamentos. Garantindo atendimento em alto padrão, por uma das médicas mais competente e conceituadas do Rio de Janeiro. Zelando pela primazia de buscar sempre novidades e técnicas atuais, respaldadas cientificamente no âmbito nacional e internacional. A clínica contará com outros excelentes profissionais, altamente qualificados voltados à saúde, beleza e bem-estar. Farão parte também da nossa equipe: Cirurgião Plástico, Endocrinologista, Massoterapeuta e esteticista.

DF CENTURY PLAZA TORRE B SALAS 519/520 (61)3597-8093 (61)99393-1181

13


14

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

www.VALERIALESSA.com.br

@VALERIALESSAA

EMPREENDEDORA DA SEMANA

Raquel Rocha

Nome de peso Tive o prazer de encontrar com um dos melhores cabeleleiros do Brasil, Rodrigo Cintra. Como Embaixador Técnico da Olenk Brasil, Rodrigo apresentou uma super consultoria, que faz parte da turne “Flash’s e Toffee Light”, que está rodando o Brasil. Deu pra ver muita coisa bacana. A turnê que já passou por vária regiões trouxe informações sobre novas tendências, iluminação e harmonização. É bom aprender com quem entende!

Novidade gastronômica O espaço indiano característico se revela logo ao entrar no Mumbai Restaurante. Grandes lustres trançadas fazem parte do charme do local e roubam a atenção de quem visita o restaurante, que, ao sentar nos sofás laranjas, são automaticamente levados em uma viagem gastronômica para o outro lado do mundo. Com capacidade para 25 pessoas, o local, que tem o design assinado pela AD.7 Arquitetura, possui uma décor nas cores laranja, rosa e verde, abre oficialmente nesta quarta-feira, 24, como o primeiro point gastrô de comida indiana em Águas Claras.

A empreendedora dessa semana se chama Raquel Rocha e atua no mercado há mais de 20 anos, porém em Águas Claras completa 3 de carreira. Com conceito nascido em Gôiania, Raquel trouxe uma união de diversos estilos para o espaço que fica localizado na Rua das Paineiras, Ed One Mall, sala 502 Bloco B Águas Claras. Raquel relata que seu público fiel é formado por moradores da região de Águas Claras, “Eu trabalho em várias regiões do DF, mas estou querendo focar somente em Águas Claras, quero ser destaque nesse espaço em especial” relata. Com um espaço bastante intimista o Iluminada Showroom fez nome através dos próprios clientes que frequentaram e espalharam a notícia. Um dos diferencias do espaço é a forma facilitada de vender, tanto pela plataforma Instagram quanto mensagens diretas pelo o Whatsapp a loja consegue atender suas clientes. “Atualmente trabalhamos nas plataformas digitais e realizamos entregas também”, destaca a empreendedora. Sem muitas peças repetidas, e com numerações que variam entre P, M e G o local serve como uma espécie de refúgio para quem busca exclusividade. “As vezes eu faço uma postagem e como são peças selecionadas muitas clientes acabam não conseguindo levar, por conta na demora, mas eu não pretendo mudar essa rotina de venda. Pelo fato de Águas Claras ser pequena, pode ser considerado um fator positivo vender peças únicas”. Finaliza.

Expectativas de expansão

Eu espero ainda sair de um showroom e ir para uma loja grande e bacana, mas isso por enquanto não está na minha lista de prioridades. Meu foco atualmente é em Águas Claras, trabalhando com diversas formas de divulgação e crescer uma das minhas principais ferramentas de venda, o Instagram.

61 99227-9085 @iluminadashowroom / iluminadashowroom


24 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

www.VALERIALESSA.com.br

15

@VALERIALESSAA

ÁGUAS CLARAS GANHOU MAIS UMA UNIDADE DA DEPILLE-SE

A

s (mil) atribuições do dia a dia não te deixam marcar salão? Como andam as depilações? Tudo em dia ou o “crush”, se quiser, vai ter que aderir a moda “com pelos”? “Gente, isso não é moda, é desculpa para falta de tempo, né? Depilação com hora marcada é coisa do passado, meu bem”. Se diverte Marcelli Sepúlveda, 37 anos, dona da rede Deppile-se. Rede sim, pois a empresária está abrindo a segunda unidade no lado sul da cidade. A Depille-se existe há 3 anos e meio e, mesmo em meio à crise econômica e duas gestações, Marcelli provou que nasceu para empreender. “A empresa era nova, precisava da minha atenção e dedicação para que se consolidasse e conseguisse andar com as suas próprias pernas, mas com uma gestação em cima da outra, precisei contar com a ajuda de minha irmã e meu cunhado. Sou muito grata a eles. Depois da última licença (maternidade), eu retomei e levo sozinha desde então”. Ela conta, ainda, que mesmo com a “crise”, a empresa vem mantendo um crescimento de 7% em relação

aos outros anos. Sem hora marcada, as unidades oferecem serviços de depilação em diversas áreas, tanto para mulheres quanto para homens. Já com marcação, os espaços oferecem massagens estéticas, manicure e pedicura, além de alongamento de unhas em gel e fibra de vidro e, claro, serviços de cabelereiro como corte, pintura e modelagem. O carro chefe é a depilação. Marcelli conta que o diferencial está na matéria prima. “Usamos uma cera creme, hipoalergênica, exclusiva. Ela é aplicada morna, não agride a pele e é, praticamente, indolor. O creme adere somente aos pelos e não à pele e é por isso que não dói”. Mas, além da depilação, o ambiente, o atendimento e o cappuccino chamam a atenção. Um ambiente clean e silencioso com atendimento diferenciado e cheio de charme. A bebida, é receita de Marcelli e já virou marca registrada da Depille-se. “Todos que passam por aqui precisam provar e, depois que provam, querem levar pra casa, acredita?” reconhece ela, em meio a um gole e outro.

As duas unidades da Depille-se atendem de segunda à sábado, de 8h as 20h e estão localizadas em: Av. Castanheiras, rua 12 norte, lote 1, loja 1G – Cond. Águas de Vitória Lote 02 Loja 18 Ed. Paço Linea Residence Mall Praça Jandaia, Q. 205 Telefone (61) 3551-8838


BLACK

70 até

%

FRIDAY DF PLAZA SHOPPING

23 24

OFF

ABERTO ATÉ ÀS 23H

AF_Anuncio Jornal_BlackFriday_[DF-Plaza]_26x35cm_v1.indd 1

NOVEMBRO

E

GRATUITO 23 E 24 DE NOV.

21/11/2018 11:03

Folha de Águas Claras 128  

24 a 30 de novembro de 2018

Folha de Águas Claras 128  

24 a 30 de novembro de 2018

Advertisement