Page 1

R$10mil

folhadeaguasclaras.com.br

10 a 16 de fevereiro de 2018

ANO 3 - EDIÇÃO 103

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

de multa para pichadores Sancionada lei distrital que institui multa de R$ 5 mil às pessoas que rabiscarem edificações públicas ou privadas, e de R$ 10 mil em caso de reincidência ou se o ato for praticado em monumento ou bem tombado (Página 7).

Executivo e legislativo disputam autoria da eleição de administradores O polêmico projeto de eleição direta de administrador regional ganha contornos de disputa entre poderes. É que o governador decidiu vetar o projeto de lei do deputado distrital Chico Vigilante (PT) e promete enviar outro. (Páginas 4 e 5).

Esgoto de Águas Claras não vai mais para o Lago Elevatória de Esgotos Águas Claras, quando concluída, receberá esgoto de parte de Vicente Pires e de Águas Claras e atenderá cerca de 130 mil habitantes, levando o esgoto para ser tratado na Estação de Tratamento de Esgotos Melchior, em Samamabaia, e não mais para o Lago Paranoá. A elevatória vai trabalhar com três bombas com potência de 500 cavalos cada uma (sendo uma delas de reserva), vazão de 546 litros por segundo e gerador de emergência para o caso de pane no fornecimento de energia (Página 9).

Funk no Velho Mundo Cantora de Águas Claras, Mc Jenny, celebra nova fase em turnê pela Europa (Página 13).


2

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

Por dentro de Águas Claras

ANTENOR JÚNIOR

Galinha Caipira, Pequi e Angu

Liderança da Cidade Ely Ricardo Vitorino

No Armazém do Fabim foi servida uma galinha caipira como deve ser, acompanhada de belos pequis goianos e um angu de milho fresco. Estavam à mesa do chef Paulo Lima, eu (Antenor Gentil Júnior), minha mulher Shirlei dos Santos, Jorge Rovala, Fábio Régis, o proprietário da casa, e Bob Reis. A galinha caipira é apenas um dos petiscos tradicionais do Armazém, que conta com o mais tradicional bolinho de bacalhau de Águas Claras. Galinha caipira do Armazém do Fabim, na rua 26 Norte

Don Pedrito A pizzaria Leve Já, pioneira nas massas préassadas em Águas Claras, tem agora um mascote circulando pelas ruas da cidade, o Don Pedrito, imagem do fundador da pizzaria Pedro Torres. Além de empresário, é também o líder de um grande grupo de peladeiros na cidade. Organizado pelo Whatsapp e Facebook, os amantes do futebol marcam os jogos virtualmente para depois se encontrarem em campo.

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

Ricardo é morador de Arniqueira desde 1995. “Sempre tive interesse na melhoria do bairro para a comunidade. Participei da Associação Comercial do Areal buscando sempre a criação da ADE”. Junto ao Orçamento Participativo, quando participou como um dos delegados, conseguiu trazer recursos para o Areal e Arniqueiras, para saneamento básico e posto policial. Foi muito atuante na criação da QS 11. Teve papel importante na reivindicação para a criação da avenida que liga a QS 11 à Avenida Brasília, renovação do asfalto de várias quadras e revitalização de praças. Também ajudou pequenos empresários a sair da informalidade, levando ao conhecimento deles o Balcão Sebrae e os encaminhando, em caravanas, até o Centro de Convenções onde aconteciam as palestras sobre cooempreendedorismo. Foi membro ativo da Associação Comercial e Industrial de Águas Claras, participando de várias reuniões para tratar de assuntos comerciais voltados para as melhorias do setor tanto do Areal, ADE, Arniqueiras e Águas Claras vertical. Hoje, Ricardo, está estabelecido com sua oficina de lanternagem e pintura situada em Arniqueira.

ISSN 2357-8823

Circulação

Editor: Rafael Souza (DRT 10260/13)

A Folha de Águas é um produto da Editora Jornal do Guará, há 34 anos no mercado de comunicação comunitária. A edição impressa semanal da Folha de Águas Claras e distribuída aos sábados gratuitamente no comércio da cidade, em padarias, prédios comercias, agências bancárias e grandes condomínios residenciais. Editada por jornalistas profissionais compromissados com o desenvolvimento da cidade, a Folha de Águas Claras acredita no protagonismo do jornalismo comunitário.

Reportagem: A  lcir Alves de Souza (DRT 767/80) Endereço: EQ 31/33 Ed. Consei Sala 113/114 71065-315 • Guará • DF Diretor Comercial: Antenor Júnior - (61) 984149654

61 33814181

folhadeaguasclaras.com.br

UM PRODUTO

/folhadeaguasclaras

contato@jornaldoguara.com

61 996154181


4

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

ELEIÇÃO DE ADMINISTRADOR REGIONAL

Disputa entre GDF e Câmara pela autoria da ideia Governador Rodrigo Rollemberg veta projeto de deputado petista aprovado em dezembro e promete enviar outro na próxima semana

O

polêmico projeto de eleição direta de administrador regional, que se arrasta há mais de três anos, desde quando Rodrigo Rollemberg assumiu o GDF, ganha contornos de disputa entre poderes. É que o governador decidiu vetar o projeto de lei do deputado distrital Chico Vigilante (PT), aprovado no final dos trabalhos legislativos do ano passado, e promete enviar outro, de iniciativa do governo, com sugestões encaminhados por moradores do DF sobre o texto original, de autoria do próprio Rollemberg elaborado quando ele foi deputado federal e se-

nador. O projeto foi apresentado, e aprovado, de surpresa numa das últimas sessões de votação da Câmara Legislativa, no dia 6 de dezembro. Mas, logo no reinício dos trabalhos legislativos, nesta terça-feira, 6 de fevereiro, o governador Rollemberg apresentou o veto integral ao projeto aprovado, que, entretanto, foi boicotado pelo Colégio de Líderes e retirado da pauta das primeiras votações do ano. O governador alegou “vício de iniciativa” para justificar o veto, já que, no entendimento do Palácio do Buriti, a origem do

texto deve ser exclusiva do governador do Distrito Federal, o que torna o projeto de Vigilante inconstitucional.

Mobilização pelo veto

Entretanto, mesmo com os argumentos da inconstitucionalidade, os planos de Rollemberg de ser o autor da ideia, uma das bandeiras de sua campanha para governador em 2014, podem ser frustrados, porque há um movimento entre parte dos deputados distritais para derrubada do veto, transferindo a batalha para a Justiça, a quem deverá decidir quem tem razão. Para a derrubada

Deputado distrital Chico Vigilante, PT, é o autor da lei vetada integralmente pelo governador Rodrigo Rollemberg


10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

5

ELEIÇÃO DE ADMINISTRADOR REGIONAL do veto serão necessários 13 votos dos 24 deputados distritais, mas, resta saber se a maioria iria concordar em perder um dos espaços mais utilizados por eles para acomodar aliados e alavancar suas campanhas políticas. Para tentar reverter a situação, o governo pretende apresentar outro projeto imediatamente, já com as alterações pinçadas da consulta pública aberta no ano passado, quanto foram apresentadas mais de 500 sugestões por parte da população. O líder do governo na Câmara Legislativa, Agaciel Maia (PR), tentou convencer Chico Vigilante a retirar a proposta, mas o deputado petista não concordou, preferindo buscar apoio de mais colegas para garantir a sanção da lei.

O que diz o projeto de Vigilante

Segundo o projeto de

Chico Vigilante, qualquer pessoal elegível, pelas regras da Lei da Ficha Limpa, sem débitos com a justiça, com o Estado e com mais de 25 anos, pode ser administrador regional de uma cidade do Distrito Federal. Qualquer um pode votar, desde que esteja registrado em uma zona eleitoral na cidade de seu candidato. Uma lista tríplice, dos três mais votados, é apresentada ao governador, que vai poder escolher entre os três nomes aquele que assumirá a Administração Regional durante quatro anos. Os outros dois são seus suplentes. O problema fica na inscrição dos candidatos, que devem ser apresentados obrigatoriamente por partidos políticos com representação na Câmara Legislativa (hoje são 16), associações da sociedade civil com pelo menos 200 membros (já ficam de fora

os Rotary Clubs, Lions Clubes, Lojas Maçônicas e associações assistenciais, por exemplo), ou ter ao menos a assinatura de 1% do eleitorado da cidade (no Guará seria o equivalente a recolher 6 mil assinaturas). Com critérios tão rígidos para candidatos avulsos, os partidos políticos dominariam a disputa, transformando a eleição de administrador em uma escada para a Câmara Legislativa. Há uma lacuna na lei aprovada na Câmara sobre o Conselho de Representantes. O colegiado é previsto na Lei Orgânica do Distrito Federal e servirá como amparo e elo entre a comunidade e administrador eleito, como órgão consultivo e fiscalizador. A lei não cita a criação do conselho.

Bandeira de Rollemberg

O governador Rodrigo Rollemberg, enquanto de-

O deputado Bispo Renato Andrade (PR) anunciou que, na sessão ordinária desta terça-feira (6), foi lido projeto de lei de sua autoria que estabelece o programa de avaliação continuada de administradores regionais. "Será um sistema eletrônico para avaliação semestral desses agentes públicos pelos cidadãos". Ele lembrou que o governador vetou projeto do deputado Chico Vigilante (PT) que estabelecia eleição direta para os administradores. Vigilante conclamou os distritais a derrubarem o veto.

putado federal, é autor de uma Proposta de Emenda à Constituição (29/2011) propondo a eleição direta dos administradores regionais, junto com os demais cargos eletivos do DF, e criando inclusive a figura do vice-administrador, algo próximo à municipalização do Distrito Federal. Como governador, Rollemberg abandonou esta proposta e sugeriu apenas regulamentar a Lei Orgânica do DF, que desde 1993 prevê a consulta popular na escolha dos administradores e a criação de um Conselho Comunitário em cada cidade. A regulamentação da Lei Orgânica, especificamente os Artigos 10 e 12, foi determinada pela Justiça em 2014. O Conselho Especial do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios exigiu que o GDF e Câmara Legislativa que a regulamentasse até o meio do ano passado. A decisão é fruto de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), impetrada pelo MPDFT, responsabilizando o Governo do Distrito Federal por omissão pelo fato de não ter encaminhado projeto à Câmara Legislativa sobre a matéria. Portanto, a regulamentação já está atrasada há mais de um ano.

Promessa de campanha

Promessa de campanha do então candidato a governador Rodrigo Rollemberg,

a eleição dos administradores regionais continua sendo apenas uma promessa três anos depois que o autor da proposta assumiu o governo. Até que foram feitas algumas tentativas de levar o projeto adiante, mas as dificuldades de implementá-lo arrefeceram os ânimos do próprio governador. A primeira delas foi a resistência dos deputados distritais, a quem cabe a aprovação do projeto na Câmara Legislativa, que, escudados na Lei Orgânica do Distrital, não mostram qualquer vontade de discuti-lo e com isso colocar em risco a principal moeda de troca do “toma-lá-dá-cá” entre o governo e a base aliada. O governador chegou a enviar um projeto de lei à Câmara no início de seu mandato, mas foi obrigado a retirá-lo por falta de consenso na sua base de apoio parlamentar. Para não deixar a promessa morrer e ao mesmo tentar sensibilizar os deputados distritais, o governo abriu, em meados do ano passado, uma consulta popular para receber sugestões ao texto do projeto. A Consulta Pública Virtual ficou 30 dias no ar e recebeu quase 500 sugestões (mais de 1.330 pessoas acessaram a ferramenta). Os números revelaram que pelo menos 85% dos usuários aprovou o projeto, sendo que 50% disse ser fortemente favorável.


ócio g e n u se qui, Para o ua casa, a ra a s dia é a p u o todo ato! bar mais

www.atacadaodiaadia.com.br

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

CEILÂNDIA

SEG A SÁB: 07h às 22h DOMINGO E FERIADO: 07h às 18h

SOBRADINHO, TAGUATINGA E SIA SEG A SÁB: 07h às 22h DOMINGO E FERIADO: 07h às 20h

LUZIÂNIA

SEG A SÁB: 07h às 22h DOMINGO E FERIADO: 07h às 14h

ACEITAMOS OS CARTÕES DE DÉBITO E CRÉDITO OU ALIMENTAÇÃO ALIMENTAÇÃO


10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

Multa de até R$10 mil para pichadores De acordo com lei distrital, o dinheiro arrecadado será destinado a um fundo da Secretaria do Meio Ambiente (Sema-DF) DOUGLAS CARVALHO, DO METRÓPOLES

O

Governo do Distrito Federal vai punir o bolso de pichadores da cidade. Nesta segunda-feira (5 de janeiro), o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) sancionou a lei que institui multa de R$ 5 mil às pessoas que rabiscarem edificações públicas ou privadas. A pena fica ainda mais severa se o ato for praticado em monumento ou bem tombado – R$ 10 mil. E mais: em caso de reincidência, a multa deve ser aplicada em dobro. O dinheiro decorrente das sanções irá ao Fundo Único de Meio Ambiente do DF (Funam), da Secretaria do Meio Ambiente (Sema-DF), para execução de políticas da pasta. A Lei Distrital nº 6.094, de 2018, considera “ato de pichação riscar, desenhar, escrever, borrar ou por outro meio conspurcar edificações públicas ou particulares ou suas respectivas fachadas, equipamentos públicos, monumentos ou coisas tombadas e elementos do mobiliário urbano”. O autor do texto, deputado Bispo Renato Andrade (PR), afirmou ao Metrópoles que a matéria complementa a legislação federal acerca da prática. A Lei nº 9.605, de 1998, prevê detenção de 3 meses a 1 ano para quem pichar monumento urbano – e pena de 6 meses a 1 ano de prisão se o ato for realizado em “coisa

tombada em virtude do seu valor artístico, arqueológico ou histórico”.

Regra não se aplica ao grafite

Ou seja, os grafites feitos com objetivo de valorizar o patrimônio público ou privado mediante manifestação artística serão excluídos das sanções. Mas, para isso, devem preencher requisitos: no caso de bem privado, ter consentimento do proprietário e, se for realizado em bem público, ter autorização do órgão competente. Até o vencimento da multa, o responsável pode firmar termo de compromisso de reparação da paisagem urbana, o qual, se for cumprido, afasta a incidência das sanções de multa, desde que o infrator não seja reincidente. Além

disso, pode excluir a obrigação de indenizar os danos materiais e morais ocasionados. As infrações administrativas previstas nessa lei distrital não eximem os criminosos de responderem penalmente pelo ato. Nem os impede de repararem o bem danificado ou prestar outro serviço em atividade urbana, o que fica a critério da autoridade competente.

Rigidez

Em novembro do ano passado, o Senado aprovou o endurecimento das penas para quem depredar o patrimônio do DF, conforme o previsto no Projeto de Lei Complementar (PLC) nº 9/2016. De acordo com o texto, também haverá punição mais rigorosa para o crime de receptação de bens públicos do DF e de autarquias, fundações e empresas públicas de todas as esferas. Nos casos de depredação, a pena de 1 a 6 meses de detenção, que podia ser convertida em multa, passa a ser de 6 meses a 3 anos, além da multa. Segundo a lei, as expressões artísticas, como o grafite ao lado esquerdo, não estão sujeitas à multa. Já os rabiscos e pretensas assinaturas, sim

7


8

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

O que abre e o que fecha no Carnaval Saúde

Emergências dos hospitais e seis unidades de pronto-atendimento (UPAs) em Samambaia, Ceilândia, Sobradinho, Núcleo Bandeirante, São Sebastião e Recanto das Emas, funcionam normalmente. Centros de saúde e ambulatórios só voltam a funcionar na quarta-feira, a partir das 14h.

Transporte público

O DFTrans informou que cada empresa vai disponibilizar 25 ônibus extras, de acordo com a demanda da população. Os ônibus do corujão – que rodam de madrugada – vão circular até à 1h no domingo (26) e até às 2h na segunda (27), terça (28) e quarta, fazendo o trajeto entre a Rodoviária do Plano Piloto e Regiões Administrativas. Já os trens do Metrô rodam das 6h às 23h30 no sábado (25), na segunda, terça e na quarta. No domingo, o horário será das 7h às 19h.

Bancos

As agências bancárias ficam fechadas para atendimento ao público na segunda e na terça. A previsão é de reabertura a partir das 12h de quarta-feira de cinzas. Para pagar contas, os meios eletrônicos ficam disponíveis.

Segurança

Durante o carnaval, 17 delegacias da Polícia Civil farão esquema de plantão 24 horas — 1ª DP, na Asa Sul; 5ª DP, próximo ao Estádio Mané Garrincha; Delegacia da Criança e do Adolescente, na 204/205 Norte; Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, na 204/205 Sul; 6ª DP, no Paranoá; 12ª DP e 21ª DP, em Taguatinga; 13ª DP, em Sobradinho; 18ª DP, em Brazlândia; 20ª DP, no Gama; 23ª DP e 24ª DP, em Ceilândia; 26ª DP, em Samambaia; 27ª DP, no Recanto das Emas; 30ª DP, em São Sebastião; 31ª DP, em Planaltina e 33ª DP, em Santa Maria.

De acordo com a Polícia Militar, aproximadamente 10 mil policiais estarão nas ruas durante o carnaval. O Corpo de Bombeiros vai trabalhar com 97 viaturas e 579 profissionais. Para os pais que se perderem dos filhos, a Secretaria de Segurança Pública disponibilizou um contato de WhatsApp (61 99212-7776), para atender chamados de crianças perdidas.

Caesb

A central de atendimento da Caesb, no número 115, funcionará normalmente durante o carnaval. Mas, atneção: o racionamento não vai ser suspenso durante os dias de festa.

CEB

Assim como a Caesb, a central de atendimento da CEB funcionará todos os dias do carnaval, basta ligar no número 116. Já as agências de atendimento presencial só voltam a funcionar na quarta-feira a

partir das 14h.

Comércio

Apesar da Lei Distrital 5.716/16 que autoriza o funcionamento do comércio nos finais de semana e feriados, o Sindivarejista informa que a maior parte estará fechada durante o festejo, em função de um acordo coletivo com o sindicato da categoria. Correios As agências dos Correios funcionarão normalmente no sábado. De domingo a terça-feira, todas estão fechadas.

Na quarta, as agências abrem após o meio-dia. Hemocentro A Fundação Hemocentro só não funcionará na terça-feira de carnaval. No sábado, fica aberta das 7h às 18h, na segunda, das 7h às 13h e na quarta, a partir das 14h.

Só quarta

As agências do Na hora, do Detran e da Secretaria de Fazenda só vão funcionar na quarta-feira (1°), a partir das 14h. O Procon e as agências bancárias também fecham na sexta-feira e só abrem na quarta, ao meio-dia.


10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

9

Esgoto de Águas Claras não vai mais para o Lago Paranoá Nova elevatória vai levar os resíduos para a estação de tratamento Melchior, em Samambaia. Obras estão em fase final

E

stão quase prontas as obras da Elevatória de Esgotos Águas Claras, no Setor Habitacional Bernardo Sayão. Quando concluída, a unidade receberá esgoto de parte de Vicente Pires e de Águas Claras e atenderá cerca de 130 mil habitantes. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, visitou o local na manhã desta segunda-feira (5 de fevereiro) para acompanhar o andamento do trabalho, que está na fase de acabamentos e de instalação de maquinário. “Temos a rede de esgoto praticamente pronta em Vicente Pires e agora poderão ser feitas as ligações que levarão o esgoto para ser tratado na Estação de Tratamento de Esgotos Melchior [em Samambaia]”, explicou o governador ao informar que cerca de 40% de Vicente Pires ainda usa fossa sanitária. “Com isso, vamos poupar o Lago Paranoá, que é um espaço de lazer da população e

bombas com potência de 500 cavalos cada uma (sendo uma delas de reserva), vazão de 546 litros por segundo e gerador de emergência para o caso de pane no fornecimento de energia.

Racionamento de água no DF

Quando concluída, a unidade receberá esgoto de parte de Vicente Pires e de Águas Claras e atenderá cerca de 130 mil habitantes.

também de captação de água”, completou o governador. Atualmente, parte de Águas Claras e Vicente Pires tem o esgoto direcionado para tratamento na Estação de Tratamento de Esgotos Sul, o que

não vai mais ocorrer com a conclusão das obras na região. A obra vai custar cerca de R$ 5,7 milhões, com recursos da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb)

financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A unidade fica às margens da Estrada Parque Taguatinga. A elevatória de Águas Claras vai trabalhar com três

Questionado sobre a possibilidade de encerrar o racionamento de água no Distrito Federal, visto que o nível dos reservatórios tem subido, Rollemberg disse ainda não ter previsão. “Estamos satisfeitos com todas as medidas que tomamos, como a inauguração de duas estações de captação de água: no Lago Paranoá e no Bananal”, disse. “Com a chuva, esperamos chegar a 55% do Descoberto no carnaval, mas precisamos esperar o fim do período chuvoso para saber o volume de água que teremos armazenado e, então, tomar uma decisão.”


10

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

PAULO MELO

Cidades & Condomínios

Volume máximo

50 anos sem manutenção

Na manhã desta quinta-feira (8), duas das três comportas da Usina Hidrelétrica do Paranoá foram abertas em 10 centímetros. A medida é necessária para evitar que a cota do lago ultrapasse o limite de 1.000,8 metros em relação ao nível do mar e atendeu o que está previsto na resolução da Adasa nº 27/2017, que define os níveis do Lago Paranoá para 2018.

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) esteve no local do desabamento do viaduto, no Eixão Sul, nesta terça-feira (6/2). Ele admitiu que a construção não recebeu qualquer tipo de reparo nos últimos anos e foi vaiado. A Lei nº 5.825, de 2017, de autoria do deputado distrital Cristiano Araújo (PSD), obrigava o governo a fazer anualmente perícia técnica em pontes e viadutos integrantes do sistema viário do Distrito Federal. A proposta foi vetada pelo governador Rodrigo Rollemberg em 2015, mas, ao retornar para a Câmara Legislativa, acabou tendo o veto derrubado em 2017.

Preservativos no carnaval Blocos de rua terão à disposição 100 mil preservativos. Material também estará disponível nas unidades de saúde do DF. A Secretaria de Saúde recebeu do governo federal 1,67 milhão de camisinhas para serem distribuídas em todo o mês de fevereiro. Por conta do carnaval, há 300 mil preservativos a mais do que normalmente é enviado por mês.

Carnaval tranquilo Com a expectativa de cerca de 2 milhões de pessoas nas ruas de Brasília no carnaval de 2018, é preciso cuidado para evitar furtos de objetos de valor, como joias e celulares, a recomendação é evitar carregá-los para as festas. Caso seja fundamental, não deixar nada visível e com acesso fácil a terceiros. De preferência, esses objetos devem ser guardados nos bolsos da frente ou nos das laterais da roupa com algum tipo de fechamento, como botões e zíper. Se quiser levar bolsa, o conselho é manter à frente do corpo, fechada e sempre à vista. Também é recomendado calcular quanto vai ser gasto e levar o dinheiro trocado, que deve ser sacado durante o dia. Caixas eletrônicos são visados por assaltantes quando está escuro.

WWW.CIDADESECONDOMINIOS.COM.BR

Segurança nos condomínios Festa mais que aguardada por grande parte dos brasilienses, o Carnaval, acende o sinal de alerta dos síndicos. Nos condomínios, o período é propício a problemas, se não forem tomadas algumas medidas. Nessa época, o trânsito de pessoas no condomínio exige grande atenção. Afinal de contas, há crianças de folga, visitas de familiares dos moradores e festas no local. O entra e sai de visitantes nos condomínios pode comprometer a segurança dos moradores. Por isso vale reforçar com todos a importância de identificar quem está autorizado a andar pelas dependências do prédio e evitar a entrada de entregadores de serviços delivery. Nesse caso, o morador deve buscar a encomenda na porta. Alguns bandidos se aproveitam da grande movimentação e do aumento de pedidos de entrega nos feriados para agir. A segurança deve ser redobrada neste período. É preciso orientar os funcionários a fiscalizar a entrada e saída de não moradores, que devem ser previamente identificados à portaria antes de ir visitar algum condômino.

Condomínios em alerta Amanhecia quando o estrondo ecoou, o chão se moveu e os alarmes dispararam no edifício do Bloco C da quadra 210 da Asa Norte: a laje da garagem subterrânea do prédio construído há quase meio século cedeu e esmagou 25 veículos. Por sorte, nenhum morador estava ali e não houve feridos. A ausência de manutenção correta e de vistorias periódicas podem esconder possíveis falhas e culminar em tragédia. Possíveis infiltrações nas redes de águas pluviais podem ter acarretado em excesso de carga na estrutura com aumento da permeabilidade e da saturação do terreno. Por isso é importante em condomínios com mais de trinta anos a auto vistoria anual para detectar possíveis falhas.


10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

11

PaulOOctavio distribui kits escolares nos canteiros de obras

Operários do Residencial Marcílio Bione em Águas Claras receberam o material escolar para os filhos

A

construtora PaulOOctavio, desde a fundação, tem compromisso firmado com a educação nos canteiros de obras. A empresa foi a primeira a alfabetizar todos os seus operários e a fornecer curso de inserção digital. E o compromisso se estende aos familiares dos operários. Há mais de 20 anos que a empresa entrega kits com materiais escolares para filhos de colaboradores que estejam em idade escolar, do 1º ao 5º ano e do 6º ano ao ensino médio. Na quinta-feira, 8 de fevereiro, foram entregues os últimos kits escolares, no canteiro de obras do Residencial Marcílio Bione, em Águas Claras. Ao todo, foram 500 kits, entregues para 250 funcionários com filhos matriculados, em seis cerimônias, que aconteceram ao longo da semana. Francisco Francimar trabalha há 20 anos na empresa

Os kits são compostos por cadernos, lápis, borracha, apontador, cola, dentre outros itens, entregues a todos os operários com filhos

e conta sempre ter recebido o kit, que ajuda na educação do seu filho, que está agora no ensino médio. “Nós somos muito gratos porque a PaulOOctavio sempre cuida muito bem de nós e esse kit, que eles

nos dão, é uma prova do compromisso com nossas famílias também, isso incentiva nossos filhos a buscarem um futuro melhor”, comenta o colaborador. O empresário Paulo Octá-

vio destacou que o kit distribuído é uma forma de dar o suporte necessário para que os filhos estudem mais e conquistem um futuro melhor para as próximas gerações. “Nós que somos pais sempre

queremos que nossos filhos tenham melhores oportunidades, para que eles se tornem o que eles quiserem ser, seja um advogado, engenheiro, médico ou qualquer outra profissão”, completou o empresário.


12

10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS


10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

13

MC Jenny

inicia turnê pela Europa A cantora de Águas Claras, já está em Portugal, para cumprir agenda de shows pelo velho continente com o hit O Movimento do Umbigo

A

cantora lançou para o carnaval a canção "O movimento do Umbigo", pela Universal Music Internacional, com produção de Dalto Max / Lil T. O primeiro show foi na Dice Disco Club, na região de Algarve, em Portugal. Agora, ela segue com shows em Lisboa (dois shows), Setubal, Porto e também em Luanda (Angola). Jenny já se apresentou nos principais programas de TV e fez shows pelos vários cantos do Brasil. Mas, a turnê na Europa emocionou a artista: “Quem diria que uma menina criada na periferia de Brasília, em Samambaia, fosse realmente expandir para o internacional. Vocês não tem noção

da emoção que estou sentindo”, postou no seu instagram. MC Jenny tem 10 anos de carreira, foi trilha sonora do SBT, pela novela Carrossel, com Dig Dim. Finalista do concurso musical Astros(SBT).

MC Jenny Assessoria de Imprensa Eldo Gomes | Jornalista DRT/DF 7975 (61) 9 8181 6712 eldo.gomes@gmail.com strellato@gmail.com /mcjennyoriginal @mcjennyreal


14

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

www.VALERIALESSA.com.br

@VALERIALESSAA

Body Concept A primeira Academia de Estética do Distrito Federal

N

esse verão, Águas Claras recebeu uma novidade que promete mudar os conceitos de estética, beleza, alimentação saudável e bem-estar. Trata-se da Body Concept, uma franquia 100% europeia, inovadora, que surgiu para oferecer tratamentos estéticos, baseados nos conceitos de academia, com mais de 130 clínicas espalhadas pelo mundo. O grande diferencial da marca está, justamente, no funcionamento do negócio, que se assemelha ao de uma academia de ginástica. No caso da Body Concept, as clientes pagam uma mensalidade de apenas R$240 por mês, para terem direito, duas vezes por semana, aos melhores tratamentos disponíveis atualmente na Europa, mas customiza-

Equipe da BodyConcept de Águas Claras

dos ao seu biotipo e aos seus objetivos. A franquia abriu suas portas recentemente e já foi muito bem recebida pelos moradores de Águas Claras. Com sua proposta diferenciada e inovadora, trouxe à cidade um conceito de autocuidado, beleza, saúde e bem-estar, casando bem com o perfil de seus moradores. “Estamos sempre em busca de parcerias para que o tratamento estético seja complementado com o cuidado ao corpo e mente, com apoio de coaching, orientação nutricional. Ressaltamos a importância da auto estima, de tirar um momento para cuidar de si com tratamentos que de fato funcionam e que vão ter um impacto na qualidade de vida de cada um que por aqui passar”, explica a empresária Gabriela Ruzzante, detentora da mar-

ca Body Concept na cidade Entre as profissionais que cuidam das frequentadoras da academia de estética estão esteticistas, nutricionistas, biomédicas, médicas e também uma service manager, dedicada a atender as necessidades individuais de cada cliente.

BodyConcept

AV. DAS CASTANHEIRAS LOTE 1310 E 1370 LOJA 19 (61) 9 9158 2039 bodyconcept.aguasclaras@gmail.com aguasclaras@bodyconcept.com.br


10 A 16 DE FEVEREIRO DE 2018

FOLHA DE ÁGUAS CLARAS

www.VALERIALESSA.com.br

15

@VALERIALESSAA

EMPREENDEDORA DA SEMANA

Caroline Brasil Prado Martins Ainda empenhada em mostrar o lado empreendedor de Águas Claras e as mulheres em seu local de fala, com o intuito de enaltecer o posicionamento da mulher moderna no mercado de trabalho, como também divulgar espaços localizados na nossa região que podem servir como benefício para os moradores locais. Essa semana eu trago a empreendedora, Caroline Brasil Prado Martins. “Sou publicitária há 12 anos, de lá para cá trabalhei em gran-

des agências, atendendo clientes como Ministério do Esporte, CFFA, CNMP, MPT, Assefaz, City Lar (atual Máquina de Vendas), Correio Braziliense, Grupo Premier, Casa Thomas Jefferson, entre outros. Em cargos de produtora gráfica, mídia e atendimento, fui evoluindo em todas as áreas da comunicação. Entre follow ups, briefing, apresentações de campanhas e prazos de deixar a galera toda de cabelão em pé depois de seis anos morando aqui, em 2015,

eu estava trabalhando em uma empresa reconhecida no mercado e cancelaram meu contrato - recebia por contrato de trabalho. Foi aí que noiva há pouco tempo, corri atrás de um sonho, de levar comunicação para pequenos e micros empresários. Hoje, atendo todas as áreas da comunicação de forma viável economicamente para todas as empresas que acreditam na comunicação”.

De Mão Beijada Comunicação Galeria La Belle Rua 24 Norte

@demaobeijada_comunicacao (61) 981700259 atendimentodemaobeijada@gmail.com

Eu indico

Indico esta semana a mais competente e responsável agência de turismo da cidade, a Mar & Sol: Quadra 205 lote 01 loja 4 Aguas Claras www.maresolturismo.com 3436-4174


AnuĚ ncio_26cmX35cm_DFPLaza_BlocoDosCatiorinhos.indd 1

08/02/2018 18:53

Folha de Águas Claras 103  

10 a 16 de fevereiro de 2018

Folha de Águas Claras 103  

10 a 16 de fevereiro de 2018

Advertisement