Page 1

Diretor Responsável - Rafael Martins

ILHA SOLTEIRA

Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

Inscrições para concurso público terminam na sextafeira Pág. 02

Ano I - Edição nº 14 - R$ 2,50

Circuito Cultural Paulista apresenta “Coresgrafia”

Origin coloca Xbox 360 dentro de desktop

Pág. 09

Pág. 06

Criador da Unesp lança Parque Tecnológico de Ilha

Leia também

Ilha construirá Posto de Saúde no bairro do Ipê

Pág. 02

Kia Joorabichian, volta ao Parque São Jorge e sai sem nada. Por enquanto... Pág. 04

Equipe Édio participa de Congresso da L’Oreal

Pág. 09

Os perigos do Salto Alto Pág. 06

O ex-governador Paulo Egydio Martins, que em 30 de janeiro de 1976, assinou a Lei 952, criando a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”- UNESP- com sede em Ilha Solteira, lançará nesta quinta-feira, 9, às 19h30, na Câmara Municipal de Ilha Solteira, a pedra fundamental do primeiro Parque Tecnológico do Noroeste Paulista, voltado especialmente para absorver as pesquisas nas áreas de engenharia elétrica, mecânica, civil, agronômica e biológica. O Parque, que vai ocupar uma área de 300 mil metros quadrados doados pela Prefeitura de Ilha Solteira, vai promover a integração dos produtos de pesquisas tecnológicas aos setores industriais e de agronegócios do Noroeste Paulista e Centro Oeste Brasileiro, no raio de influência que Paulo Egydio idealizou para que a Unesp promovesse o desenvolvimento econômico e social. Pág. 03

Jair Longo, Marco Eustáquio de Sá , Paulo Egydio e Dr. Edson Gomes.

Direitos do trabalhador: As principais dúvidas na hora de exigir os seus Segundo o IBGE, a taxa de desemprego média do primeiro semestre de 2010 nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 7,3%, ante 8,6% no mesmo período do ano passado. Essa é a menor taxa para um primeiro semestre da série da pesquisa, iniciada em 2002. Ou seja, se antes o principal fator era conseguir um bom emprego, o principal problema hoje é o trabalhador saber quais seus direitos. Muitos têm dificuldades e, em razão disso, surgem problemas sérios na hora de reivindicar o que lhes é de direito. Conversamos com alguns trabalhadores e recolhemos as principais dúvidas, e fomos consultar alguns advogados. Leia abaixo o resumo das principais dúvidas. Primeiro deve-se saber que o direito do trabalhador é o conjunto de normas jurídicas que regem as relações entre empregados e empregadores, e os direitos resultantes da condição jurídica

dos trabalhadores. Estas normas, no Brasil, estão regidas pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), Constituição Federal e várias Leis Esparsas (como a lei que define o trabalho do estagiário, dentre outras). As leis trabalhistas brasileiras ganharam impulso no primeiro governo de Getúlio Vargas. Em 1943, ele decretou a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) unificando toda legislação trabalhista existente no país.

Carteira de trabalho Muitas pessoas começam seu primeiro emprego sem ter a carteira assinada, o que é um grande erro. A carteira de trabalho sempre deve ser assinada. Não importa o sistema de trabalho: empreiteira, contrato por safra, mensalista ou diária. Por lei, o patrão tem que devolver a carteira ao trabalhador, assinada, em um prazo máximo de 48 horas.

Não pode, em hipótese alguma, reter a carteira de trabalho. Se o trabalhador tiver filhos de até 14 anos, ele também tem direito ao Salário-Família. Para isso, ele deve entregar ao patrão cópia da Certidão de Nascimento e Carteira de Vacinação do(s) filho(s). Um trabalhador que teve seu emprego sem a carteira assinada poderá rever todos os direitos que lhe

foram sonegados durante o período em que trabalhou sem anotação do contrato de trabalho em sua Carteira de Trabalho, inclusive para fins de comprovação do tempo de serviço. Porém, para tanto, deverá ingressar com uma ação na Justiça do Trabalho, chamada de Reclamação Trabalhista, contra o seu empregador. Para o ingresso dessa

ação, em princípio e por disposição legal, o trabalhador não precisa de advogado, bastando apresentar-se na Secretaria da Vara do Trabalho de sua cidade ou que tenha jurisdição na localidade onde mora ou onde prestou o serviço e, lá, relatar e requerer o pagamento dos direitos que lhe foram negados como, por exemplo, horas extras, insalubridade, adicional

noturno, férias e abono, 13º salário, salários, diferenças salariais, seguro-desemprego e etc... O mais indicado, no entanto, devido as complexidades, é que se contrate os serviços de um advogado especializado em Direito do Trabalho ou, então, dirijase ao Sindicato de sua empresa anterior e peça a assistência judicial. Normalmente, na defesa dos direitos dos trabalhadores, os advogados cobram seus honorários em razão do êxito na demanda e na proporção direta do ganho para seu cliente. Se o advogado for o do sindicato, via de regra, o empregado não pagará nada, pois a Lei determina que o Juiz condene a empresa a pagar honorários, chamados assistenciais, ao advogado do Sindicato na ordem de 15% do valor da condenação.

Pág. 02


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

02

PRIMEIRO CADERNO

Criador da Unesp lança Parque Tecnológico de Ilha Solenidade que vai homenagear Paulo Egydio será realizada na Câmara Municipal de Ilha Solteira, dia 9 quinta feira às 19h30 O ex-governador Paulo Egydio Martins, que em 30 de janeiro de 1976, assinou a Lei 952, criando a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”- UNESP- com sede em Ilha Solteira, lançará nesta quinta-feira, 9, às 19h30, na Câmara Municipal de Ilha Solteira, a pedra fundamental do primeiro Parque Tecnológico do Noroeste Paulista, voltado especialmente para absorver as pesquisas nas áreas de engenharia elétrica, mecânica, civil, agronômica e biológica. O Parque, que vai ocupar uma área de 300 mil metros quadrados doados pela Prefeitura de Ilha Solteira, vai promover a integração dos produtos de pesquisas tecnológicas aos setores industriais e de agronegócios do Noroeste Paulista e Centro Oeste Brasileiro, no raio de influência que Paulo Egydio idealizou para que a Unesp promovesse o desenvolvimento econômico e social. Paulo Egydio também será homenageado na Câmara Municipal com título de cidadania. O autor da honraria, João de Oliveira Machado, que não é mais vereador, diz que o ex-governador será reconhecido pela atitude que garantiu a sobrevivência da colônia de operários construtores da hidrelétrica de Ilha Solteira: a criação da Unesp. Apesar do decreto citar que a sede seria Ilha Solteira, e

que isso nunca tenha ocorrido, o governador atingiu seu objetivo que na época queria chamar a atenção do Estado para a cidade e a importância dela se transformar em município independente. Fato que acabou ocorrendo em 1991 com a Lei que transformou Ilha Solteira em município, após um grande movimento de emancipação surgido entre as lideranças locais.

Ilha construirá Posto de Saúde no bairro do Ipê A Construtora Paiaguás, de Ilha Solteira, foi a vencedora da concorrência pública para construção das instalações do Posto de Atendimento Médico (PSF) no bairro Ipê, zona rural do município. Os recursos da obra são do tesouro municipal. A previsão era de que

a construção tivesse início ontem, quartafeira, 8, mas ainda não começou, já que o processo ainda está em fase de assinatura de contrato. A partir da assinatura da ordem de serviço, a construtora terá 60 dias para concluir a obra.

Unesp – base econômica de Ilha Hoje, a universidade é uma importante base para a economia local e, de fato, garante a sustentabilidade do município. Ela gera centenas de empregos, reúne cerca de quatro mil estudantes, possui mais de mil hectares de áreas de pesqui-

sa, três campi em área urbana e um orçamento anual acima de R$ 80 milhões que supera, inclusive, o da Prefeitura Municipal. Para o diretor da Unesp em Ilha Solteira, Marco Eustáquio de Sá, a criação do Parque Tecnológico é uma aspiração dos pesquisadores e, principalmente, dos professores, doutores e empreendedores que possuem grandes trabalhos

para contribuir com o desenvolvimento econômico regional.

Importância estratégica Nessa região de influência do Parque Tecnológico de Ilha Solteira, o forte da economia são atividades canavieiras, agronegócio de grãos e carne, e uma crescente indústria de celulose

tro no MTE, concorrem a uma vaga, cujo salário é de R$ 1.824, 27. Os interessados devem se inscrever pela internet, no site da Consesp, até o dia 10. O endereço é www. consesp.com.br. As inscrições custam R$ 40,00.

EXPEDIENTE

Av. Brasil Norte, 367 C Ilha Solteira - SP 18 . 3743 2691 folhadailha@hotmail.com Diretor Responsável: Rafael Martins Jornalista Responsável: André Santana Redação: Junior Sagster Fotografia: Suely Melo Arte e Diagramação: Rafael Martins Impressão: Editora Ferjal Comercial: Suely Melo Os artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do jornal, e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Ag. Visão

Entidades querem envolvimento da Prefeitura em Plantio Estadual de Árvores

Inscrições para concurso público terminam na sexta-feira Terminam na próxima sexta-feira, 10, as inscrições para o Concurso Público para técnico em segurança do trabalho na Prefeitura Municipal de Ilha Solteira. Os candidatos, que devem ter curso técnico de segurança do trabalho com regis-

e papel. Há ainda grandes investimentos da Petrobrás em geração de energia e fertilizantes; além de planos para siderurgia e a Ferrovia Norte-Sul, que já chegou à região. O Departamento Municipal de Desenvolvimento da Prefeitura localizou um potencial emergente em toda região de divisa de São Paulo com Mato Grosso do Sul, com perspectiva de maior crescimento com o investimento tecnológico que, inclusive, já começa ser reclamado pelo setor produtivo. O futuro parque tecnológico receberá o nome de “Paulo Egydio Martins”, e para o prefeito Edson Gomes, será “uma justa homenagem, a um sonhador e idealista que planejou esse futuro para Ilha Solteira, porque acreditou no potencial de nossa gente e reconheceu a importância de promover a Educação”. O prefeito disse que pretende direcionar a vocação de Ilha Solteira para a educação. Seu plano agora é fazer a cidade ser campeã de acesso à universidade pública, oferecendo uma educação que a Unesp vem ajudando a “turbinar com conhecimentos e técnicas”, desde o berçário até os ensinos fundamental e médio. A Prefeitura de Ilha Solteira gasta 30% de seu orçamento em educação.

Representantes de entidades e instituições que participaram de uma reunião na manhã desta quinta-feira (02), na Câmara de Ilha Solteira, para discutir a realização do Plantio Estadual de Árvores, que acon-

tece no próximo dia 19 de setembro, elaboraram um documento que foi enviado ao prefeito Edson Gomes (PP), onde pedem o envolvimento da Prefeitura em todas as etapas do projeto, do plantio, manutenção da

área e acompanhamento técnico. Entidades e instituições envolvidas temem que o trabalho, assim como no ano passado, seja comprometido. Todas as mudas plantadas em 2009 foram

cortadas pela Prefeitura junto com o mato que tomava conta do local. O vereador Washington Cestari (PDT), que coordena o projeto em Ilha Solteira, informou que conversou com o prefeito Edson Gomes sobre o assunto, e o mesmo garantiu que a Prefeitura apoiará e dará todo suporte ao projeto. “Ele, inclusive, disse que irá preparar a área para o plantio e até cercá-la”, disse o vereador. Já confirmaram participação no plantio a Associação Comercial, o Colégio Anglo, o Colégio NEP Objetivo, a Escola Técnica Estadual, a escola municipal ABBS, o Grupo Escoteiro, o Rotary Clube, a Casa da Amizade, a Loja Maçônica Luz e Trabalho, o Lions Clube, a APAE, o Interact Clube, o Léo Clube e o Hospital Regional, além da Câmara de Ilha Solteira. Outra entidades e instituições que não participaram da reunião, também já estão confirmando adesão ao projeto.


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

03

PRIMEIRO CADERNO

Direitos do trabalhador: As principais dúvidas na hora de exigir os seus por Junior Sagster

Segundo o IBGE, a taxa de desemprego média do primeiro semestre de 2010 nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 7,3%, ante 8,6% no mesmo período do ano passado. Essa é a menor taxa para um primeiro semestre da série da pesquisa, iniciada em 2002. Ou seja, se antes o principal fator era conseguir um bom emprego, o principal problema hoje é o trabalhador saber quais seus direitos. Muitos têm dificuldades e, em razão disso, surgem problemas sérios na hora de reivindicar o que lhes é de direito. Conversamos com alguns trabalhadores e recolhemos as principais dúvidas, e fomos consultar alguns advogados. Leia abaixo o resumo das principais dúvidas. Primeiro deve-se saber que o direito do trabalhador é o conjunto de normas jurídicas que regem as relações entre empregados e empregadores, e os direitos resultantes da condição jurídica dos trabalhadores. Estas normas, no Brasil, estão regidas pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), Constituição Federal e várias Leis Esparsas (como a lei que define o trabalho do estagiário, dentre outras). As leis trabalhistas brasileiras ganharam impulso no primeiro governo de Getúlio Vargas. Em 1943, ele decretou a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) unificando toda legislação trabalhista existente no país.

Carteira de trabalho Muitas pessoas começam seu primeiro emprego sem ter a carteira assinada, o que é um grande erro. A carteira de trabalho sempre deve ser assinada. Não importa o sistema de trabalho: empreiteira, contrato por safra, mensalista ou diária. Por lei, o patrão tem que devolver a carteira ao trabalhador, assinada, em um prazo máximo de 48 horas. Não pode, em hipótese alguma, reter a carteira de trabalho. Se o trabalhador tiver filhos de até 14 anos, ele também tem direito ao Salário-Família. Para isso, ele deve entregar ao patrão cópia da Certidão de Nascimento e Carteira de Vacinação do(s) filho(s). Um trabalhador que teve seu emprego sem a carteira assinada poderá rever todos os direitos que lhe foram sonegados durante o período em que trabalhou sem anotação do contrato de trabalho em sua Carteira de Trabalho, inclusive para fins de comprovação do tempo de serviço. Porém, para tanto, deverá ingressar com uma ação na Justiça do Trabalho,

chamada de Reclamação Trabalhista, contra o seu empregador. Para o ingresso dessa ação, em princípio e por disposição legal, o trabalhador não precisa de advogado, bastando apresentar-se na Secretaria da Vara do Trabalho de sua cidade ou que tenha jurisdição na localidade onde mora ou onde prestou o serviço e, lá, relatar e requerer o pagamento dos direitos que lhe foram negados como, por exemplo, horas extras, insalubridade, adicional noturno, férias e abono, 13º salário, salários, diferenças salariais, seguro-desemprego e etc... O mais indicado, no entanto, devido as complexidades, é que se contrate os serviços de um advogado especializado em Direito do Trabalho ou, então, dirijase ao Sindicato de sua empresa anterior e peça a assistência judicial. Normalmente, na defesa dos direitos dos trabalhadores, os advogados cobram seus honorários em razão do êxito na demanda e na proporção direta do ganho para seu cliente. Se o advogado for o do sindicato, via de regra, o empregado não pagará nada, pois a Lei determina que o Juiz condene a empresa a pagar honorários, chamados assistenciais, ao advogado do Sindicato na ordem de 15% do valor da condenação.

Piso salarial Nenhum empregado pode receber menos que o piso salarial da categoria previsto para uma determinada função. O piso salarial é obrigatório e não indicativo. O piso salarial não é estabelecido pelo governo, mas sim em comum acordo pelo Sindicato Profissional de uma categoria e pelo respectivo Sindicato Patronal. Nesse caso, ele estará expresso na Convenção Coletiva da Categoria. O piso também pode ser estabelecido por meio de Acordo Coletivo entre uma empre-

sa e o Sindicato Profissional ou por meio de uma Sentença Normativa, proferida pela Justiça do Trabalho. A fiscalização é responsabilidade do Ministério do Trabalho, por meio de seus auditores fiscais. Nada impede, contudo, que um empregado que receba salário abaixo do piso entre com uma ação perante a Justiça do Trabalho.

Jornada de trabalho Quando o assunto é jornada de trabalho, muitos trabalhadores sentem-se explorados. A lei diz que a jornada máxima de trabalho é de oito horas por dia. Caso o empregado trabalhe mais do que isso, o patrão deve pagar as horas extras, com acréscimo de no mínimo 50%. Por exemplo: se alguém recebe R$ 40,00 por dia, cada uma das oito horas trabalhadas vale R$ 5,00. Assim, se trabalhar além do expediente normal, deve ganhar pelo menos R$ 7,50 por cada hora trabalhada além do expediente. Nos acordos coletivos, um número maior do que os 50% pode ser combinado entre patrão e empregados. Somente em casos excepcionais a lei admite a prorrogação da jornada diária sem pagamento de hora extra. Muitos trabalhadores têm dúvidas na hora de cobrar suas horas extras e isso causa alguma dor de cabeça quando não se tem o conhecimento exato de seus direitos. Vale lembrar que existe um limite para a hora extra. Há uma jornada de trabalho padrão estabelecida por critérios de higiene e saúde (física e mental), para o trabalho em geral. Assim, a jornada padrão é de oito horas diárias e 44 horas semanais e 220 horas mensais. O limite diário pode ser acrescido de, no máximo, duas horas extraordinárias, gerando o pagamento do adicional de Hora Extra, salvo se houver compensação desse excesso em outro dia. O limite padrão, portanto,

para a jornada diária, são dez horas. Há profissões que fogem a esse padrão, previstas em normas jurídicas especiais, podendo extrapolar as oito horas ou ter uma jornada inferior a esse limite. Também existem categorias específicas cujas jornadas são superiores às oito horas diárias, como por exemplo, os aeronautas, os que trabalham no setor petroleiro, eletricitários, dentre outros. Da mesma forma, em face das peculiaridades da função, há jornadas diárias de sete horas, de seis horas (bancários, por exemplo) e de cinco horas, como os jornalistas profissionais.

Férias e 13° Qualquer contrato de trabalho tem que incluir férias e 13º salário. Seja ele por tempo determinado ou não. As férias serão integrais ou proporcionais, conforme o contrato. A previsão está no art. 129 da CLT e na Lei 4.090/62. Porém, é depois de um ano de serviço que o trabalhador tem direito a um mês de férias remuneradas. Ele deve receber o equiva-

lente a um salário e, pelo menos, mais um terço. Assim, se o empregado recebe R$ 600,00 de salário, no mês de suas férias ele deverá ganhar R$ 800,00 (R$ 600,00 do salário + R$ 200,00 equivalente a um terço). No final do ano, o trabalhador também recebe o 13º salário. Se estiver há menos de um ano no emprego, o 13º é calculado proporcionalmente ao tempo trabalhado. O empregado pode converter um terço do período de férias a que tiver direito em dinheiro, no valor da remuneração que lhe seria devida nos dias correspondentes. Sendo as férias concedidas fora do período concessivo, ou seja, mais de um ano depois que o empregado já está trabalhando, este terá o valor da remuneração em dobro.

Auxílio trabalhador no caso de trabalhadores rurais No caso de trabalhos rurais, a maior dificuldade encontrada é a falta de informação do trabalhador que, muitas vezes, não recebe o auxílio necessário por desconhecer totalmente seus

direitos. No caso de doença, por exemplo, o estabelecimento rural deve estar equipado com material necessário à prestação de primeiros socorros. Se no local existirem dez ou mais trabalhadores, deve haver uma pessoa treinada para essa função. Em caso de doença ou acidente de trabalho, o patrão deve prestar os primeiros socorros e encaminhar o empregado para assistência médica adequada, sem descontar nada do salário do funcionário. Quando constatada uma doença ocupacional, ou seja, que é decorrente da atividade que o trabalhador exerce, como um problema na coluna porque ele carrega muito peso, caberá ao patrão, por meio de um laudo ou atestado médico, emitir a Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT). O empregador também deve afastar o trabalhador da exposição ao risco, ou até mesmo do trabalho, dependendo da orientação médica. O patrão também deve encaminhar o trabalhador à Previdência Social. Se a doença for realmente comprovada pelos exames, os primeiros 15 dias de afastamento por conta do problema de saúde serão pagos integralmente pela empresa. A partir do 16º dia, o empregado passa a receber auxílio previdenciário do INSS.

Desligamento de função O trabalhador deve receber do empregador o aviso de que será demitido com pelo menos 30 dias de antecedência. Caso isso não aconteça, ele tem direito a receber indenização, no valor do salário, no ato da demissão. Da mesma forma, o trabalhador, ao se demitir por vontade própria, deve avisar o empregador com 30 dias de antecedência.


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

Kia Joorabichian, volta ao Parque São Jorge e sai sem nada. Por enquanto... por Junior Sagster

Mais uma vez Kia Joorabchian aparece na história do Corinthians. Desta vez foi para fazer uma proposta ao clube sobre o direito de nome do estádio corinthiano. O ex-presidente da MSI e figura principal da polêmica parceria com o time alvinegro entre 2004 e 2006, é apontado como intermediador de uma oferta para viabilizar a construção do estádio que será erguido em Itaquera e pode receber a abertura da Copa do Mundo de 2014. Segundo informações divulgadas na edição desta quarta-feira, 08, no jornal Folha de S. Paulo, Andres Sanchez, presidente do clube Alvinegro do Parque São Jorge, teve a primeira proposta para fechar o naming rights do estádio do Corinthians. Kia Joorabchian esteve no Brasil nos últimos dias e se encontrou com Andres em evento social no último final de semana. Ainda segundo a Folha de S. Paulo, a interessada no negócio era a Emirates. No entanto, o valor oferecido não agradou o dirigente. Os R$ 335 milhões necessários para saldar a dívida com a Odebrecht não foram atingidos. O jornal também informa que, nos bastidores do Parque São Jorge, a presença de Kia não é bem vista e tem gerado insatisfação de

dirigentes e conselheiros, preocupados com a “imagem do clube”.

Tcheco Considerado um perna de pau para muitos e um craque mal aproveitado para outros, o jogador Tcheco, de 34 anos, deixa o Corinthians. Sem Mano Menezes, que o indicou ao clube, o jogador ficou encostado após uma contusão e não vinha sendo aproveitado no clube de São Paulo. No Paraná, o técnico Ney Franco confirmou a contratação do meia Tcheco pelo Coritiba. Tcheco chega por

04

ESPORTES

empréstimo ao clube paranaense onde jogou entre 2002 e 2003, quando foi campeão paranaense. Indicado por Mano, que teve o atleta na equipe vice-campeã da Libertadores 2007, perdida para o Boca Juniors, o jogador chegou como solução para o meio campo após a saída de Douglas, no final do ano passado, mas nunca se firmou com a camisa alvinegra. Visto com desconfiança por torcedores, passou mais tempo no departamento médico que em campo. Disputou 24 jogos pela equipe paulista e não marcou gols.

São Paulo respira após virada e já fala em arrancada Por Junior Sagster

Tentando sair da crise que se instalou após a queda na Copa Liberatdores, o Tricolor tenta dar sequência às vitórias. A virada contra o Atlético Mineiro no último domingo, 5, deixou treinador e atletas mais tranquilos para o trabalho desta semana e o elenco já fala em arrancada em busca do topo da tabela. Um dos que falou sobre esta arrancada foi o coringa Richarlyson. “Conseguimos uma boa vitória. Agora temos um jogo difícil contra o Flamengo. Mas o importante é que a confiança vem aumentando e vamos buscar o nosso objetivo, que é o G-4”, disse. Inseguro ainda na posição de treinador, Sérgio Baresi vê a conquista desta vitória de domingo passado como um grande passo para o futuro da equipe no campeonato. “Estávamos querendo muito uma vitória, porque era importante devido ao momento crítico. Essa vitória nos dá moral”, declarou o técnico da equipe. Rogério Ceni, disse esperar que o time repita a arrancada que o levou ao título de 2008. “Antes dessa partida, nosso objetivo era se livrar da zona de rebaixamento. Acredito em tudo. Não descarto a possibilidade de título. E até mesmo de ser alcançado. Nosso objetivo é a próxima vitória”, falou Rogério.

Novo patrocinador

Na última segunda-feira, 6, após quase seis meses do fim de sua parceria com a LG, o São Paulo fechou com um novo patrocinador. Em solenidade no Morumbi, o clube anunciou um acordo com o banco BMG. Por 10 meses, a instituição poderá estampar sua marca no peito, nas costas e nas mangas das camisas do time principal. Sem ter o valor revelado o clube fecha com novo patrocinador, mas sabendo-se que não foi possível atingir os R$ 40 milhões esperados no início do ano.

Sorte? Na última rodada do Brasileirão, o uniforme tricolor estampava o novo patrocinador que só foi apresentado oficialmente nesta segunda. Além de estampar os uniformes do clube paulista, a BMG terá uma de suas agências bancárias instalada dentro do estádio do Morumbi. Além do patrocínio, é cogitada a parceria entre o clube paulista e o BMG, conhecido também por ter um dos novos e mais fortes fundos de investimentos de atletas do mercado. O banco poderá colocar alguns de seus jogadores dentro do São Paulo. “Estaremos próximos do São Paulo, então se apare-

cer a chance de colocar algum atleta dentro do clube, vamos tentar”, reconheceu Ricardo Guimarães, presidente do BMG. Apesar de não constar no contrato, o clube também se mostrou aberto a possibilidade de parceria. Porém, o vice-presidente João Paulo de Jesus Lopes fez ressalvas. “Não existe nenhuma parceria desse tipo, mas não há obstáculos. O que o São Paulo preserva é a sua independência, e fatos como esse só acontecerão se o clube tiver a última palavra”, salientou. Outra parceria possível entre clube e banco, é a reforma do Morumbi, que ainda tenta sediar jogos da Copa do Mundo de 2014. “Os nossos patrocinadores sempre têm prioridade nas ações dentro do estádio do Morumbi, e isso inclui as reformas do estádio, é claro”, admitiu o diretor de marketing do clube, Adalberto Baptista, sem especificar qual seria a real contribuição da instituição financeira.


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

Lenny volta a ter contato com bola, mas retorno só no fim do Brasileirão

Clássico desta quinta-feira marca volta de Neymar Um clássico histórico. Assim é definido o jogo de hoje, às 21h, no Pacaembu, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, entre Santos e Botafogo. Há muitos anos, as duas equipes tiveram nomes muito importantes do futebol brasileiro e mundial, e hoje a historia se repete. O Fogão traz em seu plantel alguns craques, como o argentino Herrera, o uruguaio Loco Abreu, e o goleiro Jefferson, lembrado por Mano e grande opção para o gol da Seleção Brasileira. Já a equipe da Vila Belmiro é o time sensação do campeonato. Mesmo sem Ganso, lesionado, e Robinho, que se foi para a Europa, o time é um forte candidato ao título deste ano de 2010. Ou seja, tudo para um clássico imperdível. Além de tudo isso, uma ótima oportunidade para ver Neymar de volta ao gramado após ter cumprido suspensão no jogo contra o Flamengo no último domingo, 5. O jovem atleta foi bastante reverenciado no clube carioca. No entanto, o técnico Joel Santana e o volante Marcelo Mattos pedem marcação forte para o atacante não conseguir executar suas belas jogadas. “O Neymar joga um futebol moleque e precisamos jogar sério e marcar sem deslealdade”, afirmou Marcelo Mattos. Joel Santana foi outro que falou bem do atleta da Baixada Santista e destacou que “Precisamos ter muito respeito por conta

Foto: Ricardo Saibun/Santos FC/Divulgação

de sua grande qualidade técnica. Trata-se de um jogador diferenciado. Coloco esse atleta entre os tops de linha. Precisamos procurar dificultar suas manobras, mas os torcedores não podem ser privados de ver um jogador dessa qualidade. Precisamos marcá-lo com lealdade, realizar um grande espetáculo e procurar vencer”.

Ganso Na segunda-feira, 6, Paulo Henrique Ganso completou a primeira semana de tratamento fisioterápico após a realização de uma cirurgia para a reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. O

05

ESPORTES

meia apresenta a evolução do quadro clínico esperada pelo departamento médico, e segue o ritmo intenso de exercícios de fortalecimento muscular. Ganso sofreu entorse do joelho esquerdo no segundo tempo da partida contra o Grêmio, pelo Brasileirão, no dia 25, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS), produzindo lesão do ligamento cruzado anterior e lesão parcial do menisco lateral. No dia seguinte, passou por ressonância e os médicos do Santos decidiram pela cirurgia, realizada com êxito. Dois dias depois do procedimento, já estava no CEPRAF iniciando a fisioterapia. J.S

Após cinco longos meses no departamento médico, Lenny, que passou todo este período sem contato com a bola, voltou na manhã da última terça-feira, 07 de setembro. Afastado por causa de uma lesão no joelho direito, sofrida no dia 24 de março na partida do Palmeiras contra o Rio Branco, válida pelo Campeonato Paulista, Lenny voltou a treinar com o time após um longo período, mais de 150 dias. Lenny, que ainda se recupera de uma ruptura no ligamento cruzado do joelho direito, diz que ainda sente receio. “Na hora de tocar a bola parece que o joelho e o pé ainda travam um pouco. Mas só de tocar na bola, de brincar um pouco já dá uma animada”, disse. Segundo Lenny, o técnico Felipão tem sido fundamental na recuperação, e o contato com o treinador tem servido de incentivo. “O Felipão dá uma atenção incrível. É outro nível. Ele tem acreditado em mim, tem conversado comigo para saber como eu estou”, explicou Lenny. Mesmo voltando a ter contato com a pelota, Lenny só voltará de forma definitiva aos gramados nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. “Para treinar finalização, dividir uma bola, ainda falta um mês. Ainda não tenho força para isso, é di-

Foto: Gazeta Press

ferente de fazer embaixadinha ou participar de um bobinho. Devo voltar para a fase final do Brasileirão”, diz o atleta. O atacante não imagina um forte ataque palmeirense ao lado de Kleber e Valdivia. O jogador, no entanto, acredita que o chileno ainda não está 100% e endossou o discurso de Felipão com relação à forma física do meio-campista. “Está na cara que ainda falta ritmo e preparação ao Valdivia, todo mundo sabe disso. Ele joga 300 vezes mais do que isso”, avaliou o atacante. Ainda segundo Lenny, “a vantagem de jogar ao lado dele é que ele lança muito bem a bola, para os atacantes isso é ótimo. E o Kleber segura bem a bola no ataque. Isso ajuda o atacante que joga ao lado dele”, conclui.

São Marcos

Marcão voltou a ter problemas de contusão. O goleirão saiu com dores no joelho esquerdo no último jogo do Palestra, na derrota de virada por 3 a 2 para o Cruzeiro, no estádio do Pacaembu. O goleiro ficou em São Paulo tratando o joelho, que é o mesmo em que ele passou por uma artroscopia, aguardando a evolução do quadro enquanto a delegação do Palmeiras viajou para a Bahia e jogou ontem, quarta-feira, 8, contra o Vitória. “A situação do Marcos não se alterou do dia do jogo para hoje [segundafeira, 06 de setembro]. O joelho esquerdo segue inchado e ele ainda apresenta dores. Vamos deixá-lo em tratamento intensivo, em dois períodos, e aguardar a evolução até o final desta semana”, explicou o médico Rubens Sampaio ao site oficial do clube. J.S


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

06

CIÊNCIA & TECNOLOGIA

TV com tela de cinema da Philips ganha 3D

Os perigos do Salto Alto Por André Santana

A Cinema Display, da Philips, desembarcou no Brasil este ano com suas proporções gigantescas. Única a ter imagem 21:9, o mesmo padrão do cinema, ela chegou aqui um pouco defasada, pois era um lançamento europeu do ano passado. Agora a Cinema Display 3D acabou de ser lançada na IFA 2010. Com o benefício de não manipular as imagens do cinema (padrão 21:9) para a exibição na TV, a Cinema Display deu a mancada de dispensar o 3D. Na época do seu lançamento no Brasil, em abril, a maioria das concorrentes já exibia seus aparelhos com o recurso. Na primeira versão, só era possível assistir a filmes 3D com um kit de conversão, vendido separadamente. O novo modelo chega às três dimensões e conta com imagens full HD na frequência de 400 Hz. Diferente da versão de 56 polegadas lançada aqui, o modelo euro-

peu tem 58 polegadas. Para brilhar no meio da multidão de outras TVs, a Philips também tem colocado alguns recursos a mais em seus televisores. Um deles é o LED Pro, que apaga LEDs nas áreas escuras da imagem para proporcionar maior contraste. Há também o Ambilight, para iluminar a parede em volta do aparelho com as cores da imagem. O recurso até agrada algumas pessoas, porém deixa a TV grossa, como se percebe em sua foto de perfil. E como você já deve ter imaginado, dói só de pensar no dinheiro necessário para ter uma dessas. Ela deve chegar à Europa por 4.000 euros, ou seja, 5.112 dólares. Ao Brasil, ela chega em outubro. Não sabemos o preço por enquanto. Para servir de comparação, a versão anterior da Cinema Display custa 13.000 reais por aqui. InfoGadjets

Não há mulher que dispense um bom salto alto. Elegantes e muito charmosos, os sapatos de salto alto não apenas conferem mais beleza ao vestuário feminino, como ainda corrige certos “traumas” femininos, sobretudo das mulheres baixinhas. Afinal, grande parte delas gostaria de ser mais alta do que é. No entanto, é preciso ficar atenta quanto ao acessório. Um estudo da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, indicou que o uso de sapatos de salto alto pode causar danos à saúde da mulher. Segundo o estudo, publicado no site da revista Galileu, os sapatos colocam muita pressão sobre o joelho, o que aumenta o risco de degeneração articular e artrose. “Todo mundo sabe que o salto alto é ruim. Mas quanto maior o salto, maior é o risco de desenvolvimento de artrose”, afirma Danielle Barkema, biomecânica responsável pelo estudo, citada pelo site Discovery News. Numa comparação com andar sem sapatos, as mulheres que usam salto sofrem maior compressão no interior do joelho. Quando comparado a andar sem sapatos,

a pesquisa apontou que as mulheres que usam salto sofrem uma maior compressão no interior do joelho. Na pesquisa de Barkema, foram usados sapatos com saltos de 5 cm e 7,5 cm. No laboratório, os pesquisadores usaram sensores, câmeras e outros equipamentos para medir as forças e ondas de choque nos pés das mulheres, com idades entre 18 anos e 40 anos, enquanto

elas caminhavam em cada tipo de sapato. Entre os resultados, foi constatado que caminhar com salto alto altera a postura das mulheres, causando a inclinação do tornozelo para dentro e desestabilizando as articulações. Houve também carga significativamente maior no joelho, especialmente quando o salto de 7,5 centímetros era testado. Outra pesquisa, publicada

em junho no Journal of Experimental Biology e realizada por cientistas britânicos, constatou que mulheres que usavam salto alto pelo menos cinco vezes por semana tinham os músculos da panturrilha 13% menores que as mulheres que usavam sapatos baixos ou tênis. Os cientistas também notaram que o tendão de Aquiles das mulheres que usavam salto era mais rígido e grosso que o das mulheres que não usavam. O autor do estudo britânico, o cientista Marco Narici, da Manchester Metropolitan University, afirma que os resultados explicam o motivo pelo qual mulheres que usam salto sentem dor na panturrilha quando tentam caminhar sem sapatos. O uso regular de salto alto, diz Narici, pode deixar a mulher “menos eficiente em atividades que requerem sapatos planos, como corrida”. Em entrevista à Discovery News, Narici admite que as mulheres nunca deixarão de usar salto alto. Por isso, ele recomenda a prática regular de exercícios de alongamento, como ficar na ponta dos pés em um degrau, e relaxar o calcanhar e tendão de Aquiles com o peso do corpo.

Origin coloca Xbox 360 dentro de desktop A Origin, fabricante de PCs americana, acabou de lançar um desktop para dominar todos os outros. Ou até, quem sabe, para dominar o mundo. O The Big O simplesmente exagera. Ele não se contenta em ter uma das melhores configurações imagináveis. Ele também faz questão de ter um Xbox 360 dentro do gabinete. Na configuração de base, o desktop conta com um Core i7 com overclock para 4 GHz, duas placas de vídeo GTX480 da Nvidia e a placa-mãe Rampage III Extreme, da Asus, todos resfriados por líquido. Era preciso justificar o preço inicial de 7.669 dólares. A torre, com pelo menos o dobro do tamanho de um desktop regular, ainda pode vir em outros modelos ou com outros “órgãos internos”: dois processadores Intel Xeon X5680 (cada um com seis núcleos), até quatro placas gráficas e com 12 GB de memória, o dobro de RAM do modelo de entrada. Essa brincadeira sai por 17.999 dólares. Veja as configurações completas aqui. Mas já que colocar as peças mais agressivas do mercado dentro de um gabinete não tem nada de original, a Origin teve uma ideia um pouco diferente. Nas fotos com o Big O aberto e de perfil, dá para ver como foi encaixado um Xbox 360 Slim na parte de baixo do PC, o que permite também seu resfriamento por líquido. Segundo a Origin, o console foi modificado para que suas portas ficassem acessí-

veis na parte da frente. A ideia parece legal, mas não conseguimos ver exatamente qual é o benefício disso, a menos que o console tenha uma grande integração com o computador e seus discos rígidos, por exemplo. A Origin não deixou claro qual será o nível de interação entre os dois,

apenas disse que “será possível jogar Xbox enquanto o PC trabalha em outras tarefas”. Mas também poderíamos fazer isso com um console fora do desktop, não? O jeito é esperar um pouco para ver do que esse híbrido é capaz. InfoGadjets


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

SOCIAL

07

Casamento realizado no último Sábado, no clube SEIS, pela Flor e Laço Buffet e Decoração da cidade de Fernandópolis


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

SOCIAL

08


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

Circuito Cultural Paulista apresenta “Coresgrafia”

“Miguela de Alcazar”: sátira de romance policial Por André Santana

Os fãs de uma boa literatura policial, e que também cultivam bom senso de humor, não podem deixar de ler “A Misteriosa Morte de Miguela de Alcazar”. O livro de Lourenço Cazarré é uma sátira muito bem construída sobre situações que envolvem o melhor e o pior dos romances policiais. Cheio de referências, a trama se torna uma leitura deliciosa para aqueles que já estão inseridos neste universo (mas também é indicado para leigos). O protagonista é o jornalista gaúcho Campestre de Campos Campelo. O sarcástico personagem narra a história, sempre pontuando com comentários ácidos e cheios de humor seco. Recrutado pelo chefe do jornal Correio de Brasília, o repórter é obrigado a comparecer ao Brasília Palace e descobrir se o local está abrigando uma convenção de escritores de romances policiais. Campelo não ape-

nas descobre ser verdade, como acaba entrando numa investigação quando uma das convidadas, a espanhola Miguela de Alcazar y Casas de Bourbon, é misteriosamente assassinada. O jornalista será testemunha de uma espécie de debate, em que os autores policiais darão suas próprias versões sobre o crime. Uma das principais referências ao universo dos romances policiais contido em “A Misteriosa Morte de Miguela de Alcazar” está nos autores que participam da tal convenção. Todos são inspirados em autores famosos de tramas misteriosas: a inglesa Águeda Cristine; a russa Fedorova Smerdlova Dornascostasviskáya; o francês Georges Sim Et Non; o americano Dax Chamber; o chinês Foo Lee Shi Man; o argentino Jorge Luís Borgias; além de Miguela de Alcazar, que é assassinada. “Os personagens são baseados em escritores, só o chinês não era, mas eu estava lendo

Por André Santana

Reprodução

coisas meio zen budistas e gostei daquela linguagem patife religiosa”, afirmou o autor na ocasião do lançamento do livro. Fã de literatura policial, Lourenço Cazarré brinca com os clichês do gênero e não poupa jocosidade, sarcasmo e ironia, presentes na narrativa seca e direta, dividida em vários capítulos com títulos inusitados. Cazarré é gaúcho e autor de mais de 30 livros e condecorado com 22 prêmios literários, incluindo o Jabuti de 2008. “A Misteriosa Morte de Miguela de Alcazar” é uma publicação da editora Bertrand Brasil.

Dicas de moda: Moda Navy Por Carla D’Almeida

Numa repaginação dos clássicos, a moda navy volta com força no verão 2010, esbanjando sofisticação. Boa parte da inspiração para a estação que se aproxima vem dos anos 1920 e dos anos 1950, dé-

cadas que nos remetem a melindrosas e marinheiros. As listras em tons marinheiros, combinadas com vermelho, surgem revitalizadas e ganham as ruas em looks mais casuais, como a regata e a bermudinha, ou em vestidos elegantes. O navy deste verão

09

CULTURA E ENTRETENIMENTO

ressurge com um aspecto mais sofisticado, menos marinheiro e mais balneário chique. O navy, sem dúvidas, é um clássico. Então aproveite a tendência e abuse da elegância desse estilo no verão 2010.

No dia 18 de setembro, sábado, a Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Prefeitura Municipal de Ilha Solteira, apresentará o espetáculo “Coresgrafia – Pra Viver e Aprender”. A apresentação faz parte do Circuito Cultural Paulista 2010, e acontecerá na Praça da Integração, a partir das 20 horas. Confira a sinopse do espetáculo: “Há muito tempo os seres humanos aprenderam que a natureza se repete: as chuvas, as flores, o frio, o calor e o próprio

aspecto do céu... tudo se repete com muita regularidade, com sua imensa variação de tons e cores. Mas no decorrer de um simples dia a rotina do ser humano gera insatisfação, precisamos ‘viver’ intensamente ‘pra aprender’: a amar, a sentir, a sorrir e principalmente: ser humano”.

Equipe Édio participa de Congresso da L’Oreal Sempre preocupada em oferecer aos clientes o que há de mais moderno no universo dos penteados, a Equipe Édio se prepara para participar do Congresso Nacional da L’Oreal. A ideia é trazer para Ilha Solteira todas as novas tendências em cores de cabelo, cortes e penteados. O Congresso da L’Oreal será realizado entre os dias 12 e 14 de setembro, no Resort Blue Tree Park, na cidade de Lins, e vai reunir cabeleireiros de toda a região. Na ocasião, uma equipe de docentes altamente capacitados, que ministram cursos e treinam profissionais de todo o Brasil, orientará os participantes sobre

as novidades do setor. Entre os docentes estão Darlene Bráulio, formada em Paris e Milão e professora da Universidade Cruzeiro do Sul nas disciplinas de colorimetria e transformações químicas (alisamentos e permanentes); Célio Faria, membro e coordenador regional da Intercoiffure Mondial, e um dos integrantes da equipe de Coiffeurs Stars da L’Oreal Professional, especializado em forma, penteado e corte, com as técnicas desenvolvidas nas academias Vidal Sassoon (Londres, UK); e Silvana Fernandes, atuando há 16 anos e técnica da empresa Taiff há mais de 14, formada pela Wella,

L’Oreal, Llongueras, na Argentina, Pivot Point Brasil/ Chicago, e visagista pela Universidade Cruzeiro do Sul. Com a participação no Congresso da L’Oreal, a Equipe Édio reforça o compromisso de sempre trazer novidades para os clientes de Ilha Solteira. Vale lembrar que o cabeleireiro Édio acaba de participar de um curso na Academia Pivot Point, realizado há 15 dias. A Equipe Édio está bastante animada para realizar seu sonho de mudança e, por isso, não mede esforços para ir em busca sempre do melhor para seus clientes.


Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

“Passione”: Fred e Melina se casam

“Sete Pecados” de volta em “Vale a Pena Ver de Novo” O remake de “Sinhá Moça”, atual reprise das tardes da Globo, sai do ar na próxima sexta-feira, 10. Para substituí-lo, entra em cena “Sete Pecados”, trama de Walcyr Carrasco exibida entre 2007 e 2008, e que volta ao ar na próxima segundafeira, 13, em “Vale a Pena Ver de Novo”. “Sete Pecados” conta a história de Beatriz (Priscila Fantin), uma rica e mimada patricinha, acostumada a ter tudo o que sempre quis e é a personificação dos sete pecados capitais. Numa viagem, ela conhece o taxista Dante (Reynaldo Gianecchini), homem cheio de virtudes, e se apaixona por ele. Mas ele é casado com Clarice (Giovanna Antonelli), com quem forma uma família feliz ao lado dos dois filhos. Beatriz, então, une-se à Agatha (Claudia Raia), uma misteriosa mulher, líder de uma sociedade secreta, que promete separar

10

CULTURA E ENTRETENIMENTO

Dante de Clarice, fazendo-o cometer os sete pecados. Mas os céus estão dispostos a salvar Beatriz da vida de pecados: a anja Custódia (Claudia Jimenez) desce à Terra para tentar levar a moça para o caminho do bem. “Sete Pecados” marcou a estreia do novelista Walcyr Carrasco no horário das sete da noite da Globo. Depois de ter emplacado sucessivos sucessos às seis, como “O Cravo e a Rosa”, “Chocolate com Pimenta” e “Alma Gêmea”, o autor foi alçado ao novo horário numa tentativa de estancar a queda de audiência da faixa. Porém, “Sete Pecados” não cumpriu sua missão, mas também não decepcionou: sua média final foi de 30 pontos no Ibope. Carrasco só conheceu o verdadeiro sucesso às sete com “Caras & Bocas”, de 2009. “Sete Pecados” teve alguns problemas em seu desenrolar. O mote de se mostrar

os sete pecados capitais não emplacou e, aos poucos, foi sumindo da história. Isso culminou com o desaparecimento de um núcleo inteiro, o da gula, representada pelos personagens da pizzaria Rei da Gula. Agatha, a grande vilã vivida por Claudia Raia, acaba morta no meio da trama, fazendo a novela perder uma das personagens principais ainda em desenvolvimento. Depois disso, a novela passa a andar em círculos e demora a se reencontrar. Mas a trama teve seus personagens marcantes, como a anja Custódia, que se apaixona pelo DJ Adriano (Rodrigo Phavanello), formando um dos melhores pares românticos da novela. Regis (Malvino Salvador) e Elvira (Nívea Stelmann) também divertiram, assim como a trambiqueira Otília (Rosamaria Murtinho).

mentira. Todos são extremamente sinceros neste universo surreal. Decepções e frustrações são confessadas sem medo. Até mesmo a famosa “mentirinha social” não existe aqui: todos sempre falam a verdade. Até mesmo cinema de ficção não existe: os filmes são, na verdade, documentários sobre fatos históricos. E Bellison, que é roteirista de cinema, acaba demitido porque seus filmes são considerados depressivos. Também pudera! Ele era encarregado de retratar o século 14, justamente a época da Peste

Negra. Não bastasse estar sem emprego, Bellison acaba de viver um jantar frustrante com a bela Anna McDoogles (Jennifer Garner). Completamente desesperado, ele acaba descobrindo uma maneira de se livrar das enrascadas: a mentira! Quando descobre que pode inventar coisas, sua vida muda, pois agora tem o poder nas mãos. Acaba enriquecendo e despertando a ira do colega bem-sucedido Brad Kessler (Rob Lowe), com quem nunca se deu muito bem.

Por André Santana

Bete Gouveia (Fernanda Montenegro) está enrolada com os filhos que tem: Saulo (Werner Schunemann) é um incompetente; Gerson (Marcello Antony) tem sérios problemas com seu computador; e Melina (Mayana Moura), definitivamente, não sabe perder. Nos próximos capítulos de “Passione” (Globo, 21h20), a caçula dos Gouveia decide provocar todo mundo se casando com Fred (Reynaldo Gianechinni). Tudo começa quando Melina some misteriosamente. A estilista, chateada com toda a família por conta do final do noivado com Mauro (Rodrigo Lombar-

di), desaparece, deixando Bete aflita. A matriarca não esconde sua preocupação ao dizer que tem um mal pressentimento com relação à filha. Dito e feito! Ao regressar à mansão, Melina estará casada com Fred! Assim, Bete é obrigada a viver sob o mesmo teto que o vilão. Fred é quem mais se diverte com essa “volta por cima”, e passa a desdenhar sobre Bete, chamando-a de “sogrinha”. Perturbada, Bete se recusa a fazer suas refeições com a família na mesma companhia do maucaráter. Gerson tenta proteger a mãe e dá uma dura em Fred, mas o vilão ameaça sumir no mundo com Melina, afastando-a de vez da família. Até Totó (Tony

Divulgação/TV Globo

Ramos) se preocupa com a situação da mãe, avisando Fred que não aceitará suas provocações. Fred, claro, não se importa com nenhuma ameaça e se diverte ao ver que seu plano de se vingar dos Gouveia está dando certo. E ele até conta com o apoio de Brígida (Cleyde Yáconis) e Antero (Leonardo Villar), que se encantam com o charme do malvado. Pobre Bete...

“O Primeiro Mentiroso”: pega na mentira! Por André Santana

Num mundo onde ninguém mente, o que aconteceria se alguém descobrisse a mentira? Mais que um “O Mentiroso” às avessas, “O Primeiro Mentiroso” é uma quase desconhecida, porém eficiente comédia que brinca com a religião, o comportamento humano e o cinema, entre outras sacadas inteligentes. O longa conta a história de Mark Bellison (Ricky Gervais), um roteirista de cinema que vive em um mundo onde não existe

Com esta inversão de realidade, “O Primeiro Mentiroso” brinca com todas as diretrizes do comportamento humano, resultando numa curiosa reflexão. O longa ainda acaba alfinetando a própria indústria do cinema. O estilo de humor é cínico e refinado, características de Ricky Gervais que, além de protagonista, é o roteirista e diretor. Para quem não conhece, Ricky Gervais é um famoso comediante inglês, criador da versão original inglesa da série “The Office”. Além disso, “O Primei-

ro Mentiroso” ainda esconde algumas pontas de luxo. Repare bem e encontre Edward Norton vivendo um policial; Philip Seymour Hoffman, como um atendente de bar; a hilária Tina Fey, como secretária de Bellison; e Jason Bateman, como um médico.

Divulgação TV

Globo

Folha da Ilha - Ano I - Ed. 14  

Folha da Ilha - Ano I - Ed. 13

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you