Page 1

Litoral Sul, 8 de setembro de 2012 • facebook.com/folhadacidadeitanhaem • Ano XV • nº 224

ECONOMIA • O crescimento imobiliário de Itanhaém contempla desde habitações populares até empreendimentos de alto padrão

Cresce volume de investimentos na construção civil e mercado imobiliário Luciano Netto

O desenvolvimento das atividades petrolíferas na Bacia de Santos, a oferta de crédito e incentivos fiscais estão aquecendo o mercado imobiliário de Itanhaém. A busca por qualidade de vida também

Expansão do Aeroporto estimula crescimento da cidade A expansão do Aeroporto Estadual de Itanhaém dará um grande impulso à economia local. O empreendimento receberá mais R$ 9,1 milhões em obras (construção de pista de rolamento e acessos, ampliação do pátio de aeronaves e nivelamento da faixa de pista de pouso e decolagem) e o governo planeja ampliar a pista para 2.450 metros, o que viabilizaria a operação de voos comerciais. A pista atual, com 1.350m (suporta Boeing 737 com capacidade para 100 passageiros), é mais extensa do que a do Aeroporto de Santos Dumont, no Rio de Janeiro (1.323 metros). Página 6.

Aquecimento da economia local gera empregos com carteira assinada ALTO PADRÃO • O Resort Itanhaém, localizado no centro da cidade, gerará durante o período de obras, pelo menos 500 empregos diretos e indiretos. Ao todo serão 4 torres de apartamentos Luciano Netto

O emprego formal, em Itanhaém, evolui 38,5%, conforme dados do Ministério do Trabalho. De janeiro de 2005 a dezembro de 2011, o Ministério do Trabalho contabilizou 24.914 admissões. No mesmo período, ocorreram 22.241 desligamentos. Ou seja, neste período, o saldo positivo foi de 2.673 novos postos de trabalho. A Relação

Anual de Informações Sociais do Ministério do Trabalho (RAIS) registrou 12.111 empregos, sendo que os setores com o maior número de trabalhadores eram o de serviços (4.500) e comércio (3.485). A instalação de filiais e franquias de grandes marcas, confirma a tendência de crescimento econômico da Cidade. Página 4.

EDITORIAL

Zona de Processamento para Exportação impulsionará economia local Página 5

impulsiona a migração dos grandes centros urbanos para cidades mais tranquilas, porém, com boa infraestrutura e facilidade de acesso à Capital paulista e Grande ABC. Matéria na página 5.

Itanhaém vive ciclo de prosperidade e desenvolvimento social Caminhada realizada pela Coligação Itanhaém Ainda Melhor, na região central da cidade, durante o feriado, reuniu mais de mil pessoas. A partir de agora faltam 28 dias para a eleição. Página 3

Página 2


Diretor: Jessé Santos Impressão: Lance! Administração e Correspondência: R. Oscar Pereira da Silva, 574 - Belas Artes - Itanhaém SP - CEP 11740 000 Cel. (13) 9628 6301 • NEXTEL ID 2702*300 e-mail: folhadacidade@uol.com.br As opiniőes emitidas nas matérias assinadas năo representam necessariamente a opiniăo do jornal, sendo de responsabilidade de seus autores.

Para refletir • Tiago 5 : 16

Jornal Filiado à ABRARJ - Registro nº SP-316 Associação Brasileira de Revistas e Jornais

Itanhaém vive ciclo de prosperidade e desenvolvimento social Itanhaém vivencia um ciclo econômico de prosperidade e desenvolvimento social. A infraestrutura de Itanhaém sofreu uma grande transformação nos últimos oito anos. Os investimentos públicos em obras de urbanização, pavimentação, saneamento, habitação e iluminação pública revitalizaram a Cidade, estimulando a expansão do comércio, prestação de serviços, construção civil e mercado imobiliário. Itanhaém tornou-se referência, no litoral sul, para empreendedores. Consequen-temente, houve mais geração de emprego e renda com a abertura de empresas e ampliação de negócios existentes. Itanhaém evolui no sentido de se tornar uma das localidades da região com melhor qualidade de vida e oportunidades para negócios. De 2005 a 2009, o PIB local aumentou 46,38%, passando de R$ 562,9 milhões para R$ 824 milhões. Outro aspecto bastante relevante é o volume de arrecadação do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) que é, na atualidade, muito maior, o que comprova a evolução econômica da Cidade. Com isso, o repasse de ICMS, do governo estadual ao município, teve um acréscimo de 81,78%, saltando de R$ 8,1 milhões, em 2005; para R$ 14,8 milhões, em 2011. A arrecadação do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) subiu de R$ 2 milhões (2005) para R$ R$ 7,3 milhões (2009), segundo dados apurados pelo IBGE. O volume de Imposto Sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) dobrou, no período de 2005 a 2009, passando de R$ 1,5 milhão (2005) para R$ 3 milhões (2009). Os números robustos da economia local se refletem no mercado de trabalho. O saldo de empregos com carteira assinada também é positivo. Houve um acréscimo superior a 38% no volume de contratações, a maioria nos setores de comércio e prestação de serviços. Em todas as regiões da Cidade, há

Persona

Ele entrou de vez na campanha. Cidadão muito reservado, o juiz federal aposentado, Dr. Edvaldo Gomes, é visto agora, regularmente nas caminhadas ao lado do candidato Marco Aurélio, seu filho.Segundo ele, nesta reta final, estará mais presente em todos os eventos da campanha. “Agora que faltam poucos dias vamos trabalhar ainda mais”, disse.

Estrada Rio Branco de Itanhaém recebe obras de perenização e beneficiará 60 agricultores A obra está beneficiando a estrada mais importante do Município, diminuindo os custos e tempo de transporte da produção agrícola da Cidade As obras de perenização da Estrada Paniquar Filho, antiga Estrada do Rio Branco, em Itanhaém continuam em andamento. A previsão para o término das obras é dezembro deste ano. A manutenção irá beneficiar a mais importante estrada do Município, diminuindo os custos e o tempo de transporte da produção agrícola da Cidade. Serão beneficiados 60 produtores rurais locais e a obra irá auxiliar no escoamento da produção de banana, palmito pupunha, piscicultura, olericultura (hortaliças)

centros comerciais. Acabou o tempo em que as pessoas precisavam se deslocar até a região central para efetuar compras. Inúmeros comércios foram abertos nos principais corredores comerciais dos bairros. Os indicadores sociais também refletem os resultados positivos das ações governamentais nas áreas da Educação, Saúde e Habitação. Conforme levantamento realizado pelo Sistema Firjan, Itanhaém apresenta desenvolvimento moderado. A mortalidade infantil teve queda de 58,2%; caindo de 24,4 (2005) para 14,2 (2011), conforme estatística da Fundação Seade. A abertura do Hospital Regional de Itanhaém elevou a qualidade de atendimento da população. Com a ampliação, o hospital, que atualmente dispõe de 94 leitos, passará a ter 240, sendo 20 destinados a UTI Adulto, 10 UTI Neonatal, 10 pediátricos e 10 semi-intensivo. Além disso, o local contará com um heliponto para transporte de pacientes em extrema urgência. A obra está orçada em aproximadamente R$ 36 milhões. Ainda é prevista a compra de equipamentos no valor de R$ 16 milhões, totalizando um investimento de R$ 52 milhões.Até o final de 2012, o Município, que já conta o SAMU, ganhará a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Com verbas liberadas recentemente pelos governos federal e estadual, a rede de unidades de saúde será reformada e ampliada. A implantação de um pronto-socorro infantil será outro passo importante para melhorar a oferta de serviços à população. A área educacional apresenta resultados promissores. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de Itanhaém superou as metas estipuladas pelo Ministério da Educação, de 2005 a 2011. No ano passado, o Município alcançou o índice de 5,4; superior ao limite definido pelo MEC, de 5,1. A taxa de analfabetismo na po-

pulação com 15 anos de idade ou mais caiu para 5,9% (2010). A atual gestão também conquistou a Escola Técnica Estadual (ETC) e reivindica ao Estado a instalação de um campus da FATEC para ofertar cursos gratuitos de graduação. A Municipalidade está em tratativas com órgãos federais e estaduais para concretizar outras parcerias voltadas à formação profissional. Atenta ao envelhecimento populacional, o governo municipal planeja ações estratégicas para atender as demandas da população com 65 anos de idade ou mais. De 2000 a 2010, a população de idosos cresceu de 7.073 para 12.709 habitantes, conforme Censo realizado pelo IBGE. Seguindo a tendência mundial, torna-se necessário definir políticas públicas voltadas para esta realidade. Neste sentido, a Secretaria Especial de Idosos terá um papel fundamental na coordenação de projetos. O governo estadual anunciou, recentemente, a construção de um centro de referência do idoso, em Itanhaém. Não há como ignorar o salto de desenvolvimento de Itanhaém, a partir de 2005. As obras realizadas e os projetos em andamento ou planejados comprovam isso. Só o Plano de Aceleração de Itanhaém prevê, na totalidade, mais de R$ 200 milhões em obras públicas nos setores de educação, saúde, habitação e infraestrutura viária. Parte das obras já foi concluída e outras estão em andamento ou em licitação. O Município também concretizou, recentemente, junto ao governo federal, mais R$ 16 milhões (PAC II) para executar obras de pavimentação. Enfim, Itanhaém está em franco crescimento e não pode parar. Itanhaém conquistou posição de destaque regional e tem que continuar evoluindo, de maneira ordenada para assegurar o desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida da população.

REPÚDIO DA MITRA I Durante o ato de manutenção do Convento Nossa Senhora da Conceição, no feriado de 7 de setembro, um grupo formado por 5 integrantes do PT, se manifestaram acusando o Governo Municipal de uso eleitoreiro do evento.

ELEKTRO I Uma oscilação de energia elétrica no último dia 3 de setembro, por volta das 22 horas, resultou em 7 apagões, até às 23h35. Em, alguns casos a volta da energia pega todos desprevenidos e com seus equipamentos eletrônicos plugados na tomada.

REPÚDIO DA MITRA II O prefeito Forssell explicou a eles que a Prefeitura não pode fazer muito em seu mandato pois dependia da aprovação do MP, do IPHAN e da Mitra Diocesana de Santos, mesmo assim continuaram com o protesto.

ELEKTRO II Em um desses vacilos, meu computador e minha impressora foram pro brejo. Isso mesmo, a impressora da marca Xerox parou de funcionar e a placa mãe do computador deve ter torrado.

BANDA PODRE II Cheio de mentiras, os folhetos são espalhados pela cidade, sujando os bairros, irritando os moradores, não surtem qualquer efeito. O eleitor está atento. Não gosta de acusações fantasiosas.

ELEKTRO III Após contato por e-mail com a concessionária, a atendente retornou com a informações que existe um setor específico para o ressarcimento de danos. Preenchi o formuláro e remeti à empresa. Segundo informações em 10 dias no máximo terei retorno. Se tivesse sido minha geladeira a resposta seria de 1 dia útil.

BANDA PODRE III Daquia 29 dias, todos continuarão vivendo na mesma cidade, se encontrando quase que diariamente, já que estamos em uma cidade com no máximo 25 quilômetros de extensão. No próximo dia 7 de outubro, diga não a este tipo de política. Uma política desesperada para vencer a qualquer custo.

REPÚDIO DA MITRA II No local dois representantes da Mitra, o Padre Helcio Ramos e Padre José Raimundo não gostaram nem um pouco do ato. “Vou entender como um desprespeito à Mitra, ao MP e ao IPHAN. Fizemos um esforço conjunto para que o Convento receba a devida manutenção”, disseram.

em geral; além de facilitar o acesso de ônibus escolares e ambulâncias. Ao todo, serão 5 km da estrada que receberão as melhorias, por meio de convênio com o programa Melhor Caminho, assinado em fevereiro deste ano entre a Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento do Estado e a Prefeitura. O investimento total é de R$ 736.983,31, sendo R$ 693.330,91 do Governo do Estado e R$ 43.652,40 como contrapartida da Prefeitura.

ANUNCIE

Tel.: (13) 9628 6301

Há 11 anos A edição número 62, de 25 de agosto de 2001, com 8 páginas, trazia as seguintes reportagens: •Durante o fechamento da edição, uma notícia de última hora estampou a manchete do jornal: Lancha havia sido encontrada sem os ocupantes. Durante pescaria, a embarcação aparentemente bateu em um parcel, lancando ao mar 7 pessoas. Todos foram encontrados mortos. •Concluído Plano Diretor de Macro Drenagem de Itanhaém •Aumenta o movimento no setor da Dívida Ativa •História da Banda Marcial Municipal de Itanhaém é relatada na Casa da Memória, sob o título “Ao som da Banda” •Supermercados Saito inaugura loja no Belas Artes •Banda Kadoshi se apresenta na cidade •Circuito de Surf define campeões de dois rankings •Corrida da Independência vai agitar Itariri no dia 7 de setembro

BANDA PODRE I Surgido no último ano do mandato do ex-prefeito João Carrasco, os conhecidos folhetos apócrifos, intitulados banda podre, perturbaram por muito tempo o meio político. Ele havia desaparecido, mas agora, momento eleitoral, ele volta.

SKYLINE • Durante evento no Morro Itaguaçu, no Convento Nossa Senhora da Conceição, uma imagem mostra claramente o avanço da Construção Civil e o boom imobiliário que vive a cidade. Hoje é possível visualizar 14 torres de apartamentos. Até 2000, só o Edifício Castro existia. Mas ao contrário do que se expõe, a construções de prédios no município segue algumas regras. A Lei de Verticalização aprovada pela Câmara Municipal em 1997, dividiu a cidade como um tabuleiro de xadrez e impede que a orla, por exemplo, ganhe uma muralha.


Faltam 29 dias para o 1º turno das Eleições Daqui a exatos 29 dias, os eleitores brasileiros de 5.568 municípios irão às urnas para escolher novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. O primeiro turno da eleição será no dia 7 de outubro e as 436.679 seções eleitorais do país estarão preparadas para receber o voto de 138,5 milhões de brasileiros aptos a votar. O eleitorado total do Brasil é de 140.646.446. O perfil do eleitorado brasileiro é formado em sua maioria por mulheres entre 25 e 34 anos. Entre os votantes, 72.877.463 são mulheres (51,9%) e 67.382.594 são homens (47,9%), e outros 134.046 (0.095%) não informaram o

sexo no momento do cadastro eleitoral. No primeiro turno serão utilizadas 500 mil urnas, que receberão os votos entre 8h e 17h do dia 7 de outubro. O segundo turno será no dia 28, último domingo de outubro, e ocorrerá apenas naqueles municípios com mais de 200 mil eleitores em que nenhum candidato tenha alcançado mais de 50% dos votos válidos no primeiro turno. Nas eleições deste ano serão preenchidas 5.568 vagas para prefeito e vice-prefeito e 57.428 para vereador. A Justiça Eleitoral contabiliza o pedido de registro de 15.487 candidatos prefeito e 449.194 para vereador.

Aconteceu em Itanhaém:

A Banda Marcial de Itanhaém se apresentou no encerramento do ato de manutenção e limpeza do Convento

A partir deste final de semana, todos os sábados de setembro, acontece o Ação Médica e Cultural

O bom tempo ajudou o turista neste feriado prolongado. A cidade está completamente lotada

Caminhada no centro da cidade reúne mais de mil pessoas Luciano Netto

A cada dia que passa a campanha do candidato a Prefeito Marco Aurélio 45, do PSDB, recebe inúmeras adesões. Neste feriado prolongado de 7 de setembro, acompanhado dos candidatos à vereador e da população, todo o grupo da coligação Itanhaém ainda Melhor deu mais um show de democracia e civismo. Uma caminhada que reuniu mais de mil pessoas percorreu toda a região central e, no final, subiu a rampa do morro do Itaguaçu. “Não escolhemos subir o Morro do Convento por acaso, ele representa o topo”, afirmou Marco Aurélio. Acompanhado de sua esposa Daily Kubagawa, do vice prefeito José Roberto e do Prefeito Forssell, Marco Aurélio ainda fez questão de ressaltar

a todos os presentes: “Vamos dar continuidade a este belíssimo trabalho que vem sendo realizado nos últimos 8 anos. Hoje a cidade está bonita e o turista está de volta. Queremos trabalhar ainda mais para tornar Itanhaém a melhor cidade para se viver em todo o Brasil”. Agora que restam apenas mais 28 dias de campanha, o candidato Marco Aurélio está programando em sua agenda, caminhadas diárias em todos os bairros da cidade. “Todas as manhãs, acompanhado do nosso grupo de trabalho estaremos nos bairros”, disse. Para acompanhar, basta se dirigir ao Comitê Central da campanha, localizado na avenida Rui Barbosa, 247, no centro. A saída acontece a partir das 9 horas.

Marco Aurélio: “Trabalharei até o último minuto”


Estudo mostra que município tem boa gestão fiscal

Aquecimento da economia local gera empregos com carteira assinada Josy Inacio

Setores de serviços e comércio respondem pela maioria das vagas Fotos: Josy Inacio

Á atual administração arrumou a casa

A gestão fiscal do município de Itanhaém é considerada “boa”. O Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), em 2010, foi de 0,6363. No período de 2006 a 2009, Itanhaém obteve o mesmo conceito (boa gestão fiscal), sendo que a melhor nota foi registrada, em 2008, com índice de 0,705. O indicador considera cinco quesitos: IFGF Receita Própria, referente à capacidade de arrecadação do município; IFGF Gasto com Pessoal, que representa quanto o município gasta com pagamento de

pessoal, medindo o grau de rigidez do orçamento; IFGF Liquidez, responsável por verificar a relação entre o total de restos a pagar acumulados no ano e os ativos financeiros disponíveis para cobri-los no exercício seguinte; IFGF Investimentos, que acompanha o total de investimentos em relação à receita líquida, e, por último, o IFGF Custo da Dívida, que avalia o comprometimento do orçamento com o pagamento de juros e amortizações de empréstimos contraídos em exercícios anteriores.

Desenvolvimento sócio econômico evoluiu ano a ano Josy Inacio

Investimentos em educação contribuíram para a diminuição da desigualdade socioeconômica

A evolução socio econômica de Itanhaém melhora ano a ano, conforme dados apurados pelo Sistema Firjan. Com periodicidade anual, o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal considera três áreas de desenvolvimento – Emprego & Renda, Educação e Saúde – e utiliza-se de estatísticas oficiais municipais divulgadas pelos Ministérios do Trabalho, Educação e Saúde. Os dados mais recentes referem-se ao ano de 2009, quando Itanhaém obteve nota 0,7555; classificandose como cidade de desenvolvimento moderado, com tendên-

cia à redução das desigualdades socioeconômicas. As áreas de educação e saúde destacaram-se com os melhores índices. O setor educacional alcançou índice de 0,8976 e da saúde pública ficou em 0,8421. Com estes resultados, os dois setores receberam conceito A – alto desenvolvimento. Sendo que a Educação obteve a mesma classificação no período de 2005 a 2009 e a Saúde evoluiu de “desenvolvimento moderado”, de 2005 a 2007, para “alto desenvolvimento”, nos anos de 2008 e 2009.

O emprego formal, em Itanhaém, evolui 38,5%, conforme dados do Ministério do Trabalho. De janeiro de 2005 a dezembro de 2011, o Ministério do Trabalho contabilizou 24.914 admissões. No mesmo período, ocorreram 22.241 desligamentos. Ou seja, neste período, o saldo positivo foi de 2.673 novos postos de trabalho. A Relação Anual de Informações Sociais do Ministério do Trabalho (RAIS) registrou 12.111 empregos, sendo que os setores com o maior número de trabalhadores eram o de serviços (4.500) e comércio (3.485). Os órgãos públicos somaram, na época, 3.005 empregos. Já os levantamentos realizados pelo IBGE indicaram 10.430 pessoas empregadas, em 2006; e 13.779, em 2010. O acréscimo foi de 3.349 empregos. Conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), nos últimos sete anos, o Município apresenta saldo positivo de empregos formais, com destaque para os anos de 2005 (717 novos postos de trabalho), 2006 (537) e 2007 (598). Nos anos de 2008 e 2009, época da crise econômica mundial, os volumes foram menores, porém, o número de admissões foi maior que a quantidade de desligamentos, em Itanhaém. Em 2008, foram registradas 3.525 contratações e 3.500 demissões. No ano seguinte, o Munícipio contabilizou 3.361 admissões contra 3.226 rescisões. A instalação de filiais e franquias de grandes marcas, em Itanhaém, confirma a tendência de crescimento econômico da Cidade. Hoje, o comércio de Itanhaém é o mais dinâmico do litoral sul, atraindo consumidores de cidades vizinhas, como Mongaguá e Peruíbe. Extra Supermercado, Hering, Cacau Show e, mais recentemente, McDonald´s, Habib´s, Giraffas, Subway, Lojas Americanas e o Tenda Atacado (estes dois últimos em construção) são alguns exemplos de empresas de médio e grande porte que se instalaram em Itanhaém, confiantes no poder aquisitivo do mercado consumidor local e no fluxo de turistas. O Produto Interno Bruto (PIB) aumentou de R$ 562,9 mil (2005) para R$ 824 mil (2009), conforme dados apurados pelo IBGE. O volume de repasses de ICMS também cresceu nos últimos anos, graças ao incremento da economia da Cidade. Em 2005, o repasse de ICMS à Prefeitura foi superior a R$ 8 milhões. No ano passado, o volume aumentou para R$ 14,8 milhões. Até agosto deste ano, o Estado já liberou mais de R$ 10 milhões ao Município. A arrecadação do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) subiu de R$ 2 milhões (2005) para R$ R$ 7,3 milhões (2009), segundo

dados apurados pelo IBGE, em consequência do aumento do número de empresas. Em julho, deste ano, adotou mais uma medida fiscal para incentivar a economia – a redução da alíquota de ISSQN para 52 atividades. Com a implantação da Zona de Processamento Empresarial, no bairro Cibratel, serão abertas inúmeras vagas de trabalho. Outra prioridade é a qualificação de mão de obra. A Comissão Municipal de Emprego está levantando dados sobre as demandas no mercado de trabalho local e regional. Com base nas informações, a Prefeitura buscará as parcerias necessárias para ofertar cursos profissionalizantes. O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de Itanhaém ocupa o segundo lugar, entre as nove cidades da Baixada Santista, no encaminhamento de trabalhadores para vagas de emprego. O Banco do Povo Paulista também retomou o ritmo de operações e deve fechar o ano com saldo positivo de operações de crédito para pequenos e médios empresários.

Mc Donalds tem mais de 70 funcionários em dois turnos

Franquia do Habib’s completou um ano

Franquia da Subway

Franquia do Giraffa’s

Lojas Amerianas: inauguração em outubro

Tenda Atacado: obras já iniciaram

Obra do Fórum demandou muita mão de obra

Cidade passou por grande transformação


Zona de Processamento para Exportação impulsionará economia local A implantação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) terá reflexos positivos para a economia de Itanhaém, com a geração de mais empregos e renda. O projeto, apresentado pela Administração Municipal ao Governo Federal, está em fase de análise. De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, há oito empresas interessadas em se instalar na ZPE de Itanhaém. A Prefeitura projeta a implantação de área da ZPE em uma propriedade do Bairro Cibratel, altura do Km 330 da Rodovia Padre Manuel da Nóbrega. A área em Itanhaém conta com 400 hectares (quatro milhões de metros quadrados). A intervenção será feita por módulos, sendo que a primeira etapa está prevista na área mais próxima da rodovia, em um espaço de 40 hectares (400 mil metros quadrados). O investimento para essa fase inicial é orçado em R$ 28,7 milhões, que serão custeados integralmente pela iniciativa privada, incluindo a elaboração de projetos e estudos ambientais, infraestrutura urbana e construção civil. Para o presidente da Associação Brasileira de Zonas de Processamento de Exportação (Abrazpe), Helson Braga, Itanhaém comportaria uma ZPE em função da sua localização geográfica privilegiada. “É um município que tem uma estrutura urbana interessante e uma malha rodoviária que pode escoar a produção tanto para o Porto de Santos como para o de Paranaguá”, reforçou o dirigente. Para Helson Braga, a proposta não só ampliaria o mercado de trabalho como também exploraria um segmento da Baixada Santista que apresenta um potencial enorme.

“O País precisa despertar para essa nova realidade. As ZPEs contribuem para o fomento da economia”. As chamadas Zonas de Processamento de Exportação (ZPEs) são distritos industriais incentivados, onde as empresas neles localizadas operam com suspensão de impostos, liberdade cambial e procedimentos administrativos simplificados com a condição de destinarem pelo menos 80% de sua produção ao mercado externo, ficando 20% da produção. No caso de Itanhaém, as condições favoráveis – proximidade de malha rodoviária e do maior complexo portuário da América Latina – já atraem a atenção de futuros investidores. O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Francisco Garzon, ressalta que a implantação da ZPE em Itanhaém simplificaria os procedimentos de importação e exportação, tanto no plano fiscal como no setor operacional. “Esta ZPE está localizada em um ponto estratégico que pode aumentar a eficiência operacional do Porto de Santos, com a proposta de torná-lo mais competitivo”. A empresa administradora da futura ZPE terá que apresentar os estudos de impacto ambiental do empreendimento. O fato de o terreno ser relativamente plano e baixo permite que as futuras edificações e das indústrias que se instalarão ali não determinem impactos de relevo e de paisagem, uma vez que o volume de solo movimentado será mínimo. Outro ponto que será exigido nesse projeto é a elaboração de planos para situações de emergência ambiental e de contingência ambiental, incluindo combate á incêndios na área.

Cresce volume de investimentos na construção civil e mercado imobiliário Josy Inacio

O desenvolvimento das atividades petrolíferas na Bacia de Santos, a oferta de crédito e incentivos fiscais estão aquecendo o mercado imobiliário de Itanhaém. A busca por qualidade de vida também impulsiona a migração dos grandes centros urbanos para cidades mais tranquilas, porém, com boa infraestrutura e facilidade de acesso à Capital paulista e Grande ABC. As perspectivas para a construção civil e o mercado imobiliário, portanto, são muito favoráveis. O crescimento imobiliário de Itanhaém contempla desde habitações populares até empreendimentos de alto padrão. Otimistas, empresários acreditam no desenvolvimento sustentável do município e investem cada vez mais. Gente que há tempos não visitava Itanhaém é surpreendida com o novo panorama da Cidade. Em todas as regiões, há imóveis residenciais e comerciais em construção ou reforma. Itanhaém concentra a maior parte de terrenos disponíveis para construção, residencial, comercial e industrial. Portanto, o mercado imobiliário ainda está longe de atingir seu pico, uma vez que, atraídos pela oferta de áreas e preços, muitos consumidores e empresários deverão investir em Itanhaém, ao longo desta década. Os negócios de petróleo, a ampliação do Aeroporto de Itanhaém, a aprovação da Zona de Processamento Empresarial e os investimentos públicos em infraestrutura urbana continuarão alavancando a indústria da construção civil e imobiliária, gerando mais empregos e renda para a população. Destaque para um empreendimento de alto padrão, na região central – o Resort Itanhaém. A MPD Engenharia está investindo R$ 100 mi-

lhões no projeto. O condomínio, com apartamentos de dois e três dormitórios, está em construção e a maioria das unidades já foi vendida. São inúmeros os lançamentos de casas e sobrados geminados, apartamentos, lojas e salas comerciais, em todas as regiões de Itanhaém, financiados através do programa federal Minha Casa, Minha Vida. A Prefeitura também vem ampliando os investimentos em infraestrutura para atender a demanda de habitação para famílias de baixa renda. É o caso, por exemplo, do mais novo bairro de Itanhaém, o Guapurá. O projeto prevê a construção de 1.328 moradias populares, ao custo total de R$ 69 milhões, financiados pelo programa federal Minha Casa, Minha Vida. Para atender as demandas destas famílias, a Prefeitura planeja uma série de investimentos e, certamente, o comércio daquela região ganhará mais fôlego.

MPD: Investimento total chega a R$ 100 milhões Eduardo Rebelatto

Investimentos em infraestrutura para atender a demanda de habitação para famílias de baixa renda


Itanhaém é a única cidade da Baixada a implantar Estacionamento Digital

Expansão do aeroporto estimula desenvolvimento de Itanhaém Cidade fará parte do circuito do petróleo; ampliação da pista viabilizará voos comerciais

Divulgação

O endereço na internet é www.estacionamentodigital.com.br

Itanhaém já possui um novo e moderno serviço de estacionamento rotativo, a Zona Azul. Agora, munícipes e turistas têm à disposição o Estacionamento Digital, que agiliza e facilita o sistema. A Cidade é a única na Baixada Santista a ter o serviço. Por meio de um cadastro eletrônico, disponível no site da empresa, o usuário deverá preencher um formulário com o número da placa do veículo e de um celular. Também há a possibilidade de o cadastro ser feito no momento, com um dos monitores nas ruas. O estacionamento digital acontece da seguinte maneira: o usuário deverá solicitar um cartão virtual (que funci-

ona de forma semelhante a um cartão de recarga de celular pré-pago) com as monitoras nas ruas ou postos de vendas. Estes profissionais irão emitir um código impresso que deverá ser ativado via mensagem de celular informando o tempo em que o usuário pretende ficar estacionado e a localização do estacionamento. As vagas estão espalhadas pelo Centro da Cidade e estão demarcadas para facilitar a localização pelo usuário. O interessante é que antes de terminar o período do estacionamento o usuário receberá uma mensagem via celular o alertando e dandolhe a opção de comprar mais cartão virtual.

Festa da Primavera se estende até o dia 16 Josy Inacio

Festa da Primavera Dias: 07, 08, 09, 15 e 16/09 Horário: das 8 às 12 horas Local: Centro Histórico

O mês de setembro está com uma programação repleta de atividades que vão do dia 7 a 29. O cronograma inclui o espetáculo ‘Passagens’ do grupo Matula Teatro inserido no ‘Circuito Cultural Paulista’, além da ‘Festa da Primavera’, ambos no Centro Histórico. CIRCUITO CULTURAL – Em sua sexta edição, o objetivo do Circuito é consolidar a difusão de apresentações no Interior e Litoral de São Paulo. A Secretaria Estadual da

Cultura, em parceria com as prefeituras envolvidas, promoverá até o mês de novembro apresentações culturais em 77 cidades do interior e do litoral do Estado. FESTA – Regada a muita música, as noites serão agitadas na Festa da Primavera do começo ao fim. As associações assistenciais do Município serão responsáveis pelas vendas de cachorro-quente, churrasco, yakisoba, tempurá, doces e salgados em geral.

Luciano Netto

A expansão do Aeroporto Estadual de Itanhaém dará um grande impulso à economia local. O empreendimento receberá mais R$ 9,1 milhões em obras (construção de pista de rolamento e acessos, ampliação do pátio de aeronaves e nivelamento da faixa de pista de pouso e decolagem) e o governo planeja ampliar a pista para 2.450 metros, o que viabilizaria a operação de voos comerciais. A pista atual, com 1.350m (suporta Boeing 737 com capacidade para 100 passageiros), é mais extensa do que a do Aeroporto de Santos Dumont, no Rio de Janeiro (1.323 metros). A pista do Aeroporto Internacional de Guarulhos possui 3.700m. O movimento diário de pousos e decolagens aumenta ano a ano. Em 2011, ocorreram 2.900 pousos e decolagens. O Aeroporto de Itanhaém já é o 9º entre os 30 aeroportos administrados pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo e o 15º considerando os equipamentos gerenciados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), em São Paulo. Com o desenvolvimento das atividades na Bacia de Santos, o aeroporto fará parte do “circuito do petróleo”, a exemplo das cidades do Rio de Janeiro, Macaé (RJ), Vitória (ES) e Navegantes (SC), que operam aeroportos voltados para a Petrobras. O Aeroporto de Itanhaém também poderá, no futuro, ser uma alternativa ao Aeroporto de Congonhas, que já está bastante saturado. A empresa Líder, que presta serviços de táxi aéreo para a Petrobrás, venceu recentemente uma concorrência para construir mais dois hangares para operações aéreas de embarque e desembarque, além de manutenção das aeronaves. A Petrobrás também construirá um terminal de passageiros próprio no local com capacidade para até 500 pessoas. A empresa Vectra Engenharia, terceirizada da Petrobras, abriu 50 vagas de empregopara trabalhar na construção do terminal de passageiros. À medida que o Aeroporto recebe mais investimentos e se consolida como uma das principais bases para a logística da Petrobrás, outros empresários voltam o olhar para a Cidade, vislumbrando oportunidades de instalar negócios ou investir no mercado imobiliário. A expectativa da Prefeitura, com o crescimento da exploração de petróleo e gás na Bacia de Santos, é elevar a arrecadação de royalties para R$ 2 milhões.

A Petrobrás já construiu um hangar para várias aeronaves que conta com 5 suítes para os pilotos

Prefeitura e Mitra se unem em ação de limpeza e manutenção do Convento Fotos: Josy Inacio

Uma ação inédita envolvendo a Prefeitura de Itanhaém e a Mitra Diocesiana de Santos, com o apoio da Caixa Econômica Federal, Elektro, Sabesp e de empresários locais, realizou serviços de limpeza e manutenção na área do Convento de Nossa Senhora da Conceição, a ação foi definida em uma reunião com representante do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), do Poder Público e da comunidade. Um grande mutirão de limpeza e de manutenção aconteceu em um dos principais pontos de visitação turística da Cidade. A mobilização, foi desenvolvida em conjunto com a população. A programação foi idealizada em uma reunião recente com a participação de representantes da Mitra, da Paróquia da Igreja Matriz de Sant´Anna, do prefeito João Carlos Forssell e secretários municipais. As empresas parceiras (Caixa Econômica Federal e Sabesp) prestaram apoio para os participantes do mutirão, com o fornecimento de lanches, água, e material de manutenção. A ação compreendeu a limpeza da área externa do Convento, bem como pequenas intervenções consideradas emergenciais na estrutura da edificação, que é tombada pelos órgãos estadual e federal de defesa do Patrimônio Histórico. Marcos Carrilho salientou que o restauro completo do prédio dependeria de

Todo o entorno do Convento recebeu os serviços de limpeza, pintura e poda das árvores

Ao final do evento, o Padre Albino Schwengber ministrou uma pequena celebração para os presentes

um outro tipo de intervenção. Mas fez questão de elogiar a mobilização em torno do resgate da história do Convento, que data do período colonial do País. “Essa ação vai chamar a atenção da sociedade para a conservação de seu patrimônio histórico mais precioso.

Será bastante positivo”. O prédio do Convento está localizado no Centro Histórico e compõe com a Igreja Matriz de Sant´Anna e com a Casa de Câmara e Cadeira (atual Museu Conceição de Itanhaém) um dos patrimônios históricos mais importantes da Baixada Santista.


Eleições e estratégias eleitoreiras Por Mirian Florêncio da Silva Estamos muito perto de mais uma data em que o povo será consultado quanto às suas aspirações e esperanças a serem traduzidas pelo voto, e o que certamente voltaremos a constatar é que tanto os palanques eleitorais, assim como as colunas e as crônicas jornalísticas serão utilizadas pelos candidatos e seus colaboradores e assessores para criticar os adversários, que para tanto chegarão até mesmo a investigar a vida particular alheia para utilizar qualquer simples deslize para desabonar a conduta do opositor em prol da própria candidatura. Acredito que em vez de se usar da palavra escrita ou verbal para denegrir a imagem alheia, fazendo do espaço jornalístico um campo de batalha para aí julgar-se vencedor e pretensamente vencer as eleições, seria bem mais produtivo o candidato abordar as medidas que pretende adotar visando as melhorias da cidade em todas as áreas que afetam o dia-dia da população. No mesmo sentido, toda vez que surge uma crítica destrutiva dirigida à administração atual, penso que o correto seria que o autor dessa crítica, pertencendo à corrente de apoio ao candi-

Viagem Literária tem início em 70 cidades paulistas, incluindo Itanhaém Programa de estímulo à leitura mantido pela Secretaria de Estado da Cultura promove contação de histórias, encontros com escritores renomados e capacitação de profissionais Josy Inacio

dato e ao partido que for, usasse do espaço que lhe foi concedido na mídia para explicitar qual seria a plataforma política do candidato que está apoiando, em vez de simplesmente censurar e aproveitar o eventual deslize do concorrente ou da gestão atual para desaboná-la e deste modo pretender crescer perante a opinião pública. É bom lembrar que na maioria das vêzes os criticados erros administrativos ou procedimentos atribuídos a terceiros nem mesmo chegaram a existir, não passando das tão conhecidas “intrigas da oposição”, criadas justamente para diminuir o conceito moral do adversário político em face da população eleitora. Fique atento, caro leitor!

Mirian´s Dreams • Cirurgia Plástica Cel.: (13) 9786-9297 • Res.: (13) 3426-5248 www.facebook.com/miriansdreams miriansdreams.blogspot.com

Começa em 10 de setembro a edição 2012 do Viagem Literária, programa da Secretaria de Estado da Cultura que leva a 70 municípios atividades de fomento e incentivo à leitura, como apresentações de contação de histórias e bate-papos com escritores renomados. Os eventos acontecem sempre em bibliotecas públicas da região metropolitana, interior e litoral do Estado, em parceria com as prefeituras das 70 cidades participantes. A proposta é estimular a formação de novos leitores e fortalecer os vínculos entre as bibliotecas públicas e a população local. Nesta edição, serão promovidos 210 eventos no total. Em setembro, será realizado o módulo de contação de histórias, com 14 contadores e grupos circulando pelas 70 cidades. Cada cidade receberá duas apresentações no mesmo dia. Em outubro, será a vez das palestras com 14 escritores de literatura adulta ou infantojuvenil. A grande novidade deste ano é a criação de um módulo de capacitação, a ser realizado na Biblioteca de São Paulo com 140 profissionais – dois de cada cidade – sobre a leitura dos clássicos brasileiros. O curso apresentará as obras, as razões, os desafios e as técnicas para conquistar novos públicos pela leitura e compreensão das principais obras de autores consagrados. “Os clássicos brasileiros estão nas estantes de todas as bibliotecas públicas; ao mesmo tempo, são livros muito utilizados pelas escolas e cobrados em vestibulares. A capacitação buscará demonstrar diferentes formas de estimular a leitura destes livros, não como obrigação, mas por

prazer”, explica a coordenadora da Unidade de Bibliotecas e Leitura, Adriana Cybele Ferrari. A intenção é que os profissionais escolhidos por cada cidade atuem como multiplicadores em seus municípios. Desde que foi criado, em 2008, o Viagem Literária já realizou mais de 1.400 atividades. No ano passado, cerca de 50 mil pessoas participaram da programação. O programa integra uma série de ações mantidas pela Secretaria de Estado da Cultura para estimular a leitura, como a Biblioteca de São Paulo, o Prêmio São Paulo de Literatura, o Festival da Mantiqueira,

Na cidade, o evento acontece na Biblioteca Municipal

editais do Programa de Ação Cultural (ProAC) voltados à criação literária, bem como o

Museu da Língua Portuguesa, Casa das Rosas e Casa Guilherme de Almeida.

Obra de Laé de Souza incentiva a leitura nos projetos educacionais A leitura está presente no dia a dia de centenas de crianças que permanecem nos projetos educacionais no contraturno escolar de Itanhaém. E para complementar as aulas, no mês de junho a Cidade recebeu mais um reforço para incentivar o hábito de ler entre os jovens. O programa ‘Ler é Bom: Experimente!’, idealizado e dirigido pelo escritor Laé de Souza, entregou à Secretaria de Educação, Cultura e Esportes 1.520 exemplares de livros que estão sendo trabalhados no segundo se-

mestre durante os encontros. As obras repassadas em dois volumes ‘Quinho e seu cãozinho’ e ‘Acredite se quiser’, acompanhadas de materiais didáticos de apoio, que são fichas de leitura, livros com atividades complementares e folhas destinadas à produção textual. Os livros possuem uma linguagem simples e destinada a estudantes de 7 a 14 anos. Segundo a coordenadora de Projetos de Incentivo à Leitura, Chrystina Magalhães, o critério para a distribuição foi suprir a demanda e dar continuidade ao trabalho de leitu-

ra. “O diferencial deste projeto é o fato de todos os alunos terem em mãos o mesmo livro para a atividade de leitura, possibilitando maior interação entre eles”. A proposta visa promover o acesso ao livro e fazer da leitura um hábito assíduo no cotidiano dos alunos inseridos na instituição de ensino do Município. A professora do projeto Flores da Mata, Vanda Selymes Coelho da Silva, conhece bem os benefícios que a literatura desencadeia aos leitores, como a criatividade, imaginação e o conhecimento.

PROGRAMAÇÃO CINESYSTEM PRAIA GRANDE, ATÉ 13 DE SETEMBRO

O Cinesystem é o cinema do Litoral Plaza Shopping SALA 1 OS MERCENÁRIOS 2 2D (DUBLADO) 16 anos • ACAO Todos os dias - 14:35h 16:50h 19:05h 21:20h SALA 2 O VINGADOR DO FUTURO 2D (DUBLADO) 14 anos • ACAO Todos os dias - 21:30h PARANORMAN 3D 10 anos • ANIMACAO Todos os dias - 13:30h 15:30h 17:30h 19:30h SALA 3 E AÍ, COMEU? 14 anos • COMEDIA Todos os dias - 21:50h

O DITADOR (DUBLADO) 14 anos • COMEDIA Todos os dias - 19:50h O DIÁRIO DE TATI LIVRE • COMEDIA Todos os dias - 15:50h 17:50h PROCURA-SE UM AMIGO PARA O FIM DO MUNDO 12 anos • COMEDIA DRAMA ROMANCE Todos os dias - 13:40h SALA 4 ABRAHAM LINCOLN: CAÇADOR DE VAMPIROS (DUBLADO) 14 anos • SUSPENSE Todos os dias - 14:20h 17:00h 19:20h 21:40h

SALA 5 O LEGADO BOURNE (LEGENDADO) 14 anos • ACAO Todos os dias - 13:45h 16:30h 19:15h 22:00h SALA 6 OS MERCENÁRIOS 2 (DUBLADO) 16 anos • ACAO Todos os dias - 15:05h 17:20h 19:35h 21:50h O Litoral Plaza Shopping fica na Avenida Ayrton Senna da Silva, 1511, na Praia Grande


Folha da Cidade, edição nº 224  

Edição 224 do jornal Folha da Cidade de 8 de setembro de 2012.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you