Page 1

NO

www.folhanoroeste.com

Foto: Divulgação

LEOPOLDINA  LAPA  PIRITUBA  FREGUESIA DO Ó  JARAGUÁ  TAIPAS

Ano XII – Nº 235 2ª quinzena Maio 2018

FREGUESIA - Esporte (PG. 08)

Projeto de capoeira transforma vidas na Freguesia

Aulas gratuitas na Biblioteca Afonso Schmidt beneficiam toda a comunidade LAPA - Regional (PG. 06)

Audiência discute reabertura do Hospital Sorocabana Iniciativa privada mostrou interesse em gerir a unidade, fechada desde 2010 JARAGUÁ - Regional (PG. 06)

Ocupação irregular no Jaraguá causa transtornos à região Com 400 barracos, invasão iniciada em abril já alterou a rotina do bairro PG. 14 e 15

IMÓVEIS & CLASSIFICADOS Grandes opor tunidades de imóveis e negócios

PIRITUBA - Regional (PG. 05)

Ponte Pirituba-Lapa recebe sinal verde da SPObras Obra viária obteve autorização para ser construída, mas ainda falta verba para tirá-la do papel


2ª Quinzena de Maio 2018

www.folhanoroeste.com

NO

02

EDITORIAL Ronald Gimenez é jornalista e Editor-executivo da Rádio Trânsito - ronald.gimenez@terra.com.br

EXPEDIENTE Diretor responsável

Edson Vieira

DEPARTAMENTO COMERCIAL

Ricardo Lobo, Cláudio Nunes e Marta Cristina Jornalista responsável

Ronald Gimenez MTB 23.373

REDAÇÃO Editora e redatora

Miriã Arruda Assistentes de Noticiário

Gabriel Cabral Repórter

Anderson Silva e Cristina Braga

CRIAÇÃO

O CENTRO DE TUDO

O

Toda metrópole que se preze cuida de sua região central com carinho Edifício Wilton Paes de Almeida teve as obras iniciadas em meados dos anos 1960, no Largo do Paissandu, coração de São Paulo. Foi inaugurado em 1968. Era um prédio histórico. Projetado pelo arquiteto Roger Zmekhol no estilo modernista, tinha 24 andares e foi considerado um bem de interesse histórico, arquitetônico e paisagístico, o que garantia a preservação de suas características externas, razão pela qual foi tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo, em 1992. Tudo isso é história, já que a tragédia anunciada se confirmou. As 146 famílias que ali vi-

viam, assim como milhares na mesma região, são reféns de um Estado inoperante. Você deve estar se perguntando: mas isso significa um apoio à invasão? Não, de forma alguma. O descaso do poder público se caracteriza por permitir que pessoas vivam naquelas condições e de forma “irregular”. Não venham me dizer que laudos mostravam que o edifício não corria risco de cair. As condições precárias nas “moradias” poderiam levar ao início de uma tragédia. E foi isso que aconteceu. Curto circuito, fogo, incêndio incontrolável e queda. A pergunta agora voltará a ser feita: quantos outros prédios estão invadidos e em condições parecidas com a do Wilton Paes de Almeida? Um dia após a queda do prédio, com até

aqui quatro mortos, a Prefeitura anunciou uma varredura nas edificações com moradia irregular no centro de São Paulo. É sempre assim. Precisamos sofrer para mudar. De quantos prefeitos você se lembra com aquele discurso de campanha, falando em “revitalização” do centro? Sabe o que isso significa para eles? Pintar a fachada do Teatro Municipal e fazer blitz na Cracolândia. Apenas isso. Não existiu um comandante da maior cidade da América Latina com vontade política para moralizar aquela região. Mas será que algum deles deseja isso? Será que algum deles se incomoda com a podridão daquele lugar? A resposta é Não. A queda do Edifício Wilton Paes de Almeida é apenas uma carta em um baralho já viciado.

Fotógrafo e Web Designer

Eugênio Pacceli Designer Gráfico

Daniele Oliveira

Espaço Livre

Diagramação

Dorival Lopes Júnior

ADMINISTRATIVO/FINANCEIRO

Rosângela Códolo

IMPRESSÃO: S.A. O Estado de São Paulo Administração: 3904-7081 contato@folhanoroeste.com.br Comercial: 3902-2747 / 3904-7085 comercial@folhanoroeste.com.br Site: www.folhanoroeste.com Curta nossa página facebook.com/folha.noroeste Artigos assinados são de responsabilidade de seus autores.

Cultura desvalorizada

A cultura na região de Pirituba e Jaraguá é muito diversificada, mas chega a ser um pouco desvalorizada, pois seus artistas são reconhecidos, apenas, como “regionais”.

Eu, Formiga MC, como um artista regional e fundador do Open Mike, coletivo independente que busca palcos e valorização desses artistas, percebo que sofremos, às vezes, preconceito pelo fato de não sermos artistas de “nome”. Para mim, a solução seria promover a inclusão dessas pessoas, não só em eventos específicos do gênero musical, como também em outras programações culturais. Isso já acontece com alguns artistas, mas a grande maioria, por falta de infor-

Envie sua opinião para emaildoleitor@folhanoroeste.com.br ou pelo Whatsapp (11) 99997-1947 com o nome completo. O texto deve ter entre 900 e 1.300 caracteres.

mação ou, até mesmo, instrução, não consegue se inserir em projetos e editais. Existem poucos movimentos e órgãos que fazem isso. O MOCUPIJA (Movimento Cultural Pirituba – Jaraguá) é um dos que auxiliam, mas também não consegue fazer muito por falta de parcerias e valorização do movimento. Sou muito grato ao MOCUPIJA. Uma questão que sempre levanto e incluo em meu coletivo é o funk, que é muito discriminado. Porém, ele também é forte e importante, pois

nossos jovens estão todos lá. E, mesmo assim, o funk continua muito marginalizado e sem apoio. Há muitos artistas bons, pensadores, cidadãos e militantes do gueto. É por isso que digo: a cultura ainda é desvalorizada. Eu e o Coletivo Open Mike sempre estaremos na luta para quebrar essa barreira. E o mais importante: disseminar a cultura em nosso bairro, com ou sem apoio. Formiga MC, cantor e fundador do Coletivo Open Mike


www.folhanoroeste.com

CONEXÃO NOROESTE – VEREADOR ELISEU GABRIEL

2ª Quinzena de Maio 2018 ELISEU GABRIEL E-mail: vereador@eliseugabriel.com.br Acompanhe: www.eliseugabriel.com.br facebook.com/vereadoreliseugabriel

Mais conquistas do vereador professor Eliseu Gabriel Jardim Santa Lucrécia Revitalização e pintura da quadra de esportes localizada na Praça Dr. Jamil Sallum (Rua Lope de Baena, 545). No local, também houve reparo dos alambrados, execução de passeio e instalação de mesas e bancos.

Incentivo à leitura! Professor Eliseu, grande incentivador da leitura desde os primeiros passos, esteve na CEI Santa Mônica e entregou diversos livros para ajudar nos projetos da diretora Thais Alves e da coordenadora Nadjane Lima.

Participe!

Para o vereador professor Eliseu Gabriel, “apoiar e incentivar o radiojornalismo é uma das formas de combater notícias falsas, as ‘fake news’ que circulam nas redes sociais e pela internet”. Ele explica que falta a investigação da veracidade da notícia, falta a presença do jornalismo, especialmente do jornalismo investigativo. Para homenagear e estimular os jornalistas que cumprem sua nobre missão, Eliseu Gabriel apresentou o Projeto de Resolução que criou o Prêmio Landell de Moura de Radiojornalismo, recentemente aprovado na Câmara Municipal de São Paulo. Você pode indicar os profissionais do radiojornalismo em quatro categorias: Melhor Âncora, Melhor Repórter, Melhor Comentarista e Melhor Programa de Radiojornalismo. Basta acessar o site www.portaldosjornalistas.com.br . No dia 20 de junho, os vencedores serão homenageados na Câmara Municipal de São Paulo, em Sessão Solene.

Informe Publicitário

04


2ª Quinzena de Maio 2018

PIRITUBA

www.folhanoroeste.com

REGIONAL

Mais um passo para a Ponte Pirituba-Lapa SPObras emitiu autorização necessária para a obtenção do licenciamento ambiental da obra por Cristina Braga Após anos de luta para a construção de uma ponte sobre a Marginal do Tietê que aliviaria as sobrecarregadas saídas de Pirituba em direção ao bairro da Lapa - reivindicada pela população local, mais um passo foi dado no último dia 15 de maio. Publicação no Diário Oficial informa que o Departamento de Uso do Solo da Prefeitura de São Paulo autoriza a construção da ponte, que conectará os dois lados da Avenida Raimundo Pereira de Magalhães. Em visita ao bairro, o ex-prefeito João Doria (PSDB) afirmou, antes de deixar o cargo, que a ponte será entregue ainda em 2019. Em nota, a SPObras esclarece que solicitou a manifestação da Câmara Técnica de Legislação Urbanística (CTLU), ligada à Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL), a respeito das diretrizes de uso e ocupação do solo aplicáveis à “Ligação Viária Pirituba-Lapa”, o que é necessário para a obtenção do licenciamento ambiental do empreendimento. “A publicação no Diário Oficial refere-se à resposta da CTLU expondo que o empreendimento poderá

ser implantado seguindo as diretrizes expressas no capítulo V do Plano Diretor Estratégico (Lei 16050/14), que trata da política e do sistema de mobilidade.” O valor para a obra sair do papel está estimado em R$ 200 milhões. Com 450 metros de extensão, a “Ponte da Raimundo” também contará com uma faixa exclusiva de ônibus, entre o mercado municipal e o acesso ao novo túnel previsto sob a Linha 8 – Diamante da CPTM, no encontro com a Rua Gago Coutinho. Pelo projeto inicial, a ponte que ligará Pirituba ao bairro da Lapa terá duas faixas para carros em cada sentido, passagem para pedestres, ciclovia e um corredor de ônibus central, sem alça de saída para a Marginal do Tietê. A obra integra a Operação Urbana Consorciada Água Branca (OUCAB). Na última audiência pública, realizada pela Prefeitura no dia 14 de março, na Barra Funda, a discussão girou em torno da redução dos preços dos Cepacs (títulos públicos negociados no mercado imobiliário) para as intervenções do artigo 9º da Operação, que inclui a construção da ponte. Veja esta e outras matérias em nosso portal: www.folhanoroeste.com

05


06

www.folhanoroeste.com

LAPA

2ª Quinzena de Maio 2018

REGIONAL

JARAGUÁ

Iniciativa privada está de olho no Sorocabana Cies propõe reformar e gerir unidade hospitalar, fechada desde 2010, por meio de concessão por Cristina Braga Em encontro aberto à comunidade, realizado nas Faculdades Integradas Rio Branco, na Lapa de Baixo, no último dia 10, os secretários Wilson Pollara e Wilson Poit, das pastas de Saúde e Desestatização e Parcerias, respectivamente, explicaram que a Prefeitura de São Paulo decidiu acatar a proposta de manifestação de interesse privado (MIP) para a reforma e gestão do Hospital Sorocabana pelo Cies Global (Centro de Integração de Educação e Saúde), que já possui parceria com governo municipal no “Hora Certa Móvel”. Construído na década de 1950 pela Associação dos Ferroviários Sorocabana, o hospital funcionou na Lapa até ser fechado em 2010. Em 2016, na gestão de Fernando Haddad (PT), o Governo do Estado concedeu, por 20 anos, permissão de uso ao Município – a título gratuito, via decreto nº 61.902. Para Wilson Pollara, a melhor parceria ainda é a filantropia. Como exemplo, elencou o plano da Santa Casa Sustentável, que tem convênio com o SUS (Sistema Único de Saúde) e também atende pacientes particulares.

“Dívidas, restrições e burocracia fizeram com que o hospital fechasse as portas. Estimo que, para fazer uma reforma, giraria em torno de R$ 40 milhões. Isso sem pensar na modernização de sua infraestrutura. E hoje a Prefeitura de São Paulo não conta com essa verba.” Pela proposta, a gestão do Cies ficaria dividida, durante 17 anos, em 60% para atendimento ao SUS e 40% para convênios particulares, além da reforma. “É um modelo que concede o prédio, e a organização recebe pela tabela do SUS. A Prefeitura, nesse caso, entra com os recursos para cobrir o restante”, definiu o secretário Wilson Pollara. Em paralelo, ainda devem ser feitas a regulamentação da propriedade do imóvel, que ainda está com a Associação dos Ferroviários - já que não houve trânsito em julgado da ação de reintegração de posse -, a consulta pública do edital, a articulação do instrumento que confere segurança jurídica à concessão e a abertura da licitação. A Prefeitura aguarda, também, outras propostas para formalizar uma parceria no Sorocabana. Veja esta e outras matérias em nosso portal: www.folhanoroeste.com

REGIONAL

Ocupação de terreno no Jaraguá modifica rotina do bairro MTST luta por moradia; invasão começou no final de abril por Cristina Braga Depois do incêndio que levou ao desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida, localizado no Largo do Paissandu, no centro de São Paulo, no dia 1 de maio, chama a atenção da opinião pública o número considerável de imóveis abandonados na região, que acabaram sendo ocupados por movimentos de luta por moradia. Ao todo, há 70 imóveis nessa situação. Nas franjas da cidade, como no caso do Jaraguá - que possui grandes extensões de área verde -, a ocupação ocorreu na madrugada do dia 27 de abril, em particular na Estrada do Corredor, 219, em frente ao Shopping Cantareira. Estima-se que 400 barracas de lona e madeira foram erguidas no local. Panfletos circularam no bairro convocando a comunidade a participar desta “nova ocupação”, liderada pelo Movimento dos Tra-

balhadores Sem Teto (MTST), que luta pelo direito à moradia em todo o país. Segundo moradores do entorno, a ocupação conta com luz elétrica, mas já tumultuou a avenida e a rotina do bairro. Anselmo de Oliveira Alves, da Associação de Moradores Rinaldo Rivetti, que representa os moradores de um conjunto habitacional de 290 famílias, sentiu-se surpreso com a ocupação da área, já que era cercada e vigiada. “Não temos capacidade técnica para julgar os fatos, mas estamos preocupados com a grande movimentação de pessoas estranhas, carros e motos. Tudo isso está causando um grande transtorno na região”, contou. A Folha Noroeste tentou contato com o advogado da proprietária do terreno, mas até o fechamento desta edição não obteve retorno da empresa. Veja esta e outras matérias em nosso portal: www.folhanoroeste.com

Você e seu Pet felizes, agora em dois locais de fácil acesso Busque na sua memória. Quem você conhece que não tem ou se dedica a um bichinho de estimação? Cada vez mais as famílias trazem para dentro do lar um animalzinho para Amar. Para cuidar de algo tão importante para você, um pet shop se destaca na região noroeste pelo atendimento e atenção dedicada aos animais de estimação: é a Pet Park. Com o sistema Leva e Traz, o cliente não precisa se preocupar com o deslocamento do seu bichinho. Na Pet Park os horários se encaixam no seu tempo, para que você não altere a sua rotina. Todos os produtos têm alto padrão de qualidade. A Pet Park conta com profissionais altamente qua-

lificados e treinados. Afinal, não dá para deixar seu animal de estimação em lugar que não inspira confiança? Se a sua semana estiver super corrida e sobrou apenas o sábado para cuidar do seu animal de estimação, a Pet Park conta agora com a mesma equipe que atua durante a semana. A diferença é que aos sábados o horário é estendido e diferencia-

Unidade 1 – Rua Luis Elias Attiê, 346 - São Domingos - Tel.: 2528-5971 Unidade 2 – Av. Mutinga, 1630 - Pirituba (Nova Loja) - Tel.: 3903-5516

do para a sua comodidade: das 9h às 17h. Faça uma visita a Pet Park, uma oportunidade para você conhecer o ambiente que seu pet será tratado. Conheça as promoções que a Pet Park pode oferecer. Rações, farmácia, acessórios e muito mais em dois locais de fácil acesso na região Noroeste: Parque São Domingos e a nova loja da Avenida Mutinga.

www.petparkonline.com.br


08

www.folhanoroeste.com

FREGUESIA DO Ó

2ª Quinzena de Maio 2018

ESPORTE

Biblioteca na Freguesia do Ó sedia projeto de capoeira Capoeira Camarada oferece aulas gratuitas para crianças, jovens e adultos no espaço Afonso Schmidt por Cristina Braga O contramestre de capoeira Sonyc nasceu na Vila Penteado e foi ali que fundou, há 16 anos, o Espaço Capoeira e Cia - um centro de formação continuada para capoeiristas, tendo recebido este ano mestres de outros países para ministrar workshops. “As aulas de capoeira eram, inicialmente, para crianças da favela onde morei também.” Depois disso, a iniciativa se expandiu, tanto que, há dois anos, a Biblioteca Afonso Schmidt sedia aulas gratuitas em dois projetos coordenados por ele: o Camarada, para crianças a partir de oito anos, e o Camaradinha, na faixa etária de três a sete anos. Sonyc tem mestrado em Educação pela Universidade de São Paulo (USP), além de ser pedagogo, especialista em Educação Física Escolar e História - Cultura Africana e Afro-brasileira, e coordenador dos núcleos da Cia. Capoeira no Estado de São Paulo. Mas ele não parou por aí: já publicou três livros sobre Capoeira e Educação (todos disponíveis

na Biblioteca) e ministra cursos, palestras e workshops em diversas partes do Brasil. Para o contramestre, a capoeira é uma ferramenta que vai além da prática corporal e pode, sim, transformar vidas. “Ela ensina a ver a vida com outro olhar, mais positivo, como numa roda, onde caímos e levantamos. Já os benefícios para a saúde são força, equilíbrio e resistência muscular”, define. No dia 20 de maio, às 10h, haverá troca de graduações e celebração de 16 anos da entidade, com a participação de capoeiristas renomados que atuam em diversas partes do mundo. A entrada é franca. Abertas ao público – de crianças a adultos –, as aulas do projeto Capoeira Camarada acontecem todos os sábados, das 14h às 15h30, para praticantes com idade a partir de três anos, e domingos, das 10h às 11h30, para capoeiristas com oito anos ou mais. A Biblioteca Afonso Schmidt fica na Rua Elísio Teixeira Leite, 1470. Veja esta e outras matérias em nosso portal: www.folhanoroeste.com


10

www.folhanoroeste.com

LAPA

2ª Quinzena de Maio 2018

EDUCAÇÃO

Diretor das Faculdades Rio Branco fala de integração social na comunidade Alexandre Uehara aborda assuntos como suicídio de jovens e fake news em entrevista à Folha Noroeste por Cristina Braga Há cinco anos na direção das Faculdades Integradas Rio Branco - hoje com unidades nos bairros da Lapa e Granja Vianna -, Alexandre Uehara foi convidado pela Folha Noroeste para conversar sobre temas importantes e atuais, como política, comportamento e ensino brasileiro. Já em vídeo, a entrevista abordou o papel do judiciário, a interação com o bairro e as relações com a mídia. “O Supremo Tribunal Federal era, até então, desconhecido para o grande público, e a brincadeira que se faz hoje é que as pessoas conhecem mais os membros do STF do que a escalação da seleção brasileira às vésperas de iniciar a Copa do Mundo. A sociedade está mais participativa”, destaca o diretor. No campo estudantil, o debate sobre a política brasileira tornou-se ainda mais frequente. Uehara contextualizou a situação apontando que “no mundo de hoje, existe a polarização dos [estudantes] que aceitam e dos que são contrários, um verdadeiro caldo cultural. Mas é preciso avaliar a participação e conscientização desses jovens na vida política”. Além de Direito e Relações Internacionais,

as Faculdades Rio Branco também oferecem o curso de jornalismo. Na área da comunicação, o tema “fake news” - notícias falsas propagadas e evidenciadas nas redes sociais – dominou o bate-papo. Uehara afirma que é uma discussão importante para os professores no sentido de distinguir entre a liberdade de opinião e a fundamentação da notícia. “Precisamos buscar embasamento e ter espírito crítico. É o que dialogamos sempre com os alunos”, diz.

Pressão e estresse

Algumas pesquisas apontam um aumento angustiante no número de suicídios, em especial na faixa etária de 10 a 19 anos, sendo a segunda causa de morte entre os jovens. Sobre este tema, Uehara credita a alta taxa a fatores como pressão familiar, falta de diálogo e competição no mercado de trabalho. O diretor ainda destacou as ações sociais que os alunos realizam dentro da instituição. É o caso do trabalho voluntário desenvolvido com a comunidade, intitulado “dia diferente”. Confira a entrevista completa em www.folhanoroeste.com. Veja esta e outras matérias em nosso portal: www.folhanoroeste.com


www.folhanoroeste.com

2ª Quinzena de Maio 2018

Gastronomia [Acontece] PIRITUBA Festa Junina para Pets reúne comidinhas típicas e solidariedade O Quintau Pet realiza uma festa junina para lá de “especiau-au”. Além de diversas empresas pets, comidinhas típicas, brindes e sorteios, o pet shop - que também é hotel, creche e hospital veterinário - irá realizar um mutirão de doação de sangue canino. Para tornar-se doador, o cachorro passará por uma consulta e, em seguida, serão realizados doze diferentes tipos de exames de sangue sem custo ao proprietário. Assim, os donos e seus cães poderão ajudar outros animais e, de quebra, se divertir um bocado. Os interessados devem entrar em contato com o pet shop para agendamento. Quando: 9 de junho, sábado, das 9h às 18h. Quanto: entrada gratuita. Onde: Quintau Pet, na Rua Brigadeiro Henrique Fontenelle, 355 - Pq. São Domingos.

[Acontece] FREGUESIA DO Ó Feira de Artes e Gastronomia agita o bairro em junho Em comemoração à Semana do Meio Ambiente, a Freguesia do Ó recebe no segundo fim de semana de junho, dias 9 e 10, a Feira de Artes e Gastronomia do bairro. Além de diversos expositores de artesanato, o evento contará com muita gastronomia, food trucks e música ao vivo. Hambúrgueres, cervejas artesanais e comidas orientais não irão faltar. O espaço é pet friendly e aberto a todos. Sendo assim, não deixe de curtir a programação entre família e amigos, seja durante o dia ou à noite. O evento tem apoio da Prefeitura Regional Freguesia do Ó/Brasilândia, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Polícia Militar e Guarda Civil Metropolitana (GCM). Quando: dias 9 e 10 de junho, das 11h às 22h. Quanto: entrada gratuita. Onde: Rua Simão Velho – Vila Albertina (próximo à Avenida Miguel Conejo).

[Acontece] PIRITUBA Filosofia de Santo Agostinho chega à Biblioteca Brito Broca “Inquieto coração” é um espetáculo solo, cuja fonte de inspiração são as reflexões filosóficas de Santo Agostinho sobre os mais variados temas: o conhecimento de Deus, a busca da verdade, a natureza do amor e a condição humana. O espetáculo, que completa dez anos em 2018, estreou no Rio de Janeiro, tendo realizado temporada em São Paulo e turnês por diversas cidades brasileiras. Quando: 26 de maio, sábado, às 14h. Quanto: grátis. Onde: Biblioteca Brito Broca, na Avenida Mutinga, 1425 - Pirituba.

[Acontece] POMPEIA História de Bibi Ferreira chega ao Teatro Bradesco Bibi Ferreira, uma das maiores cantoras brasileiras, teve sua vida transferida para o teatro. De autoria de Artur Xexéo e Luanna Guimarães, o espetáculo “Bibi – Uma Vida em Musical” é dirigido por Tadeu Aguiar, com direção musical de Tony Lucchesi. Na peça, os primeiros passos da artista nos palcos entram em cena, assim como sua vida pessoal. Quando: até 1° de junho - todas as quintas (19h), sextas (21h), sábados (21h) e domingos (20h30). Quanto: de R$ 75 a R$ 150 (valores de inteira). Onde: Teatro Bradesco, no 3° piso do Bourbon Shopping, localizado na Rua Palestra Itália, 500 - Pompeia.

[Acontece] PERDIZES Jô Soares estreia “A Noite de 16 de Janeiro” José Eugênio Soares, mais conhecido como Jô, está de volta aos palcos. O hiato, que vinha desde 2007, foi quebrado com a peça “A Noite de 16 de janeiro”. A trama policial se passa em 1934, durante o julgamento de Andrea Karen, que é acusada de assassinar o empresário Bjorn Faulkner – de quem era amante e secretária. Cabe à plateia decidir se a moça é culpada ou inocente. Quando: até 26 de agosto – sextas, às 21h30; sábados, às 21h; e domingos, às 19h. Quanto: R$ 100 (inteira), R$ 50 (meia-entrada) e R$ 20 para alunos e professores da PUC-SP. Onde: Teatro TUCA, na Rua Monte Alegre, 1024 - Perdizes.

Veja outras receitas em nosso portal www.folhanoroeste.com; clique em gastronomia

Cardápio para um almoço especial Aprenda a preparar duas receitas simples para animar sua refeição BATATAS AO MURRO COM ALECRIM Ingredientes 1/2 kg de batatas 3 colheres (sopa) de sal grosso 4 colheres (sopa) de azeite 2 litros de água Alecrim a gosto

Modo de preparo Lave bem em água corrente as batatas com casca. Em seguida, coloque em um recipiente juntamente com 2 litros de água. Leve ao fogo médio e deixe cozinhar por cerca de 20 minutos. Escorra as batatas e, depois de esfriar, dê um murro em cada uma delas, para deixá-las

ligeiramente achatadas e abertas. Numa fôrma, espalhe uma porção de sal grosso e disponha as batatas. Polvilhe com sal e alecrim, regue com azeite e cubra com o papel alumínio. Ao final, leve ao forno, previamente aquecido a 180 graus, por 15 minutos.

PUDIM DE IOGURTE Ingredientes Pudim 4 potes de iogurte grego 1 caixa de creme de leite 2 latas de leite condensado Calda de morango 3 xícaras (chá) de morangos cortados em 4 partes 1/2 xícara (chá) de açúcar cristal 1/4 xícara (chá) de suco de limão 1/2 colher (sopa) de amido de milho

Modo de preparo Pudim: Num liquidificador, coloque quatro potes de iogurte grego, uma caixa de creme de leite, duas latas de leite condensado e bata bem, por mais ou menos 5 minutos, até formar uma mistura homogênea. Transfira a mistura para uma fôrma de pudim com 20 cm de diâmetro, untada com óleo, e leve ao forno médio, preaquecido a 180 graus, em banho-maria por cerca de 40 minutos. Retire do forno e deixe esfriar. Depois, desenforme delicadamente e leve para gelar. Sirva em seguida com a calda.

Calda: Numa panela, coloque os morangos cortados, o açúcar cristal e leve ao fogo médio, até cozinhar, por mais ou menos 5 minutos. Adicione o suco de limão e o amido de milho, misture e deixe engrossar por 3 minutos. Retire do fogo e deixe esfriar. Utilize em seguida.

Dica do chef Prefira batatas próprias para fritar – e sempre as menores. Já no pudim, utilize a calda com a fruta de sua preferência ou caramelo.

Fotos: Reprodução

NO

12


2ÂŞ Quinzena de Maio 2018

www.folhanoroeste.com

13


14

www.folhanoroeste.com

Fale conosco

e-mails do leitor

Envie sua demanda para jornalismo@folhanoroeste.com.br ou via WhatsApp (9 9997-1947) com as seguintes informações: nome completo, telefone e endereço.

Folha Noroeste flagra buracos na região do Parque São Domingos Prefeitura responsável pelo bairro afirma ter resolvido os problemas nos endereços citados Durante passagem pelo Parque São Domingos, a Redação da Folha Noroeste flagrou diversos buracos pelo bairro. Alguns, inclusive, são bem perigosos para os veículos que por ali trafegam. Entre os flagras mais graves, estão os buracos das ruas Dona Herminda Borda Attuy, 29, e Pedro Sernagiotti, 17.

Viaduto na Vila Jaguara No pontilhão da passagem subterrânea localizada na Vila Jaguara (sob a Rodovia Anhanguera), que liga as avenidas Cândido Portinari e Elísio Cordeiro de Siqueira, o acesso para pedestres encontra-se em péssimas condições. Grades quebradas, calçada cheia de buracos, mato e lixo, iluminação péssima, fios muito baixos, rompidos e pendurados na altura dos usuários, fora o cheiro insuportável de esgoto a céu aberto. Utilizo o local diariamente há mais de dois anos, e nada de melhorias. Na verdade, essa situação só piora com o tempo. Aguardo providências! Naiana MV

Resposta Assessoria de Imprensa Prefeitura Regional Lapa A Prefeitura Regional Lapa informa que, em vistoria realizada no local, constatou parte dos problemas citados. Já efetuamos a troca das grelhas do asfalto que estavam danificadas. Também está programada a limpeza no endereço para a próxima semana. Já sobre os reparos na iluminação,

2ª Quinzena de Maio 2018

A Prefeitura Regional Pirituba/Jaraguá atendeu às solicitações do jornal e afirmou ter realizado os serviços nos locais citados. Com isso, os dois buracos foram tapados. Vale lembrar que, segundo pesquisa realizada pela Folha Noroeste em setembro de 2017, 70% das denúncias enviadas pe-

é importante ressaltar que executamos constantemente os serviços. Porém, devido à ação de vândalos, o problema sempre volta. Mesmo assim, colocaremos a demanda em nossa programação.

Matagal bloqueia passagem de pedestres Está um desleixo na Rua Ambrósia do México, em frente à ETEC Prof. Dra. Doroti Quiomi Kanashiro Toyohara, em Pirituba. Há um matagal enorme cobrindo o passeio público. Isso sem falar na sujeira que toma conta do local. Nilson Carletti

Resposta Assessoria Prefeitura Regional Pirituba/Jaraguá A Prefeitura Regional Pirituba/Jaraguá informa que a limpeza no referido local foi programada para o mês de maio.

Galhos alcançam fios de alta tensão Na Rua Paúva, entre os números 307 e 316, no bairro da Vila Jaguara, há uma árvore com folhas grandes que invadem nossos telhados.

los leitores do jornal são sobre situações de parques, praças, buracos e trânsito. Os leitores que desejarem denunciar problemas em seus bairros podem enviar suas demandas para emaildoleitor@folhanoroeste.com.br ou pelo Whatssapp, através do número (11) 99997-1947.

Esses galhos enormes já atingiram os fios de alta tensão. Minha vizinha já reclamou com a Prefeitura de São Paulo e a Eletropaulo. Temos vários protocolos. Queremos apenas que cortem os galhos que estão nos prejudicando, já que há risco de caírem e acabarem com os telhados. Porém, até agora, nada foi feito – nem atendem no telefone 156. *O leitor não quis se identificar

Resposta Assessoria de Imprensa Prefeitura Regional Lapa A árvore em questão será avaliada pelo engenheiro agrônomo da regional na próxima semana. Se constatada a necessidade de intervenção, serão tomadas as medidas necessárias.

Sacos de lixo largados na rua Na Rua Francisco Glicério de Freitas, 117, na Vila Jaguara, foram deixados sacos amarelos identificados com o nome da empresa “Inova”, que faz a varrição de folhas na cidade. Eles estão abandonados há mais de dois meses em frente a esse endereço, mas, até agora,

Classificados Econômicos PROJETOS  CONSTRUÇÕES E REFORMAS

Alvenaria, telhado, cobertura, calhas, elétrica, hidráulica, impermeabilização, revestimentos, pinturas, dedetização e acabamentos em geral. Mão de obra espec. em 6 x s/ juros. Orçamento sem compromisso. Tel. 3831-3074 / 96804-3685

CONSÓRCIO CONTEMPLADO

Crédito R$289.000,00 P/ comprar imóvel, reformar, construir e quitar saldo devedor - Entrada 32mil +Transferência de dívida (11) 96377-8721 – Particular

VENDO

• Marcenaria Completa c/ todo ferramental. Motivo: Saúde • Padaria em ótima localização, boa clientela, bom faturamento. Tratar c/ Nelson – Tel. 38349666/98609-4436

ALUGO SANTO ELIAS

• Casa 6 cômodos, quintal, 2 vgs. p/ casa repouso, creche, Escola. S/ escadas. R$ 3.000,00 + IPTU R$ 130,00. • Casa c/3 cômodos, qtal., lav., s/ gar. - R$ 950,00 (IPTU incl.). • Salão 160m2 c/trif. R$ 2.500,00 + IPTU R$ 300,00. • Salão 50m2 c/trif. R$ 1.200,00 + IPTU R$ 50,00. 99794-7362/997424009 – propr.

ninguém da Inova passou para recolhê-los. Observo que, além da rua citada, outras vias do bairro também estão com esses sacos largados nas calçadas há um bom tempo. Na questão da varrição, os funcionários da empresa “Inova” não varrem todas as ruas da região. E, quando passam, geralmente é uma vez por mês. Na Rua Caetano de Vasconcelos, onde moro, eles nunca varreram. A minha sugestão é a seguinte: poderiam passar, pelo menos, duas vezes na semana varrendo todas as ruas e, uma vez por semana, recolhendo os sacos. *O leitor não quis se identificar

Resposta Assessoria de Imprensa Prefeitura Regional Lapa Os sacos de lixo foram recolhidos no dia 28/04, sábado. Já o responsável pela terceirizada da Prefeitura da São Paulo foi alertado sobre a demanda relatada pelo leitor. Ele ficou de verificar o problema no local e tomar as devidas providências.

Ponto de ônibus no Jardim Líbano No ponto final do Jardim Líbano, os ônibus estão estacionando em local inapropriado. Por favor, ajudem! Alexandre Mamede

Resposta Assessoria de Imprensa SPTrans Quanto ao estacionamento de coletivos no ponto final da linha 8677/10 Jd. Líbano – Largo do Paissandu, relatado pelo leitor Alexandre Mamede, a SPTrans enviou uma equipe de fiscalização ao local, que não constatou irregularidades. Ainda assim, o fiscal da empresa foi orientado a não permitir que os coletivos estacionem de forma inadequada. A fiscalização será mantida na região.


NO

2ÂŞ Quinzena de Maio 2018

ImĂłveis & Classificados

www.folhanoroeste.com

15


Folha Noroeste 235  

Versão digital do Jornal Folha Noroeste nº 235

Folha Noroeste 235  

Versão digital do Jornal Folha Noroeste nº 235

Advertisement