Issuu on Google+

GASTRONOMIA (PG. 22)

REGIONAL (PG. 20)

Culinária oriental: uma arte milenar que reúne sabor e perfeição

Lapeanos enfrentam sujeira e abandono na Toca da Onça

Cidade (PG. 10)

IPTU sobe em 2014 e sobrecarrega bairros da região noroeste Leopoldina, Perdizes e Lapa são alvo de aumentos abusivos, que beiram o teto de 20% Saúde (PG. 05)

Planos de saúde: cobertura básica ganha 87 novos procedimentos médicos

Confira duas opções práticas da tradicional receita de frango xadrez

Nor este www.folhanoroeste.com.br

Folha

Após reforma, passagem segue com problemas de iluminação, segurança e alagamentos

PompEia - Leopoldina - Lapa - Pirituba - Freguesia do Ó - Jaraguá

Ano VI - Nº 131 1ª quinzena Novembro 2013

Variedades (PG. 06)

Com estilo e bom preço, brechó é opção vantajosa para o consumidor

Entre as novidades está a oferta de 37 medicamentos para tratamento domiciliar contra câncer Cidade (PG. 14)

Prefeitura estuda extinguir 400 linhas de ônibus Itinerários longos serão substituídos por trajetos curtos com destino a corredores estruturais PG. 27 a 31

Imóveis & Classificados Mais de 100 oportunidades de negócios de imóveis

Diversidade de peças atrai cada vez mais seguidores, que buscam criar seu próprio visual


02

www.folhanoroeste.com.br

1ª Quinzena de Novembro 2013 Editorial

Expediente Diretor Responsável

Edson Vieira

Departamento Comercial

Ricardo Lobo

Jornalista Responsável

Ronald Gimenez - MTB 23.373 Editora e Redatora

Priscila Perez

Jornalista e Redator

Anderson Silva

Administrativo/Financeiro

Rosângela Códolo Franco

Diagramação

Dorival Lopes Júnior

Impressão:

S.A. O Estado de São Paulo (Tel: 3856-2424/2401) Tiragem:

90.000 exemplares Tels: (11) 3904-7081 Comercial: 3902-2747 / 3904-7085 Site: www.folhanoroeste.com.br e-mail: contato@folhanoroeste.com.br Curta nossa página www.facebook.com/folha.noroeste Artigos assinados são de responsabilidade de seus autores.

ALÉM DA IMPUNIDADE

J

á deu. Passou do limite. Arrebentou a tampa. Não é possível tolerar o modelo de manifestações que está sendo imposto ao cidadão de bem. A gigantesca maioria silenciosa continua assistindo o descaso das autoridades com a onda de impunidade que toma conta da Grande São Paulo. Quero falar apenas da nossa realidade, apesar do fenômeno ser nacional. Os fatos ocorridos na Zona Norte no dia 28/10 mostram como somos reféns desses bandidos. “Motivados” por uma tragédia, que envolvia a morte de um garoto de 17 anos, atingido por um PM, aparentemente de maneira acidental, os criminosos resolveram apavorar a região de Vila Galvão, Jaçanã e Vila Medeiros. Além de impor o fechamento do comércio, resolveram saquear lojas e destruir o patrimônio

Ronald Gimenez é jornalista e editor-chefe da Rádio SulAmérica Trânsito ronald.gimenez@terra.com.br público e privado. Não contentes, invadiram a Rodovia Fernão Dias e proporcionaram um dos piores espetáculos das últimas décadas, incendiando carretas, ônibus, carros e, para chegarem ao ápice da petulância, roubaram e dirigiram na contramão um caminhão tanque, carregado com combustível. Enquanto tudo isso acontecia, a Polícia Militar assistia. A Polícia Rodoviária Federal, com pouquíssimos integrantes, apenas observava. Em que tempo chegamos? Manifestações com violência têm sido tratadas com extremo distanciamento dos órgãos de segurança. O que está acontecendo com a inteligência da Polícia Militar de São Paulo? Será uma ordem superior? Não querem se meter em confusão num ano pré-eleitoral? O povo já está

cansado de observar a tomada das ruas sem que haja qualquer controle. Além de situações como essa da Zona Norte, a ocupação de Avenidas e Rodovias se tornou prática comum, qualquer que seja o fator de motivação. Nessa mesma semana trágica, 20 pessoas fecharam a Raposo Tavares, sabe-se lá o motivo. É muita conversa para pouca atitude. A cada dia que passa há mais bandidos infiltrados em movimentos e, proporcionalmente, menos solução enérgica da Polícia. Essa corporação não está levando adiante os valores básicos estabelecidos pela sua importante história. Está lá no site da PM: “Nossa missão é Proteger as pessoas; Fazer cumprir as leis; Combater o crime e Preservar a ordem pública”. Alô Polícia Militar do Estado de São Paulo, faça isso, por favor.


www.folhanoroeste.com.br

1ª Quinzena de Novembro 2013

CONEXÃO NOROESTE – VEREADOR ELISEU GABRIEL

Eliseu Gabriel E-mail: vereador@eliseugabriel.com.br

Sempre junto com a comunidade! Eliseu Gabriel prestigia a VILA PIAUÍ

A Festa das Nações 2013 foi realizada na Vila Piauí, nos dias 19 e 20 de outubro. A tradicional festa contou com o apoio do Secretário vereador Eliseu Gabriel, prestigiando a região.

Mais conquistas: FESTA DA CIDADANIA NO CITY JARAGUÁ

No dia 20 de outubro (domingo) foi realizado o Dia da Cidadania, no Conjunto Habitacional City Jaraguá, que teve o apoio também do Secretário Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo, vereador Eliseu Gabriel. O evento contou com diversas bandas e grupos musicais, além da participação do CAT Móvel (Centro de Apoio ao Trabalho), disponibilizando diversos serviços, acesso a vagas de emprego, formalização para microempreendedores e emissão de carteira de trabalho.

NO JARAGUÁ

DIA DAS CRIANÇAS EM PERUS

O Condomínio Jardim das Orquídeas, no Jaraguá, contou com o apoio do Secretário vereador Eliseu Gabriel para o capeamento de suas ruas.

SANTA MÔNICA O Secretário vereador Eliseu Gabriel marcou presença e apoiou também na Festa do Dia das Crianças, em Perus, no dia 12 de outubro (domingo). Estiveram presentes cerca de 650 crianças. Já os adultos contaram com todos os serviços da unidade móvel do CAT (Centro de Apoio ao Trabalho) da Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo.

Mais uma vitória: Recolocação de lombada na Av. Santa Mônica

Informe Publicitário

04


1ª Quinzena de Novembro 2013

www.folhanoroeste.com.br

Acontece

Planos de saúde vão cobrir 87 novos procedimentos médicos a partir de 2014

Sessão solene marca o 423º aniversário da Lapa Homenagem dedicada às personalidades do bairro Coronel Telhada ao lado do subprefeito foi realizada no auditório do Colégio Santo Ivo, no dia da Lapa, Ricardo Pradas 11 de outubro. Entre as figuras de destaque estão o subprefeito Ricardo Airut Pradas e diversas entidades lapeanas, como a Distrital Lapa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), o Conselho Comunitário de Segurança - Conseg Lapa e a Subseção Lapa da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Lapa). Vale lembrar que o aniversário do bairro é comemorado oficialmente no dia 12 de outubro. Curiosidade: a Lapa abrigou, desde o princípio, famílias de diversas nacionalidades, como franceses, espanhóis e italianos. Contudo, foram os italianos que caracterizaram e impulsionaram o distrito.

Além de cirurgias e exames diferenciados, a nova lista da ANS inclui a oferta de medicamentos para câncer

Tratamento de câncer

Com a medida, as operadoras passarão a oferecer tratamentos para os cânceres que mais atingem a população, como os de estômago, fígado, intestino, rim, testículo, mama, útero e ovário, por meio de medicamentos orais, que poderão ser ministrados em casa. “Medicamentos e procedimentos de assistência farmacêutica fora do hospital não eram obrigatórios. É uma mudança de paradigma”, afirma o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Foto: Divulgação

A

partir de janeiro de 2014, os usuários de planos de saúde terão direito a utilizar 87 novos procedimentos médicos. A nova lista divulgada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) inclui no rol básico de cobertura 37 medicamentos orais para tratamento domiciliar contra diferentes tipos de câncer e 50 tipos de procedimentos, entre exames, consultas e cirurgias. As adições são válidas para beneficiários de planos de saúde individuais e coletivos. De acordo com a ANS, a ação beneficiará mais de 42 milhões de consumidores de planos de assistência médica e odontológicos.

Exames e medicamentos

As operadoras também deverão cobrir consultas com fisioterapeutas; tratamento de dores crônicas nas costas; bolsas coletoras para pacientes ostomizados e seus respectivos equipamentos de segurança; cirurgias por videolaparoscopia, que são menos invasivas; além do exame Pet Scan – indicado para o diagnóstico de câncer. Entre as novidades para os planos odontológicos estão o teste que analisa a acidez da saliva e a cirurgia na gengiva que facilita a higienização bucal. Para mais informações acesse www.ans.gov.br Veja esta e outras matérias em nosso portal: www.folhanoroeste.com.br

Lapa Foto: Divulgação

Saúde | Por Gabriel Cabral

17 05


06

www.folhanoroeste.com.br

1ª Quinzena de Novembro 2013

Variedades

Confira a matéria na íntegra e fotos exclusivas em nosso portal www.folhanoroeste.com.br

Por Grace Kelly Teixeira

Comprar em brechó requer estilo, além de ser barato e um barato

N

os anos 70, a ousada Maysa Monjardim se espelhou na Europa para abrir o primeiro brechó no Brasil. Conta-se que a cantora vendia roupas, sapatos, bolsas e acessórios dela e dos amigos. No entanto, apesar da iniciativa, a moda só pegou por aqui bem mais tarde. De lá para cá, os brechós tornaram-se comuns e cada vez mais segmentados. Hoje, existem comércios de segunda mão para todos os gostos e bolsos: há aqueles de desova do armário e outros que vendem roupas atuais, fornecidas por consumidoras que desgostam rápido do produto. Esses, aliás, são bons para quem quer renovar o visual e gastar pouco. Na época de Maysa, comprar em brechó era motivo de chacota e preconceito, pois significava queda de poder aquisitivo. Já nos dias atuais, o segmento tornou-se uma questão cultural, que envolve estilo e consciência de que é possível comprar peças boas, de segunda mão, a um preço menor. E os brasileiros, assim como os americanos, sabem disso. Também há questões como preservar o passado, colocar em prática o conceito de sustentabilidade e mostrar, através de roupas diferenciadas, a personalidade de cada um.

Limpando o guarda-roupa

Por inúmeros motivos as pessoas eliminam de seus guarda-roupas peças que não as agradam mais. Feita a limpa, é hora de comercializar os desapegos: tem quem ganhe dinheiro com o descarte, quem se solidarize doando peças, têm os que reciclam e aqueles que querem, simplesmente, se diferenciar em meio à multidão e transformam a prática em negócio. O mercado evoluiu tanto que, nos dias atuais, temos até brechós virtuais. É muito

Foto: Grace Kelly Teixeira

Tendência valoriza o dinheiro do consumidor, que compra bem e compõe seu próprio estilo

Peças antigas também podem renovar a estética de ambientes

simples: as peças são fotografadas, expostas O museu da moda e, assim que surge um comprador, seja ele O brechó “Minha Avó Tinha”, localizade qualquer parte do mundo, o pagamento do na Rua Itapicuru, em Perdizes, é um bom é feito e o produto despachado por correio. exemplo de diversidade. O comércio ganhou Com a moda de brechós vida em 1992 como antiquáem alta, o preconceito tamrio e, com o passar dos anos, bém diminuiu. Celebridades se especializou também em pelo mundo fazem pose para roupas vintage – que reprerevistas, exibindo “looks” sentam o melhor de cada que refletem o estilo de ou- “Quem compra década. “Buscamos trabatras épocas. Isso contribui, e lhar com peças dos anos 90 em brechós tem muito, para expandir o mopara trás. Em nosso acervo vimento pró-reutilização de estilo, gosta de temos acessórios como brinroupas. A atriz Julia Roberts, moda e quer ter cos, óculos, cintos e sapatos. por exemplo, já recebeu um Trabalhamos também com Oscar trajando um Valentino um diferencial” vestidos de festas, camisode segunda mão. las, conjuntos e tudo que (Franz Ambrósio)

possa ter dentro de uma casa”, explica Franz Ambrósio, proprietário do brechó. Ele acrescenta que, na parte de antiquário, só negocia peças antigas, dos anos 50 para trás. Ou seja, é realizada uma curadoria de compra. “Não é simplesmente comprar qualquer peça. Não basta ser usada, tem que ser antiga, estar conservada e ter um estilo que nos represente. Assim, quando alguém olhar o item, em qualquer lugar que seja, reconhecerá que veio do “Minha Avó Tinha”, conclui Ambrósio. Além disso, o brechó trabalha com peças raras, como sapatos, bijuterias e perucas, que são apenas alugadas. Os nichos de compras variam entre bazares de caridade, outros brechós e pessoas que vão até a loja oferecer determinados produtos. “Sempre avaliamos a peça, não compro por lote”, conta o proprietário. Segundo ele, todo o produto que entra na loja é lavado e/ou higienizado, identificado e demarcado com o preço médio de mercado. Por conta disso, o custo é diferenciado. Vestidos vintage, por exemplo, podem valer de R$ 45 a R$ 120 no local. Estilistas também apostam no retorno ao passado. Com isso, as passarelas ganham uma cara nova com base em “looks” antigos. Acredita-se que hoje não há novas tendências, mas uma releitura do que já foi usado em décadas anteriores. Por isso, é importante ficar atento às peças de roupas que ocupam o guarda-roupa da vovó e montar o seu próprio estilo, mesclando peças antigas e novas.


1ÂŞ Quinzena de Novembro 2013

www.folhanoroeste.com.br

17 07


www.folhanoroeste.com.br

1ª Quinzena de Novembro 2013

AMBIENTE | Grace Kelly Teixeira e Priscila Perez

Piritubanos dão exemplo de cidadania com adoção de praça Foto: Edson Vieira

Iniciativa é realizada na Praça Jaime Pinheiro de Ulhoa Cintra

A

Praça Jaime Pinheiro de Ulhoa Cintra, em Pirituba, virou sinônimo de união entre os moradores do entorno, que tomaram para si a responsabilidade de manter a área conservada. A iniciativa conta com o apoio da Subprefeitura Pirituba/Jaraguá, que comprometeu-se a realizar, periodicamente, as podas no local. O resultado é uma praça arborizada e muito bem cuidada. “Estou há três anos nesta praça. Plantei a maioria das plantas existentes aqui, desde orquídeas até árvores frutíferas”, conta Elias

Ramos, morador da Chácara Inglesa que voluntariamente realiza a manutenção do local. Segundo ele, mais de 17 espécies de pássaros passaram a frequentar a área após a revitalização. “A nossa praça sempre teve muitas árvores, mas nós achamos que faltava um pouco de beleza”, completa Dilce Penha Campos, que também ajuda na preservação da praça. Além de proteger o endereço contra atos de vandalismo, a dupla enfrenta outro desafio: o de conscientizar os proprietários de cães sobre a importância de recolher os dejetos de seus bichos de estimação, como prevê a lei.“Várias pessoas passam por aqui e deixam os dejetos dos cachorros na praça. Eu tento conversar, mas não tem jeito”, finaliza Ramos, que reitera a necessidade de deixar o endereço “limpo e bonito”. Veja esta e outras matérias em nosso portal: www.folhanoroeste.com.br

Acontece

Lapa

Teatro Cacilda Becker apresenta a peça “Tão pesado quanto o céu” O espetáculo baseado no texto de Ricardo Inhan retrata, de forma fragmentada e telegráfica, o encontro de dois homens em um ponto de ônibus. Entediados, ambos esperam que algo espetacular aconteça em suas vidas enquanto assistem à dança dos pássaros nos fios de tensão elétrica. A narrativa, que beira à fábula, é inspirada em HQs, com cenário simples e ritmo acelerado. QUANDO: até 24 de novembro – sextas e sábados às 21 horas/domingos às 19h. QUANTO: R$ 10. ONDE: Teatro Cacilda Becker/ Rua Tito, 295 – Lapa.

Foto: Divulgação

08


10

www.folhanoroeste.com.br

1ª Quinzena de Novembro 2013

cidade | Gabriel Cabral

Bairros valorizados mantêm severo reajuste do IPTU após renegociação Perdizes, Lapa e Leopoldina sofrerão novos reajustes nos próximos anos

A

pós forte pressão popular e parlamentar, o prefeito Fernando Haddad (PT) reduziu os tetos de reajustes do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) de 2014, que foram fixados em 20% para imóveis residenciais e 35% para comerciais e industriais. Apesar da diminuição, o imposto ainda será um duro golpe em algumas regiões. Entre os bairros que já podem esperar reajustes drásticos estão: Perdizes (19%), Lapa (17,5%) e Vila Leopoldina (15,4%). No distrito de Jaraguá, a alta tributária foi reduzida de 14,08% para 12,5%. Freguesia do Ó, São Domingos, Jaguara e Brasilândia tiveram uma queda que varia entre “um pouco mais” e “um pouco menos da metade”, com reajustes fixados em 1,2%; 6,6%; 8,5%; 2,7%, respectivamente. Pirituba foi o único bairro da região noroeste que, após a substituição da proposta, terá seu IPTU em queda. De acordo com a tabela divulgada pela Prefeitura de São Paulo, a região que concorre como sede da Expo 2020 receberá um desconto de 1,2%. Entretanto, o fato de haver um desconto não acarretará, necessariamente, uma queda real no valor informado no carnê que chegará à casa de cada cidadão, afinal, além desse valor, há outros números que são acrescidos no cálculo, como valor venal, padrão de construção e zona fiscal (macrorregião).

Próximos anos

Nos próximos anos continuarão havendo reajustes nos valores correspondentes a cada bairro, principalmente nos supervalorizados como Barra Funda, Perdizes, Lapa e Leopoldina, de acordo com a inflação. Essa é uma estratégia da Prefeitura para preencher o vazio de seu caixa “causado” pelo transporte.

Aprovado

A proposta foi aprovada no dia 29/10, por 29 votos a favor e 26 contra, e segue agora à sanção do prefeito Haddad.

Quem votou a favor do aumento? • PT: Alessandro Guedes, Alfredinho, Arselino Tatto, Jair Tatto, José Américo, Juliana Cardoso, Nabil Bonduki, Paulo Fiorilo, Reis, Senival Moura e Vavá. • PMDB: Calvo, George Hato, Nelo Rodolfo e Ricardo Nunes. • PTB: Conte Lopes, Marquito e Paulo Frange. • PSD: Souza Santos • Pros: Ari Friedenbach e Noemi Nonato • PRB: Atílio Francisco e Jean Madeira • PHS: Laércio Benko • DEM: Milton Leite • PCdoB: Orlando Silva • PP: Pastor Edmílson Chaves e Vadih Mutran • PV: Ricardo Teixeira Veja esta e outras matérias em nosso portal: www.folhanoroeste.com.br

IPTU PERVERSO A Associação Comercial de São Paulo juntamente com várias outras entidades representativas da classe empresarial e civil, tais como SEBRAE, FIESP, Federação do Comércio de São Paulo, Sindimóveis-SP, UGT – União Geral dos Trabalhadores, Fenabrave, Facesp, Federação de Serviços de São Paulo, ABRAV, Instituto para Desenvolvimento do Varejo-IDV, Sindicato dos Comerciários de São Paulo e Movimento Defenda São Paulo, reuniram-se na sede da ACSP nos dias 28 e 29 passados, para discussão do IPTU e acertarem um tremendo barulho na Câmara Municipal de São Paulo, no dia 30 de outubro, às 14h30, dia previamente designado para a segunda votação do polêmico projeto do Executivo a respeito do brutal aumento do imposto. Havia, sem dúvida alguma, muita probabilidade desse protesto mudar o pensamento de muitos vereadores e até reverter a primeira votação que resultou favorável ao aumento para 2014 em até 35% e 20% para imóveis não residencial e residencial, respectivamente. Ciente de que tal movimento com força total iria acontecer no dia 30, resolveram, de maneira sorrateira e desleal, antecipar a votação para o dia 29, terça-feira, na calada da noite, pegando a todos de surpresa quando acessaram aos noticiários na manhã seguinte. Não há argumento algum que justifique esse massacre ao cidadão e à classe empresarial. Quem paga o IPTU é o usuário do imóvel, independente de ser proprietário ou não, portanto, nem sempre é o “beneficiário” do

aumento do valor do imóvel. Esse quase confisco à propriedade não guarda qualquer coerência com o presente momento de desaceleração da atividade econômica e produtiva, principalmente se considerarmos as micro e pequenas empresas, tampouco corresponde com a renda das pessoas, sobretudo dos aposentados, cujo recebimento mensal não é suficiente para o seu sustento e da sua família, pagamento do plano de saúde e outros gastos necessários. Por tais dificuldades, muitos já tiveram que desenvolver uma atividade extra, e agora, com muito mais razão, terão de fazê-la para não ficarem inadimplentes com a Municipalidade, correndo o risco de perder o seu imóvel. Diante do golpe rasteiro na sociedade contributiva, só restou a via judicial para tentar reverter esse abuso, buscando a declaração da inconstitucionalidade desse aumento estapafúrdio e desnecessário. Acreditamos que ações para esse fim ocorrerão, inevitavelmente. Diante do acontecido, instruímos a todos verificarem no noticiário geral a lista dos vereadores que votaram a FAVOR e CONTRA a aprovação do desastroso projeto do Executivo Municipal, assim ficarão sabendo o que o seu vereador está fazendo por você.

Valnoy Pereira Paixão

Diretor superintendente Distrital Noroeste Rua Luis Braille, 08 Tel:. 3831-8454 / 3831-8336 / 3831-2369 E-mail: dnoroeste@acsp.com.br


Ensino

Espaço Canello Marques Feira Cultural Unidades I e III

N

o dia 19 de Outubro aconteceu a Feira Cultural e Científica dos alunos de 5º ao 9º ano e Ensino Médio. Os temas foram bem variados e muito abrangentes. Mais uma vez os alunos e toda a equipe CCM realizaram um lindo trabalho e o CCM comemora seus 10 anos com muito sucesso!

CCM sediou VI Olímpíada Mind Lab

N

o dia 26 de Outubro o CCM sediou a VI Olimpíada de Raciocínio Menteinovadora – Mind Lab Regionais 2013. Competiram 24 escolas no período da manhã e 17 no período da tarde. Participaram durante a manhã alunos de 4º ao 7º ano e à tarde de 8º e 9º ano. Parabéns aos alunos da equipe CCM, pois mesmo sendo composta por estudantes de 4º e 5º ano não se intimidaram com os alunos mais velhos e conquistaram o 3º lugar!

III Copa CCM de Voleibol

D

urante o mês de Outubro aconteceu a III Copa CCM de Voleibol. A participação dos alunos dentro e fora de quadra foi excepcional! Parabéns a todos os participantes, principalmente a equipe CCM por toda garra e dedicação!


“A Importância da Família na Vida Escolar do Aluno”

N

ão é de hoje que sabemos que a participação ativa dos pais na vida escolar dos filhos faz toda diferença. Essa participação começa em casa com o acompanhamento dos pais na rotina escolar dos filhos. A família deve demonstrar interesse pelo desenvolvimento social e intelectual que a escola proporciona à criança e ao adolescente. Os filhos, desde pequenos, aprendem com o exemplo dos pais e tendem a copiar modelos dados pelos adultos. Desta maneira, a escola só se torna importante para o aluno quando seus pais acreditam nesse valor também. No entanto, isso nem sempre é tão simples como parece. Nos tempos atuais de vida acelerada e cheia de afazeres, está cada vez mais difícil conseguir a tão necessária participação. E as justificativas para o fato são variadas, tais como: não lembrar mais do conteúdo, portanto, é difícil auxiliar nas tarefas de casa, a falta de tempo e de preparo para lidar com algumas questões que compreendem a educação dos filhos e a aquisição de conhecimentos dos mesmos. A escola, por sua vez, se desdobra para encontrar formas de atrair e obter a participação dos pais na vida escolar de seus filhos. Em diferentes situações, a presença dos pais na vida do filho é importante. Porém, a escola precisa do auxílio dos pais de maneira mais efetiva naquelas que tratam da aprendizagem e contribuem para o rendimento escolar. Quando os pais ficam inteirados da vida escolar de seus filhos e se comprometem com o acompanhamento destes, os resultados são sempre positivos. Esta participação deve ser constante e consciente. Torna-se necessária essa parceria, para o bem-estar do educando. Cuidar envolve o crescimento da criança em todos os sentidos. Para que este crescimento se efetive é necessário saber orientar para os estudos com dedicação, cooperação, cumplicidade e, principalmente, amor por parte de todos os responsáveis pelo processo. Os pais e educadores não podem perder de vista que, apesar das transformações pelas quais passa a família, esta continua sendo a primeira fonte de influência

no comportamento, nas emoções e na ética da criança. Nunca na escola se discutiu tanto quanto hoje assuntos como falta de limites, desrespeito na sala de aula e desmotivação dos alunos. Nunca se observou tantos professores cansados e, muitas vezes, doentes física e mentalmente. Nunca os sentimentos de impotência e frustração estiveram tão marcantemente e presentes no espaço escolar. Professores debatem formas de tentar superar todas essas dificuldades e conflitos, pois percebem que, se nada for feito, em breve não se conseguirá mais ensinar e educar. Entretanto, observa-se que, até o momento, essas discussões vêm sendo realizadas apenas dentro do âmbito da escola, basicamente, envolvendo direções, coordenações e grupos de professores. Em outras palavras a escola vem, gradativamente, assumindo a maior parte da responsabilidade pelas situações de conflito que nela são observadas. No entanto, é de suma importância a participação da família na vida escolar dos alunos. A contribuição da família beneficia tanto o aluno quanto a escola e os próprios professores. A criança, cuja família participa de forma mais direta no cotidiano escolar, apresenta um desempenho superior em relação àquela que os pais estão ausentes do processo educacional. Quando os pais conversam com o filho sobre o que acontece na escola, cobram dele e ao mesmo tempo orientam nos deveres de casa, passando para a criança, automaticamente, maior segurança em relação ao seu desenvolvimento intelectual. Esta aprenderá, ainda, a valorizar e respeitar o espaço escolar. O diálogo é insubstituível. A família deve conscientizar-se de seu papel como educadora e formadora do caráter das crianças e jovens. Dessa maneira é fundamental que a família empregue seu máximo esforço na formação dos filhos, pois assim contribuirá naturalmente para o encaminhamento dos jovens na vida social. Isto lhes dará oportunidade de crescer dotados de segurança, formação moral, ética e intelectual. O apoio da família gera uma base sólida para a convivência no âmbito escolar

do aluno, que se vê amparado pelos familiares, o que produzirá bons frutos na convivência com os colegas e professores. Enquanto educadores, precisamos ter persistência e buscar estratégias como sempre fizemos. Apesar de todas as controvérsias, no sentido de trilhar caminhos para transformar a educação, sabemos que temos uma árdua caminhada. No entanto, temos a certeza de que quando insistimos na participação dos pais naquilo que estamos desenvolvendo na escola, estamos cientes de que não será na nossa geração que os frutos serão colhidos. Os resultados se darão a médio e longo prazo.

Acreditamos, porém, que com uma cobrança efetiva pela qualidade do que é oferecido poderemos vislumbrar desfechos diferentes. Isto contribuirá para a preparação de homens e mulheres capazes não apenas de viver, mas, principalmente, de participar da vida em sociedade de forma mais intensa e transformadora.

Luzia Giancola Maziero Professora do 4º ano do Ensino Fundamental do Colégio Canello Marques


www.folhanoroeste.com.br

1ª 2ªQuinzena Quinzenade deNovembro Setembro 2013

cidade | Priscila Perez

Revisão dos itinerários vai eliminar 400 linhas de ônibus Trajetos longos que ligam os bairros ao centro da cidade estão na mira da Prefeitura de São Paulo

O

vaivém dos paulistanos que utilizam ônibus para se deslocar pela cidade passará por intensa reestruturação até que todo o sistema de coletivos esteja “enxuto”. E para otimizar a rede, a Prefeitura de São Paulo já demonstrou, tendo em vista as alterações realizadas na zona leste, que está disposta a interferir no cotidiano dos usuários, promovendo cortes em linhas habituais que ligam os bairros ao centro da cidade. De acordo com a São Paulo Transporte (SPTrans), até o fim de 2016, cerca de 400 itinerários serão extintos, principalmente os mais extensos. A modernização do sistema vai além dos cortes: haverá ônibus menores, que percorrerão os bairros, e aqueles que circularão por corredores estruturais, ligando terminais distantes. Ou seja, os passageiros vão utilizar as linhas locais para chegar ao corredor principal, onde trocarão de ônibus. A mudança, no entanto, é amplamente cri-

ticada pelos usuários, que desaprovam o fato de serem obrigados a fazer baldeações em pontos intermediários. Na zona leste, por exemplo, 46 linhas foram alteradas e 60 mil passageiros passaram a enfrentar esta nova e confusa realidade. O prefeito Fernando Haddad (PT), por sua vez, defende a readequação das linhas como forma de tornar as viagens mais rápidas e confortáveis. “A ideia não é sair de um ônibus básico e entrar em outro, mas sim em um biarticulado, com todo o conforto”, justifica o prefeito.

Eixo Pirituba-Lapa

O corredor Pirituba-Lapa também passará por reforma. Das 35 linhas existentes, somente dez continuarão funcionando. A Linha 917H-10, por exemplo, é uma das mais cotadas à extinção devido ao seu extenso itinerário, de Pirituba à Vila Mariana. Veja esta e outras matérias em nosso portal: www.folhanoroeste.com.br

Acontece

Pirituba/Jaraguá

Mercado de Pirituba completa 41 anos Um dos símbolos mais tradicionais de Pirituba acaba de comemorar o seu 41º aniversário, também no dia 12 de outubro. Atualmente, o piritubano encontra no Mercadão várias opções de compras. Têm empórios, rotisseria, açougue, bazar, avícola, padaria, floricultura, além de pastelaria e lanchonetes. O espaço, que chama a atenção por sua arquitetura peculiar, deve receber ainda uma nova iluminação externa, a fim de destacar sua estrutura, que lembra um guarda-chuva aberto ou mesmo uma flor. ONDE: Rua Almirante Isaías de Noronha, 163 – Pirituba. O Mercado de Pirituba funciona de segunda a sábado, das 7h às 21h, e aos domingos, das 7h às 14h.

Foto: Divulgação

14


16

www.folhanoroeste.com.br

1ª Quinzena de Novembro 2013

Saúde

O GEOS informa:

Geos - Grupos de Estudos Odontológicos e Serviços crosp 3.692 Equipe de especialistas, mestres e doutores em todas as áreas da Odontologia Cd responsável: Prof. Dr. João Bausells crosp 4328. Reconhecido pelo MEC portaria 965 – DOU 15/10/07

Informações e Consultas site: www.clinicageos.com.br e-mail: odontogeos@yahoo.com.br

Estão abertas as inscrições para dentistas que queiram especializar-se em Ortodontia. O curso é reconhecido pelo MEC e CFO em convênio com a UNIVERSIDADE UNICASTELO, sob coordenação da professora Vera Ap. Parelli e equipe (professores Sidnei M. Prando, Manuel Morgado e convidados). O objetivo é a prevenção, supervisão e orientação do desenvolvimento do aparelho mastigatório, a correção das estruturas dento-faciais, incluindo condições que requeiram movimentação dentária, bem como harmonização facial e do complexo maxilo-mandibular, com a utilização de técnicas convencionais, como Straight Wire clássico, associadas aos modernos avanços científicos da biomecânica ortodôntica, interagindo com a mecânica segmentada. Constam também técnicas modernas como Damon System, Braquetes Autoligados, que otimizam o tratamento minimizando o tempo de cadeira para o profissional e de tratamento para o paciente, além de noções básicas de ortodontia lingual, interação biomecânica com micro implantes e cirurgia ortognática. Sempre acreditando na excelência no atendimento à saúde, realizamos atendimento em todas as especialidades clínicas relacionadas à Odontologia, inclusive no

atendimento domiciliar para pacientes com dificuldade de locomoção em casa ou em clínicas de repouso, com equipamento odontológico completo, oferecendo também atendimento com Fonoaudióloga e Médico Cirurgião Vascular. Se você é profissional da saúde ou paciente interessado em nossos serviços entre em contato com o GEOS teremos prazer em recebê-lo.

INSCRIÇÕES ABERTAS A PACIENTES PARA ATENDIMENTO NOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO E ATUALIZAÇÃO EM IMPLANTES E ORTODONTIA (APARELHOS FIXOS E MÓVEIS). INFORME-SE.

Dra. Maristela Cayetano

Dr. João Bausells

(CROSP 31561) ,

(CROSP 4328)

Rua Luiz Elias Attie, 489 - Parque São Domingos - São Paulo/SP - Fones/fax: 3904.4774 / 3906.0736 / 3904.6649


1ÂŞ Quinzena de Novembro 2013

www.folhanoroeste.com.br

17


1ª Quinzena de Novembro 2013

www.folhanoroeste.com.br

direitos | Gabriel Cabral

Projeto propõe parcelar o IPVA em até dez vezes Medida necessita da sanção do governador Geraldo Alckmin para virar lei

P

ara facilitar a vida do contribuinte, que sofre com o acúmulo de contas no início do ano, a deputada Beth Sahão (PT) propôs à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aumentar o parcelamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor) para até dez meses, sem juros. O texto também prevê multa em casos de atraso e desconto pelo pagamento à vista no mês de fevereiro, como já acontece. Contudo, para que o PL entre em vigor, ainda é necessário que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) aprove a proposta – já avalizada pelos deputados. Embora beneficie diretamente o bolso do paulistano, a medida pode ser vetada pelo

governo estadual sob a justificativa de que “afetaria o orçamento das cidades”. Caso isso aconteça, o IPVA continuará sendo parcelado em até três vezes. Em sua justificativa, a deputada entende o significativo impacto da receita nos cofres do Estado, mas também considera o peso do imposto no orçamento familiar. “São muitas contas a pagar no início do ano, como as despesas com material escolar, e as famílias ficam sobrecarregadas”, afirma Sahão. Segundo ela, o objetivo do projeto é auxiliar o Estado com a redução da inadimplência. Confira o calendário de vencimento do IPVA 2014:

Automóveis, Caminhonetes, Ônibus, Micro-ônibus, Motos e similares Mês

Janeiro

Fevereiro

Março

Parcela

1ª Parcela ou Cota Única com Desconto

2ª Parcela ou Cota Única sem Desconto

3ª Parcela

Placa

Dia do Vencimento

Dia do Vencimento

Dia do Vencimento

Final 1

13/01/2014

13/02/2014

13/03/2014

Final 2

14/01/2014

14/02/2014

14/03/2014

Final 3

15/01/2014

17/02/2014

17/03/2014

Final 4

16/01/2014

18/02/2014

18/03/2014

Final 5

17/01/2014

19/02/2014

19/03/2014

Final 6

20/01/2014

20/02/2014

20/03/2014

Final 7

21/01/2014

21/02/2014

21/03/2014

Final 8

22/01/2014

24/02/2014

24/03/2014

Final 9

23/01/2014

25/02/2014

25/03/2014

Final 0

24/01/2014

26/02/2014

26/03/2014

Acontece

17 19

Pirituba/Jaraguá

Colégio Canello Marques comemora 10 anos de história em Pirituba

A instituição nasceu em 2003 com a missão de oferecer aos piritubanos educação de qualidade, sempre aliada à tecnologia, e cumplicidade com os alunos e suas famílias. De lá para cá, o colégio não só cresceu, como também tornou-se referência em ensino inovador, voltado à preparação dos jovens para o mercado de trabalho. O envolvimento com a comunidade também é uma marca registrada do CCM. A Folha Noroeste parabeniza o colégio e deseja uma nova década de vitórias.


20

www.folhanoroeste.com.br

1ª Quinzena de Novembro 2013

Regional

Sujeira eepichações tomam conta do túnel “Toca da Onça”, Confira a matéria na íntegra fotos exclusivas em nosso portal que interliga as ruas John Harrison e Wiliam Speers, na Lapa www.folhanoroeste.com.br

Por Grace Kelly Teixeira

Foto: Eugenio Pacceli

Túnel reformado há mais de um ano segue degradado Lapeanos se preocupam com a falta de iluminação e frequentes alagamentos na Toca da Onça

P

ouco mais de um ano após a reforma que injetou R$ 100 mil na “Toca da Onça”, viabilizada via emenda pelo vereador e agora secretário municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo, Eliseu Gabriel, a passagem que liga as duas Lapas está praticamente nas mesmas condições. As marcas do vandalismo e a sujeira são visíveis. Além disso, frequentadores do acesso preocupam-se com a chegada do verão, que traz consigo as tempestades que quase sempre alagam o túnel. De acordo com o subprefeito da Lapa, Ricardo Pradas, não há uma solução definitiva, já que a passagem foi construída em cima do córrego Tiburtino e abaixo da linha férrea. “Além das chuvas, existe o caminho natural da água que intensifica ainda mais as enchentes no verão”, afirmou o subprefeito. A esperança era que, com o projeto de revitalização do bairro, a “Toca da Onça” sofresse uma grande e definitiva reestruturação. Porém, de acordo com Pradas, não há projetos futuros para o local, a não ser aqueles que tratam da manutenção da limpeza e das revisões das bombas e rede de iluminação, até porque a reforma é muito recente e o resultado prático deixa a desejar. As alternativas ao túnel também não são viáveis, já que seria necessário construir

aos constantes furtos de lâmpadas, que gera uma passarela com mais de seis metros de vulnerabilidade ao local. altura no local, devido à elevação da rede De acordo com o subprefeito lapeano, elétrica da CPTM. Por causa disso, existe em horários de menos policiamento, o túnel uma grande resistência por parte dos usuáé alvo de depredações constantes, como pirios, que preferem descer dois metros a subir chações, roubos e quebra de lâmpadas. “Nós seis. “Temos o viaduto da Lapa, que funciotemos um gasto mensal de insumos, pessonaria como uma transposição sobre a linha as e lâmpadas, fora a questão da chuva e da férrea. Mas, quando coloco isso em pauta em manutenção em si. A Prefeitura tem recursos uma reunião, a maioria das pessoas é confinitos. Não dá para fazer reformas constantetra”, disse o subprefeito. mente”, explica Pradas. Ainda segundo ele, outro entrave é que a Alguns usuários enxergam que a culpa verba que a subprefeitura possui não dá marpela degradação da “Toca da Onça” não é sogem para que seja contratada uma equipe exmente da subprefeitura e condenam a atitude clusiva para a manutenção dos túneis, o que de usuários que fazem vandalismo no acesseria ideal. Além disso, Pradas argumenta que so. “Eu acho que a reforma ficou muito boa, o custo-benefício não é “interessante”, porque, mas acontece que o povo não ao contrário do metrô, quando colabora. Eles picham, queo problema estiver solucionabram e roubam. Você entra do, não será possível deslocar no túnel e só encontra sujeira. essa equipe para outro local. Tive que comprar uma lanEntre os problemas apontados pelos usuários estão a “A Prefeitura tem terna, porque teve dias que só funcionava uma lâmpada”, falta de limpeza, as paredes recursos finitos. conta Marlene de Medeiros, pichadas e as inundações moradora da Lapa há 43 em dias de fortes chuvas. Não dá para Contudo, o mais gritante e refazer reformas anos. A lapeana acrescenta que alguns usuários, reclamado pelas pessoas é a constantemente” ainda devido à falta de consciência falta de iluminação em toda sobre a existência de duas a extensão dos túneis, devido ( Ricardo Pradas)

mãos no túnel, atropelam quem estiver pela frente, principalmente crianças e idosos. Para outros, o fato de a passagem não ter iluminação é um grande incômodo. “O túnel está uma escuridão terrível, principalmente no meio dele. Além disso, de vez em quando, fecham os portões e eu não sei a razão. Só sei que isso atrapalha muito”, expõe Mendes da Silva, morador da Lapa de Baixo. Segundo o lapeano Miguel Baraba, que reside há 70 anos no condomínio Central Parque Lapa, além dos problemas de alagamento, falta de iluminação, policiamento e fiscalização, o local enfrenta outro agravante que é a migração dos usuários de drogas. “Há um grave problema passando despercebido. São os ‘craqueiros’, que migraram para os bairros após a desocupação do centro da cidade. A comunidade deles aumenta a cada dia – a Prefeitura retira e eles retornam. É preciso fazer algo o quanto antes”, destaca Baraba. Sobre o problema, o subprefeito da Lapa afirma não ser possível remover todas as pessoas. Isso é feito, mas no dia seguinte elas estão de volta. Segundo ele, “é preciso promover uma ação social no local”, pois a região - próxima do Mercado Municipal da Lapa – chama a atenção de moradores de rua e usuários de drogas devido ao descarte de alimentos.


1ÂŞ Quinzena de Novembro Setembro 2013 2013

www.folhanoroeste.com.br

29 17 21


22

www.folhanoroeste.com.br

1ª Quinzena de Novembro 2013

Gastronomia

Veja outras receitas orientais em nosso portal www.folhanoroeste.com.br; clique em gastronomia

Descubra os sabores milenares da culinária oriental No Oriente, a gastronomia é uma verdadeira arte. Confira duas variações da tradicional receita de frango xadrez!

O sabor do Oriente Na culinária oriental, países como China e Japão apresentam diferenças básicas em seus cardápios. Enquanto a cozinha chinesa é colorida e utiliza diversas carnes, tanto assadas quanto fritas, a japonesa baseia-se em peixes crus ou grelhados e frutos do mar. Legumes cozidos e macarrão também são característicos da China.

Frango xadrez tradicional

Fotos: Divulgação

Por Chef Del Filho

Frango xadrez vegetariano

Por Empório Manjericão

Ingredientes 2 colheres (sopa) de óleo 1 cenoura cortada em rodelas finas 100 g de champignon 1/2 xícara de broto de bambu em conserva cortado em quadradinhos 1 xícara de caldo de legumes 100 g de proteína de soja média 1 pimentão verde cortado em quadradinhos 1 fio de óleo de gergelim 100 g de castanha de caju torrada 

Modo de preparo Frite o champignon, o broto de bambu e a cenoura. A seguir, acrescente o tablete de caldo de legumes diluído em 1/2 xícara de água e ferva por dois minutos. Depois, misture a carne de soja e, por último, o pimentão misturando todos os ingredientes. Retire do fogo e regue com um fio de óleo de gergelim. Disponha o frango xadrez em uma travessa e espalhe sobre ele a castanha de caju. Sirva quente.

Ingredientes 500 g de peito de frango sem osso e sem pele cortado em cubos 1 litro de água fervente Sal e pimenta a gosto 3 colheres (sopa) de óleo vegetal 2 cebolas médias descascadas e cortadas em cubos 2 pimentões verdes cortados em cubos 2 copos de água 2 colheres (sopa) de amido de milho 1 colher (sopa) de açúcar 1/2 vidro de molho de soja (shoyu) 1 xícara (chá) de amendoim torrado Modo de preparo Coloque o peito de frango cru em uma peneira e por cima despeje a água fervente. Isto é só para que o frango perca o rosado, mas não cozinhe por completo. Tempere com sal e pimenta.

Reserve. Em uma panela grande, aqueça 1 colher do óleo e refogue a cebola e o pimentão até que estejam macios. Remova os legumes da panela e reserve. Nesta mesma panela acrescente o restante do óleo e, quando estiver bem quente, frite o frango até dourar. Em seguida, adicione a cebola e o pimentão refogados e desligue o fogo. Em outra panela, misture a água, o amido de milho, o açúcar e o molho de soja. Mexa sem parar até ferver e engrossar. Junte esse molho ao frango, acrescente o amendoim e sirva com arroz.

Dica do Chef Para dar aquele toque oriental à comida, passe a temperar saladas, legumes, peixes e aves com o tradicional molho shoyu. Rico em ferro, vitaminas, proteínas e cálcio, o ingrediente exige cuidado no preparo de alimentos, pois possui muito sódio. Opte pela versão light.

Para eventos e gastronomia, entre em contato com delfilho@me.com. Tel:. (11) 95205-1928


1ÂŞ Quinzena de Novembro 2013

www.folhanoroeste.com.br

17 23


www.folhanoroeste.com.br

Acontece

1ª Quinzena de Novembro 2013

lapa

Fique sabendo... Foto: Divulgação

24

Lapa realiza a 3ª Festa das Nações

Freguesia/Brasilândia

Largo da Matriz será revitalizado

A Subprefeitura Freguesia/Brasilândia estuda revitalizar o tradicional Largo da Matriz, com o objetivo de transformá-lo em ponto turístico para a Copa do Mundo no Brasil. O projeto local prevê a manutenção dos passeios públicos e a instalação de pontos gratuitos de internet, além da repintura das edificações. Se tudo der certo, as obras deverão ser concluídas até junho de 2014.

Foto: Divulgação

A Associação Amigos da Lapa de Baixo (AALB) promove no dia 10 de novembro a terceira edição da Festa das Nações. Este ano, o evento contará com diversas barracas de artesanatos e comidas típicas, além de shows de dança e música. QUANDO: 10/11, das 8h às 20h. ONDE: Largo da Lapa – Rua Engenheiro Fox (próximo à Estação da Lapa).

Saúde

Espaço para reabilitação de quedas é inaugurado no CRI Zona Norte

Setor criado dentro do Centro de Referência ao Atendimento do Idoso da Zona Norte presta treinamento específico à terceira idade para a realização de atividades diárias que oferecem riscos à saúde, como tomar banho, caminhar e levantar da cama. O CRI Norte fica na Avenida Voluntários da Pátria, 4.301. Mais informações no telefone (11) 2972-9218.


26

www.folhanoroeste.com.br

1ª Quinzena de Novembro 2013

e-mails do leitor Alteração de mão na Rua Rumi de Ranieri Lamento muito a manifestação da CET, na 2ª edição de setembro, sobre a alteração de mão nas Ruas Rumi de Ranieri e Luís Elias Attiê. É óbvio que a maioria dos moradores não concorda com a mudança, pois, se ambas forem alteradas, a Rumi de Ranieri terá movimento muito maior, inclusive de ônibus. Assim, o perigo de atropelamento continuaria. É importante observar que a alteração se faz necessária somente na Rua Rumi de Ranieri, para preservar a travessia de pedestres (que hora ou outra tomam sustos). A Rua Luís Elias Attie, portanto, deve permanecer como está e isso não foi consultado junto aos moradores. Celia Regina Martins Biffi

Resposta Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) A CET reitera que foi realizada pesquisa domiciliar nas ruas Rumi de Ranieri e Luís Elias Attie que apontou dúvida entre os moradores quanto à proposta de alteração de circulação prevista no projeto elaborado. No entanto, novos estudos estão sendo realizados e a comunidade será ouvida para definição da sinalização a ser implantada.

Cães agressivos na Pompeia Li a matéria sobre o morador de rua que vive Praça Conde Francisco Matarazzo Júnior, na edição 129. O senhor Luís Alberto “morava” até 2011 ao lado do Viaduto Pacaembu, em frente ao Memorial de América Latina, que é um ponto de descarte de lixo e entulho (e com isso ninguém se preocupa). No fim do ano, como a corrida de São Silvestre passaria pelo viaduto e a sua “residência” seria vista pela televisão (o que não era agradável), ele foi expulso do local, dirigindo-se para a praça onde agora está. Seus cachorros não são agressivos, pois quando vou à praça eles me fazem festa. Ocorre que os filhinhos de papai da vizinhança, que usam a praça para consumo de drogas (e com isso a presidente da Associação Amigos da Pompeia não se preocupa), vivem atirando pedras nos cachorros e no senhor Luís, que é

• Veja como enviar seu e-mail uma pessoa pacífica e muito melhor que muitos de seus acusadores. Carlos F. Santos

Estacionamento de ônibus Sou moradora do bairro há 16 anos e trabalho na região há 5 anos. Ultimamente, venho me indignando cada vez mais com a falta de respeito dos motoristas da SPTrans. A Rua Arcangélica, localizada ao lado do terminal Pirituba (sentido de quem vem da Raimundo Pereira de Magalhães), se tornou estacionamento de ônibus. Eles simplesmente ligam o pisca e param! Se você está atrás, é obrigado a desviar. Não tem hora certa, mas sempre há algum ônibus estacionado nesta rua, ocupando uma faixa da via e causando o maior trânsito. E então CET, não vai fazer nada? Passo por esta rua todos os dias, às vezes mais de quatro vezes, e nunca vi fiscalização. Chega de desordem não é? Susy Reyes ATENÇÃO: A FN tentou entrar em contato com a SPTrans (São Paulo Transporte), mas até a presente data não obteve resposta sobre o caso.

Calçada ideal Na Folha Noroeste, as matérias que falam sobre as calçadas mostram que o ideal é não ter lixeiras, postes de luz, vasos ou árvores atrapalhando a passagem. Elas também devem obedecer ao padrão de 1,2 metros. Pergunta: vamos ter que remover nossas árvores? E os postes da Eletropaulo também serão removidos? Na Rua Tatsuo Okashi, na Chácara Inglesa, a 100 metros do colégio Estrela Sirius, há uma pequena praça na esquina que não tem calçamento algum e os alunos têm que andar pela rua. Quem é o responsável? Não seria a Prefeitura? Também há um terreno que, diz a lenda, deveria ser uma viela, mas não tem calçamento. O que a Prefeitura vai fazer a respeito? Roberto A. Santos

Resposta Assessoria de Imprensa Subprefeitura Pirituba/Jaraguá A Subprefeitura Pirituba/Jaraguá informa que a área em questão é municipal e será incluída na

Envie para contato@folhanoroeste.com.br ou folhanoroeste@folhanoroeste.com.br com as seguintes informações: nome completo, telefone para contato e endereço.

programação orçamentária da regional, visando futuras intervenções no local. Informamos também que, somente em 2012, realizamos em áreas municipais obras de calçadas em oito locais da região. Esta subprefeitura age de acordo com a legislação vigente, que versa sobre a conservação das calçadas da cidade. A responsabilidade pelo plantio e retirada de árvores é da Prefeitura. Consulte a subprefeitura de sua região para obter mais informações. A Prefeitura ainda disponibilizou para a população uma cartilha e um informativo com conteúdo específico para calçadas, que trazem informações sobre as novas regras, além de instruções para conservação, reforma e manutenção dos passeios. O conteúdo também está disponível para download no site da Prefeitura.

Avenida Cândido Portinari Sou morador da Vila Jaguara e no cruzamento da Avenida Cândido Portinari com a Rua Inácio Luís da Costa não existe sinalização de faixa de pedestre. Solicitei o serviço há um ano e não fui atendido. Quero uma resposta: por qual motivo não foi feito? Peço ao jornal que interceda no caso. É uma vergonha o descaso. André Nicolau

Resposta Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) A CET informa que a interseção entre a Avenida Cândido Portinari e a Rua Inácio Luís da Costa foi objeto de estudos anteriores, tendo sido elaborado projeto prevendo repintura de faixas de pedestres, linhas de aproximação balizando os fluxos veiculares e linha de retenção, visando melhorar as condições de segurança da via. O referido projeto será implantado de acordo com o cronograma de serviços da empresa.

Iluminação no Parque São Domingos Sou moradora do Parque São Domingos e utilizarei este espaço da Folha Noroeste, tão ativa em relação às nossas reivindicações como

cidadãos. Passo diariamente em frente ao parque São Domingos e adoro todo aquele verde, as árvores, a grama tratada, o frescor da sombra em dias quentes. Porém, ao cair da tarde, nosso lindo parque vira cenário de filme de terror. Uma escuridão assustadora se faz no local, podendo dar guarida a vários tipos de crimes, uso de drogas e outras ações que são encobertas pelo anonimato. As luzes dos postes do lado oposto da rua são insuficientes, pois as árvores as encobrem. Como cidadã, pagadora de impostos, solicito que seja realizada a reestruturação da iluminação de jardim, para inibir os delinquentes e deixar nosso parque mais agradável. Conto com a divulgação desse poderoso meio de comunicação para que nossas autoridades lancem um olhar sobre nosso lindo Parque São Domingos e que esse olhar não se perca na escuridão. Rosilane Colussi Pelini Nassar

Resposta Assessoria de Imprensa Secretaria municipal de Serviços (via Ilume) O Departamento de Iluminação Pública (ILUME), que é responsável pelo serviço de iluminação das ruas do entorno, informa que a remodelação (substituição de lâmpadas de mercúrio por sódio) foi realizada na primeira quinzena de julho. As ruas contempladas são: Luís  Elias Attie, Rumi de Ranieri, Tomas Lopes Ferreira, Professora Altina Mainard Araújo, Eurípedes Torres, Pedro Sernagiotti e Avenida do Anastácio.

Canalização de córrego Moro na Rua Antônio Fernandes Pinheiro há quase 30 anos e consta na Subprefeitura como canalizado o córrego próximo ao Parque Rodrigo de Gásperi. Já foram feitos vários abaixo-assinados, mas nada aconteceu. Não basta a Prefeitura simplesmente fazer a limpeza, isso não resolve. Queremos que canalize o córrego, pois assim irá melhorar o espaço. E aí, subprefeitura, achou que tínhamos nos esquecido? Mariana Chiati Bueno


1陋 Quinzena de Novembro 2013

Im贸veis & Classificados

www.folhanoroeste.com.br

17 27


28

www.folhanoroeste.com.br

Im贸veis & Classificados

1陋 Quinzena de Novembro 2013


1陋 Quinzena de Novembro Setembro 2013 2013

Im贸veis & Classificados

www.folhanoroeste.com.br

17 29


30

www.folhanoroeste.com.br

1ª Quinzena de Novembro 2013

Imóveis & Classificados Grandes Oportunidades de NegÓcios e empregos

Classificados ALUGO TEMPORADA Cobertura c/ piscina e churrasqueirana Praia da Enseada - Guaruja. Tratar: (11) 98415-3635

BUFFET ADMITE Supervisor(a), Garçon(ete) e Recreador(a) Agendar entrevista: Tel.: 4508-9868

VENDO APTO. PQ. SÃO DOMINGOS 2 dorms. (1 suíte), sala, cozinha,1 vaga, ar condicionado, armários planejados. Tel.: (11) 97327-1628 – R$ 380 mil email: ejpandradesilva@gmail.com

VENDO APTO. COLINAS PIRITUBA 3 dorms. c/ suíte, 2 vagas, varanda grill Próx. Shopping Pirituba – R. Cristo Rei, 199 Entrega prevista março/2015 - obras iniciadas Tratar c/ José Roberto – Tel. 99451-8441 

VENDO SOBRADO STO ELIAS 4 dorms, 1 suíte, sala ampla, copa/cozinha planejada, 4 vagas, terreno 280m², D + dependencias. R$ 800 mil - Aceita. Proposta Tel. 99794-7362 / 2176-5354 proprietário

VENDO ESTAMPARIA Estamparia localizada em Pirituba, completa, mini fábrica c/ 35 clientes cadastrados, valor R$ 40 mil, aceito contra-roposta Motivo: mudança de estado. TEl.: 2337-8471/ Cel.: 98580-7085 c/Mariano

ALUGO STO. ELIAS - Casa com 3 cômodos e WC - R$ 870,00 - Salão c/instalação para pizzaria R$ 1.155,00 Tels.: 99794-7362 / 2176-5354 prop.

ADMITE-SE OFFICE-BOY Para trabalhar em farmácia Enviar dados: star_farmacia@yahoo.com.br


1陋 Quinzena de Novembro 2013

Im贸veis & Classificados

www.folhanoroeste.com.br

17 31



Folha Noroeste - edição 131