Issuu on Google+

Nº17 - ABRIL 2012 - www.iurdangola.net

DAR SANGUE UM ACTO DE AMOR

E HUMANISMO

OS 10 ANOS DE PAZ EM ANGOLA Traduzidos em número

LOVE SCHOOL Nada como uma boa conversa

A GLÓRIA DOS GREGOS “É chegada a hora de ser glorificado o Filho do Homem”


2 . PLENITUDE ANGOLA

ABRIL 2012


PLENITUDE ANGOLA Nº 17 ABRIL DE 2012 )) EDITORIAL Tempo de recomeçar............................6

PAÍS AMEIA DOA SANGUE

)) TRIBUNA JURIDÍCA

ÍNDICE

14

O segredo professional dos advogados no Direito Angolano..............................7

)) ECONOMIA Os 10 anos de paz em Angola traduzidos

SOCIEDADE

em números.........................................8

COOPERATIVA MILITAR “PÉROLA” APOSTA NO MERCADO IMOBILIARIO

)) SOCIEDADE Encerramento de conta bancária (II parte)...............................................12

20

)) ENTREVISTA Que tal agora nas vestes de deputado goleador?..................................................16

))CULTURA Festejos da Paz ................................18

)) SAÚDE Sociedade unida contra cancro da mama.................................................27

CENÁCULO DO ALVALADE PRIMEIRA FASE DO RESTAURO DO CENÁCULO DO ALVALADE CONCLUÍDA

38

)) BEM ESTAR Exercite-se, mexa-se...........................29

)) CRÓNICA A glória dos gregos ...........................31

)) EVANGELIZAÇÃO Mais de duas centenas de reclusos baptizados ........................................36

)) TRATAMENTO ESPIRITUAL

FÉ + CONHECIMENTO COM ELOGIOS DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF, MARCELO CRIVELA

40

Satanás se esforça em tirar a paz do homem..........................................42

)) IURD MUNDO Fé emotiva..........................................48

)) DESPORTO 1º de Agosto arrebatou a 34ª taça de Angola em basquetebol................62

ABRIL 2012

PLENITUDE ANGOLA . 3


ABRIL 2012

PLENITUDE ANGOLA . 5


EDITORIAL

PLENITUDE ANGOLA DIRECTOR GERAL David Paulo Viegas ASSESSORES DE DIRECÇÃO Bispo Augusto Dias falecom@bispoaugustodias.com Bispo Joaõ Bartolomeu Pastor Felner Batalha POR

DANIEL SILVA

EDIÇÃO Daniel Silva CORRECÇÃO Daniel Silva

Tempo de recomeçar “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” II Coríntios 5:17

C

omemoramos, recentemente a Páscoa. Data singular, de muita felicidade para os cristãos. O tumúlo está vazio. O Senhor Jesus Cristo Ressucitou. Venceu a morte. Ele nasceu em Belém, o Nazareno era obediente aos seus pais, ao iniciar o seu ministério pregou a palavra de Salvação, foi incompreendido por seus contemporâneos e acusado de blasfémia, apesar de todas “as cascas de banana” não conseguiam contestar os seus ensinamentos, raivosos, resolveram levá-lo a a cruz, ali morreu e ressucitou. Ressucitou! Rssucitou! Essa foi a mais humilhante derrota que Ele desferiu a satanás e os demais opositores. O cansaço físico e psicológico atinge-nos a todos, a caminhada é longa, 6 . PLENITUDE ANGOLA

mas a mensagem da Páscoa é de renovação. Assim aconteceu com a saída do povo hebreu do Egipto e a comemoração da Páscoa. Páscoa é liberdade. A escravidão equuvale à morte Se libertar da escravidão é viver de novo, é renascer, é ter coragem de começar tudo de novo. Jesus é ressurreição . A Páscoa é ressurreição das nossas almas. Só tropeça quem está de pé. Só esfria quem esteve quente. Pois bem, aproveitemos a Páscoa para voltar ao primeiro amor. Abandonemos tudo que é velho e antigo. Olhemos para frente com coragem. Viva a Páscoa, não o comemore apenas.

Plenitude

REDACÇÃO Dinis Bundo Dias dos Santos Fábio Saldanha COLABORADORES Bela Lemos, Edson dos Santos Manuel Gabriel Mbiavanga Manuel Constantino Eduardo Manuel Gabriel ARTICULISTAS Bispo Edir Macedo Bispo Augusto Dias Verônica Dias Cristiane Cardoso FOTOGRAFIA André Jorge Osvaldo Chicanha Domingos Marques PAGINAÇÃO Domingas Inglês Lukanisa Viegas Catalina Zapata TIRAGEM 20.000 exemplares IMPRESSÃO Damer Gráficas, SA ADMINISTRACÃO Rua Comandante Gika S/Nº Tel: (+244) 933 686 781 Revista Plenitude Angola,

MCS-540/B/2009, ano 4, nº 17, ABRIL 2012. As informações e opiniões contidas nos textos assinados são de responsabilidade de seus autores. É proibido fazer cópias e reproduções do conteúdo sem autorização dos responsáveis. Todos os direitos reservados.

ABRIL 2012


TRIBUNA JURÍDICA

O segredo profissional dos advogados no Direito Angolano

E

ntretanto, o nosso estudo abre com uma abordagem sucinta sobre o conceito de advogado e sobre quem está habilitado a exercer advocacia à luz do ordenamento jurídico angolano; Faremos uma pequena incursão pelos domínios do direito adjectivo, isto é, do processo civil e do processo penal, analisando em que medida o dever de guardar segredo se reflecte nos diversos meios de prova previstos quer no código civil, quer no código de processo penal em vigor. Analisaremos, finalmente, as implicações do segredo profissional no direito substantivo, mormente no que respeita à responsabilidade do advogado pela sua violação. CAPÍTULO I NOÇÃO DE ADVOGADO Etimologicamente, advogado é uma palavra que origina do latim Ad-vocatus, que significa chamado em defesa. O advogado é, no termo mais corrente, aquele que advoga em juízo . O advogado é, por conseguinte, um servidor da justiça e do direito, e como tal um elemento imprescindível para a correcta administração da justiça. Apesar da dificuldade subjacente a qualquer definição, vários doutrinários tem ensaiado definições de forma ABRIL 2012

a caracterizar a função de advogado. O ilustre advogado Grandão Ramos na sua palestra “ O advogado, um conceito, uma ética” proferida na 1.ª conferência nacional dos advogados decorrida em Luanda em 2004, conjugou os artigos 1.º e 2.º da Lei 1/95 (Lei da Advocacia) e n.º1 do Dc n.º 28/96 de 13 de Setembro, que publicou o Estatuto da Ordem dos Advogados, e definiu o advogado, como o licenciado em Direito, inscrito na Ordem dos Advogados de Angola, autorizado a exercer, de acordo com as regras profissionais por esta estabelecidas (regras de deontologia profissional) a advocacia em regime de profissão liberal, quer em escritório de advogado singular, quer em escritório de advogado associados, compreendendo a actividade profissional da advocacia os seguintes actos: a)- O exercício regular do mandato e do patrocínio judiciário; b)- A prestação de assistência jurídica; c)- A representação e a defesa, perante qualquer entidade, pública ou particular, dos interesses das pessoas que as solicitarem. Como se vê, uma definição insuficiente, porque além de conceber o advogado somente na perspectiva do Direito Angolano, exclui a figura dos advogados não licenciados que, como veremos mais adiante, foram

POR

Dr. MBIAVANGA ROGÉRIO MANUEL

legitimados a exercer a advocacia. Vamos aqui sem desprimor das outras definições, perfilhar da definição do Dr. António de Lima por nos parecer abrangente e comportar todas as funções da profissão de advogado. “Advogado é todo aquele que regularmente inscrito na respectiva Ordem dos Advogado, exerce uma profissão em virtude da qual dá pareceres ou consultas sobre questões de natureza jurídica e contenciosa, e defende em juízo oralmente ou por escrito, os interesses materiais ou morais da parte ou partes que representa ou a que assiste”. Vejamos agora o que dispõe a nossa legislação vigente, que regula e condiciona o exercício da profissão de advogado. Regra geral, só os advogados e advogados estagiários com inscrição em vigor na Ordem dos Advogados podem praticar actos próprios da profissão (art. 41.º do EOA e art. 1 n.º 2 da Lei n.º 1/95, de 6 de Janeiro-Lei da Advocacia.) Porém, podem também exercer a advocacia os advogados não licenciados (advogados populares e solicitadores) que à data da publicação da Lei 1/95 exerciam legalmente a profissão em conformidade. Plenitude

Continua na próxima ediçaõ PLENITUDE ANGOLA . 7


PAÍS

Fotos: A.J

OS 10 ANOS DE PAZ EM ANGOLA TRADUZIDOS EM NÚMEROS

Aeroporto do Cuito-Cuanaval

A POR DIAS

DOS SANTOS

o observarmos o quotidiano angolano nota-se que a paz que se respira há 10 anos em todo o país foi a maior aquisição desde a independência, ocorrida em 1975. Não há angolano que se negue a reconhecer o valor deste precioso bem e tudo leva a crer que a rota da paz é para se manter, cumpridas que forem as promessas políticas das autoridades do país. Falar dos 10 anos sem guerra é igualmente exaltar o esforço de reconstrução que move a sociedade angolana, em várias direcções e cujos resultados permitirão a Angola situar-se no ranking das nações que mais crescem no mundo, em 2015. Daqui há três anos teremos muito para contar e analisar sobre a história do país que no momento mais crucial da sua existência pacífica, não contou com os Planos Marshal que se desenharam na arena internacional. Apenas a vontade de criar estabilidade social e política motivou os angolanos a reconhecerem a capacidade de saírem da condição de país sem 8 . PLENITUDE ANGOLA

futuro, num Estado com imensos problemas para resolver resultantes de 27 anos de conflito armado. Olhando para trás pode-se dizer que Angola reverteu a situação ao iniciar um longo caminho que teve início, com a reposição da legalidade administrativa em todo o território nacional. O país recortado por nítidos sinais de miséria e fome teve de garantir em primeiro lugar o exercício da soberania. Seguiu-se um outro passo, o da reconstrução imediata das vias de comunicação (Angola herdou da estrutura colonial 73 mil quilómetros de estradas), de que há assinalar a recuperação e construção de “6.500 quilómetros de estradas, erguidas centenas de pontes, relançados caminhos-de-ferro, recuperados aeroportos e incrementado o comércio e a logística”, conforme assinalou o Presidente da República, no discurso sobre o estado da Nação há meses atrás. José Eduardo dos Santos justificava assim os feitos do seu Governo, advertindo, entretanto, a existência de “fragilidades a ultrapassar no sector”, apelando à articulação e integração dos “sistemas de transporte, concretamente os portos ABRIL 2012


MARÇO 2012

Obras no troço que liga Benguela -Lubango instalada para transportar anualmente 15 milhões de passageiros. O Presidente referiu-se ainda aos 19 pontos de “intervenção”, nas vias estruturantes de Luanda, dos quais 14 se encontram em fase de conclusão. “As vias expressas de Luanda e Kifangondo e de Cabolombo-Viana-Cacuaco são exemplos de obras que propiciaram significativas melhorias no trânsito e no ordenamento urbano”, disse a fechar a abordagem do assunto. ENERGIA E ÁGUAS – APENAS EM 2016 ATINGIREMOS A ESTABILIDADE Luanda e dum modo geral enfrentam graves problemas no fornecimento. Problemas estruturais explicam as

Foto: A.J

com as vias férreas, os aeroportos com as estradas e as auto-estradas e todos eles, com as infra-estruturas logísticas”. O Chefe de Estado angolano referia-se obviamente à necessidade da criação dos interfaces de transportes, quer permitirão uma maior mobilidade dos utentes nas localidades. Na descrição que fez das realizações do Executivo que lidera, o presidente angolano deu nota dominante à construção do “maior porto comercial do país na Barra do Dande, província do Bengo. Será – segundo as suas palavras -, “a principal porta de entrada de mercadorias, contribuindo assim para o crescimento económico e para a geração de empregos”. Contudo, na Barra do Dande situa-se um dos mais importantes viveiros de espécies marítimas, na foz do rio, que é importante preservar. Nesta localidade foi reconstruída e ampliada a estrada de 73 quilómetros, permitindo um desvio de Luanda ao Ambriz, sem passar por Caxito, a capital da província do Bengo. No capítulo das infra-estruturas aeroportuárias o chefe do Executivo realçou a velocidade de execução de projectos de reabilitação e modernização dos aeroportos de Cabinda, Catumbela, Benguela, Malanje, Ondjiva, Lubango e Huambo e do aeródromo de Carianga, em NDalatando (Cuanza Norte), recentemente inaugurado. A aprovação dos contratos para a reabilitação dos aeroportos civis do Soyo, Dundo, Saurimo e Luena está garantida para breve, devendo em Luanda ser concluída a primeira fase do novo aeroporto internacional, com capacidade

insuficiências. Contudo, o Executivo, pela voz do seu número um, enumera ganhos através do “programa Água para todos” que já beneficia com água potável um milhão e 200 mil pessoas. O consumo de água passou de 67 litros por habitante/dia, em 2008, para 101 litros por habitante/dia em 2011, num crescimento de 51 por cento. Até ao ano de 2012, este programa tem como objectivo assegurar o acesso à água potável a pelo menos 80 por cento da população rural. “Temos vários projectos – disse o Presidente -, de média e grande envergadura em curso, para assegurar o abastecimento de água a muitos centros urbanos, mas não existe por enquanto uma carteira nacional de projectos estruturantes que resolvam satisfatoriamente o problema da água, como há no sector da Energia para a energia eléctrica”. Para resolver o problema de energia eléctrica, José Eduardo dos Santos informou que a meta é reduzir a zero, o défice existente logo que termine a reabilitação das barragens do Gove, Mabubas, Lomaum e Cambambe I, ainda este ano, adicionando 295,6 mega watts ao sistema energético. Ao nível de outras regiões do país PLENITUDE ANGOLA . 9


PAÍS

ECONOMIA

“serão também instaladas centrais térmicas de geração de energia em 2011 e 2012 em Cabinda, Luanda, Dundo, Lubango, Namibe, Menongue, Ondjiva, Huambo e Benguela”, de acordo com o relatório apresentado. Para melhor distribuir a energia produzida – disse o Chefe de Estado - está a ser criada uma “grelha de transporte”, cujo principal eixo é a interligação entre o norte e o centro do país. Neste momento estão em curso os trabalhos de reabilitação e expansão da rede de distribuição de energia eléctrica em Cabinda, Saurimo, Dundo, Caxito, Sumbe, Porto Amboim, Huambo, Caála, Lubango, Namibe e Tômbwa”. Esta importante questão é analisada pelo Presidente nos seguintes termos: “Estão aprovados projectos estruturantes que vão ser implementados no Soyo, Cambambe, Laúca, Caculo Cabaça, e Keve/Ebo até ao ano de 2016, que vão gerar uma potência de 5 mil “megawats”, num investimento de 8 biliões de dólares para a produção e de cerca de 9 biliões para o sistema de transporte e distribuição de energia. Assim, se o subprograma do Executivo para o sector da Energia for integralmente cumprido, o abastecimento de energia eléctrica vai melhorar significativamente em 2013 e, a partir de 2017 os principais problemas estarão praticamente resolvidos. Dois sectores importantes da vida económica nacional mereceram igualmente a apreciação do Presidente José Eduardo dos Santos: a Agricultura e a Indústria. Disse o chefe do Executivo haver empenho em garantir que todos os angolanos tenham a todo o momento acesso a alimentos com qualidade e variedade adequada, de modo a contribuírem para o desenvolvimento humano, económico e social do país”. A Agricultura está no OGE 2012 em nono lugar, com 46,7 mil milhões de kwanzas, representando 3,03%. Neste capítulo “o Crédito Agrícola de Campanha atingiu 47 milhões de dólares e beneficiou 24 mil pequenos camponeses, residentes em 68 municípios de 17 das 18 províncias do país, o que representa o cumprimento de 75 por cento do compromisso assumido com as comunidades camponesas. Entretanto, os recursos mobilizados para o desenvolvimento rural e o combate à pobreza privilegiaram, nestes últimos dois anos, a continuação da inclusão social e produtiva da maioria da população rural e a melhoria da prestação dos serviços sociais básicos e a promoção da harmonia social”. Segundo o Presidente da República, “os camponeses consideram o crédito um instrumento que poderá ajudá-los na luta contra a pobreza” à “taxa de juros de 5 por cento e o prazo de reembolso compatíveis com a actividade agro-pecuária e com as necessidades da actividade financeira”. Referindo-se à política de combate à pobreza adiantou: “os índices “ baixaram de 68 por cento em 2002 para 36,6 por cento em 2010, como foi referido no Inquérito Integrado sobre o Bem-estar da População (IBEP). E alerta: “mas eles podem baixar ainda mais, se interviermos nas 10 . PLENITUDE ANGOLA

Terminal dos caminhos de ferro do Kuito-Bié

Daqui a três anos teremos muito para contar e analisar sobre a história do país que no momento mais crucial da sua existência pacífica, não contou com os planos Marshal que se desenharam na arena internacional vias de acesso e no escoamento dos produtos agrícolas do campo para a cidade”. A Indústria cuja revitalização deverá contribuir para a criação de 29 mil postos de trabalho está muito aquém da sua meta, carecendo de uma intervenção mais enérgica, ao nível do investimento público. EDUCAÇÃO E SAÚDE No diagnóstico feito à acção governativa, o Chefe de Estado garantiu que o Executivo continua “empenhado na expansão da “rede escolar, na melhoria da qualidade do ensino e no reforço da eficácia e equidade do sistema de educação em todos níveis”. Na sua análise de “2002 até 2010, a média anual de estuABRIL 2012


ABRIL 2012

Foto: A.J

Foto: A.J

dantes matriculados nos vários níveis de ensino foi superior a 4 milhões e 500 mil. Só de 2010 a 2011 houve um incremento de 572.842 alunos matriculados, representando um crescimento de 9,3 por cento. Em 2010, o total de alunos matriculados no sistema de ensino não universitário foi de 668.358 na iniciação e de 4.273.006 no ensino primário (dez vezes mais do que no último ano do período colonial!). Nos dois ciclos do ensino secundário o número foi de 868.225, perfazendo um total de 5.809.589 nesse sistema de ensino não universitário. Em 2011, esse número elevou-se para 6.115.649, assim distribuídos: 709.576 na iniciação, 4.455.548 no ensino primário e 950.525 nos dois ciclos do ensino secundário. Por sua vez, de 2002 a 2010 os efectivos de docentes apresentaram uma taxa média de crescimento de 14,54 por cento. Em 2010 o Ministério da Educação contava com 200 mil e 698 professores em todo o território nacional. Nesse período, o número de salas de aula nos níveis primário e secundário passou de cerca de 19 mil para mais de 53 mil em 2010, numa taxa de crescimento de 165, 71 por cento. Entretanto, desde 2008, o Ensino Superior conheceu um crescimento notável, contando actualmente a rede de instituições de formação já expandida por todas as províncias do país com 17 instituições públicas, sendo 7 universidades, 7 institutos superiores e 3 escolas superiores, assim como 22 instituições privadas, sendo 10 universidades e 12 institutos superiores, num total de 39 instituições de ensino superior, frequentadas por cerca de 150 mil estudantes e contando com cerca de dois mil docentes, incluindo nacionais e estrangeiros. Em termos de Saúde o país, apesar de todo o esforço ainda tem muitos problemas. Mas o balanço refere que “foi reforçada a rede de atenção primária e foi feita a alocação directa

do equivalente a cerca de dois milhões de dólares anuais a cada município, com vista aos cuidados primários de saúde, que permitiram garantir uma cobertura de 78 por cento da população do país. 

Para garantir a oferta e a qualidade dos serviços às populações, durante o ano de 2010 foram formados 1255 enfermeiros e técnicos e capacitados 3.565 em áreas fundamentais para a redução da mortalidade materna e infantil, o que permitiu uma redução significativa das taxas de mortalidade materna, que baixaram de cerca de 1.400 por 100 mil nados vivos em 2001, para 610 em 2010. 

As actividades de vacinação de rotina permitiram vacinar 91 por cento de crianças menores de um ano de idade em todo o país e mais de 6 milhões de crianças menores de 5 anos em cada uma das quatro jornadas nacionais de vacinação contra a poliomielite. Foram também vacinadas contra o tétano mais de 55 mil mulheres em idade fértil, na vacinação de rotina. Aumentou significativamente o número de centros de aconselhamento e testagem do VIH, que passou de oito em 2003 para 547 em 2010. Também os centros de prevenção da transmissão vertical do vírus passaram de 3 em 2004 para 200 em 2010, e os centros de tratamento com antiretrovirais em adultos e crianças passaram de 3 em 2004 para 133 em 2010. É esta a análise sucinta de 10 anos de paz traduzida nas palavras do Presidente da República, quando se dirigiu ao país para dar conta do trabalho do Executivo que dirige. Em ano de eleições aguarda-se com muita expectativa que o novo elenco governativo dê a oportunidade de os angolanos poderem desfrutar em pleno as diversas potencialidades que o país oferece. O desemprego, a saúde e a educação continuam a ser cavalos de batalha, dos quais, certamente, as futuras entidades governamentais deverão Plenitude prestar maior atenção.

Maior escoamento de productos agricolas

PLENITUDE ANGOLA . 11


PAÍS

Foto: O C.

SOCIEDADE

POR

MBIAVANGA MANUEL

Continuação da edição anterior

ENCERRRAMENTO DE CONTA BANCÁRIA EM VIRTUDE DE MORTE DO SEU TITULAR E QUEM A PODE MOVIMENTAR 12 . PLENITUDE ANGOLA

ABRIL 2012


O legado de crédito só produz efeito em relação a parte que substima ao tempo da morte do testador, o herdeiro deve satisfazer a disposição entregando ao legatário os títulos respeitante ao crédito

O

O saldo da conta deve ser entregue aos herdeiros ou aos legatários do “de cujus”, devidamente habilitados, isto é por intermédio do processo de inventário que pode ser interposto por via judicial quando entre os herdeiros existe um menor porque nessas situações a lei impõem a intervenção do Ministério Público para defesa dos interesse de menor; Se todos herdeiros forem maior de idade o processo pode decorrer no cartório notarial requerer o certificado de habilitação de herdeiro. Tanto num processo como no outro deve ser indicado cabeça de casal para administrar os bens, deixado por “De Cujus”.

II- QUE SAO OS HERDEIRO E OS LEGATÁ R IOS DO T ITU LA R DA CONTA ENTRETANTO FALECIDO? Nas relações jurídicas sucessórias encontramos tipificados os diferentes objectos de sucessão ( a herança e o legado,

ABRIL 2012

nos termos do artigo 2030º do Código Civil, bem como as diferentes fontes da vocação sucessória: A sucessão legitimaria ( artigo 2027º, 2156º e Seguintes do Código Civil), a sucessão legitima artigos 2077º , 2131º e Seguinte do Código Civil) e, excepcionalmente, a sucessão contratual ( artigo 2028º do Código Civil). O legatário sucede em bens ou valores determinados do “de cujus”. Na falta de disposição em contrário, o cumprimento do legado incumbe aos herdeiros. O legado de crédito só produz efeito em relação à parte que subsista ao tempo da morte do testador O herdeiro deve satisfazer a disposição ( legado de crédito) entregando ao legatário os títulos respeitantes ao crédito. Pode suceder que o falecido tenha disposto válida e eficazmente, no todo ou em parte, dos bens de que podia dispor para depois da morte. Nesse caso, são chamados à sucessão os herdeiros testamentários, isto é, instituídos por testamentos, sem prejuízo da legitima, ou seja, da porção de bens de que o testador não pode dispor, por ser legalmente destinada aos herdeiros legitimários . Não tendo disposto válido e eficazmente, no todo ou em parte, dos bens de que podia dispor, a herança deve ser entregue aos herdeiros legitimários, ou seja, aos descendentes e ascendentes, pela ordem e segundo as regras estabelecidas nos artigos 2133º à 2138º do Código Civil. Na falta de herdeiros testamentários ou seja se o falecido não deixou testamento ou não sobreviveram filhos, netos, pais ou avós, serão chamados à sucessão os seus herdeiros legítimos pela ordem seguinte: a-) Descendentes b-) Ascendentes; c-) Irmãos e seus descendentes d-) Cônjuge; e.) Outros Colaterais até ao Sexto Grau; Plenitude f.) Estado.

PLENITUDE ANGOLA . 13


PAÍS

Foto: DOMINGOS MARQUES

SOCIEDADE

AMEIA doa POR

FÁBIO SALDANHA

A

sangue

A Associação de Mulheres Empresárias da IURDAngola (AMEIA), levou a cabo, recentemente, uma campanha de doação de sangue, no Hemocentro da maternidade Lucrécia Paim. O sangue é formado por uma parte líquida (plasma), constituída por água, sais, vitaminas e fatores de coagulação, e uma parte celular (elementos figurados do sangue) composta por: Glóbulos Vermelhos (hemácias) que são responsáveis pelo transporte de oxigênio no organismo; Glóbulos Brancos (Leucócitos) que são responsáveis pela defesa e Plaquetas, que são importantes na coagulação do sangue. Um individuo adulto tem cerca de 4,5 a 5 litros de sangue

14 . PLENITUDE ANGOLA

que circulam pelo organismo. O sangue é produzido na medula óssea dos ossos chatos, vértebras, costelas, quadril, crânio e externo. AMEIA, é uma Associação fundada a 23 de Outubro de 2011 têm como finalidade a luta contra pobreza, dentro da igreja e fora dela, é um parceiro do Estado com objectivos bem concretos no que conscerne a educação, como criar o seu próprio negócio, criando oportunidades no ramo empresarial, para que haja mais mulher no ramo. Para Severina Coelho Presidente da (AMEIA) o referido gesto de solidariedade deve ser encarado como um dever civico de todos cidadãos saudáveis. ABRIL 2012


ABRIL 2012

rou, ele próprio, que sua morte na cruz era a razão por que havia vindo ao mundo, que era a condição necessária para a redenção e a vida que viera trazer. Afirmou claramente, em conexão com a sua morte, que o derramamento do seu sangue era necessário. Na sinagoga de Cafarnaum, falou de si mesmo como o “Pão da Vida” (Jo 6.35), e que esse pão daria vida para o mundo (Jo 6.33). Quatro vezes em seguida, falou

Doar sangue para aquele que não conhecemos, pode ser considerado um acto de humanismo e respeito ao próximo do seu sangue: “Se não... beberdes o seu sangue, não tendes vida em vós mesmos”; “quem... beber o meu sangue tem a vida eterna”; “o meu sangue é verdadeira bebida”; “quem... beber o meu sangue permanece em mim, e eu, nele” (Jo 6.53-56).

Nosso Senhor assim declarou o facto fundamental de que mesmo ele, como o Filho do Pai que veio restaurar-nos a vida perdida, não poderia fazer isso de nenhuma outra forma senão morrendo por nós, derramando seu sangue e, só então, tornando-nos participantes do poder que o sangue derramado oferece. Nosso Senhor confirmou os ensinamentos do Velho Testamento – que o homem só poderá viver por meio da morte de um outro, pois só através da ressurreição é que a vida se torna eterna. Nem o próprio Cristo poderia nos tornar participantes dessa vida eterna sem derramar seu sangue e nos levar a beber dele. Que facto glorioso! A vida eterna pode ser nossa, contudo “não sem sangue”. Igualmente impressionante é a declaração dessa verdade por nosso Senhor na última noite de sua vida na Terra. Antes de completar sua grande obra, doando a vida como “resgate por muitos” (Mt 20.28), ele instituiu a Santa Ceia, dizendo: Bebei dele todos; porque isto é o meu sangue, o sangue da nova aliança, derramado em favor de muitos, para remissão de pecados” (Mt 26.27,28). “Sem derramamento de sangue, não há remissão” (Hb 9.22).

Plenitude

Foto: DOMINGOS M.

Filomena Neto, Técnica de Laboratório de Analíses Clínica, teceu algumas considerações, “é de louvar o gesto, quem não doa sangue, provavelmente, ignora que a vida de muitas pessoas só é possível por causa das transfusões constantes que elas recebem”. O sangue de cada bolsa coletada – segundo ela - é fraccionado em três partes: plasma, plaquetas, hemácias ou glóbulos vermelhos ou plasma, criprecipitado e hemácias ou glóbulos vermelhos. O plasma é usado em pacientes com problemas de coagulação; o concentrado de hemácias ou glóbulos vermelhos é utilizado no tratamento de anemia; o crioprecipitado é usado no tratamento de coagulopatias e as plaquetas no tratamento das plaquetopenias (por exemplo, leucemia). Por isso, é comum ouvirmos dizer que quem doa sangue não salva apenas uma, mas até três vidas. O problema cultural, mitos e tabus, a falta de informação conseguem afastar muitas pessoas dos postos de colecta, a médica afirmou quem doa sangue não enfraquece o organismo, não existem riscos de contrair doenças durante a doação. Pela facilidade e segurança com a qual pode ser retirado, associado ao enorme benefício. Para quêm necessita, doar sangue pode ser considerado um gesto simples de pessoas dispostas a ajudar o próximo, contribuindo para a cura de enfermos. A importância do sangue derramado pelo Senhor Jesus Cristo em benefício da humanidade. Observe, primeiro, que quando João Baptista anunciou a vinda do Messias, referiu-se a duas funções que seriam realizadas por ele: primeiro, que seria “o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (Jo 1.29); e, segundo, que baptizaria “com o Espírito Santo e com fogo” (Mt 3.11). O sangue do Cordeiro precisava ser derramado antes que o derramamento do Espírito Santo pudesse ser concedido. Somente quando tudo que o Velho Testamento ensinou sobre o sangue fosse cumprido é que a dispensação do Espírito poderia começar. Depois, o Senhor Jesus Cristo decla-

A equipa técnica do laboratório

PLENITUDE ANGOLA . 15


ENTREVISTA

Fotos: O.C

COM AKUÁ

QUE TAL AGORA?

NAS VESTES DE DEPUTADO GOLEADOR! POR

EDSON SANTOS

P

Continuação da edição anterior

..A:. Em termos das representações em nível dos Campeonatos Africanos (CAN)? AKWA- temos tido uma participação regular, estivemos pela 1º vez num CAN em 1996 na África do sul, depois marcamos presença no Burkina Faso, Egipto, Ghana recentemente se realizou aqui em Angola, estávamos a dar os primeiros passos nestas lides do futebol, nas duas primeiras participações não passamos da primeira fase, mas conseguimos estar 16 . PLENITUDE ANGOLA

em outras e ter uma boa prestação. P.A:. Que expectativa para este CAN de 2012, na Guine-Equatorial e no Gabão? AKWA- como angolano, claro que quero que a nossa selecção chegue o mais longe possível, a meta deve ser a taça, não vai ser fácil, porque estamos no chamado “grupo da morte”, jogaremos com equipas como Sudão ,Burkina –Faso e Costa do Marfim, são muito fortes, a maior parte dos seus jogadores militam na Europa. Na minha opinião, deixamos jogadores com bastante qualidade para estar nesta

selecção que é o caso de Lunguinha e Geraldo. Entretanto, temos um grupo entrosado, já jogam há muito tempo junta. Vamos acreditar. P.A:. Como surgiu o projecto Kandengues Habilidosos? AKWA- surgiu da ideia de ter uma academia que ensine futebol. Começamos com pequenas actividades recreativas, as crianças faziam exibições e ganhavam o prémio o “kandengue mais habilidoso”.Com o tempo surgiram outras actividades, coordenei o desporto escolar no Cacuaco em colaboração com a administração da ABRIL 2012


circunscrição, apoiado pelo senhor Carlos kavukila, queríamos fazer isso em todas as administrações mais infelizmente não foi possível. Não desistimos. Transferimos as nossas actividades aos sábados, no principio com um grupo bastante reduzido, mas agora graças a Deus o projecto está bem, conseguimos lançar a primeira pedra, convidamos o futebolista, bastante conhecido, Samuel E´to. P. A : . Q u a l é o o b j e c t i v o d o projecto? AKWA- o objectivo é criar um centro onde as crianças em paralelo aprendem a jogar futebol e têm aulas académicas. Para tal, faremos convénios com outras academias internacionais. Felizmente, matéria prima não nos falta há crianças com muita qualidade como acontece noutros países. Queremos, desde muito cedo, lapidá-las para que, num futuro próximo, possam dar grandes alegrias a nação. P.A:. Em relação a associação dos “amigos do akwa”? AKWA- é um projecto de carácter solidário, trazemos futebolistas de renome internacional, para além do gesto, essas figuras renovam a esperança nos jovens, levando-lhes a sonhar, para que um dia possam ser como elas. Já esteve entre nós o português Luís Figo, o camaronês Samuel E´to. O projecto é extensivo a todas as províncias do país, sempre que for possível, ajudaremos os nossos concidadãos. P.A:. podemos encontrar jogadores de qualidade em Angola? AKWA- há muita matéria humana no nosso país, temos jogadores com muita qualidade, mas falta investimento e aposta neles. Hoje, infelizmente, temos poucos campos de futebol, o terreno aonde as criança jogavam foram transformados em parques de estacionamento ou estaleiros de algumas empresas, foram construídos prédios, enfim, tudo menos campo de futebol! Como estão as nossas políticas de lazer? Por incrível que pareça, encontramos crianças a jogar bola no asfalto ABRIL 2012

das estradas. Os campos que existem impróprios para a prática do futebol. Tudo isso, influencia de forma negativa para que se percam grandes talentos. P.A:. Que análise faz em relação aos agentes desportivos em Angola? AKWA- Em minha opinião temos muitos poucos agentes desportivos , se calhar um ou outro se destaque, precisamos de mais. O Gil Gomes é uma referência. Infelizmente há agentes que pensam mais no lucro imediato, em vez de velarem pelo sucesso do jogador. Já houve casos em que o jogador tinha tudo para jogar na Europa, e não conseguiu porque faltou-lhe esse profissional, capaz de dar-lhe um bom acompanhamento. P.A:. Foi jogador, agora é deputado, como está a sua vida profissional? AKWA-Bem, neste momento faço parte da sesta comissão de deputados dos MPLA, ligado a educação, saúde e desporto, assuntos religiosos, ciências Tecnológicas. Temos, igualmente, outra subcomissão afecta a juventude e desporto. Sou uma pessoa feliz, focada, entrego-me de corpo e alma as tarefas que executo como deputado as faço com consciência de missão e compromisso, pois trabalho para os meus concidadãos.

Akwa

Há muita matéria humana no nosso país, temos jogadores com muita qualidade, mas falta investimento e aposta neles. Hoje infelizmente temos poucos campos de futebol, o terreno aonde as crianças jogavam foram transformados em parques de estacionamento ou estaleiros de algumas empresas.

P.A:. Que conselhos dá aos jovens que estão no mundo da delinquência e das drogas? AKWA – muitos jovens perdem a vida, quando ainda têm muito para dar, por enveredarem por estes caminhos. Isto em nada os dignifica. O país está a viver uma fase nova. O contributo de todos é indispensável. Aconselho os jovens a se dedicarem a formação. As dificuldades não podem servir de pretexto para se perderem na delinquência. Procurarem, sempre, forma de ultrapassá-las com o trabalho e muita responsabilidade, só assim teremos um país melhor para todos.

Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 17


CULTURA

MINISTRA DA CULTURA

“ O espectáculo foi gratuito, ao ar livre o evento teve início a partir das 12h:00 na Nova Marginal de Luanda. ”

Actividade lúdica

em torno dos festejos da paz

A

ngola assinalou no passado dia da paz, para celebrá-lo, realizou um festival gratuito alusivo os dez anos de paz, uma iniciativa do Governo Provincial de Luanda. O que se pretendeu foi festejar com todos habitantes da capital do país esse bem espiritual tão acarinhado por todos, a paz. “ O fim das hostilidades e o retorno da liberdade em todo o território, foi o bem maior alcançado, nos últimos tempos, no território nacional”, frisou o director da Direcção Provincial de Luan-

da da Cultura, Manuel Gonçalves. O espectáculo foi gratuito, ao ar livre o evento teve inicio a partir das 12h00, na Nova Marginal de Luanda. Entre os artistas convidados destacam-se os nomes de Paulo Flores, Bangão, Lulas da Paixão, Bonga, Jivago, Kipuca, Danny L, Irmãos Almeida, Matias Damásio, Puto Português, Adi Cudz, Walter e Nicol Ananás. Fazem ainda parte do elenco as cantoras Yola Semedo, Pérola, Ary, Celma Ribas, Edmásia, os kuduristas Agre G, Noite e Dia, Própria Lixa, W King, Titica, Madruga Yoyo, Francis Boy, B.W.G, Hady Lima e os humoristas Os Tuneza e Sidónio e Lembinha.

Depois da guerra, o país teve um crescimento económico, nunca antes visto, bem como se tornou fértil ao investimento e oportunidades de negócios. Segundo dadaos estatíticos oficiais, é a segunda economia depois da África do Sul a nível do continente Africano. O Armistcio está a permitir a reconstrução nacional, os grandes investimentos estão a se vereficar na construção de estradas, de pontess, construção de escolas, etc. O Governo central leva em curso um projecto de construção de mais de 1 milhão de casas até ao ano 2012. É muita obra acontecer!

Bangão

Josefina Santos e Luís Kifas

Bonga

18 . PLENITUDE ANGOLA

Plenitude

ABRIL 2012


EAGLE ELECTRICA.

NIF:2401335242 .

RUA DO SILENCIO CASA S/N, MUNICIPIO DA SAMBA—LUANDA    

Prestação de Serviços Electromecânicos; Consultoria QHSE, Aquisição e Compras; Projectos SI, Formação Técnica Profissional; Instalação de Sistemas de Vigilância, Detecção e Supressão de Incêndios.

Alidata®

SOFTWARE QUE EVOLUI COM A SUA EMPRESA. EAGLE ELÉCTRICA APRESENTA, BRIGIT SYSTEMS 3M™NOVEC 1230™. FIKE PROTECTION SYSTEMS. WAGNER ASPIRATIO DETECTION SYSTEMS. 3S VISION CCTV SYSTEMS.

CONTACTO. +244935 374 002, E_MAIL: EAGLE.SERVICOS@GMAIL.COM


PAÍS

SOCIEDADE

COOPERATIVA MILITAR “PÉROLA” APOSTA NO MERCADO IMOBILIÁRIO Cooperativa Militar Pérola Verde poderá construir 500 mil casas para o efectivo do exército

A POR :

MANUEL GABRIEL

cooperativa militar Pérola Verde SCRL, tem em carteira um projecto que visa à construção de mais de 500 mil casas em vários pontos do país, destinadas aos efectivos do exército angolano no activo e não só, uma acção que está associado aos desafios preconizado pelo Executivo angolano, no plano de construção de um milhão de casas a nível das dezoito províncias de Angola. O projecto que pertence ao Estadomaior do Exercito angolano, pretende abranger todo país, com a construção e venda à titulo de crédito bancário de 20 . PLENITUDE ANGOLA

casas económicas de alta, média e baixa renda, à militares do Exército Nacional e seus familiares, trabalhadores civis, estes desde que estejam à trabalhar em uma unidades militar. Recentemente, a cooperativa militar Pérola Verde rubricou em uma das unidades hoteleiras da capital (hotel Alvalade) um acordo de parceria que consagrou a entrega oficial do projecto à empresa gestora do projecto Tamar LD e a construtora EFES que representou as trinta empresas de construção civil contratadas para à execução das obras, entre os quais, angolanas e estrangeiras. Foram representantes por parte da cooperativa, o major Paulino Pinheiro vice-presidente da cooperativa Pérola Verde, o capitão Rodrigues da Pie-

dade secretário-geral da cooperativa. A Presidente do Conselho da Administração da Tamar LD, Celeste de Brito, disse que o projecto reflecte o compromisso assumido pelo Executivo Angolano, no âmbito da estratégia de combate ao défice de habitação no país. A gestora da empresa angolana que irá coordenar e fiscalizar a execução das obras, junto das trinta empresas de construção civil que aderiram à cooperativa, referiu que “ o projecto é bastante ambicioso e, é uma acção que vem suprir a necessidade e dar dignidade aos que no momento dos conflitos armados, deixaram de se preocupar consigo mesmo e, lutaram para que nós tivéssemos a paz que hoje reinam no seio de todos os angolanos. O projecto está em via de ABRIL 2012


Numa primeira fase, mais de 300 casas foram construídas e entregues em Novembro do ano passado

Celeste de Brito PCA da Tamar LD na assinatura com o presidente da Peróla Verde desenvolvimento há um bom tempo, e das 500 mil casas projectadas temos programado a construção 400 mil casas sociais, 70 mil do tipo media e 30 mil do tipo alta renda” disse. Numa primeira fase, mais de 300 casas foram construídas e entregues em Novembro do ano passado, numa cerimónia de entrega presidida pelo Chefe do Estado Maior da Forças Armadas, Sachipengo Nunda, nas províncias do Huambo, Luanda, Kuanza-Norte,

Kunza-Sul, Malanje, Huambo, Kuando Kubango, enquanto 2000 mil casas estão em vias de acabamento e outras para serem entregues brevemente. Actualmente a cooperativa conta com mais de 40 mil associados dos vários pontos do país. Com a entrega das primeiras 300 casas, o projecto prevê satisfazer até o primeiro trimestre de 2013, um total de 25.000 cooperativistas. Tipologia e preços das casas

General Nunda entrega oficialmente a chaves da casa a uma beneficiada, Huambo

ABRIL 2012

A casa modelo do tipo T3, considerada tipologia da baixa renda, comporta três quartos, uma suite, uma sala de 25 metros quadrados e custa aproximadamente USD 60 000 americanos. O tipo T4, tipologia da média renda, tem quatro quartos, um perímetro de 175 metros quadrados e custa USD 150.000 americanos. O tipo T5, reis de chão e primeiro andar é considerado a tipologia da alta renda, comporta cinco quartos, dos quais duas suites e três quartos normais, duas salas uma no piso terra e outra no elevado e custa USD 250.000 americanos. A aquisição do imóvel deve obedecer os parâmetros estabelecidos pela empresa detentora do projecto a cooperativa militar Pérola Verde SCRL e, o pagamento da casa deve ser feita num período de onze anos úteis. Formas de aquisição do imóvel A Tamar LD é empresa gestora que se ocupa na gestão de salários dos militares, na qual todos os pretendentes que se escrevem na cooperativa, devem solicitar uma permissão ao chefe do Estado-maior das forças armadas, um valor de 35 por centos do seu salário que deverá ser debitado como fiança inicial no projecto da casa escolhida, que varia em função do modelo e a capacidade de pagamento. Depois do associado estar credenciado pela cooperativa, é dado uma guia de encaminhamento à Tamar a empresa gestora do projecto onde firma o contrato. De seguida é enviado uma carta ao comando do exército que confirma o associado, e a partir daí é descontado directamente do seu salário a percentagem para o pagamenPlenitude to do imóvel. PLENITUDE ANGOLA . 21


PAÍS

Fotos: A.J

SOCIEDADE

Policía em Luanda

aperta o cerco aos Marginais

O POR

DINIS BUNDO

O Comando Provincial da Policia Nacional em Luanda apresentou ao público 120 cidadãos, seis dos quais do sexo feminino, indiciados na prática de crimes de natureza diversa, no passado dia 10 de Abril de 2012, na unidade Operativa, na capital do país. Segundo o porta voz da referida estrutura policial, Nestor Goubel, os detidos resultaram de intensas operações re22 . PLENITUDE ANGOLA

lâmpago e buscas dirigidas, levadas a acabo durante períodos precisos, com vista a diminuir as incidências criminais que ocorrem um pouco por toda província de Luanda e devolver paz e tranquilidade aos seus moradores. Fruto desse árduo trabalho foi possível apresentar 09 elementos que praticavam crimes de homicídios voluntários, 04 de homicídios frustrado, 20 acusados de crime de violação, 02 de tentati-

va de violação, 03 de roubo qualificado de viaturas, 22 de roubo qualificado, 06 de roubos em cantinas, 06 elementos de roubos de motorizadas, 01 de roubos em residências, 02 de roubos de telemovéis, ainda 03 outros por pratica de crimes de posse de armas de fogo de forma ilegal. Quanto a combate a drogas, resultou na detenção de um total de 9.500 quilogramas de liamba e 195 gramas de cocaína. ABRIL 2012


No quadro das apreensões foram apresentadas 79 cidadaos nacionais, sendo três 03 do sexo feminino, quatro 24 armas de fogo com calibres diverso, uma botija de gás, cinco telemovéis, um televisor, uma arma branca, sete motorizadas e três viaturas. Durante a operação a policia desmantelou, um grupo de marginal conhecido por Kissonde, ou pela sigla K.S., dela resultou na detenção de oito jovens na casa dos 20 anos, integrantes do grupo. O grupo era liderado por Carlos Comprido Sampaio, 24 anos, natural de Malanje. Ele disse a nossa equipe de reportagem que seu grupo integra jovens de ambos o sexo, dos 18 aos 25 anos de idade, naturais de Malanje, Kuanza-Sul, Kuanza-Norte, Uige e Luanda. O grupo Kissonde para além de perturbar Luanda e arredores, esteve envolvido nos assaltos a mão armada, um dos quais a de uma viatura, matando o seu proprietário, no passado mês de Março, crime que chocou os citadinos da capital do país. A operação criminosa teve como instrumento uma arma do tipo AKM, levaram a vítima no interior do cemitério do Camama, onde fizeram dois tiros nele a queima roupa. “Nunca matei pessoa, desde sempre estive envolvido em assaltos as cantinas, desta vez, tudo me saiu mal”, disse-nos banhado em lágrimas o Carlos Comprido Sampaio. Um dos felizardos foi Victor Manuel João, proprietário da viatura de marca Toyota Corola, essa havia sido roubada há

Nestor Goubel, porta voz do comando Provincial de Luanda quase quinze dias, a Policía Nacional, conseguiu recuperála, fruto do ágil trabalho levado acabo, que envolveu forças Plenitude e meios a sua disposição.

Depoimento do proprietário da viatura roubada

A viatura recuperada

“Julguei que nunca mais iria recuperar a minha viatura, por isso só tenho a agradecer o trabalho da polícia e a celeridade ao entregar-me de volta, isto é sinal que as forças da ordem desenvolvem um excelente trabalho em Angola, o trabalho dela (polícia) se aperfeiçoa a cada dia que passa. Bem haja esse órgão do Ministério do Interior”, reconheceu sorridente Victor Manuel João.

ABRIL 2012

PLENITUDE ANGOLA . 23


PAÍS

SOCIEDADE

PÓLO INDUSTRIAL DE VIANA ARRANCA COM 45 FÁBRICAS

C POR

DIAS DOS SANTOS

erca de 140 fábricas estão a ser erguidas no Pólo Industrial de Viana, arredores de Luanda, por iniciativa do Instituto de Desenvolvimento Industrial de Angola. O projecto que faz parte do programa do Executivo visa relançar o sector da Indústria nacional em sete pólos, dos quais o PIV faz parte. Existem neste momento em implementação, os Pólos Industriais de Viana, Benguela e Fútila, em Cabinda. O objectivo é diminuir as importações, esbater o nível de desemprego, em 20% até 2015. O Pólo Industrial de Viana possui segundo o Secretário de Estado da Indústria 400 contratos assinados e tem já em funcionamento 45 fábricas a funcionar em pleno. Dos contratos assinados constam indústrias ligeiras de vários tipos, desde a metalomecânica, siderurgia, materiais de construção, higiene e limpeza, materiais audiovisuais, cutelarias, equipamentos de panificação, etc. Estruturada numa área de seis mil hectares, o PIV faz parte da Zona Econômica Especial, onde prioritariamente foram projectadas 72 indústrias de apoio ao programa de reconstrução nacional, financiadas pela Sonangol, algumas delas recentemente apresentadas pela petrolífera angolana. Na essência, o Pólo Industrial de Viana é uma estrutura concebida, de modo a concentrar as indústrias num local infraestruturado com os pressupostos necessários para um melhor desempenho fabril, que são “vias de acesso, esgotos, tratamento de águas residuais, água potável, fornecimento de energia”, etc. De acordo com o Secretário de Estado da Indústria, Kiala Gabriel ainda subsistem dificuldades ao nível das condições primárias a instalar no local, de modo a que as indústrias pos24 . PLENITUDE ANGOLA

sam operar sem sobressaltos. A água e a energia constituem grande problema, devido às deficiências conhecidas no fornecimento. Contudo são notórios os esforços empreendidos no sentido de proporcionar aos empreendedores algumas condições. Assim é que estão já garantidas as linhas de fornecimento de energia e água aos diferentes lotes, e se tudo acontecer conforme o previsto, os apoios prometidos às pequenas e médias empresas deverão permitir nos próximos meses, o arranque de algumas indústrias. APOIOS INSTITUCIONAIS Apesar de existir vontade de participar na política de desenvolvimento económico e social do Governo, e de se terem candidatado aos vários projectos em carteira, ainda se registam alguns condicionalismos que impedem com que os empresários nacionais consolidem as suas iniciativas. Um desses condicionalismos é o acesso ao crédito. Empresários nacionais não conseguem junto da banca comercial os financiamentos necessários para o exercício da actividade industrial. A falta de garantias reais e outras impede que os bancos atendam as necessidades dos promotores nacionais. Resultado: existem significativos atrasos na implementação dos projectos e nalguns casos desistências e um generalizado mal estar entre a classe empresarial angolana. Para contrariar tudo isso, o Executivo colocou em marcha uma série de acções visando inverter esse quadro. Aprovou legislação que a partir de Maio vai promover apoios consideráveis às pequenas e médias empresas. O Instituto Nacional de Apoio às Pequenas e Médias Empresas, INAPEM, terá a missão de certificar e cadastrar os agentes económicos com projectos que estimulem o auto-emprego e constitu-

Polo Industrial de Viana am uma plataforma de combate à fome e à pobreza. Foi aprovada uma linha de crédito até 1350 milhões de dólares anuais para apoiar entre 2011 a 2015 iniciativas empresariais privadas. Dos valores indicados, 30 por cento destina-se às micro-empresas e a outra parte dirigida às PME. As micro-empresas terão um limite de crédito rondando os 200 mil dólares, enquanto as pequenas e médias empresas têm acesso entre 3 a 8 milhões de dólares, durante cinco anos. Os beneficiários terão direito a um ABRIL 2012


Foto: A.J

Período de carência de 12 meses e taxa de juro bonificada até 50 por cento, de harmonia com a taxa de referência do Banco Nacional de Angola, num máximo de 10%. As linhas de crédito estarão disponíveis em bancos comerciais seleccionados pelo Governo, devendo as solicitações e respostas da sua inteira responsabilidade. Para que o processo se torne transparente e o destino dos dinheiros sirva os objectivos preconizados, o Executivo exige que os diferentes projectos obedeçam aos critérios definidos pelo Programa de Fomento Empresarial aprovado. ABRIL 2012

Com todo este aparato montado calcula-se que até 2015 sejam criados cerca de 800 mil postos de trabalho, através dos sinais de crescimento económico, que se registarão nessa altura. Segundo analistas, a correcta aplicação do Programa de Fomento Empresarial deverá “contribuir para um aumento acumulado do PIB angolano de 2400 milhões de dólares”em 2015. Para tornar o projectos do PIV exeqüíveis, o Ministério da Indústria, criou a Unidade Técnica de Projectos, UTEP, encarregada de analisar e preparar os diversos processos, destinados à

banca, para efeitos de financiamento. O Secretário de Estado da Indústria, Kiala Gabriel referiu que o seu pelouro financeiramente, não trabalha com dinheiro. “Trabalhamos com idéias, com estruturas e ajudamos os empresários para terem os dossiers bancarizáveis, além das diligências junto dos bancos para então em nome dos empresários obterem o financiamento. Esse é o apoio que nós achamos suficiente para encorajar, motivar as pessoas a alcançarem os seus objectivos”.

Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 25


SAÚDE

Sociedade unida

Wanda Freire

contra o cancro da mama

W POR

FÁBIO SALDANHA anda Freire, Presidente da Fundação Mulher contra o cancro da mama, solicitou a sociedade

26 . PLENITUDE ANGOLA

que se una a sua fundação nesse projecto de combate ao cancro da mama. Ela falava em entrevista ao Folha Universal, aconselhou: ao mais pequeno sintoma, todas mulheres se dirijam ao seu médico, ou a uma urgência.

Fundou a referida organização em 1996 depois de ter contraído o cancro da mama. Para ela, “é fundamental ampliar os serviços de alta complexidade na área de oncologia”. Afirmou, igualmente, que a sua FunABRIL 2012


dação “está aberta” à cooperações de todo tipo, sejam através de doações monetárias, de equipamentos para montagem da sua futura sede e prestação de serviço, sobretudo às Embaixadoras da Boa Vontade. O cancro da mama é mais comum nas mulheres. Comparativamente, o número de mulheres de raça branca, que contraiu a doença, é um pouco maior do que nas mulheres de raça negra. No mundo, os países onde mais se verifica são: os EUA, Canadá, Europa Ocidental e Austrália, o risco maior ronda aos 65 anos. As estatísticas apontam: o número de casos no mundo é estimado em 150.000, dos quais 44.000 morrem, anualmente, precisou. A detecção precoce do cancro da mama, por meio de mamografias, deverá melhorar a taxa de sobrevivência. A mamografia, ou radiografia da mama, consegue detectar o cancro da

mama antes de se sentir qualquer caroço à palpação. Se o cancro da mama for descoberto em fase inicial, as opções de tratamento são muito mais alargadas e com isso a taxa de sobrevivência é bem maior, uma detenção precoce exige uma examinação física pelo seu médico, um exame feito a si mesma e uma mamografia. Mulheres entre os 20-29 anos, deverão fazer uma mamografia pelo menos a cada 3 anos, Mulheres com mais de 40 anos, deverão fazer uma mamografia todos os anos, todas as mulheres deverão fazer um exame a si próprias todos os meses, este exame deverá ser feito uma semana depois do ciclo menstrual ter começado. Se está na menopausa, escolha um dia do mês e faça o exame sempre no mesmo dia. Conheça o seu corpo, saiba como os seus seios sentem e qual o seu aspecto, se notar alterações, consulte o seu médico logo que possível.

Ninguém se lembraria de afirmar que o cancro é sempre evitável. Podem, no entanto, reduzir-se os riscos. O cancro aparece em uma pessoa em cada quatro. Por esta razão, é importante que todos nós sejamos conhecedores dos mais precoces sinais da doença, de modo a levar a determinar e iniciar o tratamento antes que haja danos extensos ou antes de o cancro ter progredido até uma fase tal que se tenha tomado inoperável ou não tratável. O auto-exame constitui um meio importante de detencção do cancro. Quando um cancro se desenvolve, começa no organismo uma mudança contínua. Todos nós deveríamos ter consciência das manifestações de tal mudança. Esta secção alerta-nos para os sintomas de aviso, indica e descreve os métodos a que se pode recorrer para um auto-exame, de modo a aumentar as hipóteses de uma detecção do cancro precoce.

Plenitude

Sintomas do cancro Muitos cancros assinalam a sua presença numa fase precoce, quando a cura completa é ainda possível. Todavia, nem sempre é fácil reconhecer os primeiros sintomas, por vezes são vagos. Por exemplo, sentir-se mal com o tempo que faz ou sentir-se uma febre ligeira durante um dia é coisa que não deverá alarmar ninguém, no entanto devem levar-se a sério tais sintomas, caso persistam. Para realizar um auto-exame ao seio, deverá palpar o mesmo em busca de algum caroço ou zona mais dura/áspera. Se ao analisar sentir um caroço deverá consultar o seu médico imediatamente, qualquer caroço no seio deverá ser observado por um médico, para assim eliminar a hipótese de cancro, mesmo que sejam mais prováveis outras causas não malignas, como um tumor benigno ou um quisto, aclarou-nos.

ABRIL 2012

PLENITUDE ANGOLA . 27


Foto: OSVALDO C.

BEM ESTAR

A

Natureza odeia o imobilismo, a preguiça, em todas as suas formas. Dá vida contínua apenas aos elementos que estão em actividade. Amarre-se um braço ou outra parte do corpo tornando-o inativo, e dentro em pouco, a parte imobilizada se tornará atrofiada, ficando sem vida. Você concerteza já viu pessoas a ficarem aleijadas para o resto da vida, porque ultrapassaram o período que deviam ficar com o gesso. Ao contrário, faça-se de um dos braços um uso maior do que o habitual, como acontece no caso do ferreiro que maneja um pesado martelo o dia inteiro, e esse braço se tornará mais vigoroso, mais forte e muito mais musculoso. A prática do exercício físico, vai garantir-lhe saúde e longevidade. P lenitude 28 . PLENITUDE ANGOLA

Mexa-se

Foto:OSVALDO C.

Exercite-se

ABRIL 2012


BEM ESTAR RECEITA

Uma receita:

YAKISOBA

COMO PREPARAR ESTE DELICIOSOSO PRATO?? Apesar de parecer um prato de preparo complicado, é só seguir o passo-a-passo e sem demora ele fica pronto. Bom, começa por picar todos os legumes e verduras num tamanho regular: Cenoura vagem brócolos couve-flor acelga cebola repolho... Em separado, corta em cubos 1 peito de frango e tempere com 2 colheres de molho shoyo. Na wok (panela própria para preparo de comida oriental) - ou use uma panela grande que você tenha em casa co loque 2 colheres de óleo de milho e 1 colher (chá) de óleo de gergelim. Refogue o frango e, depois, acrescente também 100 g de presunto em fatias grossas, mas quadriculado. Retire do fogo e reserve. Na mesma panela, jogue a cebola e os legumes duros (cenoura, vagem, couve-flor e brócolos), tampe e deixe cozinhar por alguns minutos em fogo baixo. Se necessário, jogue um pouquinho de água. Não deixe amolecer muito! Coloque junto o restante dos legumes e verduras. Volte o frango e o presunto à panela e adicione uma mistura de 1/2 xícara de shoyo com 1/2 xícara de água e 1 colher (sopa) de amido de milho. Mexa bem para engrossar. Coloque também 1 colher (sobremesa) de molho de ostra (opcional; ele dá aquele sabor inconfundível da comida oriental) e 2 colheres de saquê. Enquanto isso, já vai cozinhando 1 pacote (500g) de macarrão instantâneo, próprio para esse prato. Misture tudo. INGREDIENTES

Foto: Internet

300g de macarrão para yakisoba 1 cebola grande picada em pedaços médios 1 colher de sopa de óleo 1/2 maço pequeno de brócolos 1/2 maço pequeno de couve-flor 250 ml de molho para yakissoba 6 colheres de sopa de molho shoyu 400g de tirinhas de carne (mignon, patinho ou alcatra) 100 g de champignon 1 cenoura cortada em diagonal 4 folhas de acelga cortadas em diagonal.

FONTE: WWW.NOBRE.PT

ABRIL 2012

PLENITUDE ANGOLA . 29


30 . PLENITUDE ANGOLA

ABRIL 2012


CRÓNICA

A glória

dos gregos

BISPO EDIR MACEDO www.bispomacedo.com.br

Festa da Páscoa

Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento

ABRIL 2012

O

povo judeu subia à Jerusalém para celebrar sua libertação da escravidão egípcia. Entre os que subiram para adorar, durante a festa, havia alguns gregos que aproveitaram a oportunidade para conhecer Jesus.

Quando soube que alguns gregos queriam Lhe conhecer, Jesus disse: “É chegada a hora de ser glorificado o Filho do Homem”. João 12.21-23 Cegos viram, mortos ressuscitaram, paralíticos andaram, leprosos foram limpos, possessos foram libertos e uma infinidade de milagres havia sido feito. Mas, nenhum deles foi suficiente para glorificar Jesus. Multidões saíram-Lhe ao encontro com mantos e palmas na Sua entrada em Jerusalém. Mas ainda não era motivo de ser glorificado. Que milagre, que adoração, que palavras de louvor expressariam realmente Sua glória?

Os gregos atenderam aos anseios do Senhor. Não por pertencerem à sociedade filosófica. Mas porque prezavam mais a razão do que os sentimentos. Uma coisa é a glória pelos milagres realizados; outra é a glória pelo que Jesus é. Até então, o povo O buscava pelos milagres ou curiosidade de vê-Lo operar milagres. Mas os gregos queriam mesmo era conhecê-Lo. Essa é a atitude que faz gerar os nascidos da água e do Espírito. São estes que fazem chegar a hora de glorificar o Filho do Homem e transferem a festa de Jerusalém para os Céus. “Digo-vos que, assim, haverá maior júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.” Lucas 15.7.

Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 31


NACIONAL IURD REUNIÃO DE OBREIROS

O pecado

tira a visão do homem de Deus POR Manuel Gabriel

D

e acordo com o bispo, o diabo conseguiu convencer a terça parte dos anjos do céu, com a sua língua, usando a palavra. “ Quando a Bíblia relata que o diabo arrastou com a sua cauda a terça parte dos anjos do céu, fê-lo pela língua, através do uso da palavra. Ele, de forma astuta, se aproximou de cada um deles, mostrando erros, em tudo que fez Deus, estar simplesmente errado, até convencer um a um” . O bispo perguntou à assistência qual é o erro de Deus? Deus não é perfeição e justiça? Então de onde o diabo tirou os argumentos para convencer a terça parte dos anjos que Deus estava errado?”. Ele (Satanás) derrubou-os mostrando-lhes os erros que se encontrava dentro dele mesmo aos outros anjos, estes se transformaram em demónios. Exemplificou, há pessoas que reclamam do orgulho de outrem, quando na verdade elas são as verdadeiras orgulhosas. “ Quando a pessoa está mal por dentro, espiritualmente, para se ver aliviada de 32 . PLENITUDE ANGOLA

Reunião de obreiros seus pecados e erros, procura ver o defeito dela nas outras pessoas. Quando estamos mal, o natural é que, aquilo que está dentro de nós se manifeste fora ou procuramos um culpado, passando desta forma a ver os nossos próprios defeitos nas outras pessoas ou numa instituições”. Fezlhes recordar à luz da Bíblia que se os nossos olhos forem bons, é porque o nosso interior é bom. Mas se eles não forem bons é porque o seu interior é mau. Lamentou a perda de muitos obreiros, outrora dedicados e em

comunhão com Deus. “Eles notabilizavam-se como servos da primeira linha nas batalhas, nessa guerra tenaz contra Satanás e seus seguidores” . O tempo na obra é inimigo da fé Chamou-lhe atenção sobre o tempo. Segundo servo de Deus, se não se vigiar, a rotina, o cansaço provocado pelo tempo, pode esfriar o amor pelas almas. Quando o homem de Deus não exercita a fé – alertou - o tempo toma conta dele e esfria-o. “Nós tínhamos

muitos obreiros sedentos e famintos de trabalhar nas reuniões de libertação, para esmagar o diabo. Era só eles caminharem, durante o culto no meio do povo, os demónios tremiam, manifestavam, as pessoas eram curadas de imediato, mesmo sem orar. Mas, infelizmente com passar do tempo e em função de alguns erros que alguns foram cometendo, esfriaram, Satanás entrou na vida deles. Tal como aconteceu com Judas, perderam a vontade de servir a Deus”. Apontou entre as ABRIL 2012


as causas do desvio e esfriamento do obreiro “ os erros cometidos quer na vida social quer ao longo do exercício da actividade como obreiro. Os infractores, não confessa os seus erros aos líderes de suas igrejas, escusam-se de se arrependerem dos maus actos, isso faz com que o Espírito Santo se afaste dele, praticam as coisas erradas com naturalidade, ao ponto da sua consciência não as

ABRIL 2012

acusar dos erros. O obreiro que chega a este estado, normalmente, manifesta o sintoma de rebeldia, discorda com tudo que a igreja faz, organiza propósitos não autorizados pela direcção da igreja, a mentira para elas é algo normal, roubam, fazem uso de bebidas alcoólicas, adulteram, prostituem, têm prazer em frequentar festas mundanas e adoptam uma vida de obreiros

ou obreiras social ou modernas. O alimento espiritual como: evangelizar, falar de Jesus às pessoas, buscar o Espírito Santo à madrugada deixa de fazer parte das suas agendas”. Alertou-lhes sobre as coisas que atentam contra a salvação das suas almas, “pois aqueles (obreiros), que uma vez pegaram no arado e negaram a fé, procurem urgentemente o vosso pastor e confessem os vossos erros, não demorem peçam ajuda enquanto é cedo. Não tenham receio de perder o uniforme e o titulo de obreiro, isto não vai te salvar. Satanás conseguiu esfriar os seus pontos de fé, não sabemos quanto tempo falta para devorar a sua alma, ele te conhece muito bem e sabe aonde você errou e se não te arrependeres enquanto é cedo, poderás perder a salvação. Muitos dos que estão aqui, estão sobre merecimento da misericórdia de Deus, mas essa tem limites. O diabo

nosso adversário nos vigia à distância, acenando-nos as vontades mundanas, se não vigiarmos será tarde. Ele anda com ânsia de nos levar como troféu no inferno mas, Deus é fiel”. O Bispo esclareceu que quando um membro peca, tem obrigação de prestar conta directa à Deus, ou seja, deve se concertar com Deus através da oração e com seu próximo, arrependimento sincero, não simples remorso. Isso para ele basta, por não haver com ele compromisso directo com a obra de Deus. Mas, para todos aqueles que uma vez assumiram o compromisso de servir na obra de Deus, “ se errarem seja qual for a gravidade do pecado, não basta somente dobrar os joelhos e pedir perdão à Deus, é dever deles e obrigação fazer confissão imediata ao seu líder da igreja, neste caso o pastor ou o bispo, e se o erro lesar o casamento, devem também confessar ao seus companheiros”, precisou.

Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 33


NACIONAL IURD

REUNIÃO DAS CAUSAS IMPOSSÍVEIS

Reunião

das causas impossíveis Deus não alimenta a comiseração das pessoas destacou o bispo Elizmar

Reunião realizada no Cenáculo da Fé do Alvalade POR

DINIS BUNDO

D

eus é um ser justo e Todo Poderoso, a sua acção está fundamentada na fé e não na comiseração, ou seja, o sentimento de pena para com o ser humano. Por conseguinte, Ele age de acordo a manifestação da fé de cada pessoa, que almeja o Seu auxilio, sublinhou o bispo Elizmar, durante um culto denominado Reunião das Causas Impossíveis, realizada sábado às 09 horas no Cenáculo maior do Alvalade, Avenida Comandante Gika, em Luanda. Caso Deus agisse com base na comiseração, as enchentes de pacientes nas unidades hospitalares estatais e privadas, em busca de socorro médico, ficariam imediatamente curadas, porque elas acometidas de muitas dores, desabafam “ai meu Deus! Meu Pai ajudame! livra-me dessa dor! etc. etc.”. “O homem continuará a ser escravo das dores, dos vícios, da miséria e da escravidão do diabo/Satanás, enquanto não aprender a manifestar 34 . PLENITUDE ANGOLA

a sua fé, acreditando que o supremo nome de Jesus Cristo tem poder para curar os doentes, suprir as suas necessidades e ressuscitar até mesmo os mortos”, alertou o bispo Elizmar. Para melhor esclarecimento da audiência, o bispo Elizmar, reportou-lhes a história biblica dos dois cegos que exercitaram sua fé ao seguirem e clamaram incansavelmente pelo senhor Jesus, eles não desistiram enquanto não foram atendidos “ E, partindo Jesus dali, seguiram-no dois cegos, clamando, e dizendo: Tem compaixão de nós, filho de Davi, E, quando chegou à casa, os cegos se aproximaram dele; e Jesus disse-lhes: Credes vós que eu possa fazer isto? Disseramlhe eles: Sim, Senhor, tocou então os olhos deles, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé”, Mateus 9:27-29 De acordo com ele, não foi o poder de Jesus por si só que curou aqueles cegos, mais, a fé dos mesmos é que provocou o milagre; Credes vós que eu possa fazer isto? Disseram-lhe eles: Sim, Senhor, tocou então os olhos de-

les, dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé. Embora o Senhor Jesus soubesse que os que chamavam por Ele eram cegos, nada fez enquanto não houve do lado dele a manifestação da fé. Segundo o servo de Deus, aquele que olhar para o problema e o considerar de insolúvel, é porque nunca experimentou a manifestação do Poder de Deus. “O Altíssimo a quem adoramos, é Deus do impossível, ele faz os ossos secos reviverem e marcharem para guerra”, sublinhou. Acto contínuo, o bispo convidou os participantes ao culto, a usarem a fé e passar no caminho da Luz, cujo cenário esteve ali montado. “Pois, acresceu: Jesus é a luz do mundo, aquele que caminha nas trevas continuará em tropeços, mais quem caminha na Luz jamais tropeçará, porque a luz o ilumina, tal como está descrito no livro de S.joão 8-12: Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida”. No final do culto, todos saíram do local com a fé deles avivada. Plenitude ABRIL 2012


NACIONAL IURD REUNIÃO DOS 318

Reunião dos

318 Ensina cidadãos a tirar projectos do papel

Fotos: A.J

P

essoas de diversos níveis culturais, de entre eles, profissionais autónomos, empresários, funcionários do Estado, micro-empresários, vendedores ambulantes e, incluso, desempregados, frequentam assiduamente a reunião dos 318, na Catedral da Fé do Alvalade, Avenida Comandante GiKa, Luanda. Recebem à luz da Bíblia, toda a segundafeira e terça-feira, sob os cuidados do bispo Gerson Viera e demais pastores e obreiros, orientações precisas de como crescer profissionalmente, como serem empreendedores, como investir e como ganhar dinheiro, nos seus negócios. Para o efeito, por intermédio de palestras sistemáticas, adicionadas a vídeos motivacionais, muitos têm sido beneficiadas na Reunião da Prosperidade. O bispo Gerson Viera, num gesto bastante peculiar, motiva a assistência de forma a ligarem a fé nelas mesmas, auto-estima, a fé

Bispo Gerson ABRIL 2012

sobrenatural em Deus. A acreditarem que os seus projectos vão dar certo. A nunca desistirem, apesar das dificuldades encontradas no percurso. São ensinadas ainda a se revoltarem não contra as pessoas, contra os governos ou qualquer pessoa física ou singular, mas sim contra a situação que estejam a passar. Não aceitarem palavras de derrota e dúvidas, pronunciadas por seja quem for. Aos cristãos lhes énsinado a serem fiéis nos seus votos, serem dízimistas fiéis e ofertantes à Casa de Deus, a fazerem sacrifícios espirituais (ter uma conduta recta) e material (colocarem os seus bens no altar de Deus). Fruto desses ensinamentos , os testemunhos se sucedem, muitos desempregados reverteram a situação. Outros com sonho empresarial conseguiram constituir as suas empresas. A Nação dos 318 da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) é um ministério que trata a vida financeira e profissional dos membros e demais interessados. Através dos cultos ministrados pela referida denominação evangélica muitos cidadãos têm tirado os seus “projectos do papel “, torando-os realidade, e, ampliado a visão.

Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 35


EVANGELIZAÇÃO LUANDA

BAPTISMO NAS ÁGUAS MAIS DE DUAS CENTENAS DE RECLUSOS BAPTIZADOS Secção masculina da comarca central de Viana

Secção feminina

N POR

DINIS BUNDO

o quadro de um trabalho de evangelização levado a cabo nas unidades prisionais de Luanda pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) 239 reclusos, dos quais 17 mulheres, foram baptizadas nas águas, tornando público a sua decisão de seguir e servir o Senhor Jesus Cristo. É responsável pelo referido trabalho, indigitados pela direcção da IURD, o pastor Severino Bento Gwoto, (Timóteo). Na cerimónia de baptismo, ele esteve coadjuvado de 20 obreiros (homens e mulheres) selecionados das varias regiões da IURD, na capital do país. Foram contempladas: a Cadeia Central de Luanda (CCL), a Cadeia Central

36 . PLENITUDE ANGOLA

Um dos reclusos sendo baptizado de Viana (CCV) e unidade prisional de Kaquila, todas em Luanda. A realização desse baptismo maciço

foi antecedido de um trabalho de esclarecimento a luz da Bíblia Sagrada, sob a sua importância na vida de todos quantos se dignem a seguir e servir o Senhor Jesus Cristo. Acto continuo, No dia 11 de Março de 2012, foram baptizados na unidade prisional de Kaquila 35 prisioneiros. A localidade dista a sensivelmente cinco quilómetros da sede da comuna de Calumbo, município da Kissama, província de Luanda. Os outros baptismos – todos eles realizados nos finais de semana do mês de Março – tiveram lugar na Cadeia Central de Luanda, 156 indivíduos, Cadeia Central de Viana, na secção masculina, 31, e, ainda nessa última na secção feminina: 17 reclusas.

ABRIL 2012


Fotos: A.J

A alegria dos recém-baptizados

Pastor Timoteo responsavél pelo trabalho de evangelização nas cadeias Um dos momentos marcantes foi, enquanto a caravana preparava seu regresso à Luanda, o anuncio da soltura de um dos presos, detido há cerca de quatro anos na cadeia de Caquila. Chama-se Domingos Sebastião André Cabaça, de 24 anos de idade, natural de Malanje residente em Luanda, o furto a mão armada fê-lo viver quatro anos por detrás das grades. “É duro viver priva-

IURD, viessem a minha busca” disse ela a comemorar, banhado em lágrimas. Abordado acerca do árduo trabalho de reabilitação, levado acabo pelos oficiais de reeducação nas instituições prisionais, o Chefe Adjunto daquela secção de reeducação na Unidade Prisional do Kaquila, Paulo Patrício, reconheceu ser uma tarefa difícil, porém, segundo ele,”o amor pela profissão levou-me a gostar do que faço.

Se educar um ser humano é uma tarefa difícil, imagine reeducá-lo, isso requer o dobro dos esforços da nossa parte”.

Caso marcante

do de liberdade, foram duros momentos, serviram-me de lição, doravante passarei a respeitar o bem alheio. Não tive chance de sair antes, foi para mim um milagre ser chamado a fim de receber a soltura, foi como se os anjos de Deus, no caso os membros da

ABRIL 2012

Um dos funcionários da Cadeia Central de Luanda, Bravo Tomás, fez daquele momento “ímpar” a sua chance e solicitou que o baptizassem também. Segundo ele, nunca foi baptizado por não frequentar nenhuma denominação religiosa. “Ao ouvir a palavra de salvação, pela primeira vez, pregada com tanto poder, ela foi muito frontal a mim, é como se o pastor conhecesse todos os meus problemas, convencido prometo seguir e servir o Senhor Jesus Cristo para o resto da minha vida”, ressaltou o nosso entrevistado radiante. Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 37


NACIONAL IURD CULTO

)) O PAÍS

Concluida a primeira fase

da restauração

do cenáculo do Alvalade DINIS BUNDO

N

o âmbito do melhoramento dos seus templos a direção da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola, o líder da obra evangélica nesse país africano, bispo Augusto Dias, procedeu à recepção oficial da conclusão da primeira fase das obras de restauro, levadas a cabo pela construtora UrbaNova, do Cenáculo Sede Fé, localizada na Avenida Comandante Gika, bairro Alvalade, município da Maianga, Luanda, no pretérito dia 15 de Abril de 2012. O acto foi testemunhado por bispos, pastores, esposa de pastores, obreiros e membros em geral. Estiveram presentes mais de 3.500 (três mil quinhentas) pessoas. Nessa primeira fase, as obras tiveram a duração de doze meses, com mão de obra maioritariamente angolana. No uso da palavra o bispo Augusto Dias precisou que tal investimento só foi possível devido os dízimos e ofertas dos membros da IURD, recordando aos presentes à passagem bíblica extraída no livro de Malaquias 3-10 “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes”. Tecidas algumas considerações a respeito da imponente obra, convidou 38 . PLENITUDE ANGOLA

Visão interior do salão Fotos: A.J

POR

ABRIL 2012


O Coordenador Técnico da Engiurd Engenheiro Fernando Pavoni, falou das dificuldades “o material aplicado nesta Obra por ser de ultima geração, foi adquirido no mercado internacional por não existir no país, daí o atraso verificado na conclusão dessa primeira fase”, sublinhou. Felizes pelo restauro da sua igreja e a

os bispos Gerson Vieira e João Bartolomeu a orarem a Deus por mais esse restauro, que culminou com êxito. O interior do templo ganhou um altar

lindo, arquitetura moderna, igualmente o tecto passou a ter uma excelente apresentação. Contou com uma mão de dobra maioritariamente angolana.

Engrº Fernando Pavoni beleza interior, que ela ostenta, a nossa equipa de reportagem ouviu de alguns membros presentes. “Não encontro termo que descreva essa beleza arquitectónica, sinto-me confortável nela. Ela se apresenta no interior como uma verdadeira casa de adoração a Deus” afirmou a dona Manuela Novais. Foi da mesma opinião o senhor Guedes Lima Ramont, membro da instituição a

Dona Manuela Novais quase dois anos, “Esta é a prova de que os dízimos e as nossas ofertas têm uma aplicação correcta, esse e outros templos que a IURD tem espalhado em Angola, motiva qualquer de nós membros a ser fieis na pratica dos dízimos e ofertas”, disse radiante.

Plenitude

ABRIL 2012

PLENITUDE ANGOLA . 39


FÉ + CONHECIMENTO

A importância

Fotos: Folha Universal/Brasil

do voto cristao

Com elogios da presidente Dilma Rousseff, Marcelo Crivella assume Ministério da Pesca e reforça a relevância dos políticos para os evangélicos

E

redacao@folhauniversal.com.br

m mais uma prova da importância dos políticos para a sociedade e a influência de evangélicos no cenário político nacional, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) tomou posse, recentemente, do Ministério da Pesca e Aquicultura, sob elogios da presidente Dilma Rousseff. Afirmou: Crivella “fará a diferença” em sua equipe ministerial, 40 . PLENITUDE ANGOLA

ela declarou: “Ele me ajudará junto aos outros ministros e ministras a levar resoluções das quais não podemos abrir mão”, disse. A presidente lembrou ainda a importância dos aliados e de acordos políticos que garantam a governabilidade e afirmou que o Partido Republicano Brasileiro (PRB) é um desses parceiros que sempre colaboraram com o Governo. “Crivella dará sequência à grande participação do PRB em nos-

so governo, participação essa que teve início com o Zé (José Alencar) e que ainda vai dar muitos frutos.” Em seu discurso de posse, o novo ministro relembrou um conselho do bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus: “Quem pensa nos outros pensa como Deus”. Ao encerrar o pronunciamento, Crivella se dirigiu à presidente Dilma Rousseff: “Muitas vezes, Deus não chama os mais qualificados, não escolhe os mais qualificados, mas Ele sempre qualifica os escolhidos”. A entrada de Crivella para a Esplanada dos Ministérios reforça o reconhecimento do Governo sobre a importância da actuação de políticos evangélicos nos mais diversos projectos e importantes discussões em prol da população brasileira. Em algumas situações, a interferência deles foi decisiva. Foi o que ocorreu com o polémico kit anti-homofobia, o chamado “kit gay”, que o Ministério da Educação (MEC) planejava distribuir nas escolas no ano passado. O material foi duramente criticado no Congresso e pela sociedade por possuir um conteúdo que poderia estimular a prática homossexual entre os jovens dentro das escolas. A acção do Partido Republicano Brasileiro (PRB) foi decisiva para pôr fim à campanha do MEC.. Antes de determinar a suspensão da produção e distribuição do “kit gay”, em Maio do ano passado, Dilma fez questão de ligar para o então senador Crivella e informar sua decisão antes que ela fosse divulgada. A atitude da presidente mostra o respeito que ela sempre demonstrou pela figura do então senador e pela comunidade evangélica. Para o presidente do PRB, Marcos Pereira, a posse de Crivella é um reconhecimento ao senador e à legenda. “Trata-se de uma estrela de nosso partido, um quadro mais do que gabaritado para trabalhar no desenvolvimento de um sector que vai trazer consideráveis avanços, tanto do ponto de vista económico, como social e ambiental para o nosso país”, ressaltou o dirigente. De acordo com o antropólogo Ari ABRIL 2012


Mesa Pedro Oro, o sucesso eleitoral alcançado pelo PRB na política brasileira está relacionado ao carisma institucional da Igreja Universal do Reino de Deus. Ele explica que o partido traz para o campo político importantes elementos simbólicos do campo religioso. Oro lembra também que, para obter sucesso no campo político, a IURD adoptou um modo original de fazer política, o que elevou a Igreja à condição ímpar de principal instituição brasileira da actualidade a se ocupar com tamanha aplicação à conscientização e ao direcionamento do voto de seus membros. A importância dos políticos para a comunidade evangélica é um tema que já foi ressaltado inúmeras vezes pelo bispo Edir Macedo em sua coluna na Folha Universal. “A crença de que a política não é de Deus tem tornado o povo passivo diante do sonho de uma nação grande e forte. (...) Essa situação não pode continuar! (...) O legado de Deus nos mostra que é necessário ter homens e mulheres de fé na política”, disse o bispo Macedo em um de seus artigos.

marcar sua presença no Governo Dilma. Ele quer seguir fazendo a diferença e, através de seu trabalho, gerar 1 mi-

A serviço do povo Antes de se tornar ministro, o engenheiro Marcelo Bezerra Crivella exercia o segundo mandato de senador da República pelo PRB, representando o Rio de Janeiro. Foi o primeiro senador reeleito no Estado depois de 32 anos. Durante o período em que estiver ocupando o Ministério, sua vaga no Senado será ocupada pelo suplente Eduardo Lopes, também do PRB (veja matéria na página 8i). Crivella tem projetos definidos para

Lei Seca – O projeto do deputado Alexandre Corrêa recebeu parecer favorável na Comissão de Constituição e Justiça, da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Ele obriga as empresas que comercializam bebidas alcoólicas a inserir nos rótulos dos produtos a logomarca da “Lei Seca”.

ABRIL 2012

lhão de empregos no setor em 10 anos. Além disso, pretende quintuplicar a produção sustentável da aquicultura, duplicar a captura sustentável de pescados e o consumo por pessoa de peixes no Brasil. Crivella também adiantou que, na pasta, vai continuar com seu trabalho pelos mais humildes. Seguindo a mesma linha do PRB, ele marcou sua atuação no Senado Federal pela defesa das causas da população. Um exemplo é o projeto Cimento Social, encabeçado por ele e criado para oferecer melhores condições de moradia para a população carente, além de significar renda e emprego no setor da construção civil.

Bancada ligada ao povo Os políticos vinculados ao Partido Republicano Brasileiro (PRB) seguem os preceitos que norteiam a atuação da Igreja Universal e lutam pela aprovação de leis que beneficiam a população. Lei das Religiões – A bancada do PRB teve actuação decisiva na aprovação do Projeto de Lei 5.598, denominado de Lei Geral das Religiões, que estende a todos os grupos religiosos existentes no País os privilégios legais concedidos à Igreja Católica e a seus Institutos Eclesiásticos, tais como imunidade tributária, “blindagem” trabalhista, inserção de ensino religioso confessional, obrigatoriedade da reserva de espaços públicos para fins religiosos, preservação dos patrimônios das Igrejas financiada pelo Estado, entre outros.

Álcool e direção – O deputado Otoniel Lima (PRB-SP) enviou projeto de lei prevendo punição mais rigorosa para os

O ministro das pescas Marcelo Crivela motoristas que se envolverem em acidentes sob o efeito de bebidas alcoólicas. Escola – O vereador Jorge Braz (PRB-RJ) teve aprovada uma emenda ao projeto de lei de autoria do Executivo, que cria um quadro permanente de professores de religião para as escolas públicas. Braz também conseguiu isentar os templos religiosos de uma nova taxa de iluminação pública criada pela prefeitura do Rio de Janeiro. Isenção – Quando o Plano Director da cidade do Rio de Janeiro foi aprovado, em 2011, o vereador Jorge Braz conseguiu aprovar uma importante emenda isentando as igrejas e os demais templos da apresentação do Relatório de Impacto de Vizinhança. Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 41


TRATAMENTO ESPIRITUAL

Satanás se esforça em tirar a paz do homem

A reunião do tratamento espiritual aco POR

DINIS BUNDO

O

Senhor Jesus Cristo antevendo as vicissitudes que passariam os seus seguidores, assegurou-lhes: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” S. João 14-27. Infelizmente o homem, não tem usufruído deste legado, lamentou o bispo Robson de Jesus, durante um culto realizado domingos às 13 horas no Cenáculo da Fé do Alvalade, sito Avenida Comandante Gika, em Luanda. A etimologia da palavra paz remetenos a um estado de calma ou tranquilidade, ou seja, ausência de perturbações e agitações. O termo é derivado do latim, Pacem = Absentia Belli, pode ainda referir-se à ausência de violência ou guerra. 42 . PLENITUDE ANGOLA

Após ter sido expulso do paraíso Satanás trabalha com todas as suas forças para roubar a paz de Deus no íntimo do cristão. Para o efeito, procura colocar-lhe doenças, brigas, desentendimento, contenda, inimizade, inveja, perseguições, vícios, calunia, difamação, medo e muitos outros males, afirmou o servo de Deus. Todo o ser humano longe de Deus está vulnerável e sujeito a todas as artimanhas satânicas e práticas do mal contra ele. Daí a existência de tantos dementes e desequilibrados emocionalmente nas sociedades actuais, a vaguearem de lugar em lugar a procura da paz. Por Satanás ser espírito, nada que seja físico pode inibir sua ação, nem tão pouco um curandeiro pode desenfrear a sua actuação na vida da pessoa. “Atenção o quimbanda é membro da mesma família”, sublinhou. “O Senhor Jesus Cristo é Único e

Imutável. Ele, sim, pode anular a acção diabólica na vida do aflito e darlhe paz, saúde, tranquilidade, sossego e a felicidade, através do Espírito Santo”, assegurou. Para que determinada pessoa seja participe dos bens espirituais, descritos nas Escrituras Sagradas, deve seguir o Senhor Jesus Cristo, “Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixandonos o exemplo, para que sigais as suas pisadas” 1 Pedro 2-21. “ Ele – O Senhor Jesus Cristo - é dono da paz e de toda justiça, julga com toda equidade as pessoas iníquos que nos tratam com injustiça e que a tudo fazem para tirar-nos a paz. Ao cristão cumpre-lhe o dever de orar sem cessar, jejuar, ser fiel em tudo e praticar o bem, escusando-se de ser achado em falta” aconselhou. ABRIL 2012


Fotos: A.J

ontece todos os domingos a partir das 13 horas

Curada de uma paralisia Chama-se Esperança Niki, natural do UIGE, está na casa dos 50 anos de idade, membro da Igreja Universal do Reino de Deus há 16 anos, foi curada de uma paralisia de um dos membros inferior, esteve imobilizado durante meio ano. A cura se verificou no culto denominado “Tratamento espiritual”, que acontece todos os domingos às 13 horas, no cenáculo da fé do Alvalade, em Luanda. “Foi de repente que senti uma forte dor no pé direto, dando lugar a um furúnculo na mesma região, isso ABRIL 2012

imobilizou o meu membro”, recordou. Dona Esperança Niki, ao aperceber-se desse fenômeno estranho, admitiu ser proveniente de forças espirituais satânicas. Por isso, decidiu intensificar as suas orações e frequentar com assiduidade os cultos do Tratamento espiritual. Revoltada no seu íntimo, nunca aceitou, em definitivo, a paralisação do seu membro. Movida por essa fé, na tarde de domingo 22 de Abril, a nossa entrevistada, foi transportada até ao o Cená-

culo da IURD, localizado no bairro Alvalade, no culto tratamento espiritual. Feitas as orações de libertação pelo bispo Robson de Jesus e demais pastores, ela “milagrosamente” foi curada, o membro doente ficou com os movimentos livres, estava restaurado. Ela aconselha a todos os desenganados pela medicina ortodoxa à experimentarem o Poder de Deus, pois a Bíblia diz “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente” Hebreus 13:8.

Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 43


IURD NO MUNDO PORTUGAL

A Revolta

Divina ISABEL BARBOSA ib.r@folhadeportugal.pt

POR

“P

do Evangelho. E, de maneira clara, prática, sem sentimentos ou emoções, seguindo o verdadeiro entendimento, pois, Deus não busca, nem tão pouco nós, “adeptos” para o Seu Reino e sim pessoas que, ainda que vivam no erro e no pecado, sejam sinceras e queiram abandonar esse estilo de vida e abraçar a Verdade. No entanto, para aqueles que vivem pela fé, em obediência à Sua Palavra (Jerusalém), Ele não se aquieta até que seja vista, por todos, nas suas vidas a justiça (saúde restaurada, casamento realizado,

vida financeira próspera, salvação...). Não é apenas dentro do Cenáculo que as pessoas verão o seu testemunho, mas, inclusive, os que ainda não fazem parte do Reino de Deus. Em Isaías, capítulo 62, versículo 2, o novo representa a vida nova, tal como foi no caso de Jacob, o qual lutou com Deus até o raiar do sol para que o seu nome mudasse, e como nós fizemos recentemente, na Vigília dos Revoltados. A sua vida será o que Deus determinar e não o que a Sociedade, a crise, os vícios, as maldições hereditárias, a inveja, a religião, o medo...

Fotos: Folha de Portugal

or amor de Sião, me não calarei e, por amor de Jerusalém, não me aquietarei, até que saia a sua justiça como um resplendor, e a sua salvação, como uma tocha acesa” (Isaías 62.1). O Espírito de Deus é de jamais dar-se por vencido e de justiça, razão pela qual Ele não se tem calado, mas inspirado os Seus servos para levarem a “Sião” (aquelas pessoas que se encontram longe da Sua presença) a verdade, posto que a verdadeira fé vem pela pregação

44 . PLENITUDE ANGOLA

ABRIL 2012


ABRIL 2012

Bispo Julío Freitas

Terá Deus prazer em ver uma pessoa cometer suicídio? Ou doente? Ou não tendo mais sonhos?

dizem. Se antes, na mão do mal, você era envergonhado/a pelo mau caráter, a fama de mentiroso/a, adúltero/a, falso/a... agora, estando a sua vida nas mãos do Criador, terá muito do que se alegrar e orgulhar, pois, terá uma vida digna, já que os mesmos que antes conheciam a sua vida de vergonha, agora, conhecem-no/a e reconhecem o seu caráter honesto, fiel, humilde... “Nunca mais te chamarão Desamparada (por causa das enfermidades, desemprego, falta de um/a companheiro/a...), nem a tua terra se denominará jamais Desolada (a sua família não será destruída...); mas chamar-te-ão Minha Delícia; e à tua terra, Desposada; porque o SENHOR se delicia em ti; e a tua terra se desposará” (Is 62.4). Terá Deus prazer em ver uma pessoa cometer suicídio? Ou doente? Ou não tendo mais sonhos? Claro que não! Pois, se o prazer de Deus está na sua vida, então, você tem que ser saudável, alegre e realizador dos seus sonhos, renovando as suas forças, vendo os seus filhos crescerem na presença de Deus... e o casamento é a prova de um compromisso assumido, de uma aliança onde ambas partes passam a ter tudo em comum. Sendo assim, à nossa terra (a família) o que lhe poderá faltar? “Porque, como o jovem desposa a donzela, assim teus filhos te desposarão a ti; como o noivo se alegra da noiva, assim de ti se alegrará o teu Deus.” (Is 62.5). Estas duas situações fazem menção a algo que é novo, um novo começo, esperança e futuro pela frente. Você não terá que se envergonhar do seu passado, pois, aos olhos de Deus este não existe, já que o sangue do nosso Senhor Jesus torna-nos virgens aos olhos de Deus. Ele, como noivo, aguarda com alegria o dia em que a pessoa irá dizer: “sim, quero-me entregar a Deus”; “sim, quero abandonar o erro”; “sim, quero nascer de Deus”... pois, Ele já deu o Seu “sim, quero”, ao entregar a Sua vida na cruz. Em Isaías, capítulo 62, versículo 6, os muros de que se fala eram a protecção da cidade e quanto mais altos e fortificados fossem mais seguros os habitantes estariam. Portanto, Deus deixa bem claro, ao

longo da Bíblia, que o Seu povo estaria seguro, ainda que fosse “atacado” e perseguido, se a Ele dissesse “sim, quero” e se tivesse em si a Sua Energia (o Espírito Santo), vivendo pela fé e buscando a justiça, com revolta. Então, sendo Ele por nós,

quem poderá prevalecer contra nós? Ninguém!!! Perseverança é a ordem de Deus. E Ele tem que confirmar as Suas promessas na sua vida, que é o seu testemunho, e é aqui na Terra e nesta vida que Ele quer confirmar isso. Mas, se uma pessoa não é capaz de ver as promessas de Deus sendo confirmadas nesta vida (as conquistas materiais e físicas), como será ela capaz de ter a confirmação da salvação? Não dê lugar à indecisão, não fique à espera, nem na dependência de outros, pois, ninguém poderá decidir por si, a sua atitude servirá de exemplo a outros, principalmente aos da sua família. Portanto, tire as “pedras” da mágoa, do ódio, da inveja, do medo e de tudo o que o/a faça tropeçar na sua caminhada em direção à salvação. “Eis que o SENHOR fez ouvir até às extremidades da terra estas palavras...” (Is 62.11). A recompensa por ter lhe dito “sim, quero” e ter negado uma vida de injustiças, pois, a partir do momento em que Lhe disser sim, terá prazer em praticar a Sua justiça e receberá a recompensa, o galardão. Esta é a proposta de Deus, a de colocar dentro de si o Seu Espírito, a Sua Energia. Então, como é que quer ser chamado/a? Como é que quer ser visto/a? Hoje, colocou neste Altar uma oferta de revolta por uma injustiça que, provavelmente, está a suceder na sua vida, mas, qual é a maior injustiça de todas? É você não ter dentro de si a salvação de Deus, o Seu Espírito. Por seu servo em Cristo, bispo Júlio Freitas Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 45


Lula

a libertação de duas vidas ISABEL BARBOSA ib.r@folhadeportugal.pt

POR

“Era uma pessoa totalmente desequilibrada dentro de casa. E só percebi a gravidade do problema no dia em que a minha mulher me perguntou porque é que eu não cumpria o que pregava na igreja dentro da nossa própria casa”

“Q

uem chegou primeiro ao Centro de Ajuda foi o Lula. Estávamos com a vida destruída, a nível sentimental e tudo o resto. Ele veio numa altura em que percebemos que não havia mais nada a fazer. O casamento parecia ter acabado e, apesar de estarmos os dois noutra Igreja, conhecíamos outro Deus, mas não aquele que queríamos para nós. Vivíamos uma vida de aparências, principalmente eu, e a situação foi muito difícil! Hoje sei que houve uma libertação na vida do Lula e que, agora sim, ele é o marido que sempre quis. Sempre fomos muito fiéis em termos de dízimos e ofertas, mas nunca víamos resultados, mas, neste momento, vemos e sabemos que Deus é fiel connosco”. Sónia “Era uma pessoa totalmente desequilibrada dentro de casa. E só percebi a gravidade do problema no dia em que a minha mulher me perguntou porque é que eu não cumpria o que pregava na igreja dentro da nossa própria casa. Não soube responder e tentei pedir ajuda a muitas 46 . PLENITUDE ANGOLA

pessoas, as quais nunca me ajudaram. O meu problema era espiritual e muito grave. Estava em perigo! E cheguei até a agredir fisicamente a minha mulher. Mas, no dia em que cheguei aqui, depois da reunião, contei toda a minha vida ao pastor e mal ele colocou as mãos na minha cabeça, as minhas pernas começaram a tremer e senti comichão pelo corpo inteiro, durante uma semana, pois, já era o processo de libertação. Nesse momento, comecei a priorizar a minha libertação e o encontro com Deus. Estamos na Igreja Universal há três meses e esse tempo não se compara com os dez anos em que estivemos na outra igreja. Foquei-me muito na minha libertação, mas não foi fácil, pois, tive muitas pessoas que me quiseram desviar do meu caminho. Determinei também que não voltaria a usar o nome de Jesus até O sentir dentro de mim. Então, consegui a minha libertação e recebi o Espírito Santo. E as portas agora abremse de uma forma impressionante e eu sei que a libertação é fundamental”. Lula. Plenitude ABRIL 2012


IURD MUNDO NOVA ZELÂNDIA

Cura em

Nova Zelândia Muitas pessoas que compareceram a reunião foram livre das dores e ouviram a palavra de salvação

O

redacao@folhauniversal.com.br

Cenáculo do Espírito Santo chegou à Nova Zelândia, em 2004, encontrou pessoas sofrerem por causa da imigração irregular, conflitos familiares, doenças, vícios e diversas perturbações espirituais. O bispo Wellington

Guillian Souza

ABRIL 2012

Marcelo, responsável pela IURD no país, realizou recentemente a Noite da Libertação. Na reunião ele deu ênfase o facto de que para todas as dificuldades existe uma saída. “Aqueles que desejam uma transformação e estão cansados de serem as mesmas pessoas, de viverem

enganadas com uma falsa aparência, porém o interior despedaçado. O seu bem maior é a salvação de sua alma”. Durante a oração várias pessoas foram libertas e muitos doentes foram curados. Muitas pessoas começaram a andar sem a ajuda da bengala e cadeiras de roda. Várias pessoas com dores na coluna por muitos anos foram curadas, dentre elas a senhora Gillian Souza que viajou 11 horas para participar do evento, ela veio de Wellington para Auckland sofrendo há 17 anos, não perdeu a esperança e no momento da oração a dor desapareceu de sua coluna, “isto é um grande milagre para mim” disse ela e acrescentou que valeu a pena estou muito grata a Jesus.

Sr Walter curado da surdez O senhor Walter que era 95% surdo e que usava aparelhos nos ouvidos por mais de 10 anos disse: “Arranquei o aparelho cri que iria ouvir e comecei a ouvir normalmente, meus ouvidos foram desbloqueados”. Actualmente, a Igreja conta com um templo localizado no centro da cidade de Auckland e mais 6 núcleos espalhados pelo país. A sede da Igreja Universal em Nova Zelândia fica localizada: 36 Atkinson Avenue Otahuhu Auckland New Zealand - Informação ligue: +0064 276 3700 ou www.uckg.co.nz

Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 47


IURD MUNDO REINO UNIDO

Bispo Macedo pregou sobre os perigos da voz do coração para milhares de pessoas na Inglaterra

emotiva redacao@folhauniversal.com.br

R

ração e não a da razão, essa pessoa tem fé, mas essa não é uma fé racional. Dessa forma, ela não cresce espiritualmente apesar de dar o dízimo e as ofertas, pois tudo

Fotos: F.U/Brasil

ecentemente o bispo Macedo ministrou mais uma reunião no Teatro

Rainbow, em Londres. Na ocasião ele falou sobre os perigos que há por trás daqueles que não usam a fé inteligente. “A pessoa que usa a fé emotiva, ouve a voz do co-

IURD no país A Igreja Universal do Reino de Deus, na Inglaterra (Universal Church of the Kingdom of God – UCKG, em Inglês), completou seu vigésimo aniversário. Tudo começou quando o então pastor Renato Cardoso – atualmente bispo e que esteve como responsável pela IURD no país – chegou à região em 1995, com o objetivo de levar a Palavra de Deus aos ingleses. Inicialmente, uma porta se abriu, em Brixton, no

48 . PLENITUDE ANGOLA

Rainbow Theatre-Sede da IURD em Londres Sul de Londres, e o local se tornou pequeno para acomodar os milhares de pes-

soas que chegavam todos os dias de diversas regiões. Em Dezembro do ano se-

nela é baseado na emoção”, explicou o bispo Macedo. Ainda na pregação ele disse tanto que, essa pessoa ouve um louvor e chora, porque todo o sentimento do mundo está dentro dela. “Este alguém é do tipo que comparece às reuniões de libertação, manifesta, nós expulsamos o mal, mas como essa pessoa não crê, ela comparece à reunião outra vez e manifesta de novo, porque só vive na fé emotiva”, falou o bispo. Em seguida ele alertou aos desobedientes: “Há ainda os que são desobedientes diante da Palavra de Deus. Eles lêem a Bíblia, mas não praticam o que está escrito nas Sagradas Escrituras”, finalizou.

guinte, o Rainbow Theatre, em Finsbury Park – na época abandonado – passou a ser a sede da UCKG. Apesar das dificuldades do local – sem energia elétrica ou aquecedor –, nada pôde impedir a atuação do Senhor Jesus. As reuniões cresciam a cada dia mais. O local foi totalmente restaurado e notícias sobre o novo templo saíram em todos os jornais britânicos. A Igreja foi se expandindo pelo país com o auxílio dos grupos voluntários.

Plenitude

ABRIL 2012


TESTEMUNHO

Aconteceu

ANTÓNIO HANDANGA

comigo...

A

DINIS BUNDO

ntónio Roberto Handanga, natural do Huambo, residente em Luanda, é membro da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) há já três anos. Caracterizado como um homem de fé, perseverança e fidelidade à Deus. Fez da “Fogueira Santa” o trampolim para dar o salto desejado na sua vida. A Fogueira Santa é uma campanha de fé da IURD, sazonal, os membros da instituição por seu intermédio se manifestam que não têm apego as coisas materiais, bem como demonstram a disponibilidade deles colocarem os seus bens no altar de Deus, provocando um substancial avanço da obra de Deus, aqui na terra. Em consequências, quem o faz com perfeição, alcançam de Deus grandes bênçãos: espirituais e materiais. Para o nosso entrevistado por tê-la praticado, passou a ter duas etapas bem delineadas na sua vida: Antes e depois de realizar a “Fogueira Santa”. Antes, teve ultrapassar varias muralhas, enfrentou inúmeros obstáculos, caiu varias vezes. A fé e a determinação fê-lo prosseguir e continuar com a caminhada, até a vitória. “Desde muito jovem, antes de conhecer a IURD, fui proprietário de 7 caminhões de longo curso, não andava de táxi, a minha conta bancária era expresABRIL 2012

siva, não me queixava de coisa alguma. Apesar de tudo isso, sonhava mal, brigava com seres nocturnas, invisíveis, ao acordar apresentava arranhões e sangrava o corpo todo”. Tempos depois, os caminhões acidentaram, sem concerto, as viaturas de uso pessoal avariavam num abrir e fechar de olhos, os mecânicos ficavam atónitos, sem capacidade de repará-los, havia perdido tudo. No seu lar começaram a se registar brigas, os membros da família estavam sempre acamadas. Endividou-se. As dividas atingiram 50 mil dólares americano, os falsos amigos o abandonaram, ao vê-lo em crise. Todas as tentativas de recuperação, pelo seu próprio esforço, resultavam nulas. Os empréstimos bancários não passavam de promessas. No desespero, refugiou-se nos vícios como: alcoolismo, cigarro e frequência em casas nocturnas. Nesse imbróglio optou pelo o suicídio “preparei tudo, até ao pormenor, para concretizar o desejo de suicídio, corda, cadeira e estava determinado a subir e pôr fim a todo aquele sofrimento”. Precisamente, quando se preparava para consumar o acto ouviu um programa evangélico da IURD transmitido pela rádio LAC (Luanda Antena Comercial), o pastor dizia “você que nesta noite,

Fotos: A.J

POR

Sr. Roberto Handanga e a esposa D. Teresa Justina Sapalo devido às várias aflições que estas a viver, o diabo já lhe apresentou a corda, e local para se suicidar, saiba que Jesus veio ao mundo para dar vida e a dá-la com abundância, Ele te ama, quer suprir todas as tuas necessidades, sejam quais forem, convido-te adiar esta tentativa de suicídio. Invoque o nome de Jesus, apresente a Ele os teus problemas”. “Ali mesmo decidi seguir e servir o Senhor Jesus Cristo e nunca mais abri mãos dessa decisão”, precisou. Tornou-se um cristão assíduo aos cultos, um dizimista fiel, desafiador da sua própria fé, deu fim aos choros e come-

çou a receber de volta tudo que havia perdido. “Fruto de uma Fogueira Santa, em que participei de corpo, alma e espírito, estou em via de abrir uma empresa com capacidade 20 a 30 trabalhadores. Estou a construir a minha casa de sonhos. Liquidei todas as minhas dívidas. Troco de viaturas sempre que quero, dou-me ao luxo de conhecer outros países. Hoje o meu dízimo não cabe num envelope, por vezes tenho de trazê-lo numa pasta. Louvado seja o Deus que conheci na Igreja Universal do Reino de Deus”, assinalou com uma gargalhada.

Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 49


NACIONAL IURD NACIONAL BENGUELAIURD

Pastor Humberto quando falava aos estudantes

Pastor Alerta:

A intensão do mal é paralisar a acção académico-profissional do ser humano POR

CONSTANTINO EDUARDO

O

pastor Humberto de Almeida, responsável do trabalho evangélico da Igreja Universal do Reino de Deus ( IURD), em Benguela, consagrou com óleo sagrado duzentos estudantes, entre eles estudantes universitários e outros do Iº e segundo ciclos. o acto aconteceu no culto principal às 9 horas e 30 minutos, assistido por mais de 600 pessoas, no cenáculo principal situado na rua Silva Porto. A formação na vida de uma pessoa é

50 . PLENITUDE ANGOLA

indispensável e só com ela se consegue dar asas a mente, adquirir conhecimento, cultura, educação, crescimento profissional e muito mais. O ser humano está condenado a aprender eternamente e está mais do que provado técnica e cientificamente, que a vida é uma autêntica escola onde nunca paramos de nos formar e aprender dia-a-dia. No dia em que pararmos, certamente vamos nos igualar a uma planta que está muito tempo sem ser irrigada. É esse o espírito de apostar seriamente na formação académica dos seus membros que tem norteado a direcção da IURD em Angola em geral, em Ben-

guela de modo particular, daí a razão da instituição da ASSEUMI cujo fim primordial é o auxílio aos estudantes. Na ocasião, o pastor Humberto de Almeida, orou solicitando a Deus sabedoria, ciência a favor dos estudantes. Segundo ele, a intenção do mal é paralisar a acção académicoprofissional do ser humano, daí orientarmos os estudantes a se entregarem, cada vez mais a Deus, a fim de que Ele lhes conceda o Espírito Santo, um dos dons concedidos por Ele é sabedoria. Há muita gente que sempre que chega época de provas sente fortes de cabeça, vocês pensam que isso é normal, não é não! É o diabo a trabalhar dentro do intelecto da pessoa, impedindo-a de realizar as provas, com objectivo de fazer-lhe reprovar». A boa nova anunciada pelo pastor é, que doravante, as consagrações serão feitas com a periocidade de um mês. Antecedeu a referida campanha de consagração, uma campanha de sensibilização radiodifundida, na voz do obreiro Paulo Jorge, membro provincial da ASSEUMI, em Benguela. Ao longo da sua pregação, falou ainda das pessoas serem sinceras «quando a pessoa não é sincera, deixa de agradar a Deus. Há muitas pessoas cansadas na fé, porque não são sinceras naquilo que fazem para Deus. Quem é sincero é igualmente humilde, ela tem coragem de chegar diante de Deus e solicitar e ajuda espiritual, evitando, assim, estar longe da presença do Altíssimo». Na sua óptica, Deus tem prazer de ajudar as pessoas sinceras. “Deus era com David, porque este homem nutria dentro de si a sinceridade. Deus conhece as nossas fraquezas, se sempre que errarmos nos dirigirmos a Ele e dissermos «Senhor me perdoa, Ele nos perdoa”. Lembram-se do ladrão na cruz que reconheceu a sua culpa. Pediu ao Senhor Jesus Cristo que tivesse compaixão dele e o como resposta o Senhor prometeulhe que nesse mesmo dia, estaria com ele no paraíso.”, esclareceu.

Plenitude

ABRIL 2012


NACIONAL IURD LUANDA

OBEDIÊNCIA A DEUS TRAZ CONSIGO ABUNDANTES BÊNÇÃOS

Foto: A.J

Pastor Victor Noor

Reunião realizada na IURD do bairro da Mabor POR

DINIS BUNDO

“A

Bíblia é clara em S.João 3 : 1 6 “Porque Deus amou o mundo, de tal maneira, que deu o seu filho unigénito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”, O Senhor Jesus Cristo foi enviado ao mundo com uma missão específica: salvar a humanidade. Porém, lamentou recentemente o pastor Victor Manuel Noor durante um culto no cenáculo da Mabor, o ser humano, devido à desobediência continua carente de quase tudo, paz, felicidade, alegria e de outros benefícios de que tem direito. O referido templo está situado na Rua Cidade de Deus Frente ao Instituto Superior René Descarte no ABRIL 2012

Bairro da Mabor, Comuna do Ngola Kiluange, Município do Cazenga, Luanda. Segundo Ele, Deus criou o Céu, a terra, o mar e tudo que existe debaixo da terra, para beneficio do Homem. Porém o homem não tem usufruído de todos esses bens ao seu dispor deste benemérito. Reportou o relato bíblico sobre a pesca em que Pedro, discípulo do Senhor Jesus Cristo, havia participado, na companhia de seus companheiros. Eles haviam tentado, toda a noite, sema nada apanharem. Foi quando o Mestre apareceu no meio deles e desafiou-lhes a voltar a pescar. Pedro, reverente, disse “ (...) E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede” Lucas 5:3-5.

Segundo o pastor Victor Manuel Noor “ o segredo para aquela maravilhosa pesca foi a obediência. Primeiro, o Pedro obediente emprestou seu barco a Senhor Jesus Cristo, que fêlo de altar, donde ensinava a multidão o caminho da salvação. “Segundo, Pedro ao reconhecer com quem falava disse: sobre a tua palavra lançarei a rede”. “A mudança de vida, a transformação e a conquista de bênçãos quer material quer espiritual, depende da participação e a obediência do candidato as palavras do Senhor Jesus Cristo, pregada pelos seus servos”, deu ênfase. Naqueles dias, a pesca era a única fonte de renda para as famílias. O pescador dependia do seu saber, da sua força física ou técnica. No caso em análise, passaram a noite em

claro, sem pescarem nada, mas ao serem obedientes a palavra de Deus, o Altíssimo colocou abundante peixe no mar. Na época actual, não é diferente, o homem para comer e satisfazer as suas necessidades depende da sua fonte de renda. Para o efeito, investe todo seu esforço físico ou mental. “Infelizmente nem sempre consegue o que procura. Daí a frustração de muitos”. “Pedro corrigiu tal quadro quando passou a obedecer à orientação do Mestre. Devido a tal procedimento, eles garantiram o sustento deles e de suas famílias, durante muitos dias”, deu ênfase. “Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Salmos 126:5, ou seja, diga com convicção: sobre a tua palavra lançarei a rede Senhor”, aconselhou.

Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 51


52 . PLENITUDE ANGOLA

ABRIL 2012


NADA COMO UMA BOA

CONVERSA ela falta de diálogo, muitos casais têm problemas mal resolvidos, ficam chateados um com o outro. Às vezes até tentam dialogar, mas, por não o fazerem com eficácia, acabam por se ofenderem um ao outro. Os casais devem dialogar com eficácia. Há quem foge da famosa DR (discutir a relação), porque é uma experiência dolorosa para ele (a), por

Investindo na intimidade Para Cristiane Cardoso, escritora e apresentadora do programa “A Escola do Amor”, as emoções podem influenciar de forma negativa quando o casal procura conversar para resolver alguma questão. “A pessoa tem de entender que a importância do diálogo no casamento não é somente porque eu preciso saber o que o meu marido está pensando; tem outra raiz, que é a intimidade do casal. Você pode dormir na mesma cama, mas se não tem diálogo, é impossível investir na intimidade”, ensina. ABRIL 2012

ter o diálogo interrompido, sentir que a outra pessoa não está ouvindo ou então não ver resultados posteriores. Então, pensa: “Para que conversar,

Superando as diferenças Casados há apenas 1 ano, Renato de Freitas Vieira, de 30 anos, representante comercial, e Débora Ramos Lima, de 23 anos, gerente comercial, enfrentaram os problemas comuns da fase de adaptação do início do casamento. Segundo ele, as orientações recebidas no programa “A Escola do Amor” foram muito válidas e os ajudaram a superar as diferenças. “Eu nunca tinha me casado, mas a minha esposa já foi casada; então, foi difícil nos primeiros meses. Mas hoje, graças a Deus e às orientações deles (apresentadores), a gente tem alcançado a vitória”, afirma. Com presença confirmada na “Caminhada do Amor”, Renato e Débora escolheram o Parque do Ibirapuera, em São Paulo, como local para participarem do evento. Para ele, o diálogo tem 100% de importância em um relacionamento, e assuntos simples podem ser resolvidos com

Fotos: F.U/Brasil

P

Falta de diálogo tem prejudicado os relacionamentos

se isso não vai dar em nada?”A declaração acima, feita pelo bispo Renato Cardoso, apresentador do programa “A Escola do Amor”, mostra o principal problema enfrentado pelos casais actualmente. Em muitos casos, a falta de diálogo começa ainda na fase do namoro e acaba piorando após o casamento. Por não conseguirem dialogar de forma positiva, uma conversa muitas vezes vira uma discussão em que um acusa o outro pelos problemas do relacionamento; no fim, nada é feito para mudar a situação. A conversa que começou amena termina como uma espécie de julgamento, em que um culpa o outro pelas dificuldades enfrentadas na relação. Promovamos entre os nossos membros evangélicos o diálogo positivo e produtivo entre os casais, com um ouvindo o que o outro tem a falar e também aprendam um pouco mais sobre o parceiro. Um exercício prático é os casais escolherem parques seguros e bonitos nos locais, onde moram, e, juntos, fazerem uma caminhada. Todos estão convidados, inclusive os solteiros, que podem convidar para essa prática aquela pessoa especial por quem tem interesse.

uma boa conversa. “Como diz o ditado, ‘é conversando que a gente se entende’. Mas, às vezes, por orgulho, o casal acaba deixando que uma situação, que poderia se resolver através de um diálogo, se agrave. Conversar é primordial. Essa caminhada que o bispo está promovendo é muito importante e tenho certeza de que será muito proveitosa”, garante. Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 53


Endereços da Felicidade

www.iurdangola.net Sede Nacional - Cenáculo da Fé, Av. Comandante Gika S/Nº (Alvalade, Cidade de Luanda) LUANDA

CENÁCULO DA FÉ DO ALVALADE Av. Comandante Gika S/Nº (Alvalade)

CENÁCULO DA FÉ DO MORRO BENTO Av. 21 de Janeiro (próximo à rotunda do Gamek)

Bairro Popular | Estrada Nova, Rua Fabiana Ribeiro S/Nº Benfica Nova | Nova estrada do Benfica, a 1 km depois do controle da Polícia Nac. Benfica I | Bº Benfica, Rua do Partido S/Nº Benfica II | Rua Direita da antiga praça do Benfica, em frente do ex matadouro Cacuaco I| Estrada do Cacuaco, frente ao mercado municipal Cacuaco II| Estrada principal do Cacuaco S/Nº. Perto do antigo Control, Bº Balumuca Cobaca | Rua da Cobaca, Cazenga, zona Sete e Meio Estrada Nova | Bº Estrada Nova, perto do Colegio Ekuikui, Km 12, Luanda Sul Gamek | Rua Pedro de Castro VanDúnem, próximo a retunda do Projecto Nova Vida Hoji-ya-Henda I | Rua Porto Santos S/ Nº, em frente à Só Pão, zona 17 Hoji-ya-Henda II | Rua São Pedro, junto à escola dos Marecos Kassequel | Rua 55, linha direita do hotel Histórico Kilamba Kiaxi | Bº do Golf I, Rua principal, junto do hotel Almeida Monteiro Maculusso | Av. Nicolau Gomes Spencer 159, frente ao Hospital Militar Morro Bento | Av. 21 de Janeiro, próximo à rotunda da Gamek Neves Bendinha | Rua dos Marecos de baixo, Bº Neves Bendinha Mulemba | Av. Ngola Kiluanje, em frente ao cementério 14 Petrangol I | Rua da Madame S/Nº Precol | Rua Direita do Ngola Mbandi, zona 15 Zamba I | Bº Comissã do Cazenga,

to a panificação Pam-Bom BENGUELA (Lobito) | Bº Caponte, rua S/Nº perto da estatua do Flamengo BIÉ | Rua Joaquim Capango, frente a JPC-comercial, centro urbano CABINDA | Rua Duque do Chiazi, bairro 4º de Fev. KUANDO KUBANGO | Rua dos Boss, bairro Azul, Menongue KWANZA NORTE | Rua Direita Luanda, Malange, Ndalatando KWANZA SUL | Rua do Kaboqueiro, centro urbano, ex bar Granada-Sumbe CUNENE | Rua Comandante Hojy -Ya -Henda, Bº Pioneiro Zeca-Ondjiva HUAMBO | Rua Garcia da Horta, lateral prédio Angotel HUILA (Lubango) | Rua Deolinda Rodrigues, centro da cidade, frente a loja / Mabílio LUNDA NORTE (Cafunfo) | Rua dos Candieiros S/Nº, centro urbano LUNDA NORTE (Dundo) | Rua Direita da INEA, Bº da Maboi, Centro urbano LUNDA NORTE (Lucapa) | Rua S/Nº, Bº comercial (Chiluata) LUNDA NORTE (Nzagi) | rua 4 ao lado dos escritórios do Chitotolo – L. Norte LUNDA SUL (Saurimo) | Bº S. António-Sassamba, rua S/Nº MALANGE | Rua Pioneiro Zeca, frente do prédio da Gamek MOXICO | rua das Finanças, bairro Saidi Mingas, ex padaria Celi- Luena NAMIBE | bairro Popular, rua S/Nº UIGE | Rua S/Nº, frente a padaria MiniCera ZAIRE (Mbanza Congo) | rua S/Nº, Bº 11 de Novembro, zona 4 ZAIRE (Soyo) | Bº Primeiro de Maio, próximo à rotunda do Hospital Municipal

Rua 17

PROVÍNCIAS CÉNACULO DA FÉ DO PATRIOTA

BENGO | Bº Kitonhi, Rua Direita do Caxito

Estrada principal do bairro Patriota próximo ao banco BCI

BENGUELA | Rua Silva Porto 138, jun

54 . PLENITUDE ANGOLA

SOS ESPIRITUAL 926 060 400 / 926 060 401 932 709 786 / 932 709 787

ABRIL 2012


MULHER

PONDERANDO COM DEUS

VERÔNICA DIAS

veronicadias@iurdangola.com

A história de Noé

V

ocê já deve ter lido sobre a historia de Noé. Pois bem para resumir, Noé era um homem justo e reto entre os seus contemporâneos; Noé andava com Deus. Genesis 6.9-13 No entanto no decorrer de toda a história de seus feitos eu achei um facto interessante . Enquanto Noé convidava os moradores daquele lugar para construírem a arca pois Deus havia de destruir a cidade ninguém acreditava nem se quer davam ouvidos ao que ele dizia. Eu pessoalmente creio que o davam por louco naquela época. É isso que acontece muitas vezes na vida de muitos, quando o perigo ainda não foi detectado. Infelizmente, na grande maioria das vezes que somos alertados, poucos são os que param para analisar as consequências vindouras. Para outros esse ato se torna tardio diante dos factos. Foi assim com o povo da época de Noé, e tem sido hoje na vida de muitas pessoas ainda . Mas temos estado diante de situABRIL 2012

ações, que podemos reverter. Porém muitas vezes não existe revolta em muitos a fim de levar a tomar atitudes que venham cessar o problema no momento . A revolta nos faz ser grande diante do problema, mas o comodismo faz a pessoa permanecer na espera. O acomodado vive a tentar resolver seus problemas mas já o revoltado parte para guerra com tudo . A palavra de Deus diz não vos conformeis com este século. No entanto cem anos de revolta foi o tempo que levou Noé a construir aquela arca. Creio eu que depois de tantos convidados recusarem participar da construção daquela arca, fez de Noé um homem revoltado. As atitudes que tomamos, falam por nós… Quando a justiça de Deus veio, toda injustiça veio a perecer. Abra a porta Noé! Já era tarde e má hora . Seja um revoltado, e parta com tudo na resolução de seus problemas. Plenitude PLENITUDE ANGOLA . 55


Na primeira pessoa

O perfil do pastor

E

Óscar Chimbili

u sou o pastor Óscar António Chimbili, natural do Cazenga, província de Luanda, mas cresci em M’BanzaKongo terra da minha mãe. Antes de conhecer o Senhor Jesus Cristo a minha vida foi um imbróglio, direi mesmo foi “um inferno”l, adoeci muito, fui perseguido pelo espírito da 56 . PLENITUDE ANGOLA

morte, desde os 12 anos, não tinha paz, isso prolongou-se até a convocação para integrar o exército nacional, a fim de cumprir a actividade militar. Posto no exército, fui perseguido pelo espírito da morte, três vezes tentei o suicídio. A primeira vez peguei numa granada F1 antitanque coloquei no peito, pron-

to a descavilhar, mas algo sobrenatural me impediu. A segunda vez, no período nocturno fui à caverna de um amigo, vendedor de estupefaciente, liamba, comprei três pacotes, vulgo“ bula”, fumei as três. Fiquei fora de mim, descontrolado, fiz tudo aquilo para ter coragem e descavilhar a granada contra mim mesmo. Saí fora do nosso alABRIL 2012


Parecia que uma força sobrenatural estava disposta a frustrar, aquilo que hoje eu sei, todos os projectos do diabo

bergue, coloquei a granada no peito,puxei a argola, ou melhor, apertei a espoleta, mesmo assim uma voz no meu íntimo impediu-me de executar a acção final, ela falou forte, dentro de mim, “não faça isso”. Já em 1991, alcançada a paz, já na cidade, tentei novamente o suicídio, peguei na arma de marca Akm, sentei na cama e coloquei no peito, o cano esteve mais inclinado a omoplata direita, disparei, o tiro saiu do lado contrário. A a sangrar, fui levado com urgência ao hospital e, novamente a providência divina, permitiu que eu fosse salvo. Certo dia, ainda com a ferida não cicatrizada, peguei numa bicicleta e pedalei de encontro a uma viatura parada, ela voltou a abrir, novamente a divina providência em cooperação com os médicos, voltaram a salvar-me. Parecia que uma força sobrenatural estava disposta frustrar, aquilo que hoje eu sei, todos os projectos do diabo. Apesar de toda aflição por que passava a minha carne, Deus, na sua divina providência, não permitia a minha morte. ABRIL 2012

Fui desmobilizado do exército e, devido ao tiro no peito. Desempregado vendia nas praças, viajava de província em província como vendedor, sem sucesso. Certa vez, fui assaltado por bandidos, roubaram toda a minha mercadoria, não satisfeitos com fruto do referido assalto, tentaram tirar a minha vida, novamente saí ileso. “Hoje compeendo Deus já tinha um plano traçado para a minha vida”. Viajei ao Lobito a procura de um emprego. Certo dia, ouvi um programa radiofónico da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), esse convenceu-me, vinha de encontro as necessidades humanas e espirituais que eu havia buscado, toda a vida. Cheguei a frequentar a casa dos encostos para saber o porquê de todo àquele sofrimento, sem sucesso. Face a tão grande evidência, convencido pelo Espírito Santo decidi me entregar ao Senhor Jesus Cristo, fui liberto, curado e consegui

“O ladrão vem somente para roubar, matar, e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” S.João 10:10 um emprego. Grato decidi ser obreiro, daí a servir como pastor no altar, foi “um passo”, grande era a minha “ferrenha” decisão de segui-Lo e servirLo. Hoje sirvo o altar, como pastor. Sou um missionário de Deus, cumpri missão na República Democrática do Congo, participei na abertura do trabalho evangélico naquele país africano, onde estive sete anos. Sou casado com a senhora Alpha de Fátima, com quem tenho uma filha a Israela. Trabalhei no Congo e na República Centro Africana. Retornamos a pátria, Angola. Hoje, posso dizer: Senhor Jesus muito obrigado por tudo que tem feito por mim e a minha família. Sou feliz,

Pastor Óscar e esposa Alpha Chimbili

tenho uma família abençoada, que esse testemunho fortaleça você, talvez esteja a passar por momentos difíceis. Saiba que Deus sempre esteve ao seu lado, Ele quer que você Lhe dê uma oportunidade para te salvar. Oiça a voz do Senhor Jesus: “O ladrão vem somente para roubar, matar, e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” S.João 10:10 S.João 10:10. Ele nunca te abandonou. Venha busca-Lo, levante a cabeça, você pode vencer esses momentos difíceis, talvez você pensa que é o fim, quer inclusive tirar a sua vida, não faça isso. Acorda enquanto há tempo. Que Deus abençoe você.

Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 57


BELEZA

o t n e m i c s e r c o e t i m r A paz pe dos segmentos de beleza e bem-estar

C POR

FÁBIO SALDANHA

Os hotéis erigidos no país, tendo em vista a necessidade de seguir exemplos internacionais, começaram igualmente a incorporar nas suas unidades serviços de bem-estar. Hoje, estes espaços oferecem serviços de relaxamento, terapias holísticas, tratamentos estéticos e de beleza, aulas de yoga e meditação, banhos, entre outros. “Há cerca de 8 anos que trabalho

Fotos: Domingos Marques

om pouco mais de quatro anos de presença em Angola, os segmentos de beleza e bem-estar apresentam já um crescimento visível no mercado nacional. A crescente atenção aos tratamentos corporais é uma das principais causas

do desenvolvimento do sector, procurado tanto por mulheres como homens, assim como os serviços de Spa, clínicas de estética e salões de cabeleireiro. Os salões de cabeleireiro foram em Angola os grandes precursores do desenvolvimento desse negócio, posteriormente passaram a acrescentar aos seus espaços salas de estética.

58 . PLENITUDE ANGOLA

ABRIL 2012


neste ramo, dedicome ao negócio de estética desde 2004, sou uma das impulsionadoras desse serviço no mercado nacional, ele ganhou mais vitalidade nos últimos três anos”, disse a especialista em beleza e estética (ela preferiu o anonimato). “É que a dedicação aos cuidados com o bem-estar é fundamental nos dias de hoje, existindo estudos que comprovam os diversos benefí-

ABRIL 2012

cios que trazem à saúde. A prevenção de doenças é actualmente vista como um elemento essencial para o bem-estar do corpo humano, o que enfatiza a importância destes serviços para a sociedade”, acresceu. Um dos salõess de referência na capital do país e o denominado “ Fátima Estética Enfins”, já existe a mais de uma decada, cada dia que passa aposta na qualidade, e na boa

prestação de serviço para melhor servir os seus clientes, o espaço

fica na Avenida Talatona no interior do Hotel Florença, o salão conta

com um ginásio,uma piscina,massagem, e sauna. Plenitude

PLENITUDE ANGOLA . 59


60 . PLENITUDE ANGOLA

ABRIL 2012


CRÓNICA

“O lobo revestido com a capa de ovelha”

BISPO AUGUSTO DIAS www.bpdias.com

“A Continuação

inda assim não saciara a sua pior sede, a sede moral. Aquela que não se cura com um remédio, aquela em que temos vontade de colocar nossa cabeça em um buraco para fugir de tudo e de todos. Aquela em que temos vergonha de nós mesmos. Não aguentando a vida de Lobo, vestiu novamente a roupa de ovelha e de cabeça baixa voltou vagarosamente para o meio das ovelhas”, acresceu. Naquela noite o Lobo adormeceu no meio de seu choro, triste. Chorava e falou com Deus: oh Deus, eu quero tanto

ser diferente, mas eu não consigo. Quero ser uma Ovelha, mas a minha natureza é de Lobo. Eu não consigo meu Deus, por favor, me ajude, e então adormeceu. Na manhã seguinte o Lobo acordou e foi com as ovelhas comer capim. Tudo pareceu-lhe diferente, o capim estava saboroso e não cortou a sua garganta. Na hora de dormir, o ruminar das ovelhas não o incomodou e o Lobo dormiu a melhor noite de sua vida. Não entendeu o que se passara, chorou muito, e olhou para o céu e perguntou a Deus o que tinha acontecido. E Deus lhe respondeu: “fiquei sensibilizado com as tuas lágrimas, a tua vontade férrea de ser ovelha, apesar da tua natureza de lobo. Então Eu

Para entrar no novo blog acesse:

ABRIL 2012

fiz o maior dos milagres, mudei a tua natureza, fi-la de ovelha”. “Quantas pessoas são como aquele lobo! Tentam viver como ovelhas, mas a sua natureza os traí. Conseguem viver de forma diferente por algum tempo, mas a natureza de Lobo os trai, fala mais alto”, deplorou o bispo “Esse é o grande desafio que o ser humano tem que enfrentar e vencer. Pedir a Deus que lhe mude, a partir do seu interior, reconhecer que é ruim desejoso de mudar de natureza de lobo à ovelha arrependida”. “O que encobre as suas transgressões, jamais prosperará; mas o que CONFESSA E DEIXA alcança misericórdia” (Provérbios 28:13). Plenitude

www.bpdias.com

PLENITUDE ANGOLA . 61


DESPORTO

1º de Agosto

A

arrebatou a 34ª Taça de Angola em Basquetebol

equipa militar do 1º de Agosto arrebatou a 34ª Taça de Angola em seniores masculinos, na qual precisou de prolongamento, depois do empate por 72-72 diante do Inter clube no tempo regulamentar, na segunda

62 . PLENITUDE ANGOLA

partida da final, disputada no dia 20 de Abril (sexta-feira) no pavilhão do Rio Seco. Os militares venceram os polícias por 80-77, onde a equipa do Inter clube entrou para o jogo a fazer jus à promessa do técnico José Carlos Guimarães de lutar até ao fim. Esperanço-

sos em inverter a seu favor o rumo dos acontecimentos, os polícias começaram a criar enormes dificuldades muito cedo ao adversário, que só deu por si no último período do encontro. Com o extremo-base Milton Barros em noite de grande inspiração, o jogo

ABRIL 2012


DECLARAÇÕES DOS TREINADORES Mário Palma 1º de agosto “Estamos de parabéns” O técnico principal do 1º de Agosto, Mario Palma, reconheceu que a sua equipa esteve muito aquém do que habituou ao seu público, num jogo em que o favoritismo era atribuído ao seu plantel, não só pela teórica superioridade, mas também por jogar em casa, diante do seu público muito participativo. “A equipa começou a jogar mal desde o princípio, o que facilitou a progressão do adversário ainda na primeira parte”, disse.

Miguel Angêlo no momento do lance do Interclube no primeiro tempo era caracterizado pela fluidez na circulação da bola e transição defesa-ataque. Apesar dos militares deterem algum domínio no jogo, as duas turmas pecavam na finalização, razão pela qual o primeiro período terminou com uma magra vantagem de dois pontos a favor do 1º de Agosto (15-13). José Carlos Guimarães fazia a leitura quase perfeita do sistema táctico do adversário e, em função das debilidades que os militares apresentavam nos lançamentos triplos, mandou os seus pupilos defender à zona, tendo resultado na redução dos índices de pontuação dos donos de casa a partir do segundo quarto, em que os polícias saíram com a vantagem de 10 pontos (35-25). O intervalo parecia não ter servido para que Mário Palma chamasse os seus pupilos à razão, pois, mostravam-se ainda titubeantes no reatamento da partida, muito embora Domingos Bonifácio tenha mostrado muita destreza na posição 1-2, a efectuar várias assistências e a mostrar positiva percentagem nos lançamentos de dois pontos, no tempo em que o Interclube voltou a superiorizar-se por 51-47. No último quarto, o extremo Carlos Almeida ressurgiu do jejum e, com três triplos, devolveu à sua equipa o equilíbrio pontual, mas o norte-americano Reggie Moore, MVP da partida, teve pouca piedade para com José Carlos Guimarães, ao efectuar um triplo que retirou a vantagem de um ponto ABRIL 2012

José Carlos Guimarães interclube “O problema é do Inteclube” O treinador do Interclube, José Carlos Guimarães, pareceu muito desiludido com a derrota, após a equipa estar a vencer até perto do final. Com um semblante carregado, o técnico fez recurso a uma linguagem enigmática: “Perdemos o jogo porque o problema é do Inteclube; não existe outro culpado”. Convidado a esclarecer a afirmação, Guimarães avançou que “cabe a vocês fazerem a interpretação, com base nos factos que ocorreram ao longo da partida”.

Ficha técnica dos polícias a oito segundos do final. Sem tempo para mais nada, o triplo do Interclube estabeleceu a igualdade em cima do tempo. No prolongamento, o Interclube abriu com triplo de Milton Barros. O sentimento de perda mexeu com Reggie More, que voltou a evidenciar-se com um triplo, equilibrando a partida. Sem discernimento, os polícias coleccionaram faltas, o que abriu caminho para mais pontos da equipa de Mário Palma, que passou a controlar jogo. A experiência de “veteranos” veio ao de cima e ditou a sentença final: 80-77. Com a vitória, os militares resgataram o troféu que esteve na posse do Recreativo de Libolo. Plenitude

1º DE AGOSTO: Domingos Bonifácio (13), Filipe Abraão (0), Amando Costa (3), Mário Coreia (8), Felizardo Ambrósio (12), Joaquim Gomes (2), Walter Monteiro (0), Carlos Almeida(11), Miguel Lutonda (0), Leonel Paulo (7), Hermenegildo Santos (0), Reggie Moore(24) Técnico: Mário Palma INTERCLUBE: Edmundo Ventura (8), Matthew Shaw (4), Francisco Machado (12), Jorge Tati (4), Muamba Ilunga (0), Lifetu Selenge (4), Yubi Major (0), Eduardo Mingas (12), Milton Barros (22), Simão João (0), Adilson Ramos (9), Joaquim Xavier (2) Técnico: José Calos Guimarães

PLENITUDE ANGOLA . 63


BREVES

Bugatti Veyron:

luxo a 430 km/h

C

om o preço de dois milhões de euros, o Bugatti Veyron Super Sport é o líder da lista dos “Dez carros mais caros de 2012” da revista “Forbes” (e o mais rápido do Mundo). Está prevista uma produção entre 20 e 30 unidades, com uma pintura em cor de laranja a combinar com a própria cor da fibra de carbono. Na pista de testes da Volkswagen, em Ehra-Lassien, na Alemanha, o Veyron atingiu a extraordinária velocidade de 431,16 km/h de média, num teste supervisionado por representantes do “Guinness Book”.O Buggatti Veyron Super Sport 16.4 bateu o recorde de velocidade em Julho, na pista de testes da Volkswagen, em Ehra-Lessien, na

Alemanha, passando a ser o carro de produção mais rápido do mundo. A velocidade máxima esperada era de 425 quilómetros por hora (km/h), mas o Veyron logrou chegar aos 434,211 km/h. No entanto, a velocidade máxima do Veyron SuperSport estará limitada electronicamente a 415 km/h por motivos de segurança, até porque, segundo os técnicos da mítica marca, os pneus não estão projectados para ir além desta velocidade. A produção do novo carro terá início já em setembro, em França, e as primeiras unidades já têm comprador assegurado. Estima-se que o novo carro irá custar qualquer coisa como €1,95 milhões.

Os pseudônimos podem equivaler

N

a Jordânia, um caso iniciado pela internet terminou abruptamente depois que os dois protagonistas descobriram no primeiro encontro que já se conheciam, pois haviam sido casados.

Separados por incompatibilidade, ambos buscavam, com pseudônimos, a alma gêmea na internet. Depois da troca de mensagens românticas e de um namoro pelo computador, os dois marcaram um encontro em um local público. Foi quando tomaram um grande susto.

64 . PLENITUDE ANGOLA

ABRIL 2012


Revolução no tratamento do cancro da mama

A

investigação cientifica anglo-canadiana, publicada na revista “Nature”, promete revolucionar os diagnósticos e tratamentos do cancro da mama mas vai demorar ainda bastantes anos até a generalidade das mulheres poder beneficiar inteiramente das novas descobertas. Pela primeira vez, cientistas conseguiram identificar 10 subtipos de cancro da mama, cada qual com uma identificação genética única, o que permitirá estabelecer tratamentos diferenciados mais eficazes para cada um dos casos. Os novos dados surgem da análise de 2000 amostras congeladas de tecidos com cancro da mama, recolhidos em mulheres britânicas e canadianas nos últimos dez anos. Levada a cabo pela Cambridge University e pela University of British Columbia de Vancouver, a investigação recorreu às novas técnicas de análise de ADN, o que permitiu ir muito para além da análise tradicional dos tecidos, que apenas determina uma condição geral de cancro da mama, com três ou quatro variedades. A investigação anglo-canadiana conta com dois coordenad o r e s p o r t u g u e s e s : C a r l o s C a ldas, da Cambridge University, e

Samuel Aparício, da British Columbia. Novos tratamentos e novas drogas A diferenciação em 10 subtipos permitirá aumentar significativamente as hipóteses de sobrevivência das mulheres afetadas, assim como evitar agressivos tratamentos desnecessários e desadequados, nomeadamente quimioterapia. O Departamento de Saúde e Investigação do Cancro no Reino Unido deverá publicar ainda este ano uma análise do seu programa para o cancro da mama, que aponta para que até dez mulheres podem estar a ser submetidas a tratamentos desneces-

sários por cada vida que se salva. A identificação de 10 subtipos de cancro da mama permitirá devenvolver novas drogas e tratamentos mais apropriados para cada um. “Não haverá já amanhã um teste para uma paciente que vá a uma clínica. O que (os novos dados) nos fornecem é um novo mapa do cancro da mama que nos ajudará a avançar para testes clinicos”, afirmou Carlos Caldas ao “The Telegraph”. A investigação irá avançar assim nos próximos anos com tratamentos experimentais a efetuar em grupos específicos de pacientes.

Proposta de carro fúnebre com conforto

U

m empresário australiano do ramo fúnebre propôs a seus clientes um carro funerário equipado com bar e DVD para tornar mais “agradável” o trajeto até o cemitério.

ABRIL 2012

O diretor da empresa reconheceu que o serviço não seria do agrado de todas as famílias, mas considerou que as comunidades chinesa, vietnamita ou italiana poderiam se interessar pela proposta. PLENITUDE ANGOLA . 65


ALERTA VERMELHO

Vendores dos Congolenses

aprendem a constituir empresa

A

ÓSVALDO CHICANHA

Associação de Mulheres Empresárias da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola (AMEIA) orientou uma palestra de esclarecimento, no passado dia 31 de Março, no mercado dos Congolenses sobre como legalizar uma empresa. A actividade enquadrou-se no trabalho de sensibilização ligado a Estratégia de Combate a Pobreza, uma iniciativa do Governo de Angola. A referida estratégia apresenta três variáveis: reinserção social, reabilitação e reconstrução e estabilização económica. Segundo os entendidos, a pobreza define-se, normalmente, como a insuficiência de recursos para assegurara as condições básicas de subsistência e de bem-estar , segundo as normas da sociedade. É qualificado como pobre aquele que possui más condições matérias de vida, que se reflectem na alimentação, na forma de vestir, nas condições habitacionais, no

Fotos: O.C

POR

Visita de membros da AMEIA no interior do mercado acesso a assistência sanitária e nas condições de emprego. Segundo a presidente da AMEIA, Severina Coelho, poucos são os cidadãos, donos de pequenos negócios, que estão bem informados sobre a importância de se ter uma empresa legalizada bem como documentações necessária para a sua legalização. “As nossa palestras vão

se extender a todos municípios de Luanda”, precisou. Maria Constantino, vendedora ambulante, no final da sessão a firmou a nossa equipa de reportagem “ foi um privilegio estar presente e toda informação que recebi, confesso que ão tinha nenhum conhecimento sobre a constituição de uma empresa, exorto aos demais cidadãos,

donos de pequenos negócios, a legalizarem as suas empresas que só terão a ganhar”. Partilharam da referida palestra a vendedores, ali destacados, ambulantes e demais interessados. Por outro lado no final da actividade os membros da ameia participaram da campanha de vacinação da pólio.

Plenitude

Palestrante insentiva vendedora do mercado 66 . PLENITUDE ANGOLA

ABRIL 2012



EDIÇÃO Nº 20